Ciência, Nutrição, Prevenção e Saúde BEST OF 2013 RESUMO Esta descoberta poderia fazê-lo ganhar 10, 20 ou 30 anos Oxitocina: o péptido do prazer

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ciência, Nutrição, Prevenção e Saúde BEST OF 2013 RESUMO Esta descoberta poderia fazê-lo ganhar 10, 20 ou 30 anos Oxitocina: o péptido do prazer"

Transcrição

1 RESUMO Esta descoberta poderia fazê-lo ganhar 10, 20 ou 30 anos 2 Oxitocina: o péptido do prazer 5 Este nutriente rejuvenesce a pele e as artérias 7 Longevidade: um passo de gigante em frente 9 O complemento que os médicos tomam (em segredo) 11 Uma bomba nos seus intestinos 14 O pesadelo dos ómega-3 19 Nova vitória para os direitos do paciente e para a dignidade humana 22 Notícias breves da Investigação 23 Nota de encomenda 24 Ciência, Nutrição, Prevenção e Saúde BEST OF 2013 Editado pela Fondation pour le Libre Choix

2 Esta descoberta poderia fazê-lo ganhar 10, 20 ou 30 anos A investigação sobre a longevidade humana acaba de ultrapassar uma etapa histórica. Ignorados pelos meios de comunicação ocidentais, investigadores russos elaboraram uma substância capaz de prolongar a vida 10, 20 ou até mesmo 30 anos. Este efeito exerce-se igualmente nos indivíduos idosos, tendo um efeito semelhante ao de uma máquina de voltar atrás no tempo. A eficácia é tão espectacular que os veneráveis membros da Academia das Ciências da Rússia insistiram para que o produto seja testado neles mesmos! 2 Os membros da Academia foram então separados em dois grupos, tendo a um grupo sido administrado o produto e ao outro um placebo. Os resultados ultrapassaram as expectativas dado que, apesar da idade avançada da maioria dos participantes, a mortalidade dentro do grupo que tomou o produto diminuiu entre 30 a 50% ao longo de sete anos. Efeitos benéficos em cascata Longe de se contentar em simplesmente prolongar a vida, esta substância revelou provocar uma reacção em cadeia de benefícios para o organismo: ela poderia bloquear o desenvolvimento de determinados tumores. Em experiências realizadas com ratinhos, os dados demonstram claramente um efeito inibitório na expressão de certos genes no cancro da mama (adenocarcinoma mamário); por outro lado, reduz a proliferação dos tumores do cólon e aumenta a apoptose (suicídio) das células cancerosas do cólon, em ratos; estimula a actividade cerebral; ela poderia ajudar os indivíduos idosos a dormir melhor: experiências realizadas com macacos que estão a envelhecer mostraram que possui um efeito regulador na produção de melatonina e de cortisol. A melatonina e o cortisol são hormonas produzidas naturalmente, que regulam o ciclo de vigília-sono, também chamado ritmo circadiano ; contribui para preservar a visão, protegendo a estrutura morfológica da retina na retinose pigmentar, uma doença degenerativa congénita da retina. Reforça o sistema imunitário propiciando a produção de linfócitos T, um dos agentes protectores mais importantes contra as infecções bacterianas e microbianas. Nos indivíduos idosos, a produção de linfócitos T diminui, o que explica a sua vulnerabilidade às infecções. Protege o sistema reprodutor feminino: esta substância revelou-se capaz de corrigir a deterioração dos ciclos de reprodução nos ratos. Para os indivíduos idosos ou jovens que procuram retardar o aparecimento dos sinais do envelhecimentos, era inesperado descobrir um dia uma substância capaz de exercer efeitos tão poderosos, a todos os níveis essenciais do organismo. Contudo, o sonho tornou-se realidade. Como é isso possível? Esta substância chama-se epitalon e foi elaborada pelo Professor Vladimir Khavinson e sua equipa, com base em descobertas realizadas por dois especialistas da biologia do envelhecimento o Pr. Vladimir Dilman e o Dr. Ward Dean. Estes dois investigadores haviam publicado em 1992 um artigo intitulado The neuroendocrine theory of aging and degenerative disease onde descreviam a sua descoberta de uma substância que poderia aumentar a duração da vida dos ratos em 25%. O Professor Vladimir Khavinson continuou as investigações aplicando-as aos seres humanos. Ele próprio biogerontólogo, ou seja, especialista dos mecanismos biológicos do envelhecimento, apercebeu-se de que o epitalon actuaria de

3 facto ao nível mais fundamental do envelhecimento celular, ou seja, na duração de vida das próprias células. Provoca um alongamento considerável da duração da vida das células saudáveis, e uma redução da duração de vida das células doentes e cancerosas. Best of 2013 Compreender o envelhecimento celular Para compreender o aspecto totalmente revolucionário desta descoberta, é preciso saber que as células normais e saudáveis são programadas para se dividirem e, dessa forma, produzir células filhas, que permitem às células mães morrerem e serem substituídas por células mais jovens. Este mecanismo notável explica a longevidade dos seres humanos. Constantemente, em todo o seu organismo, as suas células são assim renovadas, ao ponto de os seus órgãos se poderem regenerar totalmente. O período de renovação varia entre alguns dias, no caso do intestino, e uma dezena de anos, no caso do esqueleto. Infelizmente, o mecanismo da divisão celular tem um limite. Após cerca de 50 divisões, as células entram em senescência : demasiado velhas, deixam de conseguir dividir-se. Rapidamente depois surge a fase de apoptose (suicídio da célula). É por esta razão que o ser vivo passa por um longo período durante o qual se mantém com uma aparência jovem. Todas as suas funções vitais estão operacionais. Depois chega um dia em que começa a envelhecer de forma cada vez mais visível. Alguns dos seus órgãos podem degradar-se ao ponto de provocar situações de invalidez. Mesmo que não sofra de qualquer doença específica, é inevitável que a sua saúde global se deteriore. A partir de uma determinada idade, todos os seus desempenhos físicos, intelectuais e sensoriais (visão, audição ) regridem. Este fenómeno não tem nada de surpreendente: como as células deixaram de se dividir, o seu envelhecimento conduz a um cessar das suas funções, a doenças e posteriormente à morte. O epitalon prolonga a vida das células Os investigadores questionaram-se então sobre a razão pela qual as células sãs deixam repentinamente de se dividir. Aperceberam-se que este mecanismo está ligado aos telómeros, as extremidades protectoras no final dos cromossomas, que se gastam um pouco a cada divisão celular. Quanto mais as sequências de divisão celular se multiplicam ou o stress oxidativo está presente, mais os telómeros encurtam. Ora, a partir de um determinado tamanho crítico do telómero, é o próprio material genético que passa a ser atacado. A célula deixa de possuir toda a informação genética de que precisa para funcionar. Torna-se senescente. Inúmeras investigações confirmaram que o encurtamento progressivo dos telómeros estaria ligado a inúmeras patologias associadas ao envelhecimento (doenças cardiovasculares, doenças infecciosas, etc.) e seria igualmente indicativo de uma mortalidade precoce nos idosos. Reciprocamente, isso significa que se conseguíssemos alongar os telómeros ou impedir que encurtem com cada divisão celular o estado de senescência poderia ser adiado consideravelmente. Ora, investigações muito recentes acabam de demonstrar que isso é possível, graças a uma enzima que estimula o crescimento dos telómeros. Esta enzima chama-se telomerase. As descobertas sobre os telómeros são de tal forma cruciais para o avanço da humanidade que foram atribuídos nada menos do que três prémios Nobel da medicina a descobertas neste domínio. Três prémios Nobel da medicina Depois de Hermann Muller, em 1946, e de Barbara McClintock, em 1983, três Americanos Elisabeth Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak receberam o prémio Nobel da fisiologia (medicina) em 2009, pelas suas descobertas relacionadas com os telómeros. Relativamente ao prémio Nobel 2009, o avanço é particularmente decisivo dado que está directamente ligado à telomerase, a enzima que activa os telómeros. A telomerase reconstrói a extremidade dos telómeros até ao seu comprimento inicial após cada divisão celular, parando o relógio biológico da morte. A comunicação publicada pelo Comité Nobel por ocasião da atribuição do prémio Nobel 2009 fala ele próprio da: solução para um problema importante Este ano, o prémio Nobel da Fisiologia ou da Medicina é atribuído aos três cientistas que encontraram a solução para um problema importante em biologia: de que forma os cromossomas podem ser copiados na íntegra durante a divisão celular e de que forma são protegidos contra a degradação ( ) Os laureados do Nobel mostraram que a solução se encontrava nas terminações dos cromossomas - os telómeros e numa enzima que os forma a telomerase. Estas descobertas vieram trazer uma nova dimensão à nossa compreensão das células, esclarecer os mecanismos da doença e estimular o desenvolvimento de novas terapias possíveis. A produção de telomerase diminui com o avanço da idade Com o passar do tempo, a produção de telomerase diminui. Quanto menos telomerase tiver, mais os seus telómeros ficam danificados a cada divisão celular e mais rápido se aproxima portanto a morte definitiva das suas células! E é nesse ponto que voltamos à nossa descoberta: o epitalon é um péptido bioregulador 3

4 capaz de activar a telomerase, fazendo-o por mecanismos diferentes e complementares do astragalósido IV e do cicloastragenol, os dois outros activadores da telomerase já reconhecidos. O epitalon permitir-nos-ia, assim, escapar a um dos mecanismos mais inevitáveis do envelhecimento. O epitalon actua também a vários níveis biológicos Mas os efeitos anti-envelhecimento do epitalon não se limitam à estimulação da telomerase. Nem todos estão ainda elucidados actualmente, mas os resultados obtidos nos estudos tanto no que toca ao prolongamento do tempo de vida como à prevenção das doenças são claros: O epitalon é um bioregulador natural que actua não só como agente potenciador da divisão celular, como também na qualidade de estimulante da actividade cerebral e está implicado nos mecanismos da redução tumoral. Estes efeitos contribuem tanto ou mais para o prolongamento do tempo de vida com saúde como o efeito estimulador da telomerase. deste produto que se traduz em potenciais anos de vida adicionais é sem dúvida um dos melhores que podemos encontrar em todo o mercado dos suplementos nutricionais. Como tomar epitalon para que seja eficaz Quimicamente falando, o epitalon é um biopéptido, sintetizado a partir de quatro aminoácidos (tetrapéptido: L-alanil-l-glutamil-l-asparagilglicina ou AGAG ). É tão pequeno que consegue penetrar no organismo atravessando a pele e entrando directamente no fluxo sanguíneo. Contudo, esta passagem é especialmente acelerada sob a língua, e é por isso que ele é actualmente proposto na forma de comprimidos sublinguais. As doses geralmente recomendadas vão de 1,5 a 9 mg por período de vinte e quatro horas, com uma dose média de manutenção de cerca de 3 mg por dia, caso se pretenda um efeito terapêutico ou profilático (preventivo) e com a duração que se pretender. Concretamente, é necessário tomar entre meio comprimido e dois comprimidos por dia, antes ou entre as refeições, para uma melhor absorção. 4 Uma substância rara e mais preciosa que o diamante Até muito recentemente, o epitalon apenas estava disponível para os centros de investigação e os centros médicos de ponta. Como resultado, esta substância manteve-se unicamente acessível aos profissionais de saúde. As empresas distribuidoras puseram sempre à disposição uma quantidade estritamente limitada: frascos de Pure Epitalon por país e por mês. Consequentemente, os preços ficavam fora do alcance da maioria dos particulares, podendo ir dos 399 dólares (300 euros) até aos 1200 dólares, consoante a quantidade que desejasse encomendar. Além disso, o epitalon apenas estava disponível em forma injectável, o que constituía um verdadeiro obstáculo ao uso privado. Mas, pela primeira vez, um fabricante conseguiu produzir epitalon para o grande público e em grandes quantidades, o que permitiu uma grande redução nos preços. Além disso, propõe o epitalon na forma de comprimidos sublinguais, uma forma de administração muito mais prática (e mais estável) do que as injecções que implicam reconstituir uma solução a partir de um pó, que deve ser imperativamente guardado no frigorífico. O investimento continua a ser considerável, mas é preciso notar que o retorno do investimento

5 Best of 2013 Oxitocina: o péptido do prazer Ternura e sensualidade: um novo produto com efeitos espantosos Produtos que supostamente restabelecem as funções sexuais, mas não dão desejo nem prazer. É esta a história dos diversos produtos químicos vendidos pela indústria farmacêutica para pretensamente remediar as situações de impotência. Na base deste fracasso estão fabricantes que se esqueceram que o amor não se limita a um acto mecânico. O primeiro órgão sexual do homem e da mulher é, na verdade o cérebro. Se não se passar nada na cabeça, se os dois amantes não sentirem previamente uma profunda ternura um pelo outro, nenhum produto estimulante permitirá reproduzir artificialmente a magnífica experiência do Amor (com A maiúsculo). Mas a Natureza conhece há milénios o segredo daquilo que o homem não conseguiu fazer. E esta substância extraordinária foi identificada pelos cientistas; é natural e está actualmente à disposição de todos aqueles que sabem que amor e sexualidade perdem muito quando dissociados 5 A substância que nos torna capazes de amar O nosso hipotálamo uma região do cérebro fabrica um pequeno péptido (uma cadeia de aminoácidos) chamado oxitocina. A oxitocina é primeiramente fabricada pela mãe no momento do parto e durante a amamentação. É esta substância que estaria na origem do instinto maternal e da ligação profunda que se estabelece, desde os primeiros instantes, entre a mãe e o bebé. Nos anos noventa do século XX, os investigadores confirmaram que as mulheres que amamentavam eram mais calmas e mais afectuosas com os outros (e não só com o bebé) do que as que davam biberão. A diferença foi atribuída aos efeitos da oxitocina. Mas a oxitocina existe também no homem, no qual desempenha um papel igualmente importante. Na verdade, investigações posteriores revelaram que a oxitocina contribui para forjar todos os tipos de ligações profundas não só com os próprios filhos como também com a sua companheira, amigos, relações profissionais e até mesmo animais de companhia. A oxitocina é, portanto, a substância que nos torna sociáveis, nos aproxima dos outros e propicia o amor. A oxitocina pode mesmo transformar as experiências potencialmente stressantes em sentimentos de alegria e de amor. Dessa forma, a intensa produção de oxitocina pela mulher no momento do parto pode permitir-lhe viver esse momento como uma profunda experiência de felicidade, apesar da intensidade incrível da dor. A oxitocina aproxima os cônjuges A oxitocina cria entre duas pessoas um sentimento de ternura e pode originar o nascimento do profundo sentimento de ligação que lhes dará o desejo de ser unirem sexualmente. É nessa altura que se exprime toda a sua potência dado que, durante o acto sexual, o cérebro do homem e, sobretudo, o da mulher são literalmente inundados de oxitocina. Concretamente, este efeito traduz-se por uma cascata de reacções hormonais que levam a um desejo cada vez maior de acariciar e ser acariciado, a uma maior sensibilidade nas zonas erógenas e a uma excitação que dá a impressão de se estar a perder a cabeça. É quando se verifica um pico de oxitocina que a mulher vivencia orgasmos múltiplos. No caso do homem, a sua potência e a intensidade do seu desejo e do seu prazer sexual são multiplicados.

6 6 O nível de oxitocina baixa com a idade Com o avanço da idade, a quantidade de oxitocina produzida pelo hipotálamo baixa consideravelmente, o que pode explicar o porquê de os indivíduos idosos poderem ter maiores dificuldades em ligar-se a novas pessoas, em sentir-se atraídos fisicamente pelo outro e em terem uma maior tendência para a depressão. É possível que uma pessoa sofra de falta de oxitocina quando verifica em si: uma má gestão do stress crónico; uma tendência para a solidão; depressão; ansiedade, angústia e sono de má qualidade; adições diversas (álcool, drogas ); pulsões alimentares; hipotiroidismo. A oxitocina faz reencontrar a qualidade das relações sentimentais A toma de oxitocina pode ser necessária para restabelecer os níveis naturais, aqueles que a pessoas tinha há alguns anos, ou mesmo há dezenas de anos, quando a sua capacidade de sentir o prazer e o afecto estava no seu auge. A toma de um suplemento em oxitocina vai aumentar a sociabilidade, a gentileza, as relações sentimentais, a ternura, o desejo de estar junto e a fidelidade entre amigos e amantes. A toma de oxitocina permite também o reforço da sociabilidade, a melhoria da sexualidade e pode até facilitar a perda de peso. Ajuda a regular o sono, tranquiliza e contribui para um sentimento geral de bem-estar. Outros benefícios para a saúde Apesar de não serem ainda conhecidos todos os mecanismos da oxitocina, os investigadores pensam que os seus benefícios para a saúde resultam da sua capacidade de combater a ansiedade, o stress e os efeitos do cortisol, a hormona do stress que agrava quase todas as doenças (excesso de peso, obesidade, dor, cancro ). Ela seria uma das razões pelas quais, por exemplo, as pessoas que têm animais de companhia têm tendência a recuperar mais rapidamente a seguir a uma doença. Ela explicaria a razão pela qual as pessoas casadas têm tendência a viver mais tempo e por que razão os grupos de apoio são muito benéficos para os indivíduos com cancro. Outros técnicos notaram também uma melhoria de determinados sintomas: nas crianças com problemas do espectro do autismo, nos adultos com esquizofrenia ou ainda fibromialgia, em particular naqueles cujos níveis de oxitocina no sangue era muito baixo. Para uma eficácia real, preferir o spray nasal A oxitocina é muitas vezes vendida na forma de comprimido sublingual ou oral, mas estas formas de administração são muito menos eficazes que o spray nasal. Com efeito, comparativamente às outras formas. o spray nasal permite um efeito directo, inalterado, imediato e que se mantém durante mais tempo. Tendo em conta a sua capacidade de reforçar as ligações afectivas, de alimentar os sentimentos de intimidade sexual e de melhorar a qualidade dos orgasmos, a oxitocina é sem dúvida o remédio natural que mais se assemelha a um filtro do amor. Ciência, Nutrição, Prevenção e Saúde Editor: Fondation pour le libre choix Director da publicação: Linus Freeman 2013 Fondation pour le libre choix - Reservados todos os direitos de reprodução.

7 Este nutriente rejuvenesce a pele e as artérias Best of 2013 Imagine um alimento natural que impede que a pele enrugue, se distenda e envelheça, tanto no rosto (pálpebras, faces, lábios) como nas coxas ou sob os braços. E enquanto, ano após ano, você veria o seu rosto manter-se jovem no espelho da casa de banho, as suas artérias, os seus olhos e os seus rins sem que você se apercebesse deixariam eles também de envelhecer! As suas artérias, que se estavam a tornar cada vez mais rígidas, ou estavam mesmo prestes a ficar obstruídas, manteriam a sua suavidade e elasticidade. O que lhe permitiria ter mais energia e sentir-me menos ofegante, ao passo que se afastaria o risco de enfarte ou de AVC. Pois bem, acontece que este alimento incrível existe e se encontra até na maioria das carnes que consome: trata-se de um aminoácido chamado carnosina. Se come carne com regularidade, consome portanto sem o saber, carnosina. Dois factos muito simples explicam por que razão ela não exerce este efeito anti-envelhecimento de forma visível: Em primeiro lugar, o seu aporte máximo diário por via alimentar é da ordem dos 25 a 50 mg, ao passo que os efeitos citados anteriormente apenas se observam com doses de 1000 a 1500 mg. Depois, possui no seu tubo digestivo uma enzima, ou seja, uma substância que destrói a carnosina. Esta enzima chama-se carnosinase. Para observar os efeitos anti-envelhecimento é portanto necessário tomar carnosina na forma de complementos alimentares. De que forma actua a carnosina? Os tecidos como a pele, as artérias, as membranas dos olhos ou dos rins são danificados pela oxidação e pela glicação. A oxidação é semelhante à ferrugem ou ao ranço no caso das gorduras. O nosso corpo é constantemente atacado por moléculas carnívoras agressivas chamadas radicais livres responsáveis pela oxidação. Estes radicais livres têm origem: no tabaco, no álcool em excesso e na poluição atmosférica (partículas finas, ozono ); no stress, que produz cortisol; nas poluições químicas e nas radiações, incluindo a do sol; e no simples fenómeno da respiração: ao respirar, absorve oxigénio que vem queimar os seus nutrientes para produzir energia celular. Como um motor que produz fumo, esta combustão origina a produção de radicais livres. A oxidação faz com que as suas células percam as suas propriedades, se intoxiquem e depois morram. No pior dos casos, a oxidação provoca mutações no seu ADN, originando tumores cancerosos. Acontece que a carnosina tem um forte poder antioxidante. Quando a consome em quantidade suficiente (1000 a 1500 mg por dia), ela consegue interromper a destruição de milhares de milhões de células no seu corpo, a cada dia. Preservadas, essas células continuam a funcionar e a dividir-se, o que explica que os seus tecidos (pele, artérias, rins, membrana dos olhos) envelheçam menos. Mas não é tudo. Acontece que a carnosina é uma das raras substâncias que tem também efeitos anti-glicação. É tão importante agir contra a glicação como contra a oxidação A glicação é um fenómeno nitidamente menos bem conhecido do grande público do que a oxidação. Contudo, para uma estratégia anti-envelhecimento eficaz, é tão importante agir contra a glicação como contra a oxidação. A glicação é um fenómeno que é provocado, não por radicais livres, mas pela simples presença de glicose (açúcar) no organismo. Quanto mais açúcar tiver no sangue, maior será a glicação e mais envelhecerá. É por esta razão que uma doença como a diabetes pode ser assimilada a um envelhecimento acelerado. O que é a glicação? Trata-se do fenómeno de caramelização à escala microscópica. Se pegar em carne, a passar por açúcar e a puser a cozer, o açúcar vai derreter-se e ligar-se às proteínas da carne, formando uma camada dura caramelizada. Este processo que apenas demora alguns segundos numa frigideira a alta temperatura produz-se lentamente no seu corpo, a cada instante, e ao nível microscópico (nível celular). Após várias dezenas de anos, esta caramelização, denominada glicação em termos médicos, é suficientemente significativa para começar 7

8 8 a tornar-se visível e mesmo incómoda uma vez que, potencialmente, pode causar doenças graves. Na realidade, as proteínas glicadas soldam-se umas às outras num processo conhecido pelo nome de ligações cruzadas. À medida que as proteínas tecem ligações cruzadas, os tecidos do organismo vão-se tornando cada vez mais rígidos e duros. Pense, por exemplo, na sua pele. A sua pele é sustentada por uma almofada de carne chamada derme. A derme encontra-se sob a sua epiderme, e é ela que confere à sua pele um aspecto macio e elástico. É contituída por fibras de colagénio (uma gelatina firme) e por elastina. Com o passar do tempo, as moléculas de açúcar existentes no seu sangue vêm ligar-se a estas proteínas. As fibras de colagénio e de elastina tornam-se rígidas e depois partem sob o efeito da glicação, originando rugas, relaxamento da epiderme, secura cutânea e dificuldades de cicatrização cada vez maiores. Verifica-se o mesmo fenómeno ao nível das artérias, que se tornam rígidas, das células dos rins ou das cataratas. A glicação das proteínas acelera-se significativamente cada vez que consome açúcares e quando come alimentos grelhados: carnes grelhadas (sobretudo na brasa), fritos, óleos aquecidos a mais de 180 C e mesmo legumes salteados. É por esta razão que podemos ter 40 anos, um aspecto radioso e contar as rugas pelos dedos de uma mão se comermos pouco açúcar, alimentos pouco cozidos e tomarmos carnosina e ter imensas rugas e a pele flácida aos 45 se não tivermos cuidado com o nosso organismo nem com a nossa alimentação. Do mesmo modo, gémeos com o mesmo património genético e a mesma aparência à nascença podem aparentar uma idade radicalmente diferente quando envelhecem. Aos 45 anos, um pode aparentar ser 10 anos mais velho que o outro, por estas razões. Porque é que a carnosina não é conhecida? A carnosina foi descoberta em 1900, na Rússia. Trata-se de um dipéptido que contém dois aminoácidos a alanina e a histidina. Como a maioria das investigações sobre a carnosina foram realizadas na Rússia, os cientistas ocidentais apenas tiveram acesso a elas há pouco tempo. Vários estudos recentes demonstraram, contudo, o interesse da carnosina para combater o envelhecimento dos tecidos, o que leva a pensar que a medicina geral e o grande público poderiam virar-se em breve em massa para este nutriente. Na revista científica Biochemistry por exemplo, investigadores italianos expuseram em cultura tecidos do cristalino de ratos a uma solução de guanidina uma substância conhecida por formar as cataratas ou a uma solução de guanidina e L-carnosina. Os resultados mostraram que a solução de guanidina tornava os cristalinos completamente opacificados, ao passo que na solução de guanidina e carnosina os cristalinos ficavam 50 a 60% menos opacificados 1. Outros cientistas mostraram igualmente que a carnosina protege as proteínas celulares de duas formas diferentes. Primeiro, graças ao seu poder antioxidante, a carnosina impede a formação de açúcares oxidados ou radicais glicosilados, também denominados produtos de glicação avançados (AGE = Advanced Glycosylation Endproduct 2. Depois, a carnosina liga-se a grupos carbonilos potencialmente perigosos, que atacam proteínas integradas na membrana celular, ligam-se a elas e neutralizam-nas. Estes dois processos têm implicações importantes para os tratamentos anti-envelhecimento: a carnosina não só impede a formação de ligações cruzadas nocivas, como elimina também as já anteriormente criadas, restabelecendo assim um funcionamento normal da membrana 3. Estes avanços científicos indicam que a toma diária de suplementos em carnosina que actualmente apenas é praticada por uma minoria bem informada em breve se generalizará, quando os grandes meios de comunicação começarem a falar deles. Trata-se na verdade de um pilar central de qualquer estratégia eficaz de redução dos efeitos da idade, e sem qualquer risco de efeitos secundários (a carnosina é, lembramos, um simples alimento natural). Referências 1 Biochemistry, 2009, 48(27): HIPKISS A. R., Carnosine, a protective anti-aging peptide?, Int. Biochem. Cell. Biol., 1998, 30(8): HIPKISS A. R. et al., A possible new role for the antiaging peptide carnosine, Cell. Mol. Life Sci., 2000, 57(5):

9 Longevidade: um passo de gigante em frente Best of 2013 A maior frustração dos investigadores no campo do anti-envelhecimento é que sabem há centenas de anos como fazer ganhar aos seus pacientes anos, até mesmo dezenas de anos, de longevidade mas ninguém, ou quase ninguém, está disposto a seguir o método deles. Esse método consiste, de facto, em restringir o consumo de alimentos, ao ponto de ter sempre fome. Os cientistas chamam a isto restrição calórica. A restrição calórica faz ganhar anos de vida com boa saúde, mas claro poucas pessoas estão dispostas a sentir fome toda a vida para poderem viver mais tempo. Este problema acaba, no entanto, de ser resolvido de forma brilhante com o aparecimento de uma nova combinação de fitonutrientes que imita os efeitos que a restrição calórica tem no corpo, mesmo que não altere nada na sua dieta alimentar. Trata-se de uma revolução extraordinária, mas para que possa beneficiar dela devo explicar antes porque é que a restrição calórica é eficaz contra o envelhecimento: Comer menos pode prolongar a vida em 50% Luigi Cornaro, aristocrata italiano da Renascença, foi o primeiro a explicar esta espantosa descoberta na sua obra intitulada L Art de vivre longtemps. Até aos 37 anos, este aristocrata comia sem moderação e o seu estado de saúde não parava de se degradar. Decidiu então limitar a quantidade diária de calorias que ingeria. A sua saúde melhorou de imediato. Decidiu então continuar a comer pouco, a sua saúde continuou a melhorar e tornou-se centenário. Morreu com 103 anos. Um gerontólogo americano (especialista em envelhecimento), Clive McCay, confirmou em 1935 que, reduzindo a quantidade de alimentação dos ratos, conseguia aumentar a sua longevidade em 40% e reduzir fortemente o aparecimento das doenças associadas à idade. Em 1986, Richard Weindruch, professor na Universidade de Wisconsin-Madison, EUA, e especializado em envelhecimento, confirmou também ele o fenómeno, desta vez em ratinhos. Os estudos foram aprofundados em diversos animais, nomeadamente em aranhas ou peixes. A Dra. Pierette Gaudreau, professora de bioquímica da Universidade de Montreal observou uma duração de vida 50% maior em ratos submetidos a restrição calórica, comparativamente aos que eram alimentados à vontade. Por outro lado, a saúde destes ratos era também muito melhor, tendo as patologias associadas ao envelhecimento surgido muito mais tarde. Menos cancros e menos doenças nos primatas que comem pouco Em 2009, Richard Weindruch, publicou os resultados de uma nova experiência realizada com primatas. Revelou que 37% dos macacos que comiam a quantidade que lhes apetecia sucumbiam de uma patologia associada ao envelhecimento, ao passo que este número não ultrapassava os 13% no grupo em que a dieta alimentar era restrita em termos de calorias. Demonstrou igualmente que os primatas não só perdiam peso (evidentemente) como estavam também em melhor forma física e sofriam duas vezes menos de cancros associados à idade e de doenças cardiovasculares. Do mesmo modo, apenas 13% dos primatas que seguiam a dieta com poucas calorias desenvolveram diabetes, enquanto no outro grupo 29% apresentavam sinais precoces da doença. Ninguém tem vontade de passar fome! O problema é que todos os investigadores se confrontaram com a mesma dificuldade: todos estão convencidos que se obteriam os mesmos efeitos de prolongamento do tempo de vida no ser humano. Verificámos até existir um grande número de centenários entre os japoneses da ilha de Okinawa, bem conhecidos por consumirem alimentos pouco calóricos (legumes, peixe e marisco). Mas os investigadores foram forçados a reconhecer que tal dieta, demasiado penosa de seguir, não poderia ser imposta aos seres humanos. Felizmente, este problema está actualmente resolvido: os investigadores descobriram nutrientes que têm exactamente o mesmo efeito e portanto os mesmos benefícios no organismo que a restrição calórica. Poderiam, portanto, permitir ganhar anos de vida com boa saúde. Isto pode parecer incrível, mas no entanto é simples: Nutrientes naturais que produzem os mesmos efeitos Se a restrição calórica tem efeitos tão positivos para a saúde e a longevidade, é porque quando temos fome temos determinados genes que se activam e outros que se desactivam. Estas alterações na actividade dos nossos genes provocam diversas reacções benéficas no nosso organismo, que explicam que envelheçamos mais lentamente, e que as doenças associadas à idade surjam mais tarde. 9

10 Estas reacções são cinco: 1. redução do nível de inflamação no organismo (sabemos que a inflamação propicia entre outras, a artrose, a diabetes, o cancro e as doenças cardíacas); 2. melhoria do metabolismo das gorduras e dos glúcidos; queimamos melhor os nutrientes, produzimos menos resíduos e menos gorduras nocivas; 3. diminuição da glicémia (nível de açúcar no sangue): excelente contra a diabetes e o cancro; 4. melhoria da circulação sanguínea por suporte da função endotelial (o endotélio é a camada de células que reveste o interior dos vasos sanguíneos); 5. interrupção do desenvolvimento e da proliferação das células cancerosas. Multiplicar o efeito do resveratrol com outros nutrientes Mas os investigadores não quiseram ficar por aqui. Tiveram a ideia de juntar ao resveratrol um composto pertencente à mesma família, o pterostilbeno. Com efeito, as investigações mostraram que estes dois produtos actuam em sinergia nos genes da longevidade, reforçando ainda mais os seus efeitos benéficos anti-envelhecimento. A biodisponibilidade do pterostilbeno é todavia muito mais elevada do que a do resveratrol. Possui propriedades anti-inflamatórias, antineoplásicas e antioxidantes. Exerce as suas actividades por interacções biológicas a um nível fundamental para controlar a expressão de genes e modular a acção de enzimas. Regula de forma benéfica os genes envolvidos no desenvolvimento do cancro, da aterosclerose, da diabetes e da inflamação. ainda as potentes virtudes das oligoproantocianidinas (OPC), que encontramos na casca de pinheiro. Estas OPC têm actividades antioxidantes e anti-inflamatórias. Têm inúmeros efeitos benéficos, nomeadamente na função endotelial, na glicémia e na inflamação. Finalmente, para perfazer a eficácia desta fórmula superpotente, e ter em conta investigações mais recentes, juntou-se à fórmula fisetina, Extraída do Buxus sinica. Esta substância rara e preciosa envia um sinal de activação às células portadoras do gene anti-envelhecimento, garantindo a protecção do ADN e dos neurónios, em particular aquando de períodos de stress oxidativo. A fisetina teria, por outro lado, uma acção estabilizadora do resveratrol, evitando a sua destruição. Uma acção duradoura no tempo graças à polidatina 10 Ora, agora já não precisa de limitar drasticamente a sua alimentação para obter estes resultados. Na verdade, existem fitonutrientes (nutrientes extraídos de plantas) que têm exactamente estes mesmos efeitos. Imitam os efeitos da restrição calórica e actuam em sinergia para combater o envelhecimento. Em particular, interferem de forma significativa com os genes da longevidade, que influenciam o processo de envelhecimento. Nutrientes eficazes, mas pouco divulgados Trata-se de nutrientes ultra-específicos que raramente irá encontrar na sua alimentação, mesmo que tenha uma dieta equilibrada, que respeite a regra dos cinco frutos e legumes por dia. É por esta razão que os investigadores no campo da nutrição criaram um complemento alimentar que contém todos estes nutrientes: trata-se de Resveratrol Synergy. Como o seu nome indica, este produto contém primeiro que tudo uma verdadeira bomba natural anti-envelhecimento o resveratrol. As investigações realizadas com animais mostraram que o resveratrol imita inúmeras alterações benéficas de expressão de genes da restrição calórica. Outros trabalhos evidenciaram inúmeras propriedades do resveratrol, incluindo a sua capacidade de propiciar a sensibilidade à insulina, estimular o funcionamento das mitocôndrias (as centrais energéticas contidas nas suas células), reduzir a expressão dos factores da inflamação e proteger dos efeitos nocivos de uma alimentação demasiado rica em gordura. Por si só, o resveratrol exerce já praticamente toda a gama de efeitos anti-envelhecimento que obteria restringindo seriamente o seu consumo de comida. A combinação deste dois produtos permite portanto um efeito anti-envelhecimento espectacular. Contudo, os investigadores decidiram ainda dar um passo mais, juntado quercetina, um produto que imita também determinados efeitos da restrição calórica. Trata-se de um potente antioxidante com um forte poder antiinflamatório, que se exerce principalmente pela inibição da NF-kB, uma proteína que desempenha um papel fundamental no controlo da expressão dos genes que codificam as citocinas pró-inflamatórias. A quercetina evidenciou igualmente efeitos protectores contra as doenças cardiovasculares, a síndroma metabólica ou o cancro. A vitamina C reforça a sua biodisponibilidade e a sua acção. Mas, para tornar o Resveratrol Sinérgico um produto anti-envelhecimento verdadeiramente revolucionário, os investigadores juntaram-lhe A única limitação de Resveratrol Synergy reside no facto de a sua acção, muito intensa, ser também muito rápida e, por conseguinte, limitada no tempo. Os investigadores resolveram, no entanto, este problema juntando polidatina à fórmula. A polidatina é um glicósido de resveratrol. Por outras palavras, é uma molécula de resveratrol ligada a uma molécula de açúcar. Quando a polidatina entra na circulação sanguínea, a molécula de resveratrol separa-se da de açúcar. Assim, o glicósido do resveratrol é absorvido a um ritmo diferente do transresveratrol clássico, melhorando eficazmente a biodisponibilidade, a semi vida e o poder do resveratrol. A existência, actualmente, de um produto como Resveratrol Synergy corresponde, portanto, a um passo de gigante na melhoria da longevidade através da nutrição natural.

11 Best of 2013 O complemento que os médicos tomam (em segredo) Segundo um estudo realizado nos Estados Unidos, 81% dos profissionais de saúde tomam um complemento de multivitaminas e minerais 1. Contudo, têm tendência a esquecer-se de falar aos seus pacientes destes bons conselhos, que aplicam a si mesmos. A maioria da população dos Estados Unidos não toma actualmente qualquer complemento alimentar para a saúde. Continua vítima da propaganda dos grandes meios de comunicação que visam fazer crer que basta fazer uma dieta equilibrada para que não falte nada na alimentação. Contudo, têm tendência a esquecer-se de falar aos seus pacientes destes bons conselhos, que aplicam a si mesmos. A maioria da população dos Estados Unidos não toma actualmente qualquer complemento alimentar para a saúde. Continua vítima da propaganda dos grandes meios de comunicação que visam fazer crer que basta fazer uma dieta equilibrada para que não falte nada na alimentação. Quanto às populações europeias, continuam ainda na sua grande maioria na Idade Média da nutrição, sendo as pessoas que tomam multivitaminas vistas como seres estranhos, desde brandos ecologistas a inquietantes indivíduos de tendência sectária, que devem ser vigiados de perto pela polícia da Saúde. Sabemos, no entanto, que a moda da vida moderna, o stress, a poluição, a idade (que reduz a absorção dos nutrientes) fazem com que até a alimentação mais saudável e mais variada não garanta um aporte ideal de todas as vitaminas, minerais, aminoácidos e ácidos gordos essenciais. Por outro lado, consumimos muitos alimentos e compostos inibitórios como o café, o chá, as bebidas gaseificadas, a soja não fermentada e o álcool que reduzem a absorção de determinados nutrientes. As primeiras vítimas desta hecatombe são o ferro, o zinco, o cálcio e o ácido fólico. Além disso, o fumo do tabaco pode também destruir as vitaminas. Finalmente, inúmeros medicamentos provocam perdas em nutrientes ou uma diminuição da sua absorção. Contudo, é raríssimo um médico prescrever em simultâneo com um determinado medicamento a toma de multivitaminas para compensar os seus efeitos. Mas isto não é razão para não fazer nada e nos esquecermos de ter cuidado com a nossa própria saúde. Inúmeros estudos demonstraram o interesse crucial de tomar multivitaminas diariamente. Em primeiro lugar claro porque ajudam a prevenir inúmeras doenças graves (mais sobre este assunto adiante), mas sobretudo porque, muito simplesmente, a toma de suplementos reduz a percepção subjectiva do stress, da fadiga e da ansiedade até cerca de 30%, segundo um estudo muito sério realizado por investigadores da universidade de Swansea, Inglaterra 2. Tomar multivitaminas melhora, por conseguinte, a moral e a qualidade de vida, além de ter efeitos benéficos contra as doenças. Efeitos benéficos importantes para a saúde Não se compreende a renitência dos profissionais de saúde em falar aos seus pacientes da importância das vitaminas, tanto mais que há mais de dez anos que existem bases científicas que comprovam que as vitaminas são indispensáveis para a saúde. Na verdade, foi publicada em 2002 uma síntese de todos os estudos realizados sobre multivitaminas, síntese essa onde se concluía que, como medida preventiva, todos os adultos deveriam tomar diariamente uma multivitamina por forma a prevenir doenças tais como o cancro, as doenças cardiovasculares e a osteoporose 3, 4. Esta é igualmente a posição do mais eminente especialista mundial em nutrição, o Dr. Walter Willett, director do Departamento de nutrição da escola de saúde pública da Universidade de Harvard. O Dr. Willet vai mesmo ainda mais longe, pois considera que para ser completa e optimizar a saúde a famosa pirâmide dos alimentos deve incluir a toma diária de multivitaminas 5. Primeiro os idosos, as grávidas e as crianças Claro, isto tem mais interesse para algumas pessoas do que para outras. São os idosos que têm mais necessidade de tomar multivitaminas devido, nomeadamente, a uma dieta inadequada: falta de apetite, dificuldades em mastigar, solidão, etc. e de uma má absorção dos nutrientes 6. 11

12 12 Seguem-se as grávidas. Os ginecologistas prescrevem geralmente a toma de ácido fólico (vitamina B9), eficaz para reduzir a frequência de malformações do tubo neural. Mas o consumo de multivitaminas pré-natais (regra geral contêm todas pelo menos 400 μg de ácido fólico) poderia igualmente prevenir outras malformações do feto. Por outro lado, os autores de uma meta-análise de sete estudos epidemiológicos concluíram em 2007 que a toma de multivitaminas durante a gravidez está associada a um menor risco de tumores no cérebro, de tumores do sistema nervoso simpático (neuroblastoma) e de leucemia nas crianças 8. Segundo um estudo epidemiológico realizado com 2423 crianças americanas 9, a toma de multivitaminas durante os primeiros anos de vida poderia reduzir o risco de virem a sofrer de alergias na idade escolar e melhorar o Quociente de Inteligência (QI). Vários estudos confirmam o interesse das multivitaminas contra as doenças graves As autoridades médicas dos países ocidentais estabelecem valores diários recomendados (VDR) que servem de guia em matéria de nutrição e de saúde. A forma como as taxas são determinadas é, contudo, contestável, dado que definem em geral o nível a partir do qual surgem as doenças evidentes ligadas a carências, como, por exemplo, o escorbuto para a vitamina C, a anemia para o ferro ou o raquitismo para a vitamina D. Na realidade, a toma de multivitaminas não serve para evitar as doenças associadas às carências, mas sim para optimizar o estado de saúde, nomeadamente minimizando os riscos de doenças graves. Sabe-se, por exemplo, graças ao grande estudo francês SUVIMAX, realizado em dupla ocultação e controlado por placebo durante mais de 7 anos, e que envolveu sujeitos com idades compreendidas entre os 35 e os 60 anos, que a toma de multivitaminas em doses nutricionais (ANR) poderia reduzir a incidência de cancro nos homens 10. E no entanto, o SUVIMAX limitou-se a estudar a toma de doses muito fracas de apenas algumas vitaminas, muito diferentes das dosagens ideais! cerca de mulheres com 49 anos e mais, seguidas durante uma dezena de anos 11. Durante um ensaio clínico realizado na China, 2141 pessoas com idades compreendidas entre 45 e 74 anos tomaram diariamente durante 5 anos um placebo ou duas cápsulas de multivitaminas e 15 mg de betacaroteno. Nas pessoas com idade entre 65 e 74 anos, verificaram-se menos cataratas no grupo que tomou o suplemento do que no que tomou o placebo 12. Não há portanto dúvida de que as multivitaminas deveriam ser actualmente uma figura central do arsenal médico para prevenir as doenças graves tanto nas crianças como nos adultos e nos idosos. O silêncio das autoridades de saúde a propósito deste assunto é, por conseguinte, extremamente inquietante quanto à sua objectividade e independência face às grandes empresas farmacêuticas, que têm, elas sim, interesse em que o máximo de pessoas possível esqueça este dispositivo essencial na prevenção das doenças. Que multivitaminas escolher? O sítio lanutrition.fr publicou em Outubro de 2012 o resultado de uma comparação dos 35 complementos alimentares mais vendidos ou mais apreciados no mercado, que associam vitaminas e minerais, submetidos a um painel de cinco peritos independentes 12. A segunda e terceira posições são ocupadas pelos produtos NuVitamin e NuPower, da Nutriting. O produto que obteve a medalha de ouro foi o Daily 3 da Supersmart. Este primeiro lugar não trouxe qualquer surpresa, dado que Daily 3 é um produto único, quer pela qualidade dos seus ingredientes, a sua riqueza nutricional ou a sua relação qualidadepreço. Contém na verdade nada menos que 39 nutrientes, de entre eles as vitaminas A, B, C, D, E e K nas doses fisiológicas ideais segundo a literatura médica mais recente; mas é também preciso notar que a forma avançada da vitamina B9 (ácido fólico), a mistura de tocoferóis, a presença dos tocotrienóis (uma forma da vitamina E importante, mas cujo preço elevado faz com que seja regra geral discretamente posta de lado pelos fabricantes ), o bom nível de aporte de vitamina C, e sobretudo, o nível extraordinário de vitamina D3 (1000 UI por dose de 3 cápsulas) não se encontram em nenhum outro suplemento. Mas o interesse do Daily 3 não fica por aqui, longe disso Primeiro, notemos a presença de vários ingredientes patenteados (OptiBerry para os olhos, Bioperine para melhorar a assimilação dos outros nutrientes), resveratrol (o super antioxidante), luteína e zeaxantina Tomar um suplemento de multivitaminas poderia, a longo prazo traduzir-se numa redução de 40% do risco de sofrer um enfarte do miocárdio (crise cardíaca). É isso que indicam os resultados de um estudo sueco realizado com

13 Best of 2013 (eficazes contra a degenerescência macular associada à idade e as cataratas). Mas Daily 3 contém além disso extracto de chá verde, extracto de romã, extracto de folha de oliveira, biotina, molibdénio, boro e selénio, entre outros, o que o torna desde logo o Rolls-Royce das multivitaminas, mas sobretudo, sobretudo O anjo sobre o capot do Rolls-Royce Se Daily 3 é verdadeiramente o Rolls-Royce das multivitaminas, o anjo sobre o capot, ou seja o toque suplementar que marca de forma definitiva a diferença relativamente aos outros, é a PQQ (pirroloquinolina quinona) que entra na sua composição. A PQQ é o primeiro suplemento nutricional antienvelhecimento que gera novas mitocôndrias, garantindo assim a longevidade de todas as células. É, portanto, deveras excepcional encontrá-la num complemento de multivitaminas, por mais sofisticado que seja. Lembramos que as mitocôndrias são as centrais energéticas das células, que lhes permitem funcionar com o rendimento máximo. Presentes em grandes quantidades nos indivíduos jovens, vão desaparecendo pouco a pouco com o avançar da idade e as que restam são menos eficazes e produzem mais resíduos. Desta disfunção resulta um défice energético significativo, que está implicado na maioria das doenças degenerativas associadas ao envelhecimento: problemas físicos e cognitivos, degradação celular acelerada, problemas cardiovasculares Vários compostos presentes em Daily 3, como o resveratrol, permitem melhorar o funcionamento das mitocôndrias existentes. Mas a PQQ activa os genes que governam a reprodução, a protecção e a reparação das mitocôndrias, o que constitui um avanço excepcional. A PQQ é uma potente arma antioxidante, muito superior aos antioxidantes clássicos, para proteger o ADN mitocondrial. Ao transferir uma grande quantidade de electrões, neutraliza os principais radicais livres que impedem o bom funcionamento das mitocôndrias, sem sofrer qualquer degradação molecular. A PQQ tem, por conseguinte, uma eficácia ideal na luta contra as doenças degenerativas associadas à idade e às reduções de energia dos dois órgãos mais importantes do corpo: o cérebro e o coração. Mas os seus efeitos benéficos não ficam por aqui: a PQQ protege de forma notável as células do cérebro contra os danos oxidativos e a neurotoxicidade induzida pelas toxinas, incluindo o mercúrio. Melhora os desempenhos nos testes de memória e interage de forma positiva com os sistemas de neurotransmissores do cérebro. Segundo alguns estudos, impede o desenvolvimento de uma proteína associada à doença de Parkinson e protege igualmente as células nervosas contra os danos oxidativos da proteína beta-amilóide associada à doença de Alzheimer. Um estudo recente, realizado em dupla ocultação e controlado por placebo, demonstrou que uma dose diária de 10 a 20 mg de PQQ melhora muito a memória a curto prazo, bem como a capacidade de concentração em jovens adultos, quando comparados com os do grupo de controlo, que apenas tomaram a dose de placebo. Daily 3 : paz de espírito garantida Muitas multivitaminas vendidas no mercado contêm ferro e/ou cobre, apesar destes terem um efeito pró-oxidante notável e serem nefastos para quem não tem carências destes minerais. Daily 3 não tem este inconveniente, pois não contém ferro nem cobre. Trata-se, portanto, de uma multivitamina que apenas lhe traz benefícios. É um produto recomendado para adultos: tomar 3 cápsulas por dia, uma a cada refeição. 13 Esta fórmula muito completa de multinutrientes antioxidantes é particularmente performante e deve constituir a pedra angular de qualquer programa de suplementos. Referências 1 GARDINER P., WOODS C., KEMPER K. J. Dietary supplement use among health care professionals enrolled in an online curriculum on herbs and dietary supplements, BMC Complementary and Alternative Medicine, 12 June PDF file available at 2 SARA-JAYNE LONG, DAVID BENTON. Effects of Vitamin and Mineral Supplementation on Stress, Mild Psychiatric Symptoms, and Mood in Nonclinical Samples: A Meta- Analysis. Psychosom. Med. PSY.0b013e31827d5fbd; published ahead of print Jan. 29, 2013, doi: / PSY.0b013e31827d5fbd 3 FLETCHER R. H., FAIRFIELD K. M. Vitamins for chronic disease prevention in adults: clinical applications. JAMA Jun. 19;287(23): FAIRFIELD K. M., FLETCHER R. H. Vitamins for chronic disease prevention in adults: Scientific Review. JAMA Jun. 19;287(23): WILLETT W. C., STAMPFER M. J. Clinical practice. What vitamins should I be taking, doctor? N. Engl. J. Med Dec. 20; 345(25): JOHNSON K. A., BERNARD M. A., FUNDERBURG K. Vitamin nutrition in older adults. Clin. Geriatr. Med Nov.;18(4): Review. 7 Prenatal multivitamin supplementation and rates of congenital anomalies: a meta-analysis. GOH Y. I., BOLLANO E., et al. J. Obstet. Gynaecol. Can Aug.; 28(8): Review. 8 Prenatal multivitamin supplementation and rates of pediatric cancers: a meta-analysis. GOH Y. I., BOLLANO E., et al. Clin. Pharmacol. Ther May;81(5): Review. 9 Use of multivitamin supplements in relation to allergic disease in 8-y-old children. MARMSJÖ K., ROSENLUND H., et al. Am. J. Clin. Nutr Oct HERCBERG S., GALAN P., et al. The SU.VI.MAX Study: a randomized, placebo-controlled trial of the health effects of antioxidant vitamins and minerals. Arch. Intern. Med Nov 22;164(21): RAUTIAINEN S., AKESSON A., et al. Multivitamin use and the risk of myocardial infarction: a population-based cohort of Swedish women. Am. J. Clin. Nutr Sep The Linxian cataract studies: two nutrition intervention trials. SPERDUTO R. D., HU T. S., et al. Arch. Ophthalmol. 1993;111:

14 Uma bomba nos seus intestinos Um tubo digestivo mal cuidado, povoado de bactérias e de fungos oportunistas e patogénicos (em particular Candida albicans) e poluído por alimentos mal digeridos arrisca-se a ficar obstruído por matérias fecais nauseabundas e tóxicas. 14 Este fenómeno é um factor de desequilíbrio e de problemas de várias gravidades. Em particular, pode sofrer de obstipações rebeldes, inchaços, diarreias, inflamações diversas, eczema, humor instável ou doenças mais graves, como uma colopatia funcional, uma diarreia hemorrágica ou um cancro do cólon. Durante a autópsia não é raro verificar que o cólon da pessoa falecida se encontra obstruído por excrementos. É o que está na origem do adágio: a morte começa no cólon. Um intestino sujo constitui um risco de imunidade deficiente pois a flora intestinal serve normalmente de barreira de protecção contra as invasões exteriores. Fica assim mais vulnerável a doenças infecciosas e inflamatórias relacionadas com a esfera digestiva, respiratória, urogenital, etc. Além disso, um cólon doente é também um factor desencadeador de problemas emocionais: pouca gente, incluindo médicos, sabe que são as células do intestino que produzem 80% da serotonina que existe no nosso corpo (a serotonina é a hormona do bom humor). De uma certa forma, o seu intestino é o seu segundo cérebro. Deve, por isso, tomar muito bem conta dele. Cuidar do seu tubo digestivo Na Internet encontra inúmeras ofertas mais ou menos honestas de produtos que visam limpar seu tubo digestivo. Mas o seu intestino não é uma chaminé que se limpe, nem uma canalização que se desentupa com DeStop. Na verdade é mais subtil, mas também muito mais simples. Normalmente não deveria ter de fazer nada. A mãe natureza previu tudo: um exército de milhares de milhões de microrganismos que povoam o seu cólon (a última parte do intestino, imediatamente antes do recto) e que noite e dia o protegem, o limpam e impedem que as bactérias e leveduras nocivas se desenvolvam e ocupam o seu lugar. Estes micróbios são imensamente numerosos, ou seja, cem vezes mais numerosos que as células do seu corpo milhares de milhões (com 14 zeros!). Este exército imenso denomina-se flora intestinal ou microbiota. O termo flora pode surpreender para tal local, mas é uma referência ao grande número de espécies de bactérias e de leveduras (pelo menos 200 espécies) que ali coabitam, como num jardim botânico. Este aglomerado é tão pessoal como as nossas impressões digitais. Cabe-lhe a si cuidar deste jardim, tornar a semeálo regularmente, eliminar as ervas daninhas, adubá-lo ou então deixá-lo ao abandono. No segundo caso, o bonito jardim de estilo inglês pode transformar-se rapidamente numa lixeira hedionda e nauseabunda que se tornará o refúgio de espécies nocivas, desencadeadoras de doenças. Os maus odores não são normais A principal função do seu cólon é fermentar os alimentos não totalmente digeridos para deles extrair os últimos nutrientes e transferi-los

15 Best of 2013 para o sangue. Quando o seu cólon é saudável e funciona bem, apenas deixa resíduos inutilizáveis, que são evacuados regularmente e não têm mau odor. Por outro lado, na presença de bactérias e de leveduras nocivas, o trânsito intestinal é perturbado, originando obstipação ou diarreia e os resíduos alimentares tornam-se malcheirosos. Além disso, quando se instala uma má digestão, que por si só já é desagradável, ela impede que o seu corpo extraia da forma ideal os nutrientes da sua alimentação. Se não fizer nada podem instalar-se défices nutricionais ou mesmo carências. Esta flora nociva produz também gás carbónico, metano e hidrogénio em abundância. De tal modo que, quando deixa a situação instalar-se, estes germes vão proliferar até provocar bolsas de gás ao longo de todo o cólon, até ter a impressão que ele vai explodir. As flatulências e inchaços não têm graça nenhuma. Indicam que a sua alimentação é mal digerida e que o seu cólon precisa de ajuda. Este circulo vicioso é desencadeado pela falta de bactérias boas, que propiciam a digestão. predisposições para doenças estão ligadas a uma microflora particular transmitida pelas mães aos filhos aquando do parto. É em particular este o caso das linhagens familiares de asmáticos e de eczematosos. Se, durante os últimos meses de gravidez, a mãe regenerar a sua microflora (iremos ver como adiante), o seu filho não será portador de uma microflora passível de induzir eczema ou/e asma. Esta medida simples permite portanto preservar o recém-nascido de uma deficiência que corre o risco de tolher toda a sua vida com a perspectiva de a terminar a sofrer de uma bronquite crónica, com assistência respiratória particularmente invalidante. Mas outro caso muito problemático é o das crianças nascidas de cesariana. Como é retirado directamente da placenta (estéril), o bebé nascido de cesariana não tem qualquer contacto com a flora da mãe. Por isso, recebe a microflora do ambiente, neste caso do ambiente hospitalar, muitas vezes repleto de bactérias resistentes aos antibióticos, em especial o notoriamente célebre estafilococo áureo (Staphylococcus aureus). Esta flora intestinal de origem hospitalar pode ter consequências dolorosas para toda a vida, se não for corrigida a tempo. Portanto, para as mamãs que são forçadas a dar à luz por cesariana, é muito importante que povoem o tubo digestivo dos seus bebés, desde o nascimento, com bactérias boas. Contudo, mesmo uma boa flora intestinal ao nascer pode tornar-se desequilibrada: De que forma o equilíbrio da sua microflora corre o risco de se alterar Após o nascimento, o equilíbrio da microflora intestinal está em constante evolução. Trata-se de um equilíbrio dinâmico que pode ser alterado por vários factores endógenos e exógenos: factores endógenos ou causas inerentes ao seu corpo: pode acontecer que tenha uma imunodeficiência ou uma doença metabólica discreta, que origina uma modificação da sua flora intestinal. Em caso de ferimento ou ope- A sua flora intestinal é determinada desde o seu nascimento A composição da sua flora intestinal depende antes de mais da forma como se dá o seu nascimento. 15 Quando estava dentro de ventre da sua mãe, o seu tubo digestivo era estéril. Não havia qualquer micróbio no seu interior. Só na altura em que nasceu é que as bactérias e leveduras aí se instalaram: 72 horas após ter nascido, o seu tubo digestivo continha já 1000 milhares de milhões de bactérias e leveduras! Mas de onde vêm estas bactérias e leveduras? Também neste caso pouca gente o sabe, mas vêm no caso dos bebés nascidos de parto natural da flora vaginal da mãe. Ora, esta flora vaginal depende muito da flora intestinal; por conseguinte, uma mulher que tenha uma boa flora intestinal nas últimas semanas da gravidez transmitirá ao seu filho boas espécies microbianas para povoar o seu intestino. Se, pelo contrário, o intestino da mãe estiver contaminado por espécies oportunistas e patogénicas, o seu bebé também as herdará, lamentavelmente. Desta forma, constatamos que determinadas

16 16 ração cirúrgica, inflamação, obstipação crónica ou tumores no intestino, a sua microflora pode também ser gravemente perturbada, o que agravará os sintomas da sua doença e atrasará a sua convalescença; factores exógenos ou causas exteriores ao seu corpo: alimentação desequilibrada, contaminação por metais pesados, pesticidas utilizados na agricultura e aditivos alimentares antimicrobianos, infecção por germes patogénicos, stress intenso, tratamento com antibióticos, vacinação, podem contribuir para inibir as suas bactérias boas, deixando o caminho livre para os germes oportunistas e patogénicos (responsáveis pelas doenças) se multiplicarem. A gravidade das consequências varia: desde simples perturbações da digestão até à ruptura completa das barreiras de defesa do organismo. Neste caso, corre o risco de proliferação de germes até à septicémia (infecção generalizada) e, consequentemente, morte. Isto mostra que uma flora intestinal equilibrada desempenha um papel fundamental para a sua saúde e a sua resistência às doenças. Tudo deve ser feito para manter esta flora em bom estado microbiológico. Como restabelecer o equilíbrio Para restabelecer o equilíbrio, deverá eliminar da sua alimentação os alimentos aos quais é intolerante: muitas vezes será necessário consultar um nutricionista para fazer o diagnóstico; contudo, as intolerâncias alimentares mais comuns estão relacionadas com os cereais refinados, em particular o trigo rico em glúten, e os produtos lácteos. É preciso suprimi-los durante três a quatro semanas para observar o resultado. Simultaneamente, é indispensável cuidar da sua higiene de vida fazendo mais exercício físico moderado (pelo contrário, esforços físicos violentos agravam a inflamação), respirando melhor (coerência cardíaca), demorando o tempo adequado a preparar a sua comida e a mastigar bem. Para restabelecer a qualidade da mucosa intestinal, deve privilegiar alimentos anti-inflamatórios (nozes e peixes ricos em omega 3, legumes cozidos, saladas, especiarias suaves) e tisanas (ácoro, urtiga, milefólio). Por fim, será necessário, na maioria dos casos, voltar a semear a sua flora intestinal com probióticos bons. As tácticas dos vendedores de comprimidos Mas o que é um probiótico bom? Encontra centenas de produtos à venda no mercado que dizem conter probióticos. Mas para evitar enganos, deve saber o seguinte: Anualmente, em Maio, tem lugar em Genebra o grande salão Vitafoods dos complementos nutricionais. Há uma quinzena de anos, o salão contava apenas com algumas dezenas de expositores; actualmente, são várias centenas, oriundos de todos os continentes e que propõem todos os tipos de ingredientes naturais extraídos de organismos vegetais e animais. A cada edição, este salão destinado aos profissionais de complementos alimentares propõe novos ingredientes, sempre mais eficazes e mais sofisticados. A maioria dos ingredientes novos vêm acompanhados de ensaios clínicos que demonstram a sua eficácia na saúde. Verificam-se também enormes avanços na qualidade dos ingredientes. Mas o mais surpreendente é que os preços destes ingredientes variam muito para o mesmo produto, consoante a sua origem, a sua pureza e os estudos científicos de que foram objecto. Imagine, por exemplo, que o seu médico lhe recomenda tomar cálcio. Entre os produtos farmacêuticos e os complementos alimentares, irá encontrar diferentes formas de cálcio, mas a preços muito diferentes, consoante se trate de fosfato de cálcio, cloreto de cálcio, sulfato, carbonato ou ainda citrato, glicerofosfato, gluconato ou pidolato de cálcio! (Diga-se de passagem que as 3 últimas formas são as melhores para a saúde). Esta confusão é um verdadeiro problema pois nem você nem o seu médico o podem saber sem analisarem cuidadosamente a literatura científica, mas estes diferentes ingredientes não têm as mesmas propriedades. Não interagem da mesma forma com os restantes nutrientes

17 Best of 2013 que irá consumir. O seu corpo não os assimila todos com a mesma eficácia (aquilo a que chamamos biodisponibilidade). Ora, na caixa, o fabricante nem sempre indica a forma exacta do ingrediente que o seu produto contém. Pode simplesmente indicar cálcio, e a quantidade de gramas por porção. Algumas fórmulas são baratas, outras relativamente caras; um fabricante pouco escrupuloso não hesitará em lhe vender a fórmula mais barata, fazendo-o crer que ela tem os mesmos efeitos que as outras, o que é falso. O risco, do lado do paciente, é de acabar por concluir que estes complementos alimentares não resultam e, despeitado, voltar à farmácia química. O risco das cápsulas e comprimidos de probióticos Com os probióticos constituídos por microrganismos vivos o risco é multiplicado por cem. Um estudo de 2010 demonstrou que a maioria dos probióticos vendidos no mercado não contêm suficientes bactérias vivas para terem qualquer efeito. Mas qual é o espanto? Muitos probióticos são actualmente vendidos na forma de comprimidos. Ora, nos comprimidos, há extremamente poucas bactérias vivas, pois a pressão que é necessária para formar o comprimido faz com que a temperatura suba acima dos 50 C, matando uma grande parte dessas bactérias. Por conseguinte, é praticamente impossível existirem comprimidos de probióticos eficazes. Alguns fabricantes pretendem ter ganho a parada, vendendo comprimidos de probióticos que foram previamente sujeitos a protecção por micro-encapsulamento. O problema é que este tratamento aumenta de forma desmesurada o volume que os probióticos ocupam. Para consumir a quantidade necessária (no mínimo 1 milhar de milhão), seria preciso engolir 100 comprimidos por dia. Que pensar dos probióticos em meio líquido? Num meio líquido fermentado (por exemplo à base de leite de origem animal ou vegetal), as bactérias probióticas não se conseguem conservar muito tempo. As diferentes estirpes existentes transformam os açúcares e as proteínas do meio, em ácidos orgânicos e em água oxigenada, que as bactérias não suportarão durante muito tempo. Por outro lado, não é possível manter uma mistura de estirpes probióticas em equilíbrio num meio líquido, pois cada uma delas evolui de forma diferente durante a fermentação e conservação. Tomemos como exemplo o iogurte clássico, que apenas contém duas estirpes bacterianas (Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermophilus). Não só estas estirpes têm um efeito probiótico muito fraco, como após a sua conservação desde o local de fabrico até à sua mesa (várias semanas) a sobrevivências das bactérias e o equilíbrio entre estirpes são fortemente alterados, o que não permite regenerar a flora intestinal, mas apenas manter condições de ph benéficas para o intestino. Como não desperdiçar dinheiro com probióticos Centenas de euros são desperdiçados anualmente por pessoas que tomam probióticos, mas os engolem na altura errada, reduzindo a sua eficácia praticamente a zero. Os probióticos são amplamente destruídos pela acidez de um estômago fermentado, ou seja, no momento em que este produz muito suco gástrico (rico em ácido clorídrico) para digerir os alimentos. É, portanto muito importante tomar os probióticos com o estômago vazio, ou seja, pela manhã logo após se levantar. O ph do seu estômago é nessa altura praticamente neutro. Mas mais importante ainda nessa altura a porta que fecha o seu estômago (o piloro) e que impede que os alimentos passem para o intestino antes de estarem digeridos, está aberta. A toma de probióticos em forma de cápsulas confere-lhes protecção no estômago. Os probióticos serão libertados quando o conteúdo da cápsula passar para o intestino, onde poderão exercer a sua acção benéfica. Constatará que na Índia se consome uma forma invulgar de leite fermentado chamada lassi, muito rica em probióticos. Este leite fermentado bebe-se antes das refeições. Agora já sabe porquê. 17

18 É também fundamental que os seus probióticos contenham uma população bacteriana elevada: 1 milhar de milhão de bactérias é o mínimo abaixo do qual o efeito é praticamente nulo; 8 milhares de milhão é preferível, garantindo uma eficácia elevada nos casos em que a sua flora intestinal está profundamente desequilibrada. Convém relembrar que, ao longo do seu trajecto no sistema digestivo, as bactérias vão sofrer inibições (ph gástrico, secreção biliar) que vão destruir as mais fracas. Que estirpes de probióticos escolher? É importante tomar probióticos que englobem várias estirpes diferentes, complementares e que actuem em sinergia, cujos efeitos estejam documentados pela literatura científica. 18 Cinco estirpes de probióticos em particular conseguem desenvolver-se no cólon, mais propriamente no muco que reveste a mucosa, para conferir uma protecção máxima e o restabelecimento rápido da imunidade: Bifidobacterium lactis, Lactobacillus acidophilus, Lactobacillus paracasei, Lactobacillus plantarum, e Lactococcus Lactis, com aptidão para produzir maioritariamente ácido L(+) láctico, muito bem metabolizado. Estas estirpes probióticas produzem também outras substâncias inibitórias da microflora contaminadora. Encontra-as nas cápsulas Probio Forte. Duas cápsulas contêm 8 mil milhões de bactérias, ou seja a dose que permite uma eficácia máxima. A querela do Bifidus Certas pessoas desconfiam actualmente dos probióticos devido a uma campanha contra os fabricantes de iogurtes com bifidus. Na verdade, alguns investigadores aperceberam-se que a flora intestinal dos indivíduos obesos contém uma quantidade anormalmente elevada da bifidobactérias (bifidus activo). Desde então que circulam mensagens na internet a explicar que os probióticos são utilizados nas explorações pecuárias industriais para engordar os porcos e que o seu consumo teria as mesmas consequências no ser humano. Mas, como em todas as polémicas, há factos que são verdadeiros e outros falsos. De facto, as bactérias tipo bifidus são importantes e benéficas nas alimentação das crianças de tenra idade. Existem estudos que mostram que as populações de crianças alérgicas apresentam uma flora intestinal menos rica em bifidobactérias do que as crianças não alérgicas. Posteriormente, antes mesmo da adolescência, é bom consumi-las apenas ocasionalmente, razão pela qual muitas crianças e adultos experimentam um alívio intestinal quando consomem os seus primeiros iogurtes com bifidus activo. No entanto, ao consumir diariamente iogurtes com bifidus corre-se o risco de desequilibrar a flora e propiciar o aumento de peso. Aplicamse as mesmas reservas aos leites fermentados açucarados, mas desta vez é o açúcar adicionado que estes produtos contêm que é problemático, pois as crianças que o consomem correm frequentemente o risco de aumentar de peso de forma irreversível. Como utilizar os probióticos No primeiro mês (fase intensiva) deve tomar 2 cápsulas de Probio Forte por dia sem interrupções, todas as manhãs. Isto corresponde ao tempo necessário para regenerar a microflora intestinal. Depois, durante os 2 meses seguintes (fase de estabilização), deve tomar uma cápsula por dia. Nesta fase, é natural que a maioria das suas causas de desconforto tenham já desaparecido. Poderá então limitar a toma a uma cápsula por dia (fase de manutenção) para evitar que a sua microflora se desestabilize por acção dos factores endógenos e exógenos evocados anteriormente. Após um programa de seis meses, a diferença notada poderá ser considerável. Precauções de utilização Uma vez aberta, a sua caixa de Probio Forte deverá ser conservada no frigorífico para uma conservação a longo prazo (2 anos). Poderá, no entanto, transportá-la numa mala durante aproximadamente um mês sem que perca a sua eficácia, o que pode ser útil caso viaje para regiões onde corra o risco de apanhar diarreia (turista) ou se tiver de tomar antibióticos. Uma das utilizações mais reconhecidas dos probióticos é, de facto, a prevenção e o tratamento das diarreias. Os resultados de vários estudos comprovaram melhorias nos casos em que os estados diarreicos agudos incluindo infecções por rotavírus, diarreias do viajante ou infecções bacterianas mais graves, como a provocada por Clostridium difficile são tratados com probióticos. Nas crianças, os probióticos parecem ter efeitos nas diarreias virais, provavelmente por estimulação dos anticorpos IgA anti-rotavírus. Reduzem a duração dos episódios de diarreia, bem como a sua recorrência. Um grupo de cientistas passou em revista 13 ensaios em dupla ocultação controlados por placebo relacionados com a diarreia infecciosa aguda do lactente e da criança. Dez desses ensaios versavam o tratamento e três a prevenção. A globalidade dos dados sugeria que os probióticos podiam reduzir significativamente a duração da diarreia, ou mesmo preveni-la. É sempre recomendado não exceder as doses aconselhadas.

19 O pesadelo dos ómega-3 Best of 2013 Os Inuits (antes chamados Esquimós) praticamente não sofrem de doenças do coração. Foi ao procurar a explicação para este pequeno milagre que investigadores dinamarqueses descobriram, nos anos 60 do século XX, as virtudes dos ómega-3 para a saúde. Os ómega-3 são um tipo específico de gordura. São muito diferentes das gorduras que encontra na manteiga, na carne, no óleo de girassol e até no azeite. Os ómega-3 estão sobretudo presentes nos peixes gordos e na carne de mamíferos marinhos, como a morsa e a foca. Longe de tornarem obeso e doente quem os consome, os ómega-3 protegem o coração e as artérias. Daí a fraca incidência de doenças cardiovasculares nos Inuits, que comem grandes quantidades de peixes gordos e de mamíferos marinhos. Os benefícios dos ómega-3 não se limitam ao coração e às artérias 19 Estas descobertas desencadearam uma série interminável de estudos para confirmar o efeito benéfico dos ómega-3 na saúde. Cientistas da universidade de Chiba, no Japão, aperceberam-se que a longevidade excepcional dos habitantes do arquipélago de Okinawa estava também ligada ao seu intenso consumo de alimentos ricos em ómega-3. Na verdade, os habitantes de Okinawa ingerem 250 g de peixe gordo por dia, o que os protege das doenças cardíacas. Em Agosto de 2013, uma meta análise (compilação de 11 estudos) publicada na revista científica Atherosclerosis Supplements concluiu que o risco de morrer de crise cardíaca ou de morrer brutalmente diminui 33% nos indivíduos que tomam suplementos de ómega-3, comparativamente aos resultados obtidos com placebo. O risco de enfarte diminui 25%, e o risco de morte por causas várias cai 11% 1. Os ómega-3 são por isso considerados, justamente, como sendo mais eficazes do que os medicamentos químicos contra o risco de doença cardiovascular. Mas os seus benefícios não se limitam ao coração: Têm propriedades anti-inflamatórias muito úteis contra a artrose e as doenças inflamatórias do intestino (doença de Crohn) 2 ; reduzem o risco de depressão 3 ; previnem o cancro 4 ; impedem o aparecimento de diabetes 5 ; melhoram a visão 6 ; tornam as crianças mais inteligentes 7 ; fortalecem o esqueleto 8. Não é necessário alimentar-se de anchovas e de sardinhas Estes benefícios em cascata sustentam um retorno maciço ao consumo de peixes gordos, como faziam tradicionalmente os holandeses (com o arenque), os índios americanos (com o peixe) e todas as populações do mediterrâneo, com a anchova e a sardinha. Mas pouca gente se imagina a comer várias latas de sardinhas por dia, todos os dias, ou a incluir anchovas em todas as refeições. É por esta razão que, desde há 30 anos, se desenvolveu o consumo de ómega-3 na forma de complementos nutricionais. Geralmente comercializados em sofgels, ou seja, cápsulas de gelatina mole translúcidas e fáceis de engolir, de cor amarela ou laranja claro, trata-se de concentrados de ómega-3 marinhos que permitem obter todos os dias a sua dose diária de ómega-3, sem alterar os seus hábitos alimentares. Desta forma, não é obrigado a incluir peixe em todos os menus e evita expor-se aos riscos associados a um consumo excessivo de peixe. Na verdade, o nível de poluição actual dos oceanos provoca uma acumulação de metais pesados, de dioxinas e de PCB no peixe, que constitui um problema real de saúde pública. Em contrapartida, existem cápsulas de gelatina mole de ómega-3 que são meticulosamente purificadas para não conter o menor vestígio de poluentes.

20 esclarecidos sobre os ómega-3 conscientes da importância crucial do seu consumo diário na forma de complementos alimentares. Além disso, a contra-informação levada a cabo pelos governos para convencer as populações de que os complementos alimentares são nocivos para a saúde e que os ómega-3 não funcionam desencorajam muita gente. A maioria dos cidadãos, apesar de terem formação, continuam convencidos que basta comer um pouco de tudo para se manter de boa saúde. Não sabem nada sobre as suas necessidades reais de ómega-3 do tipo DHA e EPA (contidos nos peixes gordos) e não consomem quantidades suficientes destes peixes. Esta ignorância explica amplamente por que razão as doenças cardiovasculares continuam a ser a primeira causa de morte nos países ocidentais e porque é que a depressão, a diabetes e a osteoporose estão em vias de se tornar epidemias mundiais, contribuindo para o enorme lucro da indústria farmacêutica. A situação pode desequilibrar-se em qualquer altura 20 Os ómega-3 em grave escassez mundial Tudo iria bem se bastasse à humanidade consumir diariamente algumas destas cápsulas para obter os mesmos benefícios para a saúde que os Inuits e os japoneses de Okinawa. Infelizmente, e é por essa razão que intitulei este artigo O pesadelo dos ómega-3, a produção estas cápsulas à escala planetária apresenta desafios insuperáveis. As principais zonas de pesca de peixes gordos, situadas no Pacífico Sul, ao largo do Chile e do Peru, não podem aumentar a sua produção. A pesca está sujeita a quotas severas pois as populações destes peixes são como o bacalhau muito vulneráveis à pesca excessiva. O mínimo excesso pode provocar uma diminuição da população e a impossibilidade de pescar durante vários anos. É também impossível recorrer à criação de peixes gordos em aquicultura pois, de qualquer forma, as explorações de aquicultura alimentam os peixes com peixes pequenos (sardinhas, arenques, anchovas, etc.) pescados em alto mar. E os peixes de aquicultura apenas são ricos em ómega-3 se forem alimentados com outros peixes, plâncton e krill, ricos em ómega-3, cujo stock oceânico é limitado. Actualmente, os produtores de ómega-3 enfrentam por isso uma situação extremamente difícil, sem que se vislumbre uma solução para a ultrapassar. Como não é possível aumentar a produção, qualquer aumento na procura provocaria uma subida dramática dos preços. O que salva a situação (de momento) O único ponto positivo, se assim lhe podemos chamar, e que salva a situação de momento, é que actualmente existe apenas uma ínfima minoria bem informada de cidadãos suficientemente Esta situação, amplificada pela crise económica e financeira que limita o poder de compra das famílias, permitiu estabilizar a procura de ómega-3. Trata-se, no entanto, de um equilíbrio instável. A qualquer momento pode dar-se uma tomada de consciência repentina das populações ocidentais que estão a envelhecer do interesse considerável dos ómega-3 para a sua saúde. Assistir-se-ia então a uma brutal reviravolta da situação e a uma explosão dos preços, com consequências dramáticas. Com efeito, os indivíduos que, nessa altura, tenham consumido ao longo dos anos pouco ou nenhum peixe gordo e que não tenham tomado complementos de ómega-3, sofrerão de um risco muito acrescido de crise cardíaca, depressão, diabetes e osteoporose. Mas não lhes restará outra solução senão as falsas promessas dos medicamentos químicos para o coração. Felizmente, o equilíbrio do seu corpo em ómega-3 é um equilíbrio de longo prazo: é necessário um longo período (vários meses) a tomar suplementos para compensar uma carência, mas reciprocamente o facto de ter consumido durante muito tempo ómega-3 suficientes, permite-lhe passar mais facilmente sem eles em caso de escassez, mesmo que tal não seja desejável. E mais uma vez, não é demasiado tarde para começar.

SEGREDOS DO MUNDO DA QUÍMICA: OS MISTERIOSOS RADICAIS LIVRES

SEGREDOS DO MUNDO DA QUÍMICA: OS MISTERIOSOS RADICAIS LIVRES Universidade de Évora Departamento de Química Vânia Pais Aluna do Curso de Mestrado em Química Aplicada SEGREDOS DO MUNDO DA QUÍMICA: OS MISTERIOSOS RADICAIS LIVRES Com o passar dos anos, o aumento da

Leia mais

DOSSIER INFORMATIVO ANTIOXIDANTES

DOSSIER INFORMATIVO ANTIOXIDANTES DOSSIER INFORMATIVO ANTIOXIDANTES JUNHO 2011 O PAPEL DOS ANTIOXIDANTES O estilo de vida actual, associado aos maus hábitos alimentares, leva à necessidade da suplementação com vitaminas e minerais antioxidantes

Leia mais

5 Alimentos que Queimam Gordura www.mmn-global.com/aumenteseumetabolismo IMPRIMIR PARA UMA MAIS FÁCIL CONSULTA

5 Alimentos que Queimam Gordura www.mmn-global.com/aumenteseumetabolismo IMPRIMIR PARA UMA MAIS FÁCIL CONSULTA IMPRIMIR PARA UMA MAIS FÁCIL CONSULTA ÍNDICE Alimentos que Queimam Gordura TORANJA CHA VERDE E CHA VERMELHO AVEIA BROCOLOS SALMÃO TORANJA A dieta da Toranja já vem sendo discutida por algum tempo, mas

Leia mais

Este nível de insulina baixo também o ajuda a controlar a sua fome pois é o nível de insulina que diz ao seu cérebro que está na hora de comer.

Este nível de insulina baixo também o ajuda a controlar a sua fome pois é o nível de insulina que diz ao seu cérebro que está na hora de comer. A dieta da Toranja já vem sendo discutida por algum tempo, mas não se sabia ao certo porque a Toranja possui tantas capacidades para a perda de gordura e mesmo os cientistas se dividem sobre esse assunto.

Leia mais

Coach Marcelo Ruas Relatório Grátis do Programa 10 Semanas para Barriga Tanquinho

Coach Marcelo Ruas Relatório Grátis do Programa 10 Semanas para Barriga Tanquinho Coach Marcelo Ruas Relatório Grátis do Programa 10 Semanas para Barriga Tanquinho Alimento I Toranja A dieta da Toranja já vem sendo discutida por algum tempo, mas não se sabia ao certo porque a Toranja

Leia mais

Será que doses elevadas de creatina "atrasam o início clínico" da doença de Huntington? Porquê a creatina?

Será que doses elevadas de creatina atrasam o início clínico da doença de Huntington? Porquê a creatina? Notícias científicas sobre a Doença de Huntington. Em linguagem simples. Escrito por cientistas. Para toda a comunidade Huntington. Será que doses elevadas de creatina "atrasam o início clínico" da doença

Leia mais

DOSSIER INFORMATIVO. Descodificar o conceito dos antioxidantes

DOSSIER INFORMATIVO. Descodificar o conceito dos antioxidantes DOSSIER INFORMATIVO Descodificar o conceito dos antioxidantes 1 QUADRO RESUMO aos antioxidantes ajudam o organismo a combater os efeitos nefastos dos radicais livres; aos radicais livres são elementos

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

Jornal Especial Fevereiro 2013

Jornal Especial Fevereiro 2013 Jornal Especial Fevereiro 2013 Osteosil Superprotetor dos Ossos: Protege Contra Osteoartrite e Osteoporose O que é: Osteosil é composto de dois dos principais nutrientes necessários à integridade e metabolismo

Leia mais

CENTRUM Materna, apresenta-se em embalagens de 30 comprimidos revestidos e fáceis de engolir.

CENTRUM Materna, apresenta-se em embalagens de 30 comprimidos revestidos e fáceis de engolir. CENTRUM Materna é um suplemento alimentar composto por vitaminas, minerais, e oligoelementos, numa fórmula equilibrada. A fórmula de CENTRUM Materna foi cientificamente desenvolvida de modo a ajudar a

Leia mais

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado?

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado? Colesterol Colesterol 3 Que tipos de colesterol existem? 3 Que factores afectam os níveis de colesterol? 4 Quando está o colesterol demasiado elevado? 4 Como reduzir o colesterol e o risco de doença cardiovascular?

Leia mais

Cellagon Felice www.olabemestar.eu

Cellagon Felice www.olabemestar.eu A minha beleza é Felice. Cellagon Felice Unhas robustas e bonitas! Cabelo forte e brilhante! Pele saudável e flexível! Tecidos firmes......quem não deseja tal coisa para si próprio? A condição básica para

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Organização das Aulas Uma aula de Educação Física é composta por três partes sequenciais, cada uma com objetivos específicos. 1.1 Parte Inicial A parte inicial

Leia mais

Entendendo a lipodistrofia

Entendendo a lipodistrofia dicas POSITHIVAS Entendendo a lipodistrofia O que é a lipodistrofia? Lipodistrofia é quando o corpo passa a absorver e a distribuir as gorduras de maneira diferente. Diminui a gordura nas pernas, braços,

Leia mais

A patroa quer emagrecer

A patroa quer emagrecer A patroa quer emagrecer A UU L AL A Andando pela rua, você passa em frente a uma farmácia e resolve entrar para conferir seu peso na balança. E aí vem aquela surpresa: uns quilinhos a mais, ou, em outros

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

Álcool e energéticos. Uma mistura perigosa. José Guerchon Camila Welikson Arnaldo Welikson Barbara Macedo Durão

Álcool e energéticos. Uma mistura perigosa. José Guerchon Camila Welikson Arnaldo Welikson Barbara Macedo Durão Álcool e energéticos. Uma mistura perigosa. José Guerchon Camila Welikson Arnaldo Welikson Barbara Macedo Durão Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

Leia mais

LITERATURA ÔMEGA 3 ÔMEGA 3

LITERATURA ÔMEGA 3 ÔMEGA 3 ÔMEGA 3 Introdução O cérebro humano representa apenas 2% do nosso peso total, mas usa aproximadamente 20% do oxigênio consumido por todo nosso corpo quando está em repouso. Ele é um órgão complexo que

Leia mais

Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração

Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração Estes ácidos graxos também combatem a depressão, o diabetes e a obesidade Arenque é o peixe mais rico em ômega 3. Esses ácidos graxos são chamados de essenciais,

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

A diabetes é muito comum? Responsabilidade pessoal A história da diabetes

A diabetes é muito comum? Responsabilidade pessoal A história da diabetes Introdução A diabetes é muito comum? Se acabou de descobrir que tem diabetes, isso não significa que esteja doente ou que se tenha transformado num inválido. Há milhares de pessoas com diabetes, levando

Leia mais

24 Alimentos para Combater a CELULITE

24 Alimentos para Combater a CELULITE 24 Alimentos para Combater a CELULITE Agradecimento e Informações Muito obrigado por baixar nosso guia com orientações sobre a prevenção e combate a celulite. Nosso objetivo é colaborar com a divulgação

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável ANO LECTIVO 2010/2011 Alimentação Saudável Turma: 8º A Elaborado por: Adriana nº1, Carolina Pereira nº8 e Cátia nº10 Disciplina: Área de Projecto e Formação Cívica Professores: Eurico Caetano e Helena

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

LONGEVIDADE E SEGURO. Longevidade em seu conceito mais simples significa qualidade do Longevo, ou seja, qualidade daquele que tem muita idade.

LONGEVIDADE E SEGURO. Longevidade em seu conceito mais simples significa qualidade do Longevo, ou seja, qualidade daquele que tem muita idade. LONGEVIDADE E SEGURO Longevidade em seu conceito mais simples significa qualidade do Longevo, ou seja, qualidade daquele que tem muita idade. Longevidade está sempre relacionada com expectativa de duração

Leia mais

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças

Iremos apresentar alguns conselhos para o ajudar a prevenir estes factores de risco e portanto a evitar as doenças FACTORES DE RISCO Factores de risco de doença cardiovascular são condições cuja presença num dado indivíduo aumentam a possibilidade do seu aparecimento. Os mais importantes são o tabaco, a hipertensão

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

Hipert r en e são ã A rteri r a i l

Hipert r en e são ã A rteri r a i l Hipertensão Arterial O que é a Pressão Arterial? Coração Bombeia sangue Orgãos do corpo O sangue é levado pelas artérias Fornece oxigénio e nutrientes Quando o sangue é bombeado gera uma pressão nas paredes

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais. Conteúdo Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.... 2 Como ler os rótulos dos alimentos... 5 Dose de produto... 7 Calorias... 7 Quantidade de nutrientes... 8 Explicação da quantificação

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008 Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É Completa Fornece energia e todos os nutrientes essenciais

Leia mais

Chá Verde. 25 Razões para começar a tomar agora mesmo. Hacer click para continuar

Chá Verde. 25 Razões para começar a tomar agora mesmo. Hacer click para continuar Chá Verde 25 Razões para começar a tomar agora mesmo Hacer click para continuar O chá verde converteu-se numa bebida cada vez mais popular em nível mundial, devido aos seus poderosos benefícios para a

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Pesquisa revela uma das causas de morte prematura na Rússia: a vodca

Pesquisa revela uma das causas de morte prematura na Rússia: a vodca Pesquisa revela uma das causas de morte prematura na Rússia: a vodca Post 02 Fevereiro 2014 By UNIAD Revista Veja - Álcool Estudo concluiu que risco de morte entre homens russos com menos de 55 anos pode

Leia mais

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão!

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão! Praticando vitalidade Sedentarismo corra desse vilão! O que é sedentarismo? Sedentarismo é a diminuição de atividades ou exercícios físicos que uma pessoa pratica durante o dia. É sedentário aquele que

Leia mais

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós Trabalho elaborado por: Enf. Anabela Queirós O que é a diabetes? Uma doença que dura toda vida Provocada pela ausência ou perda de eficácia da insulina; Provoca a subida de açúcar no sangue A diabetes

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

Artigo especial: Os 8 piores hábitos alimentares.

Artigo especial: Os 8 piores hábitos alimentares. Artigo especial: Os 8 piores hábitos alimentares. Hábitos alimentares normalmente se referem a um amplo conceito de preferências, costumes e modos de comer, de um indivíduo ou população. Vários fatores

Leia mais

Menos calorias com alimentação termogenica

Menos calorias com alimentação termogenica Menos calorias com alimentação termogenica Eliane Petean Arena Nutricionista CRN Rua : Conselheiro Antonio Prado N: 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 ALIMENTOS TERMOGENICOS Todo alimento

Leia mais

Confira a lista dos 25 melhores alimentos para emagrecer:

Confira a lista dos 25 melhores alimentos para emagrecer: Emagrecer nem sempre é uma das tarefas mais simples. A fórmula parece simples (dieta + exercício + descanso) porém diferentes pessoas precisam de diferentes soluções. Uma coisa é certa: qualquer ajuda

Leia mais

Comissão apresenta proposta sobre alegações nutricionais e de saúde para informar melhor os consumidores e harmonizar o mercado

Comissão apresenta proposta sobre alegações nutricionais e de saúde para informar melhor os consumidores e harmonizar o mercado IP/03/1022 Bruxelas, 16 de Julho de 2003 Comissão apresenta proposta sobre alegações nutricionais e de saúde para informar melhor os consumidores e harmonizar o mercado A Comissão Europeia adoptou hoje

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 87/2014 VITALUX na Degeneração Macular Relacionada com a Idade (DMRI) forma atrófica

RESPOSTA RÁPIDA 87/2014 VITALUX na Degeneração Macular Relacionada com a Idade (DMRI) forma atrófica RESPOSTA RÁPIDA 87/2014 VITALUX na Degeneração Macular Relacionada com a Idade (DMRI) forma atrófica SOLICITANTE Dra. Denise Canêdo Pinto Juíza de Direito da Segunda Vara Cível da Comarca de Ponte Nova

Leia mais

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência 1. ALIMENTE-SE MELHOR Prevê-se que em 2025 1, só na Europa, o grupo etário mais idoso (acima dos 80 anos), passe de 21,4

Leia mais

Cefaleia crónica diária

Cefaleia crónica diária Cefaleia crónica diária Cefaleia crónica diária O que é a cefaleia crónica diária? Comecei a ter dores de cabeça que apareciam a meio da tarde. Conseguia continuar a trabalhar mas tinha dificuldade em

Leia mais

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada PRESSURE POINTS SERIES: NO.1 Introdução à tensão arterial elevada BLOOD PRESSURE ASSOCIATION A tensão arterial elevada é a maior causa conhecida de invalidez e morte prematura no Reino Unido através de

Leia mais

especial iate LIAMARA MENDES

especial iate LIAMARA MENDES 54 Maio / Junho de 2013 especial use os alimentos a seu favor iate por LIAMARA MENDES Uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos pode ser considerada a fórmula ideal para a conquista do corpo perfeito.

Leia mais

RELEPTIN Irvingia gabonensis extrato

RELEPTIN Irvingia gabonensis extrato RELEPTIN Irvingia gabonensis extrato Redução de peso, colesterol e glicemia. Reduz medidas pela queima de gordura ao mesmo tempo em que controla a dislipidemia, reduzindo o colesterol LDL e triglicérides

Leia mais

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar 25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar O açúcar pode ser ótimo para o nosso humor, mas é péssimo para a nossa saúde. O excesso dele conduz à obesidade, diabetes, ao câncer, entre outros. Às vezes, muitos

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

Informação para o paciente

Informação para o paciente Informação para o paciente Viramune - nevirapina 18355 BI Viramune brochure POR_V2.indd 1 14-12-11 14:19 Introdução Viramune é um medicamento para o tratamento do HIV. Este prospecto contém informação

Leia mais

DOSSIER CIENTÍFICO ANTI-AGRESSÕES

DOSSIER CIENTÍFICO ANTI-AGRESSÕES Criador da Cosmétique Végétale DOSSIER CIENTÍFICO ANTI-AGRESSÕES A MORINGA A Investigação em Cosmétique Végétale Yves Rocher pôs em evidência a importância de uma nova causa maior do envelhecimento da

Leia mais

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35 Manter a saúde, deixar a barriga sarada e aumentar a energia são benefícios que podem ser conquistados com a escolha correta dos alimentos. Alguns itens colaboram para ter ossos fortes, queimar gordura,

Leia mais

Saúde e Desporto. Manuel Teixeira Veríssimo Hospitais da Universidade de Coimbra. Relação do Desporto com a Saúde

Saúde e Desporto. Manuel Teixeira Veríssimo Hospitais da Universidade de Coimbra. Relação do Desporto com a Saúde Saúde e Desporto Manuel Teixeira Veríssimo Hospitais da Universidade de Coimbra Relação do Desporto com a Saúde Dum modo geral aceita-se que o desporto dá saúde Contudo, o desporto também comporta malefícios

Leia mais

Em termos comparativos a chlorella possui proporcionalmente mais proteínas do que a soja, a carne bovina e o trigo.

Em termos comparativos a chlorella possui proporcionalmente mais proteínas do que a soja, a carne bovina e o trigo. O que é? A chlorella é uma alga unicelular de água doce existente na Terra há milhões de anos. A sua estrutura genética manteve-se intacta ao longo do tempo resultando numa grande concentração e variedade

Leia mais

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões:

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: Recuperação Capítulo 01 - Níveis de organização Células tecidos órgãos sistemas - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: A- Membrana Plasmática - Revestimento da célula;

Leia mais

Promotores: 23 a 25 de fevereiro de 2012

Promotores: 23 a 25 de fevereiro de 2012 Promotores: 23 a 25 de fevereiro de 2012 Apoio: Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores de Restinga Sêca 23 a 25 de fevereiro de 2012 ASPECTOS NUTRICIONAIS DE PRODUTOS DERIVADOS DO ARROZ Informações

Leia mais

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS Leia o código e assista a história de seu Fabrício Agenor. Este é o seu Fabrício Agenor. Ele sempre gostou de comidas pesadas e com muito tempero

Leia mais

Que tipos de Diabetes existem?

Que tipos de Diabetes existem? Que tipos de Diabetes existem? -Diabetes Tipo 1 -também conhecida como Diabetes Insulinodependente -Diabetes Tipo 2 - Diabetes Gestacional -Outros tipos de Diabetes Organismo Saudável As células utilizam

Leia mais

Destaques brilhantes... xii. Introdução... xiii

Destaques brilhantes... xii. Introdução... xiii Destaques brilhantes... xii Introdução... xiii 1 Porque se envelhece?... 1 Estamos a assistir a uma lenta revolução na compreensão do processo de envelhecimento. Este pode não ser inevitável e é até possível

Leia mais

A Dieta Atkins promete não somente redução de peso, mas também uma melhoria no seu sistema cardíaco e funções da memória, dentre outros benefícios.

A Dieta Atkins promete não somente redução de peso, mas também uma melhoria no seu sistema cardíaco e funções da memória, dentre outros benefícios. DIETA DE BA IXO ÍNDICE DE GL IC E M IA (LOW CARB DIET ) A dieta de baixo índice de glicemia ou baixa em hidratos de carbono é indicada para tal por ser mais equilibrada e até é indicada para diabéticos

Leia mais

Arroz integral e seus benefícios

Arroz integral e seus benefícios Emagrecimento & Dietas Este blog de emagrecimento foi criado como um espaço reflexivo para a publicação de textos, dicas e comentários sobre um conjunto variado de temas contemporâneos, a pensar em todos

Leia mais

Lição N o 5. Vitaminas. Objectivos de Aprendizagem. introdução. No final desta lição, você será capaz de:

Lição N o 5. Vitaminas. Objectivos de Aprendizagem. introdução. No final desta lição, você será capaz de: Lição N o 5 Vitaminas Objectivos de Aprendizagem No final desta lição, você será capaz de: Mencionar algumas vitaminas, as suas propriedades, respectivas fontes e funções. Identificar algumas doenças causadas

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

Programa de Prevenção de Gravidez de Erivedge :

Programa de Prevenção de Gravidez de Erivedge : Programa de Prevenção de Gravidez de Erivedge : Informação importante sobre a prevenção de gravidez e contraceção para mulheres e homens que estão a tomar Erivedge Erivedge pode causar defeitos congénitos

Leia mais

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL 1. ENVELHECIMENTO ACTIVO A Organização Mundial da Saúde e a Comissão da União Europeia consideram de grande importância todas as medidas, políticas e práticas, que contribuam para

Leia mais

Gorduras, Alimentos de Soja e Saúde do Coração Análise das Evidências

Gorduras, Alimentos de Soja e Saúde do Coração Análise das Evidências Gorduras, Alimentos de Soja e Saúde do Coração Análise das Evidências Documento de posição do Comité Consultivo Científico da ENSA Introdução Há muito que os cientistas reconhecem o papel importante que

Leia mais

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas As doenças crónicas não transmissíveis são responsáveis por 63% das causas de morte no mundo Fonte: WHO; Global status report on noncommunicable diseases, 2010 O

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais

O ovo passou de vilão a mocinho!

O ovo passou de vilão a mocinho! O ovo passou de vilão a mocinho! Amigos, talvez ainda existam muito de vocês que fazem a opção de não consumir ovos brancos, caipira ou de granja, porque acreditam que eles façam mal para o organismo.

Leia mais

Quem come bem vive melhor. Hábitos alimentares

Quem come bem vive melhor. Hábitos alimentares Quem come bem vive melhor. Hábitos alimentares HÁBITOS ALIMENTARES Hoje, em virtude da vida agitada, trabalho, estudo, família e outras inúmeras responsabilidades, todos ficam vulneráveis às doenças causadas

Leia mais

Cefaleia Cefaleia tipo tensão tipo tensão

Cefaleia Cefaleia tipo tensão tipo tensão Cefaleia tipo tensão Cefaleia tipo tensão O que é a cefaleia tipo tensão? Tenho dores de cabeça que duram vários dias de cada vez e sinto-me como se estivesse a usar um chapéu muito apertado - mais como

Leia mais

Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes

Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes Diabetes é uma doença ocasionada pela total falta de produção de insulina pelo pâncreas ou pela quantidade insuficiente da substância no corpo. A insulina

Leia mais

Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade

Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade Documento de posição do Comité Consultivo Científico da ENSA Introdução As proteínas são um importante nutriente necessário para o crescimento

Leia mais

Como este guia pode melhorar a sua vida

Como este guia pode melhorar a sua vida Guia de Bem-Estar Álcool Como este guia pode melhorar a sua vida Benefícios positivos Dieta mais equilibrada: - em quantidade - em conteúdo Melhoria da auto-imagem Capacidade maior/mais prolongada de concentração

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista A Enfermagem e o Serviço de Nutrição e Dietética tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista 1 A enfermagem e o Serviço

Leia mais

Amamentação. Factos e Mitos. Juntos pela sua saúde! Elaborado em Julho de 2011. USF Terras de Santa Maria

Amamentação. Factos e Mitos. Juntos pela sua saúde! Elaborado em Julho de 2011. USF Terras de Santa Maria Elaborado em Julho de 2011 USF Terras de Santa Maria Rua Professor Egas Moniz, nº7 4520-909 Santa Maria da Feira Telefone: 256 371 455/56 Telefax: 256 371 459 usf _terrassantamaria@csfeira.min-saude.pt

Leia mais

GUIA DE BOLSO Outono combina Com SOPA!

GUIA DE BOLSO Outono combina Com SOPA! GUIA DE BOLSO Outono combina Com SOPA! Sumário Introdução Composição da sopa Benefícios da sopa Que quantidade de sopa devo comer por dia? Sopa no início ou depois do prato principal? Receitas de sopas

Leia mais

Perder Gordura e Preservar o Músculo. Michelle Castro

Perder Gordura e Preservar o Músculo. Michelle Castro Perder Gordura e Preservar o Músculo Michelle Castro 25 de Novembro de 2012 Principais Tópicos 1. Processos catabólicos associados a dietas hipocalóricas. 2. Contextualização/compreensão do porquê da existências

Leia mais

D E R M A T I T E S HISTÓRIA

D E R M A T I T E S HISTÓRIA D E R M A T I T E S As dermatoses ocupacionais, conhecidas como dermatites de contato, manifestam-se através de alterações da pele e decorrem direta ou indiretamente de certas atividades profissionais.

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

DICAS DE SAÚDE E NUTRIÇÃO

DICAS DE SAÚDE E NUTRIÇÃO DICAS DE SAÚDE E NUTRIÇÃO Mais importante que evitar os alimentos demasiado calóricos é evitar as calorias inúteis provenientes dos açúcares. O importante é incluir na dieta os alimentos com maior aporte

Leia mais

Câncer de Próstata. Fernando Magioni Enfermeiro do Trabalho

Câncer de Próstata. Fernando Magioni Enfermeiro do Trabalho Câncer de Próstata Fernando Magioni Enfermeiro do Trabalho O que é próstata? A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem

Leia mais

Preferências alimentares individuais; Disponibilidade dos alimentos no mercado; Influência das propagandas no mercado, na televisão.

Preferências alimentares individuais; Disponibilidade dos alimentos no mercado; Influência das propagandas no mercado, na televisão. Nutrição na Infância e Adolescência A alimentação e a nutrição constituem requisitos básicos para a promoção e a proteção da saúde, possibilitando a afirmação plena do potencial de crescimento e desenvolvimento

Leia mais

Por Personal Trainer Rui Barros

Por Personal Trainer Rui Barros Por Personal Trainer Rui Barros MANTER O PONTO DE EQUILIBRIO E NÃO RESISTIR À MUDANÇA Uma vez que estamos a terminar o nosso ciclo de treinos de verão, gostava de deixar ao leitor uma mensagem de conforto

Leia mais

Diabetes Gestacional

Diabetes Gestacional Diabetes Gestacional Introdução O diabetes é uma doença que faz com que o organismo tenha dificuldade para controlar o açúcar no sangue. O diabetes que se desenvolve durante a gestação é chamado de diabetes

Leia mais

VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA LIGA DE DIABETES ÂNGELA MENDONÇA

VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA LIGA DE DIABETES ÂNGELA MENDONÇA VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA ÂNGELA MENDONÇA LIGA DE DIABETES A intervenção nutricional pode melhorar o controle glicêmico. Redução de 1.0 a 2.0% nos níveis de hemoglobina

Leia mais

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo Infância -Promoção e consolidação dos hábitos alimentares - Incremento das necessidades nutricionais para

Leia mais

9º Curso Pós-Graduado NEDO 2010. Imagem Corporal no Envelhecimento. Maria João Sousa e Brito

9º Curso Pós-Graduado NEDO 2010. Imagem Corporal no Envelhecimento. Maria João Sousa e Brito 9º Curso Pós-Graduado NEDO 2010 Imagem Corporal no Envelhecimento Maria João Sousa e Brito Envelhecimento Envelhecer não é difícil difícil é ser-se velho Goethe O prolongamento da vida coloca novos cenários,

Leia mais

SPRAY MEL, PRÓPOLIS E ROMÃ 30ML. Cód. Produto: 1002 Cód. Barras: 7897646303489 NCM: 04100000 Caixa Embarque: 60 NCM: 04100000 EXTRATO DE PRÓPOLIS 30ML

SPRAY MEL, PRÓPOLIS E ROMÃ 30ML. Cód. Produto: 1002 Cód. Barras: 7897646303489 NCM: 04100000 Caixa Embarque: 60 NCM: 04100000 EXTRATO DE PRÓPOLIS 30ML SPRAY MEL E PRÓPOLIS 30ML SPRAY MEL, PRÓPOLIS E ROMÃ 30ML SPRAY MEL, PRÓPOLIS GENGIBRE E LIMÃO 30ML Cód. Produto: 1000 Cód. Barras: 7897646303458 Cód. Produto: 1002 Cód. Barras: 7897646303489 Cód. Produto:

Leia mais

eoria Celular Objectivos de aprendizagem: No final desta lição, você será capaz de:

eoria Celular Objectivos de aprendizagem: No final desta lição, você será capaz de: 4 A Teor eoria Celular 345678903456789034567890345678903456789 345678903456789034567890345678903456789 Objectivos de aprendizagem: No final desta lição, você será capaz de: Mencionar os principais cientistas

Leia mais

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2 Homeopatia A Homeopatia é um sistema terapêutico baseado no princípio dos semelhantes (princípio parecido com o das vacinas) que cuida e trata de vários tipos de organismos (homem, animais e plantas) usando

Leia mais