O verdadeiro. Tuga do surf mundial. Tiago Saca Pires. ASSÉDIO SEXUAL Quando as brincadeiras passam as marcas. Pág. 11

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O verdadeiro. Tuga do surf mundial. Tiago Saca Pires. ASSÉDIO SEXUAL Quando as brincadeiras passam as marcas. Pág. 11"

Transcrição

1 PUB

2 PUB

3 ASSÉDIO SEXUAL Quando as brincadeiras passam as marcas. Pág. 11 ANTÓNIO CÂMARA Entrevista ao (criativo) presidente da YDreams. Págs. 12 e 13 MÃO MORTA NO PALCO Peça musical no Theatro Circo de Braga. Pág. 15 Tiago Saca Pires O verdadeiro Tuga do surf mundial Pág. 16 Directora: Raquel Louçã Silva Nº 66 SEMANAL Segunda, 7 de Maio de 2007 Distribuição gratuita Charlie.photos.com

4 SUMÁRIO 4 EDITORIALEDITORIAL CITAÇÃO Não imaginas o que me aconteceu, tu ficaste sem voz e nesse mesmo dia deu-me uma tontura que tive de ir para o hospital Eusébio, numa conversa com Plácido Domingo [in Público de 2 de Maio] [ Raquel Louçã Silva ] Directora GERAÇÃO 500 EUROS Tinha três trabalhos. Entrava às 10 da manhã e saía às 10 da noite. Cheia de fibra, lá ia aguentando 12 horas seguidas aos saltos de um lado para o outro sendo que, no final do mês, a gratificação por tamanho esforço nunca passava dos 850 euros. Licenciada em inglês, alemão e ainda com formação em castelhano, a minha amiga começava o dia na pe- IN Agualusa premiado. O nosso escritor angolano José Eduardo Agualusa foi distinguido, no dia 2, com o XII Prémio de Ficção Estrangeira pela National Gallery de Londres. O Vendedor de Passados foi a obra considerada. O prémio é promovido pelo diário The Independent, em colaboração com o Conselho das Artes do Reino Unido. le de professora de inglês num instituto de renome na praça: trabalhava 7 horas e ganhava pouco mais de 500 euros. Um ordenado anoréctico já de si e completamente subnutrido, se tivermos em conta que só para as despesas da casa que alugava com outra amiga iam 300 euros. Solução encontrada: desdobrar-se. Assim, depois do instituto, deslocava-se a um centro de explicações para mais uma hora e meia de trabalho e, finalmente, seguia para um call center até às 10 da noite. Nestes dois part-times conseguia, então, arrecadar cerca de 300 preciosos euros. Cansada pelo desgaste de muitas horas diárias e triste por, apesar de tudo, se ver obrigada a contar tostões, resolveu dizer FOTODASEMANA Inácio Rosa/ Lusa INDEX basta e mudar de vida. É que pertencer à geração recibo verde ou 500 euros, como queiram, só dá para quem continua na casa dos pais... caso contrário não há maneira de se poder apregoar a almejada independência, porque lá cai a mesadinha tipo lembrete: «O que era de ti sem nós!» A amiga de que falo tem 25 anos, mas também podia contar aqui casos de gente para lá dos 30, formada, capaz, e a exercer trabalhos de grande responsabilidade e ia estar a repetir-me. Num mês, despediu-se das 12 horas de trabalho, avisou a família e foi tentar a sorte para a Alemanha. Entusiasmou-a o facto de poder aperfeiçoar a difícil fonética germânica, assim como a ideia de ter uma colega de faculdade a dar lá aulas de português. Em Hamburgo há pouco mais de dois meses, trabalha 5 horas por dia e ganha cerca de 800 euros. Vive com menos aperto, porque só paga 200 euros de renda e as compras de supermercado saem-lhe incrivelmente mais baratas. Tem tempo de ir para a esplanada à tarde, mas sente-se frustrada por só ter conseguido trabalho num café. Ponto final. CAPA 3 SUMÁRIO 4 P. PALAVRA 6 RADAR 8 & 9 CAMPUS 10 JARDIM DO ÉDEN VALORES 12 & 13 OUT Voltámos aos bufos? A proposta de lei antitabaco apresentada na Assembleia da República pelo Governo prevê duras coimas para quem não cumpra o proibicionismo instaurado. Interessante é o facto de estimular quem testemunha a prevaricação a denunciar. «Andas a dificultarme a vida? Espera aí que eu já te digo!»... No 1º de Maio deste ano, centenas de jovens portugueses organizaram o seu próprio May Day e desfilaram pelas ruas da capital expondo as suas angústias laborais. São os mesmos a quem já chamaram geração rasca e que alguém depois rebaptizou de à rasca. Nem mais! Se dúvidas havia, aí estão os recibos verdes e os quinhentos eurinhos ao fim do mês a comprová-lo. QUARTA.09. Dia da Europa TOMANOTA TODA A SEMANA. Queima das Fitas atrás de Queima das Fitas [consultar a agenda na secção Bar Aberto] BELAS ARTES 14 JUKEBOX 15 LIFESTYLE 16 & 17 SALADA RUSSA 18 5ª DIMENSÃO 19 BAR ABERTO 20 BD 22 FICHA TÉCNICA: Título registado no I.C.S. sob o n.º Propriedade: Moving Media Publicações Lda Empresa n.º Matrícula n.º da C.R.C. de Lisboa NIPC Conselho de Gerência: António Stilwell Zilhão; Francisco Pinto Barbosa; Gonçalo Sousa Uva Directora: Raquel Louçã Silva Redacção: Edgar Amaral, Lina Manso Colaboradores: Geraldes Lino, Mariana Seruya Cabral, Mónica Moitas (fotografia) Marketing: Ana Deslandes Revisão: Piedade Góis Projecto Gráfico e Paginação: Joana Túlio Publicidade: Paula Reis Distribuição: Sofia Costa Sede Redacção: Estrada da Outurela n.º 118 Parque Holanda Edifício Holanda Carnaxide Tel: Fax: Tiragem: Periodicidade: semanal Distribuição: Gratuita Impressão: Grafedisport; Morada: Casal Sta. Leopoldina Queluz de Baixo 2745 Barcarena; ISSN

5 PUB

6 PODER À PALAVRA 6 Manda ATACAOUCONTRA-ATACA bala sobre o que te apetecer... nós publicamos! Envia o teu artigo de opinião até 1000 caracteres, no máximo, com uma fotografia tipo passe e o nome da faculdade onde estudas. Ninguém te pode calar! Manda tudo para Popular ou Não Popular?... Eis a Questão [Michael Reynolds] ISPA Os anos iniciais de um aluno no ensino superior são cruciais, as interacções com o próximo na vida académica repercutem no bom funcionamento individual. Muito depende assim a integração desde as denominadas Praxes aos convívios posteriores (jantares, festas universitárias). Posso então assim avaliar que existem várias características para ser popular ou não: a instituição, o meio social e o próprio indivíduo. Na procura de uma identificação com os colegas, alguns alunos tendem a satisfazer a sua necessidade primordial primária, isto é, de tentar impor a sua própria personalidade e auto-afirmação (no caso dos alunos populares). Por outro lado, também encontramos os denominados alunos não populares, que muitas das vezes passam despercebidos por todos e remetem-se a finalizar o curso o mais rápido possível. Outros são os que trabalham e nem têm tempo para poder socializar. Noutros casos encontramos alunos que pretendem uma certa popularidade e não a atingem, o não ser aceite e estimado pelos colegas origina a uma posição de pensamento de que a instituição, (universidade), não lhe oferece estímulos necessários para o seu desenvolvimento intelectual. Esta situação pode, por vezes, conduzir a distúrbios emocionais e à recusa de frequentar o curso, por outro lado a impopularidade pode também levar o aluno a brilhar nas cadeiras de forma a sobressair perante os colegas. A universidade é um elemento essencial, social, em que alunos aprendem a interagir, de modo a estabelecer relações com o próximo, proporcionando muitas vezes a rede principal de grupos de companheiros durante a sua vida. VOXPOP Quais as tuas expectativas para a Semana Académica? [Daniela Silva] (aka Calvin) 4º ano Jornalismo, Faculdade de Letras Universidade do Porto «Espero diversão, que os concertos sejam bons e também muita maluqueira à mistura.» [João Rodrigues] (aka Einstein) 5º ano Engenharia de Redes e Comunicação, IST Tagus Park «O que espero da semana académica é trabalho. Sou capaz de ir beber um copo mas regra geral só trabalho.» [Martim Câmara] (aka Alberto João Jardim) 2º ano Engenharia do Ambiente, FCT UNL «Espero que haja muita diversão e bailarico.» PUB

7 PUB

8 8 RADAR YOGA GRATUITO NA ALAMEDA A Associação Lusa do Yoga (ALYO) vai promover, a 12 e a 26 de Maio, entre as 10 e as 12 horas, a iniciativa Yoga e Exames sem Stress. Se estás em Lisboa e queres começar bem o fim-de-semana, vai até à Alameda da Universidade de Lisboa (frente à reitoria). Não te esqueças de que o Yoga faz bem à lucidez e aumenta a energia disponível. BREVES. PGR investiga Independente. A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu uma investigação à Universidade Independente. De lembrar que a direcção contestou o despacho provisório de encerramento compulsivo. 30 bolsas de doutoramento Portugal-EUA. A Fundação para a Ciência e Tecnologia abriu um concurso público para atribuição de 30 bolsas de doutoramento mistas em Portugal e na Universidade de Carnegie Mellon (EUA). Voluntários para o MNAA em Lisboa. Um grupo de jovens do Mestrado de Relações Internacionais no ISCTE está a dirigir um projecto de angariação de voluntários para as salas do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA). Workshop sobre Second Life na UA. A Universidade de Aveiro vai acolher, nos dias 23, 24 e 25 de Maio, um workshop sobre Comunicação, Educação e Formação no Second Life. JOB-SHOP na UNL. A Job-Shop Feira de Emprego, Estágios e Bolsas, começa hoje na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (UNL). Expo Estudante 2007 na Universidade de Évora «Perdem-se 100 mil alunos no secundário por ano» A Universidade de Évora (UE) vai organizar, já no próximo fim-de-semana, pela primeira vez, a Expo Estudante. José Luís Ramos, o pró- -reitor responsável pela iniciativa, nega que esteja relacionada com uma quebra acentuada do número de alunos. Para inverter essa situação, tem de se actuar «a montante», diz, numa referência às elevadas taxas de abandono e insucesso registadas no secundário. [Lina Manso] A Expo Estudante 2007, a ter lugar na emblemática Praça do Giraldo, vai não só divulgar os cursos existentes na UE e noutras instituições de ensino superior como, a nível de empregabilidade, terá a presença de cinco empresas, «a quem os interessados poderão deixar os seus currículos e propostas» (incluindo a Axa Seguros e a Select). Além disso, contará também com actividades no campo do desporto, saúde ou ciência e tecnologia, «representativas do potencial e tipo de aprendizagens proporcionados aos alunos da UE», explica o pró-reitor responsável pelo Plano de Promoção da Oferta Educativa do estabelecimento neste ano lectivo, em que a exposição se insere. Numerus clausus ajudam UE Mas será que esta iniciativa é um reflexo do decréscimo acentuado do número de estudantes naquela universidade? De acordo com um estudo da Universidade do Minho, referido na passada semana pelo Jornal de Negócios, se não fossem os numerus clausus, as instituições nacionais mais frágeis, ou seja, a UE e a Universidade de Lisboa, perderiam 5 por cento de vagas por preencher. Confrontado com o referido trabalho, José Luís Ramos lembra que «é o Governo e não as instituições» que fixam os numerus clausus». Mas confirma que, se eles não existissem, o Interior estaria comprometido. «Compreendo que todos queiram ir para as universidades de Lisboa, Porto e Minho... então vamos fechar esta parte do País e limitá-lo à faixa costeira!», diz. Há que tentar contrariar essa tendência de êxodo. Assim como o facto de termos «a mais baixa taxa de frequência do ensino superior na Europa». É preciso actuar logo no ensino secundário, «onde se perdem 100 mil alunos por ano», avança o pró-reitor. Daí outras iniciativas da UE como a plataforma de e-learning para alunos do 12.º ano de todo o País que tenham dificuldades em preparar-se para os exames de Junho e Julho. «Queremos é que os jovens portugueses se qualifiquem», refere José Luís Ramos. Jornadas de Engenharia Química no IST As XX Jornadas de Engenharia Química do Instituto Superior Técnico de Lisboa estão prestes a arrancar. Já na quinta-feira, a organização destaca o painel dedicado à Gastronomia Molecular onde serão confeccionados, ao vivo, diversos pratos com recurso a elementos químicos. No dia seguinte (11 de Maio), armamento químico/biológico, formas de terrorismo, armas químicas e materiais radioactivos são os temas enfatizados. Queres mais pormenores? Então vai a dequim.ist.utl.pt/jeq2007. O MU apoia esta iniciativa! LM UA e Parque Nacional da Gorongosa assinam acordo A Universidade de Aveiro (UA) assinou, na passada semana, um protocolo de cooperação científica com o Parque Nacional da Gorongosa (Moçambique) Fundação Carr, que prevê o intercâmbio de cientistas e alunos de pós-graduação. Sem precedentes à escala mundial, visa, segundo notícia no site da UA, «o desenvolvimento de acções conjuntas de investigação e gestão nas áreas da Biologia, Ecologia e Biodiversidade, nomeadamente no acompanhamento e estudo das reintroduções de populações de grandes mamíferos africanos no Parque Nacional da Gorongosa». LM

9 COMISSÃO PARA A JUVENTUDE Na passada quinta-feira, 3 de Maio, o ministro da Presidência aprovou uma Comissão Interministerial para as Políticas de Juventude (CIJ) com o objectivo principal de «concertar as diferentes acções do Governo destinadas a esta camada etária». Desta maneira, é assegurada, pela CIJ, a coordenação das diversas medidas adoptadas pelo Governo. RADAR 9 32 países vão estar representados Conferência Internacional da NATO na Universidade do Porto Iniciada ontem, só hoje é que vai ser aberta ao público a 10ª Conferência Anual Internacional NA- TO/CCMS Pilot Study on Clean Products and Processes. O evento prolonga-se até quarta-feira. [Edgar Amaral] «Este projecto foi criado em 1998, na área de processos limpos e participam ao todo 32 países», informa Teresa Mata, responsável pela Universidade do Porto Inovação (UPIN) e pela organização da conferência. «O que se pretende com este evento é criar um fórum internacional de discussão e debate para partilha de conhecimentos na área das tecnologias limpas», continua. Para hoje, está agendado um simpósio sob o tema Best Practices for Incorporation and Transfer of Sustainable Technologies in Industry e no dia seguinte serão feitas visitas de estudo às instalações fabris de empresas da região Norte (Amorim & Irmãos, FEPSA Filtros de Portugal e Grupo Simoldes). Em jeito de conclusão, Teresa Mata destaca a importância «deste evento como uma oportunidade única, para investigadores e instituições, no sentido de estabelecerem contacto directo entre si, aprofundando as relações científicas». Coimbra na European Shell Eco marathon Os investigadores Pedro Carvalheira e Pedro Gonçalves do Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra conceberam um novo motor (M3165) com um rendimento energético de 40 por cento. Denominada Eco Veículo, a equipa (considerada a melhor da Península Ibérica e uma das melhores a nível mundial) vai ser uma das participantes na European Shell Eco marathon 2007, a par de outras 250 equipas de 20 países. É uma competição internacional que se realiza entre os dias 9 e 13 de Maio no circuito de Nogaro, França. EA Rescaldo do Caminhos do Cinema Português Coimbra serviu de palco ao XIV Edição do festival Caminhos do Cinema Português. A sessão de encerramento foi na passada sexta-feira, dia 4, no Teatro Académico de Gil Vicente e o MU, que se orgulha de ter apoiado esta iniciativa, mostra aqui alguns dos vencedores: Grande Prémio do Festival Transe, de Teresa Villaverde Melhor Longa Atrás das Nuvens, de Jorge Queiroga Melhor Curta Cântico das Criaturas, de Miguel Gomes Melhor Documentário Logo Existo, de Graça Castanheira. PUB

10 10 CAMPUS Na semana passada, o nosso Campus pintou o retrato da rotina de quem estagia numa rádio. Para não ficarmos a meio caminho desta vez voltámos à Cidade FM para falar com quem garante já ter percorrido o seu deserto e, finalmente, encontrado o oásis. Chama-se Joana Azevedo e abre a pestana todas as manhãs a quem a ouve. Com muito sentido de humor e disparate à mistura. Fora do estúdio, é bem mais tímida, podem crer. Há pouco tempo percebi que queria saber mais de psicologia. Acho que ajuda quem faz rádio, quem fala para as pessoas. DR Joana Azevedo Era uma vez o sonho da rádio [Raquel Louçã Silva] Quando começaste a trabalhar na rádio? Eu sempre quis fazer rádio e comecei a tentar para aí desde os 15 anos. Consegui entrar na Rádio Minuto, em Gaia, com 18. Depois passei por uma data de rádios pequenas até ir parar à Rádio Nova, no Porto. E já fiz de... jornalismo, trânsito, produção, e agora animação. Como nasce esse fascínio? Eu era uma ouvinte louca e frenética... ouvia rádios de todos os formatos e era ao contrário das pessoas que normalmente vão no carro a ouvir música e depois quando o locutor começa a falar baixam o som... eu gostava era de ouvir as pessoas. O meu pai sempre trabalhou em editoras de música, portanto vivi rodeada de música por todo o lado. Talvez tenha sido a música que me levou à rádio e a rádio à vontade de estar do outro lado. Qual é a tua formação? Relações públicas, na Fernando Pessoa (Porto). Trabalhava e estudava. No quarto ano, consegui um estágio aqui em Lisboa, na Rádio Comercial...e nem pensei duas vezes, vim fazer o estágio de Verão de três meses e no fim convidaram- -me para ficar e eu fiquei. Tanto que nem acabei o curso, tenho praticamente o último ano todo para fazer. Fiquei a fazer produção desde 99 até 2003, altura em que vim fazer animação para a Cidade. Se gostavas assim tanto de rádio por que é que não foste para Comunicação? No secundário, estava em economia e depois entrei em marketing, em Santarém, mas os meus pais não me deixaram ir (risos). Então resolvi ir para relações públicas (RP) para fazer outras para além da comunicação, e se calhar também porque convivi com muita gente que tinha feito o curso e dizia que não lhes tinha ensinado nada. Agora estou a pensar voltar para a faculdade, mas nem é para comunicação nem tão-pouco para acabar o curso de RP. Estou a apensar em psicologia. Porquê? Há pouco tempo, percebi que queria saber mais de psicologia. Acho que também ajuda para quem faz rádio, quem fala para as pessoas. Porque, para falar para as pessoas tens de conhecê-las e é aí que a psicologia te ajuda. Qual é a grande diferença entre fazer jornalismo e locução? São duas coisas completamente diferentes. Para já, quando fazes jornalismo informas e não podes pôr nada de ti. Enquanto na locução querem saber quem tu és, que opinião tens sobre as coisas para se reverem naquilo que tu dizes (ou não). Um jornalista tem de estar informado, tem de ser claro naquilo que diz e, na rádio, tem de ter boa dicção. Um bom locutor tem de ser uma pessoa interessante, tem de mexer com emoções. Como é que caracterizas a tua postura em estúdio? No ar sou muito disparatada! Acho que dentro do estúdio fazes um exercício de exorcismo... eu deito cá para fora coisas que normalmente não deito. Alguma coisa desce em mim (risos). És controlada cá fora? Muito controlada e muito tímida. Enquanto lá dentro não tenho filtro, cá fora às vezes tenho um filtro exagerado. Lá dentro estou como se estivesse entre amigos, tens de te dar a conhecer, não podes entrar no carro das pessoas assim sem mais nem menos. E depois gosto muito que os meus ouvintes me conheçam e falem comigo como se eu fosse uma amiga. Dá-me o exemplo de um dia em que saias daqui feliz e contente? Não me lembro de ter saído daqui chateada. Aquilo funciona mesmo como terapia. Lembro-me de fases menos boas que já passei e chegava ali e esquecia... não fazia sequer esforço nenhum, esquecia mesmo. Mesmo quando as coisas correm menos bem divertimo-nos com isso. Ali não há drama. Uma boa crítica que te possam fazer? Gosto muito dos elogios que sejam feitos por mulheres. Porque é muito fácil cativar um homem, agora as mulheres não... principalmente por outra mulher. Quando uma rapariga me escreve a dizer que se revê naquilo que eu disse... gosto muito. Uma crítica que te chateie? Chateia-me um bocado quando as pessoas acham que, por estar a brincar com um assunto sério, estou a fazê-lo por maldade. Sim, às vezes é estupidez, mas não é maldade. Conselhos para quem quer mesmo isto? Ir à procura. Acho que há vários caminhos para chegar lá, mas nenhum deles dá necessariamente um lugar garantido. Basicamente, o truque é não desistirem, porque vão ouvir imensos nãos. Depois é lerem muito em voz alta e serem honestos: se perceberem que não têm jeito, então aí não insistam.

11 ASSÉDIO É CONCEITO RECENTE O estudo Assédio Sexual no Mercado de Trabalho, introduziu o conceito de assédio em Portugal (definido como «qualquer comportamento verbal ou físico, de cariz sexual, que não seja desejado pela pessoa a quem é dirigido»). Não há ainda legislação específica que o condene, mas já há casos de mulheres indemnizadas por queixas formalizadas (à PSP, GNR ou PJ). JARDIM DO ÉDEN 11 [14 de Janeiro de 2007] Levante-se o primeiro que nunca ouviu ou lançou um piropo. Quem nunca foi despido ou despiu alguém com o olhar. Os problemas começam quando os galanteios acontecem entre chefes e funcionários ou professores e alunos. Muitas vezes são omitidos, pelo receio das consequências. [Lina Manso] Assédio sexual «É um crime difícil de provar» No início de 90, um estudo de Lígia Amâncio e Maria Luísa Lima intitulado Assédio Sexual no Mercado de Trabalho (de que o mu não encontrou sucessores...), apontava para que 33 por cento das mulheres entre as mais de mil consultadas tenham sido vítimas deste crime (como é do senso comum, elas são as que mais sofrem este tipo de abuso). «Hoje em dia, a precariedade dos vínculos laborais faz prever um aumento desses casos», adianta Maria Luísa Lima, docente no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE). O que é grave se a este facto for somado o de que é «um crime difícil de provar». Geralmente, adianta a professora, «é a palavra da mulher contra a de quem tem o poder». Odete Maia, jurista na Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres (dependente da Presidência da República), corrobora. O ideal seria arranjar testemunhas. Mas, com frequência, também estas potenciais ajudas «temem manifestar-se, com medo de perderem o seu posto». E depois há ainda outro agente inibidor da apresentação da queixa junto da Polícia de Segurança Pública (PSP), Polícia Judiciária (PJ), Guarda Nacional Republicana (GNR) ou Ministério Público. «Infelizmente, há uma grande falta de solidariedade entre as próprias mulheres», explica Maria Luísa Lima. E acrescenta que «aquelas que nunca o sentiram acabam por ter uma atitude culpabilizadora das vítimas (por acharem que elas mereceram a referida conduta do agressor)». Reage! Denuncia. Caso sejas uma das vítimas, não hesites em denunciar o caso à PSP, PJ, GNR ou Ministério Público. Tem cuidado. Prepara bem o momento de desmascarar o agressor. Arranja provas. Poderá ser uma mensagem enviada para o teu telemóvel, um ou um bilhete sugestivo. Em caso contrário, poderás ter de ir a tribunal. Arranja uma testemunha. Uma testemunha é uma arma poderosa. Porque não atrair o agressor para uma armadilha de forma que alguém o apanhe em flagrante? Não mostres medo. Se o agressor se aperceber disso, fará ainda pior. Enfrenta-o. Chantagem. Se fores vítima de chantagem, sobretudo no caso de ser um(a) chefe que te ameace de despedimento ou um(a) professor(a) de chumbo, tenta gravar esse momento (nalguns casos, as gravações são aceites em tribunal). Doenças da alma Ao persistirem, estas situações de abuso psicológico em que a própria vítima não percebe se tem responsabilidade no que lhe está a acontecer podem vir a tornar-se piores do que as agressões físicas (apesar de este tipo de violência ser muito mais reconhecido como tal). Odete Maia costuma chamar-lhes «doenças da alma» por provocarem «depressões nervosas, problemas de auto-estima e de amor-próprio». Então, e no meio académico, entre professores e estudantes? «Como se sabe, também existe», diz Maria Luísa Maia. «E recorda que nos EUA até é mal visto que um docente atenda um aluno, no seu gabinete, de porta fechada.» E em Portugal, que sensibilidade há quanto a esta matéria? Que ela saiba, nenhuma. «Então, se só agora o Governo anunciou a criação de um sistema informático que permite a toda a rede escolar (professores, alunos e funcionários), ter acesso a um formulário electrónico para registo de situações de violência e insegurança...», afirma, referindo-se a uma notícia publicada no Diário de Notícias. * Informações baseadas em texto recolhido do site ** **

12 20 VALORES 12 YDREAMS: O QUE É? Fundada em Junho de 2000, a YDreams é uma empresa portuguesa que desenvolve soluções tecnológicas. Tecnologia pioneira é a palavra de ordem. Ultrapassou as fronteiras nacionais e opera noutros mercados: Holanda, Espanha, Reino Unido, Alemanha, China, Brasil ou Estados Unidos são consumidores fiéis. Em 2005 foi mesmo distinguida como uma das melhores novas companhias europeias no campo das telecomunicações. Como cidadão comum, é contra a burocracia. Como homem, procura reservar pelo menos 8 horas por semana para actividades extraprofissionais. Como professor universitário, explora o talento criativo dos alunos. Como empresário, concebe o mundo futuro sem ratos e teclados, onde qualquer superfície é passível de se tornar um ecrã interactivo. António Câmara é o fundador da YDreams, empresa de tecnologias de ponta, e vencedor do Prémio Pessoa [Mariana Seruya Cabral] Mónica Moitas [fotos] É fácil imaginá-lo no lugar de aluno brilhante da turma, aquele que passou a faculdade a ter boas notas sem estudar. Verdade ou mentira? Era um aluno incrivelmente irregular, talvez o pior do liceu a Desenho, péssimo a Francês e odiava História. Despontei no doutoramento, nos Estados Unidos, era sempre melhor a fazer trabalhos divergentes e abertos, como nas teses, aí destacava-me claramente. Quanto às cadeiras normais, achava que eram óleo de fígado de bacalhau. Entre o sonho de ser tenista e a gestão de uma empresa como a YDreams ainda vai uma distância razoável. Quais foram os passos decisivos para chegar onde chegou? É muito mais próximo ser tenista e gestor de uma empresa do que ser estudante e gestor. No ténis, temos a pressão de ter de ganhar, de saber perder, de gerir o jogo e a carreira. A partir dos 15 anos comecei a dedicar- -me à séria ao ténis, mas esmaguei o osso do pulso da mão direita e tive de parar de jogar. Durante o período em que estudei na Virgínia, EUA, conheci professores fantásticos que me fizeram ver que António Câmara, presidente da YDreams «Vamos ter inteligência em qualquer objecto»

13 20 VALORES 13 havia outro mundo, menos cinzento e quadrado do que aquele que via em Portugal. Ainda tentei regressar ao ténis, mas quando voltei já não conseguia vencer ninguém. O tempo que ensinou no Massachusetts Institute of Technology ajudou-o a alargar horizontes? Ajudou-me a perceber que quem não estimula a criatividade está morto. E foi preciso sair de Portugal para estimular a minha. Como é gerir o papel de pai, professor universitário e empresário num só? É muito difícil. Os primeiros 5 anos da YDreams foram duríssimos. Mas também me habituei a ser metódico, a arranjar tempo. Não tenho vida social, mas ainda jogo ténis! É um utilizador acérrimo de telemóveis, computadores e outras tecnologias que tais? Sou muito mais de computadores do que de telemóveis, desde sempre. Como é que os portugueses reagem a este boom de inteligência artificial? As estatísticas mostram que 60% reagem muito bem. Depois há os outros 40% que nem sequer sabem usar o computador. Em geral, e falando do mundo universitário em particular, há uma enorme apetência para a tecnologia. Temos das maiores médias de telemóveis por pessoa, embora a minha teoria seja que os portugueses pura e simplesmente adoram falar uns com os outros. Para lá da dimensão material e tecnológica, não acha que o seu trabalho tem muito de sociológico? Sim, qualquer empresa tem de perceber isso. Nós lidamos com diferentes classes sociais em todo o mundo e Portugal é um laboratório fantástico, porque é quase como um valor médio do que se passa à volta do mundo. Estamos simultaneamente no século XXI, a par da elite que existe em qualquer parte do mundo, e depois temos uma camada de população que ainda está no século XIX. Considera-se um empreendedor? Sim. Um empreendedor é alguém que arrisca, e eu adoro arriscar. Fui para os EUA com 220 dólares por mês para estudar, o que era muito abaixo do nível de pobreza. Arrisquei sempre e falhei muitas vezes. É arriscado sê-lo em Portugal? É um enorme risco e stress. Só para dar uma ideia, nos primeiros 48 meses da empresa tivemos alturas em que chegávamos ao dia 20 sem dinheiro para pagar a 28. Mas o risco existe em todo o mundo se há um mercado, há competição e existe sempre o risco de perder. Há uma tentação para cometer erros fatais: achar que um produto vai ser um sucesso, investir desmedidamente sem resultados. Há gostos tecnológicos diferentes e as modas mudam. Fundou a firma iilabs Laboratório de Ideias. Qual é o truque mágico para criar boas ideias? Temos o reservatório a funcionar a nível mundial, com ideias revolucionárias para produtos futuros que ainda não foram lançados. As ideias estão ali Quem não estimula a criatividade está morto. E foi preciso sair de Portugal para estimular a minha. à espera de serem pescadas, consoante o mercado. O truque é haver uma massa crítica de pessoas criativas, que têm de ser constantemente estimuladas. Quem são os autores dos produtos da YDreams? Muitas das ideias partem de investigação. As tecnologias convertem-se em produtos, em sessões de brainstorm onde se juntam não só os criadores da tecnologia, mas também vendedores, pessoal de marketing, designers, autores de conteúdos. Um produto tem todas essas camadas, a tecnologia, às tantas, acaba por ser o menos relevante. Vê nos seus alunos potenciais Ydreamers? Claro. Nós temos um código de valores e um deles é a surpresa. Penso que ainda hoje há um problema enorme no estímulo da criatividade no ensino em Portugal, é desastroso. Já o surpreenderam muito? Imenso. Aliás, um dos trabalhos que fiz foi, em vez do exame, dizer aos alunos para prepararem cábulas e classifiquei as cábulas para dar notas aos estudantes. Houve um que me deu uma disquete com uma animação e tudo. Se já vamos na 3ª geração, até onde é que acha que podemos ir com a tecnologia? Uma vez, estava numa conferência a ouvir um escritor de ficção científica e perguntaram-lhe o que é que ele achava do futuro. Ele levantou-se, puxou um lenço de pano dele e disse: «Este é o computador do futuro o meu lenço.» E, curiosamente, eu acredito nisso. Em termos de tecnologia, qualquer superfície pode ser um ecrã. Vamos ter inteligência em qualquer objecto papel, plástico, vidro. Queremos abolir os teclados e os ratos, substituí-los pela computação invisível. Qual foi o projecto da Y D r e a m s com mais sucesso até à data? O mais premiado foi o Vodafone Interactive Cube, escolhido pela Business Week como um dos mais importantes de É inevitável caminharmos para o mundo de realidade virtual que vemos nos filmes de ficção científica? Acho que sim e vai haver pormenores sinistros. Em Lisboa, o número de câmaras na rua é enorme, basta pensar nas do multibanco, nas do trânsito para os radares, das [Perguntas íntimas]- Qual é o pior dos 7 pecados mortais? Matar. Quem é a pessoa que mais gostava de conhecer no mundo? Einstein. Se pudesse escolher ser o autor de alguma invenção científica do futuro, qual seria? Energia ilimitada. Hobbies? Ténis. Tiques nervosos? Não tenho. Palavras da língua portuguesa que excluiria do dicionário Burocracia. Um nome de referência em Portugal o meu avô, António Câmara, que era um grande cientista. Um nome a ostracizar do País não tenho nenhuns sentimentos especiais, não penso em termos negativos. entradas dos edifícios. Vamos tendo cada vez mais um registo ao segundo de tudo o que se passa. Se pensarmos assim, percebemos que hoje em dia existe imensa vigilância sobre as pessoas. Esse é o lado mau. O lado bom é que não se perde tanto tempo com o atrito e a burocracia. Como encara a distinção que lhe concederam com o Prémio Pessoa 2006: uma vitória, um desafio ou apenas ossos do ofício? É uma honra e um desafio, porque agora tudo o que faço tem de ser digno do Prémio Pessoa. Mas é uma grande responsabilidade e, como tal, a longo prazo, quero levar a YDreams para as cotações da bolsa internacional e ter tempo para poder escrever um livro sobre esta experiência fantástica.

14 BELAS ARTES 14 PASSATEMPO O que queres mais? Nem sabemos por onde começar! Temos 15 convites duplos para a antestreia de Bolo de Neve, no início da próxima semana, numa sala Lusomundo da capital; cinco bilhetes duplos para uma das peças exibidas no FATAL, também em Lisboa; e, last but not least, os já habituais dois exemplares de um livro. Já sabes, tudo em Livro OSSOS INTACTOS. Acompanham a série televisiva Bones? Em caso afirmativo, sabem quem é a desconcertante Temperance Brennan. A personagem criada por Kathy Reichs vai agora ter de resolver uma série de homicídios, no Estado da Carolina do Norte (EUA), em que até o xerife da localidade é um presumível culpado. Um caso ligado a antigas lendas locais que porá em causa a lógica racionalista da investigadora. [Ficha] Autora: Kathy Reichs; Editora:Texto Editora; Preço: 20 euros Dança FATAL começa já na sexta-feira, dia 11 O melhor do teatro académico em Lisboa Com uma itinerância mais ambiciosa, uma exposição de fotografia em sete bares do Bairro Alto ou um workshop de Jean Paul Bucchieri, o 8º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa (FA- TAL) continua, devagarinho e a passo certo, a impor-se na agenda cultural portuguesa. [Lina Manso] Estreias Cinemas Bolo de Neve. A crítica da BBC descreveu-o como um filme «profundamente comovente». Tudo começa a partir de um trágico acidente de viação em que Alex, o condutor, sobrevive, enquanto a jovem Vivienne, a quem decidira dar boleia, tem morte instantânea. Mesmo sem conhecer a rapariga, vai comunicar a notícia à mãe, que descobre ser autista. À medida que o funeral se aproxima, o passado de Alex vai também subir à superfície. [Ficha] Realização: Marc Evans; Actores: Alan Rickman, Sigourney Weaver, Carrie-Anne Moss Renascimento. Em 2054, a cidade de Paris está separada do resto do mundo, por motivos de segurança. Além disso, todos os movimentos são controlados e registados (notamos logo aqui algumas semelhanças com o livro 1984, de George Orwell). A acção deste filme de animação baseia-se no rapto de uma jovem cientista e na missão de um polícia, incumbido de a procurar. Uma tarefa que vai ser penosa. [Ficha] Realização: Christian Volckman; Vozes (animação, ficção científica): Daniel Craig, Catherine McCormack, Romola Garai, Jonathan Pryce, Ian Holm DANÇAR PELA VIDA. Organizado pelo Lions Clube de Faro, este espectáculo de beneficência está a cargo da Companhia de Dança do Algarve. A exibição vai incluir dança clássica, contemporânea e sapateado, enquanto os lucros do evento reverterão para a associação Apatris 21 (inclusão na sociedade de crianças com síndrome de Down); e vários programas de apoio a deficientes. Contribuis? [Ficha] Sala: Teatro das Figuras (Faro); Dia: 11 de Maio; Hora: 21h30; Entrada: 10 euros. Entre 11 e 27 de Maio, 19 peças de teatro três site specific, 16 no Teatro da Politécnica seguidas de tertúlias, trazem o que de melhor se faz a nível do teatro académico nacional. Este ano, o grupo CUSC, da Universidade de Santiago de Compostela, e o CAES, da Universidade Paris X, são os convidados internacionais. Um dos objectivos para as próximas edições seria que esses grupos estrangeiros(que permitem fazer comparações com o que se faz cá dentro), «também fossem avaliados pelo júri», adianta Álvaro Áspera, da direcção, referindo-se aos prémios FATAL (patrocínio da REN), e FATAL Cidade de Lisboa (patrocínio da autarquia), atribuídos na festa de encerramento, a decorrer no Santiago Alquimista, a 1 de Junho. Contudo, frisa, nunca dão «um passo maior do que a perna». Ou seja, apesar de a direcção sob a responsabilidade da reitoria da Universidade de Lisboa considerar que «o projecto tem aumentado de ano para ano», as inovações introduzidas são graduais. Símbolo disso é uma das duas instalações urbanas do festival, localizada na fachada da Aula Magna: de nome Zigurate, representa «uma escada para o céu» (a ideia da subida, [Escândalo, Prémio FA- TAL 2006]: Sofia Quintas sem precipitações ou megalomanias). Entretanto, as actividades paralelas vão ser muitas. Desde uma exposição de fotografia alusiva às edições anteriores do FATAL, até um workshop que permitirá «reflectir sobre o corpo e a representação», diz Álvaro Áspera. De referir ainda que entre Junho e Dezembro, as peças premiadas vão andar em digressão pelo País: o Teatro Nacional Dona Maria II, Teatro Nacional D. João, Teatro Municipal de Almada, Teatro Municipal de Braga ou o Auditório Municipal de Vila Nova de Foz Côa são alguns dos palcos confirmados. Agenda Espectáculos. Dança. Pedro e Inês. (de Olga Roriz e CNB). Teatro Camões. [Lisboa, de 11 a 13 de Maio] Tritone. (pela Companhia Real Pelágio). Centro de Artes Performativas do Algarve. [Faro, 15 de Maio] Teatro. Cara de Fogo. (de Marius von Mayenburg). Museu do Carro Eléctrico. [Porto, até 18 de Maio] O Saque. (de Joe Orton). CCB. [Lisboa; 18, 19 e 21 de Maio] Para-me de Repente. (pela Companhia de Teatro de Braga). Theatro Circo de Braga. [15 a 17 de Maio] Ciclos e Festivais. VII Imaginarius. (Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira). Santa Maria da Feira. [17 a 19 de Maio]

15 A mítica sala de espectáculos de Braga, Theatro Circo, sofreu obras de remodelação nos últimos anos. Em 1994, o recinto ficou semidestruído depois de um concerto dos Mão Morta. E agora, vai conseguir sobreviver a mais um espectáculo? «A sala está completamente diferente e tenho a certeza de que é a melhor sala do País em termos acústicos e de conforto», adianta Adolfo Luxúria Canibal. Mão Morta «Maldoror»: de volta ao teatro Depois de Muller no Hotel Hessischer Hof, os Mão Morta voltam às peças musicais encenadas. Em Maldoror, a banda bracarense encontra uma complexidade bem maior que os textos de Heiner Muller. Estivemos à conversa com o vocalista Adolfo Luxúria Canibal. [Edgar Amaral] Como surgiu a ideia de pegar no livro Os Cantos do Maldoror, considerado a obra-prima de Isidore Ducasse? É um livro que está nas nossas preferências, é um livro de cabeceira. E há muito tempo que o Miguel Pedro (baterista) dizia que devíamos pegar nele e fazer um espectáculo. Foi uma ideia a que sempre me opus porque achava o livro demasiado complexo é um corte radical com a tradição literária (feita no final do século XIX). Que espectáculo é este? Há uma abordagem multidisciplinar em que, ao colocar a música e o De que se trata? A partir de Os Cantos de Maldoror, a obra-prima literária que Isidore Ducasse, sob o pseudónimo de Conde de Lautréamont, os Mão Morta estruturaram um espectáculo singular. O palco é caracterizado como sendo um quarto de brinquedos, o espaço onde a criança brinca, cria e encarna personagens, sempre acompanhada por algumas imagens privilegiadas que o livro contém. O espectáculo é constituído por um conjunto de quadros/excertos, que se sucedem como canções encadeadas umas nas outras, recorrendo à manipulação de vídeo e à representação. texto em palco cria-se um espectáculo. Recorre-se à cenografia (normalmente associada ao teatro), à encenação e a outra linguagem que é o vídeo. INTERVENIENTES Texto original: Isidore Ducasse dito Conde de Lautréamont; Selecção, versão portuguesa e adaptação: Adolfo Luxúria Canibal; Música: Miguel Pedro, Vasco Vaz, António Rafael e Mão Morta; Encenação: António Durães; Cenografia: Pedro Tudela; Figurinos: Cláudia Ribeiro; Vídeo: Nuno Tudela; Desenho de luz: Manuel Antunes; Interpretação: Mão Morta (Adolfo Luxúria Canibal voz Miguel Pedro electrónica e bateria / António Rafael teclados e xilofone / Sapo guitarra / Vasco Vaz guitarra e xilofone / Joana Longobardi baixo e contrabaixo); Produção: Theatro Circo e IMETUA Cooperativa Cultural Mais datas agendadas: 19 de Maio no Centro de Artes e Espectáculos de Portalegre. A peça também conta com outros intervenientes (ver caixa). Eles já tinham colaborado anteriormente com a banda? O Manuel Antunes é nosso técnico de luz desde há muitos anos, o Nuno Tudela trabalha connosco desde 1993 e é o responsável dos videoclips. Depois há três pessoas que são novidade: o António Durães, que se ocupa da encenação e que, aliás, já tinha tido uma participação esporádica no videoclip Sangue no Asfalto; o Pedro Tudela, que se ocupa da cenografia e a Cláudia Ribeiro, que se ocupa dos figurinos. É por gostarmos do trabalho deles que os convidámos para darem o seu contributo para o espectáculo. De que reacção estão à espera? Isso é uma incógnita completa, mas o que é certo é que há toda uma visão diferente, mesmo daqueles espectáculos neste campo onde os Mão Morta já se aventuraram, nomeadamente o Muller no Hotel Hessischer Hof. JUKEBOX 15 [14 de Janeiro de 2007] Lançamento CD Iblussom [Trabalhadores do Comércio] Após sete anos de ausência, os Trabalhadores do Comércio voltam com um disco duplo: Iblussom (temas originais) e Compilatóriu (temas da década de 80, onde se inclui o clássico Chamem a Pulíssia). O tema que dá título ao álbum conta com a participação de Rui Veloso (um excelente tema, por sinal) e ainda teve a colaboração de muitos outros artistas como Berg e Newmax dos Expensive Soul. Agenda Concertos Segunda-feira, 7 de Maio Xutos & Pontapés + Linda Martini + Estudantina. Queimódromo [Coimbra] Sexta-feira, 11 de Maio More Than A Thousand + One Hundred Steps + Hills Have Eyes. Os Unidos [Leiria] PUB

16 16 LIFESTYLE SURFISTA DE PRIMEIRA: PALMARÉS Até hoje, os melhores resultados mais extraordinários do nosso megacampeão são os seguintes: vice-campeão mundial júnior por duas vezes; campeão das duas últimas etapas do Buondi Billabong Pro na Ericeira; campeão do WQS 5 estrelas no Japão 2002; 2.º lugar em Sunset Beach 2000; Cavaliers France 2004 e Margaret River Australia Charlie.photos.com Tiago Pires em plena competição «Quero ser campeão do mundo!» Os portugueses (e latinos na generalidade) são pessoas mais imediatistas e interessados em gratificação instantânea. Querem resultados imediatos e não a médio ou longo prazo. Só que há excepções que fogem a este estereótipo, e uma delas é o surfista Tiago Saca Pires. [Edgar Amaral] Vem das ondas da Ericeira, tem 27 anos e é a prova de que o investimento feito um dia mais tarde é sempre recompensado. A correr o circuito de qualificação World Qualifying Series (WQS) que dá acesso ao World Championship Tout (WCT) e onde estão os 44 melhores do mundo, desde 2000, é o único representante luso e este ano começou de maneira nunca vista: está em 1º lugar no ranking WQS. Será que é este o seu ano na entrada para a elite do surf mundial? «Espero que sim. Pelo menos começou bem, foi algo que não tinha acontecido antes, mas ainda há o ano inteiro pela frente, neste momento ainda é muito cedo para falar em certezas» afirma Tiago Pires. Muitos outros surfistas nacionais houve que tentaram uma carreira no WQS, sempre precocemente interrompida por motivos de ordem monetária. «Life is pain and man is unhappy» A citação é de Dostoyevski e aplica-se bem à carreira do surfista. É que durante todos estes BI Nome: Tiago Pires, aka Saca Idade: 27 Patrocínios: Billabong, VZ, Kustom, Nixon, TMN, Redbull, Pukas e Ericeira Surf Shop Idade de começo: 11 anos Manobra preferida: tubo e carve Onda preferida: Cave Melhor viagem: Mentawais 2002 com os amigos Som: The Temple, Outkast, House music Outros interesses: Ténis, estar com a família Comida preferida: Italiana e marisco Melhor amigo: para surfar Amílcar Lourenço Melhor filme de surf: Litmus anos foi o estigma de tentar, tentar e perder acompanhou-o sempre. Foram diversos factores que o impediram de alcançar o WCT: «Houve uns anos que, por azar, tive algumas lesões na parte final do ano precisamente quando estava mais forte. Em 2002, rachei o cóccix a surfar, antes mesmo da recta final, e depois nos outros anos foi devido a muito nervosismo. É sempre muito difícil chegar à parte final do ano, com campeonatos no Havai, com todos os tops mundiais, onde os campeões do mundo (Kelly Slater, Andy Irons) estão presentes... estamos mais nervosos.» Em todos estes anos de Tour, o surfista português já granjeou simpatia e respeito pelos quatro cantos do mundo, sendo mesmo o atleta que mais apoio recebe (via internet) na altura dos campeonatos. Muitos são os portugueses que o acompanham e não deixam de mandar mensagens de apoio e incentivo «e é com grande gosto que agradeço a toda a gente por este apoio, que é muito sentido lá fora». O grande objectivo, esse, continua a ser o mesmo: «Quero ser campeão do mundo!» Mesmo não o sendo, já marcou de forma indelével o surf português. João Valente, director da revista SurfPortugal João Valente é um profundo conhecedor do surf português (e mundial também) e é obvio que acompanha a carreira de Tiago Pires desde o seu início. Talento e determinação são duas características que acha que o diferenciam dos restantes portugueses e justifica-se: «Não vamos entrar naquele discurso politicamente correcto de que todos são capazes. Não, nem todos são capazes, ele tem um talento acima da média (a nível nacional) e determinação porque ele nunca se viu muito como parte da cena em que estava inserido.» Após uma fase desconcertada da sua carreira (por uma série de circunstâncias de vida), o director da SurfPortugal é da opinião de que Tiago «recuperou uma alegria imensa de competir, de fazer surf...». Parte do sucesso está na pessoa que gere a sua carreira, de seu nome Zé Seabra. «É o principal aconselhador dele. Ninguém como o Zé percebe de surf como ele em Portugal. O modo de analisar o surfista, tirar o Raio X, ninguém tem esse olhar tão incisivo, e essa visão foi posta ao serviço do Tiago», explica. O recurso a um psicólogo também o tem ajudado a ter um início de ano fulgurante, dando aquele clique necessário a um atleta de alta competição, sujeito a um desgaste psicológico enorme. Mas uma coisa João Valente garante: «Sempre acreditei que ele alcançasse o topo do WQS desde que o vi a ter o resultado em Sunset (2.º lugar). Percebi que estávamos perante um caso especial.»

17 YOGA NO JÚNIOR SURFING CHAMPIONSHIPS Depois do sucesso que foi durante o Eurosurf 2005, o Centro de Yoga da Costa de Caparica vai estar novamente na praia da Mata, Costa de Caparica, durante o Quiksilver ISA World Junior Surfing Championships. O Yoga é um dos melhores complementos do surf e vai haver uma demonstração não só a surfistas mas também a todos os que queiram entrar em contacto com esta extraordinária filosofia. LIFESTYLE 17 Aloha Summer Feast A praia já chama PUB Resultante da parceria entre diversas faculdades, o Aloha Summer Feast é um evento que se vai realizar no próximo sábado, dia 12, na praia do Rei, Costa de Caparica. Começa ao meio-dia e actividades não vão faltar durante a tarde nem animação pela noite dentro. [Edgar Amaral] Este evento vem na continuidade do realizado em 2006 (Pulse Summer Feast) e, segundo o organizador, Telmo Daniel «basicamente, no ano passado realizou-se com o apoio da marca Pulse e este ano decidimos fazê-lo com um formato diferente». Pois bem, este novo formato conta com várias parcerias universitárias e também com alguns núcleos de bodyboard e voleibol. A ideia é de certa maneira «fomentar mais o desporto entre os universitários e utilizar a praia para criar eventos que possam estar ligados com o desporto e faculdades», acrescenta o organizador. Ao fim e ao cabo, é criar um ambiente descontraído e de convívio entre os universitários, ajudando também a aliviar a cabeça antes dos exames. À tarde na praia A festa começa pelo meeting de bodyboard, onde vai haver espaço para experimentar (e eleger) as manobras mais radicais, com recurso a uma moto de água (Tow- -Out, uma nova vertente desta modalidade). Atenção, muita atenção, porque os vencedores vão ser premiados com fins- -de-semana na costa alentejana. Depois a adrenalina continua com o torneio de beach volei (as inscrições são baratinhas... 3 euros apenas!), aulas de capoeira e meeting de kitesurf. Também vai estar garantida a presença de dois ginásios (aulas de fitness) assim como da Herbal Life. E, com tanta actividade, algumas barrigas vão começar a dar horas, por isso, o melhor mesmo é tratares da reserva para o jantar (e posterior festa) nas associações de estudantes envolvidas: Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova Lisboa; Universidade Lusófona; Instituto Superior Técnico; Escola Superior de Saúde Egas Moniz e erasmuslisboa.com. E à noite A animação no areal vai estar a cargo do DJ Johnny, DJ Daddy, Deep n Racx, e também da actuação do colectivo de reggae Concrete Jungle Soundsystem. A house music/ hip-hop e electro beats vão estar ao mais alto nível pela noite dentro. Do que é que estás à espera? Reserva já o teu bilhete e não percas esta festa que, naturalmente, conta com o apoio do MU!

18 SALADA RUSSA 18 INSÓLITO Quem não se recorda de Myke Tyson, ex-campeão mundial de boxe, a arrancar parte de uma orelha a um dos adversários? Segundo o Portugal Diário, o nosso protagonista, agora retirado do ringue, encontrou nova carreira, pasmem-se, no cinema indiano. Os primeiros passos (de dança), vão ser dados num musical de Bollywood. Verdadeiramente assustador... WEBMAIL. Não lhes faz lembrar um dos Gato Fedorento a passar frente aos meninos do Partido Nacional Renovador?! PASSATEMPOS. A cara de José Sócrates quando viu o escândalo sobre a licenciatura na Universidade Independente a escapar à sua central de informação. SUDOKU BLOGOSFERA. UM ESTUDO SOBRE BBW. BBW. Três letrinhas que formam uma verdadeira sigla mágica para muito homem. Big Beautiful Women. Não estamos a falar de mulheres gordas. Estamos a falar de mulheres de uma vastidão tremenda, imensa, avassaladora, que o meu bom amigo Ricardo Araújo Pereira definiria como sendo dotadas de lençóis de chicha. Há um sem-fim de sites dedicados a essas divas de centenas e centenas de quilos e infinitas possibilidades fetichísticas nomeadamente o risco de um amante mais frágil poder desaparecer entre um refego e outro, para seu grande deleite. E talvez alguma apneia. (...) Nuno Markl, terça-feira, 1 de Maio de PALAVRAS CRUZADAS HORIZONTAIS: 1 - Agradecido. Descascam. 2 - Aquela a quem se deve uma obra literária, científica ou artística. Doença dos vegetais, que lhes impede a medrança e torna pecos os frutos. 3 - Que está no lugar mais fundo. Fileira. Grande quantidade. 4 - Contr. do pron. pess. te com o pron. pess. o. Faz parar com travão. Designa dor, admiração, repugnância (interj.). 5 Apelido. Manobrara os remos para impelir a embarcação. 6 - Pescoço. Flecha. 7 - Silenciava. Palavra havaiana que designa lavas ásperas e escoriáceas. 8 Suf. nom., que exprime a ideia de semelhança ou origem. Triturar. A si mesmo. 9 Face inferior do pão. Exprime afirmação. Diz-se do número inteiro que é divisível por dois. 10 Protela. Madrugada Nome vulgar de um insecto ortóptero, semelhante ao grilo (pl.). Vento brando e aprazível (pl.). Sudoku PUB Palavras cruzadas SOLUÇÕES VERTICAIS: 1 - Gaita. Colar. 2 - Rumo. Calada. 3 - Ato. Sol. Ril. 4 - To. Talar. Ao. 5 - Orar. Ovas. 6 - Alar. Alia. 7 - Aves. Amua. 8 - Em. Amear. Ru. 9 - Ler. Ata. Por Aloura. Sara Maria. Meras. HORIZONTAIS: 1 - Grato. Pelam. 2 - Autora. Mela. 3 - Imo. Ala. Ror. 4 - To. Trava. Ui. 5 - Sá. Remara. 6 - Colo. Seta. 7 - Calava. Aa. 8 - Ol. Ralar. Se. 9 - Lar. Sim. Par Adia. Aurora Ralos. Auras. PARA REFLECTIR A renúncia é a libertação. Não querer é poder. [Fernando Pessoa / Livro do Desassossego in ciotador.pt] VERTICAIS: 1 - Instrumento de sopro que é, na sua forma mais simples um canudo com buracos. Grudar. 2 - Destino. Silenciosa. 3 - Amarro. Estrela que é o centro do nosso sistema planetário. O m. q. rim. 4 - Contr. do pron. pess. te com o pron. pess. o. Abrir sulcos em. Contr. da prep. a com o art. def. o. 5 - Rezar. Ovário dos peixes (pl.). 6 - Fazer subir. Junta. 7 - Animal vertebrado, pulmonado, de sangue quente, com o corpo revestido de penas (pl.). Dá-se por ofendida, escandalizada. 8 - Prep. indicativa de várias relações, como lugar, etc. Guarnecer de ameias. Ruténio (s. q.). 9 - Interpretar por meio de leitura. Género de formigas a que pertence a saúva. Prep. designativa da relação de meio, qualidade, modo, forma, lugar, causa, duração de tempo, continuação, substituição, etc Torna louro. Cura Variedade de pêra. Líquido medicamentoso proveniente da destilação do zimbro (pl.).

19 HALO 2 JÁ ESTÁ PRONTO! Halo 2 já está pronto. Quem o diz é o site, Voodoo Extreme, completando assim esta fase de conversão da bem sucedida série para os PC. Esta versão foi actualizada para aproveitar os recursos do PC e do novo Windows Vista, demonstrando gráficos mais aperfeiçoados. Está já confirmado Halo 2(PC) nas lojas a 8 de Maio! 5.ª DIMENSÃO 19 Os conteúdos desta página são da responsabilidade da revista online Gamerstek. A consulta mais aprofundada destes artigos pode ser efectuada em gamerstek.com PUB Clive Barker s Jericho Hoje falamos de um dos jogos mais aterrorizantes deste ano, Clive Barker s Jericho, um jogo a ser distribuído pela Codemasters, para PC, Xbox 360 e PS3. No jogo vamos integrar uma equipa especial de 7 elementos, chamada Jericho Team, na qual cada elemento tem formação militar mas também em ciências paranormais, como a alquimia, exorcismo, magia negra, etc. Só desta forma se poderá combater as forças do mal que aproveitaram uma falha temporal e vieram parar à terra, consumindo todos os habitantes da cidade Al-Khali. Será nesta cidade que se vai desenrolar a acção em vários pontos-chave que nos permitam ir avançando para o núcleo do mal. Nesta caminhada vamos encontrar todas as criaturas que saíram da imaginação de Clive Barker s. E se, por um lado, no princípio vamos usar as armas convencionais, mais para o fim vamos precisar de usar as nossas capacidades psíquicas/paranormais conjugadas com os nossos colegas de equipa, se realmente queremos vencer. Podem contar com um sistema de I.A (inteligência artificial) apurado que nos permitirá controlar a nossa equipa ou deixar aos elementos que tomem uma acção de acordo com o ambiente onde estão. Estes poderes que cada unidade vai ter, vão ser experimentados por nós, já que vamos poder trocar de personagem e usar qualquer um dos elementos na equipa. Bem como usá-los para curar quem tenha ficado para trás. Primeiras fotos de Project Offset, ao fim de tanto tempo Já em Junho de 2005 falámos nele pela primeira vez e agora, passado tanto tempo, temos coisas novas para vos mostrar. Project Offset é um jogo FPS a rodar num motor gráfico de nova geração desenvolvido pela produtora que dá nome ao jogo(offset). Esta semana saíram as primeiras fotos, a não perder nas nossas galerias. Call of Duty 4: Modern Warfare revela-se! Como havia circulado nos últimos dias, Call of Duty 4 deixaria de abordar o tema da 2ª Guerra Mundial e passaria a representar ambientes de guerra do presente. Esta semana chegou a confirmação dada pela Activision, bem como um conjunto de fotos e o primeiro vídeo. Sem agenda e plataformas definidas, só podemos arriscar dizer que deverá sair para PC, Xbox 360 e PlayStation 3. MY WEB. [Edgar Amaral] Se és daquelas pessoas que andam sempre na moda mas que quando vê os preços de um artigo super cool até te vêm as lágrimas aos olhos, esquece isso porque já arranjámos a solução para te enxugar as lágrimas. O ClubeFashion.com é o primeiro site online onde os produtos das grandes marcas são apresentados a preços de saldo (-30% a -70% do que nas lojas convencionais). Com acesso exclusivo a membros registados, os preços praticados são resultantes de negociações directas de campanhas com os seus parceiros e fornecedores. Todos os artigos são originais e genuínos e devidamente autorizados. O pagamento só pode ser feito através de cartão de crédito (Visa, Mastercard), transferência bancária, Paypal serviço MBNet da Unicre. Um pormenor muito importante é o facto de o clube fazer campanhas promocionais num período limitado de tempo (4-6 dias) no qual as peças em stock limitado poderão ser adquiridas a preço reduzido. Quem adere a esta moda convém ir regularmente consultar o onde recebe indicações das ditas campanhas. Aqui é preciso estar em cima do acontecimento porque não raras vezes os produtos esgotam. Para teres uma ideia, ao longo do ano são apresentadas cerca de 100 marcas dos mais diversos produtos como roupa, relógios, bijutaria ou acessórios. E é claro, com o Verão a aproximar-se, nada melhor do que um biquíni novo (para as meninas) ou uns óculos de sol novos (para os meninos e também para as meninas). Vai a regista-te e faz parte deste clube da moda!

20 BAR ABERTO 20 DERAMNASVISTAS A aptidão para simular caretas peculiares é inegável, convenhamos. Se calhar levam a ideia de Escola de Comunicação muito à letra, porque as expressões são comunicativas quanto baste. Ou será que estudar na ESCS inspira qualquer um a assumir este semblante de êxtase total? E o Commie vai para... Da junção das palavras communication e comic nasce o conceito de commies o nome atribuído ao espectáculo de awards que os alunos da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS) organizam com o mote de satirizar professores, membros do staff e situações carismáticas da escola. A edição de 2007, no passado dia 26, apanhou o corpo docente de bom- -humor foi agendada estrategicamente para ser incisiva e implacável no rescaldo pós-25 de Abril, na esperança de manter os valores da democracia bem despertos, liberdade de expressão ao rubro e tal. Certo é que, no final, alunos e professores riram e aplaudiram em conjunto, ressentimentos à parte depois de um serão amigável de escárnio e maldizer. E não há nada como uma festança até de madrugada para fazer tudo voltar à normalidade... [Mariana Seruya Cabral] Fotos: Sérgio Fernandes/Photus.pt Agenda Queima: Algarve Semana Académica do Algarve 3 a 13 de Maio Largo de São Francisco, Faro Lisboa Semana Académica de Lisboa 9 a 12 de Mario Passeio Marítimo de Algés Porto Queima das Fitas 6 a 13 de Maio Queimódromo Coimbra Queima das Fitas 4 a 11 de Maio Noites do Parque

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste LEITURA DA ENTREVISTA 2 E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste trabalho que estou a desenvolver. Como lhe foi explicado inicialmente, esta entrevista está

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade

Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade Uma conversa entre empresas e professores - os desafios da empregabilidade No passado dia 15 de Novembro, a Share Associação para a Partilha de Conhecimento e a Faculdade de Ciências da Universidade de

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

PEDRO PINTO: "A IDEIA DE QUE É TUDO FÁCIL PARA OS PROFISSIONAIS ESTÁ BASTANTE ENVIESADA"

PEDRO PINTO: A IDEIA DE QUE É TUDO FÁCIL PARA OS PROFISSIONAIS ESTÁ BASTANTE ENVIESADA PEDRO PINTO: "A IDEIA DE QUE É TUDO FÁCIL PARA OS PROFISSIONAIS ESTÁ BASTANTE ENVIESADA" 25 março 2014 Share on twittershare on facebookshare on emailshare on printmore Sharing Services0 Pedro

Leia mais

R U I P E D R O R E I S

R U I P E D R O R E I S Quem: Rui Pedro Reis Idade: 30 anos Pretexto: É coordenador da SIC Notícias e editor do programa Música do Mundo Outros trabalhos: Foi uma das figuras de uma rádio nacional Imagem: Fanático pelos media

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

Protocolo da Entrevista a Maria

Protocolo da Entrevista a Maria Protocolo da Entrevista a Maria 1 O que lhe vou pedir é que me conte o que é que aconteceu de importante desde que acabou o curso até agora. Eu... ah!... em 94 fui fazer um estágio, que faz parte do segundo

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

Dossier de apresentação

Dossier de apresentação Dossier de apresentação caparica - primavera surf fest Às portas da primavera, mais um motivo de rejúbilo na Costa da Caparica! o novo festival, o Caparica Primavera Surf Fest! Contacto: António Miguel

Leia mais

Midas. Toque de. [entrevista]

Midas. Toque de. [entrevista] [entrevista] Toque de Midas Tem 29 anos, nasceu no Porto e é apostador profissional. Pelo menos, para o Estado inglês onde está colectado, porque para as finanças nacionais não passa de um indivíduo com

Leia mais

Genialidade, Fernando Pessoa

Genialidade, Fernando Pessoa Um homem de génio é produzido por um conjunto complexo de circunstâncias, começando pelas hereditárias, passando pelas do ambiente e acabando em episódios mínimos de sorte. Genialidade, Fernando Pessoa

Leia mais

Contos. Tod@s Contamos. Projecto de Intervenção - de Mulher para Mulher2 -

Contos. Tod@s Contamos. Projecto de Intervenção - de Mulher para Mulher2 - Contos Tod@s Contamos Projecto de Intervenção - de Mulher para Mulher2 - Nota Introdutória O livro Contos - Tod@s Contamos é a compilação de quatro contos sobre a Igualdade de Género realizados por dezasseis

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

actua Câmara Municipal de Sines

actua Câmara Municipal de Sines actua Câmara Municipal de Sines Directora Vereadora Marisa Santos Concepção e realização Câmara Municipal de Sines Serviço de informação, divulgação e imagem (SIDI) Largo Ramos Costa 7520-159 Sines Tel.

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

O QUE FARIAS? Destacável Noesis n.º 83. Concepção da Equipa da SeguraNet-ERTE/DGIDC Ilustração de Nelson Martins

O QUE FARIAS? Destacável Noesis n.º 83. Concepção da Equipa da SeguraNet-ERTE/DGIDC Ilustração de Nelson Martins O QUE FARIAS? Actividades sobre segurança na Internet destinadas aos alunos do 2.º e 3.º ciclos e ensino secundário Destacável Noesis n.º 83 Concepção da Equipa da SeguraNet-ERTE/DGIDC Ilustração de Nelson

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

P Como foi essa experiência com o barco da Justiça no

P Como foi essa experiência com o barco da Justiça no VISITA AO AMAPÁ FÁTIMA NANCY ANDRIGHI Ministra do Superior Tribunal de Justiça A Justiça brasileira deve se humanizar. A afirmação foi feita pela ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça,

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i LUÍS CARLOS SANTOS luis.santos@ese.ips.pt Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal 1- Agostinho da Silva, um adepto da Educação

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

A Ana e o Alex contra os falsificadores

A Ana e o Alex contra os falsificadores A Ana e o Alex contra os falsificadores A Ana e o Alex são da mesma turma e muito bons amigos. Estão sempre a viver aventuras incríveis e situações emocionantes. Juntos formam uma dupla experiente! Ana:

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

O presidente falou ontem aos alunos da América

O presidente falou ontem aos alunos da América Publicado em 09 de Setembro de 2009 O presidente falou ontem aos alunos da América Sei que para muitos de vocês hoje é o primeiro dia de aulas, e para os que entraram para o jardim infantil, para a escola

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

KIT CICLO PEDAGÓGICO ESTUDO DO MEIO. Propostas para planeamento, exploração e avaliação de visitas a museus e centros de ciência.

KIT CICLO PEDAGÓGICO ESTUDO DO MEIO. Propostas para planeamento, exploração e avaliação de visitas a museus e centros de ciência. KIT_PEDA_EST_MEIO_5:FERIAS_5_6 09/12/28 15:07 Page 1 1. o CICLO KIT PEDAGÓGICO Pedro Reis ESTUDO DO MEIO 5 Propostas para planeamento, exploração e avaliação de visitas a museus e centros de ciência ISBN

Leia mais

COMO GERIR A OFICINA EM TEMPOS DE CRISE? e as oficinas têm de se adaptar às novas

COMO GERIR A OFICINA EM TEMPOS DE CRISE? e as oficinas têm de se adaptar às novas COMO GERIR A OFICINA EM TEMPOS DE CRISE? 1 1 Com esta crise, já não há filas à porta das oficinas, nem listas de marcações com vários dias de espera. Era bom, era, mas já foi! Os tempos são de mudança

Leia mais

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional Foi na madrugada de 03 de Agosto de 1972, que nasceu uma linda menina, no Hospital de Faro, e deram-lhe o nome de Fernanda Maria. Essa

Leia mais

Anexo 2. . Falar educação Um programa do Instituto de Tecnologia Educativa Radio Televisão Portuguesa (1975) EDUCAÇÃO PELA ARTE

Anexo 2. . Falar educação Um programa do Instituto de Tecnologia Educativa Radio Televisão Portuguesa (1975) EDUCAÇÃO PELA ARTE Anexo 2 O documento que se apresenta em seguida é um dos que consideramos mais apelativos neste estudo visto ser possível ver Cecília Menano e João dos Santos e a cumplicidade que caracterizou a sua parceria

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 )

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) Tendo iniciado no presente ano lectivo 2005/2006 o funcionamento da plataforma Moodle na Universidade Aberta, considerou-se

Leia mais

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil!

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Implemente esses 3 passos para obter resultados fantásticos no Inglês! The Meridian, 4 Copthall House, Station Square, Coventry, Este material pode ser redistribuído,

Leia mais

Um lugar de encontro...sempre!

Um lugar de encontro...sempre! Um lugar de encontro...sempre! Caro leitor e amigo, Em Novembro continuamos com um programa bastante diversificado, abrangendo várias faixas etárias e áreas temáticas. Destacamos as actividades para pais

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

Técnicas de fecho de vendas

Técnicas de fecho de vendas Técnicas de fecho de vendas Índice Estratégias para a conversão de prospectos em clientes... 3 Algumas estratégias e técnicas de fecho de vendas... 4 Recolha de objecções... 4 Dar e depois 5rar o rebuçado

Leia mais

Olhar de Novo. Espetáculo de Teatro Fórum sobre bullying. Dirigido ao ensino secundário. 35.ª produção Baal17 Companhia de teatro

Olhar de Novo. Espetáculo de Teatro Fórum sobre bullying. Dirigido ao ensino secundário. 35.ª produção Baal17 Companhia de teatro Olhar de Novo Espetáculo de Teatro Fórum sobre bullying Dirigido ao ensino secundário 35.ª produção Baal17 Companhia de teatro Olhar de Novo - Sinopse e ficha técnica Na vida, como no Facebook, os gostos

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa»

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» MEIO: WWW.RECORD.PT CORES P&B DATA: 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» Luís Figo recebeu quase mil crianças na festa de Natal da sua Fundação, no Circo Aquático Show, em Lisboa.

Leia mais

SOBRE A HISTÓRIA BOM TRABALHO PARA TODOS!

SOBRE A HISTÓRIA BOM TRABALHO PARA TODOS! As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 22

Transcrição de Entrevista n º 22 Transcrição de Entrevista n º 22 E Entrevistador E22 Entrevistado 22 Sexo Masculino Idade 50 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante

Leia mais

Área - Relações Interpessoais

Área - Relações Interpessoais Área - Relações Interpessoais Eu e os Outros ACTIVIDADE 1 Dar e Receber um Não. Dar e Receber um Sim. Tempo Previsível 60 a 90 m COMO FAZER? 1. Propor ao grupo a realização de situações de role play, em

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM Ver, ouvir, compreender e contar eis como se descreve a reportagem, nas escolas de Jornalismo. Para haver reportagem, é indispensável

Leia mais

Olga, imigrante de leste, é empregada nessa casa. Está vestida com um uniforme de doméstica. Tem um ar atrapalhado e está nervosa.

Olga, imigrante de leste, é empregada nessa casa. Está vestida com um uniforme de doméstica. Tem um ar atrapalhado e está nervosa. A Criada Russa Sandra Pinheiro Interior. Noite. Uma sala de uma casa de família elegantemente decorada. Um sofá ao centro, virado para a boca de cena. Por detrás do sofá umas escadas que conduzem ao andar

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

«Tesouro Escondido» Já sei que estás para chegar Espero por ti na ponta do cais O teu navio vem devagar A espera é longa demais

«Tesouro Escondido» Já sei que estás para chegar Espero por ti na ponta do cais O teu navio vem devagar A espera é longa demais Letras Álbum Amanhecer João da Ilha (2011) «Tesouro Escondido» Já sei que estás para chegar Espero por ti na ponta do cais O teu navio vem devagar A espera é longa demais Já sei que és buliçoso Trazes

Leia mais

todos fôssemos jardineiros"

todos fôssemos jardineiros ALEGAÇÕES FINAIS JARDIM BOTÂNICO DA AJUDA, EM LISBOA "O País era mais feliz se todos fôssemos jardineiros" INÊS BANHA jardineiro há nove anos no Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, que este fim de semana

Leia mais

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com Clínica Maló Paulo Maló CEO www.clinicamalo.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram em linguagem

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Uma lição de vida? Nos meus últimos anos tenho aprendido muitas lições de vida mesmo. A que eu acho mais importante de transmitir são "os Resultados"

Uma lição de vida? Nos meus últimos anos tenho aprendido muitas lições de vida mesmo. A que eu acho mais importante de transmitir são os Resultados Gonçalo Carvalho Em entrevista exclusiva à Federação Equestre Portuguesa, meses antes do início dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, Gonçalo Carvalho fala da sua paixão pelo desporto equestre, da trajetória

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Lista de Diálogo - Cine Camelô

Lista de Diálogo - Cine Camelô Lista de Diálogo - Cine Camelô Oi amor... tudo bem? Você falou que vinha. É, eu tô aqui esperando. Ah tá, mas você vai vir? Então tá bom vou esperar aqui. Tá bom? Que surpresa boa. Oh mano. Aguá! Bolha!

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

Indice. Bullying O acaso... 11

Indice. Bullying O acaso... 11 Indice Bullying O acaso... 11 Brincadeira de mau gosto. Chega! A história... 21 O dia seguinte... 47 A paixão... 53 O reencontro... 61 O bullying... 69 9 Agosto/2010 O acaso Terça-feira. O sol fazia um

Leia mais

CONCURSO DE EXPRESSÃO ESCRITA GERAÇÃO MÓVEL E DESAFIOS. O Real e o Virtual

CONCURSO DE EXPRESSÃO ESCRITA GERAÇÃO MÓVEL E DESAFIOS. O Real e o Virtual CONCURSO DE EXPRESSÃO ESCRITA GERAÇÃO MÓVEL E DESAFIOS 2012 O Real e o Virtual Olá! O meu nome é Real Virtual. A minha família e os meus amigos conhecem-me por Real, já para a malta dos chats e dos jogos,

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira

DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Plurifundos da Região Autónoma da Madeira (POPRAM

Leia mais