COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM?"

Transcrição

1

2 COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM? A proposta para a redação do Enem é elaborada de forma a possibilitar que os participantes, a partir dos subsídios oferecidos, realizem uma reflexão escrita sobre um tema de ordem política, social e cultural, em uma tarefa identificada como uma situação-problema.

3 assuntos que tratam do indivíduo e temas filosóficos - por exemplo, realização profissional, felicidade, amor, paixão, depressão, estresse; a relação do indivíduo com a sociedade - por exemplo, política, solidariedade, relações de poder, cotas, preconceito racial; a relação do indivíduo com o universo biofísico - por exemplo, poluição ambiental, utilização de recursos nãorenováveis, preservação do meio ambiente.

4 A PROPOSTA: Proposta de redação 2009: Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativoargumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema VALORIZAÇÃO DO IDOSO, apresentando experiência ou proposta de ação social, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para a defesa de seu ponto de vista.

5 A PREPARAÇÃO DO TEXTO: A TESE (delimitá-la): QUAL MEU PONTO DE VISTA? OS ARGUMENTOS: QUAIS USAREI?

6 EXEMPLO DE DELIMITAÇÃO DE TEMA: História da televisão no Brasil Violência na televisão Televisão e alienação Malefícios da televisão Televisão na escola Influência da televisão no cotidiano

7 A ESTRUTURA: INTRODUÇÃO { CONTEXTUALIZAÇÃO OPINIÃO DESENVOLVIMENTO{ CONCLUSÃO { ARGUMENTO I ARGUMENTO II EXEMPLO?(secundário) SOLUÇÃO

8

9 1 suspender completa e imediatamente o desmatamento na Amazônia, que permaneceria proibido até que fossem identificadas áreas onde se poderia explorar, de maneira sustentável, madeira de florestas nativas; 2 efetuar pagamentos a proprietários de terras para que deixem de desmatar a floresta, utilizando-se recursos financeiros internacionais; 3 aumentar a fiscalização e aplicar pesadas multas àqueles que promoverem desmatamentos não-autorizados. Escolha uma dessas ações e, a seguir, redija um texto dissertativo, ressaltando as possibilidades e as limitações da ação escolhida. Ao desenvolver seu texto, procure utilizar os conhecimentos adquiridos e as reflexões feitas ao longo de sua formação. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista, sem ferir os direitos humanos.

10 INTRODUÇÃO { CONTEXTUALIZAÇÃO SOLUÇÃO DESENVOLVIMENTO{ CONCLUSÃO { ARGUMENTOS I ARGUMENTOS II EXEMPLO?(secundário) REFORÇAR

11 OBSERVAR: AUTONOMIA Texto inadequado A situação mostrada no mapa é uma vergonha. Mas não é fácil de ser enfrentada, pois requer dinheiro e determinação dos governantes. Texto adequado O grande número de crianças trabalhadoras no Brasil denuncia a baixa renda dos adultos e a falta de políticas públicas atentas ao futuro.

12 COERÊNCIA E CLAREZA Texto inadequado Nem sempre as imagens falam tudo que queremos. Às vezes vão além do imaginado por quem as produz. Texto adequado Para serem compreendidas, as imagens dependem de quem as produz e de quem as lê.

13 SIMPLICIDADE Textos inadequados As relações sociais que são repletas de interligações que variam de modo intrínseco faz da construção de uma imagem, inerente a si mesma, uma busca fundamental. V. Exa, data máxima vênia, não adentrou às entranhas meritórias doutrinárias e jurisprudenciais acopladas na inicial, que caracterizam, hialinamente, o dano sofrido. Textos adequados A complexidade das relações sociais torna fundamental a construção da imagem. V. Exa não observou devidamente a doutrina e a jurisprudência citadas na inicial, que caracterizam, claramente, o dano sofrido.

14 COESÃO Texto inadequado Quando pensamos um tempo melhor para a vida de todos, queremos dizer o seguinte: simplesmente as coisas podem ser mais justas para todas as pessoas se beneficiarem disso. Texto adequado Quando pensamos em um tempo mais justo, imaginamos, simplesmente, que a vida pode ser melhor para todos.

15 OS ERROS MAIS COMUNS Fuga da estrutura textual; Fuga do tema; Linguagem oral (Né, Ok, se ligar, irado...); Linguagem rebuscada; Erros de português; Uso de clichês e provérbios; Panfletagem e radicalização; Excesso de informações; Abuso da redundância.

16 COMO SERÁ FEITA A CORREÇÃO DA REDAÇÃO? As redações são corrigidas com base nas cinco competências do Enem, específicas para redação e produção de texto: Competência I Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita; Competência II Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo argumentativo; Competência III Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;

17 Competência IV Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação; e Competência V Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, demonstrando respeito aos direitos humanos. A redação que não atende à proposta solicitada (competência II: tema/texto dissertativo argumentativo) é avaliada como Fuga ao Tema ou Não é dissertação e recebe o conceito D (desconsiderada). Textos identificados (assinados) pelo participante são classificados como Identificação do candidato. A redação em branco ou com menos de 7 linhas escritas recebe o conceito B (em branco), significando que Não há texto. A redação com impropérios, desenhos ou outras formas propositais de anulação recebe o conceito Não há texto ou A (anulada). Em todos esses casos é atribuída nota zero às redações.

18 Obs.: Lembre-se de que os textos, da prova, são apenas base, no caso, servem somente como inspiração para a produção. Outro ponto a ser relembrado é que, para produzir a redação nos moldes exigidos pelo Enem, o texto deve ter pelo menos 20 (vinte) linhas, caso contrário, não se consegue abordar as competências III e V descritas acima.

COMUNICADO nº 1 - ABERTURA Processo Seletivo de TRAINEE ECOFLOR nº 01/2015, de 10/03/2015.

COMUNICADO nº 1 - ABERTURA Processo Seletivo de TRAINEE ECOFLOR nº 01/2015, de 10/03/2015. COMUNICADO nº 1 - ABERTURA Processo Seletivo de TRAINEE ECOFLOR nº 01/2015, de 10/03/2015. A EMPRESA JÚNIOR FLORESTAL PLANALTO VERDE torna pública a realização do Processo Seletivo para o Programa Trainee

Leia mais

Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM. E agora José?

Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM. E agora José? Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM E agora José? Respondam Rápido: O que encanta um homem? O que encanta uma mulher? E o que ENCANTA um corretor do ENEM?

Leia mais

A EVOLUÇÃO DA ESCRITA

A EVOLUÇÃO DA ESCRITA A EVOLUÇÃO DA ESCRITA Percebemos a partir da observação das imagens exibidas no vídeo A EVOLUÇÃO DA ESCRITA que o homem sempre buscou muitas formas de transmitir pensamentos. O texto é uma das formas mais

Leia mais

OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM

OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM Disciplina Curso Profª Série REDACÃO Ensino Médio Silvia Zanutto 3º Lembre-se: ESTUDO APROVAÇÃO SUCESSO OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM Aluno,LEIA COM ATENÇÃO! Na redação, o ENEM avalia

Leia mais

REDAÇÃO 4º SIMULADO MODELO ENEM - 2014. 3º ANO e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor:

REDAÇÃO 4º SIMULADO MODELO ENEM - 2014. 3º ANO e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: 4º SIMULADO MODELO ENEM - 2014 3º ANO e PRÉ-VESTIBULAR 2º DIA REDAÇÃO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: INSTRUÇÕES 1 A REDAÇÃO SERÁ AVALIADA DE ACORDO

Leia mais

Filosofia e Redação Interpretação, Argumentação e Produção Textual. Analisando o Conteúdo Filosófico Presente nas Redações nota 1000 do ENEM

Filosofia e Redação Interpretação, Argumentação e Produção Textual. Analisando o Conteúdo Filosófico Presente nas Redações nota 1000 do ENEM Filosofia e Redação Interpretação, Argumentação e Produção Textual Analisando o Conteúdo Filosófico Presente nas Redações nota 1000 do ENEM Projeto de Produção Discente Elaborado pelo Departamento de Filosofia

Leia mais

*MÓDULO 1* *MÓDULO 2* *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM*

*MÓDULO 1* *MÓDULO 2* *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM* *MÓDULO 1* Redação 1 Resposta pessoal. Redação 2 Resposta pessoal. *MÓDULO 2* Atividade 1 Resposta pessoal. Atividade 2 Resposta pessoal. Atividade 3 Resposta pessoal. *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO

Leia mais

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades.

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades. ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO Prova (Todos os Cursos) Trabalhando em consonância com as diretrizes curriculares nacionais, o UNIFEMM entende que as avaliações do processo

Leia mais

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira 1º CURSO DE REDAÇÃO Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira Programa de Educação Tutorial Ciência, Tecnologia e Inovação Grupo PET- CTI pet-grupocti@ufabc.edu.br GRUPO

Leia mais

A REDAÇÃO DO ENEM Brasília DF, outubro de 2011

A REDAÇÃO DO ENEM Brasília DF, outubro de 2011 A REDAÇÃO DO ENEM Brasília DF, outubro de 2011 Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Malvina Tania Tuttman Diretora de Avaliação da Educação Básica Maria

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Professora Josi e Professora Mara

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Professora Josi e Professora Mara LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Professora Josi e Professora Mara Denotação x Conotação Sentido denotativo: Meus alunos comeram uns doces. Sentido conotativo: Meus alunos são uns doces. Figuras

Leia mais

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP Singular-Anglo Vestibulares Professora Natália Sanches Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. Retirado do site oficial do vestibular. FUVEST e UNESP Na correção, três

Leia mais

A automedicação no Brasil

A automedicação no Brasil Nome: Unidade: Turma: TEXTO 01 Como pode o Brasil apresentar um quadro precário de saúde pública e, no entanto, estar no ranking dos países que mais consomem medicamentos no mundo? O consumo irresponsável

Leia mais

COLETÂNEA CONTINUA...

COLETÂNEA CONTINUA... Natal, 05 de abril de 2011 PROVA DE REDAÇÃO A prova de redação apresenta uma proposta de construção textual: uma CARTA ABERTA. Com a finalidade de auxiliá-lo(a) na compreensão prévia da temática em foco,

Leia mais

A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Professora Maureen

A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Professora Maureen A REDAÇÃO PARA O ENEM: COMO FAZER? Professora Maureen José de Sousa Saramago foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português. Foi galardoado

Leia mais

Redação. Caro(a) aluno(a),

Redação. Caro(a) aluno(a), Redação Ficha 2 os e 3 os anos Mérope ago/09 Nome: Nº: Turma: Objetivo deste trabalho: analisar e corrigir textos produzidos a partir de tema proposto pelo Enem e conhecer os critérios (matriz de competências)

Leia mais

Questões com textos não verbais. Prof. Bruno Augusto

Questões com textos não verbais. Prof. Bruno Augusto Questões com textos não verbais Prof. Bruno Augusto (ENEM) Em uma conversa ou leitura de um texto, corre-se o risco de atribuir um significado inadequado a um termo ou expressão, e isso pode levar a certos

Leia mais

PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014

PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014 1 PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014 Prova de redação na perspectiva de gênero textual Com o propósito de avaliar a proficiência dos candidatos na leitura e na escrita pelo uso da língua portuguesa

Leia mais

Prof. Volney Ribeiro

Prof. Volney Ribeiro A REDAÇÃO NO ENEM Prof. Volney Ribeiro Professor de língua portuguesa Especialista em Gestão Educacional Mestrando em Letras A prova de redação exigirá de você a produção de um texto em prosa, do tipo

Leia mais

Revista. fl À Ÿ ø ø ø ª ± ª ø Ʊ ø ºª Œªºø9=± ª æ øæ ºª ªÆ ± Ó ÔÌ

Revista. fl À Ÿ ø ø ø ª ± ª ø Ʊ ø ºª Œªºø9=± ª æ øæ ºª ªÆ ± Ó ÔÌ Revista fl À Ÿ ø ø ø ª ± ª ø Ʊ ø ºª Œªºø9=± ª æ øæ ºª ªÆ ± Ó ÔÌ Fezse admirável no seu modo de ser, no exemplo de vida Maria Francisca Moro Flávio José Schibinski Caro (a) Leitor (a) É com entusiasmo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE INGRESSO INSTRUÇÕES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTRUÇÕES 1 1. Confira seu nome e número de inscrição no cartão-resposta. Se houver algum erro, comunique-o ao fiscal de sala. Assine o cartão-resposta no campo indicado. 2. No

Leia mais

Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas

Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas Neste texto, vamos delinear o que se espera do participante do ENEM na situação específica de produção de textos. Para isso, nada melhor

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTA DE REDAÇÃO III AGOSTO/2015 PROFESSORES ELABORADORES:

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTA DE REDAÇÃO III AGOSTO/2015 PROFESSORES ELABORADORES: UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTA DE REDAÇÃO III AGOSTO/2015 PROFESSORES ELABORADORES: Suzana Lima e Neurilo Júnior Proposta 1 Com base na leitura dos seguintes textos

Leia mais

PORTUGUÊS EFICIENTE. Prof. Matheus Gustavo

PORTUGUÊS EFICIENTE. Prof. Matheus Gustavo PORTUGUÊS EFICIENTE Prof. Matheus Gustavo 10 Dicas simples do que NÃO FAZER em uma REDAÇÃO 1 FUGA DO TEMA Fugir ao tema solicitado pela prova é motivo para invalidar o texto, a FUVEST, por exemplo, informa

Leia mais

AULA DEMONSTRATIVA. Concurso: Ministério do Trabalho Cargo: Auditor Fiscal do Trabalho Matéria: Redação Professor: Del Lima

AULA DEMONSTRATIVA. Concurso: Ministério do Trabalho Cargo: Auditor Fiscal do Trabalho Matéria: Redação Professor: Del Lima AULA DEMONSTRATIVA 1. APRESENTAÇÃO... 2 1.1. SOBRE O CURSO... 3 1.2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 4 2. CRONOGRAMA... 5 3. O CONCURSO... 6 4. O PLANEJAMENTO... 6 5. OS ELEMENTOS DO TEXTO I... 9 6. QUESTÃO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO Inscrição: 15602625057-3 (Liminar) - MANTIDA de dissertação, cujos critérios de análise estavam descritos no edital de abertura que rege

Leia mais

OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO

OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO Ano: 3º ANO Disciplina: História Professor Responsável: Wladson Quiozine OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO 1. Retomar os aspectos essenciais do conteúdo programático da disciplina de História do Ensino

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS MANDE BEM NA REDAÇÃO! PARA COMEÇAR! Fonte: Guia do Participante, ENEM, 2013, p.7. TIPOLOGIA TEXTUAL Fonte: Guia do Participante, ENEM, 2013, p.16. (Anexo) RECONHECENDO O CAMPO... 1998 - Viver e aprender

Leia mais

ANÁLISE DOS TEXTOS PRODUZIDOS POR UMA TURMA DO 3ºANO DO ENSINO MÉDIO À LUZ DOS CRITÉRIOS DO ENEM

ANÁLISE DOS TEXTOS PRODUZIDOS POR UMA TURMA DO 3ºANO DO ENSINO MÉDIO À LUZ DOS CRITÉRIOS DO ENEM ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA ANÁLISE DOS TEXTOS PRODUZIDOS POR UMA TURMA DO 3ºANO DO ENSINO

Leia mais

COMO FORMATAR MONOGRAFIA E TCC

COMO FORMATAR MONOGRAFIA E TCC TEXTO COMPLEMENTAR AULA 2 (15/08/2011) CURSO: Serviço Social DISCIPLINA: ORIENTAÇÕES DE TCC II - 8º Período - Turma 2008 PROFESSORA: Eva Ferreira de Carvalho Caro acadêmico, na Aula 2, você estudará Áreas

Leia mais

BRITO, Jéssika Pereira Universidade Estadual da Paraíba (jessikagba@hotmail.com)

BRITO, Jéssika Pereira Universidade Estadual da Paraíba (jessikagba@hotmail.com) ATUAÇÃO PIBID: REFLEXÕES SOBRE A APLICAÇÃO DO PROJETO LEITURA E PRODUÇÃO DO TEXTO OPINATIVO: DIALOGANDO COM A TIPOLOGIA TEXTUAL DISSERTATIVA/ARGUMENTATIVA BRITO, Jéssika Pereira (jessikagba@hotmail.com)

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio. Etec. Etec: Professor Massuyuki Kawano

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio. Etec. Etec: Professor Massuyuki Kawano Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Etec: Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Ciências Humanas e Suas Tecnologias Componente Curricular:

Leia mais

Edital para o Processo Seletivo ISITEC 2016 ORIENTAÇÕES GERAIS

Edital para o Processo Seletivo ISITEC 2016 ORIENTAÇÕES GERAIS Edital para o Processo Seletivo ISITEC 2016 ORIENTAÇÕES GERAIS O presente documento estabelece normas, dispõe sobre as disciplinas e respectivos programas para o Processo Seletivo de 2016/1 do Instituto

Leia mais

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs Vendas - Cursos Curso Completo de Treinamento em Vendas com - 15 DVDs O DA VENDA Esta palestra mostra de maneira simples e direta como planejar o seu trabalho e, também, os seus objetivos pessoais. Através

Leia mais

Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade.

Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade. PROF. BRUNO AUGUSTO Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade. Deve apresentar uma linguagem clara e condizente aopúblicoemqueotextoserádestinado.

Leia mais

COMBINADOS PARA O SEMESTRE:

COMBINADOS PARA O SEMESTRE: COMBINADOS PARA O SEMESTRE: Temas de redação serão dados durantes as aulas. É importante pesquisá-los e estudá-los, pois alguns deles serão utilizados para as produções em sala ou em simulados; Toda a

Leia mais

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio 1. Substitua as palavras destacadas e copie as frases, tornando os fragmentos abaixo mais elegantes, além de mais próximos à língua padrão e à proposta

Leia mais

AGES FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA AVALIAÇÕES INTERDISCIPLINARES. Paripiranga 2014

AGES FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA AVALIAÇÕES INTERDISCIPLINARES. Paripiranga 2014 1 AGES FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA AVALIAÇÕES INTERDISCIPLINARES Paripiranga 2014 2 SUMÁRIO 1. DEFINIÇÃO... 3 2. CURSOS, PERÍODOS E/OU TURMAS QUE SÃO INTERDISCIPLINARES...

Leia mais

FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES - FACELI FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI

FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES - FACELI FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES - FACELI FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI CURSO DE PEDAGOGIA PROJETO DE EXTENSÃO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DAS

Leia mais

AS NOVAS DIRETRIZES PARA O ENSINO MÉDIO E SUA RELAÇÃO COM O CURRÍCULO E COM O ENEM

AS NOVAS DIRETRIZES PARA O ENSINO MÉDIO E SUA RELAÇÃO COM O CURRÍCULO E COM O ENEM AS NOVAS DIRETRIZES PARA O ENSINO MÉDIO E SUA RELAÇÃO COM O CURRÍCULO E COM O ENEM MARÇO/ABRIL/2012 Considerações sobre as Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio Resolução CNE/CEB

Leia mais

SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO

SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO MESTRADO SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO Justificativa A equipe do mestrado em Direito do UniCEUB articula-se com a graduação, notadamente, no âmbito dos cursos de

Leia mais

ÍNDICE 03 COMPETENCIAS QUE IRÃO AVALIAR SUA REDAÇÃO PARA INÍCIO DE CONVERSA... 06 IV. COMO ELABORAR UMA TESE 07 EXEMPLIFICANDO.

ÍNDICE 03 COMPETENCIAS QUE IRÃO AVALIAR SUA REDAÇÃO PARA INÍCIO DE CONVERSA... 06 IV. COMO ELABORAR UMA TESE 07 EXEMPLIFICANDO. ÍNDICE ÍNDICE I - CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DA REDAÇÃO DO ENEM 03 PARA INÍCIO DE CONVERSA... 03 COMPETENCIAS QUE IRÃO AVALIAR SUA REDAÇÃO 04 II. COMO ELABORAR UM ROTEIRO DE TEXTO OBSERVAÇÕES 05 05 III. COMO

Leia mais

Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota.

Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota. Avaliação da redação Professor 1 Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota. Para perceber isso, basta

Leia mais

Profª Fernanda Lemos fernanda.lemos@universitario.net

Profª Fernanda Lemos fernanda.lemos@universitario.net Redação, por que não? Profª Fernanda Lemos fernanda.lemos@universitario.net Primeiro passo: leitura Como interpretar propostas? F U VE S T 2 0 0 9 F U VE S T 2 0 0 9 Escolha uma [definição de fronteira],

Leia mais

Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado

Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado Informação - Prova de Equivalência à Frequência Formação: Específica Inglês (cont.) 12º Ano Código 358 2015 1 - Introdução: O presente documento visa

Leia mais

José Aerton Rodrigues da Silva

José Aerton Rodrigues da Silva José Aerton Rodrigues da Silva Redação fácil para o Enem concursos públicos civis e militares Nilópolis RJ 2014 Edição do autor p. 1 Revisão: José Aerton Capa: Roberta Dias Aerton, José, Redação fácil

Leia mais

Sugestão de Roteiro para Elaboração de Monografia de TCC

Sugestão de Roteiro para Elaboração de Monografia de TCC Sugestão de Roteiro para Elaboração de Monografia de TCC Sugerimos, para elaborar a monografia de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que o aluno leia atentamente essas instruções. Fundamentalmente,

Leia mais

1º Simulado de Redação 3ª série do Ensino Médio

1º Simulado de Redação 3ª série do Ensino Médio 1º Simulado de Redação 1. (Manga!/2014) Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em norma

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 CRIATIVIDADE... 3 02 HISTÓRIA DA ARTE E DO DESIGN... 3 03 INTRODUÇÃO AO... 3 04 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 3

Leia mais

EDITAL N 01/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE HERRERO INGRESSO 2016

EDITAL N 01/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE HERRERO INGRESSO 2016 EDITAL N 01/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE HERRERO INGRESSO 2016 Fica aberto o processo seletivo da Faculdade Herrero, para: Tecnologia em Segurança no Trabalho

Leia mais

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE LISBOA 2015 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 2.ª chamada CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO I. Leitura (80 )

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Área de conhecimento: CIENCIAS DA NATUREZA, MATEMATICA E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC de Nova Odessa Código: 234 Município: Nova Odessa Eixo Tecnológico: Segurança no Trabalho Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 367 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS- continuação 10.º e 11.º Anos (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

76 Anos Educando para a Vida

76 Anos Educando para a Vida CIANSP - COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Rua Monsenhor Domingos Pinheiro, 35 Calafate/BH Fone: (31) 3334 6913 - coorden acao@colegiopied ade.co m.b r 76 Anos Educando para a Vida DISCIPLINA: REDAÇÃO PROFESSORA:

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS 1 Confira se este caderno contém uma proposta de redação conforme o quadro abaixo. TIPO CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES E PROPOSTA Discursiva Redação 01 2 Verifique se não há

Leia mais

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA PRÁTICA ESCRITA: Trabalhando com a redação do ENEM

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA PRÁTICA ESCRITA: Trabalhando com a redação do ENEM COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA PRÁTICA ESCRITA: Trabalhando com a redação do ENEM Mayara Myrthes Henriques Santos Universidade Estadual da Paraíba, mayara.mhs@gmail.com RESUMO: O processo de ensino e aprendizagem

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Exame Nacional do Ensino Médio ENEM 2013

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Exame Nacional do Ensino Médio ENEM 2013 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Exame Nacional do Ensino Médio ENEM 2013 Balanço ENEM 2012 ENEM 2012 INSCRITOS / PARTICIPANTES (milhões) ENEM

Leia mais

INGLÊS cont. Código 367 abril 2015

INGLÊS cont. Código 367 abril 2015 Direção Regional de Educação do Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS cont. Código 367 abril 2015 11º Ano de escolaridade (Decreto Lei 139/

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia de Porto Alegre

Colégio Santa Dorotéia de Porto Alegre Art. 1 Apresentação Com o objetivo de estimular em seus alunos o prazer e o hábito da escrita, além de proporcionar espaço para a revelação de jovens talentos, o Colégio Santa Dorotéia de Porto Alegre

Leia mais

Caderno de Redação. 3º ano Ensino Médio. Aluno(a):... 28/09/2011

Caderno de Redação. 3º ano Ensino Médio. Aluno(a):... 28/09/2011 Caderno de Redação 3º ano Ensino Médio Aluno(a):... 28/09/2011 Este Caderno de Redação segue as novas diretrizes estabelecidas pela portaria nº 109, emitida em 27/05/2009, no Diário Oficial da União, para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Página 1 de 8 PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COMISSÃO DO CONCURSO PÚBLICO ESPELHO DA PROVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Página 1 de 8 PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COMISSÃO DO CONCURSO PÚBLICO ESPELHO DA PROVA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Página 1 de 8 CONCURSO PÚBLICO 2012 - PROVIMENTO DE CARGOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS CATEGORIA: REDATOR DE TV ESPELHO DA PROVA QUESTÃO 01 Redija uma nota coberta para telejornal

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. ETEC Rodrigues de Abreu Extensão EE Ernesto Monte. Habilitação Profissional: Técnico em Transações Imobiliárias

Plano de Trabalho Docente 2010. ETEC Rodrigues de Abreu Extensão EE Ernesto Monte. Habilitação Profissional: Técnico em Transações Imobiliárias Plano de Trabalho Docente 2010 Ensino Técnico ETEC Rodrigues de Abreu Extensão EE Ernesto Monte Código: 135 Município: Bauru/SP Área Profissional: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em

Leia mais

Laboratório de Redação

Laboratório de Redação Laboratório de Redação COLÉGIO O BOM PASTOR LABORATÓRIO DE REDAÇÃO O Colégio O Bom Pastor, por meio do Laboratório de Redação, promove o IV Concurso de Redação, com o objetivo de estimular a produção textual,

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO PROVA ESCRITA E ORAL Prova de Equivalência à Frequência de Espanhol, 11º ano (Iniciação) Prova 375 (ter como referência quadro III do Desp.Norm.5/2013)

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2011/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2011/1 1 1 INTRODUÇÃO AO DESIGN DE MODA Terminologias e conceitos da área. Contextualização e processo de moda. Mercado. Ciência e. 2 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO Leitura analítica e crítica. Gêneros textuais.

Leia mais

Lição 4 Avaliação na EAD

Lição 4 Avaliação na EAD Estudo e Aprendizado a Distância 89 Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car a fi nalidade de um objetivo de aprendizagem; identifi car o conceito de avaliação da aprendizagem;

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos.

Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos. Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos. Daiane Pacheco-USC pedagogia - daiaspacheco@gmail.com; Carla Viviana-USC pedagogia- vivianamaximino@hotmail.com; Kelly Rios-USC

Leia mais

Proposta de redação - texto dissertativo-argumentativo: sustentabilidade

Proposta de redação - texto dissertativo-argumentativo: sustentabilidade Proposta de redação - texto dissertativo-argumentativo: sustentabilidade Produção de texto Gênero: dissertativo-argumentativo (gênero escolar) Procedimentos: LEIA todos os textos a seguir, e, posteriormente,

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Elaboração de projetos

Elaboração de projetos Ano: 2013 CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO Professor: ELIANE STAVINSKI PORTUGUÊS Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA / LITERATURA Série: 2ª A e B CONTEÚDO ESTRUTURANTE: DISCURSO COMO

Leia mais

MUDANÇA NO VESTIBULAR DA UDESC Florianópolis, agosto de 2011. Sandra Makowiecky PROEN Comissão Permanente do Vestibular da UDESC

MUDANÇA NO VESTIBULAR DA UDESC Florianópolis, agosto de 2011. Sandra Makowiecky PROEN Comissão Permanente do Vestibular da UDESC MUDANÇA NO VESTIBULAR DA UDESC Florianópolis, agosto de 2011 Sandra Makowiecky PROEN Comissão Permanente do Vestibular da UDESC As mudanças propostas para o concurso do Vestibular da UDESC, do Edital 2011/2,

Leia mais

Polêmica instantânea

Polêmica instantânea http://revistalingua.uol.com.br/textos/91/polemica-instantanea-288258-1.asp Acessado em: 24/05/13 às 10:53 Enem Polêmica instantânea Confusão provocada por redações com erros de português, hino de futebol

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 001/2015

EDITAL DE SELEÇÃO 001/2015 EDITAL DE SELEÇÃO 001/2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e em Matemática PPGECM/UFPR, conforme decisão do Colegiado, torna pública a abertura de inscrições à seleção

Leia mais

Passo a passo para ser nota 10 na redação do Enem

Passo a passo para ser nota 10 na redação do Enem MATERIAL DO aluno Esta sequência didática foi criada com base nas competências avaliadas nas redações do exame do Enem. Para você saber qual competência está exercitando e como está se saindo, cada atividade

Leia mais

Os gêneros presentes nas propostas de produção escrita de livros didáticos do Ensino Médio.

Os gêneros presentes nas propostas de produção escrita de livros didáticos do Ensino Médio. Os gêneros presentes nas propostas de produção escrita de livros didáticos do Ensino Médio. Dalva Aparecida do Carmo Constantino, UFMT, Faculdades Integradas de Rondonópolis (FAIR/UNIR). Este trabalho

Leia mais

Colégio Monteiro Lobato

Colégio Monteiro Lobato Colégio Monteiro Lobato Disciplina: Anual 2013 Redação Professor (a): Barbara Venturoso Série: 6º ano Turma: A PLANEJAMENTO ANUAL 2013 Plano de curso Conteúdos Procedimentos Objetivos Avaliações 1º Trimestre

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS PEF 367 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS TIPO DE PROVA DURAÇÃO Teórico/prática 90 Minutos (escrita) +25 Minutos (oral) X Escrita Com tolerância de 30 minutos X Oral X Sem tolerância 11º ANO

Leia mais

INGLÊS. Informação Prova de Equivalência à Frequência Prova 367 2012. 10º/11 anos de Escolaridade. 1. Introdução

INGLÊS. Informação Prova de Equivalência à Frequência Prova 367 2012. 10º/11 anos de Escolaridade. 1. Introdução nformação Prova de Equivalência à Frequência Prova 367 2012 Disciplina NGLÊS 10º/11 anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março 1. ntrodução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Álvares de Azevedo FAATESP 11 2181-0700 - www.faatesp.edu.br

Faculdade de Tecnologia Álvares de Azevedo FAATESP 11 2181-0700 - www.faatesp.edu.br Manual do Candidato Cursos Superiores de Curta Duração - Tecnólogo 1º Trimestre de 2011 A Faculdade de Tecnologia Álvares de Azevedo - FAATESP se orgulha por representar hoje a união entre duas tradições.

Leia mais

Algoritmos. Objetivo principal: explicar que a mesma ação pode ser realizada de várias maneiras, e que às vezes umas são melhores que outras.

Algoritmos. Objetivo principal: explicar que a mesma ação pode ser realizada de várias maneiras, e que às vezes umas são melhores que outras. 6 6 NOME DA AULA: 6 Algoritmos Duração da aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10-25 minutos (dependendo da disponibilidade de tangrans prontos ou da necessidade de cortá-los à mão) Objetivo principal:

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico I. INTRODUÇÃO

Leia mais

22/6/2014 - das 14h às 18h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

22/6/2014 - das 14h às 18h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. UNITINS CONCURSO PÚBLICO N 001/2014 NÍVEL SUPERIOR COMISSÃO DE CONCURSO E SELEÇÃO REDAÇÃO 22/6/2014 - das 14h às 18h Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Tema: CENTENÁRIO DA PROFESSORA OFENÍSIA SOARES FREIRE

Tema: CENTENÁRIO DA PROFESSORA OFENÍSIA SOARES FREIRE CONCURSO LITERÁRIO OFENÍSIA SOARES FREIRE Tema: CENTENÁRIO DA PROFESSORA OFENÍSIA SOARES FREIRE REALIZAÇÃO Secretaria de estado da Educação e Secretaria de Estado da Cultura 1 APRESENTAÇÃO Há uma opinião

Leia mais

PROVA ESCRITA. As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

PROVA ESCRITA. As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL (LE II) Abril de 2015 Prova 15 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90

Leia mais

Caderno de Redação. 8ª série Ensino Fundamental. Aluno(a):... 27/09/2011

Caderno de Redação. 8ª série Ensino Fundamental. Aluno(a):... 27/09/2011 Caderno de Redação 8ª série Ensino Fundamental Aluno(a):... 27/09/2011 Este Caderno de Redação segue as novas diretrizes estabelecidas pela portaria nº 109, emitida em 27/05/2009, no Diário Oficial da

Leia mais

Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento.

Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento. Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Título provisório (uma expressão

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS ATRAVÉS DE PROJETOS SOCIAIS. Luis Stephanou Fundação Luterana de Diaconia fld@fld.com.br

CAPTAÇÃO DE RECURSOS ATRAVÉS DE PROJETOS SOCIAIS. Luis Stephanou Fundação Luterana de Diaconia fld@fld.com.br CAPTAÇÃO DE RECURSOS ATRAVÉS DE PROJETOS SOCIAIS Luis Stephanou Fundação Luterana de Diaconia fld@fld.com.br Apresentação preparada para: I Congresso de Captação de Recursos e Sustentabilidade. Promovido

Leia mais

Oficina inaugural de produção textual sobre o texto narrativo

Oficina inaugural de produção textual sobre o texto narrativo Oficina inaugural de produção textual sobre o texto narrativo Caro Monitor, Esta oficina tem como objetivo geral favorecer o primeiro contato do aluno da EJA Ensino Fundamental com o tipo textual que será

Leia mais

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11 e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12 MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL

Leia mais

ANEXO 1- EDITAL DO VESTIBULAR UNIFEMM 01/2014 (VESTIBULAR DE VERÃO) ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO

ANEXO 1- EDITAL DO VESTIBULAR UNIFEMM 01/2014 (VESTIBULAR DE VERÃO) ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO Prova de Conhecimentos Gerais (Todos os Cursos) Trabalhando em consonância com as diretrizes curriculares nacionais, o UNIFEMM entende

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 63/14, 2011 de 10 de dezembro de 2014. 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO AO CONHECIMENTO TECNOLÓGICO...

Leia mais

DIREITOS BÁSICOS DO CONSUMIDOR

DIREITOS BÁSICOS DO CONSUMIDOR DIREITOS BÁSICOS DO CONSUMIDOR O PROCON MUNICIPAL tem como principal tarefa a proteção e defesa do consumidor, por isso desenvolveu este guia para melhor transparência e respeito, para você, consumidor.

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA Conceito: PROJETO: -Proposta -Plano; Intento -Empreendimento -Plano Geral de Construção -Redação provisória de lei; Estatuto Referência:Minidicionário - Soares Amora

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA Conceito: PROJETO: -Proposta -Plano; Intento -Empreendimento -Plano Geral de Construção -Redação provisória de lei; Estatuto Referência:Minidicionário - Soares Amora

Leia mais

Edital DESAFIO FAI / Edição 2015

Edital DESAFIO FAI / Edição 2015 Edital DESAFIO FAI / Edição 2015 1 Do Concurso 1.1 O Desafio FAI tem caráter educativo, sendo a participação voluntária e gratuita. 1.2 Não envolve qualquer modalidade de sorteio ou pagamento, nem é vinculado

Leia mais