UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CIDADE DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CIDADE DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CIDADE DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor Unidade Curso de Direito Campus Cidade de Goiás Nome da Disciplina Período a Ser Cursada Direito Processual Trabalhista 1º Semestre de 2014 Turma Pré-Requisitos 9º Período Teoria Geral do Processo, Direito do Trabalho II Núcleo da Disciplina Núcleo Específico Natureza da Disciplina Disciplina Obrigatória Distribuição da carga horária Carga horária total Teóricas Práticas Carga horária semanal 64h 64h - 4h Horário Quinta-feira 19h05m-22h20m Ementa Direito Processual do Trabalho: conceitos, características, fundamentos e origens. Interpretação e aplicação das normas trabalhistas. Conflitos do trabalho. Justiça do Trabalho: organização e competências. O processo trabalhista. O dissídio individual. O dissídio coletivo. Recursos. Execução. Perspectivas do Direito Processual do Trabalho. Docentes Prof. M e Vitor Sousa Freitas 2. OBJETIVOS 2.1. Gerais Introduzir, de forma crítica, contextualizada e interdisciplinar, conceitos elementares do Direito do Trabalho brasileiro, permitindo aos estudantes conhecer os princípios norteadores da disciplina, identificar seus elementos constitutivos e suas peculiaridades, bem como sua interface com a realidade econômica, política, social e cultural. Desenvolver as capacidades de interpretação, análise, crítica e proposição dos estudantes em relação aos fundamentos do direito processual do trabalho contemporâneo de modo a permitir-lhes estarem aptos a mobilizarem as ferramentas processuais adequadas à defesa de direitos fundamentais, com foco nos direitos sociais relativos às relações de trabalho.

2 2.2. Específicos - Mediar os estudos sobre os institutos elementares do Direito Processual do Trabalho, por meio do estudo da legislação, da literatura especializada da área e das decisões dos tribunais; -Provocar a reflexão crítica dos/as estudantes sobre a relação do tema estudado com o contexto econômico, histórico, político e cultural; - Promover reflexão sobre a interface do tema estudado com o problema do acesso à justiça; - Discutir a efetividade da jurisdição trabalhista, por meio do estudo de relatórios de pesquisa e artigos científicos; - Compreender o funcionamento e especialidade da Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho. - Compreender os fundamentos da defesa trabalhista e desenvolver a aptidão para promovê-la. - Desenvolver a aptidão para a promoção da reclamação trabalhista nos diferentes procedimentos previstos na legislação, bem como para atuação em audiência trabalhista. - Compreender os fundamentos do direito processual do trabalho. - Compreender os fundamentos da defesa trabalhista e desenvolver a aptidão para promovê-la. - Compreender a sistemática peculiar da prova processual no processo trabalhista. - Compreender os fundamentos da sentença trabalhista e dos recursos trabalhistas, permitindo ao fim o saber prático para o manejo de recursos. - Compreender os fundamentos da execução trabalhista e os mecanismos para sua efetivação. - Viabilizar dialogicamente a aplicação dos conceitos aprendidos, por meio da estruturação e desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão universitárias; - Propor a resolução de situações problema, centradas no objeto da aula; - Discutir os resultados da atividade de ensino-aprendizagem-prática proposta. 3. PROGRAMAÇÃO TEÓRICO-PRÁTICA 3.1. Discriminação do conteúdo Horas previstas I - Introdução à Disciplina 16h O Direito processual entre o Estado Liberal e o Estado Democrático de Direito; Constitucionalização do processo e princípios de direito processual e de direito processual do trabalho; Fontes do direito processual do trabalho; Interpretação, integração, aplicação e eficácia do direito processual do trabalho; Métodos de solução de conflitos trabalhistas. II - Justiça do Trabalho e Acesso à Justiça e Jurisdição Trabalhista A Justiça do Trabalho na estrutura do Poder Judiciário brasileiro; A jurisdição trabalhista e o acesso individual, coletivo e metaindividual à justiça; Organização da Justiça do Trabalho: Composição e funcionamento das Varas do Trabalho; Composição e funcionamento dos Tribunais Regionais do Trabalho; Composição e funcionamento do Tribunal Superior do Trabalho; O Ministério Público do Trabalho: organização, atribuições e atuação; Advocacia trabalhista: alguns aspectos; O papel do Ministério do Trabalho; Competência da Justiça do Trabalho: em razão da matéria, da pessoa, da função, do lugar; Conflito e modificações de competência. III - Ação Trabalhista Natureza jurídica, elementos e classificação das ações trabalhistas; Condições da ação. IV - Processo e Procedimento Pressupostos processuais;

3 Procedimentos no processo do trabalho: Procedimento comum ordinário, Procedimento comum sumário, Procedimento comum sumaríssimo; Procedimentos especiais. V - Atos, Termos, e Prazos Processuais Comunicação dos atos processuais: notificação, citação e intimação; Termos e prazos processuais: classificação, contagem, suspensão e interrupção dos prazos; Despesas processuais; Distribuição e registro; Processo informatizado/eletrônico; Nulidades processuais. 16h VI - Partes e Procuradores Capacidade processual e capacidade de ser parte; Ius postulandi; Litisconsórcio (reclamatória plúrima); Representação e Assistência; Substituição processual; Sucessão processual; Deveres das partes; Litigância de má-fé; Intervenção de terceiros: Assistência, Oposição, Nomeação à autoria, Denunciação da Lide, Chamamento ao Processo. VII - Petição Inicial Requisitos da petição inicial; Requisitos controvertidos; Aditamento da petição inicial; Indeferimento da petição inicial; Antecipação da tutela. VIII - Audiência Generalidades sobre a audiência trabalhista: presença do juiz e dos servidores da justiça, poder de polícia e registro das audiências; Audiência de Conciliação e Julgamento; Comparecimento das partes; Comparecimento das testemunhas; Proposta de conciliação; Acordo e termo de conciliação. IX - Resposta do Réu Contraditório trabalhista e espécies de resposta do réu; Exceções; Contestação: contra o processo e contra o mérito (direta e indireta); Reconvenção; Impugnação ao valor da causa. 20h X - Direito probatório no processo do trabalho Princípios de direito probatório; Objeto da prova; Ônus da prova; Meios de prova; Suspensão do processo. XI Razões finais, Sentença e Coisa Julgada Razões finais; Conciliação pré-decisória; Acordo; Conversão do julgamento em diligência;

4 Sentença: classificação quanto ao mérito e quanto ao conteúdo; Requisitos essenciais e complementares da sentença. Julgamento citra, ultra e extra petita Intimação da Sentença; Coisa Julgada: formal e material; Relativização da coisa julgada; Limites objetivos e subjetivos da coisa julgada; Autonomia da coisa julgada no processo do trabalho. XII - Recursos Trabalhistas Conceito, natureza e classificação dos recursos trabalhistas; Princípios de direito recursal trabalhista; Efeitos dos recursos; Pressupostos recursais: objetivos e subjetivos; formas de interposição; Contrarrazões e recursos de terceiros; Juízo de admissibilidade; Cláusula impeditiva de recurso; Recursos trabalhistas em espécie: Recurso Ordinário: cabimento, devolutividade, tramitação; Recurso de Revista: cabimento, pressupostos de admissibilidade, efeitos, procedimento; Embargos no TST: Embargos infringentes, Embargos de Divergência, Embargos de nulidade; Agravo: Agravo de Petição, Agravo de Instrumento, Agravo Regimental; Embargos de Declaração; Recurso Extraordinário no processo do trabalho: cabimento, pressupostos, efeitos, processamento; Recurso Adesivo; Pedido de Revisão; XIII Liquidação e Cumprimento de Sentença e Execução Trabalhista Conceito, espécies de liquidação de sentença e decisão de liquidação; A execução trabalhista na nova sistemática do processo executivo. Princípios do cumprimento de sentença e da execução trabalhista Cumprimento de sentença: obrigação por quantia certa; obrigação de fazer, não-fazer ou entregar coisa; Procedimento do cumprimento de sentença: competência, intimação do devedor, multas, auto de penhora e avaliação, arquivamento dos autos; Embargos (ou impugnação) do devedor; Cumprimento provisório da sentença; Execução: legitimidade ad causam; Execução por tipo de obrigação: título extrajudicial por quantia certa contra devedor solvente, obrigação de entregar coisa certa ou incerta, obrigação de fazer e não-fazer, prestações sucessivas; Execução por tipo de devedor: contra devedor concordatário, contra massa falida ou empresa em recuperação judicial ou em liquidação judicial; Embargos: à execução; do executado; à penhora; à arrematação e à adjudicação; de terceiro; Exceção de pré-executividade; Encerramento da execução. 12h XIV - Procedimentos Especiais Trabalhistas Inquérito judicial para apuração de falta grave; Dissídio Coletivo; Ação de cumprimento XV - Ações Especiais Admissíveis no Processo do Trabalho Mandado de Segurança; Ação rescisória; Ação de consignação em pagamento; Habeas corpus e Habeas data; Ação Civil Pública; Ação Civil coletiva;

5 Ação anulatória de cláusulas convencionais; Ações cautelares: Arresto, Sequestro, Busca e apreensão, Exibição, Produção antecipada de provas, Justificação, Protesto, notificação e interpelação, Atentado; Ação monitória; Correição parcial; Ação de prestação de contas. 4. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO 4.1. Primeiro Semestre de 2014 Data Conteúdos/Atividades/Ocorrências 06/03 - Início da Disciplina. Apresentação do docente e dos discentes. Introdução ao Direito Processual do Trabalho. 13/03 - O Direito processual entre o Estado Liberal e o Estado Democrático de Direito. Constitucionalização do processo e princípios de direito processual e de direito processual do trabalho. Fontes do direito processual do trabalho. Interpretação, integração, aplicação e eficácia do direito processual do trabalho. Métodos de solução de conflitos trabalhistas. 20/03 - Justiça do Trabalho e Acesso à Justiça e Jurisdição Trabalhista. A Justiça do Trabalho na estrutura do Poder Judiciário brasileiro. A jurisdição trabalhista e o acesso individual, coletivo e metaindividual à justiça. Organização da Justiça do Trabalho: Composição e funcionamento das Varas do Trabalho; Composição e funcionamento dos Tribunais Regionais do Trabalho; Composição e funcionamento do Tribunal Superior do Trabalho. O Ministério Público do Trabalho: organização, atribuições e atuação. Advocacia trabalhista: alguns aspectos. O papel do Ministério do Trabalho. Competência da Justiça do Trabalho: em razão da matéria, da pessoa, da função, do lugar. Conflito e modificações de competência. Seminário /03 - Ação Trabalhista. Natureza jurídica, elementos e classificação das ações trabalhistas. Condições da ação. Processo e Procedimento. Pressupostos processuais. Procedimentos no processo do trabalho: Procedimento comum ordinário, Procedimento comum sumário, Procedimento comum sumaríssimo. Procedimentos Especiais Trabalhistas: Inquérito judicial para apuração de falta grave; Dissídio Coletivo; Ação de cumprimento. Seminário /04 Atos, Termos, e Prazos Processuais. Comunicação dos atos processuais: notificação, citação e intimação. Termos e prazos processuais: classificação, contagem, suspensão e interrupção dos prazos. Despesas processuais. Distribuição e registro. Processo informatizado/eletrônico. Nulidades processuais. Partes e Procuradores. Capacidade processual e capacidade de ser parte. Ius postulandi. Litisconsórcio (reclamatória plúrima). Representação e Assistência. Substituição processual. Sucessão processual. Deveres das partes. Litigância de má-fé. Intervenção de terceiros: Assistência, Oposição, Nomeação à autoria, Denunciação da Lide, Chamamento ao Processo. Seminário /04 - Petição Inicial. Requisitos da petição inicial. Requisitos controvertidos. Aditamento da petição inicial. Indeferimento da petição inicial. Antecipação da tutela. Audiência. Generalidades sobre a audiência trabalhista: presença do juiz e dos servidores da justiça, poder de polícia e registro das audiências. Audiência de Conciliação e Julgamento. Comparecimento das partes. Comparecimento das testemunhas. Proposta de conciliação. Acordo e termo de conciliação. Seminário 04.

6 17/04 - Resposta do Réu. Contraditório trabalhista e espécies de resposta do réu. Exceções. Contestação: contra o processo e contra o mérito (direta e indireta). Reconvenção. Impugnação ao valor da causa. Direito probatório no processo do trabalho. Princípios de direito probatório. Objeto da prova. Ônus da prova. Meios de prova. Suspensão do processo. Seminário /04 - Entrega de trabalhos e Aplicação da 1ª Prova 01/05 - Feriado Dia do Trabalho 08/05 - Razões finais, Sentença e Coisa Julgada. Razões finais. Conciliação pré-decisória. Acordo. Conversão do julgamento em diligência. Sentença: classificação quanto ao mérito e quanto ao conteúdo; Requisitos essenciais e complementares da sentença. Julgamento citra, ultra e extra petita. Intimação da Sentença. Coisa Julgada: formal e material; Relativização da coisa julgada; Limites objetivos e subjetivos da coisa julgada; Autonomia da coisa julgada no processo do trabalho. Seminário /05 Recursos Trabalhistas. Conceito, natureza e classificação dos recursos trabalhistas. Princípios de direito recursal trabalhista. Efeitos dos recursos. Pressupostos recursais: objetivos e subjetivos; formas de interposição. Contrarrazões e recursos de terceiros. Juízo de admissibilidade. Cláusula impeditiva de recurso. Recursos trabalhistas em espécie: Recurso Ordinário: cabimento, devolutividade, tramitação. Seminário /05 - Recursos trabalhistas (continuação): Recurso de Revista: cabimento, pressupostos de admissibilidade, efeitos, procedimento. Embargos no TST: Embargos infringentes, Embargos de Divergência, Embargos de nulidade. Agravo: Agravo de Petição, Agravo de Instrumento, Agravo Regimental. Embargos de Declaração. Recurso Extraordinário no processo do trabalho: cabimento, pressupostos, efeitos, processamento. Recurso Adesivo. Pedido de Revisão. Seminário /05 - Liquidação e Cumprimento de Sentença e Execução Trabalhista. Conceito, espécies de liquidação de sentença e decisão de liquidação. A execução trabalhista na nova sistemática do processo executivo. Princípios do cumprimento de sentença e da execução trabalhista. Cumprimento de sentença: obrigação por quantia certa; obrigação de fazer, não-fazer ou entregar coisa. Procedimento do cumprimento de sentença: competência, intimação do devedor, multas, auto de penhora e avaliação, arquivamento dos autos. Embargos (ou impugnação) do devedor. Cumprimento provisório da sentença. Seminário /06 Execução: legitimidade ad causam. Execução por tipo de obrigação: título extrajudicial por quantia certa contra devedor solvente, obrigação de entregar coisa certa ou incerta, obrigação de fazer e não-fazer, prestações sucessivas. Execução por tipo de devedor: contra devedor concordatário, contra massa falida ou empresa em recuperação judicial ou em liquidação judicial. Embargos: à execução; do executado; à penhora; à arrematação e à adjudicação; de terceiro. Exceção de pré-executividade. Encerramento da execução. Seminário /06 - Recesso Acadêmico Jogo do Brasil na Copa da FIFA 19/06 - Ponto facultativo e recesso Corpus Christi 26/06 Ações Especiais Admissíveis no Processo do Trabalho. Mandado de Segurança. Ação rescisória. Ação de consignação em pagamento. Habeas corpus e Habeas data. Ação Civil Pública. Ação Civil coletiva. Ação anulatória de cláusulas convencionais. Ações cautelares: Arresto, Sequestro, Busca e apreensão, Exibição, Produção antecipada de provas, Justificação, Protesto, notificação e interpelação, Atentado. Ação monitória. Correição parcial. Ação de prestação de contas. 03/07 Aula de Revisão

7 10/07 - Entrega de Trabalhos e Aplicação da 2ª Prova 16/07 - Término das aulas do 1º semestre/2014 no Câmpus Cidade de Goiás. 21/07 - Data limite para os professores registrarem no Sistema Acadêmico as notas finais e frequências das disciplinas cursadas no 1º semestre/2014, até às 17horas. - Término do 1º semestre acadêmico/2014. * O cronograma poderá ser alterado no decorrer do período letivo. ** Conforme Resolução CEPEC nº 1225/2013 (Aprova o Calendário Acadêmico da Universidade Federal de Goiás para o ano letivo de 2014) 4.2. Programação de seminários Seminário 01 WERMUTH, Maiquel Ângelo Dezordi. A teoria da tradução como condição de possibilidade para a construção de um novo modelo de processo civil: uma análise a partir da trajetória de Kaspar Hauser. In: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. v. 18. n. 31. Rio de Janeiro, p , ago Disponível em:< Acesso em fevereiro de Seminário 02 Seminário 03 Seminário 04 Seminário 05 Seminário 06 Seminário 07 Cambi, Eduardo. Neoconstitucionalismo e neoprocessualismo. In: Revista do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal da Bahia. N. 17. Salvador: UFB A, º semestre. Disponível em: < Acesso em fevereiro de ABREU, Pedro Manoel de. Novo processo civil imantado pelo constitucionalismo contemporâneo: desconstrução da tradição científico-racional do processo. In: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. v. 18. n. 31. Rio de Janeiro; p , ago Disponível em:< Acesso em fevereiro de DIDIER JR., Fredie. Cláusulas gerais processuais. In: Revista Internacional de Estudios de Derecho Procesal y Arbitraje. n p Disponível em: < Acesso em fevereiro de CAMBI, Eduardo Protagonismo judiciário responsável. In: Argumenta: Revista do Programa de Mestrado em Ciência Jurídica da Universidade Estadual do Norte do Paraná-UENP. n. 16. Jacarezinho, (janeiro/julho). Disponível em:< Acesso em fevereiro de AQUINO, Márcia Regina Pitta Lopes. Uma análise constitucional do direito de ação no Processo civil brasileiro. In: Scientia Iuris. v. 10: Londrina, p Disponível em: < Acesso em fevereiro de DELGADO, Maurício Godinho. DELGADO, Gabriela Neves. Justiça do Trabalho no Brasil. In: AVRITZER, Leonardo (et. al.). Dimensões políticas da justiça. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, p MÔNACO, Roberto. V. A opção dos trabalhadores da América Latina pelos Mecanismos de Autotutela de seus Direitos e Liberdades. In: LYRA, Doreodó Araújo. Desordem e Processo: estudos sobre o direito em homenagem a Roberto Lyra Filho. Porto Alegre: Fabris, p Seminário 08 GARCIA, Alexandre Paz. Ineficácia dos mecanismos extrajudiciais de composição dos conflitos individuais trabalhistas no Brasil: uma abordagem multidisciplinar. In: HORN, Carlos Henrique. COTANDA, Fernando Coutinho (Org.). Relações de trabalho no mundo contemporâneo: ensaios multidisciplinares. Porto Alegre: Editora da UFRGS, p

8 Seminário 09 Seminário 10 TEDESCO, Maria Silvana Rotta. A expansão recente da demanda da Justiça do Trabalho e a distribuição setorial das ações: uma análise exploratória de seus fatores explicativos. In: HORN, Carlos Henrique. COTANDA, Fernando Coutinho (Org.). Relações de trabalho no mundo contemporâneo: ensaios multidisciplinares. Porto Alegre: Editora da UFRGS, p SILVA, Felipe Stribe da. Revalorização do fato no ambiente processual civil brasileiro: como a hermenêutica filosófica e o processo civil se relacionam mesmo na sociedade informacional (sociedade em rede). In: Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global: Revista Do Programa De Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal De Santa Maria. v. 1, n. 2, jul.dez/2012. P Disponível em: <www.ufsm.br/redesg>. Acesso em fevereiro de METODOLOGIA E ESTRATÉGIAS DE ENSINO Seguindo orientação de uma abordagem pedagógica crítico-social dos conteúdos, pretende-se a realização de aulas expositivas e expositivas dialogadas; essas últimas, por meio de leitura prévia de textos para discussão sobre o tema da aula. O conteúdo desses textos procura desenvolver a capacidade de compreensão multi/interdisciplinar do campo de debates do direito, tendo em vista a preocupação com a possibilidade de intervenção concreta na realidade, por meio da articulação entre ensino, pesquisa e extensão. O/a estudante, assim, é convidado a estudar o direito com vistas à sua atuação em problemas concretos num dado contexto histórico-social e tendo em vista o objetivo de ampliação do acesso à justiça. Para tanto, poder-se-á se valer das seguintes estratégias: 1. Aulas expositivas, com uso de quadro e giz ou projeção em tela; 2. Aulas práticas e visitas técnicas; 3. Recursos audiovisuais (slides, transparências e filmes técnicos); 4. Realização de seminários pelos acadêmicos; 5. Adoção de manuais, apostilas e textos atualizados; 6. Disponibilização da bibliografia básica para consultas pelos acadêmicos; 7. Atendimento individual ou em grupos; 8. Disciplinamento comportamental. 6. RECURSOS DISPONÍVEIS Pretende-se abordar o tema da aula, tendo em vistas as exigências de uma educação jurídica que valorize a multidisciplinaridade e a interdisciplinaridade, e a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, bem como que se comprometa com a ampliação do acesso à justiça. Assim, a abordagem do tema tratado poderá ser complementada com atividades teórico-práticas de pesquisa e extensão, que podem ser articuladas para a concretização dos fins visados. Para esse trabalho, poderão ser utilizados os seguintes recursos didáticos: 1. Fichas técnicas; 2. Resumos/sinopses; 3. Disposição no quadro-de-giz; 4. Transparências para retroprojetor; 5. Projeção de slides e de transparências ilustrativas; 6. Documentários e filmes técnico-científicos; 7. Resolução de exercícios teórico-práticos; 8. Análise de casos concretos, por meio da leitura de acórdãos ou autos de processos findos; 9. Realização de estudos e pesquisas com vistas à revisão da bibliografia existente sobre os temas abordados na disciplina, bem como resolução de problemas cientificamente propostos; 10. Realização de seminários; 11. Articulação da disciplina com atividades de estágio curricular e extracurricular, proposição de atividades extensão a serem realizadas pelos estudantes.

9 7. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Com o fim de avaliar o cumprimento dos objetivos propostos, poderão ser utilizados os seguintes procedimentos e critérios: 1. Avaliações escritas, com respostas dissertativas; 2. Aplicação de testes sobre os assuntos trabalhados; 3. Participação (interesse/frequência) do acadêmico nas aulas teóricas e práticas; 4. Atividade acadêmica em grupo: 4.1. Trabalho escrito (resolução de exercícios, elaboração de fichas técnicas e resumos); 4.2. Apresentação de seminários (individualmente ou em grupos). A nota final da disciplina será calculada de levando-se em conta os trabalhos exigidos e as provas realizadas, de acordo com o perfil da turma e da disciplina, podendo-se, como mecanismo mínimo de avaliação, ser a metade da nota atribuída a trabalhos e a outra metade a provas, seguindo-se, no geral, as orientações do Regulamento Geral dos Cursos de Graduação da UFG. A aprovação do estudante dependerá do alcance da nota mínima de 6,0 (seis) pontos e da frequência de 75% (setenta e cinco por cento) de comparecimentos às atividades disciplinares. O resultado da avaliação dos estudantes será disponibilizado no Portal do Aluno, podendo ser também divulgado no sítio virtual do docente responsável pela disciplina (http://www.vitorfreitas.goias.ufg.br). 8. BIBLIOGRAFIA Bibliografia básica: LEITE, Carlos Henrique Bezerra. Curso de Direito Processual do Trabalho. 11.ed. São Paulo: LTr, MARTINS, Sérgio Pinto. Direito Processual do Trabalho. 35.ed. São Paulo: Atlas, NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Curso de Direito Processual do Trabalho. Saraiva, Bibliografia complementar: ABREU, Pedro Manoel de. Novo processo civil imantado pelo constitucionalismo contemporâneo: desconstrução da tradição científico-racional do processo. In: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. v. 18. n. 31. Rio de Janeiro; p , ago Disponível em:< Acesso em fevereiro de AQUINO, Márcia Regina Pitta Lopes. Uma análise constitucional do direito de ação no Processo civil brasileiro. In: Scientia Iuris. v. 10: Londrina, p Disponível em: < Acesso em fevereiro de CAMBI, Eduardo. Neoconstitucionalismo e neoprocessualismo. In: Revista do Programa de Pós- Graduação em Direito da Universidade Federal da Bahia. N. 17. Salvador: UFB A, º semestre. Disponível em: < Acesso em fevereiro de CAMBI, Eduardo Protagonismo judiciário responsável. In: Argumenta: Revista do Programa de Mestrado em Ciência Jurídica da Universidade Estadual do Norte do Paraná-UENP. n. 16. Jacarezinho, (janeiro/julho). Disponível em:< Acesso em fevereiro de DELGADO, Maurício Godinho. DELGADO, Gabriela Neves. Justiça do Trabalho no Brasil. In: AVRITZER, Leonardo (et. al.). Dimensões políticas da justiça. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013 DIDIER JR., Fredie. Cláusulas gerais processuais. In: Revista Internacional de Estudios de Derecho Procesal y Arbitraje. n p Disponível em: < Acesso em fevereiro de HORN, Carlos Henrique. COTANDA, Fernando Coutinho (Org.). Relações de trabalho no mundo contemporâneo: ensaios multidisciplinares. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2011.

10 MÔNACO, Roberto. V. A opção dos trabalhadores da América Latina pelos Mecanismos de Autotutela de seus Direitos e Liberdades. In: LYRA, Doreodó Araújo. Desordem e Processo: estudos sobre o direito em homenagem a Roberto Lyra Filho. Porto Alegre: Fabris, p OLIVEIRA, Aristeu de. Manual de Prática Trabalhista. 47.ed. São Paulo: Atlas, SILVA, Felipe Stribe da. Revalorização do fato no ambiente processual civil brasileiro: como a hermenêutica filosófica e o processo civil se relacionam mesmo na sociedade informacional (sociedade em rede). In: Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global: Revista Do Programa De Pós- Graduação em Direito da Universidade Federal De Santa Maria. v. 1, n. 2, jul.dez/2012. P Disponível em: <www.ufsm.br/redesg>. Acesso em fevereiro de SOUSA SANTOS, Boaventura de. A redescoberta democrática do trabalho e do sindicalismo. In: A Gramática do Tempo: para uma nova cultura política. Porto: Edições Afrontamento, p WERMUTH, Maiquel Ângelo Dezordi. A teoria da tradução como condição de possibilidade para a construção de um novo modelo de processo civil: uma análise a partir da trajetória de Kaspar Hauser. In: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. v. 18. n. 31. Rio de Janeiro, p , ago Disponível em:< Acesso em fevereiro de * A bibliografia acima listada não impede o acréscimo de outras leituras ao longo do curso. Cidade de Goiás, fevereiro de Prof. Me. Vitor Sousa Freitas Coordenador do Curso Diretor da Unidade Acadêmica

11 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CIDADE DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor Curso de Direito Unidade Campus Cidade de Goiás Nome da Disciplina Período a Ser Cursada Direito Processual Trabalhista 1º Semestre de 2014 Turma Pré-Requisitos 9º Período Teoria Geral do Processo, Direito do Trabalho II Núcleo da Disciplina Núcleo Específico Natureza da Disciplina Disciplina Obrigatória Distribuição da carga horária Carga horária total Teóricas Práticas Carga horária semanal 64h 64h - 4h Horário Quinta-feira 19h05m-22h20m Ementa Direito Processual do Trabalho: conceitos, características, fundamentos e origens. Interpretação e aplicação das normas trabalhistas. Conflitos do trabalho. Justiça do Trabalho: organização e competências. O processo trabalhista. O dissídio individual. O dissídio coletivo. Recursos. Execução. Perspectivas do Direito Processual do Trabalho. Docentes Prof. M e Vitor Sousa Freitas 2. PROGRAMAÇÃO TEÓRICO-PRÁTICA 2.1. Discriminação do conteúdo Horas previstas I - Introdução à Disciplina 16h O Direito processual entre o Estado Liberal e o Estado Democrático de Direito; Constitucionalização do processo e princípios de direito processual e de direito processual do trabalho; Fontes do direito processual do trabalho; Interpretação, integração, aplicação e eficácia do direito processual do trabalho; Métodos de solução de conflitos trabalhistas.

12 II - Justiça do Trabalho e Acesso à Justiça e Jurisdição Trabalhista A Justiça do Trabalho na estrutura do Poder Judiciário brasileiro; A jurisdição trabalhista e o acesso individual, coletivo e metaindividual à justiça; Organização da Justiça do Trabalho: Composição e funcionamento das Varas do Trabalho; Composição e funcionamento dos Tribunais Regionais do Trabalho; Composição e funcionamento do Tribunal Superior do Trabalho; O Ministério Público do Trabalho: organização, atribuições e atuação; Advocacia trabalhista: alguns aspectos; O papel do Ministério do Trabalho; Competência da Justiça do Trabalho: em razão da matéria, da pessoa, da função, do lugar; Conflito e modificações de competência. III - Ação Trabalhista Natureza jurídica, elementos e classificação das ações trabalhistas; Condições da ação. IV - Processo e Procedimento Pressupostos processuais; Procedimentos no processo do trabalho: Procedimento comum ordinário, Procedimento comum sumário, Procedimento comum sumaríssimo; Procedimentos especiais. V - Atos, Termos, e Prazos Processuais Comunicação dos atos processuais: notificação, citação e intimação; Termos e prazos processuais: classificação, contagem, suspensão e interrupção dos prazos; Despesas processuais; Distribuição e registro; Processo informatizado/eletrônico; Nulidades processuais. 16h VI - Partes e Procuradores Capacidade processual e capacidade de ser parte; Ius postulandi; Litisconsórcio (reclamatória plúrima); Representação e Assistência; Substituição processual; Sucessão processual; Deveres das partes; Litigância de má-fé; Intervenção de terceiros: Assistência, Oposição, Nomeação à autoria, Denunciação da Lide, Chamamento ao Processo. VII - Petição Inicial Requisitos da petição inicial; Requisitos controvertidos; Aditamento da petição inicial; Indeferimento da petição inicial; Antecipação da tutela. VIII - Audiência Generalidades sobre a audiência trabalhista: presença do juiz e dos servidores da justiça, poder de polícia e registro das audiências; Audiência de Conciliação e Julgamento; Comparecimento das partes; Comparecimento das testemunhas; Proposta de conciliação; Acordo e termo de conciliação.

13 IX - Resposta do Réu Contraditório trabalhista e espécies de resposta do réu; Exceções; Contestação: contra o processo e contra o mérito (direta e indireta); Reconvenção; Impugnação ao valor da causa. 20h X - Direito probatório no processo do trabalho Princípios de direito probatório; Objeto da prova; Ônus da prova; Meios de prova; Suspensão do processo. XI Razões finais, Sentença e Coisa Julgada Razões finais; Conciliação pré-decisória; Acordo; Conversão do julgamento em diligência; Sentença: classificação quanto ao mérito e quanto ao conteúdo; Requisitos essenciais e complementares da sentença. Julgamento citra, ultra e extra petita Intimação da Sentença; Coisa Julgada: formal e material; Relativização da coisa julgada; Limites objetivos e subjetivos da coisa julgada; Autonomia da coisa julgada no processo do trabalho. XII - Recursos Trabalhistas Conceito, natureza e classificação dos recursos trabalhistas; Princípios de direito recursal trabalhista; Efeitos dos recursos; Pressupostos recursais: objetivos e subjetivos; formas de interposição; Contrarrazões e recursos de terceiros; Juízo de admissibilidade; Cláusula impeditiva de recurso; Recursos trabalhistas em espécie: Recurso Ordinário: cabimento, devolutividade, tramitação; Recurso de Revista: cabimento, pressupostos de admissibilidade, efeitos, procedimento; Embargos no TST: Embargos infringentes, Embargos de Divergência, Embargos de nulidade; Agravo: Agravo de Petição, Agravo de Instrumento, Agravo Regimental; Embargos de Declaração; Recurso Extraordinário no processo do trabalho: cabimento, pressupostos, efeitos, processamento; Recurso Adesivo; Pedido de Revisão; XIII Liquidação e Cumprimento de Sentença e Execução Trabalhista Conceito, espécies de liquidação de sentença e decisão de liquidação; A execução trabalhista na nova sistemática do processo executivo. Princípios do cumprimento de sentença e da execução trabalhista Cumprimento de sentença: obrigação por quantia certa; obrigação de fazer, não-fazer ou entregar coisa; Procedimento do cumprimento de sentença: competência, intimação do devedor, multas, auto de penhora e avaliação, arquivamento dos autos; Embargos (ou impugnação) do devedor; Cumprimento provisório da sentença; Execução: legitimidade ad causam; Execução por tipo de obrigação: título extrajudicial por quantia certa contra devedor solvente, obrigação de entregar coisa certa ou incerta, 12h

14 obrigação de fazer e não-fazer, prestações sucessivas; Execução por tipo de devedor: contra devedor concordatário, contra massa falida ou empresa em recuperação judicial ou em liquidação judicial; Embargos: à execução; do executado; à penhora; à arrematação e à adjudicação; de terceiro; Exceção de pré-executividade; Encerramento da execução. XIV - Procedimentos Especiais Trabalhistas Inquérito judicial para apuração de falta grave; Dissídio Coletivo; Ação de cumprimento XV - Ações Especiais Admissíveis no Processo do Trabalho Mandado de Segurança; Ação rescisória; Ação de consignação em pagamento; Habeas corpus e Habeas data; Ação Civil Pública; Ação Civil coletiva; Ação anulatória de cláusulas convencionais; Ações cautelares: Arresto, Sequestro, Busca e apreensão, Exibição, Produção antecipada de provas, Justificação, Protesto, notificação e interpelação, Atentado; Ação monitória; Correição parcial; Ação de prestação de contas. 3. BIBLIOGRAFIA Bibliografia básica: LEITE, Carlos Henrique Bezerra. Curso de Direito Processual do Trabalho. 11.ed. São Paulo: LTr, MARTINS, Sérgio Pinto. Direito Processual do Trabalho. 35.ed. São Paulo: Atlas, NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Curso de Direito Processual do Trabalho. Saraiva, Bibliografia complementar: ABREU, Pedro Manoel de. Novo processo civil imantado pelo constitucionalismo contemporâneo: desconstrução da tradição científico-racional do processo. In: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. v. 18. n. 31. Rio de Janeiro; p , ago Disponível em:< Acesso em fevereiro de AQUINO, Márcia Regina Pitta Lopes. Uma análise constitucional do direito de ação no Processo civil brasileiro. In: Scientia Iuris. v. 10: Londrina, p Disponível em: < Acesso em fevereiro de CAMBI, Eduardo. Neoconstitucionalismo e neoprocessualismo. In: Revista do Programa de Pós- Graduação em Direito da Universidade Federal da Bahia. N. 17. Salvador: UFB A, º semestre. Disponível em: < Acesso em fevereiro de CAMBI, Eduardo Protagonismo judiciário responsável. In: Argumenta: Revista do Programa de Mestrado em Ciência Jurídica da Universidade Estadual do Norte do Paraná-UENP. n. 16. Jacarezinho, (janeiro/julho). Disponível em:< Acesso em fevereiro de DELGADO, Maurício Godinho. DELGADO, Gabriela Neves. Justiça do Trabalho no Brasil. In: AVRITZER, Leonardo (et. al.). Dimensões políticas da justiça. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,

15 2013 DIDIER JR., Fredie. Cláusulas gerais processuais. In: Revista Internacional de Estudios de Derecho Procesal y Arbitraje. n p Disponível em: < Acesso em fevereiro de HORN, Carlos Henrique. COTANDA, Fernando Coutinho (Org.). Relações de trabalho no mundo contemporâneo: ensaios multidisciplinares. Porto Alegre: Editora da UFRGS, MÔNACO, Roberto. V. A opção dos trabalhadores da América Latina pelos Mecanismos de Autotutela de seus Direitos e Liberdades. In: LYRA, Doreodó Araújo. Desordem e Processo: estudos sobre o direito em homenagem a Roberto Lyra Filho. Porto Alegre: Fabris, p OLIVEIRA, Aristeu de. Manual de Prática Trabalhista. 47.ed. São Paulo: Atlas, SILVA, Felipe Stribe da. Revalorização do fato no ambiente processual civil brasileiro: como a hermenêutica filosófica e o processo civil se relacionam mesmo na sociedade informacional (sociedade em rede). In: Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global: Revista Do Programa De Pós- Graduação em Direito da Universidade Federal De Santa Maria. v. 1, n. 2, jul.dez/2012. P Disponível em: <www.ufsm.br/redesg>. Acesso em fevereiro de SOUSA SANTOS, Boaventura de. A redescoberta democrática do trabalho e do sindicalismo. In: A Gramática do Tempo: para uma nova cultura política. Porto: Edições Afrontamento, p WERMUTH, Maiquel Ângelo Dezordi. A teoria da tradução como condição de possibilidade para a construção de um novo modelo de processo civil: uma análise a partir da trajetória de Kaspar Hauser. In: Revista da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. v. 18. n. 31. Rio de Janeiro, p , ago Disponível em:< Acesso em fevereiro de Cidade de Goiás, fevereiro de Prof. Me. Vitor Sousa Freitas Coordenador do Curso Diretor da Unidade Acadêmica

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

PLANO DE ENSINO PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Fabrício Gonçalves Zipperer

PLANO DE ENSINO PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Fabrício Gonçalves Zipperer PLANO DE ENSINO PRÁTICA TRABALHISTA Prof. Fabrício Gonçalves Zipperer Estágio Supervisionado II 80 horas/aula 1. Organização da Justiça do Trabalho: 1.1. Composição e funcionamento do TST; 1.2. Composição

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO SUMÁRIO NOTA DO AUTOR À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 PREFÁCIO... 17 INTRODUÇÃO... 19 Capítulo I FLEXIBILIZAÇÃO... 21 1.1. Definição... 21 1.2. Flexibilização da norma... 23 1.3. Flexibilizar a interpretação e

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 108h CÓDIGO: DIR160 1. EMENTA: Organização da Justiça do Trabalho. Princípios gerais do processo

Leia mais

PLANO DE ENSINO FICHA N o 2

PLANO DE ENSINO FICHA N o 2 PLANO DE ENSINO FICHA N o 2 Disciplina: Prática Jurídica Trabalhista Código:? Natureza: ( x ) obrigatória ( ) optativa Semestral ( ) Anual ( x ) Modular ( ) Pré-requisito: 3º ano completo Co-requisito:

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: DIREITO TURMA: 6º SEMESTRE - NOTURNO DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL

Leia mais

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 04 h/aula 06 h/aula. 08 h/aula. h/aula Total Acumulado 06 16 24 32 38 40

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 04 h/aula 06 h/aula. 08 h/aula. h/aula Total Acumulado 06 16 24 32 38 40 Identificação Plano de Ensino Curso: DIREITO Disciplina: Prática Jurídica III Ano/semestre: 2012/1 Carga horária: Total: 40 horas Semanal: 02 horas Professor: Vânia Cristina da Silva Carvalho Período/turno:

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/2 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO II PROFESSOR: UDNO ZANDONADE TURMAS: 10 o CN UNIDADES

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSO CIVIL E GESTÃO DO PROCESSO. ANEXO EMENTAS (Turma III) CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO: 390 h/a

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSO CIVIL E GESTÃO DO PROCESSO. ANEXO EMENTAS (Turma III) CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO: 390 h/a CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROCESSO CIVIL E GESTÃO DO PROCESSO CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO: 390 h/a Seminário de Integração e Motivação SIM () Seminário de imersão. Capacita o aluno a quebrar barreiras

Leia mais

SUMÁRIO 1. DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA

SUMÁRIO 1. DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA SUMÁRIO 1. DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA 2. PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO 2.1 Gratuidade de Justiça 2.2 Honorários Advocatícios 2.3 HOMOLOGAÇÃO DE VERBAS RESCISÓRIAS E MULTA

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39

SUMÁRIO CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 CAPÍTULO II - DO PROCESSO CIVIL... 39 SUMÁRIO Apresentação da Coleção...15 CAPÍTULO I FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 19 1. Antecedentes históricos da função de advogado...19 2. O advogado na Constituição Federal...20 3. Lei de regência da

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: Direito Processual Civil III Código: DIR-465 CH Total: 60 horas Pré-requisito:

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista Código: DIR-460 Pré-requisito: Direito do Trabalho I Período

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO II PROFESSOR: UDNO ZANDONADE TURMAS: 10 o CN PLANO DE CURSO 2013/02

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o EMENTA: 1. TEORIA GERAL DA EXECUÇÃO 2. PARTES NO PROCESSO DE EXECUÇÃO 3. COMPETÊNCIA 4. REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA REALIZAR QUALQUER EXECUÇÃO 5. FASE DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA 5.1 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. Identificação Unidade Acadêmica Especial de Letras, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas Regional Jataí Curso: Direito. Disciplina Optativa: Ações Coletivas. Carga horária semestral:

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Processual Civil IV Código:DIR-000 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Processual

Leia mais

2 CONCEITO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO, 18 2.1 Denominação, 18 2.2 Conceito, 18

2 CONCEITO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO, 18 2.1 Denominação, 18 2.2 Conceito, 18 Prefácio, xxvii Nota do autor, xxix 1 HISTÓRICO, 1 1.1 Fundamentos, 1 1.2 Evolução, 2 1.2.1 Nos demais países, 2 1.2.1.1 França, 2 1.2.1.2 Alemanha, 5 1.2.1.3 Itália, 6 1.2.1.4 México, 8 1.2.1.5 Espanha,

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Noções introdutórias e históricas.

Leia mais

Fredie Didier Jr. Ravi Peixoto

Fredie Didier Jr. Ravi Peixoto Fredie Didier Jr. Professor-associado da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (graduação, mestrado e doutorado). Coordenador do curso de graduação da Faculdade Baiana de Direito, Membro

Leia mais

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 SUMÁRIO I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 1 Fontes do direito processual do trabalho, 2 1.1 Fontes materiais, 2 1.2 Fontes formais, 3 1.2.1 Fontes formais diretas, 3 1.2.2 Fontes formais

Leia mais

2.5.5 Contrato por prazo indeterminado 2.5.6 Contrato por prazo determinado 2.6 Contrato por prazo determinado da CLT 2.7 Terceirização 2.

2.5.5 Contrato por prazo indeterminado 2.5.6 Contrato por prazo determinado 2.6 Contrato por prazo determinado da CLT 2.7 Terceirização 2. SUMÁRIO 1. DIREITO INDIVIDUAL DO TRABALHO INTRODUÇÃO 1.1 Fontes do Direito do Trabalho 1.1.1 Classificação 1.1.2 Hierarquia entre as fontes justrabalhistas 1.2 Princípios do direito do trabalho 1.2.1 Princípio

Leia mais

Curso de Direito. Prof. Me. Heitor Miranda Guimarães

Curso de Direito. Prof. Me. Heitor Miranda Guimarães 1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DOM BOSCO Curso de Direito Prof. Me. Heitor Miranda Guimarães Disciplinas na UCDB: - Direito Processual Civil I, II, III, IV e V - Estágio Supervisionado (NUPRAJUR - 9.º e 10.º

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de 2006 - D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal DEPARTAMENTO DE DIREITO DO ESTADO 2015

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de 2006 - D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal DEPARTAMENTO DE DIREITO DO ESTADO 2015 DE DIREITO DO ESTADO 2015 EMENTA O Direito Constitucional é a referência axiológica para a aplicação de todos os ramos do Direito. Nesse sentido, este curso de Prática Jurídica Constitucional possibilita

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2013 Visitas Orientadas 72 Horas Obrigatórias Visitas Justiça

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 23 239 Art. 20, II Lei 9.94/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 SEM CUSTAS - Já abrangidas nas custas

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 237 239 Art. 20, II Lei 9.974/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 Já abrangidas nas custas da ação

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 50/98 APROVA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL DE ADVOCACIA DA FD EM CONVÊNIO COM A OAB/SP.

RESOLUÇÃO CONSEPE 50/98 APROVA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL DE ADVOCACIA DA FD EM CONVÊNIO COM A OAB/SP. RESOLUÇÃO CONSEPE 50/98 APROVA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL DE ADVOCACIA DA FD EM CONVÊNIO COM A OAB/SP. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito.

Fornecer ao estudante uma visão global do processo de execução, no Brasil, especialmente da execução para a cobrança de crédito. 1 de 7 06/02/2015 15:58 Detalhes da Disciplina Código JUR3313 Nome da Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Carga Horária 60 Créditos 4 Ementa Objetivos Gerais Teoria Geral da Execução. Execução de Títulos

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER

1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Tabela de honorários de advogados dativos - 2013 (Resolução-Conjunta TJMG/AGE/ OAB 001/2013) ANEXO I - PARTE ESPECIAL 1 - AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARÁTER Salvo outra disposição

Leia mais

eduardocambi@hotmail.com

eduardocambi@hotmail.com eduardocambi@hotmail.com - Sociedade tecnológica e de consumo: transforma tudo rapidamente. - Direito - influenciado pela cultura: é resultado das idéias, valores e normas compartilhadas em um grupo social.

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO

P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO XXI CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO EDITAL nº 7/2008

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico MMO tecnologia para a saúde Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: ETEC PAULINO BOTELHO - Extensão E.E. Arlindo Bittencourt Código: 092-2 Município: São Carlos/SP Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO PROGRAMA DE DISCIPLINA II. Disciplina: PRÁTICA JURÍDICA I (D-40) Área: Ciências Sociais Período: Sétimo Turno: Matutino/Noturno Ano: 2008.1 Carga Horária: 90 H; Créd.: 05 III. Pré-Requisito:

Leia mais

Pós-Graduação Direito Processual Civil e do Trabalho Realização: EPD - Escola Paulista de Direito

Pós-Graduação Direito Processual Civil e do Trabalho Realização: EPD - Escola Paulista de Direito Pós-Graduação Direito Processual Civil e do Trabalho Realização: EPD - Escola Paulista de Direito Data: 23/8 a 13/12/2013 (sextas-feiras) Horário: 18h às 22h45 Local: Av. Liberdade, 956, São Paulo/SP Apresentação

Leia mais

COMPETÊNCIAS (definidas no Projeto Pedagogico co Curso) a) leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos;

COMPETÊNCIAS (definidas no Projeto Pedagogico co Curso) a) leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos; Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL Curso DIREITO Turno/Horário TARDE/NOITE Processo Cautelar e Procedimentos Especiais Professor(a) MILTON DE SOUZA CORREA FILHO Turma: 5 DIV-1 5 DIN-1 Carga Horária Semanal

Leia mais

Plano de Ensino Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Plano de Ensino Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Faculdade Curso Disciplina Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos DTLS - Direito do Trabalho e Legislação Social Período Letivo 2013 - Anual

Leia mais

PLANO DE CURSO 2010/2

PLANO DE CURSO 2010/2 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL II PROFESSOR: BRUNO ALBINO RAVARA TURMA: 2º ANO INTEGRAL PLANO DE CURSO

Leia mais

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE 1 REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º O Núcleo de Prática Jurídica é órgão destinado a coordenar, executar

Leia mais

WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO. Coordenador da Coleção

WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO. Coordenador da Coleção WANDER GARCIA TERESA MELO BRUNA VIEIRA PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL 4 a EDIÇÃO COLEÇÃO Coordenador da Coleção SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. Provimento 144/11: o Novo Exame de Ordem...13

Leia mais

Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito

Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito Faculdade Marista Curso de Graduação em Direito E D I T A L PROCESSO SELETIVO DE MONITORES 2014.2 O Coordenador do Curso de Direito, no uso das suas atribuições, torna público, que estarão abertas em secretaria

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA FDV

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA FDV REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA FDV REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA TÍTULO I Dos Princípios gerais Art. 1. Este regimento Interno disciplina

Leia mais

EDITAL PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL NO AMAZONAS n 19 DE FEVEREIRO DE 2010. TESTE SELETIVO ESTÁGIO

EDITAL PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL NO AMAZONAS n 19 DE FEVEREIRO DE 2010. TESTE SELETIVO ESTÁGIO EDITAL n 19 DE FEVEREIRO DE 2010., de TESTE SELETIVO ESTÁGIO A, com amparo na Lei nº 11.788/2008, RESOLVE divulgar a abertura de inscrições e estabelecer normas relativas ao processo seletivo-2010.1 destinado

Leia mais

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Código 92 Curso Graduação Série 5º Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO NPJ E ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO NPJ E ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO NPJ E ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º Este Regulamento rege as atividades

Leia mais

Credenciada pela Portaria Ministerial nº 2.611, de 18 de setembro de 2002 DOU - nº 183 - Seção 1, de 20 de Setembro de 2002 - MEC.

Credenciada pela Portaria Ministerial nº 2.611, de 18 de setembro de 2002 DOU - nº 183 - Seção 1, de 20 de Setembro de 2002 - MEC. Credenciada pela Portaria Ministerial nº 2.611, de 18 de setembro de 2002 DOU - nº 183 - Seção 1, de 20 de Setembro de 2002 -. CURSOS AUTORIZADOS CIÊNCIAS ECONÔMICAS Portaria nº 2.612 18/09/2002 PEDAGOGIA

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO 3. OBJETIVOS 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-45 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04

1. IDENTIFICAÇÃO 3. OBJETIVOS 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-45 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-45 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 02 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 30 NOME DA DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE PRÁTICA JURÍDICA I NOME DO CURSO: DIREITO 2.

Leia mais

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 00. 21/02/2011 Página 1 de 5. Série 3 Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 00. 21/02/2011 Página 1 de 5. Série 3 Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - Curso Semestral - 2015 Disciplina DIREITO DAS OBRIGAÇÕES Curso Graduação Série 3 Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Turmas A, B e D Código

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Prática Jurídica III (Trabalhista) Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Privado

Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Prática Jurídica III (Trabalhista) Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Privado Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Prática Jurídica III (Trabalhista) Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Privado EMENTA Área: Direito do Trabalho e Processo do Trabalho

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO. Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira

ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO. Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TRABALHALISTA DA 6ª REGIÃO Diretor: Desembargador Sergio Torres Teixeira QUINTA SELEÇÃO PARA ADMISSÃO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL E DO TRABALHO

Leia mais

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual.

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual. PONTO Nº 01 Hermenêutica: interpretação, integração e aplicação do Direito do Trabalho. Métodos básicos de exegese. O papel da equidade. Eficácia das normas trabalhistas no tempo e no espaço. Revogação.

Leia mais

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO PROGRAMA ESPECÍFICO DA PROVA ORAL XX CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA Regula o funcionamento do Núcleo de Prática Jurídica NPJ do curso de Direito Bacharelado da Fibra. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Í N D I C E Código Disciplina Página DIR 06-00231 Teoria Geral do Processo I 2 DIR 06-00404 Teoria Geral do Processo II 3 DIR 06-00896 Direito Processual Civil I 4 DIR 06-01080

Leia mais

TABELA DE RESPOSTA DAS QUESTÕES OBJETIVAS (questões 1 a 5) Respostas. a b c d e

TABELA DE RESPOSTA DAS QUESTÕES OBJETIVAS (questões 1 a 5) Respostas. a b c d e CURSO: Direito DISCIPLINA: Execução Trabalhista e Procedimentos Especiais DATA: 29/05/2013 PROF.: Marcelo Gerard AVALIAÇÃO - NP2 Constam desta avaliação 6 (seis) questões, no valor de um ponto cada. As

Leia mais

ASSOCIAÇÃO RANIERI DE EDUCAÇÃO E CULTURA Faculdades Integradas de Bauru FIB Graduação em Direito, Bacharelado

ASSOCIAÇÃO RANIERI DE EDUCAÇÃO E CULTURA Faculdades Integradas de Bauru FIB Graduação em Direito, Bacharelado REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO, BACHARELADO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU Em cumprimento às exigências da Resolução CNE/CES nº 9, de 29 de setembro de 2004

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 19 PERÍODO: 5 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO I NOME DO CURSO: DIREITO 2.

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 19 PERÍODO: 5 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 19 PERÍODO: 5 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Introdução

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO. 5ª SÉRIE A e B: NOTURNO

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO. 5ª SÉRIE A e B: NOTURNO FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO 5ª SÉRIE A e B: NOTURNO PROFESSORA: MARIA CLAUDIA SANTANA LIMA DE OLIVEIRA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO SÉRIE: 5 ANO A e B TURMAS: NOTURNO CARGA HORÁRIA

Leia mais

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 37 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Período Carga Horária: 72H/a: EMENTA Teoria geral do direito falimentar. Processo falimentar: Fases do processo de falência. Administração

Leia mais

Wander Garcia. Coordenador da coleção Como Passar OAB. 2 a FASE. 3 a Edição 2012 PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. Wander Garcia e Teresa Melo

Wander Garcia. Coordenador da coleção Como Passar OAB. 2 a FASE. 3 a Edição 2012 PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL. Wander Garcia e Teresa Melo na Wander Garcia Coordenador da coleção Como Passar OAB 3 a Edição 2012 2 a FASE PRÁTICA ADMINISTRATIVA E CONSTITUCIONAL Wander Garcia e Teresa Melo SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...13 1. Provimento

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Período Carga Horária: 72H/a: EMENTA Teoria geral do direito falimentar. Processo falimentar: Fases do processo de falência. Administração

Leia mais

CURSO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SUAS ALTERAÇÕES E POLÊMICAS

CURSO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SUAS ALTERAÇÕES E POLÊMICAS CURSO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SUAS ALTERAÇÕES E POLÊMICAS PLANO DE CURSO Sumário TUTOR e CONTEUDISTA 1. INFORMAÇÕES GERAIS DANIEL... DE MACEDO ALVES PEREIRA 2 2. EMENTA... Defensor Público Federal

Leia mais

Edital nº 05/2010. Seleção de Professores

Edital nº 05/2010. Seleção de Professores Edital nº 05/2010 Seleção de Professores O Diretor da Faculdade de Direito de Sorocaba, no uso de suas atribuições, FAZ Saber que estão abertas as inscrições para o PROCESSO SELETIVO para preenchimento

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL PARTE GERAL LIVRO I - DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO - DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS CAPÍTULO I - DAS NORMAS

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE CURSO 1. Identificação

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO CURSO DIREITO DISCIPLINA DIREITO EMPRESARIAL IV PROFESSOR Ms. TATYANE KAREN DA SILVA

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CAPÍTULO I DA FINALIDADE ART. 1º - O Núcleo de Prática Jurídica, subordinado à Faculdade de Direito

Leia mais

PROCEDIMENTO. Classificação do procedimento Comum: rito ordinário e rito sumário Especial: de jurisdição contenciosa e de jurisdição voluntária

PROCEDIMENTO. Classificação do procedimento Comum: rito ordinário e rito sumário Especial: de jurisdição contenciosa e de jurisdição voluntária Turma e Ano: Direito Público I (2013) Matéria / Aula: Processo Civil / Aula 20 Professor: Edward Carlyle Monitora: Carolina Meireles PROCEDIMENTO Conceito Corrente clássica: é uma forma material com que

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 9º Semestre/Noturno DISCIPLINA: Direito

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: 8 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: 8 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: 8 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 NOME DA DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE PRÁTICA JURIDICA II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL:

Leia mais

CURSO COMPLETO E ATUALIZADO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

CURSO COMPLETO E ATUALIZADO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Patrícia Fontes Marçal Professora de Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Direito Constitucional Graduada em Direito, Universidade de Brasília, UnB Mestre em Direito e Estado, Universidade de Brasília,

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DO NUCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS Este Regulamento se aplica ao curso de Direito da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés TÍTULO I DOS

Leia mais

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador);

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador); Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo do Trabalho / Aula 04 Professor: Leandro Antunes Conteúdo: Procedimento Sumário, Procedimento Sumaríssimo. A competência para julgar acidente de trabalho:

Leia mais

5º PROCESSO SELETIVO ANABB PARA A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA - 08/2015 ASSESSORIA JURÍDICA 27/08/2015 EDITAL 01/2015

5º PROCESSO SELETIVO ANABB PARA A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA - 08/2015 ASSESSORIA JURÍDICA 27/08/2015 EDITAL 01/2015 5º PROCESSO SELETIVO ANABB PARA A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA - 08/2015 ASSESSORIA JURÍDICA 27/08/2015 EDITAL 01/2015 A Assessoria Jurídica da ANABB torna público o presente Processo Seletivo para

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina LEGISLAÇÃO PARA ENGENHARIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE ARQUIVO GERAL DO JUDICIÁRIO TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL - 1º GRAU - MENOR INFÂNCIA E JUVENTUDE CLASSES CNJ Correspondente Código

Leia mais

A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil SUMÁRIO

A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil SUMÁRIO A Tutela Provisória no Novo Código de Processo Civil SUMÁRIO PARTE 1 A TUTELA PROVISÓRIA PREVISTA NO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA CRÍTICA... 23 CAPÍTULO I TEORIA GERAL DA TUTELA

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE ANGLO-AMERICANO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º Este Regulamento disciplina as atividades do Estágio Curricular Supervisionado,

Leia mais

REDE GONZAGA DE ENSINO SUPERIOR REGES FACULDADE REGES DE DRACENA

REDE GONZAGA DE ENSINO SUPERIOR REGES FACULDADE REGES DE DRACENA REGULAMENTO _ DAS ACADEMICAS Em cumprimento às exigências da Resolução CNE/CES nº 9, de 29 de setembro de 2004 (do Conselho Nacional de Educação Câmara de Educação Superior) e ao Projeto Pedagógico do

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE FACDO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - NUPJUR MANUAL DO ESTAGIÁRIO 2013.

FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE FACDO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - NUPJUR MANUAL DO ESTAGIÁRIO 2013. FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE FACDO CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - NUPJUR MANUAL DO ESTAGIÁRIO 2013.1 PRÁTICA SIMULADA A P R E S E N T A Ç Ã O Visando uma completa integração dos acadêmicos

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO

SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO 1. INTRODUÇÃO 2. DA SOLUÇÃO DOS LITÍGIOS PERANTE O JUDICIÁRIO 2.1 Estrutura jurisdicional brasileira 2.2 Lide, processo e

Leia mais

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS )

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Manual de Prática Penal Sumário Manual de Prática Penal Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Fundamento Legal... 33

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL B Código: DV 450

PLANO DE ENSINO. Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL B Código: DV 450 PLANO DE ENSINO Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL B Código: DV 450 Pré-requisito: Direito Civil A, B. Carga horária: 90 (noventa) horas aula Créditos: 6 (seis) Natureza: anual Docente: EMENTA Sociedades

Leia mais

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Enfam ROTEIRO DE CREDENCIAMENTO 1. Identificação do Requerente Escola: Escola do Poder Judiciário ESJUD Diretor: Desembargador Francisco Djalma

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Sumário LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Capítulo 1 Da Jurisdição...3 1.1. Conceito de Jurisdição... 5 1.2. Exercício da Jurisdição Quem Exerce a Jurisdição?...15 1.3. Características da Jurisdição...17

Leia mais

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU RESOLUÇÃO Nº 928/2012 - Aprova o Regulamento do Programa de Bolsas de Extensão (PROBEX). Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-rei FAUF e o Prefeito Municipal de Ibirité, Antonio Pinheiro Júnior, faz saber

Leia mais

Simulado Virtual para o TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO. Edital Virtual

Simulado Virtual para o TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO. Edital Virtual Simulado Virtual para o TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Edital Virtual O Presidente da Comissão de Simulado torna pública a realização de Simulado Virtual para Ingresso no Quadro de Pessoal

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL Apresentação O curso de Pós-graduação em Direito Processual Civil e Práticas Processuais qualifica o participante para a aprovação em concursos públicos,

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS)

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS) CURSO DE DIREITO REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO (NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS) REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO TÍTULO I DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E SEUS IMPACTOS NA ADVOCACIA CONTENCIOSA 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo

Leia mais