FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE CURSO 1. Identificação Disciplina: Perícia Contábil Curso: Ciências Contábeis Período: 8º Centro: Ciências Humanas e Sociais Professor: Valéria de Oliveira Brites Carga Horária: 80h Semestre: ( 1.º ) Ano: ( 2015 ) 2. Ementa Fundamentos da perícia contábil. Exercício profissional do perito. Legislação e Normas da Perícia Contábil (CPC e NBC s), abordando o perito, os honorários, o planejamento do trabalho pericial, os procedimentos utilizados nas perícias. A arbitragem: conceitos, procedimentos arbitrais, esfera de atuação. Laudo pericial contábil, com estudo de casos práticos/simulados e modelos de petições. 3. Objetivos Gerais - Elaborar um Laudo Pericial de forma clara e objetiva, considerando sempre os aspectos técnicos, filosóficos, éticos e morais para a confecção deste, auxiliando a Justiça para que haja o deslinde da lide; - Examinar a documentação contábil com o objetivo de detectar fraudes e omissões; - Agir de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade.

2 4. Relação dos Conteúdos da Disciplina com ênfase nos conteúdos nucleares Habilidades de Formação Conteúdo Programático Unidade 1: Fundamentos da Perícia Contábil 1.1 História da Perícia Contábil 1.2 Conceito de Perícia Contábil 1.3 Objetivos da Perícia Contábil 1.4 Distinção entre Perícia e Auditoria 1.5 Função Pericial 1.6 Tipos de Perícias Unidade 2: Exercício Profissional do Perito 2.1 Tipos de Perito 2.2 Perfil Profissional Exigível Unidade 3: Legislação e Normas da Perícia Contábil 3.1 Responsabilidades Sociais, Civis e Criminais 3.2 A Inserção da Perícia no Código de Processo Civil 3.3 Normas Brasileiras de Contabilidade que regem os peritos e o trabalho pericial Do perito Honorários Planejamento do Trabalho Pericial Procedimentos utilizados nas perícias Unidade 4: Arbitragem 4.1 Conceito 4.2 Procedimentos arbitrais 4.3 Esfera de atuação da arbitragem Unidade 5: Laudo Pericial Contábil 5.1 Generalidades 5.2 Características Gerais e de Conteúdo do Laudo 5.3 Espécies de Laudo Pericial 5.4 Aplicações importantes da Perícia Contábil nas várias causas judiciais 5.5 Esclarecimentos e Quesitos Elucidativos 5.6 Laudo Complementar 5.7 Cálculos de juros de mora, atualização monetária em processos trabalhistas. 5.8 Modelo de Petições de Estimativas de Honorários 5.9 Modelo de Petição de Desistência de Honorários 5.10 Modelo de Petição de Recusa de Nomeação Compreender a evolução histórica que a Perícia sofreu até os dias de hoje, tornando claro que o princípio maior da Perícia é trazer à luz o que está oculto, trazer sempre a verdade dos fatos estudados, seja qual for o tipo de perícia. Conhecer todas as capacidades que um perito deve possuir para poder desempenhar bem suas funções, tais como: conhecimentos contábeis, jurídico. Conhecer os deveres e direitos e, quais as penalidades que sofrerá se descumprir o CPC e conhecer as NBC s que regem o trabalho do perito bem como sua atuação. Analisar um trabalho para que esteja apto a elaborar seu pedido de honorários, considerando o que preceitua a NBC. Conhecer as técnicas que podem ser utilizadas no trabalho pericial, para que o resultado da perícia se afirme na verdade, no conhecimento. Conhecer o funcionamento e os procedimentos da Arbitragem. Elaborar, analisar e interpretar com clareza e objetividade o laudo pericial, expondo ao usuário as observações e estudos efetuados a respeito da matéria e, principalmente, os fundamentos e as conclusões a que chegou, levando ao conhecimento das partes sua opinião, para que assim haja a solução de controvérsias. e elaborar seus próprios modelos de petições a partir dos oferecidos.

3 5. Programa Analítico Data Horário CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ATIVIDADE % da Professor 02/02 18:50/22:20 - Apresentação, Conteúdo Programático, Bibliografia, Critérios de Avaliação. Introdução ao Estudo de Perícia Contábil.. História da Perícia Contábil: Árbitro, Perito; Provas que já foram admitidas e provas admitidas hoje. Fundamentos da Perícia Contábil: 1) Conceito de Perícia Contábil; 2) Objetivos da Perícia Contábil; 09/02 18:50/22:20-3) Espécies de Perícia Contábil: Perícia Judicial, Perícia Semijudicial, Perícia Extrajudicial e Perícia Arbitral. 4) Distinção entre Perícia e Auditoria. 5) Função Pericial. - Perito: 1) Tipos de Perito: Perito Contador ou do Juízo e Perito Contador Assistente. 2) Perfil Profissional Exigível: Capacidade Legal, Profissional, Ética e Moral. 16/02 Recesso de Carnaval. 23/02 18:50/22:20 - A inserção da Perícia no Código de Processo Civil: Aspectos Civis e Criminais a serem considerados: 1) Deveres Legais e Profissionais do Perito. 2) Direitos Legais e Profissionais do Perito; 3) Penalidades Civis e Criminais. - Aplicações importantes da Perícia Contábil nas várias causas judiciais 02/03 18:50/22:20 - Elaboração de um Estudo de Caso. Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis ao Perito Contábil (Normas profissionais NBC PP 01). 09/03 18:50/22:20 Participação no Workshop/Encad. 16/03 18:50/22:20 - Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis ao Perito Contábil (Normas profissionais NBC PP 01). Desenvolvimento, através de um exercício em sala de aula, de cálculos básicos e complementares de uma sentença judicial trabalhista, com a elaboração do laudo pericial (inclusive cálculos de IRRF, FGTS, juros de mora, atualização monetária). 23/03 18:50/22:20 Desenvolvimento, através de um exercício em sala de aula, de cálculos básicos e complementares de uma sentença judicial trabalhista, com a elaboração do laudo pericial (inclusive cálculos de IRRF, FGTS, juros de mora, atualização monetária). Teste (questões objetivas) em sala de aula AV1. 30/03 18:50/22:20 - Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis ao Perito Contábil (Normas Técnicas NBC TP-01). 06/04 18:50/22:20 - Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis ao Perito Contábil (Normas Técnicas NBC TP-01). Exercício de Cálculo Trabalhista. T P TP Turma

4 13/04 18:50/22:20 - Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis ao Perito Contábil (Normas Técnicas NBC TP-01). Conceito de Arbitragem. Procedimentos arbitrais. Esfera de atuação da arbitragem. 20/04 Recesso Feriado Tiradentes 27/04 18:50/22:20 - Laudo Pericial Contábil: 1) Generalidades; 2) Características Gerais e de Conteúdo do Laudo: a) o que deve conter a abertura; b) as considerações iniciais; 3) a exposição sobre o desenvolvimento do trabalho; 4) quesitos e respostas; 5) encerramento do laudo; 6) anexos abojados e integrantes do laudo. Teste (questões objetivas) em sala de aula AV1 04/05 18:50/22:20 Desenvolvimento, através de um exercício em sala de aula, de cálculos básicos e complementares de uma sentença judicial trabalhista, com a elaboração do laudo pericial (inclusive cálculos de INSS, IRRF, FGTS, juros de mora, atualização monetária). - Esclarecimentos e Quesitos Elucidativos. Oitiva em Audiência. Laudo Complementar. 11/05 18:50/22:20 Desenvolvimento, através de um exercício em sala de aula, de cálculos básicos e complementares de uma sentença judicial trabalhista, com a elaboração do laudo pericial (inclusive cálculos de INSS, IRRF, FGTS, juros de mora, atualização monetária). 18/05 18:50/22:20 - Cálculo trabalhista - em sala de aula AV1. 25/05 18:50/22:20 - Correção dos cálculos, com novas explicações. 01/06 18:50/22:20 - Devolutiva do cálculo trabalhista em sala de aula AV1 08/06 18:50/22:20 - AV2 Avaliação 2. 15/06 18:50/22:20-2ª chamada da AV2. 22/06 18:50/22:20 Vista de prova e comentários da AV2 e da 2ª Chamada. Aula de Reforço para a Reavaliação do Conhecimento. 29/06 18:50/22:20 - Reavaliação do Conhecimento. 06/07 18:50/22:20 - Feriado 13/07 18:50/22:20 - Exibição do Filme

5 6. Cronograma / Dinâmicas Dias da Semana Horário Dinâmicas Utilizadas Curso Teórico Segundas-feiras 18horas 50 min às 22horas 20min Aulas expositivas, com utilização do quadro branco, transparências e/ou data show Curso Prático Dias da Semana Segundas-feiras Horário 18 horas 50min às 22horas 20min N.º de Grupos 5 grupos Dinâmicas Utilizadas Grupos de estudo para resolução de estudos de caso e elaboração de petições e laudos. Dias da Semana Horário N.º de Grupos Dinâmicas Utilizadas Curso Teórico-prático Segundas-feiras 18 horas 50min às 22horas 20min 5 grupos Grupos para debates sobre estudos dirigidos. Resoluções de exercícios.

6 7. Avaliação Será feita através dos seguintes instrumentos: 1) AV1 Avaliação 1: * Testes (questões objetivas, principalmente) em sala de aula até 2,00 pontos cada (serão dois testes) Cálculo Trabalhista em sala de aula até 3,00 pontos (correção devolutiva) Apresentações das Resoluções do CFC em sala de aula - até 2,00 pontos Estudo de Caso em data a ser combinada até 1,00 ponto. * As datas das AV1s poderão sofrer modificações, considerando o andamento das aulas. No caso de modificação, a nova data deverá ser avisada com antecedência de 1 semana. Lembrando que não há 2ª chamada para essas avaliações. 2) AV2 Avaliação 2: Prova escrita, individual e sem consulta, ref. ao conteúdo programático estudado no decorrer do período em sala de aula até 10,00 pontos 3) 2ª Chamada da AV2: Nos mesmos moldes da AV2 para quem não compareceu nesta avaliação. 4) Média Final: Resultado do somatório da AV1 + resultado da AV2 / 2 = aprovado a partir de 6,00 pontos 5) Reavaliação do Conhecimento: Nos mesmos moldes da AV2, para quem obteve média final entre 4,00 e 5,99. Para aprovação, deverá obter a nota mínima de 6,00 pontos. 8. Bibliografia (*) Básica e Complementar Bibliografia Básica: *ALBERTO, Valder Luiz Palombo. Perícia Contábil. São Paulo: Atlas, 2000 *SÁ, Antônio Lopes de. Perícia Contábil. São Paulo: Atlas, 1998 *MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias, et al. Perícia Contábil Uma abordagem teórica, ética, legal, processual e operacional. São Paulo: Atlas, 1998 Bibliografia Complementar: - NEGRÃO, Theotônio. Código de Processo Civil e Legislação Processual em vigor. 26 ed. São Paulo: Saraiva, Resolução CFC nº: 1.243/09 NBC TP 01 Perícia Contábil. Disponível em: - Resolução CFC nº: 1.244/09 NBC PP 01 Perito Contábil. Disponível em: - OLIVEIRA, Luiz Martins de. Manual de Contabilidade Tributária. 6.ed. São Paulo: Atlas, BRUNI, Adriano Leal. Matemática Financeira com HP 12C e excel. 4.ed. São Paulo: Atlas, (*) Evidenciar a bibliografia básica com asterisco.

7 9. Integrações Necessárias a) Legislação Trabalhista e Previdenciária b) Português Instrumental c) Técnica Comercial d) Prática Contábil I e) Prática Contábil II f) Matemática Financeira

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL

Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL 1 Prof. Fábio Ibanhez Bertuchi PROF. FÁBIO IBANHEZ BERTUCHI E-MAIL: FABIOBERTUCHI@UNITOLEDO.BR FORMAÇÃO ACADÊMICA: - Pós Graduado em Perícia Contábil e Auditoria (UEL-PR) -

Leia mais

Desenvolver uma visão de como as pessoas se inter-relacionam nas organizações de trabalho.

Desenvolver uma visão de como as pessoas se inter-relacionam nas organizações de trabalho. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE CURSO 1. Identificação Disciplina:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: ANÁLISE DE SISTEMAS CONTÁBEIS Corpo

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: Prática Contábil : Ciências Contábeis

Leia mais

ANEXO F: ANEXO DO PROJETO PEDAGÓGICO VERSÃO 2007.

ANEXO F: ANEXO DO PROJETO PEDAGÓGICO VERSÃO 2007. ANEXO F: ANEXO DO PROJETO PEDAGÓGICO VERSÃO 2007. DESCRIÇÃO DAS EMENTAS, OBJETIVOS, PLANO DE DISCIPLINAS E BIBLIOGRAFIA. DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: CONTABILIDADE PÚBLICA II Ementa: Princípios Fundamentais

Leia mais

PERÍCIA CONTÁBIL. Paulo Cordeiro de Mello. Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário

PERÍCIA CONTÁBIL. Paulo Cordeiro de Mello. Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário PERÍCIA CONTÁBIL Paulo Cordeiro de Mello Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário O que é Perícia Contábil? É o trabalho técnico, realizado por profissional com formação e conhecimento

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: CONTABILIDADE COMERCIAL E INDUSTRIAL Corpo Docente:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PROGRAMA DE DISCIPLINA

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PROGRAMA DE DISCIPLINA CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação: Disciplina: TEORIA DA CONTABILIDADE Departamento: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Corpo Docente : Renato Felipe Cobo Professor Regente:

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: Contabilidade Prospectiva : Ciências Contábeis Período: 7º Centro: Ciências

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 858/99 Reformula a NBC T 13 Da Perícia Contábil. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO a necessidade de reformulação

Leia mais

RESUMO. PALAVRAS-CHAVE: Perícia contábil. Interesse. Alunos. 1 INTRODUÇÃO

RESUMO. PALAVRAS-CHAVE: Perícia contábil. Interesse. Alunos. 1 INTRODUÇÃO Um Estudo Sobre o Nível de Interesse de Alunos do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (FAFICA) em Atuarem Como Perito Contábil RESUMO O presente trabalho

Leia mais

Curso (Prático) de Perícia Financeira

Curso (Prático) de Perícia Financeira Apresentação Objetivos Curso (Prático) de Perícia Financeira Contábil e O Curso de Perícia Contábil aborda as matérias necessárias aos profissionais que atuam como perito, para que interpretem adequadamente

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N 1.057/05 Aprova a NBC P 2.4 Honorários O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que as Normas Brasileiras de Contabilidade

Leia mais

Telefone p/contato: 22159822

Telefone p/contato: 22159822 Telefone p/contato: 22159822 Apresentação Turma Especial aos Sábados CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITO CONTÁBIL COM EXPERTISE FINANCEIRA O CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITO CONTÁBIL COM EXPERTISE FINANCEIRA abordará

Leia mais

Unidade II PERÍCIA CONTÁBIL. Prof. Francisco Roberto

Unidade II PERÍCIA CONTÁBIL. Prof. Francisco Roberto PERÍCIA CONTÁBIL Prof. Francisco Roberto Aspectos de uma perícia: Técnicos: Metodologia (técnica ou científica) a ser adotada na perícia. Doutrinários: A forma, modo ou o processo da realização da perícia

Leia mais

LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL

LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL LAUDO PERICIAL Laudo é o documento, elaborado por um ou mais peritos, onde se apresentam conclusões do exame pericial. No laudo, responde se aos quesitos (perguntas)

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: AUDITORIA SIGLA:

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria PERÍCIA CONTÁBIL NA APURAÇÃO DE HAVERES: ESTUDO DE CASO DE AVALIAÇÃO JUDICIAL DE UMA GRÁFICA Rodrigo

Leia mais

"CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS"

CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS "CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS" 1. Objetivo do Curso: Torne-se um perito judicial, profissão com grande flexibilidade de horários, prazos e que figura como uma das atividades

Leia mais

Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias

Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias 03/12/2012 Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias ASPECTOS INTRODUTÓRIOS E PRÁTICOS DA PERÍCIA As características e caminhos percorridos pelo profissional na condição de perito

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.021/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.021/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.021/05 Aprova a NBC T 13.2 Planejamento da Perícia. O, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que as Normas Brasileiras de Contabilidade e suas Interpretações

Leia mais

PERÍCIA CONTÁBIL: UMA ANÁLISE SOBRE A FORMAÇÃO ACADÊMICA DO PERITO CONTADOR

PERÍCIA CONTÁBIL: UMA ANÁLISE SOBRE A FORMAÇÃO ACADÊMICA DO PERITO CONTADOR PERÍCIA CONTÁBIL: UMA ANÁLISE SOBRE A FORMAÇÃO ACADÊMICA DO PERITO CONTADOR Leila Miranda Vasconcelos, FECILCAM, leilamvas@gmail.com Paulo José Frabi, FECILCAM, p_frabi@yahoo.com.br Fábio Rogério de Castro

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE DIREITO

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE DIREITO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE CURSO 1. Identificação Disciplina: Filosofia Geral e do Direito

Leia mais

CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP)

CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP) Objetivos: Capacitar profissionais e estudantes para atuarem

Leia mais

PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL: Um levantamento empírico de perícias realizadas no Distrito Federal sob o enfoque do planejamento e laudos periciais 1

PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL: Um levantamento empírico de perícias realizadas no Distrito Federal sob o enfoque do planejamento e laudos periciais 1 PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL: Um levantamento empírico de perícias realizadas no Distrito Federal sob o enfoque do planejamento e laudos periciais 1 Tânia Maria Hoepers 2 Prof. MSc. Idalberto José das Neves

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ÉTICA PROFISSIONAL

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ÉTICA PROFISSIONAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ÉTICA PROFISSIONAL Código: CTB-467 Pré-requisito: ----------.Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

Palavras-chave: Pericia Contábil, Perito Contador, Ética Profissional. INTRODUÇÃO

Palavras-chave: Pericia Contábil, Perito Contador, Ética Profissional. INTRODUÇÃO PERÍCIA JUDICIAL CONTÁBIL: Ação em Prestação de Contas Área: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Resumo: OLIVEIRA JUNIOR, Ednei de BARBOSA, Claudio Aparecido OSTE, Eber Cunha de O artigo tem como principal objetivo trazer

Leia mais

PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES)

PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES) PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES) Regulamenta o exercício da atividade, define a atribuições do Perito Judicial e do Assistente Técnico e dá outras providências. O congresso nacional decreta:

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.051/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.051/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.051/05 Aprova a NBC P 2.6 Responsabilidade e Zelo. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas Brasileiras

Leia mais

A FUNÇÃO DO PERITO CONTÁBIL JUDICIAL E SUA INFLUÊNCIA NA SOLUÇÃO DE LITÍGIOS NA PERCEPÇÃO DOS MAGISTRADOS DO MUNICÍPIO DE CÁCERES-MT

A FUNÇÃO DO PERITO CONTÁBIL JUDICIAL E SUA INFLUÊNCIA NA SOLUÇÃO DE LITÍGIOS NA PERCEPÇÃO DOS MAGISTRADOS DO MUNICÍPIO DE CÁCERES-MT A FUNÇÃO DO PERITO CONTÁBIL JUDICIAL E SUA INFLUÊNCIA NA SOLUÇÃO DE LITÍGIOS NA PERCEPÇÃO DOS MAGISTRADOS DO MUNICÍPIO DE CÁCERES-MT 1 2 3 RESUMO Após análise do atual momento da situação da profissão

Leia mais

A PERÍCIA CONTÁBIL COMO IMPORTANTE MEIO DE PROVA JUDICIAL

A PERÍCIA CONTÁBIL COMO IMPORTANTE MEIO DE PROVA JUDICIAL 1 A PERÍCIA CONTÁBIL COMO IMPORTANTE MEIO DE PROVA JUDICIAL Jaqueline Neves Da Silva Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Três Lagoas. Jacqueline Yamaguti Ueda

Leia mais

TEMA. Instrução e Mercado de Perícia Contábil

TEMA. Instrução e Mercado de Perícia Contábil TEMA Instrução e Mercado de Perícia Contábil Preservação da Graduação A perícia contábil é grandemente utilizada no âmbito do Poder Judiciário, mas não é um subproduto dos serviços jurídicos. A perícia

Leia mais

A Perícia contábil e sua importância.

A Perícia contábil e sua importância. A Perícia contábil e sua importância. Prof. MSc. Wilson Alberto Zappa Hoog i Resumo: Apresentamos uma breve análise sobre a importância da perícia contábil, abordando, resumidamente, os aspectos de elaboração

Leia mais

PLANO DE ENSINO ANO DO VESTIBULAR: 2004 CURSO: ANO LETIVO: 2007 TURMA: 4º ANO AUDITORIA CONTÁBIL EMENTA

PLANO DE ENSINO ANO DO VESTIBULAR: 2004 CURSO: ANO LETIVO: 2007 TURMA: 4º ANO AUDITORIA CONTÁBIL EMENTA PLANO DE ENSINO ANO DO VESTIBULAR: 2004 DEPARTAMENTO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CAMPUS UNIVERSITÁRIO TANGARÁ DA SERRA CURSO: ANO LETIVO: 2007 CIÊNCIAS CONTÁBEIS TURMA: 4º ANO DISCIPLINA: AUDITORIA CONTÁBIL CARGA

Leia mais

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.145 Componente Curricular: Serviço de Assistência Jurídica Estágio II Código:DIR- 480 Pré-requisito:

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Missão A missão do curso é formar profissionais em Ciências Contábeis com elevada competência técnica, crítica, ética e social, capazes de conceber

Leia mais

CURSO DE PERÍCIA ODONTOLÓGICA

CURSO DE PERÍCIA ODONTOLÓGICA ] CURSO DE PERÍCIA Apresentação O Código de Defesa do Consumidor trouxe maior consciência à população sobre seus direitos. Nota-se que há maior exigência, por parte dos usuários, quanto aos serviços prestados

Leia mais

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.145 Componente Curricular: Serviço de Assistência Jurídica Estágio I Código: DIR-480 Pré-requisito:

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX. Contabilistas NBC T 13.2 Aprovação

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX. Contabilistas NBC T 13.2 Aprovação VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX Contabilistas NBC T 13.2 Aprovação Orientador Empresarial RESOLUÇÃO CFC 1.021, DE 18 DE MARÇO DE 2005 - DOU 22.04.2005 (Íntegra) Aprova

Leia mais

Prof. Eduardo Salles Pimenta. Unidade I PERÍCIA, AVALIAÇÃO E

Prof. Eduardo Salles Pimenta. Unidade I PERÍCIA, AVALIAÇÃO E Prof. Eduardo Salles Pimenta Unidade I PERÍCIA, AVALIAÇÃO E ARBITRAGEM Introdução O profissional é nomeado pelo juiz para desempenhar o papel de perito judicial. Deve elaborar um planejamento e determinar

Leia mais

Perícia Contábil. Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade

Perícia Contábil. Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade Perícia Contábil Professor Remo Dalla Zanna 1 BLOCO 1 Legislação: NBC TP 01 CPC Código de Processo Civil 2 Instrutor: Remo Dalla Zanna 2 Perícia

Leia mais

CALC PERÍCIA, AUDITORIA E CONSULTORIA

CALC PERÍCIA, AUDITORIA E CONSULTORIA LAUDO DA PERÍCIA JUDICIAL CONTÁBIL VARA CÍVEL DA COMARCA DE MEDIANEIRA PR Autos nº: Autor: Réu: 354/2008 COBRANÇA LUIZ RIBOLDI HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO Medianeira (PR), 30 de julho de 2010.

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 Aprova a NBC T 11.8 Supervisão e Controle de Qualidade. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas

Leia mais

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes.

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes. 1. O que significa a sigla CPC? Código Processo Civil (determina normas da Perícia) 2. Como definir a perícia? A perícia é a prova pericial que demonstra um conjunto de procedimentos técnicos e científicos

Leia mais

A PERÍCIA CONTÁBIL COMO INSTRUMENTO À PRESTAÇÃO JURISDICIONAL E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO. Prof(a) Cristina Lisbôa Vaz de Mello

A PERÍCIA CONTÁBIL COMO INSTRUMENTO À PRESTAÇÃO JURISDICIONAL E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO. Prof(a) Cristina Lisbôa Vaz de Mello A PERÍCIA CONTÁBIL COMO INSTRUMENTO À PRESTAÇÃO JURISDICIONAL E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO Prof(a) Cristina Lisbôa Vaz de Mello 1 ...o Perito não é apenas os olhos do Juiz, é também os ouvidos, o Perito é o

Leia mais

CÁLCULOS TRABALHISTAS

CÁLCULOS TRABALHISTAS CURSO BÁSICO DE CÁLCULOS TRABALHISTAS N A L I Q U I D A Ç Ã O D E S E N T E N Ç A, N A J U S T I Ç A D O T R A B A L H O D I M A S COST A PE R E I R A A d v o g a d o, C o n t a d o r e P e r i t o J u

Leia mais

Aspectos da prova pericial no novo Código do Processo Civil 07/10/15

Aspectos da prova pericial no novo Código do Processo Civil 07/10/15 Aspectos da prova pericial no novo Código do Processo Civil 07/10/15 PROVA PERICIAL A prova pericial consiste em EXAME, VISTORIA ou AVALIAÇÃO. (Art. 420 do CPC) (Art. 464 do NCPC) 2 o De ofício ou a requerimento

Leia mais

Curso DIREITO. Disciplina DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II. Professor

Curso DIREITO. Disciplina DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II. Professor Disciplina DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Curso DIREITO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ PLANO DE ENSINO - 1º SEMESTRE/2014 Turno/Horário VESPERTINO: Segunda, Quarta e Sexta-Feira 17h:30m/18h:50m

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BREVE ESTUDO SOBRE DUAS AREAS ATUANTES DO CONTADOR, AUDITOR E PERITO CONTÁBIL.

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BREVE ESTUDO SOBRE DUAS AREAS ATUANTES DO CONTADOR, AUDITOR E PERITO CONTÁBIL. 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BREVE ESTUDO SOBRE DUAS AREAS ATUANTES DO CONTADOR, AUDITOR E PERITO CONTÁBIL. BELO HORIZONTE 2011 2 1 INTRODUÇÃO Com o grande crescimento da economia no Brasil, a contabilidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec:EXTENSÃO ARLINDO BITENCOURT Código: 091- Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: : GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM SERVIÇOS

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZÔNIA FIBRA Regula o funcionamento do Núcleo de Prática Jurídica NPJ do curso de Direito Bacharelado da Fibra. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES

Leia mais

Perícia Contábil. Prof.ª Bruna Socreppa

Perícia Contábil. Prof.ª Bruna Socreppa 1 Perícia Contábil Prof.ª Bruna Socreppa 2 O estudo da prova pericial contábil pressupõe desenvolver uma abordagem interdisciplinar, inter-relacionando diversos aspectos do Direito Processual Civil com

Leia mais

Cartilha de Perícia Contabil CRCBA - 1

Cartilha de Perícia Contabil CRCBA - 1 Cartilha de Perícia Contabil CRCBA - 1 Comissão Técnica de estudos relacionados à Perícia Contábil, Mediação e Arbitragem CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DA BAHIA - CRCBA Rua do Salete, nº

Leia mais

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 Curso: Administração Disciplina: Economia I Turma: Aulas/Semana: 02 Termo Letivo: 3 1. Ementa (sumário, resumo) Conceitos de Economia. Papel do Governo. Fundamentos

Leia mais

MBA em Pericia Contabil e Financeira

MBA em Pericia Contabil e Financeira MBA em Pericia Contabil e Financeira Coordenador Caetano Antonio de Andrade Master Business Administration em Perícia Contábil, Pós-Graduado em Marketing, Professor dos Cursos de Pós-Graduação da Faculdade

Leia mais

DADOS DAS DISCIPLINAS CÓDIGO NOME CH GLOBAL PERÍODO HORÁRIO. 80h 6º

DADOS DAS DISCIPLINAS CÓDIGO NOME CH GLOBAL PERÍODO HORÁRIO. 80h 6º DADOS DAS DISCIPLINAS CÓDIGO NOME CH GLOBAL PERÍODO HORÁRIO 0258 Direito do Trabalho II PROFESSOR(A) Profa.Esp. Denise de Fátima G.F.S. Farias 80h 6º Terça-feira 20h50min às 22h30min Sexta-feira 20h50min

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÃMPUS JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÃMPUS JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Unidade Acadêmica: Câmpus Jataí Curso: Direito Disciplina: Direito Previdenciário Carga horária semestral: 48 horas Semestre/ano:2º semestre de 2013 Turma/Turno: 8418/A

Leia mais

CURSO AVANÇADO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA I SÃO CARLOS (SP)

CURSO AVANÇADO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA I SÃO CARLOS (SP) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS CURSO AVANÇADO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA I SÃO CARLOS (SP) OBJETIVOS: Capacitar profissionais e estudantes para atuarem

Leia mais

REGRAS MODELO DE PROCEDIMENTO PARA OS TRIBUNAIS ARBITRAIS AD HOC DO MERCOSUL

REGRAS MODELO DE PROCEDIMENTO PARA OS TRIBUNAIS ARBITRAIS AD HOC DO MERCOSUL MERCOSUL/CMC/DEC. Nº 30/04 REGRAS MODELO DE PROCEDIMENTO PARA OS TRIBUNAIS ARBITRAIS AD HOC DO MERCOSUL TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Olivos para a Solução de Controvérsias no MERCOSUL

Leia mais

Honorários Periciais Judiciais

Honorários Periciais Judiciais Honorários Periciais Judiciais Atualização monetária Juros legais de mora Impugnação aos Cálculos CAROLINE DA CUNHA DINIZ Máster em Medicina Forense pela Universidade de Valência/Espanha Título de especialista

Leia mais

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE

Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA UNIFEBE Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 36/14, de 10/12/14. CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO

Leia mais

Inicialmente, apresentamos os dispositivos da legislação pertinente ao assunto:

Inicialmente, apresentamos os dispositivos da legislação pertinente ao assunto: P rezados concursandos, Neste encontro, vamos estudar alguns itens de um ponto que tem provocado grande apreensão nos candidatos que participarão do concurso do ICMS do Estado do Ceará. Trata se do tópico

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE Código: CTB-305 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

Pós - Graduação Lato Sensu CONTROLADORIA E FINANÇAS. Projeto desenvolvido pela Prof.a. Msc. Cristina Santos Titular do Curso de C.

Pós - Graduação Lato Sensu CONTROLADORIA E FINANÇAS. Projeto desenvolvido pela Prof.a. Msc. Cristina Santos Titular do Curso de C. Pós - Graduação Lato Sensu CONTROLADORIA E FINANÇAS Projeto desenvolvido pela Prof.a. Msc. Cristina Santos Titular do Curso de C. Contábei da FAP Piracanjuba-GO 2014 1 1. APRESENTAÇÃO: Formato: presencial

Leia mais

CURSO DE PERÍCIA CONTÁBIL. 3ª Edição

CURSO DE PERÍCIA CONTÁBIL. 3ª Edição CURSO DE PERÍCIA CONTÁBIL 3ª Edição 1 2 ANTÔNIO GOMES DAS NEVES Contador, Perito, Professor de Legislação Trabalhista e Perícia Contábil na graduação e pós-graduação. CURSO DE PERÍCIA CONTÁBIL 3ª Edição

Leia mais

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010 ASSUNTO: Relação do Assistente Social com autoridades do Sistema Judiciário/ Determinações ou exigências emanadas, que não se coadunam com o Código de Ética do Assistente Social e com as normas previstas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DEPARTAMENTO: Ciências Contábeis PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Perícia Contábil PROFESSOR: Caroline

Leia mais

XIº FEMESC Fraiburgo JUDICIAL ÉTICOS ASPECTOS. Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES. Maio 2008

XIº FEMESC Fraiburgo JUDICIAL ÉTICOS ASPECTOS. Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES. Maio 2008 XIº FEMESC Fraiburgo PERÍCIA MÉDICA M ASPECTOS ÉTICOS Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES Maio 2008 OU COMO EVITAR PROBLEMAS COM O CRM NA REALIZAÇÃO DE UMA PERICIA MÉDICA PERÍCIA MÉDICAM PERÍCIA MÉDICA M Do

Leia mais

A profissão contábil e o mercado de trabalho para os Contadores. Contabilidade: uma carreira apaixonante

A profissão contábil e o mercado de trabalho para os Contadores. Contabilidade: uma carreira apaixonante CIÊNCIAS A profissão contábil e o mercado de trabalho para os Contadores Contabilidade: uma carreira apaixonante Prof. João Matias Loch E-mail: jmperito@gmail.com CIÊNCIAS O que é a Contabilidade? CIÊNCIAS

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PROVA PERICIAL NAS DEMANDAS JUDICIAIS

A IMPORTÂNCIA DA PROVA PERICIAL NAS DEMANDAS JUDICIAIS A IMPORTÂNCIA DA PROVA PERICIAL NAS DEMANDAS JUDICIAIS * José Argemiro da Silva RESUMO Perícia contábil e prova pericial tem o mesmo significado, a finalidade é esclarecer e oferecer informações materiais

Leia mais

REGULAMENTO Nº 001 Rev.04-A PROCEDIMENTO ARBITRAL NA ÁREA TRABALHISTA

REGULAMENTO Nº 001 Rev.04-A PROCEDIMENTO ARBITRAL NA ÁREA TRABALHISTA TAESP Arbitragem & O Mediação, com sede nesta Capital do Estado de São Paulo, na Rua Santa Isabel, 160 cj.43, nos termos dos Artigos 5º, 13, 3º e 21 da Lei 9.307/96, edita o presente REGULAMENTO PARA PROCEDIMENTOS

Leia mais

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Curso de Avaliações Prof. Carlos Aurélio Nadal cnadal@ufpr.br AULA 01 O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Conflito de interesses - duas pessoas possuem interesse sobre o mesmo bem

Leia mais

Aspectos Introdutórios e Práticos da Perícia

Aspectos Introdutórios e Práticos da Perícia Aspectos Introdutórios e Práticos da Perícia Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor de Desenvolvimento Profissional da APEJESP e Paschoal Rizzi Naddeo Vice-Presidente da APEJESP Peritos Contadores 23ª

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( )

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. Identificação Unidade Acadêmica Especial de Letras, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas Regional Jataí Curso: Direito. Disciplina Optativa: Ações Coletivas. Carga horária semestral:

Leia mais

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Enfam ROTEIRO DE CREDENCIAMENTO 1. Identificação do Requerente Escola: Escola do Poder Judiciário ESJUD Diretor: Desembargador Francisco Djalma

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Núcleo de Prática Jurídica Faculdade de Direito FAAP SUMÁRIO 1. O que é Estágio... 3 2. O Estágio Supervisionado na Faculdade de Direito... 3 3. Planejamento e desenvolvimento

Leia mais

LAUDOS PERICIAIS CONTÁBEIS EM PROCESSOS JUDÍCIAIS: REQUISITOS E TÉCNICAS NA SUA ELABORAÇÃO 1

LAUDOS PERICIAIS CONTÁBEIS EM PROCESSOS JUDÍCIAIS: REQUISITOS E TÉCNICAS NA SUA ELABORAÇÃO 1 LAUDOS PERICIAIS CONTÁBEIS EM PROCESSOS JUDÍCIAIS: REQUISITOS E TÉCNICAS NA SUA ELABORAÇÃO 1 BIRRER, Ana Giovaneta Bolson 2 ; VIERO, Claudinei 3. 1 Trabalho de Pesquisa _UNIFRA 2 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO Código: ADM- 261 Pré-requisito: ----- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

Componente Curricular: Deontologia e Bioética Farmacêutica PLANO DE CURSO

Componente Curricular: Deontologia e Bioética Farmacêutica PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Deontologia e Bioética Farmacêutica Código: FAR - 106 Pré-requisito: - Período

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE Código: CTB-305 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2014.2 Professor:

Leia mais

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Código 92 Curso Graduação Série 5º Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

Leia mais

Ciência, Filosofia e Contabilidade

Ciência, Filosofia e Contabilidade Ciência, Filosofia e Contabilidade Prof. Me. Wilson Alberto Zappa Hoog i Resumo: A pesquisa tem por fim contribuir com o esclarecimento de que a contabilidade é uma ciência com fundamentações filosóficas,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PERÍCIA CONTÁBIL NAS AÇÕES TRABALHISTAS

A IMPORTÂNCIA DA PERÍCIA CONTÁBIL NAS AÇÕES TRABALHISTAS A IMPORTÂNCIA DA PERÍCIA CONTÁBIL NAS AÇÕES TRABALHISTAS GASPARELO, Alessandra Cristina de Moraes E-mail: alessandra_gasparelo@hotmail.com] RODRIGUES, Aline E-mail: allyne_rodrigues@hotmail.com BELOTI,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: TEORIA ECONÔMICA I Corpo Docente: ÁLVARO EDUARDO

Leia mais

CRONOGRAMA DE PROVAS GERAL CURSOS 2011 / 2012 / 2013. HORÁRIO APLICAÇÃO PROVAS 08h

CRONOGRAMA DE PROVAS GERAL CURSOS 2011 / 2012 / 2013. HORÁRIO APLICAÇÃO PROVAS 08h CRONOGRAMA DE PROVAS GERAL CURSOS 2011 / 2012 / 2013 HORÁRIO APLICAÇÃO PROVAS 08h Observações importantes: as datas das provas podem sofrer alterações. É importante que o aluno verifique sempre o cronograma

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE E SAÚDE Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Gerência de Saúde FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APLICADA EM PERÍCIAS JUDICIAIS.

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APLICADA EM PERÍCIAS JUDICIAIS. CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APLICADA EM PERÍCIAS JUDICIAIS. APRESENTAÇÃO DO CURSO O Curso de Matemática Financeira Aplicada em Perícias Judiciais do Instituto Caetano Andrade foi elaborado com o propósito

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AUDITORIA E PERÍCIA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AUDITORIA E PERÍCIA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AUDITORIA E PERÍCIA Coordenação: Dilciléria da Rosa de Oliveira 1 - JUSTIFICATIVA O curso de pós-graduação em Auditoria e Pericia, capacitará os profissionais que

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2º/2009. Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( )

PLANO DE ENSINO 2º/2009. Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) PLANO DE ENSINO 2º/2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( x ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Pedagogia Disciplina

Leia mais

MANUAL DE PERÍCIA CONTÁBIL

MANUAL DE PERÍCIA CONTÁBIL Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul MANUAL DE PERÍCIA CONTÁBIL Comissão de Estudos de Perícia Contábil Porto Alegre-RS abril de 2011 Editor: CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01. Componente Curricular: CONTABILIDADE DO TERCEIRO SETOR

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01. Componente Curricular: CONTABILIDADE DO TERCEIRO SETOR CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE DO TERCEIRO SETOR Código: CTB-306 Pré-requisito: --------- Período Letivo:

Leia mais

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE 1 REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º O Núcleo de Prática Jurídica é órgão destinado a coordenar, executar

Leia mais

Palavras-chave: Contabilidade. Auditoria. Perícia. Comparação.

Palavras-chave: Contabilidade. Auditoria. Perícia. Comparação. Artigo publicado na Revista CEPPG Nº 24 1/2011 ISSN 1517-8471 Páginas 26 à 36 AUDITORIA E PERÍCIA: SEMELHANÇAS, DIFERENÇAS E A IMPORTÂNCIA DE PARA VALIDAR OS INSTRUMENTOS DA CONTABILIDADE. Carolina Borges

Leia mais

GRADUAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS DENOMINAÇÃO: CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

GRADUAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS DENOMINAÇÃO: CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS GRADUAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DIPLOMA CONFERIDO: BACHAREL NÚMERO DE VAGAS: 100 VAGAS ANUAIS NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: 50 alunos

Leia mais