ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU 2013/02

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU 2013/02"

Transcrição

1 ORIENTAÇÕES COLAÇÃO DE GRAU 2013/02 1) Setor Responsável: Comunicação e Marketing Fone: (34) ) Horários de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 08h às 17h30 3) Datas: As datas das colações de grau são estabelecidas pela Direção Geral da Faculdade. Próximas colações: 06/02/14 Administração, Ciências Contábeis e Direito. 07/02/14 Farmácia, Nutrição, Sistemas de Informação e Pedagogia. Local: Salão Nobre do Pica-Pau Country Club (Rua do Pica-Pau, s/n Jardim Panorama) Horário: 19h 4) Horário de chegada: Os formandos deverão estar presentes no evento com 1 (uma) hora de antecedência para conferir a vestimenta e receber informações do cerimonial. 5) Local e concentração: Os formandos vestidos com a Beca não devem se misturar aos convidados, ou seja, assim que o formando chegar no Pica-Pau deverá ir para a Área de Concentração piso superior do salão. Fotografias com familiares e convidados não serão permitidas antes da cerimônia no local de concentração. CURSO COR/FAIXA Administração Ciências Contábeis Direito Educação Física Enfermagem Farmácia Medicina Nutrição Pedagogia Sistemas de Informação Azul Royal Bordô Vermelha Dourado Lilás Azul Royal

2 6) Convites e placas: Todas as comissões devem enviar a última prova do convite e placa para o setor comunicação e marketing para as devidas correções, aprovação da ficha técnica, logomarca e análise do uso da imagem da Instituição. 7) Entrada do aluno: Os alunos entram em fila indiana, em ordem alfabética (do A ao Z) por curso, turma e nomes dos formandos, terminando com a última letra do alfabeto. Seguem em direção às cadeiras reservadas e ocupam as que estão na primeira fila seguindo para trás. As cadeiras estarão identificadas com o nome de cada formando. 8) Juramento: É escolhido 1 (um) formando por curso e não por turma. No dia da solenidade, ele passará o termo com seus colegas. O juramento é oficial, descrito pelo conselho profissional e será impresso e entregue ao juramentista. É o ápice da solenidade. Não são admitidas brincadeiras durante a cerimônia, muito menos no momento do juramento. JURAMENTOS OFICIAIS DOS DIVERSOS CURSOS DA UNIPAC ARAGUARI: CURSO DE ADMINISTRAÇÃO: PROMETO / DIGINIFICAR MINHA PROFISSÃO, / CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, / OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, / OBJETIVANDO / O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, / O DESENVOLVIMENTO DAS INSTITUIÇÕES / E A GRANDEZA DO HOMEM E DA PÁTRIA. CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS: PROMETO / EXERCER COM ZELO, / DILIGÊNCIA E HONESTIDADE / A PROFISSÃO CONTÁBIL, / CUMPRIR COM FIDELIDADE / OS DEVERES IMPOSTOS PELO MEU GRAU, / RESPEITAR A VERDADE, / A JUSTIÇA E O SIGILO PROFISSIONAL, / LUTAR SEMPRE / PELA SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS SOCIAIS / E ECONÔMICOS DA HUMANIDADE. / JURO CUMPRIR FIELMENTE / O CÓDIGO DE ÉTICA DA PROFISSÃO CONTÁBIL / QUER NA SUA LETRA, / QUER NO SEU ESPÍRITO, / COM O OBJETIVO DE TORNAR-ME DIGNO / DE SER MAIS UM MEMBRO / DA GRANDE CLASSE DE CONTADORES DO BRASIL./ JURO PELA PROFISSÃO! / JURO PELA CLASSE! / JURO PELO BRASIL! CURSO DE DIREITO: PROMETO, / NO EXERCÍCIO DAS FUNÇÕES DE MEU GRAU, / ACREDITAR NO DIREITO COMO MELHOR FORMA / PARA A CONVIVÊNCIA HUMANA, / FAZENDO DA JUSTIÇA / O MEIO DE COMBATER A VIOLÊNCIA / E DE SOCORRER OS QUE DELA PRECISAREM, / SERVINDO A TODO SER HUMANO, / SEM DISTINÇÃO DE CLASSE SOCIAL / OU PODER AQUISITIVO, / BUSCANDO A PAZ COMO RESULTADO FINAL. / E, ACIMA DE TUDO, / JURO DEFENDER A LIBERDADE, / POIS SEM ELA, / NÃO HÁ DIREITO QUE SOBREVIVA, / JUSTIÇA QUE SE FORTALEÇA / E NEM PAZ QUE SE CONCRETIZE./ ASSIM PROMETO.

3 CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA: LICENCIANDOS OU BACHARELANDOS, POR FAVOR, DE PÉ, ERGAM O BRAÇO DIREITO E REPITAM COMIGO: PROMETO / COMO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA, / EXECUTAR AS ATRIBUIÇÕES QUE ME FOREM CONFIADAS, / COM O MÁXIMO DE EMPENHO, / DEDICAÇÃO E MUITO AMOR/. PROMETO HONRAR E COLOCAR EM PRÁTICA / OS ENSINAMENTOS QUE RECEBI, / OBSERVAR A ÉTICA, / A JUSTIÇA, / O BEM COMUM / E SEMPRE BUSCAR COM AS MINHAS AÇÕES / CONTRIBUIR PARA A GRANDEZA DO BRASIL, / MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DOS MEUS CONCIDADÃOS / E TRABALHAR PARA O PROGRESSO DA HUMANIDADE. CURSO DE ENFERMAGEM: JURO DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE / RESPEITANDO A DIGNIDADE E OS DIREITOS DA PESSOA HUMANA / EXERCENDO A ENFERMAGEM COM CONSCIÊNCIA E DEDICAÇÃO / GUARDANDO OS SEGREDOS QUE ME FOREM CONFIADOS / RESPEITANDO A VIDA DESDE A CONCEPÇÃO ATÉ A MORTE / NÃO PARTICIPANDO VOLUNTARIAMENTE DE ATOS / QUE COLOQUEM EM RISCO A INTEGRIDADE FÍSICA E PSÍQUICA DO SER HUMANO / MANTENDO ELEVADOS OS IDEAIS DA MINHA PROFISSÃO / OBEDECENDO OS PRECEITOS DA ÉTICA E DA MORAL / PRESERVANDO SUA HONRA/ SEU PRESTÍGIO E SUAS TRADIÇÕES. CURSO DE FARMÁCIA: PROMETO, / NO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO FARMACÊUTICA, / SER SEMPRE FIEL AOS DEVERES DE HONRA, / DA CIÊNCIA E DA CARIDADE. / NUNCA ME SERVIREI DA PROFISSÃO / PARA CORROMPER OS COSTUMES / OU FAVORECER O CRIME. / SE CUMPRIR ESTE JURAMENTO / COM FIDELIDADE / GOZE EU, PARA SEMPRE, / A MINHA VIDA /E A MINHA ARTE, / DE BOA REPUTAÇÃO ENTRE OS HOMENS; / SE O INFRINGIR / OU DELE ME AFASTAR, / SUCEDA-ME O CONTRÁRIO./ ASSIM PROMETO. CURSO DE MEDICINA: EU,/ SOLENEMENTE, / JURO CONSAGRAR MINHA VIDA A SERVIÇO DA HUMANIDADE./ DAREI COMO RECONHECIMENTO A MEUS MESTRES, / MEU RESPEITO E MINHA GRATIDÃO. / PRATICAREI A MINHA PROFISSÃO COM CONSCIÊNCIA E DIGNIDADE/. A SAÚDE DOS MEUS PACIENTES / SERÁ A MINHA PRIMEIRA PREOCUPAÇÃO. / RESPEITAREI OS SEGREDOS A MIM CONFIADOS./ MANTEREI, A TODO CUSTO,/ NO MÁXIMO POSSÍVEL,/ A HONRA E A TRADIÇÃO DA PROFISSÃO MÉDICA./ MEUS COLEGAS SERÃO MEUS IRMÃOS./ NÃO PERMITIREI QUE CONCEPÇÕES RELIGIOSAS,/ NACIONAIS,/ RACIAIS,/ PARTIDÁRIAS OU SOCIAIS / INTERVENHAM ENTRE MEU DEVER E MEUS PACIENTES./ MANTEREI O MAIS ALTO RESPEITO PELA VIDA HUMANA,/ DESDE SUA CONCEPÇÃO./ MESMO SOB AMEAÇA,/ NÃO USAREI MEU CONHECIMENTO MÉDICO / EM PRINCÍPIOS CONTRÁRIOS ÀS LEIS DA NATUREZA./ FAÇO ESTAS PROMESSAS,/ SOLENE E LIVREMENTE,/ PELA MINHA PRÓPRIA HONRA./

4 CURSO DE NUTRIÇÃO: PROMETO QUE, / AO EXERCER A PROFISSÃO DE NUTRICIONISTA / O FAREI COM DIGNIDADE E COMPETÊNCIA, / VALENDO-ME DA CIÊNCIA DA NUTRIÇÃO, / EM BENEFÍCIO DA SAÚDE DO HOMEM, / SEM DISCRIMINAÇÃO DE QUALQUER NATUREZA. / PROMETO, AINDA, / QUE SEREI FIEL AOS PRINCÍPIOS DA MORAL / E DA ÉTICA. / SE EU CUMPRIR ESTE JURAMENTO COM FIDELIDADE / POSSA MERECER OS LOUROS / QUE PROPORCIONAM A PROFISSÃO. / ASSIM PROMETO. CURSO DE PEDAGOGIA: GRADUANDOS, POR FAVOR, DE PÉ, ERGAM O BRAÇO DIREITO E REPITAM COMIGO: PROMETO, / NO EXERCÍCIO DE MINHA PROFISSÃO, / ENFRENTAR OS DESAFIOS/ QUE A EDUCAÇÃO ME PROPÕE, DENTRO E FORA DA ESCOLA, / COM CRIATIVIDADE, / PERSEVERANÇA E COMPETÊNCIA, / BUSCANDO NOVOS CAMINHOS / PARA O PROCESSO EDUCACIONAL. / PROMETO TRABALHAR POR UMA EDUCAÇÃO / PARA A RESPONSABILIDADE SOCIAL, / ÉTICA E POLÍTICA, / PARTICIPANDO PROFISSIONALMENTE / DA CONSTRUÇÃO DO HOMEM ÍNTEGRO, / DA HUMANIDADE E DA PÁTRIA. CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: PROMETO,/ DIANTE DE DEUS E DESTA ASSEMBLÉIA,/ NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL COMO BACHAREL EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO,/ SER FIEL AOS ENSINAMENTOS RECEBIDOS,/ OBSERVAR OS PRINCÍPIOS DA ÉTICA,/ DA LIBERDADE,/ DA PAZ E DA JUSTIÇA,/ EXERCER A CRIATIVIDADE PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA,/ EM BENEFÍCIO DOS SERES HUMANOS./ ACIMA DE TUDO, PROMETO, / PROMOVER O USO E O DESENVOLVIMENTO DA INFORMÁTICA / EM BENEFÍCIO DO CIDADÃO E DA SOCIEDADE. A cada barra no texto, o(a) juramentista deve pausar para que os demais formandos possam repetir o termo. 9) Discurso do orador: O orador será definido por cada curso que está colando grau naquela data e o discurso terá no MÁXIMO 01 PÁGINA, EM FONTE ARIAL, TAMANHO 12, sendo que o mesmo deverá ser lido. O texto (discurso) deverá ser encaminhado, com antecedência máximo de 60 (sessenta) dias à data da colação de grau, ao setor de comunicação e marketing, que ficará incumbido de analisar se o mesmo não apresenta nenhum tipo de prejuízo moral contra os valores do país, da instituição ou qualquer membro pertencente a ela, seja do corpo funcional, discente, docente ou administrativo. INÍCIO OBRIGATÓRIO DO DISCURSO DO(A) ORADOR(A): ILUSTRÍSSIMO / NOME DO(A) REPRESENTANTE DO REITOR /, NA PESSOA DA QUAL EU SAÚDO TODA MESA DE HONRA, QUERIDOS PAIS E MÃES, FAMILIARES, CAROS CONVIDADOS...

5 10) Leitura da mensagem aos pais presentes e ausentes: Cada evento terá 1 (um) representante para proferir essa homenagem, o texto será entregue pelo Setor de Comunicação e Marketing. O curso representante, que fará a homenagem aos pais, será definido através de um sorteio feito pela direção pedagogia e coordenação de cursos. Os cursos que farão a homenagem aos pais nas colações de grau 2013/02 são: 06/02/14 Ciências Contábeis 07/02/14 Sistemas de Informação. ILUSTRÍSSIMO / NOME DO REPRESENTANTE DO REITOR /, NA PESSOA DA QUAL EU SAÚDO TODA A MESA, SENHORES CONVIDADOS. QUERIDOS PAIS E MÃES... DE VOCÊS RECEBEMOS O DOM MAIS PRECIOSO DO UNIVERSO, A VIDA. JÁ POR ISSO SERÍAMOS INFINITAMENTE GRATOS. MAS VOCÊS NÃO SE CONTENTARAM EM PRESENTEAR-NOS APENAS COM ELA. REVESTIRAM NOSSA EXISTÊNCIA DE AMOR, CARINHO E DEDICAÇÃO. CULTIVARAM EM NÓS, QUANDO CRIANÇAS, TODOS OS VALORES E ABRIRAM AS PORTAS PARA O NOSSO FUTURO, ILUMINANDO NOSSO CAMINHO COM A LUZ MAIS IMPORTANTE QUE PUDERAM ENCONTRAR: O ESTUDO. A VOCÊS QUE MUITAS VEZES RENUNCIARAM AOS SEUS SONHOS PARA QUE OS NOSSOS REALIZASSEM. HOJE, PROCURAMOS ENTRE AS PALAVRAS, AQUELA EM QUE SEUS CORAÇÕES OUVISSEM O NOSSO. E ENCONTRAMOS APENAS UMA, SIMPLES E SINCERA: OBRIGADO(A)! OBRIGADO(A) A VOCÊS, NOSSOS PAIS, PELA COMPREENSÃO, QUANDO NOS DISTANCIAMOS DA FAMÍLIA, APEGANDO-NOS AOS LIVROS. OBRIGADO(A) POR TUDO QUE FIZERAM POR NÓS, SEM QUE AO MENOS NÓS SOUBÉSSEMOS. OBRIGADO(A) PELO SONHO QUE REALIZAMOS NESTE DIA, EM QUE NOS TRANSFORMAMOS DE ESTUDANTES EM BACHARÉIS, LICENCIADOS(AS) OU TECNÓLOGOS. E, SOBRETUDO, OBRIGADO(A) PELA LIÇÃO DE AMOR QUE NOS ENSINARAM DURANTE TODA A VIDA. QUEIRA DEUS QUE NÓS POSSAMOS TRANSMITI-LA NO EXERCÍCIO DE NOSSA PROFISSÃO E ENSINÁ-LA AOS NOSSOS FILHOS, COM A MESMA DIGNIDADE COM A QUAL VOCÊS FIZERAM CHEGAR ATÉ NÓS. SE ISSO NÓS CONSEGUIRMOS, ESTAREMOS REALIZADOS, SEREMOS ACIMA DE PROFISSIONAIS, SERES HUMANOS MELHORES. Se for ORADORA deve ser dito: OBRIGADA, se ORADOR, OBRIGADO.

Psicologia. Resolução CFP nº 002/2006

Psicologia. Resolução CFP nº 002/2006 Psicologia Como psicólogo, eu me comprometo a colocar minha profissão a serviço da sociedade brasileira, pautando meu trabalho nos princípios da qualidade técnica e do rigor ético. Por meio do meu exercício

Leia mais

PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO

PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DAS

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DAS ADMINISTRAÇÃO RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO DAS INSTITUIÇÕES E A GRANDEZA DO HOMEM E DA PÁTRIA. NEGÓCIOS

Leia mais

JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS BACHARELANDOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS, DE PÉ! PROMETO DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA,

Leia mais

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO ADMINISTRAÇÃO PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL -*2015. REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL DEFINIÇÕES DA COLAÇÃO DE GRAU A Solenidade de Colação de Grau é ato oficial

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO ADMINISTRAÇÃO OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO, DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O ARQUITETURA E URBANISMO PROMETO NO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE INERENTE À PRÁTICA DA ARQUITETURA E URBANISMO, RESPEITAR OS PRINCÍPIOS

Leia mais

JURAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA

JURAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA JURAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA Campus Alegrete CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Prometo que, no exercício profissional como Bacharel em Ciência da Computação, serei fiel aos preceitos da honra e da

Leia mais

Prezado Formando, Setor de Cerimonial e Eventos

Prezado Formando, Setor de Cerimonial e Eventos /// 2º semestre de 2013 Prezado Formando, Para o sucesso de sua Colação de Grau, leia com atenção as orientações deste guia e repasse-as aos seus familiares e convidados. Setor de Cerimonial e Eventos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei n.º 5.152, de 21/10/1966 São Luís Maranhão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei n.º 5.152, de 21/10/1966 São Luís Maranhão O núcleo de Relações Públicas e Cerimonial da Universidade Federal do Maranhão vem informar que a cerimônia de colação de grau do primeiro semestre letivo de 2008, será realizada nos dias 05 e 06 de agosto

Leia mais

CURSO COR DA FAIXA JURAMENTO

CURSO COR DA FAIXA JURAMENTO ADMINISTRAÇÃO CURSO COR DA FAIXA JURAMENTO ARQUITETURA E URBANISMO Prometo dignificar minha profissão; consciente de minhas responsabilidades legais, observar o código de ética, objetivando o aperfeiçoamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei n.º 5.152, de 21/10/1966 São Luís Maranhão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei n.º 5.152, de 21/10/1966 São Luís Maranhão O núcleo de Relações Públicas e Cerimonial da Universidade Federal do Maranhão vem informar que a cerimônia de colação de grau do segundo semestre letivo de 2007, será realizada nos dias 03 e 04 de março

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 037/CONSUN-CaEn/2011

RESOLUÇÃO N.º 037/CONSUN-CaEn/2011 RESOLUÇÃO N.º 037/CONSUN-CaEn/2011 Aprova a alteração dos Juramentos Oficiais dos Cursos de Graduação e Sequenciais da Univali. O Presidente do Conselho Universitário CONSUN da Universidade do Vale do

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU 1. DEFINIÇÕES... 3 1.1 TIPOS DE COLAÇÃO DE GRAU... 3 1.1.1 SOLENE:... 3 1.1.2 NÃO SOLENE:... 3 2. PROCEDIMENTOS...

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU 1. DEFINIÇÕES... 3 1.1 TIPOS DE COLAÇÃO DE GRAU... 3 1.1.1 SOLENE:... 3 1.1.2 NÃO SOLENE:... 3 2. PROCEDIMENTOS... 1. DEFINIÇÕES... 3 1.1 TIPOS DE COLAÇÃO DE GRAU... 3 1.1.1 SOLENE:... 3 1.1.2 NÃO SOLENE:... 3 2. PROCEDIMENTOS... 3 2.1 DOCUMENTAÇÃO... 3 2.2 CERIMÔMIA... 4 2.3 ATRIBUIÇÕES... 4 2.3.1 DIREÇÃO... 4 2.3.2

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP Solenidade de Colação de Grau A Colação de grau é o ato Institucional que se realiza para conferir graus acadêmicos aos formandos, em dia e hora marcados.

Leia mais

FACULDADE ESPECIALIZADA NA ÁREA DE SAÚDE DO RIO GRANDE DO SUL Portaria MEC nº 1.220 23/12/2009 - DOU nº 246-24/12/2009, seção 1, p. 95.

FACULDADE ESPECIALIZADA NA ÁREA DE SAÚDE DO RIO GRANDE DO SUL Portaria MEC nº 1.220 23/12/2009 - DOU nº 246-24/12/2009, seção 1, p. 95. MANUAL DE FORMATURA 2015 1 MANUAL DE FORMATURA 2015 Comissão Organizadora Prof. Dra. Carolina Barreto Mozzini Profa. Ma. Letícia Stefenon Prof. Me. Celso Luiz Rigo 2 Dados Internacionais de Catalogação

Leia mais

Guia de Orientações para o Ato Simbólico de Formatura

Guia de Orientações para o Ato Simbólico de Formatura Guia de Orientações para o Ato Simbólico de Formatura LAGARTO/SE 2013 1 1 Processo para Outorga de Grau O Ato Oficial de Outorga de Grau da Faculdade José Augusto Vieira está regulamentado pela Resolução

Leia mais

FACULDADE LA SALLE MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU. Cursos de Graduação. Lucas do Rio Verde-MT

FACULDADE LA SALLE MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU. Cursos de Graduação. Lucas do Rio Verde-MT FACULDADE LA SALLE MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU Cursos de Graduação Lucas do Rio Verde-MT Caro Graduando! 2015 Ao cumprir a integralização curricular estabelecida para seu curso, está na hora

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO PARA COMISSÃO DE COLAÇÃO DE GRAU.

GUIA DE ORIENTAÇÃO PARA COMISSÃO DE COLAÇÃO DE GRAU. GUIA DE ORIENTAÇÃO PARA COMISSÃO DE COLAÇÃO DE GRAU. APRESENTAÇÃO A conclusão de um curso superior certamente é a celebração de uma grande conquista para o acadêmico. A cerimônia de formatura é um dos

Leia mais

Manual de. Formatura

Manual de. Formatura Sumário Introdução Informações Gerais Colação de Grau Externa de Gabinete Interna Assessoria de Comunicação e Marketing Atividades Preparatórias 1. Constituição da Comissão de 2. Escolha dos Homenageados

Leia mais

Sumário 1 Formatura... 4 2 Modalidades de formatura... 4 2.1 Solene... 4

Sumário 1 Formatura... 4 2 Modalidades de formatura... 4 2.1 Solene... 4 1 2 Sumário 1 Formatura... 4 2 Modalidades de formatura... 4 2.1 Solene... 4 Parâmetros para realização da formatura solene... 4 Prazos e pré-requisitos para solicitação de colação de grau solene... 4

Leia mais

1. SOLICITAÇÃO DE GRAU E DIPLOMA:

1. SOLICITAÇÃO DE GRAU E DIPLOMA: UNIVERSIDADE POTIGUAR - UnP COLAÇÕES DE GRAU DOS CONCLUINTES EM TURMAS REGULARES E COLAÇÕES ESPECIAIS 1. SOLICITAÇÃO DE GRAU E DIPLOMA: a) O aluno concluinte deverá solicitar o grau e diploma, obrigatoriamente,

Leia mais

MANUAL DE FORMATURA MATIPÓ 2015

MANUAL DE FORMATURA MATIPÓ 2015 MANUAL DE FORMATURA MATIPÓ 2015 1 João Batista Gardingo Diretor Presidente Sebastião Gardingo Diretor Executivo SOEGAR - SOCIEDADE EDUCACIONAL GARDINGO LTDA. FACULDADE VÉRTICE UNIVÉRTIX Prof. D.Sc. Lucio

Leia mais

Manual de Colação de Grau

Manual de Colação de Grau Manual de Colação de Grau DEFINIÇÕES DA COLAÇÃO DE GRAU A Solenidade de Colação de Grau é ato oficial do Centro Universitário, e será realizada em sessão solene e pública, reunindo a Congregação do Centro

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 07

INSTRUÇÃO NORMATIVA 07 INSTRUÇÃO NORMATIVA 07 O Diretor Geral no uso de suas atribuições regimentais, ouvido o Conselho Acadêmico, RESOLVE: Regulamentar as Cerimônias de Colação de Grau dos Cursos de Graduação das Faculdades

Leia mais

MANUAL DE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU Profa. Dra. Fátima Ahmad Rabah Abido Diretora Silvia Regina Tedesco Rodella Diretora Acadêmica Luci Mieko Hirota Simas Assistente Técnico Administrativo I Profa.

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS SECRETARIA ACADÊMICA

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS SECRETARIA ACADÊMICA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS SECRETARIA ACADÊMICA I - Colação de Grau A Colação de Grau é um ato oficial e solene que marca a conclusão de curso de graduação. É pública e normalmente realizada em

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES PÚBLICAS SOLENES OU SIMPLES DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS

REGULAMENTO DAS SESSÕES PÚBLICAS SOLENES OU SIMPLES DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS REGULAMENTO DAS SESSÕES PÚBLICAS SOLENES OU SIMPLES DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E LETRAS FACEL Este regulamento pretende servir

Leia mais

PORTARIA Nº. 215/2008-DG/CEFET-RN Natal/RN, 10 de abril de 2008.

PORTARIA Nº. 215/2008-DG/CEFET-RN Natal/RN, 10 de abril de 2008. PORTARIA Nº. 215/2008-DG/CEFET-RN Natal/RN, 10 de abril de 2008. O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE, usando de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o que

Leia mais

IMEC INSTITUTO MACEIÓ DE ENSINO E CULTURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA

IMEC INSTITUTO MACEIÓ DE ENSINO E CULTURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA IMEC INSTITUTO MACEIÓ DE ENSINO E CULTURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA ÍNDICE PALAVRA DA DIRETORA...03 APRESENTAÇÃO...03 PROVIDÊNCIAS LEGAIS...03 COMISSÃO DE FORMATURA...04

Leia mais

MANUAL. Porto Alegre, novembro de 2014

MANUAL. Porto Alegre, novembro de 2014 MANUAL COLAÇÃO DE GRAU Porto Alegre, novembro de 2014 INTRODUÇÃO A colação de grau é no mundo ocidental uma das mais importantes e tradicionais cerimônias acadêmicas. Como ato oficial obrigatório, é realizado

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO SAGRADO CORAÇÃO FACULDADE SALESIANA

COLÉGIO SALESIANO SAGRADO CORAÇÃO FACULDADE SALESIANA RESOLUÇÃO No. 01/2010 COLÉGIO SALESIANO SAGRADO CORAÇÃO Formaliza, regulamenta e disciplina os procedimentos para a solenidade de colação de grau dos Cursos Superiores da Faculdade Salesiana. O Diretor

Leia mais

I CONGRESSO DO CREMESP I JORNADA PAULISTA DE ÉTICA MÉDICA

I CONGRESSO DO CREMESP I JORNADA PAULISTA DE ÉTICA MÉDICA I CONGRESSO DO CREMESP I JORNADA PAULISTA DE ÉTICA MÉDICA MAKSOUD PLAZA SÃO PAULO 30/3 a 1/4 de 2006 CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO CONSELHOS DE MEDICINA E CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA

Leia mais

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA 1 ÍNDICE PALAVRA DO DIRETOR... 3 APRESENTAÇÃO... 3 PROVIDÊNCIAS LEGAIS... 3 COMISSÃO DE FORMATURA... 3 ESCOLHA DO PATRONO... 4 ESCOLHA DO PARANINFO...

Leia mais

DIRAC/FTC EAD/Nº 0009/2010. Salvador, 25 de maio de 2010. Prezado (a),

DIRAC/FTC EAD/Nº 0009/2010. Salvador, 25 de maio de 2010. Prezado (a), DIRETORIA ACADÊMICA DIRAC/FTC EAD/Nº 0009/2010 Salvador, 25 de maio de 2010 Prezado (a), A Diretoria Acadêmica da FTC EAD, por meio da Comissão Geral de Formatura, torna público o REGULAMENTO INSTITUCIONAL

Leia mais

FACULDADE VALE DO CRICARÉ

FACULDADE VALE DO CRICARÉ MANTENEDOR: INSTITUTO VALE DO CRICARÉ Rua: Humberto de Almeida Franklin, nº 1, Bairro Universitário. CEP: 29933-415 - São Mateus, Espírito Santo. Tel.: (27) 3313-0000 E-mail: ivc@ivc.br Site: www.ivc.br

Leia mais

Código de Ética do Administrador

Código de Ética do Administrador Código de Ética do Administrador Júlio Cesar Andrade de Abreu Fonte: CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO ADMINISTRADOR (Aprovado pela Resolução Normativa CFA nº 353, de 9 de abril de 2008) Dos Deveres (Art

Leia mais

ÉTICA NAS MÍDIAS SOCIAIS A internet a favor do nutricionista

ÉTICA NAS MÍDIAS SOCIAIS A internet a favor do nutricionista ÉTICA NAS MÍDIAS SOCIAIS A internet a favor do nutricionista 4º Encontro em Comemoração ao Dia do Nutricionista - Sineg Nut. Ju Tolêdo Certificada em Marketing Digital #agradecimentos Deus Sineg Equipe,

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 16, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 16, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 16, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 Estabelece o Manual de Formatura dos cursos de graduação das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão das Faculdades

Leia mais

Perguntas Frequentes Colação de Grau FURB

Perguntas Frequentes Colação de Grau FURB COLAÇÃO DE GRAU 1) Quem está apto a colar grau? O acadêmico que concluir, com assiduidade e aproveitamento, todos os componentes curriculares do curso em que se encontra matriculado, inclusive as atividades

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Av. Engenheiro Diniz, 1178 - Bairro Martins - CP 593 38400-462 - Uberlândia-MG

Universidade Federal de Uberlândia Av. Engenheiro Diniz, 1178 - Bairro Martins - CP 593 38400-462 - Uberlândia-MG RESOLUÇÃO N o 04/2004, DO CONSELHO DE GRADUAÇÃO, AD REFERENDUM Estabelece normas para a Colação de Grau dos alunos dos cursos de graduação da Universidade Federal de Uberlândia. O VICE-PRESIDENTE NO EXERCÍCIO

Leia mais

A CERIMÔNIA DE COLAÇÃO DE GRAU

A CERIMÔNIA DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DA SOLENIDADE OFICIAL DE COLAÇÃO DE GRAU 2013 APRESENTAÇÃO Depois de dedicar anos de sua vida aos estudos, é chegada a hora da recompensa - a Colação de Grau é um momento único, especial, e por

Leia mais

PROCESSOS GERENCIAIS. Faculdade de Tecnologia SENAC - Florianópolis

PROCESSOS GERENCIAIS. Faculdade de Tecnologia SENAC - Florianópolis PROCESSOS GERENCIAIS Faculdade de Tecnologia SENAC - Florianópolis Eu, Luiz Carlos Cardozo Farias concluinte do Curso Superior de Tecnólogo em Processos Gerenciais da Faculdade de Tecnologia SENAC Florianópolis,

Leia mais

NORMAS DA COLAÇÃO DE GRAU E CERIMONIAL DE FORMATURA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA. CAPÍTULO I Da Solenidade

NORMAS DA COLAÇÃO DE GRAU E CERIMONIAL DE FORMATURA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA. CAPÍTULO I Da Solenidade NORMAS DA COLAÇÃO DE GRAU E CERIMONIAL DE FORMATURA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I Da Solenidade Art. 1º A colação de grau da UFCSPA é o ato oficial, de caráter obrigatório, público e solene

Leia mais

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA ÍNDICE PALAVRA DO DIRETOR... 2 APRESENTAÇÃO... 2 PROVIDÊNCIAS LEGAIS... 2 COMISSÃO DE FORMATURA... 3 A ESCOLHA DO PATRONO... 3 A ESCOLHA DO PARANINFO...

Leia mais

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU A Colação de Grau é um ato oficial, público e obrigatório e integra as atividades dos cursos superiores e do calendário acadêmico da Faculdade.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012.

RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Ibirubá RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012.

Leia mais

CONSIDERANDO: DETERMINA:

CONSIDERANDO: DETERMINA: PORTARIA Nº 05/2007 Prof. Marcelo Chanes, Diretor Acadêmico da Faculdade de Enfermagem Luiza de Marillac Faculdade São Camilo Rio de Janeiro, no uso das atribuições que lhe são conferidas e CONSIDERANDO:

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE GUAIRACÁ CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE GUAIRACÁ CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINS REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE GUAIRACÁ CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINS Este regulamento serve como instrumento informativo e orientador

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Colação de Grau Solene

APRESENTAÇÃO. Colação de Grau Solene 1 APRESENTAÇÃO A Solenidade de Colação de Grau ou Formatura é um dos momentos mais importantes para a comunidade acadêmica, pois concretiza o trabalho desenvolvido durante o período de estudos na faculdade

Leia mais

Manual de Formatura - FAEL. Manual de Formatura FAEL

Manual de Formatura - FAEL. Manual de Formatura FAEL 1 Manual de Formatura FAEL 2014 2 INTRODUÇÃO... 5 I. DO ATO DA FORMATURA... 5 II. DAS ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS PARA OS FORMANDOS... 5 1. Da Solicitação de Formatura...5 III. DAS INFORMAÇÕES PRELIMINARES...6

Leia mais

Centro Universitário Fundação Santo André. Setor de Eventos. Cerimônia de Colação de Grau

Centro Universitário Fundação Santo André. Setor de Eventos. Cerimônia de Colação de Grau 1 Centro Universitário Fundação Santo André Setor de Eventos Cerimônia de Colação de Grau Manual do Formando Santo André 2009 2 Reitoria Prof. Dr. Oduvaldo Cacalano Reitor Profa. Dra. Mirna Busse Pereira

Leia mais

ESCOLA DO DIREITO COMUNICADO AOS ALUNOS CONCLUINTES E COMISSÕES DE FORMATURA

ESCOLA DO DIREITO COMUNICADO AOS ALUNOS CONCLUINTES E COMISSÕES DE FORMATURA COMUNICADO AOS ALUNOS CONCLUINTES E COMISSÕES DE FORMATURA Inicia-se a contagem regressiva para o momento de importância peculiar na vida de todos vocês: a Colação de Grau no Curso de Direito da Universidade

Leia mais

Manual. Formando. Faculdade Metropolitana da Amazônia

Manual. Formando. Faculdade Metropolitana da Amazônia Forman Faculdade Metropolitana da Amazônia Forman Desenvolvimento e Produção Shen Paul Ming Jen Raymun Nonnato Moraes de Albuquerque Albene Liz Carvalho Monteiro Both Tereza Cristina Cavalcante da Silva

Leia mais

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda.

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda. Código de Ética SPL Consultoria e Informática Ltda. Introdução Segundo o dicionário Aurélio ética é o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana suscetível de qualificação do ponto

Leia mais

ASSOCIAÇÃO FRANCISCANA DE ENSINO SENHOR BOM JESUS. Presidente Frei Guido Moacir Sheidt, ofm. Diretor-Geral Jorge Apóstolos Siarcos

ASSOCIAÇÃO FRANCISCANA DE ENSINO SENHOR BOM JESUS. Presidente Frei Guido Moacir Sheidt, ofm. Diretor-Geral Jorge Apóstolos Siarcos ASSOCIAÇÃO FRANCISCANA DE ENSINO SENHOR BOM JESUS Presidente Frei Guido Moacir Sheidt, ofm Diretor-Geral Jorge Apóstolos Siarcos FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO Reitor Frei Nelson José Hillesheim, ofm Pró-Reitor

Leia mais

INSTALAÇÃO GRANDE MESTRE ESTADUAL

INSTALAÇÃO GRANDE MESTRE ESTADUAL INSTRUÇÕES GERAIS Os investidos devem ser orientados de antemão sobre como deverá agir. O Grande Mestre Estadual, Grande Mestre Estadual Adjunto e Segundo Grande Mestre Estadual Adjunto a serem instalados,

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE SÃO SALVADOR.

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE SÃO SALVADOR. REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE SÃO SALVADOR. Este regulamento pretende servir de instrumento informativo e orientador das cerimônias

Leia mais

FACULDADE NACIONAL DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ CERIMONIAL

FACULDADE NACIONAL DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ CERIMONIAL FACULDADE NACIONAL DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ CERIMONIAL 2009 CERIMONIAL OFICIAL SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU FANEESP/ INESUL DATA: LOCAL: HORÁRIO: CHANCELER: Dinocarme Aparecido Lima DIRETORA

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA AS COMISSÕES DE COLAÇÃO DE GRAU

ORIENTAÇÕES PARA AS COMISSÕES DE COLAÇÃO DE GRAU ORIENTAÇÕES PARA AS COMISSÕES DE COLAÇÃO DE GRAU 1 - A COLAÇÃO DE GRAU É uma Assembléia Universitária onde é conferido pela autoridade máxima da Universidade o grau acadêmico aos formandos da Instituição.

Leia mais

FORMAR-SE. Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito

FORMAR-SE. Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito FORMAR-SE Senhoras e senhores, Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito na cultura, algo que tem a profunda marca antropológica dos rituais: a celebração de uma passagem,

Leia mais

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (BACHARELADOS E TECNOLÓGICOS)

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (BACHARELADOS E TECNOLÓGICOS) Faculdades Promove de Sete Lagoas REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (BACHARELADOS E TECNOLÓGICOS) APRESENTAÇÃO A conclusão de um curso superior é a celebração de uma grande conquista

Leia mais

Olá senhoras e senhores, bom dia! Iniciamos neste momento, a sessão solene de colação de grau do curso de arquitetura e urbanismo da

Olá senhoras e senhores, bom dia! Iniciamos neste momento, a sessão solene de colação de grau do curso de arquitetura e urbanismo da Universidade Estadual de Campinas Sessão solene de colação de grau Faculdade de Engenharia civil, Arquitetura e Urbanismo, Unicamp. Data: 06 de fevereiro de 2010 (sábado) Horário: 9:30h Local: Auditório

Leia mais

Manual de Formatura Regulamento e Normas

Manual de Formatura Regulamento e Normas FACULDADE POLITÉCNICA DE UBERLÂNDIA Manual de Formatura Regulamento e Normas UBERLÂNDIA MG 1 Solenidade de Colação de Grau A conclusão do curso certamente é a celebração do estudante de uma grande conquista.

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA Coronel Fabriciano, Abril de 2010 1 SUMÁRIO TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 3 TÍTULO II DA COMISSÃO PERMANENTE DE FORMATURA 3 TÍTULO III DA SOLENIDADE 5 CAPÍTULO

Leia mais

GUIA DO FORMANDO. Cerimônia de Colação de Grau UNINORTE / EVENTOS 1. GUIA DO FORMANDO Cerimônia de Colação de Grau

GUIA DO FORMANDO. Cerimônia de Colação de Grau UNINORTE / EVENTOS 1. GUIA DO FORMANDO Cerimônia de Colação de Grau UninorteOficial @uniorte @uniorte_manaus UNINORTE / EVENTOS 1 2 UNINORTE / EVENTOS Prezado Formando (a), Chegou tão esperada hora na vida de um (a) acadêmico (a). Iremos passar os procedimentos mais importantes

Leia mais

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA Coronel Fabriciano, Abril de 2010 SUMÁRIO TITULO I TÍTULO II TÍTULO III DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DA COMISSÃO PERMANENTE DE FORMATURA DA SOLENIDADE 3 3 4 CAPÍTULO

Leia mais

Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX

Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM HISTÓRIA E TEORIAS DA ENFERMAGEM Prof. Eurípedes Gil de França Aula 6 Enfermagem Moderna Florence Nightingale: obras, ensinamentos e

Leia mais

Manual de Colação de Grau

Manual de Colação de Grau Manual de Colação de Grau Sumário INTRODUÇÃO...3 1 REGULAMENTO DAS SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU...3 2 SETOR DE FORMATURAS...3 3 ATRIBUIÇÕES DA SECRETARIA E COORDENAÇÃO ACADÊMICA...4 4 TIPOS DE SOLENIDADES

Leia mais

NORMAS PARA AS CERIMÔNIAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA 2012/1

NORMAS PARA AS CERIMÔNIAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA 2012/1 NORMAS PARA AS CERIMÔNIAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA 2012/1 Abaixo, seguem as normas referentes à organização das cerimônias de colação de grau dos

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DAS FACULDADES SENAC-RS

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DAS FACULDADES SENAC-RS MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DAS FACULDADES SENAC-RS Atualizado em: 01/08/2014 Publicado em: 01/08/2014 SUMÁRIO 1 FORMATURA... 2 2 ORGANIZAÇÃO DA FORMATURA... 2 2.1 Solenidade de Formatura... 2 2.1.1 Data

Leia mais

Instituto Bíblico da Assembléia de Deus Ministério de Caetés FORMA DO CRISTÃOS COMO COLU A E FIRMEZA DA VERDADE MANUAL DE FORMATURA

Instituto Bíblico da Assembléia de Deus Ministério de Caetés FORMA DO CRISTÃOS COMO COLU A E FIRMEZA DA VERDADE MANUAL DE FORMATURA Instituto Bíblico da Assembléia de Deus Ministério de Caetés FORMA DO CRISTÃOS COMO COLU A E FIRMEZA DA VERDADE MANUAL DE FORMATURA APRESENTAÇÃO Este manual, elaborado pela Diretoria do IBADEC, tem como

Leia mais

SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU

SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU Por meio deste documento, a Faculdade Campo Limpo Paulista FACCAMP define critérios e regulamenta as seguintes diretrizes para o Cerimonial de Colação de Grau. A Cerimônia

Leia mais

MANUAL DO FORMANDO. Data. Local. Horários. 28 de Julho de 2012. Teatro Bourbon Country Av. Túlio de Rose, 1000/2º andar.

MANUAL DO FORMANDO. Data. Local. Horários. 28 de Julho de 2012. Teatro Bourbon Country Av. Túlio de Rose, 1000/2º andar. MANUAL DO FORMANDO Data 28 de Julho de 2012 Local Teatro Bourbon Country Av. Túlio de Rose, 1000/2º andar. Horários 16h Design e Publicidade e Propaganda 19h Administração e Relações Internacionais 1.

Leia mais

Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX

Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX BACHARELADO EM ENFERMAGEM HISTÓRIA E TEORIAS DA ENFERMAGEM Prof. Eurípedes Gil de França Aula 7 Enfermagem Moderna Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX A Europa vivenciava

Leia mais

QUANTO VALE O SEU TRABALHO? PARTE 2: HONORÁRIOS NUTRIS BRASIL

QUANTO VALE O SEU TRABALHO? PARTE 2: HONORÁRIOS NUTRIS BRASIL QUANTO VALE O SEU TRABALHO? PARTE 2: HONORÁRIOS NUTRIS BRASIL Por Profa.Dra. Cyllene de M.OC de Souza Dra em Ciência e Tecnologia de Alimentos (UFRRJ), Mestre em Vigilância Sanitária (INCQS-FIOCRUZ) Supervisora

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA. Manual da Solenidade de Colação de Grau dos Alunos dos Cursos de Graduação

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA. Manual da Solenidade de Colação de Grau dos Alunos dos Cursos de Graduação INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA Manual da Solenidade de Colação de Grau dos Alunos dos Cursos de Graduação 2006 Solenidade de Colação de Grau A conclusão do curso certamente é a celebração do

Leia mais

Manual de Formatura da Faculdade Horizontina 1ª edição, Aprovada pelo Colegiado Administrativo, Vigente desde Março - 2012

Manual de Formatura da Faculdade Horizontina 1ª edição, Aprovada pelo Colegiado Administrativo, Vigente desde Março - 2012 Manual de Formatura da Faculdade Horizontina 1ª edição, Aprovada pelo Colegiado Administrativo, Vigente desde Março - 2012 Comissão Institucional de Formatura FAHOR Aline de Mattos, Perceval Lautenschlager,

Leia mais

Flávio Dino de Castro e Costa Governador. Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa Reitor. Prof. Dr. Walter Canales Sant Ana Vice-Reitor

Flávio Dino de Castro e Costa Governador. Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa Reitor. Prof. Dr. Walter Canales Sant Ana Vice-Reitor Flávio Dino de Castro e Costa Governador Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa Reitor Prof. Dr. Walter Canales Sant Ana Vice-Reitor Prof.ª Dr.ª. Andrea de Araújo Pró-Reitora de Graduação Prof. Dr. Antonio

Leia mais

Manual de orientação aos formandos Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Colação de Grau e Culto

Manual de orientação aos formandos Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Colação de Grau e Culto Manual de orientação aos formandos Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix Colação de Grau e Culto I Apresentação O Manual de Colação de Grau é um instrumento normativo do Centro Universitário Metodista

Leia mais

CERIMÔNIA DE FORMATURA PORTOS

CERIMÔNIA DE FORMATURA PORTOS 1 CERIMÔNIA DE FORMATURA PORTOS Os discursos devem ser proferidos da própria mesa ou do púlpito. As falas não devem ultrapassar 5 minutos para cada. 1. Início da solenidade MC: Boa noite senhoras e senhores.

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO MANUAL DOS FORMANDOS ORIENTAÇÕES, PROCEDIMENTOS E NORMAS.

COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO MANUAL DOS FORMANDOS ORIENTAÇÕES, PROCEDIMENTOS E NORMAS. COORDENAÇÃO DO MANUAL DOS FORMANDOS ORIENTAÇÕES, PROCEDIMENTOS E NORMAS.. Pires do Rio Goiás, 2012. Flávia de Oliveira Fornari Coordenadora do Curso de Direito CORPO ADMINISTRATIVO FACULDADE DO SUDESTE

Leia mais

Manual de Formatura da Universidade Metodista de São Paulo

Manual de Formatura da Universidade Metodista de São Paulo Manual de Formatura da Universidade Metodista de São Paulo 4ª edição revisada, ampliada e atualizada até junho de 2012 Profa. Dra. Isildinha Martins Contato: Gestão de Formaturas Setor de Eventos Institucionais

Leia mais

Solenidade de Colação de Grau

Solenidade de Colação de Grau FACULDADES INTEGRADAS SANTA CRUZ DE CURITIBA FARESC CERIMONIAL UNIVERSITÁRIO Solenidade de Colação de Grau Orientações Gerais para Sessões Solenes de Colação de Grau A colação de grau é obrigatória e faz

Leia mais

FORMATURAS Manual de procedimentos

FORMATURAS Manual de procedimentos FORMATURAS Manual de procedimentos Sumário 1. RESPONSABILIDADE DOS FORMANDOS... 3 1.1 Comissão de formatura... 3 1.2 Agendamento de data... 3 1.3 Contratação de empresa para cerimonial... 3 1.4 Convite...

Leia mais

FORMATURAS CURSOS EAD - UEPG

FORMATURAS CURSOS EAD - UEPG FORMATURAS CURSOS EAD - UEPG A cerimônia de colação dos cursos a distância é realizada por empresa contratada pelos formandos, com o apoio e supervisão da UEPG (PROGRAD e CERIMONIAL) A empresa deve se

Leia mais

CAPÍTULO I DO OBJETIVO

CAPÍTULO I DO OBJETIVO REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E INTEGRADO CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art. 1º. O presente regulamento tem por objetivo estabelecer as normas e procedimentos

Leia mais

CERIMONIAL OFICIAL SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU INESUL

CERIMONIAL OFICIAL SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU INESUL CERIMONIAL OFICIAL SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU INESUL DATA: LOCAL: HORÁRIO: CHANCELER: Dinocarme Aparecido Lima DIRETORA GERAL: Vergínia Aparecida Mariani VICE-DIRETOR : Elzira Verginia Mariani Guides

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA- UNEB MANUAL DE FORMATURA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS XII GUANAMBI/BA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA- UNEB MANUAL DE FORMATURA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS XII GUANAMBI/BA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA- UNEB MANUAL DE FORMATURA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS XII GUANAMBI/BA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS XII GUANAMBI/BA Lourisvaldo

Leia mais

1» A revolução educacional e a educação em valores 11

1» A revolução educacional e a educação em valores 11 Sumário Introdução 9 1» A revolução educacional e a educação em valores 11 Introdução 12 As causas da revolução educacional 12 O triplo desafio pedagógico 14 Da transmissão à educação 15 O que pretende

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FPD

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FPD CAROS FORMANDOS, A cerimônia de formatura de cursos de nível superior se constitui para os alunos, familiares e comunidade acadêmica um momento ímpar, que deve ser realizado como coroamento dos estudos,

Leia mais

ACADEMIA NACIONAL DE FARMÁCIA

ACADEMIA NACIONAL DE FARMÁCIA ACADEMIA NACIONAL DE FARMÁCIA SEÇÃO DE CIÊNCIAS FÍSICAS E QUÍMICAS CADEIRA DE NÚMERO 35 DISCURSO DE POSSE LEOBERTO COSTA TAVARES SÃO PAULO 05 DE ABRIL DE 2013-1 - DD. Sr. Presidente da Academia Nacional

Leia mais

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS Art. 1º. O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer as normas e procedimentos

Leia mais

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning)

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) DISCURSOS 1, 2, 3 e 4 sem mensagem de raça ou classe (o texto do discurso é para ser lido duas vezes por cada ator,

Leia mais

DISTRITO MÚLTIPLO LEO LC

DISTRITO MÚLTIPLO LEO LC PROTOCOLO DE ASSEMBÉIA FESTIVA DE FUNDAÇÃO DE LEO CLUBE 1. ABERTURA a) Presidente do Lions Clube...... coloca-se a mesa principal b) Presidente bate o sino para chamar a atenção dos presentes c) Diretor

Leia mais

CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

CAPÍTULO I DAS FINALIDADES PORTARIA INSTITUCIONAL Nº 08 A Direção Geral da Faculdades SPEI, no uso das suas atribuições, ouvido o Conselho Superior e aprovado pela Mantenedora, conforme Regimento Interno, RESOLVE: Estabelecer o

Leia mais

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 0 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Renato da Guia Oliveira 2 FICHA CATALOGRÁFICA OLIVEIRA. Renato da Guia. O Papel da Contação

Leia mais