SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER"

Transcrição

1 SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 4ª SEMANA DE MARÇO A entrevista do presidente Carlos Loureiro para a Reuters sobre a reunião no MDIC continua recebendo destaque da mídia. Reproduções da reportagem do jornalista Alberto Alerigi Jr. foram publicadas nos portais Último Instante, Infomet, Guia dos Metais, entre outros. O press release desenvolvido pela SD&PRESS Consultoria abordando os cursos promovidos pelo Sindisider no primeiro semestre foi veiculado nos sites Grandes Construções, Inteligemcia, Fator, Segs e Metálica. Outro release divulgado essa semana, com o balanço do setor de distribuição de aço, recebeu destaque de veículos como DCI, Monitor Mercantil, Canal Executivo, Guia Marítimo, entre outros. Também com base no release, mas utilizando o Inda como fonte, a Agência Estado desenvolveu nota sobre o desempenho do setor. O material foi replicado em portais como da revista Veja, Estadão, Yahoo, R7, MSN, e no jornal O Estado do Paraná. Nas notícias do setor, ênfase para reportagem especial da Isto É Dinheiro, que trata dos investimentos no setor de mineração no país. A revista destaca a mineradora britânica Anglo American e o projeto Minas-Rio, que é o maior investimento da empresa no mundo, com orçamento de R$ 5,8 bilhões. A multinacional promete dar trabalho para as concorrentes brasileiras Vale, MMX e CSN e para outras mineradoras internacionais instaladas no país.

2 01 SINDISIDER Indústria do aço se alia para cobrar apoio do governo SÃO PAULO, 15 Mar (Reuters) - Vários setores da cadeia de aço brasileira se aliaram para cobrar do governo medidas que contenham importações e ajudem a indústria da transformação a melhorar sua competitividade e a enfrentar o que chamam de desindustrialização do país. Entidades nem sempre muito aliadas como Instituto Aço Brasil (IABr), das usinas siderúrgicas, Sindisider (da distribuição de aços planos) e Abimaq (de máquinas e equipamentos) devem se reunir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na próxima segunda-feira, com uma pauta que inclui também a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Segundo o Sindisider, a importação indireta de aço pelo Brasil, na forma de produtos acabados como automóveis e máquinas, disparou 113,6 por cento em A produção nacional de aço bruto, enquanto isso, subiu 6,8 por cento, para 35 milhões de toneladas. Além das três entidades, o encontro de segunda-feira reunirá representantes dos setores elétrico e eletrônico (Abinee), construção metálica (ABCEM), fundição (Abifa), aço inoxidável (Abinox), tubos (Abitam), ferroviário (Simefre) e da indústria plástica (Abiplast). "Quando pega fogo na floresta, todo mundo corre junto. Estamos hoje com fogo na floresta. Ninguém está preocupado se aço está barato ou caro. A desinsdustrialização está muito forte", afirmou o presidente do Sindisider, Carlos Loureiro. "Hoje há sentimento geral de que já se percebe, tanto o governo, quanto os agentes econômicos, que não existe um choro generalizado (...) Hoje está muito claro que estamos vivendo um problema", disse Loureiro. Ele lembrou que em 2011 a indústria de transformação cresceu parco 0,1 por cento, enquanto a produção de veículos no Brasil expandiu 0,7 por cento "porque de cada quatro carros vendidos no Brasil no ano passado, um foi importado". A reunião acontecerá em meio à desaceleração da indústria brasileira, cuja produção caiu 2,1 por cento em janeiro ante dezembro, na maior redução mensal desde dezembro de O encontro também ocorre perto da divulgação pelo governo de medidas de incentivo à indústria, em complementação ao chamado Plano Brasil Maior, lançado no ano passado. Nesta quinta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com representantes de quatro outros setores industriais - têxtil, moveleiro, autopeças e aeroespacial- para discutir medidas de desoneração da folha de pagamento. Link:

3 SINDISIDER vai ao MDIC apresentar medidas complementares ao Planos Brasil Maior 15/03/12 Em encontro com o ministro Fernando Pimentel, presidente da entidade abordará a necessidade de restrição à entrada de aço indireto no país e a urgência da unificação nacional da cobrança do ICMS O SINDISIDER, Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos, integra a comissão que será recebida pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, no próximo dia 19 de março. O presidente da entidade, Carlos Jorge Loureiro, apresentará propostas de medidas complementares para o "PLANO BRASIL MAIOR" em audiência na sede do MDIC, em Brasília. "Pretendemos expor as dificuldades enfrentadas pela indústria de transformação brasileira e a necessidade da restrição à entrada de aço indireto no país, que aumentou expressivos 113,6% apenas em 2011", explica Carlos Loureiro. Outro assunto que deve dominar a pauta de discussão é a unificação do ICMS, uma das principais bandeiras defendidas pelo SINDISIDER. "A diferença de impostos entre os estados prejudica o setor. Com a tarifa única, todas as unidades da federação podem praticar preços competitivos, fortalecendo a cadeia da distribuição de aços planos", conclui Loureiro. Também participam do encontro representantes da ABIMAQ, ABCEM, ABIFA, ABINEE, ABINOX, ABIPLAST, ABITAM, IABr e SIMEFRE. SINDISIDER Entidade legalmente constituída e sem fins lucrativos, o SINDISIDER tem o objetivo de defender os interesses das empresas distribuidoras e revendedoras de produtos siderúrgicos. Além de representar este segmento frente aos órgãos do governo, o sindicato atua, ao lado do INDA Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço, no desenvolvimento, fortalecimento e aumento da competitividade de pequenas, médias e grandes empresas distribuidoras e revendedoras de aço no Brasil. O SINDISIDER possui sede em São Paulo e regionais em Belo Horizonte e Porto Alegre. Link:

4 Indústria do aço se alia para cobrar apoio do governo Alberto Alerigi Jr. Vários setores da cadeia de aço brasileira se aliaram para cobrar do governo medidas que contenham importações e ajudem a indústria da transformação a melhorar sua competitividade e a enfrentar o que chamam de desindustrialização do país. Entidades nem sempre muito aliadas como Instituto Aço Brasil (IABr), das usinas siderúrgicas, Sindisider (da distribuição de aços planos) e Abimaq (de máquinas e equipamentos) devem se reunir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na próxima segunda-feira, com uma pauta que inclui também a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Segundo o Sindisider, a importação indireta de aço pelo Brasil, na forma de produtos acabados como automóveis e máquinas, disparou 113,6 por cento em A produção nacional de aço bruto, enquanto isso, subiu 6,8 por cento, para 35 milhões de toneladas. Além das três entidades, o encontro de segunda-feira reunirá representantes dos setores elétrico e eletrônico (Abinee), construção metálica (ABCEM), fundição (Abifa), aço inoxidável (Abinox), tubos (Abitam), ferroviário (Simefre) e da indústria plástica (Abiplast). "Quando pega fogo na floresta, todo mundo corre junto. Estamos hoje com fogo na floresta. Ninguém está preocupado se aço está barato ou caro. A desinsdustrialização está muito forte", afirmou o presidente do Sindisider, Carlos Loureiro. "Hoje há sentimento geral de que já se percebe, tanto o governo, quanto os agentes econômicos, que não existe um choro generalizado (...) Hoje está muito claro que estamos vivendo um problema", disse Loureiro. Ele lembrou que em 2011 a indústria de transformação cresceu parco 0,1 por cento, enquanto a produção de veículos no Brasil expandiu 0,7 por cento "porque de cada quatro carros vendidos no Brasil no ano passado, um foi importado". A reunião acontecerá em meio à desaceleração da indústria brasileira, cuja produção caiu 2,1 por cento em janeiro ante dezembro, na maior redução mensal desde dezembro de O encontro também ocorre perto da divulgação pelo governo de medidas de incentivo à indústria, em complementação ao chamado Plano Brasil Maior, lançado no ano passado. Nesta quinta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com representantes de quatro outros setores industriais - têxtil, moveleiro, autopeças e aeroespacial- para discutir medidas de desoneração da folha de pagamento. Fonte: Reuters Seção: Siderurgia Publicação: 16/03/2012

5 Sindsider vai ao Mdic apresentar medidas complementares ao plano Brasil Maior Em encontro com o ministro Fernando Pimentel, presidente da entidade abordará a necessidade de restrição à entrada de aço indireto no país e a urgência da unificação nacional da cobrança do ICMS O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider), integra a comissão que será recebida pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, no próximo dia 19 de março. O presidente da entidade, Carlos Jorge Loureiro, apresentará propostas de medidas complementares para o Plano Brasil Maior em audiência na sede do MDIC, em Brasília. Pretendemos expor as dificuldades enfrentadas pela indústria de transformação brasileira e a necessidade da restrição à entrada de aço indireto no país, que aumentou expressivos 113,6% apenas em 2011, explica Carlos Loureiro. Outro assunto que deve dominar a pauta de discussão é a unificação do ICMS, uma das principais bandeiras defendidas pelo SINDISIDER. A diferença de impostos entre os estados prejudica o setor. Com a tarifa única, todas as unidades da federação podem praticar preços competitivos, fortalecendo a cadeia da distribuição de aços planos, conclui Loureiro. Também participam do encontro representantes da Abimaq, ABCEM, ABIFA, Abinee, Abinox, Abiplast, ABITAM, IABr e Simefre. Sindisider -Entidade legalmente constituída e sem fins lucrativos, o Sindisider tem o objetivo de defender os interesses das empresas distribuidoras e revendedoras de produtos siderúrgicos. Além de representar este segmento frente aos órgãos do governo, o sindicato atua, ao lado do INDA Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço, no desenvolvimento, fortalecimento e aumento da competitividade de pequenas, médias e grandes empresas distribuidoras e revendedoras de aço no Brasil. O Sindisider possui sede em São Paulo e regionais em Belo Horizonte e Porto Alegre. Fonte: Portal Fator Brasil Link:

6 Indústria do aço se alia para cobrar apoio do governo Vários setores da cadeia de aço brasileira se aliaram para cobrar do governo medidas que contenham importações e ajudem a indústria da transformação a melhorar sua competitividade e a enfrentar o que chamam de desindustrialização do País. Entidades nem sempre muito aliadas como Instituto Aço Brasil (IABr), das usinas siderúrgicas, Sindisider (da distribuição de aços planos) e Abimaq (de máquinas e equipamentos) devem se reunir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na próxima segunda-feira, com uma pauta que inclui também a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Segundo o Sindisider, a importação indireta de aço pelo Brasil, na forma de produtos acabados como automóveis e máquinas, disparou 113,6% em A produção nacional de aço bruto, enquanto isso, subiu 6,8%, para 35 milhões de t. Além das três entidades, o encontro de segunda-feira reunirá representantes dos setores elétrico e eletrônico (Abinee), construção metálica (ABCEM), fundição (Abifa), aço inoxidável (Abinox), tubos (Abitam), ferroviário (Simefre) e da indústria plástica (Abiplast). "Quando pega fogo na floresta, todo mundo corre junto. Estamos hoje com fogo na floresta. Ninguém está preocupado se aço está barato ou caro. A desinsdustrialização está muito forte", afirmou o presidente do Sindisider, Carlos Loureiro. "Hoje há sentimento geral de que já se percebe, tanto o governo, quanto os agentes econômicos, que não existe um choro generalizado (...) Hoje está muito claro que estamos vivendo um problema", disse Loureiro. Ele lembrou que em 2011 a indústria de transformação cresceu parco 0,1%, enquanto a produção de veículos no Brasil expandiu 0,7% "porque de cada quatro carros vendidos no Brasil no ano passado, um foi importado". A reunião acontecerá em meio à desaceleração da indústria brasileira, cuja produção caiu 2,1% em janeiro ante dezembro, na maior redução mensal desde dezembro de O encontro também ocorre perto da divulgação pelo governo de medidas de incentivo à indústria, em complementação ao chamado Plano Brasil Maior, lançado no ano passado. Nesta quinta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com representantes de quatro outros setores industriais - têxtil, moveleiro, autopeças e aeroespacial - para discutir medidas de desoneração da folha de pagamento. Link:

7 Indústria do aço se alia para cobrar apoio do governo Vários setores da cadeia de aço brasileira se aliaram para cobrar do governo medidas que contenham importações e ajudem a indústria da transformação a melhorar sua competitividade e a enfrentar o que chamam de desindustrialização do país. Entidades nem sempre muito aliadas como Instituto Aço Brasil (IABr), das usinas siderúrgicas, Sindisider (da distribuição de aços planos) e Abimaq (de máquinas e equipamentos) devem se reunir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na próxima segunda-feira, com uma pauta que inclui também a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Segundo o Sindisider, a importação indireta de aço pelo Brasil, na forma de produtos acabados como automóveis e máquinas, disparou 113,6 por cento em A produção nacional de aço bruto, enquanto isso, subiu 6,8 por cento, para 35 milhões de toneladas. Além das três entidades, o encontro de segunda-feira reunirá representantes dos setores elétrico e eletrônico (Abinee), construção metálica (ABCEM), fundição (Abifa), aço inoxidável (Abinox), tubos (Abitam), ferroviário (Simefre) e da indústria plástica (Abiplast). "Quando pega fogo na floresta, todo mundo corre junto. Estamos hoje com fogo na floresta. Ninguém está preocupado se aço está barato ou caro. A desinsdustrialização está muito forte", afirmou o presidente do Sindisider, Carlos Loureiro. "Hoje há sentimento geral de que já se percebe, tanto o governo, quanto os agentes econômicos, que não existe um choro generalizado (...) Hoje está muito claro que estamos vivendo um problema", disse Loureiro. Ele lembrou que em 2011 a indústria de transformação cresceu parco 0,1 por cento, enquanto a produção de veículos no Brasil expandiu 0,7 por cento "porque de cada quatro carros vendidos no Brasil no ano passado, um foi importado". A reunião acontecerá em meio à desaceleração da indústria brasileira, cuja produção caiu 2,1 por cento em janeiro ante dezembro, na maior redução mensal desde dezembro de O encontro também ocorre perto da divulgação pelo governo de medidas de incentivo à indústria, em complementação ao chamado Plano Brasil Maior, lançado no ano passado. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com representantes de quatro outros setores industriais - têxtil, moveleiro, autopeças e aeroespacial- para discutir medidas de desoneração da folha de pagamento. Fonte: Reuters Link:

8 Sindisider debate medidas complementares para o Brasil Maior O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider) vai ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) no próximo dia 19 de março para apresentar propostas de medidas complementares para o Plano Brasil Maior. Pretendemos expor as dificuldades enfrentadas pela indústria de transformação brasileira e a necessidade da restrição à entrada de aço indireto no país, que aumentou expressivos 113,6% apenas em 2011, explica Carlos Loureiro, presidente da entidade. O Sindisider também defende é a unificação do ICMS. A diferença de impostos entre os estados prejudica o setor. Com a tarifa única, todas as unidades da federação podem praticar preços competitivos, fortalecendo a cadeia da distribuição de aços planos, conclui Loureiro. Participam do encontro também representantes da Abimaq, Abcem, Abifa, Abinee, Abinox, Abiplast, Abitam, IABr e Simefre. Link:

9 Indústria do aço se alia para cobrar apoio do governo Divulgação SÃO PAULO - Vários setores da cadeia de aço brasileira se aliaram para cobrar do governo medidas que contenham importações e ajudem a indústria da transformação a melhorar sua competitividade e a enfrentar o que chamam de desindustrialização do país. Informou a Agência Estado Entidades nem sempre muito aliadas como Instituto Aço Brasil (IABr), das usinas siderúrgicas, Sindisider (da distribuição de aços planos) e Abimaq (de máquinas e equipamentos) devem se reunir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na próxima segunda-feira(19), com uma pauta que inclui também a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Segundo o Sindisider, a importação indireta de aço pelo Brasil, na forma de produtos acabados como automóveis e máquinas, disparou 113,6 por cento em A produção nacional de aço bruto, enquanto isso, subiu 6,8 por cento, para 35 milhões de toneladas. Além das três entidades, o encontro de segunda-feira(19), reunirá representantes dos setores elétrico e eletrônico (Abinee), construção metálica (ABCEM), fundição (Abifa), aço inoxidável (Abinox), tubos (Abitam), ferroviário (Simefre) e da indústria plástica (Abiplast). "Quando pega fogo na floresta, todo mundo corre junto. Estamos hoje com fogo na floresta. Ninguém está preocupado se aço está barato ou caro. A desindustrialização está muito forte", afirmou o presidente do Sindisider, Carlos Loureiro. "Hoje há sentimento geral de que já se percebe, tanto o governo, quanto os agentes econômicos, que não existe um choro generalizado (...) Hoje está muito claro que estamos vivendo um problema", disse Loureiro. Ele lembrou que em 2011 a indústria de transformação cresceu parco 0,1 por cento, enquanto a produção de veículos no Brasil expandiu 0,7 por cento "porque de cada quatro carros vendidos no Brasil no ano passado, um foi importado". A reunião acontecerá em meio à desaceleração da indústria brasileira, cuja produção caiu 2,1 por cento em janeiro ante dezembro, na maior redução mensal desde dezembro de O encontro também ocorre perto da divulgação pelo governo de medidas de incentivo à indústria, em complementação ao chamado Plano Brasil Maior, lançado no ano passado. Link: governo/

10 Indústria do aço se alia para cobrar apoio do governo Alberto Alerigi Jr. Vários setores da cadeia de aço brasileira se aliaram para cobrar do governo medidas que contenham importações e ajudem a indústria da transformação a melhorar sua competitividade e a enfrentar o que chamam de desindustrialização do país. Entidades nem sempre muito aliadas como Instituto Aço Brasil (IABr), das usinas siderúrgicas, Sindisider (da distribuição de aços planos) e Abimaq (de máquinas e equipamentos) devem se reunir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na próxima segunda-feira, com uma pauta que inclui também a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Segundo o Sindisider, a importação indireta de aço pelo Brasil, na forma de produtos acabados como automóveis e máquinas, disparou 113,6 por cento em A produção nacional de aço bruto, enquanto isso, subiu 6,8 por cento, para 35 milhões de toneladas. Além das três entidades, o encontro de segunda-feira reunirá representantes dos setores elétrico e eletrônico (Abinee), construção metálica (ABCEM), fundição (Abifa), aço inoxidável (Abinox), tubos (Abitam), ferroviário (Simefre) e da indústria plástica (Abiplast). "Quando pega fogo na floresta, todo mundo corre junto. Estamos hoje com fogo na floresta. Ninguém está preocupado se aço está barato ou caro. A desinsdustrialização está muito forte", afirmou o presidente do Sindisider, Carlos Loureiro. "Hoje há sentimento geral de que já se percebe, tanto o governo, quanto os agentes econômicos, que não existe um choro generalizado (...) Hoje está muito claro que estamos vivendo um problema", disse Loureiro. Ele lembrou que em 2011 a indústria de transformação cresceu parco 0,1 por cento, enquanto a produção de veículos no Brasil expandiu 0,7 por cento "porque de cada quatro carros vendidos no Brasil no ano passado, um foi importado". A reunião acontecerá em meio à desaceleração da indústria brasileira, cuja produção caiu 2,1 por cento em janeiro ante dezembro, na maior redução mensal desde dezembro de O encontro também ocorre perto da divulgação pelo governo de medidas de incentivo à indústria, em complementação ao chamado Plano Brasil Maior, lançado no ano passado. Nesta quinta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com representantes de quatro outros setores industriais - têxtil, moveleiro, autopeças e aeroespacial- para discutir medidas de desoneração da folha de pagamento. Fonte: InfoMet / Reuters Link:

11 Sindisider investe em capacitação profissional para driblar desafios atuais do setor siderúrgico Sindicado promove workshops em São Paulo para aumentar a comercialização de aço e preparar os profissionais para a atual realidade do mercado O setor de distribuição de aço enfrenta grandes desafios no Brasil. Com o avanço nas importações indiretas do produto, que registraram alta de mais de 110% só em 2011; a forte concorrência de produtos importados, puxada pela baixa do dólar e pelos incentivos favoráveis; a diferença na cobrança de ICMS nos estados, que acarretam em guerras fiscais; a queda no consumo de aço per capita no Brasil e margens de lucro cada vez mais apertadas, o segmento um dos principais quando falamos de desenvolvimento nacional tem se reinventado e buscado soluções para continuar avançando e representativo nacionalmente. Com esse foco, o SINDISIDER, Sindicato Nacional dos Distribuidores e Revendedores de Produtos Siderúrgicos, busca investir na capacitação profissional dos vendedores de empresas associadas e não associadas em São Paulo, o maior mercado siderúrgico do Brasil. Segundo a entidade, a formação do profissional ajuda o setor a superar os problemas enfrentados e promove o avanço na comercialização do produto. A distribuição de aço precisa se fortalecer e para isso o SINDISIDER participa de encontros com representantes de Ministérios, Secretarias e outros órgãos, além de fomentar a capacitação profissional. Por meio dos treinamentos, promovemos o preparo intelectual dos vendedores, que são a base da cadeia da distribuição. Um representante comercial bem preparado consegue alavancar as vendas do produto e superar as dificuldades enfrentadas, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. A instituição tem um histórico muito positivo na oferta de cursos, palestras e workshops. Milhares de funcionários das maiores empresas do setor siderúrgico nacional, como ArcelorMittal, Cosipa, Gerdau, Soluções Usiminas, Frefer Metal Plus, entre outras, já participaram de treinamentos promovidos pelo SINDISIDER. Workshops Oferecidos pelo SINDISIDER Apenas para o primeiro semestre, o SINDISIDER já programou oito eventos focando na capacitação dos profissionais do setor. Dentre os temas abordados pela entidade, temos Normatização Técnica do Mercado de Aço, módulo que será realizado em 23 de março e 15 de junho, no auditório localizado na sede paulista do SINDISIDER. O workshop apresenta as principais características dos aços planos e as normas adotadas para a sua comercialização. O curso é ministrado por Willy Ank, Mestre em Engenharia Metalúrgica e de Materiais (DCMM/PUC-Rio) e Doutorando em Engenharia Metalúrgica. Já o curso Vendas de Alto Impacto tem como objetivo aquecer as vendas de aços planos e será realizado nos dias 31 de março e 19 de maio, também na sede da entidade. O workshop tem como palestrante Paulo Barreto, professor de graduação e de MBA em Gestão por Processos da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo). Por meio de exemplos reais, dinâmicas de grupo e apresentação de cases, o professor analisa o mercado e a melhor forma de agregar valor na negociação final do produto.

12 O módulo Aplicabilidade do Aço, realizado em 25 e 26 de maio, é também direcionado a engenheiros e visa ajudar o profissional a identificar o material mais apropriado para as diversas formas de utilização dos produtos siderúrgicos. Este curso é ministrado pelo consultor Orpheu Cairollio, consultor para o desenvolvimento de pessoas e negócios e autor do livro Faltou Xícara em Bagdá Competências essenciais para negociar e vender bem. Os vendedores de São Paulo também terão a oportunidade de participar dos workshops Atendimento ao Cliente, Negociação em Vendas de Aço e Vendas de Aços por Telefone, treinamentos que acontecem em 14 de maio, 28 de maio e 23 de junho, respectivamente. Todos os módulos são ministrados pelo professor Paulo Barreto. Serviço Workshop Normatização Técnica do Mercado de Aço Quando: 23 de Março, das 18h00 às 22h00 Workshop Vendas de Alto Impacto Quando: 31 de Março e 19 de Maio, das 08h30 às 17h30 Workshop Atendimento ao Cliente Quando: 14 de abril Workshop Negociação em Vendas de Aço Quando: 28 de Abril Workshop Aplicabilidade do Aço Quando: 25 e 26 de Maio Workshop Vendas de Aços por Telefone Quando: 23 de Junho Local: Sede Social do Sindisider Endereço: Rua Silva Bueno ª andar, conj. 107 Ipiranga, São Paulo Inscrições: Tel: (11) Link:

13 SINDISIDER investe em capacitação profissional para driblar desafios atuais do setor siderúrgico Sindicado promove workshops em São Paulo para aumentar a comercialização de aço e preparar os profissionais para a atual realidade do mercado O setor de distribuição de aço enfrenta grandes desafios no Brasil. Com o avanço nas importações indiretas do produto, que registraram alta de mais de 110% só em 2011; a forte concorrência de produtos importados, puxada pela baixa do dólar e pelos incentivos favoráveis; a diferença na cobrança de ICMS nos estados, que acarretam em guerras fiscais; a queda no consumo de aço per capita no Brasil e margens de lucro cada vez mais apertadas, o segmento um dos principais quando falamos de desenvolvimento nacional tem se reinventado e buscado soluções para continuar avançando e representativo nacionalmente. Com esse foco, o SINDISIDER, Sindicato Nacional dos Distribuidores e Revendedores de Produtos Siderúrgicos, busca investir na capacitação profissional dos vendedores de empresas associadas e não associadas em São Paulo, o maior mercado siderúrgico do Brasil. Segundo a entidade, a formação do profissional ajuda o setor a superar os problemas enfrentados e promove o avanço na comercialização do produto. "A distribuição de aço precisa se fortalecer e para isso o SINDISIDER participa de encontros com representantes de Ministérios, Secretarias e outros órgãos, além de fomentar a capacitação profissional. Por meio dos treinamentos, promovemos o preparo intelectual dos vendedores, que são a base da cadeia da distribuição. Um representante comercial bem preparado consegue alavancar as vendas do produto e superar as dificuldades enfrentadas", explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. A instituição tem um histórico muito positivo na oferta de cursos, palestras e workshops. Milhares de funcionários das maiores empresas do setor siderúrgico nacional, como ArcelorMittal, Cosipa, Gerdau, Soluções Usiminas, Frefer Metal Plus, entre outras, já participaram de treinamentos promovidos pelo SINDISIDER. WORKSHOPS OFERECIDOS PELO SINDISIDER Apenas para o primeiro semestre, o SINDISIDER já programou oito eventos focando na capacitação dos profissionais do setor. Dentre os temas abordados pela entidade, temos "Normatização Técnica do Mercado de Aço", módulo que será realizado em 23 de março e 15 de junho, no auditório localizado na sede paulista do SINDISIDER. O workshop apresenta as principais características dos aços planos e as normas adotadas para a sua comercialização. O curso é ministrado por Willy Ank, Mestre em Engenharia Metalúrgica e de Materiais (DCMM/PUC-Rio) e Doutorando em Engenharia Metalúrgica. Já o curso "Vendas de Alto Impacto" tem como objetivo aquecer as vendas de aços planos e será realizado nos dias 31 de março e 19 de maio, também na sede da entidade. O workshop tem como palestrante Paulo Barreto, professor de graduação e de MBA em Gestão por Processos da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo). Por meio de exemplos reais, dinâmicas de grupo e apresentação de cases, o professor analisa o mercado e a melhor forma de agregar valor na negociação final do produto.

14 O módulo "Aplicabilidade do Aço", realizado em 25 e 26 de maio, é também direcionado a engenheiros e visa ajudar o profissional a identificar o material mais apropriado para as diversas formas de utilização dos produtos siderúrgicos. Este curso é ministrado pelo consultor Orpheu Cairollio, consultor para o desenvolvimento de pessoas e negócios e autor do livro "Faltou Xícara em Bagdá - Competências essenciais para negociar e vender bem". Os vendedores de São Paulo também terão a oportunidade de participar dos workshops "Atendimento ao Cliente", "Negociação em Vendas de Aço" e "Vendas de Aços por Telefone", treinamentos que acontecem em 14 de maio, 28 de maio e 23 de junho, respectivamente. Todos os módulos são ministrados pelo professor Paulo Barreto. Link:

15 Sindisider Investe em Capacitação Profissional para Driblar Desafios Atuais do setor Siderúrgico Sindicado promove workshops em São Paulo para aumentar a comercialização de aço e preparar os profissionais para a atual realidade do mercado O setor de distribuição de aço enfrenta grandes desafios no Brasil. Com o avanço nas importações indiretas do produto, que registraram alta de mais de 110% só em 2011; a forte concorrência de produtos importados, puxada pela baixa do dólar e pelos incentivos favoráveis; a diferença na cobrança de ICMS nos estados, que acarretam em guerras fiscais; a queda no consumo de aço per capita no Brasil e margens de lucro cada vez mais apertadas, o segmento um dos principais quando falamos de desenvolvimento nacional tem se reinventado e buscado soluções para continuar avançando e representativo nacionalmente. Com esse foco, o SINDISIDER, Sindicato Nacional dos Distribuidores e Revendedores de Produtos Siderúrgicos, busca investir na capacitação profissional dos vendedores de empresas associadas e não associadas em São Paulo, o maior mercado siderúrgico do Brasil. Segundo a entidade, a formação do profissional ajuda o setor a superar os problemas enfrentados e promove o avanço na comercialização do produto. A distribuição de aço precisa se fortalecer e para isso o SINDISIDER participa de encontros com representantes de Ministérios, Secretarias e outros órgãos, além de fomentar a capacitação profissional. Por meio dos treinamentos, promovemos o preparo intelectual dos vendedores, que são a base da cadeia da distribuição. Um representante comercial bem preparado consegue alavancar as vendas do produto e superar as dificuldades enfrentadas, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. A instituição tem um histórico muito positivo na oferta de cursos, palestras e workshops. Milhares de funcionários das maiores empresas do setor siderúrgico nacional, como ArcelorMittal, Cosipa, Gerdau, Soluções Usiminas, Frefer Metal Plus, entre outras, já participaram de treinamentos promovidos pelo Sindisider. Workshops Oferecidos pelo Sindisider -Apenas para o primeiro semestre, o Sindisider já programou oito eventos focando na capacitação dos profissionais do setor. Dentre os temas abordados pela entidade, temos Normatização Técnica do Mercado de Aço, módulo que será realizado em 23 de março e 15 de junho, no auditório localizado na sede paulista do SINDISIDER. O workshop apresenta as principais características dos aços planos e as normas adotadas para a sua comercialização. O curso é ministrado por Willy Ank, Mestre em Engenharia Metalúrgica e de Materiais (DCMM/PUC-Rio) e Doutorando em Engenharia Metalúrgica. Já o curso Vendas de Alto Impacto tem como objetivo aquecer as vendas de aços planos e será realizado nos dias 31 de março e 19 de maio, também na sede da entidade. O workshop tem como palestrante Paulo Barreto, professor de graduação e de MBA em Gestão por Processos da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo). Por meio de exemplos reais, dinâmicas de grupo e apresentação de cases, o professor analisa o mercado e a melhor forma de agregar valor na negociação final do produto.

16 O módulo Aplicabilidade do Aço, realizado em 25 e 26 de maio, é também direcionado a engenheiros e visa ajudar o profissional a identificar o material mais apropriado para as diversas formas de utilização dos produtos siderúrgicos. Este curso é ministrado pelo consultor Orpheu Cairollio, consultor para o desenvolvimento de pessoas e negócios e autor do livro Faltou Xícara em Bagdá - Competências essenciais para negociar e vender bem. Os vendedores de São Paulo também terão a oportunidade de participar dos workshops Atendimento ao Cliente, Negociação em Vendas de Aço e Vendas de Aços por Telefone, treinamentos que acontecem em 14 de maio, 28 de maio e 23 de junho, respectivamente. Todos os módulos são ministrados pelo professor Paulo Barreto..[ Workshop Normatização Técnica do Mercado de Aço, dia 23 de março, das 18h às 22h.Workshop Vendas de Alto Impacto, dia 31 de março e 19 de maio, das 08h30 às 17h30.Workshop Atendimento ao Cliente, dia 14 de abril.workshop Negociação em Vendas de Aço, dia 28 de abril.workshop Aplicabilidade do Aço, dias 25 e 26 de maio.workshop Vendas de Aços por Telefone, dia 23 de Junho, na Sede Social do Sindisider, Rua Silva Bueno ª andar, conj Ipiranga, São Paulo. Inscrições: Telefone (11) ]. Link:

17 SINDISIDER INVESTE EM CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL PARA DRIBLAR DESAFIOS ATUAIS DO SETOR SIDERÚRGICO Sindicado promove workshops em São Paulo para aumentar a comercialização de aço e preparar os profissionais para a atual realidade do mercado O setor de distribuição de aço enfrenta grandes desafios no Brasil. Com o avanço nas importações indiretas do produto, que registraram alta de mais de 110% só em 2011; a forte concorrência de produtos importados, puxada pela baixa do dólar e pelos incentivos favoráveis; a diferença na cobrança de ICMS nos estados, que acarretam em guerras fiscais; a queda no consumo de aço per capita no Brasil e margens de lucro cada vez mais apertadas, o segmento um dos principais quando falamos de desenvolvimento nacional tem se reinventado e buscado soluções para continuar avançando e representativo nacionalmente. Com esse foco, o SINDISIDER, Sindicato Nacional dos Distribuidores e Revendedores de Produtos Siderúrgicos, busca investir na capacitação profissional dos vendedores de empresas associadas e não associadas em São Paulo, o maior mercado siderúrgico do Brasil. Segundo a entidade, a formação do profissional ajuda o setor a superar os problemas enfrentados e promove o avanço na comercialização do produto. A distribuição de aço precisa se fortalecer e para isso o SINDISIDER participa de encontros com representantes de Ministérios, Secretarias e outros órgãos, além de fomentar a capacitação profissional. Por meio dos treinamentos, promovemos o preparo intelectual dos vendedores, que são a base da cadeia da distribuição. Um representante comercial bem preparado consegue alavancar as vendas do produto e superar as dificuldades enfrentadas, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. A instituição tem um histórico muito positivo na oferta de cursos, palestras e workshops. Milhares de funcionários das maiores empresas do setor siderúrgico nacional, como ArcelorMittal, Cosipa, Gerdau, Soluções Usiminas, Frefer Metal Plus, entre outras, já participaram de treinamentos promovidos pelo SINDISIDER. WORKSHOPS OFERECIDOS PELO SINDISIDER Apenas para o primeiro semestre, o SINDISIDER já programou oito eventos focando na capacitação dos profissionais do setor. Dentre os temas abordados pela entidade, temos Normatização Técnica do Mercado de Aço, módulo que será realizado em 23 de março e 15 de junho, no auditório localizado na sede paulista do SINDISIDER. O workshop apresenta as principais características dos aços planos e as normas adotadas para a sua comercialização. O curso é ministrado por Willy Ank, Mestre em Engenharia Metalúrgica e de Materiais (DCMM/PUC-Rio) e Doutorando em Engenharia Metalúrgica. Já o curso Vendas de Alto Impacto tem como objetivo aquecer as vendas de aços planos e será realizado nos dias 31 de março e 19 de maio, também na sede da entidade. O workshop tem como palestrante Paulo Barreto, professor de graduação e de MBA em Gestão por Processos da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo). Por meio de

18 exemplos reais, dinâmicas de grupo e apresentação de cases, o professor analisa o mercado e a melhor forma de agregar valor na negociação final do produto. O módulo Aplicabilidade do Aço, realizado em 25 e 26 de maio, é também direcionado a engenheiros e visa ajudar o profissional a identificar o material mais apropriado para as diversas formas de utilização dos produtos siderúrgicos. Este curso é ministrado pelo consultor Orpheu Cairollio, consultor para o desenvolvimento de pessoas e negócios e autor do livro Faltou Xícara em Bagdá - Competências essenciais para negociar e vender bem. Os vendedores de São Paulo também terão a oportunidade de participar dos workshops Atendimento ao Cliente, Negociação em Vendas de Aço e Vendas de Aços por Telefone, treinamentos que acontecem em 14 de maio, 28 de maio e 23 de junho, respectivamente. Todos os módulos são ministrados pelo professor Paulo Barreto. SERVIÇO WORKSHOP NORMATIZAÇÃO TÉCNICA DO MERCADO DE AÇO QUANDO: 23 DE MARÇO, DAS 18H00 ÀS 22H00 WORKSHOP VENDAS DE ALTO IMPACTO QUANDO: 31 DE MARÇO E 19 DE MAIO, DAS 08H30 ÀS 17H30 WORKSHOP ATENDIMENTO AO CLIENTE QUANDO: 14 DE ABRIL WORKSHOP NEGOCIAÇÃO EM VENDAS DE AÇO QUANDO: 28 DE ABRIL WORKSHOP APLICABILIDADE DO AÇO QUANDO: 25 E 26 DE MAIO WORKSHOP VENDAS DE AÇOS POR TELEFONE QUANDO: 23 DE JUNHO LOCAL: SEDE SOCIAL DO SINDISIDER ENDEREÇO: RUA SILVA BUENO ª ANDAR, CONJ IPIRANGA, SÃO PAULO INSCRIÇÕES: TEL: (11) Link:

19 SINDISIDER INVESTE EM CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL PARA DRIBLAR DESAFIOS ATUAIS DO SETOR SIDERÚRGICO Sindicado promove workshops em São Paulo para aumentar a comercialização de aço e preparar os profissionais para a atual realidade do mercado O setor de distribuição de aço enfrenta grandes desafios no Brasil. Com o avanço nas importações indiretas do produto, que registraram alta de mais de 110% só em 2011; a forte concorrência de produtos importados, puxada pela baixa do dólar e pelos incentivos favoráveis; a diferença na cobrança de ICMS nos estados, que acarretam em guerras fiscais; a queda no consumo de aço per capita no Brasil e margens de lucro cada vez mais apertadas, o segmento um dos principais quando falamos de desenvolvimento nacional tem se reinventado e buscado soluções para continuar avançando e representativo nacionalmente. Com esse foco, o SINDISIDER, Sindicato Nacional dos Distribuidores e Revendedores de Produtos Siderúrgicos, busca investir na capacitação profissional dos vendedores de empresas associadas e não associadas em São Paulo, o maior mercado siderúrgico do Brasil. Segundo a entidade, a formação do profissional ajuda o setor a superar os problemas enfrentados e promove o avanço na comercialização do produto. A distribuição de aço precisa se fortalecer e para isso o SINDISIDER participa de encontros com representantes de Ministérios, Secretarias e outros órgãos, além de fomentar a capacitação profissional. Por meio dos treinamentos, promovemos o preparo intelectual dos vendedores, que são a base da cadeia da distribuição. Um representante comercial bem preparado consegue alavancar as vendas do produto e superar as dificuldades enfrentadas, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. A instituição tem um histórico muito positivo na oferta de cursos, palestras e workshops. Milhares de funcionários das maiores empresas do setor siderúrgico nacional, como ArcelorMittal, Cosipa, Gerdau, Soluções Usiminas, Frefer Metal Plus, entre outras, já participaram de treinamentos promovidos pelo SINDISIDER. Workshops Oferecidos pelo SINDISIDER Apenas para o primeiro semestre, o SINDISIDER já programou oito eventos focando na capacitação dos profissionais do setor. Dentre os temas abordados pela entidade, temos Normatização Técnica do Mercado de Aço, módulo que será realizado em 23 de março e 15 de junho, no auditório localizado na sede paulista do SINDISIDER. O workshop apresenta as principais características dos aços planos e as normas adotadas para a sua comercialização. O curso é ministrado por Willy Ank, Mestre em Engenharia Metalúrgica e de Materiais (DCMM/PUC-Rio) e Doutorando em Engenharia Metalúrgica. Já o curso Vendas de Alto Impacto tem como objetivo aquecer as vendas de aços planos e será realizado nos dias 31 de março e 19 de maio, também na sede da entidade. O workshop tem como palestrante Paulo Barreto, professor de graduação e de MBA em Gestão por Processos da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo). Por meio de

20 exemplos reais, dinâmicas de grupo e apresentação de cases, o professor analisa o mercado e a melhor forma de agregar valor na negociação final do produto. O módulo Aplicabilidade do Aço, realizado em 25 e 26 de maio, é também direcionado a engenheiros e visa ajudar o profissional a identificar o material mais apropriado para as diversas formas de utilização dos produtos siderúrgicos. Este curso é ministrado pelo consultor Orpheu Cairollio, consultor para o desenvolvimento de pessoas e negócios e autor do livro Faltou Xícara em Bagdá - Competências essenciais para negociar e vender bem. Os vendedores de São Paulo também terão a oportunidade de participar dos workshops Atendimento ao Cliente, Negociação em Vendas de Aço e Vendas de Aços por Telefone, treinamentos que acontecem em 14 de maio, 28 de maio e 23 de junho, respectivamente. Todos os módulos são ministrados pelo professor Paulo Barreto. Serviço Workshop Normatização Técnica do Mercado de Aço Quando: 23 de Março, das 18h00 às 22h00 Workshop Vendas de Alto Impacto Quando: 31 de Março e 19 de Maio, das 08h30 às 17h30 Workshop Atendimento ao Cliente Quando: 14 de abril Workshop Negociação em Vendas de Aço Quando: 28 de Abril Workshop Aplicabilidade do Aço Quando: 25 e 26 de Maio Workshop Vendas de Aços por Telefone Quando: 23 de Junho Local: Sede Social do Sindisider Endereço: Rua Silva Bueno ª andar, conj Ipiranga, São Paulo Inscrições: Tel: (11) Link: PROFISSIONAL-PARA-DRIBLAR-DESAFIOS-ATUAIS-DO-SETOR- SIDERURGICO.html#ixzz1plK43418

21 Sindisider investe em capacitação profissional para driblar desafios atuais do setor siderúrgico Sindicato promove workshops em São Paulo para aumentar a comercialização de aço e preparar os profissionais para a atual realidade do mercado. Fonte: Revista Fator O setor de distribuição de aço enfrenta grandes desafios no Brasil. Com o avanço nas importações indiretas do produto, que registraram alta de mais de 110% só em 2011; a forte concorrência de produtos importados, puxada pela baixa do dólar e pelos incentivos favoráveis; a diferença na cobrança de ICMS nos estados, que acarretam em guerras fiscais; a queda no consumo de aço per capita no Brasil e margens de lucro cada vez mais apertadas, o segmento um dos principais quando falamos de desenvolvimento nacional tem se reinventado e buscado soluções para continuar avançando e representativo nacionalmente. Com esse foco, o Sindisider, Sindicato Nacional dos Distribuidores e Revendedores de Produtos Siderúrgicos, busca investir na capacitação profissional dos vendedores de empresas associadas e não associadas em São Paulo, o maior mercado siderúrgico do Brasil. Segundo a entidade, a formação do profissional ajuda o setor a superar os problemas enfrentados e promove o avanço na comercialização do produto. A distribuição de aço precisa se fortalecer e para isso o Sindisider participa de encontros com representantes de Ministérios, Secretarias e outros órgãos, além de fomentar a capacitação profissional. Por meio dos treinamentos, promovemos o preparo intelectual dos vendedores, que são a base da cadeia da distribuição. Um representante comercial bem preparado consegue alavancar as vendas do produto e superar as dificuldades enfrentadas, explica Carlos Loureiro, presidente do Sindisider. A instituição tem um histórico muito positivo na oferta de cursos, palestras e workshops. Milhares de funcionários das maiores empresas do setor siderúrgico nacional, como ArcelorMittal, Cosipa, Gerdau, Soluções Usiminas, Frefer Metal Plus, entre outras, já participaram de treinamentos promovidos pelo Sindisider. Workshops Oferecidos pelo Sindisider-Apenas para o primeiro semestre, o Sindisider já programou oito eventos focando na capacitação dos profissionais do setor. Dentre os temas abordados pela entidade, temos Normatização Técnica do Mercado de Aço, módulo que será realizado em 23 de março e 15 de junho, no auditório localizado na sede paulista do Sindisider. O workshop apresenta as principais características dos aços planos e as normas adotadas para a sua comercialização. O curso é ministrado por Willy Ank, Mestre em Engenharia Metalúrgica e de Materiais (DCMM/PUC-Rio) e Doutorando em Engenharia Metalúrgica. Já o curso Vendas de Alto Impacto tem como objetivo aquecer as vendas de aços planos e será realizado nos dias 31 de março e 19 de maio, também na sede da entidade. O workshop tem como palestrante Paulo Barreto, professor de graduação e de MBA em Gestão por Processos da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo). Por meio de exemplos reais, dinâmicas de grupo e apresentação de cases, o professor analisa o mercado e a melhor forma de agregar valor na negociação final do produto.

22 O módulo Aplicabilidade do Aço, realizado em 25 e 26 de maio, é também direcionado a engenheiros e visa ajudar o profissional a identificar o material mais apropriado para as diversas formas de utilização dos produtos siderúrgicos. Este curso é ministrado pelo consultor Orpheu Cairollio, consultor para o desenvolvimento de pessoas e negócios e autor do livro Faltou Xícara em Bagdá - Competências essenciais para negociar e vender bem. Os vendedores de São Paulo também terão a oportunidade de participar dos workshops Atendimento ao Cliente, Negociação em Vendas de Aço e Vendas de Aços por Telefone, treinamentos que acontecem em 14 de maio, 28 de maio e 23 de junho, respectivamente. Todos os módulos são ministrados pelo professor Paulo Barreto. Link: cia&id=10388

23 Compra e venda de aço recuaram em fevereiro, apura sindicato De acordo com dados divulgados pelo SINDISIDER (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos), a venda de aço nos distribuidores associados ao INDA (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Importações A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. Projeções De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. Link:

24 Compra e venda recuam em fevereiro, segundo Sindisider SÃO PAULO - A venda de aço nos distribuidores associados ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro... Agências SÃO PAULO - A venda de aço nos distribuidores associados ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas, de acordo com dados divulgados pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider). Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro, conforme a entidade Link:

25 Compra e venda de aço recuam em fevereiro Conforme previsto pelo Sindisider, mês apresenta baixa de aproximadamente 10% sobre 2011; março deve trazer recuperação para o segmento De acordo com dados divulgados pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider), a venda de aço nos distribuidores associados ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. De acordo com levantamento do Inda, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. - Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos - explica Carlos Loureiro, presidente do Sindisider. Link:

26 Compra e venda de aço recuam em fevereiro De acordo com dados divulgados pelo SINDISIDER (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos), a venda de aço nos distribuidores associados ao INDA (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Já a importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. (Redação Agência IN) Link:

27 Compra e venda de aço recuam em fevereiro Fonte: Redação De acordo com dados divulgados pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider), a venda de aço nos distribuidores associados ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (INDA) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Importações A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. Projeções De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do Sindisider. Link: fevereiro

28 Compra e venda de aço recuam em Fevereiro Mês apresenta queda de 10% em comparação ao ano passado A compra e a venda de aço nos distribuidores associados ao Inda (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço) apresentaram queda, de acordo com dados elaborados pela Sindisider (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos). A venda do produto nos distribuidores recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, chegando a 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com queda de 16% em relação ao mês anterior, somando 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. Link:

29 Compra e venda de aço recuam em fevereiro SÃO PAULO, 21 de março de De acordo com dados divulgados pelo SINDISIDER (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos), a venda de aço nos distribuidores associados ao INDA (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Já a importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. 'Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos', explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. Link:

30 Compra e venda de aço recuam em fevereiro Redação - 21/03/2012 De acordo com dados divulgados pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider), a venda de aço nos distribuidores associados ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (INDA) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Importações A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. Projeções De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do Sindisider. Link: fevereiro

31 Compra e venda de aço recuam em fevereiro Conforme previsto pelo Sindisider, mês apresenta baixa de aproximadamente 10% sobre Março deve trazer recuperação para o segmento. De acordo com dados divulgados pelo Sindisider (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos), a venda de aço nos distribuidores associados ao INDA (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Importações- A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. Projeções-De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do SIndisider. Sindisider-Entidade legalmente constituída e sem fins lucrativos, o Sindisider tem o objetivo de defender os interesses das empresas distribuidoras e revendedoras de produtos siderúrgicos. Além de representar este segmento frente aos órgãos do governo, o sindicato atua, ao lado do INDA Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço, no desenvolvimento, fortalecimento e aumento da competitividade de pequenas, médias e grandes empresas distribuidoras e revendedoras de aço no Brasil. O Sindisider possui sede em São Paulo e regionais em Belo Horizonte e Porto Alegre. Link:

32 Compra e venda de aço recuam em fevereiro A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro De acordo com dados divulgados pelo SINDISIDER (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos), a venda de aço nos distribuidores associados ao INDA (Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Já a importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do SINDISIDER. Fonte: IN Link:

33 Compra e venda de aço recuam em fevereiro De acordo com dados divulgados pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos (Sindisider), a venda de aço nos distribuidores associados ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (INDA) recuou 3,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, atingindo o volume de 343,6 mil toneladas. Se comparado ao mesmo período do ano passado (377,6 mil toneladas), a queda é de 9%. A retração nas vendas contribuiu para o aumento dos estoques, que fecharam o mês 0,8% maiores, totalizando 1005,9 mil toneladas. Com isso, o giro dos estoques atinge 2,9 meses de vendas, contra 2,8 meses apresentado em janeiro. Já as compras da rede associada registraram queda de 0,6% frente a janeiro, com 351,6 mil toneladas de aços planos. O montante é 7,7% superior ao total de aço vendido em fevereiro do ano passado (326,6 mil toneladas). Importações A importação de aço plano comum, realizada pelo mercado brasileiro, encerrou fevereiro com recuo de 16% em relação ao mês anterior, atingindo um total de 154,2 mil toneladas. Quando comparada ao mesmo período do ano anterior, as importações registraram volumes 4,9% maiores. Projeções De acordo com levantamento do INDA, no mês de março, tanto as compras como as vendas devem crescer cerca de 10%. Após o período de Carnaval, sempre identificamos um aumento na comercialização de produtos siderúrgicos, explica Carlos Loureiro, presidente do Sindisider. Fonte: TN Petróleo Link:

34 02 INDA Inda: venda da rede de distribuição cai 9% em fevereiro FERNANDA GUIMARÃES - Agencia Estado SÃO PAULO - A venda de aço pela rede de distribuição no Brasil recuou 9% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano passado, para 343,6 mil toneladas, informou nesta quarta-feira o Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com janeiro a queda foi de 3,6%. Já as compras de aço nas siderúrgicas subiram 7,7% em relação ao mesmo intervalo de 2011, para 351,6 mil toneladas. Em relação ao mês de janeiro houve uma leve queda de 0,6%. Com esse desempenho, os estoques da rede voltaram a crescer no mês passado. O giro de estoques ficou em 2,9 meses, ante 2,8 meses em fevereiro. O volume estocado ao fim do mês era de 1,005 milhão de toneladas. O Inda informou que a importação de aço no mês passado recuou 16% ante janeiro, com um total de 154,2 mil toneladas. Em relação ao mesmo mês do ano passado o volume de importação é 4,9% superior. Para março, a projeção do Inda é que as vendas subam 10% em relação a fevereiro, mês impactado pelo carnaval. Link:

35 Inda: venda da rede de distribuição cai 9% em fevereiro Por Fernanda Guimarães São Paulo - A venda de aço pela rede de distribuição no Brasil recuou 9% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano passado, para 343,6 mil toneladas, informou nesta quarta-feira o Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com janeiro a queda foi de 3,6%. Já as compras de aço nas siderúrgicas subiram 7,7% em relação ao mesmo intervalo de 2011, para 351,6 mil toneladas. Em relação ao mês de janeiro houve uma leve queda de 0,6%. Com esse desempenho, os estoques da rede voltaram a crescer no mês passado. O giro de estoques ficou em 2,9 meses, ante 2,8 meses em fevereiro. O volume estocado ao fim do mês era de 1,005 milhão de toneladas. O Inda informou que a importação de aço no mês passado recuou 16% ante janeiro, com um total de 154,2 mil toneladas. Em relação ao mesmo mês do ano passado o volume de importação é 4,9% superior. Para março, a projeção do Inda é que as vendas subam 10% em relação a fevereiro, mês impactado pelo carnaval. Link:

36 Inda: venda da rede de distribuição cai 9% em fevereiro Agência Estado A venda de aço pela rede de distribuição no Brasil recuou 9% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano passado, para 343,6 mil toneladas, informou nesta quarta-feira o Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com janeiro a queda foi de 3,6%. Já as compras de aço nas siderúrgicas subiram 7,7% em relação ao mesmo intervalo de 2011, para 351,6 mil toneladas. Em relação ao mês de janeiro houve uma leve queda de 0,6%. Com esse desempenho, os estoques da rede voltaram a crescer no mês passado. O giro de estoques ficou em 2,9 meses, ante 2,8 meses em fevereiro. O volume estocado ao fim do mês era de 1,005 milhão de toneladas. O Inda informou que a importação de aço no mês passado recuou 16% ante janeiro, com um total de 154,2 mil toneladas. Em relação ao mesmo mês do ano passado o volume de importação é 4,9% superior. Para março, a projeção do Inda é que as vendas subam 10% em relação a fevereiro, mês impactado pelo carnaval. Link:

Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis

Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis Ter, 02 de Agosto de 2011 07:13 Com base nos movimentos de mercado e da companhia alinhados ao aquecimento da indústria e economia brasileiras,

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 4ª SEMANA DE FEVEREIRO O Press Release divulgado pela SD&PRESS Consultoria sobre o workshop Aplicabilidade do Aço foi publicado nos portais Usinagem Online, Segs,

Leia mais

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Como agilizar a tomada de decisão na sua empresa com resultados

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Como agilizar a tomada de decisão na sua empresa com resultados INTELIGÊNCIA COMPETITIVA Como agilizar a tomada de decisão na sua empresa com resultados 22/07/2014 Agenda A diferença entre as Inteligências Empresarial e Competitiva (de Mercado) O que não é Inteligência

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 29 DE OUTUBRO A 1º DE NOVEMBRO Um dos destaques desta semana é a reportagem do UOL sobre o recuo de 1% na produção industrial brasileira, entre setembro

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 2ª SEMANA DE DEZEMBRO A SD&PRESS Consultoria intermediou a publicação dos dados do INDA de novembro na Agência Estado e Agência Leia. As reportagens desses veículos

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 3ª SEMANA DE MAIO O Valor Econômico traz, novamente, declarações do presidente do INDA, Carlos Loureiro. Na reportagem, o porta-voz da entidade afirma que as medidas

Leia mais

Importações de aço acima do previsto em 2013

Importações de aço acima do previsto em 2013 Aço AÇO BRASIL DEZEMBRO 5 anos 0 I N F O R M A 23ª 23EDIÇÃO DEZEMBRO 2013 Importações de aço acima do previsto em 2013 As importações de produtos siderúrgicos deverão ser de 3,8 milhões de toneladas em

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 2ª SEMANA DE FEVEREIRO O press release do SINDISIDER com informações sobre o fechamento do ano no setor de distribuição ganha repercussão na imprensa internacional.

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 03 A 07 DE FEVEREIRO DE 2014

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 03 A 07 DE FEVEREIRO DE 2014 SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 03 A 07 DE FEVEREIRO DE 2014 Esta semana, destaque para duas reportagens: Comportamento do preço da barra chata no ano de 2013, do portal Infomet, e Siderurgia:

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO Todos os direitos reservados. Distribuição e informações:

RESUMO EXECUTIVO Todos os direitos reservados. Distribuição e informações: RESUMO EXECUTIVO O Ministro da Fazenda, Guido Mantega, comunicou no dia 27 de dezembro de 2011 que vai mudar o regime de tributação para a importação de produtos têxteis do atual ad valorem, em que no

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 04 A 08 DE NOVEMBRO

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 04 A 08 DE NOVEMBRO SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 04 A 08 DE NOVEMBRO Esta semana, destaque para as matérias dos jornais Valor Econômico, Demanda no mercado interno sobe e melhora perspectiva para siderurgia,

Leia mais

PROJETO EXPORTAR BRASIL

PROJETO EXPORTAR BRASIL CNPJ: 10692.348/0001-40 PROJETO EXPORTAR BRASIL Apresentação da GS Educacional A GS Educacional faz parte de um grupo que trabalha há vários anos com cursos e serviços na área de comércio exterior e vem

Leia mais

VEÍCULO: VALOR ECONÔMICO SEÇÃO: BRASIL DATA: 26.05.14

VEÍCULO: VALOR ECONÔMICO SEÇÃO: BRASIL DATA: 26.05.14 VEÍCULO: VALOR ECONÔMICO SEÇÃO: BRASIL DATA: 26.05.14 VEÍCULO: VALOR ECONÔMICO SEÇÃO: EMPRESAS DATA: 23.05.14 Varejo e siderurgia preparam-se para vendas mais fracas Por Renato Rostás e Tatiane Bortolozi

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 14 A 18 DE OUTUBRO

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 14 A 18 DE OUTUBRO SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 14 A 18 DE OUTUBRO Esta semana, destaque para a notícia Maiores eventos do segmento metalomecânico são palco de negócios, sobre as negociações realizadas

Leia mais

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE Aço AÇO BRASIL ABRIL I N F O R M A 28ª 28EDIÇÃO ABRIL 2015 CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE 2007 O consumo aparente de aço no País deve fechar o ano de 2015 com queda de 7,8%

Leia mais

A CRISE INTERNACIONAL E A REPERCUSSÃO NO BRASIL

A CRISE INTERNACIONAL E A REPERCUSSÃO NO BRASIL A CRISE INTERNACIONAL E A REPERCUSSÃO NO BRASIL ANÁLISE ECONÔMICA DA CSN DE SETEMBRO DE 2011 Cenário Internacional 2011 foi marcado por um ambiente econômico de instabilidade, agravamento da crise européia.

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Siderurgia 12 de maio de 2015 Demanda externa deve compensar parcialmente retração doméstica de produtos siderúrgicos Leandro de Oliveira Almeida Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos A retração

Leia mais

AÇO BRASIL. Aço Brasil revê previsões para baixo. Importação de aço impede criação de empregos e investimentos na cadeia do aço

AÇO BRASIL. Aço Brasil revê previsões para baixo. Importação de aço impede criação de empregos e investimentos na cadeia do aço Aço AÇO BRASIL I N F O R M A 16 ª 6EDIÇÃO DEZEMBRO 2011 Aço Brasil revê previsões para baixo Importação de aço impede criação de empregos e investimentos na cadeia do aço Apesar da previsão de recorde

Leia mais

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 A oitava reunião mensal do ano da Comissão Trabalhista e de Gestão Empresarial superou as expectativas. 50 representantes

Leia mais

Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas econômicas do governo

Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas econômicas do governo Cliente: Trade Energy Veículo: Portal R7 Assunto: Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas Data: 21/01/2015 http://noticias.r7.com/economia/saiba-o-que-vai-mudar-no-seu-bolso-com-as-novas-medidaseconomicas-do-governo-21012015

Leia mais

BOLETIM EMPREGO Setembro 2014

BOLETIM EMPREGO Setembro 2014 Introdução A seguir são apresentados os últimos resultados disponíveis sobre o emprego no Brasil, com foco no ramo Metalúrgico. Serão utilizadas as bases de dados oficiais, são elas: a RAIS (Relação Anual

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 18 A 22 DE FEVEREIRO O destaque desta semana foi a repercussão dos dados estatísticos divulgados pelo SINDISIDER/INDA, por meio da SD&PRESS Consultoria.

Leia mais

SOLUÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO B2B NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA

SOLUÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO B2B NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA SOLUÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO B2B NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA Automotive Business oferece respostas para estimular a comunicação B2B na indústria automobilística e segmentos relacionados. Os produtos editoriais,

Leia mais

CORELAÇÃO DE FORÇAS E NÚMEROS DA CSN

CORELAÇÃO DE FORÇAS E NÚMEROS DA CSN CORELAÇÃO DE FORÇAS E NÚMEROS DA CSN CONJUNTURA INTERNACIONAL E NACIONAL A crise mundial não acabou está cozinhando em banho-maria. Países ricos estão exportando empresas para os BRICs, para ocupar todo

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 10 A 14 DE FEVEREIRO Nessa semana, destaque para a reprodução no portal Metálica da matéria do jornal Valor Econômico, Inda mantém previsão de alta de

Leia mais

BALANÇO SINALIZA ANO DIFÍCIL PARA A INDÚSTRIA DO AÇO E PARA O PAÍS

BALANÇO SINALIZA ANO DIFÍCIL PARA A INDÚSTRIA DO AÇO E PARA O PAÍS Aço AÇO BRASIL SETEMBRO I N F O R M A 26ª 26EDIÇÃO SETEMBRO 2014 BALANÇO SINALIZA ANO DIFÍCIL PARA A INDÚSTRIA DO AÇO E PARA O PAÍS Realizado em São Paulo, em 12 e 13 de agosto de 2014, o 25º Congresso

Leia mais

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Abril de 2015 Sumário 1. Perspectivas do Cenário Econômico em 2015... 3 2. Balança Comercial de Março de 2015... 5 3.

Leia mais

Desindustrialização e Produtividade na Indústria de Transformação

Desindustrialização e Produtividade na Indústria de Transformação Desindustrialização e Produtividade na Indústria de Transformação O processo de desindustrialização pelo qual passa o país deve-se a inúmeros motivos, desde os mais comentados, como a sobrevalorização

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 4ª SEMANA DE NOVEMBRO O Press Release divulgado pela SD&PRESS Consultoria, com os números do setor de distribuição de aços em outubro, continua repercutindo na mídia.

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

São Paulo 08/11/2012

São Paulo 08/11/2012 São Paulo 08/11/2012 Patrocinadores do 13 Fórum Acrílico tecnologia em corte e gravação a laser O atelier do acrílico soluções industriais para gravação e corte a laser Tecnologia Laser Temas do 13º Fórum

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Destaques. Edição 27 - Ano 02. Acompanhe as principais notícias do Grupo Gerdau nas Américas. Boa leitura!

Destaques. Edição 27 - Ano 02. Acompanhe as principais notícias do Grupo Gerdau nas Américas. Boa leitura! Edição 27 - Ano 02 Acompanhe as principais notícias do Grupo Gerdau nas Américas. Boa leitura! Destaques» Gerdau aumenta faturamento em 39% no trimestre» Grupo Gerdau amplia operações em Minas Gerais»

Leia mais

15 anos. Melhor. Fundada há. Carteira com mais de 60 clientes. Equipe com 40 Profissionais. Prêmio Aberje de. Assessoria de Imprensa

15 anos. Melhor. Fundada há. Carteira com mais de 60 clientes. Equipe com 40 Profissionais. Prêmio Aberje de. Assessoria de Imprensa A Fundada há 15 anos a Link é uma das principais agências de comunicação integrada do País. Carteira com mais de 60 clientes de segmentos diversos: mercado financeiro, de utilities, educação, saúde, serviços,

Leia mais

O BNDES mais perto de você. abril de 2009

O BNDES mais perto de você. abril de 2009 O BNDES mais perto de você abril de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Apoio ao mercado

Leia mais

3 O Cimento no Brasil. 10 Características da Indústria Cimenteira. 12 O Cimento no Custo da Construção. 13 Carga Tributária. 15 Panorama Internacional

3 O Cimento no Brasil. 10 Características da Indústria Cimenteira. 12 O Cimento no Custo da Construção. 13 Carga Tributária. 15 Panorama Internacional 3 O Cimento no Brasil 3 Processo produtivo 4 Histórico 5 Indústria 6 Produção 7 Consumo 8 Produção e consumo aparente regional 9 Vendas internas e exportação 10 Características da Indústria Cimenteira

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6 S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de setembro, o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (Setor de Derivados de Milho e Soja), representando

Leia mais

Em 2014, IED registra queda de 2,3%

Em 2014, IED registra queda de 2,3% São Paulo, 04 de fevereiro de 2015. Dezembro de 2014 Em 2014, IED registra queda de 2,3% O total de investimentos estrangeiros diretos (IED) que ingressou no Brasil em 2014 foi de US$ 62,5 bilhões, uma

Leia mais

Panorama Mundial (2013)

Panorama Mundial (2013) Panorama Mundial (2013) Produção mundial alcançou US$ 444 bilhões em 2013; Mesmo com os efeitos da crise internacional, registra 85% de crescimento desde 2004, a uma taxa média de 7% ao ano; 54% da produção

Leia mais

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana #100 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Dólar sem freios Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana Festa no exterior Brasileiros continuam gastando cada vez mais fora

Leia mais

PORTAL INFORMAÇÃO E NEGÓCIOS EM UM CLIQUE. www.metalica.com.br. Copyright 1998-2013 Met@lica - Todos os direitos reservados

PORTAL INFORMAÇÃO E NEGÓCIOS EM UM CLIQUE. www.metalica.com.br. Copyright 1998-2013 Met@lica - Todos os direitos reservados www.metalica.com.br Portal Metálica Com 15 anos de atuação, pioneiro na internet, o PORTAL METÁLICA é site de referência em conteúdo técnico, de informação e geração de negócios nas áreas de construção

Leia mais

Estado de Minas online 01/03/2014 Chuvas ficam abaixo da média em fevereiro e cresce risco de racionamento

Estado de Minas online 01/03/2014 Chuvas ficam abaixo da média em fevereiro e cresce risco de racionamento Estado de Minas online 01/03/2014 Chuvas ficam abaixo da média em fevereiro e cresce risco de racionamento http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2014/03/01/internas_economia,503426/cresce-o-riscode-racionamento.shtml

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

4097610 - O ESTADO DE S. PAULO - ESPORTES - SÃO PAULO - SP - 04/12/2013 - Pág A 27

4097610 - O ESTADO DE S. PAULO - ESPORTES - SÃO PAULO - SP - 04/12/2013 - Pág A 27 Morumbi vai ter cobertura 4097610 - O ESTADO DE S. PAULO - ESPORTES - SÃO PAULO - SP - 04/12/2013 - Pág A 27 O São Paulo assinará no próximo dia 17 o contrato com a Andrade e Gutierrez para viabilizar

Leia mais

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto 14.07.2012 Portal De Fato Xx Xx Postado em 14/07/2012-09:09 Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto O Programa Senac Gratuidade (PSG) disponibilizará mais de 540 bolsas de estudos integrais para

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

Selic cai e poupança rende menos

Selic cai e poupança rende menos Selic cai e poupança rende menos Publicação: 30 de Agosto de 2012 às 00:00 São Paulo (AE) - O Banco Central anunciou ontem mais uma redução da taxa básica de juros, a Selic, de 8% para 7,5% ao ano. Um

Leia mais

se o tratamento foi adequado, ficaremos curados e felizes por termos solucionado a doença que estava nos prejudicando. No campo empresarial a

se o tratamento foi adequado, ficaremos curados e felizes por termos solucionado a doença que estava nos prejudicando. No campo empresarial a Gestão Financeira Quando temos problemas de saúde procuramos um médico, sendo ele clínico geral ou especialista, conforme o caso. Normalmente, selecionamos um médico bastante conhecido e com boas referências

Leia mais

INDX avança 4,71% em Fevereiro

INDX avança 4,71% em Fevereiro INDX avança 4,71% em Fevereiro Dados de Fevereiro/15 Número 95 São Paulo O Índice do Setor Industrial (INDX), composto pelas ações mais representativas do segmento, encerrou o mês de fevereiro com elevação

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Vendas, Inovação e Liderança.

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Vendas, Inovação e Liderança. APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE Especialista em Vendas, Inovação e Liderança. Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Federal da Paraíba, com MBA em Marketing & Vendas pelo INPG Business

Leia mais

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011. Banda larga popular não sai do papel

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011. Banda larga popular não sai do papel Folha de S. Paulo Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011 As empresas de telecomunicações no Brasil deverão fechar 2011 com sua base de clientes ampliada em 16% em relação a 2010, segundo a SindiTelebrasil

Leia mais

20 de agosto de 2013. Xisto muda geopolítica da energia

20 de agosto de 2013. Xisto muda geopolítica da energia 20 de agosto de 2013 Xisto muda geopolítica da energia A "revolução do xisto" em curso nos Estados Unidos, que já despertou investimento de US$ 100 bilhões na indústria americana, vai resultar em uma nova

Leia mais

Revista Brasileira do Aço - Ano 17 n 103-15 agosto /15 setembro 2008

Revista Brasileira do Aço - Ano 17 n 103-15 agosto /15 setembro 2008 Revista Brasileira do Aço - Ano 17 n 103-15 agosto /15 setembro 2008 Editorial Em sua quarta edição, acaba de ser lançado oficialmente o Roteiro Orientativo para as empresas do setor da produção e distribuição

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

Agenda para Aumento da Competitividade Internacional CNI - FIESP Ministro Guido Mantega

Agenda para Aumento da Competitividade Internacional CNI - FIESP Ministro Guido Mantega Agenda para Aumento da Competitividade Internacional CNI - FIESP Ministro Guido Mantega Brasília, 29 de setembro de 2014 1 A Crise mundial reduziu os mercados Baixo crescimento do comércio mundial, principalmente

Leia mais

PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL MILHÕES

PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL MILHÕES A CONSTRUÇÃO CIVIL PODE SER CLASSIFICADA EM TRÊS GRANDES SEGMENTOS CONSTRUÇÃO PESADA MONTAGENS INDUSTRIAIS E EXTRAÇÃO MINERAL EDIFICAÇÕES INDUSTRIAIS, COMERCIAIS E RESIDENCIAIS CONSTRUÇÃO CIVIL É UM DOS

Leia mais

O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015

O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015 O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015 A potencialidade de consumo dos brasileiros deve chegar a R$ 3,730 trilhões neste ano, ao mesmo tempo em que revela significativo aumento dos

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

Relatório de Análise. CSN: Boas perspectivas operacionais, mas duas incertezas. 4T12 Preços melhores e maior volume de minério

Relatório de Análise. CSN: Boas perspectivas operacionais, mas duas incertezas. 4T12 Preços melhores e maior volume de minério CSN: Boas perspectivas operacionais, mas duas incertezas A CSN teve um ano difícil em 2012, com perdas contábeis elevadas em seu investimento na Usiminas, expressiva redução na geração de caixa, aumento

Leia mais

No AM, Senac oferece vagas para cursos gratuitos em Maués

No AM, Senac oferece vagas para cursos gratuitos em Maués Meio: Portal Revista Amazônia Editoria: -- Hora: 10h00 Data: 24/8/2015 No AM, Senac oferece vagas para cursos gratuitos em Maués NOTÍCIAS LOCAIS Cursos acontecem na Unidade Móvel Fluvial José Tadros Balsa

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO. Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC. 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública

APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO. Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC. 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública Agenda Usiminas em linhas gerais Informações de Mercado Usiminas

Leia mais

http://www.investnews.com.br/in_news.aspx?parms=2396439,29,1,1

http://www.investnews.com.br/in_news.aspx?parms=2396439,29,1,1 Página 1 de 5 Usuários cadastrados São Paulo, quinta-feira, 19 de março de 2009. - 12:12 RSS PDA Mobile Loja InvestNews TV Destaques de Administração & Serviços, Caderno C 18/03-01:08 Programa Madeira

Leia mais

Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis. Diretoria de Estudos Macroeconômicos/Dimac

Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis. Diretoria de Estudos Macroeconômicos/Dimac Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis Diretoria de Estudos Macroeconômicos/Dimac NOTA TÉCNICA IPEA Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados

Leia mais

Força de greves pode diminuir com evolução de canais de serviços on-line

Força de greves pode diminuir com evolução de canais de serviços on-line Boletim 853/2015 Ano VII 15/10/2015 Força de greves pode diminuir com evolução de canais de serviços on-line O impacto das novas plataformas deve ser maior no médio e longo prazo, principalmente com a

Leia mais

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados.

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Agronegócio brasileiro. Aqui vive um país inteiro! CONSULTORIA EM USINAS SUCROALCOOLEIRAS APORTE - Análise de Potencial de mercado com

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

informa NOTÍCIAS Entidades do setor plástico apresentam coalizão para logística reversa...pág 03

informa NOTÍCIAS Entidades do setor plástico apresentam coalizão para logística reversa...pág 03 Edição 073/13 Sindiplast participa do Encontro dos Executivos de Sindicatos Estaduais e da abertura da 6ª Semana do Plástico, no Espírito Santo...pág 02 Entidades do setor plástico apresentam coalizão

Leia mais

CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA

CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA Período de Execução: 2012 www.reedalcantara.com.br BRIEFING Reed Exhibitions PERFIL A Reed Exhibitions A Reed Exhibitions é a principal organizadora

Leia mais

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T14

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T14 Caxias do Sul, 12 de maio de 2014 - A Marcopolo S.A. (BM&FBOVESPA: POMO3; POMO4), divulga os resultados do primeiro trimestre de 2014 (1T14). As demonstrações financeiras são apresentadas de acordo com

Leia mais

CLIPPING COMBUSTÍVEIS

CLIPPING COMBUSTÍVEIS CLIPPING COMBUSTÍVEIS 19/setembro/2012 1. PETRÓLEO FECHA EM QUEDA COM RUMOR SOBRE ERRO EM OPERAÇÃO Agência Estado Álvaro Campos Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange

Leia mais

Título do Trabalho. Ambiente Macroeconômico e Evolução dos Mercados de Produtos Estampados de Chapas Metálicas

Título do Trabalho. Ambiente Macroeconômico e Evolução dos Mercados de Produtos Estampados de Chapas Metálicas Título do Trabalho Ambiente Macroeconômico e Evolução dos Mercados de Produtos Estampados de Chapas Metálicas Autores: Antonio Carlos de Oliveira, Eng. Dr. Professor Pleno e Diretor e da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE AÇO. Edição

MERCADO BRASILEIRO DE AÇO. Edição MERCADO BRASILEIRO DE AÇO Análise Setorial e Regional Edição 2015 INSTITUTO AÇO BRASIL MERCADO BRASILEIRO DE AÇO ANÁLISE SETORIAL E REGIONAL SÉRIES HISTÓRICAS ATÉ 2014 SÉRIES REVISADAS EM 2015 SETEMBRO

Leia mais

ANO II 16 a 30 de SETEMBRO 15ª EDIÇÃO QUINZENAL

ANO II 16 a 30 de SETEMBRO 15ª EDIÇÃO QUINZENAL NOTICIAS EM DESTAQUE Corte & Conformação 2013 Dólar anima fabricantes de máquinas no país Nossos Clientes ArcelorMittal investe em mineração GE vai ampliar fábrica de equipamentos para turbinas eólicas

Leia mais

informa NOTÍCIAS INDICADORES Expectativas para Economia Brasileira e para o Setor de Transformados Plásticos...pág 06 INFORMES

informa NOTÍCIAS INDICADORES Expectativas para Economia Brasileira e para o Setor de Transformados Plásticos...pág 06 INFORMES Edição 050/13 Consumo de plástico cresce 8,5% em 2012...pág 02 Economistas e empresários não acompanham otimismo de Mantega...pág 03 Elevação de tarifas não causou alta de preços, mostram IGPs...pág 04

Leia mais

Gazeta do Povo Online (PR) 15/07/2015 Bandeira tarifária arrecada R$ 5,4 bilhões em cinco meses

Gazeta do Povo Online (PR) 15/07/2015 Bandeira tarifária arrecada R$ 5,4 bilhões em cinco meses Gazeta do Povo Online (PR) 15/07/2015 Bandeira tarifária arrecada R$ 5,4 bilhões em cinco meses http://www.gazetadopovo.com.br/economia/bandeira-tarifaria-arrecada-r-54-bilhoes-em-cinco-mesesanwfi63js8uy6mhbi41xg8n7p

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Secretaria de Comércio Exterior SECEX Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior DEPLA Coordenação Geral de

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 23 A 27 DE JUNHO DE 2014

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 23 A 27 DE JUNHO DE 2014 SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER PERÍODO DE 23 A 27 DE JUNHO DE 2014 Esta semana, destaque para a reprodução da reportagem produzida pela Agência Estado sobre os dados de distribuição do setor siderúrgico

Leia mais

ANO II 01 a 15 de DEZEMBRO 19ª EDIÇÃO QUINZENAL

ANO II 01 a 15 de DEZEMBRO 19ª EDIÇÃO QUINZENAL NOTICIAS EM DESTAQUE Indústria vai ao BNDES para fugir do corte Honda inicia construção de sua segunda fábrica de automóveis no Brasil Economistas veem aperto monetário maior em 2014 com Selic a 10,50%

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo A UA UL LA MÓDULO 7 Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo Nesta aula O café foi o principal produto de exportação durante a República Velha. Os cafeicultores detinham o controle da

Leia mais

Tema 3 O BNDE e a inserção brasileira no capitalismo industrial

Tema 3 O BNDE e a inserção brasileira no capitalismo industrial Faculdade de Comunicação e Artes Habilitação em Jornalismo Tema 3 O BNDE e a inserção brasileira no capitalismo industrial Economia Brasileira Professora Eleonora Bastos Horta Dayse dos Santos Frederico

Leia mais

Conheça a Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras

Conheça a Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras Conheça a Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NA ESTRATÉGIA COMPETITIVA A MISSÃO da Anpei é: Estimular a Inovação Tecnológica nas Empresas Ação

Leia mais

Conjuntura - Saúde Suplementar

Conjuntura - Saúde Suplementar Apresentação Nesta 17ª Carta de Conjuntura da Saúde Suplementar, constam os principais indicadores econômicos de 2011 e uma a n á l i s e d o i m p a c t o d o crescimento da renda e do emprego sobre o

Leia mais

5.500 postos de serviço

5.500 postos de serviço 5.500 postos de serviço Em 2009, a Ipiranga manteve sua trajetória de expansão acelerada da escala, com a aquisição das operações da rede de distribuição de combustíveis da Texaco no Brasil e investimentos

Leia mais

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente

10. Defina Sistemas Distribuídos: Um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único e coerente 1. Quais os componentes de um sistema cliente-servidor? Clientes e servidores 2. Na visão do hardware, defina o que é cliente e o que é servidor: Clientes. Qualquer computador conectado ao sistema via

Leia mais

TABELA 1 Destaques dos seis maiores bancos Brasil - 2013

TABELA 1 Destaques dos seis maiores bancos Brasil - 2013 DESEMPENHO DOS BANCOS EM 2013 Resultados diferenciados e fechamento de postos de trabalho caracterizaram o desempenho do setor bancário em 2013 Em 2013, os seis maiores bancos do país 1 apresentaram resultados

Leia mais

INFORME MINERAL DNPM JULHO DE 2012

INFORME MINERAL DNPM JULHO DE 2012 INFORME MINERAL DNPM JULHO DE 2012 A mineração nacional sentiu de forma mais contundente no primeiro semestre de 2012 os efeitos danosos da crise mundial. Diminuição do consumo chinês, estagnação do consumo

Leia mais

LUIZ HENRIQUE MOUTINHO COLARES

LUIZ HENRIQUE MOUTINHO COLARES LUIZ HENRIQUE MOUTINHO COLARES Rua 74 nº 311 -Casa Marica-Jaconé-Rj-Cep. 28990-972 E-mail :henriquecolares@ig.com.br Tel-(022)2652-1877-(021)-9361-3589-(022)-9844-1718 OBJETIVO Lecionar matérias ligadas

Leia mais

1. Faturamento do E-commerce no Brasil 2. Produtos Comercializados Brasil X ES 3. Pesquisa ITIHL AVENPES 4. Pesquisa AVENPES - EJCAD COMPETE 2015

1. Faturamento do E-commerce no Brasil 2. Produtos Comercializados Brasil X ES 3. Pesquisa ITIHL AVENPES 4. Pesquisa AVENPES - EJCAD COMPETE 2015 1. Faturamento do E-commerce no Brasil 2. Produtos Comercializados Brasil X ES 3. Pesquisa ITIHL AVENPES 4. Pesquisa AVENPES - EJCAD COMPETE 2015 Faturamento do e-commerce no Brasil Vitória está entre

Leia mais

A Presença da Siderurgia Brasileira no Mercado Internacional: Desafios para Novos Avanços

A Presença da Siderurgia Brasileira no Mercado Internacional: Desafios para Novos Avanços A Presença da Siderurgia Brasileira no Mercado Internacional: Desafios para Novos Avanços Fernando Rezende 1 As importantes transformações ocorridas na siderurgia brasileira após a privatização promovida

Leia mais

Siderurgia no Brasil

Siderurgia no Brasil www.pwc.com.br Siderurgia no Brasil Um panorama do setor siderúrgico brasileiro SICETEL Sindicato Nacional da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos IABR Instituto Aço Brasil 1 Setor de

Leia mais

Indústria começa a substituir insumos importados

Indústria começa a substituir insumos importados Boletim 823/2015 Ano VII 01/09/2015 Indústria começa a substituir insumos importados Com alta do dólar, empresas aceleram planos para comprar no mercado nacional matériasprimas e componentes usados nas

Leia mais

Região fornece para o setor naval 5º Seminário de Petróleo e Gás aponta oportunidades para empresários locais

Região fornece para o setor naval 5º Seminário de Petróleo e Gás aponta oportunidades para empresários locais Região fornece para o setor naval 5º Seminário de Petróleo e Gás aponta oportunidades para empresários locais Wôlmer Ezequiel Jéferson Bachour falou sobre as demandas do mercado de construção naval Atualmente,

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO Como unir os veículos formais e os inovadores

INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO Como unir os veículos formais e os inovadores INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO Como unir os veículos formais e os inovadores Ingresso Janeiro 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO: Como

Leia mais

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012 RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO Junho de 2012 Riscos e oportunidades para a indústria de bens de consumo A evolução dos últimos anos, do: Saldo da balança comercial da indústria

Leia mais