A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO"

Transcrição

1 BE_310 CIÊNCIAS DO AMBIENTE UNICAMP ESTUDO (Turma 2012) Disponível em: A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO FERNANDO HIDEKI OKADA 1, JOÃO PEDRO G. A. FERNANDES 1 & LAURA DE L. LOURENÇO 1 1 Curso de Graduação Faculdade de Engenharia Mecânica/UNICAMP * dos autores correspondentes: e RESUMO: O setor de segurança de uma cidade é sempre um fator preocupante. Em Barão Geraldo onde a população é predominantemente de estudantes o alto índice de criminalidade registrado e reportado pela mídia têm se configurado como um ponto crítico na visão de seus moradores, que cada vez mais se refugiam em suas residências como forma de se proteger de uma possível falta de planejamento público na área de segurança nesse distrito de Campinas. O objetivo desse projeto é verificar se Barão Geraldo necessita de um distrito policial funcionando 24h/dia. Analisaremos isso por meio de dados obtidos com uma pesquisa realizada com moradores desse distrito, associada com dados estatísticos obtidos na Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo. Os resultados obtidos mostram que, apesar de não conseguir provas estatisticamente por meio dos dados da Secretaria de Segurança Pública, que Barão Geraldo necessita de um distrito policial funcionando 24 horas por dia, os moradores não se mostraram seguros e confortáveis com a situação do distrito, o que é evidenciado pelo alto percentual de residências que confiam sua segurança a empresas privadas. Barão Geraldo é um distrito localizado a cerca de 10 km do centro da cidade de Campinas. No ano de 1970, como afirma o jornal Diário do Povo de 14 de setembro de 1975, possuía uma população de cerca de 10 mil habitantes, sendo que havia habitantes na área urbana e o restante na rural. Hoje conta com mais de 70 bairros e quase 70 mil habitantes. (bibliograf) É um distrito que possui intensa atividade universitária, tendo seu crescimento diretamente ligado com a presença de faculdades, universidades e centros de pesquisas. Mas também conta com alto número de famílias, que encontraram lá oportunidades para desenvolver suas atividades econômicas e sustento de suas famílias. Porém, esse crescimento exagerado não foi acompanhado por algumas políticas de apoio à infraestrutura local. Uma das maiores preocupações atuais é no quesito de segurança pública. No distrito de Barão Geraldo, cuja população é predominantemente de estudantes, esse setor começou a se destacar de forma negativa. Os estudantes se tornaram alvos fáceis de assaltantes e sequestradores, muitas vezes por conta de andar a pé no período da noite, possuírem eletrônicos caros como notebooks, celulares. A falta de policiamento está apenas contribuindo para o aumento das estatísticas. A maior parte dos assaltos ocorre

2 nos horários da noite, e para que seja possível fazer um boletim de ocorrência é necessário que se vá até o Distrito Policial do Taquaral (4º DP), já que o de Barão tem horário de funcionamento que se encerra às 18h. Devido a esses fatores, verificaremos empírica e estatisticamente se os moradores de Barão Geraldo se sentem suficientemente protegidos pelo distrito policial atual; se concordam com a criação de empresas de segurança privada para suprir a falta de policiamento; se há a necessidade da implantação de um distrito policial com funcionamento 24horas por dia e uma maior frota de viaturas fazendo rondas pelo distrito; se os moradores são favoráveis à intervenção policial dentro do campus, visto que parte dos índices de criminalidade de Barão Geraldo ocorre dentro da Universidade, e se os altos índices de criminalidade no distrito têm relação direta com a precária infraestrutura do mesmo, tal qual uma iluminação insuficiente e alto número de terrenos baldios, por exemplo. Primeiramente, foi acessado o banco de dados no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, onde há o número e o tipo de boletins de ocorrência registrados em cada distrito policial da cidade de Campinas. Com essas informações, foi possível realizar uma análise comparativa entre o distrito policial de Barão Geraldo e outros distritos policiais da cidade, identificando os principais pontos críticos desses registros para o grupo elaborar uma abordagem mais direta e eficiente com os moradores sobre o assunto em questão. Depois disso, foi criado um questionário de respostas rápidas e objetivas, contando com 8 (oito) perguntas, com a intenção de revelar a opinião dos moradores do distrito a respeito da segurança em Barão Geraldo. Essa pesquisa de campo foi realizada na saída do Restaurante Universitário (RU) da Unicamp (entre os dias 11 a 15 de Junho), lugar com alto fluxo de alunos. Porém, para a obtenção de dados não viciados na pesquisa e realizar uma análise mais ampla da situação, também entrevistamos alguns funcionários e professores da Unicamp, bem como moradores sem vínculo direto com a universidade, tanto na Cidade Universitária I como na Cidade Universidade II. No total, obtivemos 204 votos que foram computados para a análise e discussão dos dados obtidos pelo grupo. Os entrevistados eram abordados pelos integrantes do grupo, que realizavam uma espécie de entrevista rápida com duração de no máximo 5 minutos, anotando as respostas de cada um (o modelo do questionário elaborado pelo grupo, juntamente com o número de votos obtidos por alternativa, encontra-se no Apêndice deste artigo). Para verificar se Barão Geraldo necessita mesmo de um distrito policial com funcionamento de 24 horas por dia, compararam-se os dados do 7º DP de Barão Geraldo com os do 1º DP (Centro de Campinas), do 4º DP (Taquaral), do 5º DP (Zona Sul de Campinas) e do 9º DP (Jd. Aeroporto), que funcionam integralmente. Dentre todos os dados presentes no site da Secretaria de Segurança Pública, destacamos os números mais relevantes referentes ao ano de 2011: ocorrências, homicídio doloso, lesão corporal dolosa, lesão corporal dolosa por acidente de carro, roubo, roubo de veículo, furto e furto de veículo. Para facilitar 2

3 a análise, foi organizada uma tabela com esses dados em formato percentual, ou seja, para cada um dos tipos de ocorrência, o número registrado em cada DP dividido pelo total na cidade de Campinas, e multiplicado por cem. Tabela 1: Tabela comparativa dos tipos de ocorrência nos distritos policiais de Campinas 1º DP 4º DP 5º DP 7º DP 9º DP Nº de Boletins de Ocorrência Homicídio Doloso (%) 4,42 6,85 7,53 5,48 20,55 Lesão Corporal Dolosa (%) 8,56 6,93 2,87 1,41 2,76 Lesão Corporal Culposa por Acidente de Carro (%) 12,00 12,52 9,28 5,32 7,53 Roubo (%) 20,02 12,21 5,44 5,34 9,35 Roubo de Veículo (%) 6,78 15,78 6,90 5,64 6,92 Furto (%) 28,32 12,97 6,00 6,79 5,23 Furto de Veículos (%) 18,29 16,12 8,21 3,22 7,53 De acordo com a tabela, percebe-se que o número de ocorrências no 7º DP de Barão Geraldo é muito inferior aos valores do 1º DP e do 4º DP, localizados no centro de Campinas e no Taquaral, respectivamente. Sendo assim, só faz sentido compará-lo com o 5º DP e 9º DP. Ao comparar com o 9º DP, percebe-se que a diferença da maioria das quantidades percentuais de ocorrências não é muito grande, o que indicaria que Barão Geraldo, assim como o Jardim Aeroporto, também necessita de um DP que funciona 24 horas. Porém, o valor percentual de homicídio doloso é discrepante (20,55% contra 5,48%), e supera até os DP do Centro (4,42%) e do Taquaral (6,85%), o que faz com que o bairro Jardim Aeroporto seja considerado um dos mais perigosos de Campinas. Apesar de possuir valores um pouco superiores no 5º DP, o percentual de grande parte dos dados comparados não possuem grande diferença significativa. Além disso, como o 7º DP funciona apenas até às 18 h, as ocorrências que ocorrem no período em que está fechado são feitas na DP do Taquaral, ou seja, parte das ocorrências de Barão Geraldo são registradas no 4º DP. Isso indica que a região do 5º DP e Barão Geraldo possuem dados muito próximos, o que qualifica o 7º DP à funcionar 24 horas por dia. Portanto, o 7º DP de Barão Geraldo, ao ser comparado com os quatro distritos policiais que funcionam integralmente, tem números que podem ser equiparados com apenas um deles, o que não comprova inteiramente a necessidade de um DP funcionando o dia todo, levando em conta que pode haver diferenças nas regiões que justifiquem as diferentes políticas de segurança. Embora o estudo dos dados obtidos no site da Secretaria de Segurança Pública não confirme a necessidade de um distrito policial funcionando 24 horas por dia, o grupo realizou uma pesquisa com 204 moradores da região, com perguntas sobre o quão satisfeito se encontram os moradores do distrito em relação à segurança, e se veem a necessidade da criação de um departamento policial de 24h de 3

4 funcionamento. As perguntas, que se encontram no apêndice, mostram de forma empírica que a maioria dos entrevistados se encontra insatisfeitos com a delegacia de Barão, como pode ser notado no gráfico: Gráfico 1: Grau de segurança dos moradores de Barão Geraldo de acordo com a pesquisa. O policiamento de Barão Geraldo te deixa? Os entrevistados acreditam que para melhorar a segurança é necessário o aumento da carga horária de funcionamento da 7º DP, e optaram que para melhorar a segurança, um aumento do número de policiais e de rondas seria satisfatório. Poucos dos entrevistados presumem que a melhoria da iluminação das ruas de Barão Geraldo poderia melhorar a situação. Gráfico 2: Medidas prioritárias para melhorar a segurança de Barão Geraldo de acordo com moradores, Qual a atitude prioritária a ser tomada para melhorar a segurança de Barão Geraldo? A pesquisa também revela que, devido à baixa qualidade do departamento de segurança, a maioria dos moradores de Barão tem a necessidade de contratar uma empresa privada de segurança para tentar amenizar a quantidade de roubos as residências, mesmo sendo a maioria contra a criação/contratação dessas empresas. Ainda que ocorram roubos e furtos dentro da Unicamp, os entrevistados excluem a ideia da presença de policiais dentro da universidade e na moradia. Concluindo, mesmo não conseguindo provar por meio dos dados da Secretaria de Segurança Pública que Barão Geraldo necessita de um distrito policial funcionando 24 horas por dia já que os que funcionam integralmente possuem número de ocorrências relativamente maiores os moradores não se mostraram seguros e confortáveis com a situação do distrito, o que é evidenciado pelo alto percentual de residências que confiam sua segurança a empresas privadas. AGRADECIMENTOS: O grupo Selva de Pedra gostaria de agradecer encarecidamente a todos os alunos, professores e funcionários da UNICAMP (bem como alguns moradores de Barão Geraldo que não possuem vínculo direto com essa Universidade) que responderam com seriedade e comprometimento ao 4

5 questionário montado, dedicando alguns minutos de seu tempo para responder simples perguntas, mas que ajudaram muito o grupo na realização desse projeto. Gostaríamos de agradecer também o nosso professor Carlos F. A. Salgueirosa, que nos forneceu a base dos nossos conhecimentos em modificações do ambiente ao longo do tempo, motivando seus alunos a criarem uma visão crítica e ampla a respeito das questões ambientais e urbanas nos dias de hoje. APÊNDICE O questionário elaborado continha 8 (oito) perguntas com respostas objetivas. 1 O policiamento de Barão Geraldo te deixa: a) 0% seguro(a) (102 votos) b) 25% seguro(a) (78 votos) c) 50% seguro(a) (21 votos) d) 75% seguro(a) (3 votos) e) 100% seguro(a) (0 votos) 2 Você considera o distrito policial de Barão Geraldo: a) Suficiente para atender a demanda de ocorrências (14 votos) b) Parcialmente suficiente (141 votos) c) Totalmente insuficiente (49 votos) 3 Em sua opinião, qual seria a atitude prioritária a ser tomada nesse quesito: (escolher duas das alternativas abaixo). a) Aumentar o período de funcionamento do atual distrito policial para 24h/dia (118 votos) b) Aumentar o número de policiais ativos no distrito de Barão Geraldo (93 votos) c) Aumentar o número de rondas policiais durante o dia (48 votos) d) Fazer rondas policiais no período da noite (92 votos) e) Melhorar a iluminação de Barão Geraldo durante a noite (57 votos) 4 - Você é a favor à criação de empresas de segurança privada? a) Sim (79 votos) b) Não (125 votos) 5 - No lugar onde você mora (casa, república, apartamento...) existe a contratação de empresas de segurança privada? a) Sim (159 votos) b) Não (45 votos) 6 - Você (ou alguém próximo a você, como amigos, parentes, colegas de classe ou de trabalho...) já sofreram algum tipo de violência em Barão Geraldo? a) Sim (161 votos) b) Não (43 votos) 7 Você acha que a iluminação de Barão Geraldo influencia a ocorrência de crimes? a) Sim (73 votos) b) Não (131 votos) 8 Você acha que deveria ocorrer intervenção policial diária dentro do campus e na moradia da UNICAMP? (visto que nesses dois locais há ocorrências de criminalidade em geral) a) Sim (65 votos) b) Não (139 votos) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO, 2012, Estatísticas dos distritos policiais de Campinas, SP de Abril de 2012 SUMÁRIO DE DADOS População de Campinas e Região, 2009: 5

6 Acessado: 19 de Abril de 2012 COLETIVO DE COMUNICADORES POPULARES, 2011, Notícia sobre estupro em Barão Geraldo: Acessado: 19 de Abril de 2012 GLOBO.COM, G1, EPTV-SP 2012, publicação sobre segurança em Barão Geraldo: Acesso: 20 de Abril de 2012 BARÃO EM FOCO, 2011, site informativo do Distrito de Barão Geraldo: Disponível em: Acessado: 21 de Abril de

PESQUISA MAIORIDADE PENAL

PESQUISA MAIORIDADE PENAL PESQUISA MAIORIDADE PENAL OBJETIVOS Entender o pensamento da população do Rio sobre a redução da maioridade penal; Saber se ela é favorável a mudança das penalidades aplicadas ao menor infrator; Buscar

Leia mais

Relatório da Pessoa Idosa

Relatório da Pessoa Idosa Relatório da Pessoa Idosa 2012 O Relatório da Pessoa Idosa 2012, com base nos dados de 2011, se destina à divulgação dos dados de criminalidade contra a pessoa idosa (idade igual ou superior a 60 anos),

Leia mais

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini ASSALTO E MEDO Dihego Pansini As relações humanas têm se aprofundado cada vez mais nas últimas décadas. Nesse processo, um dos grandes desafios do ser humano moderno é aprender a lidar com as diferenças

Leia mais

CONSERVAÇÃO DOS PARQUES DA CIDADE DE CAMPINAS PEDRO HENRIQUE NALOTO & RAFAEL BRUNO MEIRELLES

CONSERVAÇÃO DOS PARQUES DA CIDADE DE CAMPINAS PEDRO HENRIQUE NALOTO & RAFAEL BRUNO MEIRELLES BE_310 CIÊNCIAS DO AMBIENTE UNICAMP ENSAIO (Turma 2012) Disponível em: http://www.ib.unicamp.br/dep_biologia_animal/be310 CONSERVAÇÃO DOS PARQUES DA CIDADE DE CAMPINAS PEDRO HENRIQUE NALOTO & RAFAEL BRUNO

Leia mais

Mobilidade Urbana Urbana

Mobilidade Urbana Urbana Mobilidade Urbana Urbana A Home Agent realizou uma pesquisa durante os meses de outubro e novembro, com moradores da Grande São Paulo sobre suas percepções e opiniões em relação à mobilidade na cidade

Leia mais

Criminalidade. Luciano Nakabashi Juliano Condi

Criminalidade. Luciano Nakabashi Juliano Condi A Associação Comercial de (ACIRP) em parceria com a FUNDACE realiza uma pesquisa de qualidade de vida na cidade de desde 2009. Essa é uma pesquisa muito importante para se que se tenha uma base confiável

Leia mais

Pesquisa revela o maior medo dos paulistas.

Pesquisa revela o maior medo dos paulistas. Pesquisa revela o maior medo dos paulistas. Pesquisa analisou o maior medo dos paulistas de acordo com seu sexo, faixa etária, estado civil, escolaridade, renda, ocupação e também por região. De acordo

Leia mais

Pesquisa de Qualidade de Vida 2015 ACIRP

Pesquisa de Qualidade de Vida 2015 ACIRP Pesquisa de Qualidade de Vida ACIRP Núcleo de Economia Qualidade de Vida Ribeirão Preto November 19, Resultados em : A Pesquisa de Qualidade de Vida da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO UMA FERRAMENTA PARA AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE PORTAL INSTITUCIONAL

MARKETING DE RELACIONAMENTO UMA FERRAMENTA PARA AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE PORTAL INSTITUCIONAL MARKETING DE RELACIONAMENTO UMA FERRAMENTA PARA AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: ESTUDO SOBRE PORTAL INSTITUCIONAL Prof. Dr. José Alberto Carvalho dos Santos Claro Mestrado em Gestão de Negócios Universidade

Leia mais

SÉRIES INDICADAS 8.º e 9.º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

SÉRIES INDICADAS 8.º e 9.º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio. SÉRIES INDICADAS 8.º e 9.º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio. RESUMO Nós, jovens brasileiros, é uma continuidade do conhecido Este jovem brasileiro, sucesso do portal por 6 edições consecutivas.

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

18 Você já foi furtado ou roubado em algum momento de sua vida, caso foi quantas vezes? ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro ( ) Não sabe

18 Você já foi furtado ou roubado em algum momento de sua vida, caso foi quantas vezes? ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro ( ) Não sabe 4 ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro 12 Você se sente seguro ao sair da sua residência à noite? ( ) Muito seguro ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro 13 Ao sair de casa costuma deixar alguém?

Leia mais

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Relatório de Pesquisa de Opinião Pública Nacional Metodologia Pesquisa de opinião pública tipo quantitativa Universo: Cadastro de pessoas do IBDD

Leia mais

34 respostas. Resumo. 1. Qual sua principal ocupação ou vínculo institucional? 2. Como tomou conhecimento desta oficina? 1 of 7 15-06-2015 17:22

34 respostas. Resumo. 1. Qual sua principal ocupação ou vínculo institucional? 2. Como tomou conhecimento desta oficina? 1 of 7 15-06-2015 17:22 opensocialsciences@gmail.com 34 respostas Publicar análise Resumo 1. Qual sua principal ocupação ou vínculo institucional? Estudante d Estudante d Professor e Professor ou Trabalho e Funcionário Profissional

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015 Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA Janeiro/2015 OBJETIVOS Objetivo Principal: Esta estudo teve como objetivo principal verificar e quantificar a opinião pública brasileira quanto ao tema Segurança

Leia mais

Empresário. Você curte moda? Gosta de cozinhar? Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço.

Empresário. Você curte moda? Gosta de cozinhar? Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço. Empresário Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço. Sophie Kinsella, Jornalista Econômica e autora Você curte moda? Gosta de cozinhar? Ou talvez apenas goste de animais?

Leia mais

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 Junho de 2010 2 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 O objetivo geral deste estudo foi investigar as percepções gerais

Leia mais

Relatório de Trabalho Estatístico Laboratório de Estatística DEST- CCE - UFES

Relatório de Trabalho Estatístico Laboratório de Estatística DEST- CCE - UFES CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA Av. Fernando Ferrari, S/N - Goiabeiras 29060-900 - Vitória ES Brasil E-mail: lestat@cce.ufes.br Fone: (27) 3352470 Fax:

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R

Leia mais

INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROVIC PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROVIC PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROVIC PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA IMPACTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO PRODUTO INTERNO BRUTO BRASILEIRO

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. 1.1 Motivação e Justificativa

1 INTRODUÇÃO. 1.1 Motivação e Justificativa 1 INTRODUÇÃO 1.1 Motivação e Justificativa A locomoção é um dos direitos básicos do cidadão. Cabe, portanto, ao poder público normalmente uma prefeitura e/ou um estado prover transporte de qualidade para

Leia mais

Começa por você! Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade?

Começa por você! Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade? Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade? CAMPANHA DE QUEM É A RESPONSABILIDADE? Início da Campanha outubro de 2009 Objetivo: Implementar a A3P e incentivar os servidores para adoção

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

Primeira Pesquisa TecnoAtiva de Segurança da Informação da Bahia e Sergipe 2006

Primeira Pesquisa TecnoAtiva de Segurança da Informação da Bahia e Sergipe 2006 Apresentamos os resultados da Primeira Pesquisa TecnoAtiva de Segurança da Informação da Bahia e Sergipe, realizada com o apoio da SUCESU-BA. O objetivo dessa pesquisa é transmitir aos gestores e ao mercado

Leia mais

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br 03 a 05 Agosto 2015 São Paulo Brasil connectedsmartcities.com.br Por que Connected Smart Cities? As grandes e modernas cidades são, talvez, as mais importantes realizações do homem, por serem responsáveis,

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

Dados de Pesquisa. Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense. Pelotas, setembro de 2009.

Dados de Pesquisa. Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense. Pelotas, setembro de 2009. Dados de Pesquisa Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense IPO - Porto Alegre RS Rua São Manoel, 239 Rio Branco - CEP 962-11 Fone: (51) 3286-6156 E-mail: ipo@ipo.inf.br IPO Pelotas - RS

Leia mais

BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES

BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES Abril/2010 2 Brasília: uma cidade, dois olhares O DataSenado, por ocasião das comemorações dos 50 anos da fundação de Brasília, realizou

Leia mais

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante Caro Estudante, O Projeto Avalie pretende conhecer melhor o perfil do estudante do Ensino Médio da Bahia, por isso a sua participação representa a garantia

Leia mais

Hábitos de Navegação na Internet: será que nossos alunos e educadores navegam com segurança na Internet no Estado da Paraíba?

Hábitos de Navegação na Internet: será que nossos alunos e educadores navegam com segurança na Internet no Estado da Paraíba? RELATÓRIO DA PESQUISA ONLINE NO ESTADO DA PARAÍBA: Hábitos de Navegação na Internet: será que nossos alunos e educadores navegam com segurança na Internet no Estado da Paraíba? REALIZAÇÃO: SaferNet Brasil

Leia mais

OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014

OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 Enquete OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 O jornal EXTRA pretende veicular na virada do ano, na edição de réveillon, os 10 PRINCIPAIS DESEJOPS

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009 1 1 Rio de Janeiro, 15/12/2010 1 PNAD 2009 Segurança Alimentar Vitimização e Educação Trabalho Rendimento Fecundidade Tecnologia da Informação etc 2 153

Leia mais

DISCIPLINA A PROBLEMÁTICA AMBIENTAL E A GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS

DISCIPLINA A PROBLEMÁTICA AMBIENTAL E A GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS CAPÍTULO 1. Atividade 1 Ligando as ideias Pág.: 5 O documento "Declaração sobre o ambiente humano" está disponível na Biblioteca Virtual da Acesse esse documento e, após realizar uma leitura atenta, identifique

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 604 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 11 e 12 de setembro de 2014, nas ruas do Centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 604 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 11 e 12 de setembro de 2014, nas ruas do Centro do Rio de Janeiro. Ingressar em um emprego mediante concurso público é ambição para muitas pessoas, isso se deve ao fato de que o salário oferecido, a estabilidade, os benefícios na maioria dos cargos é bastante superior

Leia mais

Portfólio fotográfico com o tema Unicamp Caroline Maria Manabe Universidade Estadual de Campinas Instituto de Artes

Portfólio fotográfico com o tema Unicamp Caroline Maria Manabe Universidade Estadual de Campinas Instituto de Artes Portfólio fotográfico com o tema Unicamp Caroline Maria Manabe Universidade Estadual de Campinas Instituto de Artes Introdução Como foi explicitado no Projeto de Desenvolvimento de Produto, a minha intenção

Leia mais

(Modelo de) Relatório: 1-Introdução. 2-Materiais e métodos. 3-Análise descritiva dos dados

(Modelo de) Relatório: 1-Introdução. 2-Materiais e métodos. 3-Análise descritiva dos dados (Modelo de) Relatório: 1-Introdução (Nessa seção faz-se uma apresentação/contextualização do problema e descreve-se como está organizado o relatório) Ex: Neste trabalho temos o objetivo de traçar o perfil

Leia mais

A PERSPECTIVA DOS PROFESSORES DA ESCOLA BÁSICA SOBRE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA INFANTIL

A PERSPECTIVA DOS PROFESSORES DA ESCOLA BÁSICA SOBRE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA INFANTIL A PERSPECTIVA DOS PROFESSORES DA ESCOLA BÁSICA SOBRE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA INFANTIL ZUZA, Antonio. F. G. 1 PEREIRA, Gênesis. M. 2 SILVA, Mª Daniella. O. P. 3 LUCENA, Wenner G. L. 4 Resumo O presente resumo

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ.

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. Apresentação Este relatório contém os resultados da 1ª pesquisa de Qualidade de Vida na cidade de Aracruz solicitada pela FACE. O objetivo

Leia mais

Inovação nas Médias Empresas Brasileiras

Inovação nas Médias Empresas Brasileiras Inovação nas Médias Empresas Brasileiras Prof. Fabian Salum 2012 Com o intuito de auxiliar no desenvolvimento estratégico e na compreensão da importância da inovação como um dos possíveis diferenciais

Leia mais

Proposta de publicidade

Proposta de publicidade Proposta de publicidade Olá, prezado (a) Vimos por meio deste apresentar nosso Jornal e a nossa proposta de publicidade para seu negocio ou serviço, que segue-se adiante. Informação é fundamental nos dias

Leia mais

Empresa Júnior como espaço de aprendizagem: uma análise da integração teoria/prática. Comunicação Oral Relato de Experiência

Empresa Júnior como espaço de aprendizagem: uma análise da integração teoria/prática. Comunicação Oral Relato de Experiência Empresa Júnior como espaço de aprendizagem: uma análise da integração teoria/prática Elisabete Ap. Zambelo e-mail: elisabete.zambelo@usc.br Daniel Freire e Almeida e-mail: daniel.almeida@usc.br Verônica

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar o nível de satisfação dos estudantes com relação às FATECs

Leia mais

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK O PhonePark é uma solução inovadora para estacionamentos rotativos em vias públicas, que permite a compra de créditos e utilização de estacionamento através do telefone celular

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MISSÃO DO CURSO A concepção do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas está alinhada a essas novas demandas

Leia mais

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos Bom Crédito Lembre-se de que crédito é dinheiro É. Benjamin Franklin, Político Americano e inventor quase impossível passar a vida sem pedir dinheiro emprestado. Seja algo básico como usar um cartão de

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

Situação-problema com enfoque CTS: planejamento e desenvolvimento nas escolas

Situação-problema com enfoque CTS: planejamento e desenvolvimento nas escolas Situação-problema com enfoque CTS: planejamento e desenvolvimento nas escolas A LEI SECA DISCUTIDA POR MEIO DE UMA SITUAÇÃO- PROBLEMA COM ENFOQUE CTS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Durante alguns encontros

Leia mais

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Elias S. Assayag eassayag@internext.com.br Universidade do Amazonas, Departamento de Hidráulica e Saneamento da Faculdade

Leia mais

DESIGUALDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE SALINAS MG

DESIGUALDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE SALINAS MG DESIGUALDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE SALINAS MG BRENO FURTADO LIMA 1, EDUARDO OLIVEIRA JORGE 2, FÁBIO CHAVES CLEMENTE 3, GUSTAVO ANDRADE GODOY 4, RAFAEL VILELA PEREIRA 5, ALENCAR SANTOS 6 E RÚBIA GOMES

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos Gravataí RS. Cohab B

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos Gravataí RS. Cohab B Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos Gravataí RS Cohab B Data: 29/04/2015 Pedro Lima, Gabriel Landal, Lorenzo Silveira e Leonardo Souza. Turma 101 A COHAB

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA: PRINCIPAIS DIFICULDADES DOS PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO 1

MODELAGEM MATEMÁTICA: PRINCIPAIS DIFICULDADES DOS PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO 1 MODELAGEM MATEMÁTICA: PRINCIPAIS DIFICULDADES DOS PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO 1 Resumo Claudenici Aparecida Medeiros da Silva Universidade Federal do Pará Campus de Marabá Pólo de Canaã dos Carajás nici_medeiros@hotmail.com

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Correio Braziliense Data: 03/03/2011 Seção: Diversão&arte Pág.: 2 Assunto: Ludoteca

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Correio Braziliense Data: 03/03/2011 Seção: Diversão&arte Pág.: 2 Assunto: Ludoteca Veículo: Correio Braziliense Data: 03/03/2011 Seção: Diversão&arte Pág.: 2 Assunto: Ludoteca Veículo: Jornal de Brasília Data: 03/03/2011 Seção: Brasil Pág.: 17 Assunto: Ludoteca Veículo: Jornal Alô Brasília

Leia mais

PIC. Componentes da PIC 1. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 1. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR VERSÃO PARA O PROFESSOR 9. o ano Ensino Fundamental Produção Integrada ao Conteúdo Componentes da PIC 1. o bimestre Arte Ciências Geografia A nota de PIC é a média entre a nota

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vantagens de casas e apartamentos em condomínios fechados. 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vantagens de casas e apartamentos em condomínios fechados. 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

União Geral de Trabalhadores

União Geral de Trabalhadores 2013 União Geral de Trabalhadores [Sondagem de opinião pan-europeia sobre segurança e saúde no trabalho - 2013 ] COMPILAÇÃO DE DADOS RELATIVOS A PORTUGAL Introdução O que pensam os trabalhadores portugueses

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores Os resultados da 5ª Pesquisa sobre o perfil e a área de Relações com Investidores no Brasil divulgado

Leia mais

Sumário Executivo. Amanda Reis. Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo

Sumário Executivo. Amanda Reis. Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo Comparativo entre o rendimento médio dos beneficiários de planos de saúde individuais e da população não coberta por planos de saúde regional e por faixa etária Amanda Reis Luiz Augusto Carneiro Superintendente

Leia mais

Resultados da 112ª Pesquisa CNT de Opinião

Resultados da 112ª Pesquisa CNT de Opinião Resultados da 112ª Pesquisa CNT de Opinião Brasília, 03/08/2012 A 112ª Pesquisa CNT de Opinião, realizada de 18 a 26 de Julho de 2012 e divulgada hoje (03 de Agosto de 2012) pela Confederação Nacional

Leia mais

III - PERCEPÇÃO DA LIMPEZA PÚBLICA PELA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DO NATAL

III - PERCEPÇÃO DA LIMPEZA PÚBLICA PELA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DO NATAL III - PERCEPÇÃO DA LIMPEZA PÚBLICA PELA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DO NATAL INSTITUIÇÕES: COMPANHIA DE SERVIÇOS URBANOS DE NATAL URBANA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Leia mais

Micro e Pequena Empresa: Conceito e Importância para a Economia.

Micro e Pequena Empresa: Conceito e Importância para a Economia. Micro e Pequena Empresa: Conceito e Importância para a Economia. Luiz Felipe de Oliveira Pinheiro * RESUMO O presente mini-ensaio, apresenta os desvios que envolvem o conceito de micro e pequena empresa

Leia mais

PRATICANDO EXERCÍCIOS - 2013. Colégio Santa Clara Prof. Marcos

PRATICANDO EXERCÍCIOS - 2013. Colégio Santa Clara Prof. Marcos PRATICANDO EXERCÍCIOS - 2013 Colégio Santa Clara Prof. Marcos Densidade e crescimento demográfico brasileiro (FUVEST 2011) E este mapa, por que que ele difere dos demais? a) Correlacione as informações

Leia mais

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO MULHER NO MERCADO DE TRABALHO Tâmara Freitas Barros A mulher continua a ser discriminada no mercado de trabalho. Foi o que 53,2% dos moradores da Grande Vitória afirmaram em recente pesquisa da Futura,

Leia mais

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes.

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Receba fotos e mensagens deles na TV de sua casa em tempo real e sem custo, não se preocupe mais com a distância! A festa será

Leia mais

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil. Pesquisa de opinião pública nacional

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil. Pesquisa de opinião pública nacional Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Pesquisa de opinião pública nacional P01*. Gostaria de saber se em sua cidade, os prédios públicos estão adaptados à suas necessidades como pessoa

Leia mais

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil. Pesquisa de opinião pública nacional

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil. Pesquisa de opinião pública nacional Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Pesquisa de opinião pública nacional Metodologia A população considerada é a população de pessoas com deficiência, com 16 anos, cadastradas no Instituto

Leia mais

PLANEJAMENTO URBANO E DE TRANSPORTES BASEADO EM CENÁRIO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL O CASO DE UBERLÂNDIA, MG, BRASIL

PLANEJAMENTO URBANO E DE TRANSPORTES BASEADO EM CENÁRIO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL O CASO DE UBERLÂNDIA, MG, BRASIL PLANEJAMENTO URBANO E DE TRANSPORTES BASEADO EM CENÁRIO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL O CASO DE UBERLÂNDIA, MG, BRASIL Thiago Silva Pereira José Aparecido Sorratini PLANEJAMENTO URBANO E DE TRANSPORTES BASEADO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP Alunos apontam melhorias na graduação Aumenta grau de formação dos professores e estudantes mostram que cursos possibilitam

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA

INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA Daniele Pinto Andres RESUMO Este artigo aborda uma análise das atividades realizadas na ULBRA de Guaíba sobre os cursos de informática

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2-Violência e criança

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2-Violência e criança Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 2-Violência e criança Nesta unidade, analisaremos os aspectos específicos referentes

Leia mais

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase Resumo: A pesquisa de Qualidade de Vida é organizada pela ACIRP e pela Fundace. Teve início em 2009, inspirada em outros projetos já desenvolvidos em grandes

Leia mais

Sistema integrado de análise e avalização Estatística. Todos. fr= TODO total elementos = 325

Sistema integrado de análise e avalização Estatística. Todos. fr= TODO total elementos = 325 Sistema integrado de análise e avalização Estatística Todos fr= TODO total elementos = 325 01. Qual das situações abaixo está mais de acordo para identificar a relação da família com o Colégio Barão de

Leia mais

Aprendendo a ESTUDAR. Ensino Fundamental II

Aprendendo a ESTUDAR. Ensino Fundamental II Aprendendo a ESTUDAR Ensino Fundamental II INTRODUÇÃO Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender. Paulo Freire DICAS EM AULA Cuide da

Leia mais

Reunião de regulamentação da Lei 12.841 Lei dos Desaparecidos. Deputado Federal Engº Agrº Valdir Colatto

Reunião de regulamentação da Lei 12.841 Lei dos Desaparecidos. Deputado Federal Engº Agrº Valdir Colatto Reunião de regulamentação da Lei 12.841 Lei dos Desaparecidos Deputado Federal Engº Agrº Valdir Colatto Justificativa O desaparecimento de pessoas é um problema cada vez mais grave no mundo atual, com

Leia mais

OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS

OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS EDITORIAL Bem vindos à nossa pesquisa. No Brasil desde 2000, a Michael Page foi a primeira consultoria internacional de recrutamento

Leia mais

QFD: Quality Function Deployment QFD: CASA DA QUALIDADE - PASSO A PASSO

QFD: Quality Function Deployment QFD: CASA DA QUALIDADE - PASSO A PASSO QFD: CASA DA QUALIDADE - PASSO A PASSO 1 - INTRODUÇÃO Segundo Akao (1990), QFD é a conversão dos requisitos do consumidor em características de qualidade do produto e o desenvolvimento da qualidade de

Leia mais

Aspectos Metodológicos dos Relatórios por tribunal do Censo do Poder Judiciário

Aspectos Metodológicos dos Relatórios por tribunal do Censo do Poder Judiciário Aspectos Metodológicos dos Relatórios por tribunal do Censo do Poder Judiciário Os relatórios por tribunal apresentam as principais informações disponíveis no Censo do Poder Judiciário. Cada relatório

Leia mais

1. Seu município enfrenta problemas com a seca? 44 Sim... 86% 7 Não... 14%

1. Seu município enfrenta problemas com a seca? 44 Sim... 86% 7 Não... 14% O CASO DE SERGIPE O Estado de Sergipe tem uma área territorial de pouco mais de 21 mil de km² e é o menor estado brasileiro em dimensões territoriais, correspondente a 0,26% do tamanho do Brasil, e 1,42%

Leia mais

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Apresentação A sondagem Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário 2012 Fase 2 apresenta a visão do empresário do transporte

Leia mais

Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013

Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013 Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013 Centro de Políticas Públicas (CPP) Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa São Paulo, 2013 CPP-Insper Vitimização em São Paulo: 2003 2013 Centro

Leia mais

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 A ascensão dos Revolucionários de Conteúdo: uma análise minuciosa sobre os principais usuários que consomem conteúdo no LinkedIn e como os profissionais

Leia mais

Apresentação dos convidados e do moderador. Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim.

Apresentação dos convidados e do moderador. Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim. PESQUISA SEGUROS ROTEIRO 1. Abertura da reunião Apresentação dos convidados e do moderador 2. Aquecimento Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim. Está dando para viver? 3. Valores (espontâneo)

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

Introdução. O que é um survey? Projeto de Surveys. Tópicos Especiais em E.S.: Surveys. Cleidson de Souza. representatividade de amostras;

Introdução. O que é um survey? Projeto de Surveys. Tópicos Especiais em E.S.: Surveys. Cleidson de Souza. representatividade de amostras; Introdução Tópicos Especiais em E.S.: Surveys Cleidson de Souza LABES - DI - UFPA cdesouza@ufpa.br! Um dos principais exemplos de pesquisa empírica:! Pesquisas de votos;! Pesquisas de opinião pública;!

Leia mais

Relatório da CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Pesquisa com os Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Relatório da CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Pesquisa com os Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Relatório da CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Pesquisa com os Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos A presente pesquisa foi realizada em junho de 2011, no Campus

Leia mais

PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON

PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON PERCEPÇÕES E REAÇÕES DA SOCIEDADE SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER 2009 PARCERIAS INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO Planejamento e supervisão da pesquisa IBOPE INTELIGÊNCIA Campo

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO PROFESSOR. 01. Você já acessou a página www.educacaoanguera.ba.gov.br? O que achou? Tem sugestões a apresentar?.........

QUESTIONÁRIO DO PROFESSOR. 01. Você já acessou a página www.educacaoanguera.ba.gov.br? O que achou? Tem sugestões a apresentar?......... ESCOLA: PROFESOR (A): TURNO: ( )M ( )V TURMA: ( )SERIADA ( )MULTISERIADA QUESTIONÁRIO DO PROFESSOR TECNOLOGIA 01. Você já acessou a página www.educacaoanguera.ba.gov.br? O que achou? Tem sugestões a apresentar?

Leia mais

Cuidados com o corpo

Cuidados com o corpo Cuidados com o corpo Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem por cento

Leia mais

Os benefícios da ce ISO 14001

Os benefícios da ce ISO 14001 Pesquisa Os benefícios da ce ISO 14001 A Revista BANAS QUALIDADE e a Destaque Pesquisa e Marketing realizaram um estudo para medir o grau de satisfação da implementação da certificação ISO 14001. Confira

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL COMISSÃO PERMANENTE DO PROCESSO SELETIVO DÚVIDAS FREQUENTES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL COMISSÃO PERMANENTE DO PROCESSO SELETIVO DÚVIDAS FREQUENTES DÚVIDAS FREQUENTES A UFFS abre mais de um Processo Seletivo no mesmo ano? Não. Há apenas um Processo Seletivo por ano. Nele, você pode optar por cursos que começam no primeiro ou no segundo semestre, mas

Leia mais

Teoria Geral da Administração II

Teoria Geral da Administração II Teoria Geral da Administração II Livro Básico: Idalberto Chiavenato. Introdução à Teoria Geral da Administração. 7a. Edição, Editora Campus. Material disponível no site: www..justocantins.com.br 1. EMENTA

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMEÇA NA ESCOLA: COMO O LIXO VIRA BRINQUEDO NA REDE PÚBLICA EM JUAZEIRO DO NORTE, NO SEMIÁRIDO CEARENSE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMEÇA NA ESCOLA: COMO O LIXO VIRA BRINQUEDO NA REDE PÚBLICA EM JUAZEIRO DO NORTE, NO SEMIÁRIDO CEARENSE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMEÇA NA ESCOLA: COMO O LIXO VIRA BRINQUEDO NA REDE PÚBLICA EM JUAZEIRO DO NORTE, NO SEMIÁRIDO CEARENSE Emmanuelle Monike Silva Feitosa 1 Celme Torres Ferreira da Costa 2 Niraldo Muniz

Leia mais

Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing

Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing Conteúdo A chegada da internet e a mudança no comportamento das pessoas Novo modelo de concorrência

Leia mais

CENÁRIO BRASILEIRO DO MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Atitudes e comportamento do consumidor

CENÁRIO BRASILEIRO DO MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Atitudes e comportamento do consumidor CENÁRIO BRASILEIRO DO MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Atitudes e comportamento do consumidor 2º Seminário Internacional de Marketing Relacionado a Causas 27 de setembro de 2005 1 O que pensa consumidor

Leia mais

CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES, RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES. 1. Conclusões e Recomendações

CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES, RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES. 1. Conclusões e Recomendações 153 CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES, RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES 1. Conclusões e Recomendações Um Estudo de Caso, como foi salientado no capítulo Metodologia deste estudo, traz à baila muitas informações sobre uma

Leia mais