TECNOLOGIA EM GESTÃO DE MARKETING E-commerce. Conteúdo programático desta aula:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TECNOLOGIA EM GESTÃO DE MARKETING 2010. E-commerce. Conteúdo programático desta aula:"

Transcrição

1 Conteúdo programático desta aula: E-commerce Bibliografia KOTLER, Philip. Administração de marketing. 10. ed. São Paulo: Pearson Pretience Hall, Sites: e Após esta aula você deverá: Conceituar E-commerce ; Entender a evolução do comércio eletrônico; Identificar os diferentes formatos de e-commerce; Acompanhar o desempenho do e-commerce no Brasil; Conhecer o consumidor online. E-commerce Definição de e-commerce (comércio eletrônico) Modelos de negócio que utilizam canais eletrônicos como canal primário ou secundário para comercialização (intranet extranet internet). São divididos em três grandes grupos: Comerciante, Corretagem e Publicidade. Por que investir em e-commerce? Em 2009, as lojas virtuais faturaram no Brasil 10,6 bilhões de reais; Este faturamente foi 30% superior ao de 2008 (8,2 milhões); Em 2009, os consumidores online somaram 17,6 milhões de pessoas; O tíquete médio da compra online é de 335,00; Em 2010, o comércio eletrônico deverá movimentar 13,6 bilhões de reais; Os consumidores online devem alcançar 23 milhões (crescimento de 35%); Espaço para crescimento, os 17,6 milhões representam apenas 26% dos internautas no Brasil (66,6 milhões em 2009, segundo Ibope Net Ratings); (Fonte: e-bit -21º Webshoppers) Perfil do consumidor internauta Boa formação, alto nível de renda, alto poder aquisitivo, familiaridade com tecnologia. 75% têm entre 25 e 49 anos; 54% têm nível superior completo; 19% possuem também pós-graduação; 40% têm renda familiar entre R$1 mil e R$3 mil; 43% têm renda familiar entre R$3 mil e R$8 mil; Em média, 60% das pessoas que costumam comprar são do sexo masculino, contra 40% do sexo feminino; 80% dos consumidores acessam a internet em casa; 64% dos consumidores acessam a internet no trabalho; Apenas 20% dos entrevistados têm acesso a banda larga; 27% dos internautas admitem ter comprado produtos impulsivamente enquanto consultavam sites;

2 Dentre os e-consumidores, 77% realizaram, pelo menos, uma compra nos últimos três meses. Destaque para Eletrônicos com 46% de menções de compra online e 28% offline. Intenção de compra de 43% nos próximos três meses. (Fonte: e-bit -21º webshoppers) Características do e-commerce A compra on-line exige uma mudança de comportamento do consumidor; O e-commerce tem como objetivo comercializar bens e serviços; Como não possuem vendedores, a eficácia do site está em sua capacidade de transformar visitantes em consumidores; Todas as informações são fornecidas por meio de textos, por isso é fundamental que sejam claros, objetivos e persuasivos; O site precisa auxiliar o consumidor internauta a tomar a decisão de compra por meio da maximização dos benefícios oferecidos a ele; Estímulos como descontos e condições especiais (frete grátis, programas de fidelidade, parcelamento) evitam qua a compra seja adiada; A loja virtual precisa criar um ambiente de compra que transmita segurança ao consumidor internauta, por meio de procedimentos como: garantia de devolução, avaliação de outros clientes, atendimento online eficaz para esclarecimento de dúvidas. Informação e pesquisa: os clientes podem encontrar, em apenas alguns cliques, dados comparativos sobre empresas, produtos, marcas e preços sem sair do escritório ou de sua residência. Maior comodidade: os consumidores internautas não precisam lidar com vendedores e nem se expor a fatores de persuasão, também não precisam passar por situações desconfortáveis, como a espera nas filas. Vantagens para a empresa: Ajustes rápidos às condições do Mercado: as empresas podem alterar rapidamente o mix de produto de uma loja virtual, atualizar os preços, criar promoções e modificar os serviços. Custos mais baixos: o comércio eletrônico evita despesas como a de manutenção da loja, pode produzir catálogos digitais e enviá-los por , economizando com despesas postais. Cálculo do número de visitantes: o sistema de informação das lojas virtuais é capaz de mensurar quantos visitantes acessaram o site e identificar o comportamento de compra deste internauta, como por exemplo, quais as últimas compras realizadas, quais os produtos pesquisados e qual o tíquete médio das compras. Construção de relacionamento: diálogo com o consumidor, construção da imagem, programas de fidelidade. Atributos da compra online Vantagens para o e-consumidor: Conveniência: os clientes podem fazer pedidos de produtos 24 horas por dia, de onde estiverem, sem a necessidade de visitar uma loja física com horário de funcionamento estabelecido. Modelos de e-commerce Comerciante: comercialização de produtos/serviços, físicos ou digitais, para pessoas físicas ou jurídicas. As vendas podem ser exclusivamente online ou ter reforço de uma loja física. Basicamente, são lojas de varejo na web.

3 Comércio misto B2C Empresas com instalações físicas que utilizam a internet como mais um canal de comercialização para seus produtos/serviços. Exemplos: Comércio virtual B2C/B2B Comercialização exclusivamente pela internet de produtos físicos ou serviços, como passagens aéreas e ingressos para shows, que necessitam de serviço de entrega. Exemplos: Comércio virtual puro B2C/B2B Comercialização e entrega de produtos digitais ou serviços exclusivamente pela internet. Todo o processo de compra até a entrega do produto/serviço é realizado online. Exemplos: softwares, cursos a distância, banco de imagens, músicas. (COC) Mercantil B2B Empresas que comercializam produtos/serviços para outras empresas (B2B) utilizando a internet como canal. Mercantil direto B2C Empresas fabricantes de produtos/serviço que utilizam a internet como canal direto de venda para o consumidor final, eliminando total ou parcialmente os intermediários, ou ainda como canal alternativo. (compra personalizada) (compra personalizada) Corretagem: empresas facilitadoras de negócios na Internet. São sites que facilitam e estimulam a realização de transações, por meio da manutenção de um ambiente virtual de pesquisa e de publicidade, que aproxima os consumidores potenciais de fornecedores. Shopping Virtual B2C Sites que reúnem diversas lojas virtuais. A receita é obtida por meio de uma taxa mensal cobrada das lojas + comissão sobre as vendas realizadas e também por meio de publicidade on-line. Exemplos: (Terra shopping)

4 Leilões B2B/B2C/C2C Ambiente virtual que possibilita a oferta de produtos/serviços, a realização de lances e a venda pela melhor oferta. A receita é obtida por meio de taxas de cadastramento + comissão no caso de empresas (B2B) ou comissão sobre venda no caso de pessoas físicas (C2C). Possui variantes como o Leilão reverso, no qual os vendedores é que fazem os lances e o menor preço ofertado leva o pedido. Exemplos: Publicidade: Sites que oferecem conteúdos e serviços gratuitos, como informação, entretenimento e web mail, geram grande volume de tráfego e obtém receita por meio de anunciantes que desejam atingir esse público. Portais genéricos Portais de acesso a internet que cobram ou oferecem gratuitamente o serviço de web mail. Exemplos: Portais especializados Sites especializados em determinado segmento de Mercado. Geram menos volume de tráfego, porém possuem um público mais seletivo, o que é valorizado pelos anunciantes. Exemplos: Gratuidade Sites que oferecem Produtos/serviços gratuitamente para gerar volume de tráfego. Exemplos: sites com mecanismos de busca ou serviços de web mail. (google earth, gmail) (uol) Publicidade na internet Banner: é a forma de propaganda online que mais se aproxima da propaganda offline. Também concentra a maior parte dos investimentos das agências e anunciantes na internet. Características O banner tem dois objetivos: atrair a atenção do internauta e induzi-lo ao clique. Os banners com animação ou interativos tem mais chance de atingir estes objetivos; O banner é vendido com base na page-views (quantidade de exposições da página/número de pessoas que veêm o banner). O preço é determinado pelo CPM - Custo Por Mil, ou seja, para cada mil exposições do banner; O CPM varia conforme o site que está expondo o banner. Isso porque cada site possui um público distinto, com diferentes níveis de segmentação. No Brasil, os grandes sites e portais, mesmo tendo um público mais diversificado, cobram mais caro pelo CPM; Os banner são medidos em pixels e possuem alguns formatos padronizados. Exemplos: full banner x 60, half banner X 60, button X 90, button X 60, Micro banner - 88 X 31, vertical banner X 240; A mensuração é feita pela "taxa de click" - percentual de pessoas que clicaram no Banner, dentre todas que foram expostas a ele.

5 Tipos de banner Banner estático: é composto por imagens fixas. Possue fácil criação e execução, porém pela falta de estímulos gera um número inferior de respostas quando comparado aos animado e interativo. Banner animado: possue algum tipo de movimento. Consegue veicular mais informação e tem mais impacto visual. Banner interativo: envolve o internauta e faz com que haja a interação direta. Exemplo: passe o mouse. Pop-up/DHTML: anúncios que "saltam" na tela quando uma página da web é aberta, obrigando o internauta a removê-los para continuar a leitura. quantas compraram; quantas solicitaram a exclusão da lista de envio entre diversas outras informações; Interatividade: um link no possibilita ao destinatário realizar uma ação como retornar uma resposta, visitar um site ou solicitar a exclusão da lista de envio; Alta seletividade: os s marketing são enviados para mailings préselecionados; Alta taxa de resposta: campanhas de marketing bem planejadas, com público segmentado de acordo com o mix de marketing, com comunicação enviada para destinatários que autorizaram o recebimento (opt-in/marketing permissivo) têm bons índices de retorno. Características Considerados invasivos e incômodos pela maioria dos internautas; A política de precificação é R$/diária; Os resultados são mensurados pelo taxa de click; Também podem ser estático, animado ou interativo. marketing: importante ferramenta na geração de tráfego e, principalmente, no relacionamento com o cliente. Características Agilidade: ferramenta ágil tanto no envio quanto na resposta e na avaliação de retorno. A resposta ao marketing pode ser imediata por meio da ação desejada ou simplesmente pela confirmação de recebimento; Mensurabilidade: facilidade para medir o retorno. Os relatórios emitidos por softwares específicos para disparo de informam: quantas pessoas receberam, quantas clicaram em um link, quantas visitaram o site, Tipos de marketing Newsletter Boletim periódico enviado regularmente aos clientes e visitantes cadastrados em um site. O objetivo da newsletter é a campanha de manutenção (lembrança) do Produto/Marca, além de funcionar como um atalho para o site. A newsletter só é eficaz quando traz um benefício para os destinatários: conteúdo adequado ao público, promoções, lançamentos. marketing x SPAM SPAM é a prática de enviar marketing para destinatários que não autorizaram o recebimento. Devido a baixa seletividade do público, o retorno é baixíssimo. Outro fator crítico é a imagem negativa que pode trazer a Marca/Produto divulgado. Muitos provedores já disponibilizam ferramentas para barrar o recebimento de SPAM. Hot site: minisite desenvolvido para um objetivo específico, como:

6 promoções, lançamentos de Produtos, realização de um evento. Pesquisa 1 Características Mídia de apoio: na qual podem ser explorados temas longos como o regulamento de uma promoção ou explicações técnicas sobre um novo modelo de automóvel. Elimina parte dos investimentos em mídia impressa; Interatividade: geralmente, leva o internauta para uma ação, como: preenchimento de cupons, respostas de questionários, cadastros, games on-line; Sazonalidade: ficam na web por um curto período de tempo. Link patrocinado: modelo de divulgação em que o anunciante patrocina palavras relacionadas ao seu negócio em sites ou portais como: Yahoo, Cadê, Google, Uol, Bol, Terra, IG, MSN, estadao.com, folhaonline. Parceria entre e-bit e Instituto Análise gera pesquisa sobre público de baixa renda Empresas estudam o comportamento desse tipo de consumidor em relação a Eletroeletrônicos São Paulo, 11 de Março de 2009 A e-bit e o Instituto Análise trabalharam juntos na missão de compreender um pouco mais os hábitos e tendências dos e-consumidores de baixa renda em compras em qualquer dos canais de varejo. A pesquisa realizada pela parceria considerou os consumidores que já realizaram alguma compra online com renda familiar de até R$ no período de 29/10/2008 a 07/11/2008. Características Visibilidade. Principais desafios na internet Os internautas buscam informação, entretenimento e socialização; Caos e saturação (busca pela diferenciação); Os internautas buscam informação, entretenimento e socialização; Segurança; Preocupações éticas (privacidade); Reação adversa dos e-consumidores. Para o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti, esse tipo de aliança pode ser ampliado no futuro: A pesquisa desenvolvida pela e-bit, em parceria com o Instituto Análise, permite acompanhar os hábitos de comportamento e consumo off-line da população de baixa renda, avaliando os critérios de escolha de marcas, produtos e principalmente entender suas aspirações, necessidades e preferências. Inicialmente estamos dando foco ao setor de eletroeletrônicos e pretendemos fazê-lo de forma contínua, ampliando a análise para outros setores da economia. Destas famílias com renda até R$ os eletroeletrônicos requisitados são televisores em cores e aparelhos celulares. Por outro lado, aparelhos mais caros, como Notebooks e TV s LCD têm ainda baixa penetração no grupo. Porém, um fator interessante é que 29% do total dos e-consumidores de baixa

7 renda declaram que pretendem adquirir um notebook nos próximos 6 meses, 22% pretendem comprar uma TV LCD, e 26% pretendem adquirir uma câmera digital, produtos objeto de desejo a curto prazo para o segmento. seus aparelhos eletroeletrônicos. As lojas de grande varejo são mais cogitadas por esses consumidores, que não dão grande importância à internet em suas vidas e não se importam com marcas ou etiquetas. Se formos observar esse comparativo de produtos, separados por sexo, é possível notar que, para os homens, produtos como TV LCD, TV de Plasma e DVD de alta definição, são mais cobiçados, por serem mais ligados em tecnologia. Já mais mulheres que homens pretendem adquirir aparelhos de MP3, MP4 e ipod e câmeras fotográficas nos próximos 6 meses. A pesquisa também aponta que os e-consumidores mais jovens são mais propensos a investirem em coqueluches do momento, como MP3/ MP4/ ipod, câmera fotográfica digital e notebooks, enquanto que outros aparelhos, como televisores, celulares, DVDs e computadores têm maior presença entre os chamados cinqüentões. Apesar de tudo, engana-se quem acha que os e-consumidores de baixa renda possuem um perfil único. A pesquisa realizada pela parceria e-bit e Instituto Análise apurou que esses consumidores estão segmentados em três perfis atitudinais distintos. Os controlados (38%), os tomadores de créditos (40%) e os antenados (22%). Os controlados são em maioria homens mais maduros (57% têm mais de 50 anos), e são caracterizados por serem mais conservadores. Com um estilo mais tradicional, não se importam, por exemplo, em usar roupas e marcas que dêem status. Além disso, possuem baixa propensão à tomada de crédito. Diferente dos tomadores de créditos, preferencialmente mulheres, com idade média de 42 anos e costumam considerar o financiamento a melhor forma de comprarem Com um comportamento completamente distinto, aparecem os antenados. O segmento que além de ter um perfil mais feminino e mais jovem (62% têm até 34 anos), são consumidores atentos com novidades e tendências, gostam de freqüentar lugares da moda e movimentados e não se importam de pagar mais caro para usar uma marca ou etiqueta. Os dados apontam que esse segmento de consumidor está mais habituado a compras na web, já que muitos consideram as lojas virtuais para compra de produtos. Pesquisa 2 Menos de 30% das empresas de SP fazem negócios pela internet (05/04/2010) Uso da web para compras e vendas online é mais comum entre as empresas atacadistas e a indústria Pesquisa da Associação Comercial de São Paulo junto a 500 executivos de todos os segmentos indica que 29% das empresas já compram ou vendem pela internet, especialmente as da indústria e do atacado. Não compra nem vende pela internet: 71% Compra: 14% Vende: 7% Compra e vende: 8%

8 Por setores: Comércio atacadista Não compra nem vende: 66% Compra: 15% Vende: 12% Compra e vende: 6% Indústria Não compra nem vende: 68% Compra: 10% Vende: 13% Compra e vende: 9% Serviços Não compra nem vende: 72% Compra: 16% Vende: 3% Compra e vende: 9% Comércio varejista Não compra nem vende: 74% Compra: 14% Vende: 7% Compra e vende: 6% Instituição financeira Não compra nem vende: 76% Compra: 13% Vende: 8% Compra e vende: 3% Segundo a superintendente de marketing da ACSP, Sandra Turchi, entre as empresas que ainda não realizam negócios pela Internet, quase a metade (47%) declara que não o faz por "falta de necessidade de usar esse canal", mas 19% dizem que falta estrutura ou conhecimento para utilizar as ferramentas de comércio eletrônico. "Na minha avaliação, entre as empresas que dizem não ter necessidade existe ainda grande desconhecimento sobre as possibilidades que a web oferece. Há muitas vantagens em investir no comércio online, uma prova disso é a conversão de grandes redes varejistas para o mundo digital. Porém, há cuidados básicos que devem ser tomados na implantação do negócio, como a seleção de fornecedores sérios", opina Sandra. Falta necessidade: 47% Falta estrutura interna/equipe: 13% Não sei como proceder/falta conhecimento: 6% Falta foco nesse assunto/falta tempo: 5% Falta de segurança: 5% Site em construção/elaboração: 4% Produtos não precisam/não são adequados: 3% Produtos específicos para cada cliente: 2% Não tem site/suporte- 2% Nada/nenhum: 13%

9 Das empresas que fazem negócios (29% do total) na internet, 60% têm loja virtual e 64% das compras são de pessoa jurídica, ou seja, mercado B2B. Do total das empresas pesquisadas, aproximadamente 11% fazem e-commerce, ou seja, vendas B2C. Das empresas que fazem e-commerce, a solução logística mais utilizada, além da própria empresa (15%), são os Correios (15%). (Fonte: Reportagem 1 Empresas vendem até apartamento pelo Twitter Perfis das companhias na internet atraem mais consumidores reais A venda foi 100% originada pelo iphone e mostra como o consumidor responde rapidamente às novidades, comemora Romeo Busarello, diretor de internet da Tecnisa. O Grupo Pão de Açúcar é outra empresa que investe nessa interação. Em março, criou o GPA Digital, uma área dedicada aos relacionamentos, negócios, produtos, serviços e processos realizados pela companhia por meio da mídia virtual e que tem como objetivo expandir a interação de suas marcas. Com investimentos de R$ 10 milhões para este ano, estão previstas tarefas como o monitoramento das redes sociais. E consequentemente encaminhamento e recomendação das ações às áreas demandantes; a atualização e construção dos sites da companhia; a manutenção e fortalecimento das marcas na plataforma on-line; a integração das ações online e off-line; e a implantação da estratégia de mobile marketing. As vendas tradicionais estão mudando. E não só pela comodidade das compras on-line. Hoje já há empresas que sabem usar o marketing rápido e direto das redes sociais. A construtora e incorporadora Tecnisa, por exemplo, concluiu em junho do ano passado a venda de seu primeiro apartamento utilizando o Twitter. O comprador levou um apartamento em São Paulo, ao custo de R$ 500 mil. Recentemente, a Tecnisa vendeu outro apartamento com a interatividade da internet, desta vez com um aplicativo do iphone desenvolvido para a empresa que divulga promoções, fotos de imóveis e indica oportunidades próximas com o auxílio de um mapa, tudo pelo celular. Como reflexo dessas ações, a expectativa é gerar maior engajamento de consumidores. Com o crescimento das redes de relacionamento e a evolução da forma como as pessoas se relacionam com as empresas e marcas, entendemos a necessidade de promover uma maior interação, declara Hugo Bethlem, vice-presidente executivo do grupo. Redes sociais viram caminho para economia A empresária Pâmela Vaiano, 27 anos, faz ballet e estava com dificuldades de encontrar uma sapatilha de ponta que fosse confortável e compatível com seu tipo de pé. Resolveu fazer uma pesquisa na internet para ver que tipo as bailarinas indicavam. Cheguei a uma marca americana que foi desenvolvida com uma tecnologia diferente, afirma.

10 Ela resolveu comprar pela internet o modelo. Resultado: direto dos Estados Unidos, teve uma economia de 45% em relação a mesma sapatilha que é vendida em lojas especializadas no Brasil. O caso de Pâmela é emblemático do novo uso da internet para consumo: aproveitar oportunidades para economizar. Ela também já conseguiu comprar passagens aéreas com cerca de 30% de desconto, por um aviso do Twitter. Levantamento da TNS Research International, com mil usuários de internet de ambos os sexos, de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Recife e Salvador mostra que 92% dos usuários de internet pesquisam sobre produtos ou serviços em sites de e-commerce ou comparam preços em websites e 76% procuram essas informações em fóruns ou blogs. Troca de informações é maior benefício Especialistas de tecnologias da internet, como a diretora do idigo, Núcleo de Inteligência Digital, Andrea Dunningham, afirmam que o uso das redes sociais tem como principal benefício para os consumidores a troca de informações. quando os dois lados trocam ideias sobre as marcas. Cada vez mais, ideias trazidas pelos consumidores, por meio de redes sociais, são levadas para as empresas e propiciam uma inovação, finaliza. Habbo é a nova febre adolescente A ideia é essa: um jogo on-line voltado para adolescentes em que eles podem interagir num hotel virtual. Mas o que isso tem a ver com o mundo dos negócios? Muito. O Habbo Hotel, rede social finlandesa, tem 168 milhões de usuários no mundo. Segundo Alisson Pedro, country manager do Habbo Hotel no país, já são 19 milhões de usuários brasileiros. O Habbo Hotel nasceu, em 2000, como um jogo virtual para reunir jovens do mundo todo, mas acabou chamando a atenção de grandes marcas, que viram no site uma poderosa ferramenta de marketing. Marcas como a Unilever, Procter&Gamble, Coca-Cola e Kellogg têm utilizados os quartos do Habbo Hotel para lançar e criar produtos. A rede de fast-food Giraffas, por exemplo, usou o hotel virtual para uma campanha para criar um novo sanduíche. A criação coletiva, Giraburguer, já é vendido nas lojas. Um estudo Nielsen Global Online Consumer Survey mostra isso. A pesquisa pergunta em quem você confia na hora de comprar. Quem aparece no topo na lista, com 90% dos votos, é a rede de amigos e, em segundo lugar, com 70%, mensagens postadas on-line. Jornais e revistas têm 61% e 59%. As redes sociais caminham para ter muita mobilidade. Com um celular, por exemplo, em qualquer lugar será possível trocar informações e opiniões, comenta Andrea. O melhor na relação consumidores/empresas na internet, segundo Andrea, é A rede social Habbo Hotel é o principal produto da empresa finlandesa Sukale e está presente em 31 países, com uma média mensal de dez milhões de visitantes em cada hotel. (Fonte: Agência Bom Dia) Áudio 1 h t t p : / / c b n. g l o b o r a d i o. g l o b o. c o m / p r o g r a m a s / m u n d o - corporativo/2009/12/26/empresas-comecam-a-colocar-a-internet- NOS-SEUS-PLANOS-DE-MARKETING-E-PUBLICIDADE.htm

Vendas Coletivas e publicidade nas indústrias criativas. Laura Fragomeni

Vendas Coletivas e publicidade nas indústrias criativas. Laura Fragomeni Vendas Coletivas e publicidade nas indústrias criativas Laura Fragomeni Agenda Crescimento do E-commerce Modelos de negócio Breve histórico das Vendas Coletivas Vendas Coletivas e o Marketplace Novas Tendências

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

CNPJ: 08017067/0001-40 CREA: 690000893554 APRESENTAÇÃO

CNPJ: 08017067/0001-40 CREA: 690000893554 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO A seguir, teremos uma breve apresentação sobre os números financeiros que circulam na internet para que tenha uma idéia do tamanho do mercado que tem a sua disposição, para que assim, possa

Leia mais

Marketing digital NARCISO SANTAELLA

Marketing digital NARCISO SANTAELLA Marketing digital 1 Introdução As agências de publicidade recorrem ao marketing digital para conquistar o público que hoje tem na web uma das principais fontes de informação. Utilizar todos os recursos

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Principais Estratégias de Web Marketing

Principais Estratégias de Web Marketing Comércio Eletrônico Faculdade de Tecnologia SENAC Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Unidade Curricular: Comércio Eletrônico Edécio Fernando Iepsen (edecio@terra.com.br)

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000).

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000). Comércio Eletrônico É a compra e a venda de informações, produtos e serviços por meio de redes de computadores. (Kalakota, 1997) É a realização de toda a cadeia de valor dos processos de negócios em um

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Aula 3 - Modelos de Negócios na Web Image: FreeDigitalPhotos.net Modelo de negócios Definição clássica "É um método de fazer negócios por meio do qual uma empresa

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico Apostila Comércio Eletrônico e-commerce Professor: Edson Almeida Junior Material compilado por Edson Almeida Junior Disponível em http://www.edsonalmeidajunior.com.br MSN: eajr@hotmail.com E-Mail: eajr@hotmail.com

Leia mais

PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral. João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007

PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral. João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007 PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007 Nova Economia A nova economia está diretamente ligada à velocidade de informações, comunicação, conhecimento, tecnologia.

Leia mais

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente 1. Quais os componentes de um sistema cliente-servidor? Clientes e servidores 2. Na visão do hardware, defina o que é cliente e o que é servidor: Clientes. Qualquer computador conectado ao sistema via

Leia mais

Site de Busca Local e Nacional GUIA URBANUS BRASIL

Site de Busca Local e Nacional GUIA URBANUS BRASIL Site de Busca Local e Nacional GUIA URBANUS BRASIL Banner O Banner, é a forma de propaganda on-line que mais se aproxima da propaganda tradicional e ainda é o tipo de promoção que recebe a maior parte

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

UOL e o Segmento Imobiliário

UOL e o Segmento Imobiliário UOL e o Segmento Imobiliário Já somos mais de 83 milhões de internautas no Brasil 11% NORDESTE 8% NORTE/ CENTRO- OESTE 67% SUDESTE 14% SUL Fonte: Estimativa comscore (outubro/ 2011) 3º meio com mais Penetração

Leia mais

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP Empresa Nome fantasia: Rádio Kiss FM Razão Social: Kiss Telecomunicações LTDA. Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Campinas 107,9 MHz; Brasília 94,1 MHz CNPJ: 59.477.240/0001-24.

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

Introdução ao Google Adwords. Tiago Flores Dias

Introdução ao Google Adwords. Tiago Flores Dias Introdução ao Google Adwords Tiago Flores Dias Introdução Neste aula seguiremos os seguintes tópicos O que é Publicidade Online Conheça o Perfil dos E-consumidores O que são Objetivos de Marketing O que

Leia mais

MARKETING E SEGURANÇA EM COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 3. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

MARKETING E SEGURANÇA EM COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 3. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com MARKETING E SEGURANÇA EM COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 3 MBA Gestão de TI Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com Mesmo que você possua a melhor e mais interessante loja virtual do mundo, você vai precisar fazer

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL 2 + 67.500.000 + 67,5 MILHÕES DE INTERNAUTAS NO BRASIL FONTE: IBOPE/NIELSEN 58.290.000 58,2 MILHOES DE INTERNAUTAS NO BRASIL ACESSAM A INTERNET SEMANALMENTE -87% FONTE:

Leia mais

Comércio Eletrônico AULA 06. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis

Comércio Eletrônico AULA 06. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis Comércio Eletrônico AULA 06 Professora Ms Karen Reis 2011 Sistemas para Internet 1 APRESENTAÇÃO ESTUDOS DE ESTUDOS DE CASOS B2B B2C B2G G2C G2G C2C 2 Os emarketplaces podem ser classificados em verticais

Leia mais

Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Definição Toda atividade de compra e venda realizada com recursos eletrônicos; Uso de mecanismos eletrônicos para a

Leia mais

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO E-COMMERCE NAS PEQUENAS EMPRESAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA

Leia mais

Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Twitter @MarcelAyres Linkedin Meadiciona Renata Cerqueira Diretora de Monitoramento Online. Twitter @renatacbc

Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Twitter @MarcelAyres Linkedin Meadiciona Renata Cerqueira Diretora de Monitoramento Online. Twitter @renatacbc Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Também faz parte, como pesquisador, do Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade. Desenvolve pesquisas sobre Realidade Aumentada, Mídias Digitais

Leia mais

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik

Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Muito ALÉM de uma simples LOJA VIRTUAL. Vanessa Kupczik Mestre em Design (UFPR). MBA e pós-graduação em Marketing (UFPR). Pós-graduada em Web Design (PUCPR). Graduação em Desenho Industrial (UFPR). Técnico

Leia mais

Influência da internet nas decisões de compra femininas

Influência da internet nas decisões de compra femininas Influência da internet nas decisões de compra femininas Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008

Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008 Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008 Direcionar o email marketing - assim como qualquer outra comunicação de acordo com o perfil da audiência é fundamental. Para o ecommerce B2C, existem

Leia mais

Comércio Eletrônico NEGÓCIOS NA INTERNET. Oséias Gomes Komunike EmpresaClick / LojistaOnline

Comércio Eletrônico NEGÓCIOS NA INTERNET. Oséias Gomes Komunike EmpresaClick / LojistaOnline Comércio Eletrônico NEGÓCIOS NA INTERNET Oséias Gomes Komunike EmpresaClick / LojistaOnline OPORTUNIDADES Divulgar, vender e lucrar na internet O QUE SIGNIFICA TER UM COMÉRCIO ELETRÔNICO? VANTAGENS DO

Leia mais

Comércio na internet: muito mais que e-commerce

Comércio na internet: muito mais que e-commerce Comércio na internet: muito mais que e-commerce Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência

Leia mais

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242.

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242. 1 2 Apresentação O Portal Brasil Postos é uma plataforma digital desenvolvida para a geração de negócios, relacionamento e informação para o segmento de postos de combustíveis, lubrificação e Lojas de

Leia mais

Modelos de e-commerce

Modelos de e-commerce Comércio Eletrônico Faculdade de Tecnologia SENAC Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Unidade Curricular: Comércio Eletrônico Edécio Fernando Iepsen (edecio@terra.com.br)

Leia mais

www.artesanatoja.com

www.artesanatoja.com GANHE DINHEIRO COM UMA LOJA VIRTUAL Conheça os principais veículos de vendas online utilizados por artesãos na internet e saiba como é fácil ter uma loja online para ganhar dinheiro já! Sempre que produzimos

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

E-BUSINESS AGENDA. Profª. Kelly Hannel

E-BUSINESS AGENDA. Profª. Kelly Hannel E-BUSINESS Profª. Kelly Hannel AGENDA Evolução da internet nos negócios Conceitos de E-BUSINESS e COMÉRCIO ELETRÔNICO Identificando tendências do E-BUSINESS Quadro das interações possíveis no meio eletrônico

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL?

SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL? SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL? A EVOLUÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO A evolução dos Meios de Comunicação 1990 2000 telex e-mail internet notebook e hoje?? celular MMS TV aberta TV a cabo DVD

Leia mais

TECNOFAGIA MEDIA KIT. www.tecnofagia.com/anuncie anuncie@tecnofagia.com

TECNOFAGIA MEDIA KIT. www.tecnofagia.com/anuncie anuncie@tecnofagia.com TECNOFAGIA MEDIA KIT www.tecnofagia.com/anuncie anuncie@tecnofagia.com O Tecnofagia.com oferece artigos imprescindíveis, sempre voltados para a eficiência da micro e pequena empresa ou usuário de tecnologia,

Leia mais

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook Livro branco 10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook 07/ 2014 www.kontestapp.com Introdução Facebook se tornou incontestavelmente a rede social mais popular do mundo. Com 1 bilhão de usuários

Leia mais

Modelos de Negócios Digitais

Modelos de Negócios Digitais Modelos de Negócios Digitais O que é um modelo de negócio? Um Modelo de Negócios descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor por parte de uma organização. Definição do negócio da empresa Negócio

Leia mais

Panorama do e-commerce tendências e expectativas.

Panorama do e-commerce tendências e expectativas. Panorama do e-commerce tendências e expectativas. As marcas BuscaPé atuam em toda a cadeia de valores do e-commerce na América Latina Ciclo de Compras PERCEPÇÃO INTERESSE DECISÃO AÇÃO PÓS-VENDA REVENDA

Leia mais

E-COMMERCE / LOJA VIRTUAL

E-COMMERCE / LOJA VIRTUAL 1 ÍNDICE 1. WIX SISTEMAS E O /LOJA VIRTUAL 03 1.1.1 GRANDE VARIEDADE DE LAYOUTS E PERSONALIZAÇÃO 03 1.1.2 SERVIDOR E SSL (CADEADO DE SEGURANÇA) COMPARTILHADOS 04 2. RECURSOS 05 3. NOSSOS PLANOS DE /LOJA

Leia mais

O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de

O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de Quem Somos O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de ofertas, com o menor preço, nas melhores lojas do mercado. Há 14 anos no mercado de e-commerce com a credibilidade

Leia mais

O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de

O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de OBRIGADO! 0 Quem Somos O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de ofertas, com o menor preço, nas melhores lojas do mercado. São mais de 10 anos no mercado de e-commerce

Leia mais

E-Mail Marketing: Primeiros Passos

E-Mail Marketing: Primeiros Passos E-Mail Marketing: Primeiros Passos E-Mail Marketing: Primeiros Passos Aprenda a utilizar o email marketing para alavancar o seu negócio O Marketing Digital vem ganhando cada vez mais força entre as empresas

Leia mais

23ª edição. Índice. Copyright e-bit Todos os Direitos Reservados. O que é WebShoppers... 03. A e-bit... 04

23ª edição. Índice. Copyright e-bit Todos os Direitos Reservados. O que é WebShoppers... 03. A e-bit... 04 Índice O que é WebShoppers... 03 A e-bit... 04 Dados WebShoppers: Metodologia... 06 Sumário Executivo... 08 Estrutura do Relatório... 09 Parte I Balanço de 2010... 10 2010: Um ano para se lembrar! Quanto

Leia mais

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Manuel Matos

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Manuel Matos Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico Manuel Matos Camara-e.net Pressupostos Visão A Economia Digital será a base do desenvolvimento sustentável e a principal fonte de geração de riqueza das nações

Leia mais

VISÃO GERAL DO COMÉRCIO ELETRÔNICO

VISÃO GERAL DO COMÉRCIO ELETRÔNICO VISÃO GERAL DO COMÉRCIO ELETRÔNICO Profº Celio Conrado Sumário 1.1 - Definições e conceitos do Comércio Eletrônico... 4 COMÉRCIO ELETRÔNICO... 4 E-BUSINESS... 4 ESTATÍSTICA DO DESEMPENHO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO

Leia mais

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR josuevitor16@gmail.com @josuevitor Marketing Digital Como usar a internet

Leia mais

22ª edição. Índice. Copyright e-bit Todos os Direitos Reservados. O que é WebShoppers... 03

22ª edição. Índice. Copyright e-bit Todos os Direitos Reservados. O que é WebShoppers... 03 Índice O que é WebShoppers...... 03 A e-bit... 04 Dados WebShoppers: Metodologia...... 06 Sumário Executivo... 08 Estrutura do Relatório... 09 Parte I Balanço do 1 semestre de 2010... 10 Meio ano de puro

Leia mais

Monitor Acision de Valor Agregado Móvel (MAVAM) 7ª Edição -Março / 2011

Monitor Acision de Valor Agregado Móvel (MAVAM) 7ª Edição -Março / 2011 Monitor Acision de Valor Agregado Móvel (MAVAM) 7ª Edição -Março / 2011 VAS América Latina Fonte: Convergencia Research 2 MAVAM Mudanças metodológicas e de escopo Tema especial desta edição: Marketing

Leia mais

TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion. Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física

TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion. Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física Conteúdo! O mercado da moda! Vantagens da solução TOTVS + Megafashion! Layout da loja! Valores! Degustação!

Leia mais

Mobile Report. Dezembro/2013

Mobile Report. Dezembro/2013 Mobile Report Dezembro/2013 Patrocinadores INTRO MOBILE REPORT Conhecer o cenário mobile tornou-se essencial para uma visão completa do consumo nas diferentes telas e plataformas MOBILE REPORT A solução

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital Curso de Ecommerce Aula: Marketing Digital Fernando Laudino @espm ci@espm.br Quem sou? Fernando Laudino Bacharel em Direito, com MBA em Identidade Empresarial pela AMF-RS e Gestão Escolar na Anhembi Morumbi.

Leia mais

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br MARKETING DIGITAL Ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

Crescimento dos meios 2007 x 2008* 18% 18% 13% 12% 10% 10% A Internet é a mídia que mais cresceu no Brasil em 2008

Crescimento dos meios 2007 x 2008* 18% 18% 13% 12% 10% 10% A Internet é a mídia que mais cresceu no Brasil em 2008 Mídia Kit Internet Crescimento dos meios 2007 x 2008* Internet TV por assinatura Rádio Cinema Revista Televisão Mídia Exterior Jornal 18% 18% 13% 12% 10% 10% 26% 44% A Internet é a mídia que mais cresceu

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

BlogAuto internet Internet 6.000 24 milhões www.interconectada.com.br - interconectada@interconectada.com.br

BlogAuto internet Internet 6.000 24 milhões www.interconectada.com.br - interconectada@interconectada.com.br O BlogAuto surgiu com a missão de falar de carros, motos e do mercado automobilístico em geral de maneira independente e informal, sem preocupação em agradar a este ou aquele fabricante. Oferecemos um

Leia mais

apresentação iagente shop

apresentação iagente shop apresentação iagente shop Rua Sport Clube São José, 54 506. Porto Alegre Rio Grande do Sul CEP: 91030-510 Fone: (51) 3398.7638 e-mail: www.iagenteshop.com.br www.iagente.com.br Data: 01 de Abril de 2009

Leia mais

Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna. Elaborado por: Prof. Daniel Chu

Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna. Elaborado por: Prof. Daniel Chu Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna Elaborado por: Prof. Daniel Chu Bibliografia Recomendada para a Aula 2 Torres, Claudio - A Bíblia do Marketing

Leia mais

ecommerce 25.fev.2012 http://www.kso.com.br/kso/fce/

ecommerce 25.fev.2012 http://www.kso.com.br/kso/fce/ ecommerce 4 25.fev.2012 http://www.kso.com.br/kso/fce/ ecommerce Recapitulando Elementos Básicos Análise de Segmentação Análise SWOT/TOW Considerações Finais ecommerce Conceitos Básicos Principais Elementos

Leia mais

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS www.espm.br/centraldecases Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Preparado pelo Prof. Vicente Martin Mastrocola, da ESPM SP. Disciplinas

Leia mais

RESUMO. Palavras-chave: E-Businne. E-Commerce. Comércio eletrônico. ABSTRACT

RESUMO. Palavras-chave: E-Businne. E-Commerce. Comércio eletrônico. ABSTRACT E-BUSINESS E E-COMMERCE Adriano de Mello RESUMO Comércio Eletrônico é o canal mais moderno e simples de vendas e pode ser acessado através do meio eletrônico mais popular nos dias de hoje, ou seja, a INTERNET.

Leia mais

O QUE PRECISAMOS SABER PARA IMPLANTAR UM COMÉRCIO ELETRÔNICO BEM SUCEDIDO

O QUE PRECISAMOS SABER PARA IMPLANTAR UM COMÉRCIO ELETRÔNICO BEM SUCEDIDO O QUE PRECISAMOS SABER PARA IMPLANTAR UM COMÉRCIO ELETRÔNICO BEM SUCEDIDO CONCEITUAÇÃO Comércio Eletrônico (E-Commerce provém de Electronic Commerce ) - termo usado para identificar um sistema comercial

Leia mais

VALORES MISSÃO. "Ética nos negócios e no relacionamento com nossos colaboradores, comprometimento e transparência com nossos clientes e parceiros".

VALORES MISSÃO. Ética nos negócios e no relacionamento com nossos colaboradores, comprometimento e transparência com nossos clientes e parceiros. Media Kit 2015 A DRT Brasil é inovadora quando o assunto é Comunicação e Publicidade Digital, além de ser uma empresa jovem e arrojada em seus projetos. Iniciou suas operações com muito otimismo e trabalho,

Leia mais

Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia

Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia Missão do IAB Brasil Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Criar

Leia mais

Portal FENAM e Ambientes 2.0 Plano de comunicação digital 2010/2011

Portal FENAM e Ambientes 2.0 Plano de comunicação digital 2010/2011 Plano de Monetização Portal FENAM e Ambientes 2.0 Plano de comunicação digital 2010/2011 Brasília, 03 de dezembro de 2010 APRESENTAÇÃO Criado em Brasília em 2008, o Portal FENAM tem uma proposta única

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais Sumário 1 -LANDING PAGE...2 1.1)Layout, texto e produção do HTML...2 2 -MÍDIA...2 2.1)Planejamento de mídia...2 2.2)Criação das Campanhas...2 2.3)Mensuração dos resultados...2 2.4)Criação e Produção das

Leia mais

Dicas e orientações sobre o e-commerce de roupas e acessórios

Dicas e orientações sobre o e-commerce de roupas e acessórios Boas Práticas em Moda Online Dicas e orientações sobre o e-commerce de roupas e acessórios Boas Práticas em Moda Online 1 Expediente 2015 Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae

Leia mais

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO.

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. São Paulo - SP 2016 RENAN ROCHA ALVES - RA: 6448758 E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING

Leia mais

A sua Empresa. parceira, patrocinadora oficial do. melhor, mais completo e mais acesssado PORTAL DE BAIRROS DO BRASIL. 1067 regiões em todo país.

A sua Empresa. parceira, patrocinadora oficial do. melhor, mais completo e mais acesssado PORTAL DE BAIRROS DO BRASIL. 1067 regiões em todo país. A sua Empresa parceira, patrocinadora oficial do maior, 50 melhor, mais completo e mais acesssado PORTAL DE BAIRROS DO BRASIL. 1067 regiões em todo país. 1.000.000 de acessos. Mais de 5.000.000 de visualizações.

Leia mais

MARKETING DIGITAL MARKETING DIGITAL

MARKETING DIGITAL MARKETING DIGITAL MARKETING SUMÁRIO Empresa Digital Criação de Sites e Hotsites Desenvolvimento de E-Commerce Criação de E-mail Marketing Criação de Campanha com Facebook ADS Google Adwords - Link Patrocinado Gerenciamento

Leia mais

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes?

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes? Escola Superior de Gestão e Tecnologia Comércio eletrônico Mercados digitais, mercadorias digitais Prof. Marcelo Mar3ns da Silva Objetivos de estudo Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as

Leia mais

Proposta Comercial. São Leopoldo, 30 de Julho de 2015. À Natural Tech Nutrição Esportiva. Aos cuidados de Everton Lopes. Prezado,

Proposta Comercial. São Leopoldo, 30 de Julho de 2015. À Natural Tech Nutrição Esportiva. Aos cuidados de Everton Lopes. Prezado, São Leopoldo, 30 de Julho de 2015 Proposta Comercial À Natural Tech Nutrição Esportiva Aos cuidados de Everton Lopes Prezado, Apresento à V. Sra., proposta de registro de Domínio, Hospedagem em revenda

Leia mais

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização: Comércio Eletrônico FTS Faculdade Taboão da Serra Curso de Administração de Sistemas de Informações Disciplina: Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Leia mais

REDES SOCIAIS PARA PEQUENAS EMPRESAS

REDES SOCIAIS PARA PEQUENAS EMPRESAS REDES SOCIAIS PARA PEQUENAS EMPRESAS Entenda a importância da utilização das Redes Sociais para a sua pequena empresa e conheça os fundamentos necessários para obter resultados positivos com a sociabilidade.

Leia mais

O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento CONSUMIDORES (EM MILHÕES) 23,4 18,7 R$ 328 R$ 335 R$ 373 R$ 350 R$ 342 R$ 350

O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento CONSUMIDORES (EM MILHÕES) 23,4 18,7 R$ 328 R$ 335 R$ 373 R$ 350 R$ 342 R$ 350 ARTESANATO BOLETIM COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio eletrônico (e-commerce) é um setor em crescimento Em 2012, o faturamento foi de R$ 22,5 bilhões no Brasil, e de aproximadamente R$ 28 bilhões em 2013.

Leia mais

efagundes com Curso Online sobre Comércio Eletrônico Eduardo Mayer Fagundes

efagundes com Curso Online sobre Comércio Eletrônico Eduardo Mayer Fagundes Curso Online sobre Comércio Eletrônico Eduardo Mayer Fagundes 1 Programa do Curso 1. Os consumidores 2. A Tecnologia 3. Marketing Digital 4. Logística 5. Meios de Pagamento 2 O Consumidor O objetivo do

Leia mais

O que é Black Fraude?... Como comunicar seus clientes sobre sua participação na Black Friday... Como Manter seu site seguro para a Black Friday?...

O que é Black Fraude?... Como comunicar seus clientes sobre sua participação na Black Friday... Como Manter seu site seguro para a Black Friday?... Conteúdo do ebook O que é Black Fraude?... Como comunicar seus clientes sobre sua participação na Black Friday... Como Manter seu site seguro para a Black Friday?... Deixando sua loja virtual mais rápida

Leia mais

.net. Convidar. Eventos e Convites. www.convidar.net

.net. Convidar. Eventos e Convites. www.convidar.net www.convidar.net.net Convidar Eventos e Convites Convidar.net Eventos e Convites Junho/2013 Anuncie no Convidar.Net e receba mais visitas no seu site Capa ------------------------------------------------

Leia mais

Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas

Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas SEGMENTOS DE ATUAÇÃO Encomendas Mensagens Financeiro Digital Logística Integrada Conveniência Marketing Direto Serviços Internacionais SEGMENTOS

Leia mais

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Afinal, tudo começa em sua maneira de pensar. E marketing é isto, uma questão de posicionamento. PROPOSTA DE SERVIÇOS Logotipos Web Sites Lojas

Leia mais

PESQUISA SOBRE MERCADO ERÓTICO E SENSUAL BRASILEIRO 2014

PESQUISA SOBRE MERCADO ERÓTICO E SENSUAL BRASILEIRO 2014 PESQUISA SOBRE MERCADO ERÓTICO E SENSUAL BRASILEIRO 2014 www.brazilpanels.com.br www.abeme.com.br www.abcomm.com.br INTRODUÇÃO A pesquisa sobre o Mercado Erótico e Sensual Brasileiro 2014 teve uma iniciativa

Leia mais

Consultoria em Marketing Online

Consultoria em Marketing Online Consultoria em Marketing Online Objetivo Hoje com a Internet muitos de nossos clientes, usuários, interessados e outros acessam nosso website, nossas rede sociais ao invés de ligar, mandar um e-mail ou

Leia mais

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Extra, Extra notícias fresquinhas Você pode ter uma loja que funciona 24hs, inclusive aos domingos e feriados, não paga aluguel e nem condomínio

Leia mais

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu Desembaraço Informações da indústria como você nunca viu Introdução É uma ferramenta dominada pela geração Y, mas que foi criada pela geração X. Ela aproxima quem está longe e tem distanciado quem está

Leia mais

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Março 2015 1. PANORAMA DO CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Eletroeletrônicos, livros e calçados foram os itens mais comprados em 2014. Índice de satisfação do consumidor virtual brasileiro

Leia mais

Criação de Sites - Lojas Virtuais - Anúncios - Divulgação no Google - Redes Sociais

Criação de Sites - Lojas Virtuais - Anúncios - Divulgação no Google - Redes Sociais Criação de Sites - Lojas Virtuais - Anúncios - Divulgação no Google - Redes Sociais 1 Veja porque você precisa de um site mobile SITE PARA CELULAR 50% das buscas pela internet são feitas por celulares

Leia mais

PROPOSTA DE VEICULAÇÃO ONLINE NO PORTAL DO TRÂNSITO www.portaldotransito.com.br

PROPOSTA DE VEICULAÇÃO ONLINE NO PORTAL DO TRÂNSITO www.portaldotransito.com.br PROPOSTA DE VEICULAÇÃO ONLINE NO PORTAL DO TRÂNSITO www.portaldotransito.com.br Cenário de Trânsito no Brasil e o Portal do Trânsito O cenário do trânsito atual não é nada animador. Segundo especialistas

Leia mais

Um pouco de nossa história Conheça um pouco de nosso crescimento.

Um pouco de nossa história Conheça um pouco de nosso crescimento. MIDIA KIT Um pouco de nossa história Conheça um pouco de nosso crescimento. O site nasceu da expansão do blog Recomendação de Notebook, que já havia atingido a marca de 1,9 milhão de pageviews em pouco

Leia mais

28/08/2015. e-business. Reflita...

28/08/2015. e-business. Reflita... e-business Reflita... 1 Você topa um desafio? Desafio A Universidade dos Negócios é uma empresa jovem na área de Cursos e Treinamentos, consultoria empresarial e palestras. Ela agrega, através de agenciamento,

Leia mais