Instrução MI Janeiro de 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014"

Transcrição

1 Instrução MI Janeiro de 2014 Modelo RTT30 Transmissor de temperatura I/A Series com protocolo Fieldbus HART ou FOUNDATION Informações sobre segurança

2

3 Índice 1. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1 G... 1 Instruções de segurança de aparelho elétrico para áreas com risco de explosão de acordo com a Diretiva 94/9/EC (ATEX) e Portaria INMETRO 179/ Áreas de aplicação... 1 Observações sobre segurança (Segurança intrínseca Ex ia)... 2 Observações de segurança para Zona RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1/2 GD... 4 Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão... 4 Áreas de aplicação... 4 Instruções de segurança RTT30 (Segurança intrínseca Ex ia)... 5 Instruções de segurança para Zona Instruções de segurança (Proteção contra acendimento de pó) RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1/2D... 7 Instruções de segurança para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão... 7 Áreas de aplicação... 7 Instruções de segurança RTT30 (gabinete à prova de explosão Ex d) RTT30, HART, ATEX/INMETRO 1/2D ou 2D Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Áreas de aplicação Instruções de segurança para RTT30 (Proteção contra acendimento de pó) RTT30, Foundation Fieldbus e PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1G Instruções de segurança de aparelho elétrico para áreas com risco de explosão de acordo com a Diretiva 94/9/EC (ATEX/INMETRO) Áreas de aplicação Observações sobre segurança (Segurança intrínseca Ex ia) Observações de segurança para Zona RTT30, Foundation Fieldbus ou PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1/2G ou 2G Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Áreas de aplicação Observações de segurança para gabinete à prova de explosão Ex d RTT30, Foundation Fieldbus e PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1/2 GD Instruções de segurança para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de iii

4 explosão Áreas de aplicação Instruções de segurança RTT30 (Segurança intrínseca Ex ia) Instruções de segurança para Zona Instruções de segurança (Proteção contra acendimento de pó) RTT30, Foundation Fieldbus e PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1/2D ou 2D Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Áreas de aplicação Observações de segurança (Proteção contra acendimento de pó) Índice iv

5 1. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1 G Instruções de segurança de aparelho elétrico para áreas com risco de explosão de acordo com a Diretiva 94/9/EC (ATEX) e Portaria INMETRO 179/2010 Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC e Portaria INMETRO 179/2010 Grupo de equipamento II Categoria de equipamento 1 Para misturas explosivas de gases aéreos e combustíveis, vapores ou névoas Áreas de aplicação Categoria do equipamento Misturas gás-ar explosivas (G) Categoria 1 Zona 0, 1 ou 2 Categoria 2 Zona 1 ou 2 Categoria 3 Zona 2 Designação de proteção contra explosão Aparelhos elétricos com proteção contra explosão do padrão da Europa Tipo de proteção Grupo de aparelho Classe de temperatura 1

6 Observações sobre segurança (Segurança intrínseca Ex ia) Área com risco Zona 0, 1, 2 Área sem risco Sensor integrado ou remoto Fonte de energia Energia com segurança intrínseca ou Energia com Ex-barrier externo 1. Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. 2. A configuração da unidade também é permitida na área Ex usando um módulo portátil certificado. 3. Ao fazer a interconexão, as regras e regulamentações de tais circuitos de segurança intrínseca devem ser seguidas. 4. Ao fazer a conexão de dois sensores independentes, certifique-se de que os cabos de compensação potencial estão no mesmo potencial. Observações de segurança para Zona 0 As misturas umidade/ar explosivas só são permitidas ocorrer em condições atmosféricas: - 20 C Ta + 60 C 0,8 bar p 1,1 bar Programação portátil 1. Se não houver mistura explosiva presente ou se medições adicionais de acordo com EN forem confirmadas, a unidade também pode funcionar fora das condições atmosféricas de acordo com a especificação do fabricante. 2. O RTT30 deve ser instalado de modo que, mesmo no caso de incidentes raros, uma fonte de acendimento devido a impacto ou fricção entre o gabinete e ferro/aço seja excluída. 2

7 RTT30 II 1G Ex ia IIC T6/T5/T4 Fonte de energia (terminais + e -) Circuito do sensor (terminais 3 a 6) Valores de conexão máxima Faixa de temperatura com display sem display Ex ia IIC Ex ia IIB Ex ia IIA T6 T5 T4 T4 Ui 30 V dc Ii 300 ma Pi 1000 mw Ci 5 nf Li = 0 Uo 7,6 V dc Io 29,3 ma Po 55,6 mw Lo = 40 mh Lo = 150 mh Lo = 300 mh Ta = -40 C a + 55 C Ta = -40 C a + 70 C Ta = -40 C a + 70 C Ta = -40 C a + 85 C Co = 10,4 μf Co = 160 μf Co = 1000 μf RTT30 INMETRO Ex ia IIC T6/T5/T4 Fonte de energia (terminais + e -) Circuito do sensor (terminais 3 a 6) Valores de conexão máxima Faixa de temperatura com display sem display Ex ia IIC Ex ia IIB Ex ia IIA T6 T5 T4 T4 Ui 30 V dc Ii 300 ma Pi 1000 mw Ci 5 nf Li = 0 Uo 7,6 V dc Io 29,3 ma Po 55,6 mw Lo = 40 mh Lo = 150 mh Lo = 300 mh Ta = -40 C a + 55 C Ta = -40 C a + 70 C Ta = -40 C a + 70 C Ta = -40 C a + 85 C Co = 10,4 μf Co = 160 μf Co = 1000 μf 3

8 2. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1/2 GD Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Áreas de aplicação Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC Grupo de equipamento II Categoria do equipamento: Sensor Categoria 1, Categoria do alojamento 2 Para misturas explosivas de gases aéreos e combustíveis, pós, vapores ou névoas Categoria do equipamento Misturas gás-ar explosivas (G) Misturas pó-ar explosivas (D) Categoria 1 zona 0, 1 ou 2 zona 20, 21 ou 22 Categoria 2 zona 1 ou 2 zona 21 ou 22 Categoria 3 zona 2 zona 22 Designação de proteção contra explosão Aparelhos elétricos com proteção contra explosão do padrão da Europa Tipo de proteção Grupo de aparelho Classe de temperatura Temperatura máxima da superfície em temperatura máxima do ambiente 4

9 Área com risco Zona 0, 1, 2 Zona 20, 21, 22 Área com risco Zona 0, 1, 2 Zona 21, 22 Área sem risco Sensor integrado ou remoto Fonte de alimentação Energia com segurança intrínseca ou energia com Exbarrier externa Programação portátil Instruções de segurança RTT30 (Segurança intrínseca Ex ia) Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. A configuração da unidade também é permitida na área Ex usando um módulo portátil certificado. Em temperaturas ambiente maiores do que 70º C, cabos, fios ou condutores adequados para o condutor devem ser usados. Ao fazer a interconexão, as regras e regulamentações de tais circuitos de segurança intrínseca devem ser seguidas. Ao fazer a conexão de dois sensores independentes, certifique - se de que os cabos de compensação potencial estão no mesmo potencial. Instruções de segurança para Zona 0 As misturas umidade/ar explosivas só são permitidas ocorrer em condições atmosféricas: 20 C Ta ,8 bar p 1,1 bar Se não houver mistura explosiva presente ou se medições adicionais de acordo com EN forem confirmadas, a unidade também pode funcionar fora das condições atmosféricas de acordo com a especificação do fabricante. O transmissor de temperatura deve ser instalado de modo que, mesmo no caso de incidentes raros, uma fonte de acendimento devido a impacto ou fricção entre o gabinete e ferro/aço seja excluída. 5

10 Instruções de segurança (Proteção contra acendimento de pó) Essas observações devem ser seguidas apenas no caso de o tipo de instalação "proteção contra acendimento de pó" for garantida: Vede as entradas do cabo com juntas de cabo testadas (IP65). Em uma atmosfera explosiva, não abra o dispositivo quando houver fornecimento de tensão (assegure - se de que a proteção do alojamento IP65 seja mantida durante a operação). O alojamento do RTT30 deve ser conectado à linha correspondente em potencial. Em sensores de temperatura montados diretamente, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir: II 1D T110 C ou II 2D T110 C para uso em zona 20 ou zona 21. Em sensores de temperatura remotos, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir: II 1/2D T110 C ou II 2D T110 C para uso em zona 20 ou zona 21. RTT30 II1/2GD Ex ia IIC Fonte de energia (terminais + e -) Circuito do sensor (terminais 1 a 6) Valores de conexão máxima Faixa de temperatura com display sem display Ex ia IIC Ex ia IIB Ex ia IIA T6 T5 T4 T4 Ui 30 VDC Ii 300 ma Pi 1000 mw Ci 5 nf Li = 0 Uo 7,6 VDC Io 29,3 ma Po 55,6 mw Lo = 40 mh Lo = 150 mh Lo = 300 mh Ta = - 40 C C Ta = - 40 C C Ta = - 40 C C Ta = - 40 C C T6...T4 T110 C Co = 10,4 µf Co = 160 µf Co = 1000 µf 6

11 3. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1/2D Instruções de segurança para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC e Portaria INMETRO 179/2010 Grupo de equipamento II Áreas de aplicação Categoria do equipamento: Sensor Categoria 1, Categoria do alojamento 2 Para misturas explosivas de gases aéreos e combustíveis, vapores ou névoas Categoria do equipamento Categoria 1 zona 0, 1 ou 2 Categoria 2 zona 1 ou 2 Categoria 3 zona 2 Misturas gás-ar explosivas (G) Designação de proteção contra explosão Aparelhos elétricos com proteção contra explosão do padrão da Europa Tipo de proteção Grupo de aparelho Classe de temperatura 7

12 sensor remoto Fonte de energia Fonte de energia sensor integrado Instruções de segurança RTT30 (gabinete à prova de explosão Ex d) 1. Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. 2. O RTT30 deve ser conectado usando junções de cabo (prensa cabos) e entradas de fio adequadas com proteção do tipo para Gabinete estanque a pressão "d". 3. Antes do comissionamento, as tampas com extremidades rosqueadas devem ser ajustadas com firmeza e presas usando os parafusos de fixação apertados. 4. Use apenas entradas de fio aprovadas de acordo com o EN / ABNT NBR IEC , capítulo As junções de entradas não usadas devem ser fechadas de acordo com ABNT NBR IEC O sensor de temperatura deve seguir as exigências de acordo com EN ABNT NBR IEC Com sensores carregados por mola conectados diretamente, uma cavidade térmica deve ser usada. 8. Com sensores de temperatura remota, use apenas sensores aprovados com uma categoria certificada 1G ou 2G marcada maior do que II 1G Ex d IIC T6, T5 e T4 ou II 2G Ex d IIC T6, T5 e T4 para uso em zona 0 resp. zona 1. 8

13 9. Com sensores de temperatura integrados, use apenas sensores aprovados com uma categoria certificada 1G ou 2G marcada maior do que II 1/2G Ex d IIC T6, T5 e T4 ou II 2G Ex d IIC T6, T5 e T4 para uso em zona 0 resp. zona 1. 9

14 RTT30 Fonte de energia (Terminais + e - ) Faixa de temperatura T6 T5 T4 II 1/2G Ex d IIC T6/T5/T4 II 2G Ex d IIC T6/T5/T4 U 40 V dc P 3 W Ta = - 40 C a +55 C Ta = - 40 C a +70 C Ta = - 40 C a +80 C 10

15 4. RTT30, HART, ATEX/INMETRO 1/2D ou 2D Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC Grupo de equipamento II Categoria do equipamento: Categoria do sensor 1 / Categoria do alojamento 2 ou Categoria de equipamento 2 Para mistura explosiva de ar e pó combustível Proteção de entrada de alojamento de acordo com EN Temperatura máxima da superfície em temperatura máxima do ambiente Áreas de aplicação Categoria do equipamento Misturas pó-ar explosivas (D) Categoria 1 zona 20, 21 ou 22 Categoria 2 zona 21 ou 22 Categoria 3 zona 22 11

16 Área com risco de explosão Zona 21, 22 Área sem risco de explosão Fonte de energia Sensor RTD montado direta ou remotamente, com opção de dois canais Instruções de segurança para RTT30 (Proteção contra acendimento de pó) 1. Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. 2. Vede as entradas do cabo com juntas de cabo testadas (IP65). 3. O alojamento do RTT30 deve ser conectado à linha correspondente em potencial. 4. Com sensores de temperatura embutidos, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir II 1D T 110 C ou II 2D T 110 C para uso em zona 20 ou zona Com sensores de temperatura remotos, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir II 1/2D T 110 C ou II 2D T 110 C para uso em zona 20 ou zona 21. RTT30 Circuito de fonte de energia (Terminais + e - ) Faixa de temperatura II 1/2D T110 C IP66/67 II 2D T110 C IP66/67 U 40 V dc P 3 W Ta = - 40 C a +80 C 12

17 5. RTT30, Foundation Fieldbus e PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1G Instruções de segurança de aparelho elétrico para áreas com risco de explosão de acordo com a Diretiva 94/9/EC (ATEX/INMETRO) Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC Grupo de equipamento II Categoria de equipamento 1 Para misturas explosivas de gases aéreos e combustíveis, vapores ou névoas Áreas de aplicação Categoria do equipamento Categoria 1 zona 0, 1 ou 2 Categoria 2 zona 1 ou 2 Categoria 3 zona 2 Misturas gás-ar explosivas (G) Designação de proteção contra explosão Aparelhos elétricos com proteção contra explosão do padrão da Europa Tipo de proteção Grupo de aparelho Classe de temperatura 13

18 Observações sobre segurança (Segurança intrínseca Ex ia) Área com risco de explosão 0, 1, 2 Área sem risco sensor remoto por exemplo, sensor RTD, TC (aparelho simples) com opção de dois canais Fonte de alimentação Material de operação adicional certificado Não abra o dispositivo dentro de uma área com risco de explosão! Fonte de alimentação sensor integrado Material de operação adicional certificado 1. Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. 2. Ao fazer a interconexão, as regras e regulamentações de tais circuitos de segurança intrínseca devem ser seguidas. 3. Ao fazer a conexão da unidade de medição com um circuito certificado de categoria "ib" em uma área de risco IIC ou IIB, a classe de acendimento muda para: Ex ib IIC ou Ex ib IIB. 4. Ao fazer a conexão de dois sensores independentes, certifique-se de que os cabos de compensação potencial estão no mesmo potencial. Observações de segurança para zona 0 Observações de segurança para zona 0 As misturas umidade/ar explosivas só são permitidas ocorrer em condições atmosféricas: 20 C Ta +60 C 0,8 bar p 1,1 bar 1. Se não houver mistura explosiva presente ou se medições adicionais de acordo com EN forem confirmadas, a unidade também pode funcionar fora das condições atmosféricas de acordo com a especificação do fabricante. 2. O RTT30 deve ser instalado de modo que, mesmo no caso de incidentes raros, uma fonte de acendimento devido a impacto ou fricção entre o gabinete e ferro/aço seja excluída. 14

19 RTT30 FOUNDATION Protocolo FieldbusTM/PROFIBUS PA II1G Ex ia IIC T6/T5/T4 Fonte de energia (terminais + e - ) Ui 17,5 V dc Ii 500 ma Pi 5,5 W Ci 5 nf Li 10 μh ou Ui 24 V dc Ii 250 ma Pi 1,2 W Aplicável para conexão com um sistema fieldbus de acordo com o modelo FISCO/FNICO Circuito do sensor Uo 8,6 V dc (terminais 3 a 6) Io 26,9 ma Valores de conexão máx. Faixa de temperatura com display sem display Ex ia IIC Ex ia IIB Ex ia IIA T6 T5 T4 T4 Po 57,6 mw Lo = 48 mh Lo = 180 mh Lo = 380 mh Ta = - 40 C a + 55 C Ta = - 40 C a + 70 C Ta = - 40 C a + 70 C Ta = - 40 C a + 85 C Co = 6.2 μf Co = 55 μf Co = 1000 μf 15

20 6. RTT30, Foundation Fieldbus ou PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1/2G ou 2G Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC Grupo de equipamento II Categoria do equipamento: Categoria do sensor 1, Categoria do alojamento 2 ou Categoria de equipamento 2 Para misturas explosivas de gases aéreos e combustíveis, vapores ou névoas Áreas de aplicação Categoria do equipamento Categoria 1 zona 0, 1 ou 2 Categoria 2 zona 1 ou 2 Categoria 3 zona 2 Misturas gás-ar explosivas (G) Designação de proteção contra explosão Aparelhos elétricos com proteção contra explosão do padrão da Europa Tipo de proteção Grupo de aparelho Classe de temperatura 16

21 Observações de segurança para gabinete à prova de explosão Ex d Área com risco de explosão 0, 1, 2 Área sem risco de explosão sensor remoto Fonte de alimentação Fonte de alimentação sensor integrado 1. Instale o dispositivo conforme as instruções do fabricante e de acordo com as normas e regulamentações válidas. 2. O RTT30 deve ser conectado usando junções de cabo e entradas de fio adequadas com proteção do tipo para gabinete à prova de explosão "d". 3. Antes do comissionamento, as tampas com extremidades rosqueadas devem ser ajustadas com firmeza e presas usando os parafusos de fixação apertados. 4. Use apenas entradas de fio aprovadas de acordo com o EN /ABNT NBR IEC capítulo As junções de entradas não usadas devem ser fechadas de acordo com ABNT NBR IEC O sensor de temperatura deve seguir as exigências de acordo com ABNT NBR IEC Com sensores carregados por mola conectados diretamente, uma cavidade térmica deve ser usada. 8. Com sensores de temperatura remota, use apenas sensores aprovados com uma categoria certificada 1G ou 2G marcada maior do que II 1G Ex d IIC T6, T5 e T4 ou II 2G Ex d IIC T6, T5 e T4 para uso em zona 0 resp. zona 1. 17

22 9. Com sensores de temperatura integrados, use apenas sensores aprovados com uma categoria certificada 1G ou 2G marcada maior do que II 1/2G Ex d IIC T6, T5 e T4 ou II 2G Ex d IIC T6, T5 e T4 para uso em zona 0 resp. zona 1. 18

23 RTT30 FF/PA Fonte de energia (terminais + e - ) Faixa de temperatura T6 T5 T4 II 1/2G Ex d IIC T6/T5/T4 II 2G Ex d IIC T6/T5/T4 U 35 V dc P 3 W Ta = - 40 C a + 55 C Ta = - 40 C a + 70 C Ta = - 40 C a + 80 C 19

24 7. RTT30, Foundation Fieldbus e PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1/2 GD Instruções de segurança para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC Grupo de equipamento II Categoria do equipamento: Categoria do sensor 1 / Categoria do alojamento 2 Para misturas explosivas de gases aéreos e combustíveis, pós, vapores ou névoas. Áreas de aplicação Categoria do equipamento Misturas gás-ar explosivas (G) Misturas pó-ar explosivas (D) Categoria 1 zona 0, 1 ou 2 zona 20, 21 ou 22 Categoria 2 zona 1 ou 2 zona 21 ou 22 Categoria 3 zona 2 zona 22 Designação de proteção contra explosão Aparelhos elétricos com proteção contra explosão do padrão da Europa Tipo de proteção Grupo de aparelho Classe de temperatura Temperatura máxima da superfície em temperatura máxima do ambiente 20

25 Área sem risco Fonte de alimentação Aparelho elétrico associado Área de risco Zona 0, 1, 2 Zona 21, 22 RTT30 eletrônico Área de risco Zona 0, 1, 2 Zona 20, 21, 22 Processo por exemplo, sensor RTD ou TC (Aparelho simples) montados direta ou remotamente, opção com 2 canais Instruções de segurança RTT30 (Segurança intrínseca Ex ia) Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. A configuração da unidade também é permitida na área Ex usando um módulo portátil certificado. Em temperaturas ambiente maiores do que 70º C, cabos, fios ou condutores adequados para o condutor devem ser usados. Ao fazer a interconexão, as regras e regulamentações de tais circuitos de segurança intrínseca devem ser seguidas. Ao fazer a conexão de dois sensores independentes, certifique - se de que os cabos de compensação potencial estão no mesmo potencial. Instruções de segurança para ZONA 0 As misturas umidade/ar explosivas só são permitidas ocorrer em condições atmosféricas: 20 C Ta + 60 C 0,8 bar p 1,1 bar Se não houver mistura explosiva presente ou as medidas adicionais de acordo com EN forem confirmadas, a unidade também pode funcionar fora das condições atmosféricas de acordo com a especificação do fabricante. O RTT30 deve ser instalado de modo que, mesmo no caso de incidentes raros, uma fonte de acendimento devido a impacto ou fricção entre o gabinete e ferro/aço seja excluída. 21

26 Instruções de segurança (Proteção contra acendimento de pó) Essas observações devem ser seguidas apenas no caso de o tipo de instalação "proteção contra acendimento de pó" for garantida. Vede as entradas do cabo com juntas de cabo testadas (IP65). Em uma atmosfera explosiva, não abra o dispositivo quando houver fornecimento de tensão (assegure - se de que a proteção do alojamento IP65 seja mantida durante a operação). O alojamento do RTT30 deve ser conectado à linha correspondente em potencial. Com sensores de transmissor montados diretamente, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a seguinte designação II 1D T110 C ou II 2D T110 C para uso em zona20 ou zona 21. Em sensores de temperatura remotos, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir: II 1/2D T110 C ou II 2D T110 C para uso em zona 20 ou zona 21. RTT30 Protocolo FOUNDATION FieldbusTM/PROFIBUS PA II1/2GD Ex ia IIC T6...T4 T110 C Fonte de energia (terminais + e -) Ui 17,5 V dc Ii 500 ma Pi 5,5 W Ci 5 nf Li 10 μh Aplicável para conexão com um sistema fieldbus de acordo com o modelo FISCO/FNICO Circuito do sensor Uo 8,6 V dc (terminais 3 a 6) Io 26,9 ma Valores de conexão máx Faixa de temperatura com display sem display Ex ia IIC Ex ia IIB Ex ia IIA T6 T5 T4 T4 Po 57,6 mw Lo = 48 mh Lo = 180 mh Lo = 380 mh Ta = -40 C a + 55 C Ta = -40 C a + 70 C Ta = -40 C a + 70 C Ta = -40 C a + 85 C ou 24 V cc 250 ma 1,2 W Co = 6,2 μf Co = 55 μf Co = 1000 μf 22

27 8. RTT30, Foundation Fieldbus e PROFIBUS, ATEX/INMETRO II 1/2D ou 2D Para aparelhos elétricos certificados para uso em áreas com risco de explosão Designação de acordo com a Diretiva 94/9/EC e Portaria INMETRO 179/2010 Grupo de equipamento II Categoria do equipamento: Categoria do sensor 1 / Categoria do alojamento 2 ou Categoria de equipamento 2 Para mistura explosiva de ar e pó combustível Proteção de entrada de alojamento de acordo com EN Temperatura máxima da superfície em temperatura máxima do ambiente Áreas de aplicação Categoria do equipamento Misturas pó - ar explosivas (D) Categoria 1 zona 20, 21 ou 22 Categoria 2 zona 21 ou 22 Categoria 3 zona 22 23

28 Observações de segurança (Proteção contra acendimento de pó) Área com risco de explosão Zona 21, 22 Área sem risco de explosão Fonte de energia RTD, sensor TC montado direta ou remotamente, com opção de dois canais 1. Instale o dispositivo de acordo com as instruções do fabricante e com outros padrões e regulamentações válidos. 2. Vede as entradas do cabo com juntas de cabo testadas (IP65). 3. O alojamento do RTT30 deve ser conectado à linha correspondente em potencial. 4. Em temperaturas ambiente maiores do que 70º C, cabos, fios ou condutores adequados para o condutor devem ser usados. 5. Com sensores de temperatura montados diretamente, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir II 1D T110 C ou II 2D T110 C para uso em zona 20 ou zona Com sensores de temperatura remotos, use apenas sensores certificados na categoria 1D ou 2D com pelo menos a designação a seguir II 1/2D T110 C ou II 2D T110 C para uso em zona 20 ou zona 21. RTT30 Circuito de fonte de energia (Terminais + e -) Faixa de temperatura II 1/2D T110 C IP66/67 II 2D T110 C IP66/67 U 35 V dc P 3 W Ta = - 40 C a +80 C 24

29 DATAS DE EDIÇÃO MAR 2010 DEZ 2010 JAN 2014 Invensys Operations Management 5601 Granite Parkway Suite 1000 Plano, TX Estados Unidos da América Atendimento global ao cliente Dentro dos EUA: Fora dos EUA.: ou entre em contato com o representante local da Invensys. Website: Invensys, Foxboro e I/A Series são marcas registradas da Invensys plc, suas subsidiárias e afiliadas. Todos os outros nomes de marcas podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários. Copyright 2014 Invensys Systems, Inc. Todos os direitos reservados. MB

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Instruções MI 018-429 Julho de 2014 Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Informações de segurança Introdução O Conversor de sinal de corrente para

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F*****

Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F***** Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F***** NCC 13.02323 X Ex d ia IIC T6...T1 Ga/Gb 0044 Document ID: 47487 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X BR-Ex ia IIC T6 0044 38674 Índice 1 Validade 3 2 Geral 3 2.1 Instrumentos da zona 0 3 2.2 Instrumentos

Leia mais

INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA

INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA Instruções de segurança especiais po INDICADOR DO NÍVEL DO RADAR INSTRUÇÕES ESPECIAIS DE SEGURANÇA Índice Informações da Directiva Europeia ATEX para o TankRadar Pro....................... 2 Marca ATEX

Leia mais

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida

Dados técnicos. necessário. Consumo de corrente Placa de medição não abrangida 3 ma Placa de medição abrangida 0102 Designação para encomenda Características Para montagem na caixa Montagem directa em accionamentos normais Directivas europeias para máquinas cumpridas Certificado de verificação de modelos TÜV99

Leia mais

VF2. Medidor de nível tipo radar de onda guiada (TDR) de 2 fios. Informações suplementares

VF2. Medidor de nível tipo radar de onda guiada (TDR) de 2 fios. Informações suplementares VF2 Informações suplementares Medidor de nível tipo radar de onda guiada (TDR) de 2 fios Instruções Suplementares para aplicações em áreas classificadas HYCONTROL ÍNDICE DE VF2 1 Informações gerais de

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 21 Certificate issued in according

Leia mais

SITRANS LVL200H.ME****A****

SITRANS LVL200H.ME****A**** Vibrating Switches SITRANS LVL200H.ME****A**** NCC 14.03368 X Ex d IIC T6 Ga/Gb, Gb Instruções de segurança 0044 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Condições de utilização... 4

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 79 de 8 de maio de 200 Certificate issued in according

Leia mais

Manual de instruções. Botões de comando Série 44

Manual de instruções. Botões de comando Série 44 Manual de instruções Botões de comando Série 44 1- Introdução A série 44 caracteriza-se pelo seu sistema modular de pelo seu sistema modular de elementos de contatos e, pela numerosa possibilidade de configuração

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V****

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** NCC 14.02856 Ex d IIC T6 Gb (-40 C Tamb +60 C) 0044 Document ID: 47913 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion ELITE com Certificado DMT 01 ATEX E 140 X

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion ELITE com Certificado DMT 01 ATEX E 140 X Instruções de Instalação P/N MMI-20010171, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion ELITE com Certificado DMT 01 ATEX E 140 X Para instalações de sensores aprovados pela

Leia mais

Terminador de barramento de campo

Terminador de barramento de campo Terminador de barramento de campo Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Índice 1 Informações Gerais...3 1.1 Fabricante...3 1.2 Informações relativas ao manual de instruções...3 1.3

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante Fabricante: Manufacturer/Fabricante CONVERSOR DE SINAL Optiflux IFC 300 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X Instruções de Instalação P/N MMI-20010182, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X Para instalações de sensores aprovados

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Manual do utilizador Edição 02/2007

Manual do utilizador Edição 02/2007 Manual do utilizador Edição 02/2007 Transmissor de temperatura 7NG3214 con PROFIBUS PA 7NG3215 con FOUNDATION Fieldbus sitrans Introdução 1 Indicações gerais de segurança 2 SITRANS T Transmissor de temperatura

Leia mais

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F****

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** TÜV 13.0533 X Ex ia IIC T* Ga * Ver tabela de temperatura 0044 Document ID: 43431 Índice 1 Validade... 4 2 Geral... 4 2.2 Instrumento EPL-Ga... 4 2.3

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIS DIS82.MCX***** VEGADIS DIS82.MOX***** VEGADIS DIS82.MHX*****

Instruções de segurança VEGADIS DIS82.MCX***** VEGADIS DIS82.MOX***** VEGADIS DIS82.MHX***** Instruções de segurança VEGADIS DIS82.MCX***** VEGADIS DIS82.MOX***** VEGADIS DIS82.MHX***** NCC 15.0281 X Ex ia IIC T6 T1 Ga Ex ia IIC T6 T1 Gb 0044 Document ID: 51537 Índice 1 Validade... 3 2 Geral...

Leia mais

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver)

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) ALEDZnC Não centelhante e à prova de jatos potentes d água. Características Construtivas Projetor para área explosiva, com corpo e tampa fabricado

Leia mais

Capítulo II Novos requisitos de EPL para seleção e marcação de equipamentos elétricos e de instrumentação para instalação em atmosferas explosivas

Capítulo II Novos requisitos de EPL para seleção e marcação de equipamentos elétricos e de instrumentação para instalação em atmosferas explosivas 46 O Setor Elétrico / Fevereiro de 2009 Instalações elétricas e de instrumentação para áreas classificadas Capítulo II Novos requisitos de para seleção e marcação de equipamentos elétricos e de instrumentação

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 79 de 8 de maio de 200 Certificate issued in according

Leia mais

Controlador da Série 3490 da Rosemount de 4 20 ma Compatível com HART

Controlador da Série 3490 da Rosemount de 4 20 ma Compatível com HART 00825-0213-4841, Rev AA Controlador da Série 3490 da Rosemount de 4 20 ma Compatível com HART ADVERTÊNCIA Se estas instruções de instalação de segurança não forem observadas, poderão ocorrer mortes ou

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X Pagina 1/7 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av Úrsula Wiegand, 03, Iperó SP Brasil - CEP 18560-000 CNPJ: 61.128.500/0001-06

Leia mais

Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas. Alexandre M. Carneiro

Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas. Alexandre M. Carneiro Técnicas de Interfaceamento de Sinais em Áreas Classificadas Alexandre M. Carneiro Liderando aplicações Ex Experiência comprovada e de longo termo Certificação Internacional Grande variedade de produtos

Leia mais

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD***

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD*** Instruções de segurança NCC 14.03234 X Ex d ia IIC T* Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 42731 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Especificações... 5 5 Proteção contra danos causados

Leia mais

DK32 DK34. Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos. Categoria de equipamento II 2 G. Informações suplementares

DK32 DK34. Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos. Categoria de equipamento II 2 G. Informações suplementares DK32 DK34 Informações suplementares Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos Categoria de equipamento II 2 G KROHNE 07/2012 -- MA DK32 34-Ex-II2G-AD R02 INMETRO ÍNDICE DK32 DK34 1 Instruções

Leia mais

Informações suplementares

Informações suplementares H250 Informações suplementares Categoria de equipamento II 2G / II 2D, EPL Gb / Db na proteção de equipamento em caso de invólucros não centelhantes Ex-d e na proteção do equipamento contra ignição de

Leia mais

Transmissores de Pressão Série I/A Informações sobre Segurança

Transmissores de Pressão Série I/A Informações sobre Segurança Instrução Ml 020-358 Novembro 2014 Transmissores de Pressão Série I/A Informações sobre Segurança Identificação do Transmissor Uma placa de dados típica é apresentada na Figura 1. ÁREA DE MANUFATURA A

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X Pagina 1/5 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección Produto / Modelo / Marca / Código de barras: Product / Model / Trademark / Bar Code Producto / Modelo / Marca / Codigo de

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores CMF400 Micro Motion com Amplificador Auxiliar

Instruções de Instalação ATEX para Sensores CMF400 Micro Motion com Amplificador Auxiliar Instruções de Instalação P/N MMI-20010160, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores CMF400 Micro Motion com Amplificador Auxiliar Para instalações de sensores aprovados pela ATEX Nota:

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO DE ÁREA VARIÁVEL E INDICADOR DE VAZÃO H250..././M40./../.../..-Ex- e M40./../.../..-Ex..

Leia mais

Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART

Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART IP2030-PT-BR/QS, Rev AA Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART Guia de início rápido de instalação ADVERTÊNCIA Podem ocorrer mortes ou ferimentos graves se estas instruções de instalação

Leia mais

Telefone para atmosferas explosivas tipo ExResistTel IP2

Telefone para atmosferas explosivas tipo ExResistTel IP2 Extrato para o manual de instruções OCP 0007 Telefone para atmosferas explosivas tipo ExResistTel IP2 Visão externa da parte superior do telefone Normas aplicadas (extrato) ABNT NBR IEC 60079-0 ABNT NBR

Leia mais

Série de Transmissores Intrinsecamente Seguros de Umidade e Temperatura HMT360

Série de Transmissores Intrinsecamente Seguros de Umidade e Temperatura HMT360 www.vaisala.com Série de Transmissores Intrinsecamente Seguros de Umidade e Temperatura HMT360 série HMT360 é verdadeiramente flexível. Os clientes podem especificar a configuração do transmissor ao encomendar

Leia mais

Instruções de operação Sonda de nível intrinsecamente segura, modelo IL-10

Instruções de operação Sonda de nível intrinsecamente segura, modelo IL-10 Instruções de operação Sonda de nível intrinsecamente segura, modelo IL-10 Somente para os instrumentos com a marcação seguinte: BVS 10 ATEX E 126 X IECEx BVS 10.0077X EN Instruções de operação modelo

Leia mais

Instruções de instalação e ajuste

Instruções de instalação e ajuste Módulo de leitura e comunicação Namur (AMI ) Instruções de instalação e ajuste mm, mm 00, mm Orifícios de admissão de ar / NPT Alojamentos M0 marcados com M E E M S Orifícios de admissão de ar / NPT Entradas

Leia mais

Versão à prova de explosão do telefone resistente às intempéries FernTel IP. FernTel IP Z2. Manual de instruções FHF BA 9620-25 07/11

Versão à prova de explosão do telefone resistente às intempéries FernTel IP. FernTel IP Z2. Manual de instruções FHF BA 9620-25 07/11 Versão à prova de explosão do telefone resistente às intempéries FernTel IP FernTel IP Z2 Manual de instruções FHF BA 9620-25 07/11 O telefone FernTel IP Z2 é uma versão à prova de explosão do telefone

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 5 Page 1 of 5 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo de proteção: Type of protection: Marcação: Marking: 20-05-2016 PR Electronics

Leia mais

Manual de Instalação, Operação e Manutenção. Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92

Manual de Instalação, Operação e Manutenção. Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92 Chave Eletrônica de Nível LIDEC 91-92 Manual de Instalação, Operação e Manutenção INFORMAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS Este documento não pode ser reproduzido, no todo ou em parte e por quaisquer meios, sem

Leia mais

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C.

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C. 0102 Designação para encomenda Características 10 mm não nivelado forma plana Entalhe de montagem para agrupador de cabos Dados técnicos Dados gerais Função do elemento de comutação Contacto de trabalho

Leia mais

Druck UPS-III-IS. GE Sensing. Manual do usuário - KP0341. Calibrador de loop intrinsecamente seguro. Loop Calibrator. Druck UPS-III-IS.

Druck UPS-III-IS. GE Sensing. Manual do usuário - KP0341. Calibrador de loop intrinsecamente seguro. Loop Calibrator. Druck UPS-III-IS. GE Sensing Druck UPS-III-IS Calibrador de loop intrinsecamente seguro Manual do usuário - KP0341 V (24V) COM II2GExibIICT4 Druck UPS-III-IS Loop Calibrator Agentes de manutenção aprovados Para obter a

Leia mais

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO O transmissor inteligente de pressão da série PT105 II é fabricado com uma célula capacitiva de alta confiabilidade e precisão para ser

Leia mais

Segurança Intrínseca

Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca é uma das técnicas que podem ser empregadas em equipamentos elétricos que se destinam às áreas classificadas. O objetivo de todas as técnicas

Leia mais

Instruções de segurança Proline Promag 200

Instruções de segurança Proline Promag 200 XA01309D/06/PT/01.14 71253659 Products Solutions Services Instruções de segurança Proline Promag 200 INMETRO: Ex d[ia] IIC T6 T1 Segurança INMETRO DEKRA OCP 0089 Documento: XA01309D Instruções de segurança

Leia mais

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno

Os termômetros de resistência podem ser isolados de altas tensões. Todavia, na prática, o espaço de instalação disponível é frequentemente pequeno ProLine P 44000 Medições Precisas de Temperatura em Altas Tensões, até 6,6 kv Quando as temperaturas precisam ser medidas com termômetros de resistência Pt100 em ambientes sob altas tensões, os transmissores

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO ELETROMAGNÉTICO Optiflux 2000 F e Optiflux 4000 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS LTDA.

Leia mais

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem robusta para aplicações industriais e em áreas classificadas

Leia mais

Manual. Transmissor de Vibração Sísmica de 2 Fios ST5484E. 1. Visão Geral. 2. Instalação

Manual. Transmissor de Vibração Sísmica de 2 Fios ST5484E. 1. Visão Geral. 2. Instalação Manual Transmissor de Vibração Sísmica de 2 Fios ST5484E 1. Visão Geral O Transmissor de Vibração Sísmica Modelo ST5484E combina um sensor de vibrações a um condicionador de sinais num único equipamento

Leia mais

Marcação máxima. Observar as informações na placa de características. II 1/2 G. Ex d + e/d IIC Ga/Gb I M 1. Ex d + e I Ma. Certificado Conformidade

Marcação máxima. Observar as informações na placa de características. II 1/2 G. Ex d + e/d IIC Ga/Gb I M 1. Ex d + e I Ma. Certificado Conformidade s relativas às instruções Ao trabalhar em zonas com risco de explosão, a segurança de pessoas e equipamentos depende do cumprimento dos regulamentos de segurança relevantes. As pessoas que são responsáveis

Leia mais

Transmissores ultrassônicos de nível 3107 e de vazão 3108 da Rosemount

Transmissores ultrassônicos de nível 3107 e de vazão 3108 da Rosemount Folha de dados do produto Rosemount 3107 e 3108 Transmissores ultrassônicos de nível 3107 e de vazão 3108 da Rosemount Medição sem contato e sem partes móveis Fáceis e rápidos de instalar e configurar

Leia mais

Válvulas pneumáticas série 8000

Válvulas pneumáticas série 8000 Válvulas pneumáticas série 8000 10-30.3-1 Válvulas acionadas pneumaticamente com molas de fechamento potentes para operação confiável Projeto compacto com solenóide integrado, exaustor rápido e chaves

Leia mais

Transmissor de temperatura, modelo T12

Transmissor de temperatura, modelo T12 Instruções de operação Transmissor de temperatura, modelo T12 11-iEx-0015X Versão para montagem em cabeçote, modelo T12.10 Versão para montagem em trilho, modelo T12.30 Instruções de operação modelo T12

Leia mais

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V

V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Medição Elétrica de Temperatura V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Folha de dados WIKA TE 65.59 Aplicações Indústrias Químicas Aplicações com vapor super aquecido Refinarias Fornos

Leia mais

Segurança das Instalações em Atmosferas Explosivas

Segurança das Instalações em Atmosferas Explosivas Segurança das Instalações em Atmosferas Explosivas Roberval Bulgarelli Petrobras Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão Coordenador do Subcomitê SC-31 do Cobei 2 Temas abordados neste Minicurso Ex 1.

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 6 Page 1 of 6 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo de proteção: Type of protection: Marcação: Marking: 02-07-2017 VEGA Americas,

Leia mais

Instrução. E69P - Posicionador de Válvulas de Corrente para Pneumático

Instrução. E69P - Posicionador de Válvulas de Corrente para Pneumático Instrução MI 08-440 Setembro de 204 E69P - Posicionador de Válvulas de Corrente para Pneumático! PERIGO Esse posicionador de válvulas pode ter certificação de agência para a instalação em locais perigosos

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Finalidade desta documentação. 1.2 Observações sobre a garantia. 1.3 Utilização prevista. 1.4 Campo de aplicação

1 Introdução. 1.1 Finalidade desta documentação. 1.2 Observações sobre a garantia. 1.3 Utilização prevista. 1.4 Campo de aplicação Análise de gases contínua Dispositivos de campo da série 6 Instruções de Serviço resumidas para dispositivos de campo da série 6 Instruções de funcionamento compactas 1 Introdução 1.1 Finalidade desta

Leia mais

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial Identifica a pressão diferencial requerida para atuar em filtros com pó Boa interferência de imunidade tal como na Diretiva EMC Usando operação dot matrix

Leia mais

SEGURANÇA AUMENTADA IP65W BLOCO AUTÔNOMO DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA. Central de Relacionamento : (11) 2894-6470 www.brasdistribuidora.com.

SEGURANÇA AUMENTADA IP65W BLOCO AUTÔNOMO DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA. Central de Relacionamento : (11) 2894-6470 www.brasdistribuidora.com. BLOCO AUTÔNOMO DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA Bloco de Iluminação de Emergência Ex d a prova de explosão e td proteção por involucro, Zonas 1 ou 2, 21 ou 22, Grupos IIA/IIB/IIC, IIIA/IIIB/IIIC. Tipo de Proteção

Leia mais

Módulo de entrada termopar/rtd FLEX Ex

Módulo de entrada termopar/rtd FLEX Ex Instruções de instalação Módulo de entrada termopar/rtd FLEX Ex Códigos de catálogo 1797-IRT8 Índice Para obter informações sobre Consulte a página Informações importantes para o usuário 2 Instalação do

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion D e DL

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion D e DL Instruções de Instalação P/N MMI-20010147, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion D e DL Para instalações de sensores aprovados pela ATEX Nota: Para instalações perigosas

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções SE 630 (X) MS MEMO SENS Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos www.knick.de Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos SE 630 Memosens Não deixe de ler e seguir as

Leia mais

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Instruções de Operação Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Conteúdo Instruções de segurança... pág. 03 Função e características... pág. 04 Montagem... pág. 04 Conexão elétrica... pág. 05

Leia mais

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.CI***H****

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.CI***H**** Instruções de segurança VEGACAL CL6*.CI***H**** NCC 14.03232 X Ex ia IIC T* Ga, Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 42729 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Especificações... 5 5 Proteção

Leia mais

O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas

O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas Roberval Bulgarelli Petrobras Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão Coordenador do Subcomitê SC-31 do Cobei Bulgarelli

Leia mais

Manual Técnico. Transmissores Radar. EMx40

Manual Técnico. Transmissores Radar. EMx40 Radar EMx40 Manual Técnico INFORMAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS Este documento não pode ser reproduzido, no todo ou em parte e por quaisquer meios, sem a autorização prévia da HONEYWELL MARINE TRANSMISSORES

Leia mais

Atmosferas Explosivas. Segurança e confiabilidade

Atmosferas Explosivas. Segurança e confiabilidade Atmosferas Explosivas Segurança e confiabilidade Atmosferas Explosivas Quando o assunto é área de risco o uso de produtos apropriados e a manutenção adequada são exigências obrigatórias para atender normas

Leia mais

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104 UMG 104 UMG 104-Mais do que um ples Multímetro O UMG 104 equipado com um DSP de 500 MHz (processador de sinal digital) é um analisador de tensão muito rápido e potente. A varredura contínua dos 8 canais

Leia mais

ALARME SandSET 101 (Dispositivo de alarme de níveis de lamas e de gorduras) ESQUEMA DE MONTAGEM

ALARME SandSET 101 (Dispositivo de alarme de níveis de lamas e de gorduras) ESQUEMA DE MONTAGEM Art. 701869 ALARME SANSET 101 ALARME SandSET 101 (Dispositivo de alarme de níveis de lamas e de gorduras) ESQUEMA DE MONTAGEM Versão 02_Set.08 1 Art. 701869 SandSET 101 Dispositivo de alarme ACO Passavant,

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

PROTECT SRB Módulos de segurança com circuitos de supervisão de Segurança Intrínseca Ex i L-proteção para as zonas ATEX 1, 2, 21 e 22

PROTECT SRB Módulos de segurança com circuitos de supervisão de Segurança Intrínseca Ex i L-proteção para as zonas ATEX 1, 2, 21 e 22 PROTECT SRB Módulos de segurança com circuitos de supervisão de Segurança Intrínseca Ex i L-proteção para as zonas ATEX 1, 2, 21 e 22 Safe solutions for your industry PROTECT SRB Módulos de segurança com

Leia mais

Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*D****(*)* NCC Ex d [ia Ma] I Mb

Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*D****(*)* NCC Ex d [ia Ma] I Mb Instruções de segurança POINTRAC PT31.TX*D****(*)* NCC 11.0389 Ex d [ia Ma] I Mb 0044 43791 Índice 1 Validade................................................. 3 2 Geral...................................................

Leia mais

Requisitos de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de instalações e sistemas envolvendo equipamentos intrinsecamente seguros

Requisitos de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de instalações e sistemas envolvendo equipamentos intrinsecamente seguros Requisitos de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de instalações e sistemas envolvendo equipamentos intrinsecamente seguros Roberval Bulgarelli Consultor Técnico PETROBRAS Coordenador do

Leia mais

Acessórios para Medição de Tanques Rosemount

Acessórios para Medição de Tanques Rosemount Folha de dados do produto Março de 2014 00813-0122-5101, Rev AA Acessórios para Medição de Tanques Rosemount para sistemas de medição de tanques Acessórios para o sistema de medição para tanques Rosemount,

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 6 Page 1 of 6 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo de proteção: Type of protection: Marcação: Marking: 13-04-2018 VEGA Americas

Leia mais

DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br

DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO www.decibel.com.br ATENÇÃO É de fundamental importância a leitura completa deste manual antes de ser iniciada qualquer atividade

Leia mais

Rosemount Série 3490 Unidade de controle universal

Rosemount Série 3490 Unidade de controle universal Unidade de controle universal Alimentação intrinsecamente segura para o transmissor Entrada de 4-20 ma HART Saída isolada de 4-20 ma Cinco relés de controle Display multifuncional com iluminação de fundo

Leia mais

Caixa de controle e distribuição

Caixa de controle e distribuição Caixa de controle e distribuição Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 1.1 Fabricante...2 1.2 Informações relativas ao manual de

Leia mais

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule Sinalizador óptico à prova de explosão em Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 1.1 Fabricante...2 1.2 Informações relativas ao manual

Leia mais

Controlador eletropneumático para medição de ph e limpeza totalmente automatizadas

Controlador eletropneumático para medição de ph e limpeza totalmente automatizadas Sistemas de Controle Quím. Energia Farm. Alim. Água Uniclean 9 Controlador eletropneumático para medição de ph e limpeza totalmente automatizadas Aço inoxidável polido para aplicações nas indústrias alimentícia

Leia mais

110,5 x 22,5 x 114 (term. mola)

110,5 x 22,5 x 114 (term. mola) Supervisão de parada de emergência e monitoramento de portas Supervisão de sensores de segurança magnéticos codificados Entrada para 1 ou 2 canais Categoria de Segurança até 4 conforme EN 954-1 Para aplicações

Leia mais

DVD Sense. Eng o Ricardo Rossit

DVD Sense. Eng o Ricardo Rossit Curso de Segurança Intrínseca DVD Sense Curso de Segurança Intrínseca Experiencia em Atmosferas Explosivas: Coordenador CE COBEI Norma Exi Membro COBEI Norma Instalação Ex Coordenador ABINEE Fabricantes

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções SE 604 (X) MS MEMO SENS Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos www.knick.de Instruções de Uso Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos Memosens SE 604 (X) MEMO SENS Leia e siga as seguintes

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

Transmissor digital de temperatura com protocolo HART Modelo T32.1S, versão para montagem em cabeçote Modelo T32.3S, versão para montagem em trilho

Transmissor digital de temperatura com protocolo HART Modelo T32.1S, versão para montagem em cabeçote Modelo T32.3S, versão para montagem em trilho Medição elétrica de temperatura Transmissor digital de temperatura com protocolo HART Modelo T32.1S, versão para montagem em cabeçote Modelo T32.3S, versão para montagem em trilho WIKA folha de dados TE

Leia mais

Instruções de operação E-10, E-11. Transmissor de pressão

Instruções de operação E-10, E-11. Transmissor de pressão Instruções de operação E-10, E-11 Transmissor de pressão WIKA DO BRASIL Indústria e Comércio Ltda. Av. Ursula Wiegand, 03 Polígono Industrial 18560-000 Iperó - SP / Brasil Tel. +49 9372 132-0 Fax +55 15

Leia mais

DECIBEL. Indústria e Comércio LTDA SENSOR LASER PARA DOBRADEIRA D 171 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br

DECIBEL. Indústria e Comércio LTDA SENSOR LASER PARA DOBRADEIRA D 171 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br DECIBEL Indústria e Comércio LTDA SENSOR LASER PARA DOBRADEIRA D 171 MANUAL DO USUÁRIO www.decibel.com.br ATENÇÃO É de fundamental importância a leitura completa deste manual, antes de ser iniciada qualquer

Leia mais

Fontes de Alimentação Repetidoras. IsoAmp PWR A 20100

Fontes de Alimentação Repetidoras. IsoAmp PWR A 20100 Fontes de Alimentação Repetidoras Fonte de alimentação repetidora em alojamento de 6 mm com chaveamento calibrado dos sinais de saída, transmissão HART e separação protetora. A Tarefa Alimentação flexível

Leia mais

MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO

MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO 2015 MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO Passo 1: O primeiro passo é determinar qual versão do Sensor de Ângulo foi incluído no seu kit. Existe uma versão Direita

Leia mais

Controlador compatível Rosemount Série ma + HART

Controlador compatível Rosemount Série ma + HART 00825-0222-4841, Rev AA Controlador compatível Rosemount Série 3490 4 20 ma + HART ADVERTÊNCIA Podem ocorrer mortes ou ferimentos graves se estas instruções de instalação segura não forem observadas A

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM ATMOSFERAS EXPLOSIVAS. Vitor Sued Mantecon

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM ATMOSFERAS EXPLOSIVAS. Vitor Sued Mantecon INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM ATMOSFERAS EXPLOSIVAS Vitor Sued Mantecon Resumo Este trabalho apresenta alguns aspectos que devem ser observados na instalação de equipamentos elétricos em locais onde existe

Leia mais

Modelo 775 da Micro Motion

Modelo 775 da Micro Motion Suplemento às Ligações P/N MMI-20016036, Rev. AA Setembro 2009 Modelo 775 da Micro Motion Adaptador Inteligent THUM de Montagem Integral Sem Fios Conteúdo Visão geral do Adaptador THUM..................................

Leia mais

Rosemount Série 3100 Transmissores de nível ultrassônicos

Rosemount Série 3100 Transmissores de nível ultrassônicos Transmissores de nível ultrassônicos Medição sem contato e sem partes móveis LCD integrado e botões como padrão para programação no local Medição contínua de nível ou distância até a superfície Cálculos

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0009X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0009X Pagina 1/6 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av. Ursula Wiegand, 03 18560-000 - Iperó - SP - Brasil 61.128.500/0001-06 Produto

Leia mais

Solenoid Instruções para instalação e funcionamento Declaração de Conformidade da CE

Solenoid Instruções para instalação e funcionamento Declaração de Conformidade da CE Deutsch Solenoid Instruções para instalação e funcionamento Declaração de Conformidade da CE Tipo: MKY45/18x60-..-L../IM Wandfluh AG Frutigen 2014 Wandfluh AG E-mail: sales@wandfluh.com Página 1/12 Vista

Leia mais

Posicionadores 3582 e 3582i, Conversor Electropneumático 582i e Transmissor de Posição da Haste da Válvula 3583 da Fisher

Posicionadores 3582 e 3582i, Conversor Electropneumático 582i e Transmissor de Posição da Haste da Válvula 3583 da Fisher Manual de Instruções 358, 58i, e 3583 Posicionadores 358 e 358i, Conversor Electropneumático 58i e Transmissor de Posição da Haste da Válvula 3583 da Fisher Conteúdo Introdução... Âmbito do Manual... Descrição...

Leia mais

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039 Manual de instruções Luminária LED série > Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 2 Explicação dos símbolos...3 3 Instruções gerais de segurança...3 4 Utilização prevista...4 5 Dados técnicos...4

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES E INSTALAÇÃO TERMINADOR FIELDBUS AGO / 12 BT302 B T 3 0 2 M P FOUNDATION

MANUAL DE INSTRUÇÕES E INSTALAÇÃO TERMINADOR FIELDBUS AGO / 12 BT302 B T 3 0 2 M P FOUNDATION BT302 MANUAL DE INSTRUÇÕES E INSTALAÇÃO TERMINADOR FIELDBUS AGO / 12 BT302 TM FOUNDATION B T 3 0 2 M P smar www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta.

Leia mais