Reitor Ivan Marques de Toledo Camargo. Vice-Reitora Sônia Nair Báo. Diretor-Geral Paulo Henrique Portela de Carvalho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reitor Ivan Marques de Toledo Camargo. Vice-Reitora Sônia Nair Báo. Diretor-Geral Paulo Henrique Portela de Carvalho"

Transcrição

1

2 Reitor Ivan Marques de Toledo Camargo Vice-Reitora Sônia Nair Báo Diretor-Geral Paulo Henrique Portela de Carvalho Diretora-Executiva Maria Osmarina do E. S. Oliveira Coordenadoria Acadêmica Coordenador Acadêmico Marcus Vinicius Araújo Soares Subcoordenadora Acadêmica Magali Bernardete Machado da Silva Núcleo de Recursos e Provas Discursivas Gerente Marcos Vinícius do Nascimento Responsável pelo projeto Maria Lucia Cardoso Ribeiro Equipe Administrativa Ana Jaqueline Fenta Figueiredo Elisabeth Paranhos Gouvêa Fabio Alessandro Padilha Viana Giselle Salgado Ferreira Fatureto Ivete Terezinha Saito João Paulo Leite Kátia Flávia Santos Guimarães Cosme Keli Renata dos Santos de Melo Ketlen Neves e Silva Rodrigues Luana Cedraz Fontinele Patricia Branco Priscilla Marinho Diniz Rafael José Alves Rafael Moraes Gazzinelli Raquel Sena Mendes Renata Passos Morgado Rita de Cássia de Freitas Suiane Bezerra da Silva Violeta Teodoro Rocha Coordenadoras Pedagógicas Vilma Reche Corrêa Lucília Helena do Carmo Garcez Subcoordenadores Pedagógicos Alzira Neves Sandoval Anderson Luis Nunes da Mata André Lúcio Bento Elen de Sousa Gonzaga Inêz Gomes Guedes Maria Isabel Edom Pires Poliana Maria Alves Simone Silveira Alcantara Solange de Carvalho Stefania C. M. de R. Zandomênico Coordenadores Pedagógicos Estaduais Maria de Lima Victor (AC) Marta Betânia Marinho da Silva (AL) Antônio José Braga de Menezes (AM) Nildete Costa da Mata (BA) Francisca Eliane Dias de Carvalho (CE) João Jerry Tononi (ES) Deusa Castro Barros (GO) Albelita Monteiro (MA) Bruno de Assis Freire Lima (MG) Lázara Lopes da Costa (MS) Rosemar Coenga (MT) Jacirema dos Santos Gonçalves (PA) Maria de Fatima de Souza Aquino (PB) Francisco Eduardo Vieira da Silva (PE) Maria Josélia de Sousa (PI) Maria Terezinha Kanabben (PR) Maria da Aparecida Meireles de Pinilla (RJ) Marília Gonçalves Borges Silveira (RN) Maria Inês Coelho Babiretzki (RO) Vania Maria Rodrigues Brito (RS) Maria das Dores Pereira (SC) Maria Roseneide Santana dos Santos (SE) Yumi Suzuki (SP) Diagramação e Ilustrações Rodrigo Araújo Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício Sede do Cespe/UnB Caixa Postal Brasília/DF 2013

3 SUMÁRIO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Concepção de linguagem Modalidade escrita formal da língua Textualidade Mecanismos linguísticos de articulação entre as ideias (coesão) Articulação entre argumentos e interpretação (coerência) Padrão dissertativo-argumentativo CRITÉRIOS PARA A AVALIAÇÃO DAS REDAÇÕES DO ENEM Situações que levam à nota zero Avaliação das redações do ENEM 2012 com a matriz de Matriz de Referência para Redação do ENEM Redações com nota zero Avaliação por Competências e Habilidades...23 Competência I...23 Competência II...30 Competência III...36 Competência IV...42 Competência V PALAVRA FINAL...56

4

5 O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), cuja finalidade precípua é a avaliação do desempenho escolar ao fim da escolaridade básica, é constituído de uma redação e de quatro provas objetivas, que abrangem as várias áreas de conhecimento sob as quais os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM) sugerem que as atividades pedagógicas desse nível de ensino no Brasil se organizem, quais sejam: Linguagens e Códigos; Ciências Humanas; Ciências da Natureza; Matemática. A prova de redação visa à avaliação dos conhecimentos na área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, ao fim da escolaridade básica. A redação deve organizar-se na forma de texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, acerca de um tema de ordem social, científica, cultural ou política. O ENEM articula-se com os PCNEM, segundo os quais Cabe ao leitor entender que o documento [PCNEM] é de natureza indicativa e interpretativa, propondo a interatividade, o diálogo, a construção dos significados na, pela e com a linguagem (PCNEM, 2002, p. 123). Dessa forma, a operacionalização do ENEM, no que tange à área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, mais precisamente à prova de redação, deve manter esse caráter de interatividade e de diálogo constante e privilegiar a construção de significados. Para a garantia da excelência dos procedimentos em todas as etapas do processo de avaliação das redações do ENEM, este documento foi dividido em tópicos, que deverão ser relembrados constantemente durante o trabalho. 1.1 Concepção de linguagem É necessário que todos os envolvidos nos procedimentos operacionais compreendam a concepção de linguagem que norteia o ENEM, traduzida como a capacidade humana de articular significados coletivos e compartilhá-los, em sistemas arbitrários de representação, que variam de acordo com as necessidades e experiências da vida em sociedade. A principal razão de qualquer ato de linguagem é a produção de sentido. (...) A compreensão da arbitrariedade da linguagem pode permitir aos alunos a problematização dos modos de ver a si mesmos e ao mundo, das categorias de pensamento, das classificações que são assimiladas como dados indiscutíveis. (PCNEM,2002, p. 125) Produto e produção cultural, nascida por força das práticas sociais, a linguagem é humana e, tal como o homem, destaca-se por seu caráter criativo, contraditório, pluridimensional, múltiplo e singular a um só tempo. A consciência da multiplicidade de códigos e a valorização da conquista da cidadania não podem ser ignoradas pelos avaliadores das redações no ENEM, pois, como lembra Mikhail Bakhtin (estudioso da literatura e filósofo da linguagem, cuja teoria sociointeracionista da língua e da linguagem fundamenta os PCNEM e o ENEM), as trocas linguísticas decorrem da relação de forças entre os interlocutores. No estudo da linguagem verbal, a abordagem da língua urbana de prestígio deve considerar a sua representatividade, como variante linguística de determinado grupo social, e o valor atribuído a ela no contexto das legitimações sociais. Aprende-se a valorizar determinada manifestação, porque socialmente ela representa certos grupos sociais que autorizam sua legitimidade. No mundo contemporâneo, marcado por um apelo informativo imediato, a reflexão sobre a linguagem e seus sistemas, articulados por múltiplos códigos, bem como sobre os processos e procedimentos comunicativos, representa uma via importante para a ampliação da participação ativa dos indivíduos na vida social. 1.2 Modalidade escrita formal da língua A língua pode assumir as modalidades oral e escrita. Embora pertençam ao mesmo sistema, essas duas manifestações são apenas parcialmente semelhantes e apresentam exigência próprias. A língua escrita não dispõe dos recursos contextuais, como expressões faciais, gestos, entonação, que enriquecem a oral. Ao escrever, é preciso seguir mais rigorosamente as exigências da língua escrita, porque o interlocutor está distante e é necessário garantir a compreensão. A escrita não é a simples transcrição da fala. Tem características próprias e exigências diferentes. Podemos sintetizar as diferenças, que se estabelecem num continuum, no seguinte quadro: FALA ESCRITA Espontânea...Monitorada Passageira...Duradoura Grande apoio contextual...ausência de apoio contextual Face a face...interlocutor distante Repetições/redundâncias/truncamentos/desvios...Controle da sintaxe/das repetições/ da redundância Predomínio de orações coordenadas...predomínio de orações subordinadas 8 9

6 Formalidade Tanto a fala como a escrita podem variar quanto ao grau de formalidade, que é configurado a partir de escolhas sintáticas e lexicais. Pode-se observar essa gradação nos exemplos a seguir. Há uma gradação que vai da fala mais descontraída Oi, tá tudo bem? à fala mais formal, planejada e mais próxima da escrita, Caros ouvintes. Boa Tarde! e da escrita mais informal Tô chegando aí. Deixa o parabéns pra mais tarde! à mais formal Chegaremos ao local da cerimônia com um pequeno atraso em relação à programação anteriormente estabelecida. Solicitamos que as atividades sejam adiadas por alguns minutos. Cabe ao falante ou redator analisar a situação e decidir como usar as múltiplas possibilidades da língua da forma mais adequada e aceitável, segundo os objetivos do contexto. Um dos problemas mais frequentes na produção de textos de jovens redatores é a confusão entre a modalidade oral, que permeia a escrita informal, e a modalidade escrita formal. Para analisar essa questão, alguns itens merecem atenção, porque representam estruturas próprias da fala e podem aparecer em textos informais, mas são indevidas na escrita formal, como a esperada nas redações do ENEM: Formas reduzidas ou contraídas: pra (para); tô (estou); tá (está); né (não é); peraí (espere aí); cê (você); taí (está aí). Palavras de articulação entre ideias (repetidas em excesso) que substituem conjunções mais exatas: então, daí; aí; e; que. Sinais utilizados na fala para orientar a atenção do ouvinte: bem; bom; veja bem; certo? viu? entendeu? de acordo? não sabe? sabe? Verbos de sentido muito geral (dar, ficar, dizer, ter, fazer, achar, ser, colocar) no lugar de verbos de sentido mais exato. Gírias e coloquialismos: papo, enche, velho, manera, pega leve, amarra, se toca, rolando um papo, sem essa. Inconsistência no uso de pronomes: te, você, seu, sua; a gente, nós. Esses elementos são próprios da fala espontânea, com menor monitoramento. Aparecem na escrita de forma eficiente quando se deseja dar ao texto um tom coloquial, informal, produzir um efeito de intimidade que simula a oralidade ou o diálogo. O texto formal utiliza o que chamamos de língua urbana de prestígio. É muito difícil definir o que seja o padrão de uma língua, pois estamos lidando com um fenômeno vivo, sempre em evolução, sujeito a uma infinidade de variações, influências e transformações. O que define a modalidade escrita formal é o uso, consensualmente aceito e consagrado como correto pelos falantes que têm alto grau de escolaridade. Isso diz respeito tanto à fala quanto à escrita. Assim, a língua escrita formal é o consenso do que está nos documentos oficiais, nas leis, nos livros de qualidade, nos jornais e revistas tradicionais de grande circulação. Atualmente, ela deve distinguir os usos literários dos não literários. A língua escrita formal procura assegurar a unidade linguística imaginária do país, uma vez que essa se sobrepõe às variedades regionais e individuais, sem eliminá-las. 1.3 Textualidade A avaliação dos textos, no ENEM, tem por objetivo verificar competências linguísticas na dimensão textual. Isso implica considerar o desempenho linguístico do participante quanto às habilidades de demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para seleção, organização e interpretação de informações, estruturando-as em um texto dissertativo-argumentativo, no qual se constituem entidades significativas: pela tessitura textual, percebe-se a intrínseca relação entre linguagem, mundo e práticas sociais. A avaliação da dimensão textual verifica o desempenho do participante ao se valer ativamente da linguagem para ler e interpretar o mundo por meio da linguagem na modalidade escrita formal. Com a devida atenção a esse desempenho, a formulação do presente documento objetiva desencadear e manter diálogo constante e construtivo com os profissionais responsáveis pela avaliação das provas de redação do ENEM Mecanismos linguísticos de articulação entre as ideias (coesão) Para que se constitua um texto na modalidade escrita formal da língua, é necessário que as ideias se articulem em um todo significativo. Pode-se construir essa articulação, ou coesão, por meio de vários recursos. A manutenção do tema é um desses recursos, mas não é suficiente em textos dissertativo-argumentativos. A ordem das palavras no período, as marcas de gênero e de número, as preposições, os pronomes pessoais, os tempos verbais, os conectivos funcionam também como elos coesivos. Cada um desses elementos estabelece conexões, articulações, ligações, concatenando as ideias, e permite a progressão do texto em direção à comprovação da proposição que se visa defender, ou seja, a estrutura das frases contribui para criar coesão entre os constituintes de um texto

7 Além dessas formas sistemáticas de ligação entre palavras, existem quatro outras estratégias de coesão, que dependem das escolhas estilísticas do redator: referencial, lexical, por elipse e por substituição. A coesão referencial se constrói pela menção de elementos que já apareceram, ou vão aparecer, no próprio texto. Para a efetivação dessas remissões, são empregados pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos ou expressões adverbiais que indicam localização (a seguir, acima, abaixo, anteriormente, aqui, onde etc.). Esses recursos tanto podem se referir, por antecipação, a elementos que serão citados na sequência do texto (catáfora), quanto podem retomar, como no exemplo a seguir, elementos já citados no texto ou que são facilmente identificáveis pelo leitor (anáfora): A explosão da informação é uma das causas do estresse do homem moderno. Ela pode provocar diversas formas de ansiedade. O pronome Ela retoma o antecedente explosão da informação. A manutenção da unidade temática do texto, que exige certa carga de redundância, está na base da coesão lexical. Assim, pode-se estabelecer uma corrente de significados retomando-se as mesmas ideias e partes de ideias por meio de diferentes termos e expressões. Essa cadeia é formada pela reutilização de palavras, pelo uso de sinônimos, ou, ainda, pelo emprego de expressões equivalentes para substituir termos já usados, ou para identificar ou nomear elementos que já apareceram no texto, como no seguinte exemplo: O Doutor Carlos concedeu entrevista no intervalo do congresso. O cientista entrevistado reconhece que, a partir do emprego dos conhecimentos científicos, é possível racionalizar os sistemas de produção. Agora esse estudioso quer contribuir para a democratização do saber. Os termos O Doutor Carlos, O cientista entrevistado e esse estudioso se referem à mesma pessoa. A estrutura dos períodos na língua portuguesa permite a omissão de elementos facilmente identificáveis ou que já tenham sido citados anteriormente, estratégia denominada coesão por elipse. Algumas vezes, essa omissão é marcada por uma vírgula. Pronomes, verbos, nomes e frases inteiras podem estar implícitos. O trecho, a seguir, constitui exemplo de omissão de sujeito da oração. A metodologia científica é um conjunto de atividades sistematizadas, racionais, que, com segurança e economia, permite que os objetivos sejam atingidos. Implica a concepção das ideias quanto à delimitação do problema dentro do assunto. A palavra Implica tem como sujeito implícito A metodologia científica. Na coesão por substituição, substantivos, verbos, períodos ou largas parcelas de texto são substituídos por conectivos ou expressões que resumem e retomam o que já foi dito, assegurando a sua sequenciação. Servem a esse objetivo expressões como as seguintes: diante do que foi exposto; a partir dessas considerações; diante desse quadro; em vista disso; tudo o que foi dito; esse quadro etc Articulação entre argumentos e interpretação (coerência) A unidade de sentidos de um texto decorre da articulação entre as ideias, ou seja, é resultado da possibilidade de interpretação dos argumentos como colaborativos em defesa da proposição apresentada. A coerência textual está intimamente ligada a uma série de atos enunciativos que permitem a interpretação de um conjunto de ideias em uma dada situação de comunicação. Desse modo, a coerência de um texto depende da ativação de conhecimentos linguísticos, enciclopédicos, textuais, interacionais e de raciocínio lógico-semântico. Por isso, a coerência não está localizada em elementos explicitados na superfície textual: é pela interpretação de pistas textuais (e muitas vezes contextuais) que se pode conferir a coerência global de um texto. Trata-se de um princípio de textualidade que se apoia na organização de informações (ideias ou fatos) que o autor propõe no texto. Em um texto dissertativo-argumentativo, a coerência sustenta a veracidade da proposição. Em defesa, por exemplo, do ponto de vista de que a agressão ao meio ambiente pode provocar a extinção da espécie humana, os argumentos podem ser apresentados em relação a animais: Ações irresponsáveis dos homens sobre o meio ambiente podem causar sua própria extinção. Na Amazônia, por exemplo, os acidentes ambientais são uma das maiores causas de extinção de várias espécies animais, não só por causa de ataques diretos, mas também por causas inerentes à própria espécie. O peixe-boi, por exemplo, não se acasala com facilidade e o ciclo de reprodução é bastante demorado. Com os riscos de acidentes ambientais, a espécie torna-se uma das mais vulneráveis, pois a demora na reprodução pode dificultar a superação dos ataques externos. Para o homem, os resultados da baixa qualidade de vida também são imprevisíveis. Em um texto cujo objetivo seja convencer o leitor a aceitar determinado ponto de vista, a coerência do texto dissertativo-argumentativo se evidencia por meio de duas qualidades básicas: não contradição e não tautologia. No caso da não contradição, todos os argumentos devem articular-se de modo a deixar clara a posição defendida: mesmo que contrastando com argumentos contrários, a veracidade, as vantagens e a propriedade da tese são ressaltadas. No mesmo trecho acima apresentado, identifica-se exemplo de não contradição, apesar da associação entre homem e peixe-boi: (...) não só por causa de ataques diretos, mas também por causas inerentes à própria espécie. O peixe-boi, por exemplo, não se acasala com facilidade e o ciclo de reprodução é bastante demorado. Com os riscos de acidentes ambientais, a espécie torna-se uma das mais vulneráveis, pois a demora na reprodução pode dificultar a superação dos ataques externos

8 Tautologia equivale ao pensamento circular, em que a mesma ideia é repetida no texto de formas diferentes. Evitando-se a tautologia, busca-se a continuidade textual, a progressão temática, agregando-se novas informações ao já dito, além de economia na retomada de informações. Por envolver dimensões conceituais, cognitivas e pragmáticas, a coerência de uma argumentação se configura de diferentes maneiras em cada texto, pois depende da proposição a ser comprovada, da escolha adequada dos argumentos e das marcas textuais que devem conduzir o leitor à conclusão pretendida. Sobretudo, a veracidade da tese deve estar fundamentada nos argumentos e corresponder à materialização de uma intenção. Essa intenção, que é explicitada e articulada na progressão textual, constitui os indícios de autoria, como se pode observar no seguinte trecho do exemplo apresentado nesta seção, no qual o argumento é sustentado com exemplos da fauna utilizados pelo autor para explicitar o seu ponto de vista a respeito dos homens e evitar afirmações restritas ao senso comum: (...) Com os riscos de acidentes ambientais, a espécie torna-se uma das mais vulneráveis, pois a demora na reprodução pode dificultar a superação dos ataques externos. Para o homem, os resultados da baixa qualidade de vida também são imprevisíveis. Outro aspecto que ratifica a intenção e que mostra uma produção sociocultural diversificada, com o fim de convergir e, principalmente, respaldar os argumentos em defesa do ponto de vista adotado, é o emprego da intertextualidade (materialização de um diálogo que por vezes se mantém entre um texto e outro). Esse recurso, muito comum na elaboração de textos, se bem utilizado, demonstra o nível em que se encontra o produtor do texto, fazendo que sua produção textual se revista de autoria, distanciando-se do lugar-comum. 1.4 Padrão dissertativo-argumentativo Diferentemente dos tipos narrativo, injuntivo e descritivo, o tipo dissertativoargumentativo é aquele em que se apresenta e se defende uma ideia, uma posição, um ponto de vista ou uma opinião a respeito de determinado tema. Assim, o texto é argumentativo porque o objetivo é a defesa, por meio de argumentos convincentes, de uma ideia ou opinião; e dissertativo porque se estrutura sob a forma dissertativa proposição, argumentação e conclusão. A proposição, também denominada tese, é a ideia que se defende, é uma afirmativa suficientemente definida e limitada. A tese constitui o eixo central do texto, para o qual vão concorrer todas as outras ideias que reforçam a posição apresentada. Essas ideias podem antecipar e se opor a opiniões divergentes, pois a argumentação pressupõe essa possibilidade. Os argumentos de um texto são facilmente localizados: identificada a tese ou proposição, faz-se a pergunta por quê?. Por exemplo: o autor é contra a pena de morte (tese ou proposição) porque... (argumentos). Os argumentos podem ser configurados na forma de exemplos, dados estatísticos, fatos comprováveis, evidências, testemunhos, fatos históricos, citação de opiniões de autoridade no assunto... Portanto, as estratégias argumentativas abrangem variados recursos para envolver o leitor, para impressioná-lo, para convencê-lo, para gerar credibilidade. Elas podem envolver outros tipos textuais, como pequenas narrativas e descrições. Para a sustentação da tese, concorrem elementos de raciocínio e de uso da linguagem, tais como clareza, emprego da língua formal, estruturação coesa e coerente do texto, antecipação e oposição a contra-argumentos, qualidade e autoridade das fontes das citações, entre outros recursos. Para uma conclusão adequada, retoma-se a tese defendida, a partir da sintetização das ideias gerais do texto, e também apresentam-se propostas de solução para o problema discutido ou sugestões relacionadas à questão desenvolvida (o que é uma exigência nas redações do ENEM, mas que não precisa necessariamente vir na conclusão). Descrever, expor, relatar, conceituar e definir são formas de linguagem que caracterizam o tipo textual dissertativo-argumentativo. Geralmente, o autor se distancia ou desaparece quase completamente para tornar a informação aparentemente neutra, imparcial, clara e objetiva. É como se a realidade falasse por si própria, sem a interferência das impressões do autor. Os recursos explorados pela literatura para chamar a atenção para a estrutura da linguagem (repetições, inversões, eliminação de elementos sintáticos etc.) são evitados. Dizemos, então, que o texto não atrai primordialmente a observação do leitor sobre a forma como é organizado. O que ganha evidência é a informação. Para que se cumpra o objetivo do texto dissertativo-argumentativo o de mostrar a veracidade ou a propriedade da proposição defendida, evita-se que as ideias sejam vinculadas pessoal ou subjetivamente ao autor, mas procura-se apresentá-las como pertencentes a todos. Adota-se, preferencialmente, uma posição impessoal, aparentemente neutra, que atenue a subjetividade e oculte o agente das ações. Gramaticalmente, há muitas formas de conseguir esse objetivo: com a generalização do sujeito, por meio do emprego da primeira pessoa do plural (Temos observado...); com a ocultação do agente, por meio do uso de expressões do tipo é preciso, é necessário, é urgente; com o emprego de agente sob a forma de ser inanimado, fenômeno, instituição ou organização (O governo..., Este Ministério..., A direção do colégio...); ou, ainda, pelo uso gramatical do sujeito indeterminado (Trata-se de...) e da voz passiva (Foi decidido que...)

9

10 2.1 Situações que levam à nota zero Em todas as situações expressas a seguir, será atribuída à redação nota 0 (zero). Fuga ao tema: não atende à proposta solicitada. Não atendimento à estrutura dissertativo-argumentativa: apresenta outra estrutura textual que não seja a estrutura dissertativo-argumentativa. Em Branco: não apresenta texto escrito na Folha de Redação. Texto insuficiente: apresenta até 7 (sete) linhas, qualquer que seja o conteúdo. Nessa contagem, são desconsideradas, para efeito de avaliação, as linhas com cópia dos textos motivadores apresentados no Caderno de Questões. Texto com impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação. Desrespeito aos direitos humanos. Parte de texto deliberadamente desconectada com o tema proposto, que desrespeita o Exame. Ao avaliar textos com linhas suficientes, mas que se encaixariam em várias Situações, o que marcar? Para estabelecer ordem de preferência na escolha da Situação a ser marcada, deve-se fazer perguntas na ordem a seguir O participante aceitou fazer a redação proposta? Se a resposta for Não (apenas dirige-se ao avaliador em todo o texto ou é escrita em língua estrangeira, por exemplo), marcar Anulada. Se a resposta for Sim, prosseguir com as perguntas. A redação tratou do tema/assunto proposto? Se a resposta for Não, marcar Fuga ao tema. Se a resposta for Sim, prosseguir com as perguntas. A redação atendeu ao tipo dissertativo-argumentativo? Se a resposta for Não, marcar Não atendimento ao tipo textual. Se a resposta for Sim, prosseguir com as perguntas. O texto contém impropérios, desenhos ou outras formas propositais de anulação? Se a resposta for Sim, marcar Texto com impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação. Se a resposta for Não, prosseguir com as perguntas. O texto fere os direitos humanos? Se a resposta for Sim, marcar Desrespeito aos direitos humanos. Se a resposta for Não, prosseguir com as perguntas. O texto contém parte deliberadamente desconectada com o tema proposto? Se a resposta for Sim, marcar Parte desconectada. Se a resposta for Não, marcar Não há problema e iniciar a avaliação das Competências. Assim, o texto somente será considerado, por exemplo, como desrespeito aos direitos humanos, se não houver impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, se o texto atendeu à estrutura dissertativo-argumentativa e se não houve fuga ao tema. 2.2 Avaliação das redações do ENEM 2012 com a matriz de 2013 *amar25dom1* LC - 2º dia Caderno 5 - AMARELO - Página 1 PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema O MOVIMENTO IMIGRATÓRIO PARA O BRASIL NO SÉCULO XXI, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. Ao desembarcar no Brasil, os imigrantes trouxeram muito mais do que o anseio de refazer suas vidas trabalhando nas lavouras de café e no início da indústria paulista. Nos séculos XIX e XX, os representantes de mais de 70 nacionalidades e etnias chegaram com o sonho de fazer a América e acabaram por contribuir expressivamente para a história do país e para a cultura brasileira. Deles, o Brasil herdou sobrenomes, sotaques, costumes, comidas e vestimentas. A história da migração humana não deve ser encarada como uma questão relacionada exclusivamente ao passado; há a necessidade de tratar sobre deslocamentos mais recentes. Disponível em: Acesso em: 19 jul Acre sofre com invasão de imigrantes do Haiti Disponível em: Acesso em: 19 jul (adaptado). Nos últimos três dias de 2011, uma leva de 500 haitianos entrou ilegalmente no Brasil pelo Acre, elevando para a quantidade de imigrantes daquele país no município de Brasileia (AC). Segundo o secretário-adjunto de Justiça e Direitos Humanos do Acre, José Henrique Corinto, os haitianos ocuparam a praça da cidade. A Defesa Civil do estado enviou galões de água potável e alimentos, mas ainda não providenciou abrigo. A imigração ocorre porque o Haiti ainda não se recuperou dos estragos causados pelo terremoto de janeiro de O primeiro grande grupo de haitianos chegou a Brasileia no dia 14 de janeiro de Desde então, a entrada ilegal continua, mas eles não são expulsos: obtêm visto humanitário e conseguem tirar carteira de trabalho e CPF para morar e trabalhar no Brasil. Segundo Corinto, ao contrário do que se imagina, não são haitianos miseráveis que buscam o Brasil para viver, mas pessoas da classe média do Haiti e profissionais qualificados, como engenheiros, professores, advogados, pedreiros, mestres de obras e carpinteiros. Porém, a maioria chega sem dinheiro. Os brasileiros sempre criticaram a forma como os países europeus tratavam os imigrantes. Agora, chegou a nossa vez afirma Corinto. Disponível em: Acesso em: 19 jul (adaptado). Trilha da Costura Os imigrantes bolivianos, pelo último censo, são mais de 3 milhões, com população de aproximadamente 9,119 milhões de pessoas. A Bolívia em termos de IDH ocupa a posição de 114º de acordo com os parâmetros estabelecidos pela ONU. O país está no centro da América do Sul e é o mais pobre, sendo 70% da população considerada miserável. Os principais países para onde os bolivianos imigrantes dirigem-se são: Argentina, Brasil, Espanha e Estados Unidos. Assim sendo, este é o quadro social em que se encontra a maioria da população da Bolívia, estes dados já demonstram que as motivações do fluxo de imigração não são políticas, mas econômicas. Como a maioria da população tem baixa qualificação, os trabalhos artesanais, culturais, de campo e de costura são os de mais fácil acesso. OLIVEIRA, R.T. Disponível em: Acesso em: 19 jul (adaptado). INSTRUÇÕES: O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas. A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada insuficiente e receberá nota zero. A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero. A redação que apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos receberá nota zero. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção. 19

11

12 2.2.2 Redações com nota zero Exemplo* de redação que FUGIU AO TEMA, ou seja, não tratou do tema proposto em 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI Inicialmente é preciso lembrar que as crianças em muitos casos não são matriculadas em escolas, ou até mesmo não tem o incentivo da família; dessa forma muitos jovens passam de série sem saber absolutamente quase nada. Mas isso tudo acaba prejudicando à nós mesmos que a maioria não tem qualificação nenhuma para ingressar no mercado de trabalho. Entretanto, o país cresce cada vez mais e é necessário aprimorar o conhecimento para realmente ocupar o lugar que é do brasileiro. Porém precisamos reagir desde agora, buscar informações, ter conhecimento e se preparar desde pequeno para o mundo. Comentário: A redação tem como eixo temático o rendimento escolar das crianças e a futura inserção delas no mercado de trabalho. Embora explicite um título que reproduz o tema solicitado na proposta de redação, não se verifica abordagem alguma, nem sequer embrionário, do assunto geral em discussão: a imigração para o Brasil no século XXI. Exemplo de redação que NÃO ATENDEU AO TIPO TEXTUAL exigido no enunciado da proposta da prova: A minha história Oi meu nome é S... eu e a minha família e do ceará quando nós chegamos em Brasília foi muito difícil, porque meus pais não tinha estudos não sabia muita coisa, nós vinhemos para cá para tenta uma vida melhor e foi muito difícil como em todo o lugar sempre tem que ter estudos para arrumar um trabalho e meus pais não tinha, meu pai foi trabalhar como carroceiro minha mãe foi trabalhar como doméstica, eu e meus irmão ficamos em casa sozinhos, e pessoal a vida para quem chegar de fora não e fácil, por isso tem muita gente que vive nas ruas de Brasília, tudo se tornou mas caro, mas nunca deixe de lutar pelos seus sonhos obrigado. Comentário: Redação em forma de relato, ou seja, com predominância da estrutura narrativa, sem abordar, nem embrionariamente, o eixo temático da imigração para o Brasil no século XXI. Redações com PARTE DE TEXTO DELIBERADAMENTE DESCONECTADA do tema proposto: redações desse tipo, como a conhecida redação do miojo, que não recebeu nota zero em 2012, agora, em conformidade com o edital de 2013, serão anuladas Avaliação por Competências e Habilidades A seguir, este Manual apresentará as cinco competências do ENEM, cada uma delas comentada e exemplificada de acordo com a Matriz de Referência para Redação de Note-se que os textos que servem de exemplo são apresentados de forma integral e digitados para que o sigilo sobre os autores continue preservado. Competência I Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa. Nível 0: Demonstra desconhecimento da modalidade escrita formal da língua portuguesa. O cemario é cruel a munta história triste no Brasil o movimento que as humanos faz para obete uma qualidade de vidas no Brasil é grande vontade para obete a busca de um novo conhecimento é padrão de vida é comenta da sua propria lingua portuguesa O Brasil tem muitos humanos. desempregado que respeito os direitos na sociedade inigratório nós que tem pessoas passado a necessidade é fome que não tem o que come é quando amanece o dia não ten que buto no fogo da muitas tristeza grande por risso que os humanos se revoto e comessa anostra os ponto de vista comesso mata- pessoas para roba é daí por diante em vove no movimento das drogas dois que vem no Brasil todo etc: As brasileiros sempre criticaram a forma como os paisem sem dinheiros O texto recebeu nota 0 porque revela desconhecimento da modalidade escrita formal da língua portuguesa. Há graves e frequentes desvios gramaticais e de convenções da escrita: ausência de pontuação para delimitar as orações e os períodos, truncamentos sintáticos, erros de concordância, erros de grafia e de acentuação. O texto é de difícil compreensão devido à estrutura linguística apresentada. Nas duas últimas linhas, o pensamento ainda não está completo. *Os textos dos participantes do ENEM 2012 utilizados neste Manula foram digitados. Com isso, o número de linhas desses textos pode não corresponder ao do original

13 Nível 1: Demonstra domínio precário da modalidade escrita formal da língua portuguesa, de forma sistemática, com diversificados e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. O Brasil tem que mundar em alguma coisa o movimento enigrates para o Brasil emigração no Brasil ta alta porque eles trouxeram a a lvora de café para Brasil foi asim que. eles comerarão a mudar de vida. nundo de vida porque eles tinha escravos para trabalha de grança e não tinha Despeça. com dinheiro para pagar os enpregados A cultura no Brasil e muito grande tem muitos pro fissionais da cultura no Brasil e ganha muito dinheiro O Brasil tem ums, vindos de alta qualidade. O governo tínha que ser meelhor dar mais oportunidades para os Brasileiros dar mais redas mesais a coleta do café no Brasil ta crecendo cada vez mais a reda esta ficado cada vez mais alta o governo tambem cada dia que passa esta mais com defecudades; A atribuição da nota 1 deve-se aos seguintes problemas do texto: apresenta estruturas linguísticas rudimentares, com graves problemas gramaticais e de convenções da escrita pontuação, concordância, grafia e acentuação. A estrutura sintática do texto é muito precária, o que prejudica bastante a compreensão das ideias. Nível 2: Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. O movimento imigratório para o Brasil no século XXI O Brasil é um país, muito acolhedor. Não importando de onde você, venha no Brasil você sera sempre bem recebido. Mas os brasileiros, não são bem acolhidos, em outros países. Muitas vezes, são, tratados com, desrespeito e de forma vergonhoça. Agora o Brasil está aprendendo, a dar o devido valor aos outros países, que umilhão os nossos, brasileiros em terras, estrangeiras. Um país que sempre, está desposto à ajudar, qualquer estrangeiro, seja do Haiti ou do Hawii, o nosso país estara sempre, disposto a ajudar quem nessecitar de ajuda. O Brasil como EUA, poderia espuçar varios estrangeiros, que vivem ilegal no nosso país, mais sempre está desposto, a ajudar os mais nessesitados. A atribuição da nota 2 deve-se ao fato de o texto revelar domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa. Há nele certa organização sintática, porém com muitos desvios de grafia, de acentuação, de concordância e de pontuação

14 Nível 3: Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita. Imigração para o Brasil O Brasil se tornou alvo da imigração de povos de todo o mundo durante os ultimos anos. Muito disso ocorre devido a falta de emprego nos países de origem dos imigrantes. O País está em grande desenvolvimento por causa da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Mas convenhamos muitos imigraram para o Brasil ou imigrarão pelo fato de seu país de origem ter sido destruido por catástrofes, ou mesmo, a falta de emprego. Aqui deveria haver uma protecionismo a população, não que os estrangeiros não possam vir para aqui, mais sim que tivesse uma restrição. Com isso, a cultura brasileira já influenciada pelos imigrantes não fosse ainda mais alterada durante o tempo. No Brasil também falta muita fiscalização nas fronteiras, assim muitos podem adentrar no país que não serão deportados. Também ocorre imigração por pessoas graduadas e suas famílias, convidados a vir para o Brasil à trabalho. Pensando bem, muitos desses ocupam vagas destinadas à brasileiros. Bem, este assunto é bastante complexo e espero que os políticos resolvam isso em um futuro próximo A atribuição da nota 3 deve-se ao fato de a redação denotar domínio mediano da modalidade escrita formal da língua. Observam-se alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, tais como erros de pontuação e de regência, problemas de construção do período e equívocos quanto ao emprego de acentos gráficos, mas os períodos, de forma geral, apresentam estrutura sintática mediana. Nível 4: Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita. O capitalismo, a globalização e a revolução tecnológica do último século são fatores que possibilitaram ao Brasil, mesmo sendo um país subdesenvolvido, se consolidar como uma nação emergente que apesar de enfrentar ainda graves e numerosos problemas de ordem econômica, social e política, apresenta-se como salvação para povos de diversos outros países que para cá migram com frequência. Os imigrantes que por aqui aparecem vêm principalmente de países com problemas econômicos e buscam no Brasil melhorar de vida. Apesar da chegada desses imigrantes causar uma certa confusão na cidade a que eles se destinam depois de algum tempo conseguem se estabilizar e manter vida normal. Esse movimento imigratório acontece a partir de econõmias inferiores ao do Brasil e mostram que muitos outros países encontram-se em situações mais precárias que a nossa. A partir da análise dessas imigrações leva-se a crer que a modernidade incute no homem um sentimento de mudança e transformação onde as pessoas não se apegam mais as dificuldades encontradas e escolhem sempre ir em busca de melhorias para sua vida. A atribuição da nota 4 deve-se ao fato de a redação denotar bom domínio da modalidade escrita formal da língua. Apresenta poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita. Os períodos do texto são bem estruturados e formados a partir de orações completas

15 Nível 5: Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência. Brasil: Um país do mundo inteiro Desde o século XVI, quando os primeiros colonizadores chegaram ao Brasil, na época das Grandes Navegações, o país é caracterizado pela constante entrada de imigrantes. Ao longo dos séculos XIX e XX, em virtude das unificações alemã e italiana e das grandes Guerras Mundiais, respectivamente, espanhóis, japoneses, italianos e alemães chegaram ao Brasil e formaram um grande exército de reserva, cuja mão de obra foi fundamental para nosso desenvolvimento industrial. Entretanto, a imigração não parou de ocorrer com o fim dos conflitos. Assim, é necessário entender suas implicações e utilizá-las da melhor forma possível. O tradicional eixo migratório mundial é de pessoas do Sul pobre em direção a países do Norte rico. Contudo, no século XXI, tem-se destacado a migração Sul-Sul, dos países periféricos para aqueles emergentes (como o Brasil, que se tornou a sexta economia do mundo, em 2011). Há duas importantes explicações para esse fato. Uma delas é a crise econômica de 2008, que abalou fortemente os países desenvolvidos e tem feito com que os imigrantes optem pelos países em desenvolvimento. Os B.R.I.C.S., por exemplo, tornaram-se atrativos pólos econômicos para quem busca melhores condições de vida e oportunidades de crescimento profissional. A outra explicação para a migração Sul-Sul é a maior proximidade física e cultural entre os países sulistas. Uma prova disso é a grande quantidade, no Brasil, de latinoamericanos, vindos do Haiti, da Bolívia e do Paraguai. A presença desses estrangeiros em território brasileiro pode acarretar conflitos sociais, decorrentes de preconceitos raciais e xenofobismo, principalmente, mas pode também ser de grande valor para a economia e para a cultura do país. As duas avaliações extremas separamse pela forma como a sociedade brasileira se comporta diante dos que são diferentes e das políticas públicas de gerenciar a entrada e a permanência desses imigrantes no Brasil. Como a tendência do movimento imigratório para o Brasil é aumentar (devido ao crescimento do país), a melhor maneira de conviver com esse fato é interpretá-lo de maneira positiva. Os imigrantes, por exemplo, muitas vezes são qualificados (como aqueles vindos da classe média haitiana), e podem suprir a necessidade do Brasil nessa área. O governo precisa proporcionar aos estrangeiros condições de vida e de trabalho adequadas, o que movimentaria a economia e contribuiria para nossa imagem no exterior. Quanto à população, cabe a ela receber os imigrantes da melhor forma possível, com grande respeito às suas peculiaridades e culturas, de modo a deixar bem clara a verdade de que o Brasil é, de fato, um país de todos. A atribuição da nota 5 deve-se ao fato de a redação denotar excelente domínio da modalidade escrita formal da língua, em seus diferentes aspectos: pontuação, concordância, regência, emprego de pronomes, estrutura do período, seleção vocabular, entre outros. Os períodos são formados por orações completas e sintaticamente bem estruturadas, e as palavras encontram-se grafadas corretamente

16 Competência II Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa. Nesta competência as redações correspondentes ao nível zero são aquelas que foram consideradas fuga ao tema ou não atendimento ao tipo textual. Nível 1: Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais. Os imigrantes Porque vieram tantos imigrantes para o Brasil? Os imigrantes vieram para o Brasil em busca de trabalhos, para sustentar sua familia onde eles trabalhavam em lavouras de café, casa de senhores, as mulheres também lavorava com seus maridos, alguns trabalhavam nas industrias de café. Os imigrantes viviam a custa de ordens de seus senhores, tinham que obedecer tudo que eles pediam se não apanhavam, as mulheres deixavam seus filhos nas choupanas, as vezes uma ficava e cuidava de todos, outras vezes ficavam sozinhos, as mulheres que trabalham nas casas dos seus senhores eram humilhadas, e as vezes eram ama de leite dos meninos da sinhá. As mulheres faziam artesanatos como tapetes, redes, enfeites assim eles tiravam sua própria renda para sua alimentação, plantavam mandioca, milho para seu sustento, eles iam levando a vida com o pouco que tinha para sobreviver. Nível 2: Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão. O motivo imigratório para o Brasil no século XXI O motivo imigratório para o Brasil no século XXI são ocasionados por varios motivos; A falta de infra-estrutura nos outros paises, a renda financeira que nos outros países são muito alta, e também o clima brasileiro que vem favorecendo varios imigrante si deslocar para o Brasil. No Brasil temos varios imigrante por causa de sérios motivos que vem acontecendo nos outros paises decorente ao século XXI; Terremotos, ataques terroristas, tusinami, ataque na saude dos habitantes de outros paises. E também estes imigrantes que vêm para o Brasil nao são so estrangeiros, mas sim varios brasileiros nascido no Brasil e criados em outro paises. Por esses e varios outros motivos a imigração no Brasil so vem a crescer. A atribuição da nota 2 deve-se às seguintes características específicas do texto: percebe-se uma progressão textual com características do padrão dissertativoargumentativo, mas com insuficiência no desenvolvimento, na defesa e na conclusão das ideias apresentadas, principalmente no que tange à questão financeira e de infraestrutura dos países de onde os estrangeiros emigram. A atribuição da nota 1 deve-se às seguintes características específicas da redação: verifica-se, em toda a extensão do texto, que somente o assunto mais amplo foi abordado, o que demonstra que o tema solicitado (imigração para o Brasil no século XXI) foi tangenciado. Além de não situar o debate especialmente na imigração para o Brasil no século em curso, a redação caracteriza-se pelo domínio precário do padrão textual dissertativo-argumentativo, principalmente no que diz respeito à defesa de ideias

17 Nível 3: Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Brasil, um país de todos. O Brasil é um dos países onde o movimento migratório eleva-se a cada ano, isso se dá pelas condições de vida desses imigrantes em seus países de origem. Atualmente o Brasil apresenta uma forte economia e os imigrantes que vem em busca de habitações, podem tirar documentações e são tratados como cidadãos, pois podem trabalhar e garantir uma melhor qualificação. Os imigrantes são atraídos para o país, por saberem que esses é um país de igualdades sociais, onde brancos, negros, brasileiros e extrangeiros dividem os mesmos espaços. E com a Copa do mundo de 2014, muitas rotas migratórias aparecem no país, principalmente Haitianos e outros países de fronteiras, migram para cá, na esperança de conseguirem empregos nas várias obras espalhadas pelo país. Com tudo, o país deveria apresentar boas políticas para os imigrantes que aqui vivem, pois o Brasil está caminhando para um país desenvolvido e por isso novas oportunidade devem fluir para os Brasileiros e para os que vem em busca de melhores condições de vida.. A atribuição da nota 3 deve-se às seguintes características específicas do texto: verifica-se uma progressão textual com domínio mediano do padrão dissertativoargumentativo. Além disso, a proposição e a defesa de opinião recaem, de forma previsível, sobre o processo imigratório em razão do mito de que o Brasil é um país em que todos os povos e etnias vivem harmoniosamente. Nível 4: Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. O mundo sofre mudanças socio-economicas periódicamente seja por motivos naturais ou incidências políticas. De forma sazonal elas influenciam bastante a migração mundial. O Brasil que tem suas origens compostas basicamente por colonos imigrantes ainda registra, de forma mais moderada, imigrações de várias partes do planeta. Nos séculos passados esse fenômeno contribuiu para o desenvolvimento de nosso sistema industrial e consequentemente para a formação de nossa cultura nos tornando, hoje, uma das principais economias mundiais. A imigração para o Brasil é praticamente motivada pelo potencial econômico apresentado pela mídia internacional. Pessoas de países menos desenvolvidos acreditam que aqui poderão atingir estabilidade financeira e melhores condições de vida. A grande maioria desses imigrantes são originários da américa latina. Infelizmente o nosso poder público não tem conseguido manter controle e fiscalização. O crescimento da imigração é maior que a capacidade de implantação de políticas de controle. Haja vista a dimensão territorial do país, se faz necessário, e até de forma agressiva, a manutenção e criação de métodos de controle, não para coibir ou proibir mas simplesmente para garantir a cidadania para aqueles que desejem contribuir para o crescimento do país. A atribuição da nota 4 deve-se às seguintes características específicas do texto: constata-se uma progressão textual fluente e um bom domínio do padrão dissertativoargumentativo, desenvolvendo a temática solicitada com pouco aprofundamento, mas com proposição, argumentação e conclusão das ideias

18 Nível 5: Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativoargumentativo. Migração que engrandece o país O Brasil é um dos países que mais cresce e se desenvolve no mundo, ocupando a atual sexta posição das maiores economias do globo. Assim sendo, o país passa a ser um foco aos estrangeiros que buscam, através da migração, melhores condições de vida. Um aumento desordenado desse fluxo pode afetar a população brasileira, porém sabido o acréscimo cultural e econômico trazido pelos imigrantes que não devem ser recebidos com políticas anti-imigração. Na atual fase do capitalismo globalizado, tendo como uma de suas características a porosidade das fronteiras, impedir a livre circulação de pessoas se torna incoerente. Ainda mais com toda a bagagem técnica e cultural trazida pelo imigrante, essa que tanto engrandece a nação. Como o ocorrido durante a colonização, na qual os europeus que vieram para a colônia portuguesa foram fundamentais para um posterior processo de industrialização. Historicamente, o Brasil foi um exportador de mão de obra e por isso, sempre questionou as políticas xenofóbicas tão presentes nos países desenvolvidos. A ideia de que os cidadãos locais perderiam empregos e oportunidades é algo a ser considerado, porém o grau de especialização dos candidatos, independente da sua nacionalidade, é o que fará a diferença. Além disso, a compatibilidade e o aprimoramento são essenciais à nação. Portanto, para um país que tanto se beneficiou com a imigração e que por muito tempo teve sua taxa de emigração superior à taxa de imigração, é contraditório fechar as portas aos estrangeiros. Políticas de organização e legalização se tornam, então, necessárias. Assim como um auxílio àqueles que estão ilegais e um investimento em educação visando um aperfeiçoamento dos seus cidadãos. A atribuição da nota 5 deve-se às seguintes características específicas do texto: verifica-se claramente a defesa de um ponto de vista as vantagens da vinda de imigrantes para o Brasil, que já teve sua taxa de emigração superior à da imigração por muito tempo. Com base na estruturação do padrão dissertativo, o desenvolvimento das ideias cumpre o percurso de proposição e argumentação de uma tese. Além disso, o texto atende à proposta de discussão sobre o movimento imigratório para o Brasil no séc. XXI de maneira consistente e com progressão textual fluente e nitidamente articulada ao eixo temático sobre o qual se desenvolve

19 Competência III Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. Nível 0: Apresenta informações, fatos e opiniões não relacionados ao tema e sem defesa de um ponto de vista. O Movimento imigratório para o Brasil no século XXI No Brasil a população e seus imigrantes cada dia sempre aumenta. No pais queremos um pais com suas elevações concretas restintas de modernização para que possa revolucionar as questões posta pelo o poder. Diremos que cada investimento buscamos da propia finalidade de querer e afirmar suas proposita. leguais e integuais dos seus receios investido em cada capitalismo. Temos sim um proposito brasileiro fudamental de cada pais, para buscarmos cada imigrantes de suas soluções positivas para o desenvolvimento passial de casa pais. O Brasil e um pais desenvolvido que rever esse quadro, para isso nós buscamos o requerimento de pais subdesenvolvidos. Por exemplo o Hait teve uma porpocão fudamental de preocupação financeira mais para isso O imigrante tutaram, para rever este quadro. diremos sim que queremos que o pais em ações positivas em melhoria de todos. Cada pais tem um termo de um bom desenvolvimento parcial para cada investimento mem sempre todo tem sua preocupacões financeira para o seu exclarecimento do desenvolvimento que veremos em nosso pais. A atribuição da nota 0 deve-se à não pertinência dos embriões de argumentos, que guardam relação precária com o tema. Nível 1: Apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema ou incoerentes e sem defesa de um ponto de vista. movimento migratório para o Brasil no século XXI Ao chegar no porto os imigrantes traziam grandes expectativas em suas vidas. Esperanças e sonhos eram planos que estavam guardados em suas malas, um poder de conquistar tudo o que gostariam com suas forças e seu trabalho. Logo passam a contribuir com taxas e empostos, e fazer parte da historia do pais e de uma cultura brasileira. Onde cada pessoa tem uma cultura diferente. E a cada dia vai evoluindo cada vez mas, pois a tecnologia tem avançado muito, E hoje busca-se muitos profissionais qualificados pois todos os dias tem uma maquina no mercado onde cada maquina só vem facilitar o meio trabalhista. Agora é claro ressaltar que o trabalho escravo é pouco em nosso pais e nos demais. E trata-se de pouco deslocamentos de pessoas em busca de melhorar de vidas, o que quer dizer, que qual quer, pessoa pode ir em busca de condições melhores pois esse é um direito e dever de qualquer cidadão. A defesa do direito de todos buscarem melhoria de vida não está devidamente relacionada ao tema proposto, pois os argumentos, desconectados entre si, não permitem uma aproximação entre a delimitação do tema o movimento migratório para o Brasil no século XXI e o ponto de vista defendido

20 Nível 2: Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista. A importância do movimento imigratório para o Brasil O Brasil tem sido um dos países que mais tem recebido imigrantes. Nós sabemos que muitos dos imigrantes ao desembarcar no Brasil, logo começam, à refazer suas vidas. Por volta do século XIX, e XX, muitos vieram com o intuito de fazer a América, e com isso, não deixaram de fazer parte não só do país como também da cultura Brasileira. No entanto o Brasil ainda é um dos países menos violento, e um dos mais acolhedores. Pois um país, é parecido com uma família, portanto quando mexe com um mexe com todos. No entanto sabemos que na maioria dos outros Países não é assim, pois jamais iam aceitar algo parecido. No entanto o Brasil, incara essa imigração, como uma forma de se interligar, e não como uma guerra. Defende-se que o país é como uma família e que, por isso, os imigrantes acolhidos devem ser integrados. Entretanto, constata-se uma contradição entre o argumento de que um país é como uma família e o que afirma que os países estrangeiros rejeitam imigrantes. Além disso, o texto está preso ao primeiro texto motivador. Nível 3: Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista. Formando novas culturas A população brasileira cresce a cada dia, decorrente do movimento imigratório, pessoas que vem de outros países e se abrigam aqui nesta terra de belos horizontes. Vários são os fatores que trazem estas pessoas a procurarem o Brasil, terra ao povo que os acolhem de braços abertos. O principal deles é se refugiarem de conflitos, guerras, invasões, terremotos e furacões que acontecem em seus países. Decorrentes desses acontecimentos eles perdem suas casas, seus pertences e com eles seus planos e sonhos, e são obrigados a procurarem outro local para recomeçar e iscolhem o Brasil. outro fator importante é a busca de emprego e melhores condições de vida. Esse movimento imigratório traz para o Brasil novas culturas, traz o reconhecimento destas novas culturas. Com isso a população brasileira so tende a crescer, mesmo com as altas taxas de mortalidade tanto de adultos como adolescentes e crianças. Defende-se o caráter multicultural garantido pelos movimentos migratórios, em redação, no geral, organizada, porém presa às ideias dos textos motivadores, ainda que não citados explicitamente. Deve-se destacar ainda que a relação entre crescimento populacional, imigração e índices de mortalidade não é clara no texto

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP Singular-Anglo Vestibulares Professora Natália Sanches Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. Retirado do site oficial do vestibular. FUVEST e UNESP Na correção, três

Leia mais

PROPOSTA DE REDAÇÃO ENEM 2013

PROPOSTA DE REDAÇÃO ENEM 2013 PROPOSTA DE REDAÇÃO ENEM 2013 A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade

Leia mais

*MÓDULO 1* *MÓDULO 2* *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM*

*MÓDULO 1* *MÓDULO 2* *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM* *MÓDULO 1* Redação 1 Resposta pessoal. Redação 2 Resposta pessoal. *MÓDULO 2* Atividade 1 Resposta pessoal. Atividade 2 Resposta pessoal. Atividade 3 Resposta pessoal. *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO

Leia mais

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades.

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades. ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO Prova (Todos os Cursos) Trabalhando em consonância com as diretrizes curriculares nacionais, o UNIFEMM entende que as avaliações do processo

Leia mais

Prof. Volney Ribeiro

Prof. Volney Ribeiro A REDAÇÃO NO ENEM Prof. Volney Ribeiro Professor de língua portuguesa Especialista em Gestão Educacional Mestrando em Letras A prova de redação exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo

Leia mais

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA PRÁTICA ESCRITA: Trabalhando com a redação do ENEM

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA PRÁTICA ESCRITA: Trabalhando com a redação do ENEM COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA PRÁTICA ESCRITA: Trabalhando com a redação do ENEM Mayara Myrthes Henriques Santos Universidade Estadual da Paraíba, mayara.mhs@gmail.com RESUMO: O processo de ensino e aprendizagem

Leia mais

A REDAÇÃO DO ENEM Brasília DF, outubro de 2011

A REDAÇÃO DO ENEM Brasília DF, outubro de 2011 A REDAÇÃO DO ENEM Brasília DF, outubro de 2011 Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Malvina Tania Tuttman Diretora de Avaliação da Educação Básica Maria

Leia mais

OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM

OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM Disciplina Curso Profª Série REDACÃO Ensino Médio Silvia Zanutto 3º Lembre-se: ESTUDO APROVAÇÃO SUCESSO OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM Aluno,LEIA COM ATENÇÃO! Na redação, o ENEM avalia

Leia mais

Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas

Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas Neste texto, vamos delinear o que se espera do participante do ENEM na situação específica de produção de textos. Para isso, nada melhor

Leia mais

PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014

PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014 1 PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014 Prova de redação na perspectiva de gênero textual Com o propósito de avaliar a proficiência dos candidatos na leitura e na escrita pelo uso da língua portuguesa

Leia mais

COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM?

COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM? COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM? A proposta para a redação do Enem é elaborada de forma a possibilitar que os participantes, a partir dos subsídios oferecidos, realizem uma

Leia mais

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira 1º CURSO DE REDAÇÃO Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira Programa de Educação Tutorial Ciência, Tecnologia e Inovação Grupo PET- CTI pet-grupocti@ufabc.edu.br GRUPO

Leia mais

COLETÂNEA CONTINUA...

COLETÂNEA CONTINUA... Natal, 05 de abril de 2011 PROVA DE REDAÇÃO A prova de redação apresenta uma proposta de construção textual: uma CARTA ABERTA. Com a finalidade de auxiliá-lo(a) na compreensão prévia da temática em foco,

Leia mais

Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM. E agora José?

Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM. E agora José? Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM E agora José? Respondam Rápido: O que encanta um homem? O que encanta uma mulher? E o que ENCANTA um corretor do ENEM?

Leia mais

Cadernos do CNLF, Vol. XIII, Nº 04

Cadernos do CNLF, Vol. XIII, Nº 04 A INTERCULTURALIDADE E SEUS REFLEXOS NA PRODUÇÃO DE TEXTOS DE ALUNOS DESCENDENTES DE POMERANOS Tatiani Ramos (UFES) tateletras@yahoo.com.br INTRODUÇÃO Segundo Costa Val (1997), o texto é uma unidade de

Leia mais

REDAÇÃO 4º SIMULADO MODELO ENEM - 2014. 3º ANO e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor:

REDAÇÃO 4º SIMULADO MODELO ENEM - 2014. 3º ANO e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: 4º SIMULADO MODELO ENEM - 2014 3º ANO e PRÉ-VESTIBULAR 2º DIA REDAÇÃO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: INSTRUÇÕES 1 A REDAÇÃO SERÁ AVALIADA DE ACORDO

Leia mais

A EVOLUÇÃO DA ESCRITA

A EVOLUÇÃO DA ESCRITA A EVOLUÇÃO DA ESCRITA Percebemos a partir da observação das imagens exibidas no vídeo A EVOLUÇÃO DA ESCRITA que o homem sempre buscou muitas formas de transmitir pensamentos. O texto é uma das formas mais

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG T exto dissertativo: ponto de vista acerca de um tema Profa. Ketiuce Ferreira Silva ketiuce@yahoo.com.br www.ketiuce.com.br Algumas perguntas O quê? Por quê? Para quê?

Leia mais

1º Simulado de Redação 3ª série do Ensino Médio

1º Simulado de Redação 3ª série do Ensino Médio 1º Simulado de Redação 1. (Manga!/2014) Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em norma

Leia mais

Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota.

Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota. Avaliação da redação Professor 1 Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota. Para perceber isso, basta

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS MANDE BEM NA REDAÇÃO! PARA COMEÇAR! Fonte: Guia do Participante, ENEM, 2013, p.7. TIPOLOGIA TEXTUAL Fonte: Guia do Participante, ENEM, 2013, p.16. (Anexo) RECONHECENDO O CAMPO... 1998 - Viver e aprender

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

PROJETO PEDAGÓGICO DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PROJETO PEDAGÓGICO DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO APRESENTAÇÃO O Projeto Político Pedagógico da Escola foi elaborado com a participação da comunidade escolar, professores e funcionários, voltada para a

Leia mais

Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos.

Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos. Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos. Daiane Pacheco-USC pedagogia - daiaspacheco@gmail.com; Carla Viviana-USC pedagogia- vivianamaximino@hotmail.com; Kelly Rios-USC

Leia mais

EXPRESSÃO ESCRITA. O Sumário aqui presente é a continuação do que desenvolvemos na aula anterior: 1. Introdução. 2.

EXPRESSÃO ESCRITA. O Sumário aqui presente é a continuação do que desenvolvemos na aula anterior: 1. Introdução. 2. EXPRESSÃO ESCRITA Sejam bem-vindos à segunda videoaula de Expressão Escrita. Sou a Maj Anna Luiza professora de Português da Seção de Idiomas da ECEME. Esta aula se destina a você, aluno do CP/ECEME e

Leia mais

PLANO DE CURSO REFERENCIAL LÍNGUA PORTUGUESA/GESTAR 6ª SÉRIE (7º ANO)

PLANO DE CURSO REFERENCIAL LÍNGUA PORTUGUESA/GESTAR 6ª SÉRIE (7º ANO) PLANO DE CURSO REFERENCIAL LÍNGUA PORTUGUESA/GESTAR 6ª SÉRIE (7º ANO) Processo Avaliativo Unidade Didática PRIMEIRA UNIDADE Competências e Habilidades Aperfeiçoar a escuta de textos orais - Reconhecer

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

Sumário. Parte I As exigências básicas das provas discursivas

Sumário. Parte I As exigências básicas das provas discursivas Sumário Prefácio à 2 a edição, revista e atualizada Apresentação XVII XXI Parte I As exigências básicas das provas discursivas Introdução 2 I. Itens mais gerais estipulados pelas bancas 2 II. Dois editais

Leia mais

48 Os professores optaram por estudar a urbanização, partindo dos espaços conhecidos pelos alunos no entorno da escola. Buscavam, nesse projeto, refletir sobre as características das moradias existentes,

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA LOGOTIPO MACMILLAN BRASIL Utilização colorido; preto/branco e negativo Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que

Leia mais

Reflexões sobre a Língua Portuguesa. Kátia França

Reflexões sobre a Língua Portuguesa. Kátia França Reflexões sobre a Língua Portuguesa Kátia França Níveis de aprendizagem dos alunos Abaixo do básico: os alunos demonstram que não desenvolveram as habilidades básicas requeridas para o nível de escolaridade

Leia mais

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí UNIVALE

Faculdades Integradas do Vale do Ivaí UNIVALE Faculdades Integradas do Vale do Ivaí UNIVALE Ivaiporã - PR Faculdades Integradas do Vale do Ivaí - UNIVALE COMISSÃO DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR 2016 MATRÍCULA DOS APROVADOS NO VESTIBULAR A matrícula

Leia mais

Colégio Monteiro Lobato

Colégio Monteiro Lobato Colégio Monteiro Lobato Disciplina: Anual 2013 Redação Professor (a): Barbara Venturoso Série: 6º ano Turma: A PLANEJAMENTO ANUAL 2013 Plano de curso Conteúdos Procedimentos Objetivos Avaliações 1º Trimestre

Leia mais

RESENHA DE COHESION IN ENGLISH,

RESENHA DE COHESION IN ENGLISH, BORBA, Valquíria C. Machado. Resenha de Cohesion in English, de Halliday & Hassan. Revista Virtual de Estudos da Linguagem ReVEL. V. 4, n. 6, março de 2006. ISSN 1678-8931 [www.revel.inf.br]. RESENHA DE

Leia mais

Revista. fl À Ÿ ø ø ø ª ± ª ø Ʊ ø ºª Œªºø9=± ª æ øæ ºª ªÆ ± Ó ÔÌ

Revista. fl À Ÿ ø ø ø ª ± ª ø Ʊ ø ºª Œªºø9=± ª æ øæ ºª ªÆ ± Ó ÔÌ Revista fl À Ÿ ø ø ø ª ± ª ø Ʊ ø ºª Œªºø9=± ª æ øæ ºª ªÆ ± Ó ÔÌ Fezse admirável no seu modo de ser, no exemplo de vida Maria Francisca Moro Flávio José Schibinski Caro (a) Leitor (a) É com entusiasmo

Leia mais

Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade.

Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade. PROF. BRUNO AUGUSTO Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade. Deve apresentar uma linguagem clara e condizente aopúblicoemqueotextoserádestinado.

Leia mais

Cadernos do CNLF, Vol. XVII, Nº 04. Rio de Janeiro: CiFEFiL, 2013.

Cadernos do CNLF, Vol. XVII, Nº 04. Rio de Janeiro: CiFEFiL, 2013. 122 Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos LER, ESCREVER E REESCREVER NO ENSINO MÉDIO POR MEIO DOS CLÁSSICOS DA LITERATURA BRASILEIRA José Enildo Elias Bezerra (IFAP) enildoelias@yahoo.com.br

Leia mais

Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário Oralidade

Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário Oralidade Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário Oralidade Helena C. Buescu, Luís C. Maia, Maria Graciete Silva, Maria Regina Rocha 10.º Ano: Oralidade Compreensão do Oral Objetivo Compreender

Leia mais

REDAÇÃO DISSERTAÇÃO AULA 5. Professora Sandra Franco

REDAÇÃO DISSERTAÇÃO AULA 5. Professora Sandra Franco REDAÇÃO AULA 5 Professora Sandra Franco DISSERTAÇÃO 1. Definição de Dissertação. 2. Roteiro para dissertação. 3. Partes da dissertação. 4. Prática. 5. Recomendações Gerais. 6. Leitura Complementar. 1.

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA A PRODUÇÃO TEXTUAL

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA A PRODUÇÃO TEXTUAL A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA A PRODUÇÃO TEXTUAL REBECCA TAVARES DE MELO TOSCANO DE BRITO (UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA). Resumo Nos dias atuais a prática da leitura está se tornando cada vez mais rara

Leia mais

ATIVIDADES DISCURSIVAS 2 E POSSIBILIDADES DE RESPOSTAS

ATIVIDADES DISCURSIVAS 2 E POSSIBILIDADES DE RESPOSTAS ATIVIDADES DISCURSIVAS 2 E NED Núcleo de Estudos Dirigidos ED 2/ED Comunicação e Expressão /2012/2 Prof. Cleuber Cristiano de Sousa ATIVIDADE DISCURSIVA 2 Habilidade: ED 2: Compreender e expressar Temáticas

Leia mais

COMO ABORDAR O TEMA ACESSIBILIDADE EM SALA DE AULA

COMO ABORDAR O TEMA ACESSIBILIDADE EM SALA DE AULA COMO ABORDAR O TEMA ACESSIBILIDADE EM SALA DE AULA Fabiane Caron Novaes 1 Roberta Aparecida Diadio 2 Resumo: Considerando as recomendações contidas no referencial teórico dos Parâmetros Curriculares Nacionais

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. INSTRUÇÃO: Responder às questões 21 a 26 com base no texto 1. TEXTO 1

LÍNGUA PORTUGUESA. INSTRUÇÃO: Responder às questões 21 a 26 com base no texto 1. TEXTO 1 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUÇÃO: Responder às questões 21 a 26 com

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO A educação é um dos pilares da sociedade e no nosso emprego não é diferente. Um povo culto está mais preparado para criar, planejar e executar os projetos para

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio. Etec. Etec: Professor Massuyuki Kawano

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio. Etec. Etec: Professor Massuyuki Kawano Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Etec: Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Ciências Humanas e Suas Tecnologias Componente Curricular:

Leia mais

Colégio Internato dos Carvalhos

Colégio Internato dos Carvalhos Grupo Disciplinar de Línguas Românicas aøväxé wé XÇá ÇÉ fxvâçwöü É Matriz do Teste Intermédio de Português do 12.º ano Ano letivo 2014-2015 Objeto de avaliação INFORMAÇÃO-TESTE de Português 12.º ano (a

Leia mais

EDUCAÇÃO, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO A PARTIR DO FILME NARRADORES DE JAVÉ

EDUCAÇÃO, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO A PARTIR DO FILME NARRADORES DE JAVÉ EDUCAÇÃO, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO A PARTIR DO FILME NARRADORES DE JAVÉ Geane Apolinário Oliveira Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) - Geane-cg@hotmail.com RESUMO: Este

Leia mais

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ZERO Instruções REDAÇÃO Você deve desenvolver seu texto em um dos gêneros apresentados nas propostas de redação. O tema é único para as três propostas. O texto deve ser redigido em prosa. A fuga do tema

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO 1 Q236899 Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Português Assuntos: 6. Interpretação

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15

Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15 C U R S O D E E N G E N H A R I A C I V I L Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15 Componente Curricular: PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Código: ENG. 000 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Professora Josi e Professora Mara

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Professora Josi e Professora Mara LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Professora Josi e Professora Mara Denotação x Conotação Sentido denotativo: Meus alunos comeram uns doces. Sentido conotativo: Meus alunos são uns doces. Figuras

Leia mais

A automedicação no Brasil

A automedicação no Brasil Nome: Unidade: Turma: TEXTO 01 Como pode o Brasil apresentar um quadro precário de saúde pública e, no entanto, estar no ranking dos países que mais consomem medicamentos no mundo? O consumo irresponsável

Leia mais

difusão de idéias Atenção ao olhar crítico dos professores

difusão de idéias Atenção ao olhar crítico dos professores Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias outubro/2008 página 1 Atenção ao olhar crítico dos professores Maria Malta Campos: Há uma enorme demanda reprimida por creches nas periferias das grandes cidades,

Leia mais

Unidade IV Cultura A pluralidade na expressão humana.

Unidade IV Cultura A pluralidade na expressão humana. Unidade IV Cultura A pluralidade na expressão humana. 25.2 Conteúdo: Gênero dissertativo-argumentativo. Habilidade: Reconhecer a tese defendida em um texto. (D19) REVISÃO A REDAÇÃO DO ENEM 1 Domínio da

Leia mais

PIBID: UMA PONTE INTERDISCIPLINAR ENTRE O ENSINO SUPERIOR E O ENSINO MÉDIO

PIBID: UMA PONTE INTERDISCIPLINAR ENTRE O ENSINO SUPERIOR E O ENSINO MÉDIO PIBID: UMA PONTE INTERDISCIPLINAR ENTRE O ENSINO SUPERIOR E O ENSINO MÉDIO Extensão, docência e investigação. Danielle Gomes Mendes Theciana Silva Silveira Orientadora: Prof.ª Dr.ª Marize Barros Rocha

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Brasília DF 2009 SUMÁRIO LISTA DE TABELAS... 3 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO PROVA ESCRITA E ORAL Prova de Equivalência à Frequência de Espanhol, 11º ano (Iniciação) Prova 375 (ter como referência quadro III do Desp.Norm.5/2013)

Leia mais

OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO

OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO Ano: 3º ANO Disciplina: História Professor Responsável: Wladson Quiozine OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO 1. Retomar os aspectos essenciais do conteúdo programático da disciplina de História do Ensino

Leia mais

Ensino de redação na escola - a prática de ensino de português no Brasil

Ensino de redação na escola - a prática de ensino de português no Brasil Mesa-redonda: Ensino de redação na escola - a prática de ensino de português no Brasil Debatedores: Profª, mestranda em Letras (UFSM) e professora de ensino médio público estadual; e Profª Me. Tânia Maria

Leia mais

ANEXO 1- EDITAL DO VESTIBULAR UNIFEMM 01/2014 (VESTIBULAR DE VERÃO) ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO

ANEXO 1- EDITAL DO VESTIBULAR UNIFEMM 01/2014 (VESTIBULAR DE VERÃO) ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO Prova de Conhecimentos Gerais (Todos os Cursos) Trabalhando em consonância com as diretrizes curriculares nacionais, o UNIFEMM entende

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Área de conhecimento: LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: LÍNGUA ESTRANGEIRA

Leia mais

PEP/2012 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

PEP/2012 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO PEP/2012 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1 GEOGRAFIA 1 a QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar o processo de urbanização no Brasil, com enfoque nos campos econômico e psicossocial, a partir

Leia mais

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013

português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Informação prova final / Exame Final Nacional português língua não materna (a2) Dezembro de 2013 Prova 63/93/739 2014 6.º Ano, 9.º Ano ou 12.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga as características

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA. Trabalho de Conclusão de Curso

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA. Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Trabalho de Conclusão de Curso Brasília 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA REITOR Prof. Dr. Gilberto Gonçalves Garcia PRÓ-REITOR

Leia mais

SEE/AC - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO ACRE - PROFESSOR P2

SEE/AC - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO ACRE - PROFESSOR P2 SEE/AC - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO ACRE - PROFESSOR P2 RESPOSTAS AOS RECURSOS Cargo: ART - PROFESSOR P2 / ARTE Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA (LPO) 5 - Gab.:V B 5 - Gab.:W C 5 - Gab.:X D 8 - Gab.:V

Leia mais

PED LÍNGUA PORTUGUESA ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS

PED LÍNGUA PORTUGUESA ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS PED LÍNGUA PORTUGUESA ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS Prezado aluno, O maior diferencial deste projeto pedagógico é o desenvolvimento da autonomia do estudante durante sua formação. O currículo acadêmico do seu

Leia mais

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E

Leia mais

A PRÁTICA DA LEITURA, PRODUÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO PARA GRADUANDOS DE DIREITO

A PRÁTICA DA LEITURA, PRODUÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO PARA GRADUANDOS DE DIREITO 112 A PRÁTICA DA LEITURA, PRODUÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO PARA GRADUANDOS DE DIREITO FAILI, Valmir Rogério 1 Aula de Português Carlos Drummond de Andrade A linguagem na ponta da língua, tão fácil de

Leia mais

A REDAÇÃO NO ENEM 2013 GUIA DO PARTICIPANTE

A REDAÇÃO NO ENEM 2013 GUIA DO PARTICIPANTE A REDAÇÃO NO ENEM 2013 GUIA DO PARTICIPANTE Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb) Brasília-DF

Leia mais

Conhecer o conteúdo programático do componente Língua Portuguesa e desenvolver habilidades de compreensão, interpretação e produção de textos orais e

Conhecer o conteúdo programático do componente Língua Portuguesa e desenvolver habilidades de compreensão, interpretação e produção de textos orais e Conhecer o conteúdo programático do componente Língua Portuguesa e desenvolver habilidades de compreensão, interpretação e produção de textos orais e escritos à maneira adequada do padrão da língua materna;

Leia mais

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R INTRODUÇÃO A pesquisa é um procedimento reflexivo e crítico de busca de respostas para problemas ainda não solucionados. O

Leia mais

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências boletim Jovem de Futuro ed. 04-13 de dezembro de 2013 Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências O Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013 aconteceu de 26 a 28 de novembro.

Leia mais

PROJETO SALA DE REDAÇÃO

PROJETO SALA DE REDAÇÃO PROJETO SALA DE REDAÇÃO Eliane Teresinha da Silva Acadêmica do Curso de Letras Português e Literaturas UAB Restinga Seca/UFSM Gláucia Josiele Cardoso Acadêmica do Curso de Letras Português e Literaturas

Leia mais

A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Professora Maureen

A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Professora Maureen A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Professora Maureen José de Sousa Saramago foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português. Foi galardoado

Leia mais

Segredos da Redação Nota Mil

Segredos da Redação Nota Mil Lucas Martins Segredos da Redação Nota Mil Aprenda Como Utilizar Meu Método Testado e Aprovado e Aumente Suas Chances de Uma Boa Nota Índice Introdução... 5 Bem-vindo!... 5 Quem sou eu... 6 Por que você

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo

Leia mais

Educação baseada em evidências

Educação baseada em evidências Educação baseada em evidências Textos para discussão Resultados do ENEM 2013 Texto 2015-01 Abril 2015 APRESENTAÇÃO Textos para discussão do apresentam dados, análise e evidências para informar o público

Leia mais

Equipe Técnica Diretoria de Avaliação da Educação Básica Daeb. Revisão Externa Universidade de Brasília Centro de Seleção e Promoção de Eventos Cespe

Equipe Técnica Diretoria de Avaliação da Educação Básica Daeb. Revisão Externa Universidade de Brasília Centro de Seleção e Promoção de Eventos Cespe Brasília-DF 2013 Equipe Técnica Diretoria de Avaliação da Educação Básica Daeb Revisão Externa Universidade de Brasília Centro de Seleção e Promoção de Eventos Cespe Equipe de Editoração Diretoria de Estudos

Leia mais

EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º

EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º /2013 O Reitor do Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais

Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador

Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador Alfabetização de Crianças O Professor Alfabetizador é o profissional responsável por planejar e implementar ações pedagógicas que propiciem,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DOS CAMPOS EDITAL DE RETIFICAÇÃO- II

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DOS CAMPOS EDITAL DE RETIFICAÇÃO- II PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DOS CAMPOS EDITAL DE RETIFICAÇÃO- II O Prefeito do Município de São Gonçalo dos Campos, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, retifica o Edital 001/2014

Leia mais

organização, funcionamento, acompanhamento e avaliação

organização, funcionamento, acompanhamento e avaliação PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA EM MATO GROSSO: organização, funcionamento, acompanhamento e avaliação Cancionila Janzkovski Cardoso UFMT (Coordenadora Geral do PNAIC/MT) Objetivo Apresentar

Leia mais

O TEXTO COMO ELEMENTO DE MEDIAÇÃO ENTRE OS SUJEITOS DA AÇÃO EDUCATIVA

O TEXTO COMO ELEMENTO DE MEDIAÇÃO ENTRE OS SUJEITOS DA AÇÃO EDUCATIVA O TEXTO COMO ELEMENTO DE MEDIAÇÃO ENTRE OS SUJEITOS DA AÇÃO EDUCATIVA Maria Lúcia C. Neder Como já afirmamos anteriormente, no Texto-base, a produção, a seleção e a organização de textos para a EAD devem

Leia mais

Elaboração de projetos

Elaboração de projetos Ano: 2013 CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO Professor: ELIANE STAVINSKI PORTUGUÊS Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA / LITERATURA Série: 2ª A e B CONTEÚDO ESTRUTURANTE: DISCURSO COMO

Leia mais

Cotas Socioeconômicas sim, Étnicas não

Cotas Socioeconômicas sim, Étnicas não Este é um tema atual de debate na sociedade brasileira, motivado principalmente pela discussão das cotas étnicas e, a partir do Projeto de Lei nº 3627/04, com ênfase nas socioeconômicas (origem dos alunos

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Exame Nacional do Ensino Médio ENEM 2013

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Exame Nacional do Ensino Médio ENEM 2013 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Exame Nacional do Ensino Médio ENEM 2013 Balanço ENEM 2012 ENEM 2012 INSCRITOS / PARTICIPANTES (milhões) ENEM

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA PELA FACED/UFBA NA FORMAÇÃO DOS ALFABETIZADOES NA ALFASOL

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA PELA FACED/UFBA NA FORMAÇÃO DOS ALFABETIZADOES NA ALFASOL 1 Pesquisas e Práticas Educativas ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA PELA FACED/UFBA NA FORMAÇÃO DOS ALFABETIZADOES NA ALFASOL DANIELA DE JESUS LIMA FACED/UFBA INTRODUÇÃO - O presente

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

A atuação do educador e as tecnologias: uma relação possível?

A atuação do educador e as tecnologias: uma relação possível? 1 A atuação do educador e as tecnologias: uma relação possível? Natália Regina de Almeida (UERJ/EDU/CNPq) Eixo Temático: Tecnologias: Pra que te quero? Resumo As novas tecnologias estão trazendo novos

Leia mais

11 a 14 de dezembro de 2012 Campus de Palmas

11 a 14 de dezembro de 2012 Campus de Palmas ESTUDO DO TERMO ONOMA E SUA RELAÇÃO COM A INTERDISCIPLINARIDADE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ENSINO FUNDAMENTAL DA GEOGRAFIA NA PERSPECTIVA DA ONOMÁSTICA/TOPONÍMIA Verônica Ramalho Nunes 1 ; Karylleila

Leia mais

ESTUDOS DOS ERROS ORTOGRÁFICOS NOS TEXTOS DE ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

ESTUDOS DOS ERROS ORTOGRÁFICOS NOS TEXTOS DE ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO 1 ESTUDOS DOS ERROS ORTOGRÁFICOS NOS TEXTOS DE ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO Dóbia Pereira dos Santos NASCIMENTO Gisele da Paz NUNES Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão dobia@wgo.com.br

Leia mais

ABORDAGEM DO CICLO DE POLÍTICAS SEGUNDO STEPHEN BALL

ABORDAGEM DO CICLO DE POLÍTICAS SEGUNDO STEPHEN BALL Departamento de Educação 1 ABORDAGEM DO CICLO DE POLÍTICAS SEGUNDO STEPHEN BALL Aluna: Ana Carolina de Souza e Paula Gomes Orientadora: Maria Inês G.F. Marcondes de Souza Introdução Esse texto é resultado

Leia mais

Acesso e permanência no Ensino Superior. Mozart Neves Ramos mozart@ias.org.br

Acesso e permanência no Ensino Superior. Mozart Neves Ramos mozart@ias.org.br Acesso e permanência no Ensino Superior Mozart Neves Ramos mozart@ias.org.br 1. Cenário atual e futuro 2. O que pode (e deve) mudar com o Enem 2.1. Ensino Médio e o Ciclo Básico das IES 2.2. SISU x Aumento

Leia mais

Olimpíada de LP Escrevendo o futuro

Olimpíada de LP Escrevendo o futuro Olimpíada de LP Escrevendo o futuro QUATRO GÊNEROS EM CARTAZ: OS CAMINHOS DA ESCRITA Cristiane Cagnoto Mori 19/03/2012 Referências bibliográficas RANGEL, Egon de Oliveira. Caminhos da escrita: O que precisariam

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO Inscrição: 15602625057-3 (Liminar) - MANTIDA de dissertação, cujos critérios de análise estavam descritos no edital de abertura que rege

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

RESUMOS DE PROJETOS... 1202 RELATOS DE EXPERIÊNCIA... 1205 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 1207

RESUMOS DE PROJETOS... 1202 RELATOS DE EXPERIÊNCIA... 1205 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 1207 1201 RESUMOS DE PROJETOS... 1202 RELATOS DE EXPERIÊNCIA... 1205 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 1207 1202 RESUMOS DE PROJETOS ENSINO, APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM LETRAS: IDENTIDADES E CRENÇAS

Leia mais