KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento.

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento."

Transcrição

1 [1] Introdução Controladores de fator de potência são instrumentos utilizados para medição e compensação de potência reativa em instalações elétricas. O fator de potência, definido pela razão entre potência ativa (W) e potência aparente (VA) é medido pelos instrumentos e comparado com os valores ajustados previamente, a fim de prover a compensação necessária, administrando a entrada e saída dos bancos de capacitores. Além do controle dos estágios capacitivos, os instrumentos possuem contatos auxiliares para supervisão de grandezas e controle de ventilação. A linha é composta de 2 modelos, sendo: KPF-08 Modelo com 8 saídas para controle de bancos, com ou sem comunicação serial. KPF-12 Modelo com 12 saídas para controle de bancos, com ou sem comunicação serial.** ** Sob consulta [2] Princípio de funcionamento O funcionamento dos controladores de fator de potência é baseado na medição dos sinais de corrente e tensão do circuito trifásico no qual devem atuar os bancos de capacitores. A partir dessas medições o instrumento calcula qual(is) estágios de controle dos bancos de capacitores devem ser ligados para que o valor de cos φ previamente ajustado seja atingido. Essa compensação leva em consideração a quantidade de acionamentos e o desgaste de cada banco, a fim de equilibrar a utilização dos mesmos no sistema. [3] Aplicações - Controle de acionamento de bancos de capacitores para correção de fator de potência. Foto ilustrativa [4] Grandezas medidas Os controladores realizam medição True RMS levando em consideração até a 19ª harmônica das seguintes grandezas elétricas: Tensão Corrente Cos φ Potência ativa Potência reativa Potência aparente Razão de Energia Indutiva por energia ativa e de Energia Capacitiva por energia ativa THD (tensão, corrente, potências, medição de harmônicas ímpares até a 19ª ordem) [5] Precisão Tensão, corrente, cos φ: 1,0% ± 1 dígito Potências: 2,0% ± dígito [6] Características Elétricas ALIMENTAÇÃO AUXILIAR Nominal: Vca Consumo interno: <13 VA ENTRADA DE TENSÃO (MEDIÇÃO CARGA) Nominal (Vn): 500 V c.a. (F-F) Freqüência: 50 ou 60Hz Consumo interno: entre 3 e 10 VA ENTRADA DE TENSÃO (GERADOR) Nominal: Vca ENTRADA DE CORRENTE (MEDIÇÃO) Nominal: 5Ac.a Faixa de operação: 50mA a 5.5A Consumo interno: < 2 VA

2 [7] Características Mecânicas DISPLAY Tipo: LED, 4 dígitos, 7 segmentos INVÓLUCRO Material: termoplástico (ABS V0) Grau de proteção: IP-40 para painel frontal MONTAGEM Tipo: porta de painel (sobrepor) Posição de montagem: qualquer Fixação: travas laterais CONEXÕES ELÉTRICAS Tipo: borne de encaixe rápido Grau de proteção: IP-00 Cabo máximo a ser utilizado: 2,5 mm² [8] Condições ambientais relevantes Temperatura de operação: -5 a 55ºC [9] Interface Serial Tipo: RS-485 a 2 fios Velocidade: 1200, 2400, 4800, 9600, ou 38400bps (configurável) Paridade: None,Odd e Even. Endereço: 1 a 247 (configurável) Protocolo: MODBUS-RTU, mapa de registros presente no manual do usuário. Cabo: Para a RS-485 deve sempre ser utilizado cabo blindado, com no mínimo duas vias, secção mínima de 0,25mm² e impedância característica de 120 ohms. [10] Medição de Temperatura Os instrumentos contam com sensor de temperatura interno, característica que permite definir limiares para acionamento de controle de ventilação. Range: C [11] Contatos Dependendo da versão escolhida, o instrumento contará com 8 (KPF08) ou 12 (KPF12) contatos para controle dos bancos de capacitores. Além disso, qualquer versão dos controladores contará com 2 contatos auxiliares (Alarm Relay e Fan Relay) para supervisão de grandezas elétricas e controle de ventilação. Segue abaixo descrição: Tipo: contato seco (NA) Nível de Tensão: até 250 V c.a. Nível de Corrente: até 3 A c.a. Controle de bancos: Quantidade: - KPF08: 8 - KPF12: 12 Alarm Relay: Quantidade: 1 Alarmes relacionados a: - Sobretensão - THD de Tensão - Limite da razão entre Ind/CAP Fan Relay: Quantidade: 1 Alarmes relacionados a: - Temperatura 2/8

3 [13] Esquemas de Ligação Basicamente, o controlador de fator de potência trifásico KPF-08 pode ser utilizado seguindo o modelo de instalação abaixo: ** O valor de corrente para os fusíveis utilizados para proteção dos capacitores é escolhido de acordo com o valor de corrente nominal dos mesmos. *** A conexão das entradas de tensão e corrente mostrada acima é um exemplo para situação onde se realiza medição em um sistema trifásico estrela (3 Fases + Neutro) equilibrado. Para outros casos, consultar a tabela Configurações de ângulo. Para aplicações em sistemas com carga desequilibrada, é necessário verificar qual das fases tem a corrente mais próxima da média do sistema e selecioná-la para instalação do TC.O sinal de tensão aplicado deve ter como referência a fase escolhida. A partir daí, ao utilizar a função de Auto Ajuste, o instrumento consegue identificar qual fase está sendo utilizada e adequar sua metodologia de correção a esta situação. OBS: É altamente recomendável a instalação de disjuntores ou fusíveis automáticos entre a rede elétrica e o KPF-08. Os disjuntores devem estar nas proximidades do controlador. Todos os fusíveis devem ser do tipo FF. 3/8

4 [13] Esquemas de Ligação - Configurações de ângulo A ligação ao controlador (medição) é dependente da relação angular (valor configurável) que o usuário pretende seguir. 4/8

5 [13] Esquemas de Ligação Configurações de Ângulo (continuação) 5/8

6 [14] Dimensional Dimensões em milímetros. Tolerância: 1mm KPF08 6/8

7 [15] Modos de Operação e Programações Os KPF08 e KPF12 possuem dois modos de operação: - Automático: Modo principal do instrumento, dependente da programação feita. São 10 programações disponíveis, divididas em 3 grupos: Linear (P-01): No modo linear o instrumento sempre segue a ordem de estágios (Ex: 1,2,3,4..8) para entrada e saída dos bancos. Rotacional (P-02 a P-09) No grupo rotacional os valores dos estágios de controle dos bancos seguem seqüência baseada em aumento de kvar (do menor para o maior). Dentro de uma determinada programação, o controlador seleciona qual dos estágios, entre estágios de mesmo valor, deve ser utilizado no momento (rotação sentido horário). Isso é feito para que o tempo de operação dos bancos seja bem distribuído. Customizável (P-10) Nesse grupo não é necessário seguir lógica pré-definida. O instrumento pode selecionar automaticamente a melhor combinação de bancos para atuação de acordo com a necessidade de controle e tempo de operação dos estágios ou seguir uma ordem determinada pelo usuário. Pode também, ao utilizar a função de Auto Ajuste, calcular os valores de potência reativa de cada estágio capacitivo presente e acionar o (os ) necessários para a correção. No grupo customizável ainda é possível programar qualquer um dos estágios como inativo ou sempre ativo e também programar os valores para qualquer um dos estágios selecionados. Notas: Para os grupos linear e rotacional só é possível programar o valor para o primeiro estágio. Se a programação não estiver de acordo com a necessidade (cos φ) o instrumento mostrará uma mensagem de alarme. - Manual Modo de teste, no qual há a possibilidade de ativar ou desativar as saídas a relé que controlam os bancos Após 5 minutos de inatividade, o instrumento estando no modo Manual retornará ao modo Automático. 7/8

8 [16] Especificação por código A codificação do produto permite a correta especificação em projeto, garantindo que o material comprado seja exatamente o necessário para a aplicação. A identificação é feita por meio de uma seqüência alfanumérica de 11 caracteres: Observações relativas à codificação: 1) Os itens assinalados em negrito indicam a opção padrão, que possui maior disponibilidade de estoque; K P F 1 Fixo Fixo Fixo Grau de proteção: 1: Padrão (IP-40 para painel frontal) Tensão de entrada (fase-fase): Vc.a. Corrente: 5 5 A c.a. Freqüência: 1: 50/60Hz Modelo: 1: KPF08 com saída RS-485 2: KPF08 sem saída 3: KPF12 com saída RS : KPF12 sem saída 1 Alimentação auxiliar: 1: Vc.a. As informações contidas nesta ficha técnica estão sujeitas à alteração sem aviso prévio. Para correta utilização do produto, deve ser consultado o Manual do Usuário antes de sua instalação ou operação. Alguns itens apresentados podem ser opcionais, sendo necessária a correta especificação do produto por meio do código. Terminação: 0: Padrão (terminal de encaixe rápido) Protocolo / versão especial: 0: MODBUS-RTU 1- Modelo sob consulta. - 8/8

KPF-12. Controlador de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão

KPF-12. Controlador de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão [1] Introdução Controladores de fator de potência são instrumentos utilizados para medição e compensação de potência reativa em instalações elétricas. O fator de potência, definido pela razão entre potência

Leia mais

Medidores de energia e multimedidores digitais

Medidores de energia e multimedidores digitais Medidores de energia e multimedidores digitais Medição de Energia Elétrica Eficiência Energética Rateio de Energia Elétrica, Água e Gás Medição Horosazonal (Ponta e Fora de Ponta) Sistemas de Comunicação

Leia mais

Multimedidor Portátil MPK

Multimedidor Portátil MPK [1] Introdução O Multimedidor Portátil é um instrumento que facilita a análise de instalações elétricas em campo com alta flexibilidade. A solução é composta de: Multimedidor: Instrumento digital microprocessado,

Leia mais

Medidor TKE-01. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida

Medidor TKE-01. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida [1] Introdução O TKE-01 é um instrumento para instalação em fundo de painel, que permite a medição do consumo de energia ativa (Wh) ou reativa (Varh) em sistema de corrente alternada (CA). A leitura do

Leia mais

www.bluemedia.com.br MEDIDORES

www.bluemedia.com.br MEDIDORES www.bluemedia.com.br MEDIDORES Detector de Falhas e Analisador Preditivo - PA A linha PA de Detectores de Falhas e Analisadores Preditivos KRON traz uma nova abordagem para o conceito de monitoramento

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas PFW01. Controlador Automático do Fator de Potência. Manual de Instalação e Operação

Motores Energia Automação Tintas PFW01. Controlador Automático do Fator de Potência. Manual de Instalação e Operação Motores Energia Automação Tintas PFW01 Controlador Automático do Fator de Potência Manual de Instalação e Operação Atenção Você está utilizando um equipamento que trabalha com tensões elevadas. Atenção

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Inst. Renz Elétricos www.renz br.com ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 3 1.1 Aplicação 2.0 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 2.1 Mecânicas 2.2 Elétricas 2.3 Grandezas Elétricas medidas e/ou

Leia mais

Indicador Digital. Voltímetro Digital BDI

Indicador Digital. Voltímetro Digital BDI Voltímetro Digital BDI Adotado em tecnologia SMT Display a LEDs de alta luminosidade Medição em método RMS Medição até 9999V Medição direta ( F-N e F-F ) índice Medição corrente alternado - BDI-E184V P3

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Transdutor de Resistência Transdutor de Temperatura W151 / W152. Revisão I

MANUAL DO USUÁRIO. Transdutor de Resistência Transdutor de Temperatura W151 / W152. Revisão I MANUAL DO USUÁRIO Transdutor de Resistência Transdutor de Temperatura W151 / W152 Índice Capítulo Página Introdução 3 Termo de Garantia 3 Características Técnicas 4 Esquemas de Ligação 6 Saída Analógica

Leia mais

Manual de Instruções. Deve operar em ambientes isentos de gases corrosivos, poeiras inflamáveis ou materiais explosivos.

Manual de Instruções. Deve operar em ambientes isentos de gases corrosivos, poeiras inflamáveis ou materiais explosivos. Modelo: RPCF 3/ 12 Introdução O é apropriado para um eficiente controle da energia reativa das instalações elétricas. Ele é dotado de um microcontrolador com um poderoso algoritmo de otimização do fator

Leia mais

100% electricity. Correção automática do fator de potência

100% electricity. Correção automática do fator de potência 100% electricity Correção automática do fator de potência Correção Automática do Fator de Potência Controladores automáticos do fator de potência DCRK DCRJ Programação digital Configuração com 5 ou 7 estágios,

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Fumaça Óptico Endereçável BOSCH - Código: AFD7050. (Uso Conjunto à Central de Alarme de Incêndio FPD7024+D7039). O detector de fumaça código AFD7050 é um equipamento que deve ser instalado

Leia mais

PCPT 4 ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω ) PCPT4 SmA ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω e saída 4... 20mA )

PCPT 4 ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω ) PCPT4 SmA ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω e saída 4... 20mA ) MANUAL DE OPERAÇÃO PCPT 4 ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω ) PCPT4 SmA ( com 4 entradas para sensores RTD Pt100Ω e saída 4... 20mA ) VERSÃO 4.04 RELÉ DE PROTEÇÃO TÉRMICA ( ANSI 23/26/49 ) CONTROLE

Leia mais

Building Technologies

Building Technologies Building Technologies Detecção de Incêndio Catálogo de Produtos BC80 Índice Página 1. Central de Detecção e Alarme de Incêndio Série BC8001... 4 BC8001/e Central de Detecção e Alarme de Incêndio BC8001

Leia mais

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Índice Capítulo 1: O Produto Acessórios que compõem o produto Função do modelo Capítulo 2: Instalação do Produto Instalação física Conexão a tomada Cabo

Leia mais

Descrição Geral 04. Descrição Geral 05. Programação 06. Funcionamento 07. Funcionamento 08. Funcionamento 09. Funcionamento 10

Descrição Geral 04. Descrição Geral 05. Programação 06. Funcionamento 07. Funcionamento 08. Funcionamento 09. Funcionamento 10 Parabéns por ter adquirido um dos produtos da empresa Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa meta é

Leia mais

EQUIPAMENTOS. Manual de Operação. FE35i. MAN 011 Versão 1.0. Teto. Piso EQUIPAMENTOS LTDA.

EQUIPAMENTOS. Manual de Operação. FE35i. MAN 011 Versão 1.0. Teto. Piso EQUIPAMENTOS LTDA. EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS LTDA. FE35i Teto C Piso C F 1 Alto 2 3 Faixa 4 EQU IPAMENTO S LT DA. São Ca rlos - SP Fo ne : (16 )3307-6 474 Manual de Operação MAN 011 Versão 1.0 Aconselhamos que as instruções

Leia mais

Menu de Programação e Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado.

Menu de Programação e Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado. Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado. Com dois reles independentes para controle ou alarme, contatos reversíveis tipo SPDT e Sinal de Saída para Retransmissão da Amperagem medida

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. AQUISITOR DE DADOS Modelo A202 Versão 1.04 / Revisão 06

MANUAL DE INSTRUÇÕES. AQUISITOR DE DADOS Modelo A202 Versão 1.04 / Revisão 06 MANUAL DE INSTRUÇÕES AQUISITOR DE DADOS Modelo A202 Versão.04 / Revisão 06 2 ÍNDICE Item Página. Introdução...3 2. Características...4 3. Especificações...5 3. Entradas universais...5 3.2 Saídas a relé...5

Leia mais

Bancada Didática para Correção do Fator de Potência - XE551 -

Bancada Didática para Correção do Fator de Potência - XE551 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para Correção do Fator de Potência - XE551 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. ELETROTÉCNICA INTRODUÇÃO Bancada

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

Este produto está garantido contra defeito de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto.

Este produto está garantido contra defeito de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto. Parabéns por ter adquirido um dos produtos da Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa meta é oferecer

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES SS CONTROLADOR DE ENERGIA REATIVA Computer-14d -xx - 144a MANUAL DE INSTRUÇÕES ( M 981 601 / 98C ) REGULADOR DE ENERGIA REATIVA COMPUTER- 14 d 2 1.- REGULADORES DE ENERGIA REATIVA COMPUTER-14d-144a Os

Leia mais

abb Características Ficha técnica IDM 96 Multimedidor Três displays de LED

abb Características Ficha técnica IDM 96 Multimedidor Três displays de LED Ficha técnica IDM 96 Multimedidor Multimedidor para sistemas trifásicos ou monofásicos com medição de 56 variáveis elétricas. Possui medição de harmônicas até a 63ª ordem, THD para corrente e captura de

Leia mais

dígitos. altura (mm) 10

dígitos. altura (mm) 10 ±,QVWDODomR Este equipamento é de fixação em, por meio de duas presilhas, cujo aperto é realizado por parafuso. As dimensões para a abertura são indicadas na figura1. O esquema de ligação é mostrado na

Leia mais

LABORATÓRIO DE ELETROTÉCNICA GERAL I EXPERIÊNCIA: ENERGIA, POTÊNCIA E FATOR DE POTÊNCIA (EP)

LABORATÓRIO DE ELETROTÉCNICA GERAL I EXPERIÊNCIA: ENERGIA, POTÊNCIA E FATOR DE POTÊNCIA (EP) LABORATÓRIO DE ELETROTÉCNICA GERAL I EXPERIÊNCIA: ENERGIA, POTÊNCIA E FATOR DE POTÊNCIA (EP) NOTA RELATÓRIO -.... Grupo:............ Professor:...Data:... Objetivo:............ 1 - Considerações gerais

Leia mais

Manual de instalação e configuração do módulo de saídas NSR-08

Manual de instalação e configuração do módulo de saídas NSR-08 Manual de instalação e configuração do módulo de saídas NSR-08 Sumário DESCRIÇÃO GERAL...4 VANTAGENS...4 CARACTERÍSTICAS...4 LED DE STATUS DO MODULO...4 ESQUEMA DE LIGAÇÕES...5 LIGAÇÃO DO CABO DE COMUNICAÇÃO...6

Leia mais

15/02/2012. IV.2_Controle e Automação II. Introdução. Conteúdo SENSORES

15/02/2012. IV.2_Controle e Automação II. Introdução. Conteúdo SENSORES IV.2_Controle e Automação II Formando Profissionais Para o Futuro SENSORES Introdução No estudo da automação em sistemas industriais, comerciais e/ou residenciais há a necessidade de determinar as condições

Leia mais

* Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada).

* Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada). PROGRAMADOR HORÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES MTZ622R - 90~240VCA - P504 VERSÃO.0 ABRIL/202 * Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada). 3.2 DIMENSÕES PLACA IHM:

Leia mais

séries JKW5 V5.0 Controlador Automático de Correção do Fator de Potência Manual de Operação

séries JKW5 V5.0 Controlador Automático de Correção do Fator de Potência Manual de Operação séries JKW5 V5.0 Controlador Automático de Correção do Fator de Potência Manual de Operação 1. Geral A série JKW5 de controlador automático de correção do fator de potência é utilizado para comandar automaticamente

Leia mais

Kit de Máquinas Elétricas Rotativas - XE801 -

Kit de Máquinas Elétricas Rotativas - XE801 - T e c n o l o g i a Kit de Máquinas Elétricas Rotativas - XE801 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. INTRODUÇÃO Kit de Máquinas Elétricas Rotativas -

Leia mais

CM4020/M. Controlador do Fator de Potência. Sensoramento Monofásico 350877 - Rev. A3

CM4020/M. Controlador do Fator de Potência. Sensoramento Monofásico 350877 - Rev. A3 Controlador do Fator de Potência CM4020/M Sensoramento Monofásico 350877 - Rev. A3 Embrasul Indústria Eletrônica Ltda Av. Bahia, 684 - Porto Alegre - RS - Brasil 90240-551 Fone: (51) 3358.4000 - Fax: (51)

Leia mais

CONTROLADOR PARA BANCO CAPACITOR JKL-5

CONTROLADOR PARA BANCO CAPACITOR JKL-5 Catalogo - 2010/2011 CONTROLADOR PARA BANCO CAPACITOR JKL-5 CKW Direitos Reservados Controlador de Fator de Potência JKL Introdução O Controlador Digital de Fator de Potência da série JKL, foi desenvolvido

Leia mais

GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Instruções de instalação e funcionamento

GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: +358 29 006 260 Fax: +358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.com 1/11 GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Copyright

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 17 Procedimentos para Correção do Fator de Potência 05/04 1 Descrições Gerais 1.1 Determinação Nacional Visando a otimização do consumo racional de energia elétrica gerada no país,

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44 Versão: 1.xx / Rev. 03 ÍNDICE Item Página 1. Introdução... 02 2. Características... 02 3.

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra

Descrição do Produto. Dados para Compra Descrição do Produto Os módulos supressores para pontos analógicos AL-3492 e AL-3493 foram desenvolvidos para oferecer alta proteção contra surtos de tensão em pontos de entrada ou saída analógicos. Por

Leia mais

ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com)

ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com) ANALISADOR DE INSTALAÇÕES SOLARES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA MODELO GREENTEST FTV100 MARCA CHAUVIN ARNOUX (www.chauvin-arnoux.com) Estudos em potência elétrica Cálculos da eficiência do painel solar Cálculo

Leia mais

CM8000TC. Manual do Usuário

CM8000TC. Manual do Usuário CM8000TC Manual do Usuário R Descrição Geral O CM8000TC é um temporizador microprocessado com 2 setpoints. Possui display a LED de 6 dígitos com escala em horas, minutos e segundos. A programação dos setpoints

Leia mais

Transdutor de Potência (analógico)

Transdutor de Potência (analógico) Transdutr de Ptência (analógic) Revisã 3.2 21/08/2013 [1] Intrduçã Os transdutres analógics de ptência têm pr finalidade cnverter a ptência ativa e/u reativa de um sistema em um sinal cntínu (de tensã

Leia mais

Manual de Instruções. Posicionador e Incrementador Modelo PIS-01/72. Cód.: Frontal. Conexões Elétricas. Introdução

Manual de Instruções. Posicionador e Incrementador Modelo PIS-01/72. Cód.: Frontal. Conexões Elétricas. Introdução Introdução Características Técnicas O posicionador e incrementador Samrello é um equipamento utilizado para o comando de posicionamento dos eixos em máquinas e processos, em diversas áreas e aplicações.

Leia mais

CRONÔMETRO MICROPROCESSADO

CRONÔMETRO MICROPROCESSADO O equipamento possui um display de alta resolução e 6 botões: CRONÔMETRO MICROPROCESSADO www.maxwellbohr.com.br (43) 3028-9255 LONDRINA PR 1 - Introdução O Cronômetro Microprocessado é um sistema destinado

Leia mais

857 Sistema de proteção. Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação

857 Sistema de proteção. Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação 857 Sistema de proteção Para proteção do motor e do alimentador Boletim 857, Série A Guia de especificação Sumário Seção Descrição Página 1.0 Funções de proteção... 1 Proteção Synchrocheck (25)... 1 Proteção

Leia mais

PowerValue 11 7,5-10 - 12 kva (Monofásica)

PowerValue 11 7,5-10 - 12 kva (Monofásica) Descrição Técnica PowerValue 11 7,5-10 - 12 kva (Monofásica) Monofásica, On-line de Dupla-Conversão, VFI Fonte de Alimentação Não Interruptível (UPS) ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 7,5-10-12 kva (entrada e saída

Leia mais

Manual de instalação e configuração do módulo de entradas WEBER-REP

Manual de instalação e configuração do módulo de entradas WEBER-REP Manual de instalação e configuração do módulo de entradas WEBER-REP Sumário CONVENÇÕES UTILIZADAS...3 DESCRIÇÃO GERAL...4 VANTAGENS...4 CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS...4 ESPECIFICAÇÕES GERAIS...5 LED DE STATUS

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda dos mesmos, pois o cartucho não é afetado caso o equipamento venha a sofrer alguma

Leia mais

SOBRE NoBreak s Perguntas e respostas. Você e sua empresa Podem tirar dúvidas antes de sua aquisição. Contulte-nos. E-mail = gsrio@gsrio.com.

SOBRE NoBreak s Perguntas e respostas. Você e sua empresa Podem tirar dúvidas antes de sua aquisição. Contulte-nos. E-mail = gsrio@gsrio.com. SOBRE NoBreak s Perguntas e respostas Você e sua empresa Podem tirar dúvidas antes de sua aquisição. Contulte-nos. E-mail = gsrio@gsrio.com.br O que é um nobreak? A principal função do nobreak é fornecer

Leia mais

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional Visita 4B no Stand # 500 O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 Uma apresentação por Johnny

Leia mais

Manual de Instalação e Operação CM 4040. www.embrasul.com.br

Manual de Instalação e Operação CM 4040. www.embrasul.com.br Manual de Instalação e Operação CM 4040 www.embrasul.com.br SUMÁRIO 1. DESCRIÇÃO GERAL DO MANUAL/EQUIPAMENTO... 03 1.1 Notas... 1.2 Direitos Autorais... 1.3 Descrição Geral do Manual... 1.4 Descrição Geral

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Módulos de função xm10 para Caldeiras de aquecimento Murais, de Chão e para a parede. Para os técnicos especializados Leia atentamente antes da montagem 7 747 005 078 03/003 PT Prefácio

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Unidade Discadora Telefônica - Para Monitoramento Remoto Até 5 Números Código: AFDISC A unidade discadora telefônica para monitoramento remoto, código AFDISC é um equipamento que deve ser instalado em

Leia mais

UMG 103 Equipamento de medição universal. para montagem em trilho DIN UMG 103

UMG 103 Equipamento de medição universal. para montagem em trilho DIN UMG 103 UMG 103 UMG 103 Equipamento de medição universal para montagem em trilho DIN Os dispositivos de medição universal da família de produtos UMG 103 foram principalmente concebidos para serem utilizados em

Leia mais

Pinot 700 3 BL I/1. NoBreak Line Interativo Família Pinot 700 VA

Pinot 700 3 BL I/1. NoBreak Line Interativo Família Pinot 700 VA NoBreak Line Interativo Família Pinot 700 VA NoBreak Line Interativo microprocessado de alta velocidade,integrando diversas funções periferias. Possui estabilizador interno com estágios de regulação, que

Leia mais

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal Ligação da rede elétrica A ligação com a rede elétrica é feita diretamente no módulo placa do carregador e conexões INC 2000, conforme a figura a seguir: Visão lateral fonte Terra (Verde 1,5 mm 2 ) Visão

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Central de Detecção e Alarme Contra Incêndio V260 Imagem Central V260 36 Laços Manual de Instalação Leia atentamente o manual antes do manuseio do equipamento ÍNDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44 Versão 0.xx / Rev. 03 Índice Ítem Página 1. Introdução... 02 2. Características...

Leia mais

Medidor TKE-120. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida

Medidor TKE-120. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida [1] Introdução O Medidor TKE-120 é um instrumento para instalação em fundo de painel, que permite a medição do consumo de energia ativa (Wh) ou reativa (VArh) em sistemas de corrente alternada (CA). Possui

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Renz Multimedidor MGG-92 ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 3 1.1 Aplicação 2.0 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 2.1 Mecânicas 2.2 Elétricas 2.3 Grandezas Elétricas medidas e/ou calculadas 3.0

Leia mais

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES CA MANUAL DO ALUNO

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES CA MANUAL DO ALUNO WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES CA MANUAL DO ALUNO CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT CONTROLE DE VELOCIDADE DE MOTORES

Leia mais

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas.

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas. [1] Introdução O Multimedidor MKM-G é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a monitoração dos parâmetros básicos de um GMG (grupo moto gerador). Pode ser

Leia mais

Manual de Operações. Estação Auto-Manual AMS-1. www.innowatt.ind.br

Manual de Operações. Estação Auto-Manual AMS-1. www.innowatt.ind.br Manual de Operações Estação Auto-Manual AMS-1 www.innowatt.ind.br 1 INTRODUÇÃO Obrigado por ter escolhido um produto INNOWATT. Para garantir o uso correto e eficiente, é imprescindível a leitura completa

Leia mais

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Informações Gerais A linha de nobreaks TOP-DSP é um avançado Sistema Ininterrupto de Potência (UPS) do tipo on-line de dupla conversão (de acordo com a NBR 15014:2003),

Leia mais

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO Por favor, leia este manual com atenção para uso do equipamento. Instruções de Operação do QTA. I.

Leia mais

Manual de Operação AFT-RPCF-S Controlador de Fator de Potência www.alfatronic.com.br

Manual de Operação AFT-RPCF-S Controlador de Fator de Potência www.alfatronic.com.br Alfatronic Manual de Operação AFT-RPCF-S Controlador de Fator de Potência www.alfatronic.com.br Manual de Operação AFT-RPCF-S Controlador de Fator de Potência 1 Introdução O Controlador de Fator de Potência

Leia mais

Multimedidor MKM-X [1] Introdução Para novas aplicações, considerar a utilização do Multimedidor Mult-K.

Multimedidor MKM-X [1] Introdução Para novas aplicações, considerar a utilização do Multimedidor Mult-K. [1] Introdução O Multimedidor MKM-X é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a medição de até 21 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada (CA).

Leia mais

Modelo GC 2109 T. Família GC 2009 Microcontrolado Indicador Digital de Temperatura 1/8 DIN - 98 x 50mm

Modelo GC 2109 T. Família GC 2009 Microcontrolado Indicador Digital de Temperatura 1/8 DIN - 98 x 50mm Modelo T Família GC 2009 Microcontrolado 1/8 DIN - 98 x 50mm Os Indicadores Digitais de Temperatura da Família GC 2009 são instrumentos precisos e compactos, baseados na moderna tecnologia dos microcontroladores,

Leia mais

MEDIÇÃO DE FATURAMENTO PARA CONSUMIDORES LIVRES (SMF)

MEDIÇÃO DE FATURAMENTO PARA CONSUMIDORES LIVRES (SMF) COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS MANUAL TÉCNICO DE DISTRIBUIÇÃO MEDIÇÃO DE FATURAMENTO PARA CONSUMIDORES LIVRES (SMF) JUNHO/2016 ÍNDICE 1 MEDIÇÃO DE FATURAMENTO PARA CONSUMIDOR LIVRE 1 1.1 Introdução

Leia mais

[1] Introdução. [2] Aplicações. [6] Condições ambientais relevantes. [3] Benefícios. [7] Características Mecânicas. [4] Precisão

[1] Introdução. [2] Aplicações. [6] Condições ambientais relevantes. [3] Benefícios. [7] Características Mecânicas. [4] Precisão [1] Introdução Os medidores trifásicos IKron 03 são instrumentos digitais para medição de grandezas elétricas em sistemas trifásicos (estrela e delta), bifásicos e monofásicos, aplicáveis em baixa, média

Leia mais

Console Bimanual CBM-W

Console Bimanual CBM-W Fabricado por Sensores Eletrônicos Instrutech 11 5031-5188 CBM CONSOLE BIMANUAL PULSO AJUSTE POWER S1 OUTPUT S2 MANUAL DO USUÁRIO Console Bimanual CBM-W Console Bimanual para acionamento em máquinas operatrizes

Leia mais

Multimedidor Mult-K [1] Introdução Mult-K Foto ilustrativa [2] Princípio de funcionamento [5] Precisão Mult-K

Multimedidor Mult-K [1] Introdução Mult-K Foto ilustrativa [2] Princípio de funcionamento [5] Precisão Mult-K [1] Introdução O Multimedidor Mult-K é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a medição de até 44 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Comutador de Iluminação de Provisória Para Lâmpadas HQI ou Sódio, Código AFCSC250 Equipamento destinado a ser instalado em locais que são iluminados através de lâmpadas HQI ou de Sódio, geralmente estas

Leia mais

MMW01 e PFW01 Multimedidor de grandezas elétricas e Controlador automático do fator de potencia

MMW01 e PFW01 Multimedidor de grandezas elétricas e Controlador automático do fator de potencia MMW01 e PFW01 Multimedidor de randezas elétricas e Controlador automático do fator de potencia Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net MMW01 e PFW01 MMW01 - Multimedidor de

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO PARA AUTO-ATENDIMENTO BANCÁRIO DESCRITIVO DO SISTEMA INTELIGENTE DE ABERTURA DE PORTAS

SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO PARA AUTO-ATENDIMENTO BANCÁRIO DESCRITIVO DO SISTEMA INTELIGENTE DE ABERTURA DE PORTAS SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO PARA AUTO-ATENDIMENTO BANCÁRIO DESCRITIVO DO SISTEMA INTELIGENTE DE ABERTURA DE PORTAS O sistema inteligente de travamento de portas consiste na utilização de fechadura eletromagnética

Leia mais

Aula prática Como utilizar um multímetro

Aula prática Como utilizar um multímetro Aula prática Como utilizar um multímetro Definição Como o próprio nome sugere, é um equipamento que pode ser utilizado para a realização de diversas medidas, dentre as principais temos: Tensão (alternada

Leia mais

Manual de Operação e Instalação. Microterminal TCP/IP MT740. versão 1.0

Manual de Operação e Instalação. Microterminal TCP/IP MT740. versão 1.0 Manual de Instalação e Operação MT740 1/16 Manual de Operação e Instalação Microterminal TCP/IP MT740 versão 1.0 Manual de Instalação e Operação MT740 2/16 Índice Descrição 3 Reconhecendo o Terminal 5

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Fumaça Óptico Convencional + Módulo Endereçável Código: AFDFE. (Ideal Para Utilizar em Conjunto com a Central de Alarme de Incêndio AFSLIM). O detector de fumaça código AFDFE é um

Leia mais

HEAVY-DUTY POWER AMPLIFIER 400 HEAVY-DUTY POWER AMPLIFIER

HEAVY-DUTY POWER AMPLIFIER 400 HEAVY-DUTY POWER AMPLIFIER +20 +20 CLASS AB AMPLIFIER CLASS AB FAULT / READY AMPLIFIER LIMITER A SIGNAL B ON +4 +4 +20 +20 CLASS AB AMPLIFIER CLASS AB FAULT / READY AMPLIFIER LIMITER A SIGNAL B ON +4 +4 c omposta por 2 modelos,

Leia mais

NRS 1-8. Instruções de funcionamento 810167-01 Interruptor de nível GESTRA NRS 1-8

NRS 1-8. Instruções de funcionamento 810167-01 Interruptor de nível GESTRA NRS 1-8 Instruções de funcionamento 810167-01 Interruptor de nível GESTRA NRS 1-8 Circuito de segurança do queimador Rede Fig. 1 Rede Circuito de segurança do queimador Fig. 2 U 1-2 submerso emerso avaria 2 V

Leia mais

IDM 96 Indicador Digital Multivariáveis

IDM 96 Indicador Digital Multivariáveis IDM 96 Indicador Digital Multivariáveis Modo de uso Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Protocolo de comunicação Modbus RTU Dimensional ABB Instrumentação 1 Dados Técnicos Entrada Tensão

Leia mais

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem robusta para aplicações industriais e em áreas classificadas

Leia mais

Limites: 0,2VA máx. por entrada (sinais de corrente e tensão), 3 VA máx. na alimentação auxiliar.

Limites: 0,2VA máx. por entrada (sinais de corrente e tensão), 3 VA máx. na alimentação auxiliar. Introdução Analisador de Potência Microprocessado Samrello, com 4 linhas de display led alto brilho que mostram as fases e os parâmetros do sistema ao mesmo tempo. Medição True RMS, proteção de senha,

Leia mais

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda.

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda. Rua das Cerejeiras, 80 Ressacada CEP 88307-330 Itajaí SC Indicador Universal Fone/Fax: (47) 3349 6850 Email: vendas@ecr-sc.com.br O indicador microprocessado i506 possui entrada configurável para 24 tipos

Leia mais

Manual de operações e instruções

Manual de operações e instruções Manual de operações e instruções Transmissor e Indicador de Vazão de Ar TIVA Com display LCD Rua Cincinati, 101 - São Paulo -SP Tel. / Fax (011) 5096-4654 - 5096-4728. E-mail: vectus@vectus.com.br Para

Leia mais

Linha TR - Revisão 02. Manual técnico Linha TR

Linha TR - Revisão 02. Manual técnico Linha TR Manual técnico Linha TR 1)Introdução: Os carregadores de baterias Linha TR LUFFE foram desenvolvidos preferencialmente para a carga em baterias do tipo tracionaria. São equipamentos compactos de simples

Leia mais

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015 M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR v1.0 REV. 10/2015 00. CONTEÚDO 01. AVISOS DE SEGURANÇA ÌNDICE 01. AVISOS DE SEGURANÇA NORMAS A SEGUIR 02. O DISPOSITIVO CARACTERISTICAS TÉCNICAS ASPETO VISUAL LEGENDA

Leia mais

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764 Manual do Usuário A GPTRONICS está capacitada a fabricar produtos de excelente qualidade e oferecer todo o suporte técnico necessário, tendo como objetivo

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS PARTE 2

LISTA DE EXERCÍCIOS PARTE 2 UNIFEI - UNIERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ LISTA DE EXERCÍCIOS PARTE 2 MEDIDOR DE POTÊNCIA ATIA 1.1. Dispõe-se de um wattímetro para 1500W e 300. A escala tem 150 divisões. Pede-se: a) Corrente nominal do

Leia mais

Chave de Transferência Automática (ATS) Modelo GA Manual de instruções

Chave de Transferência Automática (ATS) Modelo GA Manual de instruções P á g i n a 1 Chave de Transferência Automática (ATS) Modelo GA Manual de instruções Importador: Joining Comércio Eletro Elétricos Ltda, CNPJ :03.317.342/0001-20 P á g i n a 2 Indice: 1. Modelos e explanação

Leia mais

VÍDEO PORTEIRO SENSE E VIVA-VOZ SENSE. Manual de Instalação

VÍDEO PORTEIRO SENSE E VIVA-VOZ SENSE. Manual de Instalação VÍDEO PORTEIRO SENSE E VIVA-VOZ SENSE Manual de Instalação Manual de Instalación Installation Manual HDL da Amazônia Indústria Eletrônica LTDA. Av. Abiurana, 1150 - Distrito Indústrial Manaus - AM - Cep:

Leia mais

MANUAIS DE INSTRUÇÃO

MANUAIS DE INSTRUÇÃO MANUAIS DE INSTRUÇÃO ESPECIFICAÇÕES O DIMMER RACK 12 CANAIS CBI é fabricado para cumprir com as especificações do mercado de iluminação profissional, iluminação cênica, decorativa, shows, eventos e iluminação

Leia mais

Transmissor de Pressão Submersível 2.75

Transmissor de Pressão Submersível 2.75 Folha de Dados Transmissor de Pressão Submersível 2.75 Geral Os transmissores de pressão da MJK foram desenvolvidos para medição de nível pela imersão do transmissor de pressão em tanques abertos, poços

Leia mais

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR www.mastertec.ind.br 1 ÍNDICE 1. Recursos:... 3 2. Condições de funcionamento:... 3 3. Características técnicas:... 3 4. Características construtivas:... 3 5. Diagrama

Leia mais

PCT-3001 plus. Display LCD

PCT-3001 plus. Display LCD PCT3 plus CONTROLADOR DIGITAL DE PRESSÃO PARA CENTRAIS DE REFRIGERAÇÃO Ver.2 DESCRIÇÃO Controlador de pressão para sistemas de refrigeração que controla os estágios de sucção (compressores) e de descarga

Leia mais

Calibrador Escalonado Para ensaiar paquímetros, graminhos e traçadores. Com blocos padrão cerâmicos.

Calibrador Escalonado Para ensaiar paquímetros, graminhos e traçadores. Com blocos padrão cerâmicos. Calibrador Escalonado Para ensaiar paquímetros, graminhos e traçadores. Com blocos padrão cerâmicos. : 0 300 : 5 300 600 : 7 515-555 medição 515-555 0 300 2 20, 50, 100, 150, 200, 250 e 300 4,0 515-556

Leia mais

CD-400 Somador de Sinal

CD-400 Somador de Sinal CD-400 Parabéns por ter adquirido um dos produtos da empresa Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa

Leia mais

MICROCONTROLADOR WISE T

MICROCONTROLADOR WISE T MICROCONTROLADOR WISE T Sumário 1. INTRODUÇÃO...3 1.1 VANTAGENS E BENEFÍCIOS...3 2. PONTOS DE CONTROLE...4 3. LÓGICA DE CONTROLE...5 4. MONITORAÇÃO... 16 5. CONFIGURAÇÕES...20 6. ESCALA DOS SENSORES...26

Leia mais

Controlador do Grupo do Motor QS QSE-CI-4M-D Controlador de Motor CA 4 Saídas. Unidade Energi Savr NodeTM. Painel de parede seetouch QSR.

Controlador do Grupo do Motor QS QSE-CI-4M-D Controlador de Motor CA 4 Saídas. Unidade Energi Savr NodeTM. Painel de parede seetouch QSR. LUTRON LUTRON R Controlador do Grupo do Motor QS QSE-CI-4M-D Controlador de Motor CA 4 Saídas Controlador do Grupo do Motor QS O controlador do grupo do motor QS consiste numa interface que disponibiliza

Leia mais

LANÇAMENTO CCK MAIS COMPACTOS;

LANÇAMENTO CCK MAIS COMPACTOS; LANÇAMENTO CCK Em substituição ao CCK 6700, CCK 6700GW, CCK 6800U e CCK 7160, a CCK AUTOMAÇÃO está lançando o CCK 6700E com as mais novas tendências do mercado: MAIS COMPACTOS; MULTIFUNCIONAL Em um único

Leia mais

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação.

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação. Apresentação 1 Display LCD 2 Tecla + (aumentar) 3 Tecla Seleção 4 Tecla (diminuir) 5 Tecla Motor manual 6 Tecla Reset contador 7 Led Indica painel ligado 8 Led resistência ligada 9 Led Prensa ligada 10

Leia mais