Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0"

Transcrição

1 Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX Tel: (817) Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados. Os nomes de produtos e empresas mencionados neste documento podem ser marcas registradas.

2 Conteúdo Resumo...3 Benefícios do Acesso Público...4 Pastas Particulares e Públicas...4 Usos das Pastas Públicas...5 Grupos de Discussão & Listas de Distribuição...6 Anúncios...6 Caixas de Entrada em Grupo...6 Repositório de Conhecimento...6 Distribuição de Arquivos...6 Comunicação Entre o Depto. de Engenharia e o Depto. de Execução...7 Monitoramento de Filas de Correio Eletrônico...7 Monitoramento de FAXES Sem Condições de Entrega...7 Arrastar e Soltar...7 Marcadores de Status de Mensagens para Pastas Públicas...7 Pastas Públicas no MDaemon...8 Como Configurar e Usar Pastas Públicas...8 Ativação da Criação de Pastas Públicas...8 Criação das Pastas Públicas...9 Configuração dos Usos das Pastas Públicas...11 Pastas Públicas 2 Alt-N Technologies

3 Resumo As pastas públicas de correio eletrônico promovem e facilitam o compartilhamento centralizado de informações. As caixas postais de entrada para grupos de discussão, anúncios e trabalhos em grupo podem ser todas facilitadas por pastas públicas de correio eletrônico. As pastas públicas podem ser abertas para qualquer pessoa que tenha uma conta no servidor de correio onde são mantidas. O acesso pode também ser limitado a grupos menores. Os marcadores do status das mensagens nas pastas públicas podem ser exclusivos para cada usuário ou compartilhados entre todos os membros de um grupo. O administrador de correio eletrônico cria pastas públicas e designa privilégios de acesso. O MDaemon suporta pastas públicas para correio eletrônico. Quando conjugadas com o MDaemon Groupware, as pastas públicas podem também ser usadas para agendamento e compartilhamento direto de documentos no Outlook. O correio eletrônico público é um recurso dos servidores de Protocolo de Acesso a Mensagens da Internet (IMAP). Pastas Públicas 3 Alt-N Technologies

4 Benefícios do Acesso Público O debate público sobre pessoas, lugares, coisas e idéias tem sido encorajado com freqüência pelo menos desde a Grécia antiga, e possivelmente antes disso. A discussão pública de informações é um meio eficaz de melhoria contínua e que trabalha para o bem comum. Nos tempos modernos, a mídia de massa contribui para o processo de entrega de informações ao público e sua respectiva repercussão. Esse método de intercâmbio de idéias também foi adotado pelos desenvolvedores de software na forma de testes beta públicos para seus produtos. Pastas Particulares e Públicas Os servidores de correio IMAP (Protocolo de Acesso a Mensagens da Internet) permitem a implantação tanto de pastas particulares como de pastas públicas de correio eletrônico. O conceito de dois tipos de acesso a pastas também é usado em servidores de arquivos em rede. Pastas Públicas 4 Alt-N Technologies

5 As pastas particulares normalmente permitem acesso apenas a seus proprietários, além de qualquer pessoa que o proprietário escolha autorizar. Em um servidor de arquivos, as pastas particulares podem servir como backups pessoais ou para armazenamento de informações confidenciais. Se a rede for rápida, os usuários podem trabalhar em suas pastas particulares como se fossem drives locais, instalados fisicamente em seus computadores. Para correio eletrônico, uma pasta particular contém mensagens para o titular da conta de correio eletrônico. Pode-se também conceder aos usuários a capacidade de compartilhar suas pastas particulares de correio eletrônico. Em um servidor de arquivos, pastas públicas facilitam o compartilhamento de documentos, aplicativos e dados. O acesso pode ser dado a todas as pessoas que possuam login de rede ou para um pequeno grupo de usuários em rede. Alguns usuários podem ter acesso apenas para leitura, outros podem ter permissão tanto para leitura como para gravação. As pastas públicas de correio eletrônico podem ser abertas também a todas as pessoas que tenham uma conta de correio eletrônico ou apenas para um pequeno grupo de usuários. As pastas públicas permitem que vários usuários acessem mensagens e anexos simultaneamente. O acesso pode ser somente para leitura ou para leitura e gravação. Usos das Pastas Públicas Assim como ocorre com muitos recursos de software, as pastas públicas são utilizadas para finalidades que seus idealizadores talvez jamais tenham considerado. Os administradores de correio eletrônico e usuários são muito criativos e fazem uso pleno das pastas públicas. Algumas aplicações combinam as pastas públicas com outros recursos como a filtragem de conteúdo e o processamento de mensagens com erro. Em parte, os usos das pastas públicas incluem: Grupos de Discussão Anúncios Caixas de Entrada em Grupo Repositório de Conhecimento Distribuição de Drivers de Dispositivos Monitoramento de Filas de Correio Eletrônico Monitoramento de FAXES sem condições de entrega Pastas Públicas 5 Alt-N Technologies

6 Grupos de Discussão & Listas de Distribuição Grupos de Discussão, também conhecidos como listas de distribuição, são reuniões eletrônicas onde as pessoas compartilham informações de interesse comum, usando seu software cliente de correio eletrônico. Alguns grupos giram em torno de tópicos específicos, como a marca, modelo e ano de um carro. Outros são mais genéricos e cobrem culinária, política ou fotografia, por exemplo. Assuntos relacionados aos negócios de uma empresa podem cobrir o desenvolvimento de um único produto. Os usuários inscrevem-se nas listas e participam das discussões. O host servidor pode guardar uma cópia de todas as mensagens em uma pasta pública. Essas pastas são para leitura-gravação, e todo usuário pode postar mensagens na pasta pública. Cada membro do grupo pode ver as mensagens postadas pelos outros membros. Anúncios Algumas listas de distribuição são apenas para leitura, onde o administrador concede privilégios de gravação apenas para alguns poucos usuários. Esses usuários postam anúncios na pasta pública. Os usuários não podem responder aos anúncios, mas caso seja definido na configuração, podem enviar uma resposta pessoal ao autor da mensagem. Caixas de Entrada em Grupo Organizações de atendimento ao cliente muitas vezes usam caixas de entrada em grupo para receber solicitações via correio eletrônico. Cada pessoa do grupo de atendimento ao cliente possui acesso de leitura e gravação à caixa postal de entrada. Dessa maneira, qualquer pessoa do grupo pode responder a cada uma das mensagens de correio eletrônico que chegam. Base de Conhecimento Uma Base de Conhecimento é uma coleção de informações e soluções de problemas organizada de forma hierárquica. Normalmente, a base pode ser pesquisada. Quando as pastas públicas são usadas para esse tipo de finalidade, os filtros de conteúdo podem ser configurados para rotear os tópicos da base de conhecimento para uma estrutura de pastas públicas. A capacidade de pesquisa vem incorporada na maioria dos clientes IMAP de correspondência eletrônica. Pode ser considerada como uma Base de Conhecimento sofisticada e de baixo custo. Distribuição de Arquivos Arquivos, tais como drivers de dispositivos, por exemplo, são anexados a mensagens de apresentação e enviados a pastas públicas para serem acessados pelos usuários. Apesar de que tal tipo de arranjo pode também ser feito por meio de uma rede local, empregados em locais distantes precisariam ter acesso à rede local, e não apenas acesso a correio eletrônico, para obter os arquivos. Pastas Públicas 6 Alt-N Technologies

7 Comunicação Entre o Depto. de Engenharia e o Depto. de Operações O Depto. de Engenharia publica sua documentação de configuração em pastas públicas, de modo semelhante a um repositório de conhecimento. O Depto. de Operações publica suas respostas com comentários, sugestões e correções às informações contidas na pasta pública. Como forma alternativa de resposta, as mensagens eletrônicas podem ir diretamente para o Depto. de Engenharia. Monitoramento de Filas de Correio Eletrônico A configuração para mensagens desconhecidas e sem condições de entrega roteia as mensagens para suas respectivas pastas públicas. Isso permite que o administrador monitore as filas de correio sem que o terminal de correio esteja sendo executado. Isso é útil principalmente para pequenos negócios em que a administração de correio eletrônico é, no máximo, uma responsabilidade secundária de um funcionário. Monitoramento de FAXES Sem Condições de Entrega As regras de roteamento no RelayFAX (http://www.relayfax.com.br) enviam faxes que chegam sem condições de entrega para uma pasta pública. Vários administradores têm acesso às pastas públicas e podem rotear os faxes manualmente para o usuário correto. Arrastar e Soltar Os usuários que possuem acesso de leitura e gravação às pastas públicas podem movimentar (arrastar e soltar) mensagens entre pastas. Marcadores de Status de Mensagens para Pastas Públicas As pastas públicas usam os marcadores padrão de status de mensagens IMAP para comunicar as várias condições de cada mensagem. Em qualquer pasta, cada mensagem pode ter um conjunto compartilhado de marcadores para todos os usuários coletivamente, ou um conjunto de marcadores exclusivo para cada usuário que tem acesso à pasta pública. Os marcadores, e seus significados, são os seguintes: Vista Respondida Marcada Excluída Rascunho Recente A mensagem foi lida. A mensagem foi respondida. A mensagem está marcada para atenção urgente/especial. A mensagem está marcada como excluída para remoção posterior. A mensagem ainda não foi toda redigida (marcada como rascunho). A mensagem chegou recentemente à caixa postal em questão. Pastas Públicas 7 Alt-N Technologies

8 Pastas Públicas no MDaemon As pastas públicas podem servir a várias finalidades para os usuários e administradores do MDaemon. Quando projetadas com cuidado, as pastas públicas podem aprimorar as comunicações dentro de empresas e entre membros de listas de discussão/distribuição. Elas podem ainda facilitar o trabalho de administradores de correio eletrônico profissionais e amadores. Quando combinadas com outras opções de configuração do MDaemon, as pastas públicas tornam-se bastante flexíveis. Como Configurar e Usar Pastas Públicas Existem três passos para se configurar e usar pastas públicas: Ativação da criação de pastas públicas Criação das pastas públicas Configuração dos Usos das Pastas Públicas Ativação da Criação de Pastas Públicas Um administrador de correio eletrônico pode ativar as pastas públicas através da aba Pastas Compartilhadas na janela Pastas IMAP Compartilhadas. Pastas Públicas 8 Alt-N Technologies

9 O comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas mostra esta janela. O processamento de pastas públicas precisa estar ativado antes que os usuários IMAP consigam postar, visualizar e excluir mensagens através desses recursos compartilhados. Como padrão, as pastas públicas ficam desabilitadas. Além de iniciar o processamento de pastas públicas, as opções dessa aba: Determinam se os usuários com acesso de gravação podem definir o marcador Excluir para as mensagens da pasta pública. Quando essa opção está ativa, a exclusão de uma mensagem na pasta pública: > Exclui a mensagem da pasta se a pasta estiver usando um único conjunto compartilhado de marcadores de status de mensagens para todos os usuários. Isso é útil em situações de trabalho em que várias pessoas lêem e processam mensagens enviadas a uma caixa postal comum; > Oculta a mensagem para o usuário que está excluindo a mensagem, se a pasta estiver usando um conjunto de marcadores exclusivo para cada usuário que tem acesso à pasta pública. Outros usuários ainda podem ver a mensagem excluída até que eles mesmos a excluam ; Definem um prefixo de nome para as pastas públicas. Esse prefixo garante que as pastas públicas sejam mantidas juntas na ordenação no cliente de correio eletrônico do usuário. Por exemplo, se o prefixo for --, a pasta pública denominada Documentação aparecerá como --Documentação na lista de caixas postais do usuário. Ativam o compartilhamento de pastas IMAP pessoais com outros usuários IMAP. Isso às vezes é útil tanto para usuários como para administradores. Permite que usuários compartilhem seu conteúdo de correio eletrônico com um pequeno grupo sem a intervenção do administrador, assim que esse recurso é ativado. Criação das Pastas Públicas Depois que a capacidade de compartilhar é ativada, o administrador pode configurar as pastas públicas para vários usos. Existem dois locais no MDaemon em que as pastas públicas podem ser configuradas: Comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas. Lista os comandos no menu Lista. Um administrador pode criar pastas públicas através da aba Pastas Públicas na janela Pastas Compartilhadas IMAP. Pastas Públicas 9 Alt-N Technologies

10 O comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas mostra esta janela. As opções nesta janela permitem: Nomear a pasta, com exceção do prefixo. Determinar se a pasta usa um conjunto coletivo ou vários conjuntos exclusivos de marcadores do status das mensagens. Configurar um endereço de correio eletrônico de entrada como rota para a caixa postal pública. Por exemplo, quando se insere para a pasta pública Urso Negro, todas as mensagens que chegarem serão roteadas para na pasta Urso Negro. Criar e editar uma lista de controle de acesso para a pasta pública. A lista de controle determina quem pode ver a pasta pública e o que a pessoa pode fazer com as mensagens que estão na pasta. O administrador pode definir acesso padrão para todas as pessoas e depois acrescentar exceções por endereço de correio eletrônico. As opções de acesso são: > Pesquisa A pasta aparece no cliente de correio eletrônico do usuário. > Leitura O usuário pode abrir a pasta e ler seus conteúdos. Pastas Públicas 10 Alt-N Technologies

11 > Gravação O usuário pode modificar os marcadores de status das mensagens para status individual ou de grupo. > Inserção O usuário pode arrastar e soltar mensagens dentro dessa pasta. > Criação O Usuário pode criar subpastas. > Exclusão O usuário pode remover mensagens ocultando-as ou excluindo-as. > Marcação de Visto O usuário pode modificar o status de cada mensagem quanto a ter sido ou não aberta. > Administração O usuário pode incluir, modificar e excluir itens na Lista de Controle de Acesso (LCA). > Postagem O usuário pode postar mensagens via correio eletrônico. A configuração de uma lista de discussão/distribuição também proporciona um meio para a criação de uma pasta pública opcional. Quando associada com uma lista, uma pasta pública torna-se o arquivo das mensagens da lista de discussão/distribuição. A janela para configuração de uma pasta pública para uma lista está disponível através dos comandos Lista Nova Lista ou Lista Editar Lista. A aba Pasta Pública dessa janela permite que o Administrador selecione uma pasta pública existente ou crie uma nova. A criação de uma nova pasta exibe a mesma interface disponível através do comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas. Configuração dos Usos das Pastas Públicas Assim que as pastas públicas estejam implantadas, elas poderão ser empregadas para várias finalidades. As breves descrições a seguir apresentam o processo geral para a configuração de: Grupos Repositórios de conhecimento Monitores de filas de correio eletrônico As descrições não incluem todos os detalhes de configuração que podem ser necessários para fazer o ajuste fino da pasta pública. Pastas Públicas 11 Alt-N Technologies

12 Grupos Os grupos podem ser usados para discussões, anúncios e caixas de entrada, e mais centenas de outras coisas que nem mesmo foram concebidas ainda. 1. A configuração de um grupo começa pelo uso do comando Nova Lista no menu Lista para exibir a janela do Editor de Listas de Discussão/Distribuição. 2. Insira um nome na caixa de texto Nome e um endereço em Responder Para. 3. Opcionalmente, selecione a aba Membros e inclua usuários que receberão mensagens em suas caixas de correio pessoais. Sem isso, as mensagens irão apenas para a pasta pública. Os grupos de discussão possuem membros. Os grupos para anúncios e caixas de entrada não possuem membros, ou seja, as mensagens não vão para caixas postais pessoais. Pastas Públicas 12 Alt-N Technologies

13 4. Selecione a aba Pasta Pública e marque a caixa de seleção Copiar mensagens da lista para uma pasta pública. Pastas Públicas 13 Alt-N Technologies

14 5. Use o botão de comando Novo para exibir a janela Pasta Pública. 6. Insira um nome para a lista. Opcionalmente, use o botão de comando Editar a lista de controle de acesso para limitar quem pode ver, incluir, alterar e excluir as mensagens. Pastas Públicas 14 Alt-N Technologies

15 7. Use o botão de comando Criar, e depois o botão de comando OK para voltar à janela do Editor de Listas de Discussão/Distribuição. 8. Selecione o nome da pasta pública que você acaba de criar. 9. Use o botão de comando OK para completar a lista e sair. Base de Conhecimento Uma Base de Conhecimento pode consistir de pastas públicas contendo subpastas para mensagens de suporte ao cliente e para suporte técnico. As mensagens incluem documentação que trata resumidamente de recursos, configurações e procedimentos para a resolução de problemas. As mensagens podem ser roteadas para subpastas por meio de endereços de correio eletrônico a elas relacionados, ou então manualmente. Os usuários podem pesquisar a BC usando seus clientes IMAP de correio eletrônico. 1. A configuração de uma Base de Conhecimento começa pelo uso do comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas para criar uma pasta pública para o repositório de conhecimento. Este procedimento exibirá a janela Pastas IMAP Compartilhadas. Pastas Públicas 15 Alt-N Technologies

16 2. Marque a caixa de seleção Ativar pastas públicas na aba Pastas Compartilhadas, se ainda não estiver ativada, e selecione a aba Pastas Públicas. 3. Insira RepositóriodeConhecimento ou algum nome semelhante na caixa de texto Nome da Pasta e acione o botão de comando Criar. 4. Selecione RepositóriodeConhecimento (ou o nome que você usou) na lista de pastas IMAP e acione o botão de comando Editar a lista de controle de acesso para exibir uma janela de configuração de direitos de acesso. Pastas Públicas 16 Alt-N Technologies

17 5. Selecione Direitos padrão (qualquer pessoa) na lista de Direitos de acesso e marque apenas Pesquisa, Leitura e Definir Marcador de Visto nas caixas de seleção de Direitos de acesso. Use o botão de comando Substituir para atualizar os direitos padrão. 6. Escolha, na lista expansível Endereços de correio eletrônico, o endereço de correio eletrônico de alguém que possa atualizar o repositório de conhecimento. Selecione todas as caixas de seleção de Direitos de acesso. Use o botão de comando Incluir para colocar o endereço de correio eletrônico na lista de Direitos de acesso. Repita esse procedimento para outras pessoas com acesso de atualização, e depois acione o botão de comando OK. Pastas Públicas 17 Alt-N Technologies

18 7. Pode-se adicionar subpastas por meio do comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas1 ou elas podem ser adicionadas por usuários com direitos plenos de acesso usando um cliente de correio eletrônico. As mensagens podem ser roteadas para as pastas manualmente, configurando-se uma conta de correio eletrônico2 para cada pasta, ou por meio de filtros de conteúdo com base no conteúdo dos cabeçalhos de e para das mensagens, por exemplo. 1 Para inserir uma subpasta, digite o nome da pasta pública seguido pelos caracteres delimitadores de hierarquia especificados na aba Pastas Compartilhadas, seguidos pelo nome da subpasta. Por exemplo, RepositorioDeConhecimento/Rede cria a subpasta Rede na Pasta Pública RepositorioDeConhecimento. No exemplo, o caractere barra / é o delimitador de hierarquia. 2 Use a lista expansível de endereços de Inscrição para selecionar a inscrição. Pastas Públicas 18 Alt-N Technologies

19 Monitoramento de Filas de Correio Eletrônico Como padrão, o MDaemon mantém suas filas em subpastas da pasta \MDaemon. Por exemplo, mensagens com erro são roteadas para a pasta \MDaemon\Badmsgs\. Essas mensagens poderiam, com a mesma facilidade, ser mantidas em pastas públicas acessíveis ao administrador do sistema. Dessa forma, o administrador poderia monitorar as mensagens com erro, por exemplo, a partir de um cliente de correio eletrônico, em vez do terminal do MDaemon. 1. A configuração de um monitor de filas de mensagens de correio eletrônico envolve o uso do comando Configurar Pastas IMAP Compartilhadas para criar uma pasta pública, neste exemplo intitulada MensagensComErro. 2. Depois de criar a pasta pública, configure a Lista de Controle de Acesso como nenhum direito de acesso para Direitos padrão (qualquer pessoa), e como todos os direitos de acesso para os usuários que monitoram a fila. Pastas Públicas 19 Alt-N Technologies

20 3. Depois, use a aba Diretórios do comando Configurar Domínio Primário para definir o diretório de filas como a pasta pública que acaba de ser criada. 4. Os usuários autorizados podem agora monitorar a fila usando qualquer cliente de correio eletrônico IMAP executado em qualquer sistema operacional. Pastas Públicas 20 Alt-N Technologies

Administração pela Web Para MDaemon 6.0

Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados. Os nomes de

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR Novell Teaming - Guia de início rápido Novell Teaming 1.0 Julho de 2007 INTRODUÇÃO RÁPIDA www.novell.com Novell Teaming O termo Novell Teaming neste documento se aplica a todas as versões do Novell Teaming,

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC Treinamento Básico do Correio Eletrônico Brasília Março de 2012 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Como acessar

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Usar o Office 365 no iphone ou ipad

Usar o Office 365 no iphone ou ipad Usar o Office 365 no iphone ou ipad Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu iphone ou ipad para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde quer

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2 Manual de Utilização COPAMAIL Zimbra Versão 8.0.2 Sumário ACESSANDO O EMAIL... 1 ESCREVENDO MENSAGENS E ANEXANDO ARQUIVOS... 1 ADICIONANDO CONTATOS... 4 ADICIONANDO GRUPOS DE CONTATOS... 6 ADICIONANDO

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Gateways de Correio Eletrônico Usando o MDaemon 6.0

Gateways de Correio Eletrônico Usando o MDaemon 6.0 Gateways de Correio Eletrônico Usando o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados.

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01 EDITORA FERREIRA MP/RJ NCE EXERCÍCIOS 01 GABARITO COMENTADO 01 Ao se arrastar um arquivo da pasta C:\DADOS para a pasta D:\TEXTOS utilizando se o botão esquerdo do mouse no Windows Explorer: (A) o arquivo

Leia mais

Usar o Office 365 em seu telefone Android

Usar o Office 365 em seu telefone Android Usar o Office 365 em seu telefone Android Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu telefone Android para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

Manual de boas práticas Correio Eletrônico

Manual de boas práticas Correio Eletrônico Superintendência de Tecnologia da Informação Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerência Técnica de Suporte e Infraestrutura Manual de boas práticas Correio Eletrônico VERSÃO: 0.2 DATA DE REVISÃO:

Leia mais

Guia de Uso. O Pro-Treino tem uma divisão clara de funções, apresentada a seguir: E três tipos de usuários que executam as funções descritas acima:

Guia de Uso. O Pro-Treino tem uma divisão clara de funções, apresentada a seguir: E três tipos de usuários que executam as funções descritas acima: Sumário 1. Introdução... 2 2. Conceitos básicos... 2 2.1. Fluxo do sistema... 3 2.2. Acesso ao sistema... 4 2.2.1. Login... 4 2.2.2. Logoff... 4 2.2.3. Esqueci minha senha... 5 2.3. Conhecendo o Sistema...

Leia mais

WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente

WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente www.plugin.com.br 1 ÍNDICE Prefácio...3 Sobre Este Manual... 3

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil...

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil... Sumário INTRODUÇÃO... 3 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4 2. Ferramentas e Configurações... 5 2.1 Ver Perfil... 5 2.2 Modificar Perfil... 6 2.3 Alterar Senha... 11 2.4 Mensagens... 11 2.4.1 Mandando

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

Tutorial: Webmail. Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015. Versão 01

Tutorial: Webmail. Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015. Versão 01 Tutorial: Webmail Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015 Versão 01 Conteúdo Tutorial: Webmail 2015 Descrição... 2 Possíveis problemas... 5 Criando Regras de Mensagens (Filtros Automáticos)... 11 A partir

Leia mais

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP O cliente de e-mail web utilizado pela UFJF é um projeto OpenSource que não é desenvolvido pela universidade. Por isso, pode ocorrer que alguns

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO

UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO www.origy.com.br UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO CARACTERÍSTICAS: E-MAIL IMAP * Acesso simultâneo e centralizado, via aplicativo, webmail e celular/smartphone * Alta capacidade de armazenamento

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Manual das funcionalidades Webmail AASP

Manual das funcionalidades Webmail AASP Manual das funcionalidades Webmail AASP 1. Configurações iniciais 2. Regras 3. Histórico da conta 4. Autorresposta 5. Dados de acesso (alterando senha de acesso) 6. Identidade (assinatura) 7. Redirecionamento

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO Serviços de impressão Os serviços de impressão permitem compartilhar impressoras em uma rede, bem como centralizar as tarefas de gerenciamento

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Conteúdo

Manual de Gerenciamento de Conteúdo Manual de Gerenciamento de Conteúdo 1 Sumário 1) O que é um Gerenciador de Conteúdo...3 2) Como o Site está Estruturado...3 3) Como Gerenciar o Conteúdo do Site...5 3.1) Adicionar Itens no Menu de Navegação...6

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS COTAS DE DISCO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS COTAS DE DISCO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS Trabalhando com cotas Usando o Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos para criar uma cota em um volume ou uma pasta, você pode limitar o espaço em disco

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA 18 PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA AS QUESTÕES DE 41 A 60 CONSIDERAM O ESQUEMA PADRÃO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT WINDOWS ME E DAS FERRAMENTAS MICROSOFT WINDOWS EXPLORER, MICRO-

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Expresso Livre Correio Eletrônico

Expresso Livre Correio Eletrônico Expresso Livre Correio Eletrônico 1. EXPRESSO LIVRE Para fazer uso desta ferramenta de correio eletrônico acesse seu Navegador de Internet e digite o endereço eletrônico expresso.am.gov.br. Figura 1 A

Leia mais

"Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014

Manual de Acesso ao Moodle - Discente 2014 "Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014 Para acessar a plataforma, acesse: http://www.fem.com.br/moodle. A página inicial da plataforma é a que segue abaixo: Para fazer o login, clique no link Acesso

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Tutorial Plone 4 Manutenção de Sites Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Sumário Introdução 1 Como fazer a autenticação do usuário 1.1 Através do

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

Manual de migração do e-mail Live@edu. Versão <01.00> Associacao Paranaense de Cultura

Manual de migração do e-mail Live@edu. Versão <01.00> Associacao Paranaense de Cultura Manual de migração do e-mail Live@edu Versão Associacao Paranaense de Cultura Histórico da Revisão 03/09/2010 01.00 Versão piloto Carlos Costa Cedro Confidencial Associacao Paranaense de Cultura,

Leia mais

TUTORIAL PARA ATUALIZAÇÃO DO PORTAL DO TJRN

TUTORIAL PARA ATUALIZAÇÃO DO PORTAL DO TJRN Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte TUTORIAL PARA ATUALIZAÇÃO DO PORTAL DO TJRN Agosto/2012 Versão 1.0 1. ACESSANDO O PORTAL Acesse o site do TJ no endereço www.tjrn.jus.br Observação: utilize

Leia mais

1.1) Acesse o site da faculdade: http://www.unirio.br/cch/filosofia. Esse é o mesmo endereço que um visitante usaria para navegar normalmente no site.

1.1) Acesse o site da faculdade: http://www.unirio.br/cch/filosofia. Esse é o mesmo endereço que um visitante usaria para navegar normalmente no site. 1) ACESSO AO SITE NO MODO EDIÇÃO 1.1) Acesse o site da faculdade: http://www.unirio.br/cch/filosofia. Esse é o mesmo endereço que um visitante usaria para navegar normalmente no site. 1.2) No canto superior

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Gerência de Informática Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Versão 1.1 Novembro de 2015 Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Índice 1 Acesso ao Sistema...3 2 Adicionar

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos Novell Teaming 2.0 29 de julho de 2009 Novell Início Rápido Quando você começa a usar o Novell Teaming, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Operação local em caso de falha na rede

Operação local em caso de falha na rede Agosto/2012 Operação local em caso de falha na rede Caros usuários, Este mês trataremos de um recurso bastante útil e de extrema importância para o uso contínuo do DataLyzer Spectrum. Sem dúvida é um diferencial

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO Criação de Conta de Usuário...03 Edição da Conta de Usuário...10 Download do Backup Online Embratel...10 Descrição dos Conjuntos de Cópia de Segurança...19

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA 2.1 Desfragmentador de Disco (DFRG.MSC): Examina unidades de disco para efetuar a desfragmentação. Quando uma unidade está fragmentada, arquivos grandes

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Professor Carlos Muniz Atualizar um driver de hardware que não está funcionando adequadamente Caso tenha um dispositivo de hardware que não esteja funcionando corretamente

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Use o Google Drive para armazenar e acessar arquivos, pastas e documentos do Google Docs onde quer que você esteja. Quando você altera um arquivo na web, no

Leia mais

VERSÃO 5.1/5.2 GUIA DE INFORMAÇÕES INICIAIS PARA WINDOWS 16 BITS

VERSÃO 5.1/5.2 GUIA DE INFORMAÇÕES INICIAIS PARA WINDOWS 16 BITS VERSÃO 5.1/5.2 GUIA DE INFORMAÇÕES INICIAIS PARA WINDOWS 16 BITS TM GROUPWISE 5.2 - GUIA DE INFORMAÇÕES INICIAIS O GroupWise é um software projetado para atender a todas as suas necessidades nas áreas

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010.

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Manual do Usuário Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução deste documento,

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Sede das Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 EUA http://www.cisco.com Tel.: +1 408 526-4000

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS Antes de configurar o Outlook, é necessário fazer a instalação do certificado de segurança. Veja a seguir como fazer 1 Faça o download do arquivo: https://www.pae.sc.gov.br/down/caciasc.crt

Leia mais

Suponha que uma pasta esteja sendo exibida pelo Windows Explorer e os seguintes arquivos são exibidos:

Suponha que uma pasta esteja sendo exibida pelo Windows Explorer e os seguintes arquivos são exibidos: 14 PROVA DE CONHECIMENTOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA CÓD. 05 QUESTÃO 31: Suponha que uma pasta esteja sendo exibida pelo Windows Explorer e os seguintes arquivos são exibidos: Aqui existem um arquivo do tipo

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

Manual do BlueChat 2.0 Palm

Manual do BlueChat 2.0 Palm Manual do BlueChat 2.0 Palm Copyright 2002 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. Graffiti, HotSync e Palm OS são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo do HotSync, Palm e o logotipo da Palm são

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

Manual - Gemelo Backup Online WEB

Manual - Gemelo Backup Online WEB Manual - Gemelo Backup Online WEB É um disco virtual que permite acessar seus dados de qualquer lugar através da Internet. Acesso A Gemelo Storage Solutions e enviará um e-mail confirmando que você é usuário

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

Como criar um formulário de pesquisa usando o Google Drive

Como criar um formulário de pesquisa usando o Google Drive 25/09/2013 07h25 - Atualizado em 25/09/2013 07h43 Como criar um formulário de pesquisa usando o Google Drive por EDIVALDO BRITO Para o TechTudo 1 comentário Se você precisa fazer alguma pesquisa de um

Leia mais

Permissão de Usuários

Permissão de Usuários Permissão de Usuários 1 Conteúdo 1. Propósito 3 2. Permissão de Usuários PrefGest 4 3. Permissão de Usuário para PrefCad 10 2 1. Propósito Este documento destina-se a explicar a ação para liberar permissões

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11 INFORMÁTICA AULA 11 INTERNET (CONTINUAÇÃO) Outlook EXPRESS A janela principal do Outlook Express pode ser divida basicamente em: Área de Comando (superior) - Contém a barra de botões e a barra de menus.

Leia mais

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO CLIENTE DE E-MAIL: MICROSOFT OUTLOOK 2003

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO CLIENTE DE E-MAIL: MICROSOFT OUTLOOK 2003 Universidade do Contestado UnC Campus Mafra/Rio Negrinho/Papanduva MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO CLIENTE DE E-MAIL: MICROSOFT OUTLOOK 2003 SUMÁRIO ENTENDENDO SUA TELA PRINCIPAL...3 Descrição da divisão da

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Manual Tim Protect Backup. Manual do Usuário. Versão 1.0.2. Copyright Tim 2013. http://tim.com.br

Manual Tim Protect Backup. Manual do Usuário. Versão 1.0.2. Copyright Tim 2013. http://tim.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.2 Copyright Tim 2013 http://tim.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Tim Protect Backup...Erro! Indicador não definido. 3 Instalação do Tim Protect Backup... 4 4 Configurações...

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.4 3725-03261-003 Rev.A Dezembro de 2014 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdo durante uma conferência

Leia mais