Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009"

Transcrição

1 Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL

2 1. ÁREA DE INTERVENÇÃO ACÇÃO SOCIAL Promover a integração social dos grupos socialmente mais vulneráveis * Romper com situações de isolamento pessoal e social da população idosa e/ou dependente * Aumento das respostas sociais para idosos e suas famílias * Apresentação de candidaturas * Semana do Sénior (Abril 2009): - Visita ao Cantar de Galo com actividades recreativas e almoço convívio. * Gerontomotricidade * Clube de Informática Sénior * Universidade Sénior * Taxas de cobertura * Numero de vagas criadas de Centro de Dia e de Lar * Número criado de vagas de apoio domiciliário * Candidaturas a projectos de cuidados continuados integrados (Unidades de internamento e cuidados ambulatórios Juntas de Freguesia Segurança Social Santa Casa da Misericórdia Centro de Dia do Biscainho Centro de Dia da Lamarosa Centro de Dia da Branca Associação de Reformados e Pensionistas do Couço * Investir numa acção integrada na melhoria da qualidade de vida da população portadora de deficiência * Elaboração de diagnóstico de necessidades da população deficiente * Candidaturas apresentadas (PARES) para criação de um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) e outros projectos CRIC PIP (Cor). - Projecto de Intervenção Psicopedagógica do Concelho de Coruche * Facilitar a integração dos imigrantes no concelho (integração social e profissional; legalização) * Promover a integração dos imigrantes (Plano de Actividades CLAI ) * CLAI - Centro Local de Apoio ao Imigrante * Frequência no CLAII e assuntos tratados ACIDI Alto Comissariado para a Integração e Diálogo Intercultural 2

3 2. ÁREA DE INTERVENÇÃO HABITAÇÃO OBJECTIVO Melhorar as condições habitacionais * Melhorar as condições habitacionais de famílias em comprovada carência económica: - Continuação da aplicação do Programa SOLARH - Programa Casas com Gente (promoção, requalificação e revitalização do centro histórico da Vila de Coruche Janeiro/ Fevereiro de 2009) - Apoio na construção a preços controlados Redução dos problemas habitacionais identificados - Candidaturas no âmbito do Programa Municipal da Melhoria do Conforto Habitacional - Candidaturas ao Programa SOLARH Candidaturas apresentadas Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana 3

4 3. ÁREA DE INTERVENÇÃO INFRA-ESTRUTURAS, EQUIPAMENTOS SOCIAIS E ACESSIBILIDADES OBJECTIVO Melhorar a rede de equipamentos e serviços existentes de apoio à população * Adaptar/aumentar a capacidade de resposta do concelho ao nível da necessidade de Lares de idosos. * Aumentar a capacidade de resposta e qualidade dos serviços prestados pelos Centros de Dia existentes * Aumento das respostas sociais para idosos * Aumento das respostas sociais para idosos * Apresentação de candidaturas * Apresentação de candidaturas * Taxas de cobertura Juntas de Freguesia Segurança Social * Taxas de cobertura Juntas de Freguesia Segurança Social 4

5 4.ÁREA DE INTERVENÇÃO EDUCAÇÃO /CRIANÇAS E JOVENS Diminuir o número de crianças e jovens em risco, até ao final de 2009 * Promover a implementação de Programas e Projectos no âmbito sócioeducativo * Proporcionar o acesso, a permanência e o bom desempenho de crianças e jovens no espaço escolar * Implementar actividades/reforçar oportunidades das crianças e jovens se desenvolverem de forma saudável e equilibrada * Reduzir a Taxa de Abandono e Insucesso escolar * Diminuição do número de crianças e jovens em risco * Redução da taxa de abandono escolar * Redução da taxa de insucesso escolar * Aumento do interesse e motivação da criança/jovem pela escola * Valorização da escola pela família, enquanto agente de educação, de formação e de socialização * Continuação da implementação e desenvolvimento do CAFAP Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental no âmbito do Projecto Educar para o Futuro da Cáritas Paroquial de Coruche * Continuação da actividade desenvolvida pela CPCJ de Coruche, no âmbito do apoio a crianças e jovens em risco e suas famílias * Continuação da articulação com a equipa do PETI Programa para Prevenção e Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil e PIEF Programa Integrado de Educação e Formação, no âmbito do despiste e encaminhamento de jovens em abandono escolar para as diversas respostas sociais * Continuação do projecto de intervenção precoce da Cáritas * Competências adquiridas pelas crianças / jovens * Relatórios de execução dos vários projectos desenvolvidos * Número de participantes envolvidos nos projectos * Envolvimento das famílias * Fontes da CPCJ de Coruche * Fontes do Agrupamento de Escolas EDUCOR e da Escola Básica e Integrada do Couço * Número de crianças sinalizadas pela CPCJ de Coruche * Número de crianças que abandonaram o escola - - Juntas de Freguesia - CPCJ de Coruche - Agrupamento de Escolas - EDUCOR - CÁRITAS Paroquial de Coruche - CRIC Centro de Reabilitação e Integração de Coruche - Escola Básica Integrada/Jardim de Infância do Couço - PETI - Programa para Prevenção e Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil - PIEF Programa Integrado de Educação e Formação 5

6 5. ÁREA DE INTERVENÇÃO EMPREGO Implementar medidas com vista ao desenvolvimento económico e social do concelho, de forma a contribuir para a melhoria das condições de vida da população do Concelho de Coruche * Melhorar a rede de serviços de apoio a públicos vulneráveis no âmbito do trabalho e integração * Promover a inclusão dos públicos vulneráveis no âmbito do emprego /integração * Incentivar e desenvolver a actividade empresarial do concelho * Desenvolver competências sociais e profissionais * Diminuição da taxa de desemprego do concelho * Criação e implementação de pequenas e médias empresas * Diminuição do número de desempregados * Inserção dos jovens na vida activa * CACI Centro de Apoio ao Conhecimento e à Integração: ÁREA DO EMPREGO + Apoio técnico na preparação de entrevistas + Elaboração de cartas de apresentação e curriculum vitae + Elaboração de anúncios para propostas de emprego + análise a ofertas de emprego + Acesso ao Portal do Emprego + Divulgação mensal das ofertas de emprego em parceria com o Centro de Emprego de Salvaterra de Magos * Número de empresas criadas * Número de postos de trabalho criados * Número de pessoas inscritas * Tipologia dos encaminhamentos (emprego, formação técnicoprofissional, criação do próprio emprego) * Iniciativa para a procura / criação do próprio emprego - de Coruche - O CACI funciona em todas as Juntas de Freguesia do Concelho - NLI Núcleo Local de Inserção da Segurança Social - Escola Profissional de Coruche - Centro de Emprego de Salvaterra de Magos - IEFP ÁREA DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL + Divulgação dos cursos do IEFP 6

7 6. ÁREA DE INTERVENÇÃO SAÚDE Motivar para a importância da educação para a saúde * Promover a educação para a saúde, a educação para a ecologia, educação cívica * Dar continuidade ao trabalho desenvolvido entre o Centro de Saúde e os vários Centros de Dia do Concelho * Consciencializar as famílias sobre a importância da educação para a saúde * Dinamizar articulação/parceria entre o Centro de Saúde de Coruche e as IPSS s locais * Promoção de campanhas de sensibilização/ informação sobre os cuidados básicos de saúde (higiene/conforto, alimentação, saneamento básico), importância da vacinação, planeamento familiar, promoção de autocuidado nas famílias. questionários presenças no Centro de Sáude - Centro de Saúde - - IPSS s locais - Escolas do concelho de Coruche 7

1.1.1.1. Objectivo Especifico Garantir que os alunos de 1.º e 2.º Ciclo assistam a acções de prevenção primária da toxicodependência.

1.1.1.1. Objectivo Especifico Garantir que os alunos de 1.º e 2.º Ciclo assistam a acções de prevenção primária da toxicodependência. Conselho Local de Acção Social de de Ourique Cuba Plano de Acção 2008 - Rede Social Programação Anual. Prioridade Promover a melhoria das condições de vida das crianças, dos idosos e das famílias através

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL

PLANO DE ACÇÃO 2009 (Aprovado em CLASS de 13.3.2009) PARCEIRO RESPONSÁVEL OBJECTIVO DO PDSS ACTIVIDADE/ACÇÃO PARCEIROS ENVOLVIDOS PARCEIRO RESPONSÁVEL INDICADORES DE AVALIAÇÃO EXECUÇÃO TEMPORAL SOLIDARIEDADE SOCIAL Reforçar o apoio alimentar concelhio Melhorar o conhecimento

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4. Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5

NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4. Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5 INDICE NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4 Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5 Eixo de Desenvolvimento 2: Empregabilidade de Formação Profissional... 13 Eixo

Leia mais

Plano de Acção. Conselho Local de Acção Social de Redondo CLASRedondo

Plano de Acção. Conselho Local de Acção Social de Redondo CLASRedondo Plano de Acção Conselho Local de Acção Social de CLAS 2014-2015 2 EIXO 1 - PROMOVER A EMPREGABILIDADE E QUALIFICAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL E INTEGRAÇÃO DE GRUPOS SOCIAIS (PRÉ-) DESFAVORECIDOS Combate

Leia mais

Constituição dos Orgãos da Rede Social do Concelho de Valpaços 2. Constituição do Núcleo Executivo 4. Nota Introdutória 5

Constituição dos Orgãos da Rede Social do Concelho de Valpaços 2. Constituição do Núcleo Executivo 4. Nota Introdutória 5 ÍNDICE Constituição dos Orgãos da Rede Social do Concelho de Valpaços 2 Constituição do 4 Nota Introdutória 5 Eixo I Envelhecimento Populacional 7 Eixo II Qualificação e Integração Escolar e Sócio-Profissional

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

Plano Gerontológico de Monchique Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011

Plano Gerontológico de Monchique Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011 Apresentação Pública 15 de Outubro de 2011 Trajectórias de envelhecimento Após os 65 anos de idade a estimulação cognitiva diminui significativamente. A diminuição da estimulação desencadeia/agrava o declínio

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social do Município de Gondomar 2015-2020

Plano de Desenvolvimento Social do Município de Gondomar 2015-2020 Plano de Desenvolvimento Social do Município de Gondomar 2015-2020 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social de Gondomar 16 de março de 2015 Biblioteca Municipal de Gondomar Eixo 1 Capacitação,

Leia mais

Projecto co-financiado pelo FSE

Projecto co-financiado pelo FSE CLAS DE MONDIM DE BASTO PLANO DE ACÇÃO 2012 REDE SOCIAL DE MONDIM DE BASTO Projecto co-financiado pelo FSE ÍNDICE ÍNDICE DE TABELAS... 3 CAPÍTULO I... 4 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO II... 6 PLANO DE ACÇÃO

Leia mais

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 Documento elaborado pelo: Conselho Local de Acção Social do Concelho do Núcleo

Leia mais

Plano de Ação MARÇO DE 2014

Plano de Ação MARÇO DE 2014 Plano de Ação 2014 MARÇO DE 2014 FICHA TÉCNICA Plano de Ação do Concelho de Águeda março de 2014 Equipa de elaboração: Núcleo Executivo do CLAS de Águeda Colaboraram neste documento os seguintes autores:

Leia mais

EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação

EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL de ODEMIRA 2014-2015 EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação Promover o conhecimento e o acesso dos empresários aos apoios e incentivos no âmbito do empreendedorismo

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO 2014 ) REDE SOCIAL DE ALANDROAL

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO 2014 ) REDE SOCIAL DE ALANDROAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO ) REDE SOCIAL DE ALANDROAL CLAS /2015 Área de Intervenção: Equipamentos e Respostas Sociais e Serviços 1 Objetivo Geral Objetivos Específicos Ação População - Alvo

Leia mais

1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL

1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL 1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL Objectivo Geral Objectivo Especifico Medida Meta Indicador de Eecução % Responsavel Prestar Apoio técnico às CSF Reuniões semestrais com CSF 3 CSF em funcionamento, com

Leia mais

3.4. EDUCAÇÃO. Problemas Sociais Identificados. Problemas Sociais Priorizados. 3.4.1. Educação: Enquadramento: Alunos sem projecto de vida

3.4. EDUCAÇÃO. Problemas Sociais Identificados. Problemas Sociais Priorizados. 3.4.1. Educação: Enquadramento: Alunos sem projecto de vida 3.4. EDUCAÇÃO Problemas Sociais Identificados Insucesso escolar Falta de expectativas socioprofissionais Alunos sem projecto de vida Expectativas inadequadas para famílias Problemas Sociais Priorizados

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017

Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Página 2 de 29 Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Índice Índice de Siglas. 4 Nota Prévia... 5 Exposição e Explicação dos

Leia mais

Projecto GPS Gabinete de Proximidade para a Sustentabilidade

Projecto GPS Gabinete de Proximidade para a Sustentabilidade Projecto GPS Gabinete de Proximidade para a Sustentabilidade Actividade Formativa - Intervenção Comunitária Data - 1 de Abril de 2009 Local Auditório do Edifício Cultural Município de Peniche Participação:

Leia mais

PAREDES DE COURA INTRODUÇÃO

PAREDES DE COURA INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Após a elaboração do Plano de Desenvolvimento Social, definindo as linhas orientadoras de intervenção social até ao final de 2009, procedemos agora à formulação de um Plano de Acção para esse

Leia mais

Plano de Ação de 2012 Plano de Ação de 2010. Conselho Local de Ação Social de Monção. Conselho Local de Ação Social de Monção

Plano de Ação de 2012 Plano de Ação de 2010. Conselho Local de Ação Social de Monção. Conselho Local de Ação Social de Monção Plano de Ação de 2012 Plano de Ação de 2010 Conselho Local de Ação Social de Monção Conselho Local de Ação Social de Monção CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE MONÇÃO Atualmente a Rede Social de Monção conta

Leia mais

Ação Social e Inclusão

Ação Social e Inclusão Ação Social e Inclusão Ação Social O campo de actuação da Ação Social compreende, em primeira instância, a promoção do bem estar e qualidade de vida da população e a promoção duma sociedade coesa e inclusiva,

Leia mais

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018 Plano de Ação 2015-2018 Eixo de Intervenção 1 Emprego, Formação e Qualificação a) Estabelecimento da Parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P., com o objetivo de facilitar os processos

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL

PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL PLANO DE AÇÃO DA REDE SOCIAL 2014 Aprovado na reunião do Plenário de 11.06.2014 16 de janeiro Workshop e assinatura de protocolo com CIG Público-alvo: comunidade no geral Local: Edifício Paço dos Concelho

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010 O QUE É?

PLANO DE ACÇÃO 2010 O QUE É? O QUE É? O Plano de Acção é um documento anual que se desenha a partir das linhas de intervenção definidas no Plano de Desenvolvimento Social. Enquanto produto traduz-se num documento temporalmente finalizado

Leia mais

Grelha de Análise SWOT (Strengths (forças); Weaknesses (fraquezas); Opportunities (oportunidades), Threats (ameaças))... Factores Endógenos

Grelha de Análise SWOT (Strengths (forças); Weaknesses (fraquezas); Opportunities (oportunidades), Threats (ameaças))... Factores Endógenos Problemática Essencial I Envelhecimento Demográfico - Apoio Domiciliário do Centro de Saúde com viatura cedida pela Câmara Municipal. - Iniciativas da Câmara Municipal com o objectivo de proporcionar momentos

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Castelo Branco 2014-2017

Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Castelo Branco 2014-2017 Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Castelo Branco 2014-2017 Índice Plano de Desenvolvimento Social... 3 Definição dos Eixos de intervenção... 3 Operacionalização dos Eixos de Intervenção...

Leia mais

Rede Social no Concelho de Azambuja Plano de Ação 2014 PLANO DE ACÇÃO 2014

Rede Social no Concelho de Azambuja Plano de Ação 2014 PLANO DE ACÇÃO 2014 PLANO DE ACÇÃO 2014 1 EDUCAÇÃO ÁREA ATIVIDADES RESPONSAVEIS PARTICIPANTES/ INTERVENIENTES Calendarização Manter os projetos existentes nos Agrupamentos de Escolas (Fénix, tutorias, Aprender a Estudar,

Leia mais

Fórum de Boas Práticas

Fórum de Boas Práticas Câmara Municipal de Torres Vedras Sandra Colaço Fórum de Boas Práticas Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis 28 de Outubro de 2009 TORRES VEDRAS População -72 259(2001) Área 407 Km2 O concelho no país Na

Leia mais

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de O do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de Desenvolvimento Social, onde estão definidos alguns Projectos (com o desejo de uma projecção num futuro próximo), a serem desenvolvidos para se concretizarem

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO):

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO): GRUPO DE TRABALHO: ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE VALE DA PEDRA PAULA FERREIRA ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ANA OLIVEIRA ASSOCIAÇÃO OPERAÇÃO SAMARITANO CARINA CRENA CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO

Leia mais

Rede Social Plano de Ação 2015

Rede Social Plano de Ação 2015 Rede Social Plano de Ação 2015 1 R E D E SOCIAL DO CONCELHO DE VILA DO BISPO Rede Social Rede Social do Concelho de Vila do Bispo PLANO DE AÇÃO 2015 Ficha Técnica Entidade Promotora: Câmara Municipal de

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

Rede Social. Conselho Local de Ação Social do Entroncamento PLANO DE AÇÃO 2012

Rede Social. Conselho Local de Ação Social do Entroncamento PLANO DE AÇÃO 2012 Rede Social Conselho Local de Ação Social do Entroncamento PLANO DE AÇÃO 2012 2012 Índice Introdução... 3 1 - Eixo de Intervenção Famílias... 5 2 - Eixo de Intervenção Educação e Cidadania... 8 3- Eixo

Leia mais

Análise SWOT. Área: Território. Rede Social. - Novo Acesso Rodoviário - Qualidade do Ambiente - Recursos Naturais

Análise SWOT. Área: Território. Rede Social. - Novo Acesso Rodoviário - Qualidade do Ambiente - Recursos Naturais Área: Território - Novo Acesso Rodoviário - Qualidade do Ambiente - Recursos Naturais - Dinamização da Exploração dos Recursos Naturais para Actividades Culturais e Turísticas - Localização Geográfica

Leia mais

Grupo de Trabalho para as Questões da Pessoa Idosa, Dependente ou Deficiente de Grândola REGULAMENTO INTERNO

Grupo de Trabalho para as Questões da Pessoa Idosa, Dependente ou Deficiente de Grândola REGULAMENTO INTERNO Grupo de Trabalho para as Questões da Pessoa Idosa, Dependente ou Deficiente de Grândola REGULAMENTO INTERNO Maio de 2011 Preâmbulo As alterações demográficas que se têm verificado na população portuguesa

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011

AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011 AVALIAÇÃO DO PLANO DE ACÇÃO 2011 Eixo de Desenvolvimento I: Emprego/Desemprego Desenvolver medidas com vista à redução do desemprego, ao aumento da estabilidade no emprego e facilitadores do ingresso dos

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Inclusão Social e Emprego

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Inclusão Social e Emprego Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Inclusão Social e Emprego Eixo 5 - Emprego e Valorização Económica dos Recursos Endógenos Objectivo Temático 8 - Promoção da sustentabilidade e qualidade

Leia mais

Plano de Acção de 2011 Plano de Acção de 2010. Conselho Local de Acção Social de Monção. Conselho Local de Acção Social de Monção

Plano de Acção de 2011 Plano de Acção de 2010. Conselho Local de Acção Social de Monção. Conselho Local de Acção Social de Monção Plano de Acção de 2011 Plano de Acção de 2010 Conselho Local de Acção Social de Monção Conselho Local de Acção Social de Monção CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE MONÇÃO Actualmente a Rede Social de Monção

Leia mais

REDE SOCIAL CONCELHO DA MARINHA GRANDE PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL Definido 5 anos

REDE SOCIAL CONCELHO DA MARINHA GRANDE PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL Definido 5 anos REDE SOCIIAL CONCELHO DA MARIINHA GRANDE 2010 PLANO DE SOCIAL Dezembro 2010 a Dezembro 2015 Rede Social 1 No âmbito da Lei que regulamenta a Rede Social, de acordo com o ponto 1, do artigo n.º36, do capítulo

Leia mais

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23 1 Indice Implementação do Cartão Social..... Pág. 3 Implementação da Oficina Doméstica.. Pág. 4 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida.. Pág. 5 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida...

Leia mais

Índice. 1. Nota Introdutória... 1. 2. Actividades a desenvolver...2. 3. Notas Finais...5

Índice. 1. Nota Introdutória... 1. 2. Actividades a desenvolver...2. 3. Notas Finais...5 Índice Pág. 1. Nota Introdutória... 1 2. Actividades a desenvolver...2 3. Notas Finais...5 1 1. Nota Introdutória O presente documento consiste no Plano de Acção para o ano de 2011 da Rede Social do concelho

Leia mais

Plano de Acção 2014. Rede Social

Plano de Acção 2014. Rede Social Plano de Acção 2014 Rede Social Março/2014 Elaborado por: Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Avis - Agrupamento de - Centro de Emprego e Formação Profissional de Portalegre/Serviço de

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2013/2015

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2013/2015 PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2013/2015 PLANO DE AÇÃO 2013. INDÍCE Pág. 1. Introdução. 2 2. Metodologia. 3 3. Eixos de Intervenção do P.D.S. 2013 a 2015. 5 4. Eixo I Grupos Sociais Desfavorecidos P.D.S.

Leia mais

Plano de Ação 2013. I Eixo De Intervenção: QUALIFICAÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES E RESPONSABILIDADE SOCIAL

Plano de Ação 2013. I Eixo De Intervenção: QUALIFICAÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES E RESPONSABILIDADE SOCIAL 0 Plano de Ação I Eixo De Intervenção: QUALIFICAÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES E RESPONSABILIDADE SOCIAL OBJETIVO GERAL: Dotar as Instituições do Município de competências na área da qualidade para melhorar a resposta

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CRATO 2010-2012

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CRATO 2010-2012 O que é? Um Plano de Desenvolvimento Social é um instrumento de definição conjunta e negociada de objectivos prioritários para a promoção do desenvolvimento social local. Tem em vista não só a produção

Leia mais

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha A Cáritas Diocesana de Viseu no Bairro Social de Paradinha A Cáritas continua com um trabalho de relevante interesse social no Bairro Social de Paradinha. No ano de 2008, a Cáritas continuou a desenvolver

Leia mais

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma Apresentação A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma plena integração social e profissional; Crianças

Leia mais

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado Social de Lagoa O Banco de Voluntariado LagoaSocial será enquadrado num conjunto de medidas e acções

Leia mais

Acção Sócio-Educativa

Acção Sócio-Educativa Acção Sócio-Educativa Dinamizar estratégias que visam prevenir situações de absentismo e abandono escolar, voltar a colocar os jovens no Sistema Educativo. Estruturar os cursos de Alfabetização e Formação

Leia mais

Cada utente é um ser Humano único, pelo que respeitamos a sua pessoa, os seus ideais, as suas crenças, a sua história e o seu projecto de vida.

Cada utente é um ser Humano único, pelo que respeitamos a sua pessoa, os seus ideais, as suas crenças, a sua história e o seu projecto de vida. 1. APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A Casa do Povo de Alvalade foi criada em 1943, por grupo informal de pessoas, na tentativa de dar resposta às necessidades das pessoas que a esta se iam associando. Com o

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

Pelouro do Desenvolvimento Social

Pelouro do Desenvolvimento Social Pelouro do Desenvolvimento Social Novembro de 2012 ENQUADRAMENTO A problemática do envelhecimento da população constitui uma importante oportunidade de desenvolvimento social, uma vez que uma sociedade

Leia mais

Introdução. 1 Direcção Geral da Administração Interna, Violência Doméstica 2010 Ocorrências Participadas às

Introdução. 1 Direcção Geral da Administração Interna, Violência Doméstica 2010 Ocorrências Participadas às Câmara Municipal da Departamento de Educação e Desenvolvimento Sociocultural Divisão de Intervenção Social Plano Municipal contra a Violência Rede Integrada de Intervenção para a Violência na Outubro de

Leia mais

I. Apresentação do Projecto. - Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família

I. Apresentação do Projecto. - Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família I. Apresentação do Projecto - Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família Falar em sucesso educativo implica olhar o processo educativo segundo uma abordagem sistémica, em que o aluno, a escola, a família e

Leia mais

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL INQUÉRITOS POR QUESTIONÁRIO ASSOCIAÇÕES INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO ÁS ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO DE A pobreza e a exclusão social embora não sendo fenómenos recentes, têm vindo a surgir nas nossas

Leia mais

Relatório de Avaliação

Relatório de Avaliação PDS Plano de Acção 2005 Relatório de Avaliação Rede Social CLAS de Vieira do Minho Introdução Este documento pretende constituir-se como um momento de avaliação e análise do trabalho que tem vindo a ser

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016 PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016 MARÇO DE 2014 FICHA TÉCNICA Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Águeda março de 2014 Equipa de elaboração: Núcleo Executivo do CLAS de Águeda Colaboraram

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DO PESO DA RÉGUA Modalidade Alargada Divulgar os Direitos da Criança na Comunidade OBJECTIVOS ACÇÕES RECURSOS HUMANOS DA CPCJ RECURSOS

Leia mais

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se! Uma mão, um amigo Casa do Povo de Relíquias Através da realização de atividades lúdicas, visitas domiciliárias, apoio na alimentação e acompanhamento

Leia mais

CLAS de Melgaço Plano de Desenvolvimento Social 2014-2016 MELGAÇO, JULHO/2013

CLAS de Melgaço Plano de Desenvolvimento Social 2014-2016 MELGAÇO, JULHO/2013 1 PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2014-2016 MELGAÇO, JULHO/2013 2 ÍNDICE NOTA PRÉVIA Enquadramento e contextualização geográfica e temporal 3 Percurso dos documentos estratégicos 3 Metodologias utilizadas

Leia mais

INTERVENÇÃO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS PARA ALÉM DAS SUAS COMPETÊNCIAS LEGAIS

INTERVENÇÃO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS PARA ALÉM DAS SUAS COMPETÊNCIAS LEGAIS INTERVENÇÃO SOCIAL DOS MUNICÍPIOS PARA ALÉM DAS SUAS COMPETÊNCIAS LEGAIS Está em curso um inquérito, promovido pela ANMP, sobre as despesas municipais com acções de carácter social que ultrapassam as competências

Leia mais

Eixo 1 - Organização e Trabalho em Rede

Eixo 1 - Organização e Trabalho em Rede Eixo 1 - Organização e Trabalho em Rede E1_O1E1A1 E1_O2E1A1 E1_O2E2A1 E1_O3E1A1 E1_O3E1A2 E1_O3E1A3 E1_O3E1A4 Harmonizar os instrumentos de planeamento e avaliação, utilizados pelos diversos órgãos da

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA AVALIAÇÃO PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013 2015 AVALIAÇÃO O Plano de Desenvolvimento Social constitui um documento estratégico concelhio em matéria social, e integra, a um nível local, os problemas prioritários

Leia mais

O Plano de Desenvolvimento Social

O Plano de Desenvolvimento Social O Plano de Desenvolvimento Social Introdução O Plano de Desenvolvimento Social (PDS) é um instrumento de definição conjunta e negociada de objectivos prioritários para a promoção do Desenvolvimento Social

Leia mais

Avaliação do Plano. de Ação. Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Castro Verde

Avaliação do Plano. de Ação. Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Castro Verde Avaliação do Plano 2014 de Ação Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Castro Verde Linhas Orientadoras do Plano de Ação 2014 Parcerias e Articulação Institucional Em 2014 trabalhámos e fizemos parcerias

Leia mais

Conselho Local de Ação Social de Mortágua. Plano de Ação 2012

Conselho Local de Ação Social de Mortágua. Plano de Ação 2012 Conselho Local de Ação Social de Mortágua Plano de Ação 2012 Cooperar para Desenvolver PLANO DE DO CONCELHO DE MORTÁGUA 2012 COOPERAR PARA DESENVOLVER I. INTRODUÇÃO À PROPOSTA DO PLANO DE PARA 2012 O

Leia mais

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005 Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Senhor Presidente da ALRAA Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo

Leia mais

II ENCONTRO DA CPCJ SERPA

II ENCONTRO DA CPCJ SERPA II ENCONTRO DA CPCJ SERPA Ninguém nasce ensinado!? A família, a Escola e a Comunidade no Desenvolvimento da criança Workshop: Treino de Competências com famílias um exemplo de intervenção e de instrumentos

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

Proposta de Plano de Ação 2012/2013 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE PENALVA DO CASTELO

Proposta de Plano de Ação 2012/2013 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE PENALVA DO CASTELO Proposta de Plano de Ação 2012/ 1 Proposta de Plano de Ação 2012/ Eixo de Desenvolvimento: Promover a qualificação escolar/profissional, o empreendedorismo e a empregabilidade. Objetivo geral: Dinamização

Leia mais

Apresentação do Projeto do Centro Social Paroquial de Lustosa

Apresentação do Projeto do Centro Social Paroquial de Lustosa Centro Social Paroquial de Lustosa Apresentação do Projeto do Centro Social Paroquial de Lustosa 1. Identificação da Instituição: Centro Social Paroquial de Lustosa, NPC: 502431440, com sede em Alameda

Leia mais

Rede Social. Ourique

Rede Social. Ourique Rede Social Ourique Ficha Técnica Título: Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Ourique Autoria: Núcleo Executivo da Rede Social de Ourique Agrupamento Vertical de Escolas de Ourique Centro de

Leia mais

Nós! - criação de Equipas Divulgação do Projecto x A divulgação iniciou-se apenas em Dezembro devido Locais de Voluntariado

Nós! - criação de Equipas Divulgação do Projecto x A divulgação iniciou-se apenas em Dezembro devido Locais de Voluntariado I Eio de Intervenção Grupos Vulneráveis (População Idosa) Ações Atividades Eecutado Iniciado mas eecutado Justificação para a não conclusão/eecução Projeto Menos Sós Mais Elaboração do Projecto Nós! -

Leia mais

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações:

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações: Nr Área Recomendação Valido Abstenh o-me C/6 E/7 F/7 Voluntariado Aproveitar espaços sem utilização para fazer jardins, espaços para convívio e locais de desporto para a população. Promover a limpeza dos

Leia mais

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Leia mais

Rede Social de Gondomar

Rede Social de Gondomar Rede Social de Gondomar Plano de Desenvolvimento Social 2009 2011 Junho de 2009 (Aprovado em Reunião Plenária do CLAS G de 07 de Julho de 2009, Reunião de Câmara de 19 de Novembro de 2009 e Assembleia

Leia mais

Instituições. Módulo II Organizações de Apoio à Comunidade. Disciplina Ação Social VAS - 2014/15

Instituições. Módulo II Organizações de Apoio à Comunidade. Disciplina Ação Social VAS - 2014/15 Instituições Módulo II Organizações de Apoio à Comunidade Disciplina Ação Social VAS - 2014/15 Instituições O que é uma instituição? Estabelecimento de utilidade pública, organização ou fundação Organização

Leia mais

RELAÇÃO DOS PROBLEMAS IDENTIFICADOS PELOS PARCEIROS SOCIAIS/ PRIORIDADES ESTABELECIDAS NO PNAI PRIORIDADES DO PNAI

RELAÇÃO DOS PROBLEMAS IDENTIFICADOS PELOS PARCEIROS SOCIAIS/ PRIORIDADES ESTABELECIDAS NO PNAI PRIORIDADES DO PNAI RELAÇÃO DOS PROBLEMAS IDENTIFICADOS PELOS PARCEIROS SOCIAIS/ PRIORIDADES ESTABELECIDAS NO PNAI PRIORIDADES DO PNAI Prioridade 1 Combater a pobreza das crianças e dos idosos, através de medidas que assegurem

Leia mais

RELATO RIO DE EXECUÇA O/2014 PLANO DE AÇA O/2015

RELATO RIO DE EXECUÇA O/2014 PLANO DE AÇA O/2015 RELATO RIO DE EXECUÇA O/2014 PLANO DE AÇA O/2015 Elaborado por: Rede Social de 0 Índice Sumário Executivo... 2 Capítulo I - Avaliação do Plano de Ação/2014... 4 Capítulo II - Plano de Ação de 2015... 10

Leia mais

Distrito de Aveiro Concelho Ílhavo Freguesias: S. Salvador, Gafanha da Nazaré, Gafanha da Encarnação e Gafanha do Carmo

Distrito de Aveiro Concelho Ílhavo Freguesias: S. Salvador, Gafanha da Nazaré, Gafanha da Encarnação e Gafanha do Carmo IDENTIFICACÃO Atendimento Integrado e Núcleo Local de Inserção de Ílhavo Morada de Ílhavo Código Postal 3830-044 Ílhavo Localidade Ílhavo Distrito de Aveiro Concelho Ílhavo Freguesias: S. Salvador, Gafanha

Leia mais

Plano de Acção Ano 2011. Avaliação

Plano de Acção Ano 2011. Avaliação Rede Social de Pombal de Pombal Plano de Acção Ano 2011 Avaliação Prioridade 1- (PNAI) (Combater a pobreza das crianças e dos idosos, através de medidas que asseguremos seus direitos básicos de cidadania)

Leia mais

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto Eventos Eixo I Emprego, Formação e Qualificação Acção: Bom Porto - Gabinete de Empregabilidade e Empreendedorismo: Uma das acções do projecto consiste na criação de um Gabinete de atendimento na área da

Leia mais

PROBLEMAS SOCIAIS. Recursos Humanos / Parceiros

PROBLEMAS SOCIAIS. Recursos Humanos / Parceiros PROBLEMAS SOCIAIS Actividades 1. 1.1 Definição do Projecto Gabinete de Apoio à Família. 1.2 Procura de Fontes de Financiamento. 1.3 Funcionamento do Gabinete. Calendarização Abr-Mai Set-Dez Recursos Humanos

Leia mais

Conselho de Parceiros

Conselho de Parceiros Conselho de Parceiros 26 de Novembro de 2010 Centro Cultural e de Congressos de Aveiro 15 de Outubro de 2010 - Centro Cultural e de Congressos de Aveiro Acção 1 - Intervenção Psicossocial Acompanhamento

Leia mais

1. Como pensam integrar, no âmbito dos poderes e competências da autarquia, as questões da educação intercultural e do combate ao racismo?

1. Como pensam integrar, no âmbito dos poderes e competências da autarquia, as questões da educação intercultural e do combate ao racismo? Gostaríamos de iniciar a resposta a este questionário com uma nota prévia relativamente às questões que nos foram colocadas: as questões da discriminação e do racismo constituem, desde o surgimento desta

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2008. 25 Março 08

PLANO DE ACÇÃO 2008. 25 Março 08 PLANO DE ACÇÃO 2008 25 Março 08 INTRODUÇÃO O Plano de Acção do CLASA tem vindo a referenciar-se às ideias de aprofundamento da cultura de partenariado e promoção do desenvolvimento social do concelho.

Leia mais

Teatro com Teias e Histórias

Teatro com Teias e Histórias Teatro com Teias e Histórias 3 em Pipa Associação de Criação Teatral e Animação Cultural Organização de um grupo de voluntários que, integrados num projecto comunitário de vertente artística, actuam junto

Leia mais

Plano de Ação 2012. Conselho Local de Ação Social

Plano de Ação 2012. Conselho Local de Ação Social Plano de Ação 2012 Conselho Local de Ação Social Julho de 2012 IDENTIFICAÇÃO E FICHA TÉCNICA Título do documento: Plano de Ação 2012 Órgãos responsáveis: Órgão deliberativo: Conselho Local de Ação Social

Leia mais

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO EIXO 1 EMPREGO, FORMAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 01 - BALCÃO DE EMPREGABILIDADE; O Balcão de Empregabilidade pretende apoiar os desempregados

Leia mais

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL INQUÉRITOS POR QUESTIONÁRIO SEGURANÇA SOCIAL DE VILA REAL INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO A SEGURANÇA SOCIAL DE VILA REAL A pobreza e a exclusão social embora não sendo fenómenos recentes, têm vindo

Leia mais

PLANO DE AÇÃO. Aprovar o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017

PLANO DE AÇÃO. Aprovar o Diagnóstico Social e o Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017 PLANO DE AÇÃO O presente plano de ação engloba um conjunto de ações consideradas relevantes para a execução do Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017 (PDS) e para o funcionamento da Rede Social de Aveiro,

Leia mais

Consolidar a cultura de parceria Obter respostas cada vez mais eficazes e acertadas às necessidades da população. Aumentar a compreensão por parte da

Consolidar a cultura de parceria Obter respostas cada vez mais eficazes e acertadas às necessidades da população. Aumentar a compreensão por parte da PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DE ACÇÃO SOCIAL Finalidades Objectivos gerais Objectivos específicos Estratégias Criar uma rede cada vez mais funcional/producente/maximizada entre IPSS s, ONG s e organismos

Leia mais

Turnaround Social 26/07/2015. Instrumentos de Financiamento Portugal 2020. 27 junho 2015. Portugal 2020

Turnaround Social 26/07/2015. Instrumentos de Financiamento Portugal 2020. 27 junho 2015. Portugal 2020 Instrumentos de Financiamento Portugal 2020 27 junho 2015 Portugal 2020 1 Apoios ao setor social A estratégia constante do PO ISE procura dar resposta a um conjunto de compromissos assumidos por Portugal

Leia mais

Projecto Violência Zero Plano Municipal de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género Covilhã, 18 de Dezembro de 2013

Projecto Violência Zero Plano Municipal de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género Covilhã, 18 de Dezembro de 2013 Projecto Violência Zero Plano Municipal de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género Covilhã, 18 de Dezembro de 2013 Plano Municipal Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género 1.

Leia mais

ÍNDICE página 2 página 3 página 7 página 13 página 15 página 17

ÍNDICE página 2 página 3 página 7 página 13 página 15 página 17 CLAS de Boticas ÍNDICE Introdução página 2 Resumo do página 3 Eixo I Promoção da Qualidade de Vida de Grupos Vulneráveis página 7 Eixo II Qualificação e Empreendedorismo página 13 Eixo III Dinamização

Leia mais

Enquadramento Geral. Estrutura Organizacional. Objectivos. Estrutura Organizacional (Cont.) Região EDV

Enquadramento Geral. Estrutura Organizacional. Objectivos. Estrutura Organizacional (Cont.) Região EDV Entidade Promotora Entidade Co-Promotora e Co-Financiadora Entidade Co-Promotora e Co-Avaliadora Entidade Financiadora Entidade Co- Financiadora Enquadramento Geral Envelhecimento demográfico. Crescente

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social de Évora Plano Nacional de Acção para a Inclusão

Plano de Desenvolvimento Social de Évora Plano Nacional de Acção para a Inclusão Grelha de Articulação do do oncelho de Évora ao PNAI Plano de Desenvolvimento Social de Évora Plano Nacional de Acção para a Inclusão Évora 2007 Proposta de trabalho de Novembro de 2007 1 Grelha de Articulação

Leia mais