Índice. Apresentação Sobre a ANACED. 04. Bernardo Mendes Cristina Geraldes Filipe Cerqueira 10. Hélder Rodrigues.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. Apresentação... 03. Sobre a ANACED. 04. Bernardo Mendes... 06. Cristina Geraldes... 08. Filipe Cerqueira 10. Hélder Rodrigues."

Transcrição

1

2 Índice Apresentação Sobre a ANACED. 04 Bernardo Mendes Cristina Geraldes Filipe Cerqueira 10 Hélder Rodrigues. 12 João Carlos Sousa.. 17

3 3 Apresentação A ANACED apresenta a Exposição Aproximações, com o apoio do Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., no âmbito do Programa de Financiamento a Projectos deste organismo, para desta forma promover os direitos dos cidadãos com deficiência que desenvolvem actividades artísticas e que tal como os demais têm direito a desenvolver e a utilizar o seu potencial criativo, artístico e intelectual, não só para benefício próprio, como também para o enriquecimento da sociedade. Esta Exposição Colectiva de Pintura, reúne obras de 5 artistas do Atelier de Arte e Criatividade da CERCICA Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais, que surgiu em 2002 e é uma actividade complementar e transversal aos três pólos do CAO (Terapêutico, Ocupacional e Oficinal). Pretende dar uma resposta centrada nas características e capacidades de cada cliente, estimulando a experimentação e a criatividade; proporcionar aos clientes um ambiente agradável e facilitador da expressão de sentimentos e ideias, num espaço em que os clientes dos diferentes pólos se cruzam, partilhando experiências e modos de fazer, sejam os trabalhos de âmbito individual ou colectivo. No âmbito do CAO Oficinal, alguns clientes desenvolvem um trabalho artístico consistente porque consolidaram a sua identidade artística e são autónomos no processo criativo. Também revelam um crescente empenho que se traduziu no reforço da carga horária nesta actividade. Na sua maior parte, os clientes do CAO Ocupacional e Terapêutico usufruem desta actividade com objectivos ocupacionais e terapêuticos, tendo ao seu dispor todos os materiais e ferramentas disponíveis para se exprimirem plasticamente. O critério de selecção mais relevante é a motivação do cliente. Sendo transversal aos três pólos, a vertente de produção é tão valorizada como a vertente expressiva, ocupacional e, em alguns casos, terapêutica. A liberdade e o respeito pelo indivíduo, as suas ideias, processos, motivações e interesses são o princípio orientador desta actividade.

4 4 Sobre a ANACED A Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência, ANACED, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que tem por objectivo principal promover a inclusão das pessoas com deficiência através da sua arte, criando-lhes oportunidades para que se manifestem socialmente, chamando a atenção dos responsáveis e público em geral para as potencialidades e direitos destas pessoas. Com uma experiência de trabalho de 25 anos a ANACED defende que a Arte produzida por artistas portadores de deficiência (ARTE DE), constitui sempre, um contributo para o património cultural, tão válido como o de qualquer outro artista e a sua desvalorização é indicadora de preconceito ou irracionalidade presunçosa da crítica e de quem tem o poder de validar o que é ou não é arte. Nestes casos a ANACED tem o dever de, por um lado denunciar o preconceito e, por outro, de dar visibilidade ao trabalho desses artistas. Defende que o património artístico e cultural (ARTE PARA) deveria ter subjacente a preocupação de proporcionar a acessibilidade das pessoas com deficiência ao seu conhecimento e de lhes oferecer as emoções e sugestões éticas e estéticas que fazem parte integrante do desenvolvimento de todas as pessoas. Nestas situações, a ANACED não só informa e incentiva o conhecimento e contacto com esse património como combate e alerta para as barreiras físicas, psicológicas e sociais que, frequentemente constituem um obstáculo a esse conhecimento e contacto.

5 5 Defende que a pessoa humana é por natureza criativa. Sem criatividade não há sobrevivência, nem comunicação, nem identidade e, por isso, a criatividade (CRIATIVIDADE PARA) é uma competência e um atributo que, não só deve, como tem de fazer parte integrante do processo de educação e reabilitação das pessoas com deficiência. Nesta perspectiva a ANACED apoia e promove todas as iniciativas que estimulem e desenvolvam a criatividade destas pessoas. Defende que é também pela criatividade que cada um expressa a sua identidade e pode construir a originalidade da sua participação social e, por isso, a criatividade das pessoas com deficiência (CRIATIVIDADE DE) constitui-se como meio principal de exercício dos seus deveres e de afirmação dos seus direitos de cidadania. Neste âmbito, a ANACED cria e aproveita todas as oportunidades para valorizar a criação artística destas pessoas, de forma a levar a sociedade a repensar as suas concepções sobre deficiência. É neste âmbito que vem tentando abrir caminhos e encontrar soluções para que os artistas portadores de deficiência, tal como os outros, contribuam para enriquecer o património artístico da nossa sociedade e, com essa participação, elevem o nível de humanidade e grandeza dessa mesma sociedade.

6 6 Bernardo Mendes Nasceu a 1 de Agosto de 1973, em Maputo. Começou a frequentar o Atelier de Expressão Plástica da Cercica em Participou nas seguintes exposições: ME,BLUE AND YOU, AGAINST DISCRIMINATION, Inclusion Europe, ARTISTAS, V Encontro Nacional da Fenacerci, Vila Nova de Santo André, 2005 SPEAKERS CORNER, À MESMA HORA, NO MESMO SÍTIO, PARA VARIAR, Galeria do Ministério das Finanças, 2006 NÃO HÁ ARTE À PARTE, Museu Gulbenkian, 2007 TIGHTROPE CORDA BAMBA FUNAMBULE, Cidadela de Cascais, 2008 POLARIS, Exposição colectiva organizada pela AFID, Edifício PT, 2009 COINCIDÊNCIAS, Exposição colectiva organizada pela Oficina do Desenho, Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, Recebeu os seguintes prémios: Primeiro prémio na categoria de Desenho, Concurso CRIDEM 2006 Primeiro prémio na categoria de Pintura, Concurso CRIDEM 2006

7 7 Bernardo Mendes Retrato da Maura, 2012 Acrílico sobre tela 60 X 90 cm Bernardo Mendes Retrato do Vítor Hugo, 2012 Acrílico sobre tela 60 X 90 cm

8 8 Cristina Geraldes Nasceu a 11 de Abril de 1967, em Lisboa. Começou a frequentar o Atelier de Expressão Plástica da Cercica em Participou no Campus Artístico, organizado pela APPC, Maio Participou nas seguintes exposições: Colectiva de Pintura Cercica, Livraria Barata, 2013 Colectiva de Pintura Cercica, Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, 2013

9 9 Cristina Geraldes Sem Título, 2012 Acrílico sobre tela 70x70 cm Cristina Geraldes Sem Título, 2013 Acrílico sobre tela 80x100 cm

10 10 Filipe Cerqueira Nasceu a 15 de Fevereiro de 1989, em Lisboa. Começou a frequentar o Atelier de Expressão Plástica da Cercica em Participou nas seguintes exposições: TIGHTROPE CORDA BAMBA FUNAMBULE, Cidadela de Cascais, 2008 POLARIS, Exposição colectiva organizada pela AFID, Museu do Oriente, 2011

11 Filipe Cerqueira Auto-retrato, 2008 Acrílico sobre tela 60 X 100 cm 11

12 12 Hélder Rodrigues Nasceu a 1 de Abril de 1971, na África do Sul. Começou a frequentar o Atelier de Expressão Plástica da Cercica em Participou nas seguintes exposições: CRIDEM 2004 Concurso Nacional de Trabalhos de Pessoas com Deficiência Mental, Porto, 2004 COLECTIVA DE PINTURA, Gala do Pirilampo Mágico, Coliseu dos Recreios, Lisboa, ARTISTAS, V Encontro Nacional da Fenacerci, Vila Nova de Santo André, 2005 SPEAKERS CORNER, À MESMA HORA, NO MESMO SÍTIO, PARA VARIAR, Galeria do Ministério das Finanças, 2006 NÃO HÁ ARTE À PARTE, Museu Nacional do Teatro, 2007 TIGHTROPE CORDA BAMBA FUNAMBULE, Cidadela de Cascais, 2008 POLARIS, Exposição colectiva organizada pela AFID, Edifício PT, 2009 COINCIDÊNCIAS, Exposição colectiva organizada pela Oficina do Desenho, Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, 2009 HOMO VIRTUALIS, Bienal de Porto Santo, organizada pela ANACED, 2011 UNTITLE, Exposição Itinerante, Organizada pela ANACED, 2011 COLECTIVA DE PINTURA DA CERCICA, Restaurante Maria Laranja, Oeiras, 2012 FESTIVAL D ARTE II, organizado pela APPACDM da Anadia, Anadia, 2012 Colectiva de Pintura Cercica, Livraria Barata, 2013 Recebeu os seguintes prémios e distinções: Primeiro prémio na categoria de Desenho, Concurso CRIDEM 2004 Artista seleccionado pelo MUSEUM OF EVERYTHING para EXHIBITION #4, Armazéns Selfridges, Londres, 2011

13 13 Hélder Rodrigues A partir de Auto-retrato com a orelha cortada de Vincent Van Gogh, 2006 Óleo sobre tela 80 X 120 cm Hélder Rodrigues Virgem Maria, 2006 Óleo sobre tela 73 X 92 cm

14 14 Hélder Rodrigues A partir de A Sombrinha Verde de Francisco Goya, 2008 Óleo sobre tela 150x100 cm Hélder Rodrigues Flores, 2013 Óleo sobre tecido estampado 100 X 100 cm

15 15 Hélder Rodrigues Sem Título, 2012 Óleo sobre tela 100 X 100 cm Hélder Rodrigues Sem Título, 2013 Óleo sobre tela 150 X 90 cm

16 16 Hélder Rodrigues Os Nenúfares, 2014 Óleo sobre tela 150 X 90 cm Hélder Rodrigues Os Nenúfares II, 2014 Óleo sobre tela 120 X 100 cm

17 17 João Carlos Sousa Nasceu a 28 de Outubro de 1976, em Lisboa. Começou a frequentar o Atelier de Expressão Plástica da Cercica em Participou nas seguintes exposições: ME,BLUE AND YOU, AGAINST DISCRIMINATION, Inclusion Europe, 2002 NÃO HÁ ARTE À PARTE, Museu Condes de Castro Guimarães, 2007 COLECTIVA DE PINTURA DA CERCICA, Restaurante Maria Laranja, Oeiras, 2012 COLECTIVA DE PINTURA CERCICA, Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, 2013 Recebeu os seguintes prémios e distinções: Artista convidado pelo Grupo Lindley para desenhar postais de Natal alusivos ao tema da Vela, 2005, Artista convidado para aplicação de uma imagem de sua autoria num carro Smart, SMART PARADE, 2008.

18 18 João Carlos Sousa Paisagem, 2005 Óleo sobre tela 60 X 40 cm João Carlos Sousa Plantas, 2009 Óleo sobre tela 80 X 60 cm João Carlos Sousa Sem Título, 2011 Óleo sobre tela 100 X 80 cm

19 ANACED Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência Rua do Sítio ao Casalinho da Ajuda Lisboa Tels Fax Facebook:

20

Curso de Formação Complementar. Apresentação

Curso de Formação Complementar. Apresentação Curso de Formação Complementar I Apresentação O curso de Formação Complementar destina-se a jovens titulares de cursos de Tipo 2, Tipo 3 ou outros cursos de qualificação inicial de nível 2, que pretendam

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

Boletim Informativo n.º 5 Maio 2009

Boletim Informativo n.º 5 Maio 2009 educação especial Instituições acreditadas como Centros de Recursos para a Inclusão (segunda lista) A Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) divulgou no seu sítio electrónico a

Leia mais

"Metas de Aprendizagem

Metas de Aprendizagem "Metas de Aprendizagem TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Esmeralda Oliveira Contexto Contexto Perspectiva As TIC acrescentam valor Saberes duradouros enfoque transversal Assume-se que a integração

Leia mais

Cidadãos do Amanhã Empreendedorismo Jovem. Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020»

Cidadãos do Amanhã Empreendedorismo Jovem. Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020» Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020» 29.Abril.2014 Idanha-a-Nova DUECEIRA GAL/ELOZ. Entre serra da LOusã e Zêzere Histórico > projecto cooperação

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas Visita de estudo Geografia Conhecer o funcionamento de uma unidade industrial; Reconhecer a importância da atividade industrial na economia. Geografia e Alunos do 9º Ano Unidade Industrial 2ºPeríodo Visita

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

Projeto Curricular do 1.º Ciclo

Projeto Curricular do 1.º Ciclo Projeto Curricular do 1.º Ciclo Tema Felizes os que constroem a vida na verdade e no bem. INTRODUÇÃO Este ano letivo 2014/2015 ficou definido como tema geral Felizes os que constroem a vida na verdade

Leia mais

Sonhar com a Solidariedade

Sonhar com a Solidariedade Sonhar com a Solidariedade Projeto de Voluntariado dos SALESIANOS com o CRID Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes Um projeto O projeto que nos propomos desenvolver em parceria com uma Instituição

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

Cultura ProAC-ICMS. Yutaka Toyota INSTITUTO OLGA KOS DE INCLUSÃO CULTURAL

Cultura ProAC-ICMS. Yutaka Toyota INSTITUTO OLGA KOS DE INCLUSÃO CULTURAL Cultura ProAC-ICMS Yutaka Toyota INSTITUTO OLGA KOS DE INCLUSÃO CULTURAL Nossos Projetos Resgatando Cultura Tem a intenção de resgatar as obras de artistas plásticos contemporâneos, registrando o atual

Leia mais

Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual)

Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual) Agrupamento de Escolas de Santo André, Santiago do Cacém Código: 135513 NIFPC: 600075907 Escola Secundária Padre António Macedo Clube de Francês / Oficina de Francês (Sala Virtual) 2007/2014 Luísa Maria

Leia mais

Regulamento Programa de bolsas de residência artística. Escultura Design de equipamento Espaço público. Produção Apoio Estrutura Financiada por

Regulamento Programa de bolsas de residência artística. Escultura Design de equipamento Espaço público. Produção Apoio Estrutura Financiada por Formas e Técnicas na Transição Resgate, Mudança, Adaptação, Construção, Simbiose, Regeneração, Estrutura, Diversidade, Especificidade, Desenvolvimento, Identidade, Informação, Lugar Regulamento Programa

Leia mais

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 Factores Determinantes para o Empreendedorismo Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 IAPMEI Instituto de Apoio às PME e à Inovação Principal instrumento das políticas económicas para Micro e Pequenas

Leia mais

Ano Lectivo 2006-2007

Ano Lectivo 2006-2007 Ano Lectivo 2006-2007 CLUBE EUROPEU da Escola Secundária de Viriato RELATÓRIO FINAL DAS ACTIVIDADES No âmbito dos Objectivos do Clube Europeu, foram desenvolvidas as seguintes actividades: 1. Comemoração

Leia mais

Museus como plataformas para a inovação social:

Museus como plataformas para a inovação social: Museus como plataformas para a inovação social: Projecto-piloto educativo em espaços culturais Um projecto-piloto para jovens em situação de vulnerabilidade e exclusão social a desenvolver em colaboração

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

A grandeza de uma obra de arte está fundamentalmente no seu carácter ambíguo, que deixa ao espectador decidir sobre o seu significado.

A grandeza de uma obra de arte está fundamentalmente no seu carácter ambíguo, que deixa ao espectador decidir sobre o seu significado. Co-financiado por: A grandeza de uma obra de arte está fundamentalmente no seu carácter ambíguo, que deixa ao espectador decidir sobre o seu significado. Theodor Adorno A Associação Nacional de Arte e

Leia mais

SÍNTESE DAS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

SÍNTESE DAS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS, COOPERAÇÃO E COMUNIDADES SÍNTESE DAS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES INTRODUÇÃO O Iº Encontro dos Órgãos de Comunicação e Informação de Caboverdianos na Diáspora, realizado

Leia mais

Guia Informativo. 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015)

Guia Informativo. 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015) Guia Informativo 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015) Objectivo do Prémio: O Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa tem como objectivo central o

Leia mais

SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010

SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010 SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010 Considerando o Regime de enquadramento das políticas de juventude na Região Autónoma dos Açores, plasmado no Decreto

Leia mais

De mãos dadas ESCOLA NO MUSEU

De mãos dadas ESCOLA NO MUSEU De mãos dadas ESCOLA NO MUSEU Empenhado no desenvolvimento cultural da população que serve directamente, o Museu do Trajo considera prioritário o investimento na formação pessoal do escalão etário correspondente

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 Taxa de desemprego em Portugal baixou para 16,5% em Julho, um sinal positivo sobre o terceiro trimestre. Um relatório do Eurostat indica que a taxa de desemprego nacional diminuiu

Leia mais

Aceito encomendas de retrato ao estilo dos exemplos seguintes. Contactar por e-mail para gvanzeller@netcabo.pt

Aceito encomendas de retrato ao estilo dos exemplos seguintes. Contactar por e-mail para gvanzeller@netcabo.pt EXPOSIÇÃO DE RETRATO Maio MMVIII TÍTULO: RETRATO TÉCNICA: TÉCNICA MISTA SOBRE PAPEL Nº DE QUADROS : 30 PREÇO : NEGOCIÁVEL Aceito encomendas de retrato ao estilo dos exemplos seguintes. Contactar por e-mail

Leia mais

ARTES DA INFÂNCIA 1/5 CABEÇAS

ARTES DA INFÂNCIA 1/5 CABEÇAS ARTES DA INFÂNCIA 1/5 CABEÇAS 2 3 Artes da Infância infans Do latim, infans significa aquele que ainda não teve acesso à linguagem falada. Na infância adquirimos conhecimentos, acumulamos vivências e construímos

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Correio electrónico Endereço electrónico Luís Miguel Pereira Araújo da Rocha Rua do Teixeira, nº43, 1º 1200-390 Lisboa Telefone 96 252 74 53

Leia mais

ONLINE. www.leiriareg iaodig ital.p t. Serviços on-line para cidadãos e empresas. Nerlei

ONLINE. www.leiriareg iaodig ital.p t. Serviços on-line para cidadãos e empresas. Nerlei www.leiriareg iaodig ital.p t U M ONLINE COM A R E G I Ã O A VIDA Leiria Região Digital Serviços on-line para cidadãos e empresas Nerlei Sumário Parceiros do Leiria Região Digital (LRD) Zona de abrangência

Leia mais

As propostas do. Dimensão Histórica Cívica Artística Social Pedagógica

As propostas do. Dimensão Histórica Cívica Artística Social Pedagógica As propostas do LIVRO Livre Dimensão Histórica Cívica Artística Social Pedagógica Dimensão Histórica: Conhecimento do passado histórico: 25 de Abril, Estado Novo, Guerra Colonial, Descolonização e Democracia;

Leia mais

Carta dos Direitos do Cliente

Carta dos Direitos do Cliente A pessoa com deficiência ou incapacidade, deve ser educada e viver na comunidade, mas com programas e apoios especiais. Cercisiago Carta dos Direitos do Cliente Março de 2010 Carta dos Direitos do Cliente

Leia mais

Criança faz arte? ISTA. Gratuito! PROJETO EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA

Criança faz arte? ISTA. Gratuito! PROJETO EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA Criança faz arte? MINISTÉRIO DA CULTURA APRESENTA PROJETO ART EIRA ISTA EXPOSIÇÃO I - T - I - N - E - R - A - N - T - E 1 EXPOSIÇÃO DE ARTE PALESTRAS VÍDEOS WEBSITE REDE SOCIAL Gratuito! Elias Rodrigues

Leia mais

Prêmio Sinepe. 10 Prêmio Responsabilidade Social Categoria: Desenvolvimento Cultural. Literarte 2015 Artes Visuais no Distrito Criativo.

Prêmio Sinepe. 10 Prêmio Responsabilidade Social Categoria: Desenvolvimento Cultural. Literarte 2015 Artes Visuais no Distrito Criativo. Prêmio Sinepe 10 Prêmio Responsabilidade Social Categoria: Desenvolvimento Cultural Literarte 2015 Artes Visuais no Distrito Criativo tempo Apresentação do Projeto Um pouco de História do Colégio Batista

Leia mais

ESCOLA EB 2.3/S Dr. Isidoro de Sousa PLANO DE ACTIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS ANO LECTIVO 2006 / 2007

ESCOLA EB 2.3/S Dr. Isidoro de Sousa PLANO DE ACTIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS ANO LECTIVO 2006 / 2007 ESCOLA EB 2.3/S Dr. Isidoro de Sousa BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS PLANO DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2006 / 2007 Escola EB 2,3/S Dr. Isidoro de Sousa BE/CRE Pl de Actividades Ano Lectivo

Leia mais

nossa vida mundo mais vasto

nossa vida mundo mais vasto Mudar o Mundo Mudar o Mundo O mundo começa aqui, na nossa vida, na nossa experiência de vida. Propomos descobrir um mundo mais vasto, Propomos mudar o mundo com um projecto que criou outros projectos,

Leia mais

A Embaixada de França e a Alliance Française em Portugal promovem CONCURSO por ocasião do Dia Nacional de França 14 JUILLET 2013 REGULAMENTO

A Embaixada de França e a Alliance Française em Portugal promovem CONCURSO por ocasião do Dia Nacional de França 14 JUILLET 2013 REGULAMENTO 0 A Embaixada de França e a Alliance Française em Portugal promovem CONCURSO por ocasião do Dia Nacional de França 14 JUILLET 2013 REGULAMENTO 1 Introdução A Embaixada de França e a Alliance Française

Leia mais

Prémio da Qualidade do Distrito de Setúbal Serviços Públicos. Regulamento

Prémio da Qualidade do Distrito de Setúbal Serviços Públicos. Regulamento Prémio da Qualidade do Distrito de Setúbal Serviços Públicos Regulamento Apresentação A experiência e os resultados alcançados com o PROMAAS Programa de Modernização Administrativa das Autarquias de Setúbal,

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos VERÃO 2011 WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos Oficina de BD Neste workshop não se faz apenas banda desenhada: faz-se um fanzine de banda desenhada! Vamos criar uma história com base no teu imaginário

Leia mais

Concurso Fotográfico Património e Paisagem Urbana do Concelho

Concurso Fotográfico Património e Paisagem Urbana do Concelho JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO 2011 PATRIMONIO E PAISAGEM URBANA As Jornadas Europeias do Património, promovidas em Portugal pelo IGESPAR a 23/24/25 de Setembro, são uma iniciativa anual do Conselho

Leia mais

Paula Almozara «Paisagem-ficção»

Paula Almozara «Paisagem-ficção» Rua da Atalaia, 12 a 16 1200-041 Lisboa + (351) 21 346 0881 salgadeiras@sapo.pt www.salgadeiras.com Paula Almozara «Paisagem-ficção» No âmbito da sua estratégia internacional, a Galeria das Salgadeiras

Leia mais

Regulamento do concurso para criação do logotipo para projecto ri(age)

Regulamento do concurso para criação do logotipo para projecto ri(age) FNERDM - Federação Nacional das Entidades de Reabilitação de Doentes Mentais Regulamento do concurso para criação do logotipo para projecto ri(age) Parceiros Projecto co-financiado Projecto ri(age) Breve

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA DIRECÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA GRUPO DE TRABALHO PARA AS COMEMORAÇÕES MUNICIPAIS DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA PLANO DE ACTIVIDADES (2010) Lisboa, Dezembro de 2009 1 Comemorações

Leia mais

ExpressARTE Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais. Aprender pela Arte

ExpressARTE Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais. Aprender pela Arte ExpressARTE Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais Aprender pela Arte Introdução A arte sempre foi e será um meio de elevar e valorizar o homem. O acto criativo é um fazer que contribui para a projecção

Leia mais

Rotary Clube de S. João da Madeira Câmara Municipal de S. João da Madeira SOLIDARIEDADE a) Localização do Salão b) Comité Organizador

Rotary Clube de S. João da Madeira Câmara Municipal de S. João da Madeira SOLIDARIEDADE a) Localização do Salão b) Comité Organizador II SALÃO INTERNACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS 2009 18 a 31 de Abril de 2009 S. JOÃO DA MADEIRA 1 A organização deste Salão Internacional de Artes Plásticas de S. João da Madeira, é da responsabilidade do Rotary

Leia mais

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 1945 Nasceu em Leiria. Curso de Pintura da Escola de Belas Artes de Lisboa. Frequentou o curso de Arquitectura de Belas Artes do Porto. EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 2014 O Motim, Casa do Infante, Porto. Altar

Leia mais

Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA.

Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA. Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA. Destinando a formação a alunos de todas as idades, o ensino da

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Luís Miguel Pereira Araújo da Rocha Rua do Teixeira, nº43, 1º 1200-390 Lisboa Telefone 96 252 74 53 Fax 21 342 97 82 Correio electrónico luisrocha.fotografia@gmail.com

Leia mais

EDP Solidária Barragens 2010

EDP Solidária Barragens 2010 Menção Honrosa Entidade: LÉRIAS ASSOCIAÇÃO CULTURAL Escola de Música Tradicional a música que nos pertence formar 70 jovens em música tradicional do concelho de Miranda do Douro e divulgar as tradições

Leia mais

Concurso de desenho. Organizado entre dia 7 de Abril e 29 de Maio de 2015. Data limite de envio dos desenhos: 22 de Maio de 2015.

Concurso de desenho. Organizado entre dia 7 de Abril e 29 de Maio de 2015. Data limite de envio dos desenhos: 22 de Maio de 2015. Artigo 1 Apresentação 25 º Aniversário do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa Concurso de desenho Organizado entre dia 7 de Abril e 29 de Maio de 2015 Data limite de envio dos desenhos: 22 de Maio de

Leia mais

LittleShadow. InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias. Vo Arte

LittleShadow. InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias. Vo Arte LittleShadow InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias Organização Vo Arte Co-produção São Luiz Teatro Municipal www.voarte.com/pt/festvoarte/inshadow Vo Arte O Festival InShadow

Leia mais

ÁREA A DESENVOLVER. Formação Comercial Gratuita para Desempregados

ÁREA A DESENVOLVER. Formação Comercial Gratuita para Desempregados ÁREA A DESENVOLVER Formação Comercial Gratuita para Desempregados Índice 8. Sobre nós 7. Como pode apoiar-nos 6. Datas de realização e inscrição 5. Conteúdos Programáticos 4. Objectivos 3. O Workshop de

Leia mais

Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. - Ano Lectivo 2010/2011 -

Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. - Ano Lectivo 2010/2011 - Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas - Ano Lectivo 2010/2011 - Empreendedorismo como ensiná-lo aos nossos jovens? Contudo, e mesmo sendo possível fazê-lo, o espírito empresarial não é normalmente

Leia mais

Todas as actividades do salão, serão levadas a efeito no Museu da Chapelaria e nos Paços da Cultura, que se situam em S. João da Madeira.

Todas as actividades do salão, serão levadas a efeito no Museu da Chapelaria e nos Paços da Cultura, que se situam em S. João da Madeira. SALÃO INTERNACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS 2007 28 de Abril a 13 Maio 2007 S. JOÃO DA MADEIRA A organização deste Salão Internacional de Artes Plásticas de S. João da Madeira, é da responsabilidade do Rotary

Leia mais

VISÃO A CERCI Braga será uma entidade de referência no âmbito da inclusão social, proporcionando melhor qualidade de vida aos seus clientes.

VISÃO A CERCI Braga será uma entidade de referência no âmbito da inclusão social, proporcionando melhor qualidade de vida aos seus clientes. Ano: 2015 Instituição: CERCI Braga Caracterização Síntese: MISSÃO Contribuir para a congregação e articulação de esforços no sentido de melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual

Leia mais

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento ARTIGO 1º Enquadramento Reabilitação do Mercado Municipal Concurso de Ideias Regulamento O Concurso de Ideias para a reabilitação do Mercado Municipal (MM), sito na praça do Comércio é uma iniciativa da

Leia mais

PROGRAMA ESCOLHAS 5ª GERAÇÃO

PROGRAMA ESCOLHAS 5ª GERAÇÃO PROGRAMA ESCOLHAS 5ª GERAÇÃO O Programa Escolhas visa promover a inclusão social de crianças e jovens provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, tendo em vista a igualdade de oportunidades

Leia mais

Ano Internacional das Cooperativas 2012. Seminário As Cooperativas e a Economia Social

Ano Internacional das Cooperativas 2012. Seminário As Cooperativas e a Economia Social Ano Internacional das Cooperativas 2012 Seminário As Cooperativas e a Economia Social Cooperativa das Iniciativas de Economia Solidária Origem As primeiras iniciativas de Economia Solidária surgiram nos

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

Empreendedorismo De uma Boa Ideia a um Bom Negócio

Empreendedorismo De uma Boa Ideia a um Bom Negócio Empreendedorismo De uma Boa Ideia a um Bom Negócio 1. V Semana Internacional A Semana Internacional é o evento mais carismático e que tem maior visibilidade externa organizado pela AIESEC Porto FEP, sendo

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

Lisboa 2014 FICHA DE CANDIDATURA

Lisboa 2014 FICHA DE CANDIDATURA Lisboa 2014 Refª: 148 Janela 1750 Grupo de Trabalho dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) Rua Nova do Almada, nº 2-3º Andar 1100-060 Lisboa Telefone: 21 322 73 60 Email - bip.zip@cm-lisboa.pt

Leia mais

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte P I N T U R A 12 12 2013 22 02 2014 Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte I N F O R M A Ç Õ E S [Patente] Galeria de Exposições da Biblioteca Municipal de Vila

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática Aplicada às Ciências Sociais Ensino Regular Curso Geral de Ciências Sociais e Humanas 10º Ano Planificação 2014/2015 Índice Finalidades... 2 Objectivos e competências

Leia mais

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania Adelina Machado João Carlos Sousa Ser cidadão hoje... é algo de complexo... integra na construção da sua identidade duas dimensões: uma referente às pertenças

Leia mais

CURRICULUM EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

CURRICULUM EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS SILVIA ZASTROW CURRICULUM EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 2007 - Estudos translúcidos Imagens Organicas Teatro Municipal 2003 - Escultura Monumento instalação permanente na Rodovia BR-101 (Rio/Santos) Bairro Areal

Leia mais

Fundação LIGA. Instituição academicamente adscrita à. Universidade Fernando Pessoa

Fundação LIGA. Instituição academicamente adscrita à. Universidade Fernando Pessoa Pós-Graduação Consultoria em Acessibilidades Fundação LIGA Instituição academicamente adscrita à Universidade Fernando Pessoa Objectivos A presente pós-graduação tem como objectivo a identificação das

Leia mais

11 OUT - 16H30 18H00. LET S TALK ABOUT DESIGN - DESIGN by NORTH

11 OUT - 16H30 18H00. LET S TALK ABOUT DESIGN - DESIGN by NORTH O objectivo desta conferência é a reunião de vários profissionais do Norte de Portugal, para partilharem o seu trabalho e experiências no campo do design e da arquitectura. Cada um vai apresentar um projecto

Leia mais

CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA ACERCA DO PATRIMÓNIO CULTURAL.

CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA ACERCA DO PATRIMÓNIO CULTURAL. CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 309 CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA ACERCA DO PATRIMÓNIO CULTURAL. Artigo 9.º (Tarefas fundamentais do Estado) São tarefas fundamentais do Estado:. a) Garantir a independência

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

Rodrigo Alzamora. Entre sombras

Rodrigo Alzamora. Entre sombras Rodrigo Alzamora Entre sombras Oriente, 2013 Acrílico s/ tela, 100x81 cm (capa) Ao longo dos últimos cinco anos a obra de Rodrigo Alzamora tem mantido, entre diferenças, os seus dois estilos : O das

Leia mais

Associação Espaço Mundo Associação de Apoio ao Estudante Africano APEAL ARAL-Associação Associação de Residentes do Alto do Lumiar

Associação Espaço Mundo Associação de Apoio ao Estudante Africano APEAL ARAL-Associação Associação de Residentes do Alto do Lumiar REFERÊNCIA: 081 DESIGNAÇÃO: ALL ARTES - Espaço MuDança BIP/ZIP em que pretende intervir: 25. Cruz Vermelha 26. Pedro Queiróz Pereira ENTIDADES: Promotoras: Parceira: Associação Espaço Mundo Associação

Leia mais

Liga Nacional Contra a Fome

Liga Nacional Contra a Fome Liga Nacional Contra a Fome IPSS de Utilidade Pública.Relatório de Gestão. Exercício 2015 -Março de 2016- Liga Nacional Contra a Fome IPSS de Utilidade Pública A Liga Nacional Contra a Fome é uma Instituição

Leia mais

EU CONTO! Autorrepresentação e Cidadania - capacitar pessoas com deficiência intelectual

EU CONTO! Autorrepresentação e Cidadania - capacitar pessoas com deficiência intelectual EU CONTO! Autorrepresentação e Cidadania - capacitar pessoas com deficiência intelectual Eu conto! Palavras explicadas Vai encontrar no texto deste guia algumas palavas a negrito. Estas palavras podem

Leia mais

EBI de Angra do Heroísmo

EBI de Angra do Heroísmo EBI de Angra do Heroísmo ENQUADRAMENTO GERAL Estratégia intervenção Ministério Educação promover o empreendedorismo no ambiente escolar Consonância com linhas orientadoras da Comissão Europeia Projectos

Leia mais

Perfil Profissional. Rui Castro Perfil Profissional 1

Perfil Profissional. Rui Castro Perfil Profissional 1 Perfil Profissional Rui Castro Perfil Profissional 1 Conteúdos 1. Apresentação 2. Curriculum Curriculum vitae 3. Obras e projectos Experiência profissional Rui Castro Perfil Profissional 2 1. Apresentação

Leia mais

Universidade São Marcos Pedagogia Comunicação, Educação e Novas Tecnologias RELEITURA DE OBRAS. Jane Ap. Fiorenzano RGM: 048581

Universidade São Marcos Pedagogia Comunicação, Educação e Novas Tecnologias RELEITURA DE OBRAS. Jane Ap. Fiorenzano RGM: 048581 Universidade São Marcos Pedagogia Comunicação, Educação e Novas Tecnologias RELEITURA DE OBRAS Jane Ap. Fiorenzano RGM: 048581 Lenivani S. Brandão RGM: 047438 Melissa F. Caramelo RGM: 049607 Sandra P.

Leia mais

REGULAMENTO DE BANDA DESENHADA E DE CARTOONS. Pretende-se que os concorrentes abordem o tema o Advogado, o Cidadão e a Justiça.

REGULAMENTO DE BANDA DESENHADA E DE CARTOONS. Pretende-se que os concorrentes abordem o tema o Advogado, o Cidadão e a Justiça. 1. Tema: REGULAMENTO DE BANDA DESENHADA E DE CARTOONS Pretende-se que os concorrentes abordem o tema o Advogado, o Cidadão e a Justiça. 2. Formas de participação: 2.1. Os concorrentes podem apresentar

Leia mais

INTELI Centro de Inovação (PT)

INTELI Centro de Inovação (PT) INTELI Centro de Inovação (PT) CLUSTERS CRIATIVOS Criatividade para a Regeneração Urbana X Fórum Internacional de Inovação e Criatividade Aracaju, 20 Novembro 2010 Estrutura da Apresentação 1. Clusters

Leia mais

Saiba quais as Iniciativas a ser promovidas pelas Associadas da FENACERCI no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência!

Saiba quais as Iniciativas a ser promovidas pelas Associadas da FENACERCI no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência! Saiba quais as Iniciativas a ser promovidas pelas Associadas da FENACERCI no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência! Nome da atividade: Ação de Formação Qualidade de Vida Acção de Formação para Pais

Leia mais

Portfólio Ueliton Santana. 2014. BREVE HISTÓRICO DO ARTISTA:

Portfólio Ueliton Santana. 2014. BREVE HISTÓRICO DO ARTISTA: BREVE HISTÓRICO DO ARTISTA: Ueliton Santana dos Santos nasceu em 25 de outubro de 1981, em Sena Madureira-Ac, com um ano veio morar em Rio Branco, aos cinco anos teve seu primeiro contato com o desenho,

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

A arte da sobrevivência ou sobre a vivência da arte *

A arte da sobrevivência ou sobre a vivência da arte * DOI: 10.1590/1807-57622013.0890 A arte da sobrevivência ou sobre a vivência da arte * criação The art of survival or about experience of art El arte de la sobrevivencia o sobre la vivencia del arte Carla

Leia mais

Artistas Convidados exposição 2014 30

Artistas Convidados exposição 2014 30 Artistas Convidados exposição 2014 30 Daniel Antunes Pinheiro Nascido em Moçambique, vive e trabalha em Lisboa. É professor auxiliar da Escola de Belas Artes da Universidade de Lisboa na graduação de arte

Leia mais

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade.

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade. Integrar, na educação formal e na aprendizagem ao longo da vida, os conhecimentos, valores e habilidades necessárias para um modo de vida sustentável. b. Promover a contribuição das artes e humanidades,

Leia mais

Eixo I _ Inovação, Desenvolvimento Tecnológico e Sociedade do Conhecimento

Eixo I _ Inovação, Desenvolvimento Tecnológico e Sociedade do Conhecimento Eixo I _ Inovação, Desenvolvimento Tecnológico e Sociedade do Conhecimento I.1. Incentivos Directos e Indirecto às Empresas Tipologia de Investimento CONTROLO DO DOCUMENTO Versão Data Descrição N. de Página

Leia mais

CURRICULUM VITAE. VITOR MANUEL ROSAS DA SILVA Arquitecto

CURRICULUM VITAE. VITOR MANUEL ROSAS DA SILVA Arquitecto CURRICULUM VITAE VITOR MANUEL ROSAS DA SILVA Arquitecto FEVEREIRO 2013 INDICE I- IDENTIFICAÇÃO... 1 II- RESUMO CURRICULAR... 2 III- CONFERÊNCIAS, PUBLICAÇÕES E EXPOSIÇÕES... 3 IV- PRÉMIOS... 3 V- OBRAS

Leia mais

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Mobilidade em Cidades Médias e Áreas Rurais Castelo Branco, 23-24 Abril 2009 A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI A POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Compromisso

Leia mais

COMPETÊNCIAS E SABERES EM ENFERMAGEM

COMPETÊNCIAS E SABERES EM ENFERMAGEM COMPETÊNCIAS E SABERES EM ENFERMAGEM Faz aquilo em que acreditas e acredita naquilo que fazes. Tudo o resto é perda de energia e de tempo. Nisargadatta Atualmente um dos desafios mais importantes que se

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISO DE CANDIDATURA FEVEREIRO 2012

SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISO DE CANDIDATURA FEVEREIRO 2012 SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISO DE CANDIDATURA FEVEREIRO 2012 INOVAÇÃO PRODUTIVA SECTOR TURISMO QREN QUADRO DE REFERÊNCIA ESTRATÉGICO NACIONAL 2007-2013 INFORMAÇÃO SINTETIZADA 1 ÍNDICE PÁGINA OBJECTO

Leia mais

agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça

agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça :: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS Feltros do Mundo. Arquitecturas de Cabeça Inserida no âmbito das actividades promovidas em S. João da Madeira a propósito

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5 APRESENTAÇÃO. O presente número dos Cadernos de Sociomuseologia, reúne um conjunto de documentos sobre museologia e património que se encontram dispersos e muitas

Leia mais

Lista de membros do Conselho Municipal para a Inclusão da Pessoa com Deficiência

Lista de membros do Conselho Municipal para a Inclusão da Pessoa com Deficiência Lista de membros do Conselho Municipal para a Inclusão da Pessoa com Deficiência ACAPO Associação de Cegos e Ambliopes de Portugal Delegação Regional do Sul e Ilhas Rua Rodrigues Sampaio 146-2º Esq. 1150-282

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL DO TURISMO CULTURAL

CARTA INTERNACIONAL DO TURISMO CULTURAL Pág. 1 de9 CARTA INTERNACIONAL DO TURISMO CULTURAL Gestão do Turismo nos Sítios com Significado Patrimonial 1999 Adoptada pelo ICOMOS na 12.ª Assembleia Geral no México, em Outubro de 1999 Tradução por

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

PROJECTO MAiE. Agricultura Multifuncional na Europa

PROJECTO MAiE. Agricultura Multifuncional na Europa PROJECTO MAiE Agricultura Multifuncional na Europa O Projecto MAiE Projecto internacional Multifunctional Agriculture in Europe (MAIE) Impactos Sociais e Ecológicos em Explorações de Agricultura Biológica

Leia mais

Inauguração a 21 de Junho de 2011

Inauguração a 21 de Junho de 2011 Inauguração a 21 de Junho de 2011 VISA A PRESTAÇÃO DE APOIO PSICOLÓGICO E SOCIAL A QUEM SE DESTINA. A PESSOAS, FAMÍLIAS E GRUPOS MAIS VULNERÁVEIS, EM SITUAÇÃO DE MAIOR RISCO OU DEPENDÊNCIA FÍSICA E FUNCIONAL.

Leia mais

Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa Lisbon, Portugal. Retratos e outras Situações Encenadas

Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa Lisbon, Portugal. Retratos e outras Situações Encenadas Eurico Lino do Vale Porto, Portugal 1966 Exposições individuais Solo exhibitions 2013 Levantamento do Palácio da Rosa Carlos Carvalho Arte Contemporânea. Lisboa Lisbon, Portugal Retratos Incógnitos Museu

Leia mais

INFORMAÇÃO. Ass: Prestação de Serviços de Jardinagem

INFORMAÇÃO. Ass: Prestação de Serviços de Jardinagem INFORMAÇÃO Ass: Prestação de Serviços de Jardinagem Na sequência do pedido sobre o assunto mencionado em epígrafe, a seguir se enunciam as ONG que prestam serviços remunerados de jardinagem, bem como os

Leia mais

PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO

PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO A Estratégia de Eficiência Colectiva (EEC) PROVERE Zona dos Mármores assume como foco temático o aproveitamento do recurso endógeno mármore, com uma abrangência

Leia mais

A presença virtual de uma galeria na Internet, é a prova inequívoca da importância do mundo da arte, estando à disposição de todos.

A presença virtual de uma galeria na Internet, é a prova inequívoca da importância do mundo da arte, estando à disposição de todos. Sabendo que as galerias da arte são elos fundamentais nas relações entre os artistas e o público procura-se com este tipo de eventos, não só promover a divulgação das suas iniciativas mas também mostrar

Leia mais