V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V"

Transcrição

1 Medição Elétrica de Temperatura V-PAD Termopares para superfície de tubos Modelo TC59-V Folha de dados WIKA TE Aplicações Indústrias Químicas Aplicações com vapor super aquecido Refinarias Fornos de aquecimento e caldeiras de alto desempenho Trocadores de calor Características Especiais Faixa de aplicação de C Cabo de isolação mineral Alta resistência mecânica, resistente a choques V-PAD Termopares para superfície de tubos, Modelo TC59-V Descrição O V-PAD, modelo patenteado WIKA, permite que a temperatura da superfície de um tubo dentro de um forno de combustão seja medida com precisão. O nome V-PAD deriva do formato do sensor. Tem formato de V e permite realizar uma conexão soldada entre o sensor e o tubo. No V-PAD, a parte flexível do sensor é um cabo de isolação mineral. Consiste de um revestimento externo de metal, que contém os condutores internos isolados e comprimidos dentro de uma composição cerâmica de alta densidade. Os condutores internos são compostos do mesmo material do termopar. O material do revestimento externo pode ser selecionado para atender a aplicação. A extremidade do condutor forma a plataforma da conexão elétrica. Cabos, conectores de encaixe ou soquetes de conectores podem ser conectados aos mesmos. Estrutura do sensor O termopar para superfície de tubos é fornecido com pontos de medição não isolados (aterrados). Somente desta maneira é possível garantir que o ponto de medição sensível a temperatura esteja posicionado o mais próximo possível da superfície tubular. Soldando-se o V-PAD, o ponto de medição, é, portanto parte da superfície tubular e proporciona os mais precisos resultados na medição. Em uma extremidade do cabo de isolação mineral, os condutores internos são soldados juntos. Nas versões com pontos de medição não isolados (aterrados), o revestimento é soldado ao termopar. Na outra extremidade do cabo de isolação mineral, as terminações dos condutores são conectadas e o cabo de isolação mineral é hermeticamente selado usando-se um composto selador. Folha de dados WIKA TE /2010 Página 1 de 6 Part of your Business

2 Sensor Tipo K (NiCr-Ni) 1200 C N (NiCrSi-NiSi) 1200 C Temperatura máxima recomendada Limite de erro do sensor Uma junção fria de temperatura 0 C é tomada como base para definição do limite de erro dos termopares. Ao utilizar um cabo compensado ou um cabo termopar, um erro adicional de medição precisa ser considerado. Tipo K Classe Faixa de temperatura Limite de erro DIN EN parte C C ± 1,5 C C C ± [ t ] 1) 2-40 C C ± 2,5 C C C ± [ t ] 1) ISA (ANSI) MC Padrão 0 C C ± 2,2 C ou 2) ± 0,75% Especial 0 C C ± 1,1 C ou 2) ± 0,4% Tipo N Classe Faixa de temperatura Erro limitante DIN EN parte C C ± 1,5 C C C ± 0,0040 [ t ] 1) 2-40 C C ± 2,5 C C C ± 0,0075 [ t ] 1) 1) [ t ] é o valor da temperatura em C sem consideração do sinal 2) Considerar o que for maior Limite de erros em algumas temperaturas selecionadas para termopares tipo K e tipo N Temperatura Limite de erro por DIN EN Parte 2 (ITS 90) Classe 1 Classe 2 C C C 0 ± 1,5 ± 2, ± 1,5 ± 2, ± 1,5 ± 2, ± 1,5 ± 2, ± 1,6 ± 3, ± 2,0 ± 3, ± 2,4 ± 4, ± 2,8 ± 5, ± 3,2 ± 6, ± 3,6 ± 6, ± 4,0 ± 7, ± 8, ± 9,00 Outros termopares sob solicitação Estrutura mecânica Embora seja uma estrutura especial, o sensor V-PAD oferece uma alta precisão e uma característica de resposta rápida. A precisão na medição pode ser posteriormente aumentada por um painel isolado adicional. Cabo revestido O cabo de isolação mineral é flexível. O raio mínimo de dobra é cinco vezes o diâmetro do revestimento. Diâmetro do revestimento 6,0 mm 8,0 mm Outros diâmetros de revestimento sob solicitação É recomendado que seja utilizado um cabo de isolação mineral o mais grosso possível já que terá melhores características mecânicas e elétricas. Materiais de revestimento do V-PAD Ni-alloy (Inconel 600) - até 1200 C (ar) - material padrão para aplicações que requeiram propriedades específicas de resistência a corrosão sob exposição a altas temperaturas, resistentes à corrosão sob tensão induzida rachaduras e corrosão em meios contendo cloro - altamente resistente aos halogênios, cloro, cloreto de hidrogênio - aplicações problemáticas em combustíveis sulfurosos Aços - até 850 C (ar) - boa resistência a corrosão com meio agressivo bem como vapor e gases combustíveis em meio químico Resistência V-PAD & em ambiente Temperatura Material da haste sulfuroso máxima (Hasteloy X ) média 1150 C (Inconel 600 ) baixa 1150 C (310 SS) média 1150 C (446 SS) alta 1150 C Pyrosil D alta 1200 C Haynes HR 160 muito alta 1250 C (316 SS) média 850 C Outros materiais de haste sob solicitação Página 2 de 6 Folha de dados WIKA TE /2010

3 Design e conexão elétrica Dependendo de suas conexões elétricas, os termopares V-PAD são divididos nos seguintes designs: Design com cabeçote Design com conexão ajustável ao cabo de isolação mineral Design com conexão ajustável ao cabo de isolação mineral com cabo de extensão Design com cabeçote V-PAD com cabeçote, pescoço e cabo de isolação mineral A selagem do processo ocorre no interior do pescoço Cabeçotes Modelo Material Entrada do cabo Proteção de ingresso Capa Acabamento da superfície BS Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa com 2 parafusos azul, pintado BSZ Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com parafuso azul, pintado BSZ-K Plástico M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com parafuso plástico BSZ-H Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com parafuso azul, pintado BSZ-HK Plástico M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com parafuso plástico BSS Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com presilha azul, pintado BSS-H Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com presilha azul, pintado 1000 Alumínio ½ NPT IP 65 Tampa rosqueada azul, pintado 1000 Aço Inox ½ NPT IP 65 Tampa rosqueada sem pintura 8000 Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa rosqueada azul, pintado 8000 Aço Inox ½ NPT IP 65 Tampa rosqueada sem pintura DIH /6000 DIH10/ BSZ-H Alumínio 3 x M20 x 1,5 IP 65 Tampa rosqueada com visor e indicador LCD DIH50 Alumínio M20 x 1,5 IP 65 Tampa dobrável com parafuso e indicador LED DIH10 1) Outros padrões sob solicitação 2) RAL5022, pintura poliéster epóxi a prova de água saina azul, pintado azul, pintado Conexão elétrica Termopar simples O código de cores no pólo positivo dos dispositivos sempre define a correlação da polaridade e o terminal de conexão Folha de dados WIKA TE /2010 Página 3 de 6

4 Transmissor (opcional) Um transmissor pode ser montado diretamente no cabeçote. Portanto, são possíveis as seguintes variações de instalação: Cabeçote Modelo do transmissor T12 T32 T53 BS - - BSZ/BSZ-K BSZ-H/BSZ-HK BSS BSS-H 1000/ /8000 DIH / DIH10 - Montado no lugar do bloco de ligação Montado dentro preso na tampa do cabeçote - Não é possível montagem Modelo Descrição Intrinsecamente Seguro Folha de dados T12 Transmissor digital, configurável via PC opcional TE 12.3 T32 Transmissor digital, protocolo HART opcional TE TE T53 Transmissor digital, FOUNDATION Fieldbus e PROFIBUS PA opcional TE Cabeçote com indicador digital (opcional) DIH50 Como uma alternativa opcional ao cabeçote padrão, o sensor poderá ser equipado com o Indicador digital DIH50. Para operações a mA o transmissor é necessário, que é montado dentro da caixa. Ao usar um transmissor HART, por exemplo, modelo T32, o range de medição e o range de indicação do transmissor e do indicador podem ser configurados conjuntamente. DIH50-F A DIH50-F pode ser usado fixação na parede. Portanto possível adaptar um indicador digital a estruturas sem a cabeçote, onde a montagem do mesmo é remota. Para operações a mA o transmissor é necessário, que é montado dentro da caixa. Ao usar um transmissor HART, por exemplo, modelo T32, o range de medição e o range de indicação do transmissor e do indicador podem ser configurados conjuntamente. Para o DIH50-F está disponível um conjunto de montagem em tubo Fig. Cabeçote com indicador digital, Modelo DIH50 Fig. Cabeçote para ambiente externo com indicador digital, Modelo DIH50 DIH10 Como uma alternativa opcional ao cabeçote padrão, o sensor poderá ser equipado com o indicador digital DIH10. O cabeçote usado neste caso é similar ao cabeçote modelo BSZ-H. Para operações a ma é necessário o transmissor, que é montado no inserto de medição. O range da escala do indicador é configurado manualmente da mesma forma que o range de medição do transmissor. Fig. Cabeçote com indicador digital, Modelo DIH10 Página 4 de 6 Folha de dados WIKA TE /2010

5 Design com conexão ajustável ao cabo de isolação mineral Este design com saída à cabo é destinado a instalações com compartimento acessível. A haste flexível é estendida do compartimento e levada até o ponto de medição. Comprimento do cabo de 100mm, outros comprimento sob solicitação Cabo térmico com Ø de 0,22mm Cabo tipo compensado dependendo do tipo de sensor, isolado com PTFE A selagem do processo é feita na conexão ajustável pela anilha de vedação. Pode ser fornecido em todos os tipos de roscas (por exemplo, G ½, ½ NPT, ¾ NPT). Design com conexão ajustável ao cabo de isolação mineral com cabo de extensão Comprimento do cabo conforme especificação do cliente Cabo compensado, condutores de 0,22 mm², cabo tipo compensado dependendo do tipo de sensor Numero de condutores depende do numero de sensores, condutores com extremidade exposta Isolação (material / máxima temperatura ambiente): - PVC 105 C - Silicone 200 C - PTFE 250 C - Fibra de vidro 400 C Outras versões sob solicitação A selagem do processo é feita na conexão ajustável pela anilha de vedação. Pode ser fornecido em todos os tipos de roscas (por exemplo, G ½, ½ NPT, ¾ NPT). Folha de dados WIKA TE /2010 Página 5 de 6

6 Proteção térmica (opcional) Em contraste com a maioria das outras medições de superfície, com aplicações em plantas de combustão a temperatura no exterior do tubo é maior que no interior do mesmo. O calor é gerado na maioria das vezes por uma chama aberta e, portanto, altas velocidades de gás e uma alta densidade de radiação térmica prevalecem. Uma vez que os sensores V-PAD sobressaem da superfície do tubo, ele é aquecido mais intensamente que o próprio tubo, devido tanto a radiação como a convecção. Isto pode levar a um erro de medição positiva, isto é, a medição apresenta uma temperatura muito elevada. Para reduzir esta distorção, que é dependente das condições de operação, V-PAD pode ser fornecido com uma proteção térmica adicional. No entanto, a proteção precisa ser estruturadada, em termos de material e de formato, de modo a adaptar-se precisamente ao tubo sob medição. Isto significa que o diâmetro externo do tubo PRECISA ser informado. Instalação É recomendado que o cabo de isolação mineral seja colocado na sombra da radiação para medição. Para fixar o cabo, você pode solicitar grampos de fixação que, preferencialmente devem ser fabricados com o mesmo material que o tubo. Para compensar a expansão térmica, o cabo MI deve ser posicionado em um ou vários círculos. Por solicitação do cliente, o cabo de isolação mineral pode ser curvado previamente preparando-o para a instalação. presilha de montagem Proteção contra explosão Uma montagem intrinsecamente segura do sensor do V- PAD é tecnicamente possível, mas não é recomendada. A inspeção final de um termopar intrinsecamente seguro demanda um teste de isolação elétrica de 500 V. Um termopar aterrado não pode passar neste teste. Para um termopar isolado, o ponto de medição não seria mais na superfície do tubo, mas a alguns milímetros de distância do mesmo. Isto causaria um considerável erro de medição. Na maioria dos casos, uma versão em conformidade com ATEX não faria sentido já que este é normalmente operado em plantas de combustão e ATEX não é definido para classes de temperatura maiores que T1 (450 C) Presilha para montagem Cabo de isolação Código de Material mineral Ø estoque Ø mm Inconel 600 Ø 10 mm Inconel 600 Modificações podem ocorrer e os materiais especificados podem ser substituídos por outros sem aviso prévio. As especificações e dimensões mencionadas nesse folheto representam o estado da técnica na ocasião da sua impressão Página 6 de 6 Folha de dados WIKA TE / /2010 _P WIKADO BRASIL Indústria e Comércio Ltda. Av. Úrsula Wiegand, 03 Polígono Industrial Iperó - SP

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B

TC501 componentes. Cabeçote de conexão tipo B TE 65.30 Termopares Modelo reto com inserto de medição substituível Medição Eletrônica de Temperatura para medição de gás de combustão Modelo TC 501 Aplicações - altos fornos, aquecedores de ar - processos

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Termopares TE 65.10. com poço Modelo TC 200. Medição Eletrônica de Temperatura

Termopares TE 65.10. com poço Modelo TC 200. Medição Eletrônica de Temperatura TE 65.10 Termopares com poço Modelo TC 200 Medição Eletrônica de Temperatura Serviços planejados - Construção de máquinas, plantas e tanques - Geração de energia - Indústria química - Indústria alimentícia

Leia mais

Medição de Pressão e Temperatura V-Pad

Medição de Pressão e Temperatura V-Pad Medição de Temperatura em superfície de tubo WIKA Aplicações Refinarias (Petroquímicas) - Fornos - Parede de reatores - Reformadores (etileno) Geração de energia - Caldeiras Papel e celulose - Caldeiras

Leia mais

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição

Medição de vazão. Aplicações. Características especiais. Descrição Medição de vazão Bocal de vazão para instalação interna na tubulação, modelo FLC-FN-PIP Bocal de vazão para montagem entre flanges, modelo FLC-FN-FLN WIKA folha de dados FL 10.03 Aplicações Geração de

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 Selo diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 WIKA Folha técnica DS 99.27 Outras aprovações veja página 3 Aplicações Indústria de processos químicos

Leia mais

TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho

TERMORESISTÊNCIA. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho. pote. resina. rabicho. solda do. rabicho TERMORESISTÊNCIA GRÁFICO DEMONSTRATIVO DOS DESVIOS NAS TERMORESISTÊNCIAS CLASSES A e B TOLERÂNCIA ºC,,,0,,,,,0,,,,,0 0, 0, 0, 0, TERMORESISTÊNCIA CLASSE B TERMORESISTÊNCIA CLASSE A -00-00 0,0 00 00 00

Leia mais

Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado

Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado Medição eletrônica de pressão Transmissor de pressão para aplicações de refrigeração e ar-condicionado Modelo R-1, com sensor metálico thin-film hermeticamente soldado WIKA folha de dados PE 81.45 Aplicações

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada WIKA folha de dados DS 99.40 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

Termopares Convencionais I

Termopares Convencionais I Termopares Convencionais I Introdução Definimos Termopares como sensores de medição de temperatura que são constituídos por dois condutores metálicos e distintos, puros ou homogêneos. Em uma de suas extremidades

Leia mais

Termopar para superfície de tubos Modelo TC59-W

Termopar para superfície de tubos Modelo TC59-W Medição elétrica de temperatura Termopar para superfície de tubos Modelo TC59-W WIKA folha de dados TE 65.58 outras aprovações veja página 7 WELD-PAD Aplicações Indústria química Geração de energia Refinarias

Leia mais

Termômetro bimetálico Modelo 55, série em aço inoxidável

Termômetro bimetálico Modelo 55, série em aço inoxidável Medição mecânica de temperatura Termômetro bimetálico Modelo 55, série em aço inoxidável WIKA folha de dados TM 55.01 outras aprovações veja página 7 Aplicações Instrumentação geral de s nas indústrias

Leia mais

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS METÁLICOS São feitos em metal (normalmente aço inox), fechado em uma das extremidades através de solda ou caldeamento, e, quase sempre rosqueado na outra parte e fixo ao. TUBOS CERÂMICOS São muito

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1

Sensores de temperatura e acessórios (português) Volume 1 RTDs e termopares em modelos de sensores de elementos simples e duplos Poços termométricos em uma ampla gama de materiais e conexões de processo Recursos de calibração para aumentar a precisão de medições

Leia mais

Termopar Modelo TC10-H sem poço de proteção

Termopar Modelo TC10-H sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termopar Modelo TC10-H sem poço de proteção Folha de dados WIKA TE 65.08 outras aprovações veja página 7 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante de máquinas

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F*****

Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F***** Instruções de segurança VEGADIF DF65.D******- Z/H/P/F***** NCC 13.02323 X Ex d ia IIC T6...T1 Ga/Gb 0044 Document ID: 47487 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

bainha pote fio do termoelétrico solda do rabicho CARACTERÍSTICAS

bainha pote fio do termoelétrico solda do rabicho CARACTERÍSTICAS junta de medida bainha pote resina plug de fechamento isolação mineral fio do termoelétrico solda do rabicho rabicho TIPOS DE TERMOPARES: São: T, J, K, E, N na versão simples, duplo ou triplo isolados

Leia mais

PROJETOS EM INSTRUMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO INSTRUMENTAÇÃO - TEMPERATURA

PROJETOS EM INSTRUMENTAÇÃO E AUTOMAÇÃO INSTRUMENTAÇÃO - TEMPERATURA MÉTODO DE MEDIÇÃO Podemos dividir os medidores de temperatura em dois grandes grupos, conforme a tabela abaixo: 1º grupo (contato direto) Termômetro à dilatação de líquidos de sólido Termômetro à pressão

Leia mais

Manual de Instruções. Poços de Proteção. Exemplos

Manual de Instruções. Poços de Proteção. Exemplos Manual de Instruções oços de roteção Exemplos Manual de Instruções de oços de roteção ágina 3-11 2 Índice Índice 1. Instruções de segurança 4 2. Descrição 4 3. Condições de instalação e instalação 5 4.

Leia mais

V Á L V U L A S SÉRIE 2700

V Á L V U L A S SÉRIE 2700 V Á L V U L A S SÉRIE 2700 Válvulas de agulha compactas de alta confiabilidade e versatilidade para controle de processos e uso geral na indústria. As modernas válvulas de agulha Série 2700 da Detroit

Leia mais

ST90 / ST90A PT10. Transmissor e Sensor de Temperatura

ST90 / ST90A PT10. Transmissor e Sensor de Temperatura ST90 / ST90A PT0 Transmissor e Sensor de Temperatura ST90A PT0 Características Descrição Transmisssor de Temperatura - Ideal para diversos ambientes Industriais e aplicações sanitárias. - Cabeçote em Nylon

Leia mais

MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES

MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES MEDIÇÃO, INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE Eficiência e Tecnologia no fornecimento de Medição, Instrumentação e Controle. SENSORES DE TEMPERATURA TERMOPARES - TERMORRESSISTÊNCIA PT 100 - TRANSMISSORES GRÁFICO

Leia mais

SITRANS LVL200H.ME****A****

SITRANS LVL200H.ME****A**** Vibrating Switches SITRANS LVL200H.ME****A**** NCC 14.03368 X Ex d IIC T6 Ga/Gb, Gb Instruções de segurança 0044 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Condições de utilização... 4

Leia mais

Termômetro por infravermelho

Termômetro por infravermelho Termômetro por infravermelho testo 835 Rápido, preciso instrumento de medição com infravermelho para comércio e industria Mede de forma precisa e segura, mesmo temperaturas muito elevadas 4 pontos a laiser

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line - PPL - é um novo sistema de tubulação de encaixe rápido projetado para todo tipo de planta de ar comprimido, bem como para outros fluidos, gases

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Modelo RTT30 Transmissor de temperatura I/A Series com protocolo Fieldbus HART ou FOUNDATION Informações sobre segurança Índice 1. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1 G...

Leia mais

Sensor de temperatura sem rosca

Sensor de temperatura sem rosca SENSORS FOR FOOD AND BIOPHARMA. Informação sobre o produto TFP-49, -69, -169, -189, -06 FOOD Sensor de temperatura sem rosca Aplicação / Uso destinado Instalação em tubos e recipientes de paredes finas

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

CHAVES DE NÍVEL. Montagem de Topo

CHAVES DE NÍVEL. Montagem de Topo CHAVES DE NÍVEL Montagem de Topo A CONAUT, desde 1965 no mercado nacional, é hoje uma marca conhecida e respeitada no ramo de automação e instrumentação, atuando em todos os ramos da indústria. Além de

Leia mais

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver)

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) ALEDZnC Não centelhante e à prova de jatos potentes d água. Características Construtivas Projetor para área explosiva, com corpo e tampa fabricado

Leia mais

Ø a. em versão básica

Ø a. em versão básica construção concêntrica, de efeito bilateral Versão com um ou dois sensores de temperatura Ø a c Medida de desmontagem para manutenção (sensor de temperatura) A versão padrão pode ser usada até uma temperatura

Leia mais

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X

Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X Instruções de segurança VEGAFLEX FX61/62/65/66/67.CI****H**** VEGAFLEX FX63.CI***H**** AEX-12064-X BR-Ex ia IIC T6 0044 38674 Índice 1 Validade 3 2 Geral 3 2.1 Instrumentos da zona 0 3 2.2 Instrumentos

Leia mais

nano 1 2 a luz sustentável

nano 1 2 a luz sustentável nano 1 2 a luz sustentável 1 nano CARACTERISTicas LUMINária Design: A. Baré DESCRIção A Nano 1 é um bom exemplo de design inteligente. Baseada no conceito da miniaturização, esta luminária pode ser utilizada

Leia mais

Painel com disjuntores

Painel com disjuntores Painel com disjuntores AR63 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montado em invólucros fabricados em liga de alumínio

Leia mais

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características Booster Amplificador de Volume Descrição O Booster - Amplificador de volume - tem como função reproduzir sinais pneumáticos com aumento da capacidade de vazão. É utilizado quando a tubulação entre o instrumento

Leia mais

EXAUSTORES LOCALIZADOS Vantagens puras. Extrator ideal para ambientes industriais

EXAUSTORES LOCALIZADOS Vantagens puras. Extrator ideal para ambientes industriais Extrator ideal para ambientes industriais Nova tecnologia em combinação com novos materiais e foco no design fornecem ao Fumex PR muitas vantagens novas e importantes: - Facilidade de manobrabilidade única.

Leia mais

Torres Luminosas Compactas e Modulares

Torres Luminosas Compactas e Modulares Torres Luminosas Compactas e Modulares Safe solutions for your industry Índice TLC-60 Torre Luminosa Compacta Página 4 TLM-70 Torre Luminosa Modular Página 10 3 TLC-60 Torre Luminosa Compacta Desenvolvida

Leia mais

VIESMANN VITOSOL 200-F Colectores planos para aproveitamento da energia solar

VIESMANN VITOSOL 200-F Colectores planos para aproveitamento da energia solar VIESMANN VITOSOL 200-F Colectores planos para aproveitamento da energia solar Dados técnicos Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOL 200-F Modelo SV2A/B e SH2A/B Colector plano para montagem

Leia mais

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável Medição mecânica de temperatura Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável WIKA folha de dados TM 73.01 outras aprovações veja página 15 Aplicações Instrumentação geral de s nas indústrias

Leia mais

Informação de produto. Transmissor de pressão do processo VEGABAR 14, 17

Informação de produto. Transmissor de pressão do processo VEGABAR 14, 17 Informação de produto Transmissor de pressão do processo VEGABAR 4, 7 Índice Índice Princípio de medição...................................................................................... Vista sinóptica

Leia mais

SEGURANÇA AUMENTADA IP65W BLOCO AUTÔNOMO DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA. Central de Relacionamento : (11) 2894-6470 www.brasdistribuidora.com.

SEGURANÇA AUMENTADA IP65W BLOCO AUTÔNOMO DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA. Central de Relacionamento : (11) 2894-6470 www.brasdistribuidora.com. BLOCO AUTÔNOMO DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA Bloco de Iluminação de Emergência Ex d a prova de explosão e td proteção por involucro, Zonas 1 ou 2, 21 ou 22, Grupos IIA/IIB/IIC, IIIA/IIIB/IIIC. Tipo de Proteção

Leia mais

Próxima geração! Compromisso com o futuro. Com os data loggers profissionais Testo, uma nova era começa para você! Logger série testo 174

Próxima geração! Compromisso com o futuro. Com os data loggers profissionais Testo, uma nova era começa para você! Logger série testo 174 Compromisso com o futuro Próxima geração! Com os data loggers profissionais Testo, uma nova era começa para você! Logger série testo 174 Logger série testo 175 Logger série testo 176 A nova geração de

Leia mais

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples e Conteúdo. 00 conf. DIN 43697.4 6.6 6.8 7.0 46. 40 eletromecânicas.4 F 60 conf. DIN 43693.6 99 00 s s múltiplas 00 6 6 7 46 40 s s F 60 99 00 Acessórios Peças de reposição. múltiplas conf. DIN 43697 para

Leia mais

Maleta de calibração Modelo CPH7600

Maleta de calibração Modelo CPH7600 Tecnologia de calibração Maleta de calibração Modelo CPH7600 WIKA folha de dados CT 17.01 Wally Box III Aplicações Prestadores de serviços de calibração e testes Laboratórios de medição e controle Garantia

Leia mais

RECEPTOR DE SINAIS DE SATÉLITE GPS ELO588 MANUAL DE INSTALAÇÃO

RECEPTOR DE SINAIS DE SATÉLITE GPS ELO588 MANUAL DE INSTALAÇÃO RECEPTOR DE SINAIS DE SATÉLITE GPS ELO588 MANUAL DE INSTALAÇÃO Dezembro de 2011 ELO Sistemas Eletrônicos S.A. 100406082 Revisão 0.0 Índice ÍNDICE... I INTRODUÇÃO 1... 1 CONTEÚDO DESTE MANUAL... 1 ONDE

Leia mais

kymanual ou automática a escolha é sua

kymanual ou automática a escolha é sua . kymanual ou automática a escolha é sua Válvula borboleta LKB automática ou manual Aplicação ALKBéumaválvulaborboletasanitáriaacionadamanualou automaticamente para uso em sistemas com tubulações em aço

Leia mais

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO V Á L V U L A S MANIFOLD Série 2700 LAMINADO Índice Informações gerais... 02 Manifold de 2 vias... 04 Manifold de 3 vias... 09 Manifold de 5 vias... 12 Suporte... 15 1 As modernas válvulas Manifold Série

Leia mais

Fábrica de Nordborg - Dinamarca

Fábrica de Nordborg - Dinamarca Fábrica de Nordborg - Dinamarca Sensores de temperatura Visão Geral Nome do Aplicação Faixa de Conexão ao Saída Página produto temperatura processo MBT 5252 Geral -50 a 200ºC G 1 2 A/G 3 4 A Pt100/4-20mA

Leia mais

TERMOPARES. Termopar Convencional. Termopar isolação mineral. Termopares Especiais. ECILplast

TERMOPARES. Termopar Convencional. Termopar isolação mineral. Termopares Especiais. ECILplast TERMOPARES Termopar Convencional Termopar isolação mineral Termopares Especiais ECILplast t er mo p a re s TERMOPAR CONVENCIONAL PARES TERMOELÉTRICOS TIPO BITOLA AWG POSITIVO REFERÊNCIA NEGATIVO REFERÊNCIA

Leia mais

Estes módulos estão disponível para: DST4602, GCXXX DST4601PX

Estes módulos estão disponível para: DST4602, GCXXX DST4601PX DITHERM, DIGRIN, DIVIT são módulos eletrônicos microprocessados que permitem expandir as entradas analógicas de vários controladores SICES para grupos geradores. Mais concretamente: O módulo DITHERM permite

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X Pagina 1/5 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección Produto / Modelo / Marca / Código de barras: Product / Model / Trademark / Bar Code Producto / Modelo / Marca / Codigo de

Leia mais

Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART

Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART IP2030-PT-BR/QS, Rev AA Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART Guia de início rápido de instalação ADVERTÊNCIA Podem ocorrer mortes ou ferimentos graves se estas instruções de instalação

Leia mais

Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W

Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W Limitador de temperatura Ampla faixa de alimentação Aquecimento dinâmico Economia de energia elétrica Compacto Aquecedor para aplicação em invólucros de pequeno

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

420 - Série 400. Flangeadas: ISO 7005-2 (PN10 &16) Ranhuradas: ANSI C606 Rosqueadas: NPT Rosqueadas: Rp ISO 7/1 (BSP.P) Padrão das Conexões

420 - Série 400. Flangeadas: ISO 7005-2 (PN10 &16) Ranhuradas: ANSI C606 Rosqueadas: NPT Rosqueadas: Rp ISO 7/1 (BSP.P) Padrão das Conexões Bermad Brasil Válvulas e Soluções Hidráulicas Matriz: Rua Jesuíno Arruda, n 797 - Conj. 22 Itaim Bibi - São Paulo - SP - Brasil CEP: 04532-082 Fone: +55 11 3074.1199 Fax: +55 11 3074.1190 Website: www.bermad.com.br

Leia mais

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz Linha ConectAR Tubos e Conexões com Qualidade Schulz O constante crescimento da indústria, dos processos tecnológicos e o forte impulso da automação industrial, exigem instalações de ar comprimido, eficientes,

Leia mais

Conectores / Adaptadores

Conectores / Adaptadores Conectores / Adaptadores Rev.10 1/20 ÍNDICE CONECTORES/ADAPTADORES PARA SOLDA CBW CFSW CW LBW LW TSW UDS UFSW UMSW USW TÓPICO PÁGINAS CBW CONECTOR PARA SOLDA DE TOPO 4 CFSW CONECTOR FÊMEA PARA SOLDA DE

Leia mais

Watchdog TM Elite Monitor de Risco para Elevadores de Caçamba e Transportadores de Correia

Watchdog TM Elite Monitor de Risco para Elevadores de Caçamba e Transportadores de Correia Watchdog TM Elite Monitor de Risco para Elevadores de Caçamba e Transportadores de Correia APLICAÇÃO Monitor combinado para alinhamento de correia, velocidade da correia, temperatura de rolamento contínua,

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-B, para montagem em poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-B, para montagem em poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-B, para montagem em poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.02 outras aprovações veja página 2 Aplicações Fabricante de máquinas e equipamentos

Leia mais

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS gl2 PLUS gl2 plus CARACTERÍSTICAS - PROJETOR Estanqueidade: IP 66 (*) Resistência ao impacto (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento elétrico: I (*) Tensão nominal: 127 a 277V, 50-60 Hz Peso: 13.6 kg

Leia mais

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS GAXETAS SECAS MANTA E TECIDO DE FIBRA CERÂMICA GAXETAS IMPREGNADAS FITAS CORTIÇA J U N T A E S P I R A L A D A FELTRO J U N T A D E V E D A Ç Ã O PAPELÃO HIDRAÚLICO F I T A P A T E N T E T E F L O N JUNTA

Leia mais

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO O transmissor inteligente de pressão da série PT105 II é fabricado com uma célula capacitiva de alta confiabilidade e precisão para ser

Leia mais

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD***

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD*** Instruções de segurança NCC 14.03234 X Ex d ia IIC T* Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 42731 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Especificações... 5 5 Proteção contra danos causados

Leia mais

CONTROLADOR DE TEMPERATURA TRES-S TS MANUAL DE INSTRUÇÕES TS01-TS03-TS05-TS08-TS12

CONTROLADOR DE TEMPERATURA TRES-S TS MANUAL DE INSTRUÇÕES TS01-TS03-TS05-TS08-TS12 CONTROLADOR DE TEMPERATURA TRES-S TS MANUAL DE INSTRUÇÕES TS01-TS03-TS05-TS08-TS12 INSTALAÇÃO DO CONTROLADOR DE TEMPERATURA Atenção: A Montagem e manutenção devem ser realizadas apenas por profissionais

Leia mais

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada.

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada. não furadas Série NJEP Segurança umentada. Para customização NR IEC: plicações Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis estão presentes de forma contínua, frequente ou acidental,

Leia mais

Sunny String Monitor - Cabinet

Sunny String Monitor - Cabinet Sunny String Monitor - Cabinet Dados Técnicos O Sunny String Monitor-Cabinet, ou SSM-C na sua forma abreviada, da SMA monitoriza, de forma pormenorizada, o seu gerador fotovoltaico, de acordo com os padrões

Leia mais

CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420

CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420 CATÁLOGO DO TRANSMISSOR GRAVIMÉTRICO DE DENSIDADE UNIPROIV DG-420 Catálogo do Transmissor Gravimétrico de Densidade DG-420 Pág. 1 TRANSMISSOR UNIPRO IV ESPECIFICAÇÕES Alimentação: Alimentação universal

Leia mais

Instruções de instalação

Instruções de instalação Instruções de instalação Acessórios Cabos de ligação do acumulador da caldeira de aquecimento Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem. Logano plus GB225-Logalux LT300 6 720 642 644

Leia mais

STD-T. Transmissor de Temperatura com Display LCD local

STD-T. Transmissor de Temperatura com Display LCD local STD-T Transmissor de Temperatura com Display CD local STD-T Transmissor de Temperatura com Display CD ocal Características Alta flexibilidade para as exigências dos processos Industriais. Ampla variedade

Leia mais

Termo-elemento TE 65.40. Construção com tubo de proteção. Técnica de medição eletrônica de temperatura. Família TC 700

Termo-elemento TE 65.40. Construção com tubo de proteção. Técnica de medição eletrônica de temperatura. Família TC 700 TE 65.40 Termo-elemento Construção com tubo de Técnica de medição eletrônica de temperatura Família TC 700 plicações Reservatórios, Tubulação, Dispositivos e Máquinas; Em Laboratórios e em plantas de teste

Leia mais

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos

Série P3000. Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000. Dados técnicos. Recursos Série P3000 Testadores pneumáticos de peso morto - modelo P3000 Dados técnicos Recursos A pressão varia de Vácuo até 2.000 psi (140 bar) Precisão superior a 0,015 % de leitura. (Opção de precisão aumentada

Leia mais

Termopares para altas temperaturas Rosemount Séries 1075 e 1099

Termopares para altas temperaturas Rosemount Séries 1075 e 1099 Folha de dados do produto Termopares para altas temperaturas Medições precisas e confiáveis em aplicações a altas temperaturas, como tratamento térmico e processos de combustão Materiais cerâmicos para

Leia mais

Barramento Elétrico Blindado KSL70

Barramento Elétrico Blindado KSL70 Barramento Elétrico Blindado KSL70 PG: 2 / 19 ÍNDICE PÁG. 1.0 DADOS TÉCNICOS 03 2.0 - MÓDULO 04 3.0 SUSPENSÃO DESLIZANTE 05 4.0 TRAVESSA DE SUSTENTAÇÃO 06 5.0 EMENDA DOS CONDUTORES E DOS MÓDULOS 07 6.0

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 04 Isolamento térmico AQUECIMENTO DE TUBULAÇÕES Motivos Manter em condições de escoamento líquidos de alta viscosidade ou materiais que sejam sólidos

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Projeto rosqueado e de grande volume Modelo 990.41

Selo diafragma com conexão flangeada Projeto rosqueado e de grande volume Modelo 990.41 Selos diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Projeto rosqueado e de grande volume Modelo 990.41 WIKA folha de dados DS 99.32 outras aprovações veja página 3 Aplicações Para montagem (montagem direta,

Leia mais

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-270T, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

COLECTOR DE MÓDULOS PFM

COLECTOR DE MÓDULOS PFM DESCRIÇÃO DO PRODUTO Colector de módulos Plug & Flow (PFM) A montagem poderá ser efectuada tanto na horizontal como na vertical. Pode adquirir os respectivos sistemas de fixação para a elevação de diferentes

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X Pagina 1/7 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av Úrsula Wiegand, 03, Iperó SP Brasil - CEP 18560-000 CNPJ: 61.128.500/0001-06

Leia mais

Tecnologia thermowave. Alimentos Bebidas. Trocadores de calor a placas

Tecnologia thermowave. Alimentos Bebidas. Trocadores de calor a placas Tecnologia thermowave Alimentos Bebidas Trocadores de calor a placas Estaremos prontos para atendê-lo onde você estiver! Com mais de 20 anos no mercado, a thermowave conta com soluções altamente eficientes

Leia mais

Transformadores de Corrente

Transformadores de Corrente Transformadores de Corrente Uso externo Isolado a óleo JOF (24 550) kv Descrição geral Os TCs to tipo JOF são utilizados em sistemas de alta tensão entre 24 e 550 kv. Eles transformam níveis elevados de

Leia mais

Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado

Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado 2015 Esta gama de produtos está destinada às tubagens flexíveis e rígidas para ventilação, ar condicionado e aquecimento. Tubos flexíveis Alumínio Compacto - página

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II ÁGUA QUENTE 1 UTILIZAÇÃO Banho Especiais Cozinha Lavanderia INSTALAÇÕES

Leia mais

CONVERSOR DE FOUNDATION FIELDBUS PARA SINAL 4-20 ma B91. smar

CONVERSOR DE FOUNDATION FIELDBUS PARA SINAL 4-20 ma B91. smar CONVERSOR DE FOUNDATION FIELDBUS PARA SINAL 4-2 ma B91 DESCRIÇÃO O FI32 pertence à primeira geração de equipamentos FOUNDATION Fieldbus. Ele é um conversor destinado a interfacear uma rede FOUNDATION Fieldbus

Leia mais

Material Cabeçote Polipropileno Eixo Aço inox 316 Mat. do tubo da bomba. Adaptadores G/2 G 1½ Altura de descarga 4 m 0,3-0,45 l/curso Vazão

Material Cabeçote Polipropileno Eixo Aço inox 316 Mat. do tubo da bomba. Adaptadores G/2 G 1½ Altura de descarga 4 m 0,3-0,45 l/curso Vazão JP 02/ JP 03 Bombas manuais JP-02 e JP-03 são adequadas para quase todos os fluidos líquidos especialmente para ácidos, soluções alcalinas e álcool (50%) e produtos químicos à base de água. Esta não é

Leia mais

2. APLICAÇÃO Ignição por centelhamento elétrico para queimadores a gás.

2. APLICAÇÃO Ignição por centelhamento elétrico para queimadores a gás. PRODUTO: ACS-TE-1-C4 FOLHA TÉCNICA 1/7 1. CERTIFICAÇÕES DA SELCON 2. APLICAÇÃO Ignição por centelhamento elétrico para queimadores a gás. IMPORTANTE: Este transformador de ignição está sendo substituído

Leia mais

Transmissor de humidade para aplicações de clima crítico

Transmissor de humidade para aplicações de clima crítico ESPECIFICAÇÕES Ótimo conceito de ajuste graças ao ajuste de toda a cadeia de sinal incl. ajuste analógico Ethernet, relé e saídas analógicas permitem uma integração óptima em sistemas de automação individuais

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

Dados Técnicos Sobre Tubos

Dados Técnicos Sobre Tubos www.swagelok.com Dados Técnicos Sobre Tubos Índice Serviço de Gás.......................... 2 Instalação.............................. 2 Tabelas de Pressão de Trabalho Sugeridas Tubos em Aço Carbono.....................

Leia mais

vendas1@juntasamf.com.br

vendas1@juntasamf.com.br À Sr( a) Ref.: Apresentação para Cadastro de Fornecedor Prezados Senhores, Vimos através desta, apresentar a Juntas AMF Ind. e Com. de Peças Ltda., uma empresa que já se tornou referencia no mercado de

Leia mais

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO LÍQUIDO

SISTEMA DE MEDIÇÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO LÍQUIDO SISTEMA DE MEDIÇÃO DE HIDROGÊNIO EM AÇO LÍQUIDO O Sistema de Medição de Hidrogênio da ECIL MET TEC foi limpeza a fim de evitar qualquer influência por umidade e/ou poeira. desenvolvido para promover medições

Leia mais

Marcação máxima. Observar as informações na placa de características. II 1/2 G. Ex d + e/d IIC Ga/Gb I M 1. Ex d + e I Ma. Certificado Conformidade

Marcação máxima. Observar as informações na placa de características. II 1/2 G. Ex d + e/d IIC Ga/Gb I M 1. Ex d + e I Ma. Certificado Conformidade s relativas às instruções Ao trabalhar em zonas com risco de explosão, a segurança de pessoas e equipamentos depende do cumprimento dos regulamentos de segurança relevantes. As pessoas que são responsáveis

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

SISTEMA LISROLL. www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO

SISTEMA LISROLL. www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO SISTEMA LISROLL www.lismarca.pt CATÁLOGO TÉCNICO 2 MAIS DO QUE UM ESTORE AJUSTÁVEL, UMA PERSIANA AJUSTÁVEL... Índice Características Especificações técnicas Ficha técnica Motores Certificados pág. 4 pág.

Leia mais

Kit de conexão EMK padrão

Kit de conexão EMK padrão EMK Kits de conexão Kit de conexão EMK padrão Vantagens Todos os componentes de conexão necessários em um kit Seleção simples dos componentes necessários Grande diversidade Economia de tempo; manuseio

Leia mais

Série de Válvulas Compact Performance

Série de Válvulas Compact Performance Série de Válvulas Compact Performance Largura mínima, consumo de energia muito baixo e vazão extremamente alta. Densidade máxima de potência: _ pequena massa _ dimensões mínimas Montagem da válvula diretamente

Leia mais

Manômetro diferencial Modelo A2G-10

Manômetro diferencial Modelo A2G-10 Medição mecânica de pressão Manômetro diferencial Modelo A2G-10 WIKA folha de dados PM 07.40 outras aprovações veja página 5 Aplicações Para monitoramento de pressão diferencial de ar e outros gases não-inflamáveis

Leia mais