A Linguagem AdvPl. Programação Com Interface Própria com o Usuário. Revisão: 09/06/2003

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Linguagem AdvPl. Programação Com Interface Própria com o Usuário. Revisão: 09/06/2003"

Transcrição

1 A Linguagem AdvPl Revisão: 09/06/2003 A Linguagem AdvPl teve seu início em 1994, sendo na verdade uma evolução na utilização de linguagens no padrão xbase pela Microsiga Software S.A. (Clipper, Visual Objects e depois FiveWin). Com a criação da tecnologia Protheus, era necessário criar uma linguagem que suportasse o padrão xbase para a manutenção de todo o código existente do sistema de ERP Siga Advanced. Foi então criada a linguagem chamada Advanced Protheus Language. O AdvPl é uma extensão do padrão xbase de comandos e funções, operadores, estruturas de controle de fluxo e palavras reservadas, contando também com funções e comandos disponibilizados pela Microsiga que a torna uma linguagem completa para a criação de aplicações ERP prontas para a Internet. Também é uma linguagem orientada a objetos e eventos, permitindo ao programador desenvolver aplicações visuais e criar suas próprias classes de objetos. Quando compilados, todos os arquivos de código tornam-se unidades de inteligência básicas, chamados APO s (de Advanced Protheus Objects). Tais APO s são mantidos em um repositório e carregados dinamicamente pelo Protheus Server para a execução. Como não existe a linkedição, ou união física do código compilado a um determinado módulo ou aplicação, funções criadas em AdvPl podem ser executadas em qualquer ponto do ambiente Advanced Protheus. O compilador e o interpretador da linguagem AdvPl é o próprio servidor Protheus (Protheus Server), e existe um ambiente visual para desenvolvimento integrado (Protheus IDE) onde o código pode ser criado, compilado e depurado. Os programas em AdvPl podem conter comandos ou funções de interface com o usuário. De acordo com tal característica, tais programas são subdivididos nas seguintes categorias: Programação Com Interface Própria com o Usuário Nesta categoria entram os programas desenvolvidos para serem executados através do terminal remoto do Protheus, o Protheus Remote. O Protheus Remote é a aplicação encarregada da interface e da interação com o usuário, sendo que todo o processamento do código em AdvPl, o acesso ao banco de dados e o gerenciamento de conexões é efetuado no Protheus Server. O Protheus Remote é o principal meio de acesso a execução de rotinas escritas em AdvPl no Protheus Server, e por isso permite executar qualquer tipo de código, tenha ele interface com o usuário ou não. Porém nesta categoria são considerados apenas os programas que realizem algum tipo de interface remota utilizando o protocolo de comunicação do Protheus. Pode-se criar rotinas para a customização do sistema ERP Advanced Protheus, desde

2 processos adicionais até mesmo relatórios. A grande vantagem é aproveitar todo o ambiente montado pelos módulos do ERP Advanced Protheus. Porém, com o AdvPl é possível até mesmo criar toda uma aplicação, ou módulo, do começo. Todo o código do sistema ERP Advanced Protheus é escrito em AdvPl. Programação Sem Interface Própria com o Usuário As rotinas criadas sem interface são consideradas nesta categoria porque geralmente têm uma utilização mais específica do que um processo adicional ou um relatório novo. Tais rotinas não têm interface com o usuãrio através do Protheus Remote, e qualquer tentativa nesse sentido (como a criação de uma janela padrão) ocasionará uma exceção em tempo de execução. Estas rotinas são apenas processos, ou Jobs, executados no Protheus Server. Algumas vezes, a interface destas rotinas fica a cargo de aplicações externas, desenvolvidas em outras linguagens, que são responsáveis por iniciar os processos no servidor Protheus através dos meios disponíveis de integração e conectividade no Protheus. De acordo com a utilização e com o meio de conectividade utilizado, estas rotinas são subcategorizadas assim: Programação por Processos Programação de RPC Programação Web Programação TelNet Programação por Processos Rotinas escritas em AdvPl podem ser iniciadas como processos individuais (sem interface) no Protheus Server através de duas maneiras: Iniciadas por outra rotina AdvPl através da chamada de funções como StartJob ou CallProc ou iniciadas automaticamente na inicialização do Protheus Server (quando propriamente configurado). Programação de RPC Através de uma biblioteca de funções disponível no Protheus (uma API de comunicação), pode-se executar rotinas escritas em AdvPl diretamente no Protheus Server, através de aplicações externas escritas em outras linguagens. Isto é o que se chama de RPC (de Remote Procedure Call, ou Chamada de Procedimentos Remota). O servidor Protheus também pode executar rotinas em AdvPl em outros servidores Protheus através de conexão TCP/IP direta utilizando o conceito de RPC. Do mesmo

3 modo, aplicações externas podem requisitar a execução de rotinas escritas em AdvPl através de conexão TCP/IP direta. Programação Web O Protheus Server pode também ser executado como um servidor Web, respondendo a requisições HTTP. No momento destas requisições, pode executar rotinas escritas em AdvPl como processos individuais, enviando o resultado das funções como retorno das requisições para o cliente HTTP (como por exemplo um Browser de Internet). Qualquer rotina escrita em AdvPl que não contenha comandos de interface pode ser executada através de requisições HTTP. O Protheus permite a compilação de arquivos HTML contendo código AdvPl embutido. São os chamados arquivos AdvPl ASP, para a criação de páginas dinâmicas. Programação TelNet TelNet é parte da gama de protocolos TCP/IP que permite a conexão a um computador remoto através de uma aplicação cliente deste protocolo. O Protheus Server pode emular um terminal TelNet, através da execução de rotinas escritas em AdvPl. Ou seja, pode-se escrever rotinas AdvPl cuja interface final será um terminal TelNet ou um coletor de dados móvel.

4 Classes da Interface Visual tsrvobject Revisão: 22/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe mãe de todas as classes de interface. Características Classe abstrata inicial de todas as classes de interface do Advpl. Não deve ser instanciada diretamente. Propriedades Propriedade Tipo nleft Numérico. Coordenada horizontal em pixels. ntop Numérico. Coordenada vertical em pixels. nwidth Numérico. Largura em pixels. nheight Numérico. Altura em pixels. ccaption Caractere. Título ou conteúdo do objeto. ctooltip Caractere. Mensagem exibida quando objeto exibe seu tooltip. lshowhint Lógico. Flag que ativa.t. ou desativa.f. a exibição do tooltip do objeto. cmsg Caractere. Mensagem exibida na barra de status da janela principal quando o objeto ganha foco. nclrtext Numérico. Cor do texto do objeto. nclrpane Numérico. Cor do fundo do objeto. bwhen bvalid Bloco de código. Bloco de código. Executado quando há movimentação de foco na janela.se retornar.t. o objeto continua habilitado, se retornar.f. o objeto será desabilitado. Executado quando o conteúdo do objeto é modificado e deverá ser validado. Deve retornar.t. se o conteúdo é válido e.f. se conteúdo inválido. blclicked Bloco de Executado quando acionado click do botão esquerdo do

5 código. mouse sobre o objeto. brclicked Bloco de Executado quando acionado click do botão direito do mouse código. sobre o objeto. Bloco de Executado quando acionado duplo click do botão esquerdo bldblclick código. do mouse sobre o objeto. ownd Objeto. Janela onde o objeto foi criado. lvisible Booleano. Se.T. o objeto é visível, se.f. o objeto é invisível. Cargo Objeto ou variável. Conteúdo associado ao objeto. Bloco de blostfocus código. Executado quando objeto perde foco. Bloco de bgotfocus código. Executado quando objeto ganha foco. Métodos SetFocus Sintaxe SetFocus( ) Força o foco de entrada de dados mudar para o objeto. Retorno NIL Hide Sintaxe Hide( ) Torna objeto invisível. Retorno NIL Show Sintaxe Show( ) Torna objeto visível. Retorno NIL Enable Sintaxe Enable( ) Habilita o objeto. Retorno NIL

6 Disable Sintaxe Disable( ) Desabilita o objeto. Retorno NIL Refresh Sintaxe Refresh( ) Força atualização (sincronia) de propriedades entre o programa e o Protheus Remote.

7 tfont Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe que encapsula fonte de edição. Hierarquia tfontabs -> tfont Utilize objeto tfont para modificar a fonte padrão de controles visuais. Propriedades Vide classes ancestrais. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([acName], [npar2], [anheight], [lpar4], [albold], [npar6], [lpar7], [npar8], [alitalic], [alunderline]) Parâmetro Tipo / acname Caractere, opcional. Nome da fonte, o padrão é Arial. npar2 Reservado. anheight Numérico, opcional. Tamanho da fonte. O padrão é lpar4 Reservado. albold Lógico, opcional. Se.T. o estilo da fonte será negrito. npar6 Reservado. lpar7 Reservado.

8 npar8 Reservado. alitalic Lógico, opcional. Se.T. o estilo da fonte será itálico. Lógico, opcional. Se.T. o estilo da fonte será alunderline sublinhado. Retorno O objeto criado. Exemplo #INCLUDE "PROTHEUS.CH" User Function Teste() Local odlg, osay Local ofont:= TFont():New("Courier New",,-14,.T.) DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 200,200 TITLE "My dialog" PIXEL // Apresenta o tsay com a fonte Courier New osay := TSay():New( 10, 10, { "Mensagem"},oDlg,, ofont,,,,.t., CLR_WHITE,CLR_RED ) /* o comando abaixo proporciona o mesmo 10,10 SAY osay PROMPT "Mensagem" FONT ofont COLOR CLR_WHITE,CLR_RED OF odlg PIXEL */ osay:ltransparent:=.f. ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return

9 tcontrol Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe abstrata mãe de todos os controles editáveis. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol Características tcontrol é a classe comum entre todos os componentes visuais editáveis. Propriedades Nome Tipo / Numérico. Alinhamento do controle no espaço disponibilizado pelo seu Align objeto parente. 0 = Nenhum (padrão), 1= no topo, 2 = no rodapé, 3= a esquerda, 4 = a direita e 5 = em todo o parente. Lógico. Se.T. indica que o conteúdo da variável associada ao controle foi lmodified modificado. Lógico. Se.T. o conteúdo da variável associada ao controle permanecerá lreadonly apenas para leitura. Numérico. Handle (identificador) do objeto sobre o qual o controle foi hparent criado. Bloco de código. Executado quando o estado ou conteúdo do controle é bchange modificado pela ação sobre o controle. Métodos SetFocus Força mudança do foco de entrada de dados para o controle. Sintaxe SetFocus( ) REtorno NIL

10 tbutton Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de botão. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tbutton Utilize a classe tbutton para criar um controle visual do tipo botão. Propriedades Nome Tipo / lprocessing Lógico. Se.T. indica o botão está efetuando uma ação. baction Bloco de código. Executado quando o botão é pressionado. Métodos New Sintaxe Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [accaption], [aownd], [abaction], [anwidth], [anheight], [npar8], [aofont], [lpar10], [alpixel],[lpar12],[cpar13], [lpar14], [abwhen], [bpar16], [lpar17]) Parâmetro Tipo / Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou anrow carateres. Parâmetros Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ancol ou caracteres. accaption Caractere, opcional. Titulo do botão. aownd Objeto, opcional. Janela ou controle onde o botão

11 deverá ser criado. Bloco de código, opcional. Bloco que deverá ser abaction acionado quando o botão for pressionado. anwidth Numérico, opcional. Largura do botão em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do botão em pixels. npar8 Reservado. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont com propriedades aofont da fonte utilizada para o título do botão. lpar10 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. considera as coordenadas alpixel passadas em pixels, se.f. (padrão) considera em caracteres. lpar12 Reservado. cpar13 Reservado. lpar14 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo efetuada na abwhen janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. se o controle deve permanecer habilitado ou.f. se não. bpar16 Reservado. lpar17 Reservado. Exemplo #include protheus.ch User Function TesteGet() Local odlg, obutton, ocombo, ccombo, aitems:= { item1, item2, item3 } ccombo:= aitems[2] DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 300,300 PIXEL TITLE Meu Combo ocombo:= tcombobox():new(10,10,{ u if(pcount()>0,ccombo:=u,ccombo)},; aitems,100,20,odlg,,{ MsgStop( Mudou item )},,,,.T.,,,,,,,,, ccombo ) // Botão para fechar a janela obutton:=tbutton():new(30,10, fechar,odlg,{ odlg:end()},100,20,,,,.t.) ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED MsgStop( O valor é +ccombo ) Return NIL

12 tcheckbox Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de caixa checkbox. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tcheckbox Utilize a classe tcheckbox quando desejar criar um controle que possua dois estados.t. ou.f.. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [accaption], [absetget], [aownd], [anwidth], [anheight], [npar8], [abclick], [aofont], [abvalid], [anclrfore], [anclrback], [lpar14], [alpixel], [cpar16], [lpar17], [abwhen]) Parâmetro Tipo / Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou anrow carateres. Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ancol ou caracteres. accaption Caractere, opcional. Texto exibido pelo controle. Bloco de código, opcional. Bloco de código no formato { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> ) } que o controle absetget utiliza para atualizar a variável <var>. <var> deve ser tipo lógico, se <var> =.T. então o controle aparecerá checado. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle aownd deverá ser criado.

13 Retorno anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. npar8 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando o abclick controle click do botão esquerdo do mouse é acionado sobre o controle. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont com propriedades aofont da fonte utilizada para o texto do controle. Bloco de código, opcional. Executado quando o conteúdo do controle deve ser validado, deve retornar abvalid.t. se o conteúdo for válido e.f. quando o conteúdo for inválido. anclrfore Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. anclrback Numérico, opcional. Cor do texto do controle. lpar14 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas alpixel são em pixels, se.f. são em caracteres. cpar16 Reservado. lpar17 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo efetuada na abwhen janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. se o controle deve permanecer habilitado ou.f. se não. O objeto construído. Exemplo #include protheus.ch User Function Teste() Local odlg, obutton, ocheck, lcheck:=.f. DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 300,300 PIXEL TITLE Meu programa ocheck:= tcheckbox():new(10,10, funcionou?,; { u if( pcount()>0,lcheck:=u,lcheck)};,odlg,100,20,,,,,,,,.t.) obutton:=tbutton():new(30,10, fechar,odlg,{ odlg:end()},; 100,20,,,,.T.) ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED If lcheck MsgStop( Funcionou! ) Endif Return NIL

14 tcombobox Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de combobox. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tcombobox Utilize a classe tcombobox para cria uma entrada de dados com múltipla escolha com item definido em uma lista vertical, acionada por F4 ou pelo botão esquerdo localizado na parte direita do controle. A variável associada ao controle terá o valor de um dos itens selecionados ou no caso de uma lista indexada, o valor de seu índice. Propriedades Nome Tipo / Array. Lista de itens, caracteres, a serem exibidos. Pode ter os seguintes aitems formatos: a) Seqüencial, exemplo: { item1, item2,..., itemn } ou b) Indexada, exemplo: { a=item1, b=item2,..., n=itemn }. nat Numérico. Posição do item selecionado. Métodos New Sintaxe Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [absetget], [anitems], [anwidth], [anheight], [aownd], [npar8], [abchange], [abvalid], [anclrtext], [anclrback], [alpixel], [aofont], [cpar15], [lpar16], [abwhen], [lpar18], [apar19], [bpar20], [cpar21], [acreadvar]) Parâmetros Parâmetro Tipo /

15 Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou anrow caracteres. Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ancol ou caracteres. Bloco de código, opcional. Bloco de código no formato { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> ) } que o controle utiliza para atualizar a variável <var>. absetget <var> deve ser tipo caracter. Se a lista for seqüencial, o controle atualizará <var> com o conteúdo do item selecionado, se a lista for indexada, <var> será atualizada com o valor do índice do item selecionado. Array, opcional. Lista de items, caracteres, a serem exibidos. Pode ter os seguintes formatos: a) anitems Seqüencial, exemplo: { item1, item2,..., itemn } ou b) Indexada, exemplo: { a=item1, b=item2,..., n=itemn }. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle aownd será criado. npar8 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando o abchange controle modifica o item selecionado. Bloco de código, opcional. Executado quando o conteúdo do controle deve ser validado, deve retornar abvalid.t. se o conteúdo for válido e.f. quando o conteúdo for inválido. anclrback Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. anclrtext Numérico, opcional. Cor do texto do controle. Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas alpixel são em pixels, se.f. são em caracteres. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont utilizado para aofont definir as características da fonte utilizada para exibir o conteúdo do controle. cpar15 Reservado. lpar16 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo abwhen efetuada na janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. se o controle deve permanecer habilitado ou.f. se não. lpar18 Reservado. apar19 Reservado. bpar20 Reservado. cpar21 Reservado.

16 Retorno Caractere, opcional. Nome da variável que o controle deverá manipular, deverá ser a mesma variável acreadvar informada no parâmetro absetget, e será o retorno da função ReadVar( ). O objeto criado. Select Muda o item selecionado no combobox. Sintaxe Select( [anitem] ) Parâmetros Retorno Exemplo Parâmetro Tipo / anitem Numérico, opcional. Posição do item a ser selecionado. NIL #include protheus.ch User Function TesteGet() Local odlg, obutton, ocombo, ccombo, aitems:= { item1, item2, item3 } ccombo:= aitems[2] DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 300,300 PIXEL TITLE Meu Combo ocombo:= tcombobox():new(10,10,{ u if(pcount()>0,ccombo:=u,ccombo)},; aitems,100,20,odlg,,{ MsgStop( Mudou item )},;,,,.T.,,,,,,,,, ccombo ) // Botão para fechar a 40,10 BUTTON obutton PROMPT Fechar OF odlg PIXEL ACTION odlg:end() ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED MsgStop( O valor é +ccombo ) Return NIL

17 tget Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de controle para entrada de dados editáveis. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tget Use tget para criar um controle que armazene ou altere o conteúdo de uma variável através de digitação. O conteúdo da variável só é modicado quando o controle perde o foco de edição para outro controle. Propriedades Nome Tipo / Lógico. Se.T. o controle se comporta como entrada de dados de senha, lpassword exibindo asteriscos * para esconder o conteúdo digitado. Picture Caractere. Máscara de formatação do conteúdo a ser exibido. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor do controle. New([anRow], [ancol], [absetget], [aownd], [anwidth], [anheight], [acpict], [abvalid], [anclrfore], [anclrback], [aofont], [lpar12], [opar13], [alpixel], [cpar15], [lpar16], [abwhen], [lpar18], [lpar19], [abchange], [alreadonly], [alpassword], [cpar23], [acreadvar], [cpar25], [lpar26], [npar27], [lpar28]) Parâmetro Tipo / anrow Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels

18 ou caracteres. Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ancol ou caracteres. Bloco de código, opcional. Bloco de código no formato { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> ) } que absetget o controle utiliza para atualizar a variável <var>. <var> deve ser tipo caracter, numérico ou data. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle aownd será criado. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. Caractere, opcional. Máscara de formatação do acpict conteúdo a ser exibido. Bloco de código, opcional. Executado quando o conteúdo do controle deve ser validado, deve retornar abvalid.t. se o conteúdo for válido e.f. quando o conteúdo for inválido. anclrfore Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. anclrback Numérico, opcional. Cor do texto do controle. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont utilizado para aofont definir as características da fonte utilizada para exibir o conteúdo do controle. lpar12 Reservado. opar13 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas alpixel são em pixels, se.f. são em caracteres. cpar15 Reservado. lpar16 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo abwhen efetuada na janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. se o controle deve permanecer habilitado ou.f. se não. lpar18 Reservado. lpar19 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando o abchange controle modifica o valor da variável associada. Lógico, opcional. Se.T. o controle não poderá ser alreadonly editado. Lógico, opcional. Se.T. o controle exibirá asteriscos alpassword * no lugar dos caracteres exibidos pelo controle para simular entrada de senha. cpar23 Reservado. Caractere, opcional. Nome da variável que o controle acreadvar deverá manipular, deverá ser a mesma variável

19 Retorno informada no parâmetro absetget, e será o retorno da função ReadVar( ). cpar25 Reservado. lpar26 Reservado. npar27 Reservado. lpar28 Reservado. O controle construído. Exemplo #include protheus.ch User Function TesteGet() Local odlg, oget1, obutton, nget1:=0 DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 300,300 PIXEL TITLE Meu Get oget1:= TGet():New(10,10,{ u if(pcount()>0,nget1:=u,nget1}}, odlg,; 999,999.99,; { o nget1> },,,,,,.t.,,,,,,,,,, nget1 ) /* Tem o mesmo 10,10 MSGET oget1 VAR nget1 SIZE 100,20 OF odlg PIXEL 999, VALID nget1> */ // Botão para fechar a 40,10 BUTTON obutton PROMPT Fechar OF odlg PIXEL ACTION odlg:end() ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED MsgStop( O valor é 999, ) ) Return NIL

20 tgroup Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de painel de grupo de controles. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tgroup Utilize a classe tgroup para criar um painel onde controles visuais podem ser agrupados ou classificados. É criada uma borda com título em volta dos controles agrupados. Métodos New Sintaxe Método construtor da classe. New([anTop], [anleft], [anbottom], [anright], [accaption], [aownd], [anclrtext], [anclrpane], [alpixel], [lpar10]) Parâmetro Tipo / Numérico, opcional. Coordenada vertical superior em antop pixels ou caracteres. Numérico, opcional. Coordenada horizontal esquerda anleft em pixels ou caracteres. Numérico, opcional. Coordenada vertical inferior em anbottom Parâmetros pixels ou caracteres. Numérico, opcional. Coordenada horizontal direita em anright pixels ou caracteres. accaption Caractere, opcional. Título do grupo. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle aownd será criado. anclrtext Numérico, opcional. Cor do texto.

21 anclrpane Numérico, opcional. Cor do fundo. alpixel Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas são em pixels, se.f. são em caracteres. lpar10 Reservado. Retorno O objeto criado. Exemplo #include protheus.ch User function teste() Local odlg, ogroup, oget1, oget2, cget1:=space(10),; cget2:= Space(10) DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 400,400 TITLE My test PIXEL ogroup:= tgroup():new(10,10,200,200, grupo de 10,10 MSGET oget1 VAR cget1 SIZE 100,10 OF ogroup 30,10 MSGET oget2 VAR cget2 SIZE 100,10 OF ogroup PIXEL ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return NIL

22 tlistbox Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de lista de items. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tlistbox Utilize a classe tlistbox para criar uma janela com itens selecionáveis e barra de rolagem. Ao selecionar um item, uma variável é atualizada com o conteúdo do item selecionado. Propriedades Nome Tipo / nat Numérico. Posição do item selecionado. aitems Array de items caracteres. Lista do itens selecionáveis. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [absetget], [aaitems], [anwidth], [anheigth], [abchange], [aownd], [abvalid], [anclrfore], [anclrback], [alpixel], [lpar13], [abldblclick], [aofont], [cpar16], [lpar17], [abwhen], [apar19], [bpar20], [lpar21], [lpar22], [abrightclick] ) Parâmetro anrow Tipo / Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou caracteres.

23 Retorno Numérico, opcional. Coordenada horizontal em ancol pixels ou caracteres. Bloco de código, opcional. Bloco de código no formato { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> )} absetget que o controle utiliza para atualizar a variável <var>. <var> deve ser tipo caracter ou numérica. Array de items caracteres, opcional. Lista de items aaitems selecionáveis. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. Bloco de código, opcional. Executado quando o abchange item selecionado é alterado. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o aownd controle será criado. Bloco de código, opcional. Executado quando o conteúdo do controle deve ser validado, deve abvalid retornar.t. se o conteúdo for válido e.f. quando o conteúdo for inválido. anclrfore Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. anclrback Numérico, opcional. Cor do texto do controle. Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas alpixel são em pixels, se.f. são em caracteres. lpar13 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando abldblclick acionado duplo click do botão esquerdo do mouse sobre o controle. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont utilizado para aofont definir as características da fonte utilizada para exibir o conteúdo do controle. cpar16 Reservado. lpar17 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo abwhen efetuada na janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. se o controle deve permanecer habilitado ou.f. se não. apar19 Reservado. bpar20 Reservado. lpar21 Reservado. lpar22 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando abrightclick acionado click do botão direito do mouse sobre o controle. O objeto criado.

24 Select Força a seleção de um item. Sintaxe Select( [anitem] ) Parâmetros Retorno Parâmetro Tipo / nitem Numérico, opcional. Posição do item a ser selecionado. NIL Add Insere ou adiciona novo item. Sintaxe Add( ctext, npos ) Parâmetros Retorno Parâmetro Tipo / ctext Caractere, obrigatório. Texto do item. Numérico, obrigatório. Se 0 ou maior que o número de itens, insere o item no final da lista. Se valor entre 1 e npos número de itens, insere o item na posição informada, empurrando o item anterior para baixo. NIL Modify Modifica o texto de um item. Sintaxe Modify( ctext, npos ) Parâmetros Retorno Parâmetro Tipo / ctext Caractere, obrigatório. Novo texto do item. Numérico, obrigatório. Posição a ser modificada deve npos ser maior que 0 e menor ou igual que o número de itens. NIL Del Apaga um item. Sintaxe Del( npos )

25 Parâmetro Tipo / Parâmetros Numérico, obrigatório. Posição a ser excluida, deve ser npos maior que 0 e menor ou igual que o número de itens. Retorno NIL Len Retorna o número de itens. Sintaxe Len( ) Retorno Numérico. Número de itens. Reset Apaga todos os itens. Sintaxe Reset( ) Retorno NIL Exemplo #include protheus.ch User Funcion Teste() Local odlg, olist, nlist:= 1, aitems:={} Aadd(aItems, Item 1 ) Aadd(aItems, Item 2 ) Aadd(aItems, Item 3 ) Aadd(aItems, Item 4 ) DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 400,400 PIXEL TITLE Teste olist:= tlistbox():new(10,10,{ u if(pcount()>0,nlist:=u,nlist)};,aitems,100,100,,odlg,,,,.t.) ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return NIL

26 tmeter Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de régua de processamento. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tmeter Utilize a classe tmeter para criar um controle que exibe uma régua (gauge) de processamento, descrevendo o andamento de um processo atraves da exibição de uma barra horizontal. Propriedades Nome Tipo / ntotal Numérico. Número total de passos até o preenchimento da régua de processo. lpercentage Lógico. Se.T. considera o passo de movimentação em porcentagem. nclrbar Numérico. Cor da barra de andamento. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [absetget], [antotal], [aownd], [anwidth], [anheight], [lpar8], [alpixel], [opar10], [cpar11], [alnoperc], [anclrpane], [npar14], [anclrbar], [npar16], [lpar17]) Parâmetro Tipo / Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou anrow caracteres.

27 Retorno ancol Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ou caracteres. Bloco de código, opcional. Bloco de código no formato absetget { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> ) } que o controle utiliza para atualizar a variável <var>. <var> deve ser tipo numérico. antotal Numérico, opcional. Numero total de passos até o preenchimento da régua de processo. aownd Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle sera criado. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. lpar8 Reservado. alpixel Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas são em pixels, se.f. são em caracteres. opar10 Reservado. cpar11 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. (padrão) não considera os alnoperc passos de atualização em porcentagem. anclrpane Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. npar14 Reservado. anclrbar Numérico, opcional. Cor da barra de andamento. npar16 Reservado. lpar17 Reservado. O objeto criado. Set Atualiza a posição da régua de processamento. Sintaxe Set( [nval] ) Parâmetros Retorno Exemplo Parâmetro Tipo / Numérico, opcional. Novo valor da posição da régua de nval processamento. NIL #include protheus.ch STATIC lrunning:=.f., lstop:=.f. User Function Teste()

28 Local odlg, ometer, nmeter:=0, obtn1, obtn2 DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 400,400 TITLE Teste ometer:= tmeter():new(10,10,{ u if(pcount()>0,nmeter:=u,nmeter)};,100,odlg,100,20,,.t.) // cria a régua // botão para ativar andamento da 30,10 BUTTON obtn1 PROMPT Run OF odlg PIXEL ACTION 50,10 BUTTON obtn2 PROMPT Stop OF odlg PIXEL ACTION lstop:=.t. ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return NIL STATIC Function RunMeter(oMeter) If lrunning Return Endif lrunning:=.t. ometer:set(0) // inicia a régua While.T..and.!lStop Sleep(1000) // pára 1 segundo ProcessMessages() // atualiza a pintura da janela, processa mensagens do windows Enddo ncurrent:= Eval(oMeter:bSetGet) // pega valor corrente da régua ncurrent+=10 // atualiza régua ometer:set(ncurrent) if ncurrent==ometer:ntotal Return endif lrunning:=.f. lstop:=.f. Return

29 tmultiget Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de campo Memo de edição. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tmultiget Utilize a classe tmultiget para criar controle de edição de texto de múltiplas linhas. Propriedades Nome Tipo / lwordwrap Lógico. Se.T., faz quebra automática de linhas. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [absetget], [aownd], [anwidth], [anheight], [aofont], [alhscroll], [anclrfore], [anclrback], [opar11], [alpixel], [cpar13], [lpar14], [abwhen], [lpar16], [lpar17], [alreadonly], [abvalid], [bpar20], [lpar21], [alnoborder], [alnovscroll]) Parâmetro anrow ancol absetget Tipo / Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou caracteres. Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ou caracteres. Bloco de código, opcional. Bloco de código no

30 Retorno formato { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> ) } que o controle utiliza para atualizar a variável <var>. <var> deve ser tipo caracter. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle aownd será criado. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont utilizado para aofont definir as características da fonte utilizada para exibir o conteúdo do controle. Lógico, opcional. Se.T., habilita barra de rolagem alhscroll horizontal. anclrfore Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. anclrback Numérico, opcional. Cor do texto do controle. opar11 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas alpixel são em pixels, se.f. são em caracteres. cpar13 Reservado. lpar14 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo abwhen efetuada na janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. se o controle deve permanecer habilitado ou.f. se não. lpar16 Reservado. lpar17 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. o controle so permitira alreadonly leitura. Bloco de código, opcional. Executado quando o conteúdo do controle deve ser validado, deve retornar abvalid.t. se o conteúdo for válido e.f. quando o conteúdo for inválido. bpar20 Reservado. lpar21 Reservado. alnoborder Lógico, opcional. Se.T. cria controle sem borda. Lógico, opcional. Se.T., habilita barra de rolagem alnovscroll vertical. O objeto criado. EnableVScroll Habilita a barra de rolagem vertical.

31 Sintaxe EnableVScroll( lenable ) Parâmetros Retorno Parâmetro Tipo / Lógico, obrigatório. Se.T. habilita se.f. desabilita a lenable barra de rolagem. NIL EnableHScroll Habilita a barra de rolagem horizontal. Sintaxe EnableHScroll( lenable ) Parâmetros Retorno Exemplo Parâmetro Tipo / Lógico, obrigatório. Se.T. habilita se.f. desabilita a lenable barra de rolagem. NIL #include protheus.ch User Function Teste() Local odlg, omemo, cmemo:= space(50) DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 400,400 PIXEL TITLE My test omemo:= tmultiget():new(10,10,{ u 200,10 BUTTON obtn PROMPT Fecha OF odlg PIXEL ACTION odlg:end() ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED MsgStop(cMemo) Return NIL

32 tpanel Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de painel estático. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tpanel Utilize a classe tpanel quando desejar criar um painel estático, onde podem ser criados outros controles com o objetivo de organizar ou agrupar componentes visuais. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [actext], [aownd], [aofont], [alcentered], [lpar6], [anclrtext], [anclrback], [anwidth], [anheight], [allowered], [alraised]) Parâmetro Tipo / anrow Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels. ancol Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels. actext Caractere, opcional. Texto a ser exibido ao fundo. Objeto, opcional. Janela ou controle onde será criado o aownd objeto. Lógico, opcional. Se.T. exibe o texto de título ao alcentered centro do controle. lpar6 Reservado. anclrtext Numérico, opcional. Cor do texto do controle. anclrback Numérico, opcional. Cor do fundo do controle. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels.

33 anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. Lógico, opcional. Se.T. exibe o painel rebaixado em allowered relação ao controle de fundo. Lógico, opcional. Se.T. exibe a borda do controle alraised rebaixada em relação ao controle de fundo. Retorno O objeto criado. Exemplo #include protheus.ch User Function Teste() Local odlg, opanel, obtn1, obtn2 DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 400,400 PIXEL TITLE My test opanel:= tpanel():new(10,10,,odlg,,,,,clr_blue,100,100) // cria o 10,10 BUTTON obtn1 PROMPT hide OF opanel ACTION opanel:hide() // cria botão sobre o 200,10 BUTTON obtn2 PROMPT show OF odlg ACTION opanel:show() // cria botão fora o painel ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return

34 tradmenu Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de radio group. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tradmenu Utilize a classe tradmenu para criar um controle que possibilita escolha de item através de uma lista. Propriedades Nome Tipo / noption Numérico. Item selecionado. aitems Array de caracteres. Lista de items selecionáveis. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [aacitems], [absetget], [aownd], [apar6], [abchange], [anclrtext], [anclrpan], [cpar10], [lpar11], [abwhen], [anwidth], [anheight], [abvalid], [lpar16], [lpar17], [alpixel]) Parâmetro Tipo / anrow Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou caracteres. ancol Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels ou caracteres.

35 Retorno aacitems Array de caracteres, opcional. Lista de opções. Bloco de código, opcional. Bloco de código no formato { u if( Pcount( )>0, <var>:= u, <var> ) } que o controle absetget utiliza para atualizar a variável <var>. <var> deve ser tipo numérico. Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle aownd será criado. apar6 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando o item abchange selecionado é alterado. anclrtext Numérico, opcional. Cor do texto do controle anclrpan Numérico, opcional. Cor de fundo do controle. cpar10 Reservado. lpar11 Reservado. Bloco de código, opcional. Executado quando mudança de foco de entrada de dados está sendo efetuada na abwhen janela onde o controle foi criado. O bloco deve retornar.t. para que o controle permaneça habilitado, ou.f. se não. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. Bloco de código, opcional. Executado quando o abvalid conteúdo do controle deva ser validado, retornando.t. se o conteúdo for válido, e.f. quando inválido. lpar16 Reservado. Lpar17 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. as coordenadas informadas são alpixel em pixels, se.f. são em caracteres. O objeto criado. EnableItem Sintaxe Parâmetros Retorno Exemplo Habilita ou desabilita item. EnableItem( [nitem], [lenable]) Parâmetro Tipo / nitem Numérico, opcional. Item selecionado. lenable Lógico, opcional. Se.T. habilita o item se.f. desabilita o item. NIL

36 #include protheus.ch User Function Teste() Local odlg, obutton, oradio, nradio:=1 Local aoptions:={ escolha1, escolha2 } DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 300,300 PIXEL TITLE Meu Get oradio:= tradmenu():new(10,10,aoptions,; { u if(pcount()>0,nradio:=u,nradio)},; 40,10 BUTTON obutton PROMPT Fechar OF odlg PIXEL ACTION odlg:end() ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED MsgStop( Escolheu +aoptions[nradio] ) Return NIL

37 tsay Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de label. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tsay O objeto tipo tsay exibe o conteúdo de texto estático sobre uma janela ou controle. Propriedades Nome Tipo / Lógico. Se.T. quebra o texto em várias linhas de maneira a enquadrar o lwordwrap conteúdo na área determinada para o controle, sendo o padrão.f. Lógico. Se.T. a cor de fundo do controle é ignorada assumindo o conteúdo ltransparent ou cor do controle ou janela ao fundo, sendo o padrão.t. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anRow], [ancol], [abtext], [aownd], [acpicture], [aofont], [lpar7], [lpar8], [lpar9], [alpixels], [anclrtext], [anclrback], [anwidth], [anheight], [lpar15], [lpar16], [lpar17], [lpar18], [lpar19]) Parâmetro Tipo / anrow Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels ou caracteres. ancol Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels

38 Retorno ou caracteres. abtext Codeblock, opcional. Quando executado deve retornar uma cadeia de caracteres a ser exibida. aownd Objeto, opcional. Janela ou diálogo onde o controle será criado. acpicture Caractere, opcional. Picture de formatação do conteúdo a ser exibido. Objeto, opcional. Objeto tipo tfont para configuração aofont do tipo de fonte que será utilizado para exibir o conteúdo. lpar7 Reservado. lpar8 Reservado. lpar9 Reservado. Lógico, opcional. Se.T. considera coordenadas alpixels passadas em pixels se.f., padrão, considera as coordenadas passadas em caracteres. anclrtext Numérico, opcional. Cor do conteúdo do controle. anclrback Numérico, opcional. Cor do fundo do controle. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. lpar15 Reservado. lpar16 Reservado. lpar17 Reservado. lpar18 Reservado. lpar19 Reservado. O objeto criado. SetText Modifica o conteúdo a ser exibido pelo controle. Sintaxe SetText( [xval] ) Parâmetros Retorno Parâmetro Tipo / Caracter / Numérico / Data, Opcional. Valor a ser xval exibido. NIL

39 Exemplo #include protheus.ch User Function Teste() Local odlg, osay DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 200,200 TITLE My dialog PIXEL osay:= tsay():new(10,10,{ para exibir },odlg,,,,;,,.t.,clr_white,clr_red,100,20) ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return NIL

40 tscrollbox Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de área de scroll. Hierarquia tsrvobject -> tcontrol -> tscrollbox Utilize a classe tscrollbox para criar um painel com scroll deslizantes nas laterais do controle. Métodos New Sintaxe Parâmetros Retorno Método construtor da classe. New([aoWnd], [antop], [anleft], [anheight], [anwidth], [alvertical], [alhorizontal], [alborder]) Parâmetro Tipo / aownd Objeto, opcional. Janela ou controle onde o controle será criado. antop Numérico, opcional. Coordenada vertical em pixels. anleft Numérico, opcional. Coordenada horizontal em pixels. anheight Numérico, opcional. Altura do controle em pixels. anwidth Numérico, opcional. Largura do controle em pixels. alvertical Lógico, opcional. Se.T. exibe a barra de scroll vertical. Lógico, opcional. Se.T. exibe a barra de scroll alhorizontal horizontal. alborder Lógico, opcional. Se.T. exibe a borda do controle. O objeto criado.

41 Exemplo #include protheus.ch User Function Teste() Local odlg, oscr, oget1, oget2, oget3 Local cget1, cget2, cget3 cget1:= Space(10) cget2:= Space(10) cget3:= Space(10) DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 400,400 PIXEL My test oscr:= TScrollBox():New(oDlg,10,10,200,200,.T.,.T.,.T.) // cria controles dentro do 10,10 MSGET oget1 VAR cget1 SIZE 100,10 OF oscr 50,10 MSGET oget2 VAR cget2 SIZE 100,10 OF oscr 150,100 MSGET oget3 VAR cget3 SIZE 100,10 OF oscr PIXEL ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return NIL

42 Classe TIBrowser Exemplo de uso da classe TIBrowser Revisão: 09/06/2003 Versão 6.09 Versão 7.10 #include "protheus.ch" function teste() local odlg, otibrowser, obtnnav, obtnprint, obtnhome DEFINE MSDIALOG odlg FROM 0,0 TO 320,460 PIXEL TITLE "Teste TIBrowser" otibrowser:= TIBrowser():New( 10,10, 150, 150, "http://www.google.com", odlg 10, 160 BUTTON obtnnav PROMPT "Ir para Microsiga" SIZE 50,10 ACTION otibrowser:navigate("http://www.microsiga.com.br") OF odlg 20, 160 BUTTON obtnprint PROMPT "Imprimir" SIZE 50,10 ACTION otibrowser:print() OF odlg 30, 160 BUTTON obtnhome PROMPT "Home" SIZE 50,10 ACTION otibrowser:gohome() OF odlg PIXEL ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED return

43 TIBROWSER:GOHOME Revisão: 09/06/2003 Versão 6.09 Versão 7.10 Sintaxe TIBROWSER:GOHOME ( ) --> nil Retorno Tipo (NULO) Este método retorna nil Direciona navegação para página <HOME> cadastrada no Internet Explorer

44 TIBROWSER:NAVIGATE Revisão: 09/06/2003 Versão 6.09 Versão 7.10 Sintaxe TIBROWSER:NAVIGATE ( < ahref > ) --> nil Parâmetros Argumento Tipo ahref Caracter Endereço da página a ser navegada Retorno Tipo (NULO) Este método sempre retorna nil Troca a página a ser visualizada

45 TIBROWSER:NEW Revisão: 09/06/2003 Versão 6.09 Versão 7.10 Sintaxe TIBROWSER:NEW ( < anrow >, < ancol >, < anwidth >, < anheight >, [ ainitlink ], [ anwindow ] ) --> Retorno Parâmetros Argumento Tipo anrow Numérico coordenada vertical ancol Numérico Coordenada horizontal anwidth Numérico Largura do objeto anheight Numérico Altura do objeto ainitlink Caracter Endereço da página inicial a ser carregada, se não informada, carregará a página <HOME> cadastrada no Internet Explorer. anwindow Objeto Janela ou componente visual onde o objeto será criado Retorno Tipo Objeto Retorna o objeto criado Cria uma instância do Microsoft Internet Explorer(tm) dentro de um componente visual. Para que o objeto esteja disponível para o usuário, é necesário configurar no arquivo de configuração do AP Remote (Ex: ap6rmt.ini ) como abaixo: [config] BrowserEnabled=1 ATENÇAO: A classe somente funcionará se o MS Internet Explorer estiver instalado na máquina que está executando o AP Remote.

46 TIBROWSER:PRINT Revisão: 09/06/2003 Versão 6.09 Versão 7.10 Sintaxe TIBROWSER:PRINT ( ) --> nil Retorno Tipo (NULO) Este método retorna nil Imprime a página que esta sendo visualizada

47 Exemplo de uso da Classe TWBrowse Revisão: 16/09/2004 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Versão 8.11 A função abaixo cria uma janela de dialogo, com uma twbrowse ocupando toda a extensão do diálogo, realizando uma consulta na Tabela SX5, filtrada através do índice 1, para mostrar apenas os elementos pertencentes à tabela 01 do SX5. Vale lembrar que, para testar o fonte abaixo, deve-se compilá-lo no projeto, e inserir uma chamada à esta função no Menu do ERP. #INCLUDE 'PROTHEUS.CH' User Function TstTWBrw() dbselectarea('sx5') DbSetORder(1) DEFINE MSDIALOG odlg TITLE 'Exemplo TWBrowse' FROM 000, 000 TO 500, 600 PIXEL obrw := TWBrowse():New( NIL,NIL,NIL,NIL,; { { SX5->X5_TABELA, SX5->X5_CHAVE, SX5->X5_DESCRI, str(sx5->(recno()),8,0) } },; { 'Tabela','Chave','', 'RECNO'},; NIL, odlg, "X5_FILIAL+X5_TABELA"," 01", " 01",,,,,,,,,, "SX5",.T. ) // Ajusta alinhamento do TWBrowse para pegar o dialogo inteiro obrw:align := CONTROL_ALIGN_ALLCLIENT ACTIVATE MSDIALOG odlg CENTERED Return

48 New Revisão: 16/09/2004 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Versão 8.11 Sintaxe TWBrowse():New ( [ nrow ], [ bscroll ], [ Param25 ], [ Param27 ], [ ncol ], [ nwidth ], [ nheigth ], < bline >, < aheaders >, [ acolsizes ], [ ownd ], [ cfield ], [ ctoplimit ], [ cbottomliit ], [ bchange ], [ bldblclick ], [ Param14 ], [ ofont ], [ Param16 ], [ nclrfore ], [ nclrback ], [ Param19 ], [ Param20 ], [ calias ], [ lpixel ], [ Param23 ], [ Param24 ] ) --> oobjtwbrowse Parâmetros Argumento Tipo nrow Numérico Coordenada vertical inicial do Objeto. bscroll Lógico Caso.T., habilita barra de scroll horizontal e botões de navegação vertical. Param25 (NULO) ( parâmetro reservado ) Param27 (NULO) ( parâmetro reservado ) ncol Numérico Coordenada horizontal inicial do Objeto nwidth Numérico Tamanho horizontal do objeto nheigth Numérico Tamanho vertical do objeto Code-Block, que deve retornar um array, com uma bline dimensão, onde devem ser retornados as strings Code-Block referentes aos elementos referentes às colunas do Browse. aheaders Array Array, que deve retornar um array, com uma dimensão, contendo as strings referentes aos Títulos das colunas do Browse. acolsizes Array Array, com uma dimensão, onde devem ser retornados os números referentes ào tamanho horizontal das colunas do Browse. Caso especificado NIL, os tamanhos das colunas são calculados automaticamente. ownd Objeto Objeto visual sobre o qual a twbrowse será criada. cfield Caracter Utilizado para especificar a expressão de índice para definição de limite superior e inferior do Browse. Este parâmetro é utilizado quando realizado um browse de uma tabela, aberta sob um alias, com uma expressão de índice.

49 ctoplimit Caracter Utilizado para especificar uma string, de acordo com a chave de índice passada em cfield, a ser utilizada para identificar o limite superior do Browse. Apenas devemos informar conteúdo neste, caso o parâmetro cfield seja especificado. cbottomliit Caracter Utilizado para especificar uma string, de acordo com a chave de índice passada em cfield, a ser utilizada para identificar o limite inferior do Browse. Apenas devemos informar conteúdo neste, caso o parâmetro cfield seja especificado. Ação a ser executada quando alterado o foco entre as bchange Code-Block linhas do Browse. Recebe o objeto do Browse como parâmetro. bldblclick Ação a ser executada quando executado um dupli-clique Code-Block sobre uma célula do Browse. Param14 (NULO) ( parâmetro reservado ) ofont Objeto Objeto referente à uma fonte alternativa para exibição dos dados neste Browse. Param16 (NULO) ( parâmetro reservado ) nclrfore Numérico Cor de escrita dos dados no TWBrowse. Verifique cores disponíveis no include "colors.ch" nclrback Numérico Cor de fundo da área da TWBrowse não preenchida com dados. Verifique cores disponíveis no include "colors.ch" Param19 (NULO) ( parâmetro reservado ) Param20 (NULO) ( parâmetro reservado ) calias Caracter Caso o Browse seja realizado sobre uma tabela aberta, estecifique o alias da tabela a ser utilizada neste parâmetro. lpixel Lógico Caso.T., indica que as coordenadas de tela são especificadas em PIXELS. Caso contrário, são coordenadas especificadas em CARACTERES. Param23 (NULO) ( parâmetro reservado ) Param24 (NULO) ( parâmetro reservado ) Retorno Tipo Objeto Retorna uma nova instância do Objeto da Classe TWBrowse. Contrutor da Classe TWBrowse. Retorna uma nova instância do Objeto da Classe TWBrowse.

50 Classes de Janelas MSDialog Revisão: 23/02/2003 Versão 5.07 Versão 5.08 Versão 6.09 Versão 7.10 Classe de diálogo de entrada de dados. Hierarquia tsrvobject -> twindow -> tdialog -> MSDialog Características MSDialog deve ser utilizada como padrão de janela para entrada de dados. MSDialog é um tipo de janela diálogo modal, isto é, não permite que outra janela ativa receba dados enquanto esta estiver ativa. Propriedades Vide classes ancestrais. Métodos New Sintaxe Parâmetros Método construtor da classe. New([anTop], [anleft], [anbottom], [anright], [accaption], [cpar6], [npar7], [lpar8], [npar9], [anclrtext], [anclrback], [opar12], [aownd], [alpixel], [opar15], [opar16], [lpar17]) Parâmetro Tipo / antop Numérico, opcional. Coordenada vertical superior em pixels ou caracteres. anleft Numérico, opcional. Coordenada horizontal esquerda em pixels ou caracteres.

Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs

Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs Por Edilberto Souza Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs Agenda Introdução a alguns conceitos de ERP; Noções sobre o mercado de ERP; Arquitetura do Microsiga Protheus; Visão geral do ambiente

Leia mais

0079 - Relatórios Protheus

0079 - Relatórios Protheus Relatórios Todos os direitos autorais reservados pela TOTVS S.A. Proibida a reprodução total ou parcial, bem como a armazenagem em sistema de recuperação e a transmissão, de qualquer modo ou por qualquer

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

MS-Excel 2010 Essencial (I)

MS-Excel 2010 Essencial (I) MS-Excel 2010 Essencial (I) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que necessitem agilizar os seus cálculos,

Leia mais

Trabalhando com banco de dados

Trabalhando com banco de dados Avançado Trabalhando com Aprenda a manipular dados no Excel com a ajuda de outros aplicativos da suíte Office Armazenar e organizar informações são tarefas executadas diariamente por todos nós. Desde o

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo 2011 MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo Aprenda como é simples utilizar a ferramenta Flex como seu gerenciador de conteúdo online. Flex Desenvolvido pela ExpandWEB 31/01/2011

Leia mais

GERENCIADOR DE CONTEÚDO

GERENCIADOR DE CONTEÚDO 1/1313 MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR DE CONTEÚDO CRISTAL 2/13 ÍNDICE 1. OBJETIVO......3 2. OPERAÇÃO DOS MÓDULOS......3 2.1 GERENCIADOR DE CONTEÚDO......3 2.2 ADMINISTRAÇÃO......4 Perfil de Acesso:... 4

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna O que é uma planilha eletrônica? É um aplicativo que oferece recursos para manipular dados organizados em tabelas. A partir deles pode-se gerar gráficos facilitando a análise e interpretação dos dados

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Iniciando o MySQL Query Brower

Iniciando o MySQL Query Brower MySQL Query Brower O MySQL Query Browser é uma ferramenta gráfica fornecida pela MySQL AB para criar, executar e otimizar solicitações SQL em um ambiente gráfico. Assim como o MySQL Administrator foi criado

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

TSE TRIBUNAL SUPEIROR ELEITORAL Secretaria de Informática Coordenadoria de Sistemas Administrativos Setor de Apoio ao Usuário

TSE TRIBUNAL SUPEIROR ELEITORAL Secretaria de Informática Coordenadoria de Sistemas Administrativos Setor de Apoio ao Usuário TSE TRIBUNAL SUPEIROR ELEITORAL Secretaria de Informática Coordenadoria de Sistemas Administrativos Setor de Apoio ao Usuário (versão 1.0) 1 APRESENTAÇÃO O Tribunal Superior Eleitoral usando de suas atribuições

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Manual de Uso Wordpress

Manual de Uso Wordpress Manual de Uso Wordpress Olá! Seja bem vindo ao igual. Agora você pode transmitir todas as notícias importantes da sua comunidade de forma mais simples e eficiente. Mas para que isso aconteça, primeiro

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário Vanderlei Manual de Apoio Resumo Módulo Básico Especifico para Instalação e Usabilidade Lista de Distribuição Nome Área / Função Histórico de modificações Versão Data Descrição Responsável 13/12/2013 Versão

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

SUMÁRIO. Cursos STE SUMÁRIO... 1

SUMÁRIO. Cursos STE SUMÁRIO... 1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 1 STEGEM - INTERFACE... 2 1 Introdução... 2 2 A interface... 2 2.1 Painel de Navegação... 3 2.2 Barra de Menus em forma de Ribbon... 4 2.3 Painel de Trabalho... 5 2.4 Barra de Status...

Leia mais

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice CAPA Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE Índice 1. Página da área administrativa... 1.1 Botões e campo iniciais... 2. Explicar como funcionam as seções... 2.1. Seções dinâmicos... 2.1.1 Como

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Desenvolvido por Fábrica de Software Coordenação de Tecnologia da Informação Pág 1/22 Módulo: 1 Responsável: Desenvolvimento Ti Data: 01/11/2012 Versão: 1.0 Empresa:

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva Conceitos Fundamentais de Microsoft Word Professor Rafael www.facebook.com/rafampsilva Introdução É um editor de texto ou processador de texto? editores de texto: editam texto (assim como uma máquina de

Leia mais

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/35 LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS No Microsoft Office Word 2007 é possível automatizar tarefas usadas frequentemente criando

Leia mais

www.siteware.com.br Versão 2.6

www.siteware.com.br Versão 2.6 www.siteware.com.br Versão 2.6 Sumário Apresentação... 4 Login no PortalSIM... 4 Manutenção... 5 Unidades... 5 Unidades... 5 Grupos de CCQ... 5 Grupos de unidades... 6 Tipos de unidades... 6 Sistema de

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação.

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação. Este produto pode ser configurado utilizando qualquer navegador web atual, como por ex. Internet Explorer 6 ou Netscape Navigator 7 ou superior. DSL-2730B Roteador ADSL Wireless Antes de começar Certifique-se

Leia mais

PROJETO: PRODUTO 4 RELATÓRIO FINAL DO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES

PROJETO: PRODUTO 4 RELATÓRIO FINAL DO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES Nome da Empresa: DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS (DIEESE) PROJETO: PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BRA/IICA/03/005 PARTICIPAÇÃO SOCIAL NÚMERO DO CONTRATO: 205037 TEMA:

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Caso você possua cadastro no Twitter, selecione a opção Logar com meu usuário, e insira seu nome de usuário e senha do serviço:

Caso você possua cadastro no Twitter, selecione a opção Logar com meu usuário, e insira seu nome de usuário e senha do serviço: Tópicos 1. Efetuando login 2. Componentes da tela principal 2.1. Barra de ferramentas 2.2. Painel de atualizações 2.3. Rede de contatos do usuário 2.3.1. Controles de mouse e teclado 2.3.2. Entendendo

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Apresentação da ferramenta Professor: Danilo Giacobo Página pessoal: www.danilogiacobo.eti.br E-mail: danilogiacobo@gmail.com 1 Introdução Visual

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO ÍNDICE Relatórios Dinâmicos... 3 Requisitos de Sistema... 4 Estrutura de Dados... 5 Operadores... 6 Tabelas... 7 Tabelas x Campos... 9 Temas... 13 Hierarquia Relacionamento...

Leia mais

#Criando Aplicações Web com o Delphi unigui

#Criando Aplicações Web com o Delphi unigui 1 Sumário Apresentação Apresentação do unigui. Instalação Instalação do unigui. Conhecendo os Componentes unigui Apresentação dos componentes das paletas Standard, Additional, Data Controls e Extra do

Leia mais

Manual de Utilização Chat Intercâmbio

Manual de Utilização Chat Intercâmbio Manual de Utilização Chat Intercâmbio 1 INDICE 1 Chat Intercâmbio... 6 1.1 Glossário de Termos Utilizados.... 6 1.2 Definições de uma Sala de Chat... 7 1.3 Como Acessar o Chat Intercâmbio... 8 1.4 Pré-requisitos

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

GABARITO - B. manuel@carioca.br

GABARITO - B. manuel@carioca.br NOÇÕES DE INFORMÁTICA EDITORA FERREIRA PROVA MPRJ -TÉCNICO ADMINISTRATIVO - TADM NCE-UFRJ CORREÇÃO - GABARITO COMENTADO Considere que as questões a seguir referem-se a computadores com uma instalação padrão

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerência de Projetos e em Criptografia e Segurança da Informação. Servidora Publica. Atua na área acadêmica em cursos de Graduação

Leia mais

Versão: 08/04/2013 Atualizado em: 10/07/2013

Versão: 08/04/2013 Atualizado em: 10/07/2013 Versão: 08/04/2013 Atualizado em: 10/07/2013 NoMe - Novo Mercado CETIP Conteúdo Introdução ao NoMe... 1 Conhecendo o Produto... 2 Acesso ao NoMe... 3 Como acessar o NoMe... 4 Atualização de Senha e Código

Leia mais

M a n u a l d o R e c u r s o Q m o n i t o r

M a n u a l d o R e c u r s o Q m o n i t o r M a n u a l d o R e c u r s o Q m o n i t o r i t i l advanced Todos os direitos reservados à Constat. Uso autorizado mediante licenciamento Qualitor Porto Alegre RS Av. Ceará, 1652 São João 90240-512

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 Autoria Cristiane Caldeira Mendes Belo Horizonte 2013 Índice Introdução... 3 Objetivo... 3 Considerações Gerais... 3 Glossário de Ícones, Botões e

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

1) Existem diferenças entre os painéis da loja virtual? 2) Quais são os tipos de Produtos da loja? 3) Como cadastrar um Produto Simples?

1) Existem diferenças entre os painéis da loja virtual? 2) Quais são os tipos de Produtos da loja? 3) Como cadastrar um Produto Simples? FAQ Loja Virtual 1) Existem diferenças entre os painéis da loja virtual? Sim, há diferenças entre os painéis da loja virtual. Abaixo segue uma imagem exemplificando as diferenças entre os painéis. 2) Quais

Leia mais

Microsoft Word INTRODUÇÃO

Microsoft Word INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO O Word é uma ferramenta utilizada para o processamento e editoração eletrônica de textos. O processamento de textos consiste na possibilidade de executar e criar efeitos sobre um texto qualquer,

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

Usuários. Manual. Pergamum

Usuários. Manual. Pergamum Usuários Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-2 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-1 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE USUÁRIOS... 3-2 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO EXPLORER... 3-3 4 CADASTRO...

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

O cursor se torna vermelho e uma Paleta de Edição contendo as instruções mais utilizadas é apresentada.

O cursor se torna vermelho e uma Paleta de Edição contendo as instruções mais utilizadas é apresentada. Editor de Ladder para VS7 Versão Teste O editor de ladder é um software de programação que permite que o VS7 e o µsmart sejam programados em linguagem de contatos. Esse editor está contido na pasta Público

Leia mais

Estruturando um aplicativo

Estruturando um aplicativo Com o Visual FoxPro, é possível criar facilmente aplicativos controlados por eventos e orientados a objetos em etapas. Esta abordagem modular permite que se verifique a funcionalidade de cada componente

Leia mais

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários)

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Linguagem de Programação para Web JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Prof. Mauro Lopes 1-31 23 Objetivos Iremos avançar um pouco mais em nosso estudo sobre o JavaScript. Iremos

Leia mais

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos:

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos: Setor de Informática UNISC Manual Prático: Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC Pré-Requisitos: O Notebook deve possuir adaptador Wireless instalado (drivers) e estar funcionando no seu

Leia mais

SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI

SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI AUTOR: MÁRIO SÉRGIO CINTRA CAMARGO ÍNDICE ACESSANDO O WEBMAIL... 04 TRABALHANDO COM O CORREIO ELETRÔNICO... 09 CONCEITOS BÁSICOS... 09 O VISUAL DO CORREIO ELETRÔNICO... 10 CONHECENDO A JANELA INICIAL DO

Leia mais

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10 Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

WecDB - 1 - WecDB Consulta Web Facilitada ao Banco de Dados

WecDB - 1 - WecDB Consulta Web Facilitada ao Banco de Dados WecDB - 1 - WecDB Consulta Web Facilitada ao Banco de Dados WecDB (Web Easy Consultation Database) é uma ferramenta para criação e disponibilização de consultas à Bancos de Dados na Internet. É composto

Leia mais

Volpe Enterprise Resource Planning

Volpe Enterprise Resource Planning Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido, traduzido ou reduzido a qualquer mídia eletrônica ou máquina de leitura, sem a expressa

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7 1. EXCEL 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS As planilhas eletrônicas ficarão na história da computação como um dos maiores propulsores da microinformática. Elas são, por si sós, praticamente a causa da explosão

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 CAPÍTULO 18 INSTALANDO E CONFIGURANDO O MICROSOFT OFFICE PROJECT SERVER 2003 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 Antes de começar a instalação do Microsoft Office Project Server 2003

Leia mais

Guia de Configuração Rápida de Conexão da Rede

Guia de Configuração Rápida de Conexão da Rede Xerox WorkCentre M118/M118i Guia de Configuração Rápida de Conexão da Rede 701P42689 Este guia contém instruções para: Navegação pelas telas do visor na página 2 Configuração da rede usando o servidor

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.11.1.7-26-02-2013 Florianópolis, 26 de fevereiro de 2013. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.11.1.7 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário SERVIÇO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ARQUIVO CENTRAL Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário Belém Pará Fevereiro 2000 Sumário Introdução... 3 Acesso ao Sistema...

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

PROJETO: PRODUTO 3 RELATÓRIO PARCIAL DO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES

PROJETO: PRODUTO 3 RELATÓRIO PARCIAL DO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES Nome da Empresa: DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS (DIEESE) PROJETO: PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BRA/IICA/03/005 PARTICIPAÇÃO SOCIAL NÚMERO DO CONTRATO: 205037 TEMA:

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD EMENTA

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Manual do Publicador. Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web

Manual do Publicador. Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web Manual do Publicador Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web Sumário Painel de Administração... 3 1 - Inserção de post... 5 2 Publicação de post com notícia na área headline (galeria de

Leia mais

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Instalação, configuração e manual 1 Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo INTRODUÇÃO O Microsoft Outlook 2007 é um programa de gestão de informações pessoais e de mensagens que auxilia no gerenciamento de mensagens, compromissos, contatos, tarefas e partilhar informações com

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais