DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes"

Transcrição

1 DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes 1) É obrigatória a apresentação da minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. De acordo com as Leis nº 8.429/92 e nº 8.730/93, o servidor público tem o dever de entregar, à Unidade de Pessoal do órgão ou entidade a que se vincule, sua Declaração Anual de Bens e Rendas/DBR. De acordo com a Instrução Normativa nº 67/2011-TCU, o servidor poderá entregar o Formulário de Autorização de Acesso aos Dados de Bens e Rendas das Declarações de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física apresentados à Receita Federal, em substituição à entrega da Declaração de Bens e Rendas/DBR. A entrega do citado Formulário a ser realizada uma única vez, em via impressa e assinada dispensará o servidor da apresentação anual da DBR, bem como o desobrigará de tal providência por ocasião de eventual desligamento. Os locais para entrega do Formulário constam no próprio documento. 2) É obrigatória a apresentação do Formulário de Autorização de Acesso aos Dados de Bens e Rendas? Não. O servidor não está obrigado a entregar o Formulário de Autorização de Acesso. Porém, nesse caso, estará obrigado a apresentar, junto à Câmara, todos os anos, sua DBR. 3) É necessário renovar a Autorização de Acesso todos os anos? Não. Não haverá necessidade de renovação anual da Autorização de Acesso, que é concedida uma única vez por meio da entrega do Formulário de Autorização de Acesso, em via impressa, preenchida e assinada. 4) A Autorização de Acesso poderá ser cancelada? O servidor que desejar cancelar a Autorização de Acesso deverá formalizar requerimento a ser dirigido ao Departamento de Pessoal.

2 5) Quais são as vantagens de se entregar o Formulário de Autorização de Acesso? A entrega do Formulário de Autorização de Acesso, prevista na Instrução Normativa nº 67/2011-TCU, acontece uma só vez, sem necessidade de renovação. Já a opção pela entrega da DBR obriga o servidor a apresentar, todos os anos, sua DBR (e respectivas retificações) à Câmara dos Deputados. 6) Fui exonerado. A Autorização de Acesso que entreguei perde a validade? A Autorização de Acesso, prevista na Instrução Normativa nº67/2011-tcu, perderá sua validade sobre os exercícios subsequentes ao que o servidor deixar de ocupar cargo, emprego ou função. 7) Sou Secretário Parlamentar e quero apresentar o Formulário de Autorização de Acesso. Como devo proceder? O Secretário Parlamentar interessado deverá acessar o endereço eletrônico e clicar em Formulário de Autorização de Acesso à DIRPF, imprimir, preencher e assinar o documento. Após, o Formulário de Autorização de Acesso deverá ser entregue em via impressa e assinada na Câmara dos Deputados, Coordenação de Secretariado Parlamentar, Anexo IV, Térreo, Salas 91 e 98. 8) Sou ocupante de Cargo em Comissão de CNE e quero apresentar o Formulário de Autorização de Acesso. Como devo proceder? O ocupante de Cargo em Comissão de CNE deverá acessar o endereço eletrônico e clicar em Formulário de Autorização de Acesso à DIRPF, imprimir, preencher e assinar o documento. Após, o Formulário de Autorização de Acesso deverá ser entregue em via impressa e assinada na Câmara dos Deputados, Coordenação de Registro Funcional, Anexo I, 10º andar, Sala ) Sou Servidor Efetivo e quero apresentar o Formulário de Autorização de Acesso. Como devo proceder?

3 O Servidor Efetivo interessado deverá acessar o endereço eletrônico e clicar em Formulário de Autorização de Acesso à DIRPF, imprimir, preencher e assinar o documento. Após, o Formulário de Autorização de Acesso deverá ser entregue em via impressa e assinada na Câmara dos Deputados, Coordenação de Registro Funcional, Anexo I, 10º andar, Sala ) Posso entregar o Formulário de Autorização de Acesso em meio eletrônico? Não. O Formulário de Autorização de Acesso só poderá ser entregue em via impressa (vide perguntas n. 7, 8 e 9). 11) O Formulário de Autorização de Acesso poderá ser assinado por terceiro, mediante apresentação de procuração? Não. O Formulário de Autorização de Acesso deve ser assinado pelo próprio servidor 12) Entreguei o Formulário de Autorização de Acesso e, depois disso, fui aposentado. A Autorização de Acesso perde a validade após a aposentadoria? Sim. A Autorização de Acesso, prevista na Instrução Normativa nº 67/2011-TCU, perderá sua validade sobre os exercícios subsequentes ao que o servidor se aposentar. 13) Sou servidor aposentado e exerço cargo de Secretário Parlamentar (ou CNE). Tenho que apresentar declaração anual de bens e rendas na Câmara? Sim. O servidor deve acessar o endereço eletrônico e enviar os arquivos.dec e.rec de sua declaração de imposto de renda. Caso prefira, poderá entregar o Formulário de Autorização de Acesso, em substituição à entrega da DBR (vide perguntas n. 1 e 2). 14) Sou servidor aposentado e não exerço qualquer cargo na Câmara. Tenho que apresentar declaração anual de bens e rendas na Câmara?

4 Não. O servidor aposentado está dispensado de apresentar anualmente a declaração de bens e renda na Câmara. 15) Sou isento. Tenho que apresentar declaração de isento na Câmara? Sim. O servidor que se enquadre na condição de isento de apresentação da declaração de ajuste anual na Receita Federal deve acessar o endereço eletrônico e, no campo Formas de entrega da sua declaração, marcar a opção Isentos junto à Receita Federal (informar dados solicitados) e enviar sua declaração de bens e rendas. Caso prefira, poderá entregar o Formulário de Autorização de Acesso, em substituição à entrega da DBR (vide perguntas n. 1 e 2). 16) Sou Secretário Parlamentar exonerado. Preciso entregar minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. O Secretário Parlamentar exonerado deve acessar o endereço eletrônico e enviar sua declaração de bens e rendas. 17) Sou Secretário Parlamentar exonerado, mas já apresentei o Formulário de Autorização de Acesso. Preciso entregar minha DBR na Câmara? Não. O Secretário Parlamentar exonerado que já apresentou o Formulário de Autorização de Acesso está dispensado de entregar a DBR. 18) Sou CNE exonerado. Preciso entregar minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. O ocupante de CNE que já tenha sido exonerado deve acessar o endereço eletrônico e enviar sua declaração de bens e rendas. 19) Sou CNE exonerado, mas já apresentei o Formulário de Autorização de Acesso. Preciso entregar minha DBR na Câmara? Não. O CNE exonerado que já apresentou o Formulário de Autorização de Acesso está dispensado de entregar a DBR.

5 20) Já enviei meus arquivos.dec e.rec e depois disso fui exonerado. Preciso atualizar minha declaração? Sim. O servidor que já entregou a declaração de imposto de renda e, depois disso, foi exonerado, deverá acessar o endereço eletrônico marcar a opção prossiga com a entrega, preencher o formulário Declaração de Bens e Rendas e providenciar o envio eletrônico. 21) Já enviei meus arquivos.dec e.rec e depois disso fui exonerado, porém já havia apresentado o Formulário de Autorização de Acesso. Preciso atualizar minha declaração? Não. A entrega do Formulário de Autorização de Acesso dispensa a atualização da declaração. 22) Tomei posse na Câmara no exercício passado. Tenho de apresentar minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. O servidor que tomou posse no exercício passado, mesmo que em dezembro de 2014, está obrigado a apresentar a sua declaração de bens e rendas na Câmara ou o Formulário de Autorização de Acesso. Para entregar a DBR, o servidor deverá acessar o endereço eletrônico e enviar os arquivos.dec e.rec de sua declaração de imposto de renda. Para entregar o Formulário de Autorização de Acesso, vide perguntas n. 7, 8, 9). 23) Tomei posse na Câmara no presente exercício. Tenho de apresentar minha declaração de bens e rendas na Câmara? O servidor que tomou posse a partir de 1º de janeiro de 2015 não precisa apresentar sua declaração anual de bens e rendas junto à Câmara relativa ao exercício de 2015, uma vez que a declaração já foi apresentada com atualização até a data de posse. No entanto, o servidor pode apresentar o Formulário de Autorização de Acesso para ficar dispensado da entrega da DBR nos próximos exercícios, bem como por ocasião de eventual exoneração (vide pergunta n. 1).

6 24) Sou servidor requisitado de outro órgão. Tenho de apresentar minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. O servidor requisitado de outro órgão que está em exercício na Câmara dos Deputados tem o dever de apresentar sua DBR ou, em alternativa, o Formulário de Autorização de Acesso nesta Casa. 25) Sou servidor efetivo da Câmara e estou cedido para outro órgão. Tenho de apresentar minha declaração de bens e rendas na Câmara? Não. O servidor efetivo da Câmara em exercício em outro órgão não tem o dever de apresentar sua declaração de bens e rendas nesta Casa, mas sim junto ao órgão para o qual está cedido. 26) Posso enviar o Formulário de Autorização de Acesso via ? Não. O Formulário de Autorização de Acesso deverá ser entregue em via impressa, preenchida e assinada pelo servidor. 27) Posso enviar minha declaração via ? Não. A Câmara disponibiliza na internet o endereço para o envio eletrônico dos arquivos.dec e.rec. 28) Para qual endereço eletrônico devo encaminhar minha declaração de bens e rendas? O servidor deve acessar, na Internet, o site e enviar os arquivos.dec e.rec de sua declaração de imposto de renda. 29) O que são os arquivos.dec e.rec? São os arquivos gerados na memória do computador quando a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física é enviada para a Receita Federal. Os arquivos ficam armazenados na memória do computador a partir do qual a remessa foi realizada. O arquivo.dec diz respeito à DECLARAÇÃO do imposto de renda. O arquivo.rec diz respeito ao RECIBO de envio gerado pela Receita Federal. Para que a remessa seja realizada com sucesso, é necessário o envio dos 2 (dois) arquivos, conjuntamente. 30) Onde posso localizar, no meu computador, os arquivos.dec e.rec?

7 O caminho padrão onde o programa da Receita Federal grava os arquivos contendo a declaração do imposto de renda (.DEC) e o recibo (.REC) é Meu computador\disco local (C:)\Arquivos de Programas RFB\IRPF2014\Transmitidas. 31) Posso enviar o Formulário de Autorização de Acesso no formato PDF ou JPG? Não. O Formulário de Autorização de Acesso deverá ser entregue em via impressa, preenchida e assinada (vide pergunta n. 1). 32) Posso enviar minha declaração de bens e rendas no formato PDF ou JPG? Não. O programa da Câmara não admite o envio de arquivos em formatos PDF ou outro formato qualquer. O único formato aceito é.dec e.rec. 33) Sou casado(a). Tenho que enviar a declaração de bens e rendas do meu cônjuge? Se o(a) servidor(a) é casado(a) e tem bens relacionados na declaração de seu cônjuge, torna-se obrigatória a remessa de 4 (quatro) arquivos:.dec e.rec - do(a) servidor(a); e.dec e.rec - do cônjuge. 34) Sou casado(a) e já apresentei o Formulário de Autorização de Acesso. Tenho que enviar a declaração de bens e rendas do meu cônjuge? Não. A Câmara dos Deputados não exigirá a apresentação da DBR do cônjuge para os servidores que entregaram o Formulário de Autorização de Acesso. 35) Sou casado(a) e fiz minha declaração de bens e rendas em conjunto com meu cônjuge. Qual procedimento devo adotar? O (a) servidor(a) deve acessar o endereço eletrônico e enviar os arquivos.dec e.rec de sua declaração conjunta de bens e rendas ou apresentar o Formulário de Autorização de Acesso constante no mesmo endereço eletrônico. 36) Posso entregar minha declaração de imposto de renda em papel? Não. A Câmara disponibiliza na internet o endereço para o envio eletrônico dos arquivos.dec e.dec. Já a entrega do Formulário de

8 Autorização de Acesso dever ser realizada exclusivamente em papel (vide perguntas n. 7, 8 e 9). 37) O que é declaração retificadora? A declaração retificadora é aquela entregue à Receita Federal com o fim de retificar dados anteriormente informados. 38) Já entreguei minha declaração na Câmara, mas fiz uma declaração retificadora junto à Receita. Devo enviar a retificadora para a Câmara? Sim. Sempre que o servidor retificar seus dados junto à Receita Federal, deve encaminhar os arquivos.dec e.rec da declaração retificadora para a Câmara dos Deputados, acessando o site No entanto, estará dispensado dessa obrigação o servidor que já tiver apresentado o Formulário de Autorização de Acesso. 39) Entreguei minha declaração na Receita Federal e depois fiz uma Declaração Retificadora, mas ainda não entreguei na Câmara. Quais arquivos devo enviar? O servidor que retificou seus dados junto à Receita Federal deverá enviar para a Câmara dos Deputados somente os arquivos.dec e.rec da declaração retificadora. Para tanto, o servidor deverá acessar o site A nova Declaração Retificadora substituirá automaticamente aquela enviada anteriormente. Já para aqueles que entregaram o Formulário de Autorização de Acesso não há necessidade de entrega da Declaração Retificadora. 40) Estou no exterior. Como posso enviar minha declaração para a Câmara? O servidor que se encontra no exterior deve acessar o site e enviar os arquivos.dec e.rec. Caso esteja no exterior e queira realizar a entrega do Formulário de Autorização de Acesso, somente será permitido o recebimento em via impressa (papel) e assinada pelo interessado.

9 41) O que é o comprovante de rendimentos? O comprovante de rendimentos é o documento gerado pela fonte pagadora Câmara dos Deputados, com indicação dos rendimentos percebidos no exercício. 42) É preciso ter senha da Rede Câmara para acessar meu comprovante de rendimentos? Sim. Para ter acesso ao comprovante de rendimentos, o servidor deve ter senha da Rede Câmara. 43) Não tenho senha da Rede Câmara. Como fazer para renovar a senha? O Centro de Informática/CENIN é o órgão responsável pela emissão de senhas da Rede Câmara. Caso a senha tenha expirado, o usuário deverá contatar aquele Centro pelo telefone (61) ou quem estiver no interior da Câmara dos Deputados pelo ramal ) Estou no exterior. Como posso ter acesso ao meu comprovante de rendimentos? O servidor que estiver no exterior poderá utilizar a senha pessoal de acesso à Rede Câmara para acessar seu comprovante de rendimentos. 45) Quero resgatar minha declaração do imposto de renda de outros exercícios. Como fazer? O CENIN disponibiliza ao servidor acesso aos arquivos das declarações de imposto de renda dos exercícios anteriores entregues à Câmara - em meio virtual - por meio da senha pessoal de acesso à Rede Câmara. É bom lembrar que os arquivos ali constantes estão criptografados, isto é, em códigos específicos. Para acessar a declaração de outros exercícios, o servidor deverá: 1. Ter senha pessoal da Rede Câmara. Se o servidor não tiver senha, contatar o CENIN (vide pergunta 43); 2. Acessar o Portal CamaraNet > Gestão de Pessoas > Recuperação do Imposto de Renda; 3. Selecionar o ano (exercício) relativo aos arquivos da declaração do imposto de renda que deseja recuperar; 4.

10 Salvar os arquivos em seu computador (Atenção: nunca selecionar a opção Abrir com ); e 5. Para abrir os arquivos salvos, o servidor terá de acessar o programa específico da Receita Federal para o exercício e restaurar a sua declaração (no programa da Receita Federal acessar ferramentas<cópia de segurança<restaurar). 46) Entreguei o Formulário de Autorização de Acesso em anos anteriores. Depois disso, será possível resgatar minha DBR pela Rede Câmara? Somente será possível resgatar os arquivos eletrônicos entregues nos exercícios anteriores. 47) Servidor aposentado pode ter senha da Rede Câmara? Sim. Para tanto, o servidor aposentado deverá entrar em contato com o CENIN, pelo telefone (61) ) Servidor exonerado pode ter senha do Portal do Servidor? Não. Porém, o servidor que possuía senha quando estava na ativa poderá utilizá-la até 1(um) ano após a data da exoneração. O CENIN está concluindo ferramenta para possibilitar ao servidor exonerado o recebimento de senha até o final do exercício subsequente ao do desligamento. Tal medida só alcançará os servidores que tiverem pessoal cadastrado junto ao Departamento de Pessoal. 49) Sou servidor da Câmara dos Deputados e quero cadastrar um pessoal junto ao Depes. O que devo fazer? O servidor interessado deverá solicitar orientações nos seguintes telefones: a) Efetivos (61) b) CNE (61) c) Secretário Parlamentar (61) ) Troquei meu pessoal e quero atualizá-lo junto ao Depes. O que devo fazer? O servidor interessado deverá solicitar orientações nos seguintes telefones: a) Efetivos (61) , b) CNE (61) , c) Secretário Parlamentar (61)

11 51) Servidor aposentado pode ter pessoal cadastrado? Sim. Para fins de cadastro, obter orientação pelo telefone (61)

DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes

DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes 1) É obrigatória a apresentação da minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. De acordo com as Leis nº 8.429/92 e nº 8.730/93, o servidor público

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS. Perguntas frequentes

DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS. Perguntas frequentes DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas frequentes 1) É obrigatória a apresentação da minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. De acordo com as Leis nº 8.429/92 e nº 8.730/93, o servidor público

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS. Perguntas freqüentes

DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS. Perguntas freqüentes DECLARAÇÃO DE BENS E RENDAS Perguntas freqüentes 1) É obrigatória a apresentação da minha declaração de bens e rendas na Câmara? Sim. De acordo com as Leis nº 8.429/92 e nº 8.730/93, o servidor público

Leia mais

PASSO A PASSO DO PETICIONAMENTO INDICE. Modalidades de Peticionamento 1. Acesso ao Sistema de Peticionamento 1

PASSO A PASSO DO PETICIONAMENTO INDICE. Modalidades de Peticionamento 1. Acesso ao Sistema de Peticionamento 1 PASSO A PASSO DO PETICIONAMENTO INDICE Modalidades de Peticionamento 1 Acesso ao Sistema de Peticionamento 1 Petição Eletrônica e Pagamento de Taxa 3 Petição e Protocolo Eletrônico 7 Petição Manual e Pagamento

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

Guia prático de bolso PSC e Portal RH

Guia prático de bolso PSC e Portal RH Guia prático de bolso PSC e Portal RH O QUE É PSC? O PSC (Positivo Serviços Compartilhados) é um sistema de gestão que centraliza todos os processos administrativos do Positivo. Tem como principal objetivo

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais

Caro (a) Servidor, 1. Para quem já tem senha de acesso ao Siapenet:

Caro (a) Servidor, 1. Para quem já tem senha de acesso ao Siapenet: Caro (a) Servidor, O Governo Federal, por meio de seu Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão vem desenvolvendo o sistema SIGEPE, em substituição ao antigo Siapenet. Através dele, é possível a retirada

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS Serviço de Segurança contra Incêndio MANUAL DO USUÁRIO versão atualizada em novembro de

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Departamento de Pessoal / Coordenação de Secretariado Parlamentar

CÂMARA DOS DEPUTADOS Departamento de Pessoal / Coordenação de Secretariado Parlamentar / Coordenação de Secretariado Parlamentar LISTA DE VERIFICAÇÃO DE FORMULÁRIOS E DOCUMENTOS PARA POSSE I - RELAÇÃO DE FORMULÁRIOS (COLOCAR NESTA ORDEM) 1. Indicação: Preenchida e assinada pelo Deputado

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Copyright 2004/2015 - VLC

Copyright 2004/2015 - VLC Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Perguntas Frequentes Versão 8.1 Atualizado em 26/08/2015 Copyright 2004/2015 - VLC As informações contidas neste caderno de Perguntas e Respostas são de propriedade da

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. INFORMAÇÕES REGULAMENTARES:...3 3. ACESSO AO SISTEMA...3 4. INCLUSÃO DE USUÁRIOS...4 5. FATURAMENTO ELETRÔNICO...5 6. GUIA

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 02/2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 02/2009 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 02/2009 Regulamenta os procedimentos relativos à certificação digital, para garantir a segurança das transações eletrônicas realizadas por meio dos sistemas, das aplicações e dos

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

O que determina a Instrução Normativa (IN) nº 1.343?

O que determina a Instrução Normativa (IN) nº 1.343? N 1.343 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1 O que determina a Instrução Normativa (IN) nº 1.343? A IN permite aos participantes, que iniciaram o recebimento do benefício de aposentadoria ou resgate no período de 01/01/2008

Leia mais

Participantes. Passo a Passo Icatu Online -

Participantes. Passo a Passo Icatu Online - Participantes Passo a Passo Icatu Online - Participantes, Sejam bem vindos ao Icatu Online. Para a sua ajuda, formulamos esse passo a passo para que você navegue pelo nosso site com a máxima facilidade.

Leia mais

Como Digitalizar e Enviar seus Documentos

Como Digitalizar e Enviar seus Documentos 1 Como Digitalizar e Enviar seus Documentos Informamos que para a efetivação do seu cadastro e principalmente para a solicitação de crédito Belcorp, é obrigatório o envio do cadastro e contrato impressos,

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

TUTORIAL PARA SOLICITAÇÃO DE GDI. RH da ESAG

TUTORIAL PARA SOLICITAÇÃO DE GDI. RH da ESAG TUTORIAL PARA SOLICITAÇÃO DE GDI RH da ESAG Andréa Dobes Maristela Coelho GRATIFICAÇÃO DE DEDICAÇÃO INTEGRAL - GDI A GDI (Res. 059/2013 - CONSUNI), será concedida ao docente que declarar não ter e não

Leia mais

Exames Periódicos de Saúde

Exames Periódicos de Saúde Exames Periódicos de Saúde Neste informativo o servidor encontrará respostas para possíveis dúvidas a respeito do Exame Periódico de Saúde. Realização Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Pró-Reitoria

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados.

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados. INTRODUÇÃO O tribunal de Justiça de Santa Catarina, em um processo de evolução dos serviços disponíveis no portal e-saj, passa a disponibilizar a peritos, leiloeiros, tradutores e administradores de massas

Leia mais

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado?

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado? O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? O Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado CADFOR é o registro cadastral de interessados em fornecer produtos, serviço e/ou obras para

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 1 SUMÁRIO 2 Orientações gerais... 3 2.1 Perfis de acesso... 4 2.2 Para acessar todas as funcionalidades

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Prefeitura Municipal de Tupãssi PERGUNTAS E RESPOSTAS O QUE É A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e? R NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) é um documento

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 6 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

Sistema de Controle de Processos ON-LINE-Versão 1.0 Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI)

Sistema de Controle de Processos ON-LINE-Versão 1.0 Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI) O SISTEMA DE CONTROLE DE PROCESSOS ON-LINE O Sistema de Controle de Processos ON-LINE é um Sistema de Protocolo desenvolvido pela da que tem como finalidade gerenciar os processos e solicitações de serviços

Leia mais

Formulários rios Eletrônicos. FORM-e

Formulários rios Eletrônicos. FORM-e FORM-e O Formulário Eletrônico (Form-e) chega para substituir os antigos formulários de contrato que são registrados nas Federações Estaduais e será utilizado exclusivamente por Clubes e Federações; O

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 36 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 2. REGRAS PARA CADASTRAMENTO... 5 3. SENHA WEB... 6

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE.

Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE. Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE. Gerência de Autorização de Funcionamento GEAFE Brasília, junho de 2014 1º passo: acesse o sítio da ANVISA através do endereço eletrônico

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Cartilha informativa sobre a IN 1.343. Confira as orientações e o passo a passo para retificar o imposto de renda retido.

Cartilha informativa sobre a IN 1.343. Confira as orientações e o passo a passo para retificar o imposto de renda retido. Cartilha informativa sobre a IN 1.343 Confira as orientações e o passo a passo para retificar o imposto de renda retido. 2013 Você sabe quais são os critérios para a compensação do Imposto de Renda? CONTRIBUIÇÕES

Leia mais

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO Com o intuito de agilizar e facilitar as adesões, cancelamentos e al terações de usuários, estamos disponibilizando em nosso site o processo de movimentação bem como o

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do Sistema de Reclamações Decreto 53.085/08

Nota Fiscal Paulista. Manual do Sistema de Reclamações Decreto 53.085/08 Nota Fiscal Paulista Manual do Sistema de Reclamações Decreto 53.085/08 Versão 2.1 de 19/06/2012 Índice Analítico 1. Fluxo do Sistema de Reclamação 3 2. Considerações Gerais 4 2.1 Definição 4 2.2 Reclamação

Leia mais

MANUAL Inclusão de Proposta para licitação" Operando o Portal do Cidadão

MANUAL Inclusão de Proposta para licitação Operando o Portal do Cidadão MANUAL Inclusão de Proposta para licitação" Operando o Portal do Cidadão Para efetuar esta operação o usuário deverá acessar o portal guaramirim.atende.net rolar a página até o final, clicando na aba Enviar

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

Manual Operacional do SISCOAF

Manual Operacional do SISCOAF Manual Operacional do SISCOAF Manual Operacional do SISCOAF Página 2 Conteúdo 1. Acesso ao SISCOAF...3 2. Cadastro de novos comunicantes...4 3. Logon no SISCOAF...6 4. Menu do SISCOAF...8 - Administrar....8

Leia mais

Edital_03_2015_SR11 (RS): Dúvidas sobre Inscrição

Edital_03_2015_SR11 (RS): Dúvidas sobre Inscrição Edital_03_2015_SR11 (RS): Dúvidas sobre Inscrição Última atualização: 15/10/2015 P: Meu nome não está nas Listas de Grupos. Posso me inscrever? Mas você deve atentar para as condições para aprovação, descritas

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1 MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento Toledo PR Página 1 INDICE 1. O QUE É O SORE...3 2. COMO ACESSAR O SORE... 4 2.1. Obtendo um Usuário e Senha... 4 2.2. Acessando o SORE pelo

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO 1 FORMAÇÃO 1.1 O que é formação? Todas atividades relacionadas ao processo de educação, que

Leia mais

M a n u a l E m i s s ã o d e N F e I

M a n u a l E m i s s ã o d e N F e I M a n u a l E m i s s ã o d e N F e I Sistema Nota Fiscal eletrônica Versão 1.1 29/02/2008 Para emitir uma Nota Fiscal eletrônica o usuário deverá acessar a tela inicial do sistema WebISS, digitar o usuário

Leia mais

Treinamento Proposta Online

Treinamento Proposta Online Treinamento Proposta Online 03 Procedimentos para preenchimento da Proposta Preenchendo a Proposta Online Digitalizando os documentos 06 20 26 Status das Propostas 02 Procedimentos para preenchimento da

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRIPÁ ESTADO DA BAHIA C.N.P.J. 13.694.658/0001-92

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRIPÁ ESTADO DA BAHIA C.N.P.J. 13.694.658/0001-92 Decreto n 015/2015 Piripá, 19 de maio de 2015. Regulamenta o gerenciamento da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços - NFS-e Sped, sua escrituração, a emissão de guia de recolhimento do Imposto sobre Serviços

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

ISSQN MANUAL DE. UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NFe) 1ª edição

ISSQN MANUAL DE. UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NFe) 1ª edição ISSQN MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NFe) 1ª edição 1 O QUE É A NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFe? São notas fiscais de serviços emitidas através de um microcomputador conectado a Internet através

Leia mais

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

INFORMAÇÃO IMPORTANTE INFORMAÇÃO IMPORTANTE CONTRIBUIÇÕES JANEIRO/1989 A DEZEMBRO/1995. INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1.343/2013 Entre o período de janeiro de 1989 a dezembro de 1995, as contribuições efetuadas pelos participantes

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

Procedimento para Peticionamento Manual na REBLAS:

Procedimento para Peticionamento Manual na REBLAS: Procedimento para Peticionamento Manual na REBLAS: Caso a empresa já esteja cadastrada no Portal da ANVISA, seguir os passos abaixo. Caso contrário, verificar o Procedimento para Cadastro de Empresas,

Leia mais

MANUAL DO INGRESSANTE. Matrícula Online. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline

MANUAL DO INGRESSANTE. Matrícula Online. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline MANUAL DO INGRESSANTE Matrícula Online www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline O Sistema de Matrícula Online da UFU dispensa a necessidade de o ingressante ir presencialmente para realizar a sua Solicitação

Leia mais

RG (Registro Geral) CPF (Cadastro de Pessoa Física) Comprovante de Endereço (Máximo de 90 dias da emissão)

RG (Registro Geral) CPF (Cadastro de Pessoa Física) Comprovante de Endereço (Máximo de 90 dias da emissão) Documentos Necessários RG (Registro Geral) CPF (Cadastro de Pessoa Física) Comprovante de Endereço (Máximo de 90 dias da emissão) TERMOS DE USO DO SITE EM LEILÕES "ON-LINE" E ELETRÔNICO A) O USUÁRIO, que

Leia mais

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL Portal do Servidor Publico Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL 1 Indice Apresentação do Portal... 03 Acesso ao Portal do Servidor Publico... 04 Solicitar Senha... 04 Disponibilidade do Portal... 06

Leia mais

Manual Protocolo Virtual Versão 1.2. Sumário

Manual Protocolo Virtual Versão 1.2. Sumário Sumário 1. Informações Iniciais 1.1. Sobre o sistema Protocolo Virtual Segunda chamada 1.2 Sobre o sistema Protocolo Virtual Trancamento 2. Procedimento do pedido de segunda chamada de Avaliação 3. Aluno

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE Baixa Simplificada de Empresas 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro Acesso: Cadastro

Leia mais

REMATRÍCULA 2015.1 PERGUNTAS E RESPOSTAS

REMATRÍCULA 2015.1 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. Qual o período em que ocorrerá o REMOL Rematrícula Online? R: O REMOL ocorrerá do dia 26/01 ao dia 30/01. 2. Qual o período em que ocorrerá o ROL Requerimento Online? R: O ROL ocorrerá do dia 02/02

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO DE ORIGEM CONSOLIDADO (CFOC) ELETRÔNICO

MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO DE ORIGEM CONSOLIDADO (CFOC) ELETRÔNICO MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO DE ORIGEM CONSOLIDADO (CFOC) ELETRÔNICO 1 INTRODUÇÃO Desde 2013 a ADAPAR tem realizado testes para a disponibilização da emissão do Certificado Fitossanitário

Leia mais

Prezado Aluno. Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento.

Prezado Aluno. Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento. Prezado Aluno Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento. Atente-se ao seu e-mail e aos informativos no site da PUCPR, Portal

Leia mais

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Universidade Federal do Espírito Santo Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) Novembro/2014 Sumário 1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 1.1 O que é o menu

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

Sistemas Corporativos da USP (Web)

Sistemas Corporativos da USP (Web) Sistemas Corporativos da USP (Web) O sistema de estágios remunerados da USP é fruto da colaboração das seguintes áreas da Reitoria da Universidade de São Paulo: Departamento de Recursos Humanos, Departamento

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D O ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...3

Leia mais

Ementa: Apresentação da declaração de bens e rendas. Lei 8.730/93. Lei 8.429/92. Instrução Normativa do TCU nº 65, de 20 de abril de 2011.

Ementa: Apresentação da declaração de bens e rendas. Lei 8.730/93. Lei 8.429/92. Instrução Normativa do TCU nº 65, de 20 de abril de 2011. Nota Técnica n 01/2011 Ementa: Apresentação da declaração de bens e rendas. Lei 8.730/93. Lei 8.429/92. Instrução Normativa do TCU nº 65, de 20 de abril de 2011. Obrigatoriedade. 1. No dia 03.05.2011 o

Leia mais

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL 1. Acesse http://siops.datasus.gov.br, opção Certificação Digital. 1.1. Acesse a 1ª ETAPA - Orientações Gerais e leia as informações para ter uma visão

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE. Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação

PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE. Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos: - Disponibilizar a todos os servidores diversos serviços prestados pela Coordenadoria de Gestão de

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE. Solicitação de CAT N-LINE CREA-SP PASSO-A-PASSO

SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE. Solicitação de CAT N-LINE CREA-SP PASSO-A-PASSO SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE CAT Solicitação de CREA-SP N-LINE PASSO-A-PASSO 1 2 CREA-SP SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE: A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR! O QUE É ACERVO TÉCNICO? É o conjunto das atividades

Leia mais

treinamento REMATRÍCULA

treinamento REMATRÍCULA treinamento REMATRÍCULA SISTEMA SGE (SMART) Financeiro - FTC EAD PRÉ-REQUISITOS Computador conectado a INTERNET Acesso ao SGE (Smart) login e senha ativos. IMPRESSORA, cartucho, papel, envelope, cola,

Leia mais

Serviços Ibama Certificação Digital

Serviços Ibama Certificação Digital Guia da nos 1. Informações Gerais Objetivando garantir mais segurança ao acesso dos usuários dos Serviços do Ibama, foi estabelecido desde o dia 1º de janeiro de 2014, o acesso por meio de certificação

Leia mais

Sistema Serviço de Valet

Sistema Serviço de Valet Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 1 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Versão 1.0.0 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 2 Índice 1. Informações gerais... 3 2. Passo-a-passo...

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão: 24/05/2010 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 1 12 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 12 Em 2013, o registro de dados no

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós Graduação (DPPG) Campus de Itabira

Universidade Federal de Itajubá Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós Graduação (DPPG) Campus de Itabira Universidade Federal de Itajubá Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós Graduação (DPPG) Campus de Itabira EDITAL Nº 006/2016 Campus Itabira PIBIC/PIBITI CNPq, PIVIC Unifei

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA USUÁRIOS DO HÁBIL EMPRESARIAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA USUÁRIOS DO HÁBIL EMPRESARIAL CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA USUÁRIOS DO HÁBIL EMPRESARIAL ÍNDICE Página 1. Orientações iniciais 3 2. Regularização de documentos perante a Receita 3 3. Verificando software e equipamento 4 3.1. Versão

Leia mais

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online Manual do Usuário Introdução O Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online permite ao Criador e ao Inspetor proceder a todas providencias para que um

Leia mais

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório.

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Fique atento aos procedimentos e prazos estabelecidos pela Lei para declaração de despesas com saúde. art certificado digital-siops-10,5x29,7.indd

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 2 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

VEJA COMO GERAR CÓDIGO DE ACESSO E SOLICITAR A ANTECIPAÇÃO DA MALHA FISCAL IRPF, PASSO A PASSO:

VEJA COMO GERAR CÓDIGO DE ACESSO E SOLICITAR A ANTECIPAÇÃO DA MALHA FISCAL IRPF, PASSO A PASSO: VEJA COMO GERAR CÓDIGO DE ACESSO E SOLICITAR A ANTECIPAÇÃO DA MALHA FISCAL IRPF, PASSO A PASSO: No sítio da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br), acesse o Portal e-cac, usando Certificado Digital

Leia mais

ANEXO 1- Formulário de Solicitação para o PROGRAMA DE BOLSAS ACADÊMICAS DE INCLUSÃO SOCIAL ( ) Fiz inscrição para o PACE/2014

ANEXO 1- Formulário de Solicitação para o PROGRAMA DE BOLSAS ACADÊMICAS DE INCLUSÃO SOCIAL ( ) Fiz inscrição para o PACE/2014 ANEXO 1- Formulário de Solicitação para o PROGRAMA DE BOLSAS ACADÊMICAS DE INCLUSÃO SOCIAL ( ) Fiz inscrição para o PACE/2014 2.0 DADOS PESSOAIS: 2.1 Câmpus 2.2 n de matrícula 2.3 Curso 2.4Período/Série

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS

PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS Click Intranet https://intranet.unifesp.br/ Você deve acessar a Intranet com seu login (Nome escolhido para entrar no sistema) Coloque sua senha Caso você não seja cadastrado

Leia mais

1. Informações iniciais

1. Informações iniciais 1. Informações iniciais O novo Sistema de Emissão da Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore) é de propriedade exclusiva do CFC e o acesso ao sistema será por meio de um link disponibilizado

Leia mais