Espanhol / Inglês. DURAÇÃO DA PROVA: 3 horas. Nome: Carteira:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Espanhol / Inglês. DURAÇÃO DA PROVA: 3 horas. Nome: Carteira:"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO UNIIVERSIIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROCESSO SELETIVO DA UFMS H U M A N A S - T A R D E LEIA AS INSTRUÇÕES 1. Confira, na etiqueta colada na carteira, os seus dados cadastrais. Qualquer erro solicite ao fiscal a correção. 2. Não manuseie este caderno e o cartão até receber autorização. 3. Verifique se esta prova corresponde à área de sua opção. 4. Ao receber autorização, verifique, neste caderno e no cartão, se constam todas as questões e se há falhas ou imperfeições gráficas que lhe causem dúvida. Qualquer reclamação só será aceita durante os quinze minutos iniciais da prova. 5. No cartão, confira o seu nome e o seu número, marque a bolha correspondente à sua prova e assine. Verifique se há marcações indevidas no campo destinado às suas respostas. Se houver, reclame imediatamente. 6. Este caderno contém trinta (30) questões de proposições múltiplas: a) cada questão de proposições múltiplas contém proposições identificadas pelos números 001, 002, 004, 008, 016, 032 ou 064, e sua resposta é o resultado numérico que representa a soma dos números associados às proposições verdadeiras. Caso verifique que nenhuma proposição é verdadeira, você deverá marcar, no cartãoresposta, três zeros (000). Nessas questões é admitido o acerto parcial, desde que o candidato não inclua qualquer alternativa incorreta; a pontuação, nesse caso, é assim calculada: A/C, onde A representa o número de proposições verdadeiras assinaladas e C o número de proposições verdadeiras; b) nas resposta, dessas questões, devem ser preenchidos os três círculos, da esquerda para à direita, correspondendo, respectivamente, aos algarismos das centenas, dezenas e unidades; c) cada questão vale 1,0 ponto. 7. Não faça rasuras, não dobre, não amasse e não manche o cartão. Responda a todas as questões. 8. Você somente poderá deixar este recinto após as 16h. 9. Este caderno será liberado somente no dia 30 de junho de 2005, das 18h45 às 19h Será excluído do Concurso o candidato que: a) utilizar, durante a realização da prova, máquinas e/ou relógios de calcular, bem como rádios gravadores, "headphones", telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie; b) ausentar-se da sala em que se realiza a prova levando consigo este caderno e/ou o cartão. 11. Durante a prova, não se admite que o candidato se comunique com outros candidatos, efetue empréstimos, use meios ilícitos ou pratique atos contra as normas ou a disciplina. A fraude, a indisciplina e o desrespeito aos fiscais encarregados dos trabalhos são faltas que eliminam o candidato. DURAÇÃO DA PROVA: 3 horas SEGUNDA ETAPA A A Geografia Espanhol / Inglês Literatura Brasileira Nome: Carteira:

2 GEOGRAFIA 01 - No Brasil, no ano de 2000, a taxa de urbanização atingiu 81,2%. As modernas teorias de urbanização consideram que esse fenômeno é relativo, pois grande parte da população que mora nas cidades tem suas atividades relacionadas ao meio rural, sendo aplicada, nesse caso, a noção de população urbana e agrícola. Assinale a(s) proposição(ões) que indica(m) as justificativas para o uso dessa noção. (001) Muitas cidades foram criadas e cresceram em função da agroindústria, estando diretamente vinculada, social e economicamente, à produção agropecuária. (002) A base econômica do Brasil continua sendo a agricultura, com baixo índice de industrialização. (004) A maioria dos trabalhadores brasileiros mora em cidades, mas uma parcela significativa realiza seu trabalho no campo, promovendo a migração diária cidade-campo e a reprodução da força de trabalho no campo. (008) As cidades localizadas no interior do Brasil apresentam taxa de crescimento negativo, ocorrendo o fluxo migratório cidade-campo. (016) As metrópoles brasileiras têm sua base de sustentação econômica na agricultura de exportação, estando diretamente vinculadas ao mercado internacional de produtos agrícolas Em 2005, a questão indígena no Brasil retornou às manchetes dos jornais. Apesar de ser um problema social crônico, essa problemática, esporadicamente, é motivo de divulgação na mídia. Assinale a(s) proposição(ões) que aponte(m) as principais questões sobre a problemática indígena no Brasil. (001) A questão indígena no Brasil está sendo resolvida, os casos esporádicos de subnutrição infantil e mortes decorrem especificamente de problemas relativos à falta de assistencialismo. (002) A subnutrição infantil, nas reservas indígenas brasileiras, atinge índices alarmantes, com morte de crianças acima da média nacional. (004) A problemática indígena brasileira está associada à concentração de terras, portanto, à luta pela terra. De um lado, os indígenas enfrentam os grandes proprietários e, de outro lado, os pequenos proprietários, expulsos de suas terras, recorrem às terras indígenas. (008) A problemática indígena no Brasil não é relevante, pois os índios encontram-se espalhados pelas periferias das cidades brasileiras, inseridos, portanto, nos problemas sociais gerais do país. (016) As reservas indígenas são insuficientes para atender às necessidades dos povos indígenas, ocorrendo casos em que diferentes etnias convivem em uma mesma reserva, gerando conflitos Os problemas ambientais no mundo moderno estão se avolumando, sendo comum o entendimento de que o Planeta Terra não consegue manter seu equilíbrio ambiental com o aumento da produção de dejetos. Uma das formas de poluição é através do chamado lixo, com o aumento do consumo tanto industrial como doméstico, aumentando a produção dos resíduos sólidos. Assinale a(s) proposição(ões) que indica(m) problemas gerados pelo acúmulo de lixo no solo. (001) Contaminação do solo pelo depósito de produtos tóxicos. (002) Acúmulo de resíduos não-biodegradáveis, principalmente plásticos. (004) Desflorestamento de grandes áreas em decorrência da acidez do solo, provocando o efeito estufa. (008) Poluição dos oceanos de maneira generalizada pelo despejo de grandes quantidades de resíduos sólidos. (016) Proliferação de ratos e insetos, geradores de doenças. (032) Contaminação das águas subterrâneas pelo chorume produzido nos lixões Existem diferentes fatores que influenciam no clima, entre os quais o relevo. Indique qual(is) proposição(ões) que corretamente apresenta(m) a(s) influência(s) do relevo no clima. (001) Variação da temperatura devido à proximidade ou à distância de grandes corpos de água. (002) Influência na concentração de umidade, facilitando ou dificultando as precipitações. (004) Influência na circulação de massas de ar quentes ou frias. 1

3 (008) Diminuição da temperatura pela altitude; quanto maior a altitude, menos intensa é a irradiação solar e a temperatura. (016) Influência pela latitude; quanto mais longe do Equador, menores são as temperaturas Após a Segunda Guerra Mundial, o Japão passou por uma fase de crescimento econômico extraordinário, chegando a apresentar taxas de crescimento médio de 14,6% no período de No início dos anos 90, a economia japonesa perdeu fôlego, apresentando baixo crescimento em alguns anos e recessão em outros. O crescimento do PIB japonês, em 1993, foi de menos 0,53% e, em 1998, de menos 2,5%. Assinale a(s) proposição(ões) que indica(m) fatores que explicam o crescimento pós-guerra e o declínio na década de (001) Crescimento, propiciado pelo final da Segunda Guerra Mundial, das economias dos países vitoriosos, entre eles o Japão, que se beneficiou da sua aproximação com os Aliados. A crise econômica japonesa está associada ao desprestígio de seus produtos no mercado internacional. (002) Participação do Estado, aliado aos grandes conglomerados empresariais na conquista de mercados externos. A população japonesa nos anos 90 do século XX, em função da crise financeira do país, diminuiu o consumo e passou a poupar aumentando exageradamente a taxa de poupança interna. (004) Utilização das Forças Armadas na conquista de mercados na Ásia. Ingerência dos EUA no sentido de barrar o crescimento da economia japonesa, com a criação de grupos de países contrários à política industrial japonesa. (008) Associação com os países asiáticos, formando o Bloco Econômico da Ásia, o que facilitou a entrada dos produtos japoneses nos mercados americano e europeu. A falta de matéria-prima para a manutenção do crescimento da industria japonesa levou à queda do crescimento e à migração de japoneses para países ocidentais nos anos 90. (016) Combinação eficiente de livre mercado com planejamento estatal. Estouro da bolha especulativa, construída nos anos 70 e 80, provocando a falência de empresas e bancos Os países do continente africano apresentam dados econômicos e sociais alarmantes, sendo este continente o que apresenta o maior número de pessoas na faixa da pobreza absoluta. Essa realidade é explicada por diferentes fatores e processos. Assinale a(s) proposição(ões) que aponta(m) as causas dessa situação. (001) Vários conflitos armados têm ocorrido no continente africano. Entre julho de 1999 e agosto de 2000, foram registradas 18 guerras na África. (002) As atuais fronteiras dos Estados africanos foram traçadas pelos colonizadores europeus; foram inseridas dentro de um mesmo território nacional etnias culturalmente desiguais e rivais, impossibilitando a união nacional. (004) Os países do continente africano passaram por uma fase de grande crescimento econômico após a Segunda Guerra Mundial; com o avanço tecnológico mundial, esses países perderam poderio econômico e se encontram hoje em grave crise. (008) O domínio econômico das superpotências ainda persiste na África, apesar da independência política; os recursos naturais do continente são explorados por grandes empresas dos países ricos e não ocorre a distribuição de riqueza para as populações locais. (016) A África tem seus problemas centrados em questões internas, como ausência de recursos naturais. Apesar da constante colaboração dos países ricos, o continente africano não supera seus problemas estruturais Em Mato Grosso do Sul, o trajeto do gasoduto Bolívia-Brasil está fomentando a criação de um eixo de desenvolvimento baseado na industrialização. Assinale a(s) proposição(ões) que indica(m) corretamente os municípios onde ocorrem ações para aproveitamento da energia proveniente do gás natural. (001) Bodoquena - mineração. (002) Miranda agroindústria. (004) Corumbá siderurgia. (008) Campo Grande indústria e gás veicular. (016) Três Lagoas indústria diversificada. (032) Dourados agroindústria canavieira. 2

4 08 - Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Brasil é o segundo país da América Latina a receber dinheiro de imigrantes, correspondente, em 2003, ao montante de 5,6 bilhões de dólares. Assinale os países que possuem mais imigrantes brasileiros e que mais remetem dinheiro para o Brasil. (001) EUA. (002) Haiti. (004) Filipinas. (008) Japão. (016) Canadá. (032) Portugal Cerca de 84 países devem ao Fundo Monetário Internacional (FMI) o montante de 97 bilhões de dólares, dados de fevereiro de 2005; dentre os três maiores devedores, dois são latino-americanos. Trata-se de (001) Brasil. (002) Paraguai. (004) Bolívia. (008) Turquia. (016) Iraque. (032) Argentina Segundo a ONU, a Etiópia é o país que sobrevive com a menor taxa de consumo de água per capta do mundo apenas 15 litros/dia. Já os EUA consomem cerca de 1400/dia. A ONU estima que, em 2030, a falta de água para consumo atingirá cerca de 5,5 bilhões de pessoas. Diante dessa problemática, assinale a(s) proposição(ões) que corretamente aponta(m) as causas de tal disparidade no consumo de água. (001) Devido às suas heranças culturais, os países africanos consomem menor quantidade de água que outros povos, em especial os ocidentais. (002) A agricultura moderna baseia-se no cultivo irrigado. Prova disso é que mais de 70% da água consumida no Brasil é utilizada para a irrigação. (004) A água não é consumida apenas na alimentação e na higiene, mas também na produção agrícola, industrial e no setor de serviços. (008) A água não se encontra distribuída na natureza na mesma proporção que a população, havendo grandes reservas de água doce muito distantes dos centros consumidores. (016) A água é um bem renovável e inesgotável, porém seu uso está diretamente ligado ao avanço tecnológico das sociedades. Texto para as questões 11 a 15. LÍNGUA ESTRANGEIRA - INGLÊS Apple Juice Harold was an old man. He was sick and in the hospital. There was one young nurse that just drove him crazy. Every time she came in, she would talk to him like he was a little child. She would say in a patronizing tone of voice, "And how are we doing this morning, or are we ready for a bath, or are we hungry?" Old Harold had had enough of this particular nurse. One day, Old Harold had breakfast, pulled the juice off the tray, and put it on his bed side stand. He had been given a urine bottle to fill for testing. The juice was apple juice. So you know where the juice went! The nurse came in a little later, picked up the urine bottle and looked at it. "My, but it seems we are a little cloudy today." At this, Old Harold snatched the bottle out of her hand, popped off the top, and drank it down, saying, "Well, I'll run it through again. Maybe I can filter it better this time." The nurse fainted Old Harold just smiled! DON'T MESS WITH OLD PEOPLE!!!! 3

5 11 - De acordo com o texto, é correto afirmar que (001) Harold era um médico que trabalhava em um hospital particular. (002) a enfermeira do hospital era também uma motorista muito louca. (004) a enfermeira desmaiou e Harold apenas sorriu. (008) Harold bebeu urina. (016) Harold não gostava da jovem enfermeira she would talk to him like he was a little child. (lines 2-3) is the same as (001) she would talk to him as if he were a small boy. (002) she would speak to him even if he were a little boy. (004) she would speak with him like he was a little boy. (008) she would talk to him the same way she would talk to a little child. (016) she talked to him because he was a very young person From the text above, we may infer that Harold (001) used to be bathed and fed by the nurse. (002) was disturbed at the way the young nurse spoke to him. (004) did not drink the apple juice. (008) wished to mislead the nurse. (016) was deeply concerned with the nurse s reaction to his drinking the liquid SEEMS in it seems we are a little cloudy today (lines 9-10) can be replaced, without changing the meaning, by (001) appears that. (002) regrets. (004) ought to be that. (008) upsets that. (016) looks like Another way of saying Maybe I can filter it better this time (line 12) is (001) Therefore I could filter it positively in the present. (002) I will probably be capable of filtering it better now. (004) Perhaps I will be able to filter it better this time. (008) However I must purify it best at present. (016) It may be filtered better by me in the near future. Texto para as questões 16 a 18. A medical student doing rotation in toxicology at the poison control center reported having received a phone call from a woman who was very upset because she caught her little daughter eating ants. The intern quickly reassured her that ants are not harmful and that there would be no need to bring her daughter into the hospital. As the relieved woman calmed down, and at the end of the conversation, she happened to mention that she had given her daughter some ant poison to eat in order to kill the ants. The student then told her to bring her daughter into the emergency room right away. [adapted from:http://www.big-boys.com/joke.asp?id=1487] 16 - From the text above, we learn that (001) ants are poisonous. (002) it is not fatal to eat ants. 4

6 (004) the woman had poisoned her daughter. (008) the little girl called the hospital to talk to the medical student. (016) the woman was asked to take her daughter to the emergency room to kill the ants she had eaten De acordo com o texto, é correto afirmar que (001) a palavra intern no segundo parágrafo refere-se a medical student do primeiro parágrafo. (002) a palavra her no último parágrafo refere-se a little daughter do primeiro parágrafo. (004) she no terceiro parágrafo refere-se a a woman do primeiro parágrafo. (008) The student do último parágrafo refere-se a The intern do segundo parágrafo. (016) a palavra she do primeiro parágrafo refere-se a little daughter do mesmo parágrafo As the relieved woman calmed down,..., she happened to mention that (third paragraph) is the same as (001) Because the relieved woman calmed down,, she happened to mention that (002) When the relieved woman calmed down, she happened to mention that (004) Although the relieved woman calmed down,, she happened to mention that (008) Even if the relieved woman calmed down,, she happened to mention that (016) While the relieved woman calmed down, she happened to mention that Texto para as questões 19 e 20. Interesting Data from around the world Medical research shows that: a) in Japan, where little amounts of fat are consumed, the heart attack rate is less than in The USA and the UK; b) in France, where great amounts of fat are consumed, the heart attack rate is lower than in The USA and the UK; c) in India, where red wine is barely consumed, the heart attack rate is lower than in The USA and the UK; d) in Spain, where red wine is consumed a lot, and a lot of chorizo (spiced sausage) is consumed, the heart attack rate is lower than in The USA and the UK; e) in Argelia, where people don t have much sex, the heart attack rate is lower than in The USA and the UK; f) in Brazil, where people have a lot of sex, the heart attack rate is lower than in The USA and the UK. Conclusion: drink, eat, have sex and party a lot What kills is speaking English! [adapted from: From the text above, we may infer that (001) Japan, France, India, Spain, Argelia and Brazil have a lower rate of heart attack than the rest of the world. (002) the rate of heart attack in Brazil and in Argelia depends on what sex you are. (004) the Spanish drink more wine than the Indians. (008) Americans and British are the most affected by heart attacks. (016) Japanese, French and Spanish have a spicy and fat diet From the text above, we may infer that (001) the assumptions are based on medical research. (002) in two English-speaking countries heart attacks are a problem. (004) the conclusion is meant to be a joke. (008) Germans are free from heart attacks. (016) it ends with a dramatic conclusion. 5

7 LÍNGUA ESTRANGEIRA - ESPANHOL Lea el texto y conteste a las preguntas Conviene decir siempre la verdad? Ser sincero es una virtud, y ser asertivo, algo muy sano, pero no siempre se puede seguir a rajatabla eso de toda la verdad y nada más que la verdad. En estado puro, la verdad a veces se convierte en una crueldad o puede tener efectos muy negativos. Podría alguien vivir con la verdad, toda la verdad y nada más que la verdad? Desde niños nos aseguran que mentir está muy feo y nos aconsejan decir siempre la verdad, mientras nos hablan de los Reyes Magos o el Ratoncito Pérez. Luego crecemos y, según diversos estudios, faltamos a la verdad alrededor de un tercio del tiempo dedicado a las relaciones personales. Y lo que es peor: la mayoría de las veces no nos damos cuenta. No, no somos al menos no todos- mentirosos patológicos. Se trata, simplemente, de una ley fundamental de supervivencia. Imagíneselo. Dormita tranquilamente, y de repente el avión en el que viaja experimenta bruscas turbulencias. Las azafatas le piden que se ponga la mascarilla, tal y como indicaron en las explicaciones previas al vuelo a las que usted no prestó atención. Ruegan, también, que mantengan la calma en sus asientos, mientras el comandante se dispone a hablar al pasaje. En semejantes circunstancias, qué cree que sería más conveniente que dijera el piloto: algo de verdad sufre una avería que están reparando- o toda la verdad estamos a punto de estrellarnos contra un océano lleno de tiburones-? [ ] No es necesario recurrir a situaciones extremas para ver que la verdad en estado puro puede hacernos la vida muy difícil. La gente que va siempre con la verdad por delante adquiere unos niveles de agresividad difíciles de tolerar. La verdad puede ser muy cruel, sostiene la psicóloga clínica I. Lobato. Si nos dijéramos todos la verdad constantemente, nos pasaríamos el día ofendidos, sería imposible la convivencia. Ello no significa, por supuesto, que estemos obligados a mentir. Si ves por la calle a alguien que te parece horrible, no tienes por qué decírselo, señala Jordi Fernández Castro, profesor de Psicología de la Universidad Autónoma de Barcelona. En el lóbulo frontal del cerebro se encuentra el mecanismo que inhibe los impulsos inapropiados que pueden surgir ante una situación determinada. En este sentido, la psicología estudia y potencia la asertividad o capacidad de tratar a los demás de forma equilibrada, entre la imposición y la subordinación. La persona asertiva contesta lo que quiere, no lo que le preguntan, matiza Fernández Castro. Cada vez más se imparten más cursos sobre esta materia, dirigidos principalmente a personas inseguras o tímidas, incapaces de decir no. En ellos, se estudian los trucos para negarse a decir lo que uno piensa, o para hacerlo sin crear ningún conflicto. Quién no ha intentado, por ejemplo, hablar por teléfono con una persona que está reunida siempre cuando se la llama? Hay diversos códigos sociales para evitar verse obligado a decir la verdad, mantiene Lobato. En ese caso podríamos equipararlo a es un pesado y no quiero hablar con usted. La capacidad de cada uno de nosotros para tratar con la verdad varía de acuerdo con determinados parámetros, como la capacidad de autocrítica o la seguridad en nosotros mismos. Como explica el profesor Lobato, hay mucha gente que no soporta una crítica. [ ] Pero la verdad y la mentira también son enunciados culturales. En una cultura donde el luto es blanco y los dragones no son monstruos sino símbolos de dioses, es probable que el concepto de verdad difiera del Occidental. [ ] Martínez, Marcela (2005): Conviene decir siempre la verdad?, in Muy Interesante, nº 286, Madrid, G y J España Ediciones, pp Elija la(s) alternativa(s) correcta(s), según el texto. (001) La mentira se caracteriza como una enfermedad que, para evitar que se produzcan daños a la sociedad, debe erradicarse desde la niñez. (002) No decir la verdad, cosa que, la mayor parte de las veces, uno hace sin darse cuenta, constituye una ley de supervivencia. (004) La pura verdad puede hacer la vida muy difícil, pues, por poner un ejemplo, la gente que va siempre con la verdad por delante suele adquirir un nivel de agresividad muy alto de tolerar. (008) Según sostiene la psicóloga I. Lobato, el decir la verdad constantemente tendría como consecuencia la imposibilidad de convivencia. 6

8 (016) Teniendo en cuenta que la verdad implica un nivel muy elevado de agresividad, lo que hace imposible la convivencia entre los seres humanos, la mejor salida es decir siempre la mentira, como se puede desprender de las palabras de I. Lobato De acuerdo con el texto, está correcto decir que (001) en una cultura donde es común afirmar que los dragones son dioses, generalmente, sus miembros suelen ser mentirosos. (002) el concepto de verdad es diferente según determinadas culturas, como ocurre, por ejemplo, entre la cultura oriental y la occidental, por lo que podemos decir que la verdad y la mentira se caracterizan también como fenómenos culturales. (004) para que uno no se vea en la obligación de decir la verdad, cuando ésta no es conveniente, existen ciertos códigos sociales a los que puede recurrir. (008) existen cursos cuya finalidad es enseñar el arte de la mentira a las personas inseguras y tímidas, que, generalmente, son incapaces de decir no. (016) en el cerebro, más específicamente en el lóbulo frontal, existe un área donde se encuentran las neuronas responsables de la mentira Elija la(s) opción(es) que encierra(n) las afirmaciones de Fernández Castro. (001) A veces uno se encuentra en una situación en la que está obligado a mentir, principalmente, cuando ve a alguien muy feo, para que éste no tenga problemas de autoestima. (002) El individuo asertivo sabe manejar la situación en la que tiene que contestar a las preguntas de los demás, pues contesta lo que quiere. (004) Las personas que no soportan las críticas son las que más mienten, pues, así, se sienten más seguras de sí mismas. (008) La persona pesada sufre siempre el rechazo de los demás quienes, para evitar verla, prefiere decir que está agobiado de cosas que hacer. (016) En los cursos destinados, sobre todo, a personas tímidas e inseguras, se estudian las estrategias para negarse a decir lo que se piensa o para hacerlo sin crear conflictos En la frase ( ) algo muy sano, pero no siempre se puede seguir a rajatabla ( ), líneas 1-2, sobre la locución señalada, está correcto decir que (001) su significado idiomático es seguir sin precisión. (002) es una locución adverbial que significa seguir con todo rigor. (004) equivale a la locución del portugués seguir à risca. (008) es una expresión que, en este contexto, presenta sentido figurado. (016) significa romper una tabla de un golpe Indique la(s) opción(es) correcta(s) referida(s) al término señalado en la frase Si ves por la calle a alguien que te parece horrible, no tienes por qué decírselo, líneas (001) La partícula se se clasifica como complemento indirecto de tercera persona que, en este caso, tiene como referencia el antecedente a alguien. (002) La partícula lo, en este contexto, se refiere al antecedente a alguien. (004) El término en cuestión lleva tilde porque es una palabra esdrújula y, según la norma, todas las palabras esdrújulas se acentúan. (008) En este término, tenemos el verbo decir y las demás partículas se clasifican morfológicamente como pronombres complementos que, en este caso, van pospuestos porque el verbo está en infinitivo. (016) Si el verbo decir estuviera conjugado en la primera persona del presente de indicativo tendríamos la forma dígoselo, muy corriente en el español actual La relación sinonímica está correcta en (001) avería fallo. (002) por el contrario al revés. 7

9 (004) persona asertiva persona pesimista. (008) alrededor aproximadamente. (016) averiguar investigar En la frase, Si nos dijéramos todos la verdad constantemente, nos pasaríamos el día ofendidos ( ), líneas 19-20, el elemento señalado establece una relación de condición. Señale la(s) opción(es) en que existe relación de condición. (001) Juan ha dicho que va a aceptar esta propuesta de trabajo siempre que le paguen bien. (002) Siempre le veo disgustado aunque su vida es interesante y no tenga motivos para ello. (004) Iré a la fiesta de cumpleaños del novio de María con tal de que me invite con antelación. (008) He estudiado mucho para la oposición, sin embargo, no me siento preparado para hacerla. (016) Uno debería decir siempre la verdad para que la gente se lo creyera Indique la(s) alternativa(s) en que los verbos están conjugados correctamente en el mismo modo, tiempo y persona. (001) Podemos, decimos, pedíamos, queremos, hablamos. (002) Dice, pide, puede, quiere, ruega. (004) Hizo, pudo, dijo, mantuvo, vio. (008) Vayan, hagan, sostengan, viajan, puedan. (016) Estuvieras, fueras, supieras, dijeras, encontraras Indique la(s) opción(es) en que el uso y la forma de los verbos haber/tener están correctos. (001) En mi casa tiene un jardín muy bonito. (002) Ella hay estudiado mucho para la prueba. (004) En la vida hay mucha gente que miente para alcanzar sus objetivos. (008) En el siglo pasado hubo dos guerras mundiales. (016) Juan ha vivido muchos años en esta ciudad Teniendo en cuenta el texto, señale la(s) alternativa(s) correcta(s). (001) El antónimo del adjetivo lleno, línea 15, es vacío. (002) La forma neutra ello, línea 20, se traduce al portugués por ele. (004) Cuando el autor del texto se dirige a los lectores, lo hace de modo formal, tratándolos de usted. (008) El adverbio más, linea 2, lleva tilde porque es un monosílabo tónico y, según las normas de acentuación de la lengua española, todos los monosílabos tónicos se acentúan. (016) La conjunción mientras, línea 5, expresa simultaneidad temporal. LITERATURA BRASILEIRA 21 O Santo Inquérito, de Dias Gomes, tem lugar de destaque na moderna dramaturgia brasileira. Sobre a obra em questão, é correto afirmar que (001) o padre Bernardo encontra, embora não tenha plena consciência de seu ato, na acusação de Branca diante do Tribunal do Santo Ofício, a maneira de autopunir-se por seu pecado, sua paixão pela jovem. Punindo-a, ele também está se punindo. (002) o padre Bernardo acredita que Branca é de fato culpada por seus erros e que não é capaz de reconhecêlos. Assim, ele se dispõe a acusá-la diante do Tribunal do Santo Ofício, sem ter consciência dos reais motivos que o levam a agir assim. (004) a preocupação central da obra de Dias Gomes é mostrar ao espectador que a Inquisição foi necessária para fortalecer os mecanismos de manutenção do poder de Portugal na colônia brasileira. (008) o enredo e o desenlace do texto reforçam o papel de Branca como uma heroína trágica, isto é, a vítima inocente de um destino que já lhe está imposto desde quando salva o padre Bernardo das águas do rio. (016) o nome da heroína, Branca, busca representar a cor da candura, uma característica inequívoca daqueles que deverão se submeter a ritos de passagem, a sacrifícios, que os farão renascer metafisicamente, apesar de sua aparente derrota diante dos opressores. 8

10 22 - Considerando a leitura de Os Ratos, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) O conflito aparente que cria a tensão, no romance em questão, é a ameaça, por parte do leiteiro, de cortar o fornecimento de leite para a família de Naziazeno Barbosa, caso esse não lhe pague o que lhe é devido. (002) Naziazeno se move olhando o mundo ao seu redor, baseado nas impressões que a aparência das coisas e das pessoas lhe sugere, como no caso do sujeito que ele observa no cassino: Aquele sujeito, o ar decidido, dá volta à mesa, o cigarro pendente do beiço, a cara tranqüila, talvez satisfeita, fazendo o jogo. As fichas caem uma a uma da pilha que tem na mão, entre os dedos em cone, como um pacote de bolachinhas que se desfez. Quando parece ter acabado a operação, espalha o olhar sobre os números, abrangendo tudo. Depois, com um movimento vivo e brusco do corpo, chega-se à mesa, - e o pacote de bolachinhas se desfaz mais uma vez. Novo olhar, novas fichas, novo retoque. - Esse sujeito deve ser um folgado observa Naziazeno para si.. (004) A cidade por onde circula Naziazeno é um território em que a materialidade das coisas é substituída por impressões, por linhas que se desmancham, por espectros de luz que se metamorfoseiam conforme o ânimo do protagonista. Tudo são aparências num jogo de sobrevivência. (008) A mulher de Naziazeno, Adelaide, ao perceber a indecisão do marido, põe-se a campo para angariar o dinheiro devido ao leiteiro, esgueirando-se pelas ruas onde estão localizados os prostíbulos da cidade. (016) As impressões projetadas por Naziazeno ao longo do romance, são pistas oferecidas pelo narrador ao leitor para uma possível identificação do desfecho da narrativa. Por isso, quando o protagonista, já com o dinheiro do leiteiro e deitado em sua cama, ouve uns ruidozinhos, um como que crepitar de mandibulazinhas de insetos, o leitor depara-se com a possibilidade (aterradora) de todo o esforço de Naziazeno ter sido em vão, e os ratos comerem o dinheiro do leite Com base na leitura do livro de poemas Ensaios Fotográficos, de Manoel de Barros, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) No poema que abre o livro, O fotógrafo, o eu lírico tenta retratar a experiência já estabelecida nos limbos da existência humana, porém ainda imperceptível ao olhar do homem, antes dessa existência passar para a experiência seguinte, esta sim captável pelo olhar. Leiam-se, por exemplo, os versos a seguir: Ia o Silêncio pela rua carregando um bêbado. Preparei minha máquina. O silêncio era um carregador? Estava carregando o bêbado. Fotografei esse carregador. (002) Nos versos: Gorjeio é mais bonito do que canto porque nele se / inclui a sedução./ É quando a pássara está enamorada que ela gorjeia./ Ela se enfeita e bota novos meneios na voz., extraídos do poema Gorjeios, o eu lírico assume uma perspectiva romantizada, fazendo da pássara a heroína bela e sedutora que se prepara para receber o outro por quem está enamorada. (004) Na obra em questão, o eu lírico abandona as inutilidades e as coisas do chão, a fim de poder dar-se a fotografar imagens belas segundo uma visão copista do mundo real, isto é, aquelas imagens belas porque o seu símile natural já o é. (008) No poema Ruína, em certa altura, o monge descabelado diz ao eu lírico: A palavra amor está quase vazia. Não tem gente dentro dela. Queria construir uma ruína para a palavra amor. Talvez ela renascesse das ruínas, como o lírio pode nascer de um monturo. O monge quer fazer esquecer todas as dificuldades lingüísticas da poesia moderna e retomar o que fez florescer a poética clássica, inspirada nos ideais racionais da cultura greco-latina. (016) Nos versos iniciais do poema Auto-retrato : Ao nascer eu não estava acordado, de forma que / não vi a hora., revela-se o apelo do eu lírico ao humor, como meio gerador do distanciamento do homem da realidade empírica, libertando-o de suas angústias e de um mundo regido por uma ordenação social e temporalmente construída. 9

11 24 - Sobre os contos reunidos em Sagarana, de Guimarães Rosa, é correto afirmar que (001) em Duelo, consubstanciam-se, na fala do ex-jagunço Riobaldo, os problemas subjacentes ao pacto que, na juventude, fizera com o Satanás para vencer em duelo o traidor Hermógenes. A preocupação central de Riobaldo é saber se o demônio existe de fato e se lhe cobrará a alma negociada em troca da vitória sobre o jagunço traidor. (002) ainda sobre o conto Duelo, Turíbio Todo, apesar de ser apresentado ao leitor como um sujeito papudo, vagabundo, vingativo e mau, tem justa razão no começo de sua demanda com Cassiano Gomes. O autor expressa uma visão global do homem, com suas fraquezas e seus méritos, em manifestações em que as vicissitudes da natureza humana se fundem. (004) em O Burrinho Pedrês, recursos eminentemente poéticos, como a metrificação e as aliterações, servem para criar períodos em que a sonoridade carrega a significação. Veja-se, por exemplo, a passagem a seguir, em que se configura, baseado na metrificação e na pontuação, um dos ritmos da boiada: As ancas balançam, e as vagas de dorsos, das vacas e touros, batendo com as caudas, mugindo no meio, na massa embolada, com atritos de couros, estralos de guampas, estrondos e baques, e o berro queixoso do gado junqueira, de chifres imensos, com muita tristeza, saudade dos campos, querência dos pastos de lá do sertão.... (008) Sete-de-Outros, o burrinho pedrês do conto de mesmo nome, é dotado com as capacidades de pensar e de agir, contudo não como por cópia das ações humanas. Sete-de-Ouros carrega consigo a paciência não do homem, porém a de um animal capaz de pensar e agir racionalmente, conforme a vida interior imaginada pelo autor para um burrinho. (016) em A hora e a vez de Augusto Matraga, as situações passadas pelo protagonista e que alteram seu modo de se relacionar com o mundo são acompanhadas pelas sucessivas mudanças de seu nome, indo de Coronel Augusto Afonso Esteves, passando por Nhô Augusto das Pindaíbas, até chegar à alcunha de Augusto Matraga Publicada em 1964, Uma vida em segredo, de Autran Dourado, é a novela que narra a história da boa moça Biela. Considerando a obra em questão, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) O narrador apresenta Biela segundo ela é vista pelos demais personagens ao seu redor e, ao mesmo tempo, a própria Biela vai-se mostrando em face das situações que se vão desenrolando, defendendo seu microcosmo e sua rude simplicidade no enxergar do mundo de fora. (002) O noivado com Modesto, filho de seu Zico, foi motivado pela vontade de Biela de sair da casa do primo Conrado, podendo, assim, retornar a viver na Fazenda do Fundão e dar conta de sua própria vida. (004) O grande companheiro de Biela, o cão Vismundo, desperta nos netos do primo Conrado a curiosidade de brincar com ele. No entanto, Biela tem ciúme do cachorro e espanta os meninos, temerosa de que eles lhe façam alguma malvadeza. (008) As comparações, estabelecidas por Biela e pelo narrador sobre Biela, têm como pano de fundo as imagens que a moça traz do universo rural onde viveu com o pai. Quando Modesto se vai para longes sertões, Biela, ao ser interpelada por Constança sobre uma possível volta do noivo, lhe responde: Não paga a pena ficar chorando defunto velho. Urubu vai simbora, tem mais carniça não, só osso.. (016) Em seu leito de hospital, a maior alegria de Biela é receber prima Constança, que lhe conta do andamento das coisas na casa e a reconforta dos sofrimentos passados devido ao mal que a aflige Noite na taverna é um livro de contos de Álvares de Azevedo, publicado pela primeira vez em Sobre ele, é correto afirmar que (001) é constituído por uma série de histórias fantásticas e trágicas, impregnadas de vícios e crimes, anunciadas em Uma noite do século (primeira narrativa do livro), em que se descreve tanto o ambiente da taverna como o grau de embriaguez em que se encontram os personagens narradores das histórias seguintes. (002) em meio a tantas tragédias, a última história, intitulada O último beijo, é uma narrativa de salvação na qual a prostituta Giórgia, como um anjo, aparece para perdoar Johann, por ter cometido incesto com a irmã, também chamada Giórgia. (004) segue a tradição romântica do chamado byronismo, isto é, tem no escritor inglês Lord Byron um modelo, e as histórias repetem temas caros ao poema Don Juan, como o canibalismo, a necrofilia, o incesto, a embriaguez, entre outros. 10

12 (008) as narrativas partilham com a terceira geração romântica os temas sociais e políticos, a liberdade de expressão ideológica e o tom retórico e exaltado, contribuindo, assim, para uma antecipação das campanhas republicana e abolicionista, ao lado das narrativas fantásticas, onde não faltam, ainda, intervenções do maravilhoso. (016) o erotismo obsessivo e a imagem da morte são características que podem ser observadas no capítulo V, a história de Claudius Hermann, que rapta Eleonora e provoca sua morte. 27- O livro de poemas de Carlos Drummond de Andrade A rosa do povo foi publicado em 1945 e traz as marcas do sentimento de miséria do mundo moderno e sua falta de humanidade, traduzidas pela então recém-terminada Segunda Guerra Mundial. Sobre os poemas aí reunidos, é correto afirmar que (001) Este é tempo de partido, tempo de homens partidos. Em vão percorremos volumes, viajamos e nos colorimos. A hora pressentida esmigalha-se em pó na rua (...) nesses primeiros versos de Nosso tempo, temos um exemplo da opção por uma poética moderna que contrapõe os extremos o sonho e a realidade, o interior e o exterior, o individual e o social apresentando um resultado esteticamente bem articulado, além de um engajamento político próprio da época. (002) o metapoema um poema que se volta para o próprio poema é uma espécie de arte poética moderna, que apresenta o mundo da poesia como uma realidade construída pela linguagem e pelo seu contraponto, o silêncio, como se pode ler nos versos a seguir. Não faças versos sobre acontecimentos. Não há criação nem morte perante a poesia. Diante dela, a vida é um sol estático, Não aquece nem ilumina. (...) Penetra surdamente no reino das palavras. Lá estão os poemas que esperam ser escritos. (...) (004) trata-se de uma reunião de poemas religiosos e oníricos, com temática relacionada à realidade nordestina, de onde o poeta se origina e onde passa sua infância e mocidade, recuperando elementos do folclore regional e seus mitos. (008) Até hoje perplexo ante o que murchou e não eram pétalas. De como este banco não reteve forma cor ou lembrança. Nem esta árvore balança o galho que balançava. Tudo foi breve e definitivo. Eis está gravado não no ar, em mim, que por minha vez escrevo, dissipo. Nesse poema, temos um exemplo da fusão entre o sujeito lírico, que percebe e cultiva a emoção interior, e o mundo empírico, que se modifica, aparece e desaparece sob o seu olhar, levando-o a refletir sobre o sentido do mundo, marca da lírica moderna. (016) a obra é marcada por temas constantes como o mar, o espaço, o sentimento de efêmero, a perda do EU e se volta, ainda, para a descrição da natureza brasileira e de nossos vultos históricos. 11

13 28 - Publicado em folhetim em 1856, Cinco minutos é um dos primeiros romances urbanos de José de Alencar. Sobre a obra, é correto afirmar que (001) é possível compreender, através do narrador, que a imitação dos clássicos, estabelecendo valores estéticos absolutos e eternos, abre espaço para narrativas de caráter épico em que predominam a objetividade e uma visão racional do mundo, permitindo ao herói romântico controlar suas ações sem qualquer envolvimento emocional. (002) pertence a uma tradição romântica positiva na qual o sentimento amoroso é capaz de operar milagres e conduzir a narrativa a um final feliz. (004) se trata de um romance epistolar, isto é, uma troca de cartas entre o narrador e sua prima D.; a cada carta da prima, corresponde uma carta do narrador; esse recurso permite manter a curiosidade constante do leitor com relação ao desfecho da história, narrando-a linearmente, sem adiantar os fatos. (008) Carlota, a principal personagem feminina, possui características essencialmente românticas, tais como uma beleza indescritível e um estado de saúde delicado, como se pode ler nas seguintes passagens do texto: Tudo quanto a arte tem sonhado de belo e de voluptuoso desenhava-se naquelas formas soberbas, naqueles contornos harmoniosos que se destacavam entre as ondas de cambraia de seu roupão branco. Estava condenada a morrer; estava atacada dessa moléstia fatal e traiçoeira, cujo dedo descarnado nos toca no meio dos prazeres e dos risos, nos arrasta ao leito, e do leito ao túmulo (...). (016) o romance descreve a vida em sociedade, os costumes e a cultura da época, cujo modelo europeu pode ser indicado pelas citações de obras (Traviata), autores (Byron e Verdi) e lugares ( Nápoles e Florença) Lavoura arcaica, de Raduan Nassar, foi publicado em 1975 e é representativo da ficção brasileira voltada para a qualidade estética do texto, numa década que costuma ser acusada de um vazio cultural. Sobre a obra em questão, é correto afirmar que (001) o romance é narrado em primeira pessoa pelo protagonista, André, que conta ao irmão, Pedro, na primeira parte, o porquê de sua fuga da casa paterna: o amor pela irmã e o incesto consumado; na segunda parte, narra o retorno à casa paterna. (002) na primeira parte do romance A partida o narrador utiliza uma narração próxima do fluxo de consciência, sem uma seqüência cronológica e linear dos fatos, provocando um efeito de sentido muito próximo da confusão dos sentimentos do narrador. (004) na segunda parte O retorno - o diálogo entre o pai e o filho é, inicialmente, de difícil compreensão porque o filho usa o tempo todo a linguagem figurada, própria do texto bíblico e dos sermões do pai. Ao final, exausto, admite render-se à tradição, como se pode ler em: (...) farei do cansaço a minha embriaguez, vou contribuir para preservar nossa união, quero merecer de coração sincero, pai, todo o teu amor;(...) ; a partir desse ponto, a narrativa passa a ter uma seqüência linear. (008) o narrador utiliza, com freqüência, a linguagem da tradição popular, implícita nos provérbios, ainda que modificados, como, por exemplo: (...) dar o passo mais largo que a perna é o mesmo que suprimir a quantidade necessária de tempo que pede a nossa iniciativa; (...) (...) ai daquele que brinca com fogo: terá as mãos cheias de cinza; ai daquele que se deixa arrastar pelo calor de tanta chama: terá a insônia como estigma;(...). (016) no penúltimo capítulo, enquanto Ana dança com o pai, Lula, o irmão mais novo, ganha a estrada em busca de realizar seu sonho: Quero conhecer muitas cidades, vou trocar meu embornal por uma mochila, quero correr todo este mundo, vou me transformar num andarilho que vai de praça em praça (...). 12

14 30 Sobre o romance Amar-te a ti nem sei se com carícias, de Wilson Bueno, é correto afirmar que (001) se insere numa tendência contemporânea que dialoga com textos da tradição literária, da qual procura selecionar traços que possam ser reaproveitados, como afirma o narrador: O mais é a velha alma propensa a dispensar a teia do tédio, reinventando o já existido ou pondo mais existidos aonde deveria haver nada. (002) se trata de um suposto manuscrito do século XIX, de Leocádio Prata, encontrado entre os escombros de uma aristocrática casa do bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. (004) o narrador Leocádio tem certeza absoluta de que sua mulher, Lavínia, foi assassinada pelo amante Licurgo, seu amigo, durante uma festa na mansão do bairro do Flamengo. (008) o tema do romance é a linguagem anacrônica e artificial utilizada pelo narrador que, ao mesmo tempo em que procura construir toda a atmosfera estrutural de um romance clássico, introduz pequenas ironias, como: Diz o Tavares, que de Letras só as entende as Jurídicas, que tenho estro de poeta, sensibilidade assaz e, a crer nele, alma de artista. Só porque pelos aniversários e datas santas costumo mimar, aqui e ali, um que outro amigo, com um soneto de minha lavra. Soneto de pé quebrado, vá lá a este caderno aonde toda confissão cabe, mas soneto em décimas, rimas e luxuriantes fechos d ouros. Não se inventou nada melhor que o soneto em matéria de poesia; e, depois dele, o fecho d ouro. (016) o romance abre-se com uma epígrafe de Machado de Assis O maior pecado, depois do pecado, é a publicação do pecado. e terá no autor de Dom Casmurro um modelo, seja para o enredo, seja para dar ao leitor uma visão da cidade do Rio de Janeiro entre os anos de 1850 e

Planejamento estratégico

Planejamento estratégico espaço ibero-americano espacio iberoamericano Planejamento estratégico Quem somos, onde queremos ir e como chegaremos lá são indagações necessárias em todas as escolas Como qualquer empresa, instituições

Leia mais

RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPRETADOS POR CANDIDATOS DO VESTIBULAR 2012

RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPRETADOS POR CANDIDATOS DO VESTIBULAR 2012 RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPRETADOS POR CANDIDATOS DO VESTIBULAR 2012 1º DIA Prova de Língua Portuguesa Questão 2 Na questão 2, o enunciado diz claramente que o que se está avaliando é o significado que

Leia mais

Guião E. 1.º MOMENTO Intervenientes e tempos

Guião E. 1.º MOMENTO Intervenientes e tempos Proposta de Guião para uma Prova Disciplina: Espanhol, Nível de Iniciação, 11.º ano (A2) Domínio de Referência: Viajes y Transportes Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião E 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

Inglês com Inglesar Jota Filho

Inglês com Inglesar Jota Filho Inglês com Inglesar Jota Filho Aula Prática Parte 5 Texto em Inglês: Reddy Fox He was afraid that he would fall through into the water or onto the cruel rocks below. Granny Fox ran back to where Reddy

Leia mais

32 explican como un enfrentamiento de raíces étnicas entre árabes y africanos, la realidad 33 es más compleja. 34 Hay que tener en cuenta el

32 explican como un enfrentamiento de raíces étnicas entre árabes y africanos, la realidad 33 es más compleja. 34 Hay que tener en cuenta el Cambio climático 1 En el año 2007 el cambio climático logró por fin situarse en la agenda política global 2 como uno de los grandes problemas que afronta la humanidad. Así lo reflejaron las 3 conclusiones

Leia mais

Vocabulário e frases chave

Vocabulário e frases chave Vocabulário e frases chave la tradición La sociedad moderna tiende a desvincularse de las tradiciones. a tradição A sociedade moderna tende a se afastar das tradições. la cultura Las distintas culturas

Leia mais

LETRAS - ESPANHOL (LICENCIATURA) NOTURNO

LETRAS - ESPANHOL (LICENCIATURA) NOTURNO assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 LETRAS - ESPANHOL (LICENCIATURA) NOTURNO Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Verbs - Simple Tenses

Verbs - Simple Tenses Inglês Prof. Davi Verbs - Simple Tenses Simple Present Simple Past Simple Future Simple Present - Formação Infinitivo sem o to Ausência do auxiliar (usa-se to do ) Inclusão de s na 3ª pessoa do singular

Leia mais

Finalmente, chegamos ao último Roteiro de Estudos do Segundo ano! Você já sabe como proceder! Organize seu material, revise o conteúdo e mãos à obra!

Finalmente, chegamos ao último Roteiro de Estudos do Segundo ano! Você já sabe como proceder! Organize seu material, revise o conteúdo e mãos à obra! ROTEIRO DE ESTUDOS DE LITERATURA PARA A 3ª ETAPA 2ª SÉRIE Finalmente, chegamos ao último Roteiro de Estudos do Segundo ano! Você já sabe como proceder! Organize seu material, revise o conteúdo e mãos à

Leia mais

ROMANTISMO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS LITERÁRIAS

ROMANTISMO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS LITERÁRIAS ROMANTISMO O Romantismo foi uma estética artística surgida no início do século XVIII, que provocou uma verdadeira revolução na produção literária da época. Retratando a força dos sentimentos, ela propôs

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO.

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO. UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO MATERIA: PORTUGUÉS Curso 2015-16 MODELO INSTRUCCIONES Y CRITERIOS GENERALES DE CALIFICACIÓN

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 15.01.2012 - TARDE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO FALTA PEDREIRO Superinteressante São Paulo, Abril, n. 280 Falta pedreiro, estão reclamando os mestres

Leia mais

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor capítulo um Belo reparo Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas preciosas com ouro. O resultado é uma peça que nitidamente foi quebrada,

Leia mais

ESPANHOL Vestibular UFU 1ª Fase 05 Junho 2011

ESPANHOL Vestibular UFU 1ª Fase 05 Junho 2011 ESPANHOL Vestibular UFU 1ª Fase 05 Junho 2011 QUESTÃO 21 Leia o seguinte fragmento extraído do texto e assinale a alternativa que NÃO apresenta um equivalente para a expressão destacada. Pero el mira todo

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova Escrita de Espanhol 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 47/1.ª Fase Critérios de Classificação 6 Páginas

Leia mais

OBJETIVOS 2 o TRIMESTRE 2014 9 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA. Objetivos Essenciais:

OBJETIVOS 2 o TRIMESTRE 2014 9 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA. Objetivos Essenciais: OBJETIVOS 2 o TRIMESTRE 2014 9 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA Desenvolver estratégias leitoras: extrapolar as informações do texto após relacionar dados presentes nele, antecipar o desenvolvimento de uma história

Leia mais

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO.

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO. UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO MATERIA: PORTUGUÉS Curso 2014-2015 INSTRUCCIONES Y CRITERIOS GENERALES DE CALIFICACIÓN

Leia mais

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões de 1 a 7. AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Há três coisas para

Leia mais

A mudança cultural de um país, acontece por meio da educação.

A mudança cultural de um país, acontece por meio da educação. A mudança cultural de um país, acontece por meio da educação. RECICLAGEM & SUSTENTABILIDADE Não existe prosperidade em lugar sujo. O Mundo Ficou Pequeno de Mais Para Tanto Lixo Como atingir a sustentabilidade

Leia mais

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO MATERIA: PORTUGUÉS Curso 2012-2013 INSTRUCCIONES Y CRITERIOS GENERALES DE CALIFICACIÓN

Leia mais

Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning. Vamos começar o espetáculo.

Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning. Vamos começar o espetáculo. The case of the missing ring Script: part three A transcrição abaixo não é uma cópia fiel do áudio. Apresentadora: Bem-vindo ao Inspector Stone uma produção da BBC Learning English. Série 1 o caso da aliança

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor,

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor, Xixi na Cama Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos mais um livro da coleção Revoluções: Xixi na Cama, do autor mineiro Drummond Amorim. Junto com a obra, estamos também

Leia mais

Lesson 17: Can, Cannot, Can...? Lição 17: Poder, Não Poder +?

Lesson 17: Can, Cannot, Can...? Lição 17: Poder, Não Poder +? Lesson 17: Can, Cannot, Can...? Lição 17: Poder, Não Poder +? Reading (Leituras) I can walk. (Eu posso andar.) He can write an email. (Ele pode escrever um e-mail.) You can dance. (Você pode dançar.) They

Leia mais

Guia de Meditação. Uma viagem de autodescoberta. Semana 4

Guia de Meditação. Uma viagem de autodescoberta. Semana 4 Guia de Meditação Uma viagem de autodescoberta Semana 4 Ter uma vida com a Meditação Self -mastery and god-discovery Are the only two things That each human being on earth Must take seriously. Everything

Leia mais

Esta edição segue as normas do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

Esta edição segue as normas do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. [2] Luciano Portela, 2015 Todos os direitos reservados. Não há nenhum empecilho caso queira compartilhar ou reproduzir frases do livro sem permissão, através de qualquer veículo impresso ou eletrônico,

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Título: Maricota ri e chora Autor: Mariza Lima Gonçalves Ilustrações: Andréia Resende Formato: 20,5 cm x 22 cm Número de páginas: 32

Leia mais

Discapacidad Argentina, Brasil y Paraguay

Discapacidad Argentina, Brasil y Paraguay Prueba Piloto Conjunta sobre Discapacidad Argentina, Brasil y Paraguay Comitê do Censo Demográfico, IBGE Brasil Taller de Cierre y Conclusiones del Grupo de Trabajo Ronda Censos 2010 de la CEA-CEPAL CEPAL

Leia mais

MATERIAL CANDIDATOS. Textos y Fichas

MATERIAL CANDIDATOS. Textos y Fichas MATERIAL CANDIDATOS Textos y Fichas Comercio Chile - China De acuerdo a un informe de Aduanas, China se consolidó como el principal destino de las exportaciones chilenas con embarques por US$ 8.257 millones

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Your Time is Precious BOOK ONE. www.second-language-now.com

Your Time is Precious BOOK ONE. www.second-language-now.com LEARN PORTUGUESE AT HOME Your Time is Precious BOOK ONE Learn Portuguese at Home TABLE OF CONTENTS LESSON 1...3 LESSON 2...8 LESSON 3...14 LESSON 4...19 LESSON 5...21 LESSON 6...27 LESSON 7...29 LESSON

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Seu Tempo é Precioso. Volume I. Charlles Nunes

Seu Tempo é Precioso. Volume I. Charlles Nunes APRENDA INGLÊS EM CASA Seu Tempo é Precioso Volume I Charlles Nunes Aprenda Inglês em Casa ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 LESSON 1... 5 LESSON 2... 10 LESSON 3... 16 LESSON 4... 21 2 Charlles Nunes APRESENTAÇÃO

Leia mais

XHEKPON. Dossier de Imprensa. Site da Revista HOLA www.hola.com

XHEKPON. Dossier de Imprensa. Site da Revista HOLA www.hola.com XHEKPON Dossier de Imprensa Site da Revista HOLA www.hola.com Marian Camino licenciada em Economia e especializada em Economia Internacional, mas com verdadeira paixão e vocação pelo mundo da beleza e

Leia mais

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde

Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas. Nível Fundamental Incompleto. Águas e Esgoto. 22.01.2012 - Tarde Ajudante Auxiliar de Serviços Gerais Operador de Bombas Nível Fundamental Incompleto Águas e Esgoto 22.01.2012 - Tarde LÍNGUA PORTUGUESA AJUDANTE / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / OPERADOR DE BOMBAS 22.01

Leia mais

COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO VESTIBULAR PUCPR 2009/2010 PROVA DE LITERATURA

COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO VESTIBULAR PUCPR 2009/2010 PROVA DE LITERATURA COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO VESTIBULAR PUCPR 2009/2010 PROVA DE LITERATURA Nenhuma questão com problema no gabarito. Nenhuma falha mais clamorosa. Logo, podemos considerar excelente

Leia mais

Cara Professora, Caro Professor,

Cara Professora, Caro Professor, A olhinhos menina de rasgados Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos um belo livro de narrativa A menina de olhinhos rasgados, do premiado autor mineiro Vanderlei Timóteo.

Leia mais

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre

Trabalho de Compensação de Ausência - 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Trabalho de Compensação de Ausência

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/04, de 26 de Março Prova Escrita de Espanhol 12.º ano de Escolaridade Iniciação trienal Prova 747/2.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 1 minutos.

Leia mais

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração Material pelo Ético Sistema de Ensino Elaborado para Educação Infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos EDUCAÇÃO INFANTIL Data: / / Nível: Escola: Nome: Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

Língua Portuguesa RESOLUÇÃO

Língua Portuguesa RESOLUÇÃO PROCESSO SELETIVO/2009 CADERNO 2 Respostas da 2. a Fase Língua Portuguesa RESOLUÇÃO FGVS-2.ªFase/2.ºCad-Língua Portuguesa-Resolução-manhã 2 LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto para responder às questões de

Leia mais

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS SÍNTESE DA AULA DE INGLÊS ENSINO MÉDIO I VOCABULÁRIO IMPORTANTE: 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS II - PERSONAL PRONOUNS

Leia mais

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam.

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam.

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

PRUEBA DE ACCESO A LA UNIVERSIDAD CONVOCATORIA DE SEPTIEMBRE DE 2012

PRUEBA DE ACCESO A LA UNIVERSIDAD CONVOCATORIA DE SEPTIEMBRE DE 2012 PRUEBA DE ACCESO A LA UNIVERSIDAD CONVOCATORIA DE SEPTIEMBRE DE 2012 EJERCICIO DE: LENGUA EXTRANJERA II - PORTUGUÉS TIEMPO DISPONIBLE: 1 hora 30 minutos PUNTUACIÓN QUE SE OTORGARÁ A ESTE EJERCICIO: (véanse

Leia mais

Como dizer quanto tempo leva para em inglês?

Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Você já se pegou tentando dizer quanto tempo leva para em inglês? Caso ainda não tenha entendido do que estou falando, as sentenças abaixo ajudarão você a entender

Leia mais

PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VI Unidade Portugal Série: 4 o ano (3 a série) Período: MANHÃ Data: 29/6/2011 PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE Nome: Turma: Valor da prova: 3,5 Nota: Eixo temático Proteção ao meio

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 4CCHLADELEMT01 RESUMO REFLEXÕES E RELATOS DE EXPERIÊNCIAS NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM E/LE Wannessa Fadja Dinoá (1); María del Pilar Roca (3) Centro de Ciências Humanas, Artes e Letras/Departamento de

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. O MELHOR DE CALVIN /Bill Watterson MÃE, O

Leia mais

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante?

Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Do you know how to ask questions in English? Você sabe fazer perguntas em Inglês? Em primeiro lugar observe as frases abaixo: Afirmativo: Ele é estudante Interrogativo: Ele é estudante? Note que tanto

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal.

Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal. 1. A legenda mais apropriada para a charge é: A poluição é uma arma que pode matar. Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal. 02.

Leia mais

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo)

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo) Questão Muito do pioneirismo das ideias de Saussure advém do fato de o autor ter sido o primeiro a mencionar a natureza social da língua, como se pode observar no seguinte excerto do Curso de Linguística

Leia mais

2. O fato folclórico

2. O fato folclórico (...) O folclore, apesar de não percebermos, acompanha a nossa existência e tem grande influência na nossa maneira de pensar, sentir e agir. Quando crianças fomos embalados pelas cantigas de ninar e pelos

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Alliance for Childhood Movimento Internacional

Alliance for Childhood Movimento Internacional Alliance for Childhood Movimento Internacional Palestrante: Christopher Clouder Presidente do Fellowship das escolas Waldorf para o reino Unido e Irlanda e o CEO do Conselho Europeu para a Educação Waldorf

Leia mais

Projeto Conto de Fadas

Projeto Conto de Fadas Projeto Conto de Fadas 1. Título: Tudo ao contrário 2. Dados de identificação: Nome da Escola: Escola Municipal Santo Antônio Diretora: Ceriana Dall Mollin Tesch Coordenadora do Projeto: Mônica Sirtoli

Leia mais

ROMANTISMO NO BRASIL - PROSA

ROMANTISMO NO BRASIL - PROSA AULA 12 LITERATURA PROFª Edna Prado ROMANTISMO NO BRASIL - PROSA Na aula passada nós estudamos as principais características da poesia romântica no Brasil.Vimos o fenômeno das três gerações românticas:

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

Plano de Estudo 3ª Etapa

Plano de Estudo 3ª Etapa Plano de Estudo 3ª Etapa NÍVEL DE ENSINO: ENSINO FUNDAMENTAL I ANO: 4º Querido (a) aluno(a), SAÚDE E PAZ! Esse plano de estudo tem como finalidade ajudá-lo (a) a se organizar melhor em seu hábito de estudo

Leia mais

Curso FIC Espanhol Intermediário

Curso FIC Espanhol Intermediário Curso FIC Espanhol Intermediário Descrição do Curso O Curso tem como objetivo o desenvolvimento de habilidades intermediárias de compreensão, conversação, leitura e escrita da língua espanhola, com o intuito

Leia mais

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Índice APOSTILA DE INGLÊS Módulo I - EXPRESSÕES PARA USO COTIDIANO - SUBJECT PRONOUNS - VERBO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 2ª ETAPA Provas abertas: Matemática, História e Redação em Língua Portuguesa.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE ESPANHOL Nome: Nº 7º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2,0) 1º semestre Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários.

Leia mais

Fabíola Féo Período: Abril, Maio e Junho. NAPNE Núcleo de Atendimento as Pessoas com Necessidades Especiais.

Fabíola Féo Período: Abril, Maio e Junho. NAPNE Núcleo de Atendimento as Pessoas com Necessidades Especiais. LIBRAS Aula noite I a VI Fabíola Féo Período: Abril, Maio e Junho. NAPNE Núcleo de Atendimento as Pessoas com Necessidades Especiais. LIBRAS HISTÓRIA Gerolamo Cardomo (1501 a 1576), médico e matemático

Leia mais

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ AG. DE VIGILÂNCIA PREVIDENCIÁRIA / AUX. DE SERVIÇOS GERAIS / MOTORISTA

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2016 OBJETIVOS GERAIS:

CONTEÚDO ANUAL 2016 OBJETIVOS GERAIS: CONTEÚDO ANUAL 2016 SEGMENTO: Ensino Fundamental I SÉRIE: 1º ano OBJETIVOS GERAIS: Criar condições para o desenvolvimento integral das crianças, considerando as possibilidades de aprendizagem que apresentam,

Leia mais

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as Exercícios extras Assunto do dia Na aula de hoje, você deverá arregaçar as mangas e entrar de cabeça nos exercícios extras, que têm como tema tudo que vimos nas aulas do Segundo Grau. Atenção: 3, 2, 1...

Leia mais

Uma experiência em ensinar e aprender linguagem escrita

Uma experiência em ensinar e aprender linguagem escrita Uma experiência em ensinar e aprender linguagem escrita 55 Ana Teberosky neste capítulo propomos uma experiência sobre linguagem escrita cujo enfoque é a interação entre os materiais, a atuação dos professores

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Unidade II Science Health and nature 2 Aula 5.1 Conteúdos Phrasal Verbs in texts 3 Habilidade Identificar os phrasal verbs em textos

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de A U A U L L A A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de rotação. É esse movimento que dá origem à sucessão dos dias

Leia mais

2. 1 A poesia trovadoresca - Leitura de cantigas de amor e de amigo semântico, sintático, lexical e sonoro;

2. 1 A poesia trovadoresca - Leitura de cantigas de amor e de amigo semântico, sintático, lexical e sonoro; EIXO TEMÁTICO: 1 TEXTO LITERÁRIO E NÃO LITERÁRIO 1) Analisar o texto em todas as suas dimensões: semântica, sintática, lexical e sonora. 1. Diferenciar o texto literário do não-literário. 2. Diferenciar

Leia mais

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado POESIAS Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado A flor amiga O ser mais belo e culto Emoções e corações Sentimentos envolvidos Melhor amiga e amada O seu sorriso brilha como o sol Os seus

Leia mais

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O capitalismo teve origem na Europa, entre os séculos XIII e XIV, com o renascimento urbano e comercial e o surgimento de uma nova classe social:

Leia mais

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português

Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português 1 Equivalência da estrutura de uma frase em inglês e português A partir do momento que você souber de cor a função de cada peça do nosso jogo de dominó, você não terá mais problemas para formular frases,

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02 O Cordel, Paixão e Poesia: Castro Alves o poeta da Bahia foi feito pelos alunos do 1º ano A (IF Baiano campus Itapetinga). O cordel é uma grande homenagem ao grande poeta baiano Castro Alves, conhecido

Leia mais

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 CARGO Crecheiras (71) GABARITO OFICIAL QUESTÃO ALTERNATIVA CORRETA 01 B 02 C 03 B 04 A 05 C 06 B 07 C 08 C 09 B 10 D 11 B 12 D 13 A 14

Leia mais

LEITURA ORANTE DA BÍBLIA. Um encontro com Deus vivo

LEITURA ORANTE DA BÍBLIA. Um encontro com Deus vivo LEITURA ORANTE DA BÍBLIA Um encontro com Deus vivo A quem nós iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. (Jo 6,68) Recordando a história... A leitura orante da Palavra é uma tentativa de responder

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

ATENDENTE DE CRECHE. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40

ATENDENTE DE CRECHE. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40 CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO PRETO - SC ATENDENTE DE CRECHE Nome do (a) Candidato (a) Número de Inscrição Este caderno de questões está assim constituído: DISCIPLINAS Nº

Leia mais

REVISÃO DE MATEMÁTICA PG 2ª Unidade Letiva / 2015 NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 6J

REVISÃO DE MATEMÁTICA PG 2ª Unidade Letiva / 2015 NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 6J REVISÃO DE MATEMÁTICA PG 2ª Unidade Letiva / 2015 PROFESSORA: ERICA FERRÃO BORTOLUCCI REVISÃO 08 6ª ANO NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 6J Observações gerais Leia com atenção! preencha corretamente o cabeçalho;

Leia mais

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens Para pensar o livro de imagens ROTEIROS PARA LEITURA LITERÁRIA Ligia Cademartori Para pensar o Livro de imagens 1 1 Texto visual Há livros compostos predominantemente por imagens que, postas em relação,

Leia mais

VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO)

VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO) VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO) O tempo total concedido para a resolução das provas (LIBRAS e Língua Portuguesa) é de 4 (quatro) horas, incluindo

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

Ejemplos de ítems y tareas

Ejemplos de ítems y tareas Ejemplos de ítems y tareas Tipo de Item: Emparejamiento Componente: Comprensión Lectora Você vai conhecer Mariana e seus amigos. Leia a informação de cada um deles e coloque ao lado do nome o número da

Leia mais

UM JEITO DE AMAR A VIDA

UM JEITO DE AMAR A VIDA UM JEITO DE AMAR A VIDA Maria do Carmo Chaves CONSCIÊNCIA DO MUNDO FICHA TÉCNICA EDIÇÃO: Vírgula (Chancela Sítio do Livro) TÍTULO: Um jeito de amar a vida AUTORA: Maria do Carmo Chaves (escreve de acordo

Leia mais

Amy Winehouse - Tears Dry On Their Own

Amy Winehouse - Tears Dry On Their Own Amy Winehouse - Tears Dry On Their Own All I can ever be to you, is a darkness that we knew And this regret I got accustomed to Once it was so right When we were at our high, Waiting for you in the hotel

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES GEOGRAFIA ATENÇÃO: Este trabalho deverá ser realizado em casa, trazendo as dúvidas para serem sanadas durante as aulas de plantão. Aluno (a): 5º ano Turma: Professora:

Leia mais

Lição 40: deve, não deve, não deveria

Lição 40: deve, não deve, não deveria Lesson 40: must, must not, should not Lição 40: deve, não deve, não deveria Reading (Leituras) You must answer all the questions. ( Você deve responder a todas as We must obey the law. ( Nós devemos obedecer

Leia mais

Arte em Movimento...

Arte em Movimento... Leonardo Koury Martins Arte em Movimento... Arte em Movimento... Sabemos que por mais que queremos as coisas certas, todas no lugar, fáceis de tocar ou de compreender tudo estará em constante transformação.

Leia mais

Resoluções Prova Anglo

Resoluções Prova Anglo Resoluções Prova Anglo TIPO F P-1 tipo D-5 Língua Portuguesa (P-1) Ensino Fundamental 5º ano DESCRITORES, RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS A Prova Anglo é um dos instrumentos para avaliar o desempenho dos alunos

Leia mais