PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO LESTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO LESTE"

Transcrição

1 PLANO MUNICIPAL DA HABITAÇÃO PLANO DE AÇÃO REGIONAL LESTE

2 Legenda: Subprefeitura Vias Principais de acesso Linha de Metrô / CPTM Região Leste 08 Subprefeituras: Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Guaianases, Itaquera, São Mateus, Cidade Tiradentes e Itaim Paulista Zona Leste de São Paulo FONTE: HABISP Número de habitantes: Município de São Paulo FONTE: HABISP Analise e Diagnóstico Região Leste

3 Década de Conjuntos habitacionais divididos em COHAB, CDHU e HABI - 15 Conjuntos Habitacionais de HABI, PROVER e PROCAV Revitalização (2008): Legenda: Conjuntos Habitacionais Glebas - Empreendimento Inácio Monteiro 560 U.H. - Empreendimento Garagem U.H. - Empreendimento São Francisco UH Conjuntos Habitacionais Assentamentos FONTE: HABISP

4 Favelas Urbanizadas: - Jd. Nova Tereza dom. - Vitotoma Mastrorosa dom. - Jardim Senice dom. - Monte Taó dom. - Nossa Sra Aparecida dom. - S. Fco. Nucleo A dom. -Vergueirinho dom. -Vila União dom. - 2 de Maio dom. - Jd. Nazaré III dom. - S. Fco. Global dom. Total de domicilios: 000 Legenda: Conjuntos Habitacionais Glebas Núcleos Conjuntos Habi Loteamentos Irregulares Favelas Subprefeitura Vias Principais de Acesso Urbanização Conjuntos - Habi Vias Principais de Acesso Linha de Metrô / CPTM Mapa de Assentamentos

5 Legenda: Conjuntos Habitacionais Glebas Núcleos Conjuntos - Habi Loteamentos Irregulares Favelas Subprefeitura Vias Principais i i de Acesso Urbanização Linha de Metrô / CPTM Zeis 2 Zeis 1 Zeis

6 Bacias Prioritárias: 1 Bacia de São Miguel Paulista: - Intervenções por Habi e CDHU: N. Sra. Aparecida e Pantanal (CHDU); 7 Córrego Lajeado: 8 Córrego Água Vermelha; 11 Ermelino Matarazzo; 13 Rio Aricanduva; 15 Rio Jacú 16 Córrego Itaim; 17 Ribeirão Três Pontes; 19 Ribeirão Itaquera; Legenda: Pi Priorização i de Bacias: Conjuntos Habitacionais Muito Alta Glebas Alta Núcleos Média Conjuntos - Habi Baixa Loteamentos Irregulares Muito Baixa Favelas Subprefeitura Priorização das Sub-bacias

7 Legenda: Conjuntos Habitacionais i i Loteamentos Irregulares Glebas Favelas Núcleos O.U.C. ( Rio Verde / Jacu ) Conjuntos - Habi Rodoanel (Jacu Pêssego) Mapa de interferências

8 Legenda: Conjuntos Habitacionais Glebas Núcleos Conjuntos - Habi Loteamentos Irregulares F l Favelas Subprefeitura Vias Principais de Acesso APA ZEPAM Parque Linear Habi: Urbanizaçções Resolo: Licitação 2007 Lote Legal Áreas previstas para 2009 Mapa de interferências

9 Número de assentamentos precários na Região Leste gravados e não gravados em ZEIS Tipo de assentamento Assentamento Assentamento TOTAL em ZEIS em ZEIS Assentamentos Domicílios Favelas Núcleos urbanizados Loteamentos irregulares conj. habitacionais. irregulares cortiços Análise e Diagnóstico

10 Número de domicílios em assentamentos precários na região Leste, segundo classificação não em em em urbanizávell urbanizável urbanização regularização urbanização e regularização TOTAL favelas núcleos urbanizad os loteament os irregulares conj. habit. irregulares cortiços Análise e Diagnóstico

11 Diagnóstico da região Leste principais características que interferem no planejamento do atendimento habitacional no território. 1.Urbanístico: - Interferências com planos regionais e outras secretarias; - Planejamento de outras secretarias para o desenvolvimento de determinadas regiões de intervenção, na questão do transporte, meio ambiente, cultura, trabalho, entre outras; - Planejar a regularização tendo em vista o planejamento do futuro x o coeficiente de aproveitamento do local; - Manutenção de praças, espaços públicos e outros equipamentos implantados; 2. Habitacional - Longas distâncias para implantação de infraestrutura (alto custo); - Escassez de áreas próximas aos grandes centros; - Rios e córregos que nascem na Zona Leste e abastecem a cidade de SP. Análise e Diagnóstico

12 3. Ambiental : - Falta de áreas públicas e permeáveis; - Garantir a coleta de esgoto e drenagem separadamente; - Questão do Lixo; - Agregar a urbanização novas técnicas adaptadas ao meio ambiente; (ex. asfalto ecológico, calçada ecológica, aquecedor solar); - Existência de nascentes que abastecem a cidade dd de SP; 4. Habitacional - Déficit habitacional x o número de unidades disponíveis; - Valor da verba de apoio (programa habitacional) x novas invasões; - Garantir o pós urbanização e a inserção da favela ao bairro; - Participação dos munícipes nas decisões; - Observar as características das demandas, d afim de obter resultados melhores; - Difícil acesso de transporte coletivo x alto custo x tempo de deslocamento. Análise e Diagnóstico

13 Vulnerabilidade Social: - Situação de Miserabilidade; - Renda Familiar Baixa, gerando conflitos; - Mulheres chefes de famílias; - Número insuficiente de projetos sociais; - Número insuficiente de equipamentos sociais, serviços e comércios; - Adolescentes e jovens sem perspectiva de projeto de vida; - Ausência de terrenos para HIS. Diagnóstico Social

14 Proposta Social para áreas não urbanizadas: - Ações intersecretariais, trabalho em rede (envolvimentos das universidades da região); - Projetos que atendam a precariedade da região; - Intervenção planejada envolvendo órgãos Municipais e Estaduais; - Ação conjunta com empresários da região, para inclusão social e geração de renda; - Projetos habitacionais compatíveis com a demanda e renda familiar da região; - Ampliar o leque de alternativas para atendimento em áreas de remoção ou risco (carta de crédito, locação social etc...); - Garantir que seja previsto área institucional na área objeto de intervenção; - Garantir que o trabalho social seja desenvolvido por uma equipe multidisciplinar; - Garantir a participação da população em todas as etapas do processo. Diagnóstico Social

15 Propostas Social: Áreas Urbanizadas - Estimular as famílias para a valorização das melhorias implantadas; - Incorporar o novo significado ifi de hbi habitat (novas moradias) e as relações de convivência iê i coletiva; - Promover ações sócio educativas, através de parcerias intersecretariais, abordando temas relacionados ao meio ambiente, oficinas de gênero / direito da mulher, geração de trabalho e renda; -Viabilizar e organizar projetos culturais, sociais, saúde, cidadania e outros; - Monitorar as áreas remanescentes para prevenir novas ocupações. Diagnóstico Social

16 Agir em frentes de trabalho: 1. Intervenções em áreas elencadas pelo Sistema de Priorização HABISP; 2. Áreas consolidadas urbanizar e regularizar; 3. Áreas já ocupadas ordenar o crescimento; 4. Áreas não ocupadas Dar uso e destinação; 5. Áreas junto as nascentes Ações Intersecretariais; 6.Outras Secretarias Articulação - Planos previstos em conjunto; 7. Priorizar frentes de atuação: Grandes bacias; envolve várias subprefeituras e maiores recursos; Pequenas bacias; menos recursos e obra; 8. Monitoramento e fiscalização nas áreas remanescentes / livres, para prevenção de novas ocupações; 9. Lei / 09 Dispõe sobre terrenos em áreas urbanas em ociosidade, propondo planos urbanísticos para áreas municipais e particulares; Diretrizes de intervenção Habitacional

Organização do Espaço na Cidade de São Paulo

Organização do Espaço na Cidade de São Paulo Organização do Espaço na Cidade de São Paulo A Copa do Mundo e o Desenvolvimento da Zona Leste Arq. Alberto Fasanaro Lauletta Setembro / 2011 Histórico da Expansão Urbana Até 1929 LEGENDA São Paulo Região

Leia mais

Plano Regional Estratégico da Subprefeitura São Miguel - MP

Plano Regional Estratégico da Subprefeitura São Miguel - MP Plano Regional Estratégico da Subprefeitura São Miguel - MP RETORNAR Sumário Título I Das Políticas Públicas Regionais. Capítulo I Da Política de Desenvolvimento Urbano e Ambiental da Região. Capítulo

Leia mais

Abordagens para Drenagem Urbana no Município de São Paulo: Ações de curto e longo prazos

Abordagens para Drenagem Urbana no Município de São Paulo: Ações de curto e longo prazos Abordagens para Drenagem Urbana no Município de São Paulo: Ações de curto e longo prazos Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Organização Agosto / 2010 São Paulo e a Bacia

Leia mais

A Aliança de Cidades e a política habitacional de São Paulo

A Aliança de Cidades e a política habitacional de São Paulo Capítulo 4 A Aliança de Cidades e a política habitacional de São Paulo Ações de planejamento estratégico combinadas a estudos no âmbito deste projeto contribuíram, como já apresentado, para a elaboração

Leia mais

Regional Norte Dados Gerais. Aproximadamente 29% Regional Norte vive em assentamentos precários. 7 Subprefeituras. Área Assentamentos Norte*

Regional Norte Dados Gerais. Aproximadamente 29% Regional Norte vive em assentamentos precários. 7 Subprefeituras. Área Assentamentos Norte* Regional Norte Dados Gerais 7 Subprefeituras Área de São Paulo CASA VERDE/CACHOEIRINHA CASA CASAVERDE/CACHOEIRINHA VERDE/CACHOEIRINHA VERDE/CACHOEIRINHA CASA CASA VERDE/CACHOEIRINHA CASA VERDE/CACHOEIRINHA

Leia mais

ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS

ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS ZL VÓRTICE A ZONA LESTE DE SÃO PAULO SITUAÇÕES CRÍTICAS ZL Vórtice é um projeto de investigação e práticas urbanas experimentais. Reúne pesquisadores, arquitetos, engenheiros e artistas, junto com as comunidades

Leia mais

FÓRUM NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Prêmio Selo Mérito 2013

FÓRUM NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Prêmio Selo Mérito 2013 FÓRUM NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Prêmio Selo Mérito 2013 Programa de Regularização Fundiária Sustentável de São Bernardo do Campo: Cidadania e Inclusão Social Urbana ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE ÁREAS PÚBLICAS. Cartilha de orientação sobre o Programa de Regularização Urbanística e Fundiária

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE ÁREAS PÚBLICAS. Cartilha de orientação sobre o Programa de Regularização Urbanística e Fundiária REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE ÁREAS PÚBLICAS Cartilha de orientação sobre o Programa de Regularização Urbanística e Fundiária APRESENTAÇÃO Esta Cartilha foi desenvolvida como suporte ao trabalho da Prefeitura

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE HABITAÇÃO POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE HABITAÇÃO POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE HABITAÇÃO POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Carlos Henrique Cardoso Medeiros Secretário POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Orçamento Participativo da Habitação participaçãopopular

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.750/12 - DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012

LEI MUNICIPAL Nº 2.750/12 - DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012 LEI MUNICIPAL Nº 2.750/12 - DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012 Institui o Plano Municipal de Habitação de Interesse Social - PMHIS, e dá outras providências A CÂMARA MANICIPAL DE GOIATUBA, Estado de Goiás, APROVOU

Leia mais

Plano Municipal de Habitação Social da Cidade de São Paulo. agosto 2010

Plano Municipal de Habitação Social da Cidade de São Paulo. agosto 2010 Plano Municipal de Habitação Social da Cidade de São Paulo agosto 2010 Plano Municipal da Habitação apresentação marcos institucionais capítulo 1 princípios e diretrizes capítulo 2 a construção do PMH

Leia mais

3ª Audiência Pública da Regional Leste da Secretaria Municipal da Habitação - São Mateus e Itaquera -

3ª Audiência Pública da Regional Leste da Secretaria Municipal da Habitação - São Mateus e Itaquera - 3ª Audiência Pública da Regional Leste da Secretaria Municipal da Habitação - São Mateus e Itaquera - Data: 12.05.2011 Hora: Local: Av. Ragueb Chohfi, 1400 - Jardim Colonial. Sala de Reuniões Subprefeitura

Leia mais

ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL ZEIS

ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL ZEIS ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL ZEIS De acordo com o Plano Diretor as ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL ZEIS são porções do território destinadas, prioritariamente, à recuperação urbanística, à regularização

Leia mais

Operações Urbanas - Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável

Operações Urbanas - Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável SP-URBANISMO Operações Urbanas - Oportunidades para o Desenvolvimento Urbano Sustentável Miguel Luiz Bucalem Secretario de Desenvolvimento Urbano do Municipio de São Paulo apresentado por João Cyro André

Leia mais

Etapas do PLHIS PROPOSTAS

Etapas do PLHIS PROPOSTAS Plano Local de Habitação de Interesse Social de Boituva Seminário de Homologação do PLHIS de Boituva 25 de Fevereiro de 2010 Etapas do PLHIS etapa 1 etapa 2 etapa 3 METODOLOGIA DIAGNÓSTICO PROPOSTAS Princípios

Leia mais

MOVIMENTO NOSSA SÃO PAULO GRUPO DE TRABALHO DE ORÇAMENTO DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO

MOVIMENTO NOSSA SÃO PAULO GRUPO DE TRABALHO DE ORÇAMENTO DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO MOVIMENTO NOSSA SÃO PAULO GRUPO DE TRABALHO DE ORÇAMENTO PROPOSTA DE ORÇAMENTO PARA O ANO 2009 DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Novembro de 2008 RECEITAS Composição da Arrecadação Orçamento 2009 Receita

Leia mais

PLANO LOCAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PLHIS CUBATÃO AUDIÊNCIA PÚBLICAP MAIO - 2010 O Processo de Elaboração do PLHIS ETAPA ETAPA I - Proposta Metodológica Novembro de 2008 EXEMPLOS DE PRODUTOS E

Leia mais

ZEIS ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL SECOVI-SP VICE- PRESIDÊNCIA DE INCORPORAÇÃO E TERRENOS URBANOS 18-04-2013

ZEIS ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL SECOVI-SP VICE- PRESIDÊNCIA DE INCORPORAÇÃO E TERRENOS URBANOS 18-04-2013 ZEIS ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL SECOVI-SP VICE- PRESIDÊNCIA DE INCORPORAÇÃO E TERRENOS URBANOS 18-04-2013 ZEIS-ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL década de 1980 surgimento de movimentos sociais

Leia mais

PLANO HABITACIONAL FRANCA PLHIS PLANO LOCAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL

PLANO HABITACIONAL FRANCA PLHIS PLANO LOCAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PLANO HABITACIONAL FRANCA PLHIS PLANO LOCAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL HABITAÇÃO: COMO NECESSIDADE HUMANA ABRIGO As pessoas precisam de proteção para si e suas famílias contra as intempéries da natureza.

Leia mais

Indicadores técnicos e de percepção

Indicadores técnicos e de percepção Indicadores técnicos e de percepção Observatório Cidadão Nossa São Paulo Banco virtual que disponibiliza um conjunto de indicadores sociais, ambientais, econômicos, políticos e culturais sobre a cidade

Leia mais

Promover o acesso à terra urbanizada como desafio dos planos diretores

Promover o acesso à terra urbanizada como desafio dos planos diretores Promover o acesso à terra urbanizada como desafio dos planos diretores Fórum Salvador 500 24 março 2015 Paula Freire Santoro Profa. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo FAUUSP Objetivo Da reserva de terra

Leia mais

Programa Paraisópolis

Programa Paraisópolis Programa Paraisópolis Identificação das Comunidades Cemitério Getsemani Jd. Colombo Paraisópolis Porto Seguro Cemitério do Morumbi Colégio Visconde de Porto Seguro Programa Paraisópolis Caracterização

Leia mais

E CONFLITOS. Painel: Habitação Popular e Mercados Informais (Regularização Fundiária) / Outros Temas de Interesse Geral

E CONFLITOS. Painel: Habitação Popular e Mercados Informais (Regularização Fundiária) / Outros Temas de Interesse Geral REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA NA CIDADE DE PIRACICABA - SP: AÇÕES A E CONFLITOS Painel: Habitação Popular e Mercados Informais (Regularização Fundiária) / Outros Temas de Interesse Geral Engª Civil Silvia Maria

Leia mais

Plano Local de Habitação de Interesse Social PLHIS SÃO BERNARDO DO CAMPO

Plano Local de Habitação de Interesse Social PLHIS SÃO BERNARDO DO CAMPO Plano ESTADUAL DE HABITAÇÃO PEH - SP 8 º Encontro Regional Região Metropolitana de São Paulo Plano Local de Habitação de Interesse Social PLHIS SÃO BERNARDO DO CAMPO ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1- O planejamento

Leia mais

Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) em cidades brasileiras: trajetória recente de implementação de um instrumento de política urbana

Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) em cidades brasileiras: trajetória recente de implementação de um instrumento de política urbana Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) em cidades brasileiras: trajetória recente de implementação de um instrumento de política urbana Paula Freire Santoro Profa. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

-Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante a Oficina 3 - Financiamento para habitação social em Centros.

-Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante a Oficina 3 - Financiamento para habitação social em Centros. -Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante a Oficina 3 - Financiamento para habitação social em Centros. -Data: 05/12/2008 -Local: Instituto Pólis MORADIA É CENTRAL

Leia mais

O Estado de São Paulo dispõe do Programa Estadual de Regularização de Núcleos Habitacionais - Cidade Legal, doravante denominado de Cidade Legal.

O Estado de São Paulo dispõe do Programa Estadual de Regularização de Núcleos Habitacionais - Cidade Legal, doravante denominado de Cidade Legal. O Estado de São Paulo dispõe do Programa Estadual de Regularização de Núcleos Habitacionais - Cidade Legal, doravante denominado de Cidade Legal. Em resumo, o programa fornece, mediante convênio de cooperação

Leia mais

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano - SMDU Departamento de Urbanismo - DEURB Departamento de

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO Ações de Inclusão Social e de Combate à Pobreza Modelo Próprio de Desenvolvimento Infra-estrutura para o Desenvolvimento Descentralizado Transparência na Gestão

Leia mais

Riscos de deslizamentos de encostas em áreas urbanas

Riscos de deslizamentos de encostas em áreas urbanas Riscos de deslizamentos de encostas em áreas urbanas Thiago Galvão Geógrafo Desenvolvimento Urbano MINISTÉRIO DAS CIDADES Celso Carvalho Frederico Seabra Leonardo Ferreira Thiago Galvão A resposta necessária

Leia mais

Revisão Participativa. dos Instrumentos de Planejamento e Gestão da Cidade de São Paulo

Revisão Participativa. dos Instrumentos de Planejamento e Gestão da Cidade de São Paulo Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão da Cidade de São Paulo Volume II Revisão Participativa do Plano Diretor Estratégico (PDE) 1. A importância do PDE (Plano Diretor Estratégico)

Leia mais

LIMITES E POSSIBILIDADES DO PLANO DIRETOR DO RIO DE JANEIRO PARA O ACESSO À MORADIA E A TERRA URBANIZADA

LIMITES E POSSIBILIDADES DO PLANO DIRETOR DO RIO DE JANEIRO PARA O ACESSO À MORADIA E A TERRA URBANIZADA Curso de Capacitação e formação de agentes sociais, lideranças comunitárias e conselheiros(as) municipais de habitação para a elaboração, monitoramento e acompanhamento do PLHIS LIMITES E POSSIBILIDADES

Leia mais

Anexo 3. Mapas por subprefeitura

Anexo 3. Mapas por subprefeitura 8:47 PM Page 52 Anexo 3 Mapas por subprefeitura 52 8:47 PM Page 53 Subprefeitura 21 Penha, Zona Leste. de São Paulo Subprefeitura 21 Penha, Zona Leste. de São Paulo, 2000. privação e idosos (Grupo 3) de

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Outubro 2013 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na

Leia mais

LEI MUNICIPAL N. 1.031/06, DE 11 DE OUTUBRO DE 2006. DISPÕE SOBRE O ORDENAMENTO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE BENEVIDES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

LEI MUNICIPAL N. 1.031/06, DE 11 DE OUTUBRO DE 2006. DISPÕE SOBRE O ORDENAMENTO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE BENEVIDES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI MUNICIPAL N. 1.031/06, DE 11 DE OUTUBRO DE 2006. DISPÕE SOBRE O ORDENAMENTO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE BENEVIDES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE BENEVIDES; Faço saber que a Câmara

Leia mais

uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo afirmava que os 18 000 habitantes de Cidade Líder, um loteamento que surgiu em 1945, não possuíam água

uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo afirmava que os 18 000 habitantes de Cidade Líder, um loteamento que surgiu em 1945, não possuíam água HistAmbZL_1.indd 33 12/12/04 12:39:47 AM uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo afirmava que os 18 000 habitantes de Cidade Líder, um loteamento que surgiu em 1945, não possuíam água encanada, nem

Leia mais

Capítulo 3. Disseminação dos resultados

Capítulo 3. Disseminação dos resultados Capítulo 3 Disseminação dos resultados A relevância de São Paulo, como a maior cidade brasileira e aquela com os maiores desafios para o atendimento de diferentes demandas habitacionais, torna a disseminação

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DE NOVA IGUAÇU GABINETE DO PREFEITO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 12 DE MAIO DE 2008.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DE NOVA IGUAÇU GABINETE DO PREFEITO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 12 DE MAIO DE 2008. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 12 DE MAIO DE 2008. INSTITUI O PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO E O SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA DA CIDADE DE NOVA IGUAÇU, NOS TERMOS DO ARTIGO 182 DA CONSTITUIÇÃO

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA A produção de Habitação de Interesse Social na promoção do desenvolvimento urbano

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA A produção de Habitação de Interesse Social na promoção do desenvolvimento urbano PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA A produção de Habitação de Interesse Social na promoção do desenvolvimento urbano Maria do Carmo Avesani Diretora do Departamento de Produção Habitacional Secretaria Nacional

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Zona Leste

PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Zona Leste Cenário Atual da Região Projeto de Desenvolvimento Atividades Alvo Lei 14.654/2007 - Benefícios Cenário Atual da Região As mudanças advindas dos processos de modernização da economia: Maior automação industrial

Leia mais

A política urbana de Diadema: AEIS e Plano Diretor

A política urbana de Diadema: AEIS e Plano Diretor A política urbana de Diadema: AEIS e Plano Diretor DÉCADA DE 90 1990 - Criação do FUMAPIS Fundo Municipal de Apoio a Habitacão de Interesse Social que exerce, na prática, o papel de Conselho Municipal

Leia mais

AULA 3. Aspectos Técnicos da Regularização Fundiária.

AULA 3. Aspectos Técnicos da Regularização Fundiária. Regularização Fundiária de Assentamentos Informais em Áreas Urbanas Disciplina: Regularização Fundiária e Plano Diretor Unidade 03 Professor(a): Laura Bueno e Pedro Monteiro AULA 3. Aspectos Técnicos da

Leia mais

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2015 PREFEITURA DE SÃO PAULO

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2015 PREFEITURA DE SÃO PAULO PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2015 PREFEITURA DE SÃO PAULO Projeto de Lei 467/2014 SUMÁRIO I. Resumo das Receitas e Despesas por Categoria Econômica... 3 II. III. IV. Investimentos em Obras e Instalações (Administração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL TATUQUARA 03/04/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Realizações no dia

Leia mais

Título II Do Plano Urbanístico Ambiental

Título II Do Plano Urbanístico Ambiental Título II Do Plano Urbanístico Ambiental RETORNAR Art. 8 º - O Plano Regional Estratégico, observado o disposto no PDE, Título III, Capítulo I, estabelece elementos estruturadores e integradores para a

Leia mais

MINHA CASA, MINHA VIDA 2 Novas metas, maiores desafios

MINHA CASA, MINHA VIDA 2 Novas metas, maiores desafios MINHA CASA, MINHA VIDA 2 Novas metas, maiores desafios Desafios do PMCMV Sustentabilidade, Perenidade e Imagem O sucesso do PMCMV depende da produção de moradias bem localizadas, servidas de infraestrutura,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA MEC UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PRPPG

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA MEC UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PRPPG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA MEC UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PRPPG Coordenadoria Geral de Pesquisa CGP Campus Universitário Ministro Petrônio Portela,

Leia mais

O projeto Magia da Reforma na revitalização de Paraisópolis. Maria Teresa Diniz

O projeto Magia da Reforma na revitalização de Paraisópolis. Maria Teresa Diniz O projeto Magia da Reforma na revitalização de Paraisópolis Maria Teresa Diniz Município de São Paulo População = 10, 5 milhões hab. Área = 1.509 km² Subprefeituras = 31 Distâncias: Norte-Sul = 60 Km Leste-Oeste

Leia mais

SÃO BERNARDO DO CAMPO

SÃO BERNARDO DO CAMPO 1 PPA Participativo 2014-2017 Prestação de Contas O PPA Participativo 2014-2017 em números 21 plenárias 13.471 participantes 200 grupos de trabalho 400 diretrizes 55 programas e ações R$ 18,6 bilhões 3

Leia mais

PROGRAMA COMPROMISSO META INICIATIVA

PROGRAMA COMPROMISSO META INICIATIVA Secretaria de 1 Produtivo 1. Ampliar a oferta de infraestrutura adequada para promover a segurança no consumo de gêneros alimentícios em mercados municipais 1. Oferecer espaços adequados para comercialização

Leia mais

Ponte Rasa. zona Leste

Ponte Rasa. zona Leste zona Leste Ponte Rasa Um dos distritos mais tradicionais da Zona Leste, tem vida relativamente pacata, com pouca verticalização em comparação aos vizinhos Penha e Itaquera, onde a população aumenta. A

Leia mais

Programa de Governo. Chiara Prefeita. Bauru 2013-2016. Vice Gilson. Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB

Programa de Governo. Chiara Prefeita. Bauru 2013-2016. Vice Gilson. Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB Programa de Governo Bauru 2013-2016 Chiara Prefeita Vice Gilson Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB APRESENTAÇÃO As eleições de 2012 vão definir o dia a dia de cada um dos eleitores bauruenses pelos

Leia mais

Plano Regional Estratégico da Subprefeitura Penha

Plano Regional Estratégico da Subprefeitura Penha Plano Regional Estratégico da Subprefeitura Penha RETORNAR Sumário Título I Das Políticas Públicas Regionais Capítulo I Dos Objetivos da Política de Desenvolvimento Urbano e Ambiental da Região Título

Leia mais

PROGRAMA PARAISÓPOLIS Regularização Fundiária

PROGRAMA PARAISÓPOLIS Regularização Fundiária PROGRAMA PARAISÓPOLIS Regularização Fundiária POLÍTICA HABITACIONAL DA CIDADE DE SÃO PAULO Plano Diretor Estratégico do Município (Lei 13.430/02, art. 79): Moradia digna é aquela que garante ao morador

Leia mais

30/11/2012. do adensamento populacional. crescimento desordenado. ocupação de áreas naturais e frágeis

30/11/2012. do adensamento populacional. crescimento desordenado. ocupação de áreas naturais e frágeis Universidade Metodista Recuperação Ambiental de Áreas Degradadas Impactos gerados pelo uso e ocupação do solo no meio urbano Final século XVIII Revolução Industrial Migração do homem do campo objetivo

Leia mais

Programa de Metas 2013-2016. PPA 2014-2017 e LOA 2014

Programa de Metas 2013-2016. PPA 2014-2017 e LOA 2014 Descrição do Projeto Inserir aproximadamente 280 mil famílias com renda até meio salário mínimo no Cadastro Único para atingir 773 mil famílias cadastradas Beneficiar 228 mil novas famílias com. o Programa

Leia mais

REVISÃO E ATUALIZAÇÃO

REVISÃO E ATUALIZAÇÃO PREFEITURA DE SOROCABA 1ª AUDIÊNCIA PÚBLICA REVISÃO E ATUALIZAÇÃO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO FÍSICOTERRITORIAL 1 OBJETIVO 1ª Audiência Pública APRESENTAÇÃO DAS PRINCIPAIS PROPOSTAS DE REVISÃO E ATUALIZAÇÃO

Leia mais

ANEXO II - DESCRIÇÃO DOS PERÍMETROS

ANEXO II - DESCRIÇÃO DOS PERÍMETROS SUMÁRIO TÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS TÍTULO II - DA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE Capítulo I - Finalidades e Diretrizes Capítulo II - Objetivos Capítulo III - Meio Ambiente

Leia mais

Reunião Pública PMH Subprefeitura Freguesia do Ó/Brasilândia/ Casa Verde/Vila Nova Cachoeirinha Prefeitura de SP- Habitação

Reunião Pública PMH Subprefeitura Freguesia do Ó/Brasilândia/ Casa Verde/Vila Nova Cachoeirinha Prefeitura de SP- Habitação Reunião Pública PMH Subprefeitura Freguesia do Ó/Brasilândia/ Casa Verde/Vila Nova Cachoeirinha Prefeitura de SP- Habitação Data: 19 /05/2011 Hora: 16h30 Transcritora: Alessandra C. França 19/05/2011-

Leia mais

Instruções Específicas para Desenvolvimento de Trabalho Social em Intervenções de Urbanização de Assentamentos Precários

Instruções Específicas para Desenvolvimento de Trabalho Social em Intervenções de Urbanização de Assentamentos Precários MININSTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação Instruções Específicas para Desenvolvimento de Trabalho Social em Intervenções de Urbanização de Assentamentos Precários Programa: Urbanização Regularização

Leia mais

Moradia e Meio Ambiente: a construção do diálogo na urbanização do assentamento Pilarzinho ILHA

Moradia e Meio Ambiente: a construção do diálogo na urbanização do assentamento Pilarzinho ILHA Moradia e Meio Ambiente: a construção do diálogo na urbanização do assentamento Pilarzinho ILHA O que é? É um projeto de extensão universitária do curso de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Tecnológica

Leia mais

SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA

SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA Metodologia e Amostra Pesquisa junto às consultoras Natura da cidade de São Paulo. Metodologia quantitativa, questionário auto-preenchido COLETA DOS DADOS Setembro

Leia mais

Novo Decreto de HIS. Apresentação ao Conselho Municipal de Habitação São Paulo - 27/08/2015. Secretaria Municipal de Licenciamento

Novo Decreto de HIS. Apresentação ao Conselho Municipal de Habitação São Paulo - 27/08/2015. Secretaria Municipal de Licenciamento Novo Decreto de HIS Apresentação ao Conselho Municipal de Habitação São Paulo - 27/08/2015 Novo Decreto de HIS EHIS, EHMP, EZEIS, HIS e HMP Adequação à Lei nº 16.050/14 Sistematiza, Consolida e Revoga

Leia mais

Quadro da desigualdade em São Paulo

Quadro da desigualdade em São Paulo Quadro da desigualdade em São Paulo CULTURA Acervo de livros infanto-juvenis das bibliotecas municipais per capita Número de livros infanto-juvenis disponíveis em acervos de bibliotecas e pontos de leitura

Leia mais

ESTRATÉGIA DE AÇÃO. Coordenador Geral - Wladimir Fernandes de Rezende - Assessor Especial de Projetos e Convênios

ESTRATÉGIA DE AÇÃO. Coordenador Geral - Wladimir Fernandes de Rezende - Assessor Especial de Projetos e Convênios PLANO LOCAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL ESTRATÉGIA DE AÇÃO Uberlândia 2010 1 ESTRATÉGIA DE AÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA Prefeito: Odelmo Leão Carneiro Vice-Prefeito: Aristides de Freitas

Leia mais

Uma dose de BOM SENSO em tudo o que a gente faz. Alinhamento Comitê 5S maio/07

Uma dose de BOM SENSO em tudo o que a gente faz. Alinhamento Comitê 5S maio/07 Uma dose de BOM SENSO em tudo o que a gente faz. Alinhamento Comitê 5S maio/07 REGRAS DE TRÂNSITO Para maior êxito e qualidade no resultado dos nossos trabalhos, precisamos colaborar no sentido de: Sermos

Leia mais

SEMINÁRIO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ESTADO DE SÃO PAULO

SEMINÁRIO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ESTADO DE SÃO PAULO DIRETRIZES DE SUSTENTABILIDADE NO PROGRAMA HABITACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO EDUARDO TRANI Chefe de Gabinete da Secretaria de Habitação SEMINÁRIO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL

Leia mais

A Implantação do Sistema de Monitoramento e Avaliação no Programa de Regularização Fundiária de São Paulo

A Implantação do Sistema de Monitoramento e Avaliação no Programa de Regularização Fundiária de São Paulo A Implantação do Sistema de Monitoramento e Avaliação no Programa de Regularização Fundiária de São Paulo Fabrizio Rigout 1 O sistema de avaliação e monitoramento (M&A) implantado na Superintendência de

Leia mais

BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS

BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS Um programa para integrar objetivos ambientais e sociais na gestão das águas Superintendência de Desenvolvimento da Capital -

Leia mais

MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, DECRETO Nº 44.667, DE 26 DE ABRIL DE 2004 Regulamenta as disposições da Lei nº 13.430, de 13 de setembro de 2002, que institui o Plano Diretor Estratégico, relativas às Zonas Especiais de Interesse Social

Leia mais

Campus Zona Leste da UNIFESP: um desafio à imaginação projetual

Campus Zona Leste da UNIFESP: um desafio à imaginação projetual Campus Zona Leste da UNIFESP: um desafio à imaginação projetual Estabelecendo o diálogo entre a FAU USP e a Universidade Federal de São Paulo Caros estudantes e colegas da FAU USP, A convite dos professores

Leia mais

Cidade de Direitos. 15 Jornada de 7 horas no Ensino. 1 1 novo hospital. 16 9 anos no Ensino Fundamental. 17 120.000 novas famílias no Programa de

Cidade de Direitos. 15 Jornada de 7 horas no Ensino. 1 1 novo hospital. 16 9 anos no Ensino Fundamental. 17 120.000 novas famílias no Programa de Cidade de Direitos 1 1 novo hospital Freguesia do Ó 2 1 novo hospital Parelheiros 3 1 novo hospital Vila Matilde 4 10 novas unidades AMA-Especialidades 5 50 unidades de atendimento odontológico AMA-Sorriso

Leia mais

Conjunto Habitacional de Heliópolis SP

Conjunto Habitacional de Heliópolis SP Conjunto Habitacional de Heliópolis SP Eixo Minha Casa, Minha Vida PAC Minha Casa, Minha Vida Os recursos do eixo Minha Casa, Minha Vida (MCMV) do PAC 2 têm o claro objetivo de assegurar moradia para os

Leia mais

Estudo de Caso Belo Horizonte

Estudo de Caso Belo Horizonte Estudo de Caso Belo Horizonte PARTICIPANDO DA GOVERNABILIDADE LOCAL: O Impacto do Orçamento Participativo na Administração Pública Local. Córdoba -Junho de 2006. BELO HORIZONTE INFORMAÇÕES GERAIS Quarta

Leia mais

INÊS MAGALHÃES. Secretária Nacional de Habitação Ministério das Cidades

INÊS MAGALHÃES. Secretária Nacional de Habitação Ministério das Cidades INÊS MAGALHÃES Secretária Nacional de Habitação Ministério das Cidades PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA OBJETIVOS Estimular a provisão de habitação de interesse social em larga escala e em todo o território;

Leia mais

PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR. SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito

PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR. SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito PROPOSTAS DE CAMPANHA COLIGAÇÃO COLIGAÇÃO QUATRO MELHOR SIRLEY JUNQUEIRA Prefeita e JOEL RAMOS Vice-Prefeito 1. PLANEJAMENTO - Planejar o desenvolvimento do município em todos os seguimentos. - Criar centro

Leia mais

SEMINÁRIOS TEMÁTICOS. Mesa 1: Produção Habitacional : programas de financiamento da habitação de interesse social

SEMINÁRIOS TEMÁTICOS. Mesa 1: Produção Habitacional : programas de financiamento da habitação de interesse social SEMINÁRIOS TEMÁTICOS Mesa 1: Produção Habitacional : programas de financiamento da habitação de interesse social Maria do Carmo Avesani Diretora do Departamento de Produção Habitacional Secretaria Nacional

Leia mais

Prevenção e mediação de conflitos fundiários urbanos

Prevenção e mediação de conflitos fundiários urbanos Prevenção e mediação de conflitos fundiários urbanos 1 Fatores geradores dos conflitos fundiários urbanos Reintegração de posse de imóveis públicos e privados, em que o processo tenha ocorrido em desconformidade

Leia mais

Superintendência de Habitação Popular Divisão Técnica de Atendimento Habitacional Habi - Centro

Superintendência de Habitação Popular Divisão Técnica de Atendimento Habitacional Habi - Centro Superintendência de Habitação Popular Divisão Técnica de Atendimento Habitacional Habi - Centro DIAGNÓSTICO Habi-Centro Região central www.habisp.inf.br Assentamentos precários na região Centro tipo de

Leia mais

Secretaria Municipal de Assistência Social EDITAL DE CHAMAMENTO PARA A CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS

Secretaria Municipal de Assistência Social EDITAL DE CHAMAMENTO PARA A CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS Diário Oficial do Município de São Paulo PREFEITA MARTA SUPLICY Palácio das Indústrias Parque D. Pedro II - CEP 03003-000 - Pabx:225-9077 Ano 49 - Número 7 - São Paulo, terça-feira, 13 de janeiro de 2004

Leia mais

A proposta de Substitutivo, apresentada em seguida a este Parecer, inclui o novo texto da Lei, quadros e mapas. Passemos às considerações.

A proposta de Substitutivo, apresentada em seguida a este Parecer, inclui o novo texto da Lei, quadros e mapas. Passemos às considerações. Parecer do Relator do Vereador Nabil Bonduki que acompanha o Substitutivo ao Projeto de Lei 688/2013, que trata da revisão do Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo Esse Parecer se refere

Leia mais

Workshop ZL-Vórtice e CDHU

Workshop ZL-Vórtice e CDHU A OCUPAÇÃO DA VÁRZEA DO RIO TIETÊ ELEMENTOS HISTÓRICOS PARA UMA LEITURA CRÍTICA DOS ANTECEDENTES À INTERVENÇÃO URBANÍSTICA DO GOVERNO DO ESTADO EM ÁREAS DE VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL PROJETO VILA JACUÍ

Leia mais

COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016

COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016 COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016 ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL Implantar o Plano Diretor. Implantar o Orçamento participativo. Valorização pessoal do funcionário público municipal. Implantação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE FUNDO COMUNITÁRIO DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE FUNDO COMUNITÁRIO DE VOLTA REDONDA Casas Populares SUB-FUNÇÃO: PROGRAMA Nº - 244 482 HABITAÇÃO URBANA Reduzir do déficit habitacional e a melhoria dos padrões locais de moradia, contemplar a transferencia de moradias e de população localizadas

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE GAROPABA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE GAROPABA LEI COMPLEMENTAR N.º 1.463, DE 29 DE OUTUBRO DE 2010. INSTITUI O PLANO DIRETOR MUNICIPAL, ESTABELECE OBJETIVOS, DIRETRIZES E INSTRUMENTOS PARA AS AÇÕES DE PLANEJAMENTO NO MUNICÍPIO DE GAROPABA E DÁ OUTRAS

Leia mais

Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social - FNHIS -

Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social - FNHIS - MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social - FNHIS - Programa: Habitação de Interesse Social Ação: Apoio à elaboração de Planos Habitacionais

Leia mais

VOLUME III TOMO 1. Plano de Requalificação Urbana Plano de Articulação Institucional

VOLUME III TOMO 1. Plano de Requalificação Urbana Plano de Articulação Institucional VOLUME III TOMO 1 Plano de Requalificação Urbana Plano de Articulação Institucional Nota do IBAMA Esta fase do licenciamento ambiental Licença de Instalação se caracteriza pela análise, monitoramento e

Leia mais

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 GESTÃO PÚBLICA Garantir ampla participação popular na formulação e acompanhamento das políticas públicas; Criação do SOS Oprimidos, onde atenda desde pessoas carentes

Leia mais

Operações Urbanas e o Desenvolvimento da Zona Leste. Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano

Operações Urbanas e o Desenvolvimento da Zona Leste. Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Operações Urbanas e o Desenvolvimento da Zona Leste Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Agosto / 2011 Desenvolvimento Urbano Sustentável - Desafios Desenvolvimento da Zona

Leia mais

Plano Intersetorial de Políticas sobre o Crack, Álcool e Outras Drogas

Plano Intersetorial de Políticas sobre o Crack, Álcool e Outras Drogas Plano Intersetorial de Políticas sobre o Crack, Álcool e Outras Drogas Estruturar e organizar a rede de serviços de prevenção, tratamento e acolhimento do município de São Paulo destinadas aos cuidados

Leia mais

URBANIDADE E ARQUITETURA NA PERIFERIA

URBANIDADE E ARQUITETURA NA PERIFERIA CONCURSO RENOVA SP Sehab, IAB-DF, PMH São Paulo, SP. 2011 urbanismo URBANIDADE E ARQUITETURA NA PERIFERIA Projetos vencedores do Renova SP levam qualidade construtiva à periferia de São Paulo. Mas ainda

Leia mais

Cidade de São Paulo. 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011

Cidade de São Paulo. 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011 Cidade de São Paulo 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011 LOCALIZAÇÃO POPULAÇÃO (Censo 2010) RMSP...19.683.975 habitantes Município de São Paulo...11.253.563 habitantes Estatuto

Leia mais

os projetos de urbanização de favelas 221

os projetos de urbanização de favelas 221 5.15 Favela Jardim Floresta. Vielas e padrão de construção existente. 5.16 Favela Jardim Floresta. Plano geral de urbanização e paisagismo. 5.17 Favela Jardim Floresta. Seção transversal. 5.18 Favela Jardim

Leia mais

Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida FCECA 79. Renda e Trabalho

Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida FCECA 79. Renda e Trabalho Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida FCECA 79 Renda e Trabalho A dimensão Renda e Trabalho aparece naturalmente como um importante indicador de qualidade de vida. Não há como discutir o assunto dentro

Leia mais

ANEXO 1. Casas de Cultura na cidade de São Paulo

ANEXO 1. Casas de Cultura na cidade de São Paulo ANEXO 1 Casas de Cultura na cidade de São Paulo ZONA SUL Casa de Cultura do M'Boi Mirim Casa Popular de Cultura da Região de M'Boi Mirim & Guarapiranga Av. Inácio Dias da Silva, s/nº - M'Boi Mirim http://cpcmboi.blogspot.com

Leia mais

JORNADA DE DEBATES PARA A REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE MACEIÓ 29/10/2015

JORNADA DE DEBATES PARA A REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE MACEIÓ 29/10/2015 Universidade Federal de Alagoas JORNADA DE DEBATES PARA A REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE MACEIÓ 29/10/2015 Abertura 9:30 Presenças: Motivação da jornada Alexandre: Carta Maceió 200 anos pontos enfatizados

Leia mais

Processo nº 37758/2014. ML-27/2015 Encaminha Projeto de Lei.

Processo nº 37758/2014. ML-27/2015 Encaminha Projeto de Lei. ML-27/2015 Encaminha Projeto de Lei. São Bernardo do Campo, 15 de setembro de 2015. PROJETO DE LEI N. 33/15 PROTOCOLO GERAL N. 4.325/15 Senhor Presidente: Encaminhamos a Vossa Excelência, para apreciação

Leia mais

PARQUE VÁRZEAS TIETÊ

PARQUE VÁRZEAS TIETÊ INTRODUÇÃO PARQUE VÁRZEAS TIETÊ O Programa Parque Várzeas do Tietê (PVT), visa a recuperação da capacidade de contenção de cheias que ocorrem nas várzeas do rio Tietê desde a barragem da Penha até o município

Leia mais

A CIDADE DE SÃO PAULO NO CONTEXTO DO PLANEJAMENTO E DO ESTATUTO DA CIDADE

A CIDADE DE SÃO PAULO NO CONTEXTO DO PLANEJAMENTO E DO ESTATUTO DA CIDADE A CIDADE DE SÃO PAULO NO CONTEXTO DO PLANEJAMENTO E DO ESTATUTO DA CIDADE Seminário Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade Escola de Formação do Servidor Público Municipal São Paulo -

Leia mais

Produção Habitacional na Área Central do Rio de Janeiro: Revitalização com Diversidade ou com Exclusão?

Produção Habitacional na Área Central do Rio de Janeiro: Revitalização com Diversidade ou com Exclusão? Mesa 3: Produção Habitacional na Área Central do Rio de Janeiro: Revitalização com Diversidade ou com Exclusão? Programas Públicos de Habitação em São Paulo. Questões para o debate Margareth Matiko Uemura

Leia mais