PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO"

Transcrição

1 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO 1 FORMAÇÃO 1.1 O que é formação? Todas atividades relacionadas ao processo de educação, que tem como objetivo o aperfeiçoamento, a qualificação e a especialização dos trabalhadores do GHC em temas relacionados ao seu processo de trabalho na instituição e fazer profissional no Sistema Único de Saúde, são consideradas formação, tais como: cursos, formação acadêmica, congressos, treinamentos, oficinas, etc. 1.2 Quantas horas para formação são necessárias realizar? O trabalhador deve realizar, no mínimo, 16 (dezesseis) horas de formação para obter o conceito ótimo na avaliação individual. 1.3 Qual o período para considerar as horas na minha avaliação? As horas de formação são contabilizadas até dois meses antes do aniversário de ingresso na instituição, sendo consideradas em um período de 12 meses. Ex: Para uma avaliação a ser realizada em agosto de 2014, sendo este o seu mês de ingresso na instituição, suas horas de formação serão contabilizadas de 01 de junho de 2013 a 31 de maio de Como posso acessar as atividades para formação que realizei? Para consultar as atividades registradas, basta acessar o histórico individual no GHC Sistemas: Sistemas Administrativos\ Pessoal\ Horas de Formação\ Relatórios\ Histórico do Trabalhador. Selecione cartão ponto e ano que deseja realizar a consulta. 1.5 Workflow O que é Workflow? O Workflow é uma ferramenta virtual acessada através da internet, que permite iniciar fluxos de trabalho, tais como: solicitações de materiais, transferência de bens, sanções disciplinares, solicitações de registros e incentivos para formação, etc Como utilizar o Workflow? Para utilizar o Workflow como solicitante dos registros e incentivos para formação, são necessários login e senha Workflow. Eles podem ser criados por meio da conta do Minha Página no Portal RH ( Clique em Serviços On-line\ Minha página, acesse sua conta, em seguida, clique em criar senha Workflow. Após criar seu login e senha, você poderá acessá-lo pelo GHC Sistemas ou pelo site workflow.ghc.com.br. Obs: NÃO SOLICITE CRIAÇÃO DE SENHA SE VOCÊ JÁ POSSUI UMA E NÃO LEMBRA! Para esse caso, há a opção esqueci minha senha na própria página do Workflow E se eu esqueci minha senha do Workflow? Na página inicial do Workflow ( Acompanhamento de Processos), há a opção Esqueci minha senha. Realize os passos solicitados.

2 1.5.4 O que fazer se não tenho uma conta no Minha Página? Você deve se cadastrar no Minha Página, acessando o Portal RH/GHC ( Clique em Serviços On-line/Minha página. No menu de acesso do usuário há um link para criar sua conta, mas lembre-se, esse cadastro é o primeiro passo para criar o login do Workflow, após realizar essa etapa, você ainda deverá criá-lo pelo Minha Página Atividades com incentivo O que é incentivo? O incentivo acontece quando são fornecidos recursos financeiros diretamente ou indiretamente pelo GHC, tais como: abono de ponto, pagamento de diárias, pagamento de inscrição em eventos (seminário, congresso, palestra, etc.) ou atividades realizadas pelas equipes (ver atividades internas) O que são atividades com incentivo? São aquelas que recebem qualquer tipo de incentivo institucional (abono de ponto, pagamentos, etc.) Como solicito incentivo? Para solicitar incentivo e pedir autorização para participação em atividade para formação, você deverá iniciar um fluxo no Workflow. Clique em Solicitação de autorização de atividade para formação ou representação institucional. Escolha os tipos de incentivo que você deseja receber (Abono de ponto, inscrição, passagens e/ou diárias) e prossiga para as próximas tarefas do fluxo, preenchendo os formulários virtuais. Os incentivos passarão por análise e aprovação do gestor direto, gerente direto e setor financeiro Posso solicitar incentivo após a realização da atividade? Não, todas as solicitações devem ser prévias à data da atividade. O sistema não aceita datas retroativas Qual o prazo para solicitar incentivo para uma atividade? 5 (cinco) dias úteis antes da atividade para solicitar somente abono de ponto, e 30 (trinta) dias úteis para solicitar incentivos financeiros que necessitem de pagamento O GHC ressarce gastos com atividades? Não há ressarcimento para gastos de qualquer natureza (inscrições, passagens, diárias). As solicitações devem ser efetuadas com antecedência à atividade, conforme prazos e normas Qual o prazo de apresentação do certificado (prestação de contas)? O prazo de entrega do certificado (anexado ao Workflow) é de 05 (cinco) dias úteis após o encerramento da atividade. Ele é a comprovação de participação do trabalhador na atividade Onde entregar o certificado? Todos os documentos são anexados ao Workflow. O certificado deverá ser digitalizado (escaneado) e salvo em formato PDF. Na tarefa que for solicitada comprovação de participação na atividade (certificado), clique em carregar novo arquivo na caixa anexos, escolher o arquivo do certificado (formato PDF) e clicar em carregar arquivo. Lembre-se: você deve prosseguir o fluxo clicando no botão verde O que fazer quando não há certificado? O participante da formação deverá solicitar à secretaria do evento, um documento comprobatório de participação no evento (declaração, atestado, entre outros), que contenha os seguintes dados: o nome do empregado, o nome completo da atividade, os dados da

3 instituição promotora da atividade (logo, timbre ou símbolo e CNPJ), a assinatura e identificação do responsável pela atividade ou o número de registro para autenticação eletrônica, o período de realização do evento e a carga horária. Não será realizado abono ou qualquer registro sem documento comprobatório, conforme estabelecido em normativa O que acontece quando a prestação de contas não for realizada? Quando não houver prestação de contas, ou se ela for feita de forma incorreta por parte do empregado, acarretará no ressarcimento total, ao GHC, dos recursos financeiros investidos, no desconto dos dias previstos em acordo coletivo, bem como na aplicação de penalidade disciplinar, conforme o disposto no Regulamento de Procedimentos e Sanções Disciplinares do GHC Atividades sem incentivo O que são atividades sem incentivo? São aquelas atividades executadas por outras instituições, que o trabalhador participa sem incentivo financeiro direto ou indireto do GHC, ou seja, as que são realizadas por iniciativa do próprio empregado Como solicito o registro dessas atividades? Através da abertura de um fluxo no Workflow. Para esse tipo de atividade, você deverá clicar no item Registro de horas para formação de atividades realizadas pelo próprio empregado - solicitação, localizado na tela inicial em Processos que posso iniciar. Preencha os campos corretamente e anexe a programação e o certificado referente à formação Onde entregar o certificado? Todos os documentos são anexados ao Workflow. A programação e o certificado deverão ser digitalizados (escaneados) e salvos em formato PDF. Para anexar o certificado, você deverá clicar em carregar novo arquivo na caixa anexos, escolher o arquivo do certificado (formato PDF) e clicar em carregar arquivo. Lembre-se: você deve prosseguir o fluxo, clicando no botão verde Posso solicitar registro das horas antes da realização da atividade? Não, todas as solicitações de registro por iniciativa do próprio empregado devem ser posteriores à data da atividade Qual o prazo de apresentação do certificado? O trabalhador deverá anexar o certificado ao fluxo do Workflow até 30 dias após o encerramento da atividade. 1.6 Atividades internas O que são? São todas as atividades promovidas pelas equipes do GHC, mediante execução própria, contrato ou convênio O que é necessário para realizar uma atividade interna? É necessário elaborar um projeto com a metodologia aplicada na atividade, público-alvo e conteúdo abordado. Além disso, listas de presença padronizadas pela GTED deverão ser passadas para os participantes assinarem.

4 1.6.3 Quem pode promover uma atividade interna? Qualquer trabalhador que se responsabilize pela atividade. Porém, todos os projetos e listas de presença, devem estar carimbados e assinados pelo coordenador do setor promotor Onde posso encontrar as listas de presença padronizadas pela GTED? Os formulários podem ser encontrados na rede interna do GHC, através do caminho: H:\PUBLICO\Setores\Gestao_do_Trabalho\Atividades para Formação. Nesse caminho, são encontradas as listas unitárias de presença (atividade de um dia) e listas múltiplas de presença (atividade com vários dias) O projeto deve ser encaminhado antes da atividade? Não. Se o organizador achar necessário, para certificar-se que está adequado, pode encaminhar o projeto antes da atividade, para análise via Entretanto, o projeto deve ser obrigatoriamente enviado junto à primeira lista de presenças Como é realizado o registro dos participantes das formações promovidas pelas equipes internas? O projeto da atividade e as listas de presença devem ser encaminhados à Gestão do Trabalho na forma física, seguindo as normas para formação e utilizando os formulários (Listas de presença) padronizados pela GTED, para registro no GHC Sistemas Qual a importância da lista de presenças e das assinaturas? Para que as horas de formação sejam lançadas, é necessário o envio das listas de presença assinadas pelos participantes, pois, somente elas comprovam a participação na atividade. As informações dos trabalhadores (nome e cartão ponto) devem constar na lista de forma correta e legível, visto que a Gestão do Trabalho não se responsabiliza pelo registro das horas para formação caso os campos não estejam preenchidos de forma clara e corretamente As atividades geram abono de ponto ou banco de horas? Não. A Gestão do Trabalho não realiza abono de ponto para atividades promovidas pelas equipes O organizador e o palestrante têm horas para formação computadas? Não. Somente os participantes que estão recebendo formação têm registro de suas horas no sistema. Organizadores e palestrantes têm um campo específico no final da lista de presença para assinar. Ele serve apenas para apontar quem foram os facilitadores da atividade (não há registro de horas no sistema). Podem ser solicitadas declarações para os facilitadores, conforme os registros Qual a diferença de uma atividade interna e uma reunião de trabalho/equipe? As reuniões de equipe não são lançadas no sistema. Elas são encontros sistemáticos ou extraordinários para discussão, construção e produção de processos de trabalho. Estão ligadas às atribuições funcionais e não se caracterizam como capacitação, treinamento, curso, palestra ou outros tipos de formação Qual a carga horária mínima para o registro das atividades formativas? As atividades deverão ter, no mínimo, 45 (quarenta e cinco) minutos de duração para que sejam registradas Como encaminho a documentação de uma atividade e qual o prazo para entrega? As listas de presenças (NAF04A ou NAF04C) devem ser anexadas ao projeto da formação e entregues à GTED, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, devidamente preenchidas, assinadas, carimbadas e evitando o uso de abreviaturas ou siglas nos nomes das atividades.

5 De quem é a responsabilidade pelo envio das listas de presença e projetos das atividades realizadas pelas equipes? A responsabilidade é do(s) organizador(es) da atividade. Os participantes devem exigir dele o envio das listas e dos projetos. A GTED se responsabiliza pelos registros exclusivamente após a chegada das listas e do projeto e tem até 30 dias para conferência e lançamento. 1.7 Onde encontro a normativa completa e os instrumentos para formação? A normativa faz parte do Regulamento de Pessoal (Portaria GHC nº 80/14) e está disponível na rede e na internet. Rede: H/Publico/Setores/Gestão_do_Trabalho/Atividades para Formação Internet: BM=1 Mais informações no ramal 2807.

Manual de inscrições VI ENIEDUC

Manual de inscrições VI ENIEDUC Manual de inscrições VI ENIEDUC Como se inscrever para o VI ENIEDUC Como emitir o boleto para pagamento Para se inscrever no VI ENIEDUC siga rigorosamente os seguintes procedimentos: 1) Na página inicial

Leia mais

DIRETORIA DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

DIRETORIA DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Acesse o SGUWeb com seu usuário e senha. Entre na opção Projetos Minhas Propostas Escolha

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS Conteúdo MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS... 2 Conceito de Manual Procedimentos... 2 Objetivos do Manual... 2 Aspectos Técnicos... 2 1. ACESSO AO SISTEMA ODONTOSFERA... 3 2. STATUS DO PACIENTE NO SISTEMA...

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

EDITAL Nº 01/2015 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS EDITAL Nº 01/2015 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS Este edital dispõe sobre as normas para solicitação, concessão e utilização de auxílio financeiro para participação em eventos extracurriculares,

Leia mais

PASSO A PASSO PARA INSCRIÇA O BOLSA IC/IT

PASSO A PASSO PARA INSCRIÇA O BOLSA IC/IT PASSO A PASSO PARA INSCRIÇA O BOLSA IC/IT Para ser bolsista IC/IT em uma pesquisa é necessário: Existir edital aberto; Encontrar um orientador que faça parte de um projeto inscrito na Plataforma de Apoio

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D O ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...3

Leia mais

Nota Legal Rondoniense

Nota Legal Rondoniense Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 01/12/2011 Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 1 Índice Analítico 1. Considerações Gerais... 3 1.1. Definição... 3 1.2. Documentos

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 2 TERMO DE COMPROMISSO... 3 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 3 ETAPAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS Pró-Reitoria de Extensão e Cultura Manual de Utilização das funções básicas do Módulo de Eventos do SIG-UFLA Usuário: Coordenador de Eventos Outubro / 2014 Sumário Introdução...

Leia mais

Manual do Usuário. Consultor. Versão 2.3

Manual do Usuário. Consultor. Versão 2.3 Manual do Usuário Consultor Versão 2.3 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em

Leia mais

AJUDA - FORMULÁRIO DE PROPOSTA ON-LINE - AVG

AJUDA - FORMULÁRIO DE PROPOSTA ON-LINE - AVG AJUDA - FORMULÁRIO DE PROPOSTA ON-LINE - AVG Esse é o manual para auxílio ao preenchimento do formulário de propostas on-line para a modalidade de Auxílio Participação em Eventos Científicos AVG. INFORMAÇÕES

Leia mais

Manual do Emissor RPS

Manual do Emissor RPS Manual do Emissor RPS Fly E-Nota 1/14 Índice 1.Instalação...3 1.1.Pré-requisitos da instalação...3 1.2.Baixar e instalar do Emissor RPS...3 1.3.Carregar as configurações do prestador...4 1.4.Instalação

Leia mais

b) os textos devem ter no máximo 42.000 caracteres com espaços (incluindo títulos, resumo, abstract, notas de rodapé, referências bibliográficas);

b) os textos devem ter no máximo 42.000 caracteres com espaços (incluindo títulos, resumo, abstract, notas de rodapé, referências bibliográficas); Orientações sobre as normas de submissão de trabalhos e procedimentos para realizar inscrição e submissão de trabalhos. Orientações sobre as normas de submissão de trabalhos É responsabilidade de cada

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA MANUAL DO SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DE JUIZ LEIGO E CONCILIADOR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA MANUAL DO SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DE JUIZ LEIGO E CONCILIADOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA MANUAL DO SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DE JUIZ LEIGO E CONCILIADOR O sistema de acompanhamento de juiz leigo e conciliador é um sistema administrativo com o objetivo de acompanhar

Leia mais

MANUAL PARA ACESSO À REDE DA COMUNIDADE ACADÊMICA FEDERADA (CAFe)

MANUAL PARA ACESSO À REDE DA COMUNIDADE ACADÊMICA FEDERADA (CAFe) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL SECRETARIA ESPECIAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO MANUAL PARA ACESSO À REDE DA COMUNIDADE ACADÊMICA FEDERADA (CAFe) A partir de

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 3 TERMO DE COMPROMISSO... 4 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 4

Leia mais

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E SUAS MODALIDADES DIREM

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E SUAS MODALIDADES DIREM GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA RUI COSTA DOS SANTOS SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO OSVALDO BARRETO FILHO SUBSECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO ADERBAL DE CASTRO MEIRA FILHO CHEFE DE GABINETE WILTON TEIXEIRA CUNHA SUPERINTENDENTE

Leia mais

Guia do Usuário ProAnalir 2012. Introdução... 2. Acessando a Central OnLine pelo site do ProAnalir... 3

Guia do Usuário ProAnalir 2012. Introdução... 2. Acessando a Central OnLine pelo site do ProAnalir... 3 Área Universidade Prosoft Autor Valquíria Coelho Criação 15/02/2011 Publicação Distribuição Franqueadora, Franquias e Clientes. Guia do Usuário ProAnalir 2012 Conteúdo: Introdução... 2 Acessando a Central

Leia mais

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página 1 Sumário DÚVIDAS GERAIS... 3 PREGÃO ELETRÔNICO... 6 Página 2 DÚVIDAS GERAIS 1. O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta: O fluxograma representa

Leia mais

Guia do Usuário ProAnalir 2013. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3

Guia do Usuário ProAnalir 2013. Introdução... 2. Liberação das licenças... 3 Área Universidade Prosoft Autor Valquíria Coelho Criação 26/02/2013 Publicação - 28/02/2013 Distribuição Franqueadora, Franquias e Clientes. Guia do Usuário ProAnalir 2013 Conteúdo: Introdução... 2 Liberação

Leia mais

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. Manual Gerenciamento de Acesso Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. SUMÁRIO 1 GERENCIAMENTO

Leia mais

Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT

Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT Sumário OBJETIVO...2 INFORMAÇÕES...3 GRUPOS...4 OPERAÇÃO COM PROCESSOS E OFICIOS...5 USUÁRIOS...6 ACESSO...7 1º ACESSO...8 TELA INICIAL DO ACESSO...9 MENU:

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA HOMOLOGAR PRODUTOS POR DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE COM DIREITO À COMERCIALIZAÇÃO

INSTRUÇÕES PARA HOMOLOGAR PRODUTOS POR DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE COM DIREITO À COMERCIALIZAÇÃO INSTRUÇÕES PARA HOMOLOGAR PRODUTOS POR DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE COM DIREITO À COMERCIALIZAÇÃO O presente documento tem por objetivo orientar o usuário do sistema SGCH a homologar produtos voltados ao

Leia mais

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BAURU 2015 2 BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO Manual do usuário apresentado para auxiliar no uso do sistema SisPon. BAURU 2015 3 SUMÁRIO 1 Instalação... 5 1.1 Sispon...

Leia mais

Exames Periódicos de Saúde

Exames Periódicos de Saúde Exames Periódicos de Saúde Neste informativo o servidor encontrará respostas para possíveis dúvidas a respeito do Exame Periódico de Saúde. Realização Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Pró-Reitoria

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Funcionários Página 1 de 12 O cadastro de funcionários permite cadastrar o usuário que vai utilizar o SIGLA Digital e também seus dados pessoais.

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 57 SENARC/ MDSBrasília,08de janeirode 2013. Assunto:Divulga aos municípios orientações para a substituição de Gestor Municipal, Prefeito, Órgão Responsável, Equipe de Gestão e

Leia mais

GATI Gestão de Atendimento Inteligente. Manual de Uso. powered by OPUS Software v1.0

GATI Gestão de Atendimento Inteligente. Manual de Uso. powered by OPUS Software v1.0 GATI Gestão de Atendimento Inteligente Manual de Uso powered by OPUS Software v1.0 2 Gestão de Atendimento Inteligente A Gati Gestão de Atendimento Inteligente registra todo tipo de comunicação entre as

Leia mais

Inicialmente, faça seu cadastro, depois, use seu CPF e sua Senha para fazer o Login e entrar no sistema quantas vezes quiser.

Inicialmente, faça seu cadastro, depois, use seu CPF e sua Senha para fazer o Login e entrar no sistema quantas vezes quiser. Inicialmente, faça seu cadastro, depois, use seu CPF e sua Senha para fazer o Login e entrar no sistema quantas vezes quiser. Insira aqui o Código de sua empresa, que deverá ser fornecido pelo Gestor da

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA GESTÃO DE DOCUMENTOS

MANUAL DO SISTEMA GESTÃO DE DOCUMENTOS MANUAL DO SISTEMA GESTÃO DE DOCUMENTOS Este manual foi desenvolvido para orientar os usuários do Sistema de Gestão de Documentos a realizar pesquisas e consultas de documentos armazenados na Coordenadoria

Leia mais

Sistemas Corporativos da USP (Web)

Sistemas Corporativos da USP (Web) Sistemas Corporativos da USP (Web) O sistema de estágios remunerados da USP é fruto da colaboração das seguintes áreas da Reitoria da Universidade de São Paulo: Departamento de Recursos Humanos, Departamento

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 198/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 198/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 198/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estão abertas as inscrições no período de 3 a 10 de dezembro

Leia mais

Manual Portal da Empresa

Manual Portal da Empresa Manual Portal da Empresa 1. INTRODUÇÃO... 3 2. COMO ACESSAR O PORTAL DA EMPRESA... 4 3. COMO OBTER UM LOGIN DE ACESSO... 4 4. COMO RESGATAR SENHA... 5 5. COMO INFORMAR UMA ADMISSÃO... 5 6. COMO VISUALIZAR

Leia mais

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Projeto ECA na Escola, Este tutorial pretende auxiliá-lo na navegação na Plataforma de Educação à Distância

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

Orientações para Usuários

Orientações para Usuários Sistema de Gestão de Certificados Eletrônicos Orientações para Usuários Organizadores de evento Controladores de qualidade Objetivos do Sistema Os principais objetivos da concepção do sistema são: automatização,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA XI CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO CONPEEX

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA XI CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO CONPEEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA XI CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO CONPEEX NORMAS DA XI MOSTRA DE EXTENSÃO E CULTURA A XI MOSTRA DE EXTENSÃO E CULTURA DA UFG acontecerá

Leia mais

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor Movimentos - Entrada de Nota Fiscal Para realizar a entrada de nota fiscal no sistema, verifica-se primeiro as opções, existem vários meios para dar entrada em uma Nota Fiscal: Com Pedido de Compra é quando

Leia mais

MANUAL WEBDRIVE. webdrive.whirlpool.com.br

MANUAL WEBDRIVE. webdrive.whirlpool.com.br MANUAL WEBDRIVE webdrive.whirlpool.com.br 1 Sumário 1. O Webdrive p. 04 2. Acessando o sistema p. 04 2.1 Esqueci minha senha 2.2 Página principal 2.3 Efetuar logoff 2.4 Criar e alterar Usuários 2.5 Criar

Leia mais

BEM-VINDO AO DHL E-BILLING GUIA DE USUÁRIO

BEM-VINDO AO DHL E-BILLING GUIA DE USUÁRIO Envio de Remessas Online BEM-VINDO AO DHL E-BILLING GUIA DE USUÁRIO CONTROLE E GERENCIE SEUS ENVIOS DE UMA MANEIRA MAIS SIMPLES E EFICIENTE. As ferramentas eletrônicas da DHL Express trazem todas as facilidades

Leia mais

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes CeC Cadastro Eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Usuário Externo Março/2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos... 3 3. Solicitação de CeC... 4 3.1. Cadastro de pessoas físicas... 5 3.1.1. Cadastro

Leia mais

Acompanhamento e Execução de Projetos

Acompanhamento e Execução de Projetos Acompanhamento e Execução de Projetos Manual do Usuário Atualizado em: 28/11/2013 Página 1/24 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4. COMO ACESSAR O SISTEMA...

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

Portal de Compras. São José do Rio Preto

Portal de Compras. São José do Rio Preto Portal de Compras São José do Rio Preto Sumário DÚVIDAS GERAIS...2 PREGÃO ELETRÔNICO... 4 EMPRO Empresa Municipal de Processamento de Dados 1 DÚVIDAS GERAIS 1.O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta:

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE. Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação

PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE. Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação PORTAL DE SERVIÇOS RH ONLINE Desenvolvido por DTI Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos: - Disponibilizar a todos os servidores diversos serviços prestados pela Coordenadoria de Gestão de

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0 COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2015 SUMÁRIO 1. O MOODLE 3 2. Acesso à Plataforma 3 2.1. Cadastrar-se em uma disciplina 4 2.2. Página Inicial do Curso 5 3.

Leia mais

M A N U A L D O C I D A D Ã O

M A N U A L D O C I D A D Ã O M A N U A L D O C I D A D Ã O O Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-sic) servirá de auxílio ao SIC (setor físico), para consulta via internet. E-SIC Versão 1.05 Sumário Introdução

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM MANUAL REQUERIMENTO ON LINE 2009 Fundação Instituto de Administração FIA Página Inicial Ao acessar a tela inicial, clique sobre a frase: Inicie o Requerimento

Leia mais

FALE CONOSCO TUTORIAL

FALE CONOSCO TUTORIAL FLE CONOSCO TUTORIL Índice 1. Como acessar a ferramenta... 2 Figura 1 Link de acesso para a ferramenta Fale Conosco... 2 Figura 2 cesso ao Fale Conosco... 3 Figura 4 Esqueci minha senha... 4 Figura 5 Tela

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

Núcleo de Relacionamento com o Cliente. de Relacionamento com o Cliente GUIA PRÁTICO DE USO. Produtos

Núcleo de Relacionamento com o Cliente. de Relacionamento com o Cliente GUIA PRÁTICO DE USO. Produtos GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente de Relacionamento com o Cliente Núcleo Seja bem vindo ao nosso novo canal de relacionamento! Neste Guia Prático de Uso você conhecerá como funciona

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

PORTAL DE COMUNICAÇÃO DE CRIAÇÃO. Sistema de solicitação de proteção de propriedades intelectuais on-line.

PORTAL DE COMUNICAÇÃO DE CRIAÇÃO. Sistema de solicitação de proteção de propriedades intelectuais on-line. PORTAL DE COMUNICAÇÃO DE CRIAÇÃO Sistema de solicitação de proteção de propriedades intelectuais on-line. A Agência USP de Inovação, núcleo de inovação tecnológica da Universidade de São Paulo, lançou

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA

MANUAL PARA USO DO SISTEMA Clínicas Odontológicas MANUAL PARA USO DO SISTEMA (GCO) GERENCIADOR CLÍNICO ODONTOLÓGICO SmilePrev Versão 1.0 SmilePrev Clínicas Odontológicas www.smilepev.com 2008 REQUISITOS BÁSICOS DO SISTEMA HARDWARE

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS. Manual do Usuário SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário Acesso Rápido Apresentação 2 Consulta ao Catálogo do SiBIFRS 3 Pesquisa geral 5 Opções de consulta 7 Detalhamento da obra 8 Detalhamento da obra Guia Exemplares

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

Sistema Eletrônico de Informações - Notificação de ato de concentração ordinário 1

Sistema Eletrônico de Informações - Notificação de ato de concentração ordinário 1 Sistema Eletrônico de Informações - Notificação de ato de concentração ordinário 1 Sistema Eletrônico de Informações Guia para notificação de atos de concentração 2 Notificação Eletrônica de Ato de Concentração

Leia mais

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e Apresentação Este documento tem como objetivo auxiliar os usuários

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO Rua Afonso Arrechea, 240, Santo Ant. do Sudoeste - PR Tel 46 3563-1518 Fax 46 3563-3780 contato@diferencialcontabil.cnt.br www.diferencialcontabil.cnt.br MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOMINIO ATENDIMENTO VERSÃO

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1 NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS Versão 2.1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. LAYOUT DO ARQUIVO... 4 3. TRANSMITINDO O ARQUIVO... 5 4. CONSULTANDO

Leia mais

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual Página2 Escritório Virtual - Apresentação O escritório Virtual visa uma aproximação entre o escritório e seus clientes, possibilitando encurtar caminhos para envio e recebimento de arquivos e informações

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

GESCOMP Sistema de Gestão de Compras, Orçamento, Material e Patrimônio

GESCOMP Sistema de Gestão de Compras, Orçamento, Material e Patrimônio UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TDE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

F.A.Q. - OUTGOING. 3. Quais instituições estrangeiras possuem acordo com a UFSC?

F.A.Q. - OUTGOING. 3. Quais instituições estrangeiras possuem acordo com a UFSC? SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS AVENIDA DESEMBARGADOR VITOR LIMA, N.º 222 TRINDADE CEP: 88.040-400 - FLORIANÓPOLIS

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA Versão.0 Sistema de Controle de Concessão de Adiantamentos Sumário O Sistema CCA ----------------------------------------------------- 3 Iniciando a operacionalização do

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Manual do Usuário: SISTEMA DE BIBLIOTECAS DO IFRS Em 2013 foi adquirido o Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas Pergamum para todas Bibliotecas do IFRS. A implantação está sendo feita de acordo com as

Leia mais

COMO REALIZAR O CADASTRO DE UMA EMPRESA NA ANVISA A OPERAÇÃO É PRIMEIRO PASSO PARA SOLICITAR AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO PARA A FARMÁCIA

COMO REALIZAR O CADASTRO DE UMA EMPRESA NA ANVISA A OPERAÇÃO É PRIMEIRO PASSO PARA SOLICITAR AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO PARA A FARMÁCIA COMO REALIZAR O CADASTRO DE UMA EMPRESA NA ANVISA A OPERAÇÃO É PRIMEIRO PASSO PARA SOLICITAR AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO PARA A FARMÁCIA Após efetuar o cadastro da empresa no CRF RJ e na Vigilância Sanitária,

Leia mais

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema:

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema: Manual MQS Para acessar o sistema MQS na versão em PHP, basta clicar no link: www.mqs.net.br/plus. Colocar login e senha que foram fornecidos por email. Logo após colocar essas informações abrirá a página

Leia mais

REGULAMENTO DA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS EDITORIAIS DE REVISTAS CULTURAIS CADERNO DE ANEXOS

REGULAMENTO DA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS EDITORIAIS DE REVISTAS CULTURAIS CADERNO DE ANEXOS REGULAMENTO DA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS EDITORIAIS DE REVISTAS CULTURAIS CADERNO DE ANEXOS ANEXO I ANEXO II ANEXO III ANEXO IV ANEXO V Espelho do Formulário de Inscrição On-line e instruções de preenchimento.

Leia mais

Juiz de Fora, Maio de 2015

Juiz de Fora, Maio de 2015 GUIA DE INSCRIÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Juiz de Fora, Maio de 2015 Apoio: SHA ACN 00031/11 Para iniciar a inscrição do projeto, o usuário deverá acessar o link: inovare.ifsudestemg.edu.br e clicar em

Leia mais

MANUAL DO SERIE ALIMENTAÇÃO

MANUAL DO SERIE ALIMENTAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO ADJUNTO DIRETORIA DE APOIO AO ESTUDANTE ASSESSORIA DE ANÁLISE E ESTATÍSTICA GERÊNCIA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 3 SUMÁRIO 1. ACESSO... 05 1.1 Alterar

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais

PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA. # Manual Operacional # Relatório de Execução - Data Base: 30/09/2012

PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA. # Manual Operacional # Relatório de Execução - Data Base: 30/09/2012 PROGRAMA TERRITÓRIOS DA CIDADANIA # Manual Operacional # Relatório de Execução - Data Base: 30/09/2012 Para informar os dados da Execução de sua(s) ação(ões), você deve seguir os seguintes passos: 1 Acesse

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

Busca Por Nome da Empresa:

Busca Por Nome da Empresa: CERTIDÃO ESPECÍFICA Ao escolher o Tipo de Certidão Específica, será exibida uma breve definição da certidão simplificada e a tabela de preços. Após escolher o tipo de certidão desejada, clique no botão.

Leia mais

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a Apresentação Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das tecnologias de comunicação. A Diretoria de Material e Patrimônio vem disponibilizar o Manual de Gestão Patrimonial para

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

Acesso ao Credenciamento

Acesso ao Credenciamento 2 1 Credenciamento Para todas as pessoas jurídicas que acessarem o sistema da NFS-e, será necessário inicialmente efetuar o credenciamento. O credenciamento é obrigatório para todas as empresas estabelecidas

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR Roteiro para utilização do GEP Versão de referência: GEP V1.00 Índice analítico I Apresentação... 2 I.1 Controles básicos do sistema;... 2 I.2 Primeiro acesso... 2 I.3 Para trocar a senha:... 3 I.4 Áreas

Leia mais

NEPLE. Núcleo de Ensino-Aprendizagem e Pesquisa em Línguas Estrangeiras. Núcleo de Ensino-Aprendizagem e Pesquisa em Línguas Estrangeiras

NEPLE. Núcleo de Ensino-Aprendizagem e Pesquisa em Línguas Estrangeiras. Núcleo de Ensino-Aprendizagem e Pesquisa em Línguas Estrangeiras NEPLE 1/15 Versão 1.0 Guia do Professor Histórico Prezado Professor, seja bem-vindo ao NEPLE! A página do NEPLE Pesquisa em Línguas Estrangeiras foi criada por um grupo de professores de LE (Inglês e Espanhol)

Leia mais

Medical Office 2015 Instruções de Instalação e Configuração

Medical Office 2015 Instruções de Instalação e Configuração Medical Office 2015 Instruções de Instalação e Configuração 1) Faça o download do Medica Office através do nosso site www.medicaloffice.com.br opção do Download; 2) Após realizado o download do arquivo

Leia mais

Cadastro de Docentes 1

Cadastro de Docentes 1 Cadastro de Docentes 1 CONTEÚDO Conteúdo... 2 Introdução... 3 Onde e como acessar o sistema Gestão?... 4 Como obter a sua senha?... 5 Como obter o seu e-mail institucional?... 5 Cadastro de Docentes...

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 3: Políticas e Declaração de

Leia mais

COINF. Roteiro de Treinamento 0800Net. Versões e Revisões deste Documento. Índice. 1. Nome do Projeto. 2. Roteiro. Roteiro Treinamento Solicitante

COINF. Roteiro de Treinamento 0800Net. Versões e Revisões deste Documento. Índice. 1. Nome do Projeto. 2. Roteiro. Roteiro Treinamento Solicitante Versões e Revisões deste Documento Data Comentário FEV/2009 Roteiro Treinamento Solicitante Autor Índice 1. Nome do Projeto...1 2. Roteiro...1 Entrando no sistema...1 Menu de Opções Meu Cadastro...2 Tela

Leia mais

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015 Monitor de Comercialização Ofertante MT 43-1-00015-0 Última Atualização 12/11/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Como inserir subitens V Emissão de Relatórios VI

Leia mais

1 - Logando no Sistema

1 - Logando no Sistema 1 1 - Logando no Sistema Acesse o site: www.mobite.com.br Ou de forma privada : http://sms.mobite.com.br Conforme tela abaixo Informe em usuário o seu telefone celular e em senha, a senha que vc recebeu

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

Manual do Usuário. Protocolo

Manual do Usuário. Protocolo Manual do Usuário Protocolo Índice de capítulos Parte I - Processos............................... 01 1 - Buscar................................ 01 2 - Listar................................ 02 3 - Abertura..............................

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do Sistema de Reclamações Decreto 53.085/08 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA

Nota Fiscal Paulista. Manual do Sistema de Reclamações Decreto 53.085/08 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA 11112020 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual do Sistema de Reclamações Decreto 53.085/08 Versão 1.1 de 16/10/2008 Índice Analítico 1.

Leia mais

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA PASSO A PASSO DA UTILIZAÇÃO DO SIGE ESCOLA 2009 1. PARA ACESSAR O

Leia mais

Manual SIGETEC. Sistema de Gestão Tecnológica MANUAL DO USUÁRIO. Proinfo. Ministério da Educação

Manual SIGETEC. Sistema de Gestão Tecnológica MANUAL DO USUÁRIO. Proinfo. Ministério da Educação Manual SIGETEC Sistema de Gestão Tecnológica MANUAL DO USUÁRIO Proinfo Ministério da Educação Índice Login 4 Esqueceu sua Senha 5 Trocar Senha 5 Financeiro Importação de Arquivos 7 Log de Importação de

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO Certidão e Reimpressão de Documentos 1 / 17 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada...

Leia mais