JAIME CARLOS KREUTZ. Exmo. Senhor Secretário,

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JAIME CARLOS KREUTZ. Exmo. Senhor Secretário,"

Transcrição

1 PROCESSO Nº : /2012 PRINCIPAL : SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO ASSUNTO : ANÁLISE DA DEFESA - DENÚNCIA Nº /2012 GESTOR : CESAR ROBERTO ZÍLIO RELATOR : VALTER ALBANO DA SILVA EDMAR CLÁUDIO MARANGON EQUIPE TÉCNICA : OSIEL MENDES DE OLIVEIRA JAIME CARLOS KREUTZ Exmo. Senhor Secretário, Retorna-nos o presente processo, face às informações prestadas pelo sr. José de Jesus Nunes Cordeiro, Secretário Adjunto de Administração, com o escopo de esclarecer os apontamentos contidos no Relatório Preliminar de Auditoria referente à denúncia nº /2012 sobre possíveis irregularidades no processo licitatório - Pregão Presencial 022/2012/SAD. Passa-se a análise da defesa apresentada. 1.1 As fotos da diligência realizada pela Pregoeira Adriane Benedita de Lamônica, em 31/08/2012, juntos com os servidores Alexandre Xavier de Araújo de Melo Fernandes, são de péssima qualidade, pois não apresenta visão do imóvel como um todo, fotos totalmente escuras ou desfocadas. Não se consegue chegar à conclusão se havia ou não uma empresa funcionando no local. Defesa/SAD: O fato das fotos apresentadas pela Pregoeira Adriane Benedita de Lamônica, como resultado da diligência, não terem boa qualidade, é irrelevante, pois o motivo da inabilitação das empresas Aldemir Bispo de Oliveira- ME e João Xavier de Freitas Filho ME foi a não apresentação de um documento de qualificação econômico-financeiro exigido no edital, qual seja a certidão negativas de falência ou recuperação judicial.

2 Análise da defesa: Apesar de não ter sido o motivo da inabilitação, a partir do momento em que a Pregoeira Adriane Benedita de Lamônica optou pela diligência, com a finalidade de averiguar a existência da empresa Aldemir Bispo de Oliveira-ME, sua estrutura, localização etc, certamente existia um objetivo para tal atitude, no entanto, ao analisar o resultado apresentado pela diligência, conclui-se que não existiam condições técnicas e operacionais para executar com precisão e eficiência tal ação, visto terem sido apresentadas fotos que não colaboraram com o objetivo a que a diligência se propôs. Portanto, recomenda-se aperfeiçoamento das condições para realização de diligências. 1.2 Na gravação da sessão, o posicionamento da câmera não permite a visão completa do local onde os documentos são manuseados, criando pontos cegos na filmagem, inclusive não mostra a conferência dos documentos pela pregoeira; Defesa/SAD: A existência de pontos cegos na gravação da sessão ocorre pelo fato de existir apenas uma câmara instalada em da uma das salas de sessão de pregão, localizadas na Superintendência de Aquisições Governamentais. Registra-se que não há mais de uma câmara em cada sala por questão de economia. Ademais, a gravação das sessões não é obrigatória, é apenas uma medida a mais adotada pela SAD com fim de garantir mais transparência nos certames licitatório. Cabe registrar que as sessões dos pregões, além de serem gravadas, são transmitidas via internet em canal aberto ao público, no momento da realização da sessão, o que amplia ainda mais a transparência do certame. Análise da defesa: O principal apontamento foi em relação ao posicionamento da câmera, pois da forma como esta posicionada, não alcança a mesa com as ações dos pregoeiros e o manuseio dos autos. Apesar da filmagem das sessões não ser obrigatória, a partir do momento que resolva fazê-lo, que seja de forma eficiente e transparente, portanto, recomenda-se a avaliação do posicionamento da câmera nas salas utilizadas para as sessões de licitação. 1.3 Intensa movimentação dos licitantes na mesa da equipe de licitação Defesa/SAD: A movimentação dos licitantes na mesa da equipe de pregão não é controle

3 fácil, pois não é raro que o pregoeiro oriente os participantes a permanecerem sentados e em silêncio, mas estes ignoram o pedido. Em outras palavras: a ordem na sessão depende, em grande parte, da colaboração dos licitantes e demais presentes, e não apenas na condução do pregoeiro. Análise da defesa: a condução da sessão de um processo licitatório é de responsabilidade do pregoeiro, portanto, esse deveria ter adotado medidas coibitivas no intuito de evitar a desorganização e dúvidas sobre a transparência da licitação. 1.4 Houve momentos que os processos ficam totalmente com os licitantes sem o controle da SAD Defesa/SAD: Ao contrário do que entendeu a equipe técnica do TCE, durante toda a sessão do pregão o processo licitatório esteve sob o controle da equipe que conduzia a licitação, cujos membros estavam logo atrás da mesa onde os autos do certame estavam colocados. Ademais, o controle sobre o processo é feito pelas gravações das sessões, bem como pelos próprios licitantes, diretamente interessados na condução correta da licitação. Análise da defesa TCE: Nas filmagens entregues a este Tribunal, constata-se que houve desorganização na condução dos trabalhos, o que pode causar dúvidas e questionamentos quanto à transparência do processo licitatório, como por exemplo o reclamado pelo denunciante. 1.5 Em dado momento da sessão um papel que estava em cima do processo é amassado e atirado ao lixo pela equipe de licitação, mas não pode se afirmar qual era o documento; Defesa/SAD: O descarte de documentos na lixeira, por membros da equipe da licitação ou por licitantes, não pode ser considerado ilícito, tendo em vista as inúmeras justificativas possíveis para o descarte apontado pela equipe do TCE. Se não há prova de que se tratava de documento de habilitação dos licitantes, ou de outro que não pudesse ser descartado, não há como responsabilizar o servidor que praticou o ato.

4 Análise da defesa TCE: não há como definir que o documento jogado no lixo era a certidão que o denunciante alega ter desaparecido, portanto, assiste razão à defesa. na mochila; 1.6 Em outro momento um licitante retira um papel amassado da lixeira e o guarda Defesa/SAD: Da análise das imagens, não foi verificado, em momento algum, que qualquer dos licitantes presentes na sessão retirou papéis da lixeira. Ao que parece houve equívoco da equipe técnica do TCE na análise dessa parte da gravação. Análise da defesa TCE: no momento 3:40h da gravação constata-se que um participante retira um papel da lixeira, porém, como já afirmado, não há como definir que o documento retirado do lixo era a certidão que o denunciante alega ter desaparecido. 1.7 Da análise da sessão da licitação não se pode afirmar que houve ou não subtração de qualquer documento, mas houve um ambiente no qual essa situação era possível, pela desordem instaurada em determinados momentos. Essa situação leva a constatação de que houve falta de transparência no processo licitatório. Defesa/SAD: Segundo a defesa, a manutenção da ordem na sessão do pregão não depende apenas da condução pela equipe da licitação, em especial da pregoeira, mas também da contribuição dos licitantes e demais presentes na sessão. No caso em tela, a pregoeira tomou as cautelas necessárias a manutenção da ordem. De qualquer forma, não é correta a conclusão de que houve falta de transparência no processo licitatório em voga, ao contrário, em todos os certames conduzidos pela Superintendência de Aquisições Governamentais há um esforço dos seus servidores em assegurar a maior transparência possível, o que é feito com a disponibilização do edital e seu anexos na página da SAG; com a publicação dos atos da licitação (que exigem a publicação) no Diário Oficial do Estado; com a consulta do processo licitatório para aberta a qualquer cidadão, ademais, as sessões dos pregões são todas gravadas podem ser visualizadas pela internet no momento da realização. Afirmar que houve falta de transparência na condução do

5 certame, assim, é um equívoco. Análise da defesa: constata-se pelas imagens que houve desorganização na sessão, inclusive tendo que ser necessária a intervenção da Polícia Militar em determinado momento. Entende-se que a condução da sessão de um processo licitatório é de responsabilidade do pregoeiro, portanto, esse deveria ter adotado medidas coibitivas no intuito de evitar tal desorganização e dúvidas sobre a transparência da licitação. Reafirma-se que houve falta de transparência na sessão referente ao referido pregão. 4. Da Conclusão Verifica-se que houve desorganização na condução de todo o processo licitatório, porém, não é possível afirmar se houve ou não a subtração de algum documento durante a sessão. Ficou comprovado pelas imagens a falta de transparência da sessão de licitação referente ao Pregão Presencial nº 022/2012/SAD. Em relação à gravação, ressalta-se a não obrigatoriedade de colocação de câmaras para monitorar os ambientes como foi citado na defesa da SAD, porém, no momento em que gestor optou pelo uso dos recursos tecnológicos, motivado pela complexidade das licitações, deveria fazê-lo de forma eficiente, com qualidade e confiabilidade. No intuito de trazer confiabilidade às licitações, recomenda-se a SAD: 1) readequar o sistema de monitoramento, pois o sistema existente não permite a visão completa do local onde os documentos são manuseados, criando pontos cegos na filmagem, inclusive em relação à conferência dos documentos pela pregoeira; 2) rever as rotinas das sessões públicas no sentido de coibir a movimentação dos licitantes na mesa da equipe de licitação, manipulação de papeis e ou documento, descarte etc.; 3) Aperfeiçoar as condições para realização de diligências.

6 Diante dos fatos apresentados, entende-se que não foi possível concluir que houve subtração de documentos, porém, permanece a seguinte irregularidade: 4.1. Não_Classificada_Grave. Falta de transparência na sessão do Pregão Presencial 022/2012/SAD. É a análise da denúncia que ora se submete à apreciação superior. Secretaria de Controle Externo da Relatoria do Conselheiro Valter Albano da Silva, Subsecretaria de Controle de Organizações Estaduais, em Cuiabá, 07/03/2012. Jaime Carlos Kreutz Técnico de Controle Público Externo Osiel Mendes de Oliveira Auditor Público Externo Edmar Cláudio Marangon Auditor Público Externo

PROCESSO Nº /2013 INTERESSADO FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE ASSUNTO CONTAS ANUAIS DE 2013 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO RELATOR CONSELHEIRO DOMINGOS NETO

PROCESSO Nº /2013 INTERESSADO FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE ASSUNTO CONTAS ANUAIS DE 2013 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO RELATOR CONSELHEIRO DOMINGOS NETO PROCESSO Nº 7.147-1/2013 INTERESSADO FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE ASSUNTO CONTAS ANUAIS DE 2013 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO RELATOR CONSELHEIRO DOMINGOS NETO Senhor Subsecretário, Tratam os autos das Contas Anuais

Leia mais

PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria Geral de Justiça

PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Procuradoria Geral de Justiça , Fls. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ~ CPL/SRP' RELATÓRIODO JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO DO 'PROCESSOLlCITATÓRION.º 055/2015 PREGÃOELETRÔNICON.º 015/2015 Processo

Leia mais

08 a 10/05/2013 - Belo Horizonte MG - CURSO GERAL DE LICITAÇÕES, CONTRATAÇÕES DIRETAS E PREGÃO.

08 a 10/05/2013 - Belo Horizonte MG - CURSO GERAL DE LICITAÇÕES, CONTRATAÇÕES DIRETAS E PREGÃO. Apresentação Como evitar os Principais Vícios (Leis nº 8.666/93, nº 10.520/2002; Decreto nº 3.555/2000, Decreto nº 5.450/2005, Lei Complementar nº 123/2006 e Decreto nº 6.204/2007). Objetivo Preparar todos

Leia mais

RECOMENDAÇÃO nº 16/2016

RECOMENDAÇÃO nº 16/2016 Autos nº 1.14.012.000020/2012-42 Espécie: Inquérito Civil Público ICP Assunto: Recomenda ao Município de Irecê a adoção de medidas e a instalação de instrumentos que permitam o controle social do horário

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL) REFERÊNCIA Pedido de Impugnação ao edital do Pregão Eletrônico nº. 018/2016, processo administrativo nº 2015/20602, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para o fornecimento e instalação

Leia mais

O exame de processos de outorga de concessão deve conter em sua introdução as informações básicas relativas ao tipo de processo.

O exame de processos de outorga de concessão deve conter em sua introdução as informações básicas relativas ao tipo de processo. Tribunal de Contas da União MANUAL PARA INSTRUÇÃO DE PROCESSOS DE LICITAÇÃO PARA OUTORGA DE APROVEITAMENTOS HIDRELÉTRICOS E DE LINHAS DE TRANSMISSÃO 1 - INTRODUÇÃO 1.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS O exame de

Leia mais

PROCESSO Nº : 12630-6/2010 INTERESSADOS: IPIRANGA ASFALTOS S/A E SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATO GROSSO - SAD ASSUNTO : DENÚNCIA

PROCESSO Nº : 12630-6/2010 INTERESSADOS: IPIRANGA ASFALTOS S/A E SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATO GROSSO - SAD ASSUNTO : DENÚNCIA PROCESSO Nº : 12630-6/2010 INTERESSADOS: IPIRANGA ASFALTOS S/A E SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATO GROSSO - SAD ASSUNTO : DENÚNCIA acerca de possíveis irregularidades na realização do Pregão

Leia mais

ALTERAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DO CONSÓRCIO NO REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS JÚLIO CESAR BARBOSA MELO PROCURADOR-GERAL DO DNIT

ALTERAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DO CONSÓRCIO NO REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS JÚLIO CESAR BARBOSA MELO PROCURADOR-GERAL DO DNIT ALTERAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DO CONSÓRCIO NO REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS JÚLIO CESAR BARBOSA MELO PROCURADOR-GERAL DO DNIT CONCEITO Na Lei n. 6.404/76 (Sociedades por Ações) que se extrai o

Leia mais

ANÁLISE DE DEFESA. Exmo. Conselheiro Relator,

ANÁLISE DE DEFESA. Exmo. Conselheiro Relator, Fls.:1056 PROCESSO N.º : 7.479-9/2009 PRINCIPAL : Prefeitura Municipal de Porto Estrela CNPJ : 24.740.268/0001-28 ASSUNTO : Contas Anuais de Gestão PREFEITO : Mauro André Businaro RELATOR : Conselheiro

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Seleção de Fornecedores Pregão Presencial nº 004/2016 Processo ASF nº 053/2016

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Seleção de Fornecedores Pregão Presencial nº 004/2016 Processo ASF nº 053/2016 JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO Seleção de Fornecedores Pregão Presencial nº 004/2016 Processo ASF nº 053/2016 Objeto: Registro de Preços para eventual aquisição de Equipamento Médico Hospitalar de

Leia mais

DESPACHO. Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul GAB. CONS. RONALDO CHADID. Fls. Rub. : DSP-G.RC-12852/2013 PROCESSO TC/MS

DESPACHO. Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul GAB. CONS. RONALDO CHADID. Fls. Rub. : DSP-G.RC-12852/2013 PROCESSO TC/MS DESPACHO : DSP-G.RC-12852/2013 PROCESSO TC/MS : TC/13225/2013 PROTOCOLO : 1437376 ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE CORUMBÁ DENUNCIADO (A) : PAULO ROBERTO DUARTE CARGO DO DENUNCIADO : PREFEITO ASSUNTO DO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.474, DE 31 DE MARÇO DE 2016

RESOLUÇÃO Nº 4.474, DE 31 DE MARÇO DE 2016 RESOLUÇÃO Nº 4.474, DE 31 DE MARÇO DE 2016 Dispõe sobre a digitalização e a gestão de documentos digitalizados relativos às operações e às transações realizadas pelas instituições financeiras e pelas demais

Leia mais

ATA DE ANALISE DE IMPUGNAÇÃO

ATA DE ANALISE DE IMPUGNAÇÃO ATA DE ANALISE DE IMPUGNAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N 055/2016 PREGÃO PRESENCIAL N 044/2016 OBJETO: PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DE CONDICIONADORES DE AR. IMPUGNANTE: ARTEC AR

Leia mais

São João del-rei, 26 de novembro de 2015. Processo: 23122.009269/2015-65 Pregão Eletrônico: 029/2015 Assunto: Decisão Recurso Administrativo

São João del-rei, 26 de novembro de 2015. Processo: 23122.009269/2015-65 Pregão Eletrônico: 029/2015 Assunto: Decisão Recurso Administrativo São João del-rei, 26 de novembro de 2015. Processo: 23122.009269/2015-65 Pregão Eletrônico: 029/2015 Assunto: Decisão Recurso Administrativo 1 PRELIMINARMENTE Vistos e examinados os autos do processo licitatório

Leia mais

AO PRESIDENTE DA GERÊNCIA SETORIAL DE LICITAÇÕES / DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO

AO PRESIDENTE DA GERÊNCIA SETORIAL DE LICITAÇÕES / DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO AO PRESIDENTE DA GERÊNCIA SETORIAL DE LICITAÇÕES / DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO JCA ENGENHARIA E ARQUITETURA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0003763-53.2013.8.19.0000 1º CARTÓRIO UNIFICADO CÍVEL DA COMARCA DE NITERÓI AGRAVANTE: ESTADO DO RIO DE JANEIRO AGRAVADO: ESPÓLIO DE FRANKLIN CLARO JÚNIOR REP/P/S INVENTARIANTE

Leia mais

DECISÃO AO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO

DECISÃO AO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO DECISÃO AO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 03/2013 DO CRF/RJ I IMPUGNAÇÃO APRESENTADA. A empresa SONORABIZ Produções Artísticas Ltda., inscrita no CNPJ sob o nº 07.299.204/0001-14, localizada

Leia mais

POSITION PAPER O SUBSTITUTIVO DO DEPUTADO MARCUS PESTANA AO PLP 268/2016 REPRESENTA UM AVANÇO A SER CONSOLIDADO.

POSITION PAPER O SUBSTITUTIVO DO DEPUTADO MARCUS PESTANA AO PLP 268/2016 REPRESENTA UM AVANÇO A SER CONSOLIDADO. POSITION PAPER O SUBSTITUTIVO DO DEPUTADO MARCUS PESTANA AO PLP 268/2016 REPRESENTA UM AVANÇO A SER CONSOLIDADO. MAS AINDA SÃO NECESSÁRIOS OUTROS AJUSTES PONTUAIS. Como representante das entidades fechadas

Leia mais

Resposta aos Questionamentos da Interessada: Referente: Edital Pregão Presencial nº CRESS-MG/6ªR./015/2016

Resposta aos Questionamentos da Interessada: Referente: Edital Pregão Presencial nº CRESS-MG/6ªR./015/2016 Resposta aos Questionamentos da Interessada: Empresa: PLUG SOLUÇÕES EM IMPRESSÃO Referente: Edital Pregão Presencial nº CRESS-MG/6ªR./015/2016 Prezado Senhor, Em resposta ao informamos o seguinte: pedido

Leia mais

PAULO ROBERTO BAUER SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ASSUNTO

PAULO ROBERTO BAUER SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ASSUNTO Fls. 62 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORA 2 DIVISÃO 5 PROCESSO Nº. REP 08/00479807 UNIDADE GESTORA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

Tomada de Preços nº 01/2016. Questionamentos

Tomada de Preços nº 01/2016. Questionamentos Tomada de Preços nº 01/2016 Questionamentos 1) Eu entendo que há o risco de existir confusão, dado que algumas agências certamente trabalharão com o valor de R$ 480 mil. Peço, então, uma orientação clara:

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Ementa aula 12 de novembro de 2013. 18 de novembro de 2013. ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Professora: Ana Claudia Finger Mestre em Direito do

Leia mais

Salvador, 16 de março de Prezados Senhores,

Salvador, 16 de março de Prezados Senhores, Salvador, 16 de março de 2015. Prezados Senhores, A Comissão Especial de Licitação, relacionado ao SRP (Pregão eletrônico) n.º 0009/2015 153038 vêm pelo presente instrumento informar o 2º. Aviso de IMPUGNAÇÃO

Leia mais

I. Descrição das ações de auditoria interna realizadas pela entidade durante o exercício de 2015:

I. Descrição das ações de auditoria interna realizadas pela entidade durante o exercício de 2015: I. Descrição das ações de auditoria interna realizadas pela entidade durante o exercício de 2015: Ação nº 1: Elaboração do Relatório Anual de Atividades de Auditoria Interna RAINT 2015, referente ao exercício

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Gabinete do Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Gabinete do Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho TRIBUNAL PLENO - SESSÃO: 27/02/13 EXAME PRÉVIO DE EDITAL SEÇÃO MUNICIPAL M-007 PROCESSO: TC-001356/989/12-9 REPRESENTANTE: OPERA GESTÃO DE EMPRESAS LTDA. REPRESENTADA: PREFEITURA MUNICIPAL DE OSASCO. ASSUNTO:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Processo nº 23505.000084/2017-52 Pregão Eletrônico nº 03/2017. Resposta à Impugnação apresentada pela empresa: SERVICE FERNANDES LTDA, CNPJ: 10.999.443/0001-91 1. DAS PRELIMINARES Trata-se de impugnação

Leia mais

Questionamento. Desenvolvimento de índice de atualização de tarifas.

Questionamento. Desenvolvimento de índice de atualização de tarifas. (61) 2312-22106 e (Fax ) 2312.2884 Ofício Circ. n o 138/2005-ADADM/ADAD-ANATEL As empresas participantes da Consulta nº 7/2004 - Anatel Brasília, 29 de março de 2005. Assunto: Questionamento. Desenvolvimento

Leia mais

Resposta à Impugnação da Interessada: Referente: Edital Pregão Presencial nº CRESS-MG/6ªR./003/2016

Resposta à Impugnação da Interessada: Referente: Edital Pregão Presencial nº CRESS-MG/6ªR./003/2016 Resposta à Impugnação da Interessada: Empresa: Otimisa Marketing e Eventos Ltda Referente: Edital Pregão Presencial nº CRESS-MG/6ªR./003/2016 Prezado Senhor, Em resposta à Impugnação ao edital tenho os

Leia mais

QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES

QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES Item 1.2 Grupo 1 do termo de referencia No grupo 1 o órgão solicita protocolo ISDN. Solicitamos que seja permitido o protocolo

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO STJ/GP N. 2 DE 3 DE MARÇO DE 2016. Regulamenta o porte de arma de fogo para os servidores que exercem funções de segurança no Superior Tribunal de Justiça. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DE DEFESA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE JACIARA EXERCÍCIO 2012

RELATÓRIO TÉCNICO DE DEFESA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE JACIARA EXERCÍCIO 2012 RELATÓRIO TÉCNICO DE DEFESA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE JACIARA EXERCÍCIO 2012 PROCESSO N.º : 12386-2/2012 PRINCIPAL : Fundo Municipal de Previdência Social

Leia mais

1. QUANTO À AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DE EMPRESA AFE

1. QUANTO À AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO DE EMPRESA AFE A PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE REF: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 02/2016 - PROCESSO 2015054728 OBJETO: Registro de preços para futura contratação de empresa especializada em locação de sistema de ar medicinal

Leia mais

AUDIN UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA - UNIRIO MANUAL DA AUDITORIA INTERNA

AUDIN UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA - UNIRIO MANUAL DA AUDITORIA INTERNA AUDIN UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA - UNIRIO MANUAL DA AUDITORIA INTERNA Elaboração: AUDIN adaptação figura da CGU MANUAL DE AUDITORIA INTERNA Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO Auditoria

Leia mais

PROCEDIMENTO LICITATÓRIO

PROCEDIMENTO LICITATÓRIO GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO e PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO. Pregão Presencial n.º 31/2014 Processo n.º 10001-301/2014. TECNAL

Leia mais

PARECER Nº 6.615/2013

PARECER Nº 6.615/2013 Fls.239 PROCESSO Nº : 8820-0/2012 UNIDADE : FUNDO DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DO ESTADO DE MATO GROSSO ASSUNTO : CONTAS ANUAIS DE GESTÃO EXERCÍCIO DE 2012 GESTOR : ROSELI FÁTIMA MEIRA BARBOSA PARECER Nº

Leia mais

CREDENCIAMENTO 2017/ Respostas aos questionamentos 175 a 197

CREDENCIAMENTO 2017/ Respostas aos questionamentos 175 a 197 CREDENCIAMENTO 2017/00192 Respostas aos questionamentos 175 a 197 QUESTIONAMENTO 175: Tenho 02 atestados sendo um do Banco A com que tem números para 02 lotes sendo 01 pessoa Física e outro PJ. Pergunta:

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Península Norte de Educação Ciência e Cultura UF: DF ASSUNTO: Recurso contra a decisão da Secretaria

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: FEITO: REFERÊNCIA: RAZÕES: DECISÓRIO RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA Nº 010/2015-CEL/SEVOP/PMM Contra a DESCLASSIFCAÇÃO da proposta comercial da empresa

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SECRETARIA MUNICIPAL ASSISTÊNCIA SOCIAL

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SECRETARIA MUNICIPAL ASSISTÊNCIA SOCIAL ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SECRETARIA MUNICIPAL ASSISTÊNCIA SOCIAL PROCESSO N.º 024/2015 No dia 27 de Julho de 2015, na sala de Licitações da, localizada na Praça Santo Antônio, n 199, bairro Centro, Município

Leia mais

NOTA FINAL DE AUDITORIA - NFA. Nota n : 24/2016 Destino: Superintendência de Gestão de Pessoas - SUGEPE

NOTA FINAL DE AUDITORIA - NFA. Nota n : 24/2016 Destino: Superintendência de Gestão de Pessoas - SUGEPE Nota n : 24/2016 Destino: Superintendência de Gestão de Pessoas - SUGEPE Assunto: Avaliação do Plano de Providências referente à Auditoria em Gratificação por Encargos de Cursos e Concursos GECC e Folha

Leia mais

- CÂMARA MUNICIPAL DE PINHEIROS EMENTA

- CÂMARA MUNICIPAL DE PINHEIROS EMENTA PROCESSO INTERESSADO ASSUNTO - TC-2073/2013 - CÂMARA MUNICIPAL DE PINHEIROS - CONSULTA EMENTA INTERPRETAÇÃO DO ARTIGO 29-A, 1º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL - IMPOSSIBILIDADE DAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS E ENCARGOS

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016/FCNSV/DG

EDITAL Nº 001/2016/FCNSV/DG EDITAL Nº 001/2016/FCNSV/DG A Diretora Geral e a Vice-Diretora Geral da Faculdade Católica Nossa Senhora das Vitórias, no uso de suas atribuições e tendo como fundamento o Regimento Interno da Instituição,

Leia mais

O Requerente salienta mesmo que é a única pessoa que sabe que as tornas agora exigidas foram efectivamente pagas.

O Requerente salienta mesmo que é a única pessoa que sabe que as tornas agora exigidas foram efectivamente pagas. - Dispensa de Segredo Profissional nº 168/2008 1. Requerimento O Exmo. Sr. Dr. ( ), Advogado (CP nº ( )), com escritório na ( ), em ( ), veio requerer a dispensa de guardar segredo profissional para prestar

Leia mais

Senhor secretário, 1. DA TEMPESTIVIDADE DA RESPOSTA

Senhor secretário, 1. DA TEMPESTIVIDADE DA RESPOSTA PROCESSO : 75434/2015 PRINCIPAL : PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE ASSUNTO : REPRESENTAÇÃO DE NATUREZA INTERNA - DEFESA GESTOR : LUCIMAR SACRE DE CAMPOS RELATOR : CONSELHEIRO LUIZ CARLOS PEREIRA AUDITORA

Leia mais

JULGAMENTO DE APRECIAÇÃO À IMPUGNAÇÃO DO EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº050/2013

JULGAMENTO DE APRECIAÇÃO À IMPUGNAÇÃO DO EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº050/2013 JULGAMENTO DE APRECIAÇÃO À IMPUGNAÇÃO DO EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº050/2013 Processo Licitatório nº3096/2013 Modalidade: Pregão nº050/2013, Forma: Presencial Tipo: Menor Preço por item, Registro de

Leia mais

Assunto: Denúncia acerca de irregularidades envolvendo contrato firmado entre o IBGE e Sul América de Seguros

Assunto: Denúncia acerca de irregularidades envolvendo contrato firmado entre o IBGE e Sul América de Seguros Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 305/96 - Plenário - Ata 20/96 Processo nº TC 018.257/95-0 (SIGILOSO) Interessado: Sebastião Martins Ferreira Entidade: Fundação Instituto Brasileiro

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno NOTIFICAÇÃO UCCI N 002/06 ÓRGÃO: GABINETE DO PREFEITO ASSUNTO: PRESTAÇÃO

Leia mais

A Lei de Acesso à Informação no Brasil: Um passo para o aprofundamento da democracia e os desafios para a sua implementação

A Lei de Acesso à Informação no Brasil: Um passo para o aprofundamento da democracia e os desafios para a sua implementação A Lei de Acesso à Informação no Brasil: Um passo para o aprofundamento da democracia e os desafios para a sua implementação A Escola Nacional de Administração Pública realizou o primeiro Café com Debate

Leia mais

MINUTA DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO XXX/2013

MINUTA DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO XXX/2013 MINUTA DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO XXX/2013 Dispõe sobre os pressupostos, requisitos e critérios objetivos, através de sistema de pontuação, para aferição do merecimento dos membros do Ministério

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ PROCESSO Nº: 277247/14 ASSUNTO: ENTIDADE: INTERESSADO: RELATOR: PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL FUNDO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE LONDRINA DENILSON VIEIRA NOVAES CONSELHEIRO JOSE DURVAL

Leia mais

PARECER Nº 4.593/2015

PARECER Nº 4.593/2015 PROCESSO Nº : 35955/2014 ASSUNTO UNIDADE RESPONSÁVEL RELATOR : CONTAS ANUAIS DE GOVERNO MUNICIPAL : PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DA CIPA : ALEXANDRE RUSSI : CONSELHEIRO SÉRGIO RICARDO AUTOS DIGITAIS

Leia mais

Tribunal Superior do Trabalho

Tribunal Superior do Trabalho PLANO ANUAL DE AUDITORIA 2016 Tribunal Superior do Trabalho PLANO ANUAL DE AUDITORIA 2016 Secretaria de Controle Interno PLANO ANUAL DE AUDITORIA DA SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO - EXERCÍCIO 2016 Aprovado

Leia mais

Ocorrência de falta de energia elétrica na área da concessão, com impacto na prestação dos serviços de abastecimento.

Ocorrência de falta de energia elétrica na área da concessão, com impacto na prestação dos serviços de abastecimento. Processo nº: E-12/003.114/2013 Autuação: 21/01/2013 Concessionária: Assunto: Águas de Juturnaíba e Prolagos Ocorrência de falta de energia elétrica na área da concessão, com impacto na prestação dos serviços

Leia mais

ATA PREGÃO PRESENCIAL 034/2009. Comissão designada pela Por-Dex 338 de 23/12/2008.

ATA PREGÃO PRESENCIAL 034/2009. Comissão designada pela Por-Dex 338 de 23/12/2008. ATA PREGÃO PRESENCIAL 034/2009 Comissão designada pela Por-Dex 338 de 23/12/2008. Aos 12 (doze) dias do mês de novembro de dois mil e nove, às 09:00 (nove) horas, tendo por local a Sala de Licitações da

Leia mais

PARECER/CONSULTA TC-031/2006 PROCESSO - TC-3223/2006 INTERESSADO - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS ASSUNTO - CONSULTA

PARECER/CONSULTA TC-031/2006 PROCESSO - TC-3223/2006 INTERESSADO - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS ASSUNTO - CONSULTA PROCESSO - TC-3223/2006 INTERESSADO - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM ASSUNTO - CONSULTA LICITAÇÕES E CONTRATOS - PARECER JURÍDICO PRÉVIO - EXPEDIENTE QUE VISA

Leia mais

Preliminarmente cabe registrar que o presente relatório abrange o período de 01/01/2017 até

Preliminarmente cabe registrar que o presente relatório abrange o período de 01/01/2017 até Ao BANCO CENTRAL DO BRASIL Departamento de Supervisão DESUP Prezados Senhores, Dando cumprimento ao disposto no artigo 6º, inciso V da Resolução 4.433, de 23.07.2015, apresentamos o Relatório Semestral

Leia mais

Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul Rua Benjamin Constant, 686 CEP CNPJ / Fone

Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul Rua Benjamin Constant, 686 CEP CNPJ / Fone JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO EDITAL Nº 1881/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 125/2010 A Empresa IMPRENDERE SERVIÇOS E MATERIAIS PARA ESCRITÓRIO LTDA - ME, apresentou impugnação aos termos do Edital nº 1881/2010 Pregão

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ Processo n.º : 126369/13-TC Origem : SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DE SÃO JERÔNIMO DA SERRA Assunto : PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2012 Instrução n.º : 4005/13 - DCM - CONTRADITÓRIO

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 850/2008 TCE Pleno.

RESOLUÇÃO nº 850/2008 TCE Pleno. RESOLUÇÃO nº 850/2008 TCE Pleno. 1. Processo n.º: 6114/2007 2. Classe de Assunto: V Contrato nº 482/2006 oriundo do Edital de Licitação na modalidade Pregão Presencial nº 012/2006 3. Responsável: Manoel

Leia mais

Defender interesses difusos e coletivos, defender o regime democrático e a implementação de políticas constitucionais.

Defender interesses difusos e coletivos, defender o regime democrático e a implementação de políticas constitucionais. 1. Escopo ou finalidade do projeto Ampliar a efetividade do velamento que o Ministério Público exerce sobre as Fundações Privadas, de forma a garantir que este patrimônio social seja efetivamente aplicado

Leia mais

PROCESSO Nº CSJT-Cons-6793-47.2011.5.00.0000. A C Ó R D Ã O (C S J T) BL/rk/BL

PROCESSO Nº CSJT-Cons-6793-47.2011.5.00.0000. A C Ó R D Ã O (C S J T) BL/rk/BL A C Ó R D Ã O (C S J T) BL/rk/BL CONSULTA. ASSINATURA DO JUIZ, NAS ATAS E TERMOS DE AUDIÊNCIA, EM PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO. VALIDADE. INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 851, 2º, DA CLT FRENTE AO ARTIGO 169, 2º,

Leia mais

RELATÓRIO. Devidamente citados, o prefeito e os demais servidores públicos municipais apresentaram suas manifestações nos seguintes termos:

RELATÓRIO. Devidamente citados, o prefeito e os demais servidores públicos municipais apresentaram suas manifestações nos seguintes termos: PROCESSO : 226149/2015 PRINCIPAL INTERESSADOS ADVOGADOS ASSUNTO RELATOR : PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTA FLORESTA : ASIEL BEZERRA DE ARAÚJO; MIRALDO GOMES DE SOUZA; THIAGO AUGUSTO DA SILVA AMORIM; LUIZ CARLOS

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES ATA N. 225/XIV

COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES ATA N. 225/XIV ATA N. 225/XIV Teve lugar no dia quatro de outubro de dois mil e quinze, a reunião número duzentos e vinte e cinco da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D. Carlos I, n. 128

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 23 de junho de 2014. PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaiza.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

PROVIMENTO N 23/2009/CGJ

PROVIMENTO N 23/2009/CGJ PROVIMENTO N 23/2009/CGJ Dispõe sobre a implantação do Protocolo Judicial Expresso através do sistema de auto-atendimento, no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Gabinete do Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho PRIMEIRA CÂMARA - SESSÃO: 20/08/13

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Gabinete do Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho PRIMEIRA CÂMARA - SESSÃO: 20/08/13 PRIMEIRA CÂMARA - SESSÃO: 20/08/13 94 TC-001004/010/09 Contratante: Prefeitura Municipal de Mogi Mirim. Contratada: Caixa Econômica Federal. Autoridade(s) que Dispensou(aram) a Licitação e que firmou(aram)

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 23 de junho de 2014. PROCESSO SELETIVO Nº 002/2014 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaiza.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

PROCESSO Nº 1.23.000.001039/2014-06

PROCESSO Nº 1.23.000.001039/2014-06 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2015 PROCESSO Nº 1.23.000.001039/2014-06 VALIDADE: 12 MESES Aos 02 dias do mês de março de 2015, na, Sala de licitações, localizada na Rua Domingos Marreiros, nº 690 Bairro

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO. Tribunal Pleno.

FUNDAMENTAÇÃO. Tribunal Pleno. Processo nº 4.547-0/2012 Interessado Prefeitura de Primavera do Leste Assunto Representação de Natureza Interna Relator Conselheiro Waldir Júlio Teis Julgamento Tribunal Pleno FUNDAMENTAÇÃO Tribunal Pleno.

Leia mais

4. CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

4. CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES 4. CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES A metrologia como insumo para a gestão da qualidade desenvolve um papel essencial no ciclo de vida de produtos. Faz-se presente em todas as fases, concepção, especificação

Leia mais

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ.

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. 2. DA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA-GERAL E DO TRIBUNAL PLENO COORDENADORIA DE TAQUIGRAFIA / COORDENADORIA DE ACÓRDÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA-GERAL E DO TRIBUNAL PLENO COORDENADORIA DE TAQUIGRAFIA / COORDENADORIA DE ACÓRDÃO Acórdão Primeira Câmara Processo: 886416 Natureza: Denúncia Pregão Presencial n. 005/2013 Denunciada: Prefeitura Municipal de Esmeraldas Responsáveis: Glacialdo de Souza Ferreira, Prefeito Municipal e

Leia mais

QUESTIONAMENTOS PE 010/14. Hewlett Packard do Brasil Ltda.

QUESTIONAMENTOS PE 010/14. Hewlett Packard do Brasil Ltda. QUESTIONAMENTOS PE 010/14 Hewlett Packard do Brasil Ltda. 1) O Edital de Pregão Eletrônico n.º 10/2014 não contempla critérios de promoção do desenvolvimento nacional sustentável previsto no caput do artigo

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL DA 159.ª ZONA ELEITORAL DA COMARCA DE PORTO ALEGRE:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL DA 159.ª ZONA ELEITORAL DA COMARCA DE PORTO ALEGRE: EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL DA 159.ª ZONA ELEITORAL DA COMARCA DE PORTO ALEGRE: O Ministério Público, por sua Promotora de Justiça signatária, vem, tempestivamente, interpor recurso inominado

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 4ª Câmara de Julgamento

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 4ª Câmara de Julgamento Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 4ª Câmara de Julgamento Número do Processo: 44232.313138/2015-11 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA

Leia mais

1º O descarte de outros materiais bibliográficos só poderá ser efetivado quando o material for considerado em situação irrecuperável.

1º O descarte de outros materiais bibliográficos só poderá ser efetivado quando o material for considerado em situação irrecuperável. Normas para a doação e o descarte de livros didáticos adquiridos e distribuídos aos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes) pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

21/2015 QUESTIONAMENTOS:

21/2015 QUESTIONAMENTOS: Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a manifestação da área técnica deste TRT acerca dos questionamentos aos termos do Edital relativo ao Pregão Eletrônico 21/2015. QUESTIONAMENTOS:

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.386064/2015-23 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SANTO ANTÔNIO

Leia mais

ATA DE SESSÃO PÚBLICA Nº 001

ATA DE SESSÃO PÚBLICA Nº 001 PREGÃO PÚBLICO PRESENCIAL N.º 0092/2014 ATA DE SESSÃO PÚBLICA Nº 001 ÓRGÃO REQUISITANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE PROCESSO Nº 216/2014 OBJETO AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS VISANDO A IMPLANTAÇÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS CNPJ: 13.927.819/0001-40 AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO - Nº 002/2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS CNPJ: 13.927.819/0001-40 AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO - Nº 002/2013 PREGÃO ELETRÔNICO - Nº 002/2013 Licitatório na modalidade Pregão Eletrônico - Nº 002/2013. Objeto: Contratação de Empresa Especializada para Aquisição de Cone de Sinalização Flexível, Cone de Sinalização

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº 35/2013 MPF/RR

RECOMENDAÇÃO Nº 35/2013 MPF/RR MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 35/2013 MPF/RR REFERÊNCIAS: inquéritos civis n. 08125.000123/98-51; 1.32.000.000243/2010-69; 1.32.000.000702/2013-57

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 556.570 - SP (2003/0102798-3) RELATOR : MINISTRO PAULO MEDINA RECORRENTE : PASCHOAL SORRENTINO FILHO ADVOGADO : PASCHOAL SORRENTINO FILHO (EM CAUSA PRÓPRIA) RECORRIDO : MÁRCIO TIDEMANN

Leia mais

Questões sobre a IS014001

Questões sobre a IS014001 Professor: Carlos William Curso/ Disciplina/Período: Administração/ Gestão Ambiental/ 2º ano Aluno: Lázaro Santos da Silva Questões sobre a IS014001 1. A NBR ISO 14001:2004 foi concebida para estabelecer

Leia mais

PROCESSO Nº: 0801055-94.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO APELANTE: CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE

PROCESSO Nº: 0801055-94.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO APELANTE: CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE PROCESSO Nº: 0801055-94.2014.4.05.8500 - APELAÇÃO RELATÓRIO O Senhor DESEMBARGADOR FEDERAL CONVOCADO GUSTAVO DE PAIVA GADELHA: Cuida-se de apelação da sentença que julgou procedentes os pedidos autorias,

Leia mais

Interessado: Secretaria de Estado da Educação

Interessado: Secretaria de Estado da Educação Interessado: Secretaria de Estado da Educação Objeto: Inspeção Especial - Convênio. EMENTA: Direito Constitucional, Administrativo e Financeiro. Inspeção Especial Convênio. Regularidade com Ressalvas.

Leia mais

05/2016 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP

05/2016 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP Cotação Prévia de Preço Nº. 05/2016 Convênio Nº 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP Projeto: Centro de Formação e Apoio à Assessoria Técnica em Economia Solidária CFES Regional Sul. Critério: Menor Preço e Melhor

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 69 /2014/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP Assunto: Certidão de tempo de contribuição. SUMÁRIO EXECUTIVO

NOTA TÉCNICA Nº 69 /2014/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP Assunto: Certidão de tempo de contribuição. SUMÁRIO EXECUTIVO Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Gestão Pública Departamento de Normas e Procedimentos Judiciais de Pessoal Coordenação-Geral de Aplicação das Normas NOTA TÉCNICA Nº 69 /2014/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP

Leia mais

RECOMENDAÇÃO nº 03/2014

RECOMENDAÇÃO nº 03/2014 Autos nº 1.14.009.000349/2014-24 Espécie: Procedimento Preparatório PP Assunto: Recomenda ao Município de Guanambi a instalação de instrumentos que permitam o controle social do horário de atendimento

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO / AJUSTE DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ATIVOS DE TI Versão 3 2.1. ESCOLHA DO POSICIONAMENTO ADEQUADO DA TECNOLOGIA

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO / AJUSTE DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ATIVOS DE TI Versão 3 2.1. ESCOLHA DO POSICIONAMENTO ADEQUADO DA TECNOLOGIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Tecnologia da Informação Departamento de Infraestrutura e Serviços de Tecnologia da Informação ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO / AJUSTE DE ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

PRIMEIRA CÂMARA - SESSÃO: 16/09/14

PRIMEIRA CÂMARA - SESSÃO: 16/09/14 PRIMEIRA CÂMARA - SESSÃO: 16/09/14 90 TC-000968/009/11 Contratante: Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba. Contratada: Única Sorocaba Vigilância e Segurança Patrimonial Ltda. Autoridade(s) Responsável(is)

Leia mais

Criança ou adolescente com indícios de. exploração sexual. Se é flagrante

Criança ou adolescente com indícios de. exploração sexual. Se é flagrante s nas rodovias estaduais e O cidadão ou profissional que deixar de prestar assistência à criança ou ao em situação de exploração sexual, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, responderá pelo crime

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000279160 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2012499-94.2014.8.26.0000, da Comarca de, em que é agravante DALLAS RENT A CAR (EM RECUPERAÇÃO JUDICIA),

Leia mais

Passo a Passo para Julgamento de Pregões Eletrônicos

Passo a Passo para Julgamento de Pregões Eletrônicos Passo a Passo para de Pregões Eletrônicos º O responsável pelo pedido de compras será convocado,via memorando no SEI (Sistema Eletrônico de Informações), para julgar os itens solicitados, e terá o prazo

Leia mais

Pedido de Esclarecimento 01. Solicitante: Terra Vigilância e Segurança

Pedido de Esclarecimento 01. Solicitante: Terra Vigilância e Segurança AUDIÊNCIA PÚBLICA Contratação de Empresa Especializada para Prestação de Serviços de Vigilância Armada para dependências do Estado de Goiás Lotes 01 a 03 s aos pedidos de esclarecimentos formulados por

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO TOR/FNDE/DTI/MEC

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 05 de junho de 015. PROCESSO SELETIVO Nº 010/015 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaisa.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

Nota Técnica SGE nº 01/2015 Rio de Janeiro, 11 de Agosto de 2015.

Nota Técnica SGE nº 01/2015 Rio de Janeiro, 11 de Agosto de 2015. TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria Geral de Controle Externo (SGE) Coordenadoria de Auditorias Temáticas e Operacionais (CTO) Nota Técnica SGE nº 01/2015 Rio de Janeiro, 11 de Agosto

Leia mais

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS SUMÁRIO APÊNDICES 1 - Objetivo A - Solicitação de Cadastro de Pessoa Jurídica 2 - Referências normativas B - Solicitação de Cadastro de Pessoa

Leia mais

ANÁLISE DA DEFESA DO RELATÓRIO DE AUDITORIA DAS CONTAS ANUAIS DE GESTÃO DO FUNDO DE APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO - FUNAMP

ANÁLISE DA DEFESA DO RELATÓRIO DE AUDITORIA DAS CONTAS ANUAIS DE GESTÃO DO FUNDO DE APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO - FUNAMP ANÁLISE DA DEFESA DO RELATÓRIO DE AUDITORIA DAS CONTAS ANUAIS DE GESTÃO DO FUNDO DE APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO - FUNAMP PROCESSO n : 12.788-4/2012 PRINCIPAL : Fundo de Apoio do

Leia mais

Prefeitura Municipal de Gavião-BA PODER EXECUTIVO

Prefeitura Municipal de Gavião-BA PODER EXECUTIVO ANO. 2015 DO MUNICÍPIO DE GAVIÃO - BAHIA 1 A Prefeitura Municipal de Gavião, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. HOMOLOGAÇÃO/ ADJUDICAÇÃO /MAPA COMPARATIVO E PARECER PREGÃO

Leia mais