Introdução. Histórico da Silver Spring Networks

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução. Histórico da Silver Spring Networks"

Transcrição

1 Introdução A Silver Spring Networks agradece a oportunidade de poder enviar à ANEEL alguns comentários em resposta à consulta Implantação de Medição Eletrônica em Baixa Tensão, Nota Técnica nº 0013/2009-SRD/ANEEL 35. Histórico da Silver Spring Networks A Silver Spring Networks é a empresa líder e soluções em comunicação para redes inteligentes (smart metering) e de Smart Grid para grandes Concessionárias de Energia e Gás. A nossa solução de comunicação já está instalada e em produção em larga escala por diversas Concessionárias nos EUA como, por exemplo, na Pacific Gas & Eletctric (PG&E), Florida Power & Light (FPL), Potomac Electric Power (Pepco) assim como também na Jemena e UED na Austrália. Em quatro meses após Novembro de 2008 a PG&E instalou mais de medidores inteligentes no Noroeste da Califórnia utilizando a tecnologia de comunicação da Silver Spring Networks, e planeja ter mais de 2 milhões de medidores instalados até ao final de A FPL tem instalado na Flórida um plano piloto em plena produção com medidores desde Agosto de A FPL anunciou recentemente o Energy Smart Miami, um projeto para implantar medidores inteligentes e outras tecnologias de Smart Grid em 1 milhão de residências, instalações comerciais e industriais num prazo de 2 anos, utilizando a tecnologia de comunicação da Silver Sring Networks com medidores da GE e com tecnologia da Cisco para equipamentos de automação residenciais (in-home devices). Ver detalhes em A missão da Silver Spring Networks é criar uma poderosa rede de comunicação que reúna todos os equipamentos da rede elétrica que consomem ou transmitem energia. A Silver Spring Networks acredita que a medição inteligente, embora seja importante, é simplesmente uma das muitas aplicações de Smart Grid que serão operadas ao longo do tempo pelas concessionárias, outras empresas e consumidores. Alguns exemplos de aplicações de Smart Grid são: Automação da Distribuição (uma rede ligando os transformadores, chaves, religadores para melhorar a confiabilidade e possibilitar um rápido reestabelecimento da rede em caso de falhas) Controle de Demanda (redução da demanda em função dos preços ou outros incentivos) Medição e Gerenciamento dos veículos elétricos Geração Distribuída (gerenciamento dos painéis foto voltaicos, geradores eólicos, etc.) Gerenciamento de Consumo Residencial (controle dos mostradores (displys) dentro de casa, termostatos, ar condicionados, etc.). Enquanto alguns dos serviços ainda não se apliquem hoje em dia ao Brasil, acreditamos que eles sejam muito relevantes num futuro próximo com o crescimento do mercado Brasileiro. Todas estas aplicações e equipamentos vão necessitar de uma rede de comunicação. Page 1 of 6

2 A Silver Spring Networks acredita que todas as Concessionárias vão precisar de uma poderosa rede de comunicação que seja segura, confiável e de baixo custo para todas estas aplicações e de muitas mais que serão desenvolvidas nos próximos 10 a 15 anos. A Silver Spring Networks oferece às Concessionárias uma rede única de comunicação, controlada e operada pela Concessionária, que lhes permite começar com uma ou duas aplicações na rede e posteriormente acrescentar mais aplicações, sem ter de substituir a rede já instalada. A Silver Spring Networks acredita que o Brasil tem a oportunidade de se tornar um líder mundial no uso de tecnologia Smart Grid para equalizar problemas como perdas não comerciais, perdas técnicas, e aumentar a confiabilidade do fornecimento de energia (qualidade de energia), particularidades estas características de mercados emergentes. A Silver Spring Networks visitou o Brasil três vezes nos últimos nove meses e teve a oportunidade de apresentar a sua solução para oito grandes distribuidoras. Elas mostraram um interesse muito grande na utilização da solução da Silver Spring Network. Com o suporte da ANEEL, a Silver Spring Networks gostaria de trabalhar com uma ou mais Concessionárias de Energia para iniciar um ou mais, grandes projetos de Smart Grid similares ao Energy Smart Miami. Se isto acontecer rapidamente, tal projeto colocará o Brasil claramente como um líder de Smart Grid não somente na América Latina como também entre os mercados emergentes mundiais. Comentários da Silver Spring Networks à ANEEL Os comentários da Silver Spring Networks estão focados nos requisitos de comunicações que acreditamos são essenciais para o sucesso do Smart Grid. Embora a prioridade imediata do Brasil esteja na medição eletrônica, a decisão da ANEEL com respeito aos requisitos da rede de comunicação terá um profundo impacto nas Concessionárias do país para a implantação de outras aplicações de Smart Grid nos próximos 10 a 20 anos. 1. As Concessionárias Brasileiras vão ter muitas necessidades de novas comunicações, não somente para Smart Metering. A ANEEL deverá exigir/garantir que a rede de comunicação escolhida para Smart Grid é capaz num future próximo de suportar outras aplicações de Smart Grid: Uma rede de comunicação capaz é fundamental para a constituição de Smart Grid. É critico e fundamental que a rede de comunicações implantada para medição inteligente no Brasil, seja capaz também de suportar muitas outras aplicações de Smart Grid conforme estas forem aparecendo. Se for escolhida uma rede que só atenda à medição de medidores vai bloquear o Brasil de tirar proveito de muitas e muitas aplicações dos serviços existentes mencionados acima. (Por exemplo, uma grande Concessionária Européia investiu USD 2,2 bilhões para ligar 27 milhões de casas através de uma rede de banda estreita PLC, para fazer a medição, porém não é capaz de suportar as diversas aplicações de Smart Grid já mencionadas atrás. Isto vai ser um grave e custoso erro de reparar, levando provavelmente a terem de substituir a rede toda). Page 2 of 6

3 2. A ANEEL deverá exigir que a rede de comunicações atenda a um conjunto mínimo de condições: Se a ANEEL estabelecer que os 14 pontos a seguir tenham de ser atendidos para as redes de comunicações de Smart Grid, as Concessionárias do Brasil estarão prontas para implantarem num futuro próximo as aplicações de Smart Grid que forem necessárias. Graças aos rápidos avanços da tecnologia dos últimos anos, todos estes requisitos são comercialmente viáveis pelas tecnologias existentes hoje em dia. Por outro lado, se os requisitos para a rede de comunicações de smart metering forem muito pouco exigentes, o Brasil vai ficar sem condições de implantar outras funções de Smart Grid que venham a ser necessárias num futuro próximo sem ter de trocar a infraestrutura de comunicações. A Silver Spring Networks acredita que as redes de comunicação devam ser: Bidirecionais (two-way): A rede deverá ser prover comunicação bidirecional total em todos os seus nós. Onipresença: A rede dever ser capaz de atingir a todos os equipamentos da rede elétrica (por exemplo, medidores de energia) em áreas urbanas, suburbanas e rurais com uma única tecnologia de rede. Custo justo: A rede deve ter um custo que justifique a sua implementação e operação acima de tudo não pode ser mais cara que uma rede para só fazer medição. Uma estimativa básica de custo é uma rede com custo médio de até 6 Reais por casa servida (home-passed), incluindo o software de gerenciamento. Confiabilidade: A rede tem de ser altamente confiável, permitindo acesso a pelo menos 99,99% dos equipamentos da rede elétrica a qualquer momento. Segura: A rede tem de ser totalmente segura com múltiplas camadas de comprovados padrões de segurança. Largura de banda Suficiente: A rede deve oferecer largura de banda suficiente para suportar muitas aplicações. Como referência o ideal é ter uma largura de banda 5 a 10 vezes a largura de banda necessária para medição eletrônica. Por exemplo, para fazer uma leitura com 15 minutos de intervalo 4 vezes ao dia a rede necessita uma largura de banda de aproximadamente 12 kbits/s. Uma rede de 100 kbits/s permite 88 kbits/s de largura de banda para outras aplicações de Smart Grid. Escalabilidade: A rede deve ser capaz de acomodar milhões de equipamento na rede de energia sem redução da sue desempenho. A largura de banda deverá ser expansível para variais centenas de kbits/s se necessário no futuro, sem ter de trocar cartões de comunicação nos medidores ou nos equipamentos de rede elétrica. Rapidez (baixa latência): A rede deve ser capaz de responder em tempos inferiores a 10 segundos para ler um medidor, ida e volta, ou seja, da Concessionária ao medidor e retornar à Concessionária, e em menos de 2 segundos para o comando dos equipamentos de rede de energia (por exemplo religadores e chaves). Isto permitirá aos operadores de serviços (call-center, por exemplo) de lerem o medidor quando um cliente ligar, permitindo assim dar informações imediatas e on-line. Numa rede assim constituída seria possível ler 1 milhão de medidores em menos de 1 hora. Page 3 of 6

4 Capacidade para interrupções: A rede deve continuar a funcionar mesmo com uma falha de energia elétrica e deve permitir detectar e identificar rapidamente os pontos de ocorrências/interrupção. Produto de mercado: A tecnologia da rede deve já existir e ter sido testada, com alguns milhões de pontos já operando satisfatoriamente em vários lugares. Pronta para Futuro: A tecnologia da rede tem de ser à prova do futuro, com suficiente capacidade e desempenho para conseguir manejar os muitos e diversos produtos e serviços que aparecerão durante os próximos 10 a 20 anos. Bases Abertas: A tecnologia da rede deve ser baseada em padrões abertos como Internet Protocol IP e padrões de rede da IEEE também, para facilitar a interoperabilidade e fornecer escolhas a um baixo custo. Gerenciamento: Tem de existir um sistema de gerenciamento de rede que permitam à Concessionária gerenciar a implantação e operação de milhões de nós com uma equipe de pessoas bem reduzida. Novas versões remotamente: A rede deve permitir a instalação de uma nova versão de software firmware em milhões de cartões de rede, medidores, etc através desta e em algumas horas, permitindo assim a implementação dos up-grades e correções sem ter de ir fisicamente até ao local onde está o equipamento. 3. A ANEEL dever solicitar que as Concessionárias Brasileiras deêm uma grande e importante atenção às Rede Mesh Sem Fio adicionalmente às tecnologias tradicionais como PLC, BPL e GSM/GPRS: O documento de consulta da ANEEL identifica como redes primárias de comunicação para smart metering as tecnologias PLC e GSM/GPRS. Ambas têm os seus pontos fortes e fracos como solução de comunicação para Smart Grid e merecem ser consideradas. Entretanto, um importante meio de opcional de comunicação está a faltar no documento da ANEEL. Depois de terem testado muitos meios de comunicação durante muitos anos, como PLC, BPL e GSM/GPRS, a maioria das Concessionárias dos EUA e Austrália rejeitaram estas tecnologias. Na realidade elas escolheram uma tecnologia chamada de Mesh Sem Fio (ou Rede Mesh de Rádio Frequência) para implantações de grandes projetos de Smart Grid/Medição. Numa rede Mesh Sem Fio, os equipamentos da rede elétrica estão equipados com um módulo de rádio que permite a estes se comunicarem uns com os outros numa rede ponto-a-ponto (peer-to-peer), permitindo assim rotas altamente confiáveis para acessar os Pontos de Acesso que estão colocados nas redondezas. Um tronco principal de comunicação (backbone), que tanto pode ser operada por uma empresa de Telecom ou pela própria Concessionária, fará o transporte das informações da rede dos Pontos de Acesso até a Concessionária. Deste modo teremos uma rede completa com um excelente custo-benefício, onipresente e segura desde a Concessionária até ao cliente, capaz de suportar aplicações de Smart Grid desde a medição até a uma geração distribuída e automação da distribuição. Já existem diversos provedores de soluções de redes Mesh Sem Fio para as Concessionárias, incluindo grandes empresas no mercado Brasileiro de medição como: Page 4 of 6

5 Landis+Gyr, Itron/Actaris e Elster, assim como novas companhias de tecnologia como Silver Spring Networks, Trilliant e Eka Systems. Existem também algumas empresas globais que fornecem uma larga gama de componentes para este tipo de soluções como a Texas Instruments, Freescale, Philips, Atmel e Analog Devices. Muitas destas companhias fazem parte de um grupo de trabalho da IEEE, que irão fazer um padrão internacional de aplicações para Smart Grid para redes Mesh Sem Fio. O resultado será que teremos mais componentes a menor custo e criar mais competição, beneficiando assim as Concessionárias e os consumidores. Alguns exemplos de Concessionárias que já optaram por esta tecnologia de redes Mesh Sem Fio para a implantação dos seus projetos de Medição e Smart Grid incluem: Pacific Gas & Electric (PG&E), Florida Power & Light, Potomac Electric Power (Pepco), Oklahoma Gas & Electric, American Electric Power (AEP), Long Island Power, Southern California Edison, San Diego Gas & Electric, Centerpoint Energy, Oncor/TXU, Detroit Edison, Jemena e UED (estas últimas duas na Austrália). A maioria das concessionárias da Europa e Ásia estão agora a considerar estas redes Mesh Sem Fio, mas estão limitada ao fato de que ainda não foi disponibilizada até agora nestes países, uma faixa de rádio apropriada. Nos EUA, Austrália e outros países, as redes Mesh Sem Fio utilizam geralmente uma faixa de frequência de 902 a 928 MHz, que as autoridades de telecomunicações liberaram sem a necessidade de licença e sem custo. A tecnologia permite que diversos provedores utilizem a mesma frequência sem interferência alguma. Enquanto este faixa de rádio não está disponível em todos os países, ela está disponível no Brasil, o que significa que as Concessionárias Brasileiras estão em vantagem dos muitos bilhões de dólares americanos que estão a ser investidos pelas Concessionárias Americanas nesta tecnologia. Isto será traduzido em menores custos, menores riscos, e mais rapidamente atingir a realização dos benefícios do que com outras opções de tecnologia de comunicação pelas Concessionárias Brasileiras. 4. A ANEEL deve sugerir que sejam feitas projetos pilotos rapidamente para validação das soluções numa escala comercial e colocar o Brasil como um líder de Smart Grid entre as economias emergentes: Alguns milhões de unidades de medição eletrônica e tecnologia Smart Grid estão a ser implantadas só este ano nos EUA e em outros países esta tecnologia funciona. Grandes Concessionárias como a PG&E e FPL terão o maior prazer em discutir com a ANEEL e com as Concessionárias Brasileiras acerca desta experiência, e compartilharem os conhecimentos adquiridos. Na realidade, diversas grandes Concessionárias Brasileiras já estão em contato com estas empresas para discutirem estes pontos. Seria uma perda de tempo e dinheiro se as Concessionárias Brasileiras falam testes laboratoriais para testar a tecnologia de comunicação que esta já existe e foi exaustivamente testada. Em vez disso a ANEEL deveria encorajar a fazerem grandes projetos com foco em detalhes técnicos e comerciais específicos do Brasil que precisam de ser avaliados por exemplo, medição centralizada para redução de perdas não comerciais, reação do cliente a medição remota, performance da rede em regiões Page 5 of 6

6 altamente populosas versus regiões rurais, oportunidade de melhora da confiabilidade e benefícios através da automação da distribuição, utilizando a mesma rede do que para a medição eletrônica A Silver Spring Networks acredita que projetos pilotos devem envolver nunca menos de medidores inicialmente, e num segundo estágio pelo menos medidores. Nós acreditamos que pequenos projetos não fornecem dados e conhecimento nem entendimento que possam ser aplicados ao mundo real. Projetos pilotos devem também incluir algumas outras aplicações de Smart Grid como por exemplo, automação da distribuição e gerenciamento residencial. Se a ANEEL atuar rapidamente e de uma maneira incisiva o Brasil terá a oportunidade de se estabelecer como o líder de Smart Grid entre os países do BRIC e como o líder inquestionável dos mercados mundiais emergentes, que o fará atuar inquestionavelmente como peça importante na energia do futuro. Com o suporte da ANEEL, a Silver Spring Networks gostaria de trabalhar com uma ou mais Concessionárias do Brasil para iniciar um grande projeto de Smart Grid similar ao Energy Smart Miami. Conclusão A Silver Spring Networks agradece a oportunidade de enviar estes comentários à consulta da ANEEL. Estamos à disposição para qualquer informação adicional que se faça necessária e fazer a apresentação a grandes Concessionárias e órgãos reguladores que já adquiriram experiência com tecnologias e serviços no mundo. Desejamos à ANEEL um grande sucesso no desenvolvimento de uma tecnologia líder de Smart Grid para o Brasil. John O Farrell Miguel Sarmento EVP, Business Development Diretor Comercial Silver Spring Networks Axxiom Soluções Tecnológicas +1 (650) (31) Page 6 of 6

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral Bruno Erik Cabral Smart Grid Agenda Introdução Definição Características Confiabilidade Flexibilidade Eficiência Sustentabilidade Medidores Inteligentes Controle avançado Cenário Internacional Cenária

Leia mais

Smart Grid pelo preço de AMI

Smart Grid pelo preço de AMI Smart Grid pelo preço de AMI John O Farrell Vice-Presidente Executivo, Desenvolvimento de Negócios Silver Spring Networks California, EUA jofarrell@silverspringnet.com 2008 Silver Spring Networks. All

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA Estado da arte Aplicações atuais Perspectivas Landulfo Mosqueira Alvarenga Consultor Técnico Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação CEPEL 1 Seminário Internacional

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº043/2010

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº043/2010 CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº043/2010 NOME DA INSTITUIÇÃO: CIAPORTE SOLUÇÕES E SOFTWARE LTDA ME AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: Resolução /Normativa, 2010

Leia mais

Smart Grid e Net Metering no Brasil

Smart Grid e Net Metering no Brasil Smart Grid e Net Metering no Brasil Daniel Vieira Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD/ANEEL Cidade do México 30/01/2013 Sistema de Distribuição 63 concessionárias de distribuição

Leia mais

Smart Grid A Transição nas Redes das Concessionárias de Energia

Smart Grid A Transição nas Redes das Concessionárias de Energia 1 Smart Grid A Transição nas Redes das Concessionárias de Energia Autor: Kobi Gol Gerente de Desenvolvimento de Negócios e Soluções da RAD Data Communications. 2 As redes das empresas de energia estão

Leia mais

Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil

Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil IEEE Workshop SMART GRID Trends & Best Practices Aspectos Regulatórios de Redes Inteligentes no Brasil Marco Aurélio Lenzi Castro Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD/ANEEL Salvador,

Leia mais

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Módulos sem fio para Smart Metering Por Peder Martin Evjen, M.Sc.E.E., Managing Director, Radiocrafts AS A tendência em AMR e Smart Metering é utilizar tecnologia

Leia mais

Contribuição da TIA/TEC-LA para a ANATEL sobre o gerenciamento do espectro de rádio-frequência

Contribuição da TIA/TEC-LA para a ANATEL sobre o gerenciamento do espectro de rádio-frequência Contribuição da TIA/TEC-LA para a ANATEL sobre o gerenciamento do espectro de rádio-frequência Sendo uma organização que representa os interesses de fabricantes e fornecdores de produtos e sistemas para

Leia mais

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.

Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica. Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Sistema Corporativo de Tele-Medição de Energia Elétrica Eng. Eduardo Caldas Cardoso ELO Sistemas e Tecnologia eduardo@elotek.com.br RESUMO A tele-medição de

Leia mais

1 Introduc ao 1.1 Hist orico

1 Introduc ao 1.1 Hist orico 1 Introdução 1.1 Histórico Nos últimos 100 anos, o setor de telecomunicações vem passando por diversas transformações. Até os anos 80, cada novo serviço demandava a instalação de uma nova rede. Foi assim

Leia mais

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação

Objetivo. 0 Conceitos. 0 Funcionalidades. 0 Desafios. 0 Experiências de Implantação Objetivo 0 Conceitos 0 Funcionalidades 0 Desafios 0 Experiências de Implantação Smart Grid Conceitos 0 NÃO é só Medição Eletrônica e Telecom!! 0 Envolve conhecimentos sobre: 0 Tecnologia, Padrões, Normas

Leia mais

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina A 1ª Cidade Inteligente da América Latina Imagine... gerar somente a energia que precisamos em nossas casas através de fontes renováveis... saber o consumo de energia de cada aparelho elétrico conectado

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL GE Distributed Power Jose Renato Bruzadin Sales Manager Brazil T +55 11 2504-8829 M+55 11 99196-4809 Jose.bruzadini@ge.com São Paulo, 11 de Julho de 2014 NOME DA INSTITUIÇÃO: GE Distributed Power AGÊNCIA

Leia mais

Gestão de Ativos de Distribuição

Gestão de Ativos de Distribuição Gestão de Ativos de Distribuição Smart Grid na Cemig Denys Cláudio Cruz de Souza Superintendência de Desenvolvimento e Engenharia da Distribuição O que é Smart Grid? Sistema elétrico inteligente, que integra

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS Descrição As necessidades de telemedição (ou telemetria) e telecomando têm sido cada vez mais utilizadas nas mais variadas aplicações, principalmente onde o volume

Leia mais

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada

Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada XI SIMPÓSIO DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS 16 a 19 de Agosto de 2015 CAMPINAS - SP Self-Healing Semi-Centralizado e seus benefícios para clientes com base instalada Paulo Antunes Souza Wagner Hokama

Leia mais

Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás

Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás Visão Geral do Smart Grid Pedro Jatobá Eletrobrás Tendências do Setor Energético Mundial Aumento da demanda global Elevação no preço da energia Pressão para o uso de fontes renováveis Aumento da complexidade

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Projeto Smart Grid. Visão Geral

Projeto Smart Grid. Visão Geral Projeto Smart Grid Visão Geral Contextualização Sobre o Smart Grid Smart Grid Light Estratégia da Light para os próximos anos 2 3-8 usinas - 98 SE - 111 SE - 7.500 2500 circuitos 19.685 km 1045 Dispositivos

Leia mais

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010 Redes Inteligentes Como passo inicial do Conceito Smart Grid Belo Horizonte - 11/08/2010 A Rede Elétrica ONS Mercado De Energia NOSSO FOCO Geração Geração renovável Armazenamento Rede de Distribuição Negócio

Leia mais

5% o consumo residencial no horário de pico, entre 18h e 21h, segundo Pepitone, diretor da ANEEL. Isto equivale, segundo ele, ao consumo de uma

5% o consumo residencial no horário de pico, entre 18h e 21h, segundo Pepitone, diretor da ANEEL. Isto equivale, segundo ele, ao consumo de uma 58 5 Smart Grid Segundo especialistas da área de energia, o smart grid pode ser definido como uma Rede Elétrica Inteligente que distribui energia elétrica com auxílio de tecnologia digital, monitorando

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº043/2010

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº043/2010 CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº043/2010 NOME DA INSTITUIÇÃO: LECTRON INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: Resolução /Normativa, 2010 EMENTA

Leia mais

PERSPECTIVAS DO PROJETO SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES *

PERSPECTIVAS DO PROJETO SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES * PERSPECTIVAS DO PROJETO SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES * Rosemar Aquino de Rezende JUNIOR 1 ; Laura Vitória Rezende DIAS 2 ; Getúlio Antero de DEUS JÚNIOR 3. 1 Bolsista do PET

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009

CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009 1 1 3 2 1 3 3 4 1 4 4 1 5 5 3 6 5 3 7 5 3 CONSOLIDAÇÃO DAS DEMANDAS DO SORTEIO Nº 017/2011 - EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 02/2009 avaliação inicial do "Desenvolvimento de Sistema Integrado de Geração de

Leia mais

IMAGINE UM MUNDO ONDE A TECNOLOGIA SEJA TOTALMENTE INTUITIVA PRÓXIMA GERAÇÃO EM SOLUÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA DA MOTOROLA

IMAGINE UM MUNDO ONDE A TECNOLOGIA SEJA TOTALMENTE INTUITIVA PRÓXIMA GERAÇÃO EM SOLUÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA DA MOTOROLA IMAGINE UM MUNDO ONDE A TECNOLOGIA SEJA TOTALMENTE INTUITIVA PRÓXIMA GERAÇÃO EM SOLUÇÕES DE SEGURANÇA PÚBLICA DA MOTOROLA ESCALADA DO INCIDENTE OU RETORNO À TRANQUILIDADE? ENVIAR MAIS UNIDADES OU REALIZAR

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários:

Leia mais

ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 10/2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA.

ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 10/2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA. ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 10/2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: (Resolução nº, de de de 2009

Leia mais

Solutions with flexibility

Solutions with flexibility Solutions with flexibility Solutions with flexibility Nossa História Missão Visão e Valores Fundada em 2010 A Mega Cabling, tem como objetivo principal fornecer consultoria, materiais e serviços na elaboração

Leia mais

Testes e Experiência do CPqD em Sistemas PLC

Testes e Experiência do CPqD em Sistemas PLC Testes e Experiência do CPqD em Sistemas PLC Rogério Botteon Romano Pesquisador Maio/2007 www.cpqd.com.br PLC no CPqD Projeto P&D ANEEL - ciclo 2001/2002 - CPFL - ELETROPAULO - BANDEIRANTE - ELEKTRO (São

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

AAssociação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é

AAssociação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é 70 NORMAS ABNT APLICÁVEIS AOS MEDIDORES ELETRÔNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA DISCUTIDAS EM CONSULTA NACIONAL Por Jeferson Marcondes e Marcos Aurélio Ribeiro AAssociação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Leia mais

Seja um Profissional em Energia Solar

Seja um Profissional em Energia Solar Seja um Profissional em Energia Solar Nós, da Blue Sol, acreditamos no empoderamento de todos os consumidores de energia elétrica no Brasil através da possibilidade de geração própria da energia consumida.

Leia mais

Análise dos Sistemas de Medição do Consumo de Energia Elétrica em Plantas Industriais

Análise dos Sistemas de Medição do Consumo de Energia Elétrica em Plantas Industriais UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA Análise dos Sistemas de Medição do Consumo de Energia Elétrica em Plantas Industriais Proposta de Trabalho

Leia mais

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis 2.1. Histórico e Evolução dos Sistemas Sem Fio A comunicação rádio móvel teve início no final do século XIX [2], quando o cientista alemão H. G. Hertz demonstrou que as

Leia mais

Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro 24 Março 2015. Small Smart Metering. Expanding the Limits

Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro 24 Março 2015. Small Smart Metering. Expanding the Limits Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro 24 Março 2015 Small Smart Metering Expanding the Limits 1 Smart Metering 2 SIGFOX 3 NarrowNet 4 Aplicações 5 Futuro 1 Smart Metering Small Smart Metering (SSM)

Leia mais

DIMETRA IP Compact. uma solução TETRA completa e compacta

DIMETRA IP Compact. uma solução TETRA completa e compacta DIMETRA IP Compact uma solução TETRA completa e compacta MOTOROLA - SEU PARCEIRO DE TECNOLOGIA CONFIÁVEL E ATUANTE Uma herança que dá orgulho As soluções TETRA da Motorola alavancam mais de 75 anos de

Leia mais

Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil

Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil Luiz Carlos Santini Jr Gerente de Perdas Comerciais Enersul Brasil 19 a 21 de outubro de 2009 Hotel Transamérica São Paulo BRASIL Enersul Empresa Energética de Mato Grosso do Sul Enersul Empresa distribuidora

Leia mais

O QUE É ESTE TAL DO ZigBee?

O QUE É ESTE TAL DO ZigBee? O QUE É ESTE TAL DO ZigBee? - Publicado no UTC Journal 2008 Special Issue Smart Utilities Networks - Autor: George R. Stoll Presidente do Utility Telecom Consulting Group. Pode ser contactado no +1-303-840-2878

Leia mais

Programa Smart Grid da AES Eletropaulo. - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013

Programa Smart Grid da AES Eletropaulo. - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013 Programa Smart Grid da AES Eletropaulo - A Energia das Metrópoles do Futuro - Maria Tereza Vellano 27 de novembro de 2013 1 Agenda Institucional Projeto Smart Grid Eletropaulo Digital Motivadores Objetivos

Leia mais

A solução para relacionamento de. Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento

A solução para relacionamento de. Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento A solução para relacionamento de Smart Grid com os consumidores Gestão de consumo de energia elétrica, água e gás, contabilização e interfaces de relacionamento asmart Grid + Relacionamento ferramenta

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Cloud Computing (Computação nas Nuvens) 2 Cloud Computing Vocês

Leia mais

Células de combustível

Células de combustível Células de combustível A procura de energia no Mundo está a aumentar a um ritmo alarmante. A organização WETO (World Energy Technology and Climate Policy Outlook) prevê um crescimento anual de 1,8 % do

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP.

Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP. Suporte de alto nível, equipe atualizada e a qualidade dos equipamentos HP. Av. Paulo VI, 1.922 Perdizes São Paulo - SP Tel.: (11) 3875.1000 www.mpesolucoes.com.br POR QUE CONTRATAR OS SERVIÇOS DA MPE

Leia mais

Aplicativo. Soluções de IP Backhaul da RADWIN. Atendendo à crescente demanda de IP backhaul

Aplicativo. Soluções de IP Backhaul da RADWIN. Atendendo à crescente demanda de IP backhaul Aplicativo Soluções de IP Backhaul da RADWIN Atendendo à crescente demanda de IP backhaul Com a crescente demanda de aplicativos de banda larga, os provedores de serviços estão buscando cada vez mais o

Leia mais

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar?

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar? 1 Conheça o sistema de Voz sobre IP (ou VOIP) O que é Voz sobre IP / Voz sobre Internet Protocolo? R. Voz sobre IP permite que você faça ligações telefônicas utilizando uma rede de computadores, como a

Leia mais

Energias do Brasil-EDP

Energias do Brasil-EDP Prezados Senhores Energias do Brasil-EDP Atendendo orientação dos procedimentos da Consulta Pública em assunto, estamos encaminhando abaixo as contribuições do Grupo EDP - Energias do Brasil, a propósito

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Design de Rede Local Design Hierárquico Este design envolve a divisão da rede em camadas discretas. Cada camada fornece funções específicas que definem sua função dentro da rede

Leia mais

A POTÊNCIA DO WiNG SIMPLIFICADA

A POTÊNCIA DO WiNG SIMPLIFICADA A POTÊNCIA DO WiNG SIMPLIFICADA FINALMENTE. CONEXÃO DE REDES SEM FIO DE ALTO DESEMPENHO DE CLASSE EMPRESARIAL SIMPLIFICADA PARA EMPRESAS MENORES. Por menor que seja sua empresa, com certeza tem muitas

Leia mais

AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro. Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA

AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro. Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA AMI - Uma Parte Integrante da Concessionária de Energia do Futuro Everton Peter Elster Medição de Energia LTDA E2 Pauta O que é AMI x AMR? Quais as características com valor agregado de um sistema AMI?

Leia mais

Modelos de Licenciamento de Freqüências

Modelos de Licenciamento de Freqüências Modelos de Licenciamento de Freqüências Este tutorial apresenta um panorama dos modelos utilizados em vários países do mundo no licenciamento de frequências. Carlos Pingarilho Doutor em Eletrônica e Comunicações

Leia mais

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015

AES ELETROPAULO. Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 AES ELETROPAULO Workshop Smart Grid - FIESP 29/07/2015 1 AES Eletropaulo AES Eletropaulo % Brasil Area Concessão 4,526 (km 2 ) 0,05% Brazil Consumidores 6,8 (milhões) 9% Brasil Energia 46 (TWh) 11% São

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY Maio 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários: 182 (2012) Faturamento:

Leia mais

SMART GRIDS: PHYSICAL-LAYER SECURITY. Proposta de trabalho de graduação. Aluno: Lucas André Pequeno Paes Orientador: Daniel Carvalho da Cunha

SMART GRIDS: PHYSICAL-LAYER SECURITY. Proposta de trabalho de graduação. Aluno: Lucas André Pequeno Paes Orientador: Daniel Carvalho da Cunha UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO 2012.2 SMART GRIDS: PHYSICAL-LAYER SECURITY Proposta de trabalho de graduação Aluno: Lucas André Pequeno Paes

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

Como Utilizar Power over Ethernet para Reduzir o Consumo de Energia

Como Utilizar Power over Ethernet para Reduzir o Consumo de Energia Como Utilizar Power over Ethernet para Reduzir o Consumo de Energia Documento Técnico Setembro de 2011 Visão Geral A tecnologia 'Power over Ethernet' (PoE) tornou-se uma ferramenta cada vez mais importante

Leia mais

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel

BGAN. Transmissão global de voz e dados em banda larga. Banda larga para um planeta móvel BGAN Transmissão global de voz e dados em banda larga Banda larga para um planeta móvel Broadband Global Area Network (BGAN) O firm das distâncias O serviço da Rede Global de Banda Larga da Inmarsat (BGAN)

Leia mais

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar.

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. Serviços Scania Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS SCANIA Serviços Scania. Máxima disponibilidade do seu veículo para o melhor desempenho

Leia mais

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA Muitas organizações terceirizam o transporte das chamadas em seus call-centers, dependendo inteiramente

Leia mais

GE Digital Energy Power Quality. Energy Commander TM. Conjunto de Manobra em Paralelo

GE Digital Energy Power Quality. Energy Commander TM. Conjunto de Manobra em Paralelo GE Digital Energy Power Quality Energy Commander TM Conjunto de Manobra em Paralelo 2 Energy Commander TM Conjunto de Manobra em Paralelo Conjuntos de Manobra em Paralelo A ligação em paralelo é uma operação,

Leia mais

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada.

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. SYSTIMAX Solutions imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. 1 Toda rede deve ser administrada. A questão é COMO? A visão: Conseguir o sucesso comercial a partir de uma melhor administração de

Leia mais

Inserção da Geração Solar na Matriz Elétrica Brasileira. Palestrante: Eng. Marcelo Vinicius

Inserção da Geração Solar na Matriz Elétrica Brasileira. Palestrante: Eng. Marcelo Vinicius Inserção da Geração Solar na Matriz Elétrica Brasileira Palestrante: Eng. Marcelo Vinicius Temas a serem abordados: 1. Matriz de energia elétrica 2. Distintas tecnologias 3. Combustível solar 4. Motivação

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

Sistemas Eletrônicos S.A.

Sistemas Eletrônicos S.A. Sistemas Eletrônicos S.A. Institucional ELO Empresa de Capital 100% Brasileiro; Estabelecida em 1980; Engenharia de Desenvolvimento Própria; Desenvolvimento e Produção de Dispositivos de Medição Eletrônica

Leia mais

Smart Energy Energias Inteligentes A Visão da Indústria, Instituições de P&D e Especialistas Álvaro Dias Júnior

Smart Energy Energias Inteligentes A Visão da Indústria, Instituições de P&D e Especialistas Álvaro Dias Júnior Smart Energy Energias Inteligentes Álvaro Dias Júnior 8 de maio de 2014, Curitiba Cenário Econômico Brasileiro A importância do Brasil tanto na área econômica quanto política, tem aumentado nos últimos

Leia mais

SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION. Conheça a nova face do. controle de pista.

SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION. Conheça a nova face do. controle de pista. SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION Conheça a nova face do controle de pista. Controle onde você mais precisa. Controle onde voc O Sistema de Pista Wayne Fusion permite uma interface ininterrupta de suas bombas,

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

- Projeto & Concepção - Solicitação de Acesso - Venda de Equipamentos - Instalação - Conexão com Distribuidora. Campinas

- Projeto & Concepção - Solicitação de Acesso - Venda de Equipamentos - Instalação - Conexão com Distribuidora. Campinas A Blue Sol Energia Solar visa disseminar a tecnologia fotovoltaica e o conhecimento sobre os temas no Brasil promovendo, portanto, uma fonte limpa, renovável e inesgotável de energia, alinhada com a crescente

Leia mais

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POSTO DE ATENDIMENTO REMOTO UMA EXPERIÊNCIA DE TELETRABALHO

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POSTO DE ATENDIMENTO REMOTO UMA EXPERIÊNCIA DE TELETRABALHO XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POSTO DE ATENDIMENTO REMOTO UMA EXPERIÊNCIA DE TELETRABALHO Autor: ANTONIO DIONISIO BAGLIOLI COPEL COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA Palavras-chave:

Leia mais

clientes milhões relatórios mil linhas detalhados +de +de +de +de recuperados em negociações gerenciadas por mês por mês

clientes milhões relatórios mil linhas detalhados +de +de +de +de recuperados em negociações gerenciadas por mês por mês A TeleGestão, especialista em gestão de telecomunicações, dedica-se há mais de 20 anos ao desafio de adequar recursos de telefonia ao perfil corporativo de diversos setores. As soluções da TeleGestão,

Leia mais

Excelência em Metodologia de Helpdesk

Excelência em Metodologia de Helpdesk Excelência em Metodologia de Helpdesk O IntraDesk foi desenvolvido com base nas melhores práticas conhecidas de Helpdesk, indicadas por organizações como o Gartner Group e o Helpdesk Institute, que, aliadas

Leia mais

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS GERENCIAMENTO DE EVENTOS INTELIGENTES DE E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO SEJA VOCÊ GERENTE DE UNIDADE OU PROFISSIONAL DO SETOR DE COMBATE

Leia mais

Gerenciamento Inteligente do Sensor na Fabricação de Cerveja

Gerenciamento Inteligente do Sensor na Fabricação de Cerveja Gerenciamento Inteligente do Sensor na Fabricação de Cerveja Gerenciamento Inteligente do Sensor O Gerenciamento Inteligente do Sensor, ou simplesmente ISM, é uma tecnologia digital para sistemas analíticos

Leia mais

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson.

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson. Expanda seu portfólio de produtos e aumente o seu negócio com a marca líder GLOBAL na indústria. EXPLORE SEUS NEGÓCIOS POTENCIAIS Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA ANATEL NÚMERO 241 INTRODUÇÃO

CONSULTA PÚBLICA ANATEL NÚMERO 241 INTRODUÇÃO CONSULTA PÚBLICA ANATEL NÚMERO 241 INTRODUÇÃO A Associação GSM, por meio desta, apresenta por escrito as suas contribuições à Consulta Pública da ANATEL número 241 e respeitosamente solicita que as mesmas

Leia mais

InSight* Soluções no Gerenciamento do Conhecimento. Descrição e Uso. Boletim Técnico de Produto

InSight* Soluções no Gerenciamento do Conhecimento. Descrição e Uso. Boletim Técnico de Produto Boletim Técnico de Produto InSight* Soluções no Gerenciamento do Conhecimento As aplicações de água e processo geram ou afetam diretamente grandes quantidades de dados operacionais, que podem ser de natureza

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES 39 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO BX MRO. Brochura. Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos

Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO BX MRO. Brochura. Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos Brochura BX MRO Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos Manutenção, Reparo & Revisão para SAP Business One Esta combinação de SAP Buisness One

Leia mais

WHITEPAPER. Por que o Espectro Não Licenciado Domina a Rede Elétrica Inteligente

WHITEPAPER. Por que o Espectro Não Licenciado Domina a Rede Elétrica Inteligente WHITEPAPER Por que o Espectro Não Licenciado Domina a Rede Elétrica Inteligente Sumário Executivo As comunicações sem fio são um habilitador chave da rede elétrica inteligente emergente. Embora a rede

Leia mais

Eficiência Energética

Eficiência Energética Eficiência Energética Smart Grid - Redes Inteligentes Anderson D. Carvalho, Helionay F. Rocha, Jeiza P. Bittencourt, Jéssica M. Ribeiro, Luiz F. Rocha, Wellerson C. Leite, Vinicius M. Pacheco. Centro Universitário

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO

UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO www.origy.com.br UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO CARACTERÍSTICAS: E-MAIL IMAP * Acesso simultâneo e centralizado, via aplicativo, webmail e celular/smartphone * Alta capacidade de armazenamento

Leia mais

Cartilha Informativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão

Cartilha Informativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão Cartilha Informativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão Draft para avaliação 1 de 1 SOFTWARE DE MEDIÇÃO DA QUALIDADE DE CONEXÂO Em cumprimento às obrigações previstas no Regulamento de

Leia mais

SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Bolsista do PET EEEC/UFG engenheiralaura1@hotmail.com.

SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Bolsista do PET EEEC/UFG engenheiralaura1@hotmail.com. SMART GRID EM ESPAÇOS POPULARES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Rosemar Aquino de Rezende JUNIOR 1 ; Laura Vitória Rezende Dias 2 ; Getúlio Antero de Deus JÚNIOR 3 Grupo PET EEEC (Conexões de Saberes) /UFG

Leia mais

7 Modelos de Négocio para o PLC

7 Modelos de Négocio para o PLC 87 7 Modelos de Négocio para o PLC Há basicamente três modelos de negócio que podem ser usados para o PLC baseados no valor de investimento e nível de risco que as empresas de energia se dispõem em aceitar

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA DESTAQUES A infraestrutura do RSA Security Analytics Arquitetura modular para coleta distribuída Baseada em metadados para indexação, armazenamento

Leia mais

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA ENTREGA ESPECIAL Na economia globalizada 24/7 de hoje, a logística e a gestão de armazéns eficientes são essenciais para o sucesso operacional. O BEUMER Group possui

Leia mais

Implantação de Medição Eletrónica em Baixa Tensão Nota Técnica n 0013/2009-SRD/ANEEL, de 28/01/2009

Implantação de Medição Eletrónica em Baixa Tensão Nota Técnica n 0013/2009-SRD/ANEEL, de 28/01/2009 945 Hornet Drive Hazelwood, MO 63042 www.aclara.com 314.895.6400 314.895.7373 fax 23 de abril, 2009 Carlos Alberto Calixto Mattar Superintendente de Regulação dos Serviços de Distribuição ANEEL SGAN quadra

Leia mais

As Muitas Faces da Demanda Geraldo Guimarães Jr. Presidente Divisão América Latina. Metering, Billing/CRM Latin America 2008, Rio de Janeiro, Brasil

As Muitas Faces da Demanda Geraldo Guimarães Jr. Presidente Divisão América Latina. Metering, Billing/CRM Latin America 2008, Rio de Janeiro, Brasil As Muitas Faces da Demanda Geraldo Guimarães Jr. Presidente Divisão América Latina Os Desafios Desequilíbrio entre oferta e demanda de energia está aumentando; Horários de pico de demanda expõem as redes

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS Asia Shipping Transportes Internacionais Ltda. como cópia não controlada P á g i n a 1 7 ÍNDICE NR TÓPICO PÁG. 1 Introdução & Política 2 Objetivo 3 Responsabilidade

Leia mais

Operação e Manutenção

Operação e Manutenção Operação e Manutenção Todo o Suporte de que Você Precisa de Um Parceiro de Energia Operation & Maintenance Support Uma Fonte Única e Confiável de Suporte de O&M para Total Tranquilidade Obter disponibilidade

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

Engenharia Gerencial. A cogeração como alternativa aos desafios energéticos

Engenharia Gerencial. A cogeração como alternativa aos desafios energéticos A cogeração como alternativa aos desafios energéticos A visão corrente de que o Brasil possui um dos maiores parques de energia hidrelétrica do mundo, nos afasta de uma realidade um pouco distante disto.

Leia mais

Da conformidade regulatória ao compromisso

Da conformidade regulatória ao compromisso Da conformidade regulatória ao compromisso Da conformidade regulatória ao compromisso A cada ano, as empresas investem milhões para gerir cursos de capacitação e sistemas que estejam em conformidade com

Leia mais