A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO"

Transcrição

1 BE_310 CIÊNCIAS DO AMBIENTE UNICAMP ESTUDO (Turma 2012) Disponível em: A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA E INFRAESTRUTURA (LIGADA AO QUESITO DE SEGURANÇA) DESENVOLVIDA EM BARÃO GERALDO FERNANDO HIDEKI OKADA 1, JOÃO PEDRO G. A. FERNANDES 1 & LAURA DE L. LOURENÇO 1 1 Curso de Graduação Faculdade de Engenharia Mecânica/UNICAMP * dos autores correspondentes: e RESUMO: O setor de segurança de uma cidade é sempre um fator preocupante. Em Barão Geraldo onde a população é predominantemente de estudantes o alto índice de criminalidade registrado e reportado pela mídia têm se configurado como um ponto crítico na visão de seus moradores, que cada vez mais se refugiam em suas residências como forma de se proteger de uma possível falta de planejamento público na área de segurança nesse distrito de Campinas. O objetivo desse projeto é verificar se Barão Geraldo necessita de um distrito policial funcionando 24h/dia. Analisaremos isso por meio de dados obtidos com uma pesquisa realizada com moradores desse distrito, associada com dados estatísticos obtidos na Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo. Os resultados obtidos mostram que, apesar de não conseguir provas estatisticamente por meio dos dados da Secretaria de Segurança Pública, que Barão Geraldo necessita de um distrito policial funcionando 24 horas por dia, os moradores não se mostraram seguros e confortáveis com a situação do distrito, o que é evidenciado pelo alto percentual de residências que confiam sua segurança a empresas privadas. Barão Geraldo é um distrito localizado a cerca de 10 km do centro da cidade de Campinas. No ano de 1970, como afirma o jornal Diário do Povo de 14 de setembro de 1975, possuía uma população de cerca de 10 mil habitantes, sendo que havia habitantes na área urbana e o restante na rural. Hoje conta com mais de 70 bairros e quase 70 mil habitantes. (bibliograf) É um distrito que possui intensa atividade universitária, tendo seu crescimento diretamente ligado com a presença de faculdades, universidades e centros de pesquisas. Mas também conta com alto número de famílias, que encontraram lá oportunidades para desenvolver suas atividades econômicas e sustento de suas famílias. Porém, esse crescimento exagerado não foi acompanhado por algumas políticas de apoio à infraestrutura local. Uma das maiores preocupações atuais é no quesito de segurança pública. No distrito de Barão Geraldo, cuja população é predominantemente de estudantes, esse setor começou a se destacar de forma negativa. Os estudantes se tornaram alvos fáceis de assaltantes e sequestradores, muitas vezes por conta de andar a pé no período da noite, possuírem eletrônicos caros como notebooks, celulares. A falta de policiamento está apenas contribuindo para o aumento das estatísticas. A maior parte dos assaltos ocorre

2 nos horários da noite, e para que seja possível fazer um boletim de ocorrência é necessário que se vá até o Distrito Policial do Taquaral (4º DP), já que o de Barão tem horário de funcionamento que se encerra às 18h. Devido a esses fatores, verificaremos empírica e estatisticamente se os moradores de Barão Geraldo se sentem suficientemente protegidos pelo distrito policial atual; se concordam com a criação de empresas de segurança privada para suprir a falta de policiamento; se há a necessidade da implantação de um distrito policial com funcionamento 24horas por dia e uma maior frota de viaturas fazendo rondas pelo distrito; se os moradores são favoráveis à intervenção policial dentro do campus, visto que parte dos índices de criminalidade de Barão Geraldo ocorre dentro da Universidade, e se os altos índices de criminalidade no distrito têm relação direta com a precária infraestrutura do mesmo, tal qual uma iluminação insuficiente e alto número de terrenos baldios, por exemplo. Primeiramente, foi acessado o banco de dados no site da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, onde há o número e o tipo de boletins de ocorrência registrados em cada distrito policial da cidade de Campinas. Com essas informações, foi possível realizar uma análise comparativa entre o distrito policial de Barão Geraldo e outros distritos policiais da cidade, identificando os principais pontos críticos desses registros para o grupo elaborar uma abordagem mais direta e eficiente com os moradores sobre o assunto em questão. Depois disso, foi criado um questionário de respostas rápidas e objetivas, contando com 8 (oito) perguntas, com a intenção de revelar a opinião dos moradores do distrito a respeito da segurança em Barão Geraldo. Essa pesquisa de campo foi realizada na saída do Restaurante Universitário (RU) da Unicamp (entre os dias 11 a 15 de Junho), lugar com alto fluxo de alunos. Porém, para a obtenção de dados não viciados na pesquisa e realizar uma análise mais ampla da situação, também entrevistamos alguns funcionários e professores da Unicamp, bem como moradores sem vínculo direto com a universidade, tanto na Cidade Universitária I como na Cidade Universidade II. No total, obtivemos 204 votos que foram computados para a análise e discussão dos dados obtidos pelo grupo. Os entrevistados eram abordados pelos integrantes do grupo, que realizavam uma espécie de entrevista rápida com duração de no máximo 5 minutos, anotando as respostas de cada um (o modelo do questionário elaborado pelo grupo, juntamente com o número de votos obtidos por alternativa, encontra-se no Apêndice deste artigo). Para verificar se Barão Geraldo necessita mesmo de um distrito policial com funcionamento de 24 horas por dia, compararam-se os dados do 7º DP de Barão Geraldo com os do 1º DP (Centro de Campinas), do 4º DP (Taquaral), do 5º DP (Zona Sul de Campinas) e do 9º DP (Jd. Aeroporto), que funcionam integralmente. Dentre todos os dados presentes no site da Secretaria de Segurança Pública, destacamos os números mais relevantes referentes ao ano de 2011: ocorrências, homicídio doloso, lesão corporal dolosa, lesão corporal dolosa por acidente de carro, roubo, roubo de veículo, furto e furto de veículo. Para facilitar 2

3 a análise, foi organizada uma tabela com esses dados em formato percentual, ou seja, para cada um dos tipos de ocorrência, o número registrado em cada DP dividido pelo total na cidade de Campinas, e multiplicado por cem. Tabela 1: Tabela comparativa dos tipos de ocorrência nos distritos policiais de Campinas 1º DP 4º DP 5º DP 7º DP 9º DP Nº de Boletins de Ocorrência Homicídio Doloso (%) 4,42 6,85 7,53 5,48 20,55 Lesão Corporal Dolosa (%) 8,56 6,93 2,87 1,41 2,76 Lesão Corporal Culposa por Acidente de Carro (%) 12,00 12,52 9,28 5,32 7,53 Roubo (%) 20,02 12,21 5,44 5,34 9,35 Roubo de Veículo (%) 6,78 15,78 6,90 5,64 6,92 Furto (%) 28,32 12,97 6,00 6,79 5,23 Furto de Veículos (%) 18,29 16,12 8,21 3,22 7,53 De acordo com a tabela, percebe-se que o número de ocorrências no 7º DP de Barão Geraldo é muito inferior aos valores do 1º DP e do 4º DP, localizados no centro de Campinas e no Taquaral, respectivamente. Sendo assim, só faz sentido compará-lo com o 5º DP e 9º DP. Ao comparar com o 9º DP, percebe-se que a diferença da maioria das quantidades percentuais de ocorrências não é muito grande, o que indicaria que Barão Geraldo, assim como o Jardim Aeroporto, também necessita de um DP que funciona 24 horas. Porém, o valor percentual de homicídio doloso é discrepante (20,55% contra 5,48%), e supera até os DP do Centro (4,42%) e do Taquaral (6,85%), o que faz com que o bairro Jardim Aeroporto seja considerado um dos mais perigosos de Campinas. Apesar de possuir valores um pouco superiores no 5º DP, o percentual de grande parte dos dados comparados não possuem grande diferença significativa. Além disso, como o 7º DP funciona apenas até às 18 h, as ocorrências que ocorrem no período em que está fechado são feitas na DP do Taquaral, ou seja, parte das ocorrências de Barão Geraldo são registradas no 4º DP. Isso indica que a região do 5º DP e Barão Geraldo possuem dados muito próximos, o que qualifica o 7º DP à funcionar 24 horas por dia. Portanto, o 7º DP de Barão Geraldo, ao ser comparado com os quatro distritos policiais que funcionam integralmente, tem números que podem ser equiparados com apenas um deles, o que não comprova inteiramente a necessidade de um DP funcionando o dia todo, levando em conta que pode haver diferenças nas regiões que justifiquem as diferentes políticas de segurança. Embora o estudo dos dados obtidos no site da Secretaria de Segurança Pública não confirme a necessidade de um distrito policial funcionando 24 horas por dia, o grupo realizou uma pesquisa com 204 moradores da região, com perguntas sobre o quão satisfeito se encontram os moradores do distrito em relação à segurança, e se veem a necessidade da criação de um departamento policial de 24h de 3

4 funcionamento. As perguntas, que se encontram no apêndice, mostram de forma empírica que a maioria dos entrevistados se encontra insatisfeitos com a delegacia de Barão, como pode ser notado no gráfico: Gráfico 1: Grau de segurança dos moradores de Barão Geraldo de acordo com a pesquisa. O policiamento de Barão Geraldo te deixa? Os entrevistados acreditam que para melhorar a segurança é necessário o aumento da carga horária de funcionamento da 7º DP, e optaram que para melhorar a segurança, um aumento do número de policiais e de rondas seria satisfatório. Poucos dos entrevistados presumem que a melhoria da iluminação das ruas de Barão Geraldo poderia melhorar a situação. Gráfico 2: Medidas prioritárias para melhorar a segurança de Barão Geraldo de acordo com moradores, Qual a atitude prioritária a ser tomada para melhorar a segurança de Barão Geraldo? A pesquisa também revela que, devido à baixa qualidade do departamento de segurança, a maioria dos moradores de Barão tem a necessidade de contratar uma empresa privada de segurança para tentar amenizar a quantidade de roubos as residências, mesmo sendo a maioria contra a criação/contratação dessas empresas. Ainda que ocorram roubos e furtos dentro da Unicamp, os entrevistados excluem a ideia da presença de policiais dentro da universidade e na moradia. Concluindo, mesmo não conseguindo provar por meio dos dados da Secretaria de Segurança Pública que Barão Geraldo necessita de um distrito policial funcionando 24 horas por dia já que os que funcionam integralmente possuem número de ocorrências relativamente maiores os moradores não se mostraram seguros e confortáveis com a situação do distrito, o que é evidenciado pelo alto percentual de residências que confiam sua segurança a empresas privadas. AGRADECIMENTOS: O grupo Selva de Pedra gostaria de agradecer encarecidamente a todos os alunos, professores e funcionários da UNICAMP (bem como alguns moradores de Barão Geraldo que não possuem vínculo direto com essa Universidade) que responderam com seriedade e comprometimento ao 4

5 questionário montado, dedicando alguns minutos de seu tempo para responder simples perguntas, mas que ajudaram muito o grupo na realização desse projeto. Gostaríamos de agradecer também o nosso professor Carlos F. A. Salgueirosa, que nos forneceu a base dos nossos conhecimentos em modificações do ambiente ao longo do tempo, motivando seus alunos a criarem uma visão crítica e ampla a respeito das questões ambientais e urbanas nos dias de hoje. APÊNDICE O questionário elaborado continha 8 (oito) perguntas com respostas objetivas. 1 O policiamento de Barão Geraldo te deixa: a) 0% seguro(a) (102 votos) b) 25% seguro(a) (78 votos) c) 50% seguro(a) (21 votos) d) 75% seguro(a) (3 votos) e) 100% seguro(a) (0 votos) 2 Você considera o distrito policial de Barão Geraldo: a) Suficiente para atender a demanda de ocorrências (14 votos) b) Parcialmente suficiente (141 votos) c) Totalmente insuficiente (49 votos) 3 Em sua opinião, qual seria a atitude prioritária a ser tomada nesse quesito: (escolher duas das alternativas abaixo). a) Aumentar o período de funcionamento do atual distrito policial para 24h/dia (118 votos) b) Aumentar o número de policiais ativos no distrito de Barão Geraldo (93 votos) c) Aumentar o número de rondas policiais durante o dia (48 votos) d) Fazer rondas policiais no período da noite (92 votos) e) Melhorar a iluminação de Barão Geraldo durante a noite (57 votos) 4 - Você é a favor à criação de empresas de segurança privada? a) Sim (79 votos) b) Não (125 votos) 5 - No lugar onde você mora (casa, república, apartamento...) existe a contratação de empresas de segurança privada? a) Sim (159 votos) b) Não (45 votos) 6 - Você (ou alguém próximo a você, como amigos, parentes, colegas de classe ou de trabalho...) já sofreram algum tipo de violência em Barão Geraldo? a) Sim (161 votos) b) Não (43 votos) 7 Você acha que a iluminação de Barão Geraldo influencia a ocorrência de crimes? a) Sim (73 votos) b) Não (131 votos) 8 Você acha que deveria ocorrer intervenção policial diária dentro do campus e na moradia da UNICAMP? (visto que nesses dois locais há ocorrências de criminalidade em geral) a) Sim (65 votos) b) Não (139 votos) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO, 2012, Estatísticas dos distritos policiais de Campinas, SP de Abril de 2012 SUMÁRIO DE DADOS População de Campinas e Região, 2009: 5

6 Acessado: 19 de Abril de 2012 COLETIVO DE COMUNICADORES POPULARES, 2011, Notícia sobre estupro em Barão Geraldo: Acessado: 19 de Abril de 2012 GLOBO.COM, G1, EPTV-SP 2012, publicação sobre segurança em Barão Geraldo: Acesso: 20 de Abril de 2012 BARÃO EM FOCO, 2011, site informativo do Distrito de Barão Geraldo: Disponível em: Acessado: 21 de Abril de

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini ASSALTO E MEDO Dihego Pansini As relações humanas têm se aprofundado cada vez mais nas últimas décadas. Nesse processo, um dos grandes desafios do ser humano moderno é aprender a lidar com as diferenças

Leia mais

PESQUISA MAIORIDADE PENAL

PESQUISA MAIORIDADE PENAL PESQUISA MAIORIDADE PENAL OBJETIVOS Entender o pensamento da população do Rio sobre a redução da maioridade penal; Saber se ela é favorável a mudança das penalidades aplicadas ao menor infrator; Buscar

Leia mais

Relatório da Pessoa Idosa

Relatório da Pessoa Idosa Relatório da Pessoa Idosa 2012 O Relatório da Pessoa Idosa 2012, com base nos dados de 2011, se destina à divulgação dos dados de criminalidade contra a pessoa idosa (idade igual ou superior a 60 anos),

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ.

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. Apresentação Este relatório contém os resultados da 1ª pesquisa de Qualidade de Vida na cidade de Aracruz solicitada pela FACE. O objetivo

Leia mais

18 Você já foi furtado ou roubado em algum momento de sua vida, caso foi quantas vezes? ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro ( ) Não sabe

18 Você já foi furtado ou roubado em algum momento de sua vida, caso foi quantas vezes? ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro ( ) Não sabe 4 ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro 12 Você se sente seguro ao sair da sua residência à noite? ( ) Muito seguro ( ) Seguro ( ) Pouco seguro ( ) Nada seguro 13 Ao sair de casa costuma deixar alguém?

Leia mais

Condomínios mais Seguros

Condomínios mais Seguros Condomínios mais Seguros Palestra ministrada pelo Capitão Yasui Comandante da 2ª Companhia do 49º Batalhão de Polícia Militar. 13/04/2011 Formulado por um grupo de trabalho composto por policiais civis

Leia mais

consulta participativa de opinião

consulta participativa de opinião consulta participativa de opinião Interesses e perspectivas dos jovens da Brasilândia, Cachoeirinha e Freguesia do Ó CONSULTA PARTICIPATIVA DE OPINIÃO: INTERESSES E PERSPECTIVAS DOS JOVENS DA BRASILÂNDIA,

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar o nível de satisfação dos estudantes com relação às FATECs

Leia mais

Programa de Bolsa de Iniciação à Gestão - BIG 2014 Repúblicas Unifesp Diadema. Levantamento Moradias Estudantis UNIFESP - Campus Diadema

Programa de Bolsa de Iniciação à Gestão - BIG 2014 Repúblicas Unifesp Diadema. Levantamento Moradias Estudantis UNIFESP - Campus Diadema Levantamento Moradias Estudantis UNIFESP - Campus Diadema REALIZAÇÃO: APOIO: REALIZAÇÃO Adriana Rosa da Silva Rodrigues - Enfermeira do Núcleo de Apoio ao Estudante - NAE. Érika Correia Silva - Psicóloga

Leia mais

Introdução. O que é um survey? Projeto de Surveys. Tópicos Especiais em E.S.: Surveys. Cleidson de Souza. representatividade de amostras;

Introdução. O que é um survey? Projeto de Surveys. Tópicos Especiais em E.S.: Surveys. Cleidson de Souza. representatividade de amostras; Introdução Tópicos Especiais em E.S.: Surveys Cleidson de Souza LABES - DI - UFPA cdesouza@ufpa.br! Um dos principais exemplos de pesquisa empírica:! Pesquisas de votos;! Pesquisas de opinião pública;!

Leia mais

Criminalidade. Luciano Nakabashi Juliano Condi

Criminalidade. Luciano Nakabashi Juliano Condi A Associação Comercial de (ACIRP) em parceria com a FUNDACE realiza uma pesquisa de qualidade de vida na cidade de desde 2009. Essa é uma pesquisa muito importante para se que se tenha uma base confiável

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009 1 1 Rio de Janeiro, 15/12/2010 1 PNAD 2009 Segurança Alimentar Vitimização e Educação Trabalho Rendimento Fecundidade Tecnologia da Informação etc 2 153

Leia mais

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Nota Técnica 232 2014 Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Max Ernani Borges De Paula Banco de dados de vítimas dos acidentes de trânsito fatais A Companhia de Engenharia de Tráfego realiza

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015 Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA Janeiro/2015 OBJETIVOS Objetivo Principal: Esta estudo teve como objetivo principal verificar e quantificar a opinião pública brasileira quanto ao tema Segurança

Leia mais

! Pesquisas de votos; ! Serviços de qualidade; ! Pesquisas de opinião pública; ! Em quem você vai votar em Outubro?

! Pesquisas de votos; ! Serviços de qualidade; ! Pesquisas de opinião pública; ! Em quem você vai votar em Outubro? Introdução Tópicos Especiais em E.S.: Surveys Cleidson de Souza LABES - DI - UFPA cdesouza@ufpa.br! Um dos principais exemplos de pesquisa empírica:! Pesquisas de votos;! Serviços de qualidade;! Pesquisas

Leia mais

OS PADRÕES DE MOBILIDADE DAS MÃES DE FAMÍLIAS.

OS PADRÕES DE MOBILIDADE DAS MÃES DE FAMÍLIAS. OS PADRÕES DE MOBILIDADE DAS MÃES DE FAMÍLIAS. Silva, Ligia M. da (1) ; Marchi, Maria Eugenia V. (1) ; Granja, Rafael C. (1) ; Waisman, J. (2) Escola Politécnica da USP, Av. Prof. Almeida Prado Travessa

Leia mais

Pesquisa de Qualidade de Vida 2015 ACIRP

Pesquisa de Qualidade de Vida 2015 ACIRP Pesquisa de Qualidade de Vida ACIRP Núcleo de Economia Qualidade de Vida Ribeirão Preto November 19, Resultados em : A Pesquisa de Qualidade de Vida da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto

Leia mais

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação Pesquisa Semesp 2009 Índice de Imagem e Reputação Uma ferramenta estratégica para a qualidade de mercado Desvendar qual é a real percepção de seus públicos estratégicos com relação à atuação das instituições

Leia mais

REDUÇÃO DE ROUBOS: DESAFIO PARA A SEGURANÇA PÚBLICA

REDUÇÃO DE ROUBOS: DESAFIO PARA A SEGURANÇA PÚBLICA REDUÇÃO DE ROUBOS: DESAFIO PARA A SEGURANÇA PÚBLICA Definição do crime de roubo Art. 157 Código Penal - ROUBO: Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência à

Leia mais

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2014 1º fase

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2014 1º fase Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 1º fase Resumo: A pesquisa de Qualidade de Vida é organizada pela ACIRP e pela Fundace. Teve início em 2009, inspirada em outros projetos já desenvolvidos em grandes

Leia mais

Densidade de ocorrências de mortes violentas

Densidade de ocorrências de mortes violentas de mortes violentas Temporalidade e espaços dos homicídios dolosos na capital paulista Sérgio Adorno* No Município de São Paulo, a distribuição de ocorrências de homicídio doloso, segundo o período do

Leia mais

Relatório de Trabalho Estatístico Laboratório de Estatística DEST- CCE - UFES

Relatório de Trabalho Estatístico Laboratório de Estatística DEST- CCE - UFES CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA Av. Fernando Ferrari, S/N - Goiabeiras 29060-900 - Vitória ES Brasil E-mail: lestat@cce.ufes.br Fone: (27) 3352470 Fax:

Leia mais

CONSERVAÇÃO DOS PARQUES DA CIDADE DE CAMPINAS PEDRO HENRIQUE NALOTO & RAFAEL BRUNO MEIRELLES

CONSERVAÇÃO DOS PARQUES DA CIDADE DE CAMPINAS PEDRO HENRIQUE NALOTO & RAFAEL BRUNO MEIRELLES BE_310 CIÊNCIAS DO AMBIENTE UNICAMP ENSAIO (Turma 2012) Disponível em: http://www.ib.unicamp.br/dep_biologia_animal/be310 CONSERVAÇÃO DOS PARQUES DA CIDADE DE CAMPINAS PEDRO HENRIQUE NALOTO & RAFAEL BRUNO

Leia mais

Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013

Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013 Relatório da Pesquisa de Vitimização em São Paulo 2003-2013 Centro de Políticas Públicas (CPP) Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa São Paulo, 2013 CPP-Insper Vitimização em São Paulo: 2003 2013 Centro

Leia mais

INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROVIC PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROVIC PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROVIC PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA IMPACTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO PRODUTO INTERNO BRUTO BRASILEIRO

Leia mais

Enquete. Dia dos Professores

Enquete. Dia dos Professores Enquete Dia dos Professores No dia 15 de outubro será comemorado o dia do professor. Muito se fala que a profissão, apesar de muito importante, perdeu seu glamour e prestígio, sendo incapaz de atrair a

Leia mais

Metodologia. Resultados

Metodologia. Resultados ENCONTRO INTERNACIONAL PARTICIPAÇÃO, DEMOCRACIA E POLÍTICAS PÚBLICAS: APROXIMANDO AGENDAS E AGENTES UNESP SP 23 a 25 de abril de 2013, UNESP, Araraquara (SP) AGENTES SOCIAIS E A PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 128ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 21/07/2015 A 128ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 12 a 16 de julho de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho

Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho SEMINFO/UFS/ITA 2012 Leonardo Nogueira Matos Outubro de 2012 Leonardo Nogueira Matos (DCOMP/UFS) Perfil do egresso dos cursos de

Leia mais

Começa por você! Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade?

Começa por você! Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade? Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade? CAMPANHA DE QUEM É A RESPONSABILIDADE? Início da Campanha outubro de 2009 Objetivo: Implementar a A3P e incentivar os servidores para adoção

Leia mais

Índice de Percepção da Presença do Estado

Índice de Percepção da Presença do Estado Índice de Percepção da Presença do Estado IBRE e CPDOC Rio de Janeiro, 21 de Junho de 2010. Objetivo O objetivo principal é desenvolver um índice que mensure a percepção da presença do Estado na sociedade

Leia mais

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Relatório de Pesquisa de Opinião Pública Nacional Metodologia Pesquisa de opinião pública tipo quantitativa Universo: Cadastro de pessoas do IBDD

Leia mais

PROJETO BRA/04/029. Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* MAPEAMENTO DE

PROJETO BRA/04/029. Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* MAPEAMENTO DE PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* MAPEAMENTO DE Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br até o dia 20 de dezembro de 2015.

Leia mais

LEVS Laboratório de Estudos da Violência e Segurança da UNESP Reflexão acadêmica e instrumento de política pública de segurança

LEVS Laboratório de Estudos da Violência e Segurança da UNESP Reflexão acadêmica e instrumento de política pública de segurança LEVS Laboratório de Estudos da Violência e Segurança da UNESP Reflexão acadêmica e instrumento de política pública de segurança (espaço coletivo de consulta e interação global através de um web site) www.levs.marilia.unesp.br

Leia mais

Dados de Pesquisa. Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense. Pelotas, setembro de 2009.

Dados de Pesquisa. Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense. Pelotas, setembro de 2009. Dados de Pesquisa Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense IPO - Porto Alegre RS Rua São Manoel, 239 Rio Branco - CEP 962-11 Fone: (51) 3286-6156 E-mail: ipo@ipo.inf.br IPO Pelotas - RS

Leia mais

DESIGUALDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE SALINAS MG

DESIGUALDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE SALINAS MG DESIGUALDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE SALINAS MG BRENO FURTADO LIMA 1, EDUARDO OLIVEIRA JORGE 2, FÁBIO CHAVES CLEMENTE 3, GUSTAVO ANDRADE GODOY 4, RAFAEL VILELA PEREIRA 5, ALENCAR SANTOS 6 E RÚBIA GOMES

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E DO CONTRÁRIO GENTILEZA GERA GENTILEZA

VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E DO CONTRÁRIO GENTILEZA GERA GENTILEZA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL CALDAS JUNIOR SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NOVO HAMBURGO VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA E DO CONTRÁRIO GENTILEZA GERA GENTILEZA Professoras: Jane Engel Correa Patrícia

Leia mais

PROJETO Manifestações de Março/2015

PROJETO Manifestações de Março/2015 PROJETO Manifestações de Março/2015 NOTA METODOLÓGICA Tipo de pesquisa: Quantitativa, realizada face a face, com aplicação de questionário estruturado, de cerca de 10 minutos de duração, composto por questões

Leia mais

O Policiamento Comunitário como Mecanismo de Promoção da Cidadania no Rio de Janeiro

O Policiamento Comunitário como Mecanismo de Promoção da Cidadania no Rio de Janeiro O Policiamento Comunitário como Mecanismo de Promoção da Cidadania no Rio de Janeiro Aluno: Gabriel Ferreira de Carvalho gabriel_fc.90@hotmail.com Orientador: Dr. Augusto César Pinheiro da Silva augustoc@puc-rio.br

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

Alex Maciel Gonzaga, Sean Conney Vieira da SILVA, & Flávia Pereira da SILVA

Alex Maciel Gonzaga, Sean Conney Vieira da SILVA, & Flávia Pereira da SILVA 1 QUALIDADE DA COLETA E A NECESSIDADE DE UMA CONSCIÊNCIA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE GOIANA Alex Maciel Gonzaga, Sean Conney Vieira da SILVA, & Flávia Pereira da SILVA RESUMO O consumismo da

Leia mais

COLETA DE DADOS. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo

COLETA DE DADOS. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo COLETA DE DADOS Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo Instrumentos de coleta de dados: Questionários Entrevistas Observação Questionário: É um instrumento que permite

Leia mais

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 RECURSOS HUMANOS EM UMA ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR COM PERSPECTIVA DE DESENVOLVIVENTO DO CLIMA ORGANIZACONAL: O CASO DO HOSPITAL WILSON ROSADO EM MOSSORÓ RN

Leia mais

MÍDIA E VIOLÊNCIA COMO OS JORNAIS RETRATAM A VIOLÊNCIA E A SEGURANÇA PÚBLICA NA BAIXADA FLUMINENSE. Silvia Ramos

MÍDIA E VIOLÊNCIA COMO OS JORNAIS RETRATAM A VIOLÊNCIA E A SEGURANÇA PÚBLICA NA BAIXADA FLUMINENSE. Silvia Ramos MÍDIA E VIOLÊNCIA COMO OS JORNAIS RETRATAM A VIOLÊNCIA E A SEGURANÇA PÚBLICA NA BAIXADA FLUMINENSE Silvia Ramos A pesquisa mídia e violência O Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

SEGURANÇA MUNICIPAL EM GUARULHOS DIAGNÓSTICO E PROJETOS

SEGURANÇA MUNICIPAL EM GUARULHOS DIAGNÓSTICO E PROJETOS SEGURANÇA MUNICIPAL EM GUARULHOS DIAGNÓSTICO E PROJETOS INTRODUÇÃO PROPOSTA ELABORAÇÃO DE UM DIAGNÓSTICO REALISTA. MATERIAL ESTATÍSTICAS, MAPEAMENTO DO CRIME MAPEAMENTO DA CONDIÇÃO SOCIAL ENTREVISTAS COM

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON

PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON PERCEPÇÕES E REAÇÕES DA SOCIEDADE SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER 2009 PARCERIAS INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO Planejamento e supervisão da pesquisa IBOPE INTELIGÊNCIA Campo

Leia mais

Lista de exercícios sobre cálculo de probabilidades, axiomas, propriedades, teorema da probabilidade total e teorema de Bayes (com respostas)

Lista de exercícios sobre cálculo de probabilidades, axiomas, propriedades, teorema da probabilidade total e teorema de Bayes (com respostas) Lista de exercícios sobre cálculo de probabilidades, axiomas, propriedades, teorema da probabilidade total e teorema de Bayes (com respostas) 1. Quais dos valores abaixo não podem ser probabilidades? 0,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil CONSELHO DE CLASSE A visão dos professores sobre educação no Brasil INTRODUÇÃO Especificações Técnicas Data do Campo 19/06 a 14/10 de 2014 Metodologia Técnica de coleta de dados Abrangência geográfica

Leia mais

LEVANTAMENTO DEMOGRÁFICO E ESTUDO DA QUALIDADE DE VIDA COMO SUBSIDIO A GESTÃO TERRITORIAL EM FRANCISCO BELTRÃO ESTADO DO PARANÁ BRASIL

LEVANTAMENTO DEMOGRÁFICO E ESTUDO DA QUALIDADE DE VIDA COMO SUBSIDIO A GESTÃO TERRITORIAL EM FRANCISCO BELTRÃO ESTADO DO PARANÁ BRASIL LEVANTAMENTO DEMOGRÁFICO E ESTUDO DA QUALIDADE DE VIDA COMO SUBSIDIO A GESTÃO TERRITORIAL EM FRANCISCO BELTRÃO ESTADO DO PARANÁ BRASIL José Francisco de Gois 1 Vera Lúcia dos Santos 2 A presente pesquisa

Leia mais

ANÁLISE DOS DADOS - SERVIDORES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SEMA.

ANÁLISE DOS DADOS - SERVIDORES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SEMA. ANÁLISE DOS DADOS - SERVIDORES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS SEMA. Responsável pela Analise: Karina Beatriz Pereira Lopes Nildenes Lages Tabulação: Vinicius Queiroz da Silva.

Leia mais

ANEXO I: QUESTIONÁRIO DO INQUÉRITO

ANEXO I: QUESTIONÁRIO DO INQUÉRITO ANEXO I: QUESTIONÁRIO DO INQUÉRITO 1. Inquérito 1.1 Número de Questionário 1.2 Nome do entrevistador 1.3 Data da entrevista dd/mm/yyyy 1.4 Local da entrevisa 1.5 Lugar da entrevista 1 = lugar público 2

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 604 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 11 e 12 de setembro de 2014, nas ruas do Centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 604 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 11 e 12 de setembro de 2014, nas ruas do Centro do Rio de Janeiro. Ingressar em um emprego mediante concurso público é ambição para muitas pessoas, isso se deve ao fato de que o salário oferecido, a estabilidade, os benefícios na maioria dos cargos é bastante superior

Leia mais

Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa

Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa Analisando viagens a pé e por bicicletas na integração com transporte de massa Fernanda Borges Monteiro, Vânia Barcellos Gouvêa Campos arqnandy@gmail.com; vania@ime.eb.br Instituto Militar de Engenharia

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES

BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES Abril/2010 2 Brasília: uma cidade, dois olhares O DataSenado, por ocasião das comemorações dos 50 anos da fundação de Brasília, realizou

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Relatório Analítico PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL PESQUISA SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER DATASENADO SECS PESQUISA SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER Há dois anos, o DataSenado

Leia mais

O trabalho compreende a análise de três TCC - Trabalho de Conclusão de Curso.

O trabalho compreende a análise de três TCC - Trabalho de Conclusão de Curso. III Congresso Internacional III Congresso Internacional, I Simpósio Ibero-Americano e VIII Encontro Nacional de Riscos Guimarães RISCO AMBIENTAL E VULNERABILIDADE: DISCUSSÃO CONCEITUAL A PARTIR DE TRABALHOS

Leia mais

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 Junho de 2010 2 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 O objetivo geral deste estudo foi investigar as percepções gerais

Leia mais

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas.

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. SUPERENDIVIDAMENTO Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. Nos últimos anos, houve um crescimento significativo de endividados no Brasil. A expansão da oferta de crédito e a falta de controle do orçamento

Leia mais

PANOPTISMO: SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, A CIDADE VIGIADA, NA ÓTICA OFICAL

PANOPTISMO: SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, A CIDADE VIGIADA, NA ÓTICA OFICAL PANOPTISMO: SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, A CIDADE VIGIADA, NA ÓTICA OFICAL MACEDO¹, Diego; ANDRADE¹, Daniel; DÓRIA¹, Vinícius; GASPARETO¹, Darci. Orientador Prof. MSc RIBEIRO¹, Gilson. ¹Universidade do Vale do

Leia mais

Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca. Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com.

Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca. Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com. Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com.br 0 Estudos de Opinião Número 1 Violência no trânsito: o goianiense

Leia mais

Apresentação. Soluções para resolv. Legislação penal. Conclusão

Apresentação. Soluções para resolv. Legislação penal. Conclusão SUMÁRIO Apresentação Introdução Soluções para resolv esolver er a violência e a criminalidade Popularidade de possíveis soluções Políticas sociais x políticas de segurança Redução da maioridade penal Legislação

Leia mais

Mobilidade Urbana Urbana

Mobilidade Urbana Urbana Mobilidade Urbana Urbana A Home Agent realizou uma pesquisa durante os meses de outubro e novembro, com moradores da Grande São Paulo sobre suas percepções e opiniões em relação à mobilidade na cidade

Leia mais

Ligação Nova Baixa Tensão com Agendamento. Roland Artur Salaar Junior

Ligação Nova Baixa Tensão com Agendamento. Roland Artur Salaar Junior XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2010 22 a 26 de novembro São Paulo - SP - Brasil Ligação Nova Baixa Tensão com Agendamento Roland Artur Salaar Junior Companhia Paulista

Leia mais

SEGURANÇA NA USP. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP

SEGURANÇA NA USP. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP SEGURANÇA NA USP GUARDA Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP MAPAS DE RISCO GUARDA GUARDA MAPA DE RISCO - USP 2011 Esporte para Todos ÁREA F ÁREA B Praça do Relógio ÁREA B1 ÁREA A Portão Fepasa ÁREA

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R

Leia mais

08 a 13 de Julho de 2012 UEFS Feira de Santana - BA

08 a 13 de Julho de 2012 UEFS Feira de Santana - BA PERCEPÇÃO PÚBLICA ACERCA DO SANEAMENTO BÁSICO NO BAIRRO PEDRA DO LORDE, JUAZEIRO BA. Roberta Daniela da Silva Santos (1) Anne Kallyne dos Anjos Silva (2) Simone do Nascimento Luz (3) Marcello Henryque

Leia mais

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO MULHER NO MERCADO DE TRABALHO Tâmara Freitas Barros A mulher continua a ser discriminada no mercado de trabalho. Foi o que 53,2% dos moradores da Grande Vitória afirmaram em recente pesquisa da Futura,

Leia mais

1 Fique atento ao entrar ou sair de sua casa ou apartamento

1 Fique atento ao entrar ou sair de sua casa ou apartamento 1 Fique atento ao entrar ou sair de sua casa ou apartamento O momento em que entramos ou saímos de nossas residências, costuma oferecer grande risco, pois normalmente estamos distraídos, além de abrirmos,

Leia mais

Roteiro da Biblioteca das Faculdades Coc Como Fazer Uma Pesquisa Teórica e Elaborar um Trabalho Acadêmico

Roteiro da Biblioteca das Faculdades Coc Como Fazer Uma Pesquisa Teórica e Elaborar um Trabalho Acadêmico Roteiro da Biblioteca das Faculdades Coc Como Fazer Uma Pesquisa Teórica e Elaborar um Trabalho Acadêmico Para realizar uma pesquisa que não se torne um grande sacrifício pelas dificuldades em encontrar

Leia mais

MURAL- OUTUBRO DE 2014. Compromisso. Como manter o foco no trabalho

MURAL- OUTUBRO DE 2014. Compromisso. Como manter o foco no trabalho Compromisso Como manter o foco no trabalho Em um ambiente profissional, são muitas as distrações que podem fazer um funcionário perder o foco: smartphones, e-mails, redes sociais, telefone, conversas com

Leia mais

DIMENSÕES DO TRABAHO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE: O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÕES DE TRABALHO PRECOCE

DIMENSÕES DO TRABAHO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE: O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÕES DE TRABALHO PRECOCE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 337 DIMENSÕES DO TRABAHO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE: O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM

Leia mais

A Educação Ambiental no Ensino Fundamental de escolas municipais de Pesqueira-PE

A Educação Ambiental no Ensino Fundamental de escolas municipais de Pesqueira-PE A Educação Ambiental no Ensino Fundamental de escolas municipais de Pesqueira-PE Autor(a): Josineide Braz de Miranda Coautor(es): Anderson Carlos Maia da Silva, Josefa Sandra de Almeida Silva, kelren Jane

Leia mais

PMERJ/CETIC. Novas Tecnologias na Polícia Militar

PMERJ/CETIC. Novas Tecnologias na Polícia Militar PMERJ/CETIC Novas Tecnologias na Polícia Militar Apresentação pessoal CEL PM DJALMA JOSÉ BELTRAMI TEIXEIRA PMERJ Coordenador do CETIC Coordenadoria Especializada em Tecnologia e Comunicações Atribuições

Leia mais

TI Verde: Sustentabilidade na área da tecnologia da informação TI VERDE: SUSTENTABILIDADE NA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TI Verde: Sustentabilidade na área da tecnologia da informação TI VERDE: SUSTENTABILIDADE NA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TI VERDE: SUSTENTABILIDADE NA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Flávio Luiz de Azevedo BRAYNER Paulo Gustavo Sabino RAMOS Patrícia Verônica de Azevedo BRAYNER Resumo: Atualmente a Tecnologia da Informação

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011 PESQUISA CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Robson Braga de Andrade Presidente Diretoria Executiva - DIREX José Augusto Coelho

Leia mais

34 respostas. Resumo. 1. Qual sua principal ocupação ou vínculo institucional? 2. Como tomou conhecimento desta oficina? 1 of 7 15-06-2015 17:22

34 respostas. Resumo. 1. Qual sua principal ocupação ou vínculo institucional? 2. Como tomou conhecimento desta oficina? 1 of 7 15-06-2015 17:22 opensocialsciences@gmail.com 34 respostas Publicar análise Resumo 1. Qual sua principal ocupação ou vínculo institucional? Estudante d Estudante d Professor e Professor ou Trabalho e Funcionário Profissional

Leia mais

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 1 INDICE: METODOLOGIA:... 3 PERFIL DOS RESPONDENTES:... 4 CIDADANIA EM TRÂNSITO... 5 A Gidion é uma empresa que:...5 Você sabe se tem

Leia mais

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. Junho / 2014 Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.126 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas

Leia mais

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 2014 Dados da Instituição FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM Código: 508 Faculdade privada sem fins lucrativos Estado: Minas Gerais

Leia mais

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante Caro Estudante, O Projeto Avalie pretende conhecer melhor o perfil do estudante do Ensino Médio da Bahia, por isso a sua participação representa a garantia

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Bruna Jheynice Silva Rodrigues 1 ; Lauriene Teixeira Santos 2 ; Augusto Chaves Martins 3 ; Afonso Régis Sabino

Leia mais

10 anos do Estatuto do Desarmamento

10 anos do Estatuto do Desarmamento 10 anos do Estatuto do Desarmamento Tulio Kahn Seminário 10 anos do Estatuto do Desarmamento São Paulo, 13 de dezembro de 2013 O Papel dos Municípios na Segurança Pública Tulio Kahn André Zanetic Ministério

Leia mais

Notas sobre experiências de Pacificação em favelas do Rio de Janeiro - Brasil.

Notas sobre experiências de Pacificação em favelas do Rio de Janeiro - Brasil. Conferencia Internacional Violencia en Barrios en America Latina Notas sobre experiências de Pacificação em favelas do Rio de Janeiro - Brasil. Lia de Mattos Rocha Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Leia mais

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/nazca + datafolha abril 2014 A computação social aumenta as possibilidades da inteligência coletiva e, por sua vez, a potência do povo

Leia mais

OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014

OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 Enquete OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 O jornal EXTRA pretende veicular na virada do ano, na edição de réveillon, os 10 PRINCIPAIS DESEJOPS

Leia mais

Sistema integrado de análise e avalização Estatística. Todos. fr= TODO total elementos = 325

Sistema integrado de análise e avalização Estatística. Todos. fr= TODO total elementos = 325 Sistema integrado de análise e avalização Estatística Todos fr= TODO total elementos = 325 01. Qual das situações abaixo está mais de acordo para identificar a relação da família com o Colégio Barão de

Leia mais

A informação que você precisa!

A informação que você precisa! A informação que você precisa! Relatório atualizado em: Junho/13. Mídiakit O que é o PiraNOT.com O Portal de notícias de Piracicaba, PiraNOT, surgiu em Novembro de 2011 com o objetivo de ser o primeiro

Leia mais

PESQUISA DE SATISFAÇÃO PARTICIPANTES

PESQUISA DE SATISFAÇÃO PARTICIPANTES PESQUISA DE SATISFAÇÃO PARTICIPANTES Brasília, janeiro/2011 Objetivos específicos da pesquisa 2 Avaliar a quantidade e a qualidade da rede credenciada. Avaliar os serviços oferecidos: o Plano CASSI Família

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Análise do contexto da organização A Pirelli é a quinta maior empresa do mundo no mercado de

Leia mais

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase

Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase Análise: Pesquisa Qualidade de Vida 2013 1º fase Resumo: A pesquisa de Qualidade de Vida é organizada pela ACIRP e pela Fundace. Teve início em 2009, inspirada em outros projetos já desenvolvidos em grandes

Leia mais

Leia os textos e assinale a alternativa correta: 1) O que Ana quer que Pedro faça?

Leia os textos e assinale a alternativa correta: 1) O que Ana quer que Pedro faça? UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PLE CERIFICADO INTERNACIONAL DE LÍNGUA PORTUGUESA CILP SIMULADO COMPREENSÃO LEITORA E ASPECTOS LINGUÍSTICOS NÍVEL BÁSICO ESCOLAR A2 Leia os

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Saneamento Básico, Diagnóstico Ambiental, Infraestrutura.

PALAVRAS-CHAVE: Saneamento Básico, Diagnóstico Ambiental, Infraestrutura. VI-039 - SANEAMENTO BÁSICO: UMA ANÁLISE ESTRUTURAL DO BAIRRO PEDRA DO LORDE EM JUAZEIRO-BA, COMO AÇÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET CONEXÕES DE SABERES - SANEAMENTO AMBIENTAL. Roberta Daniela da

Leia mais