Gateways de Correio Eletrônico Usando o MDaemon 6.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gateways de Correio Eletrônico Usando o MDaemon 6.0"

Transcrição

1 Gateways de Correio Eletrônico Usando o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX Tel: (817) Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados. Os nomes de produtos e empresas mencionados neste documento podem ser marcas registradas.

2 Conteúdo Resumo...3 Gateways...4 Gateways da Vida Real...4 Gateways Digitais...4 Gateways de Correio Eletrônico...5 Gateways do MDaemon...8 Aplicativos do Gateway do MDaemon...8 Serviço para Vários Domínios...8 Interface de Segurança...8 Interface Contra Vírus e Spam...8 Interface Dial Up de Baixo Custo...8 Backup em Tempo Real...9 Configuração Manual...9 Configuração Automática...9 Configuração do Gateway...9 Configuração Manual do Gateway...9 Configurações de Domínio...10 Encaminhamento de Correio...11 ATRN/ERTN/DomainPOP...13 Cotas...17 Configuração Automática de Gateways...18 Gateways de Correio Eletrônico 2 Alt-N Technologies

3 Resumo Um gateway de correio eletrônico coleta, armazena e encaminha mensagens para um servidor de domínio primário. Um gateway normalmente não tem contas individuais. Os gateways de correio eletrônico podem ajudar empresas tanto pequenas quanto grandes a resolver alguns dos problemas inerentes a serviços de correio eletrônico da Internet. Para uma organização pequena, um gateway pode tornar um domínio de correio eletrônico particular acessível economicamente. Isso acontece porque um provedor de serviço fornece o gateway a um custo razoável ao compartilhar hardware e software com outros empreendimentos menores. Os domínios primários em tais casos podem ter conexões tanto permanentes como discadas com a Internet. Estabelecimentos maiores podem empregar gateways com segurança rígida para proporcionar proteção e filtragem de conteúdo para os sistemas de correio eletrônico mais vulneráveis da empresa. Os gateways podem também ser configurados para fornecer backup automático em tempo real para armazenamento de correio quando um domínio primário fica offline por alguma razão. Uma cópia do MDaemon pode simultaneamente operar gateways para dúzias de domínios de correio eletrônico, mesmo quando estiver executando um servidor de domínio primário próprio. Gateways de Correio Eletrônico 3 Alt-N Technologies

4 Gateways Gateways da Vida Real Na vida real, um gateway regula o fluxo de pessoas e coisas. Ele pode ser uma porta giratória, um semáforo, uma roleta ou, bem, um portão. Gateways servem para muitos propósitos. Na rua, o semáforo aumenta a segurança e normalmente ameniza o movimento no trânsito. O portão na casa de shows torna o fluxo de entrada da multidão mais lento para o recebedor de ingressos. O portão do parque de diversões limita o número de pessoas que podem andar de uma vez só em um brinquedo. Teoricamente, os gateways podem soar como dispositivos restritivos, mas, na prática, eles melhoram a qualidade de vida. Para dentro ou para fora, um gateway regula a desordem. Gateways Digitais Um gateway, em uma rede de comunicações digital, é uma máquina conectada à Internet ou a algum outro grande sistema. O gateway compartilha sua conexão com outros computadores em uma rede local. Ele pode servir como um buffer entre a rede maior e os computadores locais. Ele pode rotear e limitar o tráfego na rede em ambas as direções. Ele pode proporcionar segurança. Um gateway pode também operar com um firewall opcional. A ilustração abaixo mostra o gateway e o firewall de uma rede em funcionamento. Gateways de Correio Eletrônico 4 Alt-N Technologies

5 Gateways de Correio Eletrônico Um gateway de correio eletrônico é semelhante a um gateway que esteja servindo a uma rede. Ele regula e roteia mensagens de correio eletrônico para um ou mais servidores de domínio. Para uso em empresas, ele normalmente se situa junto à Internet em uma rede e coleta mensagens para servidores internos. Para um provedor de serviço, um gateway de correio eletrônico coleta mensagens para vários domínios de clientes. Exceto para usos especiais, o servidor gateway de correio eletrônico não contém contas próprias. Tanto para empresas como para provedores de serviço, o gateway de correio eletrônico simplesmente armazena as mensagens que chegam e depois as encaminha para os servidores de domínio especificados usando uma programação ou quando é consultado. Os Gateways podem trabalhar tanto com servidores de domínio on-line como com servidores de acesso discado. Os gateways de correio eletrônico podem também bloquear mensagens não solicitadas ou mensagens que violem a política da empresa antes que elas alcancem os servidores de domínio. Opcionalmente, um gateway pode unir forças com um firewall para proporcionar segurança adicional para os servidores de correio eletrônico junto ao lado protegido. Os Gateways podem também servir como dispositivos de backup em tempo real caso o servidor primário falhe. A figura abaixo mostra um gateway de correio eletrônico de uma empresa servindo vários servidores de domínios localizados atrás de um firewall. Gateways de Correio Eletrônico 5 Alt-N Technologies

6 A ilustração na próxima página mostra o gateway de um provedor de serviços. A setas entre o gateway de correio eletrônico e a Internet representam mensagens públicas de qualquer fonte. As setas entre o gateway e os servidores de clientes mostram dois servidores de domínio on-line e um servidor de acesso discado para clientes. Gateways de Correio Eletrônico 6 Alt-N Technologies

7 Gateways de Correio Eletrônico 7 Alt-N Technologies

8 Gateways do MDaemon Aplicativos de Gateway do MDaemon O MDaemon vem com um conjunto de opções para configurar, manter e operar gateways de correio eletrônico. Os gateways do MDaemon podem servir a múltiplas aplicações para sistemas de correio eletrônico de empresas e de provedores de serviços. Serviço para Vários Domínios Uma cópia do MDaemon pode servir simultaneamente como gateway para dúzias de domínios de correio eletrônico. As mensagens para cada domínio podem ser enviadas ou acessadas apenas por servidores de domínio autorizados, de maneira que a correspondência é segura. Correspondência procedente do gateway pode ser encaminhada a um hospedeiro ou a um único endereço de correio eletrônico. No primeiro caso, o encaminhamento seria semelhante ao relay convencional entre um remetente e um destinatário de correio eletrônico. O encaminhamento para um endereço de correio eletrônico é geralmente usado para aplicativos DomainPOP, ETRN e ATRN onde o servidor de correio eletrônico do domínio se conecta ao gateway através de uma linha discada. Interface de Segurança O MDaemon é um servidor de correio eletrônico seguro. Quando executado como gateway, pode funcionar como interface segura para servidores de correio eletrônico mais vulneráveis a invasões. Numa aplicação típica, um gateway MDaemon ficaria situado fora do firewall e recolheria mensagens. As mensagens passariam aos servidores de domínio protegido por meio de uma única porta na firewall. Dessa maneira, os servidores de domínio que são mais suscetíveis a ataques, estão protegidos pelo gateway cuja segurança é mais rígida. Interface Contra Vírus e Spam O MDaemon contém ferramentas junto ao servidor para detecção de vírus, spam e violações de diretrizes administrativas. Essas ferramentas proporcionam desempenho ágil. Ao implementar esses controles em nível de gateway, uma empresa ou um provedor de serviço pode reduzir ou eliminar esses problemas para os servidores primários de correio eletrônico. Interface Dial Up de Baixo Custo Às vezes, incorporar a funcionalidade dial-up a um servidor de correio eletrônico empresarial de grande porte custa centenas ou milhares de reais, gastos na aquisição e implantação do hardware e software. A funcionalidade dial-up é padrão no MDaemon. Se o hardware do servidor que hospeda o MDaemon proporciona acesso por modem, o gateway padrão pode tanto receber chamadas de servidores de domínio quanto fazer chamadas para os mesmos. Isso elimina a necessidade de acréscimos (add-ons) ao equipamento. Gateways de Correio Eletrônico 8 Alt-N Technologies

9 Backup em Tempo Real Um gateway MDaemon pode proporcionar backup "dinâmico" para um servidor de domínio primário. Esse backup utiliza registros MX (Mail Exchanger). Ele configura o gateway como destino de correio eletrônico de baixa prioridade. Se o servidor de domínio primário falhar, o gateway recolhe e armazena todas as mensagens até que o servidor volte a funcionar on-line. Configuração Manual A configuração manual visa implementar o gateway como um relay para um ou vários servidores de correio eletrônico de domínio. Cada destino pode conter opções de configuração do cliente. As empresas e provedores de serviço podem configurar um gateway manualmente para cada um de seus clientes, incluindo opções personalizadas. A seção Configuração do Gateway desta publicação proporciona uma visão geral das opções. Configuração Automática Se a finalidade dos gateways é fazer backup de vários servidores de domínio, a configuração automática pode economizar tempo e trabalho. O uso básico dessa função é automaticamente fazer backup da entrega de mensagens para um servidor que falhou sem ter que configurar as opções do gateway manualmente. Configuração do Gateway A configuração do Gateway serve para configuração dos gateways e para definir modelos (padrões) para a criação automática de gateways. Todos os comandos estão disponíveis no menu Gateways. Este menu oferece comandos para criar, editar e excluir gateways. O MDaemon pode processar centenas de gateways. O desempenho depende da configuração do hardware e da quantidade de tráfego na conexão da rede. Configuração Manual do Gateway A configuração manual requer algum conhecimento de processamento de correio eletrônico, mas não o estudo formal e profundo de tecnologia da informação. Isso é consistente com a facilidade de uso do MDaemon para administradores amadores e também para experts. Gateways de Correio Eletrônico 9 Alt-N Technologies

10 Para a criação de um gateway usa-se a janela Editor de Gateway (Gateway Editor). Para se editar um Gateway também se usa a mesma janela. Essa janela contém todas as opções para se configurar um gateway. As opções estão disponíveis em abas para: Configurações de domínio Encaminhamento de correio Opções ATRN Opções ETRN Configuração de contas POP ou IMAP Cotas para controlar o número de mensagens ou o tamanho total de todas as mensagens a serem armazenadas. As abas das configurações do domínio e de encaminhamento de correio são mais comumente usadas para configurar gateways para servidores primários que estejam constantemente online. As abas POP/IMAP, ATRN e ETRN servem para servidores dial up de domínio primário. Configurações de Domínio As configurações de domínio se aplicam a todos os gateways. Gateways de Correio Eletrônico 10 Alt-N Technologies

11 Os itens nessa aba incluem controles para : Inserir o nome do domínio Configurar o diretório de correio para o domínio Extrair e armazenar anexos Definir a programação de entrega Cada gateway deve ser nomeado de acordo com seu domínio. Por exemplo, o gateway para altn.com seria chamado altn.com. Embora isso possa parecer uma política óbvia, ajuda a controlar as configurações, principalmente para máquinas que hospedam múltiplos gateways. O nome do gateway também se torna o nome da pasta que armazena as mensagens de correio eletrônico, mas o administrador pode alterar isso manualmente, se assim o desejar e qualquer que seja o motivo. Em nível de domínio, o gateway pode retirar todos os anexos das mensagens. Isso basicamente é usado para se manter sua compatibilidade com softwares servidores de domínio que não permitam anexos. Embora essa opção possa ser usada para impedir a disseminação de vírus ao eliminar todos os anexos, esse não é o propósito da extração de anexos. A filtragem de vírus, spam e de conteúdo deveria ser efetuada usando as ferramentas do MDaemon projetadas para essas finalidades. Freqüentemente um gateway espera para enviar suas mensagens até ser contatado pelo servidor de domínio primário. Isso é especialmente verdadeiro quando o servidor de domínio primário usa uma conexão dialup. Entretanto, o gateway para um domínio pode ser programado para enviar mensagens no momento em que todo o correio é processado. Encaminhamento de Correio Encaminhamento de correio é o que os gateways fazem. Esta aba informa ao gateway para onde as mensagens devem ser encaminhadas. O gateway pode encaminhar as mensagens para um servidor de correio eletrônico de domínio primário ou para uma conta. Gateways de Correio Eletrônico 11 Alt-N Technologies

12 Os controles servem para: Inserir o nome do servidor de domínio primário. Inserir o nome da conta com a atribuição encaminhar para Inserir um endereço SMTP de Definir o número da porta pela qual deverá enviar as mensagens Determinar se uma cópia de todas as mensagens encaminhadas deverá ser retida O nome do servidor de domínio pode ser um nome de domino como mail.altn.com ou um endereço IP, como O nome da conta que receberá todas as mensagens enviadas para uma conta de correio eletrônico no servidor de domínio primário; isso é mutuamente exclusivo em relação ao nome do servidor de domínio. O endereço SMTP de é apenas para um envelope usado para encaminhamento; ele não altera o endereço de que o destinatário final vê. O número da porta é a porta de software usada para enviar as mensagens. Como padrão, essa porta é a 25, o padrão usado no mercado, mas isso pode ser configurado para outra porta. Quando se configura uma outra porta pode-se proporcionar segurança adicional contra bisbilhoteiros. O servidor de domínio primário receptor deve estar configurado para procurar mensagens na porta definida neste local. A maioria dos servidores de domínio procura as mensagens na porta 25 como padrão. Gateways de Correio Eletrônico 12 Alt-N Technologies

13 ATRN/ERTN/DomainPOP As abas ATRN, ETRN e DomainPOP servem para configurar conexões com servidores de domínio dialup. Todos os três permitem a um servidor dialup receber suas mensagens de um gateway e enviar as mensagens para os destinatários corretos. Um gateway pode usar apenas um desses métodos. Dos três, ATRN é a tecnologia mais recente e ETRN é a mais difundida. Ambos, ATRN e ETRN, são padrões de correio na Internet. O DomainPOP é uma invenção da Alt-N. ATRN e ETRN devem ser ativados no servidor de domínio primário para que esses recursos funcionem. ATRN/AUTH permite que mensagens sejam transferidas entre o MDaemon e um servidor de domínio primário sob demanda. Se o servidor de domínio primário suporta ATRN, esse é o sistema preferido a ser usado. Ele pode substituir o sistema DomainPOP. Ele também supera algumas brechas de segurança em potencial do ETRN. O ATRN não exige configuração sofisticada ou separação de mensagens, como o DomainPOP. É cem por cento confiável. A aba ATRN / AUTH mostra que ATRN é muito simples de configurar. Gateways de Correio Eletrônico 13 Alt-N Technologies

14 Ela contém controles para: Ativar o ATRN Definir o segredo compartilhado (senha) exigida tanto para o gateway como para o servidor de domínio primário Determinar se é necessária autenticação para retirar o correio da fila Determinar se o endereço IP deve ser válido para aceitar a autenticação O ETRN permite que dois hospedeiros SMTP, um cliente e um servidor, troquem mensagens quando for feita a solicitação. Isso é feito normalmente por intermédio de uma conexão discada. Na prática, o servidor de correio eletrônico cliente contata um servidor de correio eletrônico hospedeiro e solicita o envio de mensagens para contas de correio eletrônico no cliente. O ETRN tem algumas brechas de segurança em potencial, mas estas podem ser suplantadas por intermédio do gerenciamento de acesso IP. Gateways de Correio Eletrônico 14 Alt-N Technologies

15 A aba ETRN contém opções para: Ativar o ETRN para o gateway Configurar um servidor de correio eletrônico para receber as mensagens Escolher sempre enviar mensagens para o endereço IP da máquina que as solicita Definir uma porta de comunicação Ativar e desativar conexões por endereço IP As conexões ETRN mais seguras ocorrem quando: O endereço do servidor de domínio primário é especificado. As mensagens não são colocadas na fila para a máquina que faz a solicitação, mas sempre para um endereço especificado. Os comandos ETRN são aceitos somente a partir de uma lista especificada ou faixa de endereços IP. O DomainPOP permite que o MDaemon faça o download de mensagens de uma caixa postal POP remota para redistribuição aos seus usuários. Isso permite a um servidor de domínio primário com tráfego limitado conectar-se periodicamente a um provedor de serviços para coletar correspondência. Isso exige a configuração e a manutenção periódica das regras de separação de correio eletrônico. A janela POP / IMAP permite a configuração de uma conta de correio eletrônico com acesso às mensagens no gateway. Essa é a conta que o DomainPOP utiliza quando solicita mensagens do gateway. Gateways de Correio Eletrônico 15 Alt-N Technologies

16 Gateways de Correio Eletrônico 16 Alt-N Technologies

17 Cotas As cotas estabelecem limites para o número de mensagens ou para a quantidade de espaço que um gateway pode usar em um servidor de gateway. Se o gateway excede os limites, o MDaemon não aceita mais mensagens até que algo seja excluído ou a cota seja aumentada. Isso é útil se um servidor de correio tem espaço limitado em disco ou se um provedor de serviço cobra pelo uso do espaço em disco. A aba Cotas possui caixas de texto para registrar: O número máximo de mensagens A quantidade máxima de espaço em disco O endereço de correio eletrônico para notificar quando as cotas são atingidas O endereço de correio eletrônico de para a notificação Também existem controles para ativar as cotas e as notificações. Gateways de Correio Eletrônico 17 Alt-N Technologies

18 Configuração Automática de Gateways A Configuração Automática de Gateways é projetada para criar um backup dinâmico para um ou vários servidores de domínio primário. O MDaemon pode fazer isso economicamente com um gateway para cada servidor. Um gateway de backup fica ativo somente se o servidor de domínio primário ficar offline por alguma razão. Se o MDaemon estiver proporcionando backup para vários servidores primários, a configuração dos gateways pode levar bastante tempo e portanto, pode sair cara. Para ajudar a resolver esse problema, o MDaemon pode criar automaticamente gateways de backup conforme a necessidade. Para uma operação segura, a criação automática de gateways depende parcialmente de registros MX (Mail Exchanger). Os registros MX contêm informações publicamente disponíveis para determinar o endereço do servidor de correio eletrônico para cada domínio. Todo domínio, como o altn.com, tem um registro MX. Para permitir o backup dinâmico de correio eletrônico, os registros MX podem definir mais de um servidor de correio eletrônico como destino de entrega. Os servidores recebem prioridades, que dizem, efetivamente, Se você não pode entregar as mensagens aqui, tente ali. Eis aqui uma amostra de um registro MX parcial. Os números circulados em vermelho assinalam a prioridade de entrega. Quanto mais baixo o número, mais alta a prioridade. O gateway tem uma prioridade mais baixa. Quando um gateway no MDaemon está listado como destino de baixa prioridade, ele recebe mensagens de correio eletrônico se o servidor primário tornar-se indisponível. O gateway coleta e guarda todas as mensagens que chegam para ele até que possa entregá-las a um servidor de domínio primário. O gateway determina o endereço do servidor primário checando os registros MX para o domínio. A configuração automática começa quando o gateway recebe uma mensagem de um domínio desconhecido. O gateway verifica o registro MX do domínio. Se o registro incluir o endereço do gateway como um de seus servidores de correio eletrônico, o MDaemon automaticamente cria um gateway para o domínio usando um modelo. Como os praticantes de spam podem explorar esse recurso em um gateway de acesso público (adicionando o endereço do gateway ao seu registro MX) a configuração automática inclui uma confirmação manual opcional. Gateways de Correio Eletrônico 18 Alt-N Technologies

19 A janela de Criação Automática de Gateways contém controles para: Ativar a criação automática de gateways Limitar a criação de gateways para domínios remotos Solicitar confirmação antes de ativar um gateway Enviar mensagens de confirmação e definir o tempo máximo para confirmar Configurar o gateway para enviar correspondência para o servidor de correio com a segunda prioridade mais alta Selecionar um modelo a ser usado para a criação automática de gateways Gateways de Correio Eletrônico 19 Alt-N Technologies

Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0

Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0 Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

Administração pela Web Para MDaemon 6.0

Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados. Os nomes de

Leia mais

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N

Leia mais

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Manual de E-Mail - Outlook Express

Manual de E-Mail - Outlook Express Manual de E-Mail - Outlook Express Usando o Catálogo de Endereços: 1. Clique no botão marcado como Correio na barra de ferramentas do Internet Explorer (você também pode acionar diretamente o Internet

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Primeiros Cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Receber, enviar e responder mensagens...3 Anexando arquivos...9 Cuidado com vírus...11 2 Outlook

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais

Guia de Configuração das Funções de Digitalização

Guia de Configuração das Funções de Digitalização Guia de Configuração das Funções de Digitalização WorkCentre M123/M128 WorkCentre Pro 123/128 701P42171_pt-BR 2004. Todos os direitos reservados. A proteção de copyright aqui reclamada inclui todas as

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Seu manual do usuário SONY ERICSSON K550I http://pt.yourpdfguides.com/dref/449983

Seu manual do usuário SONY ERICSSON K550I http://pt.yourpdfguides.com/dref/449983 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para SONY ERICSSON K550I. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC Treinamento Básico do Correio Eletrônico Brasília Março de 2012 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Como acessar

Leia mais

Versões do MDaemon Comparação entre Standard e Pro

Versões do MDaemon Comparação entre Standard e Pro Versões do MDaemon Comparação entre Standard e Pro Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, T 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados.

Leia mais

Revisão 7 Junho de 2007

Revisão 7 Junho de 2007 Revisão 7 Junho de 2007 1/5 CONTEÚDO 1. Introdução 2. Configuração do Computador 3. Reativar a Conexão com a Internet 4. Configuração da Conta de Correio Eletrônico 5. Política Anti-Spam 6. Segurança do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Usando um firewall para ajudar a proteger o computador A conexão à Internet pode representar um perigo para o usuário de computador desatento. Um firewall ajuda a proteger o computador impedindo que usuários

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

SMTP, POP, IMAP, DHCP e SNMP. Professor Leonardo Larback

SMTP, POP, IMAP, DHCP e SNMP. Professor Leonardo Larback SMTP, POP, IMAP, DHCP e SNMP Professor Leonardo Larback Protocolo SMTP O SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) é utilizado no sistema de correio eletrônico da Internet. Utiliza o protocolo TCP na camada

Leia mais

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA

ETEC Campo Limpo AULA 07. 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA AULA 07 1. Interpretando informações do UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA O Utilitário de configuração do sistema, o famoso "msconfig" está disponível nas versões recentes do Windows. Para abrir o

Leia mais

Autenticação de dois fatores no SonicOS

Autenticação de dois fatores no SonicOS Autenticação de dois fatores no SonicOS 1 Observações, cuidados e advertências OBSERVAÇÃO: uma OBSERVAÇÃO indica informações importantes que ajudam a usar seu sistema da melhor forma. CUIDADO: um CUIDADO

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2013.

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2013. Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2013. 1º Passo: Para configurar uma nova conta de e-mail clique em Arquivo 2º Passo: Exibirá essa tela a seguir Clique em Informações Selecione

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E TERMINAL SERVICES) Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E TERMINAL SERVICES) Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E O que é roteamento e acesso remoto? Roteamento Um roteador é um dispositivo que gerencia o fluxo de dados entre segmentos da rede,

Leia mais

Configuração manual.ost Microsoft Office 365

Configuração manual.ost Microsoft Office 365 Configuração manual.ost Microsoft Office 365 Classificação do Documento: Página 1 de 12 ÍNDICE ÍNDICE... 2 CONTROLE DOCUMENTO... 3 OBJETIVO... 4 USUÁRIOS DO DOCUMENTO... 4 INTER-RELACIONAMENTO COM OUTROS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 16:47 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 16:47 Leite Júnior ÍNDICE PROTOCOLOS DE EMAIL...2 ENVIO DE MENSAGEM - SAÍDA...2 SMTP...2 RECEBIMENTO DE MENSAGEM - ENTRADA...2 POP3...2 IMAP4...2 O E-MAIL...2 ENTENDENDO O ENDEREÇO ELETRÔNICO...2 IDENTIDADE...3 CONFIGURANDO

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

Manual de boas práticas Correio Eletrônico

Manual de boas práticas Correio Eletrônico Superintendência de Tecnologia da Informação Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerência Técnica de Suporte e Infraestrutura Manual de boas práticas Correio Eletrônico VERSÃO: 0.2 DATA DE REVISÃO:

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS Antes de configurar o Outlook, é necessário fazer a instalação do certificado de segurança. Veja a seguir como fazer 1 Faça o download do arquivo: https://www.pae.sc.gov.br/down/caciasc.crt

Leia mais

ESET CYBER SECURITY PRO para Mac Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento

ESET CYBER SECURITY PRO para Mac Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento ESET CYBER SECURITY PRO para Mac Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento ESET Cyber Security Pro fornece proteção de última geração para seu

Leia mais

Permite o acesso remoto a um computador;

Permite o acesso remoto a um computador; Telnet Permite o acesso remoto a um computador; Modelo: Cliente/Servidor; O cliente faz um login em um servidor que esteja conectado à rede (ou à Internet); O usuário manipula o servidor como se ele estivesse

Leia mais

Características de Firewalls

Características de Firewalls Firewall Firewall é um sistema de proteção de redes internas contra acessos não autorizados originados de uma rede não confiável (Internet), ao mesmo tempo que permite o acesso controlado da rede interna

Leia mais

Manual do aplicativo Conexão ao telefone

Manual do aplicativo Conexão ao telefone Manual do aplicativo Conexão ao telefone Copyright 2003 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. O logotipo da Palm e HotSync são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo da HotSync e Palm são marcas

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade Este documento tem por objetivo definir a Política de Privacidade da Bricon Security & IT Solutions, para regular a obtenção, o uso e a revelação das informações pessoais dos usuários

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 16

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 16 REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 16 Índice 1. SISTEMA OPERACIONAL DE REDE...3 1.1 O protocolo FTP... 3 1.2 Telnet... 4 1.3 SMTP... 4 1.4 SNMP... 5 2 1. SISTEMA OPERACIONAL DE REDE O sistema

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

MANUAL DO CLIENTE DE CONTAS DE EMAIL

MANUAL DO CLIENTE DE CONTAS DE EMAIL MANUAL DO CLIENTE DE CONTAS DE EMAIL Índice 1 Introdução 2 2 Contas de Emails 2 3 Conceitos do Serviço de Emails 2 4 Acesso Webmail 3 6 Alterar Senha Via Web 9 7 Solução de Problemas 10 ocedimento 11 8

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comissão de Segurança da Informação Núcleo de Governança Corporativa de TIC Setor de Segurança da Informação Revisão: 1.1 Vigência: 12/02/2016 Classificação:

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2010.

Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2010. Como Configurar uma conta de e-mail no Microsoft Outlook 2010. 1º Passo: Para configurar uma nova conta de e-mail clique em Arquivo. 2 Passo: Selecione Informações. 3 Passo: Selecione Adicionar Conta como

Leia mais

SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI

SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI AUTOR: MÁRIO SÉRGIO CINTRA CAMARGO ÍNDICE ACESSANDO O WEBMAIL... 04 TRABALHANDO COM O CORREIO ELETRÔNICO... 09 CONCEITOS BÁSICOS... 09 O VISUAL DO CORREIO ELETRÔNICO... 10 CONHECENDO A JANELA INICIAL DO

Leia mais

O que são DNS, SMTP e SNM

O que são DNS, SMTP e SNM O que são DNS, SMTP e SNM O DNS (Domain Name System) e um esquema de gerenciamento de nomes, hierárquico e distribuído. O DNS define a sintaxe dos nomes usados na Internet, regras para delegação de autoridade

Leia mais

CONDIÇÕES DA HOSPEDAGEM

CONDIÇÕES DA HOSPEDAGEM CONDIÇÕES DA HOSPEDAGEM OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 1.1. As presentes condições tem por objeto a Hospedagem, sem exclusividade, dos Conteúdos de propriedade do CONTRATANTE na revenda NETPCHOST compartilhados

Leia mais

PARA MAC. Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento

PARA MAC. Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento PARA MAC Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento ESET Cyber Security fornece proteção de última geração para seu computador contra código mal-intencionado.

Leia mais

Instruções de operação

Instruções de operação Antes de usar o serviço, leia atentamente este manual e mantenha-o à mão para consultas futuras. Instruções de operação ATÉ A EXTENSÃO MÁXIMA PERMITIDA PELA LEI APLICÁVEL: O FORNECEDOR NÃO SERÁ RESPONSÁVEL

Leia mais

MODEM USB LTE. Manual do Usuário

MODEM USB LTE. Manual do Usuário MODEM USB LTE Manual do Usuário 2 Conteúdo Manual do Usuário... 1 1 Introdução... 3 2 Descrição da Interface do Cliente... 4 3 Conexão... 7 4 SMS... 10 5 Contatos... 14 6 Estatística... 18 7 Configurações...

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Agendar uma tarefa Você deve estar com logon de administrador para executar essas etapas. Se não tiver efetuado logon como administrador, você só poderá alterar as configurações

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles:

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Netz Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Java SE 6, que pode ser instalado através da JDK.

Leia mais

Andarta - Guia de Instalação. Guia de Instalação

Andarta - Guia de Instalação. Guia de Instalação Guia de Instalação 29 de setembro de 2010 1 Sumário Introdução... 3 Os Módulos do Andarta... 4 Instalação por módulo... 6 Módulo Andarta Server... 6 Módulo Reporter... 8 Módulo Agent... 9 Instalação individual...

Leia mais

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA TJ-SC Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULA 1 7 AULAS 2 E 3 PLANILHAS ELETRÔNICAS AULAS 4 E 5 EDITORES DE TEXTO AULA 6 INTERNET AULA 7 SEGURANÇA AULA 8 REVISÃO / EXERCÍCIOS

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

Configurando o Outlook Express - Passo a Passo

Configurando o Outlook Express - Passo a Passo Configurando o Outlook Express - Passo a Passo PASSO 1 Na "Barra de menus" do Outlook Express clique em "Ferramentas", depois em "Contas..." PASSO 2 Na janela "Contas na Internet", clique em "Adicionar",

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Guia Rápido de Instalação Conteúdo Passo 1 Download dos Arquivos de Instalação Passo 2 Tela de Boas Vindas Passo 3 Termos de Licença Passo 4 Local de Instalação Passo 5 Informações de Registro Passo 6

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Seu manual do usuário SONY ERICSSON W890I http://pt.yourpdfguides.com/dref/451969

Seu manual do usuário SONY ERICSSON W890I http://pt.yourpdfguides.com/dref/451969 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para SONY ERICSSON W890I. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 17:48 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 17:48 Leite Júnior ÍNDICE MICROSOFT INTERNET EXPLORER 6 SP2 (IE6 SP2)...2 JANELA PRINCIPAL...2 PARTES DA JANELA...2 OS MENUS DO IE6...3 MENU ARQUIVO...3 MENU EDITAR...3 MENU EXIBIR...3 MENU FAVORITOS...4 MENU FERRAMENTAS...4

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1. Visão geral técnica e dos recursos

BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1. Visão geral técnica e dos recursos BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1 Visão geral técnica e dos recursos SWD-1031491-1025120324-012 Conteúdo 1 Visão geral... 3 2 Recursos... 4 Recursos para gerenciar contas de usuário

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Tutorial para configurar o e-mail do IFSC usando o OUTLOOK EXPRESS

Tutorial para configurar o e-mail do IFSC usando o OUTLOOK EXPRESS Instituto de Física de São Carlos Seção Técnica de Informática Tutorial para configurar o e-mail do IFSC usando o OUTLOOK EXPRESS OBS: Este tutorial foi elaborado usando o Outlook Express, no entanto,

Leia mais

Docas do Pará - Guia de Instalação

Docas do Pará - Guia de Instalação Docas do Pará - Guia de Instalação Procedimento para instalar em um novo porto Primeiro faça a instalação no computador servidor do porto (v. abaixo), depois instale em cada máquina de cadastro/acompanhamento

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Gateway de email emailgtw série 2.7 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia O material contido neste documento é fornecido

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

Configuração do Outlook para o servidor da SET

Configuração do Outlook para o servidor da SET Configuração do Outlook para o servidor da SET Selecione Ferramentas + Contas... no seu Outlook Express. Clique no botão Adicionar + Email, para acrescentar uma nova conta, ou no botão Propriedades para

Leia mais

MODEM USB LTE LU11. Manual do Usuário

MODEM USB LTE LU11. Manual do Usuário MODEM USB LTE LU11 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo Manual do Usuário... 1 1 Introdução... 3 2 Instalação... 4 3 Descrição da Interface do Cliente... 5 3 Conexão... 8 5 Mensagens SMS... 10 6 Contatos...

Leia mais

Administração do Windows Server 2003

Administração do Windows Server 2003 Administração do Windows Server 2003 Visão geral O Centro de Ajuda e Suporte do Windows 2003 Tarefas do administrador Ferramentas administrativas Centro de Ajuda e Suporte do 2003 Usando o recurso de pesquisa

Leia mais

APOSTILA MICROSOFT OUTLOOK 2000

APOSTILA MICROSOFT OUTLOOK 2000 APOSTILA MICROSOFT OUTLOOK 2000 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO II. INICIANDO O OUTLOOK 2000 III. OUTLOOK HOJE IV. ATALHOS DO OUTLOOK V. CONFIGURAR CONTA DE CORREIO ELETRÔNICO VI. RECEBER E-MAIL VII. FILTRAR MENSAGENS

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais