Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configura o do Cliente

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configura o do Cliente"

Transcrição

1 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configura o do Cliente Red Hat Network Satellite Edição 3 Red Hat Equipe da Documentação

2 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configura o do Cliente Red Hat Network Satellite Edição 3 Red Hat Equipe da Do cumentação

3 Nota Legal Copyright 2010 Red Hat, Inc. T his document is licensed by Red Hat under the Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License. If you distribute this document, or a modified version of it, you must provide attribution to Red Hat, Inc. and provide a link to the original. If the document is modified, all Red Hat trademarks must be removed. Red Hat, as the licensor of this document, waives the right to enforce, and agrees not to assert, Section 4d of CC-BY-SA to the fullest extent permitted by applicable law. Red Hat, Red Hat Enterprise Linux, the Shadowman logo, JBoss, MetaMatrix, Fedora, the Infinity Logo, and RHCE are trademarks of Red Hat, Inc., registered in the United States and other countries. Linux is the registered trademark of Linus Torvalds in the United States and other countries. Java is a registered trademark of Oracle and/or its affiliates. XFS is a trademark of Silicon Graphics International Corp. or its subsidiaries in the United States and/or other countries. MySQL is a registered trademark of MySQL AB in the United States, the European Union and other countries. Node.js is an official trademark of Joyent. Red Hat Software Collections is not formally related to or endorsed by the official Joyent Node.js open source or commercial project. T he OpenStack Word Mark and OpenStack Logo are either registered trademarks/service marks or trademarks/service marks of the OpenStack Foundation, in the United States and other countries and are used with the OpenStack Foundation's permission. We are not affiliated with, endorsed or sponsored by the OpenStack Foundation, or the OpenStack community. All other trademarks are the property of their respective owners. Resumo Bem vindo ao Guia de Configuração do Red Hat Network Satellite Client

4 Índice Índice. Capítulo Introdução Capítulo Aplicações em.... Máquinas Clientes Empregando os RPMs Clientes Mais Recentes da Red Hat Network Configurando as Aplicações Clientes Registrando Clientes no Servidor Red Hat Network RHN Satellite Registrando com Chaves de Ativação Usando a Opção up2date --configure Atualizando os Arquivos de Configuração Manualmente Implementando a T ransferência (failover) de Servidores O Applet do Atualizador de Pacotes 8. Capítulo Infra-estrutura da... SSL Uma Breve Introdução à SSL O RHN SSL Maintenance Tool Gerando os Certificados SSL Opções da RHN SSL Maintenance Tool Gerando o Par de Chaves SSL da Autoridade Certificadora (Certificate Authority) Gerando Conjuntos de Chaves SSL do Servidor Web Empregando o Certificado Público SSL da CA nos Clientes Configurando Sistemas Cliente 19. Capítulo Importando Chaves Padronizadas GPG Capítulo Usando o. RHN..... Bootstrap Preparando para uma instalação de RHN Bootstrap Gerando os Scripts do RHN Bootstraps Utilizando o Script do RHN Bootstrap Configurando as opções do RHN Bootstrap 23. Capítulo Escrevendo o.. script da... configuração RHN..... Bootstrap manualmente Capítulo Implementar o. Kickstart Exemplo de... Script Bootstrap Revision History Índice Remissivo Símbolos 37 A 38 B 38 C 38 G 38 K 38 R 39 S 39 1

5 2 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente

6 Capítulo 1. Introdução Capítulo 1. Introdução Este guia de melhores práticas pretende ajudar clientes do RHN Satellite Server e RHN Proxy Server a configurarem seus sistemas de cliente. Por padrão, todos os aplicativos de cliente Red Hat Network são configurados para comunicar com os Servidores centrais Red Hat Network. Quando os clientes se conectam ao RHN Satellite Server ou RHN Proxy Server, a configuração padrão muda. Este documento pretende ajudar, oferecendo passos de reconfiguração em massa que ajudarão ambientes corporativos, contendo diversos sistemas, endereçando as mudanças de configuração padrão. Devido à complexidade desta tarefa, os clientes podem usar um script pré-definido que automatiza muitas destas tarefas necessárias para acessar seus servidores Satellite ou Proxy. Consulte o Capítulo 5, Usando o RHN Bootstrap para maiores detalhes. A Red Hat acredita que é importante estar ciente das implicações que estas mudanças acarretam e portanto descreve passo a passo para a reconfiguração, nos capítulos seguintes. Determine você mesmo qual a solução ideal para sua empresa. Embora muitos dos comandos fornecidos neste guia serem aplicáveis da maneira como são apresentados, é impossível prever todas as configurações de rede possíveis, adotadas pelos clientes. Portanto, a Red Hat incentiva a usar estes comandos como referências, levando em consideração as configurações individuais da sua empresa. Nota As informações de configuração do cliente Unix podem ser encontradas no RHN Satellite Server Reference Guide no capítulo Unix Support. 3

7 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente Capítulo 2. Aplicações em Máquinas Clientes Para poder utilizar a maioria das funcionalidades da Red Hat Network, como por exemplo registrar-se em um Satellite, é necessário a configuração das aplicações em clientes mais recentes. Pode ser difícil obter estas aplicações antes do cliente estar registrado na Red Hat Network. Este paradoxo é especialmente problemático para clientes migrando uma grande quantidade de sistemas mais antigos para a Red Hat Network. Este capítulo aborda as técnicas para resolver este dilema. Importante A Red Hat recomenda que os clientes conectados aos Servidores RHN Proxy ou RHN Satellite, executem a última versão do Red Hat Enterprise Linuse para garantia de uma conectividade apropriada. Além disso, caso os firewalls de cliente sejam configurados, as portas 80 e 443 devem ser abertas para funcionarem adequadamente com o Red Hat Network Empregando os RPMs Clientes Mais Recentes da Red Hat Network O Package Updater (pup), yum,o yum RHN Plugin (yum-rhn-plugin) e o Red Hat Network Registration Client (rhn_register) no Red Hat Enterprise Linux 5e 6 são pré-requisitos para utilizar a maioria das funções do Red Hat Network corporativo. É necessário instalá-los nos sistemas cliente antes de tentar utilizar os Servidores RHN Proxy ou RHN Satellite em seu ambiente. Há diversas estratégias para esta atualização do software cliente da RHN. Uma delas envolve armazenar os RPMs numa localidade acessível a todos os sistemas clientes e empregar os pacotes com o comando mais simples possível. Em praticamente todos os casos, não é necessário executar uma implementação manual do yum, pup, e rhn_register. Estas ferramentas clientes não devem apresentar problemas ao conectar a seu ambiente RHN Satellite ou Proxy. A discussão abaixo assume que o yum imediato, pup, e rhn_register não são os mais recentes e não funcionam em seu ambiente. Observe que os sistemas executando o Red Hat Enterprise Linux 5 e 6 devem ser registrados com o RHN no firstboot após a instalação ou utilizando o comando rhn_register. Este documento presume que o cliente instalou ao menos um Servidor RHN Satellite e/ou Proxy em suas redes. O exemplo abaixo demonstra que uma simples implementação do yum, pup, e rhn_register (ou up2date) pela primeira vez por um administrador, considerando que as máquinas não tenham um RHN funcionando: rpm -Uvh O administrador já pré-populou o diretório /var/www/htm l/pub/ no ambiente do RHN Satellite ou RHN Proxy com a cópia dos RPMs yum, pup, e rhn_register que os sistemas do cliente precisam, e depois ao executar o comando acima. Os RPMs já foram implementados nos sistemas cliente com um comando simples rpm -Uvh. O comando rpm -Uvh, quando executado de um cliente, instala os RPMs no cliente, presumindo-se que o nome do domínio, caminhos e versões do RPM são corretos (note que o comando foi dividido em diversas linhas para impressão e PDF mas deveria ter digitado como uma só 4

8 Capítulo 2. Aplicações em Máquinas Clientes linha ao ser solicitado no terminal): T enha em mente que a arquitetura (neste caso, i386) talvez precise ser alterada, dependendo dos sistemas a servir Configurando as Aplicações Clientes Apesar de poucos clientes terem de se conectar de forma segura em um Servidor RHN Satellite ou RHN Proxy dentro de suas empresas, e poucos clientes precisarem construir e implementar a chave GPG para pacotes de clintes, todos os clientes que utilizam os Servidores RHN Satellite ou RHN Proxy devem reconfigurar o Red Hat Update Agent (up2date) e possivelmente o Red Hat Network Registration Client (rhn_register) para redirecioná-lo da Red Hat Network para seus Servidores RHN Satellite ou RHN Proxy. Importante Apesar disto não ser configurável, note que a porta usada pelo up2date é 80 para HTTP e 443 para HTTP seguro (HTTPS). Por padrão, o yum no Red Hat Enterprise Linux 5 usa somente SSL. Por este motivo, os usuários devem garantir que seus firewalls permitam conexões através da porta 443. Para ignorar a SSL, altere o protocolo da serverurl, de https para http no arquivo /etc/sysconfig/rhn/up2date. Da mesma forma, para usar a funcionalidade Monitoring da RHN e as detecções requerendo o Red Hat Network Monitoring Daemon, note que os sistemas clientes devem permitir conexões na porta 4545 (ou na porta 22, se usar sshd). Por padrão, o rhn_register e up2date referem aos Servidores principais da Red Hat Network. Os usuários devem reconfigurar os sistemas clientes para referirem ao seu Servidor RHN Satellite ou RHN Proxy. Note que as versões mais recentes do Red Hat Update Agent podem ser configuradas para acomodar diversos Servidores do RHN, provendo assim proteção contra quedas, no caso do servidor primário estar inacessível. Consulte a Seção 2.2.5, Implementando a T ransferência (failover) de Servidores para obter instruções da ativação desta funcionalidade. As próximas seções descrevem os métodos para configurar os sistemas clientes para acessarem seu Servidor RHN Satellite ou RHN Proxy. Para ver como virtualmente toda reconfiguração pode ser feita através de scripts, veja o Capítulo 6, Escrevendo o script da configuração RHN Bootstrap manualmente Registrando Clientes no Servidor Red Hat Network RHN Satellite Para registrar um sistema com o Servidor RHN Satellite, um nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) é necessário o cert SSL do Servidor RHN Satellite. Uma vez que estes requerimentos forem atendidos, proceda com os seguintes passos: 1. Baixe o certificado SSL para o cliente: cd /usr/share/rhn/ wget 2. Edite o arquivo /etc/sysconfig/rhn/up2date: 5

9 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente serverurl=https://satellite.example.com/xmlrpc nosslserverurl=http://satellite.example.com/xmlrpc sslcacert=/usr/share/rhn/rhn-org-trusted-ssl-cert 3. Registre a máquina: rhn_register Registrando com Chaves de Ativação A Red Hat recomenda usar as chaves de ativação para registrar e configurar sistemas clientes que acessam o Servidor RHN Proxy ou RHN Satellite. As chaves de ativação podem ser usadas para registrar, atribuir serviços e registrar sistemas em massa. Consulte a seção "Chaves de Ativação" no Guia de Referência do RHN Satellite Server para instruções sobre uso. Ao registrar com a chave de ativação: 1. Gere uma Chave de Ativação (Consulte a seção "Chaves de Ativação" no RHN Satellite Server Reference Guide) 2. Importar chaves GPG personalizadas. 3. Fazer o download e instalar o RPM do Certificado SSL do diretório /pub/ do Servidor RHN Proxy ou RHN Satellite. O comando para este passo pode se parecer com o seguinte: rpm -Uvh 4. Registrar o sistema com um Servidor RHN Proxy ou RHN Satellite: rhnreg_ks --activationkey mykey --serverurl https://satellite.example.com/xmlrpc Como forma alternativa, a maioria dos passos pode ser combinada em um script de terminal que inclui as seguintes linhas: wget bash && rhnreg_ks --activation-key my_key --serverurl https://satellite.example.com/xmlrpc Note que o comando foi dividido em diversas linhas para impressão e PDF mas deve ser digitada como uma só linha na solicitação do terminal. O script bootstrap, gerado na instalação e disponível para os Servidores RHN Satellite e Proxy, é um destes. O script e o RHN Proxy Server que o geram são abordados em detalhes no Capítulo 5, Usando o RHN Bootstrap Usando a Opção up2date --configure O Red Hat Update Agent distribuído com o Red Hat Enterprise Linux 3 e 4, oferece interfaces para configurações diversas. Para obter uma lista completa destas configurações, consulte a página man do up2date (m an up2date na linha de comando). Para reconfigurar o Red Hat Update Agent, invoque o seguinte comando como usuário root: up2date --configure 6

10 Capítulo 2. Aplicações em Máquinas Clientes Você verá uma caixa de diálogo oferecendo várias opções que podem ser reconfiguradas. Na aba Geral, sob Selecionar um Servidor da Red Hat Network para usar, substitua o valor padrão pelo nome de domínio totalmente qualificado (fully qualified domain name, FQDN) dos Servidores RHN Satellite ou RHN Proxy Server, tal como https://your_proxy_or_sat.your_dom ain.com/xmlrpc. Mantenha /XMLRPC no final. Quanto terminar, clique em OK. Figura 2.1. Configuração Gráfica do Red Hat Update Agent Certifique-se de indicar o nome de domínio do seus Servidores RHN Satellite ou RHN Proxy Server, corretamente. Indicar um domínio incorreto ou deixá-lo em branco pode evitar que o up2date -- configure seja iniciado. Isto pode ser resolvido, no entanto, editando o valor no arquivo de configuração up2date. Consulte o Seção 2.2.4, Atualizando os Arquivos de Configuração Manualmente para obter instruções precisas. Atenção Os sistemas rodando Red Hat Enterprise Linux 3 ou 4 têm a funcionalidade de registro embutida no Red Hat Update Agent e portanto não precisam instalar o Red Hat Network Registration Client. Os sistemas rodando Red Hat Enterprise Linux 5 d 6 não utilizam o up2date, e precisam do rhn_register para registrar seus sistemas no RHN ou Satellite e do yum e pup para atualizar seus pacotes Atualizando os Arquivos de Configuração Manualmente Como alternativa à interface GUI descrita na seção anterior, os usuários também podem reconfigurar o Red Hat Update Agent editando os arquivos de configuração da aplicação. 7

11 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente Para configurar o Red Hat Update Agent nos sistemas clientes conectando aos Servidores RHN Proxy ou RHN Satellite, edite os valores serverurl e nosslserverurl no arquivo de configuração /etc/sysconfig/rhn/up2date (como root). Substitua a URL padrão da Red Hat Network pelo nome de domínio totalmente qualificado (fully qualified domain name, FQDN) dos Servidores RHN Proxy ou RHN Satellite. Por exemplo: serverurl[comment]=remote server URL serverurl=https://your_primary.your_domain.com/xmlrpc nosslserverurl[comment]=remote server URL without SSL nosslserverurl=http://your_primary.your_domain.com/xmlrpc Atenção A configuração httpproxy em /etc/sysconfig/rhn/up2date não refere-se ao RHN Proxy Server. É usada para configurar um proxy HTTP opcional para o cliente. Tendo um servidor RHN Proxy, a configuração de httpproxy deve ser deixada em branco (sem nenhum valor determinado) Implementando a Transferência (failover) de Servidores A partir do up2date , o Red Hat Update Agent pode ser configurado para procurar atualizações em diversos Servidores da RHN. Isto pode ser muito útil na manutenção de atualizações constantes, caso seu Servidor RHN Proxy ou RHN Satellite principal sofra uma queda e fique offline. Para utilizar este recurso: 1. Assegure-se de que você está executando a versão requerida ou uma mais recente do up2date assim como executando o Red Hat Enterprise Linux 5 ou Adicione manualmente os servidores secundários nas configurações do serverurl e nosslserverurl no arquivo de configuração (como usuário root) /etc/sysconfig/rhn/up2date. 3. Adicione nomes de domínios totalmente qualificados (FQDN) para o Proxy ou Satellite imediatamente após o servidor primário, separado por ponto e vírgula (;). Por exemplo: serverurl[comment]=remote server URL serverurl=https://satellite.example.com/xmlrpc; https://your_secondary.your_domain.com/xmlrpc; nosslserverurl[comment]=remote server URL without SSL nosslserverurl=http://satellite.example.com/xmlrpc; Existe a tentativa de conexão entre os servidores na ordem fornecida aqui. Inclua o máximo de servidores quanto for necessário O Applet do Atualizador de Pacotes O Red Hat Enterprise Linux 5 apresenta um programa de execução no painel gráfico do desktop, que verifica periodicamente atualizações do servidor RHN ou Satellite e irá alertar usuários quando uma nova atualização estiver disponível. 8

12 Capítulo 2. Aplicações em Máquinas Clientes Figura 2.2. Applet do Atualizador de Pacotes O Applet de Atualizador de Pacotes na bandeja de notificações do painel do desktop, verifica se há atualizações periodicamente. O applet também permite que você realize algumas tarefas de manutenção de pacotes clicando no ícone de notificação e escolhendo a partir das seguintes ações: Atualizar - Verifica o RHN ou Satellite por novas atualizações Visualizar Atualizações - lança o aplicativo do Atualizador de Pacotes para que você possa ver se há alguma atualização disponível em mais detalhes e configura as atualizações em suas especificações. Aplicar Atualizações - Baixa e Instala todos os pacotes atualizados. Sair - Fecha o applet 9

13 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente Capítulo 3. Infra-estrutura da SSL Para os clientes da Red Hat Network, as questões de segurança são de suma importância. Uma das vantagens da Red Hat Network é sua habilidade em processar cada um dos pedidos através da Secure Sockets Layer, ou SSL. Para manter este nível de segurança, os clientes que instalarem a Red Hat Network em suas infra-estruturas devem gerar chaves e certificados SSL personalizados. É possível criar e empregar chaves e certificados SSL manualmente. Ambos servidores RHN Proxy e RHN Satellite, permitem a você criar suas próprias chaves e certificados SSL baseados na sua CA (Autoridade Certificadora) durante a instalação. Além disso, há um outro utilitário de linha de comando, RHN SSL Maintenance T ool, para este propósito. Independente do método escolhido, estas chaves e certificados devem ser empregados a todos os sistemas de sua infra-estrutura administrada. Em muitos casos, o emprego destas chaves e certificados SSL é automatizado. Este capítulo descreve os métodos eficazes para conduzir todas estas tarefas. Por favor note que este capítulo não aborda a SSL com profundidade. A RHN SSL Maintenance Tool foi desenvolvida para ocultar grande parte da complexidade envolvida na configuração e manutenção desta infra-estrutura de chave pública (public-key infrastructure, PKI). Para mais informações, por favor consulte alguma das diversas referências disponíveis na livraria mais próxima Uma Breve Introdução à SSL A SSL, ou Secure Sockets Layer, é um protocolo que possibilita às aplicações cliente-servidor passar informações com segurança. A SSL usa um sistema de pares de chaves pública e privada para criptografar a comunicação entre clientes e servidores. Os certificados públicos podem estar acessíveis, enquanto as chaves privadas devem estar protegidas. É a relação matemática (uma assinatura digital) entre uma chave privada e seu certificado público pareado que tornam este sistema funcional. Através desta relação, é estabelecida uma conexão confiável. Nota As chaves privadas SSL e certificados públicos serão discutidos ao long deste documento. Ambos podem ser chamados de chaves, uma pública e outra privada. No entanto, ao discutir sobre o SSL, é conveniente se referir a parte pública de um par de chaves SSL (ou um conjunto de chaves) como o certificado público SSL. A infra-estrutura de SSL de uma organização geralmente é composta destas chaves e certificados SSL: Chave privada e certificado público SSL da CA (Autoridade Certificadora) em geral, é gerado somente um conjunto por organização. O certificado público é assinado digitalmente por sua chave privada. O certificado público é distribuído para todos os sistemas. Chave privada e certificado público SSL do servidor Web um conjunto por servidor de aplicações. O certificado público é assinado digitalmente por ambos, sua chave privada e a chave privada SSL da CA. Frequentemente, referenciamos um conjunto de chaves do servidor Web, devido a existência de um pedido de certificado SSL intermediário que é gerado. Seus detalhes de uso não são importantes nesta abordagem. T odos os três são empregados num Servidor da RHN. Aqui segue um cenário: se você possui um Servidor Satellite e cinco RHN Proxy da RHN, você gerará um par de chaves SSL da CA e seis conjuntos de chaves SSL do servidor Web. O certificado público SSL da CA é distribuído a todos os sistemas e usado por todos os clientes para estabelecer uma conexão aos seus respectivos servidores. Cada servidor possui seu próprio conjunto de chaves SSL, especificamente ligado ao nome da máquina deste servidor e gerado usando suas próprias chaves 10

14 Capítulo 3. Infra-estrutura da SSL privadas SSL e chave pública SSL da CA combinadas. Assim, é estabelecida uma associação digitalmente verificável do certificado público SSL e o par de chaves SSL da CA com a chave privada do servidor. A chave do servidor Web não pode ser compartilhada com outros servidores web. Importante A parte mais crítica deste sistema é o par de chaves SSL da CA. A partir desta chave privada e certificado público, um administrador pode gerar qualquer conjunto de chaves SSL do servidor Web. Este conjunto de chaves SSL da CA deve estar protegido. Após toda a infra-estrutura de servidores da RHN estar configurada e operante, é altamente recomendado arquivar o diretório de criação SSL gerado por esta ferramenta e/ou pelos instaladores numa mídia separada, anotar a senha da CA e proteger a mídia e a senha num local seguro O RHN SSL Maintenance Tool A Red Hat Network oferece uma ferramenta de linha de comando para facilitar a administração de sua infra-estrutura protegida: a RHN SSL Management Tool, comumente conhecida por seu comando rhn-ssl-tool. Esta ferramenta é disponibilizada como parte do pacote rhns-certs-tools. Este pacote pode ser encontrado nos canais de software do RHN Proxy Server e RHN Satellite mais recentes (assim como na ISO do Servidor RHN Satellite). A RHN SSL Management T ool possibilita a você gerar seu próprio conjunto de chaves SSL da Autoridade Certificadora, assim como os conjuntos de chaves SSL do servidor Web (por vezes chamados de pares de chaves). Esta é somente uma ferramenta de criação que gera todas as chaves e certificados SSL necessários. T ambém empacota os arquivos no formato RPM para rápida distribuição e instalação em todas as máquinas clientes. Porém, não as implementa. Esta parte é deixada ao administrador ou em muitos casos é automatizada pelo RHN Satellite Server. Nota O rhns-certs-tools, que contém a rhn-ssl-tool, pode ser instalado e executado em qualquer sistema Red Hat Enterprise Linux corrente com requisitos mínimos. Esta é uma conveniência para administradores que desejam administrar suas infra-estruturas SSL a partir de seus computadores ou através de outro sistema além de seu(s) Servidor(es) da RHN. Aqui estão os casos nos quais a ferramenta é necessária: Ao atualizar a Autoridade do Certificado (CA) certificado público Ao instalar um servidor RHN Proxy versão 3.6 ou mais recente que conecta aos Servidores centrais da RHN como seu serviço principal - o serviço hospedado não pode ser um repositório de sua chave e certificado SSL da CA por motivos de segurança, já que são informações particulares de sua organização. Ao reconfigurar sua infra-estrutura RHN para usar SSL quando previamente não o fazia. Ao adicionar o RHN Satellite múltiplos à sua infra-estrutura RHN - consulte um representante da Red Hat para instruções sobre esta questão. Aqui estão os casos nos quais a ferramenta não é necessária: Durante a instalação de um servidor RHN Satellite - todas as configurações da SSL são definidas durante o processo de instalação. As chaves e certificado SSL são criados e empregados 11

15 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente automaticamente. Durante a instalação de um RHN Proxy Server versão 3.6 ou mais recente se conectado a um RHN Satellite Server versão 3.6 ou mais recente como seu serviço principal - o RHN Satellite Server contém todas as informações necessárias da SSL para configurar, criar e empregar as chaves e certificados SSL do RHN Proxy Server. Os procedimentos de instalação do RHN Satellite Server and the RHN Proxy garantem que o certificado público SSL da CA seja empregado no diretório /pub de cada servidor. Este certificado público é usado pelos sistemas clientes para conectar ao Servidor da RHN. Consulte a Seção 3.3, Empregando o Certificado Público SSL da CA nos Clientes para mais informações. Em sumo, se a Infraestrutura da RHN de uma empresa implementa a versão mais recente do Servidor RHN Satellite como seu serviço de alto nível, deve haver pouca necessidade da ferramenta Gerando os Certificados SSL Os principais benefícios de usar a RHN SSL Maintenance T ool são segurança, flexibilidade e portabilidade. A segurança é oferecida pela criação de chaves e certificados SSL do servidor Web distintos para cada servidor da RHN; todos assinados por um único par de chaves SSL da Autoridade Certificadora SSL criados pela sua organização. A flexibilidade é oferecida pela habilidade da ferramenta em executar em qualquer máquina que tenha o pacote rhns-certs-tools instalado. A portabilidade reside numa estrutura criada, que pode ser armazenada em qualquer lugar para sua proteção, e então instalada onde a necessidade surgir. Novamente: se o Servidor RHN principal de sua infra-estrutura RHN é o RHN Satellite Server, mais recente, o máximo que você precisa fazer é recuperar sua árvore ssl-build de um arquivo para o diretório /root e utilizar as ferramentas de configuração providas no site do RHN Satellite Server,. Para utilizar a RHN SSL Maintenance T ool da melhor maneira possível, complete as seguintes tarefas relativamente nesta ordem. Consulte as seções remanescentes para mais detalhes: 1. Instale o pacote rhns-certs-tools em um sistema de sua organização. T alvez, mas não necessariamente, num servidor RHN Satellite Server or RHN Proxy. 2. Crie um certificado único de par de chaves Autoridade de Certificado SSL para a empresa e instale o RPM resultando no RPM ou certificado público em todos os sistemas cliente. Consulte o Seção 3.2.3, Gerando o Par de Chaves SSL da Autoridade Certificadora (Certificate Authority) para mais informações. 3. Crie um conjunto de chaves SSL do servidor Web para cada um dos Proxies e Satellites a serem empregados e instale os RPMs resultantes nos Servidores da RHN. 4. Reinicie o serviço httpd: /sbin/service httpd restart 5. Arquive a árvore de criação (build tree) da SSL - consistindo do diretório de criação principal e todos os sub-diretórios e arquivos - numa mídia removível, como um disquete (floppy). (Os requisitos de espaço em disco são insignificantes.) 6. Verifique e então armazene aquele arquivo numa localidade segura, como a descrita para backups nas seções Requisitos Adicionais dos guias de instalação do Proxy ou do Satellite. 7. Memorize e proteja a senha da CA para uso futuro. 8. Remova a árvore de criação do sistema de criação por razões de segurança, mas somente quando toda a infra-estrutura RHN estiver pronta e configurada. 12

16 Capítulo 3. Infra-estrutura da SSL Nota Quando forem necessários conjuntos adicionais de chaves SSL de servidor Web, recupere a árvore de criação num sistema rodando a RHN SSL Maintenance Tool e repita os passos 3 a Opções da RHN SSL Maintenance Tool A RHN SSL Maintenance Tool oferece uma grande variedade de opções de linha de comando para gerar seu conjunto de chaves SSL da Autoridade Certificadora e administrar os certificados e chaves SSL do seu servidor. A princípio, a ferramenta oferece três listas de ajuda para as opções na linha de comando: rhn-ssl-tool --help (geral), rhn-ssl-tool --gen-ca --help (Autoridade Certificadora) e rhn-ssl-tool --gen-server --help (Servidor Web). A página man da rhn-ssltool também é bastante detalhada e útil: m an rhn-ssl-tool. As duas tabelas abaixo dividem as opções de acordo com a tarefa relacionada; a geração de conjuntos de chaves SSL do servidor Web ou da CA. Este conjunto de opções deve ser precedido pelo argumento --gen-ca: 13

17 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente T abela 3.1. Opções da SSL da Autoridade Certificadora (CA) (rhn-ssl-tool --gen-ca -- help) Opção --gen-ca -h, --help -f, --force -p=, --password=senha Descrição Gera um par de chaves e RPM público da Autoridade Certificadora (CA). Este deve ser invocado com qualquer uma das opções remanescentes nesta tabela. Apresenta a tela de ajuda com uma lista de opções básicas específicas para a geração e administração de uma Autoridade Certificadora (Certificate Authority). Força a criação uma nova chave privada e/ou certificado público da CA. A senha da CA. Você deverá especificá-la, caso ainda não o tenha feito. Grave-a de forma segura. -d=, --dir=diretório_criação Requisitado para a maioria dos comandos - O diretório no qual os certificados e RPMs são criados. O padrão é./ssl-build. --ca-key=filename --ca-cert=filename --cert-expiration=ca_cert_expire --set-country=country_code --set-state=state_or_province --set-city=city_or_locality --set-org=organization --set-org-unit=set_org_unit --set-com m on-nam e=hostname --set-em ail= --rpm-packager=packager --rpm-vendor=vendor -v, --verbose O nome do arquivo da chave privada da CA. O padrão é RHN-ORG-PRIVAT E-SSL- KEY. O nome do arquivo do certificado público da CA. O padrão é RHN-ORG-TRUSTED- SSL-CERT. A data de expiração do certificado público da CA. O padrão é o número de dias até a véspera da data de transição (epoch rollover ou ) A código de duas letras do país. O padrão é US. O estado ou província da CA. O padrão é ''. A cidade ou localidade. O padrão é ''. A empresa ou organização, tal como Red Hat. O padrão é Example Corp. Inc. A unidade organizacional, como RHN. O padrão é ''. Não é tipicamente definido para a CA. - O nome comum. Não é tipicamente definido para a CA. - O endereço de . Empacotador do RPM gerado, tal como "Admin da RHN Distribuidor do RPM gerado, tal como "Exemplo TI Corp." Apresenta mensagem verbosa. 14

18 Capítulo 3. Infra-estrutura da SSL --ca-cert-rpm =CA_CERT_RPM --key-only --cert-only --rpm-only --no-rpm Acumulativa - adicionar "v"s resulta em mais detalhes. Raramente alterado - nome do RPM que armazena o certificado da CA (o nome de arquivo base, não o filename-versionrelease.noarch.rpm). Raramante usada - Gera somente uma chave privada da CA. Reveja --gen-ca - -key-only --help para mais informações. Rarament usada - Gera somente o certificado público da CA. Reveja --genca --cert-only --help para mais informações. Raramente usada - Gera somente um RPM para ser empregado. Reveja --gen-ca - -rpm-only --help para mais informações. Raramante usada - Conduz todos os passos relacionados à CA exceto a geração do RPM. O conjunto de opções a seguir deve ser precedido pelo argumento --gen-server: 15

19 Red Hat Network Satellite 5.5 Guia de Configuração do Cliente T abela 3.2. Opções SSL do Servidor Web (rhn-ssl-tool --gen-server --help) Opção --gen-server -h, --help -p=, --password=senha Descrição Gera o conjunto de chaves, o RPM e o arquivo tar da SSL do servidor Web. Apresenta a tela de ajuda com uma lista de opções base, específicas para a geração e administração de um par de chaves de servidor. A senha da CA. Você deverá especificá-la, caso ainda não o tenha feito. Grave-a de forma segura. -d=, --dir=diretório_criação Requisitado para a maioria dos comandos - O diretório no qual os certificados e RPMs são criados. O padrão é./ssl-build. --server-key=filename --server-cert-req=filename --server-cert=filename --startdate=yymmddhhmmssz --cert-expiration=server_cert_expire --set-country=country_code --set-state=state_or_province --set-city=city_or_locality --set-org=organization --set-org-unit=set_org_unit --set-hostnam e=hostname --set-em ail= --rpm-packager=packager O nome do arquivo da chave privada SSL do servidor Web. O padrão é server.key. O nome do arquivo do pedido do certificado SSL do servidor Web. O padrão é server.csr. O nome do arquivo do certificado SSL do servidor Web. O padrão é server.crt. A data inicial da validade do certificado do servidor no formato do exemplo: ano, mês, dia do mês, hora, minuto, segundo (dois caracteres por valor). Z é de Zulu e é necessário. O padrão é uma semana antes da geração. A data de expiração do certificado do servidor. O padrão é o número de dias até a véspera da transição (epoch rollover ou ). A código de duas letras do país. O padrão é US. O estado ou a província. O padrão é North Carolina. A cidade ou localidade. O padrão é Raleigh. A empresa ou organização, tal como a Red Hat. O padrão é o Example Corp. Inc. A unidade organizacional, tal como RHN. O padrão é unit. O nome da máquina do Servidor RHN a receber a chave. O padrão é dinamicamente definido para o nome da máquina de criação. O endereço de do contato do certificado. O padrão é Empacotador do RPM gerado, tal como 16

20 Capítulo 3. Infra-estrutura da SSL --rpm-vendor=vendor -v, --verbose --key-only --cert-req-only --cert-only --rpm-only --no-rpm --server-rpm =SERVER_RPM --server-tar=server_tar "Admin da RHN Distribuidor do RPM gerado, tal como "Exemplo TI Corp." Apresenta mensagem verbosa. Acumulativa - adicionar "v"s resulta em mais detalhes. Raramente usada - Gera somente uma chave privada do servidor. Reveja --genserver --key-only--help para mais informações. Raramente usada - Gera somente um pedido de certificado do servidor. Reveja - -gen-server --cert-req-only -- help para mais informações. Raramente usada - Gera somente um certificado do servidor. Reveja --genserver --cert-only --help para mais informações. Raramente usada - Gera somente um RPM para ser empregado. Reveja --genserver --rpm-only --help para mais informações. Raramente usada - Conduz todos os passos relativos ao servidor exceto pela geração do RPM. Raramente alterada - nome do RPM que contém o conjunto de chaves SSL do sevidor Web (o nome base do arquivo e não filename-version-release.noarch.rpm). Raramente alterada - Nome do arquivo.tar do conjunto de chaves SSL e certificado público da CA do servidor, usado somente pelas rotinas de instalação do Servidor RHN Proxy hospedado (o nome base do arquivo e não filename-version-release.tar) Gerando o Par de Chaves SSL da Autoridade Certificadora (Certificate Authority) Antes de criar o conjunto de chaves SSL requisitado pelo servidor Web, você deve gerar um par de chaves SSL da Autoridade Certificadora (CA). Um certificado público SSL da CA é distribuído aos sistemas clientes do Satellite ou do Proxy. A RHN SSL Maintenance Tool permite a você gerar o par de chaves SSL da CA, se necessário, e reutilizá-las para todas as outras implementações de servidor RHN subsequentes. O processo de criação automaticamente cria o par de chaves e o RPM público para distribuição aos clientes. T odos os componentes da CA acabam no diretório de criação especificado na linha de comando; geralmente em /root/ssl-build (ou /etc/sysconfig/rhn/ssl para Satellites e Proxies mais antigos). Para gerar um par de chaves SSL da CA, invoque um comando como este: 17

Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente

Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente Red Hat Network Satellite Edição 1 Landmann Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente Red Hat Network Satellite Edição

Leia mais

Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente. Red Hat Network Satellite

Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente. Red Hat Network Satellite Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente Red Hat Network Satellite Guia de Configuração do Cliente Red Hat Network Satellite 5.4 Guia de Configuração do Cliente Red Hat Network Satellite

Leia mais

Plataforma do Aplicativo JBoss Enterprise 5.0 JBoss Cache Tutorial. para uso com a Plataforma do Aplicativo JBoss Enterprise 5.0 Edição 2.

Plataforma do Aplicativo JBoss Enterprise 5.0 JBoss Cache Tutorial. para uso com a Plataforma do Aplicativo JBoss Enterprise 5.0 Edição 2. Plataforma do Aplicativo JBoss Enterprise 5.0 JBoss Cache Tutorial para uso com a Plataforma do Aplicativo JBoss Enterprise 5.0 Edição 2.0 Manik Surtani Galder Zamarreño Plataforma do Aplicativo JBoss

Leia mais

Red Hat Enterprise Linux 5 Notas de Lan amento para 5.10

Red Hat Enterprise Linux 5 Notas de Lan amento para 5.10 Red Hat Enterprise Linux 5 Notas de Lan amento para 5.10 Notas de Lançamento para Red Hat Enterprise Linux 5.10 Edição 10 Red Hat Serviços de Conteúdo da Engenharia Red Hat Enterprise Linux 5 Notas de

Leia mais

Red Hat Portal do Cliente 1 RHN Gerenciamento de Subscrições

Red Hat Portal do Cliente 1 RHN Gerenciamento de Subscrições Red Hat Portal do Cliente 1 RHN Gerenciamento de Subscrições summary_unavailable Edição 1 Landmann Red Hat Portal do Cliente 1 RHN Gerenciamento de Subscrições summary_unavailable Edição 1 Landmann rlandmann@redhat.co

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Fedora 14. Imagens Fedora live. Como utilizar a imagem Fedora live. Paul W. Frields Nelson Strother Nathan Thomas

Fedora 14. Imagens Fedora live. Como utilizar a imagem Fedora live. Paul W. Frields Nelson Strother Nathan Thomas Fedora 14 Imagens Fedora live Como utilizar a imagem Fedora live Paul W. Frields Nelson Strother Nathan Thomas Copyright 2010 Red Hat, Inc. and others. The text of and illustrations in this document are

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado)

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos do sistema........... 1 Código de autorização.......... 1 Instalando...............

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Abril/ Certificado Digital A1 Geração Página 1 de 32 Abril/ Pré requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário obedecer aos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop. Guia de Inicialização Rápida

ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop. Guia de Inicialização Rápida ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop Guia de Inicialização Rápida O ESET NOD32 Antivirus 4 fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no mecanismo de

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery

Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Instalação ou atualização do software do sistema do Fiery Este documento explica como instalar ou atualizar o software do sistema no Fiery Network Controller para DocuColor 240/250. NOTA: O termo Fiery

Leia mais

Guia de Atualização Release FoccoERP 2014

Guia de Atualização Release FoccoERP 2014 Guia de Atualização Release FoccoERP 2014 02/06/2014 Índice ÍNDICE... 2 APRESENTAÇÃO... 3 INTRODUÇÃO... 4 PROCESSO DE INSTALAÇÃO... 4 ATUALIZANDO UM SEGUNDO AMBIENTE... 21 Página 2 de 22 Apresentação Este

Leia mais

Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10.

Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10. Upgrade do Sophos SafeGuard Enterprise 5.60/6.0 para a versão 6.10 Guia: Este manual irá mostrar os procedimentos necessários para o upgrade das versões 5.60 e 6.01 para o Sophos SafeGuard Enterprise 6.10.0

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Solução de acessibilidade. Guia do administrador

Solução de acessibilidade. Guia do administrador Solução de acessibilidade Guia do administrador Julho de 2014 www.lexmark.com Conteúdo 2 Conteúdo Visão geral...3 Configurando o aplicativo...4 Configurando o acesso do usuário...4 Desativando funções

Leia mais

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS Guia Rápido Suplemento da câmera AXIS M5013/M5014 Página 3 AXIS M5013/M5014 Guia Rápido Suplemento

Leia mais

MQSeries Everyplace. Leia-me primeiro G517-7010-00

MQSeries Everyplace. Leia-me primeiro G517-7010-00 MQSeries Everyplace Leia-me primeiro G517-7010-00 MQSeries Everyplace Leia-me primeiro G517-7010-00 Primeira Edição (Junho de 2000) Esta edição se aplica ao MQSeries Everyplace Versão 1.0 e a todos os

Leia mais

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express)

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) A Secretaria de Estado da Educação está disponibilizando uma nova ferramenta para acesso ao e-mail @see. Essa nova ferramenta permitirá

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença Simultânea)

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença Simultânea) Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença Simultânea) Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos de Sistema........... 1 Instalando............... 1 Instalando a Partir de um Arquivo

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA AULA 07 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA O Utilitário de configuração do sistema, o famoso "msconfig" está disponível nas versões recentes do Windows. Para abrir o

Leia mais

Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5

Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5 Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5 Última revisão feita em 02 de Setembro de 2008. Objetivo Neste artigo iremos conhecer um dos cinco componentes do MDOP 2008. Você vai aprender sobre o Advanced

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação Índice 1. Introdução... 3 2. Funcionamento básico dos componentes do NetEye...... 3 3. Requisitos mínimos para a instalação dos componentes do NetEye... 4 4.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO Serviços de impressão Os serviços de impressão permitem compartilhar impressoras em uma rede, bem como centralizar as tarefas de gerenciamento

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Um serviço de diretório, como o Active Directory, fornece os métodos para armazenar os dados de diretório (informações sobre objetos

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012 Para WebReporter 2012 Última revisão: 09/13/2012 Índice Instalando componentes de pré-requisito... 1 Visão geral... 1 Etapa 1: Ative os Serviços de Informações da Internet... 1 Etapa 2: Execute o Setup.exe

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

para Mac Guia de Inicialização Rápida

para Mac Guia de Inicialização Rápida para Mac Guia de Inicialização Rápida O ESET Cybersecurity fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no ThreatSense, o primeiro mecanismo de verificação

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar.

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. CSAU 10.0 Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. Data do Documento: Janeiro de 2012 Sumário 1. Sobre o manual do CSAU... 3 2. Interface do CSAU 10.0... 4 2.1. Início... 4 2.2. Update...

Leia mais

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário

Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows. Guia do Usuário Laplink PCmover Express A Maneira Mais Fácil de Migrar para um Novo PC Windows Guia do Usuário Serviço de Atendimento ao Cliente/ Suporte Técnico Site: http://www.laplink.com/index.php/por/contact E-mail:

Leia mais

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html Page 1 of 9 Veja abaixo como proceder para alterar as configurações de hospedagem do seu site: Na nova plataforma de hospedagem, a estrutura de diretórios FTP vai mudar um pouco. Ou seja, em caso de atualização

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação).

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação). Módulo Nota Fiscal Eletrônica Sispetro Roteiro de Instalação Módulo Autenticador NFE Pré-Requisitos O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Certificação Digital CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Guia CD-17 Público Índice 1. Pré-requisitos para a geração do certificado digital A1... 3 2. Glossário... 4 3. Configurando

Leia mais

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível Versão 1.0 Janeiro de 2011 Xerox Phaser 3635MFP 2011 Xerox Corporation. XEROX e XEROX e Design são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. São feitas alterações periodicamente

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Procedimento de Acesso VPN

Procedimento de Acesso VPN Procedimento de Acesso Departamento de Tecnologia e Infraestrutura Este procedimento tem por objetivo definir as configurações básicas para acessar a rede corporativa do Esporte Clube Pinheiros via. Esporte

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO Motor Periférico Versão 8.0 1. Apresentação... 3 2. Instalação do Java... 3 2.1 Download e Instalação... 3 2.2 Verificar Instalação... 3 3. Download do Motor Periférico...

Leia mais

Manual do KWallet. George Staikos Lauri Watts Desenvolvedor: George Staikos Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga

Manual do KWallet. George Staikos Lauri Watts Desenvolvedor: George Staikos Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga George Staikos Lauri Watts Desenvolvedor: George Staikos Tradução: Marcus Gama Tradução: André Marcelo Alvarenga 2 Conteúdo 1 Introdução 5 1.1 Criar uma carteira...................................... 5

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português Kaseya 2 Software Deployment and Update Dados de exibição rápida Version R8 Português Outubro 23, 2014 Agreement The purchase and use of all Software and Services is subject to the Agreement as defined

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

Centro de Inteligência em Tecnologia da Informação e Segurança Tutorial Ammyy admin

Centro de Inteligência em Tecnologia da Informação e Segurança Tutorial Ammyy admin Tutorial Ammyy admin Hoje em dia, quase tudo pode ser feito remotamente, a grande dificuldade seria o acesso remoto com segurança mas sem se preocupar em fazer enormes ajustes no FIREWALL, felizmente existem

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento do Jboss do Nimsoft jboss série 1.3 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente

Leia mais

StorageTek Tape Analytics

StorageTek Tape Analytics StorageTek Tape Analytics Guia de Segurança Versão 2.1 E60953-01 Janeiro de 2015 StorageTek Tape Analytics Guia de Segurança E60953-01 Copyright 2012, 2015, Oracle e/ou suas empresas afiliadas. Todos os

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios Visão geral Quando você atualiza o software Polycom ou adquire opções adicionais do sistema, sua organização pode continuar

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

Kerio Exchange Migration Tool

Kerio Exchange Migration Tool Kerio Exchange Migration Tool Versão: 7.3 2012 Kerio Technologies, Inc. Todos os direitos reservados. 1 Introdução Documento fornece orientações para a migração de contas de usuário e as pastas públicas

Leia mais

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile

Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Inicialização Rápida do Novell Vibe Mobile Março de 2015 Introdução O acesso móvel ao site do Novell Vibe pode ser desativado por seu administrador do Vibe. Se não conseguir acessar a interface móvel do

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.2 3725-69877-001 Rev.A Novembro de 2013 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdos durante uma conferência

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais

Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais Manual de instrução Gerenciador de Certificados Digitais Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 SUMÁRIO CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA... 3 INSTALAÇÃO DO GERENCIADOR DE CERTIFICADOS

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

Preparando o Ambiente e Instalando o System Center Configuration Manager 2012 R2

Preparando o Ambiente e Instalando o System Center Configuration Manager 2012 R2 Preparando o Ambiente e Instalando o System Center Configuration Manager 2012 R2 Artigo escrito por Walter Teixeira wteixeira.wordpress.com Sumário Cenário Proposto... 3 Preparação do Servidor SQL Server

Leia mais

Geração e instalação de Certificado APNS

Geração e instalação de Certificado APNS Geração e instalação de Certificado APNS Manual Rápido para geração e instalação de um Certificado APNS Apple Versão: x.x Manual rápido MobiDM para Certificado APNS Página 1 Índice 1. CERTIFICADO APNS

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais

Messenger. Novell. Início Rápido 2.0 LOCALIZANDO A DOCUMENTAÇÃO DO NOVELL MESSENGER. \server\docs\readmeen.txt

Messenger. Novell. Início Rápido 2.0 LOCALIZANDO A DOCUMENTAÇÃO DO NOVELL MESSENGER. \server\docs\readmeen.txt Novell Messenger 2.0 www.novell.com Início Rápido O Novell Messenger é um produto corporativo de mensagens instantâneas compatível com várias plataformas e baseado no Novell edirectory TM. Seu sistema

Leia mais

REGISTRO DO WEB SITE DE ESS (ENTITLED SOFTWARE SUPPORT) & ORIENTAÇÕES DE USO

REGISTRO DO WEB SITE DE ESS (ENTITLED SOFTWARE SUPPORT) & ORIENTAÇÕES DE USO REGISTRO DO WEB SITE DE ESS (ENTITLED SOFTWARE SUPPORT) & ORIENTAÇÕES DE USO Suporte de Ajuda Central de Atendimento de ESS Informações de contato para os clientes do System i e do System p : HELP desk:

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

Perguntas e respostas

Perguntas e respostas Autodesk Revit Autodesk Revit Architecture Autodesk Revit MEP Autodesk Revit Structure Autodesk Revit LT Perguntas e respostas Este documento fornece perguntas e respostas sobre como usar o software Autodesk

Leia mais

Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010

Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010 Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010 Manual de Instalação do Sistema Orion Phoenix 1.0 - Novembro/2010 Página 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. VISÃO GERAL...3 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

AFS para Windows. Iniciação Rápida. Versão 3.6 S517-6977-00

AFS para Windows. Iniciação Rápida. Versão 3.6 S517-6977-00 AFS para Windows Iniciação Rápida Versão 3.6 S517-6977-00 AFS para Windows Iniciação Rápida Versão 3.6 S517-6977-00 Nota Antes de utilizar estas informações e o produto a que elas se referem, leia as

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Certificado A1. Manual de Renovação online. Manual do Usuário. Produzido por: Informática Educativa. Página1

Certificado A1. Manual de Renovação online. Manual do Usuário. Produzido por: Informática Educativa. Página1 Certificado A1 Manual de Renovação online Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página1 Índice 1. Apresentação... 03 2. Requisitos... 04 3. Plug-ins e ActiveX... 05 4. Renovação... 07

Leia mais

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1

Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 Inicialização rápida da instalação SUSE Linux Enterprise Server 11 SP1 CARTÃO DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA NOVELL Use os seguintes procedimentos

Leia mais

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise

Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Guia do Usuário Administrativo Bomgar 10.2 Enterprise Índice Introdução 2 Interface administrativa 2 Status 2 Minha conta 3 Opções 3 Equipes de suporte 4 Jumpoint 5 Jump Clients 6 Bomgar Button 6 Mensagens

Leia mais

Google Drive Print. Guia do administrador

Google Drive Print. Guia do administrador Google Drive Print Guia do administrador Março de 2015 www.lexmark.com Conteúdo 2 Conteúdo Visão geral...3 Configuração do aplicativo...4 Adquirindo uma conta do Google...4 Acessando a página de configuração

Leia mais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais PRERELEASE 03/07/2011 Avisos legais Avisos legais Para consultar avisos legais, acesse o site http://help.adobe.com/pt_br/legalnotices/index.html.

Leia mais

Asset Inventory Service (AIS)

Asset Inventory Service (AIS) Asset Inventory Service (AIS) Última revisão feita em 02 de Setembro de 2008. Objetivo Neste artigo veremos detalhes sobre o Asset Inventory Service (AIS), um serviço disponível através do System Center

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS Servidor: O servidor é todo computador no qual um banco de dados ou um programa (aplicação) está instalado e será COMPARTILHADO para outros computadores,

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Linux. Visão geral do servidor de impressão e de arquivo para Linux on Power Systems Servers

Linux. Visão geral do servidor de impressão e de arquivo para Linux on Power Systems Servers Linux Visão geral do servidor de impressão e de arquivo para Linux on Power Systems Servers Linux Visão geral do servidor de impressão e de arquivo para Linux on Power Systems Servers Note Antes de utilizar

Leia mais