PERGUNTAS FREQUENTES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERGUNTAS FREQUENTES"

Transcrição

1 PERGUNTAS FREQUENTES 1) É necessário preencher algum dado cadastral nas telas do PAD e do MCI? Não. Desde 2014 o SIAPC (PAD E MCI) está integrado com o Sistema de Cadastro Único SISCAD deste TCE-RS, assim todas as informações cadastrais devem ser registradas no SISCAD. 2) É necessário entregar os relatórios do PAD e do MCI em papel? Não. Os relatórios do PAD não devem ser entregues em papel e sim por meio eletrônico. Desde o primeiro bimestre de 2015, o SIAPC está completamente integrado ao Processo Eletrônico do TCE-RS. 3) Após enviar as informações do PAD e do MCI pela internet, o que devo fazer? É necessário realizar a assinatura digital. Para tal, acesse Portal > Jurisdicionado > Processo Eletrônico > Acesso ao Sistema (nesse momento é necessário estar com o certificado digital conectado à máquina) e realize as assinaturas. 4) Quem deve assinar os Relatórios do PAD e do MCI? O PAD exige as assinaturas, de forma automática, dependendo do bimestre e busca os vínculos que estão cadastrados no SISCAD no momento de rodar o PAD e o MCI, conforme quadro abaixo:

2 5) Após realizar as assinaturas digitais ainda é necessário realizar mais algum procedimento? Sim. É necessário fazer o envio do e-protocolo para completar a entrega. 6) Como posso ter certeza que foi concluído o envio? Acesse o site do TCE em Portal > Jurisdicionado > Sistema de Controle Externo > Relatórios e Recibos de envio, e verifique se a remessa está pendente, concluída ou carregada. 7) Ao rodar o PAD aparece uma informação dizendo que um dos responsáveis não está cadastrado no SISCAD, mas o órgão afirma ter realizado o registro. 1º - Verifique se o cadastro está realizado de forma correta no SISCAD. O PAD busca de forma automática o responsável atual, ou seja, quem está cadastrado no dia em que está sendo executado o programa. Assim, se um dos responsáveis não estiver cadastrado ou estiver com o cadastro com data final anterior ao dia em que o PAD está sendo executado, aparecerá mensagem de que não existe aquele vínculo cadastrado.

3 2º - Se o cadastro estiver correto, faça a atualização do PAD com as informações cadastradas no SISCAD, através do seguinte procedimento: na tela Dados Cadastrais do Setor de Governo clique no botão Consultar, conforme imagem abaixo: 8) Ao executar o PAD aparece a mensagem abaixo, mas foi realizada efetiva substituição e o cadastro do substituto do responsável no SISCAD, o que devo fazer? O aviso acima aparece no PAD quando não houve período de efetivo exercício cadastrado no SISCAD. Deve estar cadastrado o vínculo Substituto do Responsável ; e, quando este efetivamente atuar em substituição ao titular, deve-se cadastrar os períodos de efetivo exercício. Para maiores informações sobre como proceder o cadastro consultar o Manual do SISCAD em Portal > Jurisdicionados > Sistemas de Controle Externo > SISCAD > Manual. Se o período de efetivo exercício foi corretamente cadastrado ou se houve atualização das informações cadastradas, retorne a tela Dados Cadastrais do Setor de Governo e clique no botão Consultar, tal procedimento trará as informações atualizadas do SISCAD.

4 9) Como é solicitado o envio da Folha de Pagamento? O envio das informações da folha de pagamento é solicitado através de Ofício Circular da Diretoria de Controle e Fiscalização. Esta solicitação tem sido realizada de forma semestral. Em julho, são solicitadas informações de janeiro a junho do ano corrente e em janeiro são solicitadas as informações de janeiro a dezembro do ano anterior. O prazo de entrega consta no ofício que solicitou o envio. 10) Onde é possível encontrar os dados para o preenchimento da tela abaixo? Os dados para preenchimento da tela acima, em seus campos: Solicitação formal nº, Data, Auditor e Matrícula, podem ser encontrados no anexo do ofício que solicitou o envio das informações. 11) É possível fazer o reenvio do PAD? Precisa de autorização? Sim. É possível fazer o reenvio do PAD, porém, nesses casos temos três situações: Se ainda estiver dentro do prazo de entrega: fazer o reenvio sem necessidade de contato com o TCE e sem necessidade de fazer justificativa; Se estiver fora do prazo de entrega e não for bimestre de Gestão Fiscal: fazer o reenvio justificando o motivo na seguinte tela do PAD:

5 Se o prazo de entrega já estiver encerrado e se for bimestre de emissão do Relatório de Gestão Fiscal (quadrimestral para municípios com mais de 50 mil habitantes, e semestral para municípios com até 50 mil habitantes): entrar em contato com o Serviço de Acompanhamento de Gestão SAG para receber orientações sobre a necessidade e procedimentos de reenvio. 12) Como posso saber quais contas o PAD considera para a geração dos relatórios, como por exemplo, as contas que compõem a despesa com pessoal do meu órgão? As contas consideradas na geração de relatórios do PAD estão dispostas na tabela do PAD, disponível no seguinte caminho: Portal > Jurisdicionados > Sistema de Controle Externo > SIAPC > PAD > Tabela do PAD. Mais informações podem ser encontradas na Instrução Normativa que dispõe sobre a forma de publicação das informações do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) e do Relatório de Gestão Fiscal (RGF). 13) Onde encontro os Manuais do SIAPC/PAD com os leiautes dos arquivos? Todos os volumes dos Manuais do SIAPC, bem como, o resumo dos leiautes dos arquivos poderão ser consultados em Portal > Jurisdicionados > Sistema de Controle Externo > SIAPC > Manuais. 14) Como encontro as normativas que obrigam o envio do PAD ao TCE-RS? A Resolução e a Instrução Normativa que dispõem sobre entrega, envio e disponibilização dos dados e informações do SIAPC/PAD são encontradas em Portal > Jurisdicionados > Sistemas de Controle Externo > SIAPC > Legislação.

6 15) Quero criar uma conta que não consta no Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP, adotado pelo TCE-RS. É possível? Qual a repercussão dessa criação para o PAD? Sim. Segundo Manual Técnico do SIAPC, Volume IV, item 1.3.4, os entes Municipais do Estado do Rio Grande do Sul poderão detalhar seus Planos de Contas nos níveis posteriores ao nível que estiver sendo utilizado no PCASP do TCE-RS. No entanto, no momento de rodar o PAD, deverá ser realizada uma análise quanto à necessidade de ajuste manual dessas contas evitando distorção na geração dos dados e relatórios. Maiores informações sobre PCASP entrar em contato com a Consultoria Técnica pelo fone (51) ou ) Estou rodando o PAD e apareceu um erro na tela Agora é necessário efetuar os relacionamentos ou na tela Agora é preciso verificar os arquivos de informações, telas copiadas abaixo. O Que fazer? Primeiramente, identifique a origem do erro; certifique-se de que não é problema de leiaute ou de consistências contábeis. Em não conseguindo resolver o problema, solicite ajuda junto ao TCE, fazendo uma abertura de chamado em Portal > Jurisdicionado > Abertura de chamado, junte a tela do erro e todos os arquivos TXT para que se possa realizar a análise do problema. Se ao rodar o PAD e surgirem erros em outras telas, que não sejam as copiadas abaixo, ou der erro ou demora anormal ao executar a assinatura eletrônica, deverá ser realizada a abertura de chamado em: Portal > Jurisdicionado > Abertura de chamado, juntando a tela do erro.

7 Contatos: Dúvidas Contábeis, Plano de Contas e Lançamentos, Consultoria Técnica - CT Fones: (51) / (51) Dúvidas sobre Download e instalação do programa, integração do PAD com o SISCAD, assinatura eletrônica, outras referente à tecnologia da Informação e demais dúvidas, Setor de Atendimento Processual - SATE Abertura de Chamados: Site do TCE-RS/Jurisdicionados/Abertura de Chamados Fone (51)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25/2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25/2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25/2007 Dispõe sobre a entrega, o envio e a disponibilização dos dados e das informações em meio informatizado, que os responsáveis pelos órgãos ou entidades da administração direta

Leia mais

Visando atender as diferentes realidades de seus jurisdicionados, o sistema LicitaCon contará com dois módulos para o recebimento das informações.

Visando atender as diferentes realidades de seus jurisdicionados, o sistema LicitaCon contará com dois módulos para o recebimento das informações. Manual e Validador De TCERS WIKI Conteúdo 1 Apresentação 1.1 Informações Gerais 1.2 Requisitos mínimos de hardware e software 1.3 Leiaute dos Arquivos 2 Instalação do Aplicativo 2.1 Instalação do Java

Leia mais

CAMPO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema COI Espaço do Controle Interno (Requisição de Informações).

CAMPO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema COI Espaço do Controle Interno (Requisição de Informações). CAMPO DE APLICAÇÃO MANUAL Sistema COI Espaço do Controle Interno (Requisição de Informações). SUMÁRIO página 1- Introdução 2 2- Pré-requisito 2 3- Acesso ao Sistema 2 4- Filtro de Pesquisa 3 5- Consulta

Leia mais

e-nota E Módulo de Entrega da Nota

e-nota E Módulo de Entrega da Nota Página1 e-nota E Módulo de Entrega da Nota Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota E... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota E... 05 4. Gerenciamento

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE IX Envio das Informações e documentos para o TCE VERSÃO 2015 Novembro

Leia mais

SICAP Sistema Integrado de Controle e Auditoria Pública. Najla Mansur Braga

SICAP Sistema Integrado de Controle e Auditoria Pública. Najla Mansur Braga SICAP Sistema Integrado de Controle Najla Mansur Braga É uma ferramenta de auditoria e comunicação desenvolvida pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins e tem como missão o recebimento de dados que

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE IX Envio das Informações e documentos para o TCE VERSÃO 2015 Fevereiro

Leia mais

DMS 5.0. 1. Apresentação

DMS 5.0. 1. Apresentação 1 5.0 1. Apresentação O sistema Declaração Mensal de Serviços 5.0 é um aplicativo para acesso de declarantes e/ou responsáveis autorizados para escrituração dos documentos fiscais emitidos e recebidos.

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

Portal do Documento Eletrônico Seguro

Portal do Documento Eletrônico Seguro Página1 s-doc Portal do Documento Eletrônico Seguro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é s-doc... 03 2. Instalação Plugin Assinatura... 04 3. Instalação Silverlight...

Leia mais

DCF Direção de Controle e Fiscalização CGEX Centro de Gestão Estratégica de Informação para o Controle Externo SIAPC Sistema de Informações para

DCF Direção de Controle e Fiscalização CGEX Centro de Gestão Estratégica de Informação para o Controle Externo SIAPC Sistema de Informações para DCF Direção de Controle e Fiscalização CGEX Centro de Gestão Estratégica de Informação para o Controle Externo SIAPC Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas 1 PCASP Aramis Souza e Rosane

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SVA PARA VALIDAÇÃO E TRANSMISSÃO DE ARQUIVOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SVA PARA VALIDAÇÃO E TRANSMISSÃO DE ARQUIVOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SVA PARA VALIDAÇÃO E TRANSMISSÃO DE ARQUIVOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Instrução Normativa RFB nº 1.452, de 21 de fevereiro de 2014 Ato Declaratório Executivo nº 21, de

Leia mais

SGCE SGI. Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. Sistema de Informação Integrado de Gestão e Auditoria Púbica. Secretaria Geral de Controle Externo

SGCE SGI. Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. Sistema de Informação Integrado de Gestão e Auditoria Púbica. Secretaria Geral de Controle Externo Tribunal de Contas do Estado de Rondônia Sistema de Informação Integrado de Gestão e Auditoria Púbica SGCE Secretaria Geral de Controle Externo Allan Cardoso de Albuquerque Francisco Barbosa Rodrigues

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

e-nota E Módulo de Entrega do Documento Fiscal eletrônico

e-nota E Módulo de Entrega do Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota E Módulo de Entrega do Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota E... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota E...

Leia mais

MANUAL PARA INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE CADASTRO E ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS (SISOBRAS)

MANUAL PARA INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE CADASTRO E ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS (SISOBRAS) TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS MANUAL PARA INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE CADASTRO E ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS (SISOBRAS) Abril de 2009 ÍNDICE CAPÍTULO 1 Sobre o SISOBRAS Sistema

Leia mais

CONECTIVIDADE SOCIAL ICP BRASIL - ACESSO PELO E-CNPJ

CONECTIVIDADE SOCIAL ICP BRASIL - ACESSO PELO E-CNPJ CONECTIVIDADE SOCIAL ICP BRASIL - ACESSO PELO E-CNPJ A Caixa Econômica Federal substituiu o Certificado digital da Conectividade Social em Disquete pelo E-CNPJ (Certificado Digital). QUEM ESTA OBRIGADO

Leia mais

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO 2014 - VALID Certificadora Digital Controle de Versões Autor Descrição Versão Data Lays Almeida Versão Inicial 1.0 06.11.2014 2014 - VALID Certificadora Digital

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Orientação Contribuinte NF e (versão de testes) 1 Objetivos do Projeto: O Projeto NF-e teve como objetivo a implantação de um modelo nacional de documento fiscal eletrônico visando

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Fevereiro de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Passo a Passo - Como Migrar do Emissor de NF-E Versão 2.0 para a Versão 3.10

Passo a Passo - Como Migrar do Emissor de NF-E Versão 2.0 para a Versão 3.10 Passo a Passo - Como Migrar do Emissor de NF-E Versão 2.0 para a Versão 3.10 Prezado Contribuinte, sugerimos manter o emissor para NF-e leiaute versão 2.0 instalado para fins de consulta dos documentos

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão: 24/05/2010 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL 1. Acesse http://siops.datasus.gov.br, opção Certificação Digital. 1.1. Acesse a 1ª ETAPA - Orientações Gerais e leia as informações para ter uma visão

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA LRFNET Lei de Responsabilidade Fiscal

MANUAL DO SISTEMA LRFNET Lei de Responsabilidade Fiscal TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RONDÔNIA MANUAL DO SISTEMA LRFNET Lei de Responsabilidade Fiscal Porto Velho-RO, ABRIL/2006. 9 Índice TELA PRINCIPAL DE ACESSO AO SISTEMA LRFNET... 11 1 - Informar Dados...

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Serviços Ibama Certificação Digital

Serviços Ibama Certificação Digital Guia da nos 1. Informações Gerais Objetivando garantir mais segurança ao acesso dos usuários dos Serviços do Ibama, foi estabelecido desde o dia 1º de janeiro de 2014, o acesso por meio de certificação

Leia mais

Importação NFe. As Notas Fiscais podem ser importadas por meio do arquivo XML enviado pelo fornecedor ou direto do portal da Nfe.

Importação NFe. As Notas Fiscais podem ser importadas por meio do arquivo XML enviado pelo fornecedor ou direto do portal da Nfe. Importação NFe Essa opção tem o objetivo importar as Notas Fiscais Eletrônicas, tornando o processo de lançamentos das Notas Ficais de entradas mais rápido. As Notas Fiscais podem ser importadas por meio

Leia mais

AJUDA IMPORTAÇÃO NFe GERENCIADOR e PORTAL NFe PREMIUM CONTABILIDADE

AJUDA IMPORTAÇÃO NFe GERENCIADOR e PORTAL NFe PREMIUM CONTABILIDADE AJUDA IMPORTAÇÃO NFe GERENCIADOR e PORTAL NFe PREMIUM CONTABILIDADE 1º - Acesse o programa NF-e Prosoft Gerenciador, através de um duplo clique com o mouse, que esta na tela de seu computador, ícone igual

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Módulo de Gestores. Utilizaremos telas do Módulo de Gestores (Homologação): http://siops-homologa2.datasus.gov.br

Módulo de Gestores. Utilizaremos telas do Módulo de Gestores (Homologação): http://siops-homologa2.datasus.gov.br Módulo de Gestores Módulo de Gestores Utilizaremos telas do Módulo de Gestores (Homologação): http://siops-homologa2.datasus.gov.br Módulo de Gestores As telas oficiais do Módulo de Gestores estão disponíveis

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

Manual de Instalação do Hábil Enterprise NFC-e Gratuito. Hábil Enterprise NFC-e Gratuito 2013-2015 by Koinonia Software Ltda.

Manual de Instalação do Hábil Enterprise NFC-e Gratuito. Hábil Enterprise NFC-e Gratuito 2013-2015 by Koinonia Software Ltda. Manual de Instalação do Hábil Enterprise NFC-e Gratuito Hábil Enterprise NFC-e Gratuito 2013-2015 by Ltda. (0xx46) 3225-6234 I Manual de Instalação Índice Cap. I 1 1 1 As orientações abaixo devem ser utilizadas

Leia mais

Assunto: Contabilidade Governamental -Tesouro Nacional - Orientações acerca da Portaria STN nº 702, de 10 de dezembro de 2014.

Assunto: Contabilidade Governamental -Tesouro Nacional - Orientações acerca da Portaria STN nº 702, de 10 de dezembro de 2014. Ministério da Fazenda Secretaria do Tesouro Nacional Subsecretaria de Contabilidade Pública Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação Nota Técnica nº 11/2014/CCONF/SUCON/STN/MF-DF

Leia mais

EDDYDATA SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA. EPP MANUAL ABERTURA 2016

EDDYDATA SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA. EPP MANUAL ABERTURA 2016 EDDYDATA SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA. EPP MANUAL ABERTURA 2016 FRANCA 2015 Estamos finalizando o exercício de 2015 junto dos nossos clientes com quem mantivemos um bom relacionamento durante todo o ano

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Envio de RPS em Lote (Arquivo XML / ABRASF Versão 1.0)

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Envio de RPS em Lote (Arquivo XML / ABRASF Versão 1.0) Manual de Envio de RPS em Lote (Arquivo XML / ABRASF Versão 1.0) Página 2 de 15 Índice ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. MANUAL COM O LAYOUT DO MODELO NACIONAL... 3 1.2. EXEMPLO... 3 2. ENVIANDO UM ARQUIVO

Leia mais

Nota Técnica nº 11/2014/CCONF/SUCON/STN/MF-DF (Alterada pela Nota Técnica nº 1/2015/CCONF/SUCON/STN/MF-DF)

Nota Técnica nº 11/2014/CCONF/SUCON/STN/MF-DF (Alterada pela Nota Técnica nº 1/2015/CCONF/SUCON/STN/MF-DF) Ministério da Fazenda Secretaria do Tesouro Nacional Subsecretaria de Contabilidade Pública Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação Nota Técnica nº 11/2014/CCONF/SUCON/STN/MF-DF

Leia mais

Manual SISCAD. Apresentação. Solicitação de Acesso - Credenciamento. Conteúdo. 15/4/2014 Manual SISCAD - TCERS WIKI. De TCERS WIKI

Manual SISCAD. Apresentação. Solicitação de Acesso - Credenciamento. Conteúdo. 15/4/2014 Manual SISCAD - TCERS WIKI. De TCERS WIKI Manual SISCAD De TCERS WIKI Conteúdo 1 Apresentação 2 Solicitação de Acesso - Credenciamento 3 Gerenciamento de Vínculos e Operadores de Sistemas 3.1 Aba Pessoas 3.1.1 Consultar/Alterar dados cadastrais,

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE VII ATOS DE REVISÃO VERSÃO 2014 Maio de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Barra Mansa

Prefeitura Municipal de Barra Mansa Prefeitura Municipal de Barra Mansa Manual de Envio de RPS em Lote (Arquivo XML / ABRASF Versão 1.0) Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br

Leia mais

Programa de Capacitação 2012. TCE/SC Instituto de Contas. Treinamento e-sfinge

Programa de Capacitação 2012. TCE/SC Instituto de Contas. Treinamento e-sfinge Programa de Capacitação 2012 TCE/SC Instituto de Contas Treinamento e-sfinge Suporte da DIN Sandro Daros De Luca Auditor Fiscal de Controle Externo- DIN Divisão de Apoio às Unidades Fiscalizadas sandroluca@tce.sc.gov.br

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

MANUAIS DE PROCEDIMENTOS WAE

MANUAIS DE PROCEDIMENTOS WAE MANUAIS DE PROCEDIMENTOS WAE UTILIZAÇÃO DO PROFESSOR@NET CENTRAL DE OPERAÇÕES Março / 2009 Atualizado por: Filipe G. Santana Em: 17/10/2012 INDÍCE INFORMAÇÕES INICIAIS... 1 PROCEDIMENTOS DE ACESSO AO PROFESSOR@NET...

Leia mais

TCEnet e TCELogin Manual Técnico

TCEnet e TCELogin Manual Técnico TCEnet e TCELogin Manual Técnico 1. O que há de novo O TCELogin está na sua terceira versão. A principal novidade é o uso de certificados pessoais do padrão ICP-Brasil. O uso desses certificados permite

Leia mais

Caso o cadastro seja indeferido o gestor deve sanar as devidas pendências e submeter novamente o cadastro para análise.

Caso o cadastro seja indeferido o gestor deve sanar as devidas pendências e submeter novamente o cadastro para análise. Orientações de cadastro Perguntas mais frequentes 1) O que é necessário para fazer o cadastro no CADUN? A - Aquisição da certificação digital de Pessoa Física. Exemplos de Autoridades Certificadoras: SERPRO:

Leia mais

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor Destinada aos Fornecedores das empresas: Outubro/2010 Nova Estrutura de Telas O portal e-fornecedores conta com nova interface, que facilita a forma de

Leia mais

Manual Integra S_Line

Manual Integra S_Line 1 Introdução O é uma ferramenta que permite a transmissão Eletrônica de Resultado de Exames, possibilitando aos Prestadores de Serviços (Rede Credenciada), integrarem seus sistemas com os das Operadoras

Leia mais

Nota Fiscal Avulsa para MEI

Nota Fiscal Avulsa para MEI Nota Fiscal Avulsa para MEI Orientação geral quanto ao aplicativo de emissão da Nota Fiscal Avulsa para os contribuintes inscritos no Cadastro de Contribuintes de ICMS do Estado do Pará Sumário Avisos...3

Leia mais

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Introdução... 2 Requisitos para Utilização do Módulo NF-e... 2 Termo de Responsabilidade... 2 Certificados... 2 Criação de Séries... 2 Framework... 3 Teste de Comunicação...

Leia mais

Tutorial Novo Portal do Aluno

Tutorial Novo Portal do Aluno Projeto: IFMG Instituto Federal Minas Gerais Tutorial Novo Portal do Aluno Roteiro: Login no Portal do Aluno O site para acesso ao portal do aluno é: https://meu.ifmg.edu.br/ No campo usuário e senha devem

Leia mais

Manual - Versão 1.2 1

Manual - Versão 1.2 1 Manual - Versão 1.2 1 2 Requisitos para emissão da Nota Fiscal de Consumidor eletrônica - Sistema Gerenciador Gestor Prime - Sistema Transmissor - Uninfe Instalado automaticamente pelo Gestor. - Internet

Leia mais

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota G... 03 2. O que é NF-e?... 04 3. O que é CT-e?... 05

Leia mais

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial...

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial... 1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3 1.1. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2. Seleção da Empresa de Trabalho... 4 1.3. Sair do Sistema... 5 1.4. Retornar a tela principal... 5 3. Configurações...

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

Procedimentos para cadastrar no E-Process a solicitação de nomeação de fiel depositário em casos de TAD-e

Procedimentos para cadastrar no E-Process a solicitação de nomeação de fiel depositário em casos de TAD-e Procedimentos para cadastrar no E-Process a solicitação de nomeação de fiel depositário em casos de TAD-e Quando, na fiscalização do trânsito de mercadorias ou da respectiva prestação de serviço de transporte,

Leia mais

Roteiro para o Envio de Documentos pela Internet

Roteiro para o Envio de Documentos pela Internet Diretoria de Tecnologia da Informação Roteiro para o Envio de Documentos pela Internet Portal e-contas Manaus, Março de 2013 Controle das Versões Data da Versão Versão 14/03/2013 1.0 Página 2 de 17 Conteúdo

Leia mais

lnclusão de Solicitação de Cópia de Processo Físico anterior à adoção do E-Process Usuário: Contribuinte inscrito ou não inscrito

lnclusão de Solicitação de Cópia de Processo Físico anterior à adoção do E-Process Usuário: Contribuinte inscrito ou não inscrito lnclusão de Solicitação de Cópia de Processo Físico anterior à adoção do E-Process Solicitação de Cópia de Processo Físico Usuário: Contribuinte inscrito ou não inscrito O Documento de Arrecadação DAR-1/AUT,

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

I SEMINÁRIO ESTADUAL SIOPS - PARAIBA

I SEMINÁRIO ESTADUAL SIOPS - PARAIBA I SEMINÁRIO ESTADUAL - PARAIBA Portal Processo de Certificação Digital Cenário Carla Emilia Costa Cavalcanti Equipe /DF Maio/2014 Sistema de informação que coleta, recupera, processa, armazena, organiza

Leia mais

Orientações para Solicitação de envio de EFD Retificadora via WEB

Orientações para Solicitação de envio de EFD Retificadora via WEB Orientações para Solicitação de envio de EFD Retificadora via WEB Versão 1.0 Coordenação do SPED FISCAL Página 1 de 10 ÍNDICE Solicitação de Autorização...3 Consulta Autorização...7 Dúvidas Frequentes...10

Leia mais

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 UNIMED BLUMENAU COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO SCCard Sistema de Autorização On-Line O SCCard é a interface web do sistema de autorização da Unimed Blumenau

Leia mais

Secretaria de Estado da Receita. Gerência Executiva de Arrecadação e Informações Econômico-Fiscais D P E C

Secretaria de Estado da Receita. Gerência Executiva de Arrecadação e Informações Econômico-Fiscais D P E C D P E C Declaração Prévia de Emissão em Contingência GUIA DE USO 1 D P E C Declaração Prévia de Emissão em Contingência GUIA DE USO 1ª Opção: Enviar a DPEC pelo Aplicativo Emissor de NF-e ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

- Computador Servidor: É o computador que armazenará o banco de dados do programa. Não necessariamente precisa rodar o Hábil Enterprise.

- Computador Servidor: É o computador que armazenará o banco de dados do programa. Não necessariamente precisa rodar o Hábil Enterprise. Hábil Enterprise Copyright 2009 2010 Koinonia Software Ltda. Fone: 0**46 3225-6234 Suporte: http://www.habilenterprise.com.br/suporte As orientações abaixo devem ser utilizadas para fazer a instalação

Leia mais

MALOTE DIGITAL. Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG

MALOTE DIGITAL. Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG MALOTE DIGITAL Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG Adaptações TJMT Lise Mangabeira Escola dos Servidores Reginaldo Cardoso DAPI Ruy Castrilon D.A. Readaptações TCE MT (Download do manual no site

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas

Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas Geração e transmissão de NF-e Após preencher os dados da nota fiscal, se não houver alguma informação faltando, o sistema sugere a geração do arquivo texto necessário

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Relatório de Controle Interno (RCI) Envio em Meio Digital

Relatório de Controle Interno (RCI) Envio em Meio Digital Relatório de Controle Interno (RCI) Envio em Meio Digital Ministrantes - Gilceu Ferreira (Contador da Fazenda Estadual - DCOG/SEF) - Sandro Daros de Luca (Auditor Fiscal de Controle Externo - DIN/TCE)

Leia mais

I Alterações do Manual de Orientação do Leiaute do Sped Contábil (ECD)

I Alterações do Manual de Orientação do Leiaute do Sped Contábil (ECD) Nota Técnica do Sped Contábil nº 001, de 16 de dezembro de 2013 Dispõe sobre as alterações no Manual de Orientação do Leiaute do Sped Contábil. Considerando que o Ato Declaratório Executivo n o 33, de

Leia mais

Os Conhecimentos de Transporte podem ser declarados na DIA?

Os Conhecimentos de Transporte podem ser declarados na DIA? PERGUNTA RESPOSTA O que é período de referência da DIA? É o período em que as notas ingressaram no Amazonas, de acordo com o desembaraço efetuado junto à SEFAZ. Qual o prazo de entrega da DIA? Até o décimo

Leia mais

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota G... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota G... 05

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

AUTORIZAÇÃO de EMPREENDIMENTOS de FAUNA SILVESTRE. Passo-a-passo 1.4 - Após 48 horas, como ALTERAR ATIVIDADES no CTF (incluir; encerrar; etc.

AUTORIZAÇÃO de EMPREENDIMENTOS de FAUNA SILVESTRE. Passo-a-passo 1.4 - Após 48 horas, como ALTERAR ATIVIDADES no CTF (incluir; encerrar; etc. AUTORIZAÇÃO de EMPREENDIMENTOS de FAUNA SILVESTRE Passo-a-passo 1.4 - Após 48 horas, como ALTERAR ATIVIDADES no CTF (incluir; encerrar; etc.) No sistema do Cadastro Técnico Federal (CTF), passados 48 horas

Leia mais

INSTRUMENTO NORMATIVO 004 IN004

INSTRUMENTO NORMATIVO 004 IN004 1. Objetivo Definir um conjunto de critérios e procedimentos para o uso do Portal Eletrônico de Turismo da Região disponibilizado pela Mauatur na Internet. Aplica-se a todos os associados, empregados,

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

FUNDAÇÃO LUSÍADA Centro Universitário Lusíada

FUNDAÇÃO LUSÍADA Centro Universitário Lusíada O Sistema de Gerenciamento de Professores, permitirá que o docente faça o registro da nota de prova do estudante via internet. O procedimento é simples e rápido. Elaboramos esse passo a passo, o qual poderá

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO Processos de Concessão de Benefícios Histórico da Revisão Data Versão

Leia mais

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. INFORMAÇÕES REGULAMENTARES:...3 3. ACESSO AO SISTEMA...3 4. INCLUSÃO DE USUÁRIOS...4 5. FATURAMENTO ELETRÔNICO...5 6. GUIA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Junho de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

SSE 3.0 Servidor de Notificação por E-Mail. Cadastrando E-Mail

SSE 3.0 Servidor de Notificação por E-Mail. Cadastrando E-Mail SSE 3.0 Modulo Servidor de Notificação de E-Mail - 1 SSE 3.0 Servidor de Notificação por E-Mail O módulo servidor de notificação por e-mail tem como objetivo enviar uma notificação via e- mail para os

Leia mais

Instruções SPED Fiscal ECF

Instruções SPED Fiscal ECF Instruções SPED Fiscal ECF DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila Maria Doc. Vrs. 02 Revisão: Aprovado em: Agosto de 2015. Nota de copyright Copyright 2015 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os direitos

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO ELETRÔNICAS PREFEITURA DE JUIZ DE FORA COMPLEMENTO AO SUPORTE A ATENDIMENTO NÍVEL 1 1.0 Autor: Juiz de Fora, Fevereiro 2015. PÁGINA 1 DE 38 SUMÁRIO 1REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES

Leia mais

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC 1 Conceito do MDF-e: MDF-e é o documento emitido e armazenado eletronicamente por contribuinte credenciado pela Secretaria da Fazenda como emitente

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Tutorial para emissão de NF-e

Tutorial para emissão de NF-e Tutorial para emissão de NF-e Conteúdo 1.Configuração do Módulo de NF-e... 2 1.1.Códigos Fiscais... 3 1.2.Contas Contábeis... 4 1.3.Conta corrente... 6 2.Emissão de NF-e... 8 2.1.Gerar NF-e... 9 2.2.NF-e

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e SUMÁRIO 1. INSTALAÇÃO 2. CADASTROS 2.1. CADASTRO DE USUÁRIO 2.2. CADASTRO DE MODALIDADE 2.3. CADASTRO DE PRODUTO 3. OPERAÇÃO 3.1. VENDA 3.2. CANCELAMENTO

Leia mais

Manual de Atualização Versão 3.6.4.

Manual de Atualização Versão 3.6.4. Manual de Atualização Versão 3.6.4. Sumário 1. AVISO... 1 2. INTRODUÇÃO... 2 3. PREPARAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO... 3 4. ATUALIZANDO GVCOLLEGE E BASE DE DADOS... 7 5. HABILITANDO NOVAS VERSÕES DO SISTEMA....

Leia mais

DIF-e - MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONTRIBUINTE

DIF-e - MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONTRIBUINTE Página 1 de REVISÃO DATA VERSÃO DO HISTÓRICO DAS ALTERAÇÕES SISTEMA 00 1.0 Emissão inicial. Página 2 de Sumário 1. Introdução... 4 2. Modelo Conceitual... 4 3. Programa Cliente... 5 3.1 Telas de Configuração...

Leia mais

Recursos no Sankhya-W. AR Soluti - Goiânia

Recursos no Sankhya-W. AR Soluti - Goiânia (ERP utilizado nos Departamentos da AC SOLUTI) AR Soluti - Goiânia Versão 2.0 de 25 de Outubro de 2013 Classificação: Digitally signed by BRUNO BARROS MENDES:0169426 7180 Date: 2013.10.25 11:13:53 BRST

Leia mais

Projetos da Receita Federal

Projetos da Receita Federal Escrituração Fiscal Digital - EFD Projetos da Receita Federal A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras

Leia mais