Perfil de Competências de Gestão. Nome: Exemplo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perfil de Competências de Gestão. Nome: Exemplo"

Transcrição

1 Perfil de Competências de Gestão Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008

2 Perfil de Competências de Gestão Introdução Este perfil resume como é provável que o estilo preferencial ou os modos típicos de comportamento de Exemplo influenciarão no seu potencial quanto a uma gama de competências de gestão. O formato do questionário comportamental que Exemplo preencheu (OPQ32i), exigiu que selecionasse, a partir de um conjunto de declarações, as que mais e as que menos pareciam consigo. É importante entender que devido ao formato de escolha forçada do questionário, não é possível para Exemplo atingir uma classificação potencial alta para todas as competências. Portanto, o perfil abaixo indica seus pontos fortes potenciais e as limitações no âmbito das competências com base em seus comportamentos de trabalho preferidos. Os indicadores de marcação, cruzes e círculos indicam que aspectos de seu estilo provavelmente contribuirão de maneira positiva ou mais negativa para cada competência. A adequação geral entre o estilo de Exemplo e cada competência (conforme esboçada acima) encontra-se demonstrada nos gráficos de barras no lado direto do relatório. O guia explica tais indicadores de adequação à competência com mais detalhes. As competências encontram-se definidas em mais detalhes na última página deste relatório. Guia dos indicadores de Adequação à Competência Limitaçãochave Provável Limitação Moderado Provável ponto forte Força-chave 1 Adequação insuficiente 2 Adequação fraca 3 Adequação média 4 Adequação boa 5 Adequação excelente > 2 OPQ32 Perfil de Competências de Gestão Exemplo: 8 maio 2008

3 É muito provável que use persuasão quando motiva outras pessoas. Qualidades gerenciais Está preparado para assumir o comando de um grupo, quando necessário. Demonstra um grau condizente de consulta às outras pessoas quando toma decisões. Adota um perfil razoavelmente alto e uma abordagem extrovertida. Liderança Provavelmente inclui uma perspectiva de prazo mais longo quando toma decisões. Às vezes, os planos podem sofrer falta de atenção aos detalhes. Examina com razoável criticismo os planos quanto a potenciais dificuldades. Dá bastante baixa prioridade à monitorização dos projetos em relação aos prazos de entrega. Planejamento e Organização Tão propenso a seguir os procedimentos de qualidade quanto a maioria dos outros. Assume uma perspectiva bastante a crítica quando avalia o trabalho em comparação aos padrões. Pode não perceber os mais intrínsecos detalhes ao analisar o trabalho. Uma ênfase mais baixa no término da tarefa pode comprometer a qualidade. Orientação para a Qualidade Extremamente interessado em vendas e negociações. Tenta equilibrar suas próprias perspectivas com as dos outros. Sente-se bastante confiante quando faz apresentações em situações sociais formais. Persuasivo A persuasão de outras pessoas é auxiliada por abordagem extrovertida. Qualidades Profissionais Tende a não gostar de aplicar conceitos e teorias às atividades de trabalho. Tende a avaliar os desenvolvimentos técnicos antes de aceitá-los. Sente-se levemente pouco à vontade ao trabalhar com dados numéricos. Até certo ponto, aberto a desenvolvimentos em sua área. *Conhecimento Especializado Geralmente avalia as soluções e as potenciais dificuldades. Só ocasionalmente assume uma perspectiva conceitual quanto aos problemas. Sente-se levemente pouco à vontade ao trabalhar com dados numéricos. Resolução e Análise de Problemas Demonstra um alto grau de flexibilidade ao implementar soluções. Moderadamente confiante e à vontade ao falar formalmente. Quase sempre usa um estilo persuasivo e convincente. Tende a ser extrovertido e sociável. Quase sempre adota um estilo diferente para se adequar à sua audiência. Comunicação Oral Avaliará o trabalho escrito de maneira bastante atenciosa à procura de eventuais erros. Pode não gostar de trabalhar com documentos teóricos ou conceituais. **Comunicação Escrita * O Conhecimento Especializado tende a ser específico de cada função em particular; assim estes aspectos podem não ser apropriados para algumas funções mais especializadas. ** Avalia-se melhor a Comunicação Escrita por meio de exercícios escritos (por exemplo: in-basket ) ou testes orais do que nas respostas ao questionário de personalidade. > 3 OPQ32 Perfil de Competências de Gestão Exemplo: 8 maio 2008

4 Qualidades de Empreendedor Exemplo provavelmente não terá a vantagem competitiva em situações comerciais. Vai sentir-se motivado, até certo ponto, por metas comerciais difíceis. Traz um forte enfoque em vendas para um ambiente comercial. Tentará encontrar em equilíbrio entre as questões comerciais e as pessoais. Tino Comercial Exemplo se vê como um indivíduo razoavelmente criativo. Leva em consideração métodos novos e métodos já estabelecidos ao gerar idéias. Ocasionalmente desafia as regras ao implementar uma idéia. As idéias e soluções podem às vezes não ter profundidade intelectual. Criatividade e Inovação Geralmente toma decisões sem muita demora. Tem energia razoável com a qual iniciar a ação. A ênfase moderada nas metas pode incentivar à ação. Não é provável que pouca atenção aos detalhes atrase a intenção de agir. Orientação para a Ação Até certo ponto, pensa adiante ao considerar questões estratégicas. Tem uma tendência a assumir uma perspectiva mais ampla em detrimento de uma perspectiva mais detalhada. Visão Estratégica Pode ter certa dificuldade em trabalhar com modelos estratégicos teóricos. É provável que defina metas razoavelmente difíceis de longo prazo. Qualidades Pessoais Oferece apoio condizente aos colegas que precisem. Incentiva os outros a darem algum tipo de contribuição. Expressa ou omite perspectivas, dependendo das circunstâncias. Valoriza a cooperação muito mais que a concorrência. Sensibilidade Interpessoal Gosta muito de variedade e mudanças. Ajusta o comportamento muito prontamente a novas circunstâncias. Moderadamente inclinado a seguir a decisão por consenso. Mantém-se razoavelmente otimista quando enfrenta mudanças. Flexibilidade Sente-se tenso. Pode lidar com um certo grau de crítica e é improvável que se atenha a isso. Prefere ser bastante aberto ao expressar emoções. Resiliência É provável que seja moderadamente otimista acerca da maioria das eventualidades. Tem níveis razoáveis de energia e mantém-se bastante ocupado. Razoavelmente ambicioso e pode buscar certo avanço na carreira. É muito improvável que seja motivado pela possibilidade de vencer. Motivação Pessoal > 4 OPQ32 Perfil de Competências de Gestão Exemplo: 8 maio 2008

5 Definições da Competência Área Competência Definição Qualidades gerenciais Qualidades Profissionais Qualidades de Empreendedor Liderança Planejamento e Organização Orientação para a Qualidade Persuasão Conhecimento Especializado Resolução e Análise de Problemas Comunicação Oral Comunicação Escrita Tino Comercial Criatividade e Inovação Orientação para a Ação Visão estratégica Motiva e incentiva os outros a fim de atingir metas organizacionais. Organiza e programa eventos, atividades e recursos. Elabora e monitora cronogramas e planos. Demonstra atenção em relação as metas e padrões. Acompanha o processo a fim de garantir que os padrões de qualidade e produtividade sejam cumpridos. Influencia, convence ou impressiona as outras pessoas de forma a conseguir aceitação, acordo ou mudança de comportamento. Entende os aspectos técnicos ou profissionais do trabalho e desenvolve, continuamente, o conhecimento técnico. Analisa as questões e decompõe-os em partes. Faz julgamentos sistemáticos e racionais com base em informações relevantes. Fala clara e fluentemente e de uma forma convincente tanto para indivíduos como para grupos. Escreve de maneira clara e concisa, usando gramática, estilo e linguagem apropriados para o leitor. Entende e aplica princípios comerciais e financeiros. Vê as questões em termos de custos, lucros, mercados e valor agregado. Cria novas e imaginativas abordagens para questões relacionadas ao trabalho. Identifica diferentes abordagens e mostra disposição para questionar o pensamento tradicional. Demonstra disposição para tomar decisões, tomar a iniciativa e originar ações. Demonstra ter uma visão ampla das questões, eventos e atividades e uma percepção quando a seu impacto de longo prazo ou suas implicações mais abrangentes. Qualidades Pessoais Sensibilidade Interpessoal Flexibilidade Resiliência Motivação Pessoal Interage com os outros de uma maneira sensível e eficaz. Respeita e trabalha bem com os outros. Adapta-se com sucesso a demandas e condições em constante mudança. Mantém um comportamento profissional eficaz quando enfrenta reveses ou pressão, mantendose calmo, estável e com autocontrole. Compromete-se com o trabalho duro a fim de atingir metas. Demonstra entusiasmo e compromisso com a carreira. > 5 OPQ32 Perfil de Competências de Gestão Exemplo: 8 maio 2008

6 SOBRE ESSE RELATÓRIO Esse relatório foi gerado a partir da utilização do sistema de Avaliação On-line da SHL. Ele contém informações do questionário de Personalidade Ocupacional TM (OPQ32). A utilização desse questionário é limitada às pessoas que receberam treinamento específico para sua utilização e interpretação. O relatório é gerado através do resultado do questionário respondido pelo participante e reflete as respostas dadas por ele. Esse relatório foi gerado eletronicamente - o usuário do software pode fazer alterações e acrescentar algo no texto do relatório. SHL Group Ltda e companhias associadas não garantem que o conteúdo desse relatório não foi alterado pelo sistema do computador. Não nos responsabilizamos pelas conseqüências do uso desse relatório e isso inclui conseqüências de todo tipo (incluindo negligência) para com esse conteúdo. Grupo de Comparação Utilizado: OPQ32i (Inglês - EUA) - População Geral Internacional 2007 O Perfil de Competências de Gestão Versão Número: 1.0 SC SHL Group Ltda Todos os direitos reservados. SHL e OPQ são marcas registradas da SHL Group Ltda e registradas no United Kingdom e outros países. Esse relatório foi produzido pela SHL em benefício do cliente e contêm propriedade intelectual SHL. Dessa forma, a SHL permite ao cliente reproduzir, distribuir, aperfeiçoar e guardar esse relatório apenas para uso interno e não comercial. Todos os direitos reservados da SHL. > 6 OPQ32 Perfil de Competências de Gestão Exemplo: 8 maio 2008

> Perfil de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança. Nome: Exemplo

> Perfil de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança. Nome: Exemplo > Perfil de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 Tipos na equipe Pode adotar Provável que Tipos na equipe Levantador de Recursos Coordenador Finalizador Dinamizador

Leia mais

> Relatório de Plano de Ação de Desenvolvimento. Nome: Exemplo

> Relatório de Plano de Ação de Desenvolvimento. Nome: Exemplo > Relatório de Plano de Ação de Desenvolvimento Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 Introdução Você preencheu recentemente um auto-questionário de personalidade a fim de proporcionar um padrão para a discussão

Leia mais

> Relatório de Vendas. Nome: Exemplo

> Relatório de Vendas. Nome: Exemplo > Relatório de Vendas Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 INTRODUÇÃO O Relatório de Vendas da SHL ajuda a compreender a adequação do potencial do Exemplo na função de vendas. Este relatório é baseado nos resultados

Leia mais

Relatório de Inteligência Emocional. Nome: Jane Smith

Relatório de Inteligência Emocional. Nome: Jane Smith Relatório de Inteligência Emocional Nome: Jane Smith Data: 8 maio 2008 Relatório de Inteligência Emocional (IE) Este relatório descreve as competências-chave para o da Inteligência Emocional (IE), que

Leia mais

CCSQ. Relatório para o Gestor Funções de Contacto com o Cliente. Nome Sample Candidate. Data 23 Setembro 2013. www.ceb.shl.com

CCSQ. Relatório para o Gestor Funções de Contacto com o Cliente. Nome Sample Candidate. Data 23 Setembro 2013. www.ceb.shl.com CCSQ Relatório para o Gestor Funções de Contacto com o Cliente Nome Sample Candidate Data 23 Setembro 2013 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este Relatório para o Gestor ajuda a compreender a adequação potencial

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Competências Universais. Nome Sample Candidate. Data 18 Outubro 2013. www.ceb.shl.com

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Competências Universais. Nome Sample Candidate. Data 18 Outubro 2013. www.ceb.shl.com OPQ Perfil OPQ Relatório de Competências Universais Nome Sample Candidate Data 18 Outubro 2013 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório destina-se a ser utilizado por gestores e profissionais de Recursos

Leia mais

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R C A R R E I R A DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12,

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

Inteligência. Emocional

Inteligência. Emocional Inteligência Emocional Inteligência Emocional O que querem os empregadores?? Atualmente, as habilitações técnicas específicas são menos importantes do que a capacidade implícita de aprender no trabalho

Leia mais

> Perfil Tipos Comportamento em Equipa e Estilos de Liderança. Nome: Peter Sample

> Perfil Tipos Comportamento em Equipa e Estilos de Liderança. Nome: Peter Sample > Perfil Tipos Comportamento em Equipa e Estilos de Liderança Nome: Peter Sample Data: 14 Abril 2009 Tipos de Comportamento em Equipa Improvável que adopte Pode adoptar Provável que adopte Tipos de Comportamento

Leia mais

Expert Report para Exemplo Profissional. Professional. Styles

Expert Report para Exemplo Profissional. Professional. Styles Expert Report para Exemplo Profissional Professional Styles Criado em: 25-mar-2008 Página 2 2006 Saville Consulting. Todos os direitos reservados. Conteúdo Introdução ao Relatório de Avaliação... 3 Perfil

Leia mais

Anexo VI (A que se refere o artigo 2.º) LISTA DE COMPETÊNCIAS DIRIGENTES INTERMÉDIOS

Anexo VI (A que se refere o artigo 2.º) LISTA DE COMPETÊNCIAS DIRIGENTES INTERMÉDIOS Anexo VI (A que se refere o artigo 2.º) LISTA DE COMPETÊNCIAS DIRIGENTES INTERMÉDIOS N.º ORIENTAÇÃO PARA RESULTADOS: Capacidade para se focalizar na concretização dos objectivos do serviço e garantir que

Leia mais

Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima

Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima Helen Peters e Rob Kabacoff A Hewlett Packard tem uma mulher por presidente; a ex-primeira dama norte-americana [Hillary Clinton] é, hoje,

Leia mais

Perfil do Líder no Paraná

Perfil do Líder no Paraná Perfil do Líder no Paraná O importante é não parar nunca de questionar Albert Einstein Em 2006, a Caliper do Brasil, empresa multinacional de consultoria em gestão estratégica de talentos, buscando inovar,

Leia mais

Relatório de Competências

Relatório de Competências ANÁLISE CALIPER DO POTENCIAL DE DESEMPENHO PROFISSIONAL Relatório de Competências LOGO CLIENTE CALIPER Avaliação de: Sr. Márcio Modelo Preparada por: Consultora Especializada Caliper e-mail: nome@caliper.com.br

Leia mais

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO DEFINIÇÕES OPERACIONAIS E INDICADORES COMPORTAMENTAIS Pag. 1 Elaborada por Central Business Abril 2006 para o ABRIL/2006 2 COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Perfil ManagerView360 para. Thomas Jones

Perfil ManagerView360 para. Thomas Jones Perfil ManagerView360 para Thomas Jones First Assessment: 03-11-03 ManagerView360 é um instrumento projetado para fornecer um foco desenvolvimentista a respeito dos pontos fortes das habilidades gerenciais

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

OPQ Perfi l OPQ. Relatório para as Vendas. Nome Sra. Exemplo 3

OPQ Perfi l OPQ. Relatório para as Vendas. Nome Sra. Exemplo 3 OPQ Perfi l OPQ Relatório para as Vendas Nome Sra. Exemplo 3 Data 28 Agosto 2014 www.ceb.shl.com www.transformece.com.br INTRODUÇÃO O Relatório para as Vendas da SHL ajuda a compreender a adequação potencial

Leia mais

LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO

LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO N.º ORIENTAÇÃO PARA RESULTADOS: Capacidade para concretizar eficiência os objectivos do serviço e as tarefas e que lhe são solicitadas. com eficácia e 1

Leia mais

Perfil de Equipe. Avaliação de: Empresa ABC. Equipe de Vendas. Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br. Data:

Perfil de Equipe. Avaliação de: Empresa ABC. Equipe de Vendas. Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br. Data: Perfil de Equipe SUPER de Vendas Avaliação de: Equipe de Vendas Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos reservados. Perfil de

Leia mais

ANEXO I-A FICHA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO GRUPO GERENCIAL ANO: 1. Identificação AVALIADO Nome: Matrícula: Cargo: AVALIADOR Nome: Matrícula: Cargo:

ANEXO I-A FICHA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO GRUPO GERENCIAL ANO: 1. Identificação AVALIADO Nome: Matrícula: Cargo: AVALIADOR Nome: Matrícula: Cargo: ANEXO I-A FICHA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO GRUPO GERENCIAL ANO: 1. Identificação AVALIADO Unidade de Lotação: Local de Trabalho: AVALIADOR 2. Realização da avaliação 3. Período da Avaliação Pela chefia imediata

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Jose Exemplo Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança Premium The

Leia mais

APL (Avaliação de Potencial para Liderança)

APL (Avaliação de Potencial para Liderança) APL (Avaliação de Potencial para Liderança) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:41:14 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/13 Índice analítico

Leia mais

CULTURA DA EQUIPE IDEAL

CULTURA DA EQUIPE IDEAL CULTURA DA EQUIPE IDEAL CULTURA DA EQUIPE IDEAL O perfil de cultura ideal criado pela organização indica que se exige um estilo de equipe que reúne papéis do tipo especialista e analista. Essa equipe deve:

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório para Maximizar a Aprendizagem. Nome Sample Candidate. Data 1 Outubro 2013. www.ceb.shl.com

OPQ Perfil OPQ. Relatório para Maximizar a Aprendizagem. Nome Sample Candidate. Data 1 Outubro 2013. www.ceb.shl.com OPQ Perfil OPQ Relatório para Maximizar a Aprendizagem Nome Sample Candidate Data www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO A aprendizagem individual é cada vez mais encarada como sendo importante no desenvolvimento

Leia mais

Open Doors A SHL Portugal abre as portas às Organizações

Open Doors A SHL Portugal abre as portas às Organizações Open Doors A SHL Portugal abre as portas às Organizações Lisboa, 25 de maio de 2011 People Intelligence. Business Results. 1 2011 SHL Group Limited www.shl.com Gestão Integrada do Talento People Intelligence.

Leia mais

I N T E R P R E T A H O G A N D E S E N V O L V E R INVENTÁRIO HOGAN DE PERSONALIDADE. Relatório para: Fulano Tal ID: HB666327. Data: 14, Março, 2013

I N T E R P R E T A H O G A N D E S E N V O L V E R INVENTÁRIO HOGAN DE PERSONALIDADE. Relatório para: Fulano Tal ID: HB666327. Data: 14, Março, 2013 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R I N T E R P R E T A INVENTÁRIO HOGAN DE PERSONALIDADE Relatório para: Fulano Tal ID: HB666327 Data: 14, Março, 2013

Leia mais

Guia de autopercepção

Guia de autopercepção TRACOM Sneak Peek Excerpts from Guia de autopercepção Guia de autopercepção Índice Introdução...1 O SOCIAL STYLE MODEL TM...1 De onde vem seu estilo?....................................................

Leia mais

HOGANDEVELOP INSIGHT. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12, Novembro, 2014 2013 HOGAN ASSESSMENT SYSTEMS INC.

HOGANDEVELOP INSIGHT. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12, Novembro, 2014 2013 HOGAN ASSESSMENT SYSTEMS INC. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12, Novembro, 2014 2013 HOGAN ASSESSMENT SYSTEMS INC. INTRODUÇÃO O Inventário Hogan de Personalidade é uma medida da personalidade normal que contém sete escalas

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Perfil Caliper Smart Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper Smart Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper Smart The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mário Teste Preparada por: Consultora Caliper consultora@caliper.com.br Data: Perfil Caliper Smart The Inner Leader Report Página 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Discutir liderança feminina em pleno século

Discutir liderança feminina em pleno século Liderança feminina Discutir liderança feminina em pleno século XXI parece ultrapassado, mas apenas agora as mulheres começam a ser reconhecidas como líderes eficazes. Somente neste século o reconhecimento

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

SUCCESS INSIGHTS INSIGHTS PARA SELEÇÃO SIDISC - Geral

SUCCESS INSIGHTS INSIGHTS PARA SELEÇÃO SIDISC - Geral SUCCESS NSGHTS NSGHTS PARA SELEÇÃO SSC - Geral 19-8-9 R. es. Jorge Fontana, - SL 9 Belvedere - Belo Horizonte-MG (31)3231-53 / 9139-1614 Copyright 1984-. TT, Ltd., Success nsights ntl, nc. NTROUÇÃO Estudos

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS Cesar Aparecido Silva 1 Patrícia Santos Fonseca 1 Samira Gama Silva 2 RESUMO O presente artigo trata da importância do capital

Leia mais

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo)

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) Duração: 5 Sessões (45 minutos) Público-Alvo: 6 a 7 anos (1º Ano) Descrição: O programa A Família é constituído por uma série de cinco actividades. Identifica o

Leia mais

SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE)

SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE) STE/02 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE) AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E POTENCIAL EM 360º NYDIA GUIMARÃES E ROCHA ABB RESUMO

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

Perfil Comportamen Comportamental G. D.H. Identificando Talentos e Oportunidades atra através do Comportamento

Perfil Comportamen Comportamental G. D.H. Identificando Talentos e Oportunidades atra através do Comportamento PASCom Identificando Talentos e Oportunidades atra através do Comportamento Perfil Comportamen Comportamental W & R Marketing Distribuidor para o Brasil do PASport Software Programs, Inc Inc. Para maiores

Leia mais

U N I V E R S A L APERFEIÇOADA. Vários avaliadores SOCIAL STYLE. Perfil. Preparado para: Por: Sessão: Isabella Ruiz. Sample Organization

U N I V E R S A L APERFEIÇOADA. Vários avaliadores SOCIAL STYLE. Perfil. Preparado para: Por: Sessão: Isabella Ruiz. Sample Organization Vários avaliadores SOCIAL STYLE Perfil Preparado para: Isabella Ruiz Por: Sample Organization Sessão: Improving Interpersonal Effectiveness U N I V E R S A L APERFEIÇOADA 09 Abr 2014 SOCIAL STYLE, A empresa

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS: O NOVO DESAFIO DO GERENTE DE PROJETOS

GESTÃO DE PESSOAS: O NOVO DESAFIO DO GERENTE DE PROJETOS GESTÃO DE PESSOAS: O NOVO DESAFIO DO GERENTE DE PROJETOS Carolina Kellen Drummond Salgado * Bacharel em Relações Internacionais (PUC-MG), funcionária da GRD Minproc. Pós-Graduada em Administração de Compras

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

Prof. Gustavo Nascimento. Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA

Prof. Gustavo Nascimento. Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA Prof. Gustavo Nascimento Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA A liderança e seus conceitos Liderança é a capacidade de influenciar um grupo para que as metas sejam alcançadas Stephen Robbins A definição de liderança

Leia mais

Relatório de: Empresa ABC. Gerentes. Preparado por: Consultor Caliper 05/08/14

Relatório de: Empresa ABC. Gerentes. Preparado por: Consultor Caliper 05/08/14 Relatório de: Gerentes Preparado por: Consultor Caliper 05/08/14 Rua Eça de Queiroz, 1272 Ahu - Curitiba - PR - Cep: 80.540-140 Telefone: 41-3075-3400 Sobre o relatório O relatório Caliper Perfil de Equipe,

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

Coleção ajuda no sucesso profissional

Coleção ajuda no sucesso profissional COLEÇÃO Unic Josafá Vilarouca Renata Tomasetti (11) 5051-6639 josafa@unicbuilding.com.br renata@unicbuilding.com.br Coleção ajuda no sucesso profissional Série lançada pela Publifolha possui 36 títulos,

Leia mais

PAP (Perfil de Avanço Profissional)

PAP (Perfil de Avanço Profissional) PAP (Perfil de Avanço Profissional) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:03:23 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/10 Índice analítico Índice

Leia mais

Treinamento Coaching - Assessment

Treinamento Coaching - Assessment Treinamento Coaching - Assessment Treinamento de vendas COACHING ASSESSMENT Para que treinar? A importância "A vontade de ganhar é importante, mas a vontade de se preparar é vital. Apresentando o Coaching

Leia mais

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA Bernardo Leite AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HÁ TEMPOS... Objetivos principais: Aumento de salário Demissão CONCLUSÃO: A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO É um processo natural e

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

NORMA DE AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL - NOR 312

NORMA DE AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL - NOR 312 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL COD: NOR 312 APROVAÇÃO: Resolução DIREX Nº 009/2012 de 30/01/2012 NORMA DE AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO 1/17 ÍNDICE

Leia mais

Fatores e Indicadores de Desempenho ADP

Fatores e Indicadores de Desempenho ADP Fatores e Indicadores de Desempenho ADP RESPONSABILIDADE / COMPROMETIMENTO COM A INSTITUIÇÃO - Assumir o compromisso na realização das atribuições - Atuar com disposição para mudanças - Buscar qualidade

Leia mais

Auto-formação para colaboradores

Auto-formação para colaboradores Formação e familiarização directa com o posto de trabalho é, muitas vezes, da responsabilidade da organização. Para uma organização eficaz desta tarefa, o instrutor/tutor necessita não só do conhecimento

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

GESTÃO DO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL GESTÃO DE DESEMPENHO

GESTÃO DO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL GESTÃO DE DESEMPENHO GESTÃO DO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL GESTÃO DE DESEMPENHO Career Compass Para Fulano de Tal 99999999 Data CONFIDENCIAL Reproduzido através do Inventário de Motivos, Valores e Preferências Copyright 2001

Leia mais

Modelo de Questionário de Desligamento

Modelo de Questionário de Desligamento RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Planejamento Recrutamento Seleção Integração 1ª Etapa Surgimento de uma vaga - Dispensas do empregador (demissões); - Pedidos de demissão (saídas voluntárias demissionários); - Mortes;

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE MMGP Darci Prado QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" - 1ª Edição Versão do Modelo 1..0-01/Fev/008 - Editora INDG-Tecs - 008 WWW.MATURITYRESEARCH.COM

Leia mais

Perfil e Competências do Coach

Perfil e Competências do Coach Perfil e Competências do Coach CÉLULA DE TRABALHO Adriana Levy Isabel Cristina de Aquino Folli José Pascoal Muniz - Líder da Célula Marcia Madureira Ricardino Wilson Gonzales Gambirazi 1. Formação Acadêmica

Leia mais

Inteligência Emocional. A importância de ser emocionalmente inteligente

Inteligência Emocional. A importância de ser emocionalmente inteligente Inteligência Emocional A importância de ser emocionalmente inteligente Dulce Sabino, 2008 Conceito: Inteligência Emocional Capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos

Leia mais

PREVIEW DAS PRINCIPAIS SEÇÕES DA NBR ISO 19011

PREVIEW DAS PRINCIPAIS SEÇÕES DA NBR ISO 19011 CENTRO DA QUALIDADE, SEGURANÇA E PRODUTIVIDADE PARA O BRASIL E AMÉRICA LATINA PREVIEW DAS PRINCIPAIS SEÇÕES DA NBR ISO 19011 Diretrizes para auditorias de sistemas de gestão da qualidade e/ou ambiental

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS RECURSOS HUMANOS

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS RECURSOS HUMANOS COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS RECURSOS HUMANOS DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

LIDERANÇA DA NOVA ERA

LIDERANÇA DA NOVA ERA LIDERANÇA DA NOVA ERA Liderança da Nova Era Liderança é a realização de metas por meio da direção de colaboradores. A liderança ocorre quando há lideres que induzem seguidores a realizar certos objetivos

Leia mais

CONSULTORIA EMPRESARIAL

CONSULTORIA EMPRESARIAL D DE P R DE O JALMA INHO EBOUÇAS LIVEIRA Manual de CONSULTORIA EMPRESARIAL Conceitos Metodologia Práticas MANUAL DO PROFESSOR ESTRUTURA DE APRESENTAÇÃO ESTE MANUAL DO PROFESSOR DA DISCIPLINA CONSULTORIA

Leia mais

Formação Analista DISC

Formação Analista DISC Formação Analista DISC Metodologia DISC Os Fatores DISC representam reações comportamentais a partir da percepção que o indivíduo tem do ambiente. Marston precisava medir de algum modo os estilos de comportamento.

Leia mais

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1. O QUE SIGNIFICA GESTÃO DE PESSOAS... 3 2. PRINCIPAIS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS... 3 3. O CONTEXTO DA GESTÃO DE PESSOAS... 4 4. EVOLUÇÃO DOS MODELOS DE GESTÃO...

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Como contratar de forma eficaz

Como contratar de forma eficaz Como contratar de forma eficaz Todos nós, de uma forma ou de outra, somos imperfeitos. Mesmo assim, procuramos contratar as pessoas perfeitas. A Robert Half fornece profissionais altamente qualificados

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, ORGANIZAÇÕES, ADMINISTRAÇÃO E ESTRATÉGIA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, ORGANIZAÇÕES, ADMINISTRAÇÃO E ESTRATÉGIA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, ORGANIZAÇÕES, ADMINISTRAÇÃO E ESTRATÉGIA 1 OBJETIVOS 1. O que os administradores precisam saber sobre organizações para montar e usar sistemas de informação com sucesso? 2. Que

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

PERFIL PESSOAL E PROFISSIONAL

PERFIL PESSOAL E PROFISSIONAL PERFIL PESSOAL E PROFISSIONAL Relatório de uso geral, pode ser utilizado em Recrutamento & Seleção, Treinamento e desenvolvimento ou mesmo para o autoconhecimento. Avalia o comportamento, relacionamentos,

Leia mais

Prof. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO - SOROCABA

Prof. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO - SOROCABA Prof. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO - SOROCABA Engenheiro Agrônomo CCA/UFSCar 1998 Mestre em Desenvolvimento Econômico, Espaço e Meio Ambiente IE/UNICAMP 2001 Doutor em Engenharia de Produção PPGEP/UFSCar

Leia mais

CONDUZINDO MUDANÇAS TRANSFORMADORAS

CONDUZINDO MUDANÇAS TRANSFORMADORAS CONDUZINDO MUDANÇAS TRANSFORMADORAS por David Miller The European Business Review, março/abril 2012 As mudanças estão se tornando mais frequentes, radicais e complexas. Os índices de falha em projetos

Leia mais

Norma ERG BR 1001 Competências Essenciais para os Ergonomistas Certificados 1

Norma ERG BR 1001 Competências Essenciais para os Ergonomistas Certificados 1 ABERGO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ERGONOMIA Norma ERG BR 1001 Competências Essenciais para os Ergonomistas Certificados 1 Aprovada na Assembléia Geral Ordinária da ABERGO [4 de setembro de 2002 Recife, Pernambuco]

Leia mais

S U M Á R I O H O G A N L I D E R A R VISÃO GERAL DE PONTOS FORTES, VALORES E DESAFIOS BASEADA EM RESULTADOS. Relatório para: Jane Doe ID: HA154779

S U M Á R I O H O G A N L I D E R A R VISÃO GERAL DE PONTOS FORTES, VALORES E DESAFIOS BASEADA EM RESULTADOS. Relatório para: Jane Doe ID: HA154779 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N L I D E R A R S U M Á R I O VISÃO GERAL DE PONTOS FORTES, VALORES E DESAFIOS BASEADA EM RESULTADOS Relatório para: Jane Doe ID: HA154779

Leia mais

judgment EM PERSPECTIVA:

judgment EM PERSPECTIVA: EM PERSPECTIVA: judgment As teorias de liderança geralmente estão baseadas em características individuais, como o carisma, influência, ética, entre outras, mas um determinante central da performance de

Leia mais

Empreendedor em Série?

Empreendedor em Série? Você tem o perfil de um Empreendedor em Série? Ron Bonnstetter, Ph.D., Bill J. Bonnstetter, M. A. & DeAnne Preston As fontes de criação de empregos adquiriram enorme importância quando milhões de postos

Leia mais

Criar excelentes experiências de uso com o design centrado no usuário

Criar excelentes experiências de uso com o design centrado no usuário Criar excelentes experiências de uso com o design centrado no usuário O design centrado no usuário cria uma excelente experiência de uso pois ele se concentra em quem é o usuário final do aplicativo, como

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Dar poder aos investidores através do conhecimento

Dar poder aos investidores através do conhecimento Dar poder aos investidores através do conhecimento Índice 3 4 6 8 10 incomeiq uma forma mais inteligente de pensar nas suas necessidades de rendimento A necessidade de rendimento nunca foi tão grande Qual

Leia mais

O CRM e a TI como diferencial competitivo

O CRM e a TI como diferencial competitivo O CRM e a TI como diferencial competitivo Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr.br Profº Dr. Luciano Scandelari (UTFPR) luciano@cefetpr.br

Leia mais

Avaliação de Competências

Avaliação de Competências Queremos que nossos relatórios tenham impacto em você, mas não no meio ambiente. Por favor, imprima somente as páginas que precisar. Avaliação de Competências Relatório Individual John Smith Example Quantidade

Leia mais

Relações Humanas e Públicas Professora Ana Maria anamelo.rh@hotmail.com

Relações Humanas e Públicas Professora Ana Maria anamelo.rh@hotmail.com Relações Humanas e Públicas Professora Ana Maria anamelo.rh@hotmail.com 1 2 RELAÇÕES HUMANAS E PÚBLICAS Profª Ana Maria anamelo.rh@hotmail.com EXERCÍCIOS DE PROVA (CESPE/Unb Agente Administrativo/Ministério

Leia mais

Amando ou Odiando o Excel: 5 Estratégias para Melhorar suas Análises

Amando ou Odiando o Excel: 5 Estratégias para Melhorar suas Análises Amando ou Odiando o Excel: 5 Estratégias para Melhorar suas Análises p2 Não há dúvida de que o Excel é uma das ferramentas favoritas para análise e relatórios. Os usuários adoram o controle que têm, a

Leia mais

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Universidade Federal Fluminense Oficina de Trabalho Elaboração de Provas Escritas Questões Objetivas Profª Marcia Memére Rio de Janeiro, janeiro de 2013 QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Cada uma das

Leia mais

O PROCESSO DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA NA EDUCAÇÃO CORPORATIVA: A EFETIVIDADE DO TREINAMENTO

O PROCESSO DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA NA EDUCAÇÃO CORPORATIVA: A EFETIVIDADE DO TREINAMENTO 1 O PROCESSO DE APRENDIZAGEM A DISTÂNCIA NA EDUCAÇÃO CORPORATIVA: A EFETIVIDADE DO TREINAMENTO CURITIBA PR MAIO DE 2014 Margarete Teresinha Fabbris de Oliveira Santos Faculdade de Administração, Educação,

Leia mais