TEL FAX )

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEL23-6682 FAX23-6520)"

Transcrição

1 Prefixo da cidade de Okazaki/Nukata 0564 <1-9> Seguro de Assistência (Kaigo Hoken), Serviços de Cuidado ao assegurado ( kaigo hoken / kaigo sabisu ) Subseção de Cuidados (Fukushi-kaikan, 1º andar TEL FAX ) (1) Inscritos no Seguro de Assistência ( kaigo hoken no kanyusha ) (Subseção de Cuidados TEL ) Segurado Categoria 1 (a partir de 65 anos de idade) Benefícios do seguro/ Possível utilizar quando necessitar na vida cotidiana, tais como estar acamado, ter demência, etc. Taxas do seguro/ Calcula-se com base na renda. Poderá pagar deduzindo da pensão ou utilizando os carnês. Segurado Categoria 2 (entre 40 anos e 65 anos incompletos que estejam inscritos na assistência médica) Benefícios do seguro / Possível utilizar quando necessitar por sofrer uma das 16 doenças específicas designadas, tais como doença vascular cerebral, demência pré-senil, etc. Taxas do seguro/ Faz-se o cálculo e pagamento de acordo com o método de cálculo da assistência médica na qual está inscrito. (2) Como receber os benefícios do seguro (serviços ) (hoken kyufu ( kaigo sabisu ) wo ukeruniwa (Subseção de Cuidados TEL ) Passo 1/ O próprio interessado ou o familiar entrega o formulário de requerimento para avaliar a necessidade de enfermagem chamado yokaigo para a prefeitura ou sucursais. Passo 2/ Após o recebimento do requerimento, o inspetor do município faz visita domiciliar e examina o grau de independência na vida cotidiana e estado físico e mental do próprio requerente. Além disso, irá ouvir também o parecer do médico responsável. Passo 3/ Abre-se o Comitê de Certificação da Necessidade de Cuidados de Okazaki constituído por especialistas, determina-se o nível de cuidados (yokaigo-do) com base no parecer do médico responsável e os resultados da inspeção. <1-9>-1

2 (3) Ponto de referência do nível yokaigo-do ( yo kaigo no meyasu ) Nível de cuidados Yoshien 1 de apoio 1) Yoshien 2 de apoio 2) Yokaigo 1 1) Yokaigo 2 2) Yokaigo 3 3) Yokaigo 4 4) Estado físico e mental Consegue realizar sozinho as tarefas básicas do cotidiano, porém precisa de algum apoio para não se tornar num estado que necessite A capacidade para realizar as tarefas básicas do cotidiano está ligeiramente reduzida em relação às pessoas do yoshien 1, necessitando de algum apoio. Insegurança para levantar-se ou caminhar. Requer assistência parcial para excreção, banho, refeição, etc. Muitas vezes não consegue se levantar ou caminhar por si e precisa de assistência parcial ou muitas vezes para a excreção, banho, refeição, etc. Não é capaz de se levantar ou caminhar por si, e muitas vezes precisa de assistência para a excreção, banho, refeição, etc. Não é capaz de se levantar ou caminhar por si e precisa de assistência total para a excreção, banho, refeição, etc. E também, dificuldade no conhecimento e compreensção. Yokaigo 5 5) Precisa de assistência total e cuidados gerais na vida cotidiana e afazeres do dia-a-dia E também, dificuldade no conhecimento e compreensção. (4) Serviços de Cuidados aos Idosos( kaigo sabisu ) (Subseção de Cuidados TEL ) As pesssoas que necessitam, yokaigo 1 a 5, podem se beneficiar de todos os serviços. As pesssoas que necessitam, yokaigo 1 e 2, não podem se beneficiar dos itens marcados com Para as pesssoas que necessitam, yokaigo 1 e 2, os itens marcados com, limita-se ao conteúdo para a prevenção Instalações de serviço <1-9>-2

3 Instalação de serviços de bem-estar para idosos (casas especiais para o cuidado de idosos) Cuidados aos que necessitam de assistência domiciliar, tais como para banho, excreção, refeição, etc. Além disso, ajudar na vida cotidiana, treinamento funcional, gestão de saúde e tratamento médico. Casas de repouso para Cuidados, treinamento funcional, além de idosos ajuda na vida cotidiana e tratamento médico necessário aos que necessitam de assistência na reabilitação para regressarem em domicílio após estabilização do estado de saúde. Instalação de Sanatório Médico para Idosos com Cuidados, assistência ao enfermo, gestão de saúde, treinamento funcional entre outros Necessidade de tratamentos médicos necessários aos que Cuidados necessitam de assistência e cuidados de longa duração cujo estado de doença esteja num período estável. Serviço domiciliar Cuidados com visita Cuidados pessoais, como banho, refeição domiciliar, cuidados realizados por profissionais preventivos com visita como home helper (atendente domiciliar) e domiciliar (home help) kaigo fukushi-shi (enfermeiro cuidador) Cuidados e assistência Assistência para banho através de carro para banho domiciliar, móvel de banho serviço de banho domiciliar para cuidados preventivos Cuidados com visita Assistência médica e cuidados de domiciliar, cuidados tratamento médico por enfermeiro, etc. preventivos com visita domiciliar Reabilitação com visita domiciliar, Serviço de reabilitação domiciliar para cuidados Reabilitação para recuperação e manutenção funcional física e mental através de fisioterapeuta, etc. <1-9>-3

4 preventivos Orientação para gestão de cuidado médico domiciliar, orientação e gestão para serviço médico domiciliar para Orientação e gestão de tratamento médico através de médicos, dentistas, farmacêuticos, etc. Cuidados para pacientes ambulatoriais, cuidados preventivos para pacientes ambulatoriais (day service) Reabilitação de pacientes ambulatoriais, reabilitação de pacientes ambulatoriais para (day care) Internação de curto prazo para cuidados do cotidiano, Internação de curto prazo para cuidados preventivos do cotidiano (short stay) Internação de curto prazo para a recuperação, internação de curto prazo para recuperação para (short stay) Cuidados à vida de pessoas internadas nas instalações específicas, Treinamento funcional e cuidados do cotidiano em centros de assistência diária, proporcionando banhos e refeições. Reabilitação necessária para recuperação e manutenção funcional física e mental, tais como nas casas de repouso para idosos Cuidado do cotidiano internando-se por curto prazo numa instalação de serviços de bem-estar para idosos Cuidado do cotidiano internando-se por curto prazo nas casas de repouso para idosos, hospitais, etc. Cuidados e tratamento médico, treinamento funcional, cuidados do cotidiano, assistência no banho, excreção e refeição, etc. para <1-9>-4

5 de pessoas internadas em internos do Lar de Idosos, de baixo custo ou pago (care house). instalações específicas Empréstimo de Empréstimo de cadeira de rodas ou camas equipamentos para especiais (pode não estar disponível em cuidados, empréstimo alguns casos) de equipamentos para Pagamento do custo de Fornecimento da despesa de aquisição dos aquisição de equipamentos de bem-estar necessários na equipamentos para vida cotidiana, tais como equipamentos não cuidado domiciliar, custo passíveis de empréstimo como para banho, de aquisição de excreção, etc. equipamentos para Custos de reparação Pagamento da despesa para reparação residencial residencial de pequena escala, tais como instalação de corrimão, eliminação de desníveis, etc. Serviço com base na comunidade Ronda periódica, Visita domiciliar por ronda periódica em curto Cuidados e enfermagem tempo e a qualquer momento, em domiciliar a qualquer cooperação com cuidados com visita momento domiciliar e enfermagem domiciliar Cuidados ambulatoriais Treinamento funcional e cuidados do aos pacientes dementes, cotidiano necessários para dementes com necessidade e que frequentam para pacientes o Centro de Serviço Day Service para dementes ambulatoriais dementes Cuidados multifuncionais Treinamento funcional e cuidados, como de pequena escala banho, excreção e refeição, combinando domiciliar, Cuidados preventivos multifuncionais de pequena escala domiciliar com visita domiciliar, pernoite, centralizando-se em idas sem pernoite <1-9>-5

6 Cuidados na vida comunitária para pacientes dementes, Cuidados preventivos para a vida comunitária de pacientes dementes (group home) Treinamento funcional e cuidados do cotidiano, assistência para banho, excreção e refeição para as pessoas com demência que necessitam nas residências de vida comunitária (não disponível para as pessoas Yoshien 1) Cuidados no cotidiano Cuidados médicos, treinamento funcional e para a pessoa internada cuidados do cotidiano, assistência para na instalação específica banho, excreção e refeição para as pessoas da comunidade que necessitam e estão internados no Lar de Idosos (pago) com capacidade até 29 pessoas. Cuidados no cotidiano Cuidados médicos, treinamento funcional e para a pessoa internada cuidados do cotidiano, assistência para na instalação de banho, excreção e refeição para as pessoas serviços de bem-estar que necessitam e estão da comunidade internados na instalação de serviços de bem-estar para idosos com capacidade até 29 pessoas. Serviço combinado Adição da função de visita domiciliar para cuidado domiciliar multifuncional de pequena escala <1-9>-6

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA No nosso país, o número de idosos que necessita de assistência

Leia mais

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA Na zona urbana incluindo a nossa cidade, até o ano de 2025 quando

Leia mais

TEL23-6682 FAX23-6520)

TEL23-6682 FAX23-6520) Prefixo da cidade de Okazaki/Nukata 0564 Apoio e Serviços aos Idosos ( koureisha eno shien / sabisu ) Seção de Longevidade (Choju-ka) (Fukushi-kaikan, 1º andar TEL23-6147 FAX23-6520 ) Subseção de

Leia mais

10.Kaigo Hoken (Seguro de Cuidados e Assistência)

10.Kaigo Hoken (Seguro de Cuidados e Assistência) 10.Kaigo Hoken (Seguro de Cuidados e Assistência) Objetivo O Sistema do Kaigo Hoken (Seguro de Cuidados e Assistência) foi introduzido em abril de 2000, com o intuito de contar com o suporte de toda a

Leia mais

Seguro de Assistência e Cuidados do Município da Cidade de Shizuoka (Português)

Seguro de Assistência e Cuidados do Município da Cidade de Shizuoka (Português) Seguro de Assistência e Cuidados do Município da Cidade de Shizuoka (Português) Março de 2015. Município da Cidade de Shizuoka O que é o Seguro de Assistência e Cuidados Kaigo-Hoken? O sistema do Seguro

Leia mais

(TEL23-6841 FAX27-1160)

(TEL23-6841 FAX27-1160) Prefixo da cidade de Okazaki/Nukata 0564 Seguro Nacional de Saúde, Pensão Nacional, Sistema Médico para Pessoas da Terceira Idade ( kokumin kenko hoken / kokumin nenkin / kouki koureisya iryo seido

Leia mais

Capitulo5 Assistência Médica e Seguro Social

Capitulo5 Assistência Médica e Seguro Social Guia para a Vida na Província de Saitama Capitulo5 Assistência Médica e Seguro Social 第 5 章 医 療 社 会 保 険 1 Sistema de Seguro de Saúde 医 療 保 険 制 度 2 Seguro Nacional de Saúde 国 民 健 康 保 険 3 Seguro Saúde 健

Leia mais

Olá Seguro de Cuidados de Longo Prazo

Olá Seguro de Cuidados de Longo Prazo Olá Seguro de Cuidados de Longo Prazo (Edição:Ano Fiscal de 2015) O que é o seguro de cuidados de longo prazo? Com o advento de uma sociedade que está sem dúvida envelhecendo, o número de pessoas no Japão

Leia mais

ⅡSaúde e Tratarnento Médico

ⅡSaúde e Tratarnento Médico ⅡSaúde e Tratarnento Médico Ⅱ-1 Assistência Médica (Como usufruir das instituições médicas) 1. Assistência médica no Japão Embora no Japão a Medicina tenha alcançado um nível bastante elevado, o médico

Leia mais

Olá. Seguro de Cuidados de Longo Prazo. Cidade de Kawasaki. Ajudando uns aos outros e ampliando nosso círculo de amigos.

Olá. Seguro de Cuidados de Longo Prazo. Cidade de Kawasaki. Ajudando uns aos outros e ampliando nosso círculo de amigos. Olá Seguro de Cuidados de Longo Prazo Seguro de Cuidados de Longo Prazo Ajudando uns aos outros e ampliando nosso círculo de amigos Cidade de Kawasaki O que é o seguro de cuidados de longo prazo? Com o

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE Elaborado por: Ana Paula de Menezes Assistente Social da CASSIND APRESENTAÇÃO A internação domiciliar ou home care é compreendida como a instalação de uma estrutura

Leia mais

Atendimento Domiciliar

Atendimento Domiciliar Atendimento Domiciliar Definição da Unimed Porto Alegre sobre Home Care O Home Care é um beneficio de prestação de serviço de assistência à saúde, a ser executado no domicilio do paciente com patologias

Leia mais

ASSISTÊNCIA SOCIAL AOS IDOSOS SUBSÍDIOS E AUXÍLIOS SAÚDE E LAZER. Prefeitura Municipal de Iwata Setor de Promoção à Longevidade

ASSISTÊNCIA SOCIAL AOS IDOSOS SUBSÍDIOS E AUXÍLIOS SAÚDE E LAZER. Prefeitura Municipal de Iwata Setor de Promoção à Longevidade ASSISTÊNCIA SOCIAL AOS IDOSOS SUBSÍDIOS E AUXÍLIOS Subsídio Social para Idosos Estrangeiros Pagaremos o subsídio no valor de 10.000 por mês, para a pessoa que esteja residindo no município há mais de 1

Leia mais

1-4 Auxílio de assistência à criança portadora de deficiência

1-4 Auxílio de assistência à criança portadora de deficiência Assistência 1. Assistência infantil 福 祉 Estão previstos os seguintes auxílios à criação infantil. Há também regiões que oferecem um sistema de pagamento peculiar. Detalhes podem ser obtidos no guichê responsável

Leia mais

14.Assistência ふく. 1-1 Auxílio infantil Veja [Nascimento Criação 4-4 Auxílio Infantil ] P199

14.Assistência ふく. 1-1 Auxílio infantil Veja [Nascimento Criação 4-4 Auxílio Infantil ] P199 14.Assistência ふく し 福 祉 1.Assistência infantil Estão previstos os seguintes auxílios à criação infantil. Há também regiões que oferecem um sistema de pagamento peculiar. Detalhes podem ser obtidos no guichê

Leia mais

Regulamentos e Critérios para Subsídios de Assistência Internacional

Regulamentos e Critérios para Subsídios de Assistência Internacional Regulamentos e Critérios para Subsídios de Assistência Internacional Os Subsídios de Assistência Internacional de LCIF oferecem financiamento para projetos de ajuda humanitária que são esforços de cooperação

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

INSTRUÇÕES DA TABELA DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR

INSTRUÇÕES DA TABELA DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR INSTRUÇÕES DA TABELA DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR 1. DA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR: 1.1. A assistência domiciliar caracteriza-se pela prestação de serviços médicos e terapias adjuvantes na residência do paciente

Leia mais

Guia de Vida Diária da Província de Saitama

Guia de Vida Diária da Província de Saitama Capítulo 4 Assistência Médica e Seguro Social Mascote de Saitama KOBATON 1 Sistema de Seguro de Saúde 2 Seguro Nacional de Saúde (Seguro Regional) 3 Seguro Saúde (Seguro dos Empregados) 4 Exame Médico

Leia mais

Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana

Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana I INTRODUÇÃO O Governo do Japão oferece um programa de assistência econômica para projetos de desenvolvimento concebidos para atender às diversas

Leia mais

O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA

O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA DAL BEN: SUA PARCEIRA EM CUIDADOS ASSISTENCIAIS A saúde no Brasil continua em constante transformação. As altas taxas de ocupação dos hospitais brasileiros demandam dos profissionais

Leia mais

GERENCIAMENTO de Casos Especiais

GERENCIAMENTO de Casos Especiais GERENCIAMENTO de Casos Especiais Gerenciamento de Casos Especiais.indd 1 19/10/2015 15:32:28 Gerenciamento de Casos Especiais Objetivo: Facilitar o atendimento aos clientes que apresentam dificuldades

Leia mais

Guia do Seguro de Cuidados e Assistência da Cidade de Yokohama

Guia do Seguro de Cuidados e Assistência da Cidade de Yokohama Guia do Seguro de Cuidados e Assistência da Cidade de Yokohama Edição 2015 Cidade de Yokohama 6a FASE DO PLANO DE BEM-ESTAR E SAÚDE DO IDOSO E DO PROJETO DE SEGURO DE AOS IDOSOS DA CIDADE DE YOKOHAMA O

Leia mais

SERVIÇOS DOMÉSTICOS E ASSISTENCIAIS. Fazemos mais fácil a sua vida. www.serhogarsystem.com

SERVIÇOS DOMÉSTICOS E ASSISTENCIAIS. Fazemos mais fácil a sua vida. www.serhogarsystem.com SERVIÇOS DOMÉSTICOS E ASSISTENCIAIS CARTA DE APRESENTAÇÃO Quem somos? O conceito da SerHogarsystem, surgiu em Saragoça em 2003 como resultado de anos de investigação levadas a cabo por entidades credenciadas

Leia mais

Prefixo da Cidade de Okazaki/Nukata 0564

Prefixo da Cidade de Okazaki/Nukata 0564 Prefixo da Cidade de Okazaki/Nukata 0564 Informação sobre Prefeitura ( Shiyakusho no goannai ) Seção de Gestão de Propriedades (Zaisan Kanri-ka) (edifício governamental leste, 5º andar, TEL23-6056

Leia mais

GUIA DE REQUERIMENTO INICIAL DO PROJETO DE PESQUISA DE TRATAMENTO DE DOENÇAS CRÔNICAS INFANTIS ESPECÍFICAS

GUIA DE REQUERIMENTO INICIAL DO PROJETO DE PESQUISA DE TRATAMENTO DE DOENÇAS CRÔNICAS INFANTIS ESPECÍFICAS GUIA DE REQUERIMENTO INICIAL DO PROJETO DE PESQUISA DE TRATAMENTO DE DOENÇAS CRÔNICAS INFANTIS ESPECÍFICAS O que é o Projeto de Pesquisa de Tratamento de Doenças Crônicas Infantis Específicas? Dentre as

Leia mais

Manual de Orientação ao Cliente

Manual de Orientação ao Cliente Manual de Orientação ao Cliente Prezado Cliente O Hospital IGESP reúne em um moderno complexo hospitalar, os mais avançados recursos tecnológicos e a excelência na qualidade do atendimento prestado por

Leia mais

ADITIVO 01 AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 001/2015

ADITIVO 01 AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 001/2015 ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 1/25 O Prefeito Municipal de São João Nepomuceno MG, faz saber que fica alterado o Edital de Processo Seletivo Público da seguinte forma: O quadro de vagas

Leia mais

SERVIÇO: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA PESSOAS ADULTAS

SERVIÇO: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA PESSOAS ADULTAS SERVIÇO: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA PESSOAS ADULTAS DESCRIÇÃO: Modalidade: Centro Dia para pessoa Idosa Serviço voltado para o atendimento, regime parcial, de pessoas idosas de 60 anos ou mais, de

Leia mais

Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional

Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional ATENÇÃO ESTE MATERIAL É UMA TRADUÇÃO DO ORIGINAL EM INGLÊS DISPONIBILIZADO PELA FIRST ESTADOS UNIDOS. SOMENTE AS REGRAS CONTIDAS NESSE ARQUIVO E NO PORTAL

Leia mais

Sobre o Seguro de Assistência Pública aos Idosos Departamento Municipal Kobe-shi Kaigo Hoken-ka

Sobre o Seguro de Assistência Pública aos Idosos Departamento Municipal Kobe-shi Kaigo Hoken-ka Sobre o Seguro de Assistência Pública aos Idosos Departamento Municipal Kobe-shi Kaigo Hoken-ka Valor do Seguro de Assistência Pública das Pessoas acima de 65 anos O valor do seguro de assistência pública

Leia mais

Prefixo da cidade de Okazaki 0564

Prefixo da cidade de Okazaki 0564 Prefixo da cidade de Okazaki 0564 Notificações e Procedimentos ( Todokede tetsuzuki ) Seção dos Cidadãos (Shimin-ka) (Prédio leste, 1º andar) Mudança de endereço (TEL23-6129 FAX27-1158) Registro

Leia mais

ANEXO 3 ROTEIRO DE INSPEÇÃO DE CLÍNICAS DE IDOSOS E SIMILARES

ANEXO 3 ROTEIRO DE INSPEÇÃO DE CLÍNICAS DE IDOSOS E SIMILARES ANEXO 3 ROTEIRO DE INSPEÇÃO DE CLÍNICAS DE IDOSOS E SIMILARES PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE ROTEIRO DE INSPEÇÃO DE CLÍNICAS DE IDOSOS E SIMILARES Data da vistoria: / / A CADASTRO

Leia mais

TR EQUIPMENT. Catálogo de produtos. Hygiene Equipment Designed for People. Hygiene Equipment Designed for People TR EQUIPMENT

TR EQUIPMENT. Catálogo de produtos. Hygiene Equipment Designed for People. Hygiene Equipment Designed for People TR EQUIPMENT Catálogo de produtos MACAS DE BANHO O EQUIPAMENTO TR OFERECE O MAIS AMPLO LEQUE DE CARROS DE DUCHE DO MER- CADO, COM VÁRIAS OPÇÕES TENDO EM CONTA AS DIMENSÕES E AS CAPACIDADES DE TRABALHO, AMBOS OS MODELOS

Leia mais

Concurso da Prefeitura Municipal de São José da Tapera 2012 Provas objetivas realizadas em 06-05 - 2012 GABARITO DEFINITIVO (18-06 - 2012)

Concurso da Prefeitura Municipal de São José da Tapera 2012 Provas objetivas realizadas em 06-05 - 2012 GABARITO DEFINITIVO (18-06 - 2012) 1. Arquiteto 1 E 1 E 2 B 2 B 3 A 3 A 4 C 4 C 5 E 5 E 6 B 6 B 7 C 7 C 8 E 8 E 9 B 9 B 10 D 10 D 11 C 11 C 12 A 12 A 13 D 13 D 14 A 14 A 15 A 15 A 16 A 16 A 17 A 17 A 18 E 18 E 19 B 19 B 20 E 20 E 21 A 21

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO DE SAÚDE CARACTERÍSTICAS DO ESTABELECIMENTO

IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO DE SAÚDE CARACTERÍSTICAS DO ESTABELECIMENTO I SOLICITAÇÃO DE: INSCRIÇÃO REGISTRO CADASTRO ATUALIZAÇÃO DE DADOS: (a cargo do CRM) II 1 Razão Social IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO DE SAÚDE 2 Designação de Fantasia / Nome Usual 3 Endereço 4 Município

Leia mais

Assistência Social. Ajudando os Idosos, Jovens e Deficientes. Uma mulher idosa em uma cadeira de rodas. Assistência Social para os Idosos

Assistência Social. Ajudando os Idosos, Jovens e Deficientes. Uma mulher idosa em uma cadeira de rodas. Assistência Social para os Idosos Assistência Social Ajudando os Idosos, Jovens e Deficientes Uma mulher idosa em uma cadeira de rodas Assistência Social para os Idosos Com os avanços na tecnologia médica, além de melhorias na saúde pública

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA 1 de 8 Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 25/11/2012 1.00 Proposta inicial LCR, DSR,MGO 1 Objetivo Agilizar o processo de transferência seguro do paciente/cliente, para

Leia mais

Técnico Auxiliar de Saúde

Técnico Auxiliar de Saúde Técnico Auxiliar de Saúde Trabalho elaborado por: Luís Damas Índice Introdução... 3 Técnico Auxiliar de Saúde... 4 O que faz o Técnico Auxiliar de Saúde?... 4 As atividades principais a desempenhar por

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais:

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: PROGRAMA AÇÃO 2015 O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: - Preservar a identidade da Instituição, de modo especial no que respeita a sua preferencial ação junto das pessoas, famílias e grupos

Leia mais

LAR RESIDENCIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

LAR RESIDENCIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1/22 ASSOCIAÇÃO CRISTÃ PAZ e BEM (Instituição P. de Solidariedade Social) N.I.F.: 502.671.840 Centro Social Pe. José Miguel LAR RESIDENCIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA DOSSIER DE INSCRIÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

Apenas para referência CEPA. Sector ou. 1. Serviços Comerciais. Subsector. A. Serviços Profissionais. h. Serviços Médicos e Dentários (CPC9312)

Apenas para referência CEPA. Sector ou. 1. Serviços Comerciais. Subsector. A. Serviços Profissionais. h. Serviços Médicos e Dentários (CPC9312) CEPA 1. A maioria do pessoal médico empregue por hospitais e clínicas que sejam empresas de capitais mistos de Macau e do Continente («joint ventures») pode ser constituída por residentes permanentes de

Leia mais

PADI. Programa de Atenção domiciliar ao Idoso

PADI. Programa de Atenção domiciliar ao Idoso PADI Programa de Atenção Objetivos do programa Apesar dos benefícios óbvios da internação quando necessária, o paciente idoso afastado da rotina de casa e da família apresenta maior dificuldade de recuperação,

Leia mais

1- Famílias que se enquadram (são aquelas que preenchem os requisitos abaixo)

1- Famílias que se enquadram (são aquelas que preenchem os requisitos abaixo) Excluído ポルトガル 語 版 Projeto de Entrega de Doações para Ajuda Mútua de Final de Ano do ano de 2015 O projeto Ajuda Mútua de Final de Ano terá início em 1º de dezembro. Todos os anos recebemos doações, que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL PROGRAMA: 0070- Gestão do SUS do Município OBJETIVO: Gerir e controlar

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS

ORIENTAÇÕES SOBRE APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS ORIENTAÇÕES SOBRE APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS 1) PAB FIXO Podem ser custeados com o PAB-FIXO, todos os procedimentos pertinentes à atenção básica da saúde (ambulatorial),

Leia mais

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO FUNÇÃO / REMUNERAÇÃO Médico Infectologista REQUISITO Medicina e Título de Especialista concedido pela Respectiva Sociedade de Classe ou Residência

Leia mais

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP. Maio de 2014

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP. Maio de 2014 PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP Maio de 2014 UMA RÁPIDA VISÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL HOJE Estrutura com grandes dimensões, complexa, onerosa e com falta de

Leia mais

Produtos Unimed Grande Florianópolis

Produtos Unimed Grande Florianópolis Produtos Unimed Grande Florianópolis A Unimed é o plano de saúde que oferece os melhores médicos do Brasil. Vamos além para que sua saúde seja plena e de qualidade. Para nós, o importante é ver você bem

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 DO 9-E, de 12/1/01 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria SAS/MS nº 224, de

Leia mais

Guia para requerimento do. seguro contra acidentes de trabalho

Guia para requerimento do. seguro contra acidentes de trabalho [Para trabalhadores estrangeiros no Japão] ポルトガル 語 版 Guia para requerimento do seguro contra acidentes de trabalho Benefícios do seguro que podem ser requeridos (solicitados) O seguro contra

Leia mais

A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado de Goiás, aprova e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei:

A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado de Goiás, aprova e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei: Lei nº 1.265 /2003 Uruaçu-Go., 11 de dezembro de 2003. Altera e dá nova redação a dispositivos da Lei nº 1000, de 16.12.97, e dá outras providências A Câmara Municipal de Uruaçu, Estado de Goiás, aprova

Leia mais

GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - PRESTAÇÕES EM ESPÉCIE

GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - PRESTAÇÕES EM ESPÉCIE GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - PRESTAÇÕES EM ESPÉCIE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Doença Profissional Prestações em Espécie (N27 v4.09) PROPRIEDADE

Leia mais

FISCO. Saúde. Atendimento. Hospitalar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1

FISCO. Saúde. Atendimento. Hospitalar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1 FISCO Saúde ANS 41.766-1 Atendimento Hospitalar GUIA DE PROCEDIMENTOS Prezados Associados, Pra facilitar a comunicação e dirimir as principais dúvidas sobre a utilização dos nossos serviços, o FISCO SAÚDE

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE POMERODE

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE POMERODE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N.º 002/2013 ANEXO VII DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS E DOS S ATENDENTE EM CONSULTÓRIO DENTÁRIO (ACD) Orientar os pacientes sobre higiene bucal; Marcar consultas; Preencher e anotar

Leia mais

Caso prático V exame de ordem unificado

Caso prático V exame de ordem unificado Caso prático V exame de ordem unificado Em 19 de março de 2005, Agenor da Silva Gomes, brasileiro, natural do Rio de Janeiro, bibliotecário, viúvo, aposentado, residente na Rua São João Batista, n. 24,

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org.

PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org. PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org.br ÍNDICE FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO CUIDADOR... 01 a 03 CUIDADOR...

Leia mais

SAUDÁVEL. Você mais PARA MAIORIDADE. PLANTÃO 24h

SAUDÁVEL. Você mais PARA MAIORIDADE. PLANTÃO 24h Você mais SAUDÁVEL Profissionais de Enfermagem à sua disposição 24 horas prestando um serviço de qualidade, por um custo nas dimensões exatas da sua necessidade. CONFIRA ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA PARA MAIORIDADE

Leia mais

GUIA DE APOIO. 2ª Rede de Proteção

GUIA DE APOIO. 2ª Rede de Proteção (Para trabalhadores em busca de emprego ) 2ª Rede de Proteção GUIA DE APOIO para pessoas que se encontram em dificuldades para sobreviver ou conseguir moradia devido ao desemprego Apoio à moradia Provisão

Leia mais

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS NDF IN PROFISSIONAIS Entrevistador (a): Supervisor(a): Data da entrevista: Nome da Instituição (fantasia):

Leia mais

GUIA PRÁTICO RESPOSTAS SOCIAIS POPULAÇÃO ADULTA PESSOAS IDOSAS

GUIA PRÁTICO RESPOSTAS SOCIAIS POPULAÇÃO ADULTA PESSOAS IDOSAS GUIA PRÁTICO RESPOSTAS SOCIAIS POPULAÇÃO ADULTA PESSOAS IDOSAS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Respostas Sociais População

Leia mais

Casas de Repouso Thursday, 30 de August de 2007 Última Atualização Wednesday, 07 de May de 2008

Casas de Repouso Thursday, 30 de August de 2007 Última Atualização Wednesday, 07 de May de 2008 Casas de Repouso Thursday, 30 de August de 2007 Última Atualização Wednesday, 07 de May de 2008 CASA DE REPOUSO BEM VIVER S/C LTDAResponsável: Hévio Luiz Bravi Tel.: (11) 4368 7417 Rua José Erdeg, 115

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO CUIDADO NOS DIFERENTES CAMPOS DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA DOMICILIAR

ORGANIZAÇÃO DO CUIDADO NOS DIFERENTES CAMPOS DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA DOMICILIAR Simpósio de Cuidados Paliativos para os Institutos e Hospitais Federais do Rio de Janeiro ORGANIZAÇÃO DO CUIDADO NOS DIFERENTES CAMPOS DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA DOMICILIAR Júlio César Silva de Souza Enfermeiro

Leia mais

O que é o seguro contra acidentes de trabalho?

O que é o seguro contra acidentes de trabalho? O que é o seguro contra acidentes de trabalho? ROUSAIHOKEN (Português) O seguro contra acidente de trabalho é o seguro que indeniza o próprio trabalhador no Japão ou a sua família, quando este se fere,

Leia mais

Soluções de TI para a saúde e o bem-estar

Soluções de TI para a saúde e o bem-estar Soluções de TI para a saúde e o bem-estar CERTIFICAÇÕES 9001:2008 Projetação, desenvolvimento e fornecimento de sistemas informativos e serviços para a administração pública, a saúde e o âmbito social;

Leia mais

II CURSO DE FORMAÇÃO DE CUIDADOR DE IDOSOS EDITAL REALIZAÇÃO:

II CURSO DE FORMAÇÃO DE CUIDADOR DE IDOSOS EDITAL REALIZAÇÃO: II CURSO DE FORMAÇÃO DE CUIDADOR DE IDOSOS EDITAL REALIZAÇÃO: OBJETIVO: Desenvolver e instrumentalizar as pessoas interessadas em se profissionalizar como cuidador de idosos. Estimular a reflexão em relação

Leia mais

1 SADS- Serviço de Atendimento Domiciliar em Saúde. 1 Projeto Dengue. 1 Consultório na Rua. 1 Central de Ambulâncias

1 SADS- Serviço de Atendimento Domiciliar em Saúde. 1 Projeto Dengue. 1 Consultório na Rua. 1 Central de Ambulâncias Equipamentos de Saúde Gerenciados pelo CEJAM em Embu das Artes 11 Unidades Básicas de Saúde com 25 equipes de Estratégia Saúde da Família 1 SADS- Serviço de Atendimento Domiciliar em Saúde 1 Projeto Dengue

Leia mais

1.1 - a inscrição de participantes a este programa se dará através de:

1.1 - a inscrição de participantes a este programa se dará através de: PROPOSTA DE REGULAMENTO VISANDO A IMPLANTAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONTIDOS NO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO CELEBRADO EM DEZEMBRO DE 2011, QUE TRATA DO PROGRAMA DE APOIO AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA I - O Programa

Leia mais

Prefixo da cidade de Okazaki 0564

Prefixo da cidade de Okazaki 0564 Prefixo da cida Okazaki 0564 e Higiene( hoken eisei ) Seção Assuntos Gerais da ( Okazaki Genkikan 2 andar ) TEL23-6695 FAX23-5041 Seção Promoção da (Kenkozoshin-ka) (Okazaki Genki-kan 2 andar TEL23-6639

Leia mais

Manual de Orientação ao Paciente

Manual de Orientação ao Paciente Manual de Orientação ao Paciente Caros pacientes e familiares, O Hospital do Rio deseja um período o mais breve e tranquilo possível em nossas instalações. Desde já, agradecemos sua confiança e preferência.

Leia mais

Cuidados paliativos em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos

Cuidados paliativos em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos Cuidados paliativos em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos Fernanda Diniz de Sá 1, Leonildo Santos do Nascimento Júnior, Daniele Nascimento dos Santos, Magdalena Muryelle Silva Brilhante (UFRN

Leia mais

TEL23-6491 FAX23-6667)

TEL23-6491 FAX23-6667) Prefixo da cidade de Okazaki/Nukata 0564 Publicidade e Audiência Pública / Divulgação de Informações / Atividade Cívica ( kouhou koutyou / jyoho koukai / shimin katsudou ) Website do Município de

Leia mais

ADA. Serviço de Transportes Semi-coletivos Especiais da RIPTA para a ADA. Envie a candidatura completa para:

ADA. Serviço de Transportes Semi-coletivos Especiais da RIPTA para a ADA. Envie a candidatura completa para: 1 ADA Candidatura para a Certificação do Serviço de Transportes Semi-coletivos Especiais da RIPTA para a ADA Atualizado: 09/01/11 A lei para os americanos com deficiências (ADA, Americans with Disabilities

Leia mais

FISCO. Saúde. Programa de Atenção. Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1

FISCO. Saúde. Programa de Atenção. Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1 FISCO Saúde ANS 41.766-1 Programa de Atenção Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS Prezados Associados, Para facilitar a comunicação e dirimir as principais dúvidas sobre a utilização dos nossos serviços, o

Leia mais

SENSIL. Apoio Domiciliário e serviços de saúde. Crianças * adultos * idosos

SENSIL. Apoio Domiciliário e serviços de saúde. Crianças * adultos * idosos SENSIL Apoio Domiciliário e serviços de saúde Crianças * adultos * idosos A quem prestamos o serviço de Apoio Domiciliário? A todas as pessoas em situação de dependência: Temporária (pós operatório imediato,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 233/14 - CIB / RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS no uso de suas atribuições legais, e considerando:

RESOLUÇÃO Nº 233/14 - CIB / RS. A Comissão Intergestores Bipartite/RS no uso de suas atribuições legais, e considerando: RESOLUÇÃO Nº 233/14 - CIB / RS A Comissão Intergestores Bipartite/RS no uso de suas atribuições legais, e considerando: a Lei Federal nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, que regulamenta o Sistema Único

Leia mais

Guia de Orientação ao Paciente

Guia de Orientação ao Paciente Guia de Orientação ao Paciente Esse guia foi desenvolvido especialmente para melhor atendê-lo durante a permanência no HSR. Aqui encontrará informações sobre nosso funcionamento, serviços e práticas que

Leia mais

Yeda Duarte Maria Lucia Lebrão Daniella Pires Nunes Tabatta Renata P Brito

Yeda Duarte Maria Lucia Lebrão Daniella Pires Nunes Tabatta Renata P Brito Yeda Duarte Maria Lucia Lebrão Daniella Pires Nunes Tabatta Renata P Brito United Nations, 2007 Todas as idades aumentarão 35% United Nations, 2007 Entre 65 e 84 anos aumentará 164% United Nations, 2007

Leia mais

DIREITOS DA PESSOA COM AUTISMO

DIREITOS DA PESSOA COM AUTISMO DIREITOS DA PESSOA COM AUTISMO CARTA DOS DIREITOS PARA AS PESSOAS COM AUTISMO 1. O DIREITO de as pessoas com autismo viverem uma vida independente e completa até ao limite das suas potencialidades. 2.

Leia mais

M A N U A L. Para as Vítimas de Acidente de Trânsito. Resumo do Sistema de Seguro de Automóvel

M A N U A L. Para as Vítimas de Acidente de Trânsito. Resumo do Sistema de Seguro de Automóvel M A N U A L Para as Vítimas de Acidente de Trânsito Este folheto é um manual com o objetivo de informar os seguintes itens abaixo para as pessoas envolvidas em acidente de trânsito. Os Sistemas Usuários

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL. Condições Especiais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL. Condições Especiais SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL Condições Especiais Processo SUSEP Nº 15414.004703/2010-01 0 ÍNDICE CLÁUSULA ADICIONAL DE DIÁRIAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR DECORRENTE DE ACIDENTE DIH Acidente 1.

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 019/2001

PORTARIA NORMATIVA N 019/2001 PORTARIA NORMATIVA N 019/2001 Dispõe Sobre a Hospitalização Psiquiátrica e dá Outras Providências O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE GOIÁS IPASGO, usando

Leia mais

PALLIATIVE PERFORMANCE SCALE PPS VERSÃO 2

PALLIATIVE PERFORMANCE SCALE PPS VERSÃO 2 PALLIATIVE PERFORMANCE SCALE PPS VERSÃO 2 TRADUÇÃO BRASILEIRA PARA A LÍNGUA PORTUGUESA AUTORES: MARIA GORETTI SALES MACIEL RICARDO TAVARES DE CARVALHO SÃO PAULO BRASIL - 2009 Palliative Performance Scale

Leia mais

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE OEIRAS LAR DE IDOSOS REGULAMENTO

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE OEIRAS LAR DE IDOSOS REGULAMENTO CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE OEIRAS LAR DE IDOSOS REGULAMENTO Artigo 1º CAPÍTULO I Disposições Gerais Âmbito O Centro Social Paroquial de Oeiras é uma Instituição Particular de Solidariedade Social com cariz

Leia mais

Para vencer estas dificuldades, é fundamental que cada um conheça seus direitos e tenha os instrumentos necessários para garantí-ios.

Para vencer estas dificuldades, é fundamental que cada um conheça seus direitos e tenha os instrumentos necessários para garantí-ios. Apresentação Apresentamos a primeira edição da cartilha da Criança Ostomizada que foi coordenada pela enfermeira estomaterapeuta Maria Claudia Moreira de Alcantara para orientar as crianças ostomizadas,

Leia mais

Assistência Social. Instituto de Acção Social (IAS) Serviço de Apoio a Idosos

Assistência Social. Instituto de Acção Social (IAS) Serviço de Apoio a Idosos Assistência Social A política de acção social do Governo da RAEM consiste principalmente em promover os serviços sociais para que correspondam às necessidades reais da sociedade, através da estreita colaboração

Leia mais

BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO QUESTIONÁRIO DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS NDF INSTITUIÇÃO IN Entrevistador (a): Supervisor(a): Data da entrevista: Nome da Instituição: Endereço completo (Rua, Av., etc., número):

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÕES/ APRESENTAÇÕES 2015

PROGRAMA DE FORMAÇÕES/ APRESENTAÇÕES 2015 PROGRAMA DE FORMAÇÕES/ APRESENTAÇÕES 2015 Reconhecendo que as necessidades na área da mobilidade reduzida e que as respostas a estas necessidades estão em constante evolução, é com muita satisfação que

Leia mais

INFORMAÇÃO Nº 010/2012 ASSUNTO: MAPA COMPARATIVO DA LEGISLAÇÃO ESTRUTURA RESIDENCIAL PARA PESSOAS IDOSAS

INFORMAÇÃO Nº 010/2012 ASSUNTO: MAPA COMPARATIVO DA LEGISLAÇÃO ESTRUTURA RESIDENCIAL PARA PESSOAS IDOSAS INFORMAÇÃO Nº 010/2012 ASSUNTO: MAPA COMPARATIVO DA LEGISLAÇÃO ESTRUTURA RESIDENCIAL PARA PESSOAS IDOSAS Exmas. Associadas, Na sequência da comunicação efetuada por esta União, no passado dia 21 de março,

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional Diário Oficial Imprensa Nacional REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF Nº 115 16/06/11 Seção 1 - p.164 CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL RESOLUÇÃO Nº 387, DE 8 DE JUNHO DE 2011

Leia mais

MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA

MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA BRASIL Ü 2025 32 milhões de idosos 6º LUGAR NO MUNDO 2002 15 milhões de Idosos LEGISLAÇÃO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA O IDOSO Lei Orgânica da Assistência

Leia mais

15 Impostos ぜ い き ん 1 Impostos Nacionais Residentes e Não residentes

15 Impostos ぜ い き ん 1 Impostos Nacionais Residentes e Não residentes 15.Impostos ぜい きん 税 金 Os residentes no Japão por período superior a 1 ano, mesmo os de nacionalidade estrangeira, são obrigados a recolher impostos da mesma forma que os cidadãos japoneses caso recebam

Leia mais

O PERFIL DOS PACIENTES ATENDIDOS PELO PROGRAMA DE ASSISTENCIA E INTERNAÇÃO DOMICILIAR-PAID NO MUNICIPIO DE CASCAVEL -PR

O PERFIL DOS PACIENTES ATENDIDOS PELO PROGRAMA DE ASSISTENCIA E INTERNAÇÃO DOMICILIAR-PAID NO MUNICIPIO DE CASCAVEL -PR O PERFIL DOS PACIENTES ATENDIDOS PELO PROGRAMA DE ASSISTENCIA E INTERNAÇÃO DOMICILIAR-PAID NO MUNICIPIO DE CASCAVEL -PR ROSANI DA ROSA BENDO 1 LAIS PRISCILA FAGHERAZZI 2 MARA LUCIA RENOSTRO ZACHI 3 INTRODUÇÃO:

Leia mais

Recursos Humanos para a Assistência Domiciliar: risco de apagão?

Recursos Humanos para a Assistência Domiciliar: risco de apagão? Recursos Humanos para a Assistência Domiciliar: Formação e Qualificação, há h risco de apagão? Serviços de Atenção Domiciliar Einstein Perfil da Assistência Domiciliar Hoje Aumento das condições crônicas

Leia mais

Prestador de Cuidados

Prestador de Cuidados Prestador de Cuidados DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30 (último dia termina

Leia mais

Experiência: VIGILÂNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Experiência: VIGILÂNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE 1 Experiência: VIGILÂNCIA À SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Nome fantasia: Projeto de volta prá casa Instituições: Núcleo de Epidemiologia do Serviço de Saúde Comunitária da Gerência de saúde Comunitária

Leia mais

Guia de Bem-Estar 福 祉 ガイド

Guia de Bem-Estar 福 祉 ガイド Guia de Bem-Estar 福 祉 ガイド Comitê do Bem-estar do Bairro, Crianças e seus Encarregados( 民 生 委 員 児 童 委 員 主 任 児 童 委 員 ) P.2 Capital de Assistência de Vida P.3 ( 生 活 福 祉 資 金 ) Auxílio para Capital dos Desempregados

Leia mais