PLANTA CACHOEIRO 21 DE SETEMBRO: DIA DA ÁRVORE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANTA CACHOEIRO 21 DE SETEMBRO: DIA DA ÁRVORE"

Transcrição

1 PROJETO DE EVENTO PLANTA CACHOEIRO 21 DE SETEMBRO: DIA DA ÁRVORE Proposta apresentada ao Secretário Municipal de Meio Ambiente, Gustavo Coelho Marins, pela Subsecretaria de Gestão Ambiental, Paulo Stelzer Bindaco, através da Equipe de Educação Ambiental, Miria Assad e Denise Motta, para o desenvolvimento de ações Educativas e comemorativas ao dia da árvore a serem realizadas durante o mês de setembro de 2014.

2 1 FICHA TÉCNICA DO EVENTO TÍTULO: Planta Cachoeiro TEMA: Meio Ambiente PERÍODO: 15/09 à 21/09/2014 LOCAL DE REALIZAÇAO: Localidades variadas ENTIDADE RESPONSÁVEL: Secretaria de Meio Ambiente de Cachoeiro de Itapemirim PÚBLICO ESTIMADO: pessoas 2 IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE EXECUTORA DO EVENTO: Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim e Secretaria Municipal de Meio Ambiente. CNPJ: / ENDEREÇO: Rua Vinte e cinco de Março, n 28, centro, Cachoeiro de Itapemirim ES CEP: CONTATOS: (28) ENTIDADES COLABORADORAS: Pastoral da Ecologia Odebrecht Ambiental Conselho do Centro de Referência, Pesquisa e Capacitação do Professor de Educação Básica "Dr. Dirceu Cardoso" - CECAPEB Instituto de Pesquisas Educacionais IPÊ Universidade Norte do Paraná UNOPAR

3 APRESENTAÇÃO: Pensando em desenvolver ações políticas que mobilizem a sociedade cachoeirense quanto aos valores produzidos por uma Educação Ambiental qualitativa, a Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim PMCI, através da sua Secretaria Municipal de Meio Ambiente SEMMA, com base no projeto Planta Cachoeiro, com caráter sócio educativo e cultural, desenvolve o Mês da Árvore, oferecendo uma programação variada voltada para o público em geral. O evento acontecerá no período de 15 a 21 de setembro de 2014, com ações a serem desenvolvidas em pontos estratégicos da cidade. As ações desencadeadas no decorrer da programação, estarão enfatizando a importância da árvore para todo o planeta, como forma de conscientizar, com vistas a mudança de postura em relação a degradação ambiental. Serão realizadas apresentações culturais, plantio de árvores, em volta de escola e próximo às nascentes, manifestações escolares ecológicas, passeio de moto, palestras, oficinas e filmes ambientais com a finalidade de mobilizar a sociedade. Estarão participando do evento, na condição de visitantes, comunidades acadêmicas representada pelo corpo discente e docente das Redes de Ensino, bem como a comunidade em geral. JUSTIFICATIVA: O dia 21 de setembro marca a chegada da primavera que é uma estação onde a natureza parece recuperar toda a vida que estava adormecida pelos dias de inverno, onde ele aparece com mais definição. No Brasil, carregamos fortes laços com a cultura indígena que deu origem a este país; um deles é o amor e respeito pelas árvores como representantes maiores da imensa riqueza natural que o pais possui e precisa valorizar. Para que se confirme o respeito pela natureza e o carinho pelo que é de todos, há 35 (trinta e cinco anos) formalizou-se o dia da árvore, que se comemora no dia 21 de setembro, desde então todos os anos. É fato que nem todos conhecem ou entendem o significado existente de uma árvore. Ela é um ser vivo como o ser humano, e portanto nasce, cresce e morre, luta para sobreviver. Não prejudica o homem e nem o ameaça, muito ao contrário, traz diversos benefícios e sustentabilidade a vida humana no planeta, o que seria suficiente para respeitá-la. Mas

4 tem outros valores. Protege a terra com sua sombra e suas raízes; evapora a água, participando do ciclo hidrológico e mantendo o ar úmido; produz oxigênio, necessário a todos os seres vivos animais. Há as que fornecem frutos valiosos para nossa alimentação, além de produtos medicinais ou industriais. O que se pode propor em caráter de urgência é respeitar a árvore, não só pelo que é em si mesma, mas por ser necessária a vida do homem na Terra. Quando alguém destrói uma árvore, está destruindo uma fonte de vida no planeta, portanto há a necessidade que se compreenda que se alto destrói. Promover a sustentabilidade da vida no planeta é dar condições de manter a vida em pleno funcionamento em todas as suas origens. Daí a relevância social deste projeto para o Município de Cachoeiro de Itapemirim, bem como de suas redondezas, dado a grandiosidade do projeto e de suas ações educativas, sociais e culturais. OBJETIVOS: Levar o público alvo a refletir sobre a importância da preservação ambiental e descobrir as belezas da natureza cachoeirense. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Desenvolver a consciência do ato de plantar árvores através do plantio em Nascentes e Escolas; Integrar as ações das diversas redes de ensino: Municipal, Estadual e Privada. Promover a humanização através de oficinas. PÚBLICO ALVO: Alunos de Escolas Públicas e Privadas, Autoridades, Poder Legislativo e comunidade em geral. REFERÊNCIAS Acesso em 06/09/2009 Acesso em 06/09/2009 Acesso em 06/09/2009.

5 PROGRAMAÇÃO DO PROJETO PLANTA CACHOEIRO SOLENIDADE DE ABERTURA DO PROJETO PLANTA CACHOEIRO DATA: 15 de setembro de 2014 LOCAL: Salão da Igreja Matriz Velha HORÁRIO: 14h00 PRESENÇAS: Prefeito Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, Secretariado e Poder Legislativo e Judiciário. Apresentação de resultado do concurso de fotografias: Árvores de Cachoeiro de Itapemirim. Lançamento do Prêmio Incentivo à Arborização Urbana. Exposição das fotografias selecionadas. SEMINÁRIO AMBIENTAL COFFEE BREACK HORA:15h00 PALESTRA: Animais silvestres e seu habitat HORA: 15h20 PALESTRANTE: Aline Lobato Bióloga. Floresta Nacional de Pacotuba COFFEE BREACK HORA: 19h00 PALESTRA REFLORESTAMENTO E PRODUÇÃO DE ÁGUA HORA: 19h30 PALESTRANTE: Newton Barbosa Campos - Sítio Agroecológico Jaqueira

6 PALESTRA OCUPAÇÃO URBANA E DESMATAMENTO HORA: 20h30 PALESTRANTE: Fabiana Dias Caçador - Engenheira Florestal PÚBLICO ALVO: Alunos da rede pública municipal, Alunos de cursos técnicos e superiores da área ambiental. Gestores Escolares, Pedagogos, Professores, Representantes do Poder Legislativo e Judiciário e profissionais da área. RECUPERAÇÃO DE ÁREA DEGRADADA Data: 16/09/2014 Horário: 09H00 Local: CECAPEB Ação: Plantio de espécies nativas em área degradada. Participação de alunos de escola pública municipal. WORKSHOP LICENCIAMENTO AMBIENTAL Data: 16/09/2014 Horário: 14h00 Local: CECAPEB Ação: Palestras, debates e exposições práticas processuais. Público-alvo: Contadores, Administradores e estudantes de áreas afins. CREDENCIAMENTO HORA: 14h00 às 14h30 PALESTRA: LICENCIAMENTO PASSO A PASSO Hora: 14h30 Debate COFFEE BREACK HORA: 18h00 Grupos de discussão Apresentação de resultados Assinatura da carta de intenções

7 UM DIA NA PRAÇA DIA 17/09/2014 BLITZ ECOLÓGICA Público alvo: Pedestres e motoristas. Horário: 09h00 às 12h00 Local: Praça Jerônimo Monteiro Ação: Distribuição de lixeiras de câmbio e material informativo. Participação da Escola IPE, Lions e Cristo Rei RECOLHIMENTO DE ÓLEO DE COZINHA UTILIZADO Público-alvo: Donas de casa, restaurantes e lanchonetes. Horário: 09h00 às 12h00 Local: Tenda na Praça Jerônimo Monteiro Ação: Recolhimento de óleo de cozinha para ser reaproveitado. Participação: Pastoral da Ecologia e APAC ADOTE UMA ÁRVORE Público-alvo: Pedestres e público em geral. Horário: 09h00 às 12h00 Local: Tenda na Praça Jerônimo Monteiro Ação: Distribuição de mudas de árvores nativas. Participação: Escoteiros CINEMA AMBIENTAL Dia: 17/09/2014 Hora: 09h00 às 16h00 Local: Cine Shopping Cachoeiro Ação: Exibição de filmes ambientais. Público-alvo: Alunos da Escola: UM DIA NO PARQUE Dia: 17/09/2014 Hora: 09h00 Local: Parque Ecológico Itapemirim Ações: Visita Público-alvo: Alunos da Escola:

8 Dia: 18/09/2014 Hora: 09h00 Local: Parque Ecológico Itapemirim Ações: Visita Público-alvo: Alunos da Escola: Dia: 18/09/2014 Hora: 09h00 Local: Parque Municipal do Itabira. Ações: Plantio de árvores nativas Pique-nique Público-alvo: Alunos da rede pública municipal. CICLISMO ECOLÓGICO Dia: 21/09/2014 Hora: 09h00 Local: Parque Municipal do Itabira. Ações: Plantio de Jequitibá Rosa árvore símbolo do ES. Público-alvo: Ciclistas, adeptos de esportes e comunidade em geral.

A D N E G A 2007 as 4 SÉRIES

A D N E G A 2007 as 4 SÉRIES A G E N D A 2007 as 4 SÉRIES ÍNDICE Proposta da ONU... 04 Compromisso do Brasil... 05 Cada cidade responsável por sua agenda 21... 07 Dia internacional da Água... 09 Dia do Meio Ambiente... 12 Dia da Árvore...

Leia mais

12 de maio de 2015 - Belo Horizonte (MG) PROJETO PREMIADO. Realização. 11 3895-8590 eventos@revistaminerios.com.br www.revistaminerios.com.

12 de maio de 2015 - Belo Horizonte (MG) PROJETO PREMIADO. Realização. 11 3895-8590 eventos@revistaminerios.com.br www.revistaminerios.com. 12 de maio de 2015 - Belo Horizonte (MG) PROJETO PREMIADO Realização 11 3895-8590 eventos@revistaminerios.com.br www.revistaminerios.com.br Detalhamento do Projeto Título: Viveiro Florestal de Presidente

Leia mais

www.institutoproterra.org.br

www.institutoproterra.org.br APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Missão O Instituto Pró Terra é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1997 sob o CNPJ: 04728488/0001-29, que reúne amigos, educadores, técnicos e pesquisadores com a missão

Leia mais

Quinta-Feira 12 de julho 8h às 10h: Curso: Como utilizar o Programa BR Office e Linux (Turma 01) Público: Professores e Educadores Local: Casulo

Quinta-Feira 12 de julho 8h às 10h: Curso: Como utilizar o Programa BR Office e Linux (Turma 01) Público: Professores e Educadores Local: Casulo MANHÃ 09 de julho 9h às 10h: Solenidade/ Reunião de Abertura do Projeto Rondon com Lideranças Locais. 10h às 11h: Utilização de Programas Oferecidos pelo Governo Federal 10 de julho 8h às 12h Oficinas:

Leia mais

17 a 20 de agostode 2010, Rio de Janeiro. Programasde responsabilidadesocial Juliana Calsa e Milena Noenta

17 a 20 de agostode 2010, Rio de Janeiro. Programasde responsabilidadesocial Juliana Calsa e Milena Noenta 17 a 20 de agostode 2010, Rio de Janeiro Programasde responsabilidadesocial Juliana Calsa e Milena Noenta DADOS DA FOZ DO BRASIL Saneamento Atende a 3 milhões de habitantes no Brasil. Resíduos Urbanos

Leia mais

A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI

A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI Kássia Hellem Tavares da Silva (*), Lorrane de Castro Miranda, Israel

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto Implantação e desenvolvimento

Leia mais

"Defender os Direitos Humanos é valorizar a diversidade e promover a dignidade".

Defender os Direitos Humanos é valorizar a diversidade e promover a dignidade. "Defender os Direitos Humanos é valorizar a diversidade e promover a dignidade". PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO EXCEPCIONAL 2008 das APAEs do CONSELHO DA MICRO REGIÃO DE CASCAVEL APAE DE BRAGANEY _ Dia 18/08/2008

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA Rua Lizandro Nogueira, 1536 - Centro. Telefone: (0xx86)3215-7639 CEP.: 64.000-200 - Teresina Piauí E-Mail: semec.cme@teresina.pi.gov.br PARECER CME/THE Nº. 002/2009

Leia mais

COMO ORGANIZAR A PASTORAL DA SAÚDE NA PARÓQUIA?

COMO ORGANIZAR A PASTORAL DA SAÚDE NA PARÓQUIA? COMO ORGANIZAR A PASTORAL DA SAÚDE NA PARÓQUIA? Paróquia - Missão da Igreja na vida das pessoas - Libertar a pessoa da enfermidade - Ser presença solidária e cristã junto aos doentes Papel PS contribuir

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente. EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente. 1 1 TÍTULO DO PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Um simples gesto para você, um grande gesto para o meio ambiente. 2 QUEM

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2012

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2012 PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2012 ( X ) ENSINO ( ) PESQUISA ( X ) EXTENSÃO 1. Título: Conscientização Ambiental - Coleta Seletiva no Ambiente Escolar das Faculdades FIP/Magsul e Magsul; Área temática:

Leia mais

22o. Prêmio Expressão de Ecologia

22o. Prêmio Expressão de Ecologia 22o. Prêmio Expressão de Ecologia 2014-2015 Vista do corte raso da vegetação sob a rede anterior ao Projeto. Unidade de Conservação e formação dos corredores vegetados após implantação do Projeto. Área

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

olímpico das 24 milhões de árvores Beto Mesquita

olímpico das 24 milhões de árvores Beto Mesquita Indução de reflorestamento no Rio de Janeiro: Das compensações ambientais ao desafio olímpico das 24 milhões de árvores Beto Mesquita Seminário Reflorestamento da Mata Atlântica no Estado do Rio de Janeiro

Leia mais

20o. Prêmio Expressão de Ecologia

20o. Prêmio Expressão de Ecologia 20o. Prêmio Expressão de Ecologia 2012-2013 Folder da Conferência Sustentabilidade e Deficiência onde nosso projeto foi apresentado Setor de Diversidade em Cachoeirinha Encontro da Comissão Organizadora

Leia mais

Seja nosso patrocinador!

Seja nosso patrocinador! Seja nosso patrocinador! VIII Congresso Brasileiro de Engenharia Química COBEQ IC http://www.cobeqic2009.feq.ufu.br VIII Congresso Brasileiro de Engenharia Química Uberlândia, Minas Gerais, Brasil I -

Leia mais

1ª Chamada Pública Para Ocupação de Vagas de Formadores

1ª Chamada Pública Para Ocupação de Vagas de Formadores ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DE SÃO GONÇALO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO E APOIO PEDAGÓGICO 1ª Chamada Pública Para Ocupação de Vagas de Formadores A Secretária Municipal de Educação,

Leia mais

6ª EDIÇÃO DO FESTIVAL CULTIVAR PROMOVE RECONEXÃO DAS PESSOAS COM A NATUREZA

6ª EDIÇÃO DO FESTIVAL CULTIVAR PROMOVE RECONEXÃO DAS PESSOAS COM A NATUREZA 6ª EDIÇÃO DO FESTIVAL CULTIVAR PROMOVE RECONEXÃO DAS PESSOAS COM A NATUREZA Expedições, exposição, observação de aves, oficinas, picnic de troca de sementes, cinema e palestras com especialistas em meio

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Vamos fazer nossa parte!

Mostra de Projetos 2011. Vamos fazer nossa parte! Mostra de Projetos 2011 Vamos fazer nossa parte! Mostra Local de: Paranavaí Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Cidade: Mirador Contato: tassiambientalmirador@gmail.com

Leia mais

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO lei 9.985/00. 1. Conceitos Básicos

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO lei 9.985/00. 1. Conceitos Básicos UNIDADES DE CONSERVAÇÃO lei 9.985/00 1. Conceitos Básicos a) unidade de conservação: espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes,

Leia mais

PROGRAMA DE REFLORESTAMENTO DAS MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS DAS ÁREAS DE PROTEÇÃO AOS MANANCIAIS DA REPRESA BILLINGS NO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ SP

PROGRAMA DE REFLORESTAMENTO DAS MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS DAS ÁREAS DE PROTEÇÃO AOS MANANCIAIS DA REPRESA BILLINGS NO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ SP PROGRAMA DE REFLORESTAMENTO DAS MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS DAS ÁREAS DE PROTEÇÃO AOS MANANCIAIS DA REPRESA BILLINGS NO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ SP Fernanda Longhini Ferreira 1 O município de Santo André,

Leia mais

ANTEPROJETO DE DECRETO (OU LEI) (A ser Publicado no Diário Oficial do Município/Estado)

ANTEPROJETO DE DECRETO (OU LEI) (A ser Publicado no Diário Oficial do Município/Estado) ANTEPROJETO DE DECRETO (OU LEI) (A ser Publicado no Diário Oficial do Município/Estado) Considerando: 1) A importância dos mananciais e nascentes do Município para o equilíbrio e a qualidade ambiental,

Leia mais

II Concurso EDUCAR PARA LIBERTAR A Educação na Prevenção e Combate ao trabalho escravo no Estado do Piauí

II Concurso EDUCAR PARA LIBERTAR A Educação na Prevenção e Combate ao trabalho escravo no Estado do Piauí II Concurso EDUCAR PARA LIBERTAR A Educação na Prevenção e Combate ao trabalho escravo no Estado do Piauí O Fórum Estadual de Erradicação e Prevenção ao Trabalho Escravo realiza em 2015 o Primeiro Concurso

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO Previsão Legal Objetivos Categorias Finalidades Gestão do Sistema Quantitativos Outros Espaços Protegidos Distribuição Espacial Relevância O Brasil possui alguns

Leia mais

Texto da Dibap p/ Intranet

Texto da Dibap p/ Intranet Texto da Dibap p/ Intranet DIBAP A Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas tem como missão: empreender ações para a conservação da biodiversidade fluminense, administrar as unidades de conservação

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO

EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM Equipe de Coordenação Programa Água na Escola Cachoeiro de Itapemirim - ES Coordenação Pedagógica Adriana Abel Penedo Apoio Pedagógico e Técnico Andressa

Leia mais

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 INTRODUÇÃO A Fundação Tide Setubal nasce em 2005 para ressignificar e inovar o trabalho pioneiro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Projeto Acondicionamento Correto de Resíduos Sólidos SUMARIO Introdução...04 Justificativa...05 Objetivos...06 Metodologia...07 Cronograma Físico...08 Parcerias...09 Anexos...10 I) IDENTIFICAÇÃO Secretaria

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE MEDIDAS SÓCIOEDUCATIVAS PARA CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTÁVEL NA CIDADE DE SOLEDADE-PB

DESENVOLVIMENTO DE MEDIDAS SÓCIOEDUCATIVAS PARA CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTÁVEL NA CIDADE DE SOLEDADE-PB DESENVOLVIMENTO DE MEDIDAS SÓCIOEDUCATIVAS PARA CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTÁVEL NA CIDADE DE SOLEDADE-PB Luan Gabriel Xavier de Souza 1 ; Gustavo Luiz Araújo Souto Batista; Marcia Ramos Luiz ;

Leia mais

ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA

ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA mascotes ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA me adota? Secretaria Especial dos Direitos Animais Ação educativa 2016-2º ciclo (final), 3º ciclo e Ensino Médio: MASCOTES ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA Organizadora:

Leia mais

22o. Prêmio Expressão de Ecologia

22o. Prêmio Expressão de Ecologia 22o. Prêmio Expressão de Ecologia 2014-2015 Página da Prefeitura Lançando o Selo Verde Apresentação para Empreendedore e Interessados do Selo Verde Página da Prefeitura Lançando o Selo Verde Selo Verde

Leia mais

PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL VOLTADAS AOS RESIDUOS SOLIDOS DE UMA UNIDADE ESCOLAR DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA PARÁ

PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL VOLTADAS AOS RESIDUOS SOLIDOS DE UMA UNIDADE ESCOLAR DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA PARÁ PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL VOLTADAS AOS RESIDUOS SOLIDOS DE UMA UNIDADE ESCOLAR DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA PARÁ Fabiana Bassani (1) Tecnóloga Ambiental Universidade Tecnológica Federal do Paraná; Mestre

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 546, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 546, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 546, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014. O CONSELHO DE CÂMPUS DO CÂMPUS DO PANTANAL, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e considerando a Resolução

Leia mais

ANEXO II PROJETO PEDAGÓGICO

ANEXO II PROJETO PEDAGÓGICO ANEXO II PROJETO PEDAGÓGICO 1 IDENTIFICAÇÃO 1.1 DA INSTITUIÇÃO FEDERAL: Nome da instituição: CNPJ: Nome do Reitor(a) ou do Diretor(a)-Geral do CEFET: Endereço da reitoria ou unidade sede: Telefones (comercial

Leia mais

Colaborador realizando monitoramento de nível piezômétrico. Colaborador registrando os dados do monitoramento

Colaborador realizando monitoramento de nível piezômétrico. Colaborador registrando os dados do monitoramento Colaborador realizando monitoramento de nível piezômétrico Colaborador registrando os dados do monitoramento piezômétrico Luiz Henrique Rosa da Silva - Analista Ambiental e Programador SIGMA Sistema de

Leia mais

Estratégias a utilizar

Estratégias a utilizar Introdução Ao olharmos à nossa volta e ao estarmos atentos à informação que nos chega diariamente através dos vários órgãos de comunicação social, chegamos à triste conclusão que a vida no planeta Terra

Leia mais

ANEXO I. 40 horas Ensino superior completo em engenharia ambiental e registro no órgão de classe (CREA)

ANEXO I. 40 horas Ensino superior completo em engenharia ambiental e registro no órgão de classe (CREA) ANEXO I FUNÇÃO VAGAS REMUNERAÇÃO E/OU CARREIRA/ CLASSE Engenheiro Ambiental 01 R$ 3.749,14 + valor de R$ 800,00 CARGA HORÁRIA SEMANAL ESCOLARIDA DE E TITULAÇÃO 40 horas Ensino superior completo em engenharia

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO INFANTIL: EXPERIÊNCIA DA ESCOLA MUNICIPAL NECY MINERVINO DE CARVALHO NA CIDADE DE OLHO D' ÁGUA-PB

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO INFANTIL: EXPERIÊNCIA DA ESCOLA MUNICIPAL NECY MINERVINO DE CARVALHO NA CIDADE DE OLHO D' ÁGUA-PB EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO INFANTIL: EXPERIÊNCIA DA ESCOLA MUNICIPAL NECY MINERVINO DE CARVALHO NA CIDADE DE OLHO D' ÁGUA-PB Keudma Richelle Tiburtino Costa 1, Jacqueline Liedja Araújo Silva Carvalho

Leia mais

SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE. DE OLHO NO ÓLEO (Resíduos líquidos) Dulce Florinda de Souza Lins.

SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE. DE OLHO NO ÓLEO (Resíduos líquidos) Dulce Florinda de Souza Lins. SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE. DE OLHO NO ÓLEO (Resíduos líquidos) Dulce Florinda de Souza Lins. RIO VERDE GO 2010 Identificação: EMEF José do Prado Guimarães. Série:

Leia mais

III Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes do UGB ANAIS - 2015 ENSINANDO A ENSINAR

III Simpósio de Pesquisa e de Práticas Pedagógicas dos Docentes do UGB ANAIS - 2015 ENSINANDO A ENSINAR ENSINANDO A ENSINAR Natasha Teixeira Logsdon Mestre em Ensino de Ciências da Saúde e do Meio Ambiente pelo Centro Universitário de Volta Redonda DADOS DE IDENTIFICAÇÃO O relato de prática pedagógica intitulado

Leia mais

PROGRAMA Atividade de Assistência ESFA NA MINHA ESCOLA

PROGRAMA Atividade de Assistência ESFA NA MINHA ESCOLA PROGRAMA Atividade de Assistência ESFA NA MINHA ESCOLA Santa Teresa/ES Março/2014 IDENTIFICAÇÃO DO PROGRAMA Categoria 3 : Atividade de Assistência Área temática 5 : Educação, Meio ambiente e Saúde Vinculado

Leia mais

Dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SMAC e dá outras providências.

Dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SMAC e dá outras providências. LEI Nº 2.138, de 11 de maio de 1994 LEI 2.138 11/05/94 13.05.94 LEGISLATIVO Dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente - SMAC e dá outras providências. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO

Leia mais

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei: LEI Nº 2.581/2009 DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE CAETÉ. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável Educação Ambiental e Saúde Ética Ambiental Stéphanie A. S. Meyer Piazza

Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável Educação Ambiental e Saúde Ética Ambiental Stéphanie A. S. Meyer Piazza Projeto Curso Disciplina Tema Professor Pós-graduação Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável Educação Ambiental e Saúde Ética Ambiental Stéphanie A. S. Meyer Piazza Introdução Nesse tema, vamos

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O E. M. E. F. P R O F ª. D I R C E B O E M E R G U E D E S D E A Z E V E D O P

Leia mais

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA O SÉCULO XXI: CONCEPÇÕES E ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA O SÉCULO XXI: CONCEPÇÕES E ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO Encontro Água & Floresta: Resultados e Perspectivas Bragança Paulista - 1 a 3 dez 2009 DESAFIOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA O SÉCULO XXI: CONCEPÇÕES E ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO Renata Ferraz de Toledo

Leia mais

LEI Nº 1.931, DE 12 DE JUNHO 2.001.

LEI Nº 1.931, DE 12 DE JUNHO 2.001. LEI Nº 1.931, DE 12 DE JUNHO 2.001. Cria a Área de Proteção Ambiental (APA) da Pedra Gaforina e define o seu Zoneamento Ambiental (Ecológico-Econômico), no Município de GUANHÃES-MG. Faço saber que a Câmara

Leia mais

MUNICÍPIO DE BOM PRINCÍPIO Estado do Rio Grande do Sul

MUNICÍPIO DE BOM PRINCÍPIO Estado do Rio Grande do Sul ANEXO III DESCRIÇÃO DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS DO MAGISTÉRIO CARGO: COORDENADOR DO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO INFANTIL Coordenar as atividades específicas da área, participando do planejamento e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACUCO GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACUCO GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 493/09 ALTERA A LEI MUNICIPAL Nº 302/05 - PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA DOCUMENTO ORIENTADOR CONFERÊNCIAS NAS COMUNIDADES EDUCATIVAS Novembro / 2008 1 I CONFERÊNCA DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA - CONEEI 1. Entendendo a I Conferência

Leia mais

Apresentação Meio Ambiente na Escola 2015. Camiseta meio ambiente estampa frente. Fotos:

Apresentação Meio Ambiente na Escola 2015. Camiseta meio ambiente estampa frente. Fotos: Apresentação Meio Ambiente na Escola 2015 23/03/2015 EDIÇÃO 10698-23 de Março de 2015 Camiseta meio ambiente estampa frente EDIÇÃO 10698-23 de Março de 2015 http://vp.virtualpaper.com.br/infovale?e=5282&l=1

Leia mais

Grupo de Ecologia Ambiental

Grupo de Ecologia Ambiental Grupo de Ecologia Ambiental Queremos nosso planeta feliz! LUCAS MARTINS MIRANDA MATEUS MARQUES DOS SANTOS ORIENTAÇÃO: ELIAS ALVES DE SOUZA Goianésia, 2014 INTRODUÇÃO Atualmente, no planeta, o ser humano

Leia mais

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA Secretaria Municipal de Planejamento EXERCÍCIO: 0 ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ÓRGÃO: Projeto/Atividade Objetivo Denominação da Meta Unid.

Leia mais

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013.

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. Seleção de Projetos ou Programas para concessão de bolsas do Programa de Bolsa de Extensão da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (PROBEXT-UFCSPA)

Leia mais

21º Prêmio Expressão de Ecologia

21º Prêmio Expressão de Ecologia 21º Prêmio Expressão de Ecologia Edição 2013-2014 Alunos e professores fazendo o reconhecimento da bacia hidrográfica do Córrego Areãozinho (Curitiba- PR) Alunos realizando a análise do oxigênio dissolvido

Leia mais

Projeto: Formação continuada do maternal ao 3 ano do Ensino Fundamental A Turma que pensa... reflete e age Cidadania Ambiental

Projeto: Formação continuada do maternal ao 3 ano do Ensino Fundamental A Turma que pensa... reflete e age Cidadania Ambiental QUALIDADE NA PRÁTICA DOSCÊNCIA Centro Educacional Ana Galvan CNPJ 83.548.867?0001-03 Endereço: Rodovia SC 302 Km 292 Comunidade : Santa Tereza 89186 000 Aurora(SC) Fone: 47 3533-1108 Direção EDINARA JANIELI

Leia mais

JOGO DE PALAVRAS OU RELAÇÕES DE SENTIDOS? DISCURSOS DE LICENCIANDOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO DE TEXTOS EM UMA AVALIAÇÃO

JOGO DE PALAVRAS OU RELAÇÕES DE SENTIDOS? DISCURSOS DE LICENCIANDOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO DE TEXTOS EM UMA AVALIAÇÃO JOGO DE PALAVRAS OU RELAÇÕES DE SENTIDOS? DISCURSOS DE LICENCIANDOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO DE TEXTOS EM UMA AVALIAÇÃO Tatiana Galieta (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Introdução

Leia mais

Água, fonte de vida. Aula 1 Água para todos. Rio 2016 Versão 1.0

Água, fonte de vida. Aula 1 Água para todos. Rio 2016 Versão 1.0 Água, fonte de vida Aula 1 Água para todos Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Analisar a quantidade de água potável disponível em nosso planeta 2 Identificar os diferentes estados da água 3 Conhecer o ciclo

Leia mais

O Ano Internacional do Planeta Terra Visto pelas Nossas Crianças

O Ano Internacional do Planeta Terra Visto pelas Nossas Crianças O Ano Internacional do Planeta Terra Visto pelas Nossas Crianças A Opinião dos Mais Pequenos Protege o Ambiente. Vamos cuidar do nosso Planeta. Não o poluas. Externato Princesa Dona Maria Amélia 3º B Não

Leia mais

22 o. Prêmio Expressão de Ecologia

22 o. Prêmio Expressão de Ecologia 22 o. Prêmio Expressão de Ecologia 2014-2015 Fotos: Projeto: Recriando os Resíduos Sólidos Organização: Centro Municipal Escola do Mar Página: 1/1 PÁGINA 1: Informações cadastrais: Q1: Título do projeto

Leia mais

RIO CLARO - 2011 Relatos sobre o Trabalho em 2010

RIO CLARO - 2011 Relatos sobre o Trabalho em 2010 RIO CLARO - 2011 Relatos sobre o Trabalho em 2010 Edison Norberto de Andrade Luciana Cristina Borges Marineide Ap. Carrara Martins Roberto Foresti Júnior Centro de Aperfeiçoamento Pedagógico(CAP) coordenadoria.ambiental@educacao.rc.sp.gov.br

Leia mais

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar!

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! Caros(as) participantes, O programa Escravo, nem pensar! da ONG Repórter Brasil abre as inscrições para a 8ª edição do Fundo de Apoio a Projetos do Escravo,

Leia mais

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS VIGIA DESCRIÇÃO SUMÁRIA Executar tarefas de guarda, fiscalização e defesa do patrimônio da Prefeitura. MOTORISTA DESCRIÇÃO SUMÁRIA Executar tarefas relacionadas ao transporte

Leia mais

19 de Março Dia do Pai Dedoches uma família à maneira e jogos História de encantar e Sessão de magia Teatro ser mãe e pai não é fácil!

19 de Março Dia do Pai Dedoches uma família à maneira e jogos História de encantar e Sessão de magia Teatro ser mãe e pai não é fácil! Propostas de Atividades coletividades Alhos Vedros/Moita Dia e mês Dia comemorativo Actividade Proposta 6 de Janeiro Dia de Reis Fantoches os animais e o Circo e o jogo dos sons dos animais Fantoches de

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA DEPARTAMENTO DE AMBIENTE SEMANA DO AMBIENTE DA UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA Todos por um ambiente mais limpo e saudável Todos por uma Floresta mais ecológica. 1 Índice

Leia mais

I. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO. Título do projeto: Valorização da Cultura Afro e Indígena na Escola Data de cadastro: Situação: ( ) novo

I. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO. Título do projeto: Valorização da Cultura Afro e Indígena na Escola Data de cadastro: Situação: ( ) novo I. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título do projeto: Valorização da Cultura Afro e Indígena na Escola Data de cadastro: Situação: ( ) novo (x ) reoferta ( ) prorrogação Campus / curso de origem: São

Leia mais

APPA Associação de Proteção e Preservação Ambiental de Araras A natureza, quando agredida, não se defende; porém,ela se vinga.

APPA Associação de Proteção e Preservação Ambiental de Araras A natureza, quando agredida, não se defende; porém,ela se vinga. O desmatamento, ao longo dos anos, no município de Araras, contribuiu para a redução no suprimento de água potável, devido à formação geológica local, que resulta nos aqüíferos do grupo Passa Dois e Basalto

Leia mais

MANUAL DO ALUNO (A) ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES

MANUAL DO ALUNO (A) ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES A formação complementar é fruto da participação do aluno, durante o período de realização do seu curso superior, em atividades que não estão inseridas na grade curricular, mas que reconhecidamente contribuem

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Campus São Gonçalo CoEX - Coordenação de Extensão EDITAL INTERNO

Leia mais

ALEXANDRE MODESTO BRAUNE Educação Participativa: União, Transparência, Construção da Qualidade

ALEXANDRE MODESTO BRAUNE Educação Participativa: União, Transparência, Construção da Qualidade PLANO DE GESTÃO À CANDIDATURA AO CARGO DE DIRETOR-GERAL PRO-TEMPORE DO CAMPUS ARAGUAÍNA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS. ALEXANDRE MODESTO BRAUNE Educação Participativa:

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DE 13, 14 E 15 DE SETEMBRO DE 2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1 DA FINALIDADE

Leia mais

Ponto de Apoio - Revista Planeta Azul

Ponto de Apoio - Revista Planeta Azul Ponto de Apoio - Revista Planeta Azul Sugestões de atividades e reflexões a serem *desenvolvidas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, para as histórias publicadas na revista Planeta Azul -. Confira

Leia mais

O jornalismo ambiental e suas estratégias de divulgação: estudo de caso do projeto Reflorestando as Nascentes

O jornalismo ambiental e suas estratégias de divulgação: estudo de caso do projeto Reflorestando as Nascentes O jornalismo ambiental e suas estratégias de divulgação: estudo de caso do projeto Reflorestando as Nascentes Denise Fernandes Britto Prefeitura Municipal de Jaboticabal Objetivo Identificar as principais

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 47 DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE GUAÍRA APROVA:

PROJETO DE LEI Nº 47 DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE GUAÍRA APROVA: PROJETO DE LEI Nº 47 DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. Altera a Lei Municipal nº 2101 de 02/09/2004 e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE GUAÍRA APROVA: Art. 1º Fica alterado o art. 6º da Lei Complementar

Leia mais

RELATÓRIO DA SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 02 a 10 de junho de 2014

RELATÓRIO DA SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 02 a 10 de junho de 2014 RELATÓRIO DA SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 02 a 10 de junho de 2014 As cidades de Alagoa grande, Bananeiras, Caiçara, Cacimba de Dentro,Dona Inês, Guarabira, Sapé e Solânea participaram da Semana Nacional

Leia mais

PROJETO HORTA FELIZ CEDRO-PE

PROJETO HORTA FELIZ CEDRO-PE PROJETO HORTA FELIZ CEDRO-PE Regional: Salgueiro Município: Cedro Comunidades: Barro Branco Equipe responsável: Manoel Leal Costa Netto E-mail para contato: Manoel.costa1@ipa.br Fone: (87) 38891808 Categorias:

Leia mais

PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR. SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito

PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR. SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito 1. PLANEJAMENTO - Planejar o desenvolvimento do município em todos os seguimentos. - Criar centro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA REDE IFES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL Planejamento Anual de Atividades 2012 (01 de janeiro de 2012 a 31 de dezembro

Leia mais

Fogo. Melhor prevenir que apagar incêndios

Fogo. Melhor prevenir que apagar incêndios Fogo. Melhor prevenir 1 2 Fogo. Melhor prevenir Uso do fogo na Pré-história Há milhares de anos, o homem descobriu o fogo. Aos poucos, aprendeu maravilhas: iluminar cavernas, afastar o medo do escuro,

Leia mais

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE Título: Parcerias do Projeto: A IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO (anexar projeto) I CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO 1 O projeto é de responsabilidade social? ( ) Não ( ) Sim 2 O projeto está vinculado a algum programa?

Leia mais

Uao bioma Caatinga tem incentivado atitudes

Uao bioma Caatinga tem incentivado atitudes Projeto de Educação Ambiental incentiva atitudes sustentáveis em escolas públicas O projeto Ensaio Ambiental tem como lema Práticas ecológicas, defesa da biodiversidade e construção da cidadania e este

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE PRODUÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE PRODUÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE PRODUÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE. CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE-COEMA Câmara Técnica Especial PROCESSO

Leia mais

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO EXERCÍCIO: 200 ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ÓRGÃO: Projeto/Atividade Objetivo Denominação da Meta Unid.

Leia mais

POVO KA APOR REALIZA ENCONTROS e RODAS DE CONVERSA EM PREPARAÇÃO CONFERÊNCIA NACIONAL DE POLITÍCA INDIGENISTA NO CENTRO DE FORMAÇÃO SABERES KA APOR

POVO KA APOR REALIZA ENCONTROS e RODAS DE CONVERSA EM PREPARAÇÃO CONFERÊNCIA NACIONAL DE POLITÍCA INDIGENISTA NO CENTRO DE FORMAÇÃO SABERES KA APOR POVO KA APOR REALIZA ENCONTROS e RODAS DE CONVERSA EM PREPARAÇÃO CONFERÊNCIA NACIONAL DE POLITÍCA INDIGENISTA NO CENTRO DE FORMAÇÃO SABERES KA APOR Nos dias 18,19, 20 e 21 de julho de 2015, no Centro de

Leia mais

i i ajudar os animais? ANIMAIS: EU CURTO, EU CUIDO

i i ajudar os animais? ANIMAIS: EU CURTO, EU CUIDO i i i i partiu ajudar os animais? ANIMAIS: EU CURTO, EU CUIDO JUSTIFICATIVA: As Juventudes contemporâneas estão inseridas em um tempo de efemeridades, aonde informações chegam em segundos a partir de um

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

Pecuária Orgânica Certificada

Pecuária Orgânica Certificada Pecuária Orgânica Certificada O Pantanal Planície de inundação periódica, reconhecida internacionalmente como de relevante importância para a biodiversidade, o Pantanal está inserido na bacia hidrográfica

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC METODOLOGIA PARA O ENSINO DE LINGUA PORTUGUESA. Parte 1 (solicitante)

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC METODOLOGIA PARA O ENSINO DE LINGUA PORTUGUESA. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFENCIA EM FORMAÇÃO E APOIO

Leia mais

Levantamento da Ave-fauna das Nascentes do Rio Cachoeira

Levantamento da Ave-fauna das Nascentes do Rio Cachoeira COAMA - Clube dos Observadores de Aves da Mata Atlântica Joinville (SC) Levantamento da Ave-fauna das Nascentes do Rio Cachoeira Categoria Conservação da Vida Silvestre 1. Sobre a organização participante:

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA DO SERVIDOR DO IPAMV: COMPROMISSO COM A VIDA

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA DO SERVIDOR DO IPAMV: COMPROMISSO COM A VIDA 5.1 Nome da Iniciativa ou Projeto PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA DO SERVIDOR DO IPAMV: COMPROMISSO COM A VIDA 5.2 Caracterização da Situação Anterior A partir de 2005, houve início uma

Leia mais

12/06/2015. Erosão em voçoroca CONCENTRAÇÃO GLOBAL DE CO2 ATMOSFÉRICO TRATAMENTO DE ÁREAS DEGRADADAS NÍVEIS DE GÁS CARBÔNICO EM MAUNA LOA (HAWAI)

12/06/2015. Erosão em voçoroca CONCENTRAÇÃO GLOBAL DE CO2 ATMOSFÉRICO TRATAMENTO DE ÁREAS DEGRADADAS NÍVEIS DE GÁS CARBÔNICO EM MAUNA LOA (HAWAI) DESMATAMENTO ECOLOGIA Unidade 5 MADEIRA CARVÃO PASTAGENS AGRICULTURA MINERAÇÃO LOTEAMENTOS DESMATAMENTO DESMATAMENTO RONDÔNIA RONDÔNIA EROSÃO - DESMATAMENTO - SOLO DESPROTEGIDO - CHUVAS - DESAGREGAÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL & SAÚDE: ABORDANDO O TEMA RECICLAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR

EDUCAÇÃO AMBIENTAL & SAÚDE: ABORDANDO O TEMA RECICLAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR EDUCAÇÃO AMBIENTAL & SAÚDE: ABORDANDO O TEMA RECICLAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR ARNOR, Asneth Êmilly de Oliveira; DA SILVA, Ana Maria Gomes; DA SILVA, Ana Paula; DA SILVA, Tatiana Graduanda em Pedagogia -UFPB-

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Guardiões da natureza e Reciclagem na escola

Mostra de Projetos 2011. Guardiões da natureza e Reciclagem na escola Mostra de Projetos 2011 Guardiões da natureza e Reciclagem na escola Mostra Local de: Cornélio Procópio. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

Legislação brasileira sobre meio ambiente - tópicos Fabricio Gomes Gonçalves

Legislação brasileira sobre meio ambiente - tópicos Fabricio Gomes Gonçalves Legislação brasileira sobre meio ambiente - tópicos Fabricio Gomes Gonçalves Contextualizando... Adaptação do produtor rural sem condições novos critérios de uso da terra impostos aleatoriamente sem alicerces

Leia mais

Termo de Referência para Elaboração do Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA) Atividades Florestais

Termo de Referência para Elaboração do Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA) Atividades Florestais Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Termo de Referência para Elaboração do Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA) Atividades Florestais

Leia mais

151 - ONG Verdejar: agroecologia e preservação ambiental no subúrbio de uma métropole

151 - ONG Verdejar: agroecologia e preservação ambiental no subúrbio de uma métropole 151 - ONG Verdejar: agroecologia e preservação ambiental no subúrbio de uma métropole GUIA, Eric Vidal Ferreira da. UFRJ, voitakus@hotmail.com. Resumo O trabalho da ONG verdejar surgiu em 1997 por iniciativas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Catanduva Banco Interamericano de Desenvolvimento. Programa de Desenvolvimento Urbano Integrado de Catanduva

Prefeitura Municipal de Catanduva Banco Interamericano de Desenvolvimento. Programa de Desenvolvimento Urbano Integrado de Catanduva Prefeitura Municipal de Catanduva Banco Interamericano de Desenvolvimento Programa de Desenvolvimento Urbano Integrado de Catanduva ESTRUTURA DE ORGANIZACIONAL DO PROGRAMA O esquema organizacional do Programa,

Leia mais

NORMAS DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO

NORMAS DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS ANEXO À DELIBERAÇÃO Nº 125, DE 06 DE JULHO DE 2006. NORMAS DE ATIVIDADES DE EXTENSÃO

Leia mais