LISBON ARRHYTHMIA MEETING, 2009 Hotel Mirage, Cascais, 20 e 21 de Fevereiro de 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISBON ARRHYTHMIA MEETING, 2009 Hotel Mirage, Cascais, 20 e 21 de Fevereiro de 2009"

Transcrição

1 Programa Preliminar LISBON ARRHYTHMIA MEETING, 2009 Hotel Mirage, Cascais, 20 e 21 de Fevereiro de ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA 1 6ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA Introdução à Reunião Mesa Redonda: 10 anos da APAPE: Lições do passado para perspectivar o futuro Da Associação Portuguesa de Pacing à APAPE: contributos para o desenvolvimento do pacing em Portugal O Grupo de Estudos de Electrocardiologia da SPC e o desenvolvimento da arritmologia clínica em Portugal Nascimento e desenvolvimento da electrofisiologia cardíaca em Portugal A APAPE: para onde vamos? Mesa Redonda: Protocolos de Enfermagem em Arritmologia Na cardioversão externa Na implantação de um dispositivo Na ablação por cateter Monitorização após procedimento invasivo Conferência: A Competência de Arritmologia em Enfermagem Intervalo Intervalo 1

2 6ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA 1 6ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA 2 Mesa Redonda: Questões em aberto na terapêutica de Ressincronização Cardíaca Será possível prever o (bom) resultado em doentes propostos para CRT? A integração de sensores hemodinâmicos no pacing biventricular será útil? Vale a pena manter a função de desfibrilhação em doentes que normalizam a função com a terapêutica de ressincronização? Optimização da programação de CRT: como e quando? Mesa Redonda: Desporto e arritmias Almoço Almoço Simpósio Luso Brasileiro: Síncope: um sintoma, uma doença ou um factor de risco? Síncope vasovagal: abordagem diagnóstica e terapêutica A síncope como estratificador de risco na cardiopatia estrutural A síncope nas doenças cardíacas hereditárias A Unidade de Síncope ECG: o normal e o patológico Estratificação do risco em desportistas: que protocolo(s)? Disritmias e (des)qualificação para o desporto O doente com CDI que quer fazer exercício físico Mesa Redonda: Como fazer na prática? Em que doentes arritmológicos deve ser pedida avaliação genética? Resolução de dificuldades na colocação de eléctrodo no seio coronário O manejo do doente com choques múltiplos do CDI Desactivação de dispositivos implantados: limites e implicações ético legais Como implementar a monitorização a distância de dispositivos 2

3 Intervalo Intervalo ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA 1 6ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA Controvérsia I: Deve ser efectuado teste de desfibrilhação na implantação de CDIs Controvérsia II: A extrassistolia ventricular frequente, complexa, sem cardiopatia aparente, deve ser tratada Conferência Bate Bate Coração: a iniciativa 3

4 SÁBADO 21 de Fevereiro Sala Mesa Redonda: Fibrilhação auricular FA paroxística: em que fase da progressão da doença deve ser efectuada a ablação? FA permanente: que estratégias para ablação do substracto Ablação robótica de FA: promessas e realidades Pró arritmia da ablação de FA: como prevenir e como tratar SÁBADO 21 de Fevereiro Sala Mesa Redonda de Técnicos Cardiopneumologistas: Os novos métodos de diagnóstico não invasivos em arritmologia substituem ou complementam os clássicos? O que valem as opções clássicas como primeira linha no estudo de arritmias Monitorização electrocardiográfica ambulatória: a utilidade depende da duração? Alternância da onda T e Bioimpedância: que informação e para que doentes É o teste de tilt útil? Intervalo e Discussão Posters Intervalo e Discussão Posters Conferência I: Balloon Mesa Redonda: Identificação do cryoablation of atrial fibrillation: promises risco e o que fazer and results Conferência II: Ablação de taquicardia ventricular: sucessos e limites Na Síndrome de QT Longo Na Síndrome de Brugada Na Miocardiopatia hipertrófica Na Displasia Arritmogénica do Ventrículo Direito 5

5 Almoço Almoço SÁBADO 21 de Fevereiro Sala Casos Clínicos: Decisões terapêuticas controversas Caso 1 Síndrome genético Caso 2 Tempestade arrítmica Caso 3 Ressincronização cardíaca Caso 4 Ablação Intervalo Mesa Redonda: As Melhores Comunicações Científicas SÁBADO 21 de Fevereiro Sala : Mesa Redonda: Utopias, sofisticações e realidades do pacing Que modos de pacing e que programação após o estudo DAVID? Sistemas de captura automática: vantagens, limitações e precauções Selecção do pacemaker baseado no tipo de sensor: alguma utilidade prática? Sofisticação versus longevidade: qual a realidade? CO de Pacing / Desfibrilhadores CO de Electrofisiogia / Ablação CO de Arritmologia Clínica Registos da APAPE de 2008 Registo de Pacing Registo de Electrofisiologia Entrega de Prémios e Encerramento 6

6 Comissão Científica: Carlos Morais Daniel Bonhorst Diogo Cavaco Francisco Madeira Helena Bernardes João de Sousa Luís Brandão Manuel Nogueira da Silva Maria José Correia Pedro Adragão Sofia Santos Secretariado: APAPE SPC, Campo Grande, 28, 13º , Lisboa Tel: ; Fax: Prazo limite de envio de resumos: 31 de Dezembro de

REDE D Or de Hospitais Instituto D Or de Pesquisa e Ensino

REDE D Or de Hospitais Instituto D Or de Pesquisa e Ensino REDE D Or de Hospitais Instituto D Or de Pesquisa e Ensino Serviço de Arritmia, Eletrofisiologia e Estimulação Cardíaca Artificial CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ARRITMIA CLÍNICA E MÉTODOS DIAGNÓSTICOS NÃO

Leia mais

Programa. Sexta-Feira, dia 19/11/2010 - Sala 1

Programa. Sexta-Feira, dia 19/11/2010 - Sala 1 Reunião Conjunta da Sociedade Portuguesa de Cardiologia e Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos O Coração no Doente Crítico Hotel dos Templários, Tomar 19 e 20 de Novembro de 2010 Programa 14:00

Leia mais

cardiologia do centro

cardiologia do centro jornadas de cardiologia do centro 22.. 24 OUTUBRO HOTEL VILLA BATALHA PROGRAMA ORGANIZAÇÃO AGÊNCIA OFICIAL ACMCC Associação de Cardiologia Médico-Cirúrgica do Centro Miraflores Office Center Avenida das

Leia mais

Miocardiopatia Hipertrófica: Casuística da ULS da Guarda. Anexo 1: Tabela 1- Distribuição da população de doentes identificada com o

Miocardiopatia Hipertrófica: Casuística da ULS da Guarda. Anexo 1: Tabela 1- Distribuição da população de doentes identificada com o ANEXOS INDÍCE DE ANEXOS ANEXOS Anexo 1: Tabela 1- Distribuição da população de doentes identificada com o código diagnóstico do ICD-9...pág.3 Anexo 2: Questionário aplicado aos doentes com MCH..pág.3 Anexo

Leia mais

Presidente do XXXI. É com imensa satisfação que vemos a rápida aproximação do maior evento anual da arritmia brasileira. O tempo voa!

Presidente do XXXI. É com imensa satisfação que vemos a rápida aproximação do maior evento anual da arritmia brasileira. O tempo voa! 2 MENSAGEM Dr. Eduardo Benchimol Saad Presidente do XXXI Congresso Brasileiro de Arritmias Cardíacas Prezados Colegas, É com imensa satisfação que vemos a rápida aproximação do maior evento anual da arritmia

Leia mais

I CURSO INTERNACIONAL DE ARRITMIAS BIOCOR INSTITUTO:

I CURSO INTERNACIONAL DE ARRITMIAS BIOCOR INSTITUTO: I CURSO INTERNACIONAL DE ARRITMIAS BIOCOR INSTITUTO: Realidade e Tendencias Rua da Paisagem, bairro Vila da Serra, Nova Lima, 5 e 6 de novembro de 2010 DIRETOR DO CURSO DR EDUARDO BACK STERNICK BIOCOR

Leia mais

Nº.11. Dr. Carlos Morais [CARDIOLOGISTA] REVISÃO CIENTÍFICA: fundação portuguesa de cardiologia COLABORAÇÃO E APOIO: AMIGOS do Coração

Nº.11. Dr. Carlos Morais [CARDIOLOGISTA] REVISÃO CIENTÍFICA: fundação portuguesa de cardiologia COLABORAÇÃO E APOIO: AMIGOS do Coração TUDO O QUE DEVE SABER SOBRE MAIO 2009 fundação portuguesa de cardiologia ARRITMIAS Uma arritmia é um problema relacionado com o ritmo dos batimentos cardíacos. Se o ritmo cardíaco for demasiado lento (inferior

Leia mais

:: Taquicardia ventricular catecolaminérgica

:: Taquicardia ventricular catecolaminérgica :: Taquicardia ventricular catecolaminérgica Formas específicas: Síndrome de Andersen (forma específica da síndrome de QT longo congénito com taquicardia ventricular bidireccional) Definição: A taquicardia

Leia mais

Insuficiência Cardíaca Aguda e Síndrome Coronária Aguda. Dois Espectros da Mesma Doença

Insuficiência Cardíaca Aguda e Síndrome Coronária Aguda. Dois Espectros da Mesma Doença Insuficiência Cardíaca Aguda e Síndrome Coronária Aguda Dois Espectros da Mesma Doença Carlos Aguiar Reunião Conjunta dos Grupos de Estudo de Insuficiência Cardíaca e Cuidados Intensivos Cardíacos Lisboa,

Leia mais

INTERVALO E VISITA À EXPOSIÇÃO PARALELA - TEMA LIVRE PÔSTER GRUPO I

INTERVALO E VISITA À EXPOSIÇÃO PARALELA - TEMA LIVRE PÔSTER GRUPO I XXII CONGRESSO NACIONAL DO DEPARTAMENTO DE ERGOMETRIA, EXERCÍCIO, REABILITAÇÃO CARDIOVASCULAR, CARDIOLOGIA NUCLEAR E CARDIOLOGIA DO ESPORTE. PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA QUINTA-FEIRA 29 DE OUTUBRO DE 2015 07:30H

Leia mais

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Coordenação Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Prof. Dr. Augusto Scalabrini Neto Professor Associado pela Faculdade

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÕES NO CBAC2015

NORMAS PARA APRESENTAÇÕES NO CBAC2015 NORMAS PARA APRESENTAÇÕES NO CBAC2015 Colóquio Regra básica = discussão de um tema definido pela Comissão Científica, com intervenções dirigidas, conforme acordo previamente estabelecido com o coordenador,

Leia mais

Newsletter TDT n º 2 3, M a i o d e 2 0 1 5

Newsletter TDT n º 2 3, M a i o d e 2 0 1 5 Newsletter TDT n º 23, Maio de 2015 Nota introdutória A propósito do mês do coração, faz-nos sentido revisitar a actividade desenvolvida pelos cardiopneumologistas, nomeadamente, na prestação de cuidados

Leia mais

Congresso de Pneumologia do Norte

Congresso de Pneumologia do Norte Congresso de Pneumologia do Norte Sheraton Porto Hotel PORTO, 2 a 4 de Março de 2011 Segundo Anúncio Patrocínio Científico: COMISSÃO ORGANIZADORA Presidente Bárbara Parente Secretária Geral Anabela Marinho

Leia mais

Miniaturização no Pacing permanente

Miniaturização no Pacing permanente Miniaturização no Pacing permanente Para onde vamos? Dr. Luis Alves Carpinteiro CHLN / HSM Miniaturização no pacing permanente A miniaturização de sistemas implantáveis para terapia de ritmo cardíaco designa

Leia mais

V C O N G R E S S O I N T E R N A C I O N A L

V C O N G R E S S O I N T E R N A C I O N A L PROGRAMA PROVISÓRIO V C O N G R E S S O I N T E R N A C I O N A L IMPLANTE COCLEAR 30 anos de História COIMBRA 11 13 DEZ. 2015 Hotel Vila Galé Coimbra CONVIDADOS INTERNACIONAIS Ad Snik Holanda Agustin

Leia mais

5º Congresso Nacional da AMACC. Celeste Nascimento Centro Hospitalar Tondela-Viseu

5º Congresso Nacional da AMACC. Celeste Nascimento Centro Hospitalar Tondela-Viseu 5º Congresso Nacional da AMACC Celeste Nascimento Centro Hospitalar Tondela-Viseu Pacemakers: Tipos e Codificação O Pacemaker é um dispositivo com vários componentes: Gerador/ Sistema programável Eletrocateteres

Leia mais

Como abordar doentes com intervalo PR prolongado e necessidade de pacemaker?

Como abordar doentes com intervalo PR prolongado e necessidade de pacemaker? XXXIV Congresso Português de Cardiologia PACING Como abordar doentes com intervalo PR prolongado e necessidade de pacemaker? Hipólito Reis UNIDADE DE ARRITMOLOGIA PACING E ELECTROFISIOLOGIA VILAMOURA,

Leia mais

Conclusões da Conferência Anual do INFARMED, I.P. 2009

Conclusões da Conferência Anual do INFARMED, I.P. 2009 Conclusões da Conferência Anual do INFARMED, I.P. 2009 Conferência de abertura Medicina Genómica: Impacto na Eficácia e Segurança dos Medicamentos O cada vez mais reduzido número de novos medicamentos

Leia mais

O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS

O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS O PAPEL DA ENFERMAGEM NA REABILITAÇÃO CARDIACA RAQUEL BOLAS Ericeira, 11 de Fevereiro 2011 DEFINIÇÃO De acordo com a OMS (2003), a Reabilitação Cardíaca é um conjunto De acordo com a OMS (2003), a Reabilitação

Leia mais

VII CURSO O INTERNISTA E A URGÊNCIA

VII CURSO O INTERNISTA E A URGÊNCIA VII CURSO O INTERNISTA E A URGÊNCIA O Núcleo de Estudos de Urgência e do Doente Agudo (NEUrgMI) da Sociedade Portuguesa da Medicina Interna (SPMI) dedica- se ao estudo da patologia emergente, urgente e

Leia mais

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR PROCAPE / - CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA ANO: 0 HORÁRIO: 07:30 HS. ( em ponto) COORNADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR 07.0 ª A ANAMNESE EM CARDIOLOGIA SINTOMAS Dr.Luiz

Leia mais

SOBRE ECG EM 10 MINUTOS

SOBRE ECG EM 10 MINUTOS TUDO O QUE SEMPRE QUIS SABER SOBRE ECG EM 10 MINUTOS Luis Lima Lobo (MV, PhD) Hospital Veterinário do Porto FMV-ULHT Congresso OMV 2013 O electrocardiográfo O sistema de condução O sistema de condução

Leia mais

Estimulação Cardíaca Artificial Marcapasso. Sammylle Gomes de Castro

Estimulação Cardíaca Artificial Marcapasso. Sammylle Gomes de Castro Estimulação Cardíaca Artificial Marcapasso Sammylle Gomes de Castro Catharina Serafin e Hugo von Ziemssen 1950 primeiros marcapassos móveis com fonte de energia elétrica Auxilio dos experimentos com hipotermia

Leia mais

V C O N G R E S S O I N T E R N A C I O N A L

V C O N G R E S S O I N T E R N A C I O N A L V C O N G R E S S O I N T E R N A C I O N A L IMPLANTE COCLEAR 30 anos de História COIMBRA 11 13 DEZ. 2015 Hotel Vila Galé Coimbra COMUNICAÇÕES LIVRES E POSTERS Data limite para envio 20 Nov. 2015 CONVIDADOS

Leia mais

Protocolos gerenciados Arritmias Cardíacas e Síncope

Protocolos gerenciados Arritmias Cardíacas e Síncope Protocolos gerenciados Arritmias Cardíacas e Síncope Rede D Or São Luiz Dra. Bárbara Abufaiad. Coordenadora do Serviço de Cardiologia do Hospital Oeste D or. Rotina da equipe da Arritmia da Rede D or São

Leia mais

58º CONGRESSO PORTUGUÊS DE

58º CONGRESSO PORTUGUÊS DE 58º CONGRESSO PORTUGUÊS DE OFTALMOLOGIA 3 4 5 DEZ 2015 TIVOLI MARINA VILAMOURA PRÉ-PROGRAMA 58º CONGRESSO PORTUGUÊS DE OFTALMOLOGIA Neste 58º Congresso Nacional da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira. Arritmias cardíacas. Manual Merck Capítulo 16

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira. Arritmias cardíacas. Manual Merck Capítulo 16 Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Arritmias cardíacas Manual Merck Capítulo 16 O coração é um órgão muscular com quatro cavidades desenhadas

Leia mais

ARRITMIAS CARDÍACAS ACAS 2006. Arritmias Cardíacas. acas. O Sistema de Condução aco. aco

ARRITMIAS CARDÍACAS ACAS 2006. Arritmias Cardíacas. acas. O Sistema de Condução aco. aco DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Arritmias Cardíacas acas ARRITMIAS CARDÍACAS ACAS 2006 Murilo Guérios Bittencourt Uma arritmia cardíaca é uma anormalidade na freqüência, regularidade

Leia mais

SOCIEDADE PORTUGUESA DE NEURORRADIOLOGIA - CONGRESSO 2012

SOCIEDADE PORTUGUESA DE NEURORRADIOLOGIA - CONGRESSO 2012 SOCIEDADE PORTUGUESA DE NEURORRADIOLOGIA - CONGRESSO 2012 PROGRAMA PROVISÓRIO Local: Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, aos Jardins do Palácio de Cristal Porto Sexta, 25 de maio de 2012

Leia mais

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 28 de Fevereiro

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Título de Proficiência na Área de Arritmia Clínica

Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Título de Proficiência na Área de Arritmia Clínica 1 Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Título de Proficiência na Área de Arritmia Clínica A Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC), da Sociedade Brasileira

Leia mais

Já mediu o seu ritmo cardíaco

Já mediu o seu ritmo cardíaco Já mediu o seu ritmo cardíaco hoje? por Cláudia Pinto Maio é o mês do coração. Eis a altura indicada para pensar na sua saúde e na prevenção das doenças cardiovasculares. 31 dias que servem de pretexto

Leia mais

Pacing Cardíaco RECOMENDAÇÕES DE BOLSO DA ESC. Versão 2013

Pacing Cardíaco RECOMENDAÇÕES DE BOLSO DA ESC. Versão 2013 Versão 2013 PORTUGUESE VERSION REOMENDAÇÕES DE OLSO DA ES omissão para as Recomendações Práticas Para melhorar a qualidade da prática clínica e o tratamento dos doentes na Europa EUROPEAN SOIETY OF ARDIOLOGY

Leia mais

XXX Jornadas de Cardiologia, Hipertensão e Diabetes. 5ª Feira 15 de Janeiro de 2015

XXX Jornadas de Cardiologia, Hipertensão e Diabetes. 5ª Feira 15 de Janeiro de 2015 XXX Jornadas de Cardiologia, Hipertensão e Diabetes Hotel do Mar Sesimbra 5ª Feira 15 de Janeiro de 2015 I Sessão 08.30-09.30 Mini Curso de Hipertensão Arterial O que há nos novos estudos e recomendações

Leia mais

REGULAMENTO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO E MESTRADO EM CARDIOPNEUMOLOGIA ESPECIALIZAÇÃO EM ARRITMOLOGIA

REGULAMENTO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO E MESTRADO EM CARDIOPNEUMOLOGIA ESPECIALIZAÇÃO EM ARRITMOLOGIA Homologado por despacho do Sr. Presidente em 03/08/2012 (gestão documental) REGULAMENTO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO E MESTRADO EM CARDIOPNEUMOLOGIA ESPECIALIZAÇÃO EM ARRITMOLOGIA Im-05-15-B0 Pág. 1 de 15 Capítulo

Leia mais

11-12, Maio de 2012 Monte da Quinta Suites

11-12, Maio de 2012 Monte da Quinta Suites PROGRAMA PRELIMINAR 11-12, Maio de 2012 Monte da Quinta Suites Quinta do Lago, Algarve Comissão Organizadora: Secção do Ombro e Cotovelo da SPOT Coordenador: Carlos Amaral Vogais: Horácio Sousa Pedro Costa

Leia mais

R Series. A confiança vem com saber que. Está Preparado com Code-Ready!

R Series. A confiança vem com saber que. Está Preparado com Code-Ready! R Series A confiança vem com saber que Está Preparado com Code-Ready! O primeiro e único Desfibrilhador Code-Ready Não há pior altura para um desfibrilhador não estar pronto do que uma paragem cardiorrespiratória.

Leia mais

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO Filipe Leonardo De: suporte@sensocomum.pt Enviado: segunda-feira, 5 de Novembro de 2012 12:31 Para: mguedes.silva@mjgs.pt ; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto:

Leia mais

:: Síndrome de Brugada

:: Síndrome de Brugada :: Síndrome de Brugada Sinónimos: Fibrilação ventricular idiopática Definição: Canalopatia autossómica dominante que afeta cerca de 1 em cada 2000 indivíduos na Ásia, e 1 em cada 5000 indivíduos no resto

Leia mais

PROGRAMA IV BRASIL PREVENT & II LATIN AMERICAN PREVENT DATA: 05 A 07 DEZEMBRO 2013 BAHIA OTHON PALACE HOTEL SALVADOR BAHIA

PROGRAMA IV BRASIL PREVENT & II LATIN AMERICAN PREVENT DATA: 05 A 07 DEZEMBRO 2013 BAHIA OTHON PALACE HOTEL SALVADOR BAHIA PROGRAMA IV BRASIL PREVENT & II LATIN AMERICAN PREVENT DATA: 05 A 07 DEZEMBRO 2013 BAHIA OTHON PALACE HOTEL SALVADOR BAHIA Sábado 07 de Dezembro de 2013 09:00 10:30 Sessão 4 Novas Estratégias Para Prevenção

Leia mais

Dia 11 de setembro Serviço de Cirurgia - Reunião, um Dia um Tema: Reconstrução da Parede Abdominal: Do Caos ao Controlo

Dia 11 de setembro Serviço de Cirurgia - Reunião, um Dia um Tema: Reconstrução da Parede Abdominal: Do Caos ao Controlo Dia 11 de setembro Serviço de Cirurgia - Reunião, um Dia um Tema: Reconstrução da Parede Abdominal: Do Caos ao Controlo 9:30 09:40 Boas Vindas 9:40-10:00 Abdómen aberto: indicações e desafios (Laurentina

Leia mais

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

Maisa Kairalla e Valmari Aranha Presidentes da comissão científica do Gerp.13 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR Gerp.13: Educação, Ciência e Inovação Neste encontro, primaremos pelo conhecimento e atualização, assim, teremos exposições em formato de highlights, updates e a inovação de grandes temas em forma de cartas

Leia mais

PROGRAMA JORNADAS BIOMÉRIEUX. Lisboa Porto

PROGRAMA JORNADAS BIOMÉRIEUX. Lisboa Porto PROGRAMA JORNADAS BIOMÉRIEUX Lisboa Porto Jornadas biomérieux 2010 Dando continuidade a uma iniciativa que colocamos ao seu dispor desde 1995, temos o prazer de lhe dar a conhecer o programa de acções

Leia mais

aco Estimular o Coração em Segurança

aco Estimular o Coração em Segurança Pacing Cardíaco aco Estimular o Coração em Segurança Mesa Redonda: Iatrogenia em Arritmologia Invasiva Casa do Coração - SPC Lisboa 24 de Setembro de 2011 Vítor Paulo Martins Hospital de Santarém SEGURANÇA

Leia mais

Formação APFH com o apoio de:

Formação APFH com o apoio de: Formação APFH 2012 3º Curso APFH Actualizações em Neurologia Módulo I Organização: APFH Local: Sede Nacional da APFH Rua Padre Estêvão Cabral, Edifício Tricana, nº120-1º andar, sala 108, Coimbra Data Módulo

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral

Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral Objectivos Objectivos Objectivos O Angelini University Award 2010/2011 tem por finalidade atribuir um prémio ao melhor

Leia mais

Avaliação de Tecnologias em Saúde

Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Assunto: Comparativo entre as marcas de cardioversores desfibriladores(cdi) Canoas, setembro de 2009 Avaliação da Câmara

Leia mais

Arritmias Cardíacas para Enfermagem. Elaine Morais

Arritmias Cardíacas para Enfermagem. Elaine Morais Arritmias Cardíacas para Enfermagem Elaine Morais Elementos do ECG normal Onda P Onda T Espaço PR Complexo QRS Ponto J Segmento ST Intervalo QT Onda U Percurso Elétrico Plano Frontal Plano Horizontal ECG

Leia mais

24 de outubro de 2012

24 de outubro de 2012 V JORNADAS CIENTÍFICAS 24 de outubro de 2012 AUDITÓRIO 3 Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa Destinatários: -3º e 4º anos dos Cursos de Licenciatura -Cursos de Pós-Licenciatura -Cursos

Leia mais

TRANSPORTE INTER-HOSPITALAR PEDIÁTRICO DA REGIÃO NORTE NORMAS DE ACTIVAÇÃO E CRITÉRIOS DE TRANSPORTE

TRANSPORTE INTER-HOSPITALAR PEDIÁTRICO DA REGIÃO NORTE NORMAS DE ACTIVAÇÃO E CRITÉRIOS DE TRANSPORTE TRANSPORTE INTER-HOSPITALAR PEDIÁTRICO DA REGIÃO NORTE NORMAS DE ACTIVAÇÃO E CRITÉRIOS DE TRANSPORTE O sistema de Transporte Inter-hospitalar Pediátrico (TIP) foi formalmente criado por protocolo entre

Leia mais

Arritmias Cardíacas Classificação e Tratamento Emergencial. Classificação das Arritmias (Segundo a Freqüência Cardíaca Associada)

Arritmias Cardíacas Classificação e Tratamento Emergencial. Classificação das Arritmias (Segundo a Freqüência Cardíaca Associada) Arritmias Cardíacas Classificação e Tratamento Emergencial Prof. Dr. Luiz F. Junqueira Jr. Universidade de Brasília Departamento de Clínica Médica - Laboratório Cardiovascular Hospital Universitário de

Leia mais

SEMINÁRIO. A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações Agrícolas CNEMA

SEMINÁRIO. A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações Agrícolas CNEMA SEMINÁRIO A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações Agrícolas CNEMA 9 de JUNHO de 2008 A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações

Leia mais

VIII. Fibrilação Atrial 2 FIBRILAÇÃO ATRIAL Voce já ouviu falar de Huang Ti? Que era imperador chinês?... Pois sim meus amigos, conta a lenda que este senhor preocupado com a longevidade de seu povo, lá

Leia mais

Curso de Ciências em Animais de Laboratório. Organismos Aquáticos

Curso de Ciências em Animais de Laboratório. Organismos Aquáticos PROGRAMA DETALHADO Curso de Ciências em Animais de Laboratório Organismos Aquáticos Curso delineado de acordo com as directivas da D. G. Veterinária e da FELASA para obtenção de creditação CATEGORIA B

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA O CONCURSO DE PROFICIÊNCIA NA ÁREA DE ARRITMIA CLÍNICA. Período de Inscrição: de 09 de agosto a 21 de setembro de 2010.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA O CONCURSO DE PROFICIÊNCIA NA ÁREA DE ARRITMIA CLÍNICA. Período de Inscrição: de 09 de agosto a 21 de setembro de 2010. 1 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA O CONCURSO DE PROFICIÊNCIA NA ÁREA DE ARRITMIA CLÍNICA Local: Durante o XXVII Congresso Brasileiro de Arritmias Cardíacas no Centro de Convenções na Rua Constante Sodré, nº.

Leia mais

08h30-08h45 Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014. Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída

08h30-08h45 Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014. Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída PROGRAMA CIENTÍFICO Quinta-feira 13 de agosto de 2015 SALA A MESA REDONDA - DAC CRÔNICA Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014 Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída Quando

Leia mais

REGISTADOR DE EVENTOS IMPLANTÁVEL O SEU PAPEL NA NOSSA PRÁTICA CLÍNICA

REGISTADOR DE EVENTOS IMPLANTÁVEL O SEU PAPEL NA NOSSA PRÁTICA CLÍNICA REGISTADOR DE EVENTOS IMPLANTÁVEL O SEU PAPEL NA NOSSA PRÁTICA CLÍNICA RAQUEL TRIGO CABRAL PENTEADO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA APRESENTADA AO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS ABEL SALAZAR

Leia mais

Segurança no Mar! PARA MAIS INFORMAÇÕES CONTACTE A SEDE DA ANC EM LISBOA.

Segurança no Mar! PARA MAIS INFORMAÇÕES CONTACTE A SEDE DA ANC EM LISBOA. Segurança no Mar! O Decreto-Lei nº 188/2009 de 12 de Agosto, que estabelece a utilização do Desfibrilhador Automático Externo (D.A.E.) por pessoal não-médico, entrou em vigor a 01 de Setembro pp. Atendendo

Leia mais

Palpitações Arritmias Síncope Fibrilação atrial Sintomas, causas, cuidados

Palpitações Arritmias Síncope Fibrilação atrial Sintomas, causas, cuidados Palpitações Arritmias Síncope Fibrilação atrial Sintomas, causas, cuidados - O que são palpitações cardíacas? A palpitação ocorre quando passamos a perceber os batimentos cardíacos ECG demonstrando batimento

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DATA: 1 a 3 de SETEMBRO LOCAL: HOTEL GOLDEN TULIP / VITÓRIA-ES Realização: Tema: O Envolvimento Interdisciplinar na Qualidade de Assistência e na Segurança do Paciente COMISSÃO ORGANIZADORA

Leia mais

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE 18 MARÇO 2015 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI APDSI Conferência As TIC e a Saúde no Portugal de Hoje SESSÃO

Leia mais

Distribuição gratuita no Congresso. Vilamoura, 22 a 24 de Abril 2012

Distribuição gratuita no Congresso. Vilamoura, 22 a 24 de Abril 2012 do www.jasfarma.com Distribuição gratuita no Congresso. Vilamoura, 22 a 24 de Abril 2012 Prof. Doutor Mário G. Lopes, presidente da SPC: «O conhecimento e inovação não param, daí a exigência de termos

Leia mais

DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ARRITMIAS CARDÍACAS

DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ARRITMIAS CARDÍACAS DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ARRITMIAS CARDÍACAS Prof. Humberto Villacorta Arritmias Cardíacas Ritmo Sinusal, taquicardia e bradicardia sinusais Bradiarritmias Extra-sístoles

Leia mais

Atualidades em Alimentação e Nutrição Pediátrica

Atualidades em Alimentação e Nutrição Pediátrica Atualidades em Alimentação e Nutrição Pediátrica Ordem dos Médicos Porto, 4 a 6 de Junho de 2015 Dia 4 (5ªfeira) 08.00 Abertura do secretariado 09.00-10.40h Alimentação e a promoção da saúde Moderação:

Leia mais

Melhore rapidamente a eficiência do seu consultório. INTRODUZINDO a família de produtos cardiopulmonares da Welch Allyn

Melhore rapidamente a eficiência do seu consultório. INTRODUZINDO a família de produtos cardiopulmonares da Welch Allyn Melhore rapidamente a eficiência do seu consultório INTRODUZINDO a família de produtos cardiopulmonares da Welch Allyn Uma família de equipamentos cardiopulmonares flex que permite optim Trabalhe mais

Leia mais

cursos pré-congresso [] Hepatites Agudas [] Doenças da Pleura 2º Meeting de Cuidados Intermédios Tema Monitorização Local Hotel HF Ipanema Porto

cursos pré-congresso [] Hepatites Agudas [] Doenças da Pleura 2º Meeting de Cuidados Intermédios Tema Monitorização Local Hotel HF Ipanema Porto 2º Meeting de Cuidados Intermédios Tema Monitorização Local Hotel HF Ipanema Porto Data 16 e 17 Novembro de 2012 Organização ACIM - Associação de Cuidados Intermédios Médicos cursos pré-congresso [] Hepatites

Leia mais

Instituto Português de Reumatologia

Instituto Português de Reumatologia I 28 29 Novembro 2013 NOVO LOCAL EPIC SANA LISBOA HOTEL AMOREIRAS Programa Provisório I Presidente das Jornadas José Vaz Patto Comissão Organizadora Presidente Ana Assunção Teixeira Coordenadora Maria

Leia mais

MAXIMO II CRT-D D264TRM

MAXIMO II CRT-D D264TRM MAXIMO II CRT-D Cardioversor desfibrilhador implantável digital com terapia de ressincronização cardíaca (VVE-DDDR) Função ATP During Charging, função TherapyGuide e telemetria sem fios Conexus Manual

Leia mais

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES.

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES. MAPA AUDITÓRIO ÓPERA DE ARAME (200 LUGARES) DOMINGO 02 DE AGOSTO DE 2015. 8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:00 8:15 TEMA LIVRE SELECIONADO. 8:15 8:30 TEMA LIVRE SELECIONADO.

Leia mais

XVII PROGRAMA CIENTÍFICO. 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto. Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual

XVII PROGRAMA CIENTÍFICO. 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto. Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual XVII Jornadas Regionais PC A melhor prática clínica para o médico atual 10 e 11. outubro. 2014 Casa do Médico, Porto Presidente de Honra: Prof. Doutor João Barreto Presidente: Dr. José Canas da Silva Secretário

Leia mais

Nutrição em Oncologia Formação Avançada

Nutrição em Oncologia Formação Avançada UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Instituto de Ciências da Saúde Nutrição em Oncologia Formação Avançada Enquadramento A Organização Mundial de Saúde prevê, em 2015, o aumento de 75% dos casos de cancro.

Leia mais

Síndrome de Wolff-Parkinson-White André d Avila

Síndrome de Wolff-Parkinson-White André d Avila Síndrome de Wolff-Parkinson-White André d Avila andredavila@mac.com Serviço de Arritmia e Marcapasso Centro de Fibrilação Atrial RF 1 seg Ativação Ventricular na Síndrome de Wolff-Parkinson-White I II

Leia mais

Dúvidas do dia-a-dia em casos do mundo real. Arritmia. Raquel Landeiro Dra. Teresa Vale USF Vale do Sorraia- Coruche

Dúvidas do dia-a-dia em casos do mundo real. Arritmia. Raquel Landeiro Dra. Teresa Vale USF Vale do Sorraia- Coruche Dúvidas do dia-a-dia em casos do mundo real Arritmia Raquel Landeiro Dra. Teresa Vale USF Vale do Sorraia- Coruche IDENTIFICAÇÃO F.M.C.N.B Sexo feminino 43 anos Caucasiana 9ºano Casada Fajarda Empregada

Leia mais

VIª Reunião de Neurocirurgia Pediátrica 5 e 6 de Março 2010 Coimbra

VIª Reunião de Neurocirurgia Pediátrica 5 e 6 de Março 2010 Coimbra VIª Reunião de Neurocirurgia Pediátrica 5 e 6 de Março 2010 Coimbra Estimados colegas Na organização da VIª Reunião da Neurocirurgia Pediátrica Portuguesa preocupamonos em envolver os Neurocirurgiões Pediátricos

Leia mais

ADA. ão, acesso venoso, e drogas. desfibrilação

ADA. ão, acesso venoso, e drogas. desfibrilação C - CIRCULAÇÃO BÁSICA B E AVANÇADA ADA Monitoração, desfibrilação ão, acesso venoso, e drogas Hospital Municipal Miguel Couto Centro de Terapia Intensiva Dr David Szpilman CONCEITO DE PCR: Cessação súbita

Leia mais

SIMPÓSIO DE ELETROCARDIOGRAMA

SIMPÓSIO DE ELETROCARDIOGRAMA SIMPÓSIO DE ELETROCARDIOGRAMA www.gerenciamentoetreinamento.com Treinamentos Corporativos Contato: XX 12 9190 0182 E mail: gomesdacosta@gerenciamentoetreinamento.com SIMPÓSIO DE ELETROCARDIOGRAMA Márcio

Leia mais

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia República de Angola Ministério da Ciência e Tecnologia 3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia A Ciência, Tecnologia e Inovação ao serviço da sociedade Luanda, 11 13 de Setembro de 2013 Datas

Leia mais

A CapsoCam captura 20 imagens por segundo durante as duas primeiras horas de exame a uma taxa de 5 imagens por segundo por cada câmara.

A CapsoCam captura 20 imagens por segundo durante as duas primeiras horas de exame a uma taxa de 5 imagens por segundo por cada câmara. Com tecnologia de ponta a CapsoCam foi desenhada para fornecer aos especialistas em gastroenterologia e suas equipas, diagnósticos significativamente mais completos e eficientes bem como conforto adicional

Leia mais

Detecção precoce de cardiotoxicidade em Oncologia

Detecção precoce de cardiotoxicidade em Oncologia Congresso Novas Fronteiras em Cardiologia Detecção precoce de cardiotoxicidade em Oncologia Andreia Magalhães Fevereiro/2013 Cardiotoxicidade Lesão cardíaca induzida por fármacos utilizados no tratamento

Leia mais

MEIOS AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICA: O ESTADO DA ARTE Maria Ana Pires (Porto)

MEIOS AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICA: O ESTADO DA ARTE Maria Ana Pires (Porto) SEXTA-FEIRA DIA 28/03/2014 VI ENCONTRO DE ANESTESIA PEDIÁTRICA - SALA ARIANE 08,30h - ABERTURA 09,00h - A ANESTESIA PEDIÁTRICA EM AMBULATÓRIO Fernanda Barros (Porto) MEIOS AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICA:

Leia mais

APMT. Avaliação do trabalhador em Altura. Ponto de Vista do Cardiologista APM 26/10/2013 1

APMT. Avaliação do trabalhador em Altura. Ponto de Vista do Cardiologista APM 26/10/2013 1 APMT Avaliação do trabalhador em Altura Ponto de Vista do Cardiologista José Carlos Dias Carneiro APM 26/10/2013 1 35.4.1.1 Considera-se trabalhador autorizado para trabalho em altura aquele capacitado,

Leia mais

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE 18 MARÇO 2015 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI SIG / Plataforma de Gestão de MCDT (Glintt) Evolução nos modelos

Leia mais

Relatório do Núcleo de Nutrição em Cardiologia (NNC) da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), referente ao biénio 2007/2009.

Relatório do Núcleo de Nutrição em Cardiologia (NNC) da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), referente ao biénio 2007/2009. Relatório do Núcleo de Nutrição em Cardiologia (NNC) da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), referente ao biénio 2007/2009. O Secretariado do NNC para o biénio 2007/2009, eleito em 23 de Abril de

Leia mais

FIBRILHAÇÃO AURICULAR INFORMAÇÃO AOS DOENTES

FIBRILHAÇÃO AURICULAR INFORMAÇÃO AOS DOENTES FIBRILHAÇÃO AURICULAR INFORMAÇÃO AOS DOENTES Ajuda aos Doentes com Arritmias Promovendo uma melhor compreensão, diagnóstico, tratamento e qualidade de vida para as pessoas com arritmias cardíacas Aliança

Leia mais

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório.

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. Licenciatura Cardiopneumologia Descrição A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. O Cardiopneumologista é o profissional

Leia mais

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA 2009/2010 COMISSÃO CIENTÍFICA Celínia Antunes Cristina Baião Fernanda Príncipe Henrique Dias Jorge Coelho José Alberto Martins José David Ferreira Marcos Pacheco Nuno Tavares Lopes Paulo Amorim Paulo Figueiredo

Leia mais

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO 1 PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 A CIRCULAÇÃO EXTRACORPOREA NA CIRURGIA CARDÍACA BRASILEIRA: HISTÓRICO, AVANÇOS E DESAFIOS. 2 A DISSECÇÃO AÓRTICA E O TRATAMENTO ENDOVASCULAR 3 A IMPORTÂNCIA DA

Leia mais

VITAHISCARE UNIDADES HOSPITALARES

VITAHISCARE UNIDADES HOSPITALARES VITAHISCARE UNIDADES HOSPITALARES APRESENTAÇÃO FUNCIONALIDADES VANTAGENS E CARACTERÍSTICAS MÓDULOS COMPLEMENTARES UNIDADES HOSPITALARES O VITA HIS CARE Unidades Hospitalares é um sistema de informação

Leia mais

Programa do Medicamento Hospitalar. Projectos Estratégicos:

Programa do Medicamento Hospitalar. Projectos Estratégicos: Programa do Medicamento Hospitalar Projectos Estratégicos: Boas Práticas na Área do Medicamento Hospitalar; Circuito Integrado do Plano Terapêutico; Comissões de Farmácia e Terapêutica. a. Áreas de intervenção;

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Correio electrónico Telefone 96 6257803 Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 08/ 06/1976 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Leia mais

1º DIA 27/3. 15h15 15h45: CONFERÊNCIA DE ABERTURA (Prof. Doutor Manuel Luís Capelas e Dr:ª Ana Bernardo)

1º DIA 27/3. 15h15 15h45: CONFERÊNCIA DE ABERTURA (Prof. Doutor Manuel Luís Capelas e Dr:ª Ana Bernardo) 09h00 11h00 / 11h30 13h00: WORKSHOPS 1º DIA 27/3 WS 1 Controlo de Dor: Dr.ª Rita Abril, Enf.ª Nélia Trindade e Prof. José Luís Pereira WS 2 Tomada de decisão em C.P.: Grupo de Reflexão Ética WS 3 Cuidados

Leia mais

Acesso remoto a servidores Gestores de monitorização de tráfego de redes

Acesso remoto a servidores Gestores de monitorização de tráfego de redes Acesso remoto a servidores Gestores de monitorização de tráfego de redes Trabalho Elaborado Por: Marisa Moreira e Sílvia Sousa Irivo, 20 de Outubro de 2011 Índice 1. Acesso remoto a servidores... 3 1.1

Leia mais

ORDENAMENTO CIVIL DO NAS TERRITÓRIO DINÂMICAS TERRITORIAIS: CONTRIBUTO PARA O PLANEAMENTO, GESTÃO DE EMERGÊNCIA

ORDENAMENTO CIVIL DO NAS TERRITÓRIO DINÂMICAS TERRITORIAIS: CONTRIBUTO PARA O PLANEAMENTO, GESTÃO DE EMERGÊNCIA ALTO PATROCÍNIO PROGRAMA DATA: LOCAL: DIA AUDITÓRIO 12 DE NOVEMBRO DO CENTRO (SEXTA CÍVICO EXTA-FEIRA DO EIRA) ESTREITO DE CÂMARA DE LOBOS PROTECÇÃO E CONFERÊNCIA ORDENAMENTO CIVIL DO NAS TERRITÓRIO DINÂMICAS

Leia mais

Longevidade dos geradores e análises de custo eficácia em CDI e CRT

Longevidade dos geradores e análises de custo eficácia em CDI e CRT Longevidade dos geradores e análises de custo eficácia em CDI e CRT João de Sousa Unidade Electrofisiologia e Pacing Serviço de Cardiologia Hospital de Santa Maria, CHLN Lisboa Cardioversor-Desfibrilhador

Leia mais

7 e 8 de fevereiro 2015

7 e 8 de fevereiro 2015 A saúde no topo da inovação 7 e 8 de fevereiro 2015 EPIC SANA Algarve Hotel Patrocínios Científicos A saúde no topo da inovação 7 e 8 de fevereiro 2015 Pfizer Summit Inflammation 2015 Evento onde convergem

Leia mais

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 (19200) Simpósio Insuficiência Cardíaca, Cardiomiopatia e Doenças do Pericárdio Auditório 1 (Capacidade 500) 08:30 10:00 O Desafio da Avaliação de Dispneia em Pacientes

Leia mais

VI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASPESM

VI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASPESM Programa Científico VI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASPESM A Pessoa, a Família, a Comunidade e a Saúde Mental Hospital do Divino Espirito Santo de Ponta Delgada, EPE Ponta Delgada, 8, 9 e 10 de Julho de

Leia mais