Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8"

Transcrição

1 Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 O QUE É GISSONLINE?... 6 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 6 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8 CONTRIBUINTE REALIZANDO O CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO... 8 CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 1 DE CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 2 DE CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 3 DE CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 4 DE CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 5 DE CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 6 DE CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO: PASSO 7 DE CONTRIBUINTE ACESSANDO O PORTAL GISSONLINE DE ESCRITURAÇÃO PRESTADOR ESCRITURAÇÃO FISCAL Prestando serviços para Tomador Pessoa Física Prestando serviços para Tomador Pessoa Jurídica ENCERRAR ESCRITURAÇÃO Guia/Boleto Certificado ESCRITURAÇÃO RETIFICADORA ENCERRAR SEM MOVIMENTO FACILITADOR DE PAGAMENTO GUIA AVULSA CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS CONSULTA / IMPRESSÃO PARA CONFERÊNCIA Impressão para Conferência EXTRATO DO CONTA CORRENTE Extrato Econômico Guia com Encargos LIVRO FISCAL ESCRITURAÇÃO DE SERVIÇOS S/ ENQUADRAMENTO CADASTRAL ESCRITURAÇÃO FISCAL OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS SOCIEDADE DE PROFISSIONAIS AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DE NOTA ELETRÔNICA... 48

2 INFORMATIVO DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS COMUNICADOS / NOTIFICAÇÕES DE INCONSISTÊNCIAS INFORMATIVO DE PENDÊNCIAS FISCAIS SUPORTE OPERACIONAL MENSAGEM ELETRÔNICA AJUDA ON-LINE DÚVIDAS FREQÜENTES ESCRITURAÇÃO FISCAL DE PRESTADORES DE SERVIÇOS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL ESCRITURAÇÃO FISCAL ENCERRAMENTO FISCAL PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL EXTRATO DO EXTRATO DO CONTA CORRENTE DE EMPRESAS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL TOMADOR ESCRITURAÇÃO FISCAL Contratando serviços de Prestador Pessoa Física Contratando serviços de Prestador Pessoa Jurídica EFETUANDO A ESCRITURAÇÃO FISCAL DE SERVIÇOS CONTRATADOS DE PRESTADORES DO SIMPLES NACIONAL ENCERRAR ESCRITURAÇÃO Guia/Boleto Certificado ESCRITURAÇÃO RETIFICADORA ENCERRAR SEM MOVIMENTO Certificado de Encerramento Fiscal Sem Movimentação Econômica FACILITADOR DE PAGAMENTO GUIA AVULSA CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS CONSULTA Tela de Impressão EXTRATO DO CONTA CORRENTE Extrato Econômico NOTAS RECEBIDAS Validar Escrituração da Nota Fiscal Recusar Escrituração da Nota Fiscal ESCRITURAÇÃO SEM DOCUMENTO FISCAL REGISTRO DE SERVIÇOS TOMADOS DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA - SEM DOCUMENTO FISCAL ESCRITURAÇÃO FISCAL Contratando serviços de Prestador Pessoa Física Contratando Serviços de Prestador Pessoa Jurídica ESCRITURAÇÃO RETIFICADORA CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS CONSULTA... 86

3 LIVRO FISCAL OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS CONTA CORRENTE 2ª VIA(S) SUPORTE OPERACIONAL ESCRITURAÇÃO E/ OU RETENÇÃO DE CONSTRUÇÃO CIVIL REGISTRO DE SERVIÇO TOMADOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL INFORMATIVO DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS INFORMATIVO DE PENDÊNCIAS FISCAIS COMUNICADOS/ NOTIFICAÇÕES DE INCONSISTÊNCIA SUPORTE OPERACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL CADASTRO DE OBRA(S) Cadastrando obra(s) estabelecida(s) dentro do Território Nacional Preenchendo os dados da Obra Cadastrando obra(s) NÃO estabelecida(s) no Território Nacional Preenchendo os dados da obra Visualizando a(s) obra(s) cadastrada(s) Alterando os dados da Obra ESCRITURAÇÃO FISCAL DE SERVIÇOS PRESTADOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Prestando serviços para tomador Pessoa Física Prestando serviços para Tomador Pessoa Jurídica ABATIMENTOS Abatimento de Materiais EMISSÃO DE GUIA/ PROTOCOLO Guia/ Boleto ENCERRAR COMPETÊNCIA Certificado EFETUANDO O ENCERRAMENTO SEM MOVIMENTAÇÃO ECONÔMICA ESCRITURAÇÃO RETIFICADORA FACILITADOR DE PAGAMENTO GUIA AVULSA CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS CONSULTA Impressão para Conferência LIVRO FISCAL CONTA CORRENTE E 2ª VIA(S) Extrato Econômico Guia com Encargos OUTRAS OPÇOES OPERACIONAIS EXTRATO MENSAL DA OBRA INFORMATIVO DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS

4 INFORMATIVO DE PENDÊNCIAS FISCAIS SUPORTE OPERACIONAL DEMAIS SERVIÇOS TOMADOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ESCRITURAÇÃO E/OU RETENÇÃO DE CONSTRUÇÃO CIVIL REGISTRO DE SERVIÇOS TOMADOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADASTRO DE OBRAS Visualizando a(s) obra(s) cadastrada(s) Alterando os dados da Obra ESCRITURAÇÃO FISCAL DOS SERVIÇOS TOMADOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL ESCRITURAÇÃO FISCAL Contratando serviços de Prestador Pessoa Jurídica EFETUANDO A ESCRITURAÇÃO FISCAL DE SERVIÇOS CONTRATADOS DE PRESTADORES DO SIMPLES NACIONAL OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS ABATIMENTOS ESCRITURAÇÃO FISCAL EMISSÃO DE GUIA/ PROTOCOLO Guia/ Boleto ENCERRAR COMPETÊNCIA Efetuando o encerramento sem Movimentação Econômica ESCRITURAÇÃO RETIFICADORA FACILITADOR DE PAGAMENTO GUIA AVULSA Guia/ Boleto CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS CONSULTA/ IMPRESSÃO PARA CONFERÊNCIA Visualização para Conferência LIVRO FISCAL EXTRATO DO CONTA CORRENTE 2ª VIA(S) Extrato Econômico GUIA COM ENCARGOS Guia / Boleto SUPORTE OPERACIONAL BANCOS ESCRITURAÇÃO FISCAL ENCERRAR ESCRITURAÇÃO GUIA/BOLETO Certificado ESCRITURAÇÃO RETIFICADORA FACILITADOR DE PAGAMENTO

5 GUIA AVULSA CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS EXTRATO DO CONTA CORRENTE E 2ª VIA Extrato Econômico Guia com Encargos Guia/Boleto CONSULTA Impressão para Conferência LIVRO CONTÁBIL OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS INCLUSÃO DE CONTAS SUPORTE OPERACIONAL CONTADOR CADASTRO DE CONTADOR Passo Passo Passo Passo Passo Passo ÁREA DE ACESSO DE CONTADORES ACESSANDO A ESCRITURAÇÃO DE SEU(S) CLIENTE(S)

6 Panorama O Manual Operacional da GissOnline foi desenvolvido para orientar todos os contribuintes que necessitam escriturar eletronicamente e os servidores que necessitam auxiliá-los a utilizar o sistema para declaração da movimentação econômica sobre o ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), imposto de competência do Município. Os recursos e as novidades abordados neste manual foram elaborados e testados para que você se sinta familiarizado com o sistema GissOnline, e ainda aprenda de forma interativa a utilizá-lo para suas análises, compromissos e capacidade de organizar melhor os faturamentos emitidos, Nota Fiscal por Nota Fiscal. O Sistema GissOnline é a forma mais eficiente para o contribuinte declarar sua movimentação econômica através da escrituração on-line, de qualquer lugar do mundo, com seu computador conectado à internet. Apresentação O que é GissOnline? A GissOnline é um sistema de Escrituração Eletrônica com Controle e Gestão Completa do ISSQN e que possui diversos facilitadores de escrituração, através da internet e off-line. Filosofia da GissOnline Respeitar as empresas e os cidadãos, com um sistema eficiente, proporcionando facilitadores para o cumprimento das obrigações tributárias, de forma justa e transparente, utilizando beneficamente a tecnologia da informação, aproximando as empresas e a administração pública. Benefícios que a GissOnline Oferece Sigilo da informação e notas fiscais digitais; Escrituração e substituição dos livros fiscais Online e Offline; Declaração simplificada, quando não houver movimento no mês de competência; Impressão do livro fiscal; Emissão de segunda via do imposto a qualquer momento; Emissão Eletrônica de Certificado atestando que procedeu a escrituração fiscal; Emissão de Extratos Diversos extrato econômico de débitos, guia emitida e Extrato do conta corrente tributária; Canais de comunicação direta com a GissOnline e a administração: Ajuda Online ou ; Escriturações personalizadas por atividades econômicas, bem como, empresas do ramo de Construção Civil e Instituições Financeiras como os Bancos, etc. 6

7 Portal GissOnline Através do Portal GissOnline, o contribuinte disponibilizará acesso mais rápido às informações, além de contar com um canal de notícias diário e login unificado. O acesso ao site é realizado através do endereço eletrônico Acesso Fácil: Utilize as DICAS DE ACESSO para navegar na ferramenta GissOnline e explorar todos os seus recursos. Área destinada às informações relacionadas às melhores maneiras para conseguir um acesso seguro e fácil. 7

8 Acesso para contribuintes com identificação e senha Clique na opção Área de acesso do Contribuinte, insira o login e senha e clique em Acesse aqui. Clique em Voltar para a página inicial, para retornar. CONTRIBUINTE REALIZANDO O CADASTRO PARA O PRIMEIRO ACESSO Todos os contribuintes inscritos no Município deverão efetuar o Cadastro para o primeiro acesso antes de prosseguir com a sua escrituração ou emissão de notas, preenchendo os campos: Dados do requerente, Órgão de registro da empresa e Natureza Jurídica. Lembrando que este procedimento será realizado uma única vez. Após realizar o preenchimento, o sistema irá direcionar o contribuinte para o Cadastro para Primeiro Acesso, que será divido em 7 Passos. 8

9 Cadastro para o primeiro acesso: Passo 1 de 7 Identificação: Insira o Nome Empresarial e Nome Fantasia (se houver), da empresa; Dados do Registro: O sistema apresentará os campos para preenchimento de acordo com o Órgão Selecionado; Dados de Inscrição: Informe CNPJ e Data de inscrição no mesmo, Inscrição Estadual e sua respectiva data. Caso a empresa seja Isenta de Inscrição Estadual, selecione a opção Isento. O campo Inscrição Municipal e Data da Inscrição Municipal serão preenchidos automaticamente. Clique em: Próximo Passo. 9

10 Cadastro para o primeiro acesso: Passo 2 de 7 Selecione se o endereço é Urbano ou Rural A) Tipo de Endereço - Urbano Selecione o tipo de busca por Logradouro ou CEP, e clique em Localizar Tipo de endereço: Selecione o local, Urbano ; Busca por: Selecione o tipo de busca a ser realizada e, clique em Localizar. O sistema irá trazer os campos preenchidos automaticamente; Dados para Contato: Insira Telefone, Celular e Fax com DDD, informe um válido e site da empresa se houver. Clique em Próximo Passo, para prosseguir; Clique em Passo Anterior, para retornar. 10

11 B) Tipo de Endereço Rural Tipo de Endereço: Selecione o local Rural ; Preencha os seguintes campos: Número de Inscrição no INCRA (opcional), CEP, Tipo de logradouro, nome do logradouro, número do endereço, complemento (se houver) e bairro. Dados para Contato: Insira telefone, celular e fax com DDD, informe um válido e site da empresa (se houver). Clique em Próximo Passo, para prosseguir; Clique em Passo Anterior, para retornar. Dica: Se algum campo foi preenchido de forma incorreta, o sistema apresentará a mensagem de alerta, para que o campo seja corrigido. 11

12 Cadastro para o primeiro acesso: Passo 3 de 7 Utilizar o mesmo endereço do Local de Atividade: Selecione esta opção se o endereço de Correspondência for o mesmo cadastrado no Passo 2 (Local do Estabelecimento), o sistema irá trazer as informações automaticamente. Se desejar inserir um novo endereço para correspondência selecione a opção Busca por. Busca por: Selecione o tipo de busca a ser realizada e clique sobre a Lupa - trazer os campos preenchidos automaticamente.. O sistema irá Clique em Próximo Passo, para prosseguir; Clique em Passo Anterior, para retornar. 12

13 Cadastro para o primeiro acesso: Passo 4 de 7 Objeto Social: Insira o objeto do Contrato Social da empresa; Enquadramento das atividades pretendidas: Insira as atividades pretendidas. Realize a busca através da descrição da atividade, e clique em Pesquisar. Selecione a(s) atividade(s) e clique sobre a opção: Concluir Seleção de Atividades. Dica: Se o Contribuinte possuir atividades em segmentos distintos, poderá realizar o cadastramento de uma única vez. Por exemplo, poderá realizar a busca por Desenvolvimento de Programas de Informática, selecionar a atividade e após realizar a busca por Manutenção de equipamentos, o sistema irá salvar as informações, quando clicar em Concluir Seleção de Atividades, o sistema irá gravar todas as atividades que o contribuinte informou. 13

14 Informe qual é a atividade principal da empresa; Caso necessite excluir uma atividade clique sobre o. Tipo de Unidade: Informe o tipo de unidade da empresa Unidade Produtiva ou Unidade Auxiliar. Ao informar a opção Unidade Auxiliar, o campo Descrição da Unidade será disponibilizado para que o contribuinte insira a descrição. Unidade: Informe se a unidade da empresa é Matriz ou Filial ; Ao informar Filial o campo CNPJ da Matriz, será disponibilizado para que o contribuinte insira o CNPJ. Formas de Atuação: Insira as formas de Atuação da empresa; Clique em Passo Anterior, para retornar; Clique em Próximo Passo, para prosseguir. 14

15 Cadastro para o primeiro acesso: Passo 5 de 7 Clique em Adicionar, para cadastrar os Sócios da referida empresa; Informando um Sócio Pessoa Jurídica Selecione a Qualificação do Sócio: Insira a classificação do Sócio/Administrador para cadastrálo no sistema (A Qualificação pode variar de acordo com a natureza jurídica da empresa). CPF/CNPJ do Sócio: Insira o CPF ou CNPJ do Sócio/Administrador e clique em, Continuar. 15

16 CNPJ: Informe o CNPJ do Sócio; Nome empresarial: Insira o nome empresarial do Sócio; Endereço para Correspondência: Informe se o endereço é Urbano ou Rural ; Busca por: Selecione o tipo de busca por CEP ou Logradouro e, em seguida, clique em Localizar. Dados para contato: Insira os dados para contato, Telefone, Celular, Fax e ; Clique na opção Confirmar Dados Para retornar ao Menu anterior, clique em Voltar. 16

17 Informando um Sócio Pessoa Física Selecione a Qualificação do Sócio: Insira a classificação do Sócio para cadastrá-lo (A Qualificação pode variar de acordo com a natureza jurídica da empresa). CPF/CNPJ do Sócio: Insira o CPF do Sócio/Administrador e clique em Continuar. Para retornar ao menu anterior, clique em Cancelar. 17

18 Informe Masculino ou Feminino. CPF: Informe o CPF do sócio a ser cadastrado; Nome Completo: Informe o nome completo do Sócio; Data de nascimento: Informe a data de nascimento do Sócio; Tipo de Documento: Informe qual o tipo de documento, RG, RM ou Outro, insira a UF/Órgão Emissor e Data de Emissão ; Endereço para correspondência: Selecione o local se é Urbano ou Rural. Busca por: CEP ou logradouro e, em seguida, clique em localizar. Dados para contato: Insira os dados para contato, Telefone, Celular, Fax com DDD e ; Clique na opção Confirmar Dados. 18

19 Após efetuar o cadastro dos Sócios, indique o valor de participação na Sociedade Capital Social Para alterar dados do Sócio, clique em ; Para descartar Sócios, clique em. Clique em Próximo Passo, para prosseguir; Clique em Passo Anterior, para retornar. Dicas: A soma da participação dos sócios deve totalizar com o capital social da empresa. Caso seja informado um valor que não totalize o percentual de 100% o sistema não permitirá que prossiga com o Cadastro para o primeiro acesso. Cadastro para o primeiro acesso: Passo 6 de 7 Selecione a opção Adicionar, para indicar o Responsável Contábil, Contador ou Escritório de Contabilidade. 19

20 Selecionando o Contador Informe o CPF do Contador e clique em Continuar. Para retornar ao menu anterior, clique em Cancelar. Depois clique em Adicionar. Selecionando o Escritório de Contabilidade Informe o CNPJ do Escritório de Contabilidade e, clique em Continuar: Para retornar ao menu anterior, clique em Cancelar. 20

21 Para excluir o Contador/Escritório clique em ; Para substituir o Contador/Escritório, clique em + : Após o cadastro realizado clique em Próximo Passo, para prosseguir; Clique em Passo Anterior, para retornar. 21

22 Cadastro para o primeiro acesso: Passo 7 de 7 22

23 Clique em Finalizar para que as informações inseridas sejam direcionadas para a Prefeitura. Clique em Passo Anterior, para retornar. 23

24 O sistema emite a mensagem de que o cadastro foi finalizado com sucesso, Clique em Ok Anote o número do protocolo gerado e o site apresentado, caso seja necessário realizar alguma alteração. Senha Atual: Informe a senha atual Nova Senha: Informe sua nova Senha, utilize o símbolo"? para obter dicas de cadastro da nova senha; Confirme Nova Senha: Confirme a Nova Senha; Para concluir a troca de Senha, clique em Continuar. 24

25 CONTRIBUINTE ACESSANDO O PORTAL GISSONLINE DE ESCRITURAÇÃO Após a realização do Cadastro para primeiro acesso, o contribuinte será direcionado ao portal de escrituração fiscal de acordo com o enquadramento de suas atividades. PRESTADOR Este módulo é destinado ao lançamento dos documentos fiscais, emitidos para as atividades de prestação de serviços*, que exige a cobrança do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza). Os prestadores de serviços deverão escriturar mensalmente todas as notas fiscais de serviços emitidas durante o mês de competência, em ordem cronológica de emissão, indicando todos os dados relativos às notas fiscais. *Exceto atividades de Construção Civil, Bancos, Concessão de Rodovias Públicas (Pedágios) e Cartórios. 25

26 Escrituração Fiscal Esta opção é destinada à escrituração fiscal das notas fiscais de prestação de serviços. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Fiscal. NF Inicial: informe o número da Nota Fiscal Inicial. 26

27 Série: Selecione a série de acordo com a Nota fiscal; Sub- Série: informe a sub- série de acordo com a Nota Fiscal. NF Final: O sistema preencherá esse campo com o número de NF Inicial; Dia: Informe o dia de emissão da Nota Fiscal de prestação de serviços; Situação: Informe a situação da Nota Fiscal - Tributada, Cancelada, Anulada, Isenta, Retida. Valor Nota: Informe o Valor Total da prestação de serviços; Atividade: Selecione o Item de Serviço/ Atividade, de acordo com o serviço prestado; Tomador: Informe Tomador pessoa Física ou Jurídica. 27

28 Prestando serviços para Tomador Pessoa Física Informe se o Tomador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Tomador é de Fora do País; Realize a busca, informando a Inscrição Municipal, CPF ou a Inscrição Estadual do Tomador e, em seguida, clique no botão Buscar Tomador. Caso não sejam localizados os dados do tomador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez); Gravar: Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. (*) O lançamento das notas fiscais poderá ser de forma agrupada, desde que sejam emitidas exclusivamente para tomadores pessoa física, o mesmo serviço prestado, e as notas fiscais sejam seqüenciais. Informe no lançamento, a data da última Nota Fiscal emitida. Exemplo: NF Inicial 01 e NF Final 05 - data 10 de fevereiro - atividade de manutenção e reparação. 28

29 Prestando serviços para Tomador Pessoa Jurídica Informe se o Tomador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Tomador é de Fora do País; Realize a busca, informando a Inscrição Municipal, CNPJ ou a Inscrição Estadual do Tomador e, em seguida, clique no botão Buscar Tomador. Caso não sejam localizados os dados do tomador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez); Gravar: Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. Utilize a borracha para descartar o lançamento (*) Os lançamentos de notas fiscais emitidas a Pessoa Jurídica, deverão ser realizados individualmente. Por exemplo: NF Inicial 18 e NF Final 18. Dica: Utilize a opção Clique aqui para visualizar todas as notas. 29

30 Dicas: Depois de lançar todas as notas fiscais no livro de Escrituração Fiscal, confira os lançamentos antes de encerrar a competência; A qualquer momento você poderá descartar a escrituração, antes de proceder ao encerramento fiscal. Encerrar Escrituração Esta opção é destinada ao encerramento da competência mensal, para efetivação do livro eletrônico. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique na opção Encerrar Escrituração. 30

31 Para confirmar o encerramento da competência, clique no botão Sim ; Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique no botão Não. Guia/Boleto *Layout do boleto para pagamento do imposto. 31

32 Certificado O certificado de encerramento é uma declaração que comprova a procedência do encerramento fiscal. Nele constará a Data, Razão Social, Endereço, Inscrição Mobiliária, CNPJ, as totalizações e no rodapé do certificado consta o IP do computador que realizou a operação. 32

33 Escrituração Retificadora Utilize a opção da Escrituração Retificadora para adicionar, corrigir ou excluir notas fiscais. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Retificadora. - Alterar Nota Fiscal - Excluir Nota Fiscal Para efetuar o lançamento de nota(s) fiscal (is), clique no botão Notas Adicionais ; A escrituração Retificadora poderá ser utilizada somente após o encerramento da escrituração fiscal; Sempre que utilizar a escrituração Retificadora, faça o encerramento na opção Encerrar Retificação. 33

34 Encerrar Sem Movimento No mês em que não houver movimentação econômica, a declaração de serviços será simplificada. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida clique na opção Encerrar Sem Movimento. Para confirmar o encerramento sem movimento, clique na opção Sim ; Para retornar ao menu de escrituração, clique na opção Não. 34

35 FACILITADOR DE PAGAMENTO Guia Avulsa Esta guia funciona como um facilitador, onde o contribuinte pode utilizar esse recurso para emitir sua guia de recolhimento com total segurança, antes da data de vencimento e antes de efetuar a escrituração fiscal. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida clique no botão OK. Para retornar ao menu de escrituração, clique em Menu Principal. 35

36 Informe o valor da base de cálculo do imposto na opção Valor Faturado ; e a seguir clique no botão Emitir Guia. Para emitir a guia avulsa clique em Sim, Emitir Guia ; Para retornar ao menu anterior, clique em Não Emitir Guia. Para retornar ao menu de escrituração, clique em Menu Principal. 36

37 CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Consulta / Impressão Para Conferência Esta opção é destinada a consulta para conferência dos lançamentos efetuados através da escrituração fiscal, ou seja, é disponibilizada uma pré- visualização do livro eletrônico do contribuinte. Após o encerramento da competência, é disponibilizado também nesta opção, o certificado de encerramento fiscal. Utilize a opção Impressão para Conferência, para obter uma pré-visualização do livro eletrônico. 37

38 Impressão para Conferência *Pré-visualização do livro eletrônico Extrato do conta corrente O Extrato do conta corrente é utilizado para controle tributário, onde é possível efetuar a emissão de 2ª via da guia de recolhimento, cálculo da guia com encargos, consulta de pagamentos efetuados, entre outros. 38

39 Selecione a Lupa - correspondente ao mês. Clique aqui para a emissão do extrato econômico. Clique no número da guia, para efetuar a emissão de uma 2ª via. É permitida a emissão de 2º via de guia, até a data de seu vencimento, após este período, utilize a opção Guia c/ Encargos no Extrato do Conta Corrente 39

40 Extrato Econômico O Extrato Econômico apresenta o histórico de toda a movimentação econômica, por exercício. Guia com Encargos Esta opção é utilizada para cálculo e emissão da guia com os acréscimos legais. Selecione a Lupa - correspondente ao mês. 40

41 1º Passo Clique na opção indicada para acesso ao calendário da guia com encargos. 2º Passo Escolha a data no calendário para calculo da guia com encargos. 3º Passo Clique no botão Calcular para geração de uma via da guia com os acréscimos legais. 41

42 Guia/Boleto *Layout do boleto para pagamento do imposto. Livro Fiscal Esta opção é destinada a consulta e impressão do livro eletrônico. Há duas opções para impressão do livro eletrônico: Mensal: onde a ferramenta disponibiliza o livro eletrônico da competência atual, ou; 42

43 Anual: onde a ferramenta disponibiliza o livro eletrônico do exercício, com os Termos de Abertura e Encerramento Fiscal. Se desejar gerar um arquivo em formato CSV/Excel com as informações contidas no Livro Fiscal, clique em Gerar CSV. 43

44 44

45 ESCRITURAÇÃO DE SERVIÇOS S/ ENQUADRAMENTO CADASTRAL Escrituração Fiscal Esta opção é destinada ao lançamento de serviços prestados eventualmente, cuja atividade não esteja registrada no cadastro municipal do contribuinte. Selecione a opção Escrituração Fiscal. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique no botão OK. 45

46 Para escrituração Fiscal, siga os procedimentos descritos nas páginas 26 a 30 deste manual; Os lançamentos dos serviços eventuais serão consolidados com a escrituração normal. Portanto, para emissão da guia, retorne ao menu de escrituração fiscal e, em seguida clique na opção Encerrar Escrituração ; Esta opção não poderá ser utilizada após o encerramento da competência. OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS Sociedade de Profissionais Nesta opção, é possível cadastrar, consultar ou alterar as informações de profissionais liberais existentes para a empresa. 46

47 Clique em Clique em para alterar informações de profissionais existentes, conforme exemplo abaixo. para apagar informações de profissionais existentes. Efetue a alteração dos campos desejados e, em seguida, clique no botão alterar ; Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique no botão Menu Principal. 47

48 Autorização para emissão de nota eletrônica Esta opção destina- se ao processo de solicitação e autorização para emissão de nota eletrônica. Selecione a opção Autorização para emissão de nota eletrônica. Para confirmar a opção pela emissão antecipada da NFS-e, clique em Ok ; Para cancelar o processo de emissão antecipada, clique em Cancelar. 48

49 INFORMATIVO DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Comunicados / Notificações de Inconsistências Nesta opção, ficam armazenadas as 2ª vias de todas as correspondências que foram postadas aos contribuintes via correio. 49

50 Clique aqui para visualizar a correspondência. Informativo de Pendências fiscais Esta opção tem como objetivo comunicar aos contribuintes as possíveis pendências e irregularidades de sua empresa junto à prefeitura, como por exemplo, a falta de escrituração fiscal, boletos gerados e não pagos, entre outros. 50

51 *Modelo do Informativo de pendências fiscais SUPORTE OPERACIONAL Esta opção disponibiliza diversos canais de comunicação ao contribuinte. 51

52 Mensagem Eletrônica Opção utilizada para sanar dúvidas tributárias, como por exemplo, tipo de enquadramento, regime, entre outros. Esta é direcionada automaticamente para a prefeitura. Para envio de mensagens, selecione a opção Enviar Nova Mensagem ; Para verificar as mensagens respondidas, clique na opção Atualizar ; Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique na opção Menu Principal. Informe o Título do assunto, descreva sua dúvida e, em seguida, clique no botão Enviar ; Para apagar todo o texto digitado clique em Limpar ; Para apagar a mensagem e não enviá-la, clique em Descartar. 52

53 Ajuda On-line Opção utilizada para sanar dúvidas operacionais sobre o sistema. Aguarde o atendimento! Nesta opção, o contribuinte conversa em tempo real com um atendente. A opinião do contribuinte é muito importante para os nossos serviços. Avalie o atendimento. 53

54 Dúvidas Freqüentes Utilizado para sanar dúvidas através de perguntas freqüentes realizadas pelos contribuintes. Selecione a categoria, para visualizar as respostas de suas dúvidas. 54

55 ESCRITURAÇÃO FISCAL DE PRESTADORES DE SERVIÇOS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL Esta opção é destinada a escrituração fiscal de prestação de serviços das empresas Optantes do Simples Nacional. Escrituração Fiscal Para efetuar a Escrituração Fiscal, siga os procedimentos descritos nas páginas 26 a

56 Encerramento Fiscal para Prestadores de Serviços Optantes do Simples Nacional Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Encerrar Escrituração. Para confirmar o encerramento fiscal, clique no botão Sim ; Para retornar ao menu de escrituração, clique no botão Não. Após a confirmação da declaração de receita de prestação de serviços. O sistema apresenta o certificado de encerramento fiscal. 56

57 Certificado *Certificado de encerramento fiscal de empresas optantes do Simples Nacional. 57

58 Extrato do Extrato do conta corrente de Empresas optantes do Simples Nacional O Extrato do conta corrente é utilizado para acompanhamento do(s) pagamento(s) efetuado (s) através do DAS - Documento de Arrecadação do Simples. 58

59 TOMADOR Este módulo é destinado ao lançamento dos documentos fiscais de serviços contratados. Os Tomadores de Serviços deverão escriturar mensalmente todas as notas fiscais de serviços recebidas durante o mês de competência, indicando todos os dados relativos às notas fiscais e efetuar o recolhimento do imposto de serviços que tiverem Retenção na Fonte. Ressaltando que mesmo nos casos em que não houver retenção do imposto por parte do substituto tributário, as notas deverão ser escrituradas. 59

60 Escrituração Fiscal Esta opção é destinada a escrituração fiscal das notas fiscais de serviços tomados (contratados) de pessoa física e/ ou jurídica que emitiram documento fiscal. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Fiscal. Nº da Nota: informe o número da Nota Fiscal; Série: selecione a série destacada na Nota Fiscal. 60

61 Dia: informe o dia de emissão da Nota Fiscal; Situação: selecione a situação da Nota Fiscal: Não Retida, Isenta, Retida ou Imune; Valor Nota: informe o valor total do serviço prestado, destacada através da nota fiscal de serviços. Prestador: informe Prestador Pessoa Física ou Jurídica; Contratando serviços de Prestador Pessoa Física Informe se o Prestador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Prestador é de Fora do País; Realize a busca na base de dados, informando a Inscrição Municipal ou CPF do Prestador ou a Inscrição Estadual e, em seguida, clique no botão Buscar Prestador. Caso não sejam localizados os dados do Prestador de Serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez); Informe se o Prestador é optante do Simples Nacional. 61

62 Contratando serviços de Prestador Pessoa Jurídica Informe se o Prestador é estabelecido no Município, não estabelecido no Município ou se o Prestador é de Fora do País; Realize a busca na base de dados, informando a Inscrição Municipal ou CNPJ ou a Inscrição Estadual do Prestador e, em seguida, clique no botão Buscar Prestador. Caso não sejam localizados os Prestadores do Tomador de Serviço, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez); Informe se o Prestador é optante do Simples Nacional. Serviço: Selecione o item de serviço/ atividade, de acordo com o serviço contratado; Gravar: Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. 62

63 Utilize a borracha para descartar o lançamento. Dicas Para grandes quantidades de Notas Fiscais a serem escrituradas, utilize também o recurso Giss Remessa; Depois de lançar todas as notas fiscais no livro de Escrituração Fiscal, confira os lançamentos antes de encerrar a competência; A qualquer momento você poderá descartar a escrituração de uma nota fiscal, antes de proceder ao encerramento fiscal. Efetuando a escrituração fiscal de serviços contratados de Prestadores do Simples Nacional Esta opção é destinada ao lançamento de serviços contratados de prestadores optantes pelo Simples Nacional, conforme regimento da Lei Complementar N 128/2008. Ao informar o Prestador estabelecido no Município, o campo Prestador enquadrado como Simples Nacional, aparecerá selecionado. Caso informe o Prestador Não Estabelecido no Município, o campo será liberado para selecionar se ele é optante do Simples Nacional. Alíq. SN: informe a alíquota correspondente à prestação de serviços. 63

64 Encerrar Escrituração Esta opção é destinada ao encerramento da competência mensal, para efetivação do livro eletrônico. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Encerrar Escrituração. Para confirmar o encerramento da competência, clique no botão Sim ; Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique no botão Não ; Para retornar ao menu anterior, clique na opção Menu Principal. 64

65 Guia/Boleto * layout do boleto para pagamento do imposto. Certificado O certificado de encerramento é uma declaração que comprova a procedência do encerramento fiscal. Nele constará a Data, a Razão Social, o Endereço, a Inscrição Mobiliária, o CNPJ, as totalizações e no rodapé do certificado consta o IP do computador que realizou a operação. 65

66 Escrituração Retificadora Utilize a opção da Escrituração Retificadora para adicionar, corrigir ou excluir notas fiscais. - Alterar Nota Fiscal - Excluir Nota Fiscal Para efetuar o lançamento de nota(s) fiscal (is), clique no botão Notas Adicionais ; A escrituração Retificadora poderá ser utilizada somente após o encerramento da escrituração fiscal; Sempre que utilizar a escrituração Retificadora, faça o encerramento na opção Encerrar Retificação. 66

67 Encerrar Sem Movimento No mês em que não houver movimentação econômica, a declaração de serviços será simplificada. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Encerrar Sem Movimento. Para confirmar o encerramento sem movimento, clique na opção Sim ; Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique na opção Voltar. 67

68 Certificado de Encerramento Fiscal Sem Movimentação Econômica 68

69 FACILITADOR DE PAGAMENTO Guia Avulsa Esta opção funciona como um facilitador, onde o contribuinte pode utilizar este recurso para emitir sua guia de recolhimento com total segurança, antes da data de vencimento e antes de efetuar a escrituração fiscal. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique no botão Ok ; Para retornar ao menu anterior, clique na opção Menu Principal. 69

70 Informe o código de serviço ou a sua descrição, ou clique na opção Lista Completa, para adicionar um item de serviço para emissão da Guia; Informe o valor da base de cálculo do imposto, na opção Valor Faturado ; Para a ferramenta efetuar o cálculo do imposto, clique no botão Emitir Guia. Para iniciar o processo de emissão de guia, clique no botão OK. Para retornar ao menu anterior, clique no botão Cancelar Para emissão da guia, clique na opção Sim, Emitir Guia ; Para retornar ao menu de guia, clique na opção Não Emitir Guia. 70

71 * layout do boleto para pagamento do imposto. CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Consulta Esta opção é destinada a consulta para conferência dos lançamentos efetuados através da escrituração fiscal, onde é disponibilizada uma pré-visualização do livro eletrônico. 71

72 Após o encerramento da competência, é disponibilizado também nesta opção o certificado de encerramento fiscal. Tela de Impressão * Pré-visualização do livro eletrônico. Dica: Utilize a opção Tela para Impressão, para obter uma pré-visualização do livro eletrônico. 72

73 Extrato do conta corrente O Extrato do conta corrente é utilizado para controle tributário, onde é possível a emissão da 2ª via da guia de recolhimento, cálculo da guia com encargos, consulta de pagamentos efetuados, entre outros. Selecione o ícone correspondente ao mês. Clique aqui para emissão do extrato econômico. 73

74 Clique no número da guia para efetuar a emissão de uma 2ª via. É permitida a emissão de 2º via da guia, até a data de vencimento, após este período, utilize a opção Guia c/ Encargos no Extrato do Conta Corrente. Extrato Econômico O extrato econômico apresenta o histórico de toda a movimentação econômica, por exercício. 74

75 Guia com Encargos Esta opção é utilizada para cálculo e emissão da guia com os acréscimos legais. 1º Passo Clique na opção indicada para acesso ao calendário da guia com encargos. 2º Passo Escolha a data no calendário para calculo da guia com encargos 3º Passo Clique no botão Calcular para geração de uma via da guia com os acréscimos legais. 75

76 Livro Fiscal Esta opção é destinada a consulta e impressão do livro eletrônico. Há duas opções para impressão do livro eletrônico: Mensal: onde a ferramenta disponibiliza o livro eletrônico da competência atual, ou; Anual: onde a ferramenta disponibiliza o livro eletrônico do exercício, com os Termos de Abertura e Encerramento Fiscal. Clique na opção Livro Anual (Ano), para gerar os Termos de Abertura e Encerramento Fiscal. 76

77 77

78 Se desejar gerar um arquivo em formato CSV/Excel com as informações contidas no Livro Fiscal, clique em Gerar CSV. 78

79 Notas Recebidas Esta opção tem a finalidade de aceitar uma nota fiscal que foi emitida eletronicamente para o tomador de serviços, ou seja, o tomador de serviços não precisa efetuar o lançamento manualmente em sua escrituração, basta aceitá-la que será escriturado em seu livro eletrônico. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique em Notas Recebidas. - Utilize esta opção para Visualizar a Nota Fiscal Emitida Eletronicamente; - Utilize esta opção para Validar Escrituração da Nota Fiscal; - Utilize esta opção para Recusar Escrituração da Nota Fiscal. 79

80 Validar Escrituração da Nota Fiscal Para confirmar a escrituração da nota fiscal, clique em Sim ; Para retornar ao menu anterior, clique em Não. O sistema emite a mensagem de que a Nota Fiscal foi escriturada com sucesso. Recusar Escrituração da Nota Fiscal Informe o motivo da recusa da Nota Fiscal; Para confirmar a rejeição as Nota Fiscal, clique em Recusar ; Para retornar ao menu anterior, clique em Voltar. O sistema emite a mensagem de que a Nota Fiscal foi recusada com sucesso. 80

81 Clique aqui para visualizar o histórico das notas fiscais recusadas. *Histórico de Nota(s) Fiscal (is) Recusada(s) 81

82 ESCRITURAÇÃO SEM DOCUMENTO FISCAL Registro de Serviços Tomados de Pessoa Física/Jurídica - Sem Documento Fiscal Esta opção destina-se ao registro de serviços, nos quais não foram emitidos documentos fiscais. Nesta opção o contribuinte poderá efetuar o lançamento de RPA s, recibos, faturas, entre outros. 82

83 Escrituração Fiscal Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Fiscal. Nº do Doc: informe o número do documento emitido pelo prestador de serviços; Dia: informe o dia de emissão do documento de prestação de serviços; Situação: informe a situação de tributação Não Retida ou Retida; Valor Doc: informe o valor total da prestação de serviços. Prestador: informe Prestador pessoa Física ou Jurídica; 83

84 Contratando serviços de Prestador Pessoa Física Informe se o Prestador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Prestador é de Fora do País; Realize a busca na base de dados, informando a Inscrição Municipal ou CPF ou a Inscrição Estadual do Prestador e, em seguida, clique no botão Buscar Prestador. Caso não sejam localizados os Prestadores do Tomador de Serviços, os campos serão liberados para o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). Contratando Serviços de Prestador Pessoa Jurídica 84

85 Informe se o Prestador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Prestador é de Fora do País; Realize a busca na base de dados, informando a Inscrição Municipal ou CNPJ ou a Inscrição Estadual do Prestador e, em seguida, clique no botão Buscar Prestador. Caso não sejam localizados os Prestadores do Tomador de Serviços, os campos serão liberados para o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). Selecione o item de serviço, de acordo com o serviço prestado; Gravar: Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. Utilize a borracha para descartar o lançamento Após a escrituração fiscal, é possível a emissão de uma guia para cada documento lançado, ou a emissão de guia única para todos os documentos escriturados. 85

86 Escrituração Retificadora A escrituração Retificadora tem como finalidade excluir notas fiscais escrituradas. Borracha Utilize a borracha para efetuar a exclusão do lançamento. Para um novo lançamento, retorne ao Menu Principal CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Consulta Nesta opção você poderá visualizar toda a escrituração detalhadamente para conferência. Opção disponível após a emissão da guia. Para maiores detalhes, siga as instruções descritas nas páginas 37 e 38 deste manual. Livro Fiscal Esta opção é destinada a consulta e impressão do livro eletrônico. Para maiores detalhes, siga as instruções descritas nas páginas 42 a 44 deste manual. OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS Conta Corrente 2ª Via(s) O Extrato do conta corrente é utilizado para controle tributário, onde é possível a emissão de 2ª via da guia de recolhimento, cálculo da guia com encargos, consulta da baixa de pagamento, entre outros. Para maiores detalhes, siga as instruções descritas nas páginas 38 a 44 deste manual. 86

87 SUPORTE OPERACIONAL As opções disponíveis em Suporte Operacional são os canais de comunicação entre o contribuinte, Prefeitura e sistema Gissonline. Para maiores detalhes consulte as páginas 51 a 54 deste manual. Mensagem Eletrônica: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Ajuda On-line: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Dúvidas Freqüentes: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. ESCRITURAÇÃO E/ OU RETENÇÃO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Registro de Serviço Tomados da Construção Civil Para efetuar a escrituração fiscal do Registro de Serviço Tomados da Construção Civil, siga as instruções descritas nas páginas 125 a 151 deste manual. 87

88 INFORMATIVO DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Informativo de Pendências Fiscais Esta opção tem como objetivo comunicar aos contribuintes as possíveis pendências e irregularidades de sua empresa junto à prefeitura, como por exemplo, a falta de escrituração fiscal, boletos gerados e não pagos, entre outros. Para maiores detalhes, siga as instruções descritas na página 50 deste manual. Comunicados/ Notificações de Inconsistência Nesta opção ficam armazenadas a 2ª via de todas as correspondências que foram enviadas aos contribuintes via correio. Para maiores detalhes, siga as instruções descritas na página 49 deste manual. 88

89 SUPORTE OPERACIONAL As opções disponíveis em Suporte Operacional são os canais de comunicação entre o contribuinte, Prefeitura e sistema Gissonline. Para maiores detalhes consulte as páginas 51 a 54 deste manual. Mensagem Eletrônica: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Ajuda On-line: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Dúvidas Freqüentes: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. 89

90 CONSTRUÇÃO CIVIL Este módulo é destinado ao lançamento dos documentos fiscais, emitidos para as atividades de Construção Civil, que exige a cobrança do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza). Possibilita o registro de cada uma das obras que o Prestador está executando separadamente, criando automaticamente um Centro de Custo, para cada obra registrada. É possível também efetuar todos os processos de abatimentos, facilitando o cálculo do imposto com as deduções devidas. Cadastro de Obra(s) Esta opção é destinada ao cadastro da localização (endereço) da obra. Nesta opção, o contribuinte também determina se haverá abatimentos para a mesma. 90

91 Cadastrando obra(s) estabelecida(s) dentro do Território Nacional Para retornar ao menu inicial de Escrituração Fiscal, clique no botão Menu Principal ; Para efetuar o cadastro de uma obra, clique no botão Incluir Nova Obra. Selecione a opção sim, para informar que a obra será realizada dentro do território nacional. Realize a busca por CEP Ou por Logradouro Para efetuar a busca por CEP, informe o CEP válido e, em seguida clique no botão Buscar; Para efetuar a busca através do LOGRADOURO, selecione o Estado e a Cidade, informe o logradouro e, em seguida clique no botão Buscar ; Para retornar ao Menu Principal, clique no botão Voltar. Dicas: Será permitido apenas CEP s existentes na base de dados dos Correios. A busca deverá ser realizada através do CEP ou Logradouro. 91

92 Confira o endereço realizado na busca e, em seguida, clique no botão Confirmar ; Se o endereço não conferir com o local da realização da obra, clique no botão Nova Busca para retornar ao Menu Principal. O que fazer quando o CEP não foi localizado? Se o local não possuir um CEP exato, utilize um CEP de referência próximo à execução da obra. 92

93 Preenchendo os dados da Obra Inscrição Imobiliária: informe o número de cadastro do imóvel na prefeitura (campo opcional); Nome/ Razão Social do Proprietário da Obra: informe o Nome ou a Razão Social do Proprietário da Obra a ser executada; CPF/CNPJ do Proprietário: informe o CPF ou CNPJ do Proprietário da Obra; Data de Início da Obra: informe a data de início da obra; Título da Obra: informe um título para obra, a fim de facilitar a escrituração fiscal; Alvará: informe o número do alvará de concessão, se houver, para realização da obra (campo opcional); Os dados referentes ao endereço já estarão preenchidos, informe apenas o número do logradouro e complemento se houver; Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar Obra ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão voltar. Cadastrando obra(s) NÃO estabelecida(s) no Território Nacional Selecione a opção não para informar que a obra será realizada fora do território nacional. 93

94 Selecione o país onde será realizada a obra e, em seguida, clique no botão Buscar ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. Preenchendo os dados da obra Nome/ Razão Social do Proprietário da Obra: informe o Nome ou a Razão Social do Proprietário da Obra a ser executada; Data de Início da Obra: informe a data de início da obra; Título da Obra: informe um título para a obra, a fim de facilitar a escrituração fiscal; 94

95 95

96 País: o sistema apresenta o país, conforme seleção realizada anteriormente; Nome da Empresa: informe o nome da Empresa Tomadora de serviços; Informações sobre a Empresa Tomadora (Localização, Documentos da Empresa e outros): Descreva as informações relativas à localização exata da empresa tomadora e dados que comprovem a legalidade da empresa fora do país; Após o preenchimento de todos os campos. Clique no botão Gravar Obra ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. * Campos de preenchimento Obrigatório. Visualizando a(s) obra(s) cadastrada(s) Selecione o Município para visualizar os dados da(s) obra(s) cadastrada(s). Para alterar os dados de uma obra cadastrada, clique no título dado a Obra. Alterando os dados da Obra Após efetuar a alteração dos campos, clique no botão Gravar Alteração ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. 96

97 Escrituração Fiscal de Serviços Prestados de Construção Civil Esta opção é destinada a escrituração fiscal da(s) nota(s) fiscal (is) de prestação de serviços da Construção Civil. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Fiscal. 97

98 NF Inicial: informe o número da Nota Fiscal; Série: selecione a série destacada na Nota Fiscal; Dia: informe o dia de emissão da Nota Fiscal de prestação de serviços; Situação: informe a situação da Nota Fiscal - Tributada, Cancelada, Isenta ou Retida; 98

99 Valor Nota: informe o valor total bruto da prestação de serviços, destacada através da nota fiscal de serviços prestados; Obra/ Cad.: Referencie a qual obra pertence à nota fiscal a ser escriturada, selecionando-a; Dica: Se não efetuou o cadastro de obra, retorne ao menu anterior e siga os passos para cadastro. Tomador: informe tomador pessoa Física ou Jurídica. 99

100 Prestando serviços para tomador Pessoa Física Informe se o Tomador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Tomador é de Fora do país; Realize a busca na base dados, informando a inscrição municipal ou CPF do Tomador e, em seguida, clique no botão Localizar. Caso não sejam localizados os dados do Tomador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). Prestando serviços para Tomador Pessoa Jurídica Informe se o Tomador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Tomador é de Fora do país; Realize a busca na base dados, informando a Inscrição Municipal, CNPJ ou a Inscrição Estadual do Tomador e, em seguida, clique no botão Buscar Tomador. Caso não sejam localizados os dados do Tomador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). 100

101 Serviço: selecione o item de serviço, de acordo com o serviço prestado; Gravar: após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. Utilize a borracha para a exclusão do lançamento 101

102 Abatimentos Esta opção é destinada ao lançamento dos materiais aplicados na obra para abatimento na base de cálculo tributável do imposto. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Abatimentos. Selecione a opção Abater, da obra a qual efetuará o lançamento do(s) material (is) aplicado(s). 102

103 Confirme a declaração de responsabilidade, clicando na opção Confirmo a Declaração ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. Abatimento de Materiais Demonstrativo dos Abatimentos Lançados Dados das Notas Fiscais de Materiais para Abatimento: Dia/Mês/Ano: informe a data, mês e ano de emissão da nota fiscal de compra de material; Nº NF: informe o número da nota fiscal de compra de material; V. Total NF: informe o valor TOTAL da nota fiscal de compra de material; 103

104 Base de Cálculo: informe o valor que será utilizado para dedução na base de cálculo, do(s) material (is) que será (ão) aplicado(s) na obra; Inscrição Estadual: informe a inscrição estadual do estabelecimento emissor da nota fiscal de compra de material; CNPJ/ CPF: informe o CNPJ ou CPF do estabelecimento emissor da nota fiscal de compra de material; Tomador Tomador: Deverão ser informados os dados do comprador do serviço. Selecionando Tomador pessoa física Informe se o Tomador é Estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Tomador é de Fora do país; Realize a busca na base de dados, informando a Inscrição Municipal ou CPF do Tomador e, em seguida, clique no botão Localizar. Caso não sejam localizados os dados do Tomador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). Selecionando Tomador pessoa jurídica Informe se o Tomador é estabelecido no Município, não Estabelecido no Município ou se o Tomador é de Fora do país; Realize a busca na base dados, informando a Inscrição Municipal ou CNPJ ou a Inscrição Estadual do Tomador e, em seguida, clique no botão Busca Tomador. Caso não sejam localizados os dados do Tomador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). Gravar: Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. 104

105 Emissão de Guia/ Protocolo Esta opção é destinada a emissão de guias ou certificados de escrituração fiscal por obra. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Emissão de Guia/ Protocolo. Clique aqui para impressão do certificado de escrituração fiscal. Clique aqui para emitir a guia de recolhimento do 105

106 Guia/ Boleto *Layout do boleto para pagamento do imposto. 106

107 Encerrar Competência Esta opção é destinada ao encerramento da competência mensal, para efetivação do livro eletrônico. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida clique na opção Encerrar Competência. Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique em Voltar ; Para efetuar o encerramento da competência, clique em Encerrar Competência. 107

108 Para efetuar a confirmação do encerramento da competência, clique no botão Ok ; Para cancelar o processo de encerramento da competência, clique no botão Cancelar. Se a obra foi finalizada na competência atual, ou se ela permanecerá paralisada por um determinado período, selecione a opção Inativar para a próxima competência. Caso contrário, NÃO selecione nenhuma opção. Certificado O certificado de encerramento é uma declaração que comprova a procedência do encerramento fiscal. Nele constará a Data, a Razão Social, o Endereço, a Inscrição Mobiliária, o CNPJ, as totalizações e no rodapé do certificado consta o IP do computador que realizou a operação. 108

109 Efetuando o encerramento sem Movimentação Econômica Para efetivar o livro eletrônico mensal sem movimentação econômica, clique no menu de escrituração fiscal Encerrar Competência, e posteriormente, confirme o encerramento na opção Encerrar Competência. (Siga os procedimentos descritos nas páginas 107 e 108 deste manual). Escrituração Retificadora Utilize a opção da Escrituração Retificadora para adicionar, corrigir ou excluir notas fiscais. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida clique na opção Escrituração Retificadora. Alterar Nota Fiscal Excluir Nota Fiscal 109

110 Selecione a obra, o qual deseja efetuar a substituição; Para efetuar o lançamento de nota(s) fiscal (is), clique no botão Notas Adicionais ; A Escrituração Retificadora poderá ser utilizada somente após o encerramento da escrituração fiscal; Sempre que utilizar a Escrituração Retificadora, faça o encerramento na opção Encerrar Retificadora. FACILITADOR DE PAGAMENTO Guia Avulsa Esta opção funciona como um facilitador, onde o contribuinte pode utilizar esse recurso para emitir sua guia de recolhimento com total segurança, antes da data de vencimento e antes de efetuar a escrituração fiscal. 110

111 Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique no botão Ok. Base de Cálculo do Imposto: informe a Base de Cálculo do imposto, considerando as deduções de abatimentos; Valor a pagar: o sistema efetua o cálculo do imposto a pagar; Cód. Atividade/ Serviço: selecione a atividade para cálculo do imposto na guia avulsa; 111

112 Selecione a Obra: para emissão de guia avulsa da construção civil. É necessário que haja uma obra cadastrada no sistema, caso não tenha nenhuma obra registrada, siga os procedimentos descritos nas páginas 90 a 96 deste manual; Para retornar ao menu de escrituração, clique em Menu Principal. Clique em Ok, para confirmar a emissão da guia avulsa da Construção Civil; Para retornar ao menu de escrituração, clique em Cancelar. 112

113 CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Consulta Esta opção é destinada a consulta para conferência dos lançamentos efetuados na escrituração fiscal, onde é disponibilizada uma pré-visualização do livro eletrônico. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Consulta. Selecione uma obra para efetuar a consulta e, em seguida, clique em Pesquisar. Clique aqui, para efetuar a consulta de todas as obras com nota(s) fiscal (is). 113

114 Após o encerramento da competência, é disponibilizado também nesta opção o certificado de encerramento fiscal. Impressão para Conferência Livro Fiscal Esta opção é destinada à consulta e impressão do livro eletrônico. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida clique na opção Livro Fiscal. Há duas opções de impressão do livro eletrônico: Mensal: onde o sistema disponibiliza o livro eletrônico da competência atual, ou; Anual: onde o sistema disponibiliza o livro eletrônico do exercício, com os Termos de Abertura e Encerramento Fiscal. 114

115 115

116 116

117 Conta Corrente e 2ª Via(s) O conta corrente é utilizado para controle tributário, onde é possível a emissão de 2ª via da guia de recolhimento, cálculo da guia com encargos, consulta de pagamentos efetuados, entre outros. 117

118 Para acesso as guias geradas na competência, clique na opção indicada. Clique aqui para emissão do Extrato Econômico. Clique sobre o número da guia para efetuar a emissão da 2ª via. É permitida a emissão de 2º vias de guia, até a data de seu vencimento, após este período, utilize a opção Guia c/ Encargos no Extrato do Conta Corrente. 118

119 Extrato Econômico O extrato econômico apresenta o histórico de toda a movimentação econômica, por exercício. Guia com Encargos Esta opção é utilizada para cálculo e emissão da guia com os acréscimos legais. 1º Passo clique na opção indicada para acesso ao calendário da guia com encargos. 2º Passo Escolha a data no calendário para cálculo da guia com encargos. 3º passo Clique no botão Calcular para geração de uma via da guia com os acréscimos legais. 119

120 OUTRAS OPÇOES OPERACIONAIS Extrato Mensal da Obra O extrato mensal da obra é utilizado como mapa de apuração do ISSQN da Construção Civil. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida clique na opção Extrato Mensal da Obra. Selecione a Razão Social de uma obra, para consulta do mapa de apuração da Construção Civil 120

121 *Modelo do Mapa de Apuração do ISS da Construção Civil 121

122 INFORMATIVO DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Informativo de Pendências Fiscais Esta opção tem como objetivo comunicar aos contribuintes as possíveis pendências e irregularidades de sua empresa junto à prefeitura, como por exemplo, a falta de escrituração fiscal, boletos gerados e não pagos, entre outros. *Modelo do Informativo de Pendências Fiscais 122

123 SUPORTE OPERACIONAL As opções disponíveis em Suporte Operacional são os canais de comunicação entre o contribuinte, Prefeitura e sistema Gissonline. Para maiores detalhes consulte as páginas 51 a 54 deste manual. Mensagem Eletrônica: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Ajuda On-line: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Dúvidas Freqüentes: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. 123

124 Demais Serviços Esta opção é destinada ao lançamento de notas fiscais de serviços prestados, exceto Construção Civil. Para efetuar a escrituração fiscal de serviços que NÃO sejam relacionados à Construção Civil, utilize a opção Demais Serviços, através dos procedimentos descritos nas páginas 25 a

125 TOMADOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL Esta opção é destinada ao lançamento dos serviços contratados de prestadores da Construção Civil. 125

126 ESCRITURAÇÃO E/OU RETENÇÃO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Registro de Serviços Tomados da Construção Civil Esta opção é destinada ao lançamento dos serviços contratados de prestadores da Construção Civil que emitiram documentos fiscais. Cadastro de Obras Esta opção é destinada a confirmação do cadastro da localização (endereço) da obra. Para confirmar ou cadastrar uma nova obra, clique na opção Cadastro de Obra(s) e, em seguida, clique no botão Incluir Nova Obra ; Para retornar ao menu inicial, clique no botão Menu Principal Tomador. 126

127 Selecione uma das opções e, em seguida clique no botão Buscar ; Para retornar ao menu de inclusão da obra, clique no botão Voltar. Confirme a obra cadastrada previamente pelo prestador de serviços, através das opções a seguir: Realizando a busca através dos dados do Prestador Informe o CNPJ/ CPF ou a Inscrição Municipal ou a Razão Social do Prestador e, em seguida, clique no botão Buscar. Realizando a busca através do CEP onde será realizada a obra OU 127

128 Informe o CEP OU ESTADO onde será realizada a obra e, em seguida clique no botão Buscar. Será permitido apenas CEP s existentes na base de dados dos Correios. Realizando a busca através do Código de Obra disponibilizado pelo prestador Informe o código de obra já cadastrado previamente pelo prestador e, em seguida, clique no botão Buscar ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. Dicas: Solicite ao prestador o número de identificação da obra gerado pelo sistema. Isso facilitará a visualização de todas as deduções legais para a retenção do imposto, se houver. Ao localizar a obra cadastrada pelo prestador, o sistema a gravará na base de dados do tomador, com um novo código de obra. Clique sobre a Razão Social da Obra. 128

129 Para confirmar a obra cadastrada previamente pelo prestador de serviços, clique no botão Gravar Obra ; Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. E se o Prestador de Serviços não efetuou o Cadastro de Obras? Se ao efetuar a busca através das opções descritas anteriormente, não for encontrada nenhuma obra cadastrada pelo prestador, o sistema emitirá a seguinte mensagem: Para inclusão de uma Nova Obra, siga os procedimentos descritos nas páginas 90 a 96 deste manual. Dicas: Para que a retenção do imposto, quando devida, seja realizada com as devidas deduções, é necessário que o prestador de serviços faça previamente o lançamento do(s) abatimento(s) de material (is) em sua escrituração fiscal. Caso o prestador de serviços não tenha efetuado o cadastro de obras, o tomador poderá efetuar o cadastramento, porém, não há possibilidade de efetuar o(s) lançamento(s) de abatimento(s) de material (is). 129

130 Visualizando a(s) obra(s) cadastrada(s) Selecione o Município para visualizar os dados da(s) obra(s) cadastrada(s). Para alterar os dados de uma obra cadastrada, clique no título dado a Obra. Alterando os dados da Obra O sistema permite alteração dos campos CNPJ/ CPF do Proprietário e Título da Obra. Após efetuar a alteração dos campos, clique no botão Gravar Alteração. Para retornar ao menu anterior, clique no botão Voltar. 130

131 Escrituração Fiscal dos serviços Tomados da Construção Civil Esta opção é destinada a escrituração fiscal da(s) nota(s) fiscal (is) dos serviços tomados de Construção Civil. Escrituração Fiscal Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Fiscal. NF Inicial: informe o número da Nota Fiscal; Série: selecione a série destacada na Nota Fiscal; 131

132 Dia: informe o dia de emissão da Nota Fiscal de prestação de serviços; Situação: Informe a situação da Nota Fiscal: Não Retida, Isenta ou Retida; Valor Nota: informe o valor total bruto do serviço prestado; Obra/Cad.: selecione a qual obra pertence à nota fiscal a ser escriturada. Dica: Se não efetuou o cadastro de obras, retorne ao menu anterior e siga os passos para cadastro Prestador: informe Prestador pessoa Física ou Jurídica; 132

133 Contratando serviços de Prestador Pessoa Física Informe se o Prestador é estabelecido no Município, não estabelecido no Município ou se o Prestador é de Fora do país; Realize a busca na base dados, informando a Inscrição Municipal ou CPF do Prestador e, em seguida, clique no botão Buscar. Caso não sejam localizados os dados do Prestador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez); Informe se o Prestador é optante do Simples Nacional. 133

134 Contratando serviços de Prestador Pessoa Jurídica Informe se o Prestador é estabelecido no Município, não estabelecido no Município ou se o Prestador é de Fora do país; Realize a busca na base de dados, informando a Inscrição Municipal ou CNPJ ou a Inscrição Estadual do Prestador e, em seguida, clique no botão Buscar. Caso não sejam localizados os dados do Prestador de serviços, os campos serão liberados para que o preenchimento seja efetuado manualmente (procedimento realizado uma única vez). Informe se o Prestador é optante do Simples Nacional. Serviço: Selecione o item de serviço, de acordo com o serviço prestado; Gravar: Após o preenchimento de todos os campos, clique no botão Gravar. 134

135 Para descartar o lançamento, clique na borracha Efetuando a escrituração fiscal de serviços contratados de Prestadores do Simples Nacional Esta opção é destinada ao lançamento de serviços contratados de prestadores optantes pelo Simples Nacional. Ao informar o Prestador Estabelecido no Município o campo: Prestador enquadrado no Simples Nacional, aparecerá selecionado. Caso informe o Prestador Não Estabelecido no Município, o campo estará liberado para selecionar se ele é optante do Simples Nacional; Alíq. SN: informe a alíquota correspondente à prestação de serviços. 135

136 OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS Abatimentos Esta opção é destinada a consulta dos abatimentos de materiais lançados pelo prestador de serviços da construção civil. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Abatimentos. Selecione a opção Ver Abatimentos, para visualizar o(s) abatimento(s) lançado(s) pelo prestador de serviços; A consulta de lançamento de abatimento(s) é efetuada por obra. 136

137 Escrituração fiscal Emissão de Guia/ Protocolo Esta opção é destinada a emissão de guias ou certificados de escrituração fiscal por obra. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida clique na opção Emissão de Guia/ Protocolo. Clique aqui para impressão do certificado de escrituração fiscal. Clique aqui para emitir a guia de recolhimento do ISSQN. 137

138 Guia/ Boleto *Layout do boleto para pagamento do imposto 138

139 Encerrar Competência Esta opção é destinada ao encerramento da competência mensal, para efetivação do livro eletrônico. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Encerrar Competência. Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique em Voltar ; Para efetuar o encerramento da competência, clique em Encerrar Competência. Para efetuar a confirmação do encerramento da competência, clique no botão Ok ; Para cancelar o processo de encerramento da competência, clique no botão Cancelar. 139

140 Se a obra foi finalizada na competência atual. Ou se ela permanecerá paralisada por um determinado período, selecione a opção Inativar para a próxima competência. Caso contrário, NÃO, selecione nenhuma opção. Certificado *Certificado de Encerramento Fiscal Efetuando o encerramento sem Movimentação Econômica Para efetivar o livro eletrônico mensal sem movimentação econômica, clique no menu de escrituração Encerrar Competência, e posteriormente, confirme o encerramento na opção Encerrar Competência. (Siga as instruções descritas nas páginas 138 e 139 deste manual). 140

141 Escrituração Retificadora Utilize a opção da Escrituração Retificadora para adicionar, corrigir ou excluir notas fiscais. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Escrituração Retificadora. - Alterar Nota Fiscal - Excluir Nota Fiscal Selecione a obra, o qual deseja efetuar a retificação; Para efetuar o lançamento de nota(s) fiscal (is), clique no botão Notas Adicionais ; A Escrituração Retificadora poderá ser utilizada somente após o encerramento da escrituração fiscal; Sempre que utilizar a Escrituração Retificadora, deverá ser realizado o encerramento na opção Encerrar Retificadora. 141

142 FACILITADOR DE PAGAMENTO Guia Avulsa Esta opção funciona como um facilitador, onde o contribuinte pode se utilizar desse recurso para emitir sua guia de recolhimento com total segurança, antes da data de vencimento e antes de efetuar a escrituração fiscal. 142

143 Informe a competência (mês/ano) e, em seguida, clique no botão Ok. Valor Faturado: informe a Base de Cálculo do imposto, considerando as deduções de abatimentos; Valor a pagar: o sistema efetua o cálculo do imposto a pagar; Cód. Atividade/ Serviço: selecione a atividade/ serviço para cálculo do imposto na guia avulsa; Selecione a Obra: para emissão da guia avulsa da construção civil, é necessário que haja uma obra cadastrada no sistema, caso não tenha nenhuma obra registrada, siga os procedimentos descritos nas páginas 90 a 96. Clique aqui para confirmar a emissão da guia avulsa da construção civil. Clique aqui para retornar ao menu de escrituração fiscal. 143

144 (*) Para confirmar a obra cadastrada previamente pelo prestador, siga os procedimentos descritos nas páginas 126 a 130 deste manual. (*) Caso o prestador não tenha efetuado o cadastro de obras, siga os procedimentos descritos nas páginas 90 a 96 deste manual. Guia/ Boleto 144

145 CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Consulta/ Impressão Para Conferência Esta opção é destinada à consulta para conferência dos lançamentos efetuados através da escrituração fiscal, ou seja, é disponibilizada uma pré-visualização do livro eletrônico do contribuinte. Informe a competência (mês/ ano) e, em seguida, clique na opção Consulta/ Impressão para Conferência. Selecione uma obra para efetuar a consulta e, em seguida, clique em Pesquisar. Clique aqui para efetuar a consulta de todas as obras com nota(s) fiscal (is). 145

146 Após o encerramento da competência, é disponibilizado também nesta opção o certificado de encerramento fiscal. Visualização para Conferência Livro Fiscal Esta opção é destinada à consulta e impressão do livro eletrônico. Há duas opções para impressão do livro eletrônico: Mensal: onde o sistema disponibiliza o livro eletrônico da competência atual, ou; Anual: onde o sistema disponibiliza o livro eletrônico do exercício, com os Termos de Abertura e Encerramento Fiscal. 146

147 147

148 Extrato do Conta Corrente 2ª Via(s) O Conta corrente é utilizado para controle tributário, onde é possível a emissão de 2ª via da guia de recolhimento, cálculo da guia com encargos, consulta de pagamentos, entre outros. 148

149 Para acesso a guia gerada(s) na competência, clique nesta opção Clique aqui para emissão do extrato Clique no número da guia, para efetuar a emissão de uma 2 ª via. È permitida à emissão de 2º via de guia, até a data de vencimento, após este período, utilize a opção Guia c/ Encargos no Extrato do Conta Corrente. Extrato Econômico O extrato econômico apresenta o histórico de toda a movimentação econômica, por exercício. * Extrato Econômico 149

150 Guia com Encargos Esta opção é utilizada para cálculo e emissão da guia com os acréscimos legais. 1º Passo clique na opção indicada para acesso ao calendário da guia com encargos 2º Passo- Escolha a data no calendário para cálculo da guia 3º Passo Clique no botão calcular para geração de uma via da guia com os acréscimos legais. 150

151 Guia / Boleto SUPORTE OPERACIONAL As opções disponíveis em Suporte Operacional são os canais de comunicação entre o contribuinte, Prefeitura e sistema Gissonline. Para maiores detalhes consulte as páginas 51 a 54 deste manual. Mensagem Eletrônica: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Ajuda On-line: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Dúvidas Freqüentes: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. 151

152 BANCOS Este módulo é destinado ao lançamento das contas de prestação de serviços das instituições financeiras. Será disponibilizado o plano de contas, de acordo com o padrão COSIF (Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional) para as agências bancárias, permitindo assim, declarar as contas. O banco deverá informar se a conta indicada incide ISSQN ou não. 152

153 Escrituração fiscal Esta opção é destinada à escrituração fiscal das contas de ISSQN. Informe a Competência (mês/ano) e, em seguida clique na opção Escrituração Fiscal. Para acesso às contas bancárias, selecione o sinal de +. Conta Primária. Para selecionar a Conta Secundária a qual deseja efetuar a escrituração fiscal, selecione primeiramente a Conta Primária, no grupo de contas; 153

154 Conta Secundária. Selecionando a Conta Secundária, a qual deseja efetuar a escrituração fiscal, o campo Num. Conta será preenchido automaticamente; No campo Vlr Crédito, informe o valor de crédito de acordo com o balancete da instituição; No campo Vlr Débito, informe o valor de débito de acordo com o balancete da instituição; O campo Saldo será preenchido automaticamente de acordo com as informações inseridas nos campos Vlr Crédito e Vlr Débito ; No campo Recolher, informe a opção sim, se a conta incidir ISSQN ou informe a opção não, se a conta não incidir ISSQN; Após o lançamento da Conta Secundária, clique no botão Gravar. Utilize a borracha para descartar o lançamento. 154

155 Encerrar Escrituração Esta opção é destinada ao encerramento da competência mensal, para efetivação do livro contábil. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida clique na opção Encerrar Escrituração. Para confirmar o encerramento da competência, clique no botão Encerrar Para retornar ao menu de escrituração fiscal, clique no botão Menu Principal 155

156 Guia/Boleto *Layout do boleto para pagamento do imposto. 156

157 Certificado O certificado de encerramento é uma declaração que comprova a procedência do encerramento fiscal. Nele constará Data, Razão Social, Endereço, Inscrição Mobiliária, CNPJ, as totalizações e no rodapé do certificado consta o IP do computador que realizou a operação. *Certificado de Encerramento Fiscal. 157

158 Escrituração Retificadora Utilize a opção da escrituração Retificadora para adicionar, corrigir ou excluir lançamentos de contas. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida clique na opção Escrituração Retificadora. As contas destacadas em vermelho foram lançadas através da escrituração normal; Para efetuar a alteração, clique sobre a conta. Será possível alterar os campos Vlr. Crédito, Vlr. Débito (o campo Saldo será preenchido automaticamente) Recolher: Informe sobre o recolhimento Sim ou Não e, em seguida clique em Gravar. 158

159 Para adicionar um lançamento, clique sobre o número da conta, informe o Vlr. Crédito, Vlr. Débito, Saldo e o campo Recolher, em seguida clique no botão Gravar. Sempre que utilizar a Escrituração Retificadora, deverá ser realizado o encerramento fiscal na opção Encerrar. FACILITADOR DE PAGAMENTO Guia Avulsa A guia avulsa funciona como um facilitador. O contribuinte pode utilizar esse recurso para emitir a sua guia de recolhimento com total segurança, antes da data de vencimento do imposto e antes de efetuar a escrituração fiscal. 159

160 Informe a competência (mês/ano) e, em seguida clique no botão Ok. Informe o valor da base de cálculo do imposto, na opção Valor Faturado ; Para o sistema efetuar o cálculo do imposto, clique no botão Calcular Imposto ; Para iniciar o processo de emissão da guia, clique no botão Emitir Guia. Para emitir a guia avulsa, clique em Sim, Emitir Guia ; Para retornar ao menu anterior, clique em Não Emitir Guia. 160

161 CONSULTA DE SUAS OPERAÇÕES FISCAIS Extrato do conta corrente e 2ª Via O Extrato do conta corrente é utilizado para controle tributário, onde é possível a emissão de 2ª via da guia de recolhimento, cálculo de guia com encargos, consulta de pagamentos efetuados, entre outros. Selecione correspondente ao mês. Clique no número da guia para efetuar a emissão da 2ª via. 161

162 É permitida a emissão de 2º via da guia até a data de seu vencimento, após este período, utilize a opção Guia c/ Encargos no Extrato do Conta Corrente. Extrato Econômico O Extrato Econômico apresenta o histórico de toda a movimentação econômica, por exercício. Guia com Encargos Esta opção é utilizada para cálculo e emissão da guia com os acréscimos legais. Selecione correspondente ao mês. 162

163 1º Passo Clique na opção indicada para indicada acesso ao calendário da guia com encargos. 2º Passo Escolha a data no calendário para calculo da guia com encargos. 3º Passo Clique no botão Calcular para geração de uma via da guia com os acréscimos legais. 163

164 Guia/Boleto *Layout do boleto para pagamento do imposto Consulta Esta opção é destinada à consulta para conferência dos lançamentos efetuados através da escrituração fiscal, ou seja, é disponibilizada uma pré-visualização do livro contábil. Informe a competência (mês/ano) e, em seguida clique na opção Consulta. 164

165 Utilize a opção Impressão para Conferência, para obter uma pré-visualização do livro eletrônico. Impressão para Conferência Após o encerramento da competência, é disponibilizado também nesta opção, o certificado de encerramento fiscal. 165

166 Livro Contábil Esta opção é destinada à consulta e impressão do livro eletrônico. Há duas opções para a impressão do livro contábil: Mensal: Onde o sistema disponibiliza o livro contábil da competência atual; Anual: Onde o sistema disponibiliza o livro contábil do exercício, com os Termos e Abertura e Encerramento Fiscal 166

167 167

168 OUTRAS OPÇÕES OPERACIONAIS Inclusão de Contas Esta opção é destinada a inclusão de novas contas para fins de escrituração. 168

169 Clique sobre o sinal para informar a conta Pai (Primária). Clique sobre a conta Pai e a mesma irá aparecer automaticamente no campo Dados da Conta. Conta Pai : Informe Sim se a conta que irá ser incluída é conta pai ou Não se a conta será secundaria. Número da Conta: Selecione o número da conta; Tipo da Conta: Informe o tipo de Conta, Crédito ou Estorno ; Descrição da Conta: insira a descrição referente à conta; Item da lista de Serviços: selecione o item de serviço que a conta deverá ser enquadrada; Após o preenchimento de todos os campos, clique em Inserir. 169

170 Aparecerá a mensagem que a conta foi cadastrada com sucesso. Clique em Ok para prosseguir com a escrituração fiscal. Suporte Operacional As opções disponíveis em Suporte Operacional são os canais de comunicação entre o contribuinte, Prefeitura e sistema Gissonline. Para maiores detalhes consulte as páginas 51 a 54 deste manual. Mensagem Eletrônica: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Ajuda On-line: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. Dúvidas Freqüentes: Para maiores detalhes, consulte o Manual Operacional do Prestador. 170

171 CONTADOR Cadastro de Contador Esta opção destina-se ao cadastro de contadores para gerenciamento da escrituração fiscal de seus clientes. A opção de Cadastro de Contadores procede para os contadores, estabelecidos no Município e não estabelecidos no Município. Através do formulário para cadastro, o contador cria a sua própria identificação e senha para acesso ao sistema. O acesso ao sítio será realizado através do endereço eletrônico: Para iniciar o cadastro de Contador, clique na opção Área de Cadastro. 171

172 Selecione a opção Cadastro para Contadores. Passo 01 Natureza Jurídica: selecione a opção pessoa Física ou Jurídica; Nome: informe o nome do contador responsável; CPF: informe o CPF do contador responsável; Sexo: informe sexo masculino ou feminino; Data de Nascimento: informe a data de nascimento do contador responsável; Tipo de Documento: Informe o tipo de documento para cadastro Se o contador for do sexo masculino, selecione o Registro Geral (RG) ou o Registro Militar (RM), se for do sexo feminino, selecione a opção Registro Geral (RG); Data de Emissão: informe a data de emissão do Registro Geral (RG) ou do Registro Militar (RMse for do sexo masculino); 172

173 Órgão Expedidor: informe a secretaria do estado na qual foi emitido o Registro Geral (RG) ou Registro Militar (RM se for do sexo masculino); UF: informe o estado no qual foi emitido o Registro Geral (RG) ou o Registro Militar (RM). Passo 02 Informar no mínimo 6 caracteres Indicador de eficiência da senha. Para mais detalhes veja Dicas de uma Senha Segura. Usuário: O sistema atribui o CPF do usuário para identificação no sistema; Senha: informe a senha para acesso ao sistema. A senha deverá conter no mínimo 06 caracteres. A Senha poderá ser composta de números ou letras, ou poderá ser alfanumérica. Confirmação da Senha: informe novamente a senha cadastrada, para que seja validada na base de dados do sistema. Passo 03 Tipo de Imóvel: informe se o imóvel é Urbano ou Rural ; Buscar por: escolha o tipo de busca do endereço para correspondência por CEP ou Logradouro e, em seguida, clique na lupa ao lado; Os campos: CEP, logradouro, bairro e UF/ Cidade, serão preenchidos automaticamente após a busca através da Lupa; Informe o número do logradouro, e complemento se houver. 173

174 BUSCA POR CEP Clique em Pesquisar e, em seguida, clique em Confirmar. BUSCA POR LOGRADOURO Clique em Pesquisar e, em seguida, clique em Confirmar. 174

175 Passo 04 Telefone Fixo: informe um telefone fixo com DDD; Telefone Comercial: informe um telefone comercial com DDD; Telefone Celular: informe um telefone celular com DDD; Fax: informe um número de fax com DDD; informe um para contato; Confirmação do faça a confirmação do cadastrado; Frase de Verificação: crie uma frase de verificação; alternativo: informe um alternativo. Passo 05 Nº do CRC: informe o número do CRC (Conselho Regional de Contabilidade); Classificação: informe a classificação do CRC Profissional, Sociedade ou Escritório Individual; UF: informe o estado de cadastro do CRC. 175

176 Passo 06 Sempre digite o Código de Segurança em letras minúsculas Nº: informe o código de segurança de acordo com a imagem apresentada na tela; Cadastrar: para cadastro de contador, clique no botão Cadastrar ; Para encerrar o sistema, clique no botão Voltar. Para confirmar o cadastro do Contador, clique no botão Confirmar. 176

1. Conhecendo a GissOnline

1. Conhecendo a GissOnline 1. Conhecendo a GissOnline 1.01 Quem deve utilizar a ferramenta Gissonline? Todos os prestadores e tomadores de serviço sejam eles pessoas jurídicas (empresas) ou equiparadas, estabelecidas ou sediadas

Leia mais

Versão 3.0 (08/2013)

Versão 3.0 (08/2013) Versão 3.0 (08/2013) Sumário INTRODUÇÃO... 6 APRESENTAÇÃO... 6 O QUE É GISSONLINE?... 6 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 6 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 6 PANORAMA DO PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO FÁCIL...

Leia mais

Versão 2.2 (01/2014)

Versão 2.2 (01/2014) Versão 2.2 (01/2014) Versão 2.2 (01/2014) Sumário INTRODUÇÃO... 7 APRESENTAÇÃO... 7 O QUE É GISSONLINE?... 7 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 7 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 7 INFORMAÇÃO AO USUÁRIO...

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Exploradores de Rodovias Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 6 - Escriturações Eletrônica... 10 7 - Emissões de Guia de ISS... 11 Manual

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Março/2014 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 6 2.

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO SECRETARIA DE FINANÇAS / DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS Olá Tomadores de Serviço, a Prefeitura Municipal

Leia mais

Acesso ao Credenciamento

Acesso ao Credenciamento 2 1 Credenciamento Para todas as pessoas jurídicas que acessarem o sistema da NFS-e, será necessário inicialmente efetuar o credenciamento. O credenciamento é obrigatório para todas as empresas estabelecidas

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e

MANUAL SISTEMA NFS-e MANUAL SISTEMA NFS-e SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela 05 Menu de Opções 05

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes CeC Cadastro Eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Usuário Externo Março/2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos... 3 3. Solicitação de CeC... 4 3.1. Cadastro de pessoas físicas... 5 3.1.1. Cadastro

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Empresas Internas / Externas Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 10 5 - Emissão de Notas Fiscais

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Bancos / Instituições Financeiras Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 10 5 - Emissão de Notas Fiscais

Leia mais

Prefeitura Municipal de Barra Mansa

Prefeitura Municipal de Barra Mansa Prefeitura Municipal de Barra Mansa Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados.

Leia mais

AIDF Autorização para impressão de documentos fiscais. Versão 1.1 (01/2013)

AIDF Autorização para impressão de documentos fiscais. Versão 1.1 (01/2013) AIDF Autorização para impressão de documentos fiscais Sumário COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS.... 2 SOLICITAÇÃO DE AIDF... 4 ESCOLHA DE AIDF... 4 SELECIONANDO OS DADOS DA GRÁFICA...

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Manual CeC Atualizado em 21/02/2013 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO Certidão e Reimpressão de Documentos 1 / 17 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada...

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISSQN

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISSQN SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISSQN MIGRAÇÃO DAS INFORMACOES DO ATUAL SISTEMA PARA O SIGISSWEB 1ª FASE: Em 1º de Maio de 2015, o sistema SIGISSWEB deverá estar carregado com todos os cadastros

Leia mais

MANUAL DO CONTADOR 1ª

MANUAL DO CONTADOR 1ª ISSQN Escrituração e Nota Fiscal Eletrônica MANUAL DO CONTADOR 1ª edição 2011 Conteúdo Introdução...3 1. Enquadramento das empresas no item da lista de serviços municipal...4 1.1 Lista de serviços municipal...4

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

MANUAL PARA EMPRESAS. EMISSÃO E ESCRITURAÇÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFS-e

MANUAL PARA EMPRESAS. EMISSÃO E ESCRITURAÇÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFS-e MANUAL PARA EMPRESAS EMISSÃO E ESCRITURAÇÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFS-e Este manual é um passo-a-passo para as empresas estabelecidas no município de Ilhabela e devidamente cadastradas no SEGISS Sistema

Leia mais

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/ 1) Acesso ao sistema NFS-e na WEB A comunidade terá acesso ao NFS-e através do Site da Prefeitura Municipal de Mantena. Para acessar o sistema da NFS-e, o contribuinte deverá acessar o site: https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

Leia mais

Prefeitura Municipal de Conceição das Alagoas Secretaria de Administração, Fazenda e Gestão de Pessoal Setor de Tributação.

Prefeitura Municipal de Conceição das Alagoas Secretaria de Administração, Fazenda e Gestão de Pessoal Setor de Tributação. Prefeitura Municipal de Conceição das Alagoas Secretaria de Administração, Fazenda e Gestão de Pessoal Setor de Tributação Manual do Site CONCEIÇÃO DAS ALAGOAS MINAS GERAIS 2011 Manual do Sistema de Arrecadação

Leia mais

VERSÃO 1.0.1 (09/2010)

VERSÃO 1.0.1 (09/2010) VERSÃO 1.0.1 (09/2010) 1. APRESENTAÇÃO... 4 2. CONCEITO... 4 3. BENEFÍCIOS... 4 4. ACESSO AO SISTEMA... 5 4.1 ACESSANDO O SISTEMA DA NFS-E PELA PRIMEIRA VEZ... 5 4.2 ACESSANDO A ÁREA EXCLUSIVA DE PRESTADOR...

Leia mais

Help de NFSe. Credenciamento

Help de NFSe. Credenciamento Prestador 2 1 Help de NFSe Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA PINHAIS - 2014 SUMÁRIO 2 1. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e)... 3 1.1 Considerações Iniciais...

Leia mais

DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS * Prestados e Tomados por contribuintes DOMICILIADOS em Pinhais (COM Cadastro Econômico) TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA

DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS * Prestados e Tomados por contribuintes DOMICILIADOS em Pinhais (COM Cadastro Econômico) TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS * Prestados e Tomados por contribuintes DOMICILIADOS em Pinhais (COM Cadastro Econômico) TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 SUMÁRIO 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 2. DECLARAÇÃO

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CONCEITO... 3 3. BENEFÍCIOS... 3 4. ACESSO AO SISTEMA... 4 5. MANUTENÇÃO... 6

1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CONCEITO... 3 3. BENEFÍCIOS... 3 4. ACESSO AO SISTEMA... 4 5. MANUTENÇÃO... 6 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CONCEITO... 3 3. BENEFÍCIOS... 3 4. ACESSO AO SISTEMA... 4 4.1 ACESSANDO O SISTEMA DA NFS-E PELA PRIMEIRA VEZ... 4 4.2 ACESSANDO A ÁREA EXCLUSIVA DE PRESTADOR... 5 5. MANUTENÇÃO...

Leia mais

ISS DIGITAL MANUAL DO USUÁRIO INTERSOL SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA

ISS DIGITAL MANUAL DO USUÁRIO INTERSOL SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA ISS DIGITAL MANUAL DO USUÁRIO INTERSOL SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA Este Manual de Instruções destina-se aos usuários do Sistema de ISS Digital, desenvolvido e mantido por Intersol Serviços de Informática

Leia mais

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Manual prático Pág. 2 - EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Pág. 8 - ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA Pág. 9 - VERIFICAR REGISTRO DE RPS Pág. 11 - TRANSMISSÃO

Leia mais

Quarta-feira, 14 de Maio de 2014 N 628

Quarta-feira, 14 de Maio de 2014 N 628 LEI N 812 de 12 de maio de 2014. Institui a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e, a Ferramenta de Declaração Eletrônica de Serviços - DES, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPIMIRIM,,

Leia mais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos GISS Online Guia de Informação de ISSQN Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 25/09/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TEKSON/ TF8377 Esta legislação

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e)

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) Diretoria Geral de Tributos Biguaçu, Janeiro de 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

Manual do Sistema ISS.net Online

Manual do Sistema ISS.net Online Manual do Sistema Sistema de Gestão de ISSQN Índice 3 Índice Analítico Parte I Introdução 4 Parte II Página Inicial 4 1 Nota Eletrônica... 5 Verificar a autenticidade... de Nota Eletrônica 5 Consultar

Leia mais

MANUAL ITCMD - INVENTÁRIO

MANUAL ITCMD - INVENTÁRIO MANUAL ITCMD - INVENTÁRIO ACESSO AO SISTEMA ITCMD 2 CRIAÇÃO E PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO 2 1º PASSO: ESCOLHA DO TIPO DE DECLARAÇÃO 2 2º PASSO: AJUDA INICIAL 2 3º PASSO: CADASTRAMENTO DE SENHA 3 4º PASSO:

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

Manual Regime Especial 1

Manual Regime Especial 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e - NOTA CARIOCA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e - NOTA CARIOCA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e - NOTA CARIOCA Acesso ao Sistema - Pessoa Jurídica Página 2 de 125 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 6 1.1. DEFINIÇÃO... 6 2. REGRAS PARA CADASTRAMENTO...

Leia mais

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente.

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente. ÍNDICE Descrição 1.0 Acessos ao Sistema 1.1 Login do Administrador 1.2 Login do Fiscal 1.3 Login do Contribuinte 2.0 Menu Principal 2.1 Gerar NFS-e 2.1.1 Gerar NFS-e 2.2 Cadastros 2.2.1 Cadastro de Atividades

Leia mais

Copyright 2004/2015 - VLC

Copyright 2004/2015 - VLC Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Perguntas Frequentes Versão 8.1 Atualizado em 26/08/2015 Copyright 2004/2015 - VLC As informações contidas neste caderno de Perguntas e Respostas são de propriedade da

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos.

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos. GUIA PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO TRANSMISSÃO POR DOAÇÃO 1 PASSO: Acesse o sistema ITCMD: 1) Clique no link ITCMD existente no Posto Fiscal Eletrônico, cujo endereço eletrônico é http://pfe.fazenda.sp.gov.br/

Leia mais

PROGAM Programa para a Governança Municipal Sistema Tributário on-line. Sistema Tributário On-line. Recadastramento

PROGAM Programa para a Governança Municipal Sistema Tributário on-line. Sistema Tributário On-line. Recadastramento Sistema Tributário On-line Recadastramento Introdução O PROGAM Programa de Governança Municipal desenvolveu o Sistema Tributário on-line com objetivo de aperfeiçoar a administração tributária no tocante

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D O ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...3

Leia mais

idcorreios idcorreios Segurança de Acesso ao Portal dos Correios

idcorreios idcorreios Segurança de Acesso ao Portal dos Correios 1 Segurança de Acesso ao Portal dos Correios MANUAL DO USUÁRIO 2015 2 Apresentação: O é um mecanismo de autenticação e autorização única de usuários para acesso ao Portal Correios e seus serviços. O serviço

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA Secretaria Municipal de Finanças MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Sistema de Nota Fiscal Eletrônica - NFe

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA Secretaria Municipal de Finanças MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Sistema de Nota Fiscal Eletrônica - NFe MANUAL DE UTILIZAÇÃO Sistema de Nota Fiscal Eletrônica - NFe MARÇO DE 2014 TÍTULO CÓDIGO DATA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NFe RGD-CDS-003 20/03/2014 DOC. RELACIONADOS --- VERSÃO 1.1 ELABORAÇÃO RENAN

Leia mais

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance?

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance? Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO - Como oferto um lance? - Como imprimo 2ª via de boleto ao cliente? - Como realizo uma transferência de cota? - Onde consulto

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.3 11/02/2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Objetivos... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 36 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 2. REGRAS PARA CADASTRAMENTO... 5 3. SENHA WEB... 6

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA 1 Índice DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais,

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E (Modelo II) 1 Introdução Este manual apresenta e detalha os procedimentos para a realização do processo

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 ÍNDICE 1. Meios de Pagamento disponíveis 1.1 Notificação de Pagamento 03 03 2. Moip 2.1 Benefícios 2.2 Como criar uma conta no Moip 2.2.1. Verificação da conta

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC MANUAL DO CANDIDATO SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC PESSOA JURÍDICA SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC Identificação do Edital Para fazer a inscrição, o candidato (Representante Legada da

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O DIRF CARTÃO 2013 V4..03 DE 07//02//2013 PROGRAMA PARA IMPORTAÇÃO DE DADOS DE CARTÕES DE CRÉDITO NA DIRF 2013 VERSÃO COM VISANET E REDECARD IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO EM LOTE CAPTURA DADOS CADASTRAIS DE EMPRESAS

Leia mais

NFS-e. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual Operacional do Prestador de Serviços

NFS-e. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual Operacional do Prestador de Serviços te 2013 NFS-e Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual Operacional do Prestador de Serviços Este manual tem como objetivo orientar os usuários, sobre os procedimentos relativos ao correto manuseio de

Leia mais

DMS 5.0. 1. Apresentação

DMS 5.0. 1. Apresentação 1 5.0 1. Apresentação O sistema Declaração Mensal de Serviços 5.0 é um aplicativo para acesso de declarantes e/ou responsáveis autorizados para escrituração dos documentos fiscais emitidos e recebidos.

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

2 PASSO: Depois de acessados um dos endereços acima, clique em Serviços Eletrônicos.

2 PASSO: Depois de acessados um dos endereços acima, clique em Serviços Eletrônicos. PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO TRANSMISSÃO POR ESCRITURA PÚBLICA 1 PASSO: Acesse o sistema ITCMD: 1) Clique no link ITCMD existente no Posto Fiscal Eletrônico, cujo endereço eletrônico é http://pfe.fazenda.sp.gov.br/

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 6 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 2 Instalação o o o o Baixar o Setup v3.5.38.exe disponível no site do BNB Executando o aplicativo aparecerá a imagem abaixo Clique

Leia mais

Internet Banking. Outubro - 2012

Internet Banking. Outubro - 2012 Internet Banking Outubro - 2012 1 Índice 1. Início... Pg. 4 2. Menu Home... Pg. 5 3. Menu Conta Corrente... Pg. 7 3.1 Extratos Conta Corrente... Pg. 8 3.2 Extratos de Tarifas...Pg. 9 3.3 Informações Complementares...

Leia mais

Manual de Utilização. On-Line

Manual de Utilização. On-Line Manual de Utilização On-Line Nota Control Tecnologia www.issnetonline.com.br www.notacontrol.com.br Download da Ajuda em PDF Sumário Login Página Inicial Declaração de Serviços Prestados Incluir Consultar

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIETÊ

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIETÊ PREFEITURA MUNICIPAL DE TIETÊ Nota Fiscal Digital de Serviços A Nota Fiscal Digital é um documento cujo valor é de um arquivo eletrônico assinado digitalmente, que apresenta algumas características como

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB Página 2 de 11 INFORMAÇÕES GERAIS O Sistema de emissão de Nota Fiscal Avulsa - NFA

Leia mais

Manual de Acesso a NF-e

Manual de Acesso a NF-e Manual de Acesso a NF-e Acesso ao Sistema para Pessoa Jurídica. 1.0 Acesso ao Sistema....1 2.0 Cadastro...2 3.0 Configuração do Perfil...8 4.0 Solicitação de Emissão de NF-e....12 5.0 Emissão de NF-e...14

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema 1 Índice Apresentação... 3 Entrada no sistema... 4 Manual da NFe de Serviços Módulo Tomador... 5 Consultar RPS Recibo Provisório de Serviços... 6 Verificar a Autenticidade de Nota Fiscal... 7 Geração de

Leia mais

Nota Fiscal de Serviço eletrônica NFSe. Manual de acesso e utilização do sistema

Nota Fiscal de Serviço eletrônica NFSe. Manual de acesso e utilização do sistema PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO Nota Fiscal de Serviço eletrônica NFSe Manual de acesso e utilização do sistema Versão: 1.0.30 Maio/2011 SUMÁRIO 1. TELA INICIAL... 3 2. CADASTRO DO PRESTADOR... 4

Leia mais

Roteiro para Cadastramento no Módulo PC Online do SiGPC Data de atualização: 10/2/2012

Roteiro para Cadastramento no Módulo PC Online do SiGPC Data de atualização: 10/2/2012 Roteiro para Cadastramento no Módulo PC Online do SiGPC Data de atualização: 10/2/2012 Para começar, tenha em mãos o seguinte: A mensagem eletrônica ou ofício que você recebeu do FNDE contendo Usuário

Leia mais

Manual do Usuário Alteração de Microempreendedor Individual - M.E.I.

Manual do Usuário Alteração de Microempreendedor Individual - M.E.I. Manual do Usuário Alteração de Microempreendedor Individual - M.E.I. Empro - Tecnologia & Informação São José do Rio Preto, São Paulo Sumário Introdução... 3 Acesso... 4 Alteração de M.E.I.... 6 Identificação...

Leia mais

DECRETO Nº 072/2012. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE OLINDA, no uso de suas atribuições legais, DECRETA:

DECRETO Nº 072/2012. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE OLINDA, no uso de suas atribuições legais, DECRETA: DECRETO Nº 072/2012. EMENTA: REGULAMENTA a Lei Complementar nº 39, de 29 de dezembro de 2011, que institui o Sistema Eletrônico de Escrituração Fiscal SEEF, a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e,

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 Sumário 1. O que é NFe? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1 Cadastro de Cliente 3.2 Cadastro de Produto 3.3 Cadastro de Transportadora 4. Emissão de NFe 4.1 Emitir Nova

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI, no uso de suas atribuições legais, conforme lhe confere a Lei Orgânica Municipal,

O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI, no uso de suas atribuições legais, conforme lhe confere a Lei Orgânica Municipal, DECRETO N.º 060 /2013. REGULAMENTA A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NO MUNICÍPIO DE ARACATI E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI, no uso de suas atribuições legais, conforme lhe

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Contribuinte

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO Nota Fiscal Alagoana Manual do Contribuinte Versão 1.0 28/11/2008 Índice Analítico 1. Considerações Gerais...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO BRANCO ESTADO DE MINAS GERAIS Procuradoria Geral DECRETO Nº 6.487, DE 27 DE OUTUBRO DE 2011.

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO BRANCO ESTADO DE MINAS GERAIS Procuradoria Geral DECRETO Nº 6.487, DE 27 DE OUTUBRO DE 2011. DECRETO Nº 6.487, DE 27 DE OUTUBRO DE 2011. REGULAMENTA A UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFSE E DECLARAÇÃO FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NO MUNICÍPIO DE OURO BRANCO, E DÁ OUTRAS PRIVIDÊNCIAS.

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO 1 / 15 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada... 8 Certidão Específica... 10 Certidão

Leia mais

Índice Declarações Online. 1.0 Instituições Financeiras 1.1 Acessar Sistema 1.2 Cadastro de Instituições Financeiras (CIF) 1.

Índice Declarações Online. 1.0 Instituições Financeiras 1.1 Acessar Sistema 1.2 Cadastro de Instituições Financeiras (CIF) 1. Índice Declarações Online 1.0 Instituições Financeiras 1.1 Acessar Sistema 1.2 Cadastro de Instituições Financeiras (CIF) 1.3 Consulta do CIF 2.0 Operadoras de Crédito 2.1 Acessar Sistema 2.2 Cadastro

Leia mais

Sistema Serviço de Valet

Sistema Serviço de Valet Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 1 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Versão 1.0.0 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 2 Índice 1. Informações gerais... 3 2. Passo-a-passo...

Leia mais

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas Prefeitura de Rio Verde GO SEFAZ - Secretaria da Fazenda DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas DMS e Notas Fiscais Eletrônicas Rio Verde, GO, setembro 2009 1 Sumário INTRODUÇÃO... 03 LEGISLAÇÃO...

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais