Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C."

Transcrição

1 0102 Designação para encomenda Características 10 mm não nivelado forma plana Entalhe de montagem para agrupador de cabos Dados técnicos Dados gerais Função do elemento de comutação Contacto de trabalho NAMUR Intervalo de comutação s n 10 mm Montagem não nivelado Polaridade de saída NAMUR Intervalo seguro de comutação s a mm Dados característicos Condições de montagem B mm C 20 mm F 40 mm / 60 mm Tensão nominal U o 8,2 V (R i aprox. 1 kω) Frequência de comutação f Hz Histerese H tipo % Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 1 ma Placa de medição abrangida 2,2 ma Características da seguranla funcional MTTF d 3010 a Vida útil (T M ) 20 a Grau de cobertura do diagnóstico (GCD) 0 % Condições ambiente C ( F) Temperatura de armazenamento C ( F) Dados mecânicos Tipo de saída Cabo PUR, 2 m Secção transversal do condutor 0,14 mm 2 Material da caixa PBT Superfície frotal PBT Grau de protecção IP67 Cabo Raio de curvatura > 10 x o diâmetro do cabo Informações gerais Aplicação numa área potencialmente explosiva ver manual de instruções Categoria 1G; 2G; 1D Conformidade de directivas e normas Conformidade com as normas NAMUR EN :2000 IEC :1999 Normas EN :2007 IEC :2007 Autorizações certificados Autorização UL culus Listed, General Purpose Autorização CSA ccsaus Listed, General Purpose Autorização CCC Produtos com tensão de operação máxima de 36 não necessitam de aprovação, por este motivo não apresentam identificação CCC. Dimensões 20 1, ±0,1 0 3,2 7 1

2 Conexão eléctrica BN L+ BU L- Condições de montagem Espaço isento de metal Superfície ativa B F C Suporte 2

3 ATEX 1G Categoria do aparelho 1G para utilização em áreas com perigo de explosão devido a gás, vapor, nevoeiro TÜV 03 ATEX 2003 X II 1G Ex ia IIC T6 Ga Normas EN :2009, EN :2012, EN :2007 Tipo de protecção de ignição segurança intrínseca 4 nf ; Comprimento do cabo Deve ter-se em atenção a carga electrostática perigosa do cabo ligado fixo a partir dos seguintes comprimentos: Grupo de explosão IIA 148 cm Grupo de explosão IIB 64 cm Grupo de explosão IIC 10 cm com este manual de instruções. O certificado da EU de verificação do modelo deve ser tido em consideração. As condições especiais devem ser cumpridas! A Diretriz 94/9/CE e por conseguinte os Certificados CE de tipo aplicam-se em geral apenas à utilização de equipamentos elétricos sob condições atmosféricas. A utilização a temperaturas ambiente > 60 C foi verificada pela autoridade certificadora mencionada em relação a superfícies quentes. Quando da utilização do equipamento fora das condições atmosféricas, eventualmente pode ser necessário levar em conta uma redução das energias de ignição mínimas permitidas. As gamas de temperatura, dependendo da classe de temperatura, podem ser consultadas no certificado da UE de verificação do modelo. Atenção: Utilizar a tabela da temperatura para a categoria 1!!! A redução em 20 % de acordo com EN :2007 foi já implementada na tabela de temperaturas para a categoria 1. O respectivo meio de produção tem de cumprir os requisitos da categoria ia. Devido a possíveis perigos de ignição, que podem existir devido a erros e/ou correntes que passam no sistema de compensação potencial, deve existir de preferência uma separação galvânica no circuito de alimentação e circuito do sinal. O respectivo meio de produção sem separação galvânica só pode ser aplicado, se forem cumpridos os respectivos requisitos de acordo com IEC Protecção contra perigos mecânicos Ao aplicar em gamas de temperatura abaixo dos -20 C, o sensor deve ser protegido através da montagem numa caixa adicional antes do efeito de choque. Carga electrostática Ao aplicar no grupo IIC, devem ser evitadas cargas electrostáticas não permitidas nas peças em plástico da caixa. 3

4 ATEX 2G Categoria do aparelho 2G para utilização em áreas com perigo de explosão devido a gás, vapor, nevoeiro TÜV 03 ATEX 2003 X II 1G Ex ia IIC T6 Ga Normas EN :2009, EN :2012 Tipo de protecção de ignição segurança intrínseca 4 nf ; com este manual de instruções. O certificado da EU de verificação do modelo deve ser tido em consideração. As condições especiais devem ser cumpridas! A Diretriz 94/9/CE e por conseguinte os Certificados CE de tipo aplicam-se em geral apenas à utilização de equipamentos elétricos sob condições atmosféricas. A utilização a temperaturas ambiente > 60 C foi verificada pela autoridade certificadora mencionada em relação a superfícies quentes. Quando da utilização do equipamento fora das condições atmosféricas, eventualmente pode ser necessário levar em conta uma redução das energias de ignição mínimas permitidas. As gamas de temperatura, dependendo da classe de temperatura, podem ser consultadas no certificado da UE de verificação do modelo. O sensor tem de ser montado de modo a que a massa fundida não seja danificada mecanicamente. Protecção contra perigos mecânicos Ao aplicar em gamas de temperatura abaixo dos -20 C, o sensor deve ser protegido através da montagem numa caixa adicional antes do efeito de choque. 4

5 ATEX 1D Categoria do aparelho 1D para utilização em áreas com perigo de explosão devido a pó inflamável ZELM 03 ATEX 0128 X Normas Temperatura máxima da superfície da caixa Carga electrostática II 1D Ex iad 20 T 8 C (18 F) IEC :2002: Esquema; pren :2002 Tipo de protecção de ignição segurança intrínseca "id" 4 nf ; com este manual de instruções. O certificado da EU de verificação do modelo deve ser tido em consideração. As condições especiais devem ser cumpridas! A temperatura máxima da superfície da caixa pode ser consultada no certificado da EU de verificação do modelo. O respectivo meio de produção tem de cumprir, pelo menos, os requisitos mínimos da categoria ia IIB ou iad. Devido a possíveis perigos de ignição, que possam resultar de erros e/ou correntes transitórias no sistema de compensação potencial, é dada preferência a separações galvânicas no circuito de alimentação e de sinal. O respectivo meio de produção sem separação galvânica só pode ser aplicado, se forem cumpridos os respectivos requisitos de acordo com IEC O circuito seguro intrinsecamente tem de ser protegido contra a influência de raios. Ao aplicar na parede de separação entre as zonas 20 e 21 ou as zonas 21 e 22, o sensor não deve estar exposto a perigos mecânicos e deve ser isolado de forma a que a função de protecção da parede de separação não seja afectada. As directivas e normas adequadas devem Os cabos de ligação devem ser colocados de acordo com EN e, normalmente, não devem ser friccionados durante o funcionamento.

Dimensões. Dados técnicos

Dimensões. Dados técnicos Dimensões M30x1,5 18 5 78 79 S 36 Designação para encomenda LED Características série de conforto A distância de comutação pode ser regulada com o potenciómetro numa área alargada 10 mm não nivelado Ligação

Leia mais

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida 0102 Designação para encomenda Características Para montagem na caixa Montagem directa em accionamentos normais Directivas europeias para máquinas cumpridas Certificado de verificação de modelos TÜV99

Leia mais

Dimensões. Dados técnicos

Dimensões. Dados técnicos Dimensões M30x1,5 5 36 80 0102 Designação para encomenda LED Características série de conforto 10 mm nivelado A distância de comutação pode ser regulada com o potenciómetro numa área alargada Ligação BN

Leia mais

Dimensões. Dados técnicos

Dimensões. Dados técnicos Dimensões M30 x,5 80 5 002 36 95 Designação para encomenda Poti LED Características 0 mm nivelado A distância de comutação pode ser regulada com o potenciómetro numa área alargada Ligação BN BU 2 L+ Fios

Leia mais

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 1,62 mm Factor de redução r Cu 0,2

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 1,62 mm Factor de redução r Cu 0,2 0102 Designação para encomenda Características 2 mm nivelado Pode ser aplicado até SIL 2 conforme IEC 61508 Dados técnicos Dados gerais Função do elemento de comutação Contacto de ruptura NAMUR Intervalo

Leia mais

Dimensões. Dados técnicos

Dimensões. Dados técnicos Dimensões 7 36 V 5 33.5 30 LED II 9 65 5.4 I 0102 Designação para encomenda Características Montagem directa em accionamentos normais Caixa compacta e estável Ajuste fixo Directivas europeias para máquinas

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 4 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 4 mm 0102 Designação para encomenda Características 4 mm não nivelado Pode ser aplicado até SIL 2 conforme IEC 61508 Acessório BF 12 Dados técnicos Dados gerais Função de comutação Normalmente fechado (NF)

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 15 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 15 mm 0102 Designação para encomenda Características série de conforto 15 mm não nivelado Pode ser instalado até SIL3 em conformidade com IEC61508 Aplicação Perigo! Em aplicações relacionadas com segurança,

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 5 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 5 mm 0102 Designação para encomenda Características 5 mm não nivelado Pode ser aplicado até SIL 2 conforme IEC 61508 Dados técnicos Dados gerais Função de comutação Normalmente fechado (NF) Tipo de saída NAMUR

Leia mais

Dimensões. Dados técnicos

Dimensões. Dados técnicos Dimensões 65 9 5 14 40 35 11 9 5.4 M20 x 1.5 0102 S Designação para encomenda Características Montagem directa em accionamentos normais Caixa compacta e estável com ligação do compartimento dos bornes

Leia mais

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD***

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD*** Instruções de segurança NCC 14.03234 X Ex d ia IIC T* Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 42731 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Especificações... 5 5 Proteção contra danos causados

Leia mais

Contatos auxiliares retardados/adiantados adicionais garantem dupla segurança em caso de necessidade de chaveamento extrema.

Contatos auxiliares retardados/adiantados adicionais garantem dupla segurança em caso de necessidade de chaveamento extrema. h aol C t eê n Ss Ei em P de r iae be a D ue f, S ul m es V R ne bleitg I G eai no M O vreer S A o Sn U s toe T ck b i nddeu nfgo zr um m t ia ev r een?? Re GA À ipglue n NA (statd t Ah CeOi N sd s IaÇrÃbOeSi

Leia mais

ILUMINAÇÃO FRIA. O produto está em conformidade com a norma europeia de segurança (UNE-EN: 60598).

ILUMINAÇÃO FRIA. O produto está em conformidade com a norma europeia de segurança (UNE-EN: 60598). SIMBOLOGIA ILUMINAÇÃO QUENTE TEMPERATURA DE COR ILUMINAÇÃO FRIA Luz branca fria é ideal para iluminação de tarefas, enquanto para a iluminação de ambientes deve ser uma luz branca quente. 2700 K 4000 K

Leia mais

Tradução do documento original. Uma nova versão do documento original está disponível. Série 3730 Posicionador Electropneumático Tipo 3730-1

Tradução do documento original. Uma nova versão do documento original está disponível. Série 3730 Posicionador Electropneumático Tipo 3730-1 Série 3730 Posicionador Electropneumático Tipo 3730-1 Aplicação Posicionador de simples efeito ou duplo efeito para ligação a válvulas de comando pneumáticas. Auto-calbragem, adaptação automática à válvula

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 10 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 10 mm Designação para encomenda Características série de conforto A distância de comutação pode ser regulada com o potenciómetro numa área alargada 10 mm não nivelado Acessório BF 30 S Dados técnicos Dados gerais

Leia mais

SubStart3P. Submersible 3~ Motor Control Box. Manual de Instruções de Montagem e de Serviço. 21-24

SubStart3P. Submersible 3~ Motor Control Box. Manual de Instruções de Montagem e de Serviço. 21-24 Submersible 3~ Motor Control Box SubStart3P P Manual de Instruções de Montagem e de Serviço. 21-24 Franklin Electric Europa GmbH Rudolf-Diesel-Straße 20 D-54516 Wittlich / Germany Phone: +49 (0) 6571 105-0

Leia mais

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F****

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** TÜV 13.0533 X Ex ia IIC T* Ga * Ver tabela de temperatura 0044 Document ID: 43431 Índice 1 Validade... 4 2 Geral... 4 2.2 Instrumento EPL-Ga... 4 2.3

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Módulos de função xm10 para Caldeiras de aquecimento Murais, de Chão e para a parede. Para os técnicos especializados Leia atentamente antes da montagem 7 747 005 078 03/003 PT Prefácio

Leia mais

GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Instruções de instalação e funcionamento

GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: +358 29 006 260 Fax: +358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.com 1/11 GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Copyright

Leia mais

BTS-Ex Dispositivo Comutador Térmico Sem Contacto para limitação da temperatura máxima na superfície dos turbo-acoplamentos Voith

BTS-Ex Dispositivo Comutador Térmico Sem Contacto para limitação da temperatura máxima na superfície dos turbo-acoplamentos Voith Voith Turbo Instruções de Montagem e de Serviço 3626-019600ex pt BTS-Ex Dispositivo Comutador Térmico Sem Contacto para limitação da temperatura máxima na superfície dos turbo-acoplamentos Voith ATENÇÃO!

Leia mais

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule Sinalizador óptico à prova de explosão em Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 1.1 Fabricante...2 1.2 Informações relativas ao manual

Leia mais

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS 1 TAREFA ASSISTÊNCIA À CONTAGEM EM PT S E SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO E COMANDO IP (ILUMINAÇÃO PÚBLICA)

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS 1 TAREFA ASSISTÊNCIA À CONTAGEM EM PT S E SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO E COMANDO IP (ILUMINAÇÃO PÚBLICA) PP. 1/9 FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS 1 TAREFA ASSISTÊNCIA À CONTAGEM EM PT S E SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO E COMANDO IP (ILUMINAÇÃO PÚBLICA) 2 DESCRIÇÃO Trabalhos diversos relacionados com a

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 4 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Intervalo de comutação s n 4 mm 0102 Designação para encomenda Características 4 mm nivelado Pode ser aplicado até SIL 2 conforme IEC 61508 Acessório BF 12 V1-G-N-2M-PUR Conjunto de cabos fêmea, M12, 2 pinos, NAMUR, cabo PUR V1-W-N-2M-PUR

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções SE 630 (X) MS MEMO SENS Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos www.knick.de Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos SE 630 Memosens Não deixe de ler e seguir as

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 4 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 4 mm Designação para encomenda Características Distância de conexão elevada mm nivelado Homologação ATEX para zona 2 e zona 22 Acessório BF 2 EXG-2 Dados técnicos Dados gerais Função de comutação Normalmente

Leia mais

PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 149 (Novembro/Dezembro de 2003) KÉRAMICA n.º 264 (Janeiro/Fevereiro de 2004)

PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 149 (Novembro/Dezembro de 2003) KÉRAMICA n.º 264 (Janeiro/Fevereiro de 2004) TÍTULO: Atmosferas explosivas risco de explosão AUTORIA: Paula Mendes PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 149 (Novembro/Dezembro de 2003) KÉRAMICA n.º 264 (Janeiro/Fevereiro de 2004) INTRODUÇÃO A protecção contra

Leia mais

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Instruções MI 018-429 Julho de 2014 Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Informações de segurança Introdução O Conversor de sinal de corrente para

Leia mais

TREINAMENTO TERMOSTATO DANFOSS

TREINAMENTO TERMOSTATO DANFOSS TREINAMENTO TERMOSTATO DANFOSS Página 1 O que é o termostato? O termostato é um controlador de temperatura, ou seja, ele funciona como uma chave liga e desliga baseada na temperatura. Para melhor entender

Leia mais

Controlador do Grupo do Motor QS QSE-CI-4M-D Controlador de Motor CA 4 Saídas. Unidade Energi Savr NodeTM. Painel de parede seetouch QSR.

Controlador do Grupo do Motor QS QSE-CI-4M-D Controlador de Motor CA 4 Saídas. Unidade Energi Savr NodeTM. Painel de parede seetouch QSR. LUTRON LUTRON R Controlador do Grupo do Motor QS QSE-CI-4M-D Controlador de Motor CA 4 Saídas Controlador do Grupo do Motor QS O controlador do grupo do motor QS consiste numa interface que disponibiliza

Leia mais

Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1. Catálogo impresso

Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1. Catálogo impresso Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1 Catálogo impresso Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1 Pressão de comutação: -0,9-16 bar mecânico Conexão elétrica: Conector, ISO 4400, formato

Leia mais

Descrição B. Cilindro sensor PD 40..

Descrição B. Cilindro sensor PD 40.. Descrição B Cilindro sensor PD 40.. PT 1. Segurança 2 2. unção 3 3. Transporte 8 4. Montagem 8 5. Instalação 9 6. Comissionamento 10 7. uncionamento/operação 10 8. Eliminação de falhas / Reparação 11 9.

Leia mais

SEGURANÇA DE MÁQUINAS

SEGURANÇA DE MÁQUINAS SEGURANÇA DE MÁQUINAS SITUAÇÃO PERIGOSA: Toda a situação em que uma pessoa é exposta a um ou mais riscos ou fenómenos perigosos Zona perigosa Toda a zona interior e/ou ao redor de uma máquina, na qual

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra

Descrição do Produto. Dados para Compra Descrição do Produto Os módulos supressores para pontos analógicos AL-3492 e AL-3493 foram desenvolvidos para oferecer alta proteção contra surtos de tensão em pontos de entrada ou saída analógicos. Por

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções SE 604 (X) MS MEMO SENS Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos www.knick.de Instruções de Uso Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos Memosens SE 604 (X) MEMO SENS Leia e siga as seguintes

Leia mais

Instrução de uso Transformador intrinsecamente seguro

Instrução de uso Transformador intrinsecamente seguro KERN & Sohn GmbH Ziegelei 1 D-72336 Balingen E-mail: info@kern-sohn.com Telefone: +49-[0]7433-9933-0 Fax: +49-[0]7433-9933-149 Internet: www.kern-sohn.com Instrução de uso Transformador intrinsecamente

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Solius 61 Manual de Instruções

Solius 61 Manual de Instruções Zona Industrial de Avintes, nº 103 4430 930 Avintes, V. N. de Gaia web: www.cirelius.pt e-mail: info@cirelius.pt tel: 227 843 817 fax: 227 843 819 Controlador Solar Solius 61 O controlador Solius 61 dispõe

Leia mais

Localizador de cabos avançado AT-7000-EUR

Localizador de cabos avançado AT-7000-EUR Localizador de cabos avançado AT-7000-EUR Localização de cabos reinventada Obtenha resultados precisos em minutos com novas funcionalidades e tecnologias que simplificam a localização de cabos e a identificação

Leia mais

VISÃO GERAL DOS ACUMULADORES

VISÃO GERAL DOS ACUMULADORES ACUMULADORES VISÃO GERAL DOS ACUMULADORES Designação do tipo Acumuladores de camadas PC Acumuladores de camadas PC 2WR Acumuladores de água fresca FS 1R página 119 página 120 página 161 Acumulador combinado

Leia mais

PROTECT SRB Módulos de segurança com circuitos de supervisão de Segurança Intrínseca Ex i L-proteção para as zonas ATEX 1, 2, 21 e 22

PROTECT SRB Módulos de segurança com circuitos de supervisão de Segurança Intrínseca Ex i L-proteção para as zonas ATEX 1, 2, 21 e 22 PROTECT SRB Módulos de segurança com circuitos de supervisão de Segurança Intrínseca Ex i L-proteção para as zonas ATEX 1, 2, 21 e 22 Safe solutions for your industry PROTECT SRB Módulos de segurança com

Leia mais

INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO

INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO ANTES DE UTILIZAR A PLACA DE FOGÃO SUGESTÕES PARA A PROTECÇÃO DO AMBIENTE PRECAUÇÕES E RECOMENDAÇÕES GERAIS SUGESTÕES PARA POUPANÇA DE ENERGIA CUIDADOS E MANUTENÇÃO GUIA PARA RESOLUÇÃO

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 40 mm

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 40 mm Designação para encomenda Características Cabeça do sensor pode ser substituída e rodada 0 mm não nivelado DC de 3 fios Fecho de montagem rápida LED de indicações Homologação ATEX para zona 2 e zona 22

Leia mais

Série M3 Produto. Grau de Proteção IP40 (M3X: IP62 quando montado em painel) (IEC 61058-1)

Série M3 Produto. Grau de Proteção IP40 (M3X: IP62 quando montado em painel) (IEC 61058-1) Produto Circuito inversor com capacidade de 16A Mecanismo de ação rápida dos contatos com longa vida Efeito autolimpante dos contatos Grande variedade de atuadores Terminais de parafuso, parafuso frontal

Leia mais

INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA

INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA Instruções de segurança especiais po INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA Índice Informações da Directiva Europeia ATEX para o TankRadar Pro....................... 2 Marca ATEX

Leia mais

Manual de instruções. Botões de comando Série 44

Manual de instruções. Botões de comando Série 44 Manual de instruções Botões de comando Série 44 1- Introdução A série 44 caracteriza-se pelo seu sistema modular de pelo seu sistema modular de elementos de contatos e, pela numerosa possibilidade de configuração

Leia mais

Controlo do sistema PT100M-NR

Controlo do sistema PT100M-NR Controlo do sistema PT100M-NR Manual de instalação PT100MNR-IPT083510 98-0017910 Versão 1.0 PT Índice Índice 1 Indicações sobre estas instruções.................... 5 1.1 Área de aplicação...................................

Leia mais

Instruções complementares Conector Amphenol-Tuchel

Instruções complementares Conector Amphenol-Tuchel Instruções complementares Conector Amphenol-Tuchel para sensores de nível-limite Document ID: 079 Índice Índice Para a sua segurança. Utilização conforme a finalidade................. Instruções gerais

Leia mais

CAIXAS DE CHÂO DE PROFUNDIDADE REDUZIDA

CAIXAS DE CHÂO DE PROFUNDIDADE REDUZIDA CAIXAS DE CHÂO DE PROFUNDIDADE REDUZIDA ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Características Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Invólucros

Leia mais

Monitorização do sistema PT100U-NR

Monitorização do sistema PT100U-NR Monitorização do sistema PT100U-NR Manual de instalação PT100UNR-IPT083510 98-0016010 Versão 1.0 PT Índice Índice 1 Indicações sobre estas instruções.................... 5 1.1 Área de aplicação...................................

Leia mais

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 2 mm. Superfície frotal

Dados técnicos. Dados gerais. Tipo de saída Intervalo de comutação s n 2 mm. Superfície frotal Designação para encomenda Características Distância de conexão elevada 2 mm nivelado Homologação ATEX para zona 2 e zona 22 Acessório BF 8 EXG-08 Dados técnicos Dados gerais Função de comutação Normalmente

Leia mais

More than safety. Manual de instruções Chaves de segurança sem contato CES-AP-CR2-CH (Multicode) CES-AP-CR2-CH (Multicode)

More than safety. Manual de instruções Chaves de segurança sem contato CES-AP-CR2-CH (Multicode) CES-AP-CR2-CH (Multicode) More than safety. Manual de instruções Chaves de segurança sem contato CES-AP-CR2-CH (Multicode) CES-AP-CR2-CH (Multicode) Índice Sobre este documento 3 Uso correto 3 Possibilidades de combinação dos componentes

Leia mais

Hydro-Probe/Hydro-Probe XT Manual de Instalação

Hydro-Probe/Hydro-Probe XT Manual de Instalação Hydro-Probe/Hydro-Probe XT Manual de Instalação Para nova encomenda indique o número de peça: Revisão: Data da revisão: HD0675pt 1.3.0 Maio de 2016 Direitos de autor É proibida a adaptação ou reprodução

Leia mais

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Modelo RTT30 Transmissor de temperatura I/A Series com protocolo Fieldbus HART ou FOUNDATION Informações sobre segurança Índice 1. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1 G...

Leia mais

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X BR-Ex ia IIC T6 0044 38674 Índice 1 Validade 3 2 Geral 3 2.1 Instrumentos da zona 0 3 2.2 Instrumentos

Leia mais

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039 Manual de instruções Luminária LED série > Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 2 Explicação dos símbolos...3 3 Instruções gerais de segurança...3 4 Utilização prevista...4 5 Dados técnicos...4

Leia mais

FICHA DE CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS TUBO CORRUGADO DE DUPLA PAREDE ENTERRADO E ACESSÓRIOS

FICHA DE CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS TUBO CORRUGADO DE DUPLA PAREDE ENTERRADO E ACESSÓRIOS O sistema de tubos corrugado de dupla parede Tuboflex enterrados rígidos são certificados pela AENOR desde 2010 O interior liso e o exterior anelado proporciona uma melhoria na resistência à compressão

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BT EM EDIFÍCIOS

REGRAS BÁSICAS PARA EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BT EM EDIFÍCIOS Critérios de aceitação/rejeição: o trabalho é considerado bem executado se cumprir o estabelecido no presente documento, caso contrário não é aceite, devendo proceder-se às correcções necessárias. Nota:

Leia mais

MSI-RM2 Relês de segurança

MSI-RM2 Relês de segurança MSI-RM2 Relês de segurança PT 2010/11-607402 Reservados os direitos de alterações técnicas IMPLEMENTAR E OPERAR DE MODO SEGURO Manual de instruções original Módulo relê para dispositivos optoeletrônicos

Leia mais

Powador Mini-Argus Mini-Argus FR

Powador Mini-Argus Mini-Argus FR Powador Mini-Argus Mini-Argus FR Esta caixa de terminais do gerador Powder Mini-Argus inclui protecção para cada via, protecção contra sobrecargas e interruptor de corte DC num caixa separada e pode ser

Leia mais

INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA E INSTALAÇÃO

INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA E INSTALAÇÃO l INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA E INSTALAÇÃO DOCUMENTO TRADUZIDO A PARTIR DO ORIGINAL IMPORTANTE: Deverá ler atentamente todos os documentos antes do armazenamento, da instalação ou da utilização do material

Leia mais

Instruções de instalação, assistência e de manutenção

Instruções de instalação, assistência e de manutenção Instruções de instalação, assistência e de manutenção Sistema para grandes instalações Logasol SAT-DSP Logasol SAT-DES DHW DHW DHW DHW DCW DCW DCW DCW DHW DCW DHW DCW DHW DCW DHW DCW 6720619738-00.1 SD

Leia mais

DLP-S SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO SIMPLIFICADO. Clic! o essencial Para distribuição de correntes fortes e fracas. DLP-S, calhas de encaixe direto

DLP-S SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO SIMPLIFICADO. Clic! o essencial Para distribuição de correntes fortes e fracas. DLP-S, calhas de encaixe direto o essencial Para distribuição de correntes fortes e fracas DLP-S Encaixe direto, O «Clic» que faltava nas SUAS instalações... SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO SIMPLIFICADO Clic! DLP-S, calhas de encaixe direto

Leia mais

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes 7 601 INTELLIGAS Sistema de deteção de fuga de gás para aquecimento de salas e ambientes semelhantes A unidade de controlo eletrónico para a deteção de fuga de gás com sensor individual destina-se a controlar

Leia mais

Catálogo Airnet. www.airnet-system.com. rápido simples confiável

Catálogo Airnet. www.airnet-system.com. rápido simples confiável Catálogo Airnet www.airnet-system.com rápido simples confiável ÍNDICE Informação geral...1-2 Tubagem...3 Tubos...3 Conexões... 4- Ligação reta...4 Curva...4 T...5 Válvulas...6 Baixada...7 Conexões de transição...8

Leia mais

ALARME SandSET 101 (Dispositivo de alarme de níveis de lamas e de gorduras) ESQUEMA DE MONTAGEM

ALARME SandSET 101 (Dispositivo de alarme de níveis de lamas e de gorduras) ESQUEMA DE MONTAGEM Art. 701869 ALARME SANSET 101 ALARME SandSET 101 (Dispositivo de alarme de níveis de lamas e de gorduras) ESQUEMA DE MONTAGEM Versão 02_Set.08 1 Art. 701869 SandSET 101 Dispositivo de alarme ACO Passavant,

Leia mais

S400 Chaves de segurança

S400 Chaves de segurança S400 Chaves de segurança PT 2011/09-607294 Reservados os direitos de alterações técnicas IMPLEMENTAR E OPERAR DE MODO SEGURO Manual de instruções original 2011 Leuze electronic GmbH + Co. KG In der Braike

Leia mais

Chave de Fluxo com Palheta (miniatura) Modelo 017. Tabela de Vazão de Acionamento (mínimo) Contato Tipo Reed-Switch. Aplicações:

Chave de Fluxo com Palheta (miniatura) Modelo 017. Tabela de Vazão de Acionamento (mínimo) Contato Tipo Reed-Switch. Aplicações: Chave de Fluxo com Palheta (miniatura) 017 017 (*) Variável conforme diâmetro da tubulação Execução: Conexão Roscada Aplicações: Própria para sistemas com fluxos baixos. Circuitos de lubrificação, refrigeração

Leia mais

SITRANS LVL200H.ME****A****

SITRANS LVL200H.ME****A**** Vibrating Switches SITRANS LVL200H.ME****A**** NCC 14.03368 X Ex d IIC T6 Ga/Gb, Gb Instruções de segurança 0044 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Condições de utilização... 4

Leia mais

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS PP. 1/7 FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS 1 TAREFA GRUAS TORRE 2 DESCRIÇÃO As gruas torre são máquinas utilizadas para elevação de cargas (por meio de um cabo), e transporte dentro de um raio

Leia mais

SOLID CERAMIC HAIR STYLER

SOLID CERAMIC HAIR STYLER SOLID CERAMIC HAIR STYLER Straigth & Curls HS 3830 PORTUGUÊS A C E A B D F 2 SEGURANÇA Durante a colocação em funcionamento do aparelho, por favor, respeite as seguintes indicações: 7 Este aparelho destina-se

Leia mais

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável Medição mecânica de temperatura Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável WIKA folha de dados TM 73.01 outras aprovações veja página 15 Aplicações Instrumentação geral de s nas indústrias

Leia mais

Modelo CV-KLQ-LED-9. Manual de instruções

Modelo CV-KLQ-LED-9. Manual de instruções Modelo Manual de instruções Manual de instruções Índice Página Índice...2 1 Vista geral do aparelho...3 2 Notas importantes...5 3 Operação...7 3.1 Tomada do condutor de luz 7 3.2 Ligação à corrente...7

Leia mais

MSH ex. Betriebsanleitung HSB Stillstandsheizung. Operating Manual HSB anti condensation heating. Insturctions de service HSB Chauffage à l arrêt

MSH ex. Betriebsanleitung HSB Stillstandsheizung. Operating Manual HSB anti condensation heating. Insturctions de service HSB Chauffage à l arrêt Betriebsanleitung HSB Stillstandsheizung Typ 27-177.-.../... MSH ex Betriebsanleitung HSB Stillstandsheizung Operating Manual HSB anti condensation heating Insturctions de service HSB Chauffage à l arrêt

Leia mais

DK32 DK34. Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos. Categoria de equipamento II 2 G. Informações suplementares

DK32 DK34. Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos. Categoria de equipamento II 2 G. Informações suplementares DK32 DK34 Informações suplementares Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos Categoria de equipamento II 2 G KROHNE 07/2012 -- MA DK32 34-Ex-II2G-AD R02 INMETRO ÍNDICE DK32 DK34 1 Instruções

Leia mais

Pedro Rocha 2015-10-15

Pedro Rocha 2015-10-15 Pedro Rocha 2015-10-15 Circulação O veiculo não pode sair do centro para se posicionar nas linhas ou áreas de inspeção Via de fuga Evitar o cruzamento de veículos 2 As linhas devem ser estruturadas para

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V****

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** NCC 14.02856 Ex d IIC T6 Gb (-40 C Tamb +60 C) 0044 Document ID: 47913 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

Microgeração Características dos Equipamentos

Microgeração Características dos Equipamentos Microgeração Características dos Equipamentos Elaborado por: Martifer Solar, S.A MARTIFER SOLAR SA Março de 2008 Zona Industrial Apartado 17 3684-001 Oliveira de Frades Tlf: +351 232 767 700 Fax: +351

Leia mais

Electroválvulas Tipo 3963

Electroválvulas Tipo 3963 Instruções de Montagem e Operação Electroválvulas Tipo 3963 Fig. 1 Geral A montagem, colocação em funcionamento e operação destes equipamentos só podem ser efectuadas por pessoal experimentado. São assumidos

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES UNIDADE: GERAL 1 de 14 ÍNDICE DE REVISÕES Rev. 0 EMISSÃO INICIAL DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS Rev. 0 Rev. 1 Rev. 2 Rev. 3 Rev. 4 Rev. 5 Rev. 6 Rev. 7 Rev. 8 DATA: 18/04/13 ELABORAÇÃO: Andre VERIFICAÇÃO:

Leia mais

Ficha de Dados de Segurança. Cloreto de Sódio

Ficha de Dados de Segurança. Cloreto de Sódio Ficha de Dados de Segurança Cloreto de Sódio 1. Identificação da substância e da empresa 1.1 Identificação da substância ou do preparado Denominação: Sódio Cloreto Segundo Regulamento (CE) 1907/2006 1.2

Leia mais

Uni-Probe LB 490. Medição de Nível Sem Contato C O N T R O L E D E P R O C E S S O S

Uni-Probe LB 490. Medição de Nível Sem Contato C O N T R O L E D E P R O C E S S O S Uni-Probe LB 490 Medição de Nível Sem Contato C O N T R O L E D E P R O C E S S O S Transmissor de Nível LB 490 O sistema de medição LB 490 é usado para medição continua e sem contato em liquidos e materiala

Leia mais

Instalações elétricas provisórias na construção civil

Instalações elétricas provisórias na construção civil Instalações elétricas provisórias na construção civil São Paulo, 12 de agosto de 2014 NBR-5410 NR-18 10.1. Objetivo e campo de aplicação 10.2. Medidas de controle 10.3. Segurança no projeto 10.4. Segurança

Leia mais

Caminhos de cabos isolantes

Caminhos de cabos isolantes Descrição Uso Para o suporte, protecção e condução de cabos. Material isolante. Comprimento: 3m. Cor: Cinzento RAL 7035. Instalação Facilidade e rapidez de montag. Não apresenta rebarbas ao cortar. Composição

Leia mais

ECOTEL ISDN2 DB Twin TC

ECOTEL ISDN2 DB Twin TC ECOTEL ISDN2 DB Twin TC ECOTEL ISDN2 1 - Descrição do Equipamento ECOTEL ISDN2 BD Twin TC A ligação directa a redes móveis. Os interfaces da gama Ecotel da Vierling, permitem o estabelecimento de uma ligação

Leia mais

Instruções de instalação, assistência técnica e manutenção para técnicos especializados

Instruções de instalação, assistência técnica e manutenção para técnicos especializados Instruções de instalação, assistência técnica e manutenção para técnicos especializados Sistemas de grandes instalações para 3 - x unidades habitacionais LSS-DA, LSS-DI LSS-DA LSS-DI DHW DHW DHW DHW DCW

Leia mais

10 Informação técnica

10 Informação técnica 10 Informação técnica Volumes e perdas térmicas Tamanho do depósito 356 456 656 756 956 Volumes nominais [I] 350 450 650 750 950 Volumes reais [I] 365 448 623 695 886 Volume de disponibilização de AQS

Leia mais

Condições de Garantia Iluminação pública e viária Luminárias LED do Schréder Group a partir de 20 de Junho de 2013

Condições de Garantia Iluminação pública e viária Luminárias LED do Schréder Group a partir de 20 de Junho de 2013 Condições de Garantia Iluminação pública e viária Luminárias LED do Schréder Group a partir de 20 de Junho de 2013 1. CONDIÇÕES GERAIS A. Âmbito A Garantia abaixo apresentada é dada pela SCHREDER ILUMINAÇÃO

Leia mais

S200 Chaves de segurança

S200 Chaves de segurança S200 Chaves de segurança PT 2011/09-607274 Reservados os direitos de alterações técnicas IMPLEMENTAR E OPERAR DE MODO SEGURO Manual de instruções original 2011 Leuze electronic GmbH + Co. KG In der Braike

Leia mais

CONVERSORES DE VOLUME: TIPO PTZ

CONVERSORES DE VOLUME: TIPO PTZ ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 440 5 de maio de 2015 Página 2 de 17 ÍNDICE Registo das revisões... 4 1. Objectivo... 5 2. Âmbito... 5 3. Referências... 5 4. Definições / Siglas... 6 5. Cumprimento normativo...

Leia mais

NRS 1-8. Instruções de funcionamento 810167-01 Interruptor de nível GESTRA NRS 1-8

NRS 1-8. Instruções de funcionamento 810167-01 Interruptor de nível GESTRA NRS 1-8 Instruções de funcionamento 810167-01 Interruptor de nível GESTRA NRS 1-8 Circuito de segurança do queimador Rede Fig. 1 Rede Circuito de segurança do queimador Fig. 2 U 1-2 submerso emerso avaria 2 V

Leia mais

Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14. Instalação eléctrica normal 15 Montagem do termostato na caixa de parede 16

Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14. Instalação eléctrica normal 15 Montagem do termostato na caixa de parede 16 ÍNDICE INTRODUÇÃo 13 Especificações técnicas 14 POSICIONAMENTO DO TERMOSTATO E DO SENSOR 14 Localização do termostato 14 Posicionamento e instalação do sensor 14 INSTALAÇÃO 15 Instalação eléctrica normal

Leia mais

Projetor Série PC À prova de explosão. Vapor metálico, vapor de sódio, vapor de mercúrio, halogênio

Projetor Série PC À prova de explosão. Vapor metálico, vapor de sódio, vapor de mercúrio, halogênio IP66 ou IK10 Aplicações Projetados para iluminação de ambientes amplos em áreas industriais externas e internas de risco. Ideal para uso nas Zonas 1 e 2, 21 e 22 na indústria de gás e petróleo. Em locais

Leia mais

Estes sensores são constituídos por um reservatório, onde num dos lados está localizada uma fonte de raios gama (emissor) e do lado oposto um

Estes sensores são constituídos por um reservatório, onde num dos lados está localizada uma fonte de raios gama (emissor) e do lado oposto um Existem vários instrumentos de medição de nível que se baseiam na tendência que um determinado material tem de reflectir ou absorver radiação. Para medições de nível contínuas, os tipos mais comuns de

Leia mais

Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado (gás)

Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado (gás) SmartCombi Classic Combi Conjunto de empilhamento para o vaporizador 845986----AIRU6- / 2.05.200 / TAG-MaBr Versão Conjunto de empilhamento do vaporizador combinado a gás CE Conjunto de empilhamento do

Leia mais

Manual técnico Sensor de movimento / atuador de comutação 1 vez

Manual técnico Sensor de movimento / atuador de comutação 1 vez 3273-1-8572 14.08.2014 Manual técnico Sensor de movimento / atuador de comutação 1 vez MSA-F-1.1.PB.1 ABB-free@home Índice 1 Notas sobre o manual 3 2 Segurança 4 2.1 Símbolos usados 4 2.2 Utilização conforme

Leia mais

CONTADORES DE GÁS DE TURBINA

CONTADORES DE GÁS DE TURBINA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 431 19 de outubro de 2015 Página 2 de 20 ÍNDICE Registo das revisões... 3 1. Objectivo... 4 2. Âmbito... 4 3. Referências... 4 3.1. Referências externas... 4 3.2. Referências internas...

Leia mais

Saída dupla - 2 NA 16A, interrupção dupla, abertura tanto na fase (L) quanto no neutro N

Saída dupla - 2 NA 16A, interrupção dupla, abertura tanto na fase (L) quanto no neutro N Série - Relé fotoelétrico 12-16 A SÉRIE Características.32.41 Relé para acionamento de lâmpadas em função do nível de luminosidade ambiente Sensor fotoelétrico integrado Montagem em poste ou parede.32-2

Leia mais

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento.

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento. [1] Introdução Controladores de fator de potência são instrumentos utilizados para medição e compensação de potência reativa em instalações elétricas. O fator de potência, definido pela razão entre potência

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X Instruções de Instalação P/N MMI-20010182, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X Para instalações de sensores aprovados

Leia mais