revista senac ano 62 [ set out 2012 ] nº 713 Novo cenário do ensino técnico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "revista senac ano 62 [ set out 2012 ] nº 713 Novo cenário do ensino técnico"

Transcrição

1 revista senac do ano 62 [ set out 2012 ] nº 713 Novo cenário do ensino técnico

2 Senac e Pronatec PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO Cursos gratuitos para você se preparar para o mercado de trabalho PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO O Senac participa do Pronatec Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, oferecendo, por meio de um amplo portfólio, vagas em cursos de educação profissional para as diversas atividades do comércio de bens, serviços e turismo o setor que mais cresce no país, com inúmeras oportunidades de trabalho e emprego. Não perca essa grande oportunidade! Informações:

3 Editorial Cada vez mais, a educação profissional vem sendo reconhecida como fator preponderante para acesso ao emprego de qualidade, passando a ser objeto de investimento sistemático das políticas públicas. O chamado apagão da mão de obra coloca em evidência a educação profissional como fator determinante para o crescimento econômico e a diminuição das desigualdades sociais no país. Nesse sentido, o Senac tem ampliado, ano após ano, a oferta de cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio, buscando atender às demandas do mercado de trabalho no Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e manter o Brasil na linha do crescimento econômico. É assim que o Senac trilha o caminho da inovação: contribuindo para a transformação das pessoas por meio da educação profissional. Sidney Cunha Diretor-geral do Senac Nacional

4 Educa Brasil A importância dos cursos técnicos para manter o Brasil na linha do crescimento econômico e o papel do Senac nesse contexto. 6 Integração Juventude e drogas na Rede Sesc-Senac de Teleconferência é um dos destaques do Senac no cenário nacional Radar Notas do Sistema que chegam de todo o país 12 Senac Social Exemplos de inclusão social dos Regionais AL, BA, CE, MS, PA, PR e SE Em Foco A doutora em Sociologia, Helena Bomeny, fala sobre as questões que norteiam a sua atual pesquisa: os anseios da classe média com relação à educação 16 Por todo o Brasil As principais ações dos Departamentos Regionais em todo o território brasileiro Aula Aberta A história da primeira formatura do Pronatec no país contada pela gerente de Educação Profissional, de Mato Grosso do Sul, Jordana Duenha Rodrigues

5 Gente Senac Conheça histórias de como a educação profissional transforma pessoas. Leia também a palavra do diretor regional do Rio Grande do Sul, José Paulo da Rosa Na estante Leia sobre os principais lançamentos das Editoras Senac e concorra a promoção de livros da série Se Liga Nessa Parcerias Os Regionais AL, BA, CE, ES, MS, PR, RN, SE e SP mostram exemplos de parcerias que fortalecem ainda mais o trabalho do Senac Expediente Órgão oficial de divulgação do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) Departamento Nacional Av. Ayrton Senna Barra da Tijuca (RJ) Tel.: (21) Filiado à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje) Tiragem exemplares Presidente do Conselho Nacional Antonio Oliveira Santos Diretor-geral do Departamento Nacional Sidney Cunha Editado pela Gerência de Marketing e Comunicação Diretoria de Integração com o Mercado Editor Jacinto Corrêa Coordenação Editorial Laura Figueira Jornalistas Responsáveis Flávia Leiroz e Katia Costa Jornalistas Ana Bittencourt, Cristina Gonzalez e Fabiano Gonçalves Estagiária Jéssica Torres Colaboração Departamentos Regionais Editoração Eletrônica Montenegro Grupo de Comunicação Revisão Ana Bittencourt e Fausto Rêgo Logística Lucimar Perestrello Produção Gráfica Sandra Amaral Impressão Stamppa

6 6 [ Educa Brasil ] Cursos técnicos: novas oportunidades para transformar o Brasil

7 [ Educa Brasil ] 7 9% 12% O apagão de mão de obra, ou seja, a carência de trabalhadores qualificados no mercado de trabalho, põe em evidência a educação profissional como fator determinante para o crescimento econômico e a diminuição das desigualdades sociais no país. Se, por um lado, o baixo padrão de escolaridade da população brasileira dificulta a empregabilidade, por outro, as políticas públicas voltadas para as classes menos favorecidas vêm abrindo cada vez mais oportunidades de acesso ao emprego de qualidade. Neste contexto, a ação do Senac tem se destacado ao ofertar 82 cursos técnicos de nível médio nos 260 Centros de Educação Profissional. Os cursos possuem 4% 1% 2% 1% 1% 32% carga mínima de 800 horas e duração de 12 a 18 meses, relacionados a 10 áreas de estudo em 26 estados e no Distrito Federal. Entre as áreas que registram os maiores percentuais de matrículas (veja gráfico) estão Ambiente e Saúde (32%), Gestão e Negócios (20%) e Produção Cultural e Design (18%). O total de vagas nos cursos técnicos da Instituição foi ampliado ainda mais por meio de dois programas sociais que promovem o desenvolvimento de competências para o mercado de trabalho e a inclusão social, destinados à população de baixa renda: o Programa Senac de Gratuidade (PSG), lançado em 2008, e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em parceria com o Governo Federal, que está completando um ano. Ambos vêm transformando a vida de milhares de pessoas no país. [ Mercado em expansão ] Na última década, a economia brasileira gerou mais de 19 milhões de empregos formais, somando 61 milhões de pessoas empregadas com carteira assinada. A taxa de informalidade vem caindo, especialmente a partir de De acordo com a recente Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), a menor taxa de desigualdade de renda no Brasil, desde 1960, foi registrada no ano passado. A renda per capita dos 10% mais ricos aumentou 16,6% em termos acumulados, enquanto a dos mais pobres cresceu notáveis 91,2% no período. 18% Ambiente e Saúde Gestão e Negócios Produção Cultural e Design Turismo, Hospitalidade e Lazer Informação e Comunicação Desenvolvimento Ed. e Social Recursos Naturais Infraestrutura Produção Alimentícia Segurança 20% Esses dados mostram que o crescimento econômico, proporcionado pelo controle da inflação, pela geração de renda e de mercado interno de consumidores, além do maior influxo de investimentos estrangeiros, é responsável pelo atual vigor do mercado de trabalho e aumento da oferta de vagas. No entanto, especialistas apontam como principal entrave desse crescimento a demanda por profissionais qualificados. A educação profissional vem sendo reconhecida como fator que define o acesso ao emprego de qualidade e a redução da desigualdade, passando a ser objeto de investimento sistemático das políticas públicas. Pesquisas revelam que, após a conclusão de um curso de educação profissional, o retorno é positivo: o ganho anual para o trabalhador gira em torno de 1,4% a 12% em qualificação profissional; 14% em cursos técnicos e 24% em cursos tecnólogos. Os resultados do estudo Demanda atual da Educação Profissional do Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo ,

8 8 [ Educa Brasil ] No auditório Hilton José Ribeiro, em Aracaju (SE), cerca de 50 alunos comemoram a conquista da Habilitação Técnica de Nível Médio em Eventos, Logística e Secretariado, realizada pelo Programa Senac de Gratuidade, em agosto de 2012 que identifica o lugar do Senac na equação que reúne as exigências do mercado, do empregador e do profissional, destacam que 89,2% consideram a Instituição referência em educação profissional e 85% dos entrevistados acreditam que os cursos atendem às necessidades de capacitação. Avaliações positivas como esta comprovam que estamos no caminho certo, avançando rapidamente para superar o padrão de excelência que desejamos, afirma o diretor-geral do Senac Nacional, Sidney Cunha. [ Dois aliados do crescimento ] Com o PSG, o Senac ampliou ainda mais o seu compromisso social. O programa baseia-se na aplicação de parte da receita compulsória líquida da Instituição na oferta de cursos gratuitos FIC e de Habilitação Técnica de Nível Médio à população de baixa renda. Nos últimos dois meses, o número de matrículas Avaliações em cursos técnicos realizado pelo PSG cresceu, em média, 10% e vem superando expectativas desde o início do programa. As inscrições pularam de em 2009 para em setembro de Somente de 2011 a 2012, a variação percentual do total de ofertas previstas chegou a 74,36%, um acréscimo de mais de 20 positivas como esta comprovam que estamos no caminho certo, avançando rapidamente para superar o padrão de excelência que desejamos Sidney Cunha mil matrículas. Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro representam, juntos, 76% do total de matrículas no país. A área de Gestão e Negócios é a mais procurada pelos alunos, seguida por Ambiente e Saúde; e Segurança. A tendência é de continuarmos crescendo e superando a previsão de vagas anuais em cursos técnicos ofertados pelo PSG para atender às demandas do Setor do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo no país, afirma o diretorgeral do Senac Nacional, Sidney Cunha. Dos egressos do PSG em 2010 que foram selecionados para uma pesquisa realizada pela Instituição, de outubro a dezembro de 2011, 38,3% (1.229) trabalhavam à época do diagnóstico. Desse grupo, 61,7% (758) conseguiram emprego após ter saído do Senac e 16,2% (199), durante o curso. A mesma pesquisa revela o índice de percepção de melhoria da situação profissional com o curso feito no âmbito do PSG: 4,37, entre bom (4) e ótimo (5). Em resposta à demanda governamental de incentivo à ampliação de vagas de educação profissional, o foco prioritário de atuação do Senac no Pronatec refere-se à oferta gratuita de cursos FIC e de Habilitação Técnica de Nível Médio, vinculada ao financiamento governamental previsto na Bolsa-formação, em suas formas Estudante e Trabalhador. O total de vagas oferecidas, até outubro deste ano, chegou a , sendo que 77% destinadas ao Núcleo Corporativo Sul/Sudeste; 14% para o Núcleo Amazônia/Centro-Oeste, e 9% para o Núcleo Nordeste. Em quase todos os estados do país (exceto Pará e Paraíba), estudantes matriculados em escolas públicas de ensino médio podem se candidatar a uma bolsa de estudos, com direito a vale-transporte e material escolar. A fim de criar estratégias para ampliar ainda mais a oferta de cursos técnicos, foram criados Grupos de Trabalho de Educação Profissional, além de listas de discussão online por área, com representantes dos Departamentos de Educação Profissional e técnicos indicados por todos os Regionais. Para 2013, os parâmetros de qualidade relativos à infraestrutura e organização didático-pedagógica serão elaborados pela área.

9 [ Educa Brasil ] 9 [ Gargalos ] Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2011, apenas 24,5% da população brasileira chegaram à educação básica de nível médio e 11,5%, à educação superior. Estudos recentes do presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcelo Nery, mostram que, na faixa etária de 15 a 29 anos caracterizada pela preocupação com objetivos profissionais, apenas 6,5%, dos cerca de 45 milhões de jovens frequentam alguma instituição de educação profissional e 71% nunca fizeram cursos desse tipo. Desses, 63,85% demonstram total falta de interesse em ingressar nos cursos técnicos. O investimento na qualificação dos jovens é apontado no Décimo Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos, elaborado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como fator indispensável para o crescimento econômico dos países pobres e em desenvolvimento, como o Brasil. Lançado em outubro, o relatório mostra que 25% dos habitantes da América Latina e do Caribe vivem em favelas, e a população jovem, que corresponde à metade dos cidadãos, segue sem direito assegurado à educação. O documento sugere que os currículos de ensino médio tenham equilíbrio entre as habilidades técnicas e profissionais, contemplando as habilidades transferíveis, como confiança e comunicação, requisitadas pelo mercado. Para a doutora em Sociologia Helena Bomeny, professora titular do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade do Rio de Janeiro, a educação é mais do que um instrumento de ingresso no mercado de trabalho: Uma sociedade com forte investimento em educação aufere benefícios sociais de convivência que não são traduzíveis meramente em mobilidade social ascendente. É a sociedade como um todo que recebe os benefícios de uma educação oferecida desde a primeira infância, afirma (leia na pág. 10, a seção Em Foco com Helena Bomeny). Em outubro, 28 alunos iniciaram pelo Pronatec o curso Técnico de Nível Médio em Segurança no Trabalho na Escola de Educação Profissional Senac Passo D Areia, em Porto Alegre (RS). Na foto, o professor do primeiro módulo, Rogério Rieck, à frente da turma. A formatura está prevista para março de 2014 [ Via da profissionalização ] O Senac busca promover, por meio da metodologia de Itinerários Formativos, o desenvolvimento gradativo de competências para o exercício de uma profissão em uma perspectiva de educação continuada em três modalidades: Formação Inicial e Continuada (FIC), Educação Profissional Técnica de Nível Médio e Educação Superior (graduação e pós-graduação). Esses Itinerários permitem ao estudante a visualização de todas as possibilidades de oferta, incentivando um contínuo e articulado aproveitamento dos estudos por meio do planejamento da própria trajetória educacional e profissional. Assim, ele conquista novos desafios, cada vez mais complexos, em cada degrau alcançado em sua carreira. O aluno pode iniciar seu percurso, por exemplo, em um curso de Turismo, Hospitalidade e Lazer, da área de Gastronomia. Realiza o de Aprendizagem em Assistente de Restaurante e, depois, capacita-se como cozinheiro na modalidade FIC. Ao prosseguir seus estudos, ele se habilita em Técnico de Nível Médio em Cozinha. Na sequência de sua formação, torna-se tecnólogo em Gastronomia na graduação e se especializa em Gestão em Serviços de Alimentos e Bebidas na pós-graduação.

10 10 [ Integração Em Foco ] ] Afinal, o que queremos da educação? Entrevista com Helena Bomeny Revista do Senac Quais as principais demandas atuais da sociedade com relação à educação? Helena Bomeny As demandas crescem na proporção em que os segmentos da sociedade acessam posições ainda não experimentadas. Mesmo com pouca escolaridade, esses segmentos, inseridos no mercado, vão percebendo, progressivamente, a diferença auferida na capacidade competitiva frente às oportunidades disponibilizadas pelo mercado das ocupações. Ainda que não haja segurança de que um diploma universitário garanta posições privilegiadas que aquelas ocupadas por trabalhadores de baixa escolaridade, o certo é que, cada vez mais, indicadores auferidos pelos censos reforçam as associações entre melhores posições e maior escolaridade. Tais percepções se refletem diretamente na vida das pessoas e funcionam como uma pressão indiscutível sobre a estrutura educacional do país. Revista do Senac A escola na agenda pública é um fato relativamente recente (não se falava tanto em educação há 20 anos na mídia). Existe alguma relação desse fato com a ascensão da classe C e o aumento do poder aquisitivo desse contingente? Helena Bomeny A educação entra na agenda das questões consideradas importantes, pois está associada à possibilidade de ascensão social o que não é exclusivo da contemporaneidade, mas que encontra nela um ambiente de fortalecimento. É mais do que um instrumento de ingresso no mercado de trabalho. Uma Professora titular do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade do Rio de Janeiro e professora do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas, a doutora em Sociologia Helena Bomeny faz, nesta entrevista, uma reflexão sobre o papel da educação no Brasil, a capacitação profissional como forma de ascensão social e revela questões que norteiam a sua atual pesquisa sobre o lugar que a educação ocupa na escala de valores da nova classe média. sociedade com forte investimento em educação aufere benefícios sociais de convivência que não são traduzíveis meramente em mobilidade social ascendente. O ganho social para o conjunto maior de pessoas que habitam naquela sociedade é uma dessas variáveis preciosas sociologicamente. Mais do que movimentar os indivíduos e criar as condições necessárias ao fomento da economia, é uma condição primordial, embora não suficiente, para a convivência humana socialmente civilizada. Revista do Senac Como você observa o crescimento da Educação Profissional? Helena Bomeny Os educadores chamam a atenção, não sem fundamento, para o fato de que a Educação Profissional, salvo raríssimas exceções, tenha ficado tradicionalmente destinada aos segmentos mais pobres da população. Independentemente do grau de desenvolvimento do país, esta é uma questão que vem comparecendo em pesquisas e avaliações no Brasil e em contextos internacionais de maior ou menor desenvolvimento. Aos pobres, treinamento para profissionalização; aos mais aquinhoados, aprendizado de habilidades gerais, incentivos à reflexão e ao aprimoramento, a partir dos quais se chega com mais recursos e dotados de capitais simbólicos, culturais e sociais, à profissão desejada. Esta inclinação produziu efeitos nem sempre produtivos a respeito da propriedade, do benefício e da importância desse tipo de formação. Por que reduzir aos desprovidos ou por que impedir o aprimoramento da Educação Profissional são duas faces de uma moeda que reduzem a discussão.

11 [ Integração [ Em Foco ] 11 Revista do Senac Qual seria a solução? Helena Bomeny Uma das possibilidades de minorar o maniqueísmo implicado nesta oposição enunciada seria tornar o Ensino Profissional uma das possibilidades de acesso ao ambiente universitário, caso o estudante, transcorrido seu período de formação, assim o desejasse. Seria garantido o direito a um curso especializado de qualidade para os que têm vocação profissional, ou mesmo aos que querem tal formação para ingressar imediatamente no mercado de trabalho, e também a possibilidade de estender sua formação com o ingresso em cursos de nível superior. Parece absurdo em um país da extensão e da diversidade cultural brasileira defendermos uma fôrma dentro da qual todas as possibilidades fossem incluídas e previstas. Revista do Senac Os Itinerários Formativos, ou seja, o desenvolvimento gradativo de competências para o exercício de uma profissão em uma perspectiva de educação continuada em três modalidades: Formação Inicial e Continuada, Educação Profissional Técnica de Nível Médio e Educação Superior, seriam uma forma de reverter este quadro? Helena Bomeny Pode ser uma maneira interessante de dar mais visibilidade ao que um jovem possa escolher. Um dos pontos cruciais é a possibilidade de o próprio jovem avaliar a melhor opção afinada ao seu perfil. Este é um campo problemático porque há uma demanda reprimida no ensino médio com a melhoria do ensino fundamental, e há uma escassez de vagas em estabelecimentos de qualidade que cuidam da formação profissional. Revista do Senac Quais são suas primeiras impressões sobre o lugar que a educação ocupa na escala de valores da família brasileira? Helena Bomeny O projeto que iniciamos tem relação com o estranhamento do conceito de nova classe média brasileira uma categoria com força persuasiva de convencimento de que algo se alterava na estrutura social de nosso país, amplamente divulgado nos meios de comunicação. O que nos mobilizava era voltar ao tema por uma perspectiva já tradicionalmente contemplada na Sociologia, principalmente pelo trabalho de Wright Mills no início dos anos Naquele momento, Mills se ocupou em definir parâmetros de construção de um imenso segmento social que teve na profissionalização, na formação especializada e na educação meritocrática caminhos necessários à constituição de um grupo que ocuparia funções importantes na sociedade do pós-guerra, com força, por exemplo, para decidir a eleição presidencial, um grupo que se diversificava e respondia por uma dinâmica vital na sociedade das ocupações. Com essas referências, estamos nos aproximando de pessoas que se classificam como classe média tradicional ou como o que está sendo vulgarizado como nova classe média, para avaliar o lugar que a educação ocupa na escala de valores desses segmentos. Revista do Senac Poderia exemplificar a diferença entre esses dois segmentos? Helena Bomeny Em um dos depoimentos, o entrevistado nos dizia que em sua família, considerada por ele como pertencente à classe média tradicional, não havia qualquer chance de um dos irmãos não considerar a frequência no ensino superior. Um fato consumado. Era possível que houvesse alguma conversa a respeito de que curso, mas não fazer uma faculdade sequer era considerado. Um rapaz de 34 anos, de uma família de três irmãos, todos formados em especialidades diferentes. Esta situação nos parece, ao grupo que integra a pesquisa, um dado que distingue o grupo tradicional do que hoje se chama imprecisamente de nova classe média. Frequentar o curso superior é uma distinção, uma conquista que começa a ser considerada, e absolutamente não garantida. Revista do Senac Enfim, qual a educação que queremos hoje? Helena Bomeny O grande desafio que temos como brasileiros é lidar com uma sociedade democrática de massa na qual os grandes segmentos excluídos adquirem mais informações a respeito das possibilidades de ascensão a patamares até então interditados. A expansão do conhecimento sobre direitos, a escolarização maior dos pais das crianças em idade escolar, o acesso à educação como rotina e o ambiente de estímulo à aquisição de bens disponíveis expõe-nos ao desafio de lidar com a democracia e seus efeitos nas mentalidades, nos comportamentos e nas oportunidades. Este talvez seja o aprendizado mais novo e mais desafiador ao nosso modo de ser costumeiro. A educação não está livre de tais constrangimentos. E a escola é ainda o ambiente receptor de todas essas diferenças com sua maior ou menor capacidade de enfrentamento. Deveria ser ela o espaço prioritário de investimento e cuidado de toda a sociedade. Ali se inicia o aprendizado da vida social. É patrimônio de todos. Talvez ainda não incorporado socialmente na proporção exigida. É a sociedade como um todo que recebe os benefícios de uma educação oferecida desde a primeira infância

12 12 [ Integração ] Senac conquista 11º prêmio em São Paulo A excelência do Senac em São Paulo no desenvolvimento de pessoas e organizações foi mais vez comprovada pela conquista do Top of Mind Estadão de RH, importante prêmio na área de Recursos Humanos, promovido pelo jornal O Estado de São Paulo e pela Fênix Editora. A solenidade foi realizada em 18 de outubro, no HSBC Brasil, na capital paulista, reunindo grandes nomes da área. Na ocasião, a Instituição também foi homenageada por estar entre as empresas que receberam dez prêmios por cinco anos consecutivos, de 2007 a Mais do que ser uma marca lembrada, esse reconhecimento é fruto da soma de esforços de nossos colaboradores em prol da prestação de serviços educacionais de qualidade. É a certeza de que o Atendimento Corporativo tem desenvolvido, por meio de soluções criadas de forma exclusiva para as empresas, profissionais qualificados e capacitados para o mercado de trabalho, afirmou o gerente corporativo do Regional, Maurício da Silva Pedro. Em 2011, o Atendimento Corporativo prestou serviço a mais de 900 empresas de diversos segmentos e capacitou mais de 50 mil pessoas. Presença no 18º Fórum da Amazônia Legal Manaus recebeu, pela segunda vez, presidentes, superintendentes de federações e diretores regionais do Senac e do Sesc dos estados que compõem a Amazônia Legal, além de Mato Grosso do Sul e Piauí, para o 18º Fórum da Amazônia Legal. O evento foi realizado em setembro e teve como principal objetivo promover a integração entre os participantes e discutir as reivindicações de melhorias para o Sistema Fecomércio. Além de debates e apresentações, os líderes trocaram experiências sobre as ações nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. Na foto, os representantes do Maranhão: diretor regional do Senac, José Ahirton Batista Lopes, ao lado do presidente do Sistema Fecomércio, José Arteiro da Silva, da diretora do Sesc, Maria dos Remédios Serra Pereira, e do superintendente da Fecomércio, João Torres.

13 [ Integração ] 13 Oficinas incentivam novos negócios nos Regionais A fim de promover um novo olhar no mercado regional para detectar nichos no Setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, cerca de 160 empregados, entre gerentes, assessores, responsáveis técnicos e supervisores pedagógicos, participaram de oficinas de Marketing e Comunicação nos estados de Alagoas, Bahia, Goiás e Sergipe, nos meses de setembro e outubro, sob a coordenação das técnicas Cristina Gonzalez e Aline Duraes, além do coordenador de Planejamento de Comunicação Wendell Amorim, do Departamento Nacional. O consultor Paulo Clemen coordenou os debates da oficina de Análise de Mercado e Oportunidades de Negócios, realizada em Maceió. Entre os temas abordados, destacam-se: Autoavaliação dos Recursos, Plano Operacional, Vantagens Competitivas, Atendimento Corporativo e Análise Setorial. No Regional da Bahia, foi a vez do consultor Hermes Simões ministrar para duas turmas, pela terceira vez este Oficina Análise e Oportunidades de Negócios, no Senac em Alagoas ano, a oficina Técnica de Atendimento ao Cliente. Enquanto em Sergipe, o consultor Alexandre Dargains apresentou o tema Gestão de Projetos. Em outubro, a região Centro-Oeste teve duas oficinas: Eventos em Parceria, em Goiás, sob o comando do consultor Rodrigo Tadini; e Gestão de Projetos, com Hermes Simões. Até o fim do ano, os estados do Acre, Goiás, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Tocantins serão contemplados com mais oficinas. Avaliação do Pronatec O Primeiro Encontro de Avaliação da Participação do Senac no Pronatec foi realizado no Departamento Nacional em três fases, envolvendo os Núcleos de Desenvolvimento Corporativo do Sistema Senac: 17 e 18 de outubro para o Núcleo Sul/Sudeste; 30 e 31 de outubro para o Nordeste; 5 e 6 de novembro para o Núcleo Amazônia/Centro-Oeste. Representantes das áreas de Comunicação, Educação e Planejamento dos Regionais e do DN participaram do encontro. O objetivo foi avaliar os resultados após um ano de execução do programa, realizado em parceria com o Governo Federal, além de identificar os principais entraves e difundir as melhores práticas do Pronatec no Senac. Na programação, foi apresentado um Panorama da Execução do Pronatec 2012 que mostrou um ranking do programa por estado.

14 14 [ Integração ] Teleconferência debate juventude e drogas foto: Robson Nascimento Rede Sesc-Senac de Teleconferência promoveu, em 6 de novembro, um amplo debate sobre o tema Jovens e drogas: a sociedade em busca de soluções, com a participação de Nara Santos, oficial do escritório brasileiro do Programa das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC); Esmeralda Ortiz, jornalista e escritora; e Fernando Sobhie Diaz, médico e especialista de Gestão em Saúde da Superintendência de Atenção Básica da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. Mais de 180 perguntas foram enviadas ao vivo pelos telespectadores e houve 48 interações com o público via Twitter. Durante duas horas de transmissão dos estúdios do Condomínio Sesc- Senac, no Rio de Janeiro, para mais de 400 salas e auditórios espalhados pelos estados brasileiros, foram discutidos os impactos sobre o uso das drogas ilícitas pelos jovens, o consumo cada vez maior do crack em nossa sociedade e as formas de tratamento da dependência química. A jornalista Bárbara Pereira mediou o debate, traduzido na Língua Brasileira de Sinais (Libras) pela intérprete Gildete Amorim. Nara lembrou que, somente em 1998, as relações dos usuários com as drogas passaram a vigorar na agenda do organismo internacional. O debate se amplia na sociedade e passamos a abordar desde a prevenção à redução dos danos sociais causados pelas drogas. Um dos maiores problemas é que muitos usuários vivem na ilegalidade e se envolvem com o tráfico e a violência, o que dificulta a reabilitação, explicou. Para Esmeralda, ex-viciada em crack por 12 anos, a falta de aceitação, os conflitos internos e a curiosidade são alguns dos motivos que levam o jovem ao contato com as drogas. A pessoa é solitária, mas quando coloca uma máscara, torna-se segura e acha que pode tudo, mas na verdade vira um escravo daquela situação, afirmou. Os alunos da Escola Sesc de Ensino Médio gravaram perguntas para a teleconferência. Uma delas, sobre o tempo de recuperação do drogado, foi respondida por Fernando, que destacou a importância da família e da comunidade. O tempo varia muito e as drogas lícitas (álcool, psicotrópicos e fumo) ainda são graves problemas de saúde pública que demandam campanhas, recursos e longos tratamentos. De acordo com o médico, é necessário constituir uma rede social para proteção de vulnerabilidades dos usuários de drogas: A criação de serviços comunitários para tratamento de transtornos psíquicos, como o modelo de cuidado integral desenvolvido pelos Centros de Atenção Psicossocial, no Rio de Janeiro, sugeriu.

15 [ Integração [ Radar ] 15 Quatrocentas e cinquenta pessoas comemoraram O Dia Mundial da Alimentação Saudável na Unidade Poço do Senac em Alagoas, com várias atividades lúdicas em 16 de outubro. O evento, organizado pelos alunos dos cursos Técnico em Nutrição e Dietética e Atendente em Nutrição, desvendou os mitos e as verdades sobre alimentação. O Senac em Goiás completou 65 anos em 18 de setembro e, para comemorar a data, foi realizado um Culto Ecumênico na Administração Regional e em todas as Unidades do estado. Nesse período, quase 1,5 milhão de atendimentos já foram prestados pela Instituição no estado. O diretor regional do Senac em Sergipe, Paulo do Eirado Dias Filho, recebeu o prêmio de Personalidade da Educação 2012 do Guia Educar/SE, em 19 de setembro, no Teatro Atheneu, em Aracaju. Divido este prêmio com todos os educadores que realizam seu trabalho com muito amor, transformando vidas, afirmou. O professor e chef Ivalmir Barbosa da Unidade de Hotelaria e Turismo do Senac em Pernambuco foi reconhecido como Personalidade da Gastronomia do Ano de 2012 na primeira edição do Prêmio Melhores do Ano Pernambuco, realizada no Buffet Portofino, em Recife, em 3 de agosto. Em setembro, o Senac em Tocantins realizou o Simpósio de Saúde, Segurança e Qualidade de Vida com palestras incentivando conhecimentos, habilidades, atitudes e valores para os estudantes e profissionais de Saúde, Segurança e áreas afins em Palmas. O Senac no Ceará sediou o lançamento, em setembro, do Projeto Capacitação por Demanda Articulada para o segmento de Conservação e Zeladoria, que contempla duas turmas do curso de Zelador, cada uma com 20 alunos, oferecidas por meio do Programa Senac de Gratuidade, em parceria com a empresa Avance DH. A empresa vai contratar metade dos alunos em até quatro meses após a formatura. Desde outubro, a Unidade de Joinville do Senac em Santa Catarina é o único ponto de coleta de raio-x, tomografias e ressonâncias magnéticas, que funciona em dias úteis, das 7h30 às 19h. Os alunos descartam filmes para confecção de bolsas e móbiles e uma empresa de reciclagem recolhe o material e separa a prata do acetato, utilizados na fabricação de joias e outros produtos. O plástico é doado para postos de reciclagem. O Centro de Educação Profissional na região de Barreiro, periferia de Belo Horizonte em Minas Gerais, possui, desde o dia 4 de outubro, novas instalações para atender, mensalmente, cerca de 450 pessoas. São oferecidos 15 cursos nas áreas de Gestão, Comércio, Comunicação, Beleza, Turismo, Conservação e Zeladoria e Informática. Para 2013, já estão previstos cursos técnicos em Contabilidade, Administração, Logística e Segurança no Trabalho. Cerca de 700 pessoas passaram pelo estande do Regional de São Paulo durante o 10º Congresso Nacional das Relações Empresa-Cliente, realizado, em setembro, no Hotel Transamérica, com o tema Empresas feitas para o cliente. No evento, os visitantes receberam informações sobre os cursos da Instituição e participaram de um concurso cultural que movimentou o espaço: as pessoas redigiram uma frase com as palavras Senac e gestão executiva. O autor do texto mais criativo ganhou um tablet.

16 16 [ Integração Por todo o Brasil ] ] Turma pioneira em Parintins Vinte e seis jovens aprendizes iniciaram, em outubro, o Programa de Aprendizagem e Educação para o Trabalho no Centro de Formação Profissional Matheus Penna Ribeiro em Parintins. Os alunos, que serão contratados por 20 empresas do município, fazem parte da primeira turma do programa e participaram da aula inaugural ao lado de seus familiares, representantes das empresas contratantes e do Ministério Público. Os objetivos e princípios do programa, a metodologia e os deveres dos aprendizes, além do contrato de aprendizagem e a visão de educação e trabalho, foram abordados pela gerente e supervisora do Centro, respectivamente, Doriciana Caldas e Jocemilda Viana. De acordo com a auditora fiscal do Trabalho, Maria Ivonilde Costa Carvalho, o programa é uma grande oportunidade para os jovens: Eles vão amadurecer para o mercado de trabalho, que exige um perfil cada vez mais profissional por meio da realização de atividades práticas, afirmou. AMAZONAS SERGIPE Gestão e Negócios em pauta A presença de 200 pessoas durante a Segunda Jornada do Eixo Gestão e Negócios, em setembro, contagiou o auditório do Regional em Aracaju. O evento, destinado ao público em geral, foi aberto pelo diretor regional Paulo do Eirado Dias Filho, que ressaltou os serviços mantidos pela Instituição e a importância de compartilhar conhecimentos: Em breve, vamos dispor de assistência técnica, oferecendo a alunos e ex-alunos oportunidades de solucionar dúvidas sobre qualquer tema visto em nossos cursos de forma gratuita. O instrutor de Gestão e Negócios, Adson Pita, apresentou o Itinerário Formativo e destacou a necessidade de os alunos conhecerem esse percurso que agrega valores à sua carreira profissional: No Senac, ele pode iniciar com um curso de capacitação, prosseguir com um aperfeiçoamento para, depois, concluir um curso técnico. O consultor em Gestão de Pessoas, Vinicius Nejaim, enfatizou a importância de criatividade, inovação e proatividade para o profissional do século 21. Já o consultor do Sebrae, Aurélio César de Araújo, identificou as principais competências e os comportamentos para o sucesso profissional na palestra Transformando competência em oportunidade de negócios.

17 [ Por todo [ Integração o Brasil ] 17 Programa de Desenvolvimento Docente educador de educação profissional, e foi ministrado pela coordenadora do Núcleo Técnico Pedagógico do Regional, Alda Baldez. MARANHÃO Com o objetivo de melhorar a qualidade das ações educacionais e promover o aprimoramento das práticas em sala de aula, 40 instrutores de educação profissional participaram do Programa de Desenvolvimento Docente (PDD) 2012 no Centro de Formação Profissional (CFP) de Bacabal em setembro. Este ano, o programa apresentou o tema Transversalidade e inclusão: desafios para o Segundo o coordenador do CFP, Josiane Fontenele, os encontros propiciaram oportunidades para relatos e trocas de experiências, além de garantir a elaboração de instrumentos avaliativos. O instrutor de Beleza, Ivaneto Ferreira da Costa, também aprovou o programa: A cada PDD, a professora Alda apresenta inovações no desenvolvimento e oferece ambiente favorável à troca de conhecimentos e participação de todos os docentes. Profissões em destaque MATO GROSSO DO SUL A Unidade Dourados realizou, no dia 25 de outubro, a Primeira Feira das Profissões para um público de quase 300 pessoas. No evento, informações sobre os cursos e orientação a jovens sobre as possibilidades de carreiras profissionais. Além de apresentar nossas áreas de atuação, buscamos orientar o participante com palestras sobre a importância do bom atendimento e da imagem pessoal e sobre as diversas áreas de atuação disponíveis, explicou o gerente da Unidade, Carlos Henrique da Silva. foto: Paulo Vanderley Souza Entre os temas em destaque nas palestras ministradas durante a feira estavam: Qualidade no Atendimento, Demandas Profissionais para o Varejo, Imagem Pessoal, Elaboração de Currículos e Técnicas para Entrevista e Segurança em Redes de Computadores.

18 18 [ Integração Por todo o Brasil ] ] Novos caminhos profissionais O Senac em Alagoas promoveu, de 19 a 21 de outubro no Shopping Pátio Maceió, a Terceira Feira das Profissões, com a presença de cerca de 6 mil pessoas. Mostramos ao público, na prática, nossos serviços. Além disso, aqui também nossos alunos têm um contato maior com o público. Nossa meta para 2013 é levar a Feira das Profissões para Arapiraca, antecipou a diretora do Regional, Telma Ribeiro. Entre outros serviços, oportunidade de participar de jogos interativos, sessões de quick massage, limpeza de pele, design de sobrancelhas, maquia- gem, penteado e fotografia. No balcão do Programa de Oportunidades Profissionais, orientações sobre o mercado de trabalho e pré-inscrição nos cursos do Senac com 20% de desconto. O evento contou com a participação das alunas Jéssica Marques e Alinéia Souza, do curso Técnico em Enfermagem, representantes do estado na Olimpíada do Conhecimento 2012, maior evento de educação profissional das Américas, realizada em São Paulo de 14 a 17 de novembro. Entramos no Senac por meio do Programa Senac de Gratuidade e, hoje, estamos participando de uma grande competição, graças ao que aprendemos em sala da aula, comemorou Alinéia. É um orgulho representar o Senac e nosso estado em um evento desse porte, complementou Jéssica. ALAGOAS Alunos na mostra Morar Mais por Menos RIO DE JANEIRO Vinte e três trabalhos produzidos por alunos da área de Design do Senac no Rio de Janeiro marcaram presença durante a nona edição carioca da mostra de decoração Morar Mais por Menos, evento que reúne cerca de cem profissionais, entre arquitetos, decoradores e paisagistas. Durante dois meses, sob a curadoria do designer Tulio Mariante, os estudantes transformaram cadeiras em objetos para diferentes usos durante as oficinas práticas. O evento foi realizado de 27 de setembro a 4 de novembro na sede da Pequena Cruzada, na Lagoa. A exposição Transformações, que ocupou o segundo andar da mostra, apresentou 86 trabalhos, sendo que os 23 projetos do Senac foram selecionados seguindo os critérios de originalidade, criatividade, impacto visual e sustentabilidade. Para a gerente de grupo de produtos de Comunicação e Design do Regional, Liliana Sebusiani, o processo de criação dos alunos acrescenta a vivência do mercado ao aprendizado de sala de aula: Transformar, desconstruir, trazer novo olhar e outro uso para o objeto são formas de simular os desafios encontrados no mercado profissional. Assim, inserimos o aluno no universo de trabalho e aplicamos a metodologia aprender fazendo, marca registrada do Senac.

19 [ Por todo [ Integração o Brasil ] 19 Excelência para se trabalhar no país SANTA CATARINA O Senac em Santa Catarina está entre as 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil. É o que aponta o ranking publicado pelas revistas Exame e Você S/A. Cerca de 1,7 mil empregados responderam à pesquisa, que revela, entre os pontos fortes, a participação das pessoas em diversas ações sociais da empresa, como o Dia da Responsabilidade Social, com prestação de serviços de saúde para a comunidade. Além disso, a Instituição fornece descontos para quem deseja fazer um curso de qualificação em suas instalações. Segundo os dados, 88,8% dos empregados se identificam com a Instituição; 81,5% estão satisfeitos e motivados; 79,6% acreditam ter desenvolvimento; e 83,5% aprovam seus líderes. Em 2005, o Regional também esteve classificado entre as melhores. Além do Senac, outras 11 empresas de Santa Catarina foram eleitas. ESPÍRITO SANTO Ilha do Boi na Copa do Mundo As seleções que disputarão a Copa do Mundo de 2014 já podem contar com os serviços de primeira linha do Hotel Senac Ilha do Boi. Presente na lista oficial da Federação Internacional de Futebol e Associados (Fifa), o hotel-escola atendeu a mais de cem requisitos, como curta distância até o aeroporto e padrões de conforto e segurança. Por isso, está entre os três hotéis credenciados no estado e entre os 28 para a Copa do Mundo de 2014 na região Sudeste. O hotel possui 95 apartamentos nas categorias standard, luxo e master e oferece vivência de situações reais de trabalho para alunos dos cursos de Turismo e Hotelaria. Lá, eles assistem aulas e utilizam mobiliário e equipamentos próprios, o que permite adquirir experiências necessárias ao desempenho profissional.

20 20 [ Integração Por todo o Brasil ] ] SÃO PAULO Alimentação saudável em pauta De 15 a 18 de outubro, o Senac em São Paulo promoveu evento em prol da alimentação saudável em conjunto com a Fundação Alicia, centro de pesquisas dedicado à inovação tecnológica idealizado pelo renomado chef Ferran Adrià. O encontro, que ocorreu pela primeira vez em 2011, teve como foco integrar alunos, professores e parceiros da área de Nutrição do Senac e foi realizado no Centro Universitário Santo Amaro e nas Unidades Aclimação e Consolação. Foram organizadas quatro atividades específicas para públicos distintos: um curso de três dias para 90 alunos do Bacharelado em Nutrição do Centro Universitário Senac; um encontro com 30 docentes dos cursos de Bacharelado em Nutrição e Técnico em Nutrição e Dietética; uma oficina para 40 nutricionistas gestoras de hospitais parceiros e uma palestra sobre alimentação saudável para 150 pessoas. Nosso objetivo foi promover a integração da Nutrição com os interessados no tema, com ênfase na investigação de hábitos alimentares relacionados à saúde, nutrição e dietética para a melhoria da qualidade de vida, destacou a coordenadora de Desenvolvimento de Nutrição do Regional, responsável pelo evento, Karina Ramos. Semana Gastronômica e de Estudos da Tilápia As cidades de Curitiba, Caiobá e Foz do Iguaçu foram palcos, em setembro, da Semana Gastronômica e de Estudos da Tilápia, fruto da parceria entre Senac e Senar no estado, com apoio do Centro Tecnológico Positivo e da Câmara de Comércio França Brasil. A programação incluiu palestras, almoços, concurso gastronômico, mesa-redonda, encontro de negócios e contou com a participação especial do consultor gastronômico Pierre Vedel, representante do ECTI-Paris, instituto sem fins lucrativos que promove o intercâmbio de tecnologia e conhecimento. Vedel ministrou aula-show para alunos e visitantes no Laboratório de Gastronomia da Universidade Positivo em Curitiba. Realizadas até três vezes ao ano, as Semanas Gastronômicas têm como objetivo alavancar a economia do estado, incentivando o consumo de produtos regionais. A tilápia, por exemplo, com larga produção na região de Toledo, se popularizou após ações promovidas na primeira edição da Semana Gastronômica em Atualmente, esse peixe faz parte do cardápio da merenda escolar na maioria dos municípios do oeste paranaense e de vários empreendimentos gastronômicos. PARANÁ

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais RESULTADO DO CENSO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2009 O Censo Escolar, realizado anualmente pelo

Leia mais

20RG - Expansão e Reestruturação de Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica

20RG - Expansão e Reestruturação de Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica Programa 2031 - Educação Profissional e Tecnológica Número de Ações 200 Ação Orçamentária - Padronizada Setorial 20RG - Expansão e Reestruturação de Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica

Leia mais

PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES

PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES Organizador Patrocínio Apoio PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 O Turismo é uma das maiores fontes de

Leia mais

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Consultor Sebrae Nacional PARCERIAS MPOG - Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão/SLTI CONSAD Conselho Nacional de Secretários

Leia mais

TECNOLOGIA PARA UM MUNDO MELHOR

TECNOLOGIA PARA UM MUNDO MELHOR TECNOLOGIA PARA UM MUNDO MELHOR Garantir que todas as pessoas tenham oportunidade de utilizar equipamentos e redes de comunicação digital é uma das principais formas de contribuir para o desenvolvimento

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

FRANQUIA HOME OFFICE

FRANQUIA HOME OFFICE FRANQUIA HOME OFFICE SUMÁRIO QUEM SOMOS PREMIAÇÕES ONDE ESTAMOS NOSSO NEGÓCIO MULTIMARCAS MULTISERVIÇOS PERFIL DO FRANQUEADO VANTAGENS DA FRANQUIA CLUBE TURISMO DESCRITIVO DO INVESTIMENTO PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO GRUPO POSITIVO

EDUCAÇÃO GRUPO POSITIVO EDUCAÇÃO 38 GRUPO POSITIVO Contribuição para o desenvolvimento Positivo trabalha para que sua contribuição ao ensino de O qualidade extrapole suas unidades e alcance de forma construtiva toda a sociedade.

Leia mais

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE EDUCACAO INFANTIL INCLUSIVA EM CURITIBA VEJA COMO SUA EMPRESA PODE TRANSFORMAR ESTA IDEIA EM REALIDADE { Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Nota Técnica elaborada em 01/2014 pela CGAN/DAB/SAS. MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NOTA TÉCNICA Nº15/2014-CGAN/DAB/SAS/MS

Leia mais

Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo

Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo 2014 2 Índice Palavra do Presidente 4 Educação Superior no Brasil: crescimento forte e constante 5 Instituições de Ensino Superior 6 por Estado Presenciais

Leia mais

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA -

Leia mais

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Quadro Resumo- Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa - - 2012 Categoria

Leia mais

Dimensão social. Educação

Dimensão social. Educação Dimensão social Educação 218 Indicadores de desenvolvimento sustentável - Brasil 2004 36 Taxa de escolarização Representa a proporção da população infanto-juvenil que freqüenta a escola. Descrição As variáveis

Leia mais

AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 1. FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL 1. FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL GLOSSÁRIO EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SENAC DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL RIO DE JANEIRO NOVEMBRO/2009 AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Ações educativas destinadas ao desenvolvimento de competências necessárias

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011

Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011 Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011 1 Lançamento do Planejamento Estratégico Nacional Brasília, 09 de novembro de 2011 2 Planejamento Estratégico Nacional do

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1. O Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) é um concurso jornalístico instituído pelo Sebrae Nacional Serviço Brasileiro

Leia mais

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor para as pessoas Promover o autodesenvolvimento viverem melhor é a missão do Instituto Walmart www.iwm.org.br O Instituto Walmart é uma organização

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

(YROXomR GR(QVLQR *UDGXDomR

(YROXomR GR(QVLQR *UDGXDomR (YROXomR GR(QVLQR 6XSHULRU² *UDGXDomR,QVWLWXWRÃ1DFLRQDOÃGHÃ(VWXGRV (& HÃ3HVTXLVDVÃ(GXFDFLRQDLV Brasília, 2 1 DIRETORIA DE INFORMAÇÕES E ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS João Batista Ferreira Gomes Neto COORDENAÇÃO-GERAL

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 Retratos da Sociedade Brasileira: Problemas e Prioridades do Brasil para 2014 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA4007 EDITAL Nº 3/2010 1. Perfil: no. 1 Sol e Praia 3. Qualificação educacional: Pós-graduação em turismo, geografia, educação ambiental, recreação

Leia mais

Qualificação Social e Profissional: o papel das políticas públicas de inclusão produtiva

Qualificação Social e Profissional: o papel das políticas públicas de inclusão produtiva Qualificação Social e Profissional: o papel das políticas públicas de inclusão produtiva MISSÃO Educar para o trabalho em atividade do comércio de bens, serviços e turismo Nossa Gestão Estratégica Escola

Leia mais

APRENDIZAGEM PROFISSIONAL

APRENDIZAGEM PROFISSIONAL APRENDIZAGEM PROFISSIONAL a LEI promove o Trabalho Decente para a Juventude e desenvolvimento social e econômico para o Brasil Departamento de Políticas Públicas de Trabalho, Emprego e Renda para Juventude

Leia mais

O QUE VOU SER QUANDO CRESCER?

O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? O QUE VOU SER QUANDO CRESCER? Cartilha Educativa Elaborada no Projeto de Extensão: Cartilha e Artigos Coordenação: Profª Emiliana Debetir Centro de Ciências da Administração

Leia mais

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS Projeto de Lei nº 8.035, de 2010 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional O PNE é formado por: 10 diretrizes; 20 metas com estratégias

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 (Estudo Técnico nº 175) François E. J. de Bremaeker Salvador, julho de 2012 2 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Associação

Leia mais

A temática Sistema Nacional de Educação foi dissertada pela Profa. Flávia Maria Barros Nogueira Diretora da SASE.

A temática Sistema Nacional de Educação foi dissertada pela Profa. Flávia Maria Barros Nogueira Diretora da SASE. CARTA DE RECIFE O Fórum Nacional de Conselhos Estaduais de Educação realizou em Recife, no período de 16 a 18 de setembro a Reunião Plenária da Região Nordeste, com a participação dos Conselhos Estaduais

Leia mais

Especial Prova ABC. Olho nas Metas 2012Resultados e. análise dos itens da Prova ABC 2012

Especial Prova ABC. Olho nas Metas 2012Resultados e. análise dos itens da Prova ABC 2012 De Especial Prova ABC 2012 Olho nas Metas 2012Resultados e análise dos itens da Prova ABC 2012 De Especial Prova ABC 2012 Olho nas Metas Resultados e análise dos itens da Prova ABC 2012 Sumário Prova ABC

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

Data Veículo Editoria Tamanho 15.05.13 Potiguar Notícias

Data Veículo Editoria Tamanho 15.05.13 Potiguar Notícias 15.05.13 Potiguar Notícias Presidente do Sistema Fecomércio participa do 29º Encontro Nacional O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, lidera uma comitiva, composta por cerca

Leia mais

Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo

Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo Índice Palavra do Presidente 5 Panorama do Ensino Superior - Brasil 6 / Evolução 7 por Estado / Número de IES 8 Pirâmides Etárias - Presenciais e de EAD

Leia mais

Reunião do Comitê de Marketing 13 e 14 de janeiro de 2011

Reunião do Comitê de Marketing 13 e 14 de janeiro de 2011 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Reunião do Comitê de Marketing 13 e 14 de janeiro de 2011 Memória Presentes: membros do

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE. Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional

AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE. Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional Desafio Fomentar o Uso do Poder de Compra do Governo Junto aos Pequenos Negócios para Induzir

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Abril de 2015 O Comércio em Números é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho

Leia mais

15º FÓRUM NACIONAL DA UNDIME. Política Nacional de Educação Infantil. Mata de São João/BA Junho/2015. Secretaria de Educação Básica

15º FÓRUM NACIONAL DA UNDIME. Política Nacional de Educação Infantil. Mata de São João/BA Junho/2015. Secretaria de Educação Básica 15º FÓRUM NACIONAL DA UNDIME Política Nacional de Educação Infantil Mata de São João/BA Junho/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores urbanos e rurais

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Ressocialização de jovens carentes Um sonho possível

Ressocialização de jovens carentes Um sonho possível Ressocialização de jovens carentes Um sonho possível A Microlins tem a convicção de que um mundo melhor depende de as empresas assumirem o papel de instrumento de transformações sociais. Essa postura é

Leia mais

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus APRESENTAÇÃO Ao se propor a sistematização de uma política pública voltada para os museus brasileiros, a preocupação inicial do Ministério

Leia mais

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 0 0,00 0 0 0 0,00 Rondônia

Leia mais

ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO

ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC Canoas

Leia mais

Edital do Processo Seletivo para o Curso Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde Ênfase na Gestão Estadual do Sistema Único de Saúde

Edital do Processo Seletivo para o Curso Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde Ênfase na Gestão Estadual do Sistema Único de Saúde 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Rio de Janeiro, em 06 de outubro

Leia mais

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO Repasse financeiro do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal, por meio do Piso Variável

Leia mais

Graduação. Avaliação de Egressos. Alunos formados entre jan/2010 e dez/2011

Graduação. Avaliação de Egressos. Alunos formados entre jan/2010 e dez/2011 Graduação Avaliação de Egressos Alunos formados entre jan/2010 e dez/2011 Abril/2013 FICHA TÉCNICA Período de aplicação De 14 de janeiro a 28 de fevereiro de 2013. Formato Avaliação realizada, via e-mail,

Leia mais

Sala de Imprensa Notícias do Enem

Sala de Imprensa Notícias do Enem Imprimir Fechar janela Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Sala de Imprensa Notícias do En 07 de fevereiro de 2007 Inep divulga os resultados do En 2006 por UF e Maioria

Leia mais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Financiamento e apoio técnico BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Estão abertas inscrições online até 30 de novembro para o edital bianual da BrazilFoundation que selecionará

Leia mais

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS APRESENTAÇÃO Em Dezembro de 2004 por iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Paraná o CPCE Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial nasceu como uma organização

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

As Compras Públicas, Simplificação, Sustentabilidade e Micro e Pequenas Empresas. Maurício Zanin Consultor SEBRAE Nacional

As Compras Públicas, Simplificação, Sustentabilidade e Micro e Pequenas Empresas. Maurício Zanin Consultor SEBRAE Nacional As Compras Públicas, Simplificação, Sustentabilidade e Micro e Pequenas Empresas Maurício Zanin Consultor SEBRAE Nacional OBJETIVO DAS NORMAS (linhas da esquerda para a direita) 8.666/93 Lei Geral de

Leia mais

Nº 19 Novembro de 2011. A Evolução da Desigualdade de Renda entre os anos de 2000 e 2010 no Ceará e Estados Brasileiros Quais foram os avanços?

Nº 19 Novembro de 2011. A Evolução da Desigualdade de Renda entre os anos de 2000 e 2010 no Ceará e Estados Brasileiros Quais foram os avanços? Nº 19 Novembro de 2011 A Evolução da Desigualdade de Renda entre os anos de 2000 e 2010 no Ceará e Estados Brasileiros Quais foram os avanços? GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos

Leia mais

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto 14.07.2012 Portal De Fato Xx Xx Postado em 14/07/2012-09:09 Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto O Programa Senac Gratuidade (PSG) disponibilizará mais de 540 bolsas de estudos integrais para

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

Informe Econômico N 3

Informe Econômico N 3 Conjuntura Econômica Gerente Legislativa: Sheila Tussi da Cunha Barbosa Analista Legislativa: Cláudia Fernanda Silva Almeida Assistente Administrativa: Quênia Adriana Camargo Ferreira Estagiário: Tharlen

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC Canoas

Leia mais

Oficina Índice de Desenvolvimento Humano IDH

Oficina Índice de Desenvolvimento Humano IDH Oficina Índice de Desenvolvimento Humano IDH Oficina CH/EM Caro Aluno, Esta oficina tem por objetivo analisar as principais características de um dos principais indicadores socioeconômicos utilizados na

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS OBJETIVO E ESCOPO 1. Informações Gerais 1.1 Objetivo geral do trabalho: desenvolvimento de novo site institucional para o Senac (www.senac.br), nas versões

Leia mais

GRADUAÇÃO HOTELARIA BACHARELADO. NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação

GRADUAÇÃO HOTELARIA BACHARELADO. NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação TITULAÇÃO: Bacharel em Hotelaria CARGA HORÁRIA: 3.104 horas DURAÇÃO: 2 anos DIFERENCIAL 2 ANOS A Castelli ESH propõe-se a ofertar o Curso de Graduação em Hotelaria,

Leia mais

A transparência como base da gestão

A transparência como base da gestão A transparência como base da gestão Um Sistema em sintonia com o Brasil. Esta é a síntese da avaliação dos usuários dos serviços da CNC, do SESC e do SENAC. Afinal, desde que foram criados, há mais de

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

Estudo Estratégico n o 4. Como anda o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro? Valéria Pero Adriana Fontes Luisa de Azevedo Samuel Franco

Estudo Estratégico n o 4. Como anda o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro? Valéria Pero Adriana Fontes Luisa de Azevedo Samuel Franco Estudo Estratégico n o 4 Como anda o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro? Valéria Pero Adriana Fontes Luisa de Azevedo Samuel Franco PANORAMA GERAL ERJ receberá investimentos recordes da ordem

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE CURSOS VAGAS LIMITADAS. Esteja pronto para o mercado de trabalho! Cursos em diversas áreas de atuação. JULHO AGOSTO 2015 CAMAÇARI

PROGRAMAÇÃO DE CURSOS VAGAS LIMITADAS. Esteja pronto para o mercado de trabalho! Cursos em diversas áreas de atuação. JULHO AGOSTO 2015 CAMAÇARI Esteja pronto para o mercado de trabalho! Cursos em diversas áreas de atuação. PROGRAMAÇÃO DE CURSOS JULHO AGOSTO 2015 CAMAÇARI VAGAS LIMITADAS www.ba.senac.br /senacbahia INFORMAÇÕES IMPORTANTES Os cursos

Leia mais

Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO. Manual do participante

Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO. Manual do participante Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO Manual do participante Autoria: Renato Fonseca de Andrade Responsáveis pela atualização: Consultores da Unidade de Orientação Empresarial

Leia mais

RESULTADOS DO ÍNDICE DE VULNERABILIDADE SOCIAL DO PARANÁ - 2010 *

RESULTADOS DO ÍNDICE DE VULNERABILIDADE SOCIAL DO PARANÁ - 2010 * RESULTADOS DO ÍNDICE DE VULNERABILIDADE SOCIAL DO PARANÁ - 2010 * Os resultados aqui apresentados foram extraídos do Atlas da Vulnerabilidade Social nos Municípios Brasileiros, elaborado pelo Instituto

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

SENAC. www.am.senac.br COARI - CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL

SENAC. www.am.senac.br COARI - CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL CENTROS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL MANAUS CENTRO DE INFORMÁTICA MANOEL CATHARINO DOS SANTOS GOMES Av. Darcy Vargas, 288 - Chapada CENTRO DE TURISMO E HOSPITALIDADE Rua Saldanha Marinho, 410 - Centro CENTRO

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

DOCUMENTO 03 ENSINO SUPERIOR NO BRASIL

DOCUMENTO 03 ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DOCUMENTO 03 ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Com o advento da nova Constituição em 1988 e a promulgação e da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional em fins de 1996, novas perspectivas foram colocadas

Leia mais

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar:

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar: Professor: Muitas razões para votar em Scolforo e Édila O QUE FOI FEITO! Quando um membro de sua comunidade seja professor (a), técnico (a) administrativo ou estudante - apresentar uma crítica sobre algo

Leia mais

Odesenvolvimento da pesquisa Assistência Médico-Sanitária - AMS,

Odesenvolvimento da pesquisa Assistência Médico-Sanitária - AMS, Análise de alguns indicadores da pesquisa Odesenvolvimento da pesquisa Assistência Médico-Sanitária - AMS, com seu caráter censitário junto aos estabelecimentos de saúde, tem sido um elemento valioso para

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo

O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo Atualizado em: julho, 2011 O Grupo Telefônica no Brasil e no Mundo Dados financeiros (2010) Indicadores Mundo Brasil %BR/mundo Receita Líquida (1) 60,7 bilhões (1) Considera Telesp + 50% da Vivo até 3T2010

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO jun/15 GRUPO I META 1

AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO jun/15 GRUPO I META 1 AUDIÊNCIA PÚBLICA PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO jun/15 GRUPO I META 1 Universalizar, até 2016, a educação infantil na pré-escola para as crianças de 4 (quatro) a 5 (cinco) anos de idade e ampliar a oferta

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Boletim Fecomércio - TO

Boletim Fecomércio - TO SENAC traz ao Tocantins Projeto Talentos do Brasil Um projeto nacional, que foi criado para estimular a troca de conhecimentos entre cooperativas e grupos de artesãs de todo o Brasil, gerando emprego e

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 07.04.15 EDITORIA: ECONOMIA. Classificação: Positiva

FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 07.04.15 EDITORIA: ECONOMIA. Classificação: Positiva FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 07.04.15 EDITORIA: ECONOMIA Classificação: Positiva VEÍCULO: BLOG DANILO EVARISTO DATA: 06.04.15 RN: Senac oferece 844 vagas para cursos de qualificação O Sistema

Leia mais

Plano de gestão 2016-2019 Chapa Consolidação

Plano de gestão 2016-2019 Chapa Consolidação Plano de gestão 2016-2019 Chapa Consolidação 1. Apresentação Em novembro a comunidade do IFSC Câmpus Canoinhas elegerá seus novos dirigentes: Diretor Geral, Chefe de Departamento de Ensino, Pesquisa e

Leia mais

AMPLIAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL PARA NOVE ANOS

AMPLIAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL PARA NOVE ANOS AMPLIAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL PARA NOVE ANOS RELATÓRIO DO PROGRAMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica A ampliação do Ensino Fundamental para nove anos vem sendo discutida pela Secretaria

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

Entendendo custos, despesas e preço de venda

Entendendo custos, despesas e preço de venda Demonstrativo de Resultados O empresário e gestor da pequena empresa, mais do que nunca, precisa dedicar-se ao uso de técnicas e instrumentos adequados de gestão financeira, para mapear a situação do empreendimento

Leia mais

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina Primeiro escritório de inclusão social da América Latina 18 de setembro Nós do Centro: mais uma ação para a comunidade do Grupo Orsa O Grupo Orsa, por meio da Fundação Orsa, inaugura um espaço inovador

Leia mais

Quinta-feira, 24.03.11

Quinta-feira, 24.03.11 Quinta-feira, 24.03.11 Pensamento do dia Não pondero, sonho. Não me sinto inspirado, deliro. Fernando Pessoa A frase é: Espero que não haja obstáculos à realização das provas, daqui HÁ ou A uma semana?

Leia mais

Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012

Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012 Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012 Informações Básicas Recursos Humanos Foram pesquisadas as pessoas que trabalhavam na administração direta e indireta por vínculo empregatício e escolaridade;

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ANEXO 1

MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ANEXO 1 MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ANEXO 1 EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA Nº 03, DE 3 DE JULHO DE 2015. CULTURA DE REDES PREMIAÇÃO A REDES CULTURAIS

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Outubro de 2015

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Outubro de 2015 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Outubro de 2015 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Outubro de 2015 Sumário Executivo Indicadores de confiança são indicadores

Leia mais

Seminário Nordestino de Pecuária Turismo no Espaço Rural e Natural. Porque capacitar meus funcionários é fundamental para o sucesso da minha empresa?

Seminário Nordestino de Pecuária Turismo no Espaço Rural e Natural. Porque capacitar meus funcionários é fundamental para o sucesso da minha empresa? Seminário Nordestino de Pecuária Turismo no Espaço Rural e Natural Porque capacitar meus funcionários é fundamental para o sucesso da minha empresa? O atual mundo do trabalho ANTIGO Qualifica para o trabalho;

Leia mais