REGULAMENTO DE OBRAS ANEXO I. Cuidados ao iniciar a obra: Horário de funcionamento do prédio:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DE OBRAS ANEXO I. Cuidados ao iniciar a obra: Horário de funcionamento do prédio:"

Transcrição

1 ANEXO I REGULAMENTO DE OBRAS Cuidados ao iniciar a obra: Toda obra ou reforma na unidade deve ser comunicada ao síndico, com antecedência mínima de 10 dias, através da apresentação de respectivo croqui ou planta técnica, com nome e credenciais do responsável técnico, para avaliação e arquivo. Alterações na rede de sprinklers, mudanças de parede, rebaixamento de forro e demais intervenções devem constar no croqui ou planta técnica, atendendo às normas técnicas legais. Respeite as restrições de planta e projetos originais da construtora. Caso tenha dúvida, entre em contato com o síndico ou o gestor predial. O síndico, o conselho administrativo, o gestor predial ou técnicos contratados pelo condomínio podem realizar inspeções, a qualquer momento, para verificação e respeito ao projeto apresentado, de modo a garantir a integridade de todos. Obtenha da concessionária a ligação da eletricidade na unidade, pois não será permitido o uso de energia do prédio. Não insistir. Todas as tomadas e circuitos das unidades operam somente em 220v. Cuidado ao ligar equipamentos fora desta especificação. Horário de funcionamento do prédio: O prédio funcionará todos os dias da semana para reformas, incluindo sábados domingos e feriados, conforme o Regulamento Interno. Toda e qualquer obra que, de qualquer forma, possa causar incômodo a quaisquer unidades vizinhas deverão ser realizadas no horário das 18:00 horas às 6:00 horas. Em caso de desrespeito, a obra poderá ser embargada e o condômino multado. Obras ou modificações que não causem incômodo ou barulho podem ser executadas dentro do horário normal de funcionamento do edifício. EDIFÍCIO AHEAD - ANEXO I - REGULAMENTO DE OBRAS - 18/06/2012 PÁG 1 de 5

2 1 - Prestadores de serviços ou transportadora de materiais Todos aqueles que precisarem entrar e subir nos andares das unidades do Condomínio AHEAD devem ser registrados na recepção informando: nome, empresa, unidade, nome do proprietário e apresentar documento ( RG ou carteira de habilitação) O proprietário deve autorizar previamente os profissionais ou empresas através de um formulário de autorização disponível na recepção. Este procedimento serve para controle de acesso autorizado de terceiros ao prédio e às unidades Os prestadores de serviço devem usar crachás de identificação relativos à unidade e proceder ao registro diariamente. 2 - Entrega e guarda de materiais O horário para entrega de materiais é das 8:00 as 17:00 horas, de segunda-feira a sábado. Não será permitida a entrega de produtos ou materiais aos domingos Somente poderão entrar na garagem do subsolo do condomínio, veículos com altura máxima de 2,10 metros. É imperativo que os proprietários avisem aos entregadores de material sobre esta restrição No caso da transportadora possuir veiculo com altura superior, esta deverá seguir os procedimentos indicados pelo segurança ou gestor predial, parando seu veiculo próximo ao acesso da garagem, descarregar a mercadoria em carrinho próprio, no térreo, e levá-la para o subsolo onde se encontra o acesso aos elevadores de serviço Existem vagas apropriadas no primeiro subsolo (12UT, 13UT e 14UT) para estacionamento de veículos de entrega. Os condutores devem seguir as instruções do manobrista ou segurança Somente será autorizada a entrada de 01 veículo por unidade. Veículos excedentes devem pagar o valor do estacionamento estipulado pela empresa contratada Nenhuma mercadoria, material de construção ou entulho pode ser deixado ou estocado nos corredores, garagens e subsolos, sob pena de multa É responsabilidade do proprietário a colocação dos materiais dentro da sua unidade e unicamente através dos elevadores de serviço O gestor ou segurança designado pelo condomínio somente poderá acompanhar entregas de mercadorias nas unidades com autorização por escrito do proprietário e com a entrega prévia da chave da unidade ao gestor. Em hipótese alguma a responsabilidade pela integridade e conferência do produto entregue será devida a este segurança, gestor ou ao condomínio. EDIFÍCIO AHEAD - ANEXO I - REGULAMENTO DE OBRAS - 18/06/2012 PÁG 2 de 5

3 3 - Cuidados com entregas Não será permitida a entrada de materiais brutos como areia, cimento, pedras, etc. sem que estejam devidamente ensacados Serão disponibilizados 2 (dois) elevadores, preparados com proteção, para serviço e entrada de materiais. Os prestadores de serviço devem usar somente estes elevadores e zelar pela sua integridade Eventuais danos causados aos elevadores por prestadores de serviço deverão ser ressarcidos ao condomínio pelos responsáveis da obra. 4 - Entulho A retirada do entulho deverá ser feita sempre em sacos apropriados, evitando sujeira nas áreas comuns do edifício É expressamente proibido guardar entulho em corredores e demais áreas comuns, como subsolo, vagas de garagem e térreo Não será permitida a colocação de caçambas na frente do edifício. As caçambas podem, eventualmente, ser colocadas na rua lateral ao edifício Sendo o volume de entulho pequeno, sugerimos a retirada do mesmo sem o uso de caçambas Veículos podem ser autorizados a entrar no primeiro subsolo para carregamento e retirada dos sacos de entulho, desde que respeitada altura máxima de 2,10 metros Não é permitido o uso de carrinhos de mão (01 roda) nos corredores dos andares e especialmente nos elevadores. Utilize carrinhos verticais de transporte (02 rodas). 5 - Uso de banheiros e transporte de água Os banheiros coletivos dos andares serão usados somente para coleta de água. O responsável pela obra deve solicitar ao gestor, a abertura do banheiro, que fará a verificação e fechamento após sua utilização O registro geral da água do andar das unidades com banheiros (CONSULTÓRIOS) será mantido fechado, por segurança e para evitar desperdício, pois o condomínio não tem como saber se os registros das unidades foram corretamente fechados. O responsável pela obra deve solicitar ao gestor sua abertura e fechamento para uso de água nas unidades Os banheiros dos andares não devem ser usados para limpar equipamentos de obras em unidades ou despejo de resíduos. Para isso, os prestadores de serviço devem usar os banheiros localizados no 1º ( primeiro) subsolo. EDIFÍCIO AHEAD - ANEXO I - REGULAMENTO DE OBRAS - 18/06/2012 PÁG 3 de 5

4 5.4 - Qualquer dano aos banheiros do andar causado por funcionários durante a obra de uma unidade será de responsabilidade do proprietário da mesma. 6 - Segurança e cuidados Antes de iniciar qualquer reforma na laje do forro da unidade, o gestor deverá ser avisado para providenciar o fechamento e esvaziamento do sistema de sprinklers Não é permitido subir ou descer material pelas sacadas ou janelas Existe um interfone dentro das unidades para comunicação com o térreo/ recepção. Em caso de emergência avisar a portaria/recepção Em caso de incêndio apertar o botão de emergência nos corredores, localizados entre as portas dos shafts. Avisar a recepção pelos interfones das unidades Não é permitido o uso de maçaricos ou combustíveis nas unidades, assim como uso de espiriteiras ou similares para esquentar marmitas Não é permitido o uso de ferramentas de alto impacto, como marteletes ou britadeiras, especialmente em lajes, vigas e colunas estruturais Qualquer violação dos procedimentos, normas ou danos às áreas comuns, ou elementos estruturais nas unidades autônomas, será de responsabilidade direta do proprietário, sob pena de multa e sanções legais Vazamentos dentro de unidades devem ser imediatamente limpos pelos operários responsáveis para evitar problemas com unidades vizinhas Problemas com as janelas ou vidros das unidades devem ser comunicados imediatamente ao gestor Os trabalhos devem ser realizados exclusivamente dentro das unidades, com porta fechada. Não será permitido nenhum trabalho fora das unidades como, por exemplo, corte de pisos Os funcionários das empreiteiras devem estar trajados corretamente. Não será permitido tomar banho nos banheiros do edifício Após o dia de trabalho a unidade deve ser fechada pelo proprietário. O condomínio não se responsabiliza por equipamentos ou mercadorias deixados no local Qualquer dúvida favor dirigir-se ao gestor do prédio ou enviar para o site da administradora. 7 - Fachadas, áreas externas e áreas comuns Não é permitida a alteração na fachada ou em paredes estruturais, conforme convenção de condomínio Não será permitida a instalação de antenas ou demais equipamentos nas áreas externas das unidades. EDIFÍCIO AHEAD - ANEXO I - REGULAMENTO DE OBRAS - 18/06/2012 PÁG 4 de 5

5 7.3 - Equipamentos de ar condicionado instalados na varanda devem ser feitos juntos ao chão, visualmente abaixo da linha das grades. Estes equipamentos devem ter a mesma cor branca, como as grades, ou bege, como a fachada As tubulações não devem ser visíveis na área externa, ou seja, devem ser instaladas pela parte interna da unidade. 7.5 Áreas comuns (corredores, banheiros sociais, halls, etc.) devem ser preservados na sua forma original e não podem ser ocupados de forma privativa. O corpo diretivo poderá alterar este regulamento sempre que for necessário, disponibilizando-o na recepção do edifício e no portal da administradora DECLARO QUE RECEBI OS PROCEDIMENTOS BÁSICOS RELATIVOS ÀS ATIVIDADES DE REFORMA DE MINHAS UNIDADES NESTA DATA E ESTOU CIENTE DE QUE ESTES PROCEDIMENTOS PODEM SER ALTERADOS FUTURAMENTE NO SENTIDO DE MELHOR PRESERVACÃO DO CONDOMÍNIO EDIFÍCIO AHEAD. São Paulo, Nome e unidade: Assinatura: EDIFÍCIO AHEAD - ANEXO I - REGULAMENTO DE OBRAS - 18/06/2012 PÁG 5 de 5

CONDOMÍNIO DO ED. NUMBER ONE BUSINESS CENTER REGIMENTO INTERNO

CONDOMÍNIO DO ED. NUMBER ONE BUSINESS CENTER REGIMENTO INTERNO CONDOMÍNIO DO ED. NUMBER ONE BUSINESS CENTER REGIMENTO INTERNO O presente regimento interno visa regulamentar o funcionamento do edifício zelando sempre pela segurança e conforto dos condôminos. I REGULAMENTO

Leia mais

Portaria Catarina Modelos e Procedimentos. Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo

Portaria Catarina Modelos e Procedimentos. Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo Portaria Catarina Modelos e Procedimentos Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo 1 Alterações Físicas Para implementação desta alternativa a quantidade de alterações físicas

Leia mais

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO AHEAD

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO AHEAD REGULAMENTO INTERNO Todos os condôminos, locatários e usuários do CONDOMÍNIO EDIFÍCIO AHEAD, ficam obrigados a cumprir e respeitar por si, a qualquer título, os termos e condições do presente: 1 - Horário

Leia mais

ASSUNTO: Autorização de obras, benfeitorias, acessos, mudanças, uso de elevadores e áreas comuns

ASSUNTO: Autorização de obras, benfeitorias, acessos, mudanças, uso de elevadores e áreas comuns CIRCULAR 001/2014 DATA: 02 de Agosto de 2014 ASSUNTO: Autorização de obras, benfeitorias, acessos, mudanças, uso de elevadores e áreas comuns Senhores Condôminos, Como Síndica do Condomínio Le Jardin,

Leia mais

1 Introdução. antes de mudar

1 Introdução. antes de mudar Introdução 1 Introdução antes de mudar Recebendo as chaves do imóvel, o proprietário deverá providenciar junto as concessionárias, as ligações de alguns serviços indispensáveis ao funcionamento de sua

Leia mais

Termos Gerais de Serviço ANEXO 1

Termos Gerais de Serviço ANEXO 1 Termos Gerais de Serviço ANEXO 1 Glossário 1. 2. 3. 4. 5. 6. PORTARIA REMOTA ORSEGUPS Solução Orsegups para o gerenciamento remoto de controle de acesso de pedestres, veículos, moradores, prestadores de

Leia mais

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF A Comissão de segurança do Instituto de Química da UFF(COSEIQ) ao elaborar essa proposta entende que sua função é vistoriar, fiscalizar as condições

Leia mais

Controle de portaria e acesso

Controle de portaria e acesso Pág.: 1/5 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos relativos ao controle de acesso de pessoas, veículos e equipamentos às dependências e às áreas de proteção ambiental sob o domínio da COPASA MG.

Leia mais

DECRETO Nº 37426 DE 11 DE JULHO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO Nº 37426 DE 11 DE JULHO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO Nº 37426 DE 11 DE JULHO DE 2013 Regulamenta a aplicação da Lei Complementar nº 126/13 e da Lei nº 6400/13, que instituem, por AUTOVISTORIA, a obrigatoriedade de realização de vistorias técnicas

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

ASSUNTO: REGULAMENTA O USO DE ADESIVOS DE IDENTIFICAÇÃO DOS VEÍCULOS DE CONDÔMINOS

ASSUNTO: REGULAMENTA O USO DE ADESIVOS DE IDENTIFICAÇÃO DOS VEÍCULOS DE CONDÔMINOS CIRCULAR Nº 003/2015 Curitiba, 05/06/2015. ASSUNTO: REGULAMENTA O USO DE ADESIVOS DE IDENTIFICAÇÃO DOS VEÍCULOS DE CONDÔMINOS A Síndica do Condomínio Le Jardin Residencial, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

MANUAL DO USO DE ELEVADORES ÍNDICE: I Procedimentos e Cuidados

MANUAL DO USO DE ELEVADORES ÍNDICE: I Procedimentos e Cuidados MANUAL DO USO DE ELEVADORES ÍNDICE: I Procedimento e Cuidados II Verificação pelo usuário do funcionamento seguro do elevador III Procedimentos a evitar na utilização do elevador IV Orientação para a escolha

Leia mais

Analise das normas: 1) ABNT NBR 5674 - Gestão da manutenção 2) ABNT NBR 12680 - Gestão das reformas. Ronaldo Sá Oliveira

Analise das normas: 1) ABNT NBR 5674 - Gestão da manutenção 2) ABNT NBR 12680 - Gestão das reformas. Ronaldo Sá Oliveira Analise das normas: 1) ABNT NBR 5674 - Gestão da manutenção 2) ABNT NBR 12680 - Gestão das reformas Ronaldo Sá Oliveira ABNT NBR 15575:2013 NORMA DE DESEMPENHO CE-02:140.02 INSPEÇÃO PREDIAL ABNT NBR 14037:2011

Leia mais

Procedimentos Para Visita e/ou Entrada-Saída de Equipamentos ao Housing Intelig Telecom

Procedimentos Para Visita e/ou Entrada-Saída de Equipamentos ao Housing Intelig Telecom 1. OBJETIVO Este documento tem como objetivo descrever a metodologia para o Controle de Acesso, Entrada e Saída de Clientes Dentro ou Fora do Ambiente Housing., bem como a metodologia para o recebimento

Leia mais

Autores: Deputado SAMUEL MALAFAIA, Deputado LUIZ PAULO A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLVE:

Autores: Deputado SAMUEL MALAFAIA, Deputado LUIZ PAULO A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLVE: PROJETO DE LEI Nº 2584/2013 EMENTA: DETERMINA QUE SEGUROS IMOBILIÁRIOS DE CONDOMÍNIOS, PRÉDIOS RESIDENCIAIS, COMERCIAIS E PÚBLICOS SOMENTE SEJAM EMITIDOS MEDIANTE O CUMPRIMENTO DA LEI Nº6400, DE 05 DE

Leia mais

Rio de Janeiro: Decreto Regulamentador de Autovistoria

Rio de Janeiro: Decreto Regulamentador de Autovistoria Rio de Janeiro: Decreto Regulamentador de Autovistoria Regulamenta a aplicação da Lei Complementar 126 de 26 de março de 2013 e da Lei 6400 de 05 de março de 2013, que instituem a obrigatoriedade de realização

Leia mais

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS. Art. 2º As Bibliotecas da Univás estão a serviço da comunidade, oferecendo aos usuários:

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS. Art. 2º As Bibliotecas da Univás estão a serviço da comunidade, oferecendo aos usuários: REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1 Este Regulamento normatiza o funcionamento das Bibliotecas da Universidade do Vale do Sapucaí Univás, mantida pela Fundação de Ensino Superior

Leia mais

REGIMENTO INTERNO. Artigo 8º - Fica estabelecido que os portões de entrada que dão acesso ao CONDOMÍNIO serão mantidos permanentemente fechados.

REGIMENTO INTERNO. Artigo 8º - Fica estabelecido que os portões de entrada que dão acesso ao CONDOMÍNIO serão mantidos permanentemente fechados. SEM MARCADOR TEXTO ORIGINAL GRIFADO EM VERDE ALTERAÇÕES A SEREM APROVADAS NA ASSEMBLÉIA REGIMENTO INTERNO Artigo 8º - Fica estabelecido que os portões de entrada que dão acesso ao CONDOMÍNIO serão mantidos

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS CONTROLE DE ACESSO ÀS DEPENDÊNCIAS DO GRUPO MAPFRE SEGUROS

NORMAS E PROCEDIMENTOS CONTROLE DE ACESSO ÀS DEPENDÊNCIAS DO GRUPO MAPFRE SEGUROS NORMAS E PROCEDIMENTOS Código Versão A-RHU-08 4 Emissão Atualização 22 / 08 / 2003 30 / 07 / 08 CONTROLE DE ACESSO ÀS DEPENDÊNCIAS DO GRUPO MAPFRE SEGUROS OBJETIVO Normatizar o controle de acesso dos colaboradores,

Leia mais

1 Objetivo Esta Regulamentação Especial estabelece normas para acesso de pessoas ao Condomínio Edifício São Luiz.

1 Objetivo Esta Regulamentação Especial estabelece normas para acesso de pessoas ao Condomínio Edifício São Luiz. Revisão: julho/2007 Fl. 01 de 03 1 Objetivo Esta Regulamentação Especial estabelece normas para acesso de pessoas ao Condomínio Edifício São Luiz. 2 Procedimentos 2.1 O acesso de pessoas nas dependências

Leia mais

2.2 - A entrada ou saída de pedestres nas dependências da ULIVING BELA VISTA dar-se-á, pela recepção principal Rua Barata Ribeiro, 61

2.2 - A entrada ou saída de pedestres nas dependências da ULIVING BELA VISTA dar-se-á, pela recepção principal Rua Barata Ribeiro, 61 O Regulamento Interno da ULIVING BELA VISTA, localizado na cidade de SÃO PAULO CAPITAL, à Rua Barata Ribeiro nº 61 estabelece as regras de convivência e as relações entre os usuários do empreendimento.

Leia mais

EXPO-EaD 18º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância

EXPO-EaD 18º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância MANUAL DO EXPOSITOR EXPO-EaD 18º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância Prezado Expositor, O objetivo deste Manual é facilitar o trabalho de todos os participantes, obter eficiência e qualidade,

Leia mais

2. INFORMAÇÕES E SIGILO

2. INFORMAÇÕES E SIGILO TERMO DE ADESÃO Para melhor comunicação e transparência ao cliente Plantafácil, disponibilizamos abaixo o termo de adesão de nossos produtos e serviços disponibilizados no site, de protocolo cartorial,

Leia mais

Relatório de reforma. Edifício XXXXX

Relatório de reforma. Edifício XXXXX Laudo Relatório de reforma Edifício XXXXX Elaborado por: Luís Ricardo Pinheiro Lima Página 1 de 8 1. IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO PRESTADORA DO SERVIÇO (CONTRATADA) Empresa: Pinheiro Lima Engenharia Ltda.

Leia mais

VIVENDO EM CONDOMINIOS COM SEGURANÇA.

VIVENDO EM CONDOMINIOS COM SEGURANÇA. VIVENDO EM CONDOMINIOS COM SEGURANÇA. Viver em condomínio exige mais no aspecto da segurança, além dos cuidados rotineiros com as medidas de segurança individual de cada morador temos que observar se os

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APTOS

PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APTOS PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES EM APTOS Para solicitar modificações nos apartamentos, o cliente deverá vir até a empresa, no período estipulado (informado pela empresa) no setor de Modificação

Leia mais

Parque Tecnológico de Óbidos

Parque Tecnológico de Óbidos Parque Tecnológico de Óbidos Regulamento de obras (Versão preliminar) Fevereiro de 2009 Óbidos Requalifica, E.E.M. Casa do Largo da Porta da Vila, 1.º Tel: +351 262 955 440 obidos.requalifica@mail.telepac.pt

Leia mais

Edifício Passarelli Manual do Credenciado

Edifício Passarelli Manual do Credenciado Edifício Passarelli Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR EXPO EaD

MANUAL DO EXPOSITOR EXPO EaD MANUAL DO EXPOSITOR EXPO EaD 1- INFORMAÇÕES GERAIS A EXPO EaD será realizado nas condições abaixo. 2- REALIZAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO A DISTANCIA - ABED Rua Vergueiro, 875 12 andar - Liberdade

Leia mais

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014 8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia 07 a 09 de maio de 2014 Hotel InterCity Premium - Caxias do Sul RS REGULAMENTOS E NORMAS ESPECÍFICAS

Leia mais

1. Obedecer fielmente às determinações do síndico e da administradora.

1. Obedecer fielmente às determinações do síndico e da administradora. As atribuições abaixo, são apenas um norte para o Condomínio verificar, quais se aplicam a cada realidade condominial. DESCRIÇÕES DE FUNÇÕES Compete ao Porteiro: 1. Obedecer fielmente às determinações

Leia mais

LIGAÇÃO COMERCIAL OU INDUSTRIAL DE ESGOTO

LIGAÇÃO COMERCIAL OU INDUSTRIAL DE ESGOTO LIGAÇÃO COMERCIAL OU INDUSTRIAL DE ESGOTO Padronização da caixa de amostragem industrial e/ou comercial de efluentes. 1. Localização e infra estrutura da caixa de amostragem de efluentes: 1.1 Esta caixa

Leia mais

EDIFÍCIO MALIBU CONSTRUTORA CONSTRUTORA E INCORPORADORA HALIAS PROJETO ARQUITETÔNICO

EDIFÍCIO MALIBU CONSTRUTORA CONSTRUTORA E INCORPORADORA HALIAS PROJETO ARQUITETÔNICO CONSTRUTORA CONSTRUTORA E INCORPORADORA HALIAS PROJETO ARQUITETÔNICO Camila Veiga de Souza Crea 79.243/D ENDEREÇO DO EMPREENDIMENTO Rua Visconde de Taunay 912 Bairro Santa Mônica Belo Horizonte ÁREA DO

Leia mais

AUTORIZAÇÃO PARA RESPONSÁVEL PELA OBRA À ASSOCIAÇÃO DOS PROPRIETÁRIOS DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL ATHENAS PROPRIETÁRIO:... TEL:...

AUTORIZAÇÃO PARA RESPONSÁVEL PELA OBRA À ASSOCIAÇÃO DOS PROPRIETÁRIOS DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL ATHENAS PROPRIETÁRIO:... TEL:... AUTORIZAÇÃO PARA RESPONSÁVEL PELA OBRA À ASSOCIAÇÃO DOS S DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL ATHENAS REF. AUTORIZAÇÃO PARA RESPONSÁVEL PELA OBRA LOTE:... QUADRA:... :... TEL:... Venho através deste, comunicar a

Leia mais

MONTADORA OFICIAL HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO / DESMONTAGEM. Dia 13 de abril de 2014 DOMINGO

MONTADORA OFICIAL HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO / DESMONTAGEM. Dia 13 de abril de 2014 DOMINGO MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA 1. Funcionamento 1.1 A Biblioteca funciona de acordo com o calendário institucional. 1.2 Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, de 7h30 às 22h20. A partir das 22h,

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR I SIMPÓSIO DE HEPATOLOGIA DO NORDESTE

MANUAL DO EXPOSITOR I SIMPÓSIO DE HEPATOLOGIA DO NORDESTE 1 INFORMAÇÕES GERAIS MANUAL DO EXPOSITOR I SIMPÓSIO DE HEPATOLOGIA DO NORDESTE LOCAL DO EVENTO Período realização do Evento: 25 a 27 de Setembro de 2014 Local de realização: Hotel Tropical Tambaú Fone

Leia mais

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO SAMIRA

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO SAMIRA APRESENTAÇÃO PARA DECISÕES DA ASSEMBLÉIA DE 22/11/2014 EQUIPE: EDSON NEWTON PACHECO REGINA ZEZINHO VISÃO DO TRABALHO: 1 - ATENDER ÀS DIREÇÕES DO PERITO; 2 - ATENDER À LEGISLAÇÃO MUNICIPAL E ESTADUAL; 3

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA FEIRA COMERCIAL, INDUSTRIAL E DE SERVIÇOS DA FESTA DE MAIO DE TEUTÔNIA 2016

REGIMENTO INTERNO DA FEIRA COMERCIAL, INDUSTRIAL E DE SERVIÇOS DA FESTA DE MAIO DE TEUTÔNIA 2016 REGIMENTO INTERNO DA FEIRA COMERCIAL, INDUSTRIAL E DE SERVIÇOS DA FESTA DE MAIO DE TEUTÔNIA 2016 Art. 1º - LOCAL E DATA: A Feira Comercial, Industrial e de Serviços realizar-se-à no CENTRO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Faculdade AlfaCastelo

Faculdade AlfaCastelo Faculdade AlfaCastelo REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA BARUERI - 2015 REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA A Faculdade AlfaCastelo possui dois laboratórios de informática composto por uma

Leia mais

Piscina de Bolinhas 1,50m x 1,50m. Manual de instruções

Piscina de Bolinhas 1,50m x 1,50m. Manual de instruções Piscina de Bolinhas 1,50m x 1,50m Manual de instruções Código do produto: 220001 * Esta Piscina de Bolinha é multicolorida e as cores podem variar conforme a fabricação. Parabéns! Você acaba de adquirir

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE VÍDEO - UNIRITTER

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE VÍDEO - UNIRITTER FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE VÍDEO - UNIRITTER Aprovado na Sessão nº 07 do NDE de Jornalismo, em 5/12/13. Este regulamento versa sobre as regras e atividades para o pleno

Leia mais

Manutenção e Reforma. Saiba as ações necessárias para atendimento às novas normas de modo a não implicar em suas garantias. Ricardo Santaliestra Pina

Manutenção e Reforma. Saiba as ações necessárias para atendimento às novas normas de modo a não implicar em suas garantias. Ricardo Santaliestra Pina Manutenção e Reforma Saiba as ações necessárias para atendimento às novas normas de modo a não implicar em suas garantias Ricardo Santaliestra Pina Norma ABNT NBR 5674 Manutenção Edificações Requisitos

Leia mais

Sociedade loteamento MONT BLANC PROCEDIMENTO PARA INÍCIO DE OBRA

Sociedade loteamento MONT BLANC PROCEDIMENTO PARA INÍCIO DE OBRA PROCEDIMENTO PARA INÍCIO DE OBRA 1. Apresentar cópia de Planta Aprovada pela Prefeitura Municipal de Campinas, cópia do Alvará de Execução para liberação de obra e cópia da ART recolhida do responsável

Leia mais

MANUAL DO LOCATÁRIO. Guia ilustrado com tudo sobre a sua nova locação

MANUAL DO LOCATÁRIO. Guia ilustrado com tudo sobre a sua nova locação MANUAL DO LOCATÁRIO Guia ilustrado com tudo sobre a sua nova locação TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE SEU NOVO LAR VISTORIA E OCUPAÇÃO MANUTENÇÕES E BENFEITORIAS PAGAMENTO E REAJUSTE DESOCUPAÇÃO DO

Leia mais

X 145880_40 2015-06-29

X 145880_40 2015-06-29 Índice Dynafleet... 1 Introdução... 1 Design e função... 1 Gerenciamento do sistema... 3 Conformidade ANATEL... 4 Dynafleet 1 Introdução Dynafleet, generalidades Dynafleet é a solução da Volvo para o gerenciamento

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012. GUINCHO VELOX e HUCK

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012. GUINCHO VELOX e HUCK MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA GUINCHO VELOX e HUCK ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 1. INFORMAÇÕES TÉCNICAS... 2 2. PROCEDIMENTOS GERAIS DE SEGURANÇA... 2 2.1. USO DOS GUINCHOS... 3 2.2. LUBRIFICAÇÃO... 3 2.3.

Leia mais

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO:

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: 1) Este regulamento SÓ se aplica aos contratos celebrados na unidade Paulista, por alunos matriculados nos cursos preparatórios para concursos públicos semestrais

Leia mais

PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS

PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS Sumário 1. Objetivo... 3 2. Premissas básicas... 3 3. Compromissos da CEEE-D... 3 4. Compromissos da Imobiliária... 3 5. Serviços disponíveis através

Leia mais

29) CONTRATO DE LOCAÇÃO DE QUARTO POR TEMPORADA. Pelo presente instrumento particular de um lado,...,

29) CONTRATO DE LOCAÇÃO DE QUARTO POR TEMPORADA. Pelo presente instrumento particular de um lado,..., 29) CONTRATO DE LOCAÇÃO DE QUARTO POR TEMPORADA Pelo presente instrumento particular de um lado,..., brasileira, solteira, professora universitária, inscrita no CPF sob o n...., residente e domiciliada

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO PARA APROVAÇÃO DE PROJETO E EXECUÇÃO DE OBRA

TERMO DE COMPROMISSO PARA APROVAÇÃO DE PROJETO E EXECUÇÃO DE OBRA 1 TERMO DE COMPROMISSO PARA APROVAÇÃO DE PROJETO E EXECUÇÃO DE OBRA Termo de compromisso para aprovação de projeto e execução de obra que entre si celebram, de um lado a SOCIEDADE ALDEIA DA SERRA RESIDENCIAL

Leia mais

2.1 - Estabelecer normas de acesso de pessoas a ULIVING SOROCABA.

2.1 - Estabelecer normas de acesso de pessoas a ULIVING SOROCABA. O Regulamento Interno da ULIVING SOROCABA, localizado na cidade de SOROCABA à Rua Bernardo Ferraz nº 100 estabelece as regras de convivência e as relações entre os usuários do empreendimento. I - HORÁRIO

Leia mais

PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012.

PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012. PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012. EMENTA: Disciplina a cessão e locação de espaços destinados a reuniões e eventos na sede do CRMV-RJ. O PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL

RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL Prezado Expositor, O Regulamento Geral é parte integrante do contrato da Campanha Recupere seu Crédito. Aqui você encontra

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS Artigo 1º - Visita técnica é atividade complementar dos componentes curriculares dos cursos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MOBILIZAÇÃO, CONSTRUÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DO CANTEIRO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MOBILIZAÇÃO, CONSTRUÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DO CANTEIRO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MOBILIZAÇÃO, CONSTRUÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DO CANTEIRO 1. VIA DE ACESSO 1.1 - GENERALIDADES Será utilizada como acesso às obras, durante a fase de construção, as vias já existentes

Leia mais

Liner. Manual do Usuário

Liner. Manual do Usuário Liner Manual do Usuário Parabéns, Você acaba de adquirir o Gravador Telefônico Digital Pctel Liner. Líder em seu segmento, disponibiliza a mais alta tecnologia em gravadores telefônicos digitais, convertendo

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO RIO

MANUAL DO PROPRIETÁRIO RIO MANUAL DO PROPRIETÁRIO RIO Prezado Cliente, A fim de facilitar seu dia-a-dia a Zitune Empreendimentos Imobiliários, criou o manual do proprietário. Através deste manual você poderá esclarecer suas principais

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2012. Contratação de empresa para fornecimento e instalação de sistema de gerenciamento de tráfego para elevadores do prédio da SEFAZ, localizado na Avenida Presidente Vargas, 670

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR CRONOGRAMA DATA DIA AÇÃO INÍCIO TÉRMINO. Início da montagem montadora oficial (demarcação do piso do pavilhão)

MANUAL DO EXPOSITOR CRONOGRAMA DATA DIA AÇÃO INÍCIO TÉRMINO. Início da montagem montadora oficial (demarcação do piso do pavilhão) 13 e 14 de Maio de 2016. Curitiba-PR MANUAL DO EXPOSITOR Realização e organização: Editora Plena Rua Janiópolis, 245 83035-100 São José dos Pinhais PR Telefone: 41-3081-4052 Contato: Beatriz Muniz Richter

Leia mais

NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA

NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA Art. 1º - Os espaços serão utilizados preferencialmente por atividades administrativas, de ensino, de extensão e de pesquisa da UFCSPA. 1º - O horário de realização

Leia mais

IAMSPE DÚVIDAS FREQUENTES

IAMSPE DÚVIDAS FREQUENTES IAMSPE DÚVIDAS FREQUENTES P: É possível anexar documentos nos pedidos solicitados no sistema Medlink? R: Ao incluir um pedido em sistema é possível anexar documentos. Após registro do pedido em sistema

Leia mais

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MAIO DE 2015 Andamento das obras no período Obras no Ático: Início da instalação de luminárias iniciado; Conclusão das

Leia mais

Edifício New England Manual do Credenciado

Edifício New England Manual do Credenciado Edifício New England Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

Papel da administradora junto aos condomínios para atendimento às exigências de modo a não comprometer as garantias. Sergio Meira de Castro Neto

Papel da administradora junto aos condomínios para atendimento às exigências de modo a não comprometer as garantias. Sergio Meira de Castro Neto Papel da administradora junto aos condomínios para atendimento às exigências de modo a não comprometer as garantias. Sergio Meira de Castro Neto Sumário 1. Condomínio em números 2. Gestão das manutenções

Leia mais

Local: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco), Rodovia Antonio Heil, 29 - Centro, Brusque/SC

Local: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco), Rodovia Antonio Heil, 29 - Centro, Brusque/SC REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 - INTRODUÇÃO As normas que regem a organização, montagem, funcionamento e desmontagem da FECATEX 2017 - Home & Fashion - Primavera Verão 2018- Feira Têxtil de Santa Catarina,

Leia mais

MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO - PILATES NORMAS DISCIPLINARES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO - PILATES NORMAS DISCIPLINARES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO - PILATES O Estágio Supervisionado visa complementar a formação do aluno através do aprendizado teórico-prático e do desempenho das atividades, proporcionando uma experiência

Leia mais

PORTEIRO ELETRÔNICO. Modelo: EG-PRL002. Manual do Usuário

PORTEIRO ELETRÔNICO. Modelo: EG-PRL002. Manual do Usuário PORTEIRO ELETRÔNICO Modelo: EG-PRL002 Manual do Usuário 1 Introdução Parabéns por adquirir o Porteiro Eletrônico modelo EG-PRL002 da EcoGold! Para conhecer toda a linha de produtos EcoGold, visite o site:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS POSSE-GO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS POSSE-GO Normas para uso dos Laboratórios de Informática vinculados a Coordenação do Curso de Informática e ao Departamento de Tecnologia da Informação do IF Goiano Câmpus Posse GO. POSSE GO 2015 Sumário TÍTULO

Leia mais

Rio de Janeiro, 13 de março de 2013. Of. Circ. Nº 088/13. Ref.: Lei nº 6.400 DE 05/03/2013 (Estadual - Rio de Janeiro) Senhor Presidente,

Rio de Janeiro, 13 de março de 2013. Of. Circ. Nº 088/13. Ref.: Lei nº 6.400 DE 05/03/2013 (Estadual - Rio de Janeiro) Senhor Presidente, Rio de Janeiro, 13 de março de 2013 Of. Circ. Nº 088/13 Ref.: Lei nº 6.400 DE 05/03/2013 (Estadual - Rio de Janeiro) Senhor Presidente, Seguem as informações relacionadas à publicação da Lei Estadual 6.400,

Leia mais

RESOLUÇÃO COTEA nº 03, de 25 de fevereiro de 2010

RESOLUÇÃO COTEA nº 03, de 25 de fevereiro de 2010 RESOLUÇÃO COTEA nº 03, de 25 de fevereiro de 2010 Normas de Utilização do Laboratório de Interpretação e Dança e do Laboratório de Musicalidade do Curso de Teatro. O Colegiado do Curso de Teatro do Departamento

Leia mais

CICLO DE PALESTRAS OBRAS EM CONDOMÍNIOS: PRECAUÇÕES E RESPONSABILIDADES

CICLO DE PALESTRAS OBRAS EM CONDOMÍNIOS: PRECAUÇÕES E RESPONSABILIDADES CICLO DE PALESTRAS OBRAS EM CONDOMÍNIOS: PRECAUÇÕES E RESPONSABILIDADES INSPEÇÃO PREDIAL CHECK UP E PREVENÇÃO DE ACIDENTES IBAPE/SP Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de São Paulo

Leia mais

E B I / J I d e T Á V O R A

E B I / J I d e T Á V O R A E B I / J I d e T Á V O R A R E G U L A M E N T O D E U T I L I Z A Ç Ã O D O S COMPUTA D O R E S PO R T Á T E I S O objectivo deste documento é regulamentar todas as actividades curriculares desenvolvidas,

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO COTAÇÃO DE PREÇO Nº 09/2014 PROCESSO Nº 09/2014 ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL MAMIRAUÁ IDSM PROJETO - ARQUITETURA, PROJETOS EXECUTIVOS COMPLEMENTARES E ORÇAMENTO

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 11 de setembro de 2014 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 11 de setembro de 2014 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA POUSADA BUTTERFLY HOUSE. A hospedagem na POUSADA BUTTERFLY HOUSE é regida pelas condições abaixo descritas:

REGIMENTO INTERNO DA POUSADA BUTTERFLY HOUSE. A hospedagem na POUSADA BUTTERFLY HOUSE é regida pelas condições abaixo descritas: REGIMENTO INTERNO DA POUSADA BUTTERFLY HOUSE A hospedagem na POUSADA BUTTERFLY HOUSE é regida pelas condições abaixo descritas: 1. É obrigatório o preenchimento da ficha de identificação, atendendo normas

Leia mais

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) é o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, para vincular os documentos fiscais

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS DE SADT ELETIVO (FASCÍCULO DO SADT ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto Curitiba de Saúde ICS - Plano Padrão ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1 MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento Toledo PR Página 1 INDICE 1. O QUE É O SORE...3 2. COMO ACESSAR O SORE... 4 2.1. Obtendo um Usuário e Senha... 4 2.2. Acessando o SORE pelo

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXPOSITORES E MONTADORA SERVIÇOS DE INFRA-ESTRUTURA E PROVIDÊNCIAS LEGAIS HOTEL GLÓRIA CAXAMBU

PROCEDIMENTOS PARA EXPOSITORES E MONTADORA SERVIÇOS DE INFRA-ESTRUTURA E PROVIDÊNCIAS LEGAIS HOTEL GLÓRIA CAXAMBU PROCEDIMENTOS PARA EXPOSITORES E MONTADORA SERVIÇOS DE INFRA-ESTRUTURA E PROVIDÊNCIAS LEGAIS HOTEL GLÓRIA CAXAMBU Cabe ao expositor regularizar seu estande perante as repartições federais, estaduais e

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

MANUAL DO CONSTRUTOR

MANUAL DO CONSTRUTOR 1. SOLICITAÇÕES PARA INÍCIO DA OBRA 01 jogo do projeto de arquitetura aprovado; Autorização para Construção emitida pela Associação Jardins Ibiza. 2. IMPLANTAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 2.1 Fechamento do canteiro

Leia mais

TABELA DE SERVIÇOS PTI EMPREENDEDORISMO

TABELA DE SERVIÇOS PTI EMPREENDEDORISMO TABELA DE SERVIÇOS PTI EMPREENDEDORISMO VERSÃO 0.9 DATA DA ÚLTIMA ALTERAÇÃO 09/FEV/2011 DESENVOLVIDO POR PTI - EMPREENDEDORISMO APROVADO POR RESOLUÇAÕ CONSELHO DIRETOR RCD 06/2011 OBSERVAÇÃO ANEXO II -

Leia mais

EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300

EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300 EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300 BELO HORIZONTE MG Apresentação: Condomínio Edifício Afonso Pena, 2.300 Endereço: Afonso Pena, 2.300 Bairro: Centro Esquina com Rio Grande do Norte Belo Horizonte BH Localização:

Leia mais

Regulamento de Utilização de Habitações Sociais de Gestão ou Promoção Municipal

Regulamento de Utilização de Habitações Sociais de Gestão ou Promoção Municipal Regulamento de Utilização de Habitações Sociais de Gestão ou Promoção Municipal Preâmbulo Uniformizar critério de utilização das habitações sociais para salvaguardar um melhor ambiente dos espaços, relação

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS CAMPOS DE FUTEBOL DO SESC VENDA NOVA

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS CAMPOS DE FUTEBOL DO SESC VENDA NOVA REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS CAMPOS DE FUTEBOL DO SESC VENDA NOVA CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade normatizar a utilização dos campos A (Estádio das Alterosas),

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EAD

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EAD CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EAD CONTRATANTE: A PESSOA FÍSICA identificada no formulário de matrícula do curso, que, para todos os efeitos,

Leia mais

Política de entrega, troca e devolução de produtos

Política de entrega, troca e devolução de produtos Política de entrega, troca e devolução de produtos Este documento é parte integrante do Pedido de Venda / Termos e Condições de aquisição de produtos da MADEPAL. Caso haja con ito entre o pedido e o expresso

Leia mais

AS REGRAS ABAIXO SÃO PARA SEU CONFORTO E SEGURANÇA

AS REGRAS ABAIXO SÃO PARA SEU CONFORTO E SEGURANÇA AS REGRAS ABAIXO SÃO PARA SEU CONFORTO E SEGURANÇA DAS INSTALAÇÕES E UTILIZAÇÃO DA GARAGEM 1. Somente o LOCATÁRIO poderá se utilizar da vaga objeto deste contrato, para estacionamento da embarcação particular,

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 CAPÍTULO III 5 DA INFRAESTRUTURA 5 Seção I 6 Das Dependências 6 Seção II 6 Do Hardware e Software 6 Seção III 7 Das Manutenções 7

Leia mais

www.santahelenasuade.com.brmecanismos de

www.santahelenasuade.com.brmecanismos de 1 www.santahelenasuade.com.brmecanismos de Regulação 2 A CONTRATADA colocará à disposição dos beneficiários do Plano Privado de Assistência à Saúde, a que alude o Contrato, para a cobertura assistencial

Leia mais

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino REGULAMENTO DO USO DA SALA DE TREINAMENTO E AUDITÓRIO DA ACIA OURO FINO 01 - As Salas e espaços na sede da ACIA Ouro Fino poderão ser utilizados por seus associados e por não associados conforme os termos

Leia mais

Manual do Montadora. Edmundo Doubrawa Joinville SC. www.expogestao.com.br

Manual do Montadora. Edmundo Doubrawa Joinville SC. www.expogestao.com.br Manual do Montadora Edmundo Doubrawa Joinville SC www.expogestao.com.br 5 NORMAS DE MONTAGEM CHECK LIST MONTAGEM 1- Entregar Termo de Responsabilidade ORIGINAL assinado pelo expositor e pelo responsável

Leia mais

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Introdução O presente documento descreverá de forma objetiva as principais operações para abertura e consulta de uma solicitação ao Setor de Desenvolvimento

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá - Unifei Campus de Itabira

Universidade Federal de Itajubá - Unifei Campus de Itabira Revisão: 001 Página 1 de 7 Dispõe sobre conjunto de regras relativas à concessão do direito de uso dos espaços de convivência vinculados à Diretoria de Infraestrutura, da Universidade Federal de Itajubá

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DO PPGEQ

REGULAMENTO INTERNO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DO PPGEQ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA Endereço: BR. 465, km 7, Centro

Leia mais

Guia completo de conduta

Guia completo de conduta Guia completo de conduta Seja bem vindo(a) à Joycar! Este é o nosso guia completo de conduta. Nele serão apresentadas todas as explicações necessárias para que você e todos os nossos clientes tenham sempre

Leia mais

Biblioteca Mercedes Silva Pinto. Manual da Biblioteca. Aprenda a utilizar os recursos da Biblioteca Visite-a sempre e aproveite o acervo disponível

Biblioteca Mercedes Silva Pinto. Manual da Biblioteca. Aprenda a utilizar os recursos da Biblioteca Visite-a sempre e aproveite o acervo disponível Biblioteca Mercedes Silva Pinto Manual da Biblioteca Aprenda a utilizar os recursos da Biblioteca Visite-a sempre e aproveite o acervo disponível REGULAMENTO COMPLETO DA BIBLIOTECA I. Regulamento do Uso

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA BC CONSULT Página 1 de 9 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PRINCÍPIOS... 4 INTEGRIDADE... 4 DISCRIMINAÇÃO... 4 CONFLITO DE INTERESSE... 4 CONFIDENCIALIDADE DE INFORMAÇÕES... 5 PROTEÇÃO AO

Leia mais