MBA. Gestão de Negócios de Fomento Mercantil. São Paulo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MBA. Gestão de Negócios de Fomento Mercantil. São Paulo"

Transcrição

1 1 MBA Gestão de Negócios de Fomento Mercantil São Paulo

2 2 Apresentação O fomento mercantil no Brasil é uma atividade recente, quando comparado a outros ramos de negócio, igualmente afetado por evoluções tecnológicas e alterações em cenários econômicos verificados constantemente. As empresas atuando neste segmento que não se adaptaram a mudanças ocorridas no sistema ou no mercado passarão por dificuldades crescentes com o decorrer do tempo. Um grande número destas, com certeza, deixará de operar. O mercado mudou, constatação óbvia, o importante é reconhecer a nova realidade e buscar rápida adaptação. Constantes reflexões se fazem necessárias sobre o futuro deste segmento empresarial, questões aparentemente simples, mas fundamentais, dentre estas podemos citar: Quais serão os produtos e serviços oferecidos pelas empresas de factoring no futuro? O desenvolvimento da atividade de factoring no país teve como origem a aquisição de cheques, idêntica operação com duplicatas foi o passo seguinte. Nos dias de hoje existe uma ampliação de utilização do chamado dinheiro eletrônico, com a expectativa de que, em curto prazo, assuma a posição de principal meio de pagamento. Discussões constantes e recorrentes sobre direito de regresso, endosso ou cessão, fiador ou responsável solidário dentre outros temas fazem parte das preocupações do setor, mas dispor de elementos que permitam um conhecimento técnico adequado das operações realizadas; dominar técnicas que permitam diversificar atividades e risco das operações; entender e avaliar adequadamente as variáveis que influenciarão o futuro das operações; conhecer e dispor de estruturas operacionais, permitindo rápidas adaptações a novas formas de negócios, passam a ser fundamentais para os operadores do segmento. Apoiado nestas idéias foi montado o presente curso de MBA em Gestão de Negócios de Fomento Mercantil, que tem como objetivos: Proporcionar aos participantes conhecimento adequado das imposições legais relativas a atividade, de maneira que possam montar com eficácia sistemas de controle de gestão e operacionalização de sistemas adaptados a necessidades específicas; Apresentar e discutir análise de valor e risco: diagnóstico financeiro, medidas de valor e risco e a escolha de investimentos; Integrar gestão de valor e gestão de riscos dentro da política geral do negócio.

3 3 Estrutura do Curso ordem n o horas HA 1 disciplina professores seminário de integração Eduardo Krause Diehl, MSc MÓDULO DE INSTRUMENTOS DE APOIO contabilidade Sócrates Sarantopoulos, MSc cálculos financeiros Gláucia Michel de Oliva, Dr negociação Carlos Mello Moyano, Dr conjuntura econômica Antônio Carlos Fraquelli, MSc MÓDULO DE GESTÃO gestão de pessoas César Augusto Tejera de Ré, MSc tecnologia da informação Carlos Tadeu Queiroz de Morais, MSc marketing para negócios financeiros Vinícius Sittoni Brasil, Dr relacionamento interpessoal Eduardo Krause Diehl, MSc estratégia de negócios financeiros Carlos Alberto Diehl, Dr MÓDULO FINANÇAS finanças empresariais Ernani Tadeu de Oliveira, Msc gestão financeira de empresas de fomento Carlos Damasceno, Esp mercado de capitais Juvir Luiz Mattuela, PhD securitização de recebíveis & FIDC Uinie Caminha, Dr* MÓDULO FACTORING fundamentos de factoring Alexandre Fuchs das Neves, Esp títulos de crédito Alexandre Fuchs das Neves, Esp legislação aplicada ao factoring Alexandre Fuchs das Neves, Esp análise de crédito e risco Carlos Damasceno, Esp responsabilidade civil decorrente do fomento Márcio Henrique Vicenti Aguillar, Esp medidas para evitar golpes Alexandre Fuchs das Neves, Esp cobrança e recuperação de valores José Luiz Dias da Silva, Esp* crimes inerentes do fomento Gerri Adriani Mendes, MSc* planejamento tributário Fernando Steinbruch, MSc factoring na recuperação judicial Eduardo Dante Calatayud, MSc seminários técnicos de acordo com temas que vierem a ser debatidos *Professores ainda não confirmados. 1 HA = número de horas acumuladas do curso

4 4 Ementas 1. Seminário de Integração Apresentação do regimento do curso, detalhamento da forma de operar da instituição. Realização de atividades visando estabelecer integração entre os participantes, visto que os mesmos iniciarão uma atividade em grupo, por período longo, sendo necessário estabelecer regras de convivência e comportamento grupal. MÓDULO DE INSTRUMENTOS DE APOIO 2. Contabilidade A contabilidade e o contexto empresarial; os princípios fundamentais de contabilidade e as principais demonstrações financeiras existentes (o balanço patrimonial, a demonstração do resultado do exercício, a demonstração das mutações do patrimônio líquido, a demonstração de origens e aplicações de recursos, a demonstração do valor adicionado e as notas explicativas). Critérios de avaliação de investimentos permanentes: método de custo e equivalência patrimonial; Disposições legais e doutrinárias para aplicação do método de equivalência patrimonial; Consolidação das demonstrações contábeis. Aspectos legais e doutrinários para sua ocorrência; Saldos Intercompanhias; Resultados não Realizados; Controle Conjunto de Operações; Controle Conjunto de Ativos; Controle Conjunto de Empresas. 3. Negociação O objetivo principal da disciplina é o de capacitar o participante em termos conceituais de Comunicação Interpessoal: Relação e substância, Emoções, Audição ativa, Regras para uma boa comunicação, O uso de persuasão na comunicação. Negociação: As variáveis básicas, negociação distributiva, negociação integrativa, o modelo cognitivo; Planejamento da negociação; O aprendizado de negociação. 4. Cálculos Financeiros Juros simples, juros compostos, taxas de juros (proporcional, equivalente/efetiva, conjunta e real), desconto bancário/comercial, taxa média, prazo médio, fluxos de caixa, valor presente, valor futuro, sistemas de amortização, séries de pagamentos/prestações (antecipadas, postecipadas, diferidas/carência e cálculo de coeficientes de financiamento). A disciplina apresentará como referência o uso e operação de calculadora financeira HP 12c. 5. Conjuntura Econômica Esta disciplina descreve o ambiente econômico no contexto internacional e os desdobramentos da nova ordem econômica sobre a conjuntura nacional. Versa sobre os principais fatos que marcaram a trajetória da economia internacional e analisa o Brasil do Real. Mercados, economia e marketing. Política econômica e sua influência sobre a atividade econômica. A hegemonia da economia de mercado: o consumidor e a produção.

5 5 MÓDULO DE GESTÃO 6. Gestão de Pessoas A disciplina apresenta conceitos básicos de competição, sobrevivência e finitude de recursos, política, estratégia, objetivos, missão organizacional. Estratégia empresarial: concepção, processos, etapas e variáveis interferentes. Política empresarial e política de recursos humanos. Estratégia empresarial e estratégia de recursos humanos. Políticas e estratégias de recursos humanos: interfaces, processos e variáveis componentes. 7. Tecnologia da Informação Esta disciplina tem por objetivo fornecer aos participantes uma apreciação das questões gerenciais que envolvem o desenvolvimento e o uso da Tecnologia de Informação (TI) nas organizações. O foco dos conteúdos discutidos na disciplina está nas questões organizacionais e gerenciais que surgem com as novas tecnologias de informação, tais como a Internet, redes, banco de dados, sistema Voip, etc. 8. Marketing para Negócios Financeiros A estratégia de marketing desempenha um papel fundamental nas performances de negócios bem-sucedidos em uma grande quantidade de indústrias em todo o mundo. A importância crescente da satisfação do cliente, da diversidade de mercados, das rápidas mudanças na tecnologia e dos desafios da competição global exige estratégias de marketing eficazes para sustentar uma posição competitiva privilegiada e de ponta. A disciplina examina os conceitos e processos que levam as organizações financeiras a obter vantagem competitiva no mercado, ocupando-se dos temas e variáveis-chave da seleção de uma estratégia. Igualmente, objetiva-se introduzir aos participantes os conceitos de análise do consumidor, análise da concorrência e marketing mix (produto, preço, promoção e distribuição). 9. Relacionamento Interpessoal O que é Inteligência Interpessoal? como saber como está nossa Inteligência nesse aspecto. o que são boas relações? podemos desenvolver nossa inteligência Interpessoal? aspectos fundamentais do autoconhecimento; o que necessitamos observar para mudar nosso comportamento? regra de ouro: as pessoas deveriam tratar os outros como gostariam de ser tratadas; empatia e percepção das necessidades dos outros; timidez e a dificuldade em expor necessidades e fazer valer direitos; será que às vezes não descontamos no outro ou nas coisas as nossas insatisfações ou frustrações? formas de comunicação eficientes: verbais e não verbais; comunicação assertiva (emissão e recepção). 10. Estratégia para Negócios Financeiros A disciplina possui como objetivo principal fornecer aos participantes as principais ferramentas para o entendimento da estratégia empresarial, tendo como foco a metodologia de desenvolvimento de um Plano Estratégico e a discussão sobre a implementação. Serão tratados temas relativos a: análise do ambiente interno e externo da organização; definição de vetores de sucesso da organização; formulação de estratégias; tendências setoriais. Análise competitiva.

6 6 MÓDULO DE FINANÇAS 11. Finanças Empresariais Capital de giro, necessidade de capital de giro, tesouraria, ciclo de produção, ciclo financeiro, ciclo operacional, análise financeira. Fundamentos de finanças corporativas e o uso destes conceitos na análise das decisões financeiras tomadas nas empresas e em outros tipos de organizações. Alguns dos tópicos abordados incluem: orçamento de capital, análise de projetos de investimentos, estrutura ótima de capital da empresa. 12. Gestão Financeira de Empresas de Fomento O objetivo desta disciplina é o de capacitar o participante a conhecer todos os elementos financeiros presentes na operação de fomento comercial, incluindo a própria gestão financeira do negócio. Neste sentido, serão abordados os seguintes temas: Revisão dos cálculos financeiros mais utilizados na operação; Conceitos de desconto, deságio e antecipação; O custo do dinheiro para empresas de fomento e os principais balizadores do mercado; A formação do fator de compra (taxa de operação); Os custos incidentes na operação (margem operacional, inadimplência e carga tributária). O comparativo com demais operações financeiras e bancárias mostrando as vantagens e as limitações das operações de fomento mercantil quando comparadas com outras alternativas de mercado. Projeção e formatação do fluxo de caixa do negócio - Gestão Financeira da Factoring. Avaliando a carteira de ativos e determinando a rentabilidade das operações para quantificar o real resultado da mesma. 13. Mercado de Capitais Análise de títulos e valores mobiliários no sistema financeiro brasileiro e seus mercados. Relação risco X rentabilidade. Capital Asset Pricing Model. Eficiência de mercado, política de dividendos e estrutura de capital. Precificação dos títulos, gerência e análise de carteiras de investimento. Opções, mercados futuros, derivativos e mercados emergentes. 14. Securitização de Recebíveis & FIDC Conceitos e principais formas de estruturação; Securitização via Sociedade de Proposta Específica - vantagens e custos; Securitização via Fundos de Investimento em Direitos Creditórios: Breve Histórico; Definição e Natureza dos Ativos; Estatísticas do Mercado; Legislação Básica; Tributação; Órgãos Reguladores e Fiscalizadores; Partes Envolvidas na Emissão; Custos de Emissão; Prazos para Emissão; Registros de Emissão; Principais Características; Fatores de Risco; Securitização via Certificados de Recebíveis Imobiliários; Project Finance; Derivativos de crédito - principais contratos e estratégias; Fundos Private Equity - capital de risco como financiador de projetos.

7 7 MÓDULO DE FACTORING 15. Fundamentos de Factoring Conceito. Surgimento do factoring no Brasil e fora do Brasil. Diferença entre bancos, cooperativas de crédito, financeiras, factorings. Criação, formação, constituição e registro de factorings Finalidades. Vantagens. Fundamentos da atividade. Modalidades. Público alvo. 16. Títulos de Crédito O crédito. Atributos do crédito; definição; natureza jurídica e classificação. Títulos de crédito e valores mobiliários. A letra de câmbio. Noções históricas. Declarações cambiais e atributos. O saque. As modalidades de vencimento da letra. O aceite. O endosso. Aval. Pagamento da letra de cambio. Protesto. Nota promissória: promessa de pagamento. Requisitos essenciais. Vencimento. Institutos cambiais incompatíveis com a promissória. Vinculação a contrato. Registro no ministério da fazenda. Cheque: noção e origem. Natureza jurídica. Relações existentes. Requisitos extrínsecos, intrínsecos e irregularidade. Endosso. Cheque ao portador, nominativo e a ordem, prazo de apresentação e apresentação tardia. Cheque marcado, visado e cruzado. Cheque comprado e cheque virgem. Cheque "para levar em conta". Revogação do cheque. Responsabilidade pelo pagamento. Câmara de compensação. Morte ou falência do emitente. Protesto e prescrição. Responsabilidade do sacado. Duplicata: noção e origem. Legislação. Fatura e duplicata. Validade e regularidade. Requisitos. Emissão facultativa. Remessa e aceite. Pagamento e sua prova. Reforma ou prorrogação. Vencimento extraordinário. Aspectos processuais. Foro competente. Prescrição. Prestação de serviço. Profissionais liberais. Protesto. Outros títulos de crédito: conhecimento de depósito e warrant. Debêntures. Conhecimento de transporte. Letra hipotecária. Cédula hipotecária. Certificados de depósito e de investimentos de crédito industrial. Título de crédito rural.os títulos de crédito no Novo Código Civil. 17. Legislação Aplicada ao Factoring Natureza jurídica das operações de factoring. Natureza jurídica das empresas de factoring. Prestação de serviços. Atividade mercantil. Títulos de crédito. Ativos passíveis de aquisição. Contratos: modalidades, finalidades e modelos. Cessão de crédito e endosso: operações praticadas no mercado, aspectos importantes e modelos. Notificação. Direito de regresso e transferência por endosso: aspectos práticos legais. 18. Análise de Crédito e Risco Análise de crédito: conceito e finalidade. Crédito comercial: política de crédito e reflexos no custo e gestão do risco de crédito. Crédito bancário: aspectos relacionados ao risco de crédito. Concessão de crédito para pessoas físicas. Concessão de crédito para pessoas jurídicas. Visitas de análise econômico-financeira; demonstrações financeiras (BP, DRE, DOAR, fluxo de caixa), análise vertical, análise horizontal, análise através de índices financeiros, parecer. Análise de grupos econômicos. Garantias: aspectos relacionados ao risco de crédito e à operação. Modelos estatísticos de credit scoring, rating. Concentração e diversificação da carteira. Riscos: aspectos gerais;internos; operacionais. 19. Responsabilidade Civil Decorrente do Fomento Teoria Geral do Direito Cambiário. Princípios gerais do Direito Cambiário. Classificação dos títulos de crédito. Constituição do crédito cambiário. Endosso. Aval. Protesto. Exigibilidade do crédito cambiário. Cheque. Nota promissória. Duplicatas. Títulos de crédito impróprios.

8 8 20. Medidas para Evitar Golpes Apresentar e discutir os principais tipos de golpes aplicados no mercado, envolvendo: cheques, carteira de identidade, dinheiro, cartão de crédito. Exemplos de golpes praticados. Cuidados operacionais versus engessamento da atividade. 21. Cobrança e Recuperação de Valores Tipos de devedores. Postura dos devedores. Cobrador. Importância da formalização do crédito. Ferramentas de incentivo aos pagamentos. Priorização e estruturação da cobrança. Métodos de cobrança. Protesto de títulos. Cartas de cobrança. Terceirização da cobrança. Notificações. Renegociações de dívidas. Cessão de direitos. Dação em pagamento. Falência. Execução. Monitória. Impenhorabilidade. Arresto. Protesto contra alienação de bens. Considerações sobre novo código civil. Considerações sobre o código de defesa do consumidor. Considerações sobre o código penal. Gestão de processos judiciais. Aplicação da Lei Sarbanes-Oxley provisionamento. 22. Crimes Inerentes do Fomento Criminalidade econômico-financeira. Definição. white-collar crime e corporate crime - evasão de divisas. As instituições financeiras - controles internos de prevenção. Banco Central do Brasil: mecanismos de enfrentamento na luta contra a criminalidade econômico-financeira e lavagem de dinheiro. Estrutura e estratégias integradas. Relacionamento com instituições nacionais e internacionais. Cooperação financeira. Luta contra a lavagem de dinheiro: utopia ou realidade? Legislação pertinente. Definições e tipologias. ferramentas e regulamentação - Grupo de Ação Financeira sobre Lavagem de Dinheiro (GAFI/FAATF). O papel das Unidades Financeiras de Inteligência. Grupo de Egmont. Intercâmbio de Informações. O Conselho de Controle de Atividades Financeiras - COAF a FIU brasileira. O novo Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Internacional. As Instituições em face das Organizações Criminosas. Judiciário. Ministério Público. Polícias. Política Econômica. Medidas de Prevenção. Introdução. Identificação única e nacional. Destinatários. Estrutura do sistema de prevenção. Medidas cautelares e patrimoniais. Proibições para o comércio e construção. Fiscalização. Meios nacionais para resolução de problemas internacionais. Colaboração internacional policial. O papel da Interpol e da Europol. Colaboração internacional (judiciário, ministério público, Ministério da Justiça). O Papel do Estado. Estratégias Integradas. Administração da informação. Formação. Legislação comparada. 23. Planejamento Tributário Conceito e generalidades do planejamento tributário - Formas de redução do ônus tributário - Evasão fiscal e elisão fiscal - Elisão lícita e elisão ilícita - Limites da elisão e do planejamento tributário - Elisão e evasão no Direito Internacional - Mecanismos e formas elisivas e evasivas - Treaty Shoppings - Paraísos fiscais: conceito, características e atrativos - Formas de paraísos fiscais - Modo de usar o paraíso fiscal - Repressão aos paraísos fiscais - Preço de transferência: conceito e sua extensão - Identificação e combate ao transfer price - Mecanismo para deter o abuso dos preços de transferência - Venda de serviços, intangíveis e licença de marcas e patentes. 24. O Factoring na Recuperação Judicial Estudo da situação de crise da empresa e os meios que a ordem jurídica utiliza para a solução dos problemas daí decorrentes, inclusive as recuperações, judicial ou extra-judicial, quando viáveis, ou a falência e as intervenções e liquidações. 25. Seminários Técnicos Serão convidadas pessoas ligadas ao setor para a discussão de temas atuais ligados a atividade de fomento mercantil. A definição dos temas será montada em conjunto com os participantes do curso, buscando atender a interesses destes.

9 9 Cada participante receberá um Netbook. Os participantes receberão cinco livros tratando sobre o tema de factoring, como exemplo segue abaixo a indicação de alguns títulos. 1. CAMINHA, Uinie. Securitização. 2. ed. São Paulo: Saraiva, p. 2. LEITE, Luiz Lemos. Factoring no Brasil. 10a São Paulo: Atlas, p. 3. SILVA, Rubens Filinto da. A Cobrança e a Recuperação de Recebíveis no Factoring. 1ª São Paulo: Pillares, p. 4. SILVA, Rubens Filinto. As Garantias Reais e Pessoais no Factoring. 1a São Paulo: Pillares, p. 5. TOSI, Armando José. MATEMÁTICA FINANCEIRA COM UTILIZAÇÃO DA HP-12C: Edição Compacta. 2a São Paulo: Atlas, p. 6. TOSI, Armando José. MATEMÁTICA FINANCEIRA COM UTILIZAÇÃO DO EXCEL a São Paulo: Atlas, p. O curso será presencial, com atividades realizadas quinzenalmente, nos seguintes dias da semana e horários: Início previsto para o dia 16 de julho de Sextas-feiras: 18:30hs às 22:30hs; Sábados: 08:00hs às 13:30hs. Os participantes receberão: Pastas com garras metálicas para transporte e guarda de materiais; Material apresentado pelos professores (apostilas, projeções,...); Certificado de conclusão de curso de pós-graduação lato sensu, para aqueles que cumprirem os requisitos mínimos, emitido por instituição de ensino superior devidamente credenciada pelo MEC; Lanches nos intervalos das sessões noturna e diurna. Condições para obtenção de Certificado de Conclusão do Curso (Resolução CES/CNE n 1, de 8 de junho de 2007, que estabelece normas para o funcionamento de cursos de pós-graduação lato sensu, em nível de especialização): Pelo menos, 75% (setenta e cinco por cento) de freqüência; Obtenção de avaliação mínima igual a 7,0 (sete inteiros) em cada disciplina que compõe a estrutura do curso; Elaboração individual de monografia ou trabalho de conclusão de curso.

10 10 Empresas Não Associadas ao Sinfac SP Valores para participação no Curso: inscritos por empresa valor total desconto % de desconto valor mensal valor unit mês 1 inscrito ,00 0,00 0,0% 910,00 910,00 2 inscritos ,00 0,00 0,00% 1.820,00 910,00 3 inscritos ,00 0,00 0,0% 2.730,00 910,00 Para maior número de participantes de uma mesma empresa consultar coordenação. Empresas Associadas ao Sinfac SP Valores para participação no Curso: inscritos por empresa valor total desconto % de desconto valor mensal valor unit mês 1 inscrito ,00 0,00 0,0% 800,00 800,00 2 inscritos , ,00 4,00% 1.536,00 768,00 3 inscritos , ,00 8,0% 1.821,60 736,00 Para maior número de participantes de uma mesma empresa consultar coordenação.

11 11 Local de Realização do Curso: Instalações do Rua Mario Amaral, 172 conj São Paulo SP Fone: Maiores Informações com Cristina

12 12 FACULDADE DOS IMIGRANTES - FAI Rua Sinimbu, Antigo Prédio da Eberle Caxias do Sul - RS Fone: (54) Site: Presidente da Mantenedora Mauro Trojan Diretor Marco Aurélio Canali Atos Legais de Autorização Faculdade dos Imigrantes, instituição de ensino superior Portaria Ministerial nº 21, de 04 de janeiro de 2002 Publicada no Diário Oficial da União em 9 de janeiro de Cursos autorizados: Administração de Empresas Portaria Ministerial nº 22, de 04 de janeiro de 2002 Publicada no Diário Oficial da União em 09 de janeiro de Ciências Econômicas Portaria Ministerial n 74, de 11 de janeiro de Publicada no Diário Oficial da União em 12 de janeiro de Ciências Contábeis Portaria Ministerial n 1666, de 16 de maio de 2005 Publicada no Diário Oficial da União em 17 de maio de Design de Interiores Portaria Ministerial n 1667, de 16 de maio de 2005 Publicada no Diário Oficial da União em 17 de maio de 2005.

13 13 Cronograma de Trabalho MBA em Gestão de Negócios de Fomento Mercantil mês dia dia semana horário disciplina professor j 16 sexta-feira 18:30-22:30 seminário de integração u 17 sábado 08:00-13:30 seminário de integração l 23 sexta-feira 18:30-22:30 fundamentos de factoring h 24 sábado 08:00-13:30 fundamentos de factoring a 6 sexta-feira 18:30-22:30 fundamentos de factoring g 7 sábado 08:00-13:30 fundamentos de factoring o 20 sexta-feira 18:30-22:30 fundamentos de factoring s 21 sábado 08:00-13:30 fundamentos de factoring s 3 sexta-feira 18:30-22:30 contabilidade e 4 sábado 08:00-13:30 contabilidade t 17 sexta-feira 18:30-22:30 contabilidade e 18 sábado 08:00-13:30 contabilidade o 1 sexta-feira 18:30-22:30 contabilidade u 2 sábado 08:00-13:30 contabilidade t 15 sexta-feira 18:30-22:30 cálculos financeiros u 16 sábado 08:00-13:30 cálculos financeiros b 29 sexta-feira 18:30-22:30 cálculos financeiros r 30 sábado 08:00-13:30 cálculos financeiros n 12 sexta-feira 18:30-22:30 cálculos financeiros o 13 sábado 08:00-13:30 cálculos financeiros v 27 sexta-feira 18:30-22:30 negociação e 28 sábado 08:00-13:30 negociação d 3 sexta-feira 18:30-22:30 negociação e 4 sábado 08:00-13:30 negociação

14 14 Cronograma de Trabalho MBA em Gestão de Negócios de Fomento Mercantil mês dia dia semana horário disciplina professor f 19 sexta-feira 18:30-22:30 conjuntura econômica e 20 sábado 08:00-13:30 conjuntura econômica m 4 sexta-feira 18:30-22:30 conjuntura econômica a 5 sábado 08:00-13:30 conjuntura econômica r 18 sexta-feira 18:30-22:30 títulos de crédito ç 19 sábado 08:00-13:30 títulos de crédito 1 sexta-feira 18:30-22:30 títulos de crédito a 2 sábado 08:00-13:30 títulos de crédito b 15 sexta-feira 18:30-22:30 títulos de crédito r 16 sábado 08:00-13:30 títulos de crédito i 29 sexta-feira 18:30-22:30 finanças empresariais l 30 sábado 08:00-13:30 finanças empresariais m 6 sexta-feira 18:30-22:30 finanças empresariais a 7 sábado 08:00-13:30 finanças empresariais i 20 sexta-feira 18:30-22:30 gestão financeira de empresas de fomento o 21 sábado 08:00-13:30 gestão financeira de empresas de fomento j 3 sexta-feira 18:30-22:30 mercado de capitais u 4 sábado 08:00-13:30 mercado de capitais n 17 sexta-feira 18:30-22:30 mercado de capitais h 18 sábado 08:00-13:30 mercado de capitais 1 sexta-feira 18:30-22:30 legislação aplicada ao factoring j 2 sábado 08:00-13:30 legislação aplicada ao factoring u 15 sexta-feira 18:30-22:30 legislação aplicada ao factoring l 16 sábado 08:00-13:30 legislação aplicada ao factoring h 29 sexta-feira 18:30-22:30 gestão de pessoas o 30 sábado 08:00-13:30 gestão de pessoas a 12 sexta-feira 18:30-22:30 gestão de pessoas g 13 sábado 08:00-13:30 gestão de pessoas o 19 sexta-feira 18:30-22:30 securitização de recebíveis & FDIC s 20 sábado 08:00-13:30 securitização de recebíveis & FDIC t 26 sexta-feira 18:30-22:30 securitização de recebíveis & FDIC o 27 sábado 08:00-13:30 securitização de recebíveis & FDIC

15 15 Cronograma de Trabalho MBA em Gestão de Negócios de Fomento Mercantil mês dia dia semana horário disciplina professor s 9 sexta-feira 18:30-22:30 tecnologia da informação e 10 sábado 08:00-13:30 tecnologia da informação t 23 sexta-feira 18:30-22:30 tecnologia da informação e 24 sábado 08:00-13:30 tecnologia da informação o 7 sexta-feira 18:30-22:30 análise de crédito e risco u 8 sábado 08:00-13:30 análise de crédito e risco t 21 sexta-feira 18:30-22:30 análise de crédito e risco u 22 sábado 08:00-13:30 análise de crédito e risco b 27 sexta-feira 18:30-22:30 relacionamento interpessoal r 28 sábado 08:00-13:30 relacionamento interpessoal n 4 sexta-feira 18:30-22:30 relacionamento interpessoal o 5 sábado 08:00-13:30 relacionamento interpessoal v 11 sexta-feira 18:30-22:30 responsabilidade civil decorrente do fomento e 12 sábado 08:00-13:30 responsabilidade civil decorrente do fomento m 18 sexta-feira 18:30-22:30 medidas para evitar golpes b 19 sábado 08:00-13:30 medidas para evitar golpes d 2 sexta-feira 18:30-22:30 seminários técnicos e 3 sábado 08:00-13:30 seminários técnicos

16 16 MBA em Gestão de Negócios de Fomento Mercantil Cronograma de Trabalho mês dia dia semana horário disciplina professor m 9 sexta-feira 18:30-22:30 marketing para negócios financeiros a 10 sábado 08:00-13:30 marketing para negócios financeiros r 23 sexta-feira 18:30-22:30 marketing para negócios financeiros ç 14 sábado 08:00-13:30 marketing para negócios financeiros a 13 sexta-feira 18:30-22:30 cobrança e recuperação de valores b 14 sábado 08:00-13:30 cobrança e recuperação de valores r 27 sexta-feira 18:30-22:30 cobrança e recuperação de valores i 28 sábado 08:00-13:30 cobrança e recuperação de valores m 11 sexta-feira 18:30-22:30 cobrança e recuperação de valores a 12 sábado 08:00-13:30 estratégia de negócios financeiros i 25 sexta-feira 18:30-22:30 estratégia de negócios financeiros o 26 sábado 08:00-13:30 cobrança e recuperação de valores j 15 sexta-feira 18:30-22:30 crimes inerentes do fomento u 16 sábado 08:00-13:30 crimes inerentes do fomento n 29 sexta-feira 18:30-22:30 estratégia de negócios financeiros h 30 sábado 08:00-13:30 estratégia de negócios financeiros j 13 sexta-feira 18:30-22:30 planejamento tributário u 14 sábado 08:00-13:30 planejamento tributário l 28 sexta-feira 18:30-22:30 planejamento tributário h 29 sábado 08:00-13:30 planejamento tributário a 10 sexta-feira 18:30-22:30 factoring na recuperação judicial g 11 sábado 08:00-13:00 factoring na recuperação judicial

17 17 Faculdade dos Imigrantes Ficha de Inscrição MBA Gestão de Negócios de Fomento Mercantil Local do curso: São Paulo 1. dados pessoais Nome Completo: Endereço Residencial Rua N o complemento: Bairro: Cidade: CEP: Fone Residencial: ( ) Fone Celular: ( ) Residencial: 2. dados profissionais Empresa em que Trabalha: Cargo ou Função: Área / Setor: Endereço Profissional: Rua N o complemento: Bairro: Cidade: CEP: Fone Profissional: ( ) Fone Celular: ( ) Profissional: 3. formação acadêmica Curso: Nome da Instituição: Título Obtido: Ano de Conclusão: 4. anexar copía dos seguintes documentos a. carteira de identidade; b. CPF; c. diploma de conclusão de curso superior; d. histórico escolar do curso superior. Enviar para SINFAC SP aos cuidados de Cristina

Ementas e bibliografia básica das disciplinas

Ementas e bibliografia básica das disciplinas Ementas e bibliografia básica das disciplinas Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva (10h) Conceitos gerais de gestão do conhecimento Conceitos gerais de inteligência competitiva Ferramentas

Leia mais

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito Disciplinas (*) Modalidade H/A (**) Núcleo Contabilidade Contabilidade Financeira Presencial 24 Contabilidade dos Investimentos em Participações Societárias

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

STJ00085281 NOTA À 9." EDIÇÃO... OBRAS DO AUTOR... 1.2 Operações bancárias... 18. 1.4 Natureza dos contratos de crédito bancário...

STJ00085281 NOTA À 9. EDIÇÃO... OBRAS DO AUTOR... 1.2 Operações bancárias... 18. 1.4 Natureza dos contratos de crédito bancário... STJ00085281 SUMÁRIO NOTA À 9." EDIÇÃO.................. OBRAS DO AUTOR................... 5 7 1. CRÉDITO BANCÁRIO........ 17 1.1 Atividade creditícia dos bancos.............. 17 1.2 Operações bancárias..........................

Leia mais

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49 Nota do autor, xv Parte I - Teoria Geral da Empresa, 1 1 Introdução ao Direito de Empresa, 3 1.1 Considerações gerais, 3 1.2 Escorço histórico: do direito comercial ao direito de empresa, 4 1.3 Fontes

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

ANEXO A. Informe Mensal

ANEXO A. Informe Mensal ANEXO A Informe Mensal Competência: MM/AAAA Administrador: Tipo de Condomínio: Fundo Exclusivo: Todos os Cotistas Vinculados por Interesse Único e Indissociável? Aberto/Fechado Sim/Não Sim/Não ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77 Nota do autor, xix 1 Empresa, 1 1 Empreender, 1 2 Noções históricas, 2 3 Teoria da empresa, 3 4 Registro, 8 4.1 Redesim, 10 4.2 Usos e práticas mercantis, 14 4.3 Empresário rural, 15 5 Firma individual,

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

MBA Executivo Contabilidade e Finanças

MBA Executivo Contabilidade e Finanças MBA Executivo Contabilidade e Finanças Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Contabilidade e Finanças proporciona ao aluno o conhecimento a respeito dos fundamentos de contabilidade e finanças

Leia mais

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO 1. APRESENTAÇÃO O curso de MBA em Controladoria, Finanças e Planejamento Tributário desenvolvido pela FAACZ visa oferecer aos participantes instrumentais

Leia mais

Faculdade de Direito da Alta Paulista

Faculdade de Direito da Alta Paulista Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL II Código: Série: 3ª Obrigatória (X ) Optativa ( ) CHTeórica: 136 CH Prática: CH Total: 136 Horas Obs: Objetivos Geral: Apresentar aos alunos os pontos principais da Disciplina

Leia mais

BAN CO DO BRASIL. Atualizada 19/01/2011 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

BAN CO DO BRASIL. Atualizada 19/01/2011 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 41. (CAIXA/2010) Compete à Comissão de Valores Mobiliários CVM disciplinar as seguintes matérias: I. registro de companhias abertas. II. execução da política monetária. III. registro e fiscalização de

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL. Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único)

SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL. Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único) Carga Horária Período Semestre (único) SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único) A dicotomia do Direito

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional Coordenação Acadêmica: Wankes da Silva Ribeiro Coordenação da Ênfase: Wankes Leandro Ribeiro JUSTIFICATIVA O MBA em Gestão Empresarial

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

OBRAS DO AUTOR... NOTA EXPLICATIVA... XVII

OBRAS DO AUTOR... NOTA EXPLICATIVA... XVII ÍNDICE SISTEMÁTICO OBRAS DO AUTOR... XV NOTA EXPLICATIVA... XVII CAPÍTULO I TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1. A regulamentação dos títulos de crédito pelo Código Civil e por leis especiais 2. Aplicação

Leia mais

Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Finanças e Governança Corporativa Desenvolver conhecimentos e habilidades que possibilitem ao profissional dominar os conteúdos

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA AULA 05. Prof. Mário Leitão

MATEMÁTICA FINANCEIRA AULA 05. Prof. Mário Leitão MATEMÁTICA FINANCEIRA AULA 05 Prof. Mário Leitão Desconto Simples As operações de desconto de títulos diversos são realizadas por bancos, factorings e outas instituições financeiras. Nesse caso o beneficiário

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

Faculdade de Direito da Alta Paulista

Faculdade de Direito da Alta Paulista Plano de Ensino Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL II Código: Série: 3ª Obrigatória (X ) Optativa ( ) CHTeórica: 136 CH Prática: CH Total: 136 Horas Obs: Objetivos Geral: Apresentar aos alunos os pontos principais

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 72

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 72 CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 72 O Conselho de Regulação e Melhores Práticas de Fundos de Investimento, no exercício das atribuições a ele conferidas

Leia mais

MBA em Gestão de Negócios de Incorporação e Construção Imobiliária

MBA em Gestão de Negócios de Incorporação e Construção Imobiliária REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Negócios de Incorporação e Construção Imobiliária Coordenação Acadêmica: Daniel Ferreira Falcão, MSc Pedro de Seixas Corrêa, MSc REFERÊNCIA PARA SUA CARREIRA.

Leia mais

MBA em GESTÃO EMPRESARIAL Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização. Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr.

MBA em GESTÃO EMPRESARIAL Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização. Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. MBA em GESTÃO EMPRESARIAL Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização 2016 Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 JUSTIFICATIVA: Este MBA visa ser o novo MBA em GE que substitui o MBA

Leia mais

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo

Leia mais

STJ00029248. 2.2 Principais tipos de depósito..."... "... 30

STJ00029248. 2.2 Principais tipos de depósito...... ... 30 STJ00029248 SUMÁRIO À GUISA DE EXPLICAÇÃO À 1." EDIÇÃO... 5 I. CRÉDITO BANCÁRIO 1.1 Atividade creditícia dos bancos..."... 15 1.2 Operações bancárias... 16 1.3 Contratos de crédito bancário... 18 1.4 Natureza

Leia mais

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO EMPRESARIAL PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO EMPRESARIAL PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO EMPRESARIAL PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração Empresarial. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO CURSO: DIREITO DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL III CÓDIGO

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO... 15

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 Sumário APRESENTAÇÃO... 15 Capítulo 1 DIREITO EMPRESARIAL... 17 1. Evolução histórica... 17 2. Evolução do Direito Comercial no Brasil... 18 3. Fontes... 21 4. Conceito e autonomia... 22 5. Questões...

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL III Período: 5 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL III Período: 5 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL III Período: 5 Período Carga Horária: 72H/a: EMENTA O curso é estruturado de sorte a oferecer uma visão panorâmica dos principais aspectos dos títulos

Leia mais

MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 Aulas: sábados 8h30 18h Valor: R$ 380,00* JUSTIFICATIVA: Faculdade INESP

MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 Aulas: sábados 8h30 18h Valor: R$ 380,00* JUSTIFICATIVA: Faculdade INESP Pág. 1/6 MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados das 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas de R$ 380,00*

Leia mais

MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria

MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO Coordenação Acadêmica Prof. Carlos Alberto dos Santos Silva OBJETIVO: O MBA EM GESTÃO FINANCEIRA, CONTROLADORIA

Leia mais

SECURITIZAÇÃO DE RECEBÍVEIS - O QUE TEM DE ATRATIVO?

SECURITIZAÇÃO DE RECEBÍVEIS - O QUE TEM DE ATRATIVO? SECURITIZAÇÃO DE RECEBÍVEIS - O QUE TEM DE ATRATIVO? Tiziane Machado(*) Antes de iniciarmos uma discussão sobre securitização é importante definirmos o termo: Securitização é um processo através do qual

Leia mais

MBA Executivo - Auditoria e Finanças

MBA Executivo - Auditoria e Finanças MBA Executivo - Auditoria e Finanças Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Auditoria e Finanças possibilita ao profissional conhecer os fundamentos e as ferramentas de auditoria e gestão financeira.

Leia mais

FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL

FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL 1. OBJETIVOS Proporcionar aos discentes conhecimentos teóricos e práticos acerca da gestão empresarial com intuito de

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA Disciplina: Matemática Financeira para Tomada de Decisões (20 horas) Os métodos quantitativos têm sido amplamente

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais Coordenação Acadêmica: Prof. Dr. Miguel Ferreira Lima CÓDIGO SIGA : TMBACEN*12/01 1 OBJETIVO:

Leia mais

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda

Leia mais

O que é desconto? O que é factoring? Cessão de crédito Quando um banco precisa transferir créditos e débitos? Quando um banco cede créditos? Empréstimos sindicalizados Securitizações Quando clientes cedem

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Administração e Análise Financeira e Orçamentária 2 Copyright Pereira, F. I. Prof.

Leia mais

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400

Leia mais

Sumário. xiii. Olho_Willy_Titulos de Creditos.pmd 13

Sumário. xiii. Olho_Willy_Titulos de Creditos.pmd 13 Sumário INTRODUÇÃO TÍTULOS DE CRÉDITO: SUA HISTÓRIA... 1 1. Origem remota... 3 2. Letra de câmbio na antiguidade... 4 3. Origem lógica... 6 4. Período italiano instrumento de troca... 9 5. Período francês

Leia mais

MBA em Finanças Empresariais

MBA em Finanças Empresariais MBA em Finanças Empresariais Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 11--> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas em outras turmas que ofereçam

Leia mais

2. Classificar atos e fatos contábeis.

2. Classificar atos e fatos contábeis. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE FINANCEIRO II.1 PROCESSOS DE OPERAÇÕES CONTÁBEIS Função: Planejamento de Processos Contábeis 1. Interpretar os fundamentos e conceitos da contabilidade.

Leia mais

(**) Renegociação de divida representada por Acordo Judicial

(**) Renegociação de divida representada por Acordo Judicial São Paulo, 15 de maio de 2015. À Comissão de es Mobiliários ( CVM ) Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados - GIE Rua Sete de Setembro, 111 30º andar 20159-900 - Rio de Janeiro - RJ REF.: RELATÓRIO

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

BANCO CENTRAL DO BRASIL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE ANALISTA EDITAL DE RE-RATIFICAÇÃO

BANCO CENTRAL DO BRASIL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE ANALISTA EDITAL DE RE-RATIFICAÇÃO BANCO CENTRAL DO BRASIL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE ANALISTA EDITAL DE RE-RATIFICAÇÃO O CHEFE DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS DO BANCO CENTRAL DO BRASIL, tendo

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I - EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência Conta Corrente nº II TERCEIROS

Leia mais

Antonio Chagas Meirelles Diretor. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

Antonio Chagas Meirelles Diretor. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. 1 CIRCULAR Nº 765 Comunicamos que a Diretoria do Banco Central, em sessão realizada em 09.03.83, aprovou nova sistemática para a escrituração centralizada, sob o regime de "caixa única", das contas de

Leia mais

PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO dos Profissionais Certificados pela ANBIMA CPA-10

PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO dos Profissionais Certificados pela ANBIMA CPA-10 PROGRAMA DE ATUALIZAÇÃO dos Profissionais Certificados pela ANBIMA CPA-10 Controle: D.04.10.05 Data da Elaboração: 10/11/2009 Data da Revisão: 14/05/2015 Elaborado por: Certificação ANBIMA Aprovado por:

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA Vigência: 01/01/2013 a 31/12/2017 1. OBJETIVOS A Politica de Investimentos tem como objetivo

Leia mais

MBA CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E GESTÃO DE NEGÓCIOS Apresentação MBA desenvolvido por uma das mais reconhecidas e respeitadas Universidades do país UFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro, com tradição

Leia mais

MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS

MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS Ribeirão Preto, Franca, Araraquara e São Carlos MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS COORDENAÇÃO: Profº Edmarson Bacelar Mota, M.Sc APOIO: SOBRE O CURSO Com a abertura dos mercados e o enorme aumento da competitividade,

Leia mais

CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL

CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL MARLON TOMAZETTE CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL 'l'ítu]os de Crédit() 6ª Edição Volume 2 Atualizado de acordo com o novo CPC são PAULO EDITORA ATLAS S.A. - 2015 2009 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2009; 2.

Leia mais

Workshop de Securitização FIDC E CRI. Comitê de FIDCs da ANBIMA Ricardo Augusto Mizukawa

Workshop de Securitização FIDC E CRI. Comitê de FIDCs da ANBIMA Ricardo Augusto Mizukawa Workshop de Securitização FIDC E CRI Comitê de FIDCs da ANBIMA Ricardo Augusto Mizukawa Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Mercado Iniciativas do Mercado - ANBIMA Classificação de FIDCs Formulário

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001.

LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. LEI COMPLEMENTAR Nº 105, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Dispõe sobre o sigilo das operações de instituições financeiras e dá outras providências. Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

2 Noções de Direito Público e Privado - Paulo César de Melo Mendes, 88 Objetivos, 88

2 Noções de Direito Público e Privado - Paulo César de Melo Mendes, 88 Objetivos, 88 Apresentação 1 Contabilidade Geral - Rodrigo de Souza Gonçalves e Fernanda Fernandes Rodrigues, 1 Objetivos, 1 Introdução, 1 1 Plano de contas - elaboração e utilização, 2 2 Balanço patrimonial - estrutura

Leia mais

Liderança, Estratégia e Inovação. Ingresso Março 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Liderança, Estratégia e Inovação. Ingresso Março 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Liderança, Estratégia e Inovação Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA Executivo Internacional em Liderança, Estratégia e Inovação Formar líderes com visão estratégica,

Leia mais

Prof. Marcelo Thimoti. Legislação Comercial

Prof. Marcelo Thimoti. Legislação Comercial Prof. Marcelo Thimoti Legislação Comercial 1 DIREITO COMERCIAL Sociedades Anônimas. 2 Sociedade Anônima (S/A) Sociedade com capital dividido em ações, livremente negociáveis, que limitam a responsabilidade

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 007/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS

EDITAL DE ABERTURA 007/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS EDITAL DE ABERTURA 007/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS 1. DA REALIZAÇÃO A Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH),

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PLANO DE BENEFÍCIO DE CONTRIBUIÇÃO VARIÁVEL Vigência: 01/01/2013 a 31/12/2017 1. OBJETIVOS A Política de Investimentos tem

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Gestão Estratégica de Negócios O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de ferramentas de Gestão Empresarial

Leia mais

Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos Escola de Governo do Paraná SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS

Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos Escola de Governo do Paraná SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS 1º MÓDULO: SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS Economia e Sociedade do Conhecimento: Conceitos básicos: economia da informação e conhecimento. Investimentos tangíveis e intangíveis. Gestão do Conhecimento e

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA TOTAL: 72hs TEORIA: 72hs PRÁTICA: PRÉ-REQUISITOS: ADF

PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA TOTAL: 72hs TEORIA: 72hs PRÁTICA: PRÉ-REQUISITOS: ADF UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: DCC PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: MERCADO DE CAPITAIS SIGLA: MCP

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Direito constitucional, civil, processual civil, penal, processual penal.

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Direito constitucional, civil, processual civil, penal, processual penal. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professores: Levi Hülse Período/ Fase: 10ª Semestre: 1º Ano: 2015 Disciplina: Direito empresarial

Leia mais

Faculdades Integradas Teresa D Ávila

Faculdades Integradas Teresa D Ávila Faculdades Integradas Teresa D Ávila CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecido pela Portaria Ministerial nº. 4.571 de 28/12/05 e publicado no DOU em 29/12/05. Componente Curricular: Administração Financeira de

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 39-CEPE/UNICENTRO, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Cooperativismo e Desenvolvimento de Agronegócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa

Leia mais

1. Das vagas: Vagas Disciplina Docente responsável Vagas Disciplina Docente responsável Observação. Professor Ms.

1. Das vagas: Vagas Disciplina Docente responsável Vagas Disciplina Docente responsável Observação. Professor Ms. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CAMPUS DE VILHENA DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - DECC EDITAL Nº 01/2011, de 22 de março de 2011 SELEÇÃO

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR- 467 Pré-requisito: Direito Empresarial

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Consultoria Empresarial

Consultoria Empresarial Consultoria Empresarial (Curso de consultoria empresarial em Belo Horizonte) Programa do curso: Planejamento Empresarial com Técnicas de Negociação 1. Perfil do gestor empresarial: Características do gestor

Leia mais

Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC. Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC

Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC. Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC Uma alternativa de investimento atrelada aos créditos das empresas O produto O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

Leia mais

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS Branding Corporativo O que é Branding. O que é uma marca. História da Marcas. Naming. Arquitetura de Marcas. Tipos de Marcas. Brand Equity. Gestão de Marcas/Branding.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Fundamentos

Gerenciamento de Projetos Fundamentos Gerenciamento de Fundamentos MBA EM GESTÃO DE PROJETOS - EMENTAS Definição de Projeto. Contexto e Evolução do Gerenciamento de. Areas de conhecimento e os processos de gerenciamento do PMI - PMBoK. Ciclo

Leia mais

Curso de Especialização em DIREITO TRIBUTÁRIO

Curso de Especialização em DIREITO TRIBUTÁRIO Curso de Especialização em DIREITO TRIBUTÁRIO ÁREA DO CONHECIMENTO: Direito. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Direito Tributário. PERFIL PROFISSIONAL: Conhecer a doutrina,

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM CONSULTORIA E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL ÁREA DO CONHECIMENTO Administração. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo em

Leia mais

Ingresso Agosto 2015

Ingresso Agosto 2015 Ingresso Agosto 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Gestão de Projetos Tem como objetivo preparar profissionais para desenvolver projetos nos diversos setores empresariais. O programa

Leia mais

MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO

MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS

PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS Parceria: Ingresso Agosto 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Pós-Graduação em Política e Relações Governamentais O programa objetiva

Leia mais

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros;

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros; CREDIT SUISSE HEDGINGGRIFFO 1. Públicoalvo LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Módulo 11 Corretora de Seguros

Módulo 11 Corretora de Seguros Módulo 11 Corretora de Seguros São pessoas físicas ou jurídicas, que se dedicam a angariar e promover contratos entre as Sociedades Seguradoras e seus clientes. A habilitação e o registro do corretor se

Leia mais

Administração Financeira e Controladoria

Administração Financeira e Controladoria Curso de pós-graduação Lato Sensu Especialização em Administração Financeira e Controladoria Os cursos de Especialização do INPG ampliam o conhecimento e são destinados a quem precisa atualizar-se ou qualificarse

Leia mais

BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO

BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO CONHECIMENTOS BANCÁRIOS 1. O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é constituído por todas as instituições financeiras públicas ou privadas existentes no país e seu órgão normativo

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

QUESTÕES PARA A PROVA ESPECÍFICA PARA ATUAÇÃO NA ÁREA DE AUDITORIA NAS INSTITUIÇÕES REGULADAS PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL (BACEN)

QUESTÕES PARA A PROVA ESPECÍFICA PARA ATUAÇÃO NA ÁREA DE AUDITORIA NAS INSTITUIÇÕES REGULADAS PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL (BACEN) QUESTÕES PARA A PROVA ESPECÍFICA PARA ATUAÇÃO NA ÁREA DE AUDITORIA NAS INSTITUIÇÕES REGULADAS PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL (BACEN) 1. As normas e os procedimentos, bem como as Demonstrações Contábeis padronizadas

Leia mais

Caderno Eletrônico de Exercícios Títulos de Crédito

Caderno Eletrônico de Exercícios Títulos de Crédito 1) São exemplos de títulos de crédito, exceto: a) Cheque b) Testamento c) Duplicata d) Nota promissória 2) São características de títulos de crédito, exceto: a) Documentalidade b) Força executiva c) Autonomia

Leia mais