Help de NFSe. Credenciamento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Help de NFSe. Credenciamento"

Transcrição

1 Prestador

2 2 1 Help de NFSe Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador não possui senha Para acessar a tela de credenciamento do banco, clique na opção Banco não possui senha 11 Credenciamento do Prestador O usuário deve inserir o CPF ou o CNPJ do Prestador, informar o código de imagem e clique no ícone para avançar e ver se o CPF/CNPJ é valido, se o prestador tiver as suas informações no banco de dados do município, suas informações vão aparecer automaticamente na tela de dados do prestador

3 Credenciamento 3 Apenas para empresas de serviço inscritas no município O número das notas fiscais a serem apresentadas para o desbloqueio da senha será carregada automaticamente do banco de dados O prestador deve informar a sua senha e fazer a confirmação da mesma Após informar a senha o Prestador pode se credenciar, clicando no ícone, logo após ele deve imprimir o Termo termo de adesão clicando no ícone Se o prestador desistir do credenciamento ele pode cancelar

4 4 Help de NFSe clicando no ícone para a tela de login 12, e o ícone leva o usuário Credenciamento do Tomador/Prestador de fora do município O credenciamento do Tomador e feito no mesmo link do credenciamento do prestador, porem as informações no banco de dados do Tomador não são iguais a do prestador, não tem atividade nem serviço cadastrado pra ele, ou o Usuário e um Prestador de fora do município O usuário deve inserir o CPF ou o CNPJ, informar o código de imagem e clique no ícone Será aberto uma tela para preencher os dados Nome: Insira o nome do Tomador/Prestador de fora do município CPF/CNPJ: o CPF/CNPJ do Tomador/Prestador de fora do município vem automaticamente da primeira tela do credenciamento

5 Credenciamento 5 Insira o do Tomador/Prestador de fora do município Telafone: Insira o número do telefone do Tomador/Prestador de fora do município Celular: Insira o número do celular do Tomador/Prestador de fora do município Estado: Escolha o estado onde reside o Tomador/Prestador de fora do município Município: Escolha o município em que reside o Tomador/ Prestador de fora do município Senha: insira uma senha para poder logar no sistema Confirmação de Senha: Confirme a senha Clique no ícone para se credenciar, se o Tomador/ Prestador de fora do município desistir do credenciamento ele pode cancelar clicando no ícone usuário para a tela de login 13, e o ícone leva o Credenciamento do Contador O Contador deve inserir o CPF ou o CNPJ, que tenha suas informações no banco de dados do município deve informar o código de imagem e clique no ícone

6 6 Help de NFSe Nome: Insira o nome do Contador se desejar alterar CPF/CNPJ: o CPF/CNPJ do Contador vem automaticamente da primeira tela do credenciamento Insira o do Contador se não tiver no banco de dados ou desejar alterar Telefone: Insira o número do telefone do Contador se não tiver no banco de dados ou desejar alterar Celular: Insira o número do celular do Contador se não tiver no banco de dados ou desejar alterar UF: Escolha o estado onde reside o Contador se não tiver no banco de dados ou desejar alterar Número CRC: Insira o número do CRC do Contador se não tiver no banco de dados ou desejar alterar Tipo CRC: Informe qual é o tipo de CRC do Contador se não tiver no banco de dados ou desejar alterar Senha: Insira uma senha para poder logar no sistema Confirmação de Senha: Confirme a senha Clique no ícone para se credenciar, se o Contador desistir do credenciamento ele pode cancelar clicando no ícone, e o ícone 14 leva o usuário para a tela de login Credenciamento do Banco O Banco deve inserir o CPF ou o CNPJ, que tenha suas informações no banco de dados do município deve informar o código de imagem e clique no ícone

7 Credenciamento 7 O Banco deve informar a sua senha e fazer a confirmação da mesma Após informar a senha o Banco pode se credenciar, clicando no ícone, se o Banco desistir do credenciamento ele pode cancelar clicando no ícone usuário para a tela de login, e o ícone leva o

8 Help de NFSe 8 2 Prestador 21 Configurações O contribuinte poderá configurar nesta tela, , telefone, indicar contador, inserir logomarca para impressão na nota fiscal, cadastrar subusuários

9 Prestador 9 Inserção da logomarca da empresa: O contribuinte poderá inserir através do botão selecionar arquivo, logomarca da empresa, que será mostrada na nota fiscal eletrônica, usando as extensões( jpg ou png) com tamanho máximo de 1Mg Atualização de dados cadastrais: Será facultado ao contribuinte atualizar alguns dados cadastrais( , telefone e site da empresa), se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção, se Indicação de responsável contábil: O contribuinte poderá indicar ou trocar a qualquer tempo, o responsável contábil, com poderes para realizar a maioria dos serviços disponíeis no aplicativo nota fiscal eletrônica de serviços, se desejar gravar esta operação clique na opção opção, se desejar cancelar a operação clique na Inclusão de sub-usuários na opção :O contribuinte tem permissão de incluir sub-usuários, que através de senha específica poderá desempenhar as ações previamente autorizadas pelo contribuinte

10 Help de NFSe Atualizar Senha Senha Anterior: Indique a senha Antiga Nova Senha : Indique uma nova senha Contra Senha : Repita a nova Senha Se desejar gravar esta operação clique na opção 212 Novo Dependente Cadastre um novo dependente nesta tela

11 Prestador 11 Nome: Indique o nome do Dependente CPF/CNPJ: Indique o Cpf/CNPJ do Dependente Status: Indique se o Dependente está Ativo,Bloqueado ou Inativo Login: Indique o loguin do Dependente Senha: Indique a senha do Dependente Senha de Confirmação: Confirme a senha do Dependente - Para salvar a operação - Para fechar a operação - Para remover o dependente Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção 22, se Consulta Nesta tela o prestador podera consultar as NFSe prestador e as guias vencidas

12 Help de NFSe NFSe Prestador O prestador poderá consultar a situação das notas fiscais emitidas a partir dos filtros: ativas, canceladas, canceladas em análise, recusadas, pagas, notificadas, vencidas, sem aceite do tomador e sem número do alvará de obras para serviços de construção civil e pelo nome do tomador depois clique na opção para imprimir a relação clique na opção,e

13 Prestador Situação Fiscal O prestador poderá consultar a nota e suas situações fiscais a partir dos filtros de competência e notificação depois clique na opção, e para imprimir a relação clique na opção

14 14 23 Help de NFSe Emitir Nota Fiscal

15 Prestador 15 Dados tomador: Será pesquisado a partir do CNPJ ou CPF informado, caso não esteja cadastrado em nosso banco de dados, será aberto uma tela de cadastro simplificada para que o prestador efetue o cadastramento Alterar: O Prestador poderá alterar os dados do tomador inscritos no cadastro eventual do município, para está operação será disponibilizado o botão alterar na tela dados do tomador Mas somente os Tomadores que forem cadastrados Prestador em questão Dados fiscais:

16 16 Help de NFSe Número da nota fiscal: fornecido automaticamente pelo sistema, iniciando do nº 1 Local da prestação: indicar se o serviço esta sendo realizado dentro ou fora do muncípio Tipo de recolhimento: Retido na fonte informar se o serviço será retido pelo tomador, neste caso marcar a opção retido na fonte, o sistema efetuará crítica dos serviços cuja a retenção não será devida por tomadores de fora do município - Normal quando o recolhimento do imposto será efetuado pelo próprio prestador, nesse caso será disponibilizado o valor da nota na tela de geração de guias de recolhimento Data de emissão da nota fiscal: o sistema permitirá a emissão de nota fiscal com data anterior em no máximo 02 (dois) meses da data corrente, sendo que neste caso será gerado automaticamente um lançamento na tela de guias de recolhimento, com os devidos acréscimos legais RPS: Será solicitado emissão por meio da Autorização de Impressão de Documentos Fiscais, a Secretaria Municipal da Fazenda, para utilização em situações em que o sistema de emissão da nota fiscal eletrônica não esteja disponível, devendo ser convertido em nota fiscal no prazo de 10(dez) dias, através da informação o número do RPS utilizado Descrição do serviço: Unidade: Informar a unidade de medida ( litros, metros, horas etc) ou informar o número 1 Quantidade: O número digitado será multiplicado pelo valor unitário do item informado Serviço: Será disponibilizado os serviços previamente cadastrados no banco de dados para o prestador Alíquota: automática em função do serviço selecionado Deduções: disponível após deferimento do auditor fiscal

17 Prestador 17 Descriminação do serviço: Campo livre para informar o serviço realizado Número do alvará: O campo será habilitado para serviços de construção, onde deverá ser informado o número do alvará de construção, Para salvar clique na opção exlcuir após salvo clique na opção, caso queira Observação: O contribuinte poderá utilizar este campo para registrar dados específicos da empresa na nota fiscal, tipo: data de vencimento da fatura, conta bancaria para depósito etc Retenções: Deverá ser informado, por opção do prestador,os valores a ser retido a título de imposto ou contribuição federal Gravar nota fiscal : Após gravar a nota fiscal o contribuinte terá opção de efetuar sua impressão consultar a guia de recolhmento mail, cancelar notas,, enviar a nota fiscal por e, consultar uma relação de ou criar uma nova nota na opção Impressão ou reimpressão da Nota Fiscal Eletrônica de Serviço: O contribuinte poderá após a gravação da nota fiscal efetuar a impressão, ou fazer a impressão, a qualquer tempo, dentro do prazo decadencial, através da consulta da nota fiscal disponível no rodapé da própria tela de geração da nota fiscal O contribuinte deverá informar o número da nota fiscal e solicitar a consulta, após carregar na tela de consulta o contribuinte deverá clicar na nota fiscal para carrega-lá na tela de nota fiscal

18 Help de NFSe Cadastro Tomador Se o CPF/CNPJ do tomador que você inseriu não for cadastrado, e nesta tela que pode-se cadastrá-lo Nome: Indique o nome do tomador Tipo: Indique o tipo de pessoa (física, jurídica, entidade) CPF/CNPJ: Conforme o tipo de pessoa cadastre o CPF ou o CNPJ RG: Indique RG quando for pessoa física (não obrigatório) Insc Estadual: Indique o número de Inscrição Estadual (não obrigatório) Insc Municipal: Indique o número de Inscrição Municipal (não obrigatório) CEP: Indiquei o CEP do município do tomador Estado: Indique o estado onde se localiza o município do tomador Municipio: Indique o município do tomador, se não houver, cadastre um novo no Bairro: Indique o bairro do tomador, se não houver, cadastre um

19 Prestador novo no 19 Logradouro: Indique o logradouro do tomador, se não houver, cadastre um novo no Nº: Indique o Número da edificação do tomador Indique o do tomador se ele possuir (não obrigatório) Telefone: Indique o telefone do tomador se ele possuir (não obrigatório) Complemento: Indique algum complemento de localização do tomador se ele possuir (não obrigatório) Site: Indique o site do tomador se ele possuir (não obrigatório) Celular: Indique o celular do tomador se ele possuir (não obrigatório) Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção 2311, se Município Nome: Indique o nome do Município Estado: Indique o estado em que o município se encontra, se não houver, cadastre um novo no Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção, se

20 Help de NFSe Estado Nome: Indique o nome do estado Sigla: Indique a sigla do estado País: Indique o país em que o estado se localiza, se não houver, cadastre um novo no Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção, se País Nome: Nome do país Nacionalidade: Nacionalidade desse país Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção 2312, se Bairro

21 Prestador 21 Nome: Indique o nome do bairro Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção 2313, se Logradouro Nome: Indique o nome do logradouro CEP: Indique o CEP da cidade onde se localiza o logradouro Tipo Logradouro: Indique o tipo de logradouro, se não houver, cadastre um novo no Se desejar gravar esta operação clique na opção desejar cancelar a operação clique na opção, se Tipo de Logradouro Nome: Indique o nome do tipo logradouro (exp: rua, avenida, rodocia) Abreviatura: Indique a abreviatura do tipo logradouro (exp: R, AV,) Se desejar gravar esta operação clique na opção, se

22 22 Help de NFSe desejar cancelar a operação clique na opção 24 Guias de Recolhimento Notas Fiscais Recusadas pelo Tomador - Notas indicadas com o tipo de recolhimento retido na fonte, mas recusada pelo tomador As notas fiscais recusadas pelo substituto, serão gravadas como notas recusadas, e voltarão para a responsabilidade do prestador As notas são pesquisadas por mês e ano, escolhendo ambos um individualmente e depois clicando na opção As notas serão selecionadas e será gerado o DAM na opção Na área guia de recolhimento é possível imprimir e cancelar guias do ISSQN próprio, consultar

23 Prestador Livro Fiscal Eletrônico Disponível para consulta e impressão de todas as notas fiscais emitidas por competência, com termo de abertura e encerramento Para imprimir clique na opção

24 24 26 Help de NFSe Importação de Notas Fiscais Importação de Nota Fiscal Eletrônica de Serviço: O prestador poderá utilizar a opção de importar nota fiscal, o arquivo será validado e depois gravado no banco de dados para geração das Notas Fiscais Eletrônica de serviço Para consultar o lote clique na opção Para validar o arquivo clique na opção 261 Consulta de Lotes Consulta de lotes de importação de Nota Fiscal Eletrônica de Serviço: O prestador terá a opção de consulta o lote de importação para impressão das notas, ou exportar para sistema próprio, conforme layout de importação de notas fiscais

25 Prestador Se desejar cancelar a operação clique na opção Se desejar imprimir a nota clique na opção Substituição Tributária Aceite das notas fiscais eletrônicas que forem retidas na fonte ou documento auxiliar de prestação de serviço O Contribuinte deverá aceitar ou recusar as notas fiscais eletrônicas ou documento auxiliar de prestação de serviço, gravar os aceites Municipal DAM, para poder gerar o Documento de Arrecadação Para imprimir o relatório de retenção clique na opção e para fazer a importação de aceites clique na opção,

26 Help de NFSe Substituição Tributária - Emissão de DAM Geração do documento de arrecadação: O documento de recolhimento do imposto retido será gerado a partir da data de pagamento informado para cada nota aceita pelo tomador, na tela emissão de DAM As notas são pesquisadas por mês e ano, escolhendo ambos um individualmente e depois clicando na opção As notas serão selecionadas e será gerado o DAM na opção Para cancelar aceites clique na opção Para voltar para pagina de substituição tributária clique na opção Na área guia de recolhimento é possível imprimir, consultar

27 Prestador e cancelar guias do ISSQN próprio Importação de Aceites Importação das notas fiscais referente aos serviços tomados: O substituto tributário poderá a partir do layout, efetuar importação das notas fiscais apresentadas pelos prestadores contratados, tanto os inscritos no município, assim como os dos outros municípios O substituto tributário quando da contratação de serviços de prestadores não sediados no município deverão exigir a apresentação do Documento Auxiliar de Prestação de Serviço - DAPS, que deverá acompanhar a nota fiscal do prestador a ser informada no arquivo de retenção A geração do documento de recolhimento do ISSQN retido será disponibilizada após o aceite das notas fiscais constantes no arquivo de importação, consolidados por data de pagamento informado no mesmo arquivo

28 28 Help de NFSe O layout de importação substituição tributária, está disponíel na própria tela de importação Para voltar para tela de substituição tributária cliqeu na opção Para validar a importação clique na opção

29 tomador

30 30 3 Help de NFSe Tomador

31 Tomador Configurações Nome: Indique o nome do tomador Tipo: Indique o tipo de pessoa (física, jurídica, entidade) CPF/CNPJ: Conforme o tipo de pessoa cadastre o CPF ou o CNPJ Insc Estadual: Indique o número de Inscrição Estadual (não obrigatório) Insc Municipal: Indique o número de Inscrição Municipal (não obrigatório) CEP: Indiquei o Cep do município do tomador Estado: Indique o estado onde se localiza o município do tomador Municipio: Indique o município do tomador, se não houver, cadastre um novo no Bairro: Indique o bairro do tomador, se não houver, cadastre um novo no Logradouro: Indique o logradouro do tomador, se não houver, cadastre um novo no

32 32 Help de NFSe Nº: Indique o Numero da edificação do tomador Indique o do tomador se ele possuir (não obrigatório) Telefone: Indique o telefone do tomador se ele possuir (não obrigatório) Complemento: Indique algum complemento de localização do tomador se ele possuir (não obrigatório) Site: Indique o site do tomador se ele possuir (não obrigatório) Celular: Indique o celular do tomador se ele possuir (não obrigatório) Se desejar gravar esta operação clique na opção 311 Configurações Usuario

33 Tomador Atualizar Senha Senha Anterior: Indique a antiga senha Nova Senha : Indique uma nova senha Contra Senha : Indique a antiga senha Se desejar gravar esta operação clique na opção 32 Consulta

34 34 Help de NFSe 321 Nota_Fiscal 3211 NfSe_Prestador

35 Tomador Substituição Tributária Substituição Tributária: Aceite das notas fiscais eletrônicas ou documento auxiliar de prestação de serviço O tomador deverá aceitar ou recusar as notas fiscais eletrônicas ou documento auxiliar de prestação de serviço, gravar os aceites Municipal DAM, para poder gerar o Documento de Arrecadação Para imprimir o relatório de retenção clique na opção e para fazer a importação de aceites clique na opção 331 Substituição Tributária - Emissão de DAM Geração do documento de arrecadação: O documento de recolhimento do imposto retido será gerado a partir da data de pagamento informado para cada nota aceita pelo tomador, na tela emissão de DAM As notas são pesquisadas por mês e ano, escolhendo ambos um,

36 36 Help de NFSe individualmente e depois clicando na opção As notas serão selecionadas e será gerado o DAM na opção Para cancelar aceites clique na opção Para voltar para pagina de substituição tributária clique na opção Na área guia de recolhimento é possível imprimir e cancelar guias do ISSQN próprio 332, consultar Importação de Aceitos Importação das notas fiscais referente aos serviços tomados: O substituto tributário poderá, efetuar importação das notas fiscais

37 Tomador 37 apresentadas pelos prestadores contratados, tanto os inscritos no município, assim como os dos outros municípios O substituto tributário quando da contratação de serviços de prestadores não sediados no município deverão exigir a apresentação do Documento Auxiliar de Prestação de Serviço - DAPS, que deverá acompanhar a nota fiscal do prestador a ser informada no arquivo de retenção A geração do documento de recolhimento do ISSQN retido será disponibilizada após o aceite das notas fiscais constantes no arquivo de importação, consolidados por data de pagamento informado no mesmo arquivo O layout de importação substituição tributaria, está disponível na própria tela de importação Para voltar para tela de substituição tributária clique na opção Para validar a importação clique na opção

38 38 34 Help de NFSe DAPS Documento Auxiliar de Prestação de Serviço DAPS: Obrigatoriedade da exigência pelo substituto tributário do município: Inicialmente de exigência obrigatória por todos os substitutos tributários Participantes do Projeto Piloto da Nota Fiscal de Eletrônica de Serviço Credenciamento do prestador de outros municípios Preenchimento do Documento Auxiliar de Prestação de Serviço DAPS: Tomador: Deverá está sediado no município, exceto nos serviços construção cívil, quanto aos empreiteiros e subempreiteiros obrigados a reter o ISSQN nas subcontratações, devendo informar nesta situação o número do álvara da obra Será pesquisado a partir do CNPJ ou CPF informado, no banco de dados da prefeitura Número do DASP: Será automático do aplicativo Competência: Será o do mês da emissão do documento Data de emissão: Será o do dia da gravação

39 Tomador 39 Serviço: Será pesquisado a apartir do serviço digitado pelo prestador, na lista de serviço anexa ao Código Tributário do Município Regime de Tributação: Será definido pelo Auditor Fiscal, a partir do cadastro da empresa Tipo de recolhimento: Será retenção na fonte Número da nota fiscal: Será o da nota fiscal do prestador que acompanhará o DAPS Alíquota: Será o do município a partir do serviço digitado, exceto para o Simples Nacional onde o prestador deverá digitar a alíquota utilizada no Simples Nacional Dedução: O contribuinte deverá solicitar a dedução via processo administrativo, nos casos previstos na legislação municipal Base de cálculo: Será o valor do serviço Valor da retenção: Será calculado a partir da alíquota do serviço digitado pelo prestador Número do alvará: Será solicitado para os serviços de construção cívil ou auxiliares da construção cívil Descrição do serviço: Será um campo livre para digitação pelo prestador Gravar DAPS : Após gravar a nota fiscal o Tomador terá opção de efetuar sua impressão por notas, cancelar, enviar o documento, consultar a relação de ou criar um novo DAPS na opção

1 Credenciamento de prestadores: 1.1 Acesse Na tela inicial clique no botão marcado para acessar a tela de login.

1 Credenciamento de prestadores: 1.1 Acesse  Na tela inicial clique no botão marcado para acessar a tela de login. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e é o documento fiscal de existência apenas digital que irá substituir as notas fiscais de serviços tradicionais. A

Leia mais

O que é a Nota Fiscal Eletrônica?

O que é a Nota Fiscal Eletrônica? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? A Nota Fiscal Eletrônica - NFS-e é um documento fiscal digital gerado e armazenado eletronicamente em tempo real, no site da própria Prefeitura, com o objetivo de registrar

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e. Prefeitura

MANUAL SISTEMA NFS-e. Prefeitura MANUAL SISTEMA NFS-e Prefeitura SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela Ilustração

Leia mais

Índice O Que é ISS Digital?

Índice O Que é ISS Digital? Índice O Que é ISS Digital? 1.0 Cadastro de Empresas Contribuintes 1.1 Cadastro On-line de Prestadores 1.2 Consulta ao CEC (ConCEC) 1.3 Empresas de Fora do Município 1.4 Consulta ao CEF (ConCEF) 1.5 Tomadores:

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SEP SISTEMA ELETRÔNICO DE PREFEITURA INDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SEP SISTEMA ELETRÔNICO DE PREFEITURA INDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SEP SISTEMA ELETRÔNICO DE PREFEITURA INDICE 1- SEP 2- Cadastro PrestadorXContador Prestador Tomador 3- Serviços Cadastro Categorias 4- Nf-e Liberações Aidf RPS Recibo Provisório de

Leia mais

Manual do Usuário (Módulo Público) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

Manual do Usuário (Módulo Público) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço Manual do Usuário (Módulo Público) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço P á g i n a 2 Sumário 1. CADASTROS... 3 1.1 CADASTRO PESSOA JURÍDICA... 3 1.2 CADASTRO PESSOA FÍSICA... 6 2. ACESSO AO SISTEMA... 7

Leia mais

Manual. Declaração Mensal dos Serviços Contratados. Módulo Obras

Manual. Declaração Mensal dos Serviços Contratados. Módulo Obras Manual Declaração Mensal dos Serviços Contratados Módulo Obras Para um bom funcionamento do sistema devem ser seguidas as seguintes parametrizações: - Utilizar como navegador o Internet Explorer; - Desabilitar

Leia mais

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e Nota Eletrônica Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos estejam cadastrados (usuário e atualização

Leia mais

Manual do Usuário (Módulo Prestador) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

Manual do Usuário (Módulo Prestador) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço Manual do Usuário (Módulo Prestador) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço P á g i n a 2 Sumário 1. EDIÇÃO DO CADASTRO... 3 2. CONFIGURAR MEU PERFIL... 5 3. ALTERAR MINHA SENHA... 6 4. NOTA FISCAL... 7 4.1

Leia mais

09/11/ :24:09 Manual do Portal de Serviços

09/11/ :24:09 Manual do Portal de Serviços ÍNDICE 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos 1.4 Acesso Restrito Direcionado a Empresas 2 - Consulta Débito

Leia mais

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná MANUAL DO SISTEMA DE NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Considerações iniciais A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) da Equiplano foi desenvolvida seguindo as instruções, modelo conceitual

Leia mais

PAGAMENTO DE ISSQN VARIÁVEL

PAGAMENTO DE ISSQN VARIÁVEL PAGAMENTO DE ISSQN VARIÁVEL TRIBUTOS> INSCRIÇÃO> INSCRIÇÃO> Preencher o campo Inscrição Alvará com o código da Inscrição Municipal; Ao habilitar o link Carnê de ISSQN Variável clique para selecionar os

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Sistema Prestador de Serviços

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Sistema Prestador de Serviços Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Sistema Prestador de Serviços Ultima atualização 21/10/2016 Sumário Considerações iniciais 4 Legendas 4 Solicitação de Acesso 5 Acesso ao sistema 8 Esqueci

Leia mais

Manual do Sistema de Emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica

Manual do Sistema de Emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 SUMÁRIO Assunto Pág APRESENTAÇÃO... 2 CADASTROS Pesquisa > Cadastro de Empresas/Tomadores de Serviço... 3 Formulário > Cadastro de Empresa > Inclusão... 4 OPERACIONAL Pesquisa > Cadastro de Nota Fiscal...

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3. Acessar o sistema... 6 3.1. Autenticar

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Contadores Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Carteiras de Clientes...... 10 5 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 11 5 - Emissão

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO DE NOTA FISCAL SERVIÇO ELETRÔNICA

EMISSÃO E GESTÃO DE NOTA FISCAL SERVIÇO ELETRÔNICA EMISSÃO E GESTÃO DE NOTA FISCAL SERVIÇO ELETRÔNICA Sumário 1- O que é NFS-e? 2- Acesso ao sistema. 3- Configurações. 4- Emissão NFS-e. 5- Gerenciando NFS-e. 6- Cancelamento. 1- O que é NFS-e? Nota Fiscal

Leia mais

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1 Manual de Instruções Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e 1 1. Cadastro de Novo Prestador de Serviço. Quando o usuário acessar o sistema de NFS-e Sapitur ISSQN, vai

Leia mais

Bem Vindo ao Sistema ISSMAP

Bem Vindo ao Sistema ISSMAP Bem Vindo ao Sistema ISSMAP Portal de Emissão de Nota Fiscal de Serviço 1º Modulo: Cadastro no Sistema SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ACESSO... 3 1. REALIZANDO CADASTRO NO SISTEMA... 4 1.1 Pessoa Física... 5

Leia mais

SCPO. Sistema de Comunicação Prévia de Obras

SCPO. Sistema de Comunicação Prévia de Obras Ministério do Trabalho Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho Coordenação Geral de Normatização e Programas SCPO Sistema de Comunicação Prévia de Obras Manual

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Considera-se Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e), o documento emitido e armazenado eletronicamente em sistema próprio da Prefeitura do Município de São Paulo,

Leia mais

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Sumario 1- O que é nfe? 2- Acesso ao sistema. 3- Cadastros Série / Número Cálculo Fiscal Certificado Cliente Produto Informações Adicionais 4- Configurações

Leia mais

Emissão de NFS-e. Nota Legal Porto Alegre

Emissão de NFS-e. Nota Legal Porto Alegre Emissão de NFS-e Nota Legal Porto Alegre Apresentação: Foi publicada em 31/05/2015 a Instrução Normativa SMF 04/2016, que incluiu o parágrafo 10 ao artigo 3º da Instrução Normativa SMF 09/2014, trazendo

Leia mais

SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A:

SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A: DECRETO Nº 4.015, DE 19 DE OUTUBRO DE 2.010. Institui a Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e, e dá outras providências SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA ITUIUTABA MINAS GERAIS 2011 Manual do Sistema de Arrecadação Tributária SIAT Online ÍNDICE 1 - SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 -

Leia mais

MANUAL DE CADASTRAMENTO NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

MANUAL DE CADASTRAMENTO NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARCOVERDE SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DIRETORIA E RENDAS E TRIBUTOS - DIRT MANUAL DE CADASTRAMENTO NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1. CONCEITO DE NOTA

Leia mais

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas Benefícios Pessoas Jurídicas Tela Inicial anônimos

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas Benefícios Pessoas Jurídicas Tela Inicial anônimos ÍNDICE 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos 1.4 Acesso Restrito Direcionado a Empresas 2 - Consulta Débito

Leia mais

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões?

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? Guia de Procedimento O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? O site de Contas a Pagar de Comissões é uma ferramenta destinada às agências de viagem. Inicialmente, será utilizado para a área financeira

Leia mais

Como emitir a nota? Emitir Nova NFS-e

Como emitir a nota? Emitir Nova NFS-e Aqui se dá o começo do processo de criação da nota fiscal de serviço eletrônica. Como a Prefeitura é que gera a NFS-e, o que será feito é um RPS, com todas as informações da nota, que serão enviadas à

Leia mais

Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS. Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e

Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS. Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Fly e-nota Importante: Antes de iniciar o manual cabe lembrar que em todos esses processos existe a

Leia mais

TUTORIAL ESPORTE DA ESCOLA

TUTORIAL ESPORTE DA ESCOLA Portal do Projeto PST Brasil em Convênio com o Ministério do Esporte - Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social TUTORIAL ESPORTE DA ESCOLA ORIENTAÇÕES DE CADASTRO: ESCOLA DIRETOR

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA NFS-e

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA NFS-e PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES TERRA DO REI PELÉ SECRETARIA DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DA RECEITA MANUAL DE UTILIZAÇÃO NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA NFS-e Versão 0.2 Julho 2013 - MPG Página 1

Leia mais

ANEXO V. Manual de Preenchimento da Nova Guia de ISS

ANEXO V. Manual de Preenchimento da Nova Guia de ISS ANEXO V Manual de Preenchimento da Nova Guia de ISS A partir de 01/03/2005, a Nova Guia de Recolhimento do ISS passa a ser a única forma de recolhimento espontâneo do Imposto Sobre Serviços devido por

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0 SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 05/08/2016 1.0 Criação do Artefato Eliene Carvalho MAPA/SE/SPOA/CGTI. Página 2 de

Leia mais

Construção Civil Versão 2.3 (04/2016)

Construção Civil Versão 2.3 (04/2016) Construção Civil Versão 2.3 (04/2016) Sumário INTRODUÇÃO... 3 APRESENTAÇÃO... 3 O QUE É GISSONLINE?... 3 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 3 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 3 1º ACESSO DE EMPRESAS ESTABELECIDAS

Leia mais

Cadastro de Transportadora

Cadastro de Transportadora Cadastro de Transportadora Para realizar o cadastro de uma transportadora proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastro em seguida clique na opção Transportadora e

Leia mais

Processoo Seletivo 04/2017 SSA Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro. Processo Seletivo 04/2017 SSA Hospital Metropolitano Doutor Célio de Castro

Processoo Seletivo 04/2017 SSA Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro. Processo Seletivo 04/2017 SSA Hospital Metropolitano Doutor Célio de Castro Processo Seletivo 04/2017 SSA Hospital Metropolitano Doutor Célio de Castro As inscrições para Processo Seletivo foram prorrogadas até o dia 02 de julho de 2017 às 19h00min. Para realização da inscrição

Leia mais

ÍNDICE. sexta-feira, 1 de abril de 2016

ÍNDICE. sexta-feira, 1 de abril de 2016 ÍNDICE SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas. Benefícios Pessoas Jurídicas. Tela Inicial Consulta Débito de IPTU Emitir Guias de IPTU Emitir Guias Diversas Emitir Certidão Contribuinte

Leia mais

MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS

MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS Este manual é aplicado a todos os prestadores de serviço usuários do Sistema NFS-e da empresa Pública Informática. Nele os usuários encontrarão informações

Leia mais

Detalhes e especificações do WebService de Declarações de Serviços Tomados

Detalhes e especificações do WebService de Declarações de Serviços Tomados Detalhes e especificações do WebService de Declarações de Serviços Tomados 1. Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a definição das especificações e critérios técnicos necessários para utilização

Leia mais

Área exclusiva do Contador. Versão 2.3 (03/2016) Versão 2.3 (03/2016)

Área exclusiva do Contador. Versão 2.3 (03/2016) Versão 2.3 (03/2016) Área exclusiva do Contador Versão 2.3 (03/2016) Versão 2.3 (03/2016) SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 4 APRESENTAÇÃO... 4 O QUE É GISSONLINE?... 4 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 4 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA Prestadores de Serviços Tomadores de Serviços GUIA DO USUARIO FISCALIZAÇÃO DE RENDAS MUNICIPAIS 1 SUMÁRIO Pág. 1. INTRODUÇÃO 03 2. RECURSOS DO SISTEMA 03 2.1 Tela

Leia mais

Tomador Versão 2.3 (06/2016)

Tomador Versão 2.3 (06/2016) Tomador Versão 2.3 (06/2016) Sumário INTRODUÇÃO... 3 APRESENTAÇÃO... 3 O QUE É GISSONLINE?... 3 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 3 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 3 1º ACESSO DE EMPRESAS ESTABELECIDAS

Leia mais

Caso não exista uma Unidade da Azul Seguros no seu estado, utilize o CNPJ da Sucursal Rio de Janeiro.

Caso não exista uma Unidade da Azul Seguros no seu estado, utilize o CNPJ da Sucursal Rio de Janeiro. Orientações válidas apenas para faturamento de Notas fiscais de oficinas reparadoras de veículos, decorrentes de Sinistros de Automóveis de clientes ou terceiros, de responsabilidade da Azul Seguros e

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS /

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS / MANUAL DO CANDIDATO PESSOA JURÍDICA Identificação do Edital Para fazer a inscrição, o candidato deve acessar o link disponível no site do SEBRAE de seu interesse ou da empresa responsável pela seleção

Leia mais

Manual Remessa Q Prof Versão

Manual Remessa Q Prof Versão Manual Remessa Q Prof Versão 1.6.0.0 Sumário 1. Instalação do Remessa Q PROF... 3 2. Trabalhando com o Remessa Q PROF... 7 3. Botão OPÇÕES e suas Funcionalidades... 8 4. Aba Título... 9 4.1. Início da

Leia mais

Módulo Administrativo enota NFS-e

Módulo Administrativo enota NFS-e Módulo Administrativo enota NFS-e Sistema Administrativo de NFS-e do Município Manual do Administrador Criado por: Informática Educativa Índice 1. Sistema Administração... 03 2. Prestadores... 04 3. RPS...

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços

Nota Fiscal de Serviços Nota Fiscal de Serviços Para emitir ou gerenciar suas Notas Fiscais de Serviços acesse o menu: Serviços > Notas Fiscais. Em seguida clique no botão 1 / 13 Dados da Nota Fiscal No campo Cliente basta iniciar

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E (Modelo VI) 1 Introdução Este manual apresenta e detalha os procedimentos para a realização do processo

Leia mais

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE NOTA FISCAL DO CONSUMIDOR ELETRÔNICA

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE NOTA FISCAL DO CONSUMIDOR ELETRÔNICA EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE NOTA FISCAL DO CONSUMIDOR ELETRÔNICA Sumario 1- O que é NfCe? 2- Acesso ao sistema 3- Configurações de Padronização. 4- Cadastros Série/Número Cálculo Fiscal Certificado Cliente

Leia mais

Prestador Versão 2.3 (03/2016)

Prestador Versão 2.3 (03/2016) Prestador Versão 2.3 (03/2016) Sumário INTRODUÇÃO... 4 APRESENTAÇÃO... 4 O QUE É GISSONLINE?... 4 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 4 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 4 1º ACESSO DE EMPRESAS ESTABELECIDAS

Leia mais

Manual do Usuário. Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e. Versão: Data: 01/02/2015 Responsável: Armando Wodson

Manual do Usuário. Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e. Versão: Data: 01/02/2015 Responsável: Armando Wodson Manual do Usuário Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e Versão: 01.00 Data: 01/02/2015 Responsável: Armando Wodson Histórico de Alterações Data Versão Responsável Descrição da Alteração Último TE 01/02/2015

Leia mais

DECRETO MUNICIPAL N. 006-A, DE 20 DE JANEIRO DE 2012.

DECRETO MUNICIPAL N. 006-A, DE 20 DE JANEIRO DE 2012. DECRETO MUNICIPAL N. 006-A, DE 20 DE JANEIRO DE 2012. Regulamenta a Lei Municipal n. 3.747, de 26 de outubro de 2011, que institui a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e no Município de Frederico

Leia mais

Declarações Serviços Prestados

Declarações Serviços Prestados Declarações Serviços Prestados O que é isto? O que isto faz? Por meio desta página, um contribuinte classificado como prestador de serviços pode realizar a declaração dos serviços prestados. Nesta página,

Leia mais

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO Sumario 1- O que é cte? 2- Acesso ao sistema. 3- Cadastros Certificado Pessoa Motorista Proprietario Veículo Tributação 4- Emissão do Cte.

Leia mais

FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA

FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA Conforme Portaria n 34, de 07 de dezembro de 2007, disponível no site para consulta, as empresas serão cadastradas somente pela internet. Basta acessar

Leia mais

NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA

NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA MEI do Comércio e da Indústria NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA MEI do Comércio e da Indústria O Microempreendedor Individual já pode emitir a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica-NFA-e

Leia mais

SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR

SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR Fluxo de cadastro Acesso ao sistema: http://cacb.certorigem.com.br/federasul/ Criar pré-cadastro Fluxo de cadastro Preencher formulário do lado esquerdo com os dados

Leia mais

3. COM O PROGRAMA JÁ ABERTO, ACESSE O EMISSOR PELA BARRA SUPERIOR, COMO MOSTRA O DESENHO:

3. COM O PROGRAMA JÁ ABERTO, ACESSE O EMISSOR PELA BARRA SUPERIOR, COMO MOSTRA O DESENHO: 1 COMO EMITIR NF-e (NOTA FISCAL ELETRÔNICA): 1. ABRA O PROGRAMA ADDSTOK PELO ATALHO NO DESKTOP 2. FAÇA LOGUIN CLICANDO SOBRE SEU USUÁRIO E DIGITE SUA SENHA. FEITO ISTO, CLIQUE SOBRE O BOTÃO ENTRAR 3. COM

Leia mais

Portal Suprimentos Aperam Cotação Eletrônica. versão 3

Portal Suprimentos Aperam Cotação Eletrônica. versão 3 Portal Suprimentos Aperam Cotação Eletrônica versão 3 1 Menu Acessando o portal de compras Esqueci minha senha Alterando sua senha Atualizando seus dados cadastrais Consultando/respondendo cotação Visualizando

Leia mais

PORTAL NOSSO CORRETOR. Novo Portal do Corretor

PORTAL NOSSO CORRETOR. Novo Portal do Corretor PORTAL NOSSO CORRETOR Novo Portal do Corretor Novidades do Novo Portal do Corretor 1 Novo Layout 2 Novas Funcionalidades da TMB 3 Novas Funcionalidade do Vida 4 Novas Configurações de Usuário 5 Recuperar

Leia mais

Guia Rápido E-PONTO. Guia Rápido e-ponto Versão 1.0. ClearTech LTDA. São Paulo SP Brasil 28/02/2011 Especificação. Sistema e-ponto - Página:1 de 69

Guia Rápido E-PONTO. Guia Rápido e-ponto Versão 1.0. ClearTech LTDA. São Paulo SP Brasil 28/02/2011 Especificação. Sistema e-ponto - Página:1 de 69 São Paulo SP Brasil 28/02/2011 Especificação Não é permitida a reprodução total ou parcial desta publicação por qualquer meio, seja mecânico ou eletrônico, incluindo esta proibição a tradução, uso de ilustrações

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação

PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação DEMS DECLARAÇÃO ELETRÔNICA MENSAL DE SERVIÇOS LAYOUT DO ARQUIVO DE REMESSA Data da atualização: 15/05/2008

Leia mais

COMO ACESSAR O SISTEMA DE INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE CONTRIBUINTES MOBILIÁRIOS ON-LINE

COMO ACESSAR O SISTEMA DE INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE CONTRIBUINTES MOBILIÁRIOS ON-LINE COMO ACESSAR O SISTEMA DE INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE CONTRIBUINTES MOBILIÁRIOS ON-LINE 1º Passo Para utilizar o Sistema de Inscrição no Cadastro de Contribuintes Mobiliários on-line, o usuário deverá primeiramente

Leia mais

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de em Lote - Instruções e Layout Versão 2.1 Envio de em Lote Instruções e Layout Versão do Manual: 2.1 pág. 2 ÍNDICE Manual de Envio de em Lote Instruções e Layout 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO Bem-vindo à VR Benefícios Entendemos a importância deste benefício aos seus funcionários e por isso queremos estar com você neste momento. Utilize este guia

Leia mais

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO Bem-vindo à VR Benefícios Entendemos a importância deste benefício aos seus funcionários e por isso queremos estar com você neste momento. Utilize este guia

Leia mais

MA018 MA010. Responsável. Responsável. Revisão E de 28/04/2015. Cantú & Stange Software. Página

MA018 MA010. Responsável. Responsável. Revisão E de 28/04/2015. Cantú & Stange Software. Página MA018 Responsável Página Manual de instalação NFS-e MA010 Responsável Revisão E de 28/04/2015 Página 1 de 14 MA018 Revisão F de 29/06/2016 Responsável: FL Manual de instalação NFS-e 1ª Fase: Instalação

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA VISÃO DO FORNECEDOR V. 07/07/2016

MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA VISÃO DO FORNECEDOR V. 07/07/2016 MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA VISÃO DO FORNECEDOR V. 07/07/2016 ÍNDICE 1. SIGEC HOC APRESENTAÇÃO... 3 2. PRÉ-CADASTRO... 3 2.1. Gerar usuário e senha... 3 3. LOGIN NO SISTEMA PRÉ CADASTRO... 4 3.1. Recuperar

Leia mais

Cadastro de Cliente. Procedimentos para consultar e cadastrar clientes no SISGEM.

Cadastro de Cliente. Procedimentos para consultar e cadastrar clientes no SISGEM. Procedimentos para consultar e cadastrar clientes no SISGEM. Copyright 2010 flexlife todos diretos reservados www. flexlife.com.br Versão 1.1-19/08/15 1. Para Consultar Clientes 1.1 Selecione o modulo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Água Fria

Prefeitura Municipal de Água Fria quinta-feira, 16 de julho de 2015 Ano V - Edição nº 00330 Caderno 1 Diário Oficial do Município 003 Decreto DECRETO Nº 0076/2015, DE 15 DE JULHO DE 2015. DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS

Leia mais

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016 1.0 Menu superior Para utilizar o menu superior, clique com o mouse em cima da palavra que deseja abrir. No exemplo acima foi clicado na palavra cadastros, assim

Leia mais

TUTORIAL LISTA DE PRESENTES

TUTORIAL LISTA DE PRESENTES Apresentação A lista de presentes é utilizada para o cadastro de listas de Chá de Cozinha, Chá de Bebê, Lista de Presentes, Chá de Casa Nova, Lista de Casamento e outras conforme o tipo de evento. Este

Leia mais

MANUAL JKAWFLEX-FREE. Cadastro-faturamento. Ou click aqui

MANUAL JKAWFLEX-FREE. Cadastro-faturamento. Ou click aqui CADASTRO CLIENTE/FORNECEDOR DESTINATARIO: No Cadastrodo cleinte/fornecedor denominado aqui como DESTINATÁRIO, onde deve ser informado todos os dados do destinantario, necessários para emissão, validação

Leia mais

Inclusão de NOTAS FISCAIS. Guia Rápido Audatex Web Perfil Oficina

Inclusão de NOTAS FISCAIS. Guia Rápido Audatex Web Perfil Oficina Inclusão de NOTAS FISCAIS Guia Rápido Audatex Web Perfil Oficina 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso... 3 3. Home Tela Inicial... 4 4. Sinistros... 5 5. Dados Gerais... 6 6. Notas Fiscais... 6 7. Ações...

Leia mais

Instruções NFS-e DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Eliane e Laila Maria Doc. Vrs. 02 Revisão: Laila Maria e Eliane Aprovado em: dezembro de 2015.

Instruções NFS-e DESENVOLVENDO SOLUÇÕES. Autora: Eliane e Laila Maria Doc. Vrs. 02 Revisão: Laila Maria e Eliane Aprovado em: dezembro de 2015. DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Eliane e Laila Maria Doc. Vrs. 02 Revisão: Laila Maria e Eliane Aprovado em: dezembro de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os

Leia mais

MANUAL DO CILIA MANUAL DO CILIA. Manual Operacional do Cilia - SEGURADORA Perfil: ANALISTA DE NOTAS

MANUAL DO CILIA MANUAL DO CILIA. Manual Operacional do Cilia - SEGURADORA Perfil: ANALISTA DE NOTAS MANUAL DO CILIA MANUAL DO CILIA Manual Operacional do Cilia - SEGURADORA Perfil: ANALISTA DE NOTAS ÍNDICE DO MANUAL 1 TELA: LOGIN - CPF 2 TELA: LOGIN - USUÁRIO E SENHA 3 TELA: PESQUISAR ORÇAMENTOS 4 TELA:

Leia mais

Manual Portal do Contribuinte (NFS-e) 2016 Versão

Manual Portal do Contribuinte (NFS-e) 2016 Versão Este documento apresenta os procedimentos para emissão da NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica) visando maiores benefícios ao contribuinte, padronizando e melhorando a qualidade das informações, minimizando

Leia mais

Manual do Usuário. 2 SIAC - Sistema de Atendimento ao Contribuinte

Manual do Usuário. 2 SIAC - Sistema de Atendimento ao Contribuinte Contribuinte 1 Manual do Usuário DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais,

Leia mais

OPERAÇÃO DA PLATAFORMA MANUAL PARA FORNECEDORES

OPERAÇÃO DA PLATAFORMA MANUAL PARA FORNECEDORES OPERAÇÃO DA PLATAFORMA MANUAL PARA FORNECEDORES Operação da plataforma ACESSO Tópicos desta sessão: Primeiro acesso Esqueci a senha Alteração de Cadastro Cadastrar ou alterar categorias PRIMEIRO ACESSO

Leia mais

LAYOUT DE IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS

LAYOUT DE IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS LAYOUT DE IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS O arquivo de importação deve ser feito no formato texto (.txt), com delimitadores de campo. O delimitador utilizado é o # (sustenido). A primeira coluna de cada deve identificar

Leia mais

Recadastramento Nacional. Pesquisa sobre o Perfil dos/as Assistentes Sociais no Brasil: condições de trabalho e exercício profissional

Recadastramento Nacional. Pesquisa sobre o Perfil dos/as Assistentes Sociais no Brasil: condições de trabalho e exercício profissional Recadastramento Nacional Pesquisa sobre o Perfil dos/as Assistentes Sociais no Brasil: condições de trabalho e exercício profissional Substituição das atuais carteiras e cédulas de Identidade Profissional

Leia mais

PLATAFORMA TELESSAÚDE MINISTÉRIO DA SAÚDE

PLATAFORMA TELESSAÚDE MINISTÉRIO DA SAÚDE PLATAFORMA TELESSAÚDE MINISTÉRIO DA SAÚDE SOLICITAÇÕES de TELEDIAGNÓSTICO Núcleo de Telessaúde Técnico-Científico do Rio Grande do Sul Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS Programa de Pós-Graduação

Leia mais

2º passo: Cadastrar o Boleto de cobrança. Cadastros Financeiros Bancários Cobrança - Boletos

2º passo: Cadastrar o Boleto de cobrança. Cadastros Financeiros Bancários Cobrança - Boletos A seguir, vamos mostrar como configurar, cadastrar, gerar boletos e gerar/ receber remessas de boletos bancários. Os boletos bancários poderão ser gerados para qualquer lançamento de contas a receber.

Leia mais

Manual ecliente Empresa. Allianz. Saúde

Manual ecliente Empresa. Allianz. Saúde Manual ecliente Empresa Allianz Saúde www.allianz.com.br > Saúde Clique na opção Saúde. Conheça o ecliente Clique no ícone para acessar o ecliente. Cadastre-se Clique aqui para o primeiro acesso. Cadastre-se

Leia mais

AFFINCO NF. Tela de login do sistema: Tela inicial:

AFFINCO NF. Tela de login do sistema: Tela inicial: Conteúdo AFFINCO NF... 2 Tela de login do sistema:... 2 Tela Inicial:... 2 Cadastro da empresa:... 3 Alterando logo tipo da empresa:... 4 Cadastro de clientes:... 5 Cadastro de pessoa física:... 5 Cadastro

Leia mais

www.govdigital.com.br Conceito da NFS-e A NFS-e é um documento de existência exclusivamente digital, que servirá para registrar as operações de prestação de serviços sujeitos ao Imposto Sobre Serviço de

Leia mais

Manual ecliente Empresa. Allianz. Saúde

Manual ecliente Empresa. Allianz. Saúde Manual ecliente Empresa Allianz Saúde www.allianz.com.br > Saúde Clique na opção Saúde. Conheça o ecliente Clique no ícone para acessar o ecliente. Cadastre-se Clique aqui para o primeiro acesso. Cadastre-se

Leia mais

Manual de. Rodoviário

Manual de. Rodoviário Manual de Agendamento Rodoviário INTERMODAL SUMÁRIO 1. ACESSO 1.1. Link para acesso 1.2. Login e senha 1.2.1. Alteração de senha 4 4 4 4 2. AGENDAMENTO 2.1. Novo agendamento 2.1.1. Dados gerais 2.1.2.

Leia mais

CORPORATIVO. Manual do Usuário. Sistema Wiss. Gestor: ADS-TI-SCL/CSF 1/8 versão 1.0

CORPORATIVO. Manual do Usuário. Sistema Wiss. Gestor: ADS-TI-SCL/CSF 1/8 versão 1.0 Manual do Usuário Sistema Wiss Gestor: ADS-TI-SCL/CSF 1/8 versão 1.0 Sumário 1. Introdução 3 2. Login 3 3. Solicitar acesso externo ao Sistema 3 4. Emitir Recibo da Retenção de ISS 4 5. Trocar senha 7

Leia mais

ISSWEB CONTRIBUINTE. União Soluções em Gestão Pública

ISSWEB CONTRIBUINTE. União Soluções em Gestão Pública ISSWEB CONTRIBUINTE União Soluções em Gestão Pública 1 CONTEÚDO 1. Menu Contribuintes 1.1 Página Inicial...2 1.2 Dados Gerais...4 1.3 Trocar Contribuinte...5 1.4 Vincular Usuários...6 1.5 Configurar Contribuinte...7

Leia mais

MANUAL DO KIT ON-LINE

MANUAL DO KIT ON-LINE MANUAL DO KIT ON-LINE Criado em: Novembro/2006 Alteração realizada: 15/12/2006 Versão do Manual: 1.0 Alteração realizada: 08/07/2009 Versão do Manual: 2.0 Alteração realizada: 27/01/2010 Versão do Manual:

Leia mais

Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Domínio Atendimento Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio

Leia mais

A necessidade de normatizar a emissão da NFS-e para os estacionamentos de veículos; DETERMINA:

A necessidade de normatizar a emissão da NFS-e para os estacionamentos de veículos; DETERMINA: Instrução de Serviço GETM nº 002, de 17 de agosto de 2012. Estabelece regime especial para a emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) destinada a acobertar os serviços prestados por estacionamentos

Leia mais

Giss Offline. Versão 2.0 (12/2011)

Giss Offline. Versão 2.0 (12/2011) Giss Offline Versão 2.0 (12/2011) Versão 2.0 (12/2011) SUMÁRIO GISS OFFLINE... 2 INSTALANDO O GISS ESCRITURAÇÃO OFFLINE... 3 IDENTIFICAÇÃO NO SISTEMA... 8 MANUTENÇÃO... 9 ADICIONAR PREFEITURA... 9 CÓPIA

Leia mais

Manual de Comissão - Extrato. ANS-nº359017

Manual de Comissão - Extrato. ANS-nº359017 ANS-nº359017 Entre no site da NotreDame Intermédica (www.gndi.com.br), através do seu navegador. Depois, clique em CORRETORES 2 Clicar Planos PME. 3 Clique aqui: PESQUISA DE PAGAMENTOS NOTREDAME INTERMÉDICA

Leia mais

Movimento do Caixa

Movimento do Caixa Movimento do Caixa http://www.controlenanet.com.br Este manual é parte integrante do Software On-line Movimento do Caixa Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br

Leia mais

Manual de cadastro de cliente e associação de venda

Manual de cadastro de cliente e associação de venda Manual de cadastro de cliente e associação de venda Padrão lojas Arezzo&Co Apresentação do Roadshow 1 Sumário PARTE I: CADASTRO DE CLIENTE 1. Regras de cadastramento a. Importância de cada campo b. Regras

Leia mais

1. Tela de Acesso pg Cadastro pg Abas de navegação pg Abas dados cadastrais pg Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg Cadastro pg Abas de navegação pg Abas dados cadastrais pg Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

MANUAL Sistema de Gerenciamento do Processo Seletivo (PRS) Programa de Aprendizagem Profissional Comercial MÓDULO EMPRESA

MANUAL Sistema de Gerenciamento do Processo Seletivo (PRS) Programa de Aprendizagem Profissional Comercial MÓDULO EMPRESA MANUAL Sistema de Gerenciamento do Processo Seletivo (PRS) Programa de Aprendizagem Profissional Comercial MÓDULO EMPRESA Índice 1. Apresentação...- 3-2. Etapas do processo...- 3-3. Acesso ao sistema para

Leia mais