Ocompromisso com a responsabilidade social

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ocompromisso com a responsabilidade social"

Transcrição

1 0 anos

2 Missão Facilitar processos de mobilização e cooperação para ações que visem à garantia dos direitos sociais básicos da população. Os Números dos 20 Anos R$ 25 milhões investidos pessoas atendidas Atentos aos interesses da comunidade Ocompromisso com a responsabilidade social está presente nos 50 anos de história do Grupo RBS e assim será nos anos futuros. Desde os primórdios de sua atuação, a empresa sempre se envolveu com projetos sociais através de seus diferentes veículos, por meio da cobertura editorial, da doação de mídia e da realização de parcerias em eventos ou projetos voltados para os interesses da comunidade. A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho surgiu há 20 anos para ser um dos eixos deste comprometimento, tendo como foco principal a criança e o adolescente. A construção de uma relação entre o Grupo e a comunidade, alicerçada na ética e na integridade, é vista pela RBS como uma obrigação. Ainda mais que temos a comunicação em nossa essência, o que nos coloca como partícipes do dia-a-dia das pessoas, entrando em suas casas por meio de nossos veículos. Isso, confere à empresa significativa capacidade de mobilização da comunidade e, ao mesmo tempo, lhe impõe uma responsabilidade a mais. Esta consciência está presente em todos os produtos e serviços, em todas as ações, projetos e campanhas. Em sua trajetória, a FMSS buscou chamar a atenção para questões relevantes à sociedade e desenvolver ações e projetos que, efetivamente, resultassem em mudanças nas comunidades onde a RBS está presente. Nestas duas décadas de atuação, graças a seu profissionalismo, a Fundação se consolidou como uma importante organização dentro do país no que diz respeito ao fomento social, formando parcerias com Governos, instituições nacionais e também internacionais. As campanhas O Amor é a Melhor Herança. Cuide das Crianças e Educar é Tudo e, mais recentemente, a criação do Portal Social são exemplos deste trabalho que, acima de tudo, busca a valorização do ser humano e o bem-estar de todos instituições apoiadas Jayme Sirotsky Presidente Conselho de Administração Nelson P. Sirotsky Diretor-presidente

3 Com os olhos voltados para os problemas comunitários Entrevista: Ione Pacheco Sirotsky Idealizadora da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho destaca o compromisso e a paixão como a receita do sucesso da instituição na comunidade Fernando Gomes / ZH A advogada e professora Ione Pacheco Sirotsky colocou sua marca na história da RBS e da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, entidade que presidiu durante nove anos. Sob sua direção, a FMSS se consolidou e fortaleceu valores de defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes, de respeito à vida, de retomada da dignidade. Para Dona Ione, como é conhecida a viúva de Maurício Sirotsky Sobrinho, o que importa são as pessoas e os seus ideais. Hoje, integra o Conselho de Curadores da FMSS e observa que o futuro da entidade está garantido diante da paixão e do compromisso de todos que nela trabalham com o desenvolvimento e o bem-estar das comunidades. (*) FMSS Como a Senhora acompanhou o surgimento da RBS? Ione Sirotsky Quando o Maurício (Maurício Sirotsky Sobrinho, fundador do Grupo RBS) recebeu o convite do Frederico Arnaldo Ballvé para trabalhar na Rádio Gaúcha foi como um presente. Gostava do que fazia, o que acho importante para as coisas darem certo. Depois, convidou o seu irmão Jayme para trabalharem juntos. Foi uma bela escolha. Assim começou o Grupo. Tenho muita confiança nas pessoas que a lideram hoje. Acredito que continuam trabalhando com amor pela empresa. FMSS E como surgiu a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho? IS O Maurício sempre se preocupou com o social. Mas a idéia de criar a fundação veio mais tarde, uns dois ou três anos antes de ele falecer. Chamava-se Fundação RBS. Quando Maurício morreu, pediram que eu fosse nela trabalhar e, então, pedi que o nome fosse modificado para Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho. Naquela época, estava conosco a Ilse (Ilse Reichert, diretora executiva da FMSS de 1985 a 1994, ano em que faleceu), que fez um trabalho maravilhoso. Hoje, a Fundação é o braço social da RBS, com nome, respeito e muito trabalho. FMSS Quais aspectos a Senhora destacaria na trajetória da FMSS? IS A Fundação está completando 20 anos, e eu me dediquei inteiramente a ela. Mas não foi só isso. Havia uma equipe que trabalhava com os olhos voltados para os problemas comunitários. Eram e são tantos os problemas, que sempre tínhamos que selecionar o que fazer. Ainda hoje as pessoas trabalham com o mesmo amor. Sem ele, a Fundação não vai para frente. Mas gostar, amar, não é suficiente. Sempre buscamos pessoas capacitadas para colocar em funcionamento o que se planejava. Nunca nada foi improvisado. Sempre houve muito trabalho. E é isso que importa, que a Fundação está indo bem e possa ir cada vez melhor. FMSS Quando a RBS começou, o Maurício Sirotsky tinha idéia de onde a empresa poderia chegar? Qual era a expectativa dele? IS Ele sempre queria mais. As pessoas se esforçavam, faziam, inclusive eu, mas ele queria um pouco mais. Acho que foi exatamente esta persistência que para muitos era um desafio que nos fez ir para frente. Ele amava a empresa. FMSS Esta preocupação em sempre fazer o melhor está presente no Grupo RBS até hoje? IS Tenho a impressão que sim. Quando a gente gosta de uma coisa, sempre se quer um pouco mais, pois acha que o seu esforço não foi o suficiente para progredir. Quando a gente chega no auge da maturidade, reconhece que sozinho não se pode fazer nada. E o Maurício reconheceu isso muito cedo. FMSS Que momentos ou trabalhos emocionam a Senhora? IS Tenho a impressão de que tudo me emociona, porque eu tomei para mim o desafio maior de mostrar ao Maurício que a Fundação poderia ir para frente, que deveria ir em frente. A preocupação com as crianças, com a comunidade, não era só da Fundação. Muitos problemas eram levados à televisão, ao rádio, ao jornal para que a sociedade tomasse conhecimento. Acho que foi onde mais contribuímos. (*) Entrevista concedida a Nelcira Nascimento, Jornalista Amiga da Criança, Editora de Solidariedade da Rádio Gaúcha e que hoje atua na FMSS.

4 Cidadania se constrói com ações > O estímulo ao protagonismo organizado de cidadãs e cidadãos para construir um mundo melhor tem sido o foco de todas as ações desenvolvidas pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho ao longo de duas décadas de existência. Desde a sua criação, em 1987, projetos e campanhas foram realizados a fim de mobilizar toda a sociedade do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina em torno de questões fundamentais para a defesa e a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes no contexto da família, da escola e da comunidade. A participação efetiva da FMSS na elaboração do Estatuto da Criança e do Adolescente, instituído em 13 de julho de 1990, está entre estas ações. A Fundação, que tem a RBS como mantenedora, começou a ser projetada ainda no início da década de 80, quando Maurício Sirotsky Sobrinho, fundador da empresa de comunicação, decidiu abraçar a causa das meninas e dos meninos, fortalecendo os compromissos com a responsabilidade social que sempre honrou. Colibri e Paternidade Consciente foram projetos que alertaram e convidaram gaúchos e catarinenses a participar de uma grande mobilização social. Outros trabalhos se seguiram ao longo desses 20 anos, como a campanha institucional da RBS O Amor é a Melhor Herança. Cuide das Crianças, detentora de importantes prêmios, entre os quais se destaca o 7º Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo, na categoria Veículo de Comunicação, em anos Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho Há muitos anos me dedico a causas públicas em diferentes setores de atividade: profissional, acadêmico ou de participação cidadã. Acompanho a Fundação há mais de 20 anos, tendo sido parceiro, diretor, conselheiro e amigo da entidade. Nossa Fundação sempre se dedicou, de forma pioneira e avançada, a grandes causas de interesse social, produzindo programas e projetos inovadores e sempre focados no público-alvo da ação. Foi assim com os projetos Geração 21, Valorização da Vida, Fortalecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente, além de todos os projetos de cooperação técnica e financeira. A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho se tornou um patrimônio imaterial da sociedade brasileira e por isto é reconhecida em todo o território nacional, embora de atuação prioritariamente regional. Léo Voigt, sociólogo, mestre em ciência política, diretor executivo da Fundação Vonpar e membro do Conselho de Curadores da FMSS. Foi diretor da FMSS de 1995 a 2002

5 Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 20 anos 20 anos Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho Projetos iniciais Os jovens jornaleiros foram alvo do primeiro projeto desenvolvido pela FMSS, a partir de O objetivo do Colibri era ampliar os benefícios dos adolescentes que atuavam nessa função, atendendo-os em diferentes áreas, como educacional, cultural, médica, assistencial, recreativa e na formação profissional. Também em 1988, a Fundação realizou uma campanha, por meio do Projeto Geração 21, cujo objetivo era orientar para a paternidade responsável. Esse projeto se desdobrou em duas importantes iniciativas que receberam o apoio e a parceria de inúmeros profissionais e instituições: O Paternidade Consciente, com o objetivo de levar informações que provocassem a discussão sobre a gravidez precoce na adolescência e, principalmente, sobre o papel do pai no desenvolvimento pleno e sadio da criança. O Valorização da Vida, programa envolvendo jovens para discutir temas como drogadição, saúde e outros problemas que afetam a adolescência. Principais Bandeiras Sempre em parceria com os veículos do Grupo RBS e com os movimentos sociais, a FMSS buscou mobilizar a sociedade em torno de causas importantes para a proteção e a garantia de direitos das crianças e adolescentes. Em 1994, foi lançado, juntamente com um elenco de instituições públicas e privadas, o Movimento O Direito é Aprender, um espaço interinstitucional e informal de discussão e articulação em defesa da educação como um direito de todos os cidadãos. Foram formados 85 comitês no Rio Grande do Sul, promovendo a troca permanente de idéias e experiências e tendo como foco a educação de qualidade e o sucesso do aluno na escola. O Movimento Sinal Vermelho para a Esmola, desenvolvido de 1998 a 2000 em mais de 15 municípios do Rio Grande do Sul, reuniu 18 instituições no desafio de advertir a sociedade de que a esmola não resolve a situação de meninos e meninas de rua. Com uma forte campanha de mídia em todos os veículos da RBS e com ações corpo a corpo realizadas por todas as entidades públicas e privadas e pessoas físicas que aderiram ao movimento, houve a distribuição de folhetos e adesivos e a realização de eventos para informar e sensibilizar a sociedade gaúcha sobre a importância de não dar esmola, oferecendo alternativas, como apoiar instituições sociais e fazer doações para os fundos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente. A esmola acaba por estimular a permanência dessas crianças e jovens nas ruas. O Amor é a Melhor Herança. Cuide das Crianças foi a bandeira social lançada pela RBS em 2003 a fim de chamar a atenção de toda a sociedade para o problema da violência contra as crianças, cujas estatísticas eram assustadoras e as políticas públicas, insuficientes. A campanha institucional foi desenvolvida em três eixos: mensagem publicitária, cobertura editorial e ações coordenadas pela FMSS. A campanha, que teve como protagonistas adoráveis monstrinhos que falam de amor a seus filhotes, chamava a atenção para o tema da O trabalho da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho tem se revelado, ao longo de seus 20 anos de existência, profícuo e em grande parte pioneiro no plano social, alçando-se a um protagonismo inédito de amplo impacto e repercussão regional e mesmo nacional. Características estas que são qualificadas e potencializadas por sua ligação privilegiada com um dos principais grupos existentes no Brasil na área da comunicação. Tenho acompanhado a atividade desenvolvida, posso testemunhar a competência e o profissionalismo, bem como o engajamento militante de seu corpo técnico. Por tudo isso, o trabalho tem sido exemplar e elogioso, haja vista os resultados. Eduardo Carrion, jurista e membro do Conselho de Curadores da FMSS. Foi professor de direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

6 10 Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 20 anos 20 anos Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 11 violência infantil e incitava todos a pensar sobre como mudar essa cruel realidade. Foi a bandeira de maior repercussão na história da RBS, obtendo a adesão de todos os segmentos da sociedade. As Jornadas Estaduais Contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes se aliaram à campanha O Amor é a Melhor Herança. Cuide das Crianças, a fim de mobilizar gaúchos e catarinenses em torno do tema. A partir de 2003, a FMSS, junto com a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa e o Ministério Público dos dois Estados, assume a coordenação executiva do movimento, que conta com a participação de inúmeras instituições preocupadas com esse problema, para a realização de audiências públicas nos municípios do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Já foram realizadas cinco edições, contabilizando 67 audiências com a participação de 12 mil profissionais e lideranças comunitárias. Em 2005, a RBS levantou outra bandeira social Educar é Tudo, com o objetivo de mostrar às comunidades gaúchas e catarinenses a importância da educação na construção de uma sociedade melhor. A campanha destacou que a responsabilidade de educar não se limita às escolas, mas inclui a família e a sociedade. A educação não se limita a um espaço físico e temporal, ela acontece em todas as práticas cotidianas de uma comunidade. Como anteriormente, o Educar é Tudo foi desenvolvido por uma campanha publicitária, por intensa cobertura editorial e por ações realizadas sob a coordenação da FMSS. Projetos inovadores O Programa de Cooperação Técnica e Financeira, iniciado em 1996 com o objetivo de fortalecer a rede de atendimento social, transformou-se em uma das iniciativas mais relevantes na trajetória da FMSS. Projetado como um instrumento de fomento a projetos sociais, identifica propostas de organizações da sociedade civil voltadas para o desenvolvimento social sustentável por meio de ações inovadoras. A Fundação atua no sentido de viabilizar a implantação e a qualificação de tais projetos, por meio do repasse de recursos financeiros e da capacitação no gerenciamento dos mesmos. O Programa de Cooperação trabalha com três eixos: identificar e estimular boas idéias, transformá-las em bons projetos, para finalmente obter os melhores resultados. Dentro desse processo, são realizados os Concursos de Projetos Sociais. Até 2002, o foco temático era investir em projetos de educação profissional (Programa Educação e Mundo do Trabalho), iniciativas populares de geração de renda e, a partir de 1999, cultura e arte como estratégia para inclusão social (Programa Arte & Cidadania). A primeira edição dos Concursos ocorreu em 1997, em Santa Catarina, sendo selecionados 14 projetos. A segunda foi realizada no ano seguinte, no Rio Grande do Sul, apontando 22 propostas. Em 2000, a terceira etapa alcançou os três Estados da Região Sul e escolheu 51 organizações. Houve uma quarta etapa, em 2002, mas voltada para aprofundar a qualidade dos projetos já apoiados em Educação e Mundo do Trabalho. Dez projetos foram selecionados. Os concursos eram feitos a partir de editais públicos, que convidavam as instituições a participar do processo criterioso de avaliação e seleção. O maior Concurso de Projetos Sociais aconteceu em Em comemoração aos seus 40 anos de atividade, a RBS decidiu pela doação de R$ 1 milhão a projetos sociais, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A escolha das organizações beneficiadas com o RBS 40 Anos Comunidade em Ação ocorreu de dois modos: pelo voto popular e pela seleção técnica de especialistas. Foram apoiados 66 projetos, alcançando cerca de 35 mil pessoas. O Arte & Cidadania foi um dos programas iniciados a partir da Cooperação Técnica e Financeira no final de O objetivo era reunir projetos que possibilitassem o resgate da cidadania de crianças e adolescentes por meio da música, da dança e de demais expressões artísticas. O programa se expandiu e transformouse em duas redes, uma no Rio Grande do Sul e outra em Santa Catarina. A Rede ArteCidadania foi implantada em 2002 para a realização do Festival ArteCidadania em Santa Catarina e de uma série de oficinas de qualificação no tema. A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho foi pioneira em muitos aspectos em Santa Catarina. Ao apoiar projetos sociais de organizações sem fins lucrativos, demonstrou seu compromisso de fortalecer a rede social local, tendência que é hoje recomendada a todas as empresas e organizações que investem na área social. Outro aspecto pioneiro refere-se à sua atitude propositiva no estabelecimento de parcerias, buscando articular pessoas e organizações em torno de iniciativas comunitárias. Lúcia Dellagnelo, doutora em Desenvolvimento Humano, coordenadora-geral do Instituto Comunitário Grande Florianópolis e membro do Conselho de Curadores da FMSS. Foi gerente da FMSS em Santa Catarina de 2000 a 2003 Quando, em 1994, por delegação do Conselho de Administração da RBS, realizei diagnóstico para ajudar a definir papel futuro da Fundação, encantou-me o acervo de expertise ali disponível para um apoio sistemático a outras entidades assistenciais. É inestimável e única a capacidade da Fundação de capacitar congêneres para multiplicar a contribuição destas para a sociedade. Continuo achando que a Fundação pode contribuir ainda mais, independentemente de altos desembolsos de recursos financeiros das suas mantenedoras. João Carlos Silveiro, advogado e sócio-gerente de Silveiro Advogados, membro do Conselho de Curadores da FMSS

7 12 Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 20 anos 20 anos Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 13 Mundo do Trabalho Preocupada em desenvolver iniciativas inovadoras e eficazes para replicar na rede social, a FMSS, além de apoiar projetos, executa programas para servir de modelo na sociedade. O Projeto Moinho Gerando Empreendedores foi criado em 1996, em Porto Alegre, dentro dessa preocupação. Jovens em situação de risco social de 16 a 21 anos de idade eram selecionados para participar de um programa de capacitação que estimulava a cultura do empreendedorismo. Além da capacitação realizada pelo Programa Empretec, do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul (Sebrae/RS), os jovens elaboravam um plano de negócios que depois de avaliado poderia ser encaminhado para uma linha especial de financiamento por meio de um Fundo Rotativo de Crédito criado especificamente para esse fim. O Projeto Talento Jovem foi outra iniciativa inovadora com foco específico em jovens que cometeram ato infracional. Desafio proposto pela Secretaria de Cidadania e Assistência Social, com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o programa visava à formação profissional e ao acesso ao mercado de trabalho de jovens de 16 a 24 anos com baixo grau de empregabilidade. Foram realizadas duas edições do curso, em 2000 e 2001, com 500 horas distribuídas em conteúdos de formação básica (português, matemática, informática etc.), formação específica na área de atendimento e serviço (postura profissional e higiene, atendimento ao cliente etc.) e formação para a cidadania (direitos trabalhistas, responsabilidade social etc.), além de vivências no trabalho. As duas edições formaram 390 jovens. Cooperação técnica A partir de 2002, o Programa de Cooperação Técnica e Financeira da FMSS tomou outro formato, buscando maior aprofundamento técnico e introduzindo novas tecnologias da informação a fim de potencializar a rede social. Surge, então, o Programa Fundo do Milênio para a Primeira Infância, desenvolvido por meio de uma parceria entre a FMSS, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e o Banco Mundial. Tem como objetivo a formação integral de crianças de zero a seis anos a partir de uma metodologia inovadora para qualificar a rede de instituições de Educação Infantil. O programa objetiva capacitar professores e dirigentes de escolas infantis num processo de formação continuada dentro de um espaço educativo, denominado de Mesas Educadoras, um espaço de trabalho e de aprendizagem permanente para os recursos humanos das instituições de Educação Infantil, construído na comunidade em parceria com o poder público municipal e com os ativos locais. Presente em 12 municípios gaúchos e catarinenses, o Fundo do Milênio já atendeu 8,4 mil crianças, formou educadores e beneficiou 87 instituições de Educação Infantil. Outro programa desenvolvido pela Fundação é o Portal Social, que surgiu em 2005 e hoje conta com 167 projetos habilitados a receber doações, de 18 regiões da RBS no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. O Portal Social é uma ferramenta que dá visibilidade na Internet a iniciativas de interesse público, oferecendo a possibilidade de os internautas fazerem doações online e, ao mesmo tempo, manterem-se informados sobre os resultados do seu investimento social. Trata-se de uma iniciativa que reúne os principais expertises da Fundação acumulados nesses 20 anos de atuação: a cooperação e o fomento a projetos sociais e a mobilização aliada à força de comunicação da RBS. É um portal de colaboração entre investidores e empreendimentos de interesse público. A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho é parte da história do nosso Estado. Mas ultrapassou as fronteiras gaúchas e plantou sua marca em todo o Brasil ao lançar tendências, criar novas tecnologias sociais, apoiar projetos e desenvolver estratégias inovadoras no trabalho social. A FMSS consolidou a posição de vanguarda da RBS na responsabilidade social empresarial. Quando poucas empresas se preocupavam com questões sociais, ambientais ou educacionais, a RBS já estava sintonizada com esta tendência e trazia para o cenário brasileiro e gaúcho esta importante marca de solidariedade e responsabilidade da empresa com sua gente e sua terra. Hoje, quando o Estatuto da Criança e do Adolescente completa 17 anos, vejo chegar os 20 anos da FMSS e percebo seu pioneirismo, sua atuação voltada para os temas mais importantes da questão social, sempre centrada nas crianças e jovens e na educação. Marlova Jovchelovitch Noleto, membro do Conselho de Curadores da FMSS

8 14 Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 20 anos 20 anos Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 15 Principais ações O olhar para o futuro 1987 Criada a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 1988 Projeto Colibri Projeto Geração 21 Movimento O Direito é Aprender 1996 Programa de Cooperação Técnica e Financeira Projeto Moinho Gerando Empreendedores 1997 Concursos de Projetos Sociais 1998 RBS 40 Anos Comunidade em Ação Movimento Sinal Vermelho para a Esmola 1999 Programa Arte & Cidadania 2000 Projeto Talento Jovem 2002 Rede ArteCidadania 2003 Fundo do Milênio para a Primeira Infância O Amor é a Melhor Herança. Cuide das Crianças Jornadas Estaduais Contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes 2005 Educar é Tudo Portal Social Na década de 80, marcada pela efervescência política em torno da transição democrática, a sociedade mobilizouse para elaborar uma nova Carta Constitucional que projetasse o país para um modelo de governança social com maior participação cidadã nas ações de interesse público. Foi nesse contexto que o empresário Maurício Sirotsky Sobrinho, de uma forma pioneira, deu os primeiros passos para a criação da instituição que um ano após sua morte levou seu nome Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho até então Fundação RBS. A FMSS nasceu, cresceu e desenvolveu-se no ambiente emergente de participação civil. Atuou ativamente no movimento para a elaboração e a implantação do Estatuto da Criança e do Adolescente. Profissionalizou seus quadros para uma atuação qualificada no campo da Assistência Social e, ao longo desses 20 anos, foi capaz de reunir parceiros do setor público, empresarial e não-governamental para a realização de programas de atendimento, principalmente de fomento e cooperação, visando ampliar e qualificar a atuação da sociedade ativa e organizada nas boas iniciativas de interesse público. A FMSS, com muito entusiasmo, sob a liderança de Dona Ione, Nelson, Jayme e todos os membros do Conselho Curador, forjou seu jeito de ser e de agir com profundo respeito à pluralidade, com espírito colaborativo e uma grande vontade de promover mudanças sociais. Os novos desafios da FMSS, em sinergia com todo o Grupo RBS, estão direcionados para três campos de atuação: educação, mobilização da sociedade para o fortalecimento das iniciativas sociais e defesa de direitos de nossas crianças e adolescentes. Reunir o expertise de 20 anos de atuação da FMSS no campo social com o know how de 50 anos de comunicação do Grupo RBS para desenvolver projetos e produtos que possam impactar positivamente nesses três objetivos é o que nos anima a pensar numa contribuição ainda maior para o avanço da sociedade nos próximos 20 anos. Alceu Nascimento Gerente Executivo da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho

9 16 Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 20 anos 20 anos Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 17 > As atividades em 2006 O desenvolvimento das comunidades onde a RBS atua permanece como foco da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho. A consolidação do Portal Social (www.portalsocial.com.br) como ferramenta para aproximar investidores e colaboradores de bons projetos sociais foi uma das conquistas da FMSS em O Portal Social foi lançado pela FMSS em 2005, a partir de uma parceria financeira com o Instituto Nestor de Paula, da Azaléia, e com a Fundação Avina. Hoje conta com 167 projetos habilitados para receberem doações, de 18 regiões da RBS no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Mais de R$ 976 mil alavancados por meio de parcerias O objetivo é estimular pessoas e empresas que planejam realizar bons investimentos comunitários a conhecer organizações de interesse público que buscam recursos para viabilizar seus projetos. Durante 2006, foram registrados acessos à página do Portal Social. A RBS destinou R$ 6,2 milhões em mídia doada, totalizando inserções em seus diferentes veículos. Cachoeira do Sul, Canela, Guaíba e Montenegro, no Rio Grande do Sul; e Chapecó, Itajaí, Joinville e Lages, em Santa Catarina. Outra ação importante foi a realização da 1ª Jornada de Capacitação, ocorrida em julho, proporcionando a troca de experiências entre os participantes. Os números do Fundo do Milênio (*) Os números da Fundação em 2006 Nº de pessoas beneficiadas por programas de atendimento Nº de instituições apoiadas 209 Nº de pessoas mobilizadas para questões de interesse público A prestação financeira em 2006 Portal Social R$ ,65 Doações Portal Social R$ ,35 Programas e projetos R$ ,51 Custeio R$ ,51 Subtotal R$ ,02 Investimento em Ativos Imobilizados Portal Social R$ ,07 Total R$ ,09 Entre as ações promovidas pela Fundação em 2006, destaca-se a continuidade de dois importantes projetos: o Programa Fundo do Milênio para a Primeira Infância e as Jornadas Estaduais contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Nesse ano, o Fundo do Milênio entregou brinquedos e materiais pedagógicos a 40 instituições de Educação Infantil que participaram das Mesas Educadoras de 12 Mesas Educadoras educadores formados 87 instituições de Educação Infantil beneficiadas 116 instituições participando nos Conselhos Locais crianças beneficiadas (*) Exercício 2005/2006

10 18 Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho 20 anos Durante o ano, a Fundação apoiou diversas causas de relevância social e esteve presente ou representada em diferentes instituições e projetos. São elas: Agente da Paz (SC) Amigos da Escola (SC) Em 2006, cerca de 4,5 mil pessoas foram mobilizadas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, representando 255 municípios dos dois Estados, durante as Jornadas Estaduais contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A parceria da FMSS com os Ministérios Públicos e Assembléias Legislativas dos dois Estados e o Fórum Catarinense pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infanto-Juvenil contribui para preservar o direito da integridade física e moral da criança e do adolescente. A realização de audiências públicas tem buscado articular ações que protejam crianças e adolescentes e erradicar a violência infanto-juvenil. Associação Rio-Grandense de Fundações (RS) Aviso por Maus-Tratos contra a Criança ou Adolescente Apomt (SC) Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul Boca de Rua (RS) Comissão de Avaliação Prêmio Prefeito Amigo da Criança (SC) Comitê Estadual de Desenvolvimento Integral para a Primeira Infância (RS) Comitê Setorial do Desenvolvimento Social do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (RS) Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (RS) Dia Global de Voluntariado Jovem (SC) Diálogos pela Responsabilidade Social (SC) Fórum Catarinense e Municipal pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infanto-Juvenil Fórum Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (RS) Fundação Pró HPS (RS) Grupo de Trabalho e Mobilização para um Novo Marco Fiscal do Terceiro Setor (RS) Projeto Catavento OIT (RS) Prêmio Direitos Humanos (RS) Prêmio Exemplo Voluntário (SC) Rede Catarinense de Empregabilidade Social RCEE (SC) Conselho de Curadores Presidente Jayme Sirotsky Conselheiros Afonso Antunes da Motta Eduardo Kroeff Machado Carrion Elaine Axelrud Ione Pacheco Sirotsky Jayme Sirotsky João Carlos Silveiro Léo Voigt Lúcia Dellagnelo Marlova Jovchelovitch Noleto Nelson Pacheco Sirotsky Pedro Pacheco Sirotsky Diretoria Presidente Nelson Pacheco Sirotsky Gerente Executivo Alceu Terra Nascimento Coordenador do Escritório de Santa Catarina Miguel Minguillo Coordenador de Cooperação Técnica e Financeira Jeferson dos Santos Técnica em Projetos Sociais Cheila Zortea Administrativo e Financeiro Rafael Piccoli Secretária Executiva Cláudia Kruse Secretária RS Lourdes Teodoro Secretária SC Regina Farias Assistente de Comunicação Miriam Buchert Comunicação Lisiane Nunes Via Social Comunicação e Projetos Nelcira Nascimento Rádio Gaúcha Patrícia Tadano Agência de Imagem Portal Social Ricardo Bueno RB Editora Ltda Rio Grande do Sul Av. Erico Verissimo, 400 3º andar Porto Alegre RS CEP Fone: (51) e Fax: (51) Santa Catarina Av. Desembargador Pedro Silva, 2958 Florianópolis SC CEP Fone: (48) Fax: (48) Coordenação Geral Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho Coordenação Editorial RBS Publicações Edição e Textos Cláudia Coutinho Design Gráfico Tatiana Sperhacke - TAT studio Fotos Arquivo RBS Jornais Revisão Henrique Erni Gräwer Pré-impressão GRB Tratamento de Imagens Impressão Gráfica Nova Prova

11

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS

CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS CONHEÇA OS NOSSOS PROJETOS APRESENTAÇÃO Em Dezembro de 2004 por iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Paraná o CPCE Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial nasceu como uma organização

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO SELO SOCIAL VIRAVIDA BOAS VINDAS! Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO 1. DO SELO 1. O Selo Social ViraVida é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria - SESI,

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS O presente Projeto de Lei tem por objetivo a concessão do título honorífico de Cidadão Emérito de Porto Alegre ao senhor Léo Voigt, nos termos da Lei nº 9.659, de 22 de dezembro de

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO CONSELHO NACIONAL DO SESI Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. Um Selo que surge para reconhecer o trabalho das pessoas e instituições que, em parceria com o SESI, constroem pontes para que adolescentes

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Botucatu

Prefeitura Municipal de Botucatu I- Identificação: Projeto Empresa Solidária II- Apresentação : O Fundo Social de Solidariedade é um organismo da administração municipal, ligado ao gabinete do prefeito, que atua em diversos segmentos

Leia mais

MANUAL DE ASPECTOS JURÍDICOS DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

MANUAL DE ASPECTOS JURÍDICOS DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br MANUAL DE ASPECTOS JURÍDICOS

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos!

REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! REGULAMENTO Programa Parceria Social 10 anos! 2013 é um ano significativo para o Instituto Embraer: estamos comemorando 10 anos do Programa Parceria Social! Ao longo desses anos o Instituto Embraer pôde,

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

Relatório de Atividades 1º Dia Temático 18/05/2012

Relatório de Atividades 1º Dia Temático 18/05/2012 Relatório de Atividades 1º Dia Temático Florianópolis/SC 18/05/2012 Introdução O Amigos da Escola é um projeto criado pela Rede Globo e Afiliadas com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre a valorização

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Nós promovemos o desenvolvimento sustentável de diversas maneiras Uma delas é por meio do Investimento Social INVESTIMENTO INVESTIENTO SOCIAL - Estratégia

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende *

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado é a expressão da participação da sociedade na vida pública mais significativa da atualidade. Os movimentos de participação

Leia mais

Histórico 2006/ 2010

Histórico 2006/ 2010 Histórico 2006/ 2010 Programa Na Mão Certa O Programa Na Mão Certa, uma iniciativa da Childhood Brasil, que tem como objetivo reunir esforços para mobilizar governos, empresas e organizações da sociedade

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades #ElesPorElas Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades ElesPorElas Criado pela ONU Mulheres, a Entidade das Nações Unidas para

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Sul Mineira 1 Índice Política de Sustentabilidade Unimed Sul Mineira Mas o que é Responsabilidade Social? Premissas Básicas Objetivos da Unimed Sul Mineira Para a Saúde Ambiental

Leia mais

Atividades Realizadas

Atividades Realizadas Apresentação A missão do Projeto Amigos da Escola é mobilizar a sociedade, por meio da comunicação, para a melhoria da qualidade da educação. O Núcleo SC entende que uma das formas de atingir este objetivo

Leia mais

FRANQUIA O BOTICÁRIO TRÊS RIOS (RJ) RESPEITO AO MEIO AMBIENTE

FRANQUIA O BOTICÁRIO TRÊS RIOS (RJ) RESPEITO AO MEIO AMBIENTE FRANQUIA O BOTICÁRIO TRÊS RIOS (RJ) RESPEITO AO MEIO AMBIENTE RESUMO Numa sociedade cada vez mais consciente, a proteção ao meio ambiente passa a ser objetivo de atenção de franquias com um posicionamento

Leia mais

Educação, Voluntariado e Mídia

Educação, Voluntariado e Mídia Educação, Voluntariado e Mídia AUTORES Antonio Carlos Gomes da Costa Geraldinho Vieira COORDENAÇÃO DO PROJETO Luís Norberto Pascoal PROJETO GRÁFICO Linea Creativa REVISÃO DE TEXTO Ricardo Lima Lígia Abramides

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 Palestras informativas Promover ações educativas para a promoção do voluntariado transformador. Mobilizar voluntários. Toda a comunidade de Curitiba e Região Metropolitana

Leia mais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Financiamento e apoio técnico BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Estão abertas inscrições online até 30 de novembro para o edital bianual da BrazilFoundation que selecionará

Leia mais

Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas. Sonhar Orçar Poupar. FOLDERESCOLAS_EDUCAÇAOFINANCEIRA.indd 1 24/07/14 14:57

Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas. Sonhar Orçar Poupar. FOLDERESCOLAS_EDUCAÇAOFINANCEIRA.indd 1 24/07/14 14:57 Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas Diagnosticar Sonhar Orçar Poupar FOLDERESCOLAS_EDUCAÇAOFINANCEIRA.indd 1 24/07/14 14:57 Por que incluir a educação financeira na sua escola? Dados recentes

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS DA VOLVO DO BRASIL...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3 3. Foco de Atuação...4

Leia mais

VI Conferencia Regional de voluntariado IAVE. Guayaquil Ecuador

VI Conferencia Regional de voluntariado IAVE. Guayaquil Ecuador VI Conferencia Regional de voluntariado IAVE Guayaquil Ecuador 2013 PerguntAção no Programa de Voluntariado Promon: conectando o conhecimento para criar, construir e transformar Autora: Marisa Villi (Assessora

Leia mais

INSTITUTO RIO - EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA APOIO NO ANO DE 2016 - UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA ZONA OESTE

INSTITUTO RIO - EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA APOIO NO ANO DE 2016 - UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA ZONA OESTE INSTITUTO RIO - EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA APOIO NO ANO DE 2016 - UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA ZONA OESTE INTRODUÇÃO O Instituto Rio promove pelo décimo terceiro ano consecutivo sua Seleção Anual

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

www.institutovisaosocial.org.br

www.institutovisaosocial.org.br www.institutovisaosocial.org.br RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2011 Apresentação É com muita alegria que apresentamos o nosso primeiro Relatório de Atividades do Instituto Visão Social (IVS). Constituído em 15

Leia mais

LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA - e adota outras providências.

LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA - e adota outras providências. LEI Nº 13.558, de 17 de novembro de 2005 Procedência: Governamental Natureza: PL. 332/05 DO. 17.762 de 17/11/05 Fonte: ALESC/Div. Documentação Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental - PEEA

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

2007 PRODOC BRA 05/028 MDS/PNUD

2007 PRODOC BRA 05/028 MDS/PNUD Instrumento de Solicitação de Manifestação de Interesse- Qualificação de Parceiros para a Implementação de Projetos de Inclusão Produtiva 2007 PRODOC BRA 05/028 MDS/PNUD 1. OBJETO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

Leia mais

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO ExpedieNte TEXTO Kátia Regina Gonçalves Paulo de Camargo Priscila Cruz COORDENAÇÃO DO PROJETO Sílnia Nunes Martins Prado PROJETO GRÁFICO Linea Creativa ILUSTRAÇÃO

Leia mais

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

Rafael Vargas Presidente da SBEP.RO Gestor de Projetos Sociais do Instituto Ágora Secretário do Terceiro Setor da UGT.RO

Rafael Vargas Presidente da SBEP.RO Gestor de Projetos Sociais do Instituto Ágora Secretário do Terceiro Setor da UGT.RO Abril/2014 Porto Velho/Rondônia Rafael Vargas Presidente da SBEP.RO Gestor de Projetos Sociais do Instituto Ágora Secretário do Terceiro Setor da UGT.RO Terceiro Setor É uma terminologia sociológica que

Leia mais

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração e acompanhamento das políticas públicas na área de cidadania, em nível municipal, estadual e nacional, promovendo

Leia mais

Pesquisa inédita faz paralelo entre sistema de educação infantil português e brasileiro

Pesquisa inédita faz paralelo entre sistema de educação infantil português e brasileiro Pesquisa inédita faz paralelo entre sistema de educação infantil português e brasileiro O estudo Educação Infantil em Debate - a Experiência de e a Realidade eira faz um paralelo entre as soluções encontradas

Leia mais

ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DE ALAGOAS

ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DE ALAGOAS ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DE ALAGOAS ENSINO BÁSICO Nomes das instituições representadas: SEE/AL, SEMED-Maceió, SEMED-Barra de Santo Antônio- Campestre e Novo Lino, Associação Clube

Leia mais

Lançamento. 25/agosto/2009

Lançamento. 25/agosto/2009 Lançamento Programa de Voluntariado Empresarial Sabesp 25/agosto/2009 Cenário externo Modelo de desenvolvimento insustentável; Desequilíbrio ambiental e escassez de recursos naturais; Aumento da pobreza,

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

Relatório de Atividades 3º Dia Temático 26/08/2011

Relatório de Atividades 3º Dia Temático 26/08/2011 Relatório de Atividades 3º Dia Temático Florianópolis/SC 26/08/2011 Objetivos do Dia Temático São datas de mobilização das escolas participantes do projeto em todo o Brasil em torno de questões relevantes

Leia mais

NIQUELÂNDIA/COCALZINHO

NIQUELÂNDIA/COCALZINHO NIQUELÂNDIA/COCALZINHO Instituto Votorantim debate Educação Euclides Oliveira Criado em 2002 para identificar oportunidades de gerar valor para a sociedade brasileira, o Instituto Votorantim agora vai

Leia mais

EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA - 2015 HISTÓRICO DO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL DO MUNICÍPIO DE LAGES

EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA - 2015 HISTÓRICO DO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL DO MUNICÍPIO DE LAGES EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA - 2015 HISTÓRICO DO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL DO MUNICÍPIO DE LAGES Em setembro 2011 reuniram-se pela primeira vez um grupo formado por representantes de diversas entidades

Leia mais

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro A Campanha Nacional pela Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma colheita para o futuro, é uma ação estratégica do Movimento Sindical de Trabalhadores

Leia mais

Glossário do Investimento Social*

Glossário do Investimento Social* Glossário do Investimento Social* O IDIS Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social é uma organização da sociedade civil de interesse público, que tem como missão promover e estruturar o investimento

Leia mais

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes O que é o Instituto C&A? Organização sem fins lucrativos que investe em educação Foi criada pelos acionistas da C&A em 1991 Missão Promover a

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) procura

Leia mais

PROJETO SEMANA CULTURA VIVA 10 ANOS DE CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL

PROJETO SEMANA CULTURA VIVA 10 ANOS DE CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL MINISTÉRIO DA CULTURA SECRETARIA DA CIDADANIA E DA DIVERSIDADE CULTURAL PROJETO SEMANA CULTURA VIVA 10 ANOS DE CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL Brasília, Novembro de 2014. APRESENTAÇÃO A primeira Semana

Leia mais

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM Faça parte desse abraço A Fundação Solidariedade ponto focal do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,braço social do Sistema Correio de Comunicação, é uma Associação

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

INESUL / FAEC FACULDADE EDUCACIONAL DE COLOMBO. Programa de Responsabilidade Social

INESUL / FAEC FACULDADE EDUCACIONAL DE COLOMBO. Programa de Responsabilidade Social INESUL / FAEC FACULDADE EDUCACIONAL DE COLOMBO Programa de Responsabilidade Social APRESENTAÇÃO 2 O equilíbrio de uma sociedade em última instância, é formada pelo tripé: governo, família e empresa. Esperar

Leia mais

Faça parte da Fundação Nacional da Qualidade

Faça parte da Fundação Nacional da Qualidade Faça parte da Fundação Nacional da Qualidade A BUSCA CONTÍNUA DA EXCELÊNCIA DA GESTÃO É O QUE NOS MOVE! A Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) é uma instituição sem fins lucrativos, que conta com uma rede

Leia mais

Transformando o presente, construindo o amanhã.

Transformando o presente, construindo o amanhã. Transformando o presente, construindo o amanhã. Primeira sede em 1988 História No dia 23 de novembro de 1988, a Fundação Belgo-Mineira foi oficialmente constituída, a fim de promover ações de marketing

Leia mais

Abrasa - Ponto de Cultura, Internacional Brasileiros na Áustria.

Abrasa - Ponto de Cultura, Internacional Brasileiros na Áustria. 1 Abrasa - Ponto de Cultura, Internacional Brasileiros na Áustria. Quem somos: A Abrasa Associação Brasileiro-Afro-Brasileira para o Desenvolvimento da Dança, Cultura Educação e Arte, é uma Instituição

Leia mais

NOVA ATITUDE SOCIAL PARA A SUSTENTAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO

NOVA ATITUDE SOCIAL PARA A SUSTENTAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO Maio 2005 NOVA ATITUDE SOCIAL PARA A SUSTENTAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO Uma empresa cidadã tem direitos e deveres, assim como qualquer indivíduo. Trata-se de uma consciência crítica que nasce a partir do respeito

Leia mais

A estratégia do PGQP frente aos novos desafios. 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna

A estratégia do PGQP frente aos novos desafios. 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna A estratégia do PGQP frente aos novos desafios 40ª Reunião da Qualidade 09-10-2006 Eduardo Guaragna PROCESSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MACROFLUXO ENTRADAS PARA O PROCESSO - Análise de cenários e conteúdos

Leia mais

experiência inovadora como contribuição da sociedade civil: Reintegração Familiar de Crianças e Adolescentes em Situação de Rua.

experiência inovadora como contribuição da sociedade civil: Reintegração Familiar de Crianças e Adolescentes em Situação de Rua. Título da experiência: Políticas públicas de apoio à população de rua Uma experiência inovadora como contribuição da sociedade civil: Reintegração Familiar de Crianças e Adolescentes em Situação de Rua.

Leia mais

Foco: sustentabilidade com ações na área de educação.

Foco: sustentabilidade com ações na área de educação. GOVERNANÇA A Fundação Bunge é uma organização comprometida com o desenvolvimento sustentável. Foco: sustentabilidade com ações na área de educação. Missão: contribuir para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO CEARÁ PLANO DE AÇÃO 2012

ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO CEARÁ PLANO DE AÇÃO 2012 ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO CEARÁ PLANO DE AÇÃO 2012 Avenida Oliveira Paiva, 2621 Seis Bocas Fortaleza, Ceará, CEP: 60.822-131 Tel: (85) 4006.4058 Fax: (85) 4006.4059

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Você já pensou em como realizar os seus sonhos?

Você já pensou em como realizar os seus sonhos? Você já pensou em como realizar os seus sonhos? Sua escola adota o Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas Etapas do Programa : Curso de Educação Financeira; Capacitação Pedagógica; Palestra para

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY Instrumental e modular, o Ferramentas de Gestão é uma oportunidade de aperfeiçoamento para quem busca conteúdo de qualidade ao gerenciar ações sociais de empresas

Leia mais

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará ações de cidadania Onde o sol nasce ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará O triste cenário já é um velho conhecido por

Leia mais

Construindo uma cultura de paz. Tornando-se política pública

Construindo uma cultura de paz. Tornando-se política pública Construindo uma cultura de paz Em 2000, no marco do Ano Internacional para uma cultura de paz, a Representação da UNESCO no Brasil lançou o Programa Abrindo Espaços: educação e cultura para a paz, uma

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL: a solidariedade humana para o desenvolvimento local

RESPONSABILIDADE SOCIAL: a solidariedade humana para o desenvolvimento local RESPONSABILIDADE SOCIAL: a solidariedade humana para o desenvolvimento local 1 Por: Evandro Prestes Guerreiro 1 A questão da Responsabilidade Social se tornou o ponto de partida para o estabelecimento

Leia mais

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção:

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção: Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2013 Descrição A Folha de S.Paulo realiza, em 2013, a 5ª edição do Prêmio Folha Emprendedor Social de Futuro. O concurso identifica, premia e fomenta jovens líderes

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL 1. Apresentação O Programa de Voluntariado da Classe Contábil, componente do plano de metas estratégicas do Conselho

Leia mais

Música nas escolas: uma análise do Projeto de Resolução das Diretrizes Nacionais para a operacionalização do ensino de Música na Educação Básica

Música nas escolas: uma análise do Projeto de Resolução das Diretrizes Nacionais para a operacionalização do ensino de Música na Educação Básica Música nas escolas: uma análise do Projeto de Resolução das Diretrizes Nacionais para a operacionalização do ensino de Música na Educação Básica Luis Ricardo Silva Queiroz Presidente da ABEM presidencia@abemeducacaomusical.com.br

Leia mais

Brincar de ler e escrever

Brincar de ler e escrever I Edital FNA 2015 Brincar de ler e escrever A Fundação Negro Amor - FNA foi criada em 2008 e, desde então, desenvolve ações na área socioeducativa e cultural, com foco na promoção da educação infantil

Leia mais

2016 Edital Fundo Fale Sem Medo. Instituto Avon ELAS Fundo de Investimento Social

2016 Edital Fundo Fale Sem Medo. Instituto Avon ELAS Fundo de Investimento Social 2016 Edital Fundo Fale Sem Medo Instituto Avon ELAS Fundo de Investimento Social Dezembro, 2015 Fundo Fale Sem Medo Resultado da parceria entre o Instituto Avon e o ELAS Fundo de Investimento Social, o

Leia mais

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012 Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer SALVADOR/BA ABRIL de 2012 MARCOS HISTÓRICOS 1998: Adesão do Brasil aos princípios diretivos

Leia mais

O que é o Ação Integrada?

O que é o Ação Integrada? O que é o Ação Integrada? Resultado de uma articulação entre a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/MT), o Ministério Público do Trabalho (MPT/MT), a Fundação Uniselva da Universidade

Leia mais

Escola de Políticas Públicas

Escola de Políticas Públicas Escola de Políticas Públicas Política pública na prática A construção de políticas públicas tem desafios em todas as suas etapas. Para resolver essas situações do dia a dia, é necessário ter conhecimentos

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

ASSOCIATIVISMO. Fonte: Educação Sebrae

ASSOCIATIVISMO. Fonte: Educação Sebrae ASSOCIATIVISMO Fonte: Educação Sebrae O IMPORTANTE É COOPERAR A cooperação entre as pessoas pode gerar trabalho, dinheiro e desenvolvimento para toda uma comunidade COOPERAR OU COMPETIR? Cooperar e competir

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

Como o CERNE foi construído?

Como o CERNE foi construído? Por que CERNE? O movimento brasileiro de incubadoras vem crescendo a uma taxa expressiva nos últimos dez anos, alcançando uma média superior a 25% ao ano. Atualmente, as incubadoras brasileiras apóiam

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus Resumo da ONG O é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem por objetivo fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base a sustentabilidade e o monitoramento social. O age

Leia mais

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC Resumo da ONG O CADI Palhoça é uma instituição não governamental cujo objetivo é executar, articular e fomentar ações e projetos que facilitem o desenvolvimento de comunidades. Desenvolve projetos em 6

Leia mais

Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações

Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações CIDADES DIGITAIS CONSTRUINDO UM ECOSSISTEMA DE COOPERAÇÃO E INOVAÇÃO Cidades Digitais Princípios

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Trabalho voluntário: o cidadão em ações sociais

Trabalho voluntário: o cidadão em ações sociais Trabalho voluntário: o cidadão em ações sociais O trabalho voluntário vem assumindo um papel expressivo na sociedade. Adeptos da prática vêm de todas as classes sociais. Por Mayara Kelly Há seis anos,

Leia mais

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE EDUCACAO INFANTIL INCLUSIVA EM CURITIBA VEJA COMO SUA EMPRESA PODE TRANSFORMAR ESTA IDEIA EM REALIDADE { Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura

Leia mais

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO PARCERIAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO EM EDUCAÇÃO

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO PARCERIAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO EM EDUCAÇÃO PARCERIAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO EM EDUCAÇÃO Heloísa Lück Diretora Educacional do CEDHAP Centro de Desenvolvimento Humano Aplicado Curitiba - PR Artigo publicado na revista Gestão em Rede no. 24 de out.

Leia mais

Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Mostrando que a proteção de nossas crianças e adolescentes também está em fase de crescimento Subsecretaria de Promoção

Leia mais

EXPERIÊNCIAS COLETIVAS POPULARES: PRÁTICAS SOCIAIS NASCIDAS NAS PERIFERIAS

EXPERIÊNCIAS COLETIVAS POPULARES: PRÁTICAS SOCIAIS NASCIDAS NAS PERIFERIAS Círculo de Cultura: Eixo 1 - A educação que emancipa frente às injustiças, desigualdades e vulnerabilidades. EXPERIÊNCIAS COLETIVAS POPULARES: PRÁTICAS SOCIAIS NASCIDAS NAS PERIFERIAS Cezar Luiz De Mari

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

CVSP E VOLUNTARIADO NA CIDADE DE SÃO PAULO. Aniversário de 18 anos do CVSP e você faz parte dessa história. Comemore este dia conosco!

CVSP E VOLUNTARIADO NA CIDADE DE SÃO PAULO. Aniversário de 18 anos do CVSP e você faz parte dessa história. Comemore este dia conosco! CVSP E VOLUNTARIADO NA CIDADE DE SÃO PAULO Aniversário de 18 anos do CVSP e você faz parte dessa história. Comemore este dia conosco! FUNDAÇÃO DO CVSP O CVSP foi criado em 6 de maio de 1997, por um grupo

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 70 A ONG brasileira está em crise? 06 de fevereiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através

Leia mais

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima.

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima. Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público Alexia Melo Clebin Quirino Michel Brasil Gracielle Fonseca Rafaela Lima Satiro Saone O projeto Rede Jovem de Cidadania é uma iniciativa da Associação

Leia mais