O Ordenamento Fundiário no Brasil. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Ordenamento Fundiário no Brasil. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária"

Transcrição

1 O Ordenamento Fundiário no Brasil Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária

2 Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA MISSÃO Implementar a política de reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional, contribuindo para o desenvolvimento rural sustentável. VISÃO Ser referência internacional de soluções de inclusão social.

3 Governança Fundiária

4 Diretrizes voluntárias da FAO Importante salientar o protagonismo do INCRA como signatário das Diretrizes Voluntárias sobre a Governança Responsável da Terra, dos Recursos Pesqueiros e Florestais.

5 Contexto O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos, agroenergia e produtos e serviços da biodiversidade do mundo. O Brasil é detentor da maior reserva de água doce do planeta, consistindo em 8% do volume mundial. O Brasil possui cerca de a espécies de plantas vasculares, o que representa aproximadamente 18% da diversidade vegetal do mundo. O Brasil o terceiro país em extensão territorial nas Américas. No Brasil a propriedade tem como pressuposto exercer uma função social O Brasil tem uma política nacional de desenvolvimento rural sustentável, que articula reforma agrária e governança fundiária com programas e ações de fortalecimento econômico da agricultura familiar.

6 Eixos da ações brasileiras na gestão fundiária Governança fundiária e Gestão territorial; Controle na Aquisição de Imóveis Rurais por Estrangeiros; Reforma agrária; Proteção e reconhecimento dos direitos povos e comunidades quilombolas e tradicionais; Projetos e Programas visando a sustentabilidade e proteção ambiental; Titulação de terras Ações de promoção de igualdade de gênero.

7 Reconhecimento direitos e deveres

8 No Brasil a lei da Agricultura Familiar prevê políticas de apoio a produção, assistência técnica e agregação de valor para pequenos agricultores e populações tradicionais, Proteção e reconhecimento dos direitos dos povos quilombolas e comunidades tradicionais Reconhecimento de 817 mil índios, abrangendo área de 121 milhões de hectares, 13,5 mil famílias, em 198 Comunidades quilombola reconhecidas, totalizando destinação de 1 milhão de hectares Ações de reconhecimento e proteção do patrimônio das culturas das comunidades tradicionais Titulação coletiva da terra

9 Ações de promoção de igualdade de gênero Participação das Mulheres na reforma agrária: passou de 24% (2003) para 69% (2013) Linhas especificas de Crédito e políticas públicas: Programa de Aquisição de Alimentos 34% de contratos para mulheres Garantia Safra ( ): 350,5 mil mulheres atendidas Programa Nacional de Apoio a Agricultura 2012/2013 (microcrédito): 97,6 mil mulheres atendidas (57% do total) = R$ 239 milhões Crédito Apoio Mulher + Pronaf Mulher Programa Nacional de Documentação da trabalhadora rural. No período de 2004/2013 = Atendimento a 1,2 milhões de mulheres documentadas

10 Políticas Públicas para Agricultura Familiar e Reforma Agrária

11 A importância da Agricultura Familiar no Brasil: 4,3 milhões de estabelecimentos 80,3 milhões de hectares 74% da mão de obra no campo 34% do PIB Agropecuário Políticas de Crédito e Comercialização: Plano Safra 2014/2015: R$ 187 bilhões; Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) R$ 1,2 bilhões Seguro de renda para a Agricultura Familiar Assistência técnica Reforma Agrária 9 mil assentamentos beneficiando mais de 945 mil famílias, numa área de aproximadamente 87 milhões de hectares

12 Administração de posse

13 Governança fundiária e gestão territorial SNCR: 5,7 milhões imóveis cadastrados com área total de 682,2 milhões de hectares 132 mil imóveis regularizados via convênios com estados, totalizando mais de 11,46 milhões de hectares 190 mil Imóveis certificados, totalizando área de 228,8 milhões de hectares; 5,6 milhões de hectares identificados e medidos na Amazônia Legal, envolvendo 221 municípios, 265 mil agricultores familiares titulados

14 Gestão Territorial - Acervo Fundiário 56,3% do território nacional georreferenciado. 485,3 milhões de hectares (área líquida) 27% do território nacional sob o controle exclusivo do INCRA 230,7 milhões de hectares

15

16 Certificação de Georreferenciamento

17 A Certificação de Imóveis Rurais A lei /01 atribui ao INCRA a responsabilidade pela certificação de georreferenciamento de imóveis rurais a partir de parâmetros apresentados pelo Decreto 4.449/02. É exigida para os casos de: desmembramento; parcelamento remembramento; transferência de domínio e ações judiciais. Desta forma o INCRA passou a atuar em duas frentes para atender a nova atribuição: 1) Operacional e estrutural Ribac 2) Normativa Padronização e manuais técnicos

18 A Rede INCRA de Bases Comunitárias (RIBaC) A Rede INCRA de Bases Comunitárias (RIBaC) foi concebida em 1999 para atender a demanda dos profissionais que executam o georreferenciamento de imóveis rurais e buscam uma referência geodésica cadastral como apoio às suas atividades de campo. Atualmente a RIBAC é composta por 102 estações homologadas pelo IBGE e a previsão para o ano de 2015 é que tenhamos pelo menos mais 6 estações. Com isso a rede geodésica brasileira passa a ser a maior da América Latina e uma das maiores do Mundo. Instaladas (102) Instalação em 2015 (6) Aquisições 2015/16 (20) Estação em correção (1)

19 A automatização do Processo

20 A certificação automatizada O Sistema de Gestão Fundiária (SIGEF) automatizou o processo de certificação garantindo: Agilidade, transparência, segurança e simultaneidade na certificação; Integração de dados fundiários de outros órgãos públicos para validação do georreferenciamento; Integração com os cartórios de registro de imóveis;

21 Resultados alcançados Desde 2004, o INCRA certificou o georreferenciamento 190 mil parcelas totalizando mais de 228,8 milhões de hectares. A área certificada pelo INCRA, com precisão posicional de 50cm, é superior a soma dos territórios de países como: Alemanha, Espanha, Itália, Noruega e Suécia =

22 Mudanças climáticas e emergências

23 65 mil famílias vivem em 20,9 milhões de hectares nas Unidades de Conservação de Uso Sustentável Federais; Unidades de Conservação reconhecidas, representando 11,7% do território brasileiro; Criação de projetos especiais RESEX, PAE, PAF atendendo 138,3 mil famílias e 13,8 milhões de hectares Programa Bolsa Verde - Programa de apoio à conservação ambiental, direcionado a famílias em situação de extrema pobreza com atividades de conservação dos recursos naturais (Reservas Extrativistas, Florestas Nacionais, Reservas de Desenvolvimento Sustentável federais) - Somente em Set/2013 atendimento de 10 mil famílias e investimento de R$ 29,7 milhões

24 Promoção, implementação, monitoramento e avaliação

25 Controle na aquisição de imóveis rurais por estrangeiros Permissões, limites e vedações Cabe ao Incra o controle da aquisição e arrendameto de terras por estrangeiros no Brasil (Lei 5.709/71 e Parecer AGU 01/2010) Gerenciamento direto pelo Sistema Nacional de Aquisição de Terras por Estrangeiros SISNATE, é um modulo integrante do Sistema Nacional de Cadastro Rural SNCR

26 Integração e Parcerias

27 Integração O INCRA ao longo dos últimos anos vem estabelecendo parcerias buscando a realização de ações conjuntas destinadas à promoção e apoio aos instrumentos de gestão fundiária. Essas parcerias permitem, aprimorar os instrumentos de governança fundiária desenvolvidos pelo INCRA. Até o momento, o INCRA possui acordos de cooperação com 14 órgãos de governo e cerca de municípios.

28 Cooperações técnicas Na busca pelo devido conhecimento da malha fundiária nacional e constante qualificação dos serviços, o INCRA firmou Termo de Cooperação Técnica com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, referência na prestação de serviços tecnológicos e inovadores em gestão territorial estratégica para a agricultura e Universidade Federal de Campinas. A Cooperação tem como objetivo promover o apoio técnico e científico ao INCRA no que se refere às questões de gestão e inteligência territorial estratégica.

29 Os avanços na agenda da Governança Fundiária no Brasil: a) novos produtos e serviços oferecidos pelo Incra no ordenamento ambiental e fundiário visando a regularização dos imóveis rurais; b) transparência e controle da sociedade sobre os dados literais e cartográficos disponíveis; e, c) integração ás bases de dados existentes sobre o domínio e uso da malha fundiária.

30 Obrigado! Richard Martins Torsiano Diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária do INCRA

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA Gestão territorial e governança fundiária 16/06/15 O INCRA O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) é uma autarquia federal

Leia mais

Georreferenciamento. e Sistema de Gestão Fundiária SIGEF. Richard Torsiano

Georreferenciamento. e Sistema de Gestão Fundiária SIGEF. Richard Torsiano Georreferenciamento e Sistema de Gestão Fundiária SIGEF Richard Torsiano Lei 6.015 / 1973 Decreto 4.449 / 2002 Incluído pela Lei nº 10.267, de 2001 Art. 9... Art. 176... 5º Nas hipóteses do 3o, caberá

Leia mais

O NOVO INCRA. Junho de 2015 Brasília/DF

O NOVO INCRA. Junho de 2015 Brasília/DF O NOVO INCRA Junho de 2015 Brasília/DF SUMÁRIO Contexto e conjuntura Diagnostico politico Missão e diretrizes estratégicas Números da reforma agrária Perspectiva estratégica Propostas para o Incra Contexto

Leia mais

PLANO SAFRA AMAZÔNIA

PLANO SAFRA AMAZÔNIA Ministério do Desenvolvimento Agrário Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária Incra PLANO SAFRA AMAZÔNIA Janeiro 2014 AMAZÔNIA LEGAL 771 MUNICÍPIOS 9 ESTADOS 61% DO TERRITÓRIO BRASILEIRO 5.217.423

Leia mais

Regularização Fundiária no Brasil Experiências e Desafios

Regularização Fundiária no Brasil Experiências e Desafios Regularização Fundiária no Brasil Experiências e Desafios Francisco Urbano Araújo Filho Coordenador Geral de Reordenamento Agrário O Território Brasileiro Área em km²: 8.511.000 N Unidades Federativas:

Leia mais

Soluções para a sustentabilidade de Cadeias Produtivas da Agropecuária e a Política Estadual de Ordenamento Territorial.

Soluções para a sustentabilidade de Cadeias Produtivas da Agropecuária e a Política Estadual de Ordenamento Territorial. Soluções para a sustentabilidade de Cadeias Produtivas da Agropecuária e a Política Estadual de Ordenamento Territorial Junho de 2009 Assinatura de Termo de Ajuste de Conduta, no qual as partes assumam

Leia mais

A Regularização Fundiária como instrumento de ordenar o espaço e democratizar o acesso à terra. Prof. Dr. José Heder Benatti 2011

A Regularização Fundiária como instrumento de ordenar o espaço e democratizar o acesso à terra. Prof. Dr. José Heder Benatti 2011 A Regularização Fundiária como instrumento de ordenar o espaço e democratizar o acesso à terra Prof. Dr. José Heder Benatti 2011 Regularização Fundiária e os Conflitos Sociais Áreas Protegidas Mineração

Leia mais

INOVAÇÕES NO GEORREFERENCIAMENTO E NA CERTIFICAÇÃO DE IMÓVEIS RURAIS

INOVAÇÕES NO GEORREFERENCIAMENTO E NA CERTIFICAÇÃO DE IMÓVEIS RURAIS INOVAÇÕES NO GEORREFERENCIAMENTO E NA CERTIFICAÇÃO DE IMÓVEIS RURAIS 1. O GEORREFERENCIAMENTO E A CERTIFICAÇÃO LEI 6.015 Situações de exigência do georreferenciamento: Desmembramento; Parcelamento; Remembramento;

Leia mais

PLANO SAFRA e REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

PLANO SAFRA e REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO PLANO SAFRA e REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA Pepe Vargas Ministro de Estado do Desenvolvimento Agrário REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA Programa Terra Legal Amazônia Área Georreferenciada:

Leia mais

O Brasil Melhorou. 36 milhões. de brasileiros saíram da pobreza em 10 anos. 42 milhões. de brasileiros ascenderam de classe.

O Brasil Melhorou. 36 milhões. de brasileiros saíram da pobreza em 10 anos. 42 milhões. de brasileiros ascenderam de classe. O Brasil Melhorou 36 milhões de brasileiros saíram da pobreza em 10 anos 42 milhões de brasileiros ascenderam de classe Fonte: SAE/PR O Brasil Melhorou O salário mínimo teve um aumento real de 70% Em 2003,

Leia mais

Discussão participativa da revisão do PPAG para o exercício 2017

Discussão participativa da revisão do PPAG para o exercício 2017 Discussão participativa da revisão do PPAG 2016-2019 para o exercício 2017 EIXO: DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO, CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO TEMA: AGROPECUÁRIA E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE ESTADO DE

Leia mais

Ministério do Ambiente. Uma Contribuição para o Desenvolvimento Econômico do Brasil a Partir do Uso Sustentável da Biodiversidade

Ministério do Ambiente. Uma Contribuição para o Desenvolvimento Econômico do Brasil a Partir do Uso Sustentável da Biodiversidade Ministério do Ambiente Uma Contribuição para o Desenvolvimento Econômico do Brasil a Partir do Uso Sustentável da Biodiversidade Diversidade Sociocultural Megabiodiversidade BRASIL: Algumas Estatísticas

Leia mais

SECRETARIA ESPECIAL DE AGRICULTURA FAMILIAR E DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO - SEAD. Delegacia Federal - DFDA/ES

SECRETARIA ESPECIAL DE AGRICULTURA FAMILIAR E DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO - SEAD. Delegacia Federal - DFDA/ES SECRETARIA ESPECIAL DE AGRICULTURA FAMILIAR E DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO - SEAD Delegacia Federal - DFDA/ES Site da SEAD www.mda.gov.br Fique sempre atualizado... Editais Informativos Programas Eventos

Leia mais

II Seminário Governança de Terras e Desenvolvimento Econômico Cases Unidade Aracruz

II Seminário Governança de Terras e Desenvolvimento Econômico Cases Unidade Aracruz Não é possível exibir esta imagem no momento. II Seminário Governança de Terras e Desenvolvimento Econômico Cases Unidade Aracruz 1 Longo e grave histórico de conflitos( ES e BA ) Relacionamento com comunidades

Leia mais

Brasil Sem Miséria RURAL

Brasil Sem Miséria RURAL Brasil Sem Miséria RURAL O desafio de acabar com a miséria Nos últimos anos, 28 milhões de brasileiros superaram a pobreza; Apesar disso, ainda há 16 milhões de pessoas extremamente pobres no Brasil; Para

Leia mais

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária Constituição do Brasil O que é SCJS Uma Estrategia De Reconhecimento e

Leia mais

Soc o i c o i - o B - io i d o i d v i e v r e si s da d de do Brasil

Soc o i c o i - o B - io i d o i d v i e v r e si s da d de do Brasil Socio-Biodiversidade do Brasil Megabiodiversidade Brasileira BRASIL: Principais Estatísticas Ano Base 2008 População total 184 milhões Área total 851 milhões ha Área florestal por habitante 2,85 ha Proporção

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA 2004-2007 (Projeto de Lei nº 41/2005-CN) PARECER DA COMISSÃO SUBSTITUTIVO

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 44, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA <!ID > INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 44, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA No- 44, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 Estabelece diretrizes para recadastramento de imóveis rurais de que trata o Decreto

Leia mais

Certificação de Imóveis Rurais/SIGEF Questões práticas

Certificação de Imóveis Rurais/SIGEF Questões práticas Certificação de Imóveis Rurais/SIGEF Questões práticas V Encontro Regional do CORI-MG Governador Valadares - MG Marialice Souzalima Campos Cronograma Regramento Legal O que é Sigef? Como funciona Dúvidas

Leia mais

EFETIVIDADE DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO DO CAMPO. Eixo Temático: Política Pública da Educação e da Criança e do Adolescente.

EFETIVIDADE DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO DO CAMPO. Eixo Temático: Política Pública da Educação e da Criança e do Adolescente. EFETIVIDADE DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO DO CAMPO PAVINI, Gislaine Cristina 1 RIBEIRO, Maria Lucia 2 Eixo Temático: Política Pública da Educação e da Criança e do Adolescente. RESUMO Este trabalho

Leia mais

Programa de Cadastro de Terras e Regularização Fundiária

Programa de Cadastro de Terras e Regularização Fundiária Programa de Cadastro de Terras e Regularização Fundiária Programas da SRA Programa Nacional de Crédito Fundiário Arca das Letras Programa de Cadastro de Terras e Regularização Fundiária. Cadastro de Terras

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 77 DE 23 DE AGOSTO DE 2013.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 77 DE 23 DE AGOSTO DE 2013. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 77 DE 23 DE AGOSTO DE 2013. Regulamenta o procedimento de certificação da poligonal objeto de memorial descritivo de imóveis rurais a que se refere o 5º do art. 176 da Lei nº 6.015,

Leia mais

Eliane Moreira Promotora de Justiça do MPE/PA Professora da UFPA Pós-doutorado na UFSC

Eliane Moreira Promotora de Justiça do MPE/PA Professora da UFPA Pós-doutorado na UFSC Eliane Moreira Promotora de Justiça do MPE/PA Professora da UFPA Pós-doutorado na UFSC Art. 29. É criado o Cadastro Ambiental Rural - CAR, no âmbito do Sistema Nacional de Informação sobre Meio Ambiente

Leia mais

PROGRAMAÇÃO: CAPACITAÇÃO EM CADASTRO IMOBILIÁRIO RURAL: RUMO AO CNIR

PROGRAMAÇÃO: CAPACITAÇÃO EM CADASTRO IMOBILIÁRIO RURAL: RUMO AO CNIR 14:00 às 14:30 ES Dia 05/05 Segunda-feira ABERTURA Visão de Estado Brasileiro Richard Martins Torsiano - Diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária INCRA Carlos Roberto Ocasso Subsecretário de Arrecadação

Leia mais

ADVERTÊNCIA. Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União. Ministério da Saúde Gabinete do Ministro

ADVERTÊNCIA. Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União. Ministério da Saúde Gabinete do Ministro ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 2.311, DE 23 DE OUTUBRO DE 2014 Altera a Portaria nº 2.866/GM/MS, de 2 de

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 Estabelece orientações para a implementação do Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade, e dá outras

Leia mais

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento Agenda Contexto O Nordeste Territorial Fórum de Governança da Atividade Econômica Formas de Financiamento Área de atuação do BNB Nordeste: 1.554,4 mil Km 2 Semi-árido: 974,4 mil Km 2 (62,7% do território

Leia mais

Desafios e soluções para o financiamento de boas práticas no setor agropecuário

Desafios e soluções para o financiamento de boas práticas no setor agropecuário Desafios e soluções para o financiamento de boas práticas no setor agropecuário Programa de Eficiência de Recursos na Cadeia da Carne São Paulo, Abril 2016 Henrique Pereira hpereira@waycarbon.com NOSSA

Leia mais

Situação fundiária no município de Carlinda (MT)

Situação fundiária no município de Carlinda (MT) A complexa situação fundiária do estado de Mato Grosso e a falta de transparência na gestão de informações e nos procedimentos de regularização fundiária dificultam a implementação de ações e de políticas

Leia mais

Desafios da Gestão Florestal visando produção florestal sustentável. Tasso Rezende de Azevedo Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro

Desafios da Gestão Florestal visando produção florestal sustentável. Tasso Rezende de Azevedo Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Desafios da Gestão Florestal visando produção florestal sustentável Tasso Rezende de Azevedo Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro A Reforma do Setor Florestal Serviço Florestal Brasileiro Leitura

Leia mais

Objetivo Geral: Objetivos Específicos:

Objetivo Geral: Objetivos Específicos: Objetivo Geral: Superação da pobreza e geração de trabalho e renda no meio rural por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. Objetivos Específicos: Inclusão produtiva das populações

Leia mais

Situação fundiária no município de Peixoto de Azevedo (MT)

Situação fundiária no município de Peixoto de Azevedo (MT) Situação fundiária no município de Peixoto de Azevedo (MT) A complexa situação fundiária do estado de Mato Grosso e a falta de transparência na gestão de informações e nos procedimentos de regularização

Leia mais

MANEJO FLORESTAL COMUNITÁRIO E FAMILIAR

MANEJO FLORESTAL COMUNITÁRIO E FAMILIAR MISSÃO Promover o conhecimento, o uso sustentável e a ampliação da cobertura florestal, tornando a agenda florestal estratégica para a economia do país. MANEJO FLORESTAL COMUNITÁRIO E FAMILIAR Diretoria

Leia mais

Palma de Óleo. Pronaf Eco Dendê

Palma de Óleo. Pronaf Eco Dendê Palma de Óleo Pronaf Eco Dendê 1 A Archer Daniels Midland Company (ADM) O que fazemos: Líder no processamento e transformação de produtos agrícolas; Uma das empresas mais admiradas no ramo de produção

Leia mais

Apresentação. Qual é o Plano REDD para o estado do Acre? Quem pode participar no Plano REDD do estado do Acre? Como será esta participação?

Apresentação. Qual é o Plano REDD para o estado do Acre? Quem pode participar no Plano REDD do estado do Acre? Como será esta participação? Apresentação Qual é o Plano REDD para o estado do Acre? Quem pode participar no Plano REDD do estado do Acre? Como será esta participação? REDD Redução de Emissões por Desmatamento e Florestas ameaçadas

Leia mais

HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF

HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal SETEMBRO 2016 O QUE É A EMATER-DF? Empresa Pública, criada em

Leia mais

Uma estratégia de redução do desmatamento na Amazônia

Uma estratégia de redução do desmatamento na Amazônia Mercados verdes e Consumo Sustentável Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH Uma estratégia de redução do desmatamento na Amazônia 17/05/2017 Frank Krämer Conteúdo A GIZ no

Leia mais

PROJETO PDRSX Sistema de Gestão Fundiária - SIGEF. Ministério do Desenvolvimento Agrário

PROJETO PDRSX Sistema de Gestão Fundiária - SIGEF. Ministério do Desenvolvimento Agrário PROJETO PDRSX 2012-31 Sistema de Gestão Fundiária - SIGEF Ministério do Desenvolvimento Agrário SIGEF Sistema de Gestão Fundiária Ferramenta eletrônica para o suporte à recepção, validação, organização,

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Ciências Rurais CCR Departamento de Engenharia Rural - DER. CAR - Cadastro Ambiental Rural

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Ciências Rurais CCR Departamento de Engenharia Rural - DER. CAR - Cadastro Ambiental Rural Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Ciências Rurais CCR Departamento de Engenharia Rural - DER CAR - Cadastro Ambiental Rural SANTA MARIA - RS 2014 UNIDADE 2 - A ESTRUTURA LEGAL DO CADASTRO

Leia mais

Sumário. Introdução... 13

Sumário. Introdução... 13 Sumário Introdução... 13 Capítulo 1 Teoria Geral do Direito Agrário... 17 1.1 Aspectos históricos do direito agrário no Brasil... 17 1.1.1 Regime Sesmarial (1500 a 17/07/1822)... 18 1.1.2 Período Extra

Leia mais

MP 458/09. Regularização Fundiária na Amazônia Legal. Ministério do Desenvolvimento Agrário

MP 458/09. Regularização Fundiária na Amazônia Legal. Ministério do Desenvolvimento Agrário MP 458/09 Regularização Fundiária na Amazônia Legal Ministério do Desenvolvimento Agrário Antecedentes e Contextualização Ações de regularização na região paralisadas na década de 80 Plano de Prevenção

Leia mais

GEO PRÁTICO GEO LEGAL. Georreferenciamento. O que é? GEO LEGAL FAESC SINDICATO RURAL DE LAGES. Instituído pela Lei /01.

GEO PRÁTICO GEO LEGAL. Georreferenciamento. O que é? GEO LEGAL FAESC SINDICATO RURAL DE LAGES. Instituído pela Lei /01. Georreferenciamento. O que é? (X,Y)= (10,20) y (X,Y)= (15,15) Terra FAESC SINDICATO RURAL DE LAGES 20 15 A B PAPEL DOS SINDICATOS DE PROPRIETÁRIOS RURAIS NO GEOCCIR EM SANTA CATARINA. 10 15 x EX: AUDITÓRIO

Leia mais

CMRV Panorama Amapaense

CMRV Panorama Amapaense Governo do Estado do Amapá Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural - SDR Instituto Estadual de Florestas do Amapá IEF/AP CMRV Panorama Amapaense Mariane Nardi Christianni Lacy Soares Redd+ para o

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 15-CNA Brasília, 09 de maio de 2006.

NOTA TÉCNICA Nº 15-CNA Brasília, 09 de maio de 2006. NOTA TÉCNICA Nº 15-CNA Brasília, 09 de maio de 2006. Autor: Anaximandro Doudement Almeida Assessor Técnico Promotor: Comissão Nacional de Assuntos Fundiários Assunto: Índice de inadimplência dos créditos

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item Crédito Rural

Conhecimentos Bancários. Item Crédito Rural Conhecimentos Bancários Item 2.2.7- Crédito Rural Conhecimentos Bancários Item 2.2.7- Crédito Rural Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR) Normas BACEN Conhecimentos Bancários Item 2.2.7- Crédito Rural

Leia mais

Cadastro Único para Políticas Sociais

Cadastro Único para Políticas Sociais Cadastro Único para Políticas Sociais O que é o Cadastro Único? Políticas Universais Saúde Políticas Contributivas Políticas nãocontributivas e seletivas Educação Previdência Social Cadastro Único O que

Leia mais

Regularize sua posse

Regularize sua posse ÁREAS RURAIS Regularize sua posse TERRA PARA VIVER E PRESERVAR O Governo Federal vai titular a propriedade de terras públicas ocupadas por posseiros na Amazônia Legal. Nos próximos três anos, a meta é

Leia mais

Desmatamento anual na Amazônia Legal ( )

Desmatamento anual na Amazônia Legal ( ) Setembro 2016 4.571 7.464 7.000 6.418 5.891 5.012 5.831 11.030 11.651 13.730 13.786 13.227 12.911 14.896 14.896 14.286 16.531 17.770 18.161 17.383 17.259 18.226 18.165 19.014 21.050 21.651 25.396 27.772

Leia mais

Programa Municípios Sustentáveis

Programa Municípios Sustentáveis Programa Municípios Sustentáveis Objetivo geral: Promover o desenvolvimento sustentável dos municípios da Amazônia Mato-grossense, através do fortalecimento da economia local, da melhoria da governança

Leia mais

De acordo com dados do extinto Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA),

De acordo com dados do extinto Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), N O 7 ANO 5 MARÇO DE 2017 ANA LUISA ARAÚJO DE OLIVEIRA, ALICE THUAULT, WESLEI BUTTURI De acordo com dados do extinto Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), atual Secretaria Especial de Agricultura

Leia mais

LIDERANÇA DO PT NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

LIDERANÇA DO PT NA CÂMARA DOS DEPUTADOS LIDERANÇA DO PT NA CÂMARA DOS DEPUTADOS Núcleo Agrário da Bancada do Partido dos Trabalhadores Analise sobre a Proposta de Lei Orçamentária 218 Os Cortes Rasos nas Ações Estruturantes das áreas Agrícola,

Leia mais

é o resultado de tudo isso: uma conquista de todos. Juliana Sampaio Juliana Veloso Cristina Amorim Karinna Matozinhos Maurício Angelo Sylvia Mitraud

é o resultado de tudo isso: uma conquista de todos. Juliana Sampaio Juliana Veloso Cristina Amorim Karinna Matozinhos Maurício Angelo Sylvia Mitraud Para colher o que queremos é preciso semente boa e trabalho árduo, O Plano Estadual da Agricultura Familiar de Mato Grosso, que você vai conhecer nesta cartilha, c o n t e ú d o SEAF-MT e IPAM edição de

Leia mais

BELÉM, 19 de maio de 2017

BELÉM, 19 de maio de 2017 SEMINÁRIO Poluição, acidentes e multiplicidade de conflitos no eixo Barcarena e Abaetetuba: proteção dos direitos das populações humanas e da biodiversidade em face dos impactos de atividades industriais

Leia mais

ORÇAMENTO SOCIOAMBIENTAL: programas e ações para as áreas protegidas e o Sistema Nacional de Unidades de Conservação, SNUC

ORÇAMENTO SOCIOAMBIENTAL: programas e ações para as áreas protegidas e o Sistema Nacional de Unidades de Conservação, SNUC ORÇAMENTO SOCIOAMBIENTAL: programas e ações para as áreas protegidas e o Sistema Nacional de Unidades de Conservação, SNUC Identificar quais são os recursos do orçamento federal destinados às Unidades

Leia mais

III ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS COM O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

III ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS COM O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL III ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS COM O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Abril/2015 IMÓVEIS A SEREM INSCRITOS EM 2 ANOS Imóveis BR Área (ha) Estabelecimentos Agricultura familiar 4.367.902

Leia mais

Sistema Estadual de REDD+ de Mato Grosso

Sistema Estadual de REDD+ de Mato Grosso Sistema Estadual de REDD+ de Mato Grosso Minuta do Anteprojeto de Lei Diálogos Setoriais OAB, 19 de abril de 2011 Grupo de Trabalho de REDD do Fórum Estadual de Mudanças Climáticas de MT Laurent Micol

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN MCT 1 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN MCT 1 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) - TECN 3.1.6 - MCT 1 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Prestação de serviços de pessoa física para a elaboração de documento

Leia mais

Componentes do Programa e papel dos principais participantes em apoio aos municípios

Componentes do Programa e papel dos principais participantes em apoio aos municípios Componentes do Programa e papel dos principais participantes em apoio aos municípios Eixo 1: Fortalecimento da gestão ambiental municipal AGENDAS PRIORITÁRIAS 1. IMPLANTAR E/OU CONSOLIDAR O SISTEMA MUNICIPAL

Leia mais

IV Semana de Engenharia Florestal. Estratégia de Relacionamento Fibria

IV Semana de Engenharia Florestal. Estratégia de Relacionamento Fibria IV Semana de Engenharia Florestal Estratégia de Relacionamento Fibria Estratégia de Relacionamento Fibria Um Passado de Conflitos Um Presentede Diálogo Um Futuro de Cooperação Pauta 1. Fibria Quem somos?

Leia mais

Regulamentação da CRA e PRA 27ª RO DA CÂMARA TEMÁTICA DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL E IRRIGAÇÃO - CTASI Raimundo Deusdará Filho.

Regulamentação da CRA e PRA 27ª RO DA CÂMARA TEMÁTICA DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL E IRRIGAÇÃO - CTASI Raimundo Deusdará Filho. Regulamentação da CRA e PRA 27ª RO DA CÂMARA TEMÁTICA DE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL E IRRIGAÇÃO - CTASI Raimundo Deusdará Filho Diretor Geral/SFB O Brasil e as Florestas A cobertura florestal mundial é de

Leia mais

Governança de Terras em Países Emergentes

Governança de Terras em Países Emergentes Governança de Terras em Países Emergentes Adâmara S. G. Felício Economista, Mestranda em Desenvolvimento Econômico Unicamp Integrante GGT III Seminário Internacional de Governança de Terras e Desenvolvimento

Leia mais

AS POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E O PLANO PLURIANUAL

AS POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E O PLANO PLURIANUAL AS POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E O PLANO PLURIANUAL 2012-2015 Brasília DF Julho de 2011 1 A Política Nacional de Promoção da Igualdade Racial e a SEPPIR Essa Política tem como objetivo principal

Leia mais

Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica. Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima (IKI/BMU)

Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica. Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima (IKI/BMU) Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima (IKI/BMU) Índice da Apresentação Lições aprendidas Projeto Proteção da Mata Atlântica II (2009 a 2012)

Leia mais

Programa de Trabalho por Função/SubFunção/Programa

Programa de Trabalho por Função/SubFunção/Programa Programa de Trabalho por //Programa 03 ESSENCIAL À JUSTIÇA 0,00 574.708,77 0,00 574.708,77 03 092 REPRESENTAÇÃO JUDICIAL E EXTRAJUDICIAL 0,00 574.708,77 0,00 574.708,77 03 092 0406 GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Programa ABC Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação às Mudanças Climáticas visando à Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura

Leia mais

Profa. Neila Maria Viçosa Machado

Profa. Neila Maria Viçosa Machado SAÚDE E EDUCAÇÃO: uma perspectiva de integração a partir da Atenção Básica pelos Programa Saúde na Escola (PSE) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Profa. Neila Maria Viçosa Machado SAÚDE

Leia mais

Desenvolvimento Local. Aula 15. Política de desenvolvimento Rural em Portugal: Principais instrumentos de financiamento para o período

Desenvolvimento Local. Aula 15. Política de desenvolvimento Rural em Portugal: Principais instrumentos de financiamento para o período Desenvolvimento Local Aula 15 Política de desenvolvimento Rural em Portugal: Principais instrumentos de financiamento para o período 2014-2020. PAC 2014-2020 Desafios e objetivos Desafios Objetivos políticos

Leia mais

AGRICULTURA SUSTENTÁVEL: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

AGRICULTURA SUSTENTÁVEL: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE AGRICULTURA SUSTENTÁVEL: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE MECANISMOS DE POLÍTICAS DE CRÉDITO RURAL JOÃO CLAUDIO DA SILVA SOUZA SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA Brasília, 31 de julho de 2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA,

Leia mais

Cadastro Único para Programas Sociais Conhecer para Incluir

Cadastro Único para Programas Sociais Conhecer para Incluir Cadastro Único para Programas Sociais Conhecer para Incluir Seminário Internacional Sobre Integração de Bases de Dados e Sistemas de Informação para Aperfeiçoamento de Políticas Públicas 04 a 06 de Abril/16

Leia mais

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE)

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE) Identidade Organizacional - Acesso à informação - IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos R O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia

Leia mais

Plano Nacional de Turismo

Plano Nacional de Turismo Plano Nacional de Turismo 2011-2015 Conceito Conjunto de diretrizes, metas e programas que orientam a atuação do Ministério do Turismo, em parceria com outros setores da gestão pública nas três esferas

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA TERCEIRIZAÇÃO PARA A INDÚSTRIA QUÍMICA

A IMPORTÂNCIA DA TERCEIRIZAÇÃO PARA A INDÚSTRIA QUÍMICA A IMPORTÂNCIA DA TERCEIRIZAÇÃO PARA A INDÚSTRIA QUÍMICA A IMPORTÂNCIA DA INDÚSTRIA QUÍMICA PARA O BRASIL A indústria química é um dos mais importantes e dinâmicos setores da economia brasileira, representando

Leia mais

Comunidades Rurais e Extrativistas do Norte do Tocantins, Potencial e Produtos

Comunidades Rurais e Extrativistas do Norte do Tocantins, Potencial e Produtos Comunidades Rurais e Extrativistas do Norte do Tocantins, Potencial e Produtos Região do Bico do Papagaio Conforme o Sistema de Informações Territoriais, o Bico do Papagaio é composto por 25 municípios

Leia mais

Serviços Técnicos e Gestão Ambiental no Agronegócio Diretoria de Agronegócios

Serviços Técnicos e Gestão Ambiental no Agronegócio Diretoria de Agronegócios 47º Café com Sustentabilidade - Febraban Pecuária Sustentável: Agentes financeiros como indutores de boas práticas Modelos de financiamento e investimento: incentivos à adoção de boas práticas socioambientais

Leia mais

Projeto Palma Pará BRASIL. ADM do BRASIL Ltda.

Projeto Palma Pará BRASIL. ADM do BRASIL Ltda. Projeto Palma Pará BRASIL ADM do BRASIL Ltda. 2014 A Archer Daniels Midland Company (ADM) MUNDO A ADM é uma das maiores processadoras de grãos do mundo; 71 Países/30.000 funcionários/250 Unidades; Desenvolvimento

Leia mais

Carta de Compromisso. Página 1 de 5

Carta de Compromisso. Página 1 de 5 Carta de Compromisso Nos dias 27 a 28 de setembro, reunimos 66 participantes de 33 organizações (representantes da sociedade civil, governo, entidades bancárias e financiadores) durante o Seminário Políticas

Leia mais

Estrutura fundiária brasileira e promoção e execução da reforma agrária.

Estrutura fundiária brasileira e promoção e execução da reforma agrária. Estrutura fundiária brasileira e promoção e execução da reforma agrária. 10 de março de 2010 Assessor Técnico: Anaximandro Doudement Almeida Sumário 1. Estrutura Fundiária Brasileira 2. Promoção e execução

Leia mais

ATRIBUIÇÃO, OCUPAÇÃO E USO DAS TERRAS

ATRIBUIÇÃO, OCUPAÇÃO E USO DAS TERRAS ATRIBUIÇÃO, OCUPAÇÃO E USO DAS TERRAS EVARISTO EDUARDO DE MIRANDA CHEFE-GERAL DA EMBRAPA MONITORAMENTO POR SATÉLITE CAMPINAS, MAIO 2017 1990 2000 Luís Eduardo Magalhães 2010 Luís Eduardo Magalhães Taguatinga

Leia mais

APLs como Estratégia de Desenvolvimento Atuação do Governo Federal nos últimos 12 anos

APLs como Estratégia de Desenvolvimento Atuação do Governo Federal nos últimos 12 anos XIII Seminário Nacional de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral X Encontro do Comitê Temático Rede Brasileira de APL de Base Mineral - CT RedeAPLmineral APLs como Estratégia de Desenvolvimento Atuação

Leia mais

Estratégia para priorização de emissão de cotas de reserva ambiental no Mato Grosso.

Estratégia para priorização de emissão de cotas de reserva ambiental no Mato Grosso. Estratégia para priorização de emissão de cotas de reserva ambiental no Mato Grosso. Andrea Azevedo Tiago Reis Marcelo Stabile Cecília Simões Ronaldo Weigand Jr. Ricardo Abad Consultoria Objetivos: Qualificar

Leia mais

O Desenvolvimento da Agricultura e Política Rural

O Desenvolvimento da Agricultura e Política Rural 7º Seminário Estadual de Agricultura O Desenvolvimento da Agricultura e Política Rural Deputado Estadual José Milton Scheffer Vice-Presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da ALESC Território

Leia mais

Programa de Ação e Investimentos

Programa de Ação e Investimentos Este documento pretende sintetizar o Programa de Ação que faz parte integrante da Estratégia de Desenvolvimento Local apresentada pela ADREPES na fase de pré-qualificação da parceria do GAL ADREPES COSTEIRO.

Leia mais

Programa BB-Florestal. Banco do Brasil S.A. -- Superintendência Estadual de Minas Gerais

Programa BB-Florestal. Banco do Brasil S.A. -- Superintendência Estadual de Minas Gerais Programa BB-Florestal Programa BB-Florestal Momento atual produto x demanda disponibilidade de recursos naturais alta tecnologia das empresas do setor mercado consumidor diversificado questão ambiental

Leia mais

ABERTO O PRAZO PARA A DECLARAÇÃO DO ITR 2017 MELISSA RITA DO COUTO MICHELE MÜLLER MÜLLING SAFRAS & CIFRAS

ABERTO O PRAZO PARA A DECLARAÇÃO DO ITR 2017 MELISSA RITA DO COUTO MICHELE MÜLLER MÜLLING SAFRAS & CIFRAS ABERTO O PRAZO PARA A DECLARAÇÃO DO ITR 2017 MELISSA RITA DO COUTO MICHELE MÜLLER MÜLLING R SAFRAS & CIFRAS ABERTO O PRAZO PARA A DECLARAÇÃO DO ITR 2017 por Melissa Rita do Couto e Michele Müller Mülling

Leia mais

O fazer de nossas mãos pelo fortalecimento sindical.

O fazer de nossas mãos pelo fortalecimento sindical. O fazer de nossas mãos pelo fortalecimento sindical. CONTRIBUIÇÃO SINDICAL O que é? É um tributo previsto na Constituição Federal (CF) e Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), cujo recolhimento é obrigatório.

Leia mais

Os mercados institucionais: mecanismos e modalidades de compras públicas

Os mercados institucionais: mecanismos e modalidades de compras públicas Os mercados institucionais: mecanismos e modalidades de compras públicas Lecian Gilberto Conrad Especialista em cooperativismo e Consultor em Políticas Públicas para a Agricultura Familiar. leciangilberto@yahoo.com.br

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014

Copa do Mundo FIFA 2014 Code-P0 Copa do Mundo FIFA 2014 AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Claudio Langone Coordenador da CTMAS/ME Code-P1 O QUE O BRASIL QUER COM A COPA DO MUNDO FIFA Mobilizar o país Promover o país

Leia mais

O Mercado Institucional para a agricultura Familiar

O Mercado Institucional para a agricultura Familiar O Mercado Institucional para a agricultura Familiar Porto Alegre, 14 de novembro de 2014 Lecian Gilberto Conrad Assessor Técnico SDR/IICA lecian.conrad@iica.int (51) 3218.3378 Mercado institucional conceito

Leia mais

ATER e SETOR PÚBLICO no BRASIL

ATER e SETOR PÚBLICO no BRASIL Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal ABRIL 2015 ATER e SETOR PÚBLICO no BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre DESCRIÇÃO DO CURSO: O Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia forma profissionais para desenvolver, de modo pleno e inovador, as atividades

Leia mais

MUDANÇAS NO PRONAF. 1. Enquadramento no Pronaf. - assentados da Reforma Agrária e beneficiários do Crédito Fundiário que

MUDANÇAS NO PRONAF. 1. Enquadramento no Pronaf. - assentados da Reforma Agrária e beneficiários do Crédito Fundiário que MUDANÇAS NO PRONAF O Banco Central publicou, em 28 de março de 2008, a Resolução No. 3.559 promovendo alterações no Capítulo 10 do MCR Manual de Crédito Rural, que trata do PRONAF Programa Nacional de

Leia mais

AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL

AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL Critérios para a Classificação dos Condados Norte-Americanos segundo o Rural-Urban Continuum Code Condados Metropolitanos 0 1 2 3 Condados centrais de áreas metropolitanas

Leia mais

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Apresentado pelo representante do Ministério das Cidades Histórico Aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA Secretaria Nacional de Economia Solidária Ministério do Trabalho e Emprego Seu tamanho no Brasil 21.859 EES 1,7 Milhão de Pessoas 2.934 municípios (52%)

Leia mais

Situação fundiária no município de Alta Floresta (MT)

Situação fundiária no município de Alta Floresta (MT) Situação fundiária no município de Alta Floresta (MT) A complexa situação fundiária do estado de Mato Grosso e a falta de transparência na gestão de informações e nos procedimentos de regularização fundiária

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário. Regularização Fundiária na Amazônia Legal TERRA LEGAL AMAZÔNIA

Ministério do Desenvolvimento Agrário. Regularização Fundiária na Amazônia Legal TERRA LEGAL AMAZÔNIA Ministério do Desenvolvimento Agrário Regularização Fundiária na Amazônia Legal TERRA LEGAL AMAZÔNIA Neste material Primeira parte: O que é o Terra Legal? Situação atual Mudanças no marco legal (MP 458-

Leia mais

Mais de 200 anos de história

Mais de 200 anos de história Atuação do Banco do Brasil no Agronegócio Cooperativas Agropecuárias Safra 2017/18 Perfil Corporativo Postos de Atendimento1 16.492 Fundado em 1808 1ª empresa listada em bolsa de valores no Brasil Maior

Leia mais

Declaração para Cadastro de Imóveis Rurais. Manual de Orientação para Preenchimento da

Declaração para Cadastro de Imóveis Rurais. Manual de Orientação para Preenchimento da Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA SISTEMA NACIONAL DE CADASTRO RURAL - SNCR Manual de Orientação para Preenchimento da Declaração para

Leia mais