III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM"

Transcrição

1 III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM Faça parte desse abraço A Fundação Solidariedade ponto focal do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,braço social do Sistema Correio de Comunicação, é uma Associação Civil sem fins lucrativos, que tem por finalidade realizar projetos e ações de responsabilidade social e ambiental relacionadas com a prevenção e promoção da saúde, a geração de ocupação e renda, a preservação e conservação do meio ambiente, o processo de desenvolvimento sustentável; o apoio à educação informal; os direitos e defesa da cidadania de crianças, adolescentes e idosos; a igualdade de gênero; a promoção do desenvolvimento comunitário e a gestão do desenvolvimento local. Criada em 2002, a Fundação Solidariedade mantém Memorando de Entendimento com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD ONU, promovendo estreita cooperação com a Presidência da República, a iniciativa e a promoção dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ODM. Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio foram metas estipuladas por 191 países membros das Organizações das Nações Unidas ONU, como prioridades mundiais para os primeiros quinze anos do Século XXI, após um exaustivo e minucioso levantamento dos problemas enfrentados pela humanidade em termos de alimentação e água, ocupação e renda, acesso ao ensino fundamental, igualdade de gênero, saúde, meio ambiente e desenvolvimento sustentável e promoção de meios e condições para um processo de desenvolvimento em nível mundial. Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ODM promovem o desenvolvimento humano e se constituem em uma grande expectativa de se promover um mundo melhor e mais justo para todos. O empenho de instituições e pessoas se constitui em uma forma de se alcançar no estado da Paraíba, melhores indicadores para os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ODM até Art 1º O Prêmio Paraíba Abraça ODM é uma iniciativa da Fundação Solidariedade em parceria com o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Ministério Público da Paraíba, Universidade Federal da Paraíba, Correios, Banco do Brasil, CAIXA, Banco do Nordeste do Brasil,SEBRAE, Governo estado da Paraíba, Secretaria Geral da Presidência da República e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD.

2 O Prêmio Inspirado no Prêmio ODM Brasil, o Prêmio Paraíba Abraça ODM tem como objetivo reconhecer as melhores práticas de iniciativas das entidades governamentais, empresariais, de organizações não governamentais e do voluntariado voltadas ao alcance dos ODM na Paraíba. O III Prêmio Paraíba Abraça ODM vai selecionar e reconhecer publicamente as boas práticas desenvolvidas por empresas, organizações públicas, terceiro setor e trabalhos voluntários que contribuem para as metas do milênio, tendo como foco os Oito Objetivos do Milênio, a saber: 1. Acabar com a fome e a miséria; 2. Educação básica de igualdade para todos; 3. Igualdade entre sexos e valorização da mulher; 4. Reduzir a mortalidade infantil; 5. Melhorar a saúde da gestante; 6. Combater HIV / Aids e outras doenças; 7. Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente; 8. Todo mundo trabalhando para o desenvolvimento; Realização: Fundação Solidariedade Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD Secretaria Geral da Presidência da República Governo do Estado da Paraíba Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE PB) Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

3 Correios Banco do Brasil Caixa Federal Banco do Nordeste do Brasil Sebrae MINUTA DO REGULAMENTO 1. Objetivos/Finalidades: Construir uma coalização através dos governos Estadual, Municipal, empresas, ONGs e movimentos sociais, que ajudará a construir uma rede de organizações que fazem trabalhos voltados para os ODM; Elevar a consciência desses diversos setores na Paraíba, mobilizando o apoio e a ação política, popular, em direção aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio; Incentivar, valorizar e dar maior visibilidade às boas práticas locais que contribuem para o alcance das metas do milênio; Reconhecer publicamente os esforços praticados em favor dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio; 2. Categorias: Governos Municipais através de suas instituições; Empresas e Instituições; Organizações da sociedade civil, como ONGs, Movimento e Sindicatos; Pessoas físicas que atuam como Voluntárias.

4 3. Premiação: O projeto vencedor em cada categoria receberá um Troféu e um Certificado que comprovará sua atuação em prol dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, bem como divulgação de suas experiências na imprensa. As categorias: Organizações da sociedade civil, como ONGs, Movimento e Sindicatos; Pessoas físicas que atuam como Voluntárias. Receberão também uma segunda premiação (equipamento que ajudará no desenvolvimento do trabalho diário). 4. Organização: Será realizada por integrantes da Fundação Solidariedade, do TCE-PB, BB, CEF, BNB, Sebrae, Governo do Estado, Nós Podemos Paraíba e convidados, com total responsabilidade pelos resultados, constituído em um comitê organizador que terá como funções: Divulgar, promover, receber inscrições, diminuir dúvidas e questionamentos, selecionar e julgar os trabalhos inscritos, divulgar o resultado e promover a entrega do prêmio. 5. Critérios: As práticas serão selecionadas de acordo com critérios técnicos, buscando avaliar o grau de benefício direto na(s) comunidade(s) alvo em que atua. Os resultados deverão ser demonstrados através de indicadores. Também serão avaliados: O caráter inovador da iniciativa; Possibilidade de replicabilidade; Participação efetiva e envolvimento da comunidade beneficiada; Sustentabilidade das ações desenvolvidas; Existência de parcerias;

5 6. Prazos: O lançamento do III Prêmio Paraíba Abraça ODM, acontecerá dia 03 de junho de 2013, na sala de reunião da Fundação Solidariedade Sistema Correio de Comunicação, às 10:30h. As inscrições para o III Prêmio Paraíba Abraça ODM deverão ser efetuadas no período de 03/06/2013 a 30/06/2013, até às 18h. As inscrições enviadas pelo correio observar-se-á a data da postagem. A avaliação das práticas será efetuada no período de 01/07/2013 a 19/07/2013. O resultado do prêmio será divulgado, no dia 31/07/2013, em João Pessoa. A relação das práticas vencedoras estará disponível nos sites do: Sistema Correio de Comunicação, Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, UFPB, Correios, Caixa, BNB, BB,Sebrae e Nós Podemos Paraíba. A cerimônia de premiação acontecerá dia 15 de agosto de 2013, no auditório do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, com a presença do Conselheiro Presidente do TCE PB, da Presidente da Fundação Solidariedade e Secretária Executiva do Nós Podemos Paraíba, embaixador da ONU no Brasil, representante da Secretaria Geral da Presidência da República, Reitora da UFPB, Superintendente do BB, Superintendente CAIXA, Superintendente BNB, Diretor dos Correios, Superintendente do Sebrae e representantes do Núcleo Gestor do Nós Podemos Paraíba e convidados. 7. Local de Inscrições: As inscrições para o III Prêmio Paraíba abraça ODM deverão ser feitas através do Portal Correio da Paraíba - Nós Podemos Paraíba, TCE-PB, MPPB, UFPB, Correios, Sebrae ou entregues na sede da Fundação Solidariedade, localizado à Avenida Dom Pedro II, 623 Centro Cep: João Pessoa - PB, no horário das 8h às18h. CRONOGRAMA Lançamento do II Prêmio Paraíba Abraça ODM 03 de junho de 2013

6 Período de Inscrição 03/06/2013 a 30/06/2013 Período para avaliação das práticas inscritas 01/07/2013 a 19/07/2013 Resultado 31/07/2013 Premiação do III Prêmio Paraíba Abraça ODM 15/08/ Contatos: Site: - e realizadores Telefones: (83) (83) Nós temos condições de ajudar o País. Mas é preciso ter confiança em que essa mudança vai partir de nós. Ela não vai cair do céu. Ela não vai ser feita pelos outros para nós. Ela vai ser feita de nós para os outros. Tem só um se, e o se é você. Se você decidir fazer isso acontecer. Betinho

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Com base em resultados de conferências internacionais, a ONU lançou, no ano 2000, os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, durante e Cúpula do Milênio, com a

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

SELO ODM PIAUÍ Objetivos de Desenvolvimento do Milênio/ONU 2000-2015 Novo Prazo: 10 de novembro de 2015

SELO ODM PIAUÍ Objetivos de Desenvolvimento do Milênio/ONU 2000-2015 Novo Prazo: 10 de novembro de 2015 SELO ODM PIAUÍ Objetivos de Desenvolvimento do Milênio/ONU 2000-2015 Novo Prazo: 10 de novembro de 2015 REGULAMENTO O NÚCLEO ODM PIAUÍ, com o apoio do PNUD Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS

12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS 12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS 1. APRESENTAÇÃO O Selo Ambiental de Guarulhos é uma premiação anual criada em 2002 pela Câmara Municipal de Guarulhos através do Decreto Legislativo 003/2002.

Leia mais

RELATÓRIO ATIVIDADE TECNICO ADMINISTRATIVO

RELATÓRIO ATIVIDADE TECNICO ADMINISTRATIVO RELATÓRIO ATIVIDADE TECNICO ADMINISTRATIVO Nome do Técnico Estado Número de Participantes KARYM RACHEL MAMI COLLESEL AMAZONAS 153 PARTICIPANTES ANEXAR AO RELATÓRIO Cópia da Lista de Presença Cópia do Cerimonial

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 1.0 DOS OBJETIVOS A 1ª. Edição do Prêmio Nacional de Educação Fiscal será realizada pela FEBRAFITE com o apoio das associações filiadas

Leia mais

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento 1. Do Conceito de Tecnologia Social 1.1 Tecnologia Social compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de

Leia mais

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Seção I - Introdução Art. 1º O Prêmio Telecentros Brasil, criado pela Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN) em parceria com o SEBRAE, TICKET, Ministério

Leia mais

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA

II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA II Seminário de Intercâmbio de Experiências Exitosas apara o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Rede IDEEA Salvador, Bahia Brasil, 19 e 20 de novembro de 2009 Mobilização Mundial Conferências

Leia mais

Lançamento. 25/agosto/2009

Lançamento. 25/agosto/2009 Lançamento Programa de Voluntariado Empresarial Sabesp 25/agosto/2009 Cenário externo Modelo de desenvolvimento insustentável; Desequilíbrio ambiental e escassez de recursos naturais; Aumento da pobreza,

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FATEC NÓS PODEMOS IBAITI!

FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FATEC NÓS PODEMOS IBAITI! FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FATEC PROJETO: 8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO NÓS PODEMOS IBAITI! Em 2000, a Organização das Nações Unidas (ONU), ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Nós promovemos o desenvolvimento sustentável de diversas maneiras Uma delas é por meio do Investimento Social INVESTIMENTO INVESTIENTO SOCIAL - Estratégia

Leia mais

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações.

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações. Art. 1º O Prêmio VIVALEITURA foi criado por meio da Portaria Interministerial nº 214, de 23 de novembro de 2005, publicado no D.O.U. de 28.11.2005, do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação.

Leia mais

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 Curitiba, Fevereiro de 2014 Sumário 1. O PRÊMIO... 3 2. OBJETIVOS... 4 3. CATEGORIAS DE PREMIAÇÃO... 5 4. ETAPAS DE AVALIAÇÃO... 5 5. PREMIAÇÃO... 5 6. PARTICIPAÇÃO/INSCRIÇÃO...

Leia mais

Esperamos com isto, incentivar e fortalecer o serviço voluntário, além de reconhecer a atuação daqueles que se dedicam à causa.

Esperamos com isto, incentivar e fortalecer o serviço voluntário, além de reconhecer a atuação daqueles que se dedicam à causa. O Programa Escola da Família em parceria com o Programa SP Voluntário realizará nas escolas estaduais participantes do programa o Festival de vídeos: Ação Voluntária no Programa Escola da Família boas

Leia mais

ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO

ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO O PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO (PNUD), EM PARCERIA COM A SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária PROGRAMA ESCOLA + Voluntária 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária para com o próximo, participando de

Leia mais

Ideias Criativas em Práticas Inovadoras

Ideias Criativas em Práticas Inovadoras Ideias Criativas em Práticas Inovadoras O Concurso Inovação na Gestão Pública Federal é promovido anualmente, desde 1996, pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em parceria com o Ministério

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

Dia Global do Voluntariado Jovem

Dia Global do Voluntariado Jovem Projeto: Dia Global do Voluntariado Jovem O Dia Global do Voluntariado Jovem, promovido desde 2000 pela oitava vez em mais de 120 países, será celebrado no Brasil nos dias 27, 28 e 29 de abril de 2007.

Leia mais

DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO (ODM) PARA OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (ODS)

DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO (ODM) PARA OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (ODS) DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO (ODM) PARA OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (ODS) INTRODUÇÃO A Organização das Nações Unidas (ONU) está conduzindo um amplo debate entre governos

Leia mais

Enquadramento e critérios de Candidatura

Enquadramento e critérios de Candidatura Enquadramento e critérios de Candidatura A cidadania ativa constitui um elemento chave do reforço da coesão social. O Conselho da União Europeia instituiu o ano de 2011, como Ano Europeu do Voluntariado

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

DEBATE SOBRE PROMOÇÃO ECONÔMICA MUNICIPAL CAMPINAS SÃO PAULO 26 DE MAIO DE 2009

DEBATE SOBRE PROMOÇÃO ECONÔMICA MUNICIPAL CAMPINAS SÃO PAULO 26 DE MAIO DE 2009 DEBATE SOBRE PROMOÇÃO ECONÔMICA MUNICIPAL CAMPINAS SÃO PAULO 26 DE MAIO DE 2009 1 Estruturação para o desenvolvimento Medida Micro e Pequena Empresa Desenvolvimento 2 A importância das MPEs 67% 96% 99%

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

PROJETOS SOCIAIS E OS OBJETIVOS DO MILÊNIO

PROJETOS SOCIAIS E OS OBJETIVOS DO MILÊNIO PROJETOS SOCIAIS E OS OBJETIVOS DO MILÊNIO DIFERENCIANDO OS TRÊS SETORES Primeiro Setor A origem e a destinação dos recursos são públicos. Segundo Setor Corresponde ao capital privado, sendo a aplicação

Leia mais

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO SELO SOCIAL VIRAVIDA BOAS VINDAS! Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO 1. DO SELO 1. O Selo Social ViraVida é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria - SESI,

Leia mais

OFICINA DE CONHECIMENTO GESTÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O TERCEIRO SETOR

OFICINA DE CONHECIMENTO GESTÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O TERCEIRO SETOR GESTÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O TERCEIRO SETOR O Prêmio Criança É um programa da Fundação Abrinq Save the Children que identifica e reconhece boas práticas voltadas à primeira infância (0 a 6 anos), gestantes

Leia mais

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO -

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - Iniciativa de: Com o apoio de: 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Campanha "Está Provado por A+B arma não é brinquedo"

Campanha Está Provado por A+B arma não é brinquedo Campanha "Está Provado por A+B arma não é brinquedo" Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: "Participo do

Leia mais

DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES

DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES Porto Digital Recife, Maio de 2011 1. OBJETIVOS O DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES, promovido pelo Porto Digital, visa reconhecer

Leia mais

Para inscrever o projeto ambiental de sua organização no 23º Prêmio Expressão de Ecologia, basta seguir as orientações deste regulamento.

Para inscrever o projeto ambiental de sua organização no 23º Prêmio Expressão de Ecologia, basta seguir as orientações deste regulamento. REGULAMENTO Apresentação Reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente, o Prêmio Expressão de Ecologia é realizado anualmente pela Editora Expressão desde 1993, um ano após a Rio 92, a conferência da ONU

Leia mais

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013 TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013 1. OBJETIVOS DA PREMIAÇÃO A premiação TROFÉU SOLIDARIEDADE - DESTAQUE SOCIAL 2013 instituída pelo Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação e Serviços Terceirizados

Leia mais

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2015

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2015 TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2015 1. OBJETIVOS DA PREMIAÇÃO A premiação TROFÉU SOLIDARIEDADE - DESTAQUE SOCIAL 2015 instituída pelo Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação e Serviços Terceirizados

Leia mais

FUNDAÇÃO CARGILL. OBJETO Seleção de projetos como foco em alimentação segura, saudável, sustentável e acessível

FUNDAÇÃO CARGILL. OBJETO Seleção de projetos como foco em alimentação segura, saudável, sustentável e acessível FUNDAÇÃO CARGILL EDITAL n 01/2013 OBJETO Seleção de projetos como foco em alimentação segura, saudável, sustentável e acessível PERÍODO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS 16/10/2013 a 04/11/2013 ENVIO DE PROPOSTAS

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH-PB - Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Organização do Terceiro Setor tem o objetivo de reconhecer e premiar projetos desenvolvidos

Leia mais

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa)

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) A categoria SUSTENTABILIDADE é a antiga categoria Indústria

Leia mais

MEDALHA DO MÉRITO M RESGATE DA CIDADANIA. Edição 2008

MEDALHA DO MÉRITO M RESGATE DA CIDADANIA. Edição 2008 MEDALHA DO MÉRITO M RESGATE DA CIDADANIA Edição 2008 Introdução Resgate da cidadania é uma ação prática de inclusão da pessoa vulnerável sendo determinada não só pelos resultados, mas também pelos efeitos.

Leia mais

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO.

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO. CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO O emprego tem uma enorme importância tanto para os indivíduos como para a sociedade Para além de ser uma fonte de rendimento, uma forma de ocupação e

Leia mais

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE Prêmio Socioambiental CHICO MENDES PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE REGULAMENTO 1 DO PROMOTOR E OBJETIVOS 1.1 - A realização da

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE 1 REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE A Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG) torna público o regulamento do 1º Concurso Inovação no TCE-PE, que será regido de acordo com

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes pág. 1 PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes MISSÃO Somos uma rede nacional escoteira de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO - 1 - PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar o investimento social

Leia mais

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs?

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? QUATRO BARRAS 09/07/2007 Horário: das 13h às 17h30 Local: Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? Grupo 01:

Leia mais

I. Da Instituição e Objetivos:

I. Da Instituição e Objetivos: Regulamento I. Da Instituição e Objetivos: 1.1. O, abreviadamente CEME, é órgão integrante da FACIAP FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO PARANÁ, subordinando-se ao seu estatuto e às

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Cozinha Escola Borda Viva

Mostra de Projetos 2011. Cozinha Escola Borda Viva Mostra de Projetos 2011 Cozinha Escola Borda Viva Mostra Local de: São José dos Pinhais Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Associação

Leia mais

«Conta-nos: Voluntariado pelos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio»

«Conta-nos: Voluntariado pelos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio» Regulamento «Conta-nos: Voluntariado pelos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio» 1. Promotor O Projecto de apoio a implementação do Programa Nacional de Voluntariado de Cabo Verde (PNV), executado

Leia mais

12ª Edição do Prêmio Servidor Cidadão

12ª Edição do Prêmio Servidor Cidadão 12ª Edição do Prêmio Servidor Cidadão REGULAMENTO A Secretaria de Administração do Estado da Bahia torna público o Regulamento da 12ª Edição do Prêmio Servidor Cidadão. O Prêmio será regido de acordo com

Leia mais

REGULAMENTO. Só poderão ser indicados projetos cuja implementação pelos jovens tenha sido realizada em 2014 ou 2015.

REGULAMENTO. Só poderão ser indicados projetos cuja implementação pelos jovens tenha sido realizada em 2014 ou 2015. REGULAMENTO 1. GERAL O Prêmio Prudential Espírito Comunitário é uma iniciativa da Prudential do Brasil Seguros de Vida. O prêmio é a versão brasileira do Prudential Spirit of Community Awards, criado nos

Leia mais

Nossa Visão. E, por meio da Divisão Global Santander Universidades, reforça seu compromisso com a comunidade acadêmica

Nossa Visão. E, por meio da Divisão Global Santander Universidades, reforça seu compromisso com a comunidade acadêmica Nossa Visão O Santander acredita que o investimento no ensino superior é a forma mais direta e eficaz de apostar no desenvolvimento nos 20 países em que está presente E, por meio da Divisão Global Santander

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR MODALIDADE 2: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA

Leia mais

Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração

Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração O Prêmio Planeta Casa 2012 busca valorizar empresas, organizações da sociedade civil e profissionais das áreas de arquitetura, design,

Leia mais

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal A Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap) torna público o regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal.

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO

REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO 1. O Prêmio Foz do Iguaçu celebrou e homenageou, pela primeira vez no ano passado, personalidades que trabalharam pelo desenvolvimento e pela promoção do turismo. O

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA EDITAL SEED-AP Nº 001/2014 GAB/PERGE/SEED. A Secretária de Estado de Educação do Amapá, no uso de suas atribuições, torna pública a realização do II Prêmio Estadual de Referência em Gestão Escolar 2014,

Leia mais

Sua empresa é CIDADÃ?

Sua empresa é CIDADÃ? Sua empresa é CIDADÃ? A Câmara de Comércio e Indústria do Estado do Rio de Janeiro (CAERJ) em uma iniciativa inédita está compilando informações corporativas de todos os segmentos: indústria, comércio

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

1 a MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA CRIANÇA APRESENTAÇÃO

1 a MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA CRIANÇA APRESENTAÇÃO 1 1 a MOSTRA NACIONAL DE SAÚDE DA CRIANÇA APRESENTAÇÃO O compromisso do Brasil com os Objetivos do Milênio, de redução da mortalidade infantil, coloca como prioritárias as ações que se dirigem à saúde

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH PB - Modalidade Gestão de Pessoas - Profissional, premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados à projetos implantados pelo profissional,

Leia mais

Prêmio Vivaleitura. Dicas para se inscrever no. e outros projetos...

Prêmio Vivaleitura. Dicas para se inscrever no. e outros projetos... Dicas para se inscrever no Prêmio Vivaleitura e outros projetos... 2011 Vaga Lume R. Aspicuelta, 678 Vila Madalena São Paulo SP 05433-011 (11) 3032-6032 www.vagalume.org.br falecom@vagalume.org.br 1) Apresentação

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes

PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes PLANO DE TRABALHO Rede Nacional de Jovens Líderes pág. 1 VISÃO GERAL Objetivo 1 - No âmbito da seção escoteira, apoiar a correta aplicação do método escoteiro, em especial as práticas democráticas previstas

Leia mais

REGULAMENTO. Artigo 1 - Objetivo

REGULAMENTO. Artigo 1 - Objetivo A CASA museu do objeto brasileiro organiza a 4 a edição do Prêmio Objeto Brasileiro, que vai destacar e premiar o melhor da produção artesanal contemporânea no Brasil. Mais do que um abrangente concurso

Leia mais

EDITAL. Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

EDITAL. Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade EDITAL Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade 1. Justificativa Geral A Declaração do Milênio deixa clara a importância da participação social ao considerar

Leia mais

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1 A Endesa Brasil é uma das principais multinacionais privadas do setor elétrico no País com ativos nas áreas de distribuição, geração, transmissão e comercialização de energia elétrica. A companhia está

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. As presentes disposições visam regulamentar o Programa Parceiros em Ação, instituído pela Área de Responsabilidade Social do BANCO

Leia mais

Fundação SEADE. www.seade.gov.br

Fundação SEADE. www.seade.gov.br Outubro de 0 N o Monitoramento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ODMs Consulte A Fundação Seade disponibilizará, anualmente, as séries históricas do conjunto de indicadores dos ODMs

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE (TERRITÓRIO CEARÁ PACÍFICO VICENTE PINZON)

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE (TERRITÓRIO CEARÁ PACÍFICO VICENTE PINZON) EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE (TERRITÓRIO CEARÁ PACÍFICO VICENTE PINZON) EDITAL Nº 21/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO 1. Objetivo O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, instituições sem fins lucrativos

Leia mais

CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO

CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO O Movimento Nós Podemos Paraná, articulado pelo Sistema Fiep, visando reconhecer e divulgar boas práticas para o alcance dos Objetivos de

Leia mais

EDITAL Nº 2, DE 01 DE AGOSTO DE 2012

EDITAL Nº 2, DE 01 DE AGOSTO DE 2012 EDITAL Nº 2, DE 01 DE AGOSTO DE 2012 A SECRETARIA DE ESTADO DE INCLUSÃO, ASSISTÊNCIA E DO, por meio da Comissão Intersetorial Estadual do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família, criada pela Portaria

Leia mais

ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES

ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES ANEXO II CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA APOIO E/ OU IMPLANTAÇÃO DE ÓRGÃOS COLEGIADOS E APOIO A FÓRUNS E REDES I ÁREAS DE INTERESSE Criança e Adolescente Apoio aos Fóruns, Comitês, Associações

Leia mais

EDITAL Nº XXXX I PRÊMIO INOVAÇÃO DO TURISMO RS

EDITAL Nº XXXX I PRÊMIO INOVAÇÃO DO TURISMO RS EDITAL Nº XXXX I PRÊMIO INOVAÇÃO DO TURISMO RS A SECRETARIA DE TURISMO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, torna pública a Chamada para o I PRÊMIO INOVAÇÃO DO TURISMO RS, em conformidade com o disposto na

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO

CONSELHO NACIONAL DO SESI. Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. REGULAMENTO CONSELHO NACIONAL DO SESI Reconhecendo Parcerias, Transformando Vidas. Um Selo que surge para reconhecer o trabalho das pessoas e instituições que, em parceria com o SESI, constroem pontes para que adolescentes

Leia mais

Consultoria para avaliar a atividade de monitoramento e implementação do Programa Brasil Quilombola

Consultoria para avaliar a atividade de monitoramento e implementação do Programa Brasil Quilombola Consultoria para avaliar a atividade de monitoramento e implementação do Programa Brasil Quilombola 1. Programa: Atividade do Programa Interagencial para a Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia.

Leia mais

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO REGULAMENTO 1. O RECONHECIMENTO PÚBLICO DE OLHO NOS PLANOS 1.1. O Reconhecimento Público é uma ação da iniciativa De Olho nos Planos, composta pelos seguintes parceiros: Ação Educativa, UNICEF, Campanha

Leia mais

MOSTRA DE PROJETOS 2011 PARTICIPAÇÃO CIDADÃ VOLUNTARIADO E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO REGULAMENTO. Anexos I e II

MOSTRA DE PROJETOS 2011 PARTICIPAÇÃO CIDADÃ VOLUNTARIADO E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO REGULAMENTO. Anexos I e II MOSTRA DE PROJETOS 2011 PARTICIPAÇÃO CIDADÃ VOLUNTARIADO E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Os projetos inscritos na Mostra de Projetos 2011 também poderão participar da certificação do Selo

Leia mais

II CONCURSO DE REDAÇÃO DA ESCOLA JUDICIÁRIA ELEITORAL JUIZ IRINEU JOÃO DA SILVA, DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SANTA CATARINA

II CONCURSO DE REDAÇÃO DA ESCOLA JUDICIÁRIA ELEITORAL JUIZ IRINEU JOÃO DA SILVA, DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SANTA CATARINA II CONCURSO DE REDAÇÃO DA ESCOLA JUDICIÁRIA ELEITORAL JUIZ IRINEU JOÃO DA SILVA, DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SANTA CATARINA REGULAMENTO 1. DO CONCURSO 1.1 O II Concurso de Redação da Escola Judiciária

Leia mais

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA 1. APRESENTAÇÃO Com base nos valores da economia solidária e da cultura livre, o Estúdio Gunga empresa de comunicação focada na criação de sites, editoração gráfica,

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE Os Amigos do Cáster em parceria com a Câmara Municipal de Ovar criam o PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE, inserido no âmbito do Programa Integrado de

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL N 20/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante

Leia mais

Projetos alinhados com pelo menos um dos eixos de atuação abaixo:

Projetos alinhados com pelo menos um dos eixos de atuação abaixo: PROGRAMA VOLUNTARIADO BB APOIO A PROJETOS COM RECURSOS DO FIA EDITAL INTERNO DO PROJETO VOLUNTÁRIOS BB FIA 2015 UNIDADE NEGÓCIOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL - UNS APRESENTAÇÃO O Projeto Voluntários

Leia mais

Apresentação. Objetivos do Programa

Apresentação. Objetivos do Programa Diálogo Jovem 0 Índice Assunto Pagina Apresentação 2 Objetivos do Programa 2 Resultados esperados 3 Demandas do Programa 3 Por que investir 4 Origem dos Recursos 5 Metodologia 6 Roteiro do Primeiro encontro

Leia mais

2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras)

2) Abrangência (município, bairro, número de unidades consumidoras) Tipo: Baixa Renda Nome do Projeto: Doação de geladeiras e lâmpadas para famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal 2015. Situação: Em Implementação. O projeto tem como objetivo a substituição

Leia mais

MANUAL DE INSCRIÇÕES. Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam

MANUAL DE INSCRIÇÕES. Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam Orquestra e Fundação Abrinq III MANUAL DE INSCRIÇÕES Patrocínio Realização A Fundação Abrinq Criada em

Leia mais

OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO

OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO Conjuntura Para além de enfrentarem a discriminação social e familiar, muitas mulheres ainda lutam para ultrapassar os obstáculos ao

Leia mais

Programa Olho Vivo no Dinheiro Público 3º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU) para o ensino fundamental e médio

Programa Olho Vivo no Dinheiro Público 3º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU) para o ensino fundamental e médio Programa Olho Vivo no Dinheiro Público 3º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU) para o ensino fundamental e médio TEMA Todos pela ética e cidadania: como posso contribuir

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

REGULAMENTO. Prémio de Excelência Empresarial. Página: 1 de 5

REGULAMENTO. Prémio de Excelência Empresarial. Página: 1 de 5 O. T. M. Prémio de Excelência Empresarial REGULAMENTO A ECoSIDA - Associação dos Empresários contra HIV e SIDA, Tuberculose e Malária é uma organização não governamental da CTA (Confederação das Associações

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Junho, 2006 Anglo American Brasil 1. Responsabilidade Social na Anglo American Brasil e objetivos deste Manual Já em 1917, o Sr. Ernest Oppenheimer, fundador

Leia mais

Primeiro concurso VÍDEO EM TRÊS MINUTOS A FACE DO TRABALHADOR E TRABALHADORA

Primeiro concurso VÍDEO EM TRÊS MINUTOS A FACE DO TRABALHADOR E TRABALHADORA Primeiro concurso VÍDEO EM TRÊS MINUTOS A FACE DO TRABALHADOR E TRABALHADORA TEMA: Mundo do Trabalho ETAPA ESTADUAL: maio a julho de 2015 ETAPA NACIONAL: setembro de 2015 Objetivo Geral: 1.Divulgar, estimular

Leia mais