I - FUNDAMENTOS BÁSICOS DE FINANÇAS CORPORATIVAS, 1 1 O

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I - FUNDAMENTOS BÁSICOS DE FINANÇAS CORPORATIVAS, 1 1 O"

Transcrição

1 Sumário Prefácio, xiii Parte I - FUNDAMENTOS BÁSICOS DE FINANÇAS CORPORATIVAS, 1 1 O que são Finanças Corporativas?, 3 1 Introdução, 3 2 Objetivos empresariais, 4 3 Estratégias operacionais, 5 4 Estrutura científica de finanças corporativas, 9 5 Dinâmica administrativa dos princípios-funções em finanças corporativas, 10 6 Princípios-funções e criação de valor, 12 Leituras recomendadas, 13 2 Conceituação de Fluxos de Caixa das Empresas, 14 1 Introdução, 14 2 Os fluxos de caixa no sistema empresarial, 14 3 Classificação dos fluxos de caixa, 18 4 Elaboração da demonstração do fluxo de caixa, 20 5 Síntese do sistema de finanças corporativas, 25 Leituras recomendadas, 25 Aplicações práticas, 11

2 3 Contabilidade para Tomada de Decisões em Finanças Corporativas, 34 1 Introdução, 34 2 Principais demonstrativos contábeis, 34 3 Definições das demonstrações contábeis, 35 4 Estrutura das demonstrações contábeis, 35 5 Relação entre balanço patrimonial e demonstração de resultados, 37 6 A relação entre os demonstrativos contábeis e os princípios-funções, 39 7 Medidas contábeis para decisões financeiras, Modelo Dupont, Elaboração do Modelo Dupont, 42 Leituras recomendadas, 47 Aplicações práticas, 48 Parte II - FINANÇAS CORPORATIVAS E FLUXOS DE CAIXA OPERACIONAIS, 51 4 Administração do Fluxo de Caixa das Empresas, 53 1 Conceituação do fluxo de caixa operacional, 53 2 Conceituação da administração do capital de giro, 54 3 Definição contábil do capital de giro, 55 4 Visão gráfica da definição contábil do capital de giro, 55 5 Composição do capital de giro, 55 6 Administração dos prazos médios, 56 7 Ciclo operacional e ciclo financeiro, 57 8 Cálculo dos prazos médios, 57 9 Fórmulas para o cálculo do ciclo operacional e ciclo financeiro, Fórmulas para o cálculo dos prazos médios, Exemplo numérico de cálculo dos prazos médios, 59 Leituras recomendadas, 60 5 Mensuração dos Fluxos de Caixa Operacionais, 61 1 Introdução, 61 2 Demonstração gráfica do capital de giro e fluxo de caixa das operações, 61 3 Técnicas para o controle de caixa real, 63 4 Exemplo ilustrativo de orçamento de caixa, 63 5 Modelo Fleuriet, 66 6 Classificação das contas circulantes conforme o modelo Fleuriet, 67 7 Tipologia da necessidade de capital de giro, 71 8 Capital de giro tradicional, 72 9 Fluxo de caixa operacional, 73

3 10 O investimento operacional em giro (IOG), Cálculo do CCL, IOG e ST, Avaliação do capital circulante líquido, investimento operacional em giro e saldo de tesouraria, Efeito tesoura na avaliação da solvência e liquidez das empresas, Cálculo do capital circulante líquido, investimento operacional em giro e saldo de tesouraria, Administração das contas a receber, Introdução, Gestão dos recursos de contas a receber, Eficiência comparativa da política de cobrança de duas empresas, Administração de estoques, Introdução, Benefícios da manutenção de estoque, Sistemas de custeio, Metodologia de cálculo do método por absorção, Custo-padrão, Exemplos de variações de quantidade e preço de materiais diretos, Variações de eficiência e preço da mão de obra direta, 89 Leituras recomendadas, 90 Aplicações práticas, 91 Parte III - FINANÇAS CORPORATIVAS E FLUXOS DE CAIXA DE INVESTIMENTOS, 97 6 Administração do Orçamento de Capital, 99 1 Introdução, 99 2 Importância do orçamento de capital, 99 3 Valor do dinheiro no tempo, Cálculo das técnicas de avaliação de fluxos de caixa de projetos de investimento, Técnica do VPL, Cálculo da técnica da taxa interna de retorno (TIR), Conflito entre VPL e TIR, Os concorrentes do valor presente líquido, Avaliação dos fluxos de caixa de um projeto de investimento abrangente, 108 Leituras recomendadas, 112 Aplicações práticas, 113

4 7 Risco e Retorno, Introdução, Orçamento de capital ajustado pelo risco, Definição de risco, Risco, retorno e orçamento de capital, Cálculo da média aritmética ou valor esperado, Cálculo da variância, Tipos de risco, Cálculo do risco de uma carteira de dois projetos de investimento, Cálculo da média aritmética ou do retorno esperado da carteira, Cálculo da variância e do desvio-padrão da carteira, Relação entre o retorno esperado e o desvio-padrão da empresa, Teoria do modelo capital assets pricing model (CAPM), Cálculo do beta, Interpretação do beta, O custo de oportunidade do capital, Derivação avançada do modelo de precificação de ativos de capital (CAPM), Preços e o CAPM, Formulação teórica para testes empíricos do CAPM, 134 Leituras recomendadas, 135 Aplicações práticas, 137 Parte IV - FINANÇAS CORPORATIVAS E FLUXOS DE CAIXA DE FINANCIAMENTOS, Custo, Estrutura de Capital e Políticas de Dividendos, Definição de custo de capital, Custo das fontes específicas de capital, Custo da dívida a longo prazo, Custo da ação preferencial, Custo da ação ordinária com taxa de crescimento dos dividendos, Custo médio ponderado de capital, Metodologia para o cálculo do custo das fontes específicas de financiamento, Explicação contábil dos efeitos da estrutura de capital, Introdução, A dívida tem importância?, Conclusões das proposições de Modigliani e Miller, 154

5 9 Determinação da estrutura ótima de capital, Ilustração gráfica das inferências da teoria da estrutura de capital, Políticas de distribuição de dividendos, Como as empresas decidem o pagamento dos dividendos?, Estabilidade dos dividendos, Práticas do estabelecimento das políticas de dividendos, Recompra de ações, 165 Leituras recomendadas, 165 Aplicações práticas, 166 Fluxos de Caixa Incrementais, Definição de fluxos de caixa incrementais, Escolha das fontes para financiamento de fluxos de caixa incrementais, Exemplo ilustrativo, Desempenho financeiro atual da empresa, Empréstimo a longo prazo, Ação preferencial, Ação ordinária, 174 Leituras recomendadas, 177 'arte V - FINANÇAS CORPORATIVAS E MERCADOS, Finanças Corporativas e Mercados, Finanças corporativas e bem-estar social das nações, Finanças corporativas e mercados, Mensuração do bem-estar econômico das nações, 183 Leituras recomendadas, Sistema Financeiro Brasileiro, Estrutura institucional do Sistema Financeiro Nacional, Instituições do subsistema político, Instituições do subsistema normativo, Instituições do subsistema operativo, O mercado bancário, O mercado de capitais, Investidores e funcionamento do mercado de capitais, A negociação no pregão, Processos de negociação, 196

6 10 Principais estratégias de operações no mercado de capitais, Mercado de opções (não se liquida a vista ou contra entrega), Mercado de futuros e bolsa de mercadorias, Características dos contratos de futuros, 202 Leituras recomendadas, 202

Sumário. Parte Um Introdução à administração financeira. Capítulo l O papel e o ambiente da administração financeira 2

Sumário. Parte Um Introdução à administração financeira. Capítulo l O papel e o ambiente da administração financeira 2 Sumário Prefácio Parte Um Introdução à administração financeira xiii Capítulo l O papel e o ambiente da administração financeira 2 1.1 Finanças e empresas 3 O que são finanças? 3 Principais áreas e oportunidades

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS Disciplina: Economia 30 h/a Mercado e seu equilíbrio: teoria do consumidor e a curva de demanda; Teoria da produção, custos, e a curva de

Leia mais

O que é Finanças? 22/02/2009 INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS

O que é Finanças? 22/02/2009 INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS Prof. Paulo Cesar C. Rodrigues E mail: prdr30@terra.com.br INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS O que é administração financeira? Qual sua importância para as corporações? Como são tomadas as decisões financeiras?

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

VALORES COORPORATIVOS MISSÃO VISÃO. Oferecer soluções em seguros, atendendo as necessidades das cooperativas e do mercado em geral.

VALORES COORPORATIVOS MISSÃO VISÃO. Oferecer soluções em seguros, atendendo as necessidades das cooperativas e do mercado em geral. EMPRESA MISSÃO Oferecer soluções em seguros, atendendo as necessidades das cooperativas e do mercado em geral. VISÃO Ser reconhecida como uma empresa do sistema cooperativo com excelência em seguros. VALORES

Leia mais

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.0 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.2 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Qual o objetivo das empresas para a administração financeira? Maximizar valor de mercado da empresa; Aumentar a riqueza dos acionistas.

Leia mais

Sumário. Prefácio Introdução. Análise das Demonstrações Financeiras 1

Sumário. Prefácio Introdução. Análise das Demonstrações Financeiras 1 Sumário Prefácio Introdução xi xix CAPÍTULO 1 Análise das Demonstrações Financeiras 1 1. Revisão Teórica 2 1.1. Balanço Patrimonial (BP) 2 1.2. Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) 3 1.3. índices

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira. Coordenação Acadêmica: Professor Fabiano Simões Coelho

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira. Coordenação Acadêmica: Professor Fabiano Simões Coelho CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira Coordenação Acadêmica: Professor Fabiano Simões Coelho 1 OBJETIVO: Formar executivos financeiros. Capacitar seus participantes

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2015-1 Análise de Investimento e Capital de Giro Módulo C Carga Horária: 47 h. Ementa da disciplina:

PLANO DE ENSINO 2015-1 Análise de Investimento e Capital de Giro Módulo C Carga Horária: 47 h. Ementa da disciplina: PLANO DE ENSINO 2015-1 Análise de Investimento e Capital de Giro Módulo C Carga Horária: 47 h. Ementa da disciplina: Conteúdo Programático: Estudar as técnicas de análise de investimentos para analisar

Leia mais

MBA CONTROLES INTERNOS (COMPLIANCE)

MBA CONTROLES INTERNOS (COMPLIANCE) MBA CONTROLES INTERNOS (COMPLIANCE) Disciplinas Carga horária Gestão de Pessoas 12 Ética Empresarial 15 Cálculos Financeiros 18 Estatística 30 Contabilidade Societária e para Instituições Financeiras (com

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISRAÇÃO FINANCEIRA

Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISRAÇÃO FINANCEIRA C U R S O D E C I Ê N C I A S C O N T Á B E I S Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISRAÇÃO FINANCEIRA Código: CNB CH Total: 72H Pré-Requisito: Período

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS NOTA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Curso: Administração de Empresas Turma: Disciplina: Administração Financeira Professor : Maxwell Lucena / Aluno(a): Maxwe R.A.: Assinatura: Data: / / 1ª. Questão

Leia mais

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO MBA CONTROLADORIA, FINANÇAS E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO 1. APRESENTAÇÃO O curso de MBA em Controladoria, Finanças e Planejamento Tributário desenvolvido pela FAACZ visa oferecer aos participantes instrumentais

Leia mais

PARTE. 1. AC- 1 Prof. Odair Ferreira AC- 2. Prof. Odair Ferreira AC- 4. AC- 3 Prof. Odair Ferreira. Prof. Odair Ferreira

PARTE. 1. AC- 1 Prof. Odair Ferreira AC- 2. Prof. Odair Ferreira AC- 4. AC- 3 Prof. Odair Ferreira. Prof. Odair Ferreira Risco e Mercado de Capitais Risco E Mercado De Capitais PARTE 1 AC- 1 AC- 2 l EMENTA: Estudar a gestão de risco no mercado de capitais, financeiro e de derivativos, por meio dos principais ativos negociados,

Leia mais

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito Disciplinas (*) Modalidade H/A (**) Núcleo Contabilidade Contabilidade Financeira Presencial 24 Contabilidade dos Investimentos em Participações Societárias

Leia mais

Objetivos 29/09/2010 BIBLIOGRAFIA. Administração Financeira I UFRN 2010.2 Prof. Gabriel Martins de Araújo Filho. Tópicos BALANÇO DE TAMANHO COMUM

Objetivos 29/09/2010 BIBLIOGRAFIA. Administração Financeira I UFRN 2010.2 Prof. Gabriel Martins de Araújo Filho. Tópicos BALANÇO DE TAMANHO COMUM Objetivos Administração Financeira I UFRN 2010.2 Prof. Gabriel Martins de Araújo Filho A EMPRESA NO MODELO DO BALANÇO PATRIMONIAL: análise das demonstrações financeiras Compreender a importância da padronização

Leia mais

MBA Finanças (Turma II)

MBA Finanças (Turma II) MBA Finanças (Turma II) O MBA Executivo em Finanças do Ibmec é um programa de pós-graduação lato sensu para profissionais que necessitam de conhecimentos aprofundados na área de finanças. Ao longo do curso,

Leia mais

1 Fundamentos de Avaliação de Projetos 1

1 Fundamentos de Avaliação de Projetos 1 Sumário Prefácio xiii 1 Fundamentos de Avaliação de Projetos 1 A EMPRESA 6 CUSTO DE OPORTUNIDADE 8 PROJETO DE INVESTIMENTO 9 VALOR DO PROJETO 10 LUCRO ECONÔMICO DO PROJETO 14 VALOR PRESENTE LÍQUIDO DO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I 1 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA I 2 CELSO ABREU DE ARAUJO Administrador - FACIG MBA Gestão Empresarial - FGV Mestrando Adm. Empresas - UDELMAR Telefone: 33-8432-3939 e- mail: celsoaaraujo@gmail.com

Leia mais

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional Coordenação Acadêmica: Wankes da Silva Ribeiro Coordenação da Ênfase: Wankes Leandro Ribeiro JUSTIFICATIVA O MBA em Gestão Empresarial

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria 1 OBJETIVO: Proporcionar aos participantes uma visão prática do ponto de vista de mercado e correta

Leia mais

OBJETIVO DA GESTÃO FINANCEIRA

OBJETIVO DA GESTÃO FINANCEIRA OBJETIVO DA GESTÃO FINANCEIRA Maximização do lucro. Maximizar o valor de mercado do capital dos proprietários. Suporte na realização da estratégia para criação de valor da organização. CONHECIMENTOS PARA

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Prof. Fabini Hoelz Bargas Alvarez O que são finanças? Finanças é a arte e a ciência de gestão do dinheiro; Imprescindível, pois todos os indivíduos e organizações recebem ou levantam dinheiro; A teoria

Leia mais

Prefácio, xvii. Parte I Ambiente da Análise Financeira, 1

Prefácio, xvii. Parte I Ambiente da Análise Financeira, 1 Prefácio, xvii Parte I Ambiente da Análise Financeira, 1 1 Amplitude da análise financeira, 3 1.1 Visão estratégica da empresa, 3 1.2 Que é análise financeira de empresas, 6 1.3 Análise financeira e áreas

Leia mais

MBA Executivo Mercado Financeiro

MBA Executivo Mercado Financeiro MBA Executivo Mercado Financeiro Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Mercado Financeiro possibilita ao participante conhecer os conceitos, fundamentos e dinâmica do mercado financeiro e de capitais.

Leia mais

Sumário. Parte 1 Contabilidade de Custos 1. Capítulo 1 Aspectos gerais 3

Sumário. Parte 1 Contabilidade de Custos 1. Capítulo 1 Aspectos gerais 3 Sumário Parte 1 Contabilidade de Custos 1 Capítulo 1 Aspectos gerais 3 1 Áreas da Contabilidade 3 2 Contabilidade de Custos 3 3 Contabilidade de Serviços 4 4 Contabilidade Industrial 4 5 Campo de aplicação

Leia mais

MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria

MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO Coordenação Acadêmica Prof. Carlos Alberto dos Santos Silva OBJETIVO: O MBA EM GESTÃO FINANCEIRA, CONTROLADORIA

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

Correção da Prova. Questões: 7, 8, 12, 20, 21, 22, 24, 34, 45 e 46

Correção da Prova. Questões: 7, 8, 12, 20, 21, 22, 24, 34, 45 e 46 Correção da Prova Questões: 7, 8, 12, 20, 21, 22, 24, 34, 45 e 46 Questão 7 Uma sociedade empresária mantém no seu estoque de mercadorias para revenda três tipos de mercadorias: I, II e III. O valor total

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 139, DE 24 DE JUNHO DE 2009

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 139, DE 24 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 139, DE 24 DE JUNHO DE 2009 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Bertolo CAPÍTULO 3 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS CONCEITOS PARA REVISÃO Devido aos investidores basearem as suas decisões de compra e venda em suas expectativas sobre a performance futura da empresa,

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade IAS 7 (IASB) PRONUNCIAMENTO Conteúdo Item OBJETIVO

Leia mais

Contabilidade financeira e orçamentária I

Contabilidade financeira e orçamentária I Contabilidade financeira e orçamentária I Curso de Ciências Contábeis - 6º Período Professora: Edenise Aparecida dos Anjos INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS Finanças Corporativas: incorporaram em seu

Leia mais

FANOR. MBA Internacional - Finanças. DISCIPLINA: Análise Financeira Estratégica. PROFESSOR: José Moraes Feitosa (Neto)

FANOR. MBA Internacional - Finanças. DISCIPLINA: Análise Financeira Estratégica. PROFESSOR: José Moraes Feitosa (Neto) Bibliografia Básica: FANOR MBA Internacional - Finanças DISCIPLINA: Análise Financeira Estratégica PROFESSOR: José Moraes Feitosa (Neto) CONTATOS: www.netofeitosa.com.br contato@netofeitosa.com.br (85)

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

Análise Financeira II

Análise Financeira II UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO CAMPUS DE RIBEIRÃO PRETO FACULDADE DE ECONOMIA, ADM CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Análise Financeira II Análise Financeira Empresarial da empresa Marcopolo S.A.

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS:

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: Contabilidade de Custos e Gerencial CIC 816 Carga Horária: 60 Créditos: 04 Coordenador: Prof. Poueri do Carmo Mário Teoria de Custos (abordagem econômica e contábil). Métodos

Leia mais

Gestão Capital de Giro

Gestão Capital de Giro Gestão Capital de Giro Conceito Capital de giro (ou de capital circulante), identifica os recursos que giram (circulam) várias vezes em determinado período. É formado basicamente por três importantes ativos

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

Gestão Financeira de Organizações

Gestão Financeira de Organizações Gestão Financeira de Organizações Módulo 10 - Política de Dividendos e Relações com Investidores Prof. Luiz Antonio Campagnac e-mail: luiz.campagnac@gmail.com Livro Texto Administração Financeira: princípios,

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

O papel da Controladoria na Administração do Capital de Giro

O papel da Controladoria na Administração do Capital de Giro O papel da Controladoria na Administração do Capital de Giro Pablo Ferreira Dias da Silva* Universidade Federal do Pará Centro Sócio Econômico Administração Financeira e Orçamento Empresarial Matricula:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Janilson Laane Maio/2011 Objetivos 1. Apresentar o conceito e em que contexto está

Leia mais

Decisões Empresariais. Logística. Administração Financeira. Administração financeira (finanças corporativas) Investimento.

Decisões Empresariais. Logística. Administração Financeira. Administração financeira (finanças corporativas) Investimento. Logística Prof. Clóvis Luiz Galdino Administração Financeira Administração financeira (finanças corporativas) Administração: ato de reger, governar ou gerir negócios públicos ou particulares. Finanças:

Leia mais

A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios

A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios Vanessa da Silva Sidônio vanessa_sidonio@hotmail.com Professor Heber Lavor Moreira heber@peritocontador.com.br Trabalho da Disciplina Administração

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 2. Finanças 2.1 Orçamento anual integrado Objetivo: Melhorar

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL / composição 1

BALANÇO PATRIMONIAL / composição 1 BALANÇO PATRIMONIAL / composição 1 ATIVO CIRCULANTE Compreende contas que estão constantemente em giro, sua conversão em moeda corrente ocorrerá, no máximo, até o próximo exercício social. As contas devem

Leia mais

Prefácio à 3ª edição, xiii Apresentação, xv. Parte I - Introdução, 1

Prefácio à 3ª edição, xiii Apresentação, xv. Parte I - Introdução, 1 Prefácio à 3ª edição, xiii Apresentação, xv Parte I - Introdução, 1 1 Conceitos Introdutórios, 3 1.1 Conceitos, 3 1.2 Objetivos da Análise das Demonstrações Contábeis, 5 1.3 Usuários da Análise das Demonstrações

Leia mais

Ao se analisar o comportamento do fluxo de recursos provenientes das operações mercantis das empresas, é possível retratar tal como a figura a seguir:

Ao se analisar o comportamento do fluxo de recursos provenientes das operações mercantis das empresas, é possível retratar tal como a figura a seguir: Modelo Fleuriet Ao se analisar o comportamento do fluxo de recursos provenientes das operações mercantis das empresas, é possível retratar tal como a figura a seguir: COMPRAS PRODUÇÃO E ESTOCAGEM CAIXA

Leia mais

1T09 Divulgação de Resultados

1T09 Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados Relações com Investidores: Frederico Dan Shigenawa Diretor de RI ir@tig.bm Sobre a TIG: A TIG Holding Ltd. (nova denominação da Tarpon Investment Group Ltd.) investe em companhias

Leia mais

Capítulo 3 Projeções contábeis e financeiras 63

Capítulo 3 Projeções contábeis e financeiras 63 Sumário Capítulo 1 Conceitos de matemática financeira 1 1.1 Introdução 1 1.2 Taxa de juro nominal e taxa de juro real 3 1.2.1 Fórmula 3 1.3 Capitalização simples 4 1.3.1 Fórmulas 4 1.4 Capitalização composta

Leia mais

Faculdades Integradas Teresa D Ávila

Faculdades Integradas Teresa D Ávila Faculdades Integradas Teresa D Ávila CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecido pela Portaria Ministerial nº. 4.571 de 28/12/05 e publicado no DOU em 29/12/05. Componente Curricular: Administração Financeira de

Leia mais

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Prof. Onivaldo Izidoro Pereira Finanças Corporativas Ambiente Econômico Em suas atividades uma empresa relacionase com: Clientes

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais, Expressões Algébricas, Equação do 1º grau, Equação do 2º grau, Logaritmos, Conjuntos, Funções,

Leia mais

Faculdade Alves Faria

Faculdade Alves Faria Apresentação Discente e Docente. Apresentação e Entrega do Plano de Ensino, 1 2 3 4 5 6 7 1. Introdução às Finanças Corporativas: Agrupamento das áreas básicas de finanças relacionadas às empresas. Evolução

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MERCADO DE CAPITAIS Código: CTB 000 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2014.2 Professor:

Leia mais

Gestão do Fluxo de Caixa em Épocas de Crise

Gestão do Fluxo de Caixa em Épocas de Crise Gestão do Fluxo de Caixa em Épocas de Crise Lucro que não gera caixa é ilusão "Se você tiver o suficiente, então o fluxo de caixa não é importante. Mas se você não tiver, nada é mais importante. É uma

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria Coordenação Acadêmica: Professor Fabiano Simões Coelho, Mestre CÓDIGO NO SIGA: TMBAGFC*06/66 1) Análise

Leia mais

Análise Comparativa dos Métodos Financeiros para Avaliação de Empreendimentos de Infra-Estrutura Aeronáutica

Análise Comparativa dos Métodos Financeiros para Avaliação de Empreendimentos de Infra-Estrutura Aeronáutica Anais do 14 Encontro de Iniciação Científica e Pós-Graduação do ITA XIV ENCITA / 2008 Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São José dos Campos, SP, Brasil, Outubro, 20 a 23, 2008. Análise Comparativa

Leia mais

Metodologias de Avaliação de Investimentos

Metodologias de Avaliação de Investimentos Índice Introdução 15 PARTE I Metodologias de Avaliação de Investimentos Capítulo 1 Conceitos fundamentais 1. Noção de investimento real 22 1.1. Investimento real versus investimento financeiro 23 1.2.

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Aula 12- Unidade III. Análise avançada das demonstrações contábeis. Prof.: Marcelo Valverde

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Aula 12- Unidade III. Análise avançada das demonstrações contábeis. Prof.: Marcelo Valverde ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Aula 12- Unidade III. Análise avançada das demonstrações contábeis Prof.: Marcelo Valverde Unidade III. Análise avançada das demonstrações contábeis 3.1 Análise do

Leia mais

CAPÍTULO 2. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS, IMPOSTOS, e FLUXO DE CAIXA. CONCEITOS PARA REVISÃO

CAPÍTULO 2. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS, IMPOSTOS, e FLUXO DE CAIXA. CONCEITOS PARA REVISÃO Bertolo Administração Financeira & Análise de Investimentos 6 CAPÍTULO 2 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS, IMPOSTOS, e FLUXO DE CAIXA. CONCEITOS PARA REVISÃO No capítulo anterior determinamos que a meta mais

Leia mais

C O N T A B I L I D A D E

C O N T A B I L I D A D E Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos ISCSP (UTL), Lisboa C O N T A B I L I D A D E Pedro V Matos ISEG-UTL 1 Análise Financeira e Contabilidade 2 1 Função Financeira O que é a Função Financeira? Consiste

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO Curso: Administração Disciplina: Gestão Financeira I. Juliana A. Rüdell Boligon (julianaboligon@unifra.

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO Curso: Administração Disciplina: Gestão Financeira I. Juliana A. Rüdell Boligon (julianaboligon@unifra. CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO Curso: Administração Disciplina: Gestão Financeira I Administração Financeira: uma visão geral. Juliana A. Rüdell Boligon (julianaboligon@unifra.br) Introdução Todas as

Leia mais

Ciclo Operacional. Venda

Ciclo Operacional. Venda Sumário 1 Introdução... 1 2 Dinâmica dos Fluxos de Caixa... 2 3 Capital Circulante Líquido (CCL) e Conceitos Correlatos... 4 4 Necessidade de capital de giro (NCG)... 6 5 Saldo em Tesouraria (ST)... 9

Leia mais

Ativos Patrimônio Líquido CAPÍTULO 2 CUSTO DE CAPITAL E CUSTOS FINANCEIROS. 1. Custo de Capital

Ativos Patrimônio Líquido CAPÍTULO 2 CUSTO DE CAPITAL E CUSTOS FINANCEIROS. 1. Custo de Capital 34 CAPÍTULO 2 CUSTO DE CAPITAL E CUSTOS FINANCEIROS 1. Custo de Capital Custo de capital é a taxa de retorno que a empresa precisa obter sobre os seus projetos de investimentos, para manter o valor de

Leia mais

Análise Financeira. Adriano Leal Bruni. Material extraído de http://www. ://www.infinitaweb.com.br

Análise Financeira. Adriano Leal Bruni. Material extraído de http://www. ://www.infinitaweb.com.br Análise Financeira Adriano Leal Bruni 1 Por que analisar? Mensurar riscos de crédito de correntes e potenciais clientes. Julgar o desempenho esperado das firmas. Monitorar o progresso da firma em alcançar

Leia mais

Avaliação Econômica Valuation

Avaliação Econômica Valuation Avaliação Econômica Valuation Wikipedia The process of determining the current worth of an asset or company. There are many techniques that can be used to determine value, some are subjective and others

Leia mais

Unidade IV. A necessidade de capital de giro é a chave para a administração financeira de uma empresa (Matarazzo, 2008).

Unidade IV. A necessidade de capital de giro é a chave para a administração financeira de uma empresa (Matarazzo, 2008). AVALIAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Unidade IV 7 ANÁLISE DO CAPITAL DE GIRO A necessidade de capital de giro é a chave para a administração financeira de uma empresa (Matarazzo, 2008). A administração

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE GERENCIAL ESTRATÉGICA Disciplina: Matemática Financeira para Tomada de Decisões (20 horas) Os métodos quantitativos têm sido amplamente

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Financeira Coordenação Acadêmica: Professor Fabiano Simões Coelho Código SIGA : TMBAGF*06/00 1 OBJETIVO: Formar executivos financeiros. Capacitar

Leia mais

Aula 5 Contextualização

Aula 5 Contextualização Gestão Financeira Aula 5 Contextualização Prof. Esp. Roger Luciano Francisco Demonstrativos Contábeis e Análise Financeira Contabilidade é uma ciência aplicada que, por intermédio de uma metodologia específica,

Leia mais

ANÁLISE FINANCEIRA VISÃO ESTRATÉGICA DA EMPRESA

ANÁLISE FINANCEIRA VISÃO ESTRATÉGICA DA EMPRESA ANÁLISE FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA NAS EMPRESAS INTEGRAÇÃO DOS CONCEITOS CONTÁBEIS COM OS CONCEITOS FINANCEIROS FLUXO DE OPERAÇÕES E DE FUNDOS VISÃO ESTRATÉGICA DA EMPRESA Possibilita um diagnóstico

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Resumo Demonstrações contábeis são informações e dados que as empresas oferecem ao fim de cada exercício, com a finalidade de mostrar aos acionistas, ao governo e todos os interessados,

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 Aulas: sábados 8h30 18h Valor: R$ 380,00* JUSTIFICATIVA: Faculdade INESP

MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 Aulas: sábados 8h30 18h Valor: R$ 380,00* JUSTIFICATIVA: Faculdade INESP Pág. 1/6 MBA em Controladoria e Auditoria Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados das 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas de R$ 380,00*

Leia mais

Gestão e Controle Financeiro Material de Apoio para as Unidades 4 e 5

Gestão e Controle Financeiro Material de Apoio para as Unidades 4 e 5 Gestão e Controle Financeiro Material de Apoio para as Unidades 4 e 5 Você e sua equipe são responsáveis por elaborar um relatório de Análise Financeira da Empresa GAMA. Abaixo estão dispostos o DRE e

Leia mais

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL. Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL. Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br Prof. Elias Garcia Bacharel em Ciências Contábeis 1988 Especialização em Contabilidade

Leia mais

Unidade IV INTERPRETAÇÃO DAS. Prof. Walter Dominas

Unidade IV INTERPRETAÇÃO DAS. Prof. Walter Dominas Unidade IV INTERPRETAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Walter Dominas Conteúdo programático Unidade I Avaliação de Empresas Metodologias Simples Unidade II Avaliação de Empresas - Metodologias Complexas

Leia mais

Relação entre Capital de Giro e Necessidade de Capital de Giro.

Relação entre Capital de Giro e Necessidade de Capital de Giro. Relação entre Capital de Giro e Necessidade de Capital de Giro. Tendo em vista que o capital de giro representa o saldo correspondente à diferença entre os saldos das contas do ativo e passivo circulantes,

Leia mais

AULA 04 EXERCÍCIO 06 - ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS (FINANCEIRAS ):

AULA 04 EXERCÍCIO 06 - ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS (FINANCEIRAS ): Contabilidade Gerencial e Controladoria Prof. Oscar Scherer Dia 23/03/2012. AULA 04 EXERCÍCIO 06 - ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS (FINANCEIRAS ): Parte importante da administração financeira, devendo

Leia mais

Princípios de Finanças

Princípios de Finanças Princípios de Finanças Apostila 01 Finanças e Empresas Professora: Djessica Karoline Matte 1 SUMÁRIO Finanças e Empresas... 3 1. Introdução a Administração Financeira... 3 2. Definições... 3 2.1. Empresas...

Leia mais

2 Referencial Teórico

2 Referencial Teórico 2 Referencial Teórico Baseado na revisão da literatura, o propósito deste capítulo é apresentar a estrutura conceitual do tema de Avaliação de Investimentos, sendo dividido em diversas seções. Cada seção

Leia mais

FINANÇAS CORPORATIVAS FINANÇAS CORPORATIVAS

FINANÇAS CORPORATIVAS FINANÇAS CORPORATIVAS FINANÇAS CORPORATIVAS Prof. Ms. Wagner Ismanhoto Economista M.B.A. em Engenharia Econômica Universidade São Judas São Paulo-SP Mestrado em Economia Rural UNESP Botucatu-SP Doutorando em Economia Rural

Leia mais

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP PROF. Ms. EDUARDO RAMOS Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. PRINCÍPIOS CONTÁBEIS E ESTRUTURA CONCEITUAL 3. O CICLO CONTÁBIL

Leia mais

BASES CONCEITUAIS DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS

BASES CONCEITUAIS DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS BASES CONCEITUAIS DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS Pro. Alexandre Assaf Neto Este trabalho tem por objetivo básico apresentar as bases conceituais do processo de avaliação econômica de empresas. Avaliação

Leia mais

Prof. Dr. José Francisco Calil Teoria Superior de Finanças Programa de Pós-graduação stricto sensu Doutorado em Administração, Campus Taquaral

Prof. Dr. José Francisco Calil Teoria Superior de Finanças Programa de Pós-graduação stricto sensu Doutorado em Administração, Campus Taquaral Teoria Superior de Finanças Programa de Pós-graduação stricto sensu Doutorado em Administração, Campus Taquaral Aula expositiva Ementa: Estudo da Moderna Teoria de Finanças e dos métodos que os administradores

Leia mais

CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL

CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL AULA 06: ANÁLISE E CONTROLE ECONÔMICO- FINANCEIRO TÓPICO 01: ANÁLISE POR ÍNDICES Fonte (HTTP://WWW.FEJAL.BR/IMAGES/CURS OS/CIENCIASCONTABEIS.JPG) ANÁLISE POR INTERMÉDIO

Leia mais

ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR

ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR 0 ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR Gabriela de Castro Gaudêncio Cassimiro 1 Thiago Moura de Carvalho 2 Rosália Gonçalves Costa Santos

Leia mais

MBA Gestão de Riscos Financeiros, Corporativos e Compliance EMENTAS DISCIPLINAS

MBA Gestão de Riscos Financeiros, Corporativos e Compliance EMENTAS DISCIPLINAS MBA Gestão de Riscos Financeiros, Corporativos e Compliance EMENTAS DISCIPLINAS ESTRUTURA DO PROGRAMA O MBA Gestão de Riscos Financeiros, Corporativos e Compliance é composto pelas seguintes disciplinas,

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS CORPORATIVAS E RELAÇÕES COM INVESTIDORES

MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS CORPORATIVAS E RELAÇÕES COM INVESTIDORES MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS CORPORATIVAS E RELAÇÕES COM INVESTIDORES O programa irá proporcionar a você uma sólida formação na área de finanças contribuindo para que seja um profissional que tem soluções

Leia mais

MBA Gestão Financeira Controladoria e Auditoria. Coordenação: Agliberto Cierco

MBA Gestão Financeira Controladoria e Auditoria. Coordenação: Agliberto Cierco MBA Gestão Financeira Controladoria e Auditoria Coordenação: Agliberto Cierco Metodologia do TCC: O TCC se inicia na disciplina de Estratégia de Empresa, sendo acompanhado pela coordenação acadêmica do

Leia mais

INDICADORES FINANCEIROS NA TOMADA DE DECISÕES GERENCIAIS

INDICADORES FINANCEIROS NA TOMADA DE DECISÕES GERENCIAIS INDICADORES FINANCEIROS NA TOMADA DE DECISÕES GERENCIAIS ANA BEATRIZ DALRI BRIOSO¹, DAYANE GRAZIELE FANELLI¹, GRAZIELA BALDASSO¹, LAURIANE CARDOSO DA SILVA¹, JULIANO VARANDAS GROPPO². 1 Alunos do 8º semestre

Leia mais