Prováveis causas para agressividade canina e os ataques de cães nas Cidades Brasileiras

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prováveis causas para agressividade canina e os ataques de cães nas Cidades Brasileiras"

Transcrição

1 Prováveis causas para agressividade canina e os ataques de cães nas Cidades Brasileiras Stefany Pinho Palma e Milton Passipiéri Palma, S. P. 1,* ; Passipiéri, M Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira Introdução O animal doméstico que mais ataca o homem é o cão, chegando a 84% dos ataques registrados no Estado de São Paulo, seguido pelo gato, com 8% desses ataques. O aumento no número de ataques de cães se deve ao aumento de proprietários de animais de raças consideradas agressivas, como é o caso da raça Pit Bull e Rottweiler. A agressividade canina é o problema que mais leva proprietários a procurar os serviços especializados em etologia clínica na Espanha (FATJÓ et al., 2005; FATJÓ et al., 2007). Em alguns países, os problemas de comportamento são as principais causas de abandono e eutanásia de animais de companhia. (SOARES, MARQUES, et al, 2010). Os ataques de cães ao homem é o maior problema de saúde pública mundial. As mordidas de cães causam morbidade e mortalidade além de transmitir a raiva, dilacerar e infeccionar o local (LANGLEY, 2009). Questões sobre o aumento das populações de cães de rua, surtos de raiva, e ataques de cães em seres humanos têm sido frequentemente relatadas (TENZIN, et al, 2011). A Secretaria Nacional de Segurança Pública não dispõe de dados sobre ataques de cães, assim como a Brigada Militar. Não há padronização nas ocorrências policiais. Uma mordida pode aparecer como lesão corporal ou até tentativa de homicídio (FERREIRA, 2012). Objetivos

2 O objetivo do trabalho foi estabelecer, analisando notícias reportadas por meio de jornais, revistas, sites de internet e etc., quais são os fatores e prováveis causas para a agressividade canina e quais as raças que mais atacaram o homem nas cidades brasileiras entre os anos de 2006 a Julho de 2012, observando quais as consequências para as pessoas atacadas. Material e Métodos Foram analisados 94 casos de ataques de cães ao homem em cidades brasileiras neste trabalho, e os dados foram obtidos em jornais eletrônicos publicados entre os períodos de 2006 e De cada publicação foram analisadas a data, local onde houve o ataque, raça do cão, idade da pessoa que sofreu a violência, consequências do ataque para o animal em questão, e consequências para a vítima do ataque. Resultados É senso comum entre os profissionais da área que animais selvagens não atacam sem motivo real. Os motivos para os ataques de cães são forte ponto de discussão entre os especialistas, mas todos apontam alguns motivos comuns para a agressividade desse animal. Figura 1. Principais fatorem que geram comportamento agressivo nos cães.

3 Em todo o Estado de São Paulo, entre 2008 e 2009, ocorreram 10 ataques de cães por hora, totalizando uma média de 85,4 mil ataques registrados. Cerca de 60% desses ataques são superficiais, mas muitos dos casos são fatais. Figura 2. Consequências para o homem vítima de ataque de cães entre 2006 a Dentre os 94 casos de ataques de cães 68% foram ocasionados pelos da raça Pit Bull, 18% da raça Rottweiler e 6% foram ocasionados por cães sem raça definida. O estado brasileiro com maior ocorrência foi São Paulo com 43%, seguido pelos estados de Minas Gerais com 17% e Rio de Janeiro com 5%. O gênero com maior prevalência foi o masculino com 59% dos casos. Figura 3. Regiões brasileiras onde mais ocorrem ataques de cães relatados de 2006 a Raças maiores e mais fortes, quando agressivas, provocam lesões mais graves nas pessoas atacadas, havendo um número maior de óbitos. Esses casos ganham maior repercussão na mídia. Mas deve-se ressaltar que a origem do cão doméstico advém do lobo como ancestral mais provável.

4 Figura 4. Raças caninas mais relatadas nos ataques analisados nas cidades brasileiras de 2006 a Discussão e Conclusões Casos de agressividade se multiplicam, principalmente em sociedades violentas, onde o homem incita a violência desses animais, levando-os a aflorar ainda mais seu instinto agressivo. O homem é o principal culpado pela agressividade dos cães. A faixa etária humana com maior prevalência de ataques foi de 1 a 12 anos com 43% dos casos, fato também observado nos Estados Unidos (LANGLEY, 2009), seguida pela faixa de 31 a 40 com 23% dos casos, e pela faixa de acima de 71 anos com 20% dos casos. Este resultado se refletiu durante a análise, onde a maioria das vítimas são pessoas adultas, com 57% do total analisado. Dentro da faixa do percentual de adultos, a faixa mais acometida pelos ataques está entre 30 e 50 anos, já no percentual para as crianças, a faixa etária abaixo de 5 anos é a que mais sofre com os ataques. A região Sudeste concentra maior número dos ataques relatados, com um percentual de 61% dos casos. Vale ressaltar que a região Sudeste é a região mais populosa do país. No Brasil, não há estatísticas pelos órgãos públicos, já que não há padronização quanto a este tipo de ataque, podendo ser classificada como lesão corporal ou tentativa de homicídio, mas alguns hospitais pelo país contabilizam esses ataques, como é o caso do Hospital de Pronto Socorro (HPS) da capital do Estado do Rio Grande do Sul, onde no ano de 2011, pessoas foram mordidas por cachorros. Muitos projetos de lei estão em fase de votação para determinar normas mais rígidas para raças consideradas perigosas, como o Pit Bull. Alguns projetos preveem a esterilização desses animais, com o objetivo de exterminar as raças perigosas, sendo motivo de muita polêmica entre a população.

5 Como principal consequência para o animal está o abandono ou o sacrifício. O abandono acarreta outros problemas como aumento do número de acidentes de trânsito por atropelamento de animais; aumento do número de agressões; aumento da poluição ambiental com as fezes, urina e lixos revirados; aumento da transmissão de parasitas e zoonoses, entre outros. Cabe a cada proprietário cuidar e zelar por seu animal, para que estes não ataquem outras pessoas, pois cabe ao proprietário responsabilidade criminal sobre os atos cometidos por eles. Os tratamentos indicados procuram dessensibilizar o animal para tal comportamento, usam medicamentos, castração e nova rotina com o cão. Referências 1. FERREIRA, Carlos. Falta de estatísticas no Brasil mascara prejuízos com ataques de cães. Porto Alegre: Zero hora, Disponível em: <http://zerohora.clicrbs. com.br/rs/geral/ noticia/ 2012/03/falta-de-estatisticas-no-brasil mascara-prejuizos-comataques-de-caes html> Acesso em: 03 mar FREITAS, Hermano. Ataques de cães crescem no País; em SP, 1 pessoa é mordida por hora. São Paulo: Portal Terra, Disponível em <http://noticias.terra. 3. com.br/brasil/noticias/0,,oi ei306,00ataques+de+caes+crescem+no+pais+em +SP+pessoa+e+mordida+por+hora.html>. Acesso em 12 out LANGLEY, RL. Human fatalities resulting from dog attacks in the United states, Estados Unidos: Wilderness & Environmental Medicine, Disponível em: < Acesso em: 21 jul TENZIN, et al. Dog Bites in Humans and Estimating Human Rabies Mortality in Rabies Endemic Areas of Bhutan. Estados Unidos: PLoS Negl Trop Dis, Disponível em:<http://www.plosntds.org/article/info%3adoi%2f %2fjournal. pntd >. Acesso em: 27 jul 2012.

II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES

II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES Todos os dias os hospitais do Paraná atendem mais de 100 vítimas de mordida

Leia mais

CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES do hospital universitário cajuru. OS BENEFÍCIOS DE TER UM CÃO

CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES do hospital universitário cajuru. OS BENEFÍCIOS DE TER UM CÃO CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES do hospital universitário cajuru. Os acidentes com cães são mais comuns do que imaginamos. Em Curitiba, onde se situa o maior Pronto-Socorro

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Programa Municipal de Controle Ético da População Canina e Felina

Mostra de Projetos 2011. Programa Municipal de Controle Ético da População Canina e Felina Mostra de Projetos 2011 Programa Municipal de Controle Ético da População Canina e Felina Mostra Local de: São José dos Pinhais Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais

Leia mais

II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES

II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES Todos os dias os hospitais do Paraná atendem mais de 100 vítimas de mordida

Leia mais

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Nota Técnica 232 2014 Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Max Ernani Borges De Paula Banco de dados de vítimas dos acidentes de trânsito fatais A Companhia de Engenharia de Tráfego realiza

Leia mais

de animais nos parques

de animais nos parques GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE Abandono de animais nos parques Animais não são descartáveis. Não abandone o seu. Abandonar é maltratar e maus-tratos a animais é crime. Lei Federal

Leia mais

Relatório da Pessoa Idosa

Relatório da Pessoa Idosa Relatório da Pessoa Idosa 2012 O Relatório da Pessoa Idosa 2012, com base nos dados de 2011, se destina à divulgação dos dados de criminalidade contra a pessoa idosa (idade igual ou superior a 60 anos),

Leia mais

Standard da OIE Controle de cães não domiciliados

Standard da OIE Controle de cães não domiciliados Standard da OIE Controle de cães não domiciliados Capítulo 7.7 Lizie Buss Med Vet Fiscal Federal Agropecuário Comissão de BEA/MAPA Conceito de bem-estar animal OIE Como um animal está se ajustando as condições

Leia mais

Especificidades das mortes violentas no Brasil e suas lições. Maria Cecília de Souza Minayo

Especificidades das mortes violentas no Brasil e suas lições. Maria Cecília de Souza Minayo Especificidades das mortes violentas no Brasil e suas lições Maria Cecília de Souza Minayo 1ª. característica: elevadas e crescentes taxas de homicídios nos últimos 25 anos Persistência das causas externas

Leia mais

VULNERABILIDADE PARA A MORTE POR HOMICÍDIOS E PRESENÇA DE DROGAS NA OCASIÃO DA OCORRÊNCIA DO ÓBITO 2001 A 2006

VULNERABILIDADE PARA A MORTE POR HOMICÍDIOS E PRESENÇA DE DROGAS NA OCASIÃO DA OCORRÊNCIA DO ÓBITO 2001 A 2006 VULNERABILIDADE PARA A MORTE POR HOMICÍDIOS E PRESENÇA DE DROGAS NA OCASIÃO DA OCORRÊNCIA DO ÓBITO 2001 A 2006 BETIM/MG Márcia Dayrell Secretaria Municipal de Saúde de Betim (MG) Serviço de Vigilância

Leia mais

CARTILHA DE TRÂNSITO. Dicas para você viver mais e melhor!

CARTILHA DE TRÂNSITO. Dicas para você viver mais e melhor! CARTILHA DE TRÂNSITO Dicas para você viver mais e melhor! Este material foi concebido pela SBOT Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia com o intuito de ser um agente expressivo na prevenção

Leia mais

ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA /COR

ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA /COR 8 ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA /COR Secretaria de Vigilância em Saúde/MS 435 ANÁLISE DA MORTE VIOLENTA SEGUNDO RAÇA/COR MORTALIDADE POR CAUSAS EXTERNAS Evolução da mortalidade por causas externas

Leia mais

METAS ELABORADA PELA APA DE JABOTICABAL PARA O PRÓXIMO QUADRIÊNIO: 2013-2016

METAS ELABORADA PELA APA DE JABOTICABAL PARA O PRÓXIMO QUADRIÊNIO: 2013-2016 1 ASSOCIAÇÃO PROTETORA DOS ANIMAIS de Jaboticabal SP - APA Lei Municipal de Utilidade Pública 3.193 de 07/10/03 - CNPJ 04.630.685/0001-00 www.apajaboticabal.org.br METAS ELABORADA PELA APA DE JABOTICABAL

Leia mais

CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS POR MEIO DE ESTERILIZAÇÃO CIRÚRGICA E EDUCAÇÃO PARA POSSE RESPONSÁVEL

CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS POR MEIO DE ESTERILIZAÇÃO CIRÚRGICA E EDUCAÇÃO PARA POSSE RESPONSÁVEL CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS POR MEIO DE ESTERILIZAÇÃO CIRÚRGICA E EDUCAÇÃO PARA POSSE RESPONSÁVEL BUQUERA, Luiz Eduardo C. 1 COSTEIRA, Jessica A. 2 FERREIRA, Rafael de L. 3 BASTOS, Rodolfo M.

Leia mais

Distribuição dos pacientes vítimas de Acidente de Trânsito, segundo faixa etária na ocasião do acidente 20,0 16,6 19,4 11,3

Distribuição dos pacientes vítimas de Acidente de Trânsito, segundo faixa etária na ocasião do acidente 20,0 16,6 19,4 11,3 Os Acidentes de Trânsito foram responsáveis por um total de 799 internações nos hospitais SARAH-Brasília, SARAH-Salvador, SARAH-Belo Horizonte e SARAH-São Luís no período de 01/01/2009 a 30/06/2009, correspondendo

Leia mais

Inter-relações entre a posse responsável de animais domésticos e a saúde humana

Inter-relações entre a posse responsável de animais domésticos e a saúde humana Página 1 de 6 Home Cultura Especial Interligado Internacional Nacional Opiniao Pesquisa Universidade Vamos Cinema Concursos Cursos Dança Estréia Eventos Exposições Livros Música Notas Programe-se Revistas

Leia mais

Mondial Pet Protection CONDIÇÕES GERAIS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS: Assistência Emergencial. Implantação de Microchip. Desconto em Cirurgias

Mondial Pet Protection CONDIÇÕES GERAIS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS: Assistência Emergencial. Implantação de Microchip. Desconto em Cirurgias MONDIAL PET PROTECTION é um conjunto de serviços oferecido a cachorros e gatos (domésticos), disponível nas Capitais do Nordeste, Sudeste e Sul e Centro-Oeste do Brasil e grandes centros metropolitanos.

Leia mais

LEI N.º 4.635 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2015

LEI N.º 4.635 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2015 LEI N.º 4.635 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2015 INSTITUI o Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos do Município de Não-Me-Toque... TEODORA BERTA SOUILLJEE LUTKEMEYER, PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NÃO-ME-TOQUE/RS.

Leia mais

1. Acidentes de trânsito: estatísticas

1. Acidentes de trânsito: estatísticas 1. Acidentes de trânsito: estatísticas Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Mais de 50.000 mortos por ano e de 500.000 feridos. Este é o resultado da violência do trânsito

Leia mais

Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências Diagnóstico do Problema em Santa Catarina

Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências Diagnóstico do Problema em Santa Catarina Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências Diagnóstico do Problema em Santa Catarina Heloisa Côrtes Gallotti Peixoto Introdução Os acidentes e violências passaram a figurar, no início da década

Leia mais

EDITAL Nº 01/COREMU/UFRA/2016 ANEXO III ROTEIRO DA PROVA PRÁTICA ESPECÍFICA POR ÁREA

EDITAL Nº 01/COREMU/UFRA/2016 ANEXO III ROTEIRO DA PROVA PRÁTICA ESPECÍFICA POR ÁREA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE EM MEDICINA VETERINÁRIA EDITAL Nº 01/COREMU/UFRA/2016

Leia mais

Câmara Municipal de Coimbra Serviço Médico Veterinário

Câmara Municipal de Coimbra Serviço Médico Veterinário Câmara Municipal de Coimbra Serviço Médico Veterinário Canil Municipal de Coimbra - Mata do Choupal 239 493200 Horário: das 9h às 12h30m e das 14h às 17h30m Horário de adopções: Segundas-feiras úteis das

Leia mais

PROGRAMA DE CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS

PROGRAMA DE CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS PROGRAMA DE CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS O crescimento populacional de cães e gatos tem representado um problema de saúde pública, devido à possibilidade de transmissão de doenças entre animais

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS GABINETE DO VEREADOR WILTON LIRA

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS GABINETE DO VEREADOR WILTON LIRA PROJETO DE LEI Nº 104 / 2012 Disciplina a doação e comercialização de cães e gatos no município de Manaus e dá outras providências. Art. 1º A reprodução de cães e gatos destinados a doação e comercialização

Leia mais

Controle Populacional de Caninos e Felinos por meio da Esterilização Cirúrgica

Controle Populacional de Caninos e Felinos por meio da Esterilização Cirúrgica Controle Populacional de Caninos e Felinos por meio da Esterilização Cirúrgica Gabriela Rodrigues Sampaio Professora Adjunto Doutora Departamento de Medicina Veterinária / UFLA gabsampa@ufla.br; Fabiane

Leia mais

Parecer sobre PL nº 563, de 2014

Parecer sobre PL nº 563, de 2014 Parecer sobre PL nº 563, de 2014 Considerando o compromisso ético dos profissionais médicos-veterinários, conforme resolução nº 722 de 16 de agosto de 2002 do Conselho Federal de Medicina Veterinária,

Leia mais

Guia para os professores. Palavras Chave: ataques de cães, mordidas de cães, bem-estar animal, etologia, ética, SPV, zoonose.

Guia para os professores. Palavras Chave: ataques de cães, mordidas de cães, bem-estar animal, etologia, ética, SPV, zoonose. Guia para os professores MORDIDAS DE CÃES EM CRIANÇAS O CASO Palavras Chave: ataques de cães, mordidas de cães, bem-estar animal, etologia, ética, SPV, zoonose. Introdução: Cada vez mais, os países desenvolvidos

Leia mais

1. OBJETIVO DO SERVIÇO O Pet Assistência tem por objetivo proporocionar o atendimento a um conjunto de assistência a seus animais domésticos.

1. OBJETIVO DO SERVIÇO O Pet Assistência tem por objetivo proporocionar o atendimento a um conjunto de assistência a seus animais domésticos. 1. OBJETIVO DO SERVIÇO O Pet Assistência tem por objetivo proporocionar o atendimento a um conjunto de assistência a seus animais domésticos. A quantidade de animais de estimação não será limitada, podendo

Leia mais

SIRA-RAM Sistema de Identificação e Registo Animal

SIRA-RAM Sistema de Identificação e Registo Animal Evolução e Actualidade III Encontro de Autarcas das Freguesias da RAM Porto Santo, 9 de Maio de 2009 SIRA-RAM Sistema de Identificação e Registo Animal Dr. João Carlos Dória Razões Históricas Marcação

Leia mais

VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS. Edinilsa Ramos de Souza CLAVES/ENSP/FIOCRUZ

VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS. Edinilsa Ramos de Souza CLAVES/ENSP/FIOCRUZ VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS Edinilsa Ramos de Souza CLAVES/ENSP/FIOCRUZ O que é Violência contra idosos? É um ato (único ou repetido) ou omissão que lhe cause dano ou aflição e que se produz em qualquer relação

Leia mais

PROPOSTA PARA O CONCURSO VETERINÁRIO MIRIM 2013

PROPOSTA PARA O CONCURSO VETERINÁRIO MIRIM 2013 PROPOSTA PARA O CONCURSO VETERINÁRIO MIRIM 2013 Equipe proponente e organizadora: Rede de Defesa e Proteção Animal Responsável Prof. Alexander Welker Biondo Superintendência de Controle Ambiental Secretaria

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Observatório de Violências e Acidentes Observatório de Violações de Direitos de Crianças e Adolescentes Carnaval 2015 Bahia

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Observatório de Violências e Acidentes Observatório de Violações de Direitos de Crianças e Adolescentes Carnaval 2015 Bahia RELATÓRIO CONSOLIDADO 6º DIA DO CARNAVAL 2015 Salvador-BA Revisado 24-02-15 Das 18 horas de 12/02/2015 às 06 horas de 17/02/2015 foram consolidados/analisados pelo Observatório um total de 1126 atendimentos:

Leia mais

Pesquisa de Qualidade de Vida 2015 ACIRP

Pesquisa de Qualidade de Vida 2015 ACIRP Pesquisa de Qualidade de Vida ACIRP Núcleo de Economia Qualidade de Vida Ribeirão Preto November 19, Resultados em : A Pesquisa de Qualidade de Vida da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto

Leia mais

INFORME TRIMESTRAL SOBRE A RAIVA

INFORME TRIMESTRAL SOBRE A RAIVA ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE ALAGOAS SUPERINTENDÊNCIA DE VIGILÂNCIA À SAÚDE SUVISA DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DIVEP INFORME TRIMESTRAL SOBRE A RAIVA Ano I nº 1 Edição:

Leia mais

A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO

A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO BE_310 CIÊNCIAS DO AMBIENTE UNICAMP ESTUDO (Turma 2012) Disponível em: http://www.ib.unicamp.br/dep_biologia_animal/be310 A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA)

Leia mais

043765 S/SUBVISA/SVFSZ/UJV Unidade de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman

043765 S/SUBVISA/SVFSZ/UJV Unidade de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman DO de 08/08/13 NOVA ESTRUTURA 043765 S/SUBVISA/SVFSZ/UJV Unidade de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman Cumprir e fazer cumprir no Município do Rio de

Leia mais

ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010

ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010 1 ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010 CAIO FERNANDO GIMENEZ 1, TATIANE MORENO FERRARIAS 1, EDUARDO FERNANDES BONDAN 1 1 Universidade

Leia mais

3. Abrangência Esse serviço será prestado nas principais capitais brasileiras e em cidades da Grande São Paulo e Grande Rio de Janeiro.

3. Abrangência Esse serviço será prestado nas principais capitais brasileiras e em cidades da Grande São Paulo e Grande Rio de Janeiro. Assistência Pet 1. EMPRESA CONTRATADA A Assistência Pet refere-se ao pacote de serviços contratado pelo Zurich Santander Brasil Seguros S.A., com a empresa USS Soluções Gerenciadas Ltda., CNPJ 01.979.936/0001-79

Leia mais

Porque a violência e o trauma tornaram-se um problema de Saúde Pública e o que fazer para diminuir sua incidência?

Porque a violência e o trauma tornaram-se um problema de Saúde Pública e o que fazer para diminuir sua incidência? Porque a violência e o trauma tornaram-se um problema de Saúde Pública e o que fazer para diminuir sua incidência? Dados preliminares do sistema de informações de mortalidade do Ministério da Saúde de

Leia mais

Para Viver de Bem com os Bichos PVBB-BH Ou Melhores Amigos Ou Nosso Mundo dos Animais Ou Um Belo Horizonte com os Animais

Para Viver de Bem com os Bichos PVBB-BH Ou Melhores Amigos Ou Nosso Mundo dos Animais Ou Um Belo Horizonte com os Animais Para Viver de Bem com os Bichos PVBB-BH Ou Melhores Amigos Ou Nosso Mundo dos Animais Ou Um Belo Horizonte com os Animais A moderna cosmologia nos fez, pois, compreender que o universo é um imenso processo

Leia mais

3.1 - SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

3.1 - SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO MAPA DE AVALIAÇÃO ANUAL DE ACIDENTES DE TRABALHO - 2013 Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 07/01/2013. Sumário: 1 - Introdução 2 - Obrigação 3 - Conceitos 3.1 - Serviço Especializado

Leia mais

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini ASSALTO E MEDO Dihego Pansini As relações humanas têm se aprofundado cada vez mais nas últimas décadas. Nesse processo, um dos grandes desafios do ser humano moderno é aprender a lidar com as diferenças

Leia mais

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década 1 FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO PROFESSOR BAHIA TEXTO DE CULTURA GERAL FONTE: UOL COTIDIANO 24/09/2008 Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década Fabiana Uchinaka Do UOL Notícias

Leia mais

Conjunto de atos que um animal realiza ou deixa de realizar.

Conjunto de atos que um animal realiza ou deixa de realizar. Comportamento Animal Comportamento de animais domésticos Conjunto de atos que um animal realiza ou deixa de realizar. Prof. Guilherme Soares Del Claro - 2004 INSTINTO Fator inato do comportamento dos animais,

Leia mais

Feminicídios: a violência fatal contra a mulher

Feminicídios: a violência fatal contra a mulher Violência contra a mulher: feminicídios no Brasil Leila Posenato Garcia*, Lúcia Rolim Santana de Freitas, Gabriela Drummond Marques da Silva, Doroteia Aparecida Höfelmann * Instituto de Pesquisa Econômica

Leia mais

MITOS E REALIDADES A QUESTÃO DA VIOLÊNCIA

MITOS E REALIDADES A QUESTÃO DA VIOLÊNCIA MITOS E REALIDADES A QUESTÃO DA VIOLÊNCIA Mitos e Realidades Algumas considerações O álcool e as drogas são as causas reais da violência. O consumo de álcool pode favorecer a emergência de condutas violentas,

Leia mais

INTERAÇÃO HOMEM x ANIMAL SOB A PERSPECTIVA DO PRODUTOR RURAL ESTUDO PRELIMINAR. ¹ Discente de Medicina Veterinária UNICENTRO

INTERAÇÃO HOMEM x ANIMAL SOB A PERSPECTIVA DO PRODUTOR RURAL ESTUDO PRELIMINAR. ¹ Discente de Medicina Veterinária UNICENTRO INTERAÇÃO HOMEM x ANIMAL SOB A PERSPECTIVA DO PRODUTOR RURAL ESTUDO PRELIMINAR Carolina REMLINGER 1, karorem@hotmail.com, Raphaéli Siqueira BAHLS Raphabahls@hotmail.com 1 Felipe Lopes CAMPOS², campos.79@gmail.com

Leia mais

A Evolução da Morbidade e Mortalidade por Câncer de Mama entre a População Feminina de Minas Gerais 1995 a 2001 *

A Evolução da Morbidade e Mortalidade por Câncer de Mama entre a População Feminina de Minas Gerais 1995 a 2001 * A Evolução da Morbidade e Mortalidade por Câncer de Mama entre a População Feminina de Minas Gerais 1995 a 2001 * Andréa Branco Simão UFMG/Cedeplar Luiza de Marilac de Souza UFMG/Cedeplar Palavras Chave:

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº de de 2015.

PROJETO DE LEI Nº de de 2015. PROJETO DE LEI Nº de de 2015. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL PARA O SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÕES DE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO NO ESTADO DE GOIÁS, DENOMINADO OBSERVATÓRIO ESTADUAL DA VIOLÊNCIA CONTRA O

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO CANINA E FELINA NOS ANOS 2010 E 2013 E PERCEPÇÃO DAS PESSOAS QUANTO A GUARDA RESPONSÁVEL NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS - BAIRRO GUATUPÊ LUCAS GALDIOLI 1, RAFAELA FURIOSO

Leia mais

10 anos do Estatuto do Desarmamento

10 anos do Estatuto do Desarmamento 10 anos do Estatuto do Desarmamento Tulio Kahn Seminário 10 anos do Estatuto do Desarmamento São Paulo, 13 de dezembro de 2013 O Papel dos Municípios na Segurança Pública Tulio Kahn André Zanetic Ministério

Leia mais

Projeto de Controle Populacional de Cães e Gatos no município de Jaraguá do Sul-SC -- Minuta do Projeto --

Projeto de Controle Populacional de Cães e Gatos no município de Jaraguá do Sul-SC -- Minuta do Projeto -- Projeto de Controle Populacional de Cães e Gatos no município de Jaraguá do Sul-SC -- Minuta do Projeto -- Objetivo geral: Implementar o Projeto de Controle Populacional de Cães e Gatos no município de

Leia mais

QUESTIONÁRIO: VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS NOME: CLASSIFIQUE EM VERDADEIRO (V) OU FALSO (F) AS SENTENÇAS ABAIXO:

QUESTIONÁRIO: VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS NOME: CLASSIFIQUE EM VERDADEIRO (V) OU FALSO (F) AS SENTENÇAS ABAIXO: QUESTIONÁRIO: VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS NOME: 1. Um tapinha no bumbum não é considerado violência devido ao baixo grau de agressão. 2. A prática sexual com indivíduos menores de 14 anos, com o consentimento

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM - PNAISH

POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM - PNAISH POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM - PNAISH Brasília, outubro de 2015 População Masculina 99 milhões (48.7%) População alvo: 20 a 59 anos População Total do Brasil 202,7 milhões de

Leia mais

A Incidência de Homicídios entre a População Jovem Negra no Brasil. 02 de Dezembro de 2015

A Incidência de Homicídios entre a População Jovem Negra no Brasil. 02 de Dezembro de 2015 A Incidência de Homicídios entre a População Jovem Negra no Brasil 02 de Dezembro de 2015 Adolescentes são assassinados na Baixada Fluminense Rio de Janeiro Diário da Manhã 02/10/2015 Estudo mostra que

Leia mais

São Paulo, 8 de setembro de 1999. BOLETIM GERAL PM 171 1 - DIRETRIZES A SEREM SEGUIDAS NO ATENDIMENTO DE LOCAIS DE CRIME

São Paulo, 8 de setembro de 1999. BOLETIM GERAL PM 171 1 - DIRETRIZES A SEREM SEGUIDAS NO ATENDIMENTO DE LOCAIS DE CRIME São Paulo, 8 de setembro de 1999. BOLETIM GERAL PM 171 1 - DIRETRIZES A SEREM SEGUIDAS NO ATENDIMENTO DE LOCAIS DE CRIME Resolução SSP- 382, de 1/9/99 O Secretario da Segurança Pública Considerando que

Leia mais

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2014 1º fase

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2014 1º fase Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 1º fase Resumo: A pesquisa de Qualidade de Vida é organizada pela ACIRP e pela Fundace. Teve início em 2009, inspirada em outros projetos já desenvolvidos em grandes

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PRODUTO ASSISTÊNCIA A ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - PET

DESCRIÇÃO DO PRODUTO ASSISTÊNCIA A ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - PET DESCRIÇÃO DO PRODUTO ASSISTÊNCIA A ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - PET DEFINIÇÕES Usuário: é a pessoa física titular de plano de Assistência a Animais de Estimação - Pet, contratado junto à Contratante. Animal

Leia mais

HOMICÍDIOS DE MULHERES NO BRASIL EM 2013

HOMICÍDIOS DE MULHERES NO BRASIL EM 2013 HOMICÍDIOS DE MULHERES NO BRASIL EM 2013 INSTITUTO AVANTE BRASIL Diretor- Presidente: Luiz Flávio Gomes Pesquisadora: Flávia Mestriner Botelho VIOLÊNCIA GLOBAL CONTRA DAS MULHERES - (ONU) De acordo com

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2 Violência de gênero

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2 Violência de gênero Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2 Violência de gênero Nesta unidade, analisaremos os aspectos específicos referentes

Leia mais

ASSISTÊNCIA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

ASSISTÊNCIA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO ASSISTÊNCIA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO O objeto da assistência animais é prestar atendimento aos cães e gatos de estimação do Segurado, em caso de doença ou acidente, conforme condições abaixo e abrangência

Leia mais

Linha de Pesquisa Bem Estar Animal & a Sociedade Atual

Linha de Pesquisa Bem Estar Animal & a Sociedade Atual Linha de Pesquisa Bem Estar Animal & a Sociedade Atual Descrição: Saúde pública é a ciência de prevenir as doenças promovendo a saúde por meio de esforços organizados da comunidade. A implantação de programas

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Problemas e prioridades 22 Inflação volta a ser uma das principais preocupações do brasileiro Nos últimos dois anos, os problemas e prioridades da população

Leia mais

ILMO. SR. DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Quadros III, IV, V e VI Secretária de Segurança e Medicina do Trabalho

ILMO. SR. DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Quadros III, IV, V e VI Secretária de Segurança e Medicina do Trabalho PREENCHER EM PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA, EM DUAS VIAS. ILMO. SR. DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Ref.: ATT.: Quadros III, IV, V e VI Secretária de Segurança e Medicina do Trabalho

Leia mais

CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS

CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS Aspectos éticos Rita de Cassia Maria GARCIA 1, Nestor Alberto Calderon MALDONADO 2 ; Antonio LOMBARDI 3. A reflexão ética vem ganhando importância na discussão pública

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 255/IX

PROJECTO DE LEI N.º 255/IX PROJECTO DE LEI N.º 255/IX CLASSIFICA COMO ANIMAIS POTENCIALMENTE PERIGOSOS OS PERTENCENTES A ALGUMAS RAÇAS DA ESPÉCIE CANINA E ESTABELECE O RESPECTIVO REGIME DE LICENCIAMENTO E DETENÇÃO Exposição de motivos

Leia mais

CAMPANHA EXTERNA DE PREVENÇÃO DE SEGURANÇA COM A POPULAÇÃO - CEPAP -

CAMPANHA EXTERNA DE PREVENÇÃO DE SEGURANÇA COM A POPULAÇÃO - CEPAP - CAMPANHA EXTERNA DE PREVENÇÃO DE SEGURANÇA COM A POPULAÇÃO - CEPAP - Autores Demetrio Venicio Aguiar Geisa Marques S. Boonen Maciel Odilon Souza Martins Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG RESUMO

Leia mais

Criminalidade. Luciano Nakabashi Juliano Condi

Criminalidade. Luciano Nakabashi Juliano Condi A Associação Comercial de (ACIRP) em parceria com a FUNDACE realiza uma pesquisa de qualidade de vida na cidade de desde 2009. Essa é uma pesquisa muito importante para se que se tenha uma base confiável

Leia mais

Violência contra as Mulheres em Pernambuco

Violência contra as Mulheres em Pernambuco Violência contra as Mulheres em Pernambuco Recife, 25 de novembro de 2015 FICHA TÉCNICA Coordenação: Equipe do SOS Corpo Instituto Feminista para Democracia Pesquisadora: Ana Paula Melo (pesquisadora convidada)

Leia mais

Governo lança campanha de prevenção dos riscos do consumo de bebidas alcoólicas Resultados das pesquisas:

Governo lança campanha de prevenção dos riscos do consumo de bebidas alcoólicas Resultados das pesquisas: Governo lança campanha de prevenção dos riscos do consumo de bebidas alcoólicas O Ministério da Saúde lançou, nesta sexta-feira (10) no Rio de Janeiro (RJ), uma campanha publicitária alertando sobre os

Leia mais

Metodologia de Reagregação de Códigos para Publicação em DOERJ

Metodologia de Reagregação de Códigos para Publicação em DOERJ Metodologia de Reagregação de Códigos para Publicação em DOERJ Em atendimento à determinação do Exmo. Sr. Secretário de Segurança, foi elaborado um modelo de adequação do sistema de agregação dos títulos

Leia mais

ASSISTÊNCIA SERVIÇOS EXECUTIVOS

ASSISTÊNCIA SERVIÇOS EXECUTIVOS ASSISTÊNCIA SERVIÇOS EXECUTIVOS O objeto da assistência serviços executivos é facilitar a vida do Segurado, em caso de mal súbito, doença ou acidente, com serviços domésticos provisórios, ambulância, Motorista

Leia mais

Ficha de Inscrição do 18º Prêmio Expressão de Ecologia

Ficha de Inscrição do 18º Prêmio Expressão de Ecologia Ficha de Inscrição do 18º Prêmio Expressão de Ecologia OBS: Apresentação obrigatória na primeira página do case 1. Informações cadastrais a) Identificação: instituição b) Nome: Prefeitura Municipal de

Leia mais

Saúde Brasil 2007. Uma Análise da Situação de Saúde. Perfil de Mortalidade do Brasileiro

Saúde Brasil 2007. Uma Análise da Situação de Saúde. Perfil de Mortalidade do Brasileiro Saúde Brasil 2007 Uma Análise da Situação de Saúde Perfil de Mortalidade do Brasileiro Brasília, 6 de novembro de 2008 Editor-Geral Gerson Oliveira Penna Secretário de Vigilância em Saúde/MS Editor-Executivo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

INTRODUÇÃO AO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO INTRODUÇÃO AO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA (Lei 8.213 de 1991 Art. 19) 1º A empresa é responsável pela adoção e uso das medidas coletivas e individuais de proteção e segurança

Leia mais

Acidentes de transportes passam a ser a principal causa de morte não natural do Estado de São Paulo

Acidentes de transportes passam a ser a principal causa de morte não natural do Estado de São Paulo Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 10 nº 2 Março 2010 Acidentes de transportes passam a ser a principal causa de morte não natural do Estado de São Paulo Hoje, os acidentes de transporte

Leia mais

Capturar e matar, capturar e matar... Capturar e matar cães e gatos ainda é a maior política do CCZ de São Paulo

Capturar e matar, capturar e matar... Capturar e matar cães e gatos ainda é a maior política do CCZ de São Paulo 1 * Este texto foi encaminhado pelo Vereador Roberto Trípoli à então Secretária da Saúde do Município, Maria Aparecida Orsini, e à então diretora de Covisa, Marisa Lima Carvalho, no final de 2006, durante

Leia mais

Tema: Criminalidade e Cotidiano. Título: A violência na História do Brasil.

Tema: Criminalidade e Cotidiano. Título: A violência na História do Brasil. Arquivo do Estado de SP O Uso dos Documentos de Arquivo na Sala de Aula Tema: Criminalidade e Cotidiano. Título: A violência na História do Brasil. Mariana Ramos Apolinário 2º semestre 2013 São Paulo SP

Leia mais

RA Copacabana. Indicadores Rio Como Vamos

RA Copacabana. Indicadores Rio Como Vamos 3 RA Copacabana Indicadores Rio Como Vamos 1 CARACTERÍSTICAS DA POPULAÇÃO A Região Administrativa (RA) da Copacabana faz parte da Área de Planejamento 2. A Região Administrativa engloba os bairros Leme

Leia mais

Ficha do Produto. - Postal Proteção Patinhas (1) - Maio 2013 1/8. Companhia de Seguros: MAPFRE SEGUROS GERAIS, S.A. A partir de Maio de 2013.

Ficha do Produto. - Postal Proteção Patinhas (1) - Maio 2013 1/8. Companhia de Seguros: MAPFRE SEGUROS GERAIS, S.A. A partir de Maio de 2013. Entidade Gestora Companhia de Seguros: MAPFRE SEGUROS GERAIS, S.A. Período de Comercialização A partir de de. Âmbito Seguroparaproprietáriosdecãesegatosdomésticos, com uma cobertura base de responsabilidade

Leia mais

Desenho em Quadrinhos para Campanha de Propaganda da ONG Cãopartilhe 1

Desenho em Quadrinhos para Campanha de Propaganda da ONG Cãopartilhe 1 Desenho em Quadrinhos para Campanha de Propaganda da ONG Cãopartilhe 1 Bianca Said SALIM 2 Fernando ACÁCIO 3 Ludmilla Lara GUSMÃO 4 Mairy Luiza ALVES 5 Paloma Leite COSTA 6 Thais MARCELINO 7 Lamounier

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA A P A de JABOTICABAL DURANTE O ANO DE 2008

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA A P A de JABOTICABAL DURANTE O ANO DE 2008 1 RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA A P A de JABOTICABAL DURANTE O ANO DE 2008 O objetivo principal da APA-Associação Protetora dos Animais em Jaboticabal durante o ano de 2008 foi, como

Leia mais

Estatística referente à violência doméstica contra a mulher no Distrito Federal 2006-2013

Estatística referente à violência doméstica contra a mulher no Distrito Federal 2006-2013 Estatística referente à violência doméstica contra a mulher no Distrito Federal 2006-2013 1. Denúncias Oferecidas pelo Ministério Público Denúncias oferecidas em feitos de Violência Doméstica entre 2006

Leia mais

A doença por Ébola, de que se trata?

A doença por Ébola, de que se trata? A doença por Ébola, de que se trata? Atualemente fala-se muito na imprensa de uma doença chamada ébola que afeta a África. De que se trata? Trata-se de uma doença infeciosa devida a um vírus chamado vírus

Leia mais

M i c r o Z o o m. - um jogo de observação e memória -

M i c r o Z o o m. - um jogo de observação e memória - M i c r o Z o o m - um jogo de observação e memória - Material de Apoio Raiva A raiva é uma doença fatal. Isso significa que se uma pessoa que se uma pessoa não vacinada for contaminada pelo vírus da raiva

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO. NÚCLEO DE DEFESA DO IDOSO E PESSOA COM DEFICIÊNCIA ALEXANDRE DE OLIVEIRA ALCÂNTARA

REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO. NÚCLEO DE DEFESA DO IDOSO E PESSOA COM DEFICIÊNCIA ALEXANDRE DE OLIVEIRA ALCÂNTARA REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO. NÚCLEO DE DEFESA DO IDOSO E PESSOA COM DEFICIÊNCIA ALEXANDRE DE OLIVEIRA ALCÂNTARA FORTALEZA, 17 de junho de 2011. VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO PESQUISA: Violência

Leia mais

ANGELITA PÔRTO E SILVA

ANGELITA PÔRTO E SILVA 1 FACULDADE CENECISTA DE OSÓRIO CURSO DE EXTENSÃO PROJETO NOSSA ESCOLA PESQUISA SUA OPINIÃO - PÓLO RS CURSO ESCOLA E PESQUISA: UM ENCONTRO POSSÍVEL ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL GOVERNADOR ILDO

Leia mais

Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado

Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado Editoria: Noticia www.acritica.com.br Coluna: -- Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado Acidentes de trânsito causam transtorno no feriado -- Acidentes na capital e no interior marcam o feriado

Leia mais

Page 1 PERGUNTAS E RESPOSTAS MAIS FREQUENTES SOBRE ANIMAIS DE COMPANHIA E LEGISLAÇÃO DE BASE

Page 1 PERGUNTAS E RESPOSTAS MAIS FREQUENTES SOBRE ANIMAIS DE COMPANHIA E LEGISLAÇÃO DE BASE Page 1 PERGUNTAS E RESPOSTAS MAIS FREQUENTES SOBRE ANIMAIS DE COMPANHIA E LEGISLAÇÃO DE BASE Lista e número das perguntas e respectivas respostas: 1. P - Como ser um dono responsável de um animal de companhia?

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO BÁSICO DA VILA FLORESTAL EM LAGOA SECA/PB

EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO BÁSICO DA VILA FLORESTAL EM LAGOA SECA/PB EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO BÁSICO DA VILA FLORESTAL EM LAGOA SECA/PB Luana da Silva Barbosa 1 ; Benedito Marinho da Costa Neto 2 ; Alfredo Rosas de Lima

Leia mais

XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO

XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO EPB0178 QUEBRA DO SIGILO PROFISSIONAL EM CASOS DE PEDOFILIA GABRIELE

Leia mais

Segurança e Higiene do Trabalho. Volume XIX Gestão da Prevenção. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção. www.oportaldaconstrucao.

Segurança e Higiene do Trabalho. Volume XIX Gestão da Prevenção. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção. www.oportaldaconstrucao. Guia Técnico Segurança e Higiene do Trabalho Volume XIX Gestão da Prevenção um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído sem a expressa

Leia mais

Serviços públicos destinados à pessoa idosa em Minas Gerais

Serviços públicos destinados à pessoa idosa em Minas Gerais Serviços públicos destinados à pessoa idosa em Minas Gerais Serviços instituídos pelo poder público, organizados de acordo com a parte do Estatuto do Idoso à qual estão relacionados. Serviços relacionados

Leia mais

Acidentes fatais com motocicleta param de crescer no Estado de São Paulo

Acidentes fatais com motocicleta param de crescer no Estado de São Paulo Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 11 nº 4 Maio 2011 Acidentes fatais com motocicleta param de crescer no Estado de São Paulo O número de mortes por acidentes de motocicleta manteve-se

Leia mais

Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013

Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013 Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013 Centro de Políticas Públicas (CPP) Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa São Paulo, 2013 CPP-Insper Vitimização em São Paulo: 2003 2013 Centro

Leia mais

Otavio Augusto Brioschi Soares 1º Tenente Médico Veterinário Hospital Veterinário Academia Militar das Agulhas Negras Exército Brasileiro

Otavio Augusto Brioschi Soares 1º Tenente Médico Veterinário Hospital Veterinário Academia Militar das Agulhas Negras Exército Brasileiro Otavio Augusto Brioschi Soares 1º Tenente Médico Veterinário Hospital Veterinário Academia Militar das Agulhas Negras Exército Brasileiro introdução Introdução Medicina Veterinária Forças Armadas Introdução

Leia mais

Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Canoas (GGI-M) GT Tecnologias Aplicadas

Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Canoas (GGI-M) GT Tecnologias Aplicadas Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Canoas (GGI-M) GT Tecnologias Aplicadas Capacitação, subsídios e sistematização dos registros da Sala Integrada de Monitoramento - SIM Equipe Observatório Eduardo

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2-Violência e criança

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2-Violência e criança Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2-Violência e criança Nesta unidade, analisaremos os aspectos específicos referentes

Leia mais