1. Sistema de cadastramento para empresas NÃO cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Sistema de cadastramento para empresas NÃO cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro"

Transcrição

1 Atualizado: 22 / 04 / FAQ - AI 1. Sistema de cadastramento para empresas NÃO cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro 1.2. Informações gerais 1.3. Tabela Ação X Nome do sistema utilizado 1.4. Tabela Ação X Pessoa habilitada e dados necessários para acesso ao sistema 1.5. Acesso ao sistema de cadastramento para empresas não cadastradas 1.6. Passo a passo para fazer o cadastro de nova empresa Passo a passo em vídeo 1.7. Esclarecimentos importantes para cadastrar uma nova empresa Quem pode cadastrar uma empresa Esclarecimentos sobre alguns campos para preenchimento no cadastro de nova empresa Cadastro de filial Como verificar se o cadastro de nova empresa foi concluído com êxito 1.8. Problemas no cadastro de nova empresa Sistema acusa que já existe cadastro para o CNPJ informado Usuário não consegue selecionar o campo Cidade / Município 1. Sistema de cadastramento para empresas não cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro

2 - Sistema de cadastramento de empresa: - Sistema de Segurança para cadastro de usuário: (obrigatoriamente deve ser digitado em letra minúscula, exceto a letra L que inicia a palavra Login, a qual deve ser digitada em maiúscula). - Sistema de cadastro de instituições: (obrigatoriamente deve ser digitado em letra minúscula) Informações gerais Antes de acessar qualquer sistema da Anvisa, tais como o Peticionamento Eletrônico, o SNGPC, o Parlatório ou o Notivisa, primeiramente é necessário que a empresa se cadastre no portal da Anvisa, por meio do chamado Sistema de Cadastramento de Empresas. O acesso aos demais sistemas da Anvisa, entretanto, não é feito pela empresa propriamente dita, mas por usuários vinculados a essa empresa (usuários com vínculo de representação). Assim, o Sistema de Cadastramento de Empresas, além de permitir o cadastro da empresa propriamente dita, permite também o cadastro de usuários vinculados à empresa, que são os seguintes: responsável legal, responsável técnico e gestor de, sendo este último uma figura criada pela Anvisa para atuação no âmbito dos sistemas informatizados da Agência. A partir da conclusão da etapa anterior, podemos dizer que o gestor, o responsável legal e o responsável técnico já estão cadastrados na Anvisa como usuários com vínculo junto à empresa que representam. Nessa fase, o gestor de e o responsável legal (e apenas eles) estarão aptos a acessar sistemas como o peticionamento eletrônico e o agendamento eletrônico de audiências.

3 O acesso ao SNGPC, porém, exige, ainda, a conclusão de uma próxima etapa a atribuição de perfis de acesso aos usuários realizada em outro sistema, chamado Sistema de Segurança Tabela Ação X Nome do sistema utilizado Empresas Ação Cadastrar empresas Cadastrar usuários com vínculo de representação(responsável legal, responsável técnico, gestor de ). Alterar senha dos usuários com ou sem vínculo de representação. Alterar dados dos usuários com ou sem vínculo de representação, exceto senha (somente pelo gestor de ). Atribuir perfis aos usuários com ou sem vínculo de representação já que alguns sistemas exigem perfil específico para serem acessados. Ação feita exclusivamente pelo gestor de. Nome do sistema utilizado Sistema de Cadastramento de Empresas Sistema de Segurança 1.4. Tabela Ação X Pessoa habilitada e dados necessários para acesso ao sistema Sistema de Cadastramento de Empresa Ações Dados necessários Pessoa habilitada Qualquer pessoa que Alterar dados da empresa (não se aplica à alteração de razão social e endereço) CNPJ CNAE Senha da empresa conheça o número do CNPJ, CNAE e a senha da empresa pode alterar os dados da empresa. Associar (cadastrar) usuários com ou sem vínculo de representação Desassociar (excluir) usuários com ou sem vínculo de representação CNPJ CNAE Senha da empresa CNPJ CNAE Senha da empresa Qualquer pessoa que conheça o número do CNPJ, CNAE e a senha da empresa pode alterar os dados da empresa. Qualquer pessoa que conheça o número do CNPJ, CNAE e a senha da empresa pode alterar os dados da empresa.

4 Alterar dados do gestor de, exceto senha CNPJ CNAE Senha da empresa Qualquer pessoa que conheça o número do CNPJ, CNAE e a senha da empresa pode alterar os dados da empresa. Sistema de Segurança Ações Dados necessários Pessoa habilitada Atribuir (associar) perfis de acesso aos usuários com ou sem vínculo de representação para acesso a alguns sistemas da Anvisa Retirar (desassociar) perfis de acesso aos usuários com ou sem vínculo de representação para acesso a alguns sistemas da Anvisa Bloquear usuários com ou sem vínculo de representação Desbloquear usuários com ou sem vínculo de representação Alterar dados dos usuários com ou sem vínculo de representação, exceto senha Alterar senha do usuário com ou sem vínculo de representação Realizar o peticionamento eletrônico com a emissão de GRU (boleto de pagamento da taxa de fiscalização de vigilância sanitária) Habilitar o responsável técnico para registrar movimentações no SNGPC do gestor de Senha do gestor de do gestor de Senha do gestor de do gestor de Senha do gestor de do gestor de Senha do gestor de do gestor de Senha do gestor de do usuário cuja senha se deseja alterar Senha do usuário cuja senha se deseja alterar Peticionamento Eletrônico Gestor de somente Gestor de Segurança somente Gestor de Segurança somente Gestor de Segurança somente Gestor de Segurança somente Usuário cuja senha se deseja alterar Ações Dados necessários Pessoa habilitada Senha do gestor de - Gestor de Segurança ou do - Responsável legal responsável legal (devidamente cadastrado do gestor de no Sistema de ou do Cadastramento da responsável legal Empresa) SNGPC Ações Dados necessários Pessoa habilitada do responsável Responsável legal legal (devidamente cadastrado Senha do responsável no Sistema de legal Cadastramento da Empresa

5 Registrar movimentações de medicamentos sujeitos ao controle especial no SNGPC do responsável técnico Senha do responsável técnico e possuidor do perfil SNGPC RL atribuído no Sistema de Segurança) Responsável técnico (devidamente cadastrado no Sistema de Cadastramento da Empresa, possuidor do perfil SNGP Empresa atribuído no Sistema de Segurança e habilitado pelo responsável legal no próprio SNGPC) 1.5. Acesso ao sistema de Cadastramento para empresas não cadastradas - Acessar o endereço eletrônico - Acessar o menu setor regulado (barra azul, canto superior direito); - Na opção "como fazer?" (canto esquerdo), clicar em cadastramento de empresas"; - Escolher a opção "sistema de cadastramento"; - Caso apareça uma mensagem sobre problema no certificado de do site, clicar na opção continuar neste site (não recomendado) ; - Preencher o CNPJ e o CNAE Fiscal da matriz (classificação nacional de atividade econômica, disponível no cartão CNPJ da empresa). O CNPJ e o CNAE devem ser digitados sem barra nem ponto; - Clicar em Cadastrar nova empresa ; - Ao abrir uma caixa de mensagem (pop-up), clicar em OK. Caso tenham sido digitados os dados da filial, clicar em cancelar e preencher os dados relativos à matriz; - Ao abrir uma nova caixa de mensagem (pop-up), clicar em OK;

6 - Após preenchimento dos dados solicitados, clicar em gravar para salvar os dados preenchidos; e - Confirmar que deseja salvar as informações, clicando em OK. Os demais campos serão liberados Passo a passo para fazer o cadastro de nova empresa A disponibiliza um passo a passo que contém, tela a tela, os procedimentos necessários para realizar o cadastro de nova empresa (cadastro inicial) no Sistema de Cadastramento. Esse passo a passo está disponível no mesmo caminho que o acesso ao Sistema de Cadastramento da Empresa. Deve-se, no entanto, clicar na opção "cadastramento de empresas: passo a passo Passo a passo em vídeo Passo a passo em vídeo com os procedimentos de acesso aos sistemas de cadastro e peticionamento e orientações para protocolização de documentos está disponível no hotsite do Protocolo: O acesso pelo portal ( é feito por meio de um banner localizado no canto inferior direito da tela Esclarecimentos importantes para cadastrar uma nova empresa Podemos dizer que o cadastramento é um processo que envolve uma série de etapas, cada uma delas cheia de detalhes e que, por essa razão, costumam gerar dúvidas. Por isso, a seguir, dispomos de alguns esclarecimentos para facilitar a conclusão com êxito do processo de cadastro, principalmente para aquele usuário que acessa o Sistema de Cadastramento de

7 Empresas pela primeira vez. Lembramos que esses esclarecimentos aplicam-se, no que couber, ao cadastro de instituições Quem pode cadastrar uma empresa O cadastro da empresa no portal da Anvisa pode ser feito por qualquer pessoa, até mesmo por pessoas que não têm vínculo formal com a empresa Esclarecimentos sobre alguns campos para preenchimento no cadastro de nova empresa Campo Porte da empresa Senha de acesso ao cadastro (8 dígitos) da empresa Dados bancários Telefones Documentos Dados do responsável legal Observação O campo fica bloqueado, pois o porte é automaticamente cadastrado como GRANDE PORTE e não pode ser alterado no momento do cadastramento. Posteriormente deve ser solicitada a alteração. O material informativo sobre alteração de porte pode ser encontrado no seguindo o caminho: > setor regulado > Porte de Empresas. Chamada de senha da empresa, será usada para acessos posteriores ao Sistema de cadastramento. A senha da matriz será a mesma para as filiais. Assim, as filiais de uma empresa deverão utilizar essa senha para poderem se cadastrar e, posteriormente, acessar o Sistema de Cadastramento. Esse é exclusivo para cada empresa (identificada por um CNPJ único). Assim, o sistema não aceita que um já cadastrado para uma empresa seja utilizado por outra empresa. O cadastrado para a empresa não é usado para acessos posteriores ao Sistema de Cadastramento. O cadastrado para a empresa não poderá ser igual ao a ser cadastrado para o usuário. Caso a empresa não possua uma conta bancária, pode informar a do responsável legal. Podem ser informados quantos números forem necessários. Devem ser cadastrados os documentos que a empresa já possui: alvará, licença, entre outros. O responsável legal pode ter esse vínculo com mais de uma empresa. Dessa forma, recomendamos que o cadastrado para o responsável legal não seja um de uma empresa específica, sendo, preferencialmente, um genérico. O fato de uma pessoa estar cadastrada como responsável legal em uma empresa não implica, necessariamente, que essa pessoa será responsável legal em outra empresa em que porventura vier a ter

8 Dados responsável técnico do Dados do gestor de vínculo. O responsável legal de uma filial não tem que ser, necessariamente, o responsável legal cadastrado para a matriz. É possível incluir uma quantidade ilimitada de responsáveis legais, mas apenas um responsável legal poderá estar vinculado à autorização de funcionamento da empresa. O CPF a ser preenchido deve corresponder ao CPF do responsável legal, não devendo ser usado o CPF de outra pessoa para isso. Além disso, deve ser preenchido sem barra nem ponto. O cadastrado para o responsável legal não poderá ser igual ao cadastrado para a empresa. Caso o responsável técnico e o responsável legal sejam a mesma pessoa, o que é perfeitamente possível, o utilizado para o responsável técnico será, necessariamente, igual ao utilizado para o responsável legal. O responsável técnico pode ter esse vínculo com mais de uma empresa. Dessa forma, recomendamos que o cadastrado para o responsável técnico não seja um de uma empresa específica, sendo, preferencialmente, um genérico. O fato de uma pessoa estar cadastrada como responsável técnico em uma empresa não implica, necessariamente, que essa pessoa será responsável técnico em outra empresa em que porventura vier a ter vínculo. O responsável técnico de uma filial não tem que ser, necessariamente, o responsável técnico cadastrado para a matriz. É possível incluir uma quantidade ilimitada de responsáveis técnicos, mas apenas um responsável técnico poderá estar vinculado à autorização de funcionamento da empresa. O CPF a ser preenchido deve corresponder ao CPF do responsável técnico, não devendo ser usado o CPF de outra pessoa para isso. Além disso, deve ser preenchido sem barra nem ponto. O cadastrado para o responsável técnico não poderá ser igual ao cadastrado para a empresa. O gestor de a ser escolhido deve, preferencialmente, ser uma pessoa de confiança da empresa, pois ele será o responsável por gerenciar todos os acessos dos usuários da empresa aos diversos sistemas da Anvisa. Caso o gestor de, o responsável técnico e o responsável legal sejam a mesma pessoa, o que é perfeitamente possível, o e- mail utilizado para o gestor de será, necessariamente, igual ao utilizado para o responsável técnico e para o responsável legal. O gestor de pode ter esse vínculo com mais de uma empresa. Dessa forma, recomendamos que o cadastrado para o gestor de não seja um de uma empresa específica, sendo, preferencialmente, um genérico. O fato de uma pessoa estar cadastrada como gestor de

9 em uma empresa não implica, necessariamente, que essa pessoa será gestor de em outra empresa em que porventura vier a ter vínculo. O gestor de de uma filial não tem que ser, necessariamente, o gestor de cadastrado para a matriz. É possível incluir uma quantidade ilimitada de gestores de. O CPF a ser preenchido deve corresponder ao CPF da pessoa escolhida para ser gestor de, não devendo ser usado o CPF de outra pessoa para isso. Além disso, deve ser preenchido sem barra nem ponto. O cadastrado para o gestor de não poderá ser igual ao cadastrado para a empresa Cadastro de filial Para que a filial seja cadastrada, a matriz já deve estar cadastrada previamente. Assim, para cadastrar a filial, deve-se acessar o Sistema de Cadastramento, utilizando o CNPJ e o CNAE da matriz, além da senha cadastrada para a matriz no Sistema de Cadastramento. No processo de cadastro da filial, deve-se clicar na opção filiais, localizada no menu lateral do cadastro da empresa matriz e, em seguida, em cadastrar filiais Como verificar se o cadastro de nova empresa foi concluído com êxito Para verificar se o cadastro está completo, selecionar a opção verificar cadastro, no menu lateral esquerdo, da tela principal do sistema. O sistema mostrará se ainda há alguma pendência no cadastro por meio de figuras ao lado do texto. Se estiver vermelho, o cadastro está incompleto e será necessário cadastrar os dados faltantes. Se estiver verde, o cadastro está completo e pode ser considerado concluído com sucesso. A mensagem que aparece quando está verde (verificando...) não quer dizer que as informações estão carregando, apesar de parecer que sim Problemas no cadastro de nova empresa

10 Podem ocorrer alguns problemas quando se tenta realizar o cadastro inicial da empresa no Sistema de Cadastramento. Os principais problemas bem como suas respectivas soluções estão descritos a seguir Sistema acusa que já existe cadastro para o CNPJ informado Esse problema pode ter ocorrido por uma das seguintes razões: Empresa não concluiu o cadastro: Isso signfica que o cadastro está incompleto e que existe apenas um pré-cadastro para essa empresa. Isso acontece quando o usuário está cadastrando a empresa e, durante o processo, esse cadastro é interrompido, não sendo finalizado. Para completar o cadastro da empresa, é necessário que seja verificado se o CNAE foi cadastrado corretamente e, ao mesmo tempo, que esse CNAE esteja atualizado perante a Receita Federal. Ou outra pessoa realizou o cadastro da empresa: Provavelmente, o cadastro já foi efetuado por outra pessoa que trabalha ou trabalhou para a empresa. Caso não saiba quem fez o cadastro nem tenha a senha de acesso, será necessário recuperar a senha no portal da Anvisa e fazer as devidas verificações e correções. CNPJ informado pertence a uma filial: O acesso ao Sistema de Cadastramento de Empresas, mesmo que seja para cadastrar uma filial, só é possível por meio do CNPJ da matriz. Dessa forma, procure saber, junto aos responsáveis pela matriz da empresa, os dados da matriz necessários para acesso ao sistema: CNPJ, CNAE e senha da empresa cadastrada no Sistema de Cadastramento de

11 Empresas. Com esses dados em mãos, será possível cadastrar uma filial bem como alterar dados da filial posteriormente, caso necessário Usuário não consegue selecionar o campo Cidade / Município O campo cidade ou município pode estar bloqueado, pois o usuário pode não ter selecionado a UF (Unidade da Federação) antes de selecionar o município. É necessário selecionar primeiramente o campo UF para a liberação do campo município. Outra razão para o campo cidade ou município aparecer bloqueado é em razão da versão do navegador (ou browser). A versão do navegador internet explorer deve ser 6.0 ou superior. A empresa pode realizar a atualização do navegador no site da Microsoft, gratuitamente: Em caso de dúvidas, contate a Central de Atendimento da Anvisa, pelo telefone ou pelo formulário eletrônico Fale Conosco (

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é Atualizado: 22 / 04 / 2013 - FAQ - AI 1. Gestor de segurança da empresa 1.1. Usuários com e sem vínculos de representação 1.2. O que significa ser gestor de segurança 1.3. Como consultar os dados do gestor

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES 1 Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3 3 Cliquei

Leia mais

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro www.anvisa.gov.br Para acessar o cadastro

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 01. Como cadastrar uma... 2 02. Quem é o Responsável Legal de uma... 2 03. Como associar o Responsável Legal a uma... 2 04. Como Desassociar

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Agência Nacional de Vigilância Sanitária CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Brasília, 27 de setembro de 2011 www.anvisa.gov.br Página 1 de 8 CADASTRO DE INSTITUIÇÕES

Leia mais

Procedimento para Peticionamento Manual na REBLAS:

Procedimento para Peticionamento Manual na REBLAS: Procedimento para Peticionamento Manual na REBLAS: Caso a empresa já esteja cadastrada no Portal da ANVISA, seguir os passos abaixo. Caso contrário, verificar o Procedimento para Cadastro de Empresas,

Leia mais

05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? 08. O que são e como cadastrar usuários de uma Instituição?

05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? 08. O que são e como cadastrar usuários de uma Instituição? CADASTRO DE USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? O Gestor de Segurança é a pessoa que será responsável por administrar os usuários relacionados

Leia mais

Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE.

Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE. Passo a passo de Alteração de Responsáveis Técnico e Legal na AFE e AE. Gerência de Autorização de Funcionamento GEAFE Brasília, junho de 2014 1º passo: acesse o sítio da ANVISA através do endereço eletrônico

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

PASSO A PASSO DO PETICIONAMENTO INDICE. Modalidades de Peticionamento 1. Acesso ao Sistema de Peticionamento 1

PASSO A PASSO DO PETICIONAMENTO INDICE. Modalidades de Peticionamento 1. Acesso ao Sistema de Peticionamento 1 PASSO A PASSO DO PETICIONAMENTO INDICE Modalidades de Peticionamento 1 Acesso ao Sistema de Peticionamento 1 Petição Eletrônica e Pagamento de Taxa 3 Petição e Protocolo Eletrônico 7 Petição Manual e Pagamento

Leia mais

Segue abaixo uma notícia que também foi divulgada em 03/09/2008 sobre este assunto:

Segue abaixo uma notícia que também foi divulgada em 03/09/2008 sobre este assunto: Índice: 1- Orientações para Substituição de Responsável Técnico 2 2- Arquivo XML não aceito 2 3- Arquivo não validado por motivo de atraso na validação 3 4- Erro na transmissão de arquivos XML e problemas

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

Anvisa Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Anvisa Agência Nacional de Vigilância Sanitária Anvisa Agência Nacional de Vigilância Sanitária Cadastro de Instituições e Usuários - NOTIVISA Setembro - 2012 NUVIG - Núcleo de Gestão do Sistema Nacional de Notificação e Investigação em Vigilância Sanitária

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

COMO REALIZAR O CADASTRO DE UMA EMPRESA NA ANVISA A OPERAÇÃO É PRIMEIRO PASSO PARA SOLICITAR AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO PARA A FARMÁCIA

COMO REALIZAR O CADASTRO DE UMA EMPRESA NA ANVISA A OPERAÇÃO É PRIMEIRO PASSO PARA SOLICITAR AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO PARA A FARMÁCIA COMO REALIZAR O CADASTRO DE UMA EMPRESA NA ANVISA A OPERAÇÃO É PRIMEIRO PASSO PARA SOLICITAR AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO PARA A FARMÁCIA Após efetuar o cadastro da empresa no CRF RJ e na Vigilância Sanitária,

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - PROFESSOR... 3 Primeira visita a página... 4 Atualizando o cadastro... 9 Imprimindo o comprovante...

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET)

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA... 3 3. USUÁRIO GESTOR... 3 4. AMBIENTE DO SISTEMA - CANAL DE COMUNICAÇÃO INTERNET...

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015.

Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015. Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015. O Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (SIMEC) é um portal operacional e de gestão do

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 1 SUMÁRIO 2 Orientações gerais... 3 2.1 Perfis de acesso... 4 2.2 Para acessar todas as funcionalidades

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS - OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS Índice 1. INTRODUÇÃO...5 2. MÓDULO DE GESTÃO DE

Leia mais

Acessando o novo portal de. 19/08/2014 FGCT Federação Gaucha de Caça e Tiro 1

Acessando o novo portal de. 19/08/2014 FGCT Federação Gaucha de Caça e Tiro 1 Acessando o novo portal de Serviços do DFPC 19/08/2014 FGCT Federação Gaucha de Caça e Tiro 1 Serviços oferecido pelo portal DFPC Concessãoe Revalidação de CR; Apostilamento de atividades; Atualização

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional Cadastro e Habilitação P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 3 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 O

Leia mais

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF Manual Operacional Certificado CRPF Abril Curitiba - PR 1 Sumário 1 OBJETIVO 6 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) 7 2.1 REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO. 8 2.1.1 CPF 8 2.1.2 TAPE 8 2.1.3 CÓDIGO

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2015 Nota Control Nota Premiada Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Entrar 4 Menu Sorteio Realizados

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE Baixa Simplificada de Empresas 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro Acesso: Cadastro

Leia mais

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br Loja Virtual Aquisição de Créditos Eletrônicos 1 lojavirtual@sptrans.com.br O que é a Loja Virtual Ferramenta que possibilita a aquisição de créditos eletrônicos diretamente pelo site da SPTrans. 2 Quem

Leia mais

Cadastro e dúvidas frequentes SISTEMA NACIONAL DE GERENCIAMENTO DE PRODUTOS CONTROLADOS

Cadastro e dúvidas frequentes SISTEMA NACIONAL DE GERENCIAMENTO DE PRODUTOS CONTROLADOS Cadastro e dúvidas frequentes SISTEMA NACIONAL DE GERENCIAMENTO DE PRODUTOS CONTROLADOS Sumário Parte I - Cadastro... 3 Parte II - Dúvidas frequentes... 6 1. Como fazer o inventário no SNGPC?... 6 2. A

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA MANUAL INTERNET ÍNDICE Sistema Integrado de Administração da Receita 1 INTRODUÇÃO GERAL... 4 2 INTRODUÇÃO AO... 4 2.1 OBJETIVOS... 4 2.2 BENEFÍCIOS... 4 2.3

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET)

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA... 3 3. USUÁRIO GESTOR... 3 4. AMBIENTE DO SISTEMA - CANAL DE COMUNICAÇÃO INTERNET...

Leia mais

SISEMA. Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

SISEMA. Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos SISEMA Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Perguntas Frequentes Banco de Declarações Ambientais Mariana Pereira Ramos PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O CADASTRO NO BDA 1. O usuário se cadastrou

Leia mais

Manual de Acesso ao Portal CSC Atende - USUÁRIOS CARTÃO SCOLAREST-

Manual de Acesso ao Portal CSC Atende - USUÁRIOS CARTÃO SCOLAREST- Manual de Acesso ao Portal CSC Atende - USUÁRIOS CARTÃO SCOLAREST- A partir do dia 02/março/2015, ao clicarem no ícone fale conosco, disponível no Portal Scolarest, serão remetidos à pagina do Portal CSC

Leia mais

Cetac - Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com.

Cetac - Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com. Manual Técnico do Sistema Administrativo do site Cetacvet.com.br SÃO PAULO - SP SUMÁRIO Introdução... 3 Autenticação no sistema administrativo... 4 Apresentação do sistema administrativo... 5 Gerenciamento

Leia mais

Manual Passo a Passo

Manual Passo a Passo Manual Passo a Passo 2014 Passa a passo Loja Virtual 2014 ACESSO SELEÇÃO DE RA CARRINHO DE COMPRAS VISUALIZAR LIVROS DO KIT FECHAR PEDIDO ENDEREÇO DE ENTREGA FECHAR PEDIDO CARTÃO DE CRÉDITO FECHAR PEDIDO

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

INFORMATIVO - CURRÍCULO WEB

INFORMATIVO - CURRÍCULO WEB INFORMATIVO - CURRÍCULO WEB As pessoas que pretendam trabalhar no SENAC/PE deverão cadastrar o currículo no Banco de Talentos da Instituição, de acordo com os cinco passos abaixo: 1º Acessar o site www.pe.senac.br/trabalheconosco

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES

Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES SOLICITANDO CARTÃO SOLICITANDO CARTÃO INDICAÇÃO DE DISTRIBUIDORES NO CARTÃO BNDES Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES Atualizado em 02/07/14 Pág.: 1/7 Introdução Este manual destina-se a orientar

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

PORTAL DO ALUNO - MANUAL

PORTAL DO ALUNO - MANUAL SUMÁRIO 1. Sobre o Portal do Aluno... 2 2. Acessar o Portal do Aluno... 2 2.1. Acessar o Portal... 2 2.2. Recuperação de senha... 3 2.3.1. Recuperação automática de senha por e-mail... 4 2.3.2. Recuperação

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E.

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. P á g i n a 1 26 Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A SEED Business Group traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo

Leia mais

Página como comprar REQUISITOS

Página como comprar REQUISITOS Página como comprar REQUISITOS Só poderão realizar compras de Ingressos Corporativos Super Saver pessoas Jurídicas, ou seja, empresas registradas no Brasil que possuam CNPJ válidos. 1ª ETAPA - CADASTRO

Leia mais

Manual Xerox capture EMBRATEL

Manual Xerox capture EMBRATEL Manual Xerox capture EMBRATEL Versão 2 Junho/2011 Tópicos 1) Instalação do Xerox Capture 2) Utilização do Xerox Capture 2.1) Capturar pacotes de imagens pelo scanner 2.2) Importar pacote de imagens a partir

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

4. O que fazer quando tiver dúvidas sobre o número de registro do medicamento? O Farmacêutico Responsável Técnico deve realizar as seguintes ações:

4. O que fazer quando tiver dúvidas sobre o número de registro do medicamento? O Farmacêutico Responsável Técnico deve realizar as seguintes ações: 1 de 6 Site: http://www.solucaosistemas.com.br Gerado pela Solução Sistemas - Fonte: Anvisa Acesse o Portal do Perguntas Freqüentes atualizado em 19/04/2013 Funcionalidades do SNGPC 1. Como fazer o inventário

Leia mais

Manual do Usuário icom Web v1.0

Manual do Usuário icom Web v1.0 Manual do Usuário icom Web v1.0 Manual do Usuário icom Web Índice 1. Introdução 03 2. Funcionalidades 03 3. Configurações Obrigatórias 03 4. Acessando o icom Web 03 4.1 Primeiro acesso. Criação de Login

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Robótica. Manual de Inscrição. Sistema OLIMPO Instruções

Olimpíada Brasileira de Robótica. Manual de Inscrição. Sistema OLIMPO Instruções Olimpíada Brasileira de Robótica Manual de Inscrição Sistema OLIMPO Instruções Versão 1.1 Abril 2013 OLIMPO Sistema de Gerenciamento de Olimpíadas e Eventos Científicos Olimpíada Brasileira de Robótica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA FÍSICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 6 3.1. NADA CONSTA 8 3.2. BOLETO BANCÁRIO 8

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Guia Rápido do PJe Para Advogados Porto Alegre 2015 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Cadastramento no sistema... 3 Visão geral

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA JURÍDICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. VINCULAR ENTIDADE 6 4. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 9 4.1. NADA CONSTA

Leia mais

CHUBB GROUP OF INSURANCE COMPANIES

CHUBB GROUP OF INSURANCE COMPANIES CHUBB GROUP OF INSURANCE COMPANIES MANUAL DE MIGRAÇÃO DE USUÁRIOS DO SISTEMA DE COTAÇÕES ONLINE PARA O PORTAL DE SERVIÇOS PERSONAL LINES DIVISION PLD MANUAL DO USUÁRIO Prezado Parceiro(a), O sistema de

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

Quer se Cadastrar na Petrobras?

Quer se Cadastrar na Petrobras? MT-611-00009 Última Atualização 25/04/2012 Quer se Cadastrar na Petrobras? Como dar início ao processo de cadastramento na Petrobras: Para dar início ao processo de cadastramento na Petrobras, é necessário

Leia mais

1. Parlatório / Reuniões / Agendamento eletrônico de audiências na Anvisa. 1.1. Como agendar uma reunião com a Anvisa

1. Parlatório / Reuniões / Agendamento eletrônico de audiências na Anvisa. 1.1. Como agendar uma reunião com a Anvisa Atualizado: 05 / 07 / 2013 - FAQ - AI 1. Parlatório / Reuniões / Agendamento eletrônico de audiências na Anvisa 1.1. Como agendar uma reunião com a Anvisa 1.2. Como acessar o Sistema de Agendamento Eletrônico

Leia mais

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico)

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico) Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular Manual do sistema (Médico) ÍNDICE 1. O sistema... 1 2. Necessidades técnicas para acesso ao sistema... 1 3. Acessando o sistema...

Leia mais

MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB

MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB Versão Junho/2014 Índice 1. Objetivo do Manual... 3 2. Efetuando o Primeiro Acesso... 3 2.1 Passo 1: Entrar site Chubb... 3 2.2 Passo 2:

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÕES ATRAVÉS DO HELPDESK FACEPE

MANUAL PARA SOLICITAÇÕES ATRAVÉS DO HELPDESK FACEPE MANUAL PARA SOLICITAÇÕES ATRAVÉS DO HELPDESK FACEPE Atualização em: SETEMBRO/2013 ÍNDICE: 1. Introdução... 03 2. O que é possível solicitar... 04 3. Perguntas frequentes (FAQs)... 05 4. Como solicitar......

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 7 18/05/2009 Revisão Geral ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA...3 3. USUÁRIO GESTOR...3 4. AMBIENTE DO SISTEMA

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Tutorial Portal Prestador. Módulo Oficina

Tutorial Portal Prestador. Módulo Oficina Tutorial Portal Prestador Módulo Oficina V.7 08/2014 1 - Após o cadastro, a oficina receberá um e-mail: Primeiro Acesso que irá informar o link de acesso, usuário e senha temporária. A senha temporária

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário)

Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário) Renovação Online de Certificados Digitais A3 (Com Boleto Bancário) Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2013 Página 1 de 47 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS Serviço de Segurança contra Incêndio MANUAL DO USUÁRIO versão atualizada em novembro de

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR CAIXA SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 12-05/01/2015 1 ÍNDICE CAIXA CAIXA...1 CAIXA...2 CAIXA...2 1.Introdução... 2 2.Objetivo do Sistema...3 3.Usuário

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) Versão 10 25/02/2011 Revisão Geral ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. OBJETIVO DO SISTEMA...3 3. USUÁRIO GESTOR...3 4. AMBIENTE DO SISTEMA

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

Portabilidade Resolução Bacen 4292 Gerência de Produtos Consignado Maio/14

Portabilidade Resolução Bacen 4292 Gerência de Produtos Consignado Maio/14 [ Externo ] Título da apresentação Portabilidade Resolução Bacen 4292 Gerência de Produtos Consignado Maio/14 O que é portabilidade? No dia 05/05/2014, entra em vigor a Resolução Banco Central 4.292/2013,

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias Manual do REC Sistema de Registro de Categorias (Usuário Externo) Atualizado em Dezembro/2013 Versão 2.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 6 2. FLUXO DO SISTEMA... 6 3. AUTENTICAÇÃO... 7 4. VINCULAR REPRESENTANTE/REPRESENTADO...

Leia mais

Passos para teste de boletos pré-produção

Passos para teste de boletos pré-produção Passos para teste de boletos pré-produção Os passos citados abaixo apenas poderão ser efetuados após a homologação dos boletos junto ao banco. Este processo é realizado pela MTI e liberado à empresa que

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais