RELATO DE EXPERIÊNCIA - A PRAÇA VAI VIRAR MAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATO DE EXPERIÊNCIA - A PRAÇA VAI VIRAR MAR"

Transcrição

1 RELATO DE EXPERIÊNCIA - A PRAÇA VAI VIRAR MAR Comemoração do Dia Internacional do Meio Ambiente 05 de junho de 2014 A comemoração do dia internacional do meio ambiente faz parte do quadro de eventos programados ao longo da realização do Projeto Ponta de Pirangi. Como Projeto tem como um dos objetivos valorizar o ambiente marinho e seus recursos naturais, além de disseminar os conhecimentos gerados na primeira fase do projeto, a realização de eventos desta natureza procura tanto chamar a atenção para os recursos marinhos como mobilizar a população local, gestores das três esferas (municipal, estadual e federal) em ações que tratem do uso e conservação do ambiente marinho recifal da região da Ponta de Pirangi. Uma vez elaborada a proposta do evento, a equipe do Projeto apresentou-a para: a) as Secretarias Municipais de Educação e Cultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, e Assistência Social, b) Fundação Parnamirim de Cultura, c) Coordenação do Programa de Erradicação Infantil (PETI), d) Coordenador estadual da Central única das Favelas (CUFA). O objetivo foi integrar as agendas oficiais e fortalecer as parcerias estabelecidas, mesmo que não legalizadas na gestão municipal. Todas as instituições participaram ativamente na realização do evento e as competências ficaram assim distribuídas: - Projeto Ponta de Pirangi: coordenação do evento, elaboração da programação técnica-educacional, montagem de tenda do Projeto e divulgação (criação das peças promocionais e fixação de cartazes) - Secretaria de Educação e Cultura: Viabilização da participação das escolas na região litorânea, isto é, transporte e lanche para professores e alunos, além da documentação para autorização e registro da participação. - Fundação de Cultura de Parnamirim: apoio na infraestrutura como tenda com palco para as apresentações, equipamento de som e operador, além de pagamento do cache para o grupo Jeito Brasileiro. Divulgação na mídia digital da Fundação.

2 - Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano: autorização de uso da praça de São Sebastião em Pirangi do Norte, além do uso da energia elétrica para o som e iluminação. Apoio também através da Regional Litoral. - Coordenação do PETI: apoio logístico na praça para uso dos banheiros e infraestrutura que fosse necessária. - Central única das Favelas (CUFA): grafitagem do muro da sede do Projeto Ponta de Pirangi com motivos marinhos, a partir de fotos subaquáticas da biodiversidade existente na região de Ponta de Pirangi. A Programação final acordada entre os parceiros ficou assim: Dia 3 de junho: A) Manhã: Capacitação dos estudantes do PETI no uso de grafite pelo artista Miguel Carcará (representante da CUFA), como forma de expressão cultural e atividade profissional B) Tarde: Grafite do muro da sede do Projeto de Pirangi com motivos marinhos da Região de Pirangi (espécies marinhas e atividades de pesca e lazer), realizados pelo Miguel Carcará como demonstração aos alunos do PETI, estrat[egia de decoração da sede. Dia 5 de Junho: C) Manhã: Nossas águas, rios e mares: um patrimônio a preservar - Mesa Redonda organizada pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Parnamirim. D) Tarde: A Praça Vai Virar Mar evento realizado pelo Projeto Ponta de Pirangi Detalhamento da Programação: A. Capacitação dos estudantes do PETI 1ª. parte Esta atividade teve como objetivo possibilitar aos jovens do PETI de Pirangi do Norte conhecer uma forma de expressão artística (grafite), ter contato com profissionais e seus ofícios, discutir questões ambientais no cotidiano (praia, recifes, lixo). Das 8:00 às 12h

3 o artista Miguel Carcará realizou uma oficina de grafite para 8 estudantes que frequentam o PETI. B. Grafite do muro da sede do Projeto de Pirangi 2ª. Parte da capacitação dos jovens do PETI Como forma de valorizar os recursos marinhos, chamar a atenção da comunidade e tornar-se um ponto de referência, o muro da sede do Projeto foi decorado com motivos marinhos, pelo Artista Miguel Carcará. Continuando sua capacitação, os jovens do PETI puderam acompanhar a produção, que foi realizada das 14 às 17:00h no mesmo dia. Este momento foi oportuno para abertura das portas da casa para a comunidade estudantil do município. Miguel Carcará em demonstração de grafite com jovens do PETI: pintura do Muro da sede do Projeto Ponta de Pirangi (03/06/14). C. Nossas águas, rios e mares: um patrimônio a preservar O evento proposto pela secretaria aos alunos do 9º. ano teve a abertura com a Secretária de Educação de Parnamirim, seguida de uma apresentação cultural da peça A Menina Flor, com a Cia Cênica Ventura. Além da representante do Projeto Ponta de Pirangi, a mesa redonda propriamente dita

4 contou com representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e da Comissão Permanente de Gestão Ambiental do Tribunal de Justiça do RN. Participação do Projeto Ponta de Pirangi (Ligia Rocha) na mesa redonda discutindo o patrimônio marinho de Parnamirim a ser cuidado (05/06/14).

5 Registro da divulgação pela Pref. de Parnamirim do evento realizado pela Secretaria de Educação e Cultura (05/06/2014) e da participação da Coordenadora do Ponta de Pirangi no mesmo.

6 O evento teve duração de 3:30 e envolveu 04 escolas, 126 alunos. O detalhamento da programação e as listas de presença encontram-se nos anexos 1, 2, 3 e 4. D. A Praça Vai Virar Mar O evento proposto pelo Projeto Ponta de Pirangi teve a seguinte programação: - Às 15:30 h chegada das crianças das 2 escolas municipais e 02 centros infantis na praça - Às 16:00 apresentação/contação da história do menino Sal um personagem mirim encantado com o mundo marinho, criado pelo Projeto Ponta de Pirangi na fase 1 e divulgado em um Cd infantil chamado Mar Doce Lar. - Às 17:00h espaço Brincando e criando o mundo marinho com argila e pintura, para as crianças recriarem os personagens da peça. - Às 17:30h apresentação da Oceânica e do projeto Ponta de Pirangi fase 2 com exposição dos trabalhos, fotografias, produtos de divulgação da Oceânica e projeção de imagens do mundo marinho local produzido pelo Projeto Ponta de Pirangi. - Às 18:30h apresentação dos grupos musicais Madame Xique-Xique e Jeito brasileiro. A peça de teatro Mar doce Lar Neste evento o projeto Ponta de Pirangi teve como estratégia trabalhar com arte educação para divulgar e fomentar a conservação dos recursos marinhos. Com o grupo de atores Casa Mellada propôs a primeira versão teatral da história de Sal (história infantil educativa sobre a vida marinha de Pirangi, produzida na primeira fase do Ponta de Pirangi). Para a criação da peça à coordenadora do grupo teatral teve vários encontros com a equipe do Projeto para conhecer os objetivos e o histórico do Projeto, como também os problemas ambientais que ocorrem na área de trabalho e o CD com a história Mar doce Lar. Assim os atores puderam se apropriar dos personagens do Mar doce Lar para criar um roteiro direcionado às comemorações do Dia Internacional do Meio Ambiente. O roteiro foi criado pelo grupo de atores e aperfeiçoado pela equipe do Projeto. Foram também discutidas questões logísticas relacionadas aos equipamentos de som, área da praça para a peça, tamanho e posição de palco e equipamento de som. Foi também reforçada a necessidade de participação dos atores nos momentos pós apresentação da peça. A eles ficou incumbido anunciar as atrações (oficinas de argila e pintura; tenda com exposição

7 fotográfica e de espécies marinhas em exposição e apresentação do grupo de jiu jitsu), fazer intervenções acerca do dia do meio ambiente (com texto previamente preparado pela equipe de Educação Ambiental) e colaborar nas oficinas de argila e pintura. Oficinas de argila e pintura Foram organizados dois ambientes para a realização das oficinas de argila e pintura, que foram divulgados após finalização da peça. As crianças foram conduzidas pelos atores e integrantes da Ponta de Pirangi e voluntários para os espaços das oficinas onde produziram com a argila e pintura elementos da vida marinha como polvos, ouriços e peixes, além de outros elementos. O espaço da oficina ficou localizado ao lado da exposição fotográfica do Ponta de Pirangi, o que pode auxiliar e inspirar as crianças. Materiais como lápis de cor, giz de ceira, pincéis, tinta guache e folhas A4 recicladas e coloridas estiveram à disposição das crianças e famílias. Montagem da Tenda A tenda do Projeto Ponta de Pirangi foi montada uma hora antes do início do evento com: 1) exposição fotográfica com imagens de animais marinhos da área de pesquisa do Projeto, ambientes marinhos como recifes rasos, profundos e praia, atividades de pesca ocorridas na região e o registro de eventos proporcionados pelo projeto e a equipe em ação. As fotos foram dispostas em uma rede de pesca (emprestada por um pescador) e fixada em uma das laterais da tenda. 2) Banner com as logomarcas do Projeto Ponta de Pirangi preparada para a realização de entrevistas, filmagens e fotografias na tenda, de maneira a expor logomarcas da Petrobras, Projeto Ponta de Pirangi e ONG Oceânica e 3) Mesa com exemplares de corais, conchas e esponjas (cedidos pelo Departamento de Zoologia da UFRN Professoras Liana Mendes e Rosangela Gondim), 4) kits com saquinhos de lixo para carro e folders, 5) lista de presença na tenda (a maioria dos visitantes não quis assinar), 6) lista para pessoas que se interessassem em ser voluntários deixarem seus contatos, 7) termo de autorização de uso de imagem para a realização de fotos e filmagens dos presentes, 8) mesas e cadeiras para apoio do evento e realização das oficinas de pintura. Projeção de fotos Foram selecionadas fotografias diversas do Projeto, bem como vídeos (incluindo o vídeo de imagens subaquáticas produzido na fase 1) para a projeção na praça. Este foi um elemento adicional ao corpo de evento que também atraiu a atenção do público presente.

8 Dia do Meio Ambiente: apresentação da peça de teatro Mar doce Lar com oficinas de pintura e argila para as crianças da rede municipal de ensino (05 de junho de 2014).

9 Crianças apresentam seus trabalhos marinhos, resultado das oficinas de pintura argila realizadas no Dia do Meio Ambiente (05 de junho de 2014).

10 Dia do Meio Ambiente: apresentação do Projeto e da equipe do Ponta de Pirangi, participação do Sr. Bonilha representando o IBAMA/RN e shows musicais (05 de junho de 2014). Programação musical A programação musical foi constituída por dois grupos musicais de moradors de Parnamirim: Madame Xique-Xique e Jeito Brasileiro, contribuindo para a socialização dos diversos grupos e idades presentes na praça. Resultados A peça foi apresentada às 16:00 na praça para 186 crianças, 9 professores e aproximadamente 30 moradores e 15 visitantes. Houve atenção e interação das crianças com a história e os personagens. O mesmo trabalho foi apresentado duas vezes na livraria Saraiva e uma duas vezes no Parque das Dunas no município de Natal, divulgando os créditos do roteiro criado ao

11 Projeto Ponta de Pirangi, à ONG Oceânica e à Petrobras. Para relacionar a peça de teatro ao Projeto foi também impresso um banner com a foto de capa do CD e as logomarcas do Projeto, ONG e Petrobras, que foi levado pelo grupo teatral a todos os locais de apresentação da peça.. Na praça, a tenda possuiu um papel importante para aglutinar pessoas presentes no evento, como também como servir de base para a equipe e lugar protegido para materiais e exposições. Nela circularam cerca de 45 pessoas, que puderam desfrutar de toda a exposição e oficina de pintura, mas poucos tiveram a disponibilidade de assinar lista de presença. Contamos com o apoio dos voluntários para divulgar o projeto Ponta de Pirangi e aglutinar a comunidade e visitantes presentes na ocasião do evento. Cartaz de divulgação do Dia do Meio Ambiente com a programação do evento (05/06/2014). No evento do PETI houve a participação de 7 participantes enquanto que na mesa redonda houve 126 participantes. No total das atividades, tivemos 328 participantes entre crianças e jovens.

12 ANEXOS 1. Encarte do evento do Meio Ambiente realizado pela Secretaria de Educação e Cultura, que contou com a participação da Coordenadora do Projeto Ponta de Pirangi (05/06/2014).

13 2. Lista de presença na mesa redonda da Secretaria Municipal de Educação e Cultura no dia do Meio Ambiente (05/06/14).

14

15 3. Listas de presença dos alunos da escola Liquinha Alves no dia do Meio Ambiente (05/06/14).

16 4. Listas de presença dos alunos da escola Erivan França no dia do Meio Ambiente (05/06/14).

17 5. Divulgação do evento do dia do Meio Ambiente na página da Fundação Parnamirim de Cultura (29/05/14).

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EVIDÊNCIA DE MATRIZ LÓGICA. Período: 25/03/2014 a 25/07/2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EVIDÊNCIA DE MATRIZ LÓGICA. Período: 25/03/2014 a 25/07/2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES EVIDÊNCIA DE MATRIZ LÓGICA Período: 25/03/2014 a 25/07/2014 OBJETIVO 2: Capacitar os profissionais de educação das escolas públicas da região costeira de Parnamirim e Nísia Floresta

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EVIDÊNCIA DE MATRIZ LÓGICA. Período: 25/03/2014 a 25/07/2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EVIDÊNCIA DE MATRIZ LÓGICA. Período: 25/03/2014 a 25/07/2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES EVIDÊNCIA DE MATRIZ LÓGICA Período: 25/03/2014 a 25/07/2014 OBJETIVO 3: Valorizar o ambiente marinho e seus recursos naturais e disseminar os conhecimentos gerados na fase 1 do

Leia mais

CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS

CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS O Ciência Móvel: Vida e Saúde para Todos é oferecido gratuitamente pelo Museu da Vida/COC/Fundação Oswaldo Cruz Fiocruz, Fundação Cecierj e seus patrocinadores à população.

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 096

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 096 Eventos Culturais PROGRAMA Nº - 096 Levar cultura à população através de shows musicais, espetáculos teatrais, poesia, oficinas de teatro, música, artesanato, artes plásticas e outros. Contratar empresas

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS Programa de Educação Ambiental Projeto Mexilhão UTGCA Caraguatatuba INTRODUÇÃO O Programa Básico Ambiental (PBA) que norteia o Programa de Educação Ambiental para as Comunidades da área de influência direta

Leia mais

PROJETO IMPACTO AMBIENTAL ZERO APRESENTAÇÃO

PROJETO IMPACTO AMBIENTAL ZERO APRESENTAÇÃO PROJETO IMPACTO AMBIENTAL ZERO APRESENTAÇÃO O PROJETO IMPACTO AMBIENTAL ZERO tem como missão junto ao meio ambiente, minimizar os impactos ambientais decorrentes da realização de eventos em áreas de preservação

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE AS PRÓXIMAS ETAPAS DA VIRADA EDUCAÇÃO MINAS GERAIS

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE AS PRÓXIMAS ETAPAS DA VIRADA EDUCAÇÃO MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE AS PRÓXIMAS ETAPAS DA VIRADA EDUCAÇÃO MINAS GERAIS >>> Rodas de Conversa A SEE, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (unicef) e com a colaboração de ONGs,

Leia mais

CONEXÃO CULTURAL. Projeto Itinerante de Teatro

CONEXÃO CULTURAL. Projeto Itinerante de Teatro CONEXÃO CULTURAL Projeto Itinerante de Teatro O teatro reflete a cultura da população. Ele permite que a sociedade tenha a possibilidade de apreciar a realidade em mudança por meio da exploração de idiomas

Leia mais

Grupo Teatral Nacional Grupo Teatral Cachê 4 5 R$ 8.000,00 R$ 160.000,00 Três espetáculos Teatrais Nacionais.

Grupo Teatral Nacional Grupo Teatral Cachê 4 5 R$ 8.000,00 R$ 160.000,00 Três espetáculos Teatrais Nacionais. OUTUBRO FANTÁSTICO Item Nomenclatura Unidade QuantidadeOcorrência Valor Unitário Total Total Etapa DETALHAMENTO Espetáculo Artes Cênicas Criação do Projeto Coordenador do Projeto Mês 1 3 R$ 9.000,00 R$

Leia mais

ARRASTÃO COLETA SELETIVA DE LIXO

ARRASTÃO COLETA SELETIVA DE LIXO ARRASTÃO COLETA SELETIVA DE LIXO PROPOSTA A Atitude Brasil, em parceria com os Doutores da Alegria, idealizou um projeto de educação através do teatro, para sensibilizar jovens e crianças da importância

Leia mais

Espetáculo Infantil: A FANTÁTICA HISTÓRIA DO MENINO RECICLAUDO

Espetáculo Infantil: A FANTÁTICA HISTÓRIA DO MENINO RECICLAUDO Espetáculo Infantil: A FANTÁTICA HISTÓRIA DO MENINO RECICLAUDO INTRODUÇÃO Espetáculo infantil que aborda a vida do garoto Reciclaudo, que se preocupa com o mundo, a sociedade, com os amigos da escola,

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing Jun/13 APRESENTAÇÃO Natal é momento doce e cheio de significado para toda as nossas vidas. É tempo de repensar valores,

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Caravana Cultural VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Desenvolvimento sustentável : É o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender

Leia mais

Outubro/2014. Período. 1 a 31 de outubro de 2014

Outubro/2014. Período. 1 a 31 de outubro de 2014 Outubro/2014 Período 1 a 31 de outubro de 2014 Museu da Energia de São Paulo promove curso gratuito sobre Educação Patrimonial Essencial para o desenvolvimento cultural, tema será apresentado em um evento

Leia mais

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental.

Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Secretaria Municipal da Educação - SMED Planejamento das Atividades da SMED na Área da Educação Ambiental. Ação/Projeto Parceiro Objetivo Detalhamento Público Projeto Encontro de Saberes: ecossistemas

Leia mais

planejamento de comunicação 2011 1. INFORMAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO

planejamento de comunicação 2011 1. INFORMAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO 1. INFORMAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO 1 Nome da Organização: Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé 2 Data da Fundação: 15 de novembro de 1992 3 Localização: R. D. Pedro II 1892, sala 7 - Bairro Nossa Sra.

Leia mais

CONCURSO FOTOGRÁFICO: PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS: ENCANTOS DO CERRADO

CONCURSO FOTOGRÁFICO: PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS: ENCANTOS DO CERRADO CONCURSO FOTOGRÁFICO: PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS: ENCANTOS DO CERRADO 1: APRESENTAÇÃO: O PNCV está localizado no Cerrado Goiano, no coração da Chapada dos Veadeiros. Suas belezas naturais

Leia mais

Virada Sustentável 2013

Virada Sustentável 2013 Virada Sustentável 2013 A Virada Sustentável Inspirada na Virada Cultural de São Paulo, é provavelmente a maior reunião de atrações culturais e recreativas ligadas aos temas de sustentabilidade já realizada

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PROGRAMA Nº- 042 PALCO SOBRE RODAS Projeto inspirado no clássico modelo de teatro itinerante, através da montagem de um palco móvel que percorre os bairros da cidade, levando cultura. Levar o Palco sobre

Leia mais

RELATÓRIO DESCRITIVO E AVALIATIVO DAS ATIVIDADES REALIZADAS

RELATÓRIO DESCRITIVO E AVALIATIVO DAS ATIVIDADES REALIZADAS 1. PERÍODO: de _02_/_03_/2009_ a _15_/_08_/2009 2. RESUMO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA INSTITUIÇÃO, DURANTE O PERÍODO, NO AMBITO DO PROJETO CRIANÇA ESPERANÇA: Por meio das ações do Projeto foi possível

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos 1. Identificação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL COM ESTUDANTES ORIUNDOS DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS

CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL COM ESTUDANTES ORIUNDOS DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL COM ESTUDANTES ORIUNDOS DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS EJE. Comunicacion y Extensión PETER, Cristina Mendes ¹; ZANI João Luiz ²; MONTEIRO, Alegani Vieira³; PICOLI,Tony

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 072-MA

FICHA PROJETO - nº 072-MA FICHA PROJETO - nº 072-MA Mata Atlântica Grande Projeto TÍTULO: Vereda do Desenvolvimento Sustentável da Comunidade de Canoas: um Projeto Demonstrativo da Conservação da Mata Atlântica. 2) MUNICÍPIOS DE

Leia mais

CURSOS DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

CURSOS DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS CURSOS DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS OBJETIVO Promover cursos para formação em Contação de Histórias A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS Linguagem milenar de transmissão de cultura em todas as sociedades e épocas Meio

Leia mais

PROPOSTA E ROTEIRO DO VÍDEO INSTITUCIONAL DA UNEB/COITÉ

PROPOSTA E ROTEIRO DO VÍDEO INSTITUCIONAL DA UNEB/COITÉ PROPOSTA E ROTEIRO DO VÍDEO INSTITUCIONAL DA UNEB/COITÉ 1. PROPOSTA DO VIDEO: Mostrar como se organiza o campus XIV/UNEB em seus diversos setores, e além de enfatizar a importância da Universidade para

Leia mais

Barra Funda Contatos: Ludô Email: cca@centroculturalafricano.org

Barra Funda Contatos: Ludô Email: cca@centroculturalafricano.org Barra Funda Contatos: Ludô Email: cca@centroculturalafricano.org Metas Atividades André Takahashi Email: andretakahashi@aprendiz.org.br Apoios Solicitados Prazo Prioridade 1 Qualidade da infraestrutura

Leia mais

Sua Casa Nossa Cidade

Sua Casa Nossa Cidade Sua Casa Nossa Cidade omo realizar um projeto urbanístico para comunidades provenientes de áreas de risco, Cde invasões, compatibilizando nessa mudança os sonhos da casa nova. Realizar a mudança de uma

Leia mais

Passo-a-passo para organizar Ações de Voluntariado

Passo-a-passo para organizar Ações de Voluntariado Passo-a-passo para organizar Ações de Voluntariado Um guia para dar mais autonomia aos grupos de voluntários e incentivar que organizem suas próprias ações. Grande parte das empresas estimulam que seus

Leia mais

SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS NO PROCESSO DA 3ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE

SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS NO PROCESSO DA 3ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE RESOLUÇÃO 08/2015, DA COMISSÃO ORGANIZADORA NACIONAL A Comissão Organizadora da 3ª Conferência Nacional de Juventude, no uso de suas atribuições regimentais, em conformidade com o artigo 6º, objetivo específico

Leia mais

Curadoria e montagem de exposições de arte: um campo de diversas profissões

Curadoria e montagem de exposições de arte: um campo de diversas profissões Curadoria e montagem de exposições de arte: um campo de diversas profissões As oportunidades de trabalho e as novas profissões ligadas à arte contemporânea têm crescido muito nos últimos anos, impulsionadas

Leia mais

Relatório CAMINHADA DA LUA CHEIA PARQUE ESTADUAL SERRA VERDE BELO HORIZONTE/MG. Data: 28 de Agosto de 2015.

Relatório CAMINHADA DA LUA CHEIA PARQUE ESTADUAL SERRA VERDE BELO HORIZONTE/MG. Data: 28 de Agosto de 2015. Relatório CAMINHADA DA LUA CHEIA PARQUE ESTADUAL SERRA VERDE BELO HORIZONTE/MG. Data: 28 de Agosto de 2015. Objetivo: Proporcionar a preservação e educação ambiental vivenciada para PREVENÇÃO À INCÊNDIOS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE DE CARA LIMPA COM A NATUREZA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE DE CARA LIMPA COM A NATUREZA PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE DE CARA LIMPA COM A NATUREZA Cuiabá- 2009 I - Apresentação Este Programa pretende sensibilizar a sociedade cuiabana para

Leia mais

cidade, envolvemos os cidadãos nas questões que afetam a vida de todos nós. Incentivamos a não

cidade, envolvemos os cidadãos nas questões que afetam a vida de todos nós. Incentivamos a não Eu pratico, e você? APRESENTAÇÃO Desde 2009, a RÁDIO ITATIAIA realiza, em parceria com empresas, um importante convite à sociedade mineira. Mais do que um projeto, o PRATIQUE GENTILEZA é uma convocação

Leia mais

CONCURSO FOTOGRÁFICO: PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS: ENCANTOS DO CERRADO

CONCURSO FOTOGRÁFICO: PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS: ENCANTOS DO CERRADO CONCURSO FOTOGRÁFICO: PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS: ENCANTOS DO CERRADO 1: APRESENTAÇÃO: O PNCV está localizado no Cerrado Goiano, no coração da Chapada dos Veadeiros. Suas belezas naturais

Leia mais

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Formação Socioambiental 3º Encontro Planejando intervenções Polo 4 P.E. Aguapeí, P.E. Rio do Peixe, P.E. Morro do Diabo Algo que pode provocar ou,

Leia mais

TEMPO AO TEMPO, NO MUSEU HERING "TIME TO TIME" IN HERING'S MUSEUM. Em Blumenau, a história e as tradições são preservadas de muitas formas e

TEMPO AO TEMPO, NO MUSEU HERING TIME TO TIME IN HERING'S MUSEUM. Em Blumenau, a história e as tradições são preservadas de muitas formas e TEMPO AO TEMPO, NO MUSEU HERING "TIME TO TIME" IN HERING'S MUSEUM Marli Rudnik Em Blumenau, a história e as tradições são preservadas de muitas formas e uma delas é através do acervo e das exposições dos

Leia mais

O que é o Projeto Cine Gira Brasil

O que é o Projeto Cine Gira Brasil O que é o Projeto Cine Gira Brasil O Cine Gira Brasil é um projeto de cinema itinerante aprovado pelo Ministério da Cultura via artigo n o 18 da Lei Rouanet, que permite que empresas deduzam o valor investido

Leia mais

5 º FESTIVAL FICA FESTIVAL DE INVERNO DEINVERNO CANTAREIRA

5 º FESTIVAL FICA FESTIVAL DE INVERNO DEINVERNO CANTAREIRA FESTIVAL FICA DA DEINVERNO CANTAREIRA FESTIVAL DE INVERNO O MAIOR FESTIVAL ECOLÓGICO DO MUNDO! 2013 5ª Edição FICA FESTIVAL REALIZADO NA SERRA CANTAREIRA, PONTO DE GRANDE INTERESSE POLÍTICO E GEOLÓGICO

Leia mais

BIBLIOTECA NA CALÇADA: dos muros da escola para a comunidade.

BIBLIOTECA NA CALÇADA: dos muros da escola para a comunidade. BIBLIOTECA NA CALÇADA: dos muros da escola para a comunidade. Penha Maria Cordeiro de Quadros Barreto Bibliotecária EMEF Mauro Braga, PMV/ES Orli Rocha Membro da Comunidade Escolar 1 IDENTIFICAÇÃO A Escola

Leia mais

TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade

TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Oficina Educação para Sustentabilidade Sala de Capacitação do Centro Paulo Freire Recife, Pernambuco (PE) Educador Ambiental: William Monteiro Rocha Cidade: Recife (Pernambuco)

Leia mais

CONCERTOS BANRISUL PARA JUVENTUDE

CONCERTOS BANRISUL PARA JUVENTUDE APRESENTAÇÃO O Banrisul é agente viabilizador de iniciativas comunitárias, valorizando e apoiando atitudes que impactam sobre a qualidade de vida da comunidade gaúcha. Confirmando o seu compromisso histórico

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Sobre nós. Educação Ambiental. Fale Conosco

Sobre nós. Educação Ambiental. Fale Conosco Sobre nós Em 1997 com iniciativas dos proprietários da Fazenda Alegre conscientes da importância da preservação e conservação dos remanescentes da vegetação nativa da fazenda, áreas degradadas vêm sendo

Leia mais

MOSAICO DE ÁREAS PROTEGIDAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA - MAPES

MOSAICO DE ÁREAS PROTEGIDAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA - MAPES MOSAICO DE ÁREAS PROTEGIDAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA - MAPES ACADEBIO Agosto de 2012 Suiane Benevides Marinho Brasil /RVS Rio dos Frades / Sec. Executiva do COMAPES EXTEMO SUL DA BAHIA CORREDOR CENTRAL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 O Observatório de Favelas torna pública, por meio desta chamada, as normas do processo de seleção de alunos para

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II Centro Comunitário Vila Gaúcha Projeto Experimental II Apresentação da Empresa O Centro Comunitário Vila Gaúcha presta atendimento regular em Educação Infantil, Serviço de Apoio Sócio Educativo, Trabalho

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, EM SÃO FÉLIX DO XINGU, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature

Leia mais

AÇÕES MARÇO/2015 Patrocínio Apoi o :

AÇÕES MARÇO/2015 Patrocínio Apoi o : AÇÕES MARÇO/2015 RELATÓRIO No findar de janeiro, foi firmado entre Prefeitura Municipal de Bonito, através da SEMA - Secretaria de Meio Ambiente, com apoio do COMDEMA Conselho Municipal de Meio Ambiente

Leia mais

Relatos de Experiência Paraisópolis: relato do processo de transformação da Biblioteca Comunitária em rede do conhecimento

Relatos de Experiência Paraisópolis: relato do processo de transformação da Biblioteca Comunitária em rede do conhecimento S. M. R. Alberto 38 Relatos de Experiência Paraisópolis: relato do processo de transformação da Biblioteca Comunitária em rede do conhecimento Solange Maria Rodrigues Alberto Pedagoga Responsável pelo

Leia mais

Instituição. Núcleo de Produção em Artes Canarinhos da Terra Unicamp

Instituição. Núcleo de Produção em Artes Canarinhos da Terra Unicamp Núcleo de Produção em Artes Canarinhos da Terra Unicamp Instituição Organização sem fins lucrativos fundada em 1996, de utilidade pública e integra rede de proteção da criança e do adolescente CMDCA. Mantém,

Leia mais

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Sustentabilidade: Reflexões sobre a temática ambiental P R E F E I T O M U N I C I P A L E R V I N O W A C H H O L S V I C E - P R

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

www.sescoopsp.coop.br

www.sescoopsp.coop.br Gerência: Mario Cesar Ralise PROMOÇÃO E SAÚDE, BEM ESTAR E QUALIDADE DE VIDA SESCOOP CULTURAL COOPERATIVIDADE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO PROGRAMAS DE PROMOÇÃO SOCIAL CAMPANHAS EDUCAÇÃO COOPERATIVA CICLO

Leia mais

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Formação Socioambiental 3º Encontro Planejando intervenções Polo 6 P.E. Serra do Mar Núcleo Caraguatatuba Algo que pode provocar ou, também, inspirar...

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis.

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis. Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis Localização Missão, Valores e Visão Os 5 Pilares Objetivos e estratégias

Leia mais

RELATÓRIOS DAS OFICINAS: CUIDANDO DO CUIDADOR: CPPT CUNIÃ. Facilitadoras: Liliane Lott Pires e Maria Inês Castanha de Queiroz

RELATÓRIOS DAS OFICINAS: CUIDANDO DO CUIDADOR: CPPT CUNIÃ. Facilitadoras: Liliane Lott Pires e Maria Inês Castanha de Queiroz 1 RELATÓRIOS DAS OFICINAS: CUIDANDO DO CUIDADOR: CPPT CUNIÃ Facilitadoras: Liliane Lott Pires e Maria Inês Castanha de Queiroz Empresa: SENSOTECH ASSESSORAMENTO E REPRESENTAÇÕES LTDA 4ª Oficina Data: 31/07/2012

Leia mais

REUNIÃO DIA 15/07. Coletivo Educador da Bacia do Itajaí e Litoral Centro Norte Catarinense

REUNIÃO DIA 15/07. Coletivo Educador da Bacia do Itajaí e Litoral Centro Norte Catarinense REUNIÃO DIA 15/07 Coletivo Educador da Bacia do Itajaí e Litoral Centro Norte Catarinense Instituição O que quero O que posso O que necessito O que devo Agenda 21/GTEd Queremos compartilhar e agregar experiências

Leia mais

Introdução - Fundamentos e desenvolvimento das atividades de extensão:

Introdução - Fundamentos e desenvolvimento das atividades de extensão: proteção do meio ambiente, e convênio firmado para viabilização do pagamento de bolsa a acadêmica Letícia Croce dos Santos. As atividades executadas no projeto de extensão compreendem dentre outras iniciativas:

Leia mais

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas Página: 1 0000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 101 Restituição de Recursos 4.000,00 5.000,00 6.000,00 201 Contribuição PASEP 290.000,00 300.000,00 310.000,00 301 Sentenças Judiciais e Precatórios 6.000,00 8.000,00

Leia mais

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região.

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região. Agenda 21 Comperj Iniciativa voluntária de relacionamento da Petrobras para contribuir para que o investimento na região retorne para a população, fomentando a formação de capital social e participação

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO APRENDER PARA EMPREENDER

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO APRENDER PARA EMPREENDER PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO APRENDER PARA EMPREENDER Empreendedorismo Aprender para Empreender O projeto, a ser realizado, em escolas públicas, com a tividades destinadas a alunos e professores. Propõese

Leia mais

PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária

PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária Apoio: Secretária municipal de educação de santo Afonso PROJETO INTERAÇÃO FAMÍLIA X ESCOLA: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA. É imperioso que dois dos principais

Leia mais

REGULAMENTO DA II CREDIART FEIRA INTEGRADA DE CRÉDITO E ARTESANATO

REGULAMENTO DA II CREDIART FEIRA INTEGRADA DE CRÉDITO E ARTESANATO REGULAMENTO DA II CREDIART FEIRA INTEGRADA DE CRÉDITO E ARTESANATO A Superintendência de Fundos, Investimentos e Incorporações (SFI), no uso de suas atribuições conferidas pelo Regimento Interno, bem como

Leia mais

Facebook/Cearpa Sorriso

Facebook/Cearpa Sorriso Facebook/Cearpa Sorriso Facebook/Weider Santana @joelmaqueirozz Facebook/Cila Vilela Facebook/Gorette Rocha @inpev ENGAJAMENTO 29 ENGAJAMENTO G4-26 e DMA @eliandersonzte O inpev articula os elos da cadeia

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento Urbano

Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento Urbano VIII SEMANA MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 20 A 25 DE OUTUBRO DE 2013 A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia foi criada em junho/2004, através do Decreto Lei nº9, visando à popularização e democratização

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

O Programa de Educação em Saúde e Mobilização Social em Guarulhos-SP: desenvolvimento e contribuições

O Programa de Educação em Saúde e Mobilização Social em Guarulhos-SP: desenvolvimento e contribuições O Programa de Educação em Saúde e Mobilização Social em Guarulhos-SP: desenvolvimento e contribuições Autora: Vânia Maria Nunes dos Santos Outros autores: Marcos Tsutomu Tamai, Erotides Lacerda Choueri

Leia mais

I CONCURSO MUNICIPAL AMADOR DE FOTOGRAFIAS REGULAMENTO

I CONCURSO MUNICIPAL AMADOR DE FOTOGRAFIAS REGULAMENTO I CONCURSO MUNICIPAL AMADOR DE FOTOGRAFIAS REGULAMENTO 1 TEMA: BELEZAS NATURAIS DE JAGUARÉ 1 OBJETIVO Despertar os munícipes para a necessidade da conservação dos recursos naturais, apresentar a multiplicidade

Leia mais

TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade

TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade Auditório da SEJCT (onde foi realizada a oficina) Caruaru, Pernambuco (PE) Educador Ambiental: William

Leia mais

Orientações Técnicas para a formação da Agenda Intersetorial

Orientações Técnicas para a formação da Agenda Intersetorial Orientações Técnicas para a formação da Agenda Intersetorial Brasília, 7 de Agosto de 2014 Encontro Intersetorial das Ações Estratégicas do PETI ETAPAS PARA FORMAÇÃO DA AGENDA INTERSETORIAL DO PETI Reuniões/

Leia mais

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO REGULAMENTO 1. O RECONHECIMENTO PÚBLICO DE OLHO NOS PLANOS 1.1. O Reconhecimento Público é uma ação da iniciativa De Olho nos Planos, composta pelos seguintes parceiros: Ação Educativa, UNICEF, Campanha

Leia mais

O Projeto Planeta Água - Um Mundo Sustentável Rede Pública de Ensino Prefeituras Secretarias da Cultura Meio Ambiente Educação Mobilidade Acessível

O Projeto Planeta Água - Um Mundo Sustentável Rede Pública de Ensino Prefeituras Secretarias da Cultura Meio Ambiente Educação Mobilidade Acessível educação ambiental O Projeto Planeta Água - Um Mundo Sustentável é um teatro itinerante que aborda o tema da sustentabilidade no dia-a-dia, na escola, em casa e na comunidade. Dirigido a crianças e jovens

Leia mais

DE SUSTENTABILIDADE ÁGUA/LIXO ÁGUA/LIXO E CONSUMO E CONSUMO CONSCIENTE CONSCIENTE

DE SUSTENTABILIDADE ÁGUA/LIXO ÁGUA/LIXO E CONSUMO E CONSUMO CONSCIENTE CONSCIENTE PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NASNAS ESCOLAS PÚBLICAS ESCOLAS PÚBLICAS ÁGUA/LIXO ÁGUA/LIXO E CONSUMO E CONSUMO CONSCIENTE CONSCIENTE O PROJETO O PROJETO O programa de sustentabilidade

Leia mais

FUNK CONSCIENTIZA. VAI 1 - música

FUNK CONSCIENTIZA. VAI 1 - música PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, fevereiro de 2010 FUNK CONSCIENTIZA VAI 1 - música Proponente Nome RG: CPF: Endereço Fone: E-mail: DADOS

Leia mais

Cadastro no programa de apoio a projetos - projeto 59. Dados da organização. Dados do representante pela organização.

Cadastro no programa de apoio a projetos - projeto 59. Dados da organização. Dados do representante pela organização. Cadastro no programa de apoio a projetos - projeto 59 Dados da organização Instituto ilhas do brasil Cnpj: 08.394.529/0001-49 Endereço: Número: 4099 Complemento: Bairro: Cidade: Estrada rosalia paulina

Leia mais

Círculos de Diálogos no Município. Municipalização dos ODM - 2010

Círculos de Diálogos no Município. Municipalização dos ODM - 2010 Círculos de Diálogos no Município Municipalização dos ODM - 2010 Desde 2006, o Movimento Nós Podemos Paraná articula os Círculos de Diálogo que são encontros para incentivar o trabalho voluntário dos três

Leia mais

PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO

PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO O Programa Tempo de Escola foi iniciado em junho de 2010, com a participação de Escolas Municipais e ONGs executoras. O Programa Tempo de Escola, que inclui o Programa Mais Educação

Leia mais

TÍTULO: PRINCÍPIOS E GESTÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL GUARULHOS: SANEAMENTO AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA

TÍTULO: PRINCÍPIOS E GESTÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL GUARULHOS: SANEAMENTO AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA TÍTULO: PRINCÍPIOS E GESTÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL GUARULHOS: SANEAMENTO AMBIENTAL E QUALIDADE DE VIDA Autora: Erotides Lacerda Choueri Outros autores: Marcos Tsutomu Tamai, Vânia Maria Nunes

Leia mais

Consulta Pública Ambiental. Experiências e resultados CICLO 2014

Consulta Pública Ambiental. Experiências e resultados CICLO 2014 Consulta Pública Ambiental Experiências e resultados CICLO 2014 www.sosma.org.br São Paulo/Brasil www.ipm.org.br São Paulo/Brasil Consulta Pública Ambiental Apresentação da metodologia A Consulta Pública

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL 1. Identificação: Plano de Trabalho com Projetos Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

Carta da Terra: Consciência e cidadania socioambiental

Carta da Terra: Consciência e cidadania socioambiental Carta da Terra: Consciência e cidadania socioambiental Luciana Vieira Professora efetiva rede estadual de ensino de Santa Catarina e doutoranda em Ensino de Geografia/UFRGS lucianageografia1996@gmail.com

Leia mais

Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4

Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4 Inclusão Social - mudanças K A T I A C A V A L C A N T E 2 0 1 4 Sumário Assistência Social Saúde Educação Infraestrutura - Comunicação e Energia Moradia Bolsa Família Bolsa Verde Direitos Culturais A

Leia mais

CARDÁPIO MARKETING EDUCACIONAL

CARDÁPIO MARKETING EDUCACIONAL CARDÁPIO MARKETING EDUCACIONAL AÇÕES PROMOCIONAIS DE ABORDAGEM AÇÃO PONTO A PONTO Elaboração de roteiro estratégico para visita. Seleção de bares, pontos comerciais, pontos de ônibus e restaurantes a serem

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA Caxias-MA 2015 EDITAL DE DIVULGAÇÃO III MOSTRA CIENTIFICA DO PROGRAMA SAUDE NA ESCOLA- PSE CAXIAS - MA Fortalecer e integrar redes para a promoção da saúde e educação 1-APRESENTAÇÃO O Programa Saúde na

Leia mais

Consumo Consciente e Criação de Valor Compartilhado

Consumo Consciente e Criação de Valor Compartilhado Nestlé Brasil Ltda. Consumo Consciente e Criação de Valor Compartilhado ALAS Agosto, 2010 CSV - Responsabilidade Social Corporativa na Nestlé Além da sustentabilidade: criar valor CRIAR VALOR COMPARTILHADO

Leia mais

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança PLANO SETORIAL DE DANÇA DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO

Leia mais

PROJETO DE CIDADANIA

PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA A Anamatra A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho Anamatra congrega cerca de 3.500 magistrados do trabalho de todo o país em torno de interesses

Leia mais

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes O que é o Instituto C&A? Organização sem fins lucrativos que investe em educação Foi criada pelos acionistas da C&A em 1991 Missão Promover a

Leia mais

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009 SELEÇÃO DE PROJETOS Feiras de Economia Solidária no Brasil Brasília/DF, Maio de 2009 SELEÇÃO DE PROJETOS FEIRAS INTERNACIONAIS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA - UBEE/IMS N. 01/2009 1. APRESENTAÇÃO A União Brasileira

Leia mais

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido.

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Criar novos mecanismos de intercâmbio e fortalecer os programas de intercâmbio já existentes,

Leia mais

SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE LIXO ORGANIZADO: UM SONHO POSSÍVEL. Vera Lúcia Alves.

SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE LIXO ORGANIZADO: UM SONHO POSSÍVEL. Vera Lúcia Alves. SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE LIO ORGANIZADO: UM SONHO POSSÍVEL Vera Lúcia Alves. RIO VERDE GO 2010 Identificação: EMEF José do Prado Guimarães. Localização: Rio

Leia mais