RELAÇOES RACIAIS NOS CURRICULOS DA PEDAGOGIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELAÇOES RACIAIS NOS CURRICULOS DA PEDAGOGIA"

Transcrição

1 RELAÇOES RACIAIS NOS CURRICULOS DA PEDAGOGIA Janaína de Azevedo Corenza Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro INTRODUÇÃO A Lei de 9 de janeiro de 2003, que altera a LDB para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura afrobrasileira, busca remodelar a construção/reconstrução da valorização das identidades marginalizadas, reconhecendo as múltiplas culturas existentes, sobretudo a negra. Este trabalho apresenta algumas reflexões sobre a referida lei e teremos como foco do debate, a formação inicial de professores, especificamente, o curso de Pedagogia. A escolha pelo curso partiu da premissa que a Pedagogia forma os futuros professores que atuarão nas séries iniciais da educação básica como regentes de turma ou como orientadores, supervisores e coordenadores pedagógicos. Justificamos a importância deste estudo a partir dos resultados encontrados em pesquisas recentes como de Oliveira (2010), Gomes (2013) e Santana (2013) que mostram que as discussões sobre as relações raciais nas escolas de educação básica ainda estão pautadas em eventos, feiras e datas especificas, não transformando de fato o currículo escolar, conforme a exigência legal. Como possível estratégia para alterar este cenário, as pesquisas apontam a importância da formação inicial de professores abarcar, em seus currículos, a temática das relações raciais e educação com o objetivo de formar professores que possam colaborar para uma real transformação do currículo quando estes estiverem atuando na educação básica. O interesse pela pesquisa partiu da curiosidade em investigar como as relações raciais são trabalhadas no curso de Pedagogia em uma Instituição de Ensino Superior (IES) localizada no Rio de Janeiro, que tem como identidade histórica, a defesa e a luta pelo ingresso de estudantes não brancos no ensino superior, por meio de ações afirmativas. O referido curso é ofertado em três campi na modalidade presencial e um

2 curso na modalidade EaD. Cada um deles possui um currículo diferente, totalizando portanto, o levantamento de 4 currículos. Para tratar do tema currículo, alvo de nossas reflexões, nos baseamos no pensamento de Sacristan (2008) que define currículo não como um conceito, mas sim como uma construção cultural, um modo a organizar uma série de práticas educativas. O autor acrescenta que currículo é um projeto ou plano educativo composto de diferentes aspectos, experiências e conteúdos. Com base nesta definição, o objetivo do estudo é mapear os quatro currículos do curso de Pedagogia da mesma IES a partir do levantamento das ementas das disciplinas ofertadas e provocar uma discussão sobre os conteúdos que tratam das questões raciais e educação. Por ser um estudo em andamento, esta é a primeira etapa da pesquisa. As questões que tangem as práticas educativas desenvolvidas por meio do currículo do curso de Pedagogia serão desenvolvidas em etapa posterior. METODOLOGIA Este trabalho faz parte da pesquisa em andamento do Programa de Pós Graduação em Educação da PUC-Rio. É um estudo de caso e tem caráter qualitativo. A metodologia utilizada para o levantamento dos dados foi a busca das informações contidas no sítio eletrônico da IES. Identificamos as disciplinas obrigatórias e eletivas cujas ementas trazem em seus conteúdos, elementos que tratam das questões raciais e educação. Em seguida elencamos a carga horária e o período de oferta no curso. A partir deste levantamento, destacamos os elementos que atravessam os 4 currículos ofertados pela mesma instituição de ensino e provocamos algumas reflexões. RESULTADOS E DISCUSSÃO A partir do levantamento realizado, encontramos a oferta de 09 disciplinas que tratam das relações raciais e educação em diferentes vertentes. Dentre as 09 disciplinas ofertadas aos futuros professores, 07 são obrigatórias para a conclusão do curso de Pedagogia e 02 são eletivas, ou seja, a matrícula nestas últimas é de caráter optativo. As disciplinas são ofertadas em diferentes períodos letivos, com cargas horárias também

3 distintas. Distribuímos as tabelas abaixo a partir dos quatro currículos da IES pesquisada. Identificamos como campus 1, 2, 3 e 4, sendo este último, a oferta na modalidade EaD. Algumas informações não continham no sítio eletrônico e serão pesquisadas por outro meio, posteriormente. Abaixo é possível identificar que alguns elementos que tratam das relações raciais são comuns em todos os currículos. Vejamos: Tabela 1: Ementas das disciplinas ofertadas no curso de Pedagogia na modalidade presencial do Campus 1 Obrigatória Eletiva A questão multicultural e as relações O campo de investigação cientifica da interculturais no espaço escolar. Os diferentes contextos interativos e a configuração de novos significados, sentidos e identidades sócioculturais, ambientados nos espaços educativos. Os novos referenciais epistemológicos no estudo das minorias étnicas e das questões de gênero. As novas perspectivas em relação à educação no campo, à educação quilombola e à educação indígena. As propostas de inclusão e as dimensões dos direitos humanos no campo da educação. Questão Racial e suas relações com a educação. Os conceitos de raça, etnia, etnicidade, negritude e branquitude. A cultura nacional, nação e identidade nacional. A cultura afro-brasileira e a Educação. As desigualdades sociais, raciais e a Educação. História dos afro-brasileiros: diáspora, e as relações Brasil & África. As identidades nacionais e as desigualdades raciais no Sistema de Ensino Brasileiro. Cidadania, legislação anti-racista e ações afirmativas. As bases de uma Educação Anti-racista Período de oferta: 2º Período de oferta: diversos Fonte: Tabela 2: Ementas das disciplinas ofertadas no curso de Pedagogia na modalidade presencial do Campus 2 Obrigatória 1 Obrigatória 2 A construção do conceito Cultura. A evolução humana. O social e o biológico. As noções de natureza e cultura. As concepções de sociedade e cultura. Cultura, Processo civilizatório e História. A discussão acerca da alteridade. O problema do etnocentrismo Período de oferta: 1º Período de oferta: 2º Obrigatória 3 Obrigatória 4 Escolarização, Cultura e Distinção Social. Cultura Escolar, Conhecimento e Seleção Cultural. Escolas de pensamento e cultura de classe. Reprodução cultural e reprodução social. Currículo, Práticas Pedagógicas e Cotidiano Escolar. global. Período de oferta: 3º Período de oferta: 4º Contatos Culturais e Diversidade Cultural. Oralidade e Escrita. Os conceitos de etnia e etnicidade. A questão do multiculturalismo. Cultura e Ideologia. Indústria Cultural e Globalização. Cultura e Identidade. A cultura brasileira e a nacionalidade brasileira. Identidades étnicas e culturais no Brasil. Escolarização e construção da identidade cultural brasileira. Identidades Culturais Brasileiras: regional, nacional e

4 Fonte: Tabela 3: Ementas das disciplinas ofertadas no curso de Pedagogia na modalidade presencial do Campus 3 Obrigatória Cultura e seus códigos: um complexo sistema comunicativo. Misturas, caos e ocidentalização: a cultura no Brasil. A pedagogia como uma tecnologia cultural Carga horária: 45h Período de oferta: 2º Fonte: Tabela 4: Ementas das disciplinas ofertadas no curso de Pedagogia na modalidade EaD da IES Obrigatória Eletiva A questão multicultural e as O campo de investigação científica Questão relações interculturais no espaço escolar. Os diferentes contextos interativos e a configuração de Étnico-raciais e de Gênero e Educação. A Cultura nacional, culturas afro-brasileiras e Educação. Desigualdades Raciais e de Gênero e novos significados, sentidos e Educação. O combate ao Racismo e às identidades sócio-culturais, Desigualdades Raciais e de Gênero e o sistema ambientais nos espaços educativos de ensino brasileiro. Cidadania, Legislação antiracista e anti-sexista e Ações Afirmativas. Por uma Educação anti-racista e anti-sexista Período de oferta: 6º Período de oferta: - Fonte: Identificamos, a partir deste levantamento, que a IES cumpre a exigência legal com a oferta de componentes curriculares com diversos elementos que tratam das questões raciais e educação, apresentando, pelo menos um componente curricular obrigatório nas turmas da Pedagogia em seus diferentes campi. Arroyo (2007) quando discute a formação de professores, afirma que é preciso obrigar os centros de formação a incorporar nos currículos de Pedagogia e Licenciaturas o conhecimento da nossa realidade multirracial. Indicamos que, neste caso, já houve avanço na referida incorporação. O resultado apresentado mostra que alguns conteúdos como cultura/culturas ; relações interculturais ; identidade, etnia/etinicidade, desigualdades sociais, estão presentes em todas as disciplinas ofertadas e revelam pistas que podem contribuir

5 para pensarmos nos temas abordados nos 4 currículos. Estes elementos podem favorecer a construção de conhecimento por parte dos futuros professores e provocar um novo olhar histórico da nossa sociedade, a partir dos conceitos e dos debates travados em sala de aula. Os conteúdos trabalhados nas disciplinas trazem elementos que também possibilitam a reflexão a respeito do mecanismo de visibilidade de questões anteriormente desvalorizadas e negadas nas salas de aula da formação de professores. Identificamos que os cursos apresentam currículos diferentes e esta riqueza de dados promove importantes reflexões sobre os elementos que são debatidos, estudados e trabalhados na formação de professores. Sacristan (2008) aponta que a escola, em geral, sob qualquer modelo de educação, adota uma posição e uma orientação seletiva frente a cultura, que se concretiza no currículo que transmite. O sistema educativo serve a certos interesses concretos e eles se refletem no currículo. Com base neste autor, afirmamos que não apenas a escola, mas qualquer instituição educativa elabora seus currículos a partir de escolhas sociais conscientes e inconscientes, elencando os conteúdos que consideram pertinentes a serem ensinados. Como resultado preliminar, constatamos que escolhas foram feitas na elaboração dos currículos, privilegiando determinados conteúdos. A carga horária das disciplinas, os temas abordados e a seleção de conteúdos são elementos que podem trazer a tona, a forma como o campus pensa as questões raciais na formação de professores. Ser a mesma IES, com um histórico de luta pelo ingresso de estudantes não brancos nos bancos universitários não indica que todos os currículos revelam esta identidade de forma idêntica. Os currículos mostram estas diferenças e será sobre elas que nos pautaremos na etapa seguinte à pesquisa. Pensar os currículos do curso de Pedagogia a partir das questões raciais a serem debatidas com os futuros professores é um primeiro passo para conhecermos melhor como a questão é desenvolvida na formação. CONCLUSÕES A oferta de disciplinas que trazem em suas ementas elementos que tratam das questões raciais e educação é um primeiro passo para identificarmos se a IES trabalha com um currículo que busca a ampliação do importante debate sobre as questões raciais

6 e educação no curso de Pedagogia. Um número significativo de pesquisas que tratam da Lei /2003 tem como lócus de estudo, a escola de educação básica, e seus resultados mostram que a temática precisa ser trabalhada nos cursos de formação, como um caminho para transformar o currículo da educação básica, de forma efetiva. As pesquisas afirmam que os cursos de formação precisam dar aos futuros professores ferramentas de diálogo, reflexão e de conceitos que lhes permitam uma interferência no currículo da educação básica, viabilizando as questões raciais como conteúdo a ser desenvolvido em sala de aula, valorizando as experiências, os conhecimentos construídos ao longo do ano letivo e não apenas em eventos, festas ou datas especificas. O mapeamento revela que conteúdos que tratam das relações raciais estão presentes no currículo e isto é um avanço. Porém é válido afirmar que embora seja a mesma instituição, os cursos ofertam currículos diferenciados. A partir deste dado, buscaremos analisar as questões que tangem as práticas educativas desenvolvidas por meio dos currículos do curso de Pedagogia. REFERÊNCIAS ARROYO, Miguel Gonzáles. A pedagogia multirracial popular e o sistema escolar. In:GOMES, Nilma Lino (Org.). Um olhar além das fronteiras: educação e relações raciais. Belo Horizonte: Autêntica, GOMES, Nilma Lino; JESUS, Rodrigo Ednilson de. As práticas pedagógicas de trabalho com relações étnico-raciais na escola na perspectiva de Lei /2003: desafios para a política educacional e indagações para a pesquisa. Educ. rev., Curitiba, n. 47, mar OLIVEIRA, Luiz Claudio. Dos limites ideológicos à aplicação da Lei 10639/03: Representações sobre religiões afro-brasileiras na formação de professores Dissertação (Mestrado em Educação, Cultura e Comunicação) Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, SACRISTAN, J. Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3ª ed. São Paulo: Artmed, SANTANA, Moisés de Melo; LUZ, Itacir Marques da; SILVA, Auxiliadora Maria Martins da. Dilemas e aporias subjacentes aos processos de implementação da Lei /2003. Educ. rev., Curitiba, n. 47, mar

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-2 DISCIPLINA: Educação e Relações Étnico-Raciais JP0053 PROFESSOR: Ms. Claudemir Madeira I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária:30 h II EMENTA Tratar os conceitos de etnia, raça, racialização,

Leia mais

TÍTULO: 11 ANOS DA LEI 10639/2003 E O ENSINO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE SÃO PAULO

TÍTULO: 11 ANOS DA LEI 10639/2003 E O ENSINO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE SÃO PAULO TÍTULO: 11 ANOS DA LEI 10639/2003 E O ENSINO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE SÃO PAULO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: DIREITO INSTITUIÇÃO: FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES AUTOR(ES):

Leia mais

CURRÍCULO MÍNIMO 2013

CURRÍCULO MÍNIMO 2013 CURRÍCULO MÍNIMO 2013 (Versão preliminar) Componente Curricular: SOCIOLOGIA (Curso Normal) Equipe de Elaboração: COORDENADOR: Prof. Luiz Fernando Almeida Pereira - PUC RJ ARTICULADOR: Prof. Fábio Oliveira

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-2 DISCIPLINA: Socialização das Experiências Docentes II JP0040 PROFESSOR: Ms. Patrícia Moura Pinho I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 15h II

Leia mais

Currículo Escolar. Contextualização. Instrumentalização. Teleaula 2. Refletir sobre currículo. Profa. Me. Inge R. F. Suhr

Currículo Escolar. Contextualização. Instrumentalização. Teleaula 2. Refletir sobre currículo. Profa. Me. Inge R. F. Suhr Currículo Escolar Teleaula 2 Contextualização Profa. Me. Inge R. F. Suhr Que realidade se põe? Como isso afeta a questão do currículo? Refletir sobre currículo Expansão industrial X finalidade da educação

Leia mais

A LEI /03 E UMA PROPOSTA DE IMPLEMENTAÇÃO ATRAVÉS DA LITERATURA

A LEI /03 E UMA PROPOSTA DE IMPLEMENTAÇÃO ATRAVÉS DA LITERATURA A LEI 10.639/03 E UMA PROPOSTA DE IMPLEMENTAÇÃO ATRAVÉS DA LITERATURA Gisele Ferreira da Silva 1 - INTRODUÇÃO Diante da complexidade de nossa história e sociedade, medidas e políticas afirmativas tornaram-se

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação

Leia mais

DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS 01. As Diretrizes Curriculares Nacionais para EJA (CNE,2000) preconizam princípios norteadores da ação pedagógica da escola: (A) éticos, políticos e estéticos; (B)

Leia mais

COLEGIADO ESPECIAL DE LICENCIATURA FAE/UFMG DISCIPLINAS TEÓRICAS DOS CURSOS REGULARES DE LICENCIATURA HORÁRIO PARA O 2 o SEMESTRE DE 2013

COLEGIADO ESPECIAL DE LICENCIATURA FAE/UFMG DISCIPLINAS TEÓRICAS DOS CURSOS REGULARES DE LICENCIATURA HORÁRIO PARA O 2 o SEMESTRE DE 2013 CÓDIGO DISCIPLINAS C/H CRED. ADE003 Política Educacional 60 04 CAE001 Sociologia da Educação 60 04 CAE002 Psicologia da Educação - aprendizagem e ensino 60 04 MTE101 Didática de Licenciatura 60 04 Q U

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Artigo 1º - O Estágio Supervisionado de que trata este regulamento refere-se à formação de

Leia mais

A Educação das Relações Raciais no currículo dos cursos de Licenciatura em Geografia de Santa Catarina INTRODUÇÃO

A Educação das Relações Raciais no currículo dos cursos de Licenciatura em Geografia de Santa Catarina INTRODUÇÃO A Educação das Relações Raciais no currículo dos cursos de Licenciatura em Geografia de Santa Catarina Azânia Mahin Romão Nogueira Universidade Federal de Santa Catarina azaniarn@yahoo.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Núcleo Temático: Químico Pedagógico Código da Disciplina:

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Núcleo Temático: Químico Pedagógico Código da Disciplina: 1 UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: ESCOLA DE ENGENHARIA Curso: Química Disciplina: Educação e Alteridade Prof. Dr. LUIZ FERNANDO PINTO BAHIA Carga horária: Teórica (x) 1h30 Prática

Leia mais

EFETIVAÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

EFETIVAÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NA EDUCAÇÃO BÁSICA EFETIVAÇÃO DO ENSINO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NA EDUCAÇÃO BÁSICA ¹Bárbara Silva dos Santos Pereira; ²Marisa Mendes Machado de Sousa ¹Universidade Estadual do Rio de Janeiro- bsspereira@gmail.com

Leia mais

OFERTA DE DISCIPLINAS ALUNOS REGULARES

OFERTA DE DISCIPLINAS ALUNOS REGULARES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO OFERTA DE DISCIPLINAS 2015.1 ALUNOS REGULARES DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS (ALUNOS REGULARES): MESTRADO

Leia mais

TRABALHO COLABORATIVO DE UMA PROFESSORA ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EM UMA ESCOLA COM EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL

TRABALHO COLABORATIVO DE UMA PROFESSORA ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EM UMA ESCOLA COM EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL TRABALHO COLABORATIVO DE UMA PROFESSORA ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EM UMA ESCOLA COM EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL Josemaris Aparecida Martinelli - Universidade Estadual de Londrina Josemaris2012@gmail.com

Leia mais

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Professor(es): Rosana dos Santos Jordão Carga horária:

Leia mais

Resultado Final do Eixo 04 - Currículo e e políticas educacionais Nº TÍTULO CPF

Resultado Final do Eixo 04 - Currículo e e políticas educacionais Nº TÍTULO CPF Nº TÍTULO CPF 1 Resultado Final do Eixo 04 - Currículo e e políticas educacionais ANÁLISE DA POLÍTICA PÚBLICA CURRICULAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA PAULISTA NA PERSPECTIVA DE AVALIAÇÃO EXTERNA DE SISTEMA 41691261815

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO Edital de Seleção CURSO DE APERFEIÇOAMENTO: A DIVERSIDADE EM SALA

Leia mais

Cidadania e Educação das Relações étnico-raciais.

Cidadania e Educação das Relações étnico-raciais. Cidadania e Educação das Relações étnico-raciais. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 10.639, DE 9 DE JANEIRO DE 2003. Mensagem de veto Altera a Lei n o 9.394,

Leia mais

TÍTULO: OS DESAFIOS DA GESTÃO DEMOCRÁTICA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO MÉDIO PARAÍBA

TÍTULO: OS DESAFIOS DA GESTÃO DEMOCRÁTICA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO MÉDIO PARAÍBA TÍTULO: OS DESAFIOS DA GESTÃO DEMOCRÁTICA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DA REGIÃO MÉDIO PARAÍBA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Ciências Humanas Componente Curricular: Sociologia Série: 2º Eixo Tecnológico:

Leia mais

O ENSINO DE SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) NAS ESCOLSA ESTADUAIS DE DOURADOS/MS RESUMO INTRODUÇÃO

O ENSINO DE SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) NAS ESCOLSA ESTADUAIS DE DOURADOS/MS RESUMO INTRODUÇÃO O ENSINO DE SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) NAS ESCOLSA ESTADUAIS DE DOURADOS/MS Rodolfo Dias Pinto 1 Maria de Lourdes dos Santos 2 1 Bolsista do Programa de Projetos de Pesquisa na Licenciatura

Leia mais

TESE DE DOUTORADO MEMÓRIAS DE ANGOLA E VIVÊNCIAS NO BRASIL: EDUCAÇÃO E DIVERSIDADES ÉTNICA E RACIAL

TESE DE DOUTORADO MEMÓRIAS DE ANGOLA E VIVÊNCIAS NO BRASIL: EDUCAÇÃO E DIVERSIDADES ÉTNICA E RACIAL TESE DE DOUTORADO MEMÓRIAS DE ANGOLA E VIVÊNCIAS NO BRASIL: EDUCAÇÃO E DIVERSIDADES ÉTNICA E RACIAL Marciele Nazaré Coelho Orientadora: Profa. Dra. Roseli Rodrigues de Mello Por: Adriana Marigo Francisca

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

Palavras-chave: patrimônio cultural, inclusão, currículo, Pedagogia, UEG

Palavras-chave: patrimônio cultural, inclusão, currículo, Pedagogia, UEG UM OLHAR SOBRE O PATRIMÔNIO CULTURAL: PROPOSTA DA INCLUSÃO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL NO CURRÍCULO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Autor: Vágnar Gonçalves da Silva Orientador: Dr.

Leia mais

PRO-REITORIA REITORIA DE ENSINO,

PRO-REITORIA REITORIA DE ENSINO, INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ PROJETO IFPR/VIZIVALI INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ PRO-REITORIA REITORIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DIREÇÃO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DIRETORIA DE EaD Equipe

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DAPARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DAPARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DAPARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO E AÇÕES AFIRMATIVAS: Desafios da Educação Etnicorracial na Formação de Professores da Educação de Jovens e Adultos. Autora Julyanna de Oliveira

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: FUNDAMENTOS DE SOCIOLOGIA 0560076 1.2.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO RESULTADO DA 1ª ETAPA DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NPGED/POSGRAP Nº 01/2014 VAGAS INSTITUCIONAIS

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO- BRASILEIROS E INDÍGENAS DA FACULDADE DO NORTE GOIANO (FNG)

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO- BRASILEIROS E INDÍGENAS DA FACULDADE DO NORTE GOIANO (FNG) 1-6 CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO NORTE GOIANO FACULDADE DO NORTE GOIANO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO- BRASILEIROS E INDÍGENAS DA FACULDADE DO NORTE GOIANO (FNG) Porangatu/GO 2015 2-6 SUMÁRIO

Leia mais

A PRÁTICA PEDAGÓGICA E O PROCESSO DE INCLUSÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS NOS ANOS INICIAIS

A PRÁTICA PEDAGÓGICA E O PROCESSO DE INCLUSÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS NOS ANOS INICIAIS A PRÁTICA PEDAGÓGICA E O PROCESSO DE INCLUSÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS NOS ANOS INICIAIS Natalia Barbosa Verissimo Profª Dra. Célia Regina Vitaliano Danielle Nunes Martins do

Leia mais

O TRABALHO DO COORDENADOR PEDAGÓGICO E O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA.

O TRABALHO DO COORDENADOR PEDAGÓGICO E O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA. O TRABALHO DO COORDENADOR PEDAGÓGICO E O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA. Ana Paula Zaikievicz, (acadêmica do 3º ano de Pedagogia), Marisa Schneckenberg,(Orientadora) e-mail: marisas@irati.unicentro.br.

Leia mais

Eixo 1: Pesquisa em Pós-Graduação em Educação e Práticas Pedagógicas

Eixo 1: Pesquisa em Pós-Graduação em Educação e Práticas Pedagógicas 1 CONTRIBUIÇÕES DAS LEIS 10.639/2003 e 11.645/08 PARA PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NAS SALAS DE LEITURA DA REDE MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS Juliana Maria Costa Fecher Winter Universidade Católica de Petrópolis RJ

Leia mais

Pedagogia. 1º Semestre. Biologia Educacional EDC602/ 60h

Pedagogia. 1º Semestre. Biologia Educacional EDC602/ 60h Pedagogia 1º Semestre Biologia Educacional EDC602/ 60h Ementa: Identificar os processos biológicos fundamentais diretamente relacionados à situação ensino-aprendizagem. Análise dos fatores genéticos e

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA: DEZ ANOS DEPOIS COMO FICAMOS? PPGE-PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA: DEZ ANOS DEPOIS COMO FICAMOS? PPGE-PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO 02273 FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA: DEZ ANOS DEPOIS COMO FICAMOS? Sônia Maria Soares de Oliveira PPGE-PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ- UECE

Leia mais

O ENSINO DE DIREITOS HUMANOS NOS CURSOS DE ENSINO MÉDIO DO IFRS: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Laura, D. A. 1 ; Letícia S.F. 2

O ENSINO DE DIREITOS HUMANOS NOS CURSOS DE ENSINO MÉDIO DO IFRS: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Laura, D. A. 1 ; Letícia S.F. 2 O ENSINO DE DIREITOS HUMANOS NOS CURSOS DE ENSINO MÉDIO DO IFRS: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Laura, D. A. 1 ; Letícia S.F. 2 RESUMO- A temática dos direitos humanos é uma pauta cada vez mais presente no

Leia mais

A CONSTRUÇÃO CURRICULAR NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE EM CRITÉRIOS FUNDAMENTADOS NO PENSAMENTO DE PAULO FREIRE

A CONSTRUÇÃO CURRICULAR NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE EM CRITÉRIOS FUNDAMENTADOS NO PENSAMENTO DE PAULO FREIRE 1 A CONSTRUÇÃO CURRICULAR NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE EM CRITÉRIOS FUNDAMENTADOS NO PENSAMENTO DE PAULO FREIRE Carla Garcia Santana Gomes - UFSCar campus Sorocaba Anaí Helena Basso Alves

Leia mais

POLÍTICA PÚBLICA ÉTNICO-RACIAL REFLEXÕES NECESSÁRIAS...

POLÍTICA PÚBLICA ÉTNICO-RACIAL REFLEXÕES NECESSÁRIAS... POLÍTICA PÚBLICA ÉTNICO-RACIAL REFLEXÕES NECESSÁRIAS... Manuela Lima 1 Uniube/ Programa de Mestrado em Educação/manuelalima@uberabadigital.com.br Linha de trabalho: Políticas Públicas na Educação. Resumo

Leia mais

Instituto de Educação Universidade de Lisboa

Instituto de Educação Universidade de Lisboa Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação e Tecnologias Digitais 14 15 Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

Leia mais

DISCUTINDO CURRÍCULO NA ESCOLA CONTEMPORANEA: OLHARES E PERSPECTIVAS CRÍTICAS

DISCUTINDO CURRÍCULO NA ESCOLA CONTEMPORANEA: OLHARES E PERSPECTIVAS CRÍTICAS DISCUTINDO CURRÍCULO NA ESCOLA CONTEMPORANEA: OLHARES E PERSPECTIVAS CRÍTICAS Resumo Esse relato surgiu a partir de uma pesquisa exploratória realizada por 12 professores participantes envolvidos em 15

Leia mais

Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes

Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes Projeto Brasil misturado Duração: 01/11/12 a 30/11/12 Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes Culminância: Dia 30 de novembro Característica: Projeto interdisciplinar, envolvendo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA CARGA HORÁRIA PROGRAMA DE DISCIPLINA NOME COLEGIADO CÓDIGO SEMEST RE Raça, Racismo e Subjetividades Ciências Sociais 2016.1 TEÓR: 60 PRÁT: CURSOS ATENDIDOS Ciências Sociais PROFESSOR (ES) RESPONSÁVEL (EIS)

Leia mais

A RELEVÂNCIA DA PESQUISA NA FORMAÇÃO DOS FUTUROS PEDAGOGOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

A RELEVÂNCIA DA PESQUISA NA FORMAÇÃO DOS FUTUROS PEDAGOGOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA 1 A RELEVÂNCIA DA PESQUISA NA FORMAÇÃO DOS FUTUROS PEDAGOGOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Vanessa Ribeiro ANDRETO 1 Andréia Cristiane Silva WIEZZEL 2 RESUMO: O presente projeto de cunho qualitativo,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Fundamentos e Metodologia em Educação Infantil II Código da Disciplina: EDU 334 Curso: Pedagogia Período de oferta da disciplina: 6º Faculdade responsável: PEDAGOGIA

Leia mais

! PLANO DE ENSINO. Carga Horária: 40h/a. Teórica: 40h/a. Professora: Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento.

! PLANO DE ENSINO. Carga Horária: 40h/a. Teórica: 40h/a. Professora: Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento. ! PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: Curso: Odontologia. Disciplina: Odontologia, Ética e Legislação. Carga Horária: 40h/a. Teórica: 40h/a. Professora: Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento. 2. EMENTA:

Leia mais

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática Profª. M.e Cláudia Benedetti Profa. M.e Cláudia Benedetti Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita

Leia mais

ETAPAS E CRONOGRAMA DO PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO

ETAPAS E CRONOGRAMA DO PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO ETAPAS E CRONOGRAMA DO PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO ETAPA ATUAL: PROPOSIÇÕES DATA 12 e 15 de Abril Locais: Paranavaí e Curitiba Maio a julho (em cada Colegiado) ENCONTRO, ATIVIDADE E CONTEÚDOS 2º Encontro

Leia mais

PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Experiência de aprendizagem em espaços educativos escolares e nãoescolares

PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Experiência de aprendizagem em espaços educativos escolares e nãoescolares PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Experiência de aprendizagem em espaços educativos escolares e nãoescolares - JP0028 PROFESSORA: Dr.ª Hilda Jaqueline de Fraga I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ

CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ ORIGEM DO UNIVERSO, FORMAÇÃO DA VIDA NA TERRA ESTUDANDO FÓSSEIS: O CAMINHO DA EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES 1º semestre de 201 3ª feira, das 13h30 às 17h30 SANTO ANDRÉ

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA: 60 h/a Período Letivo PROFESSORA: Caroline Kern Contato

PLANO DE ENSINO. CARGA HORÁRIA: 60 h/a Período Letivo PROFESSORA: Caroline Kern Contato UNIVERSIDADE DO - UDESC DEPARTAMENTO: Pedagogia CURSO: PEN-EDI Pedagogia - noturno DISCIPLINA: Currículo, Conhecimento e Cultura II Código 6 CARGA HORÁRIA: 60 h/a Período Letivo 2013-2 PROFESSORA: Caroline

Leia mais

NORMATIVA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE HISTÓRIA LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO

NORMATIVA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE HISTÓRIA LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO NORMATIVA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE HISTÓRIA LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os estágios curriculares no curso de História-Licenciatura

Leia mais

1 05/03/ :53:32 PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO(68 HORAS)

1 05/03/ :53:32 PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO(68 HORAS) 1 05/03/2016 11:53:32 PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO(68 HORAS) TURMA SÁBADO - UNIDADE PAULISTA PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO INÍCIO 27/02/2016 COM TRANSMISSÃO AO VIVO 27/02/2016

Leia mais

A LEI Nº /2003: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DE UMA POLÍTICA CURRICULAR QUE AFIRMA A DIVERSIDADE

A LEI Nº /2003: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DE UMA POLÍTICA CURRICULAR QUE AFIRMA A DIVERSIDADE A LEI Nº 10.639/2003: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DE UMA POLÍTICA CURRICULAR QUE AFIRMA A DIVERSIDADE Kátia Evangelista Regis Universidade Federal do Maranhão Brasil katia_educ@yahoo.com.br Resumo Este artigo

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DISCIPLINAS 1. Introdução à Pesquisa em Letras 2. Metodologia de ensino de línguas estrangeiras I: perspectivas teóricas e abordagens

Leia mais

MINUTA EM CONSTRUÇÃO

MINUTA EM CONSTRUÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR UNIVERSITÁRIO MINUTA EM CONSTRUÇÃO RESOLUÇÃO POLÍTICA DE AÇÕES AFIRMATIVAS E PROMOÇÃO DA IGUALDADE ÉTNICO-RACIAL Institui a Política de Ações Afirmativas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA CÓDIGO: LIBRAS 01 UNIDADE ACADÊMICA OFERTANTE: Faculdade de Educação CH TEÓRICA: 30 FICHA DE COMPONENTE CURRICULAR COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS SIGLA: FACED CH TOTAL: 60 CH PRÁTICA:

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2009

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2009 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2009 O da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro torna pública a abertura das inscrições para as provas de seleção

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO - IFPE

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO - IFPE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 5º semestre

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 5º semestre EIXO TECNOLÓGICO: Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU:( )integrado( )subsequente( ) concomitante ( ) bacharelado( x )licenciatura( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

Educação Escolar Quilombola

Educação Escolar Quilombola Ministério da Educação Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão SECADI Coordenação Geral de Educação para as Relações Étnico-Raciais Educação Escolar Quilombola Diretrizes

Leia mais

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti

Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática. Profª. M.e Cláudia Benedetti Aula 1 O processo educativo: a Escola, a Educação e a Didática Profª. M.e Cláudia Benedetti Profa. M.e Cláudia Benedetti Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita

Leia mais

O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DE DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DO INTERIOR DO MATO GROSSO DO SUL: ANÁLISE DOS ASPECTOS INCLUSIVOS

O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DE DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DO INTERIOR DO MATO GROSSO DO SUL: ANÁLISE DOS ASPECTOS INCLUSIVOS O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DE DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DO INTERIOR DO MATO GROSSO DO SUL: ANÁLISE DOS ASPECTOS INCLUSIVOS Clarice Karen de Jesus Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Palavras chave:

Leia mais

O Multiculturalismo na Educação Patrimonial: conceitos e métodos

O Multiculturalismo na Educação Patrimonial: conceitos e métodos O Multiculturalismo na Educação Patrimonial: conceitos e métodos Profa. Raquel Mello Salimeno de Sá Museu do Índio Instituto de História- UFU Comunicação Relato de Experiência Atualmente, exige-se dos

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL Nº 04/ IFAP

RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL Nº 04/ IFAP SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO 2015.2 RETIFICAÇÃO Nº 01 DO EDITAL Nº 04/2015 - IFAP A PRESIDENTE DA COMISSÃO DO

Leia mais

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania.

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DEMOCRACIA REGIME PAUTADO NA SOBERANIA POPULAR E NO RESPEITO

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO INTRODUÇÃO As diferentes unidades que compõem o conjunto de cadernos, visam desenvolver práticas de ensino de matemática que favoreçam as aprendizagens dos alunos. A

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Escola de Engenharia Curso: Licenciatura em Química Núcleo Temático: Químico Pedagógico Disciplina: Conteúdo e Metodologia do Ensino de Química I Código da Disciplina: 06013201 Professor(es):

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Currículo escolar. Desafios e potencialidades. Formação dos jovens.

PALAVRAS-CHAVE: Currículo escolar. Desafios e potencialidades. Formação dos jovens. 01470 CURRÍCULO ESCOLAR: DESAFIOS E POTENCIALIDADES NA FORMAÇÃO DOS JOVENS Maria Perpétua do Socorro Beserra Soares 1 Eixo Temático: Didática e Prática de Ensino na Relação com a Sociedade Subeixo: Temas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Licenciatura em Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos,

Leia mais

DIFERENTES CORES SEMELHANTES SERES: REFLEXÕES E PRÁTICAS. Palavras-chave: racismo, preconceito, diversidade, respeito e tolerância.

DIFERENTES CORES SEMELHANTES SERES: REFLEXÕES E PRÁTICAS. Palavras-chave: racismo, preconceito, diversidade, respeito e tolerância. 1 DIFERENTES CORES SEMELHANTES SERES: REFLEXÕES E PRÁTICAS Adriana Ferreira de Souza Cardoso 1 Jackeline Silva Cardoso Liliane de Jesus Lima Karla Adriana Fernandes de Castro Pereira Dinalva de Jesus Santana

Leia mais

DIVERSIDADE ÉTNICO RACIAL: PERCEPÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

DIVERSIDADE ÉTNICO RACIAL: PERCEPÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIVERSIDADE ÉTNICO RACIAL: PERCEPÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Raelma Danuza César Freire; Ma. Nadia Farias dos Santos (Orientadora) UEPB Univesidade Estadual da Paraíba

Leia mais

Plano de Ensino Docente. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2º

Plano de Ensino Docente. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2º Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU:( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM. CURSO: Pedagogia. Período: Não definido. Semestre de Ingresso: 1º. C.H. Teórica: 40h

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM. CURSO: Pedagogia. Período: Não definido. Semestre de Ingresso: 1º. C.H. Teórica: 40h PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Pedagogia Disciplina: Educação de Jovens e Adultos Professor: Renato Ribeiro Período Letivo: 2 sem/2016 Série: 5ª Série 6ª Série Período: Não definido C.H. Teórica:

Leia mais

SEMANA 5 DISCRIMINAÇAO DE GÊNERO NO CONTEXTO DA DESIGUALDADE SOCIAL ÉTNICO-RACIAL

SEMANA 5 DISCRIMINAÇAO DE GÊNERO NO CONTEXTO DA DESIGUALDADE SOCIAL ÉTNICO-RACIAL SEMANA 5 DISCRIMINAÇAO DE GÊNERO NO CONTEXTO DA DESIGUALDADE SOCIAL ÉTNICO-RACIAL Autor (unidade 1 e 2): Prof. Dr. Emerson Izidoro dos Santos Colaboração: Paula Teixeira Araujo, Bernardo Gonzalez Cepeda

Leia mais

Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade

Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade Antônio Lidio de Mattos Zambon Coordenador Geral de Políticas

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Câmpus Ponta Grossa PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Câmpus Ponta Grossa PLANO DE ENSINO Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Ponta Grossa PLANO DE ENSINO CURSO Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Naturais MATRIZ 763 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Resolução 037/11-COGEP

Leia mais

PEDAGOGIA - Turmas de Segunda-Feira

PEDAGOGIA - Turmas de Segunda-Feira UTA - GESTÃO EDUCACIONAL GRADUAÇÃO - MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA DE ENCONTROS PRESENCIAIS VIRTUAIS - TELEAULAS FACINTER/CBED - EDIÇÃO 01/2012 PEDAGOGIA - Turmas de Segunda-Feira Turmas de Ingresso

Leia mais

MAIS. São Paulo CLARETIANO. Concurso Público. Curso Preparatório para PRA QUEM QUER MAIS EXPERIÊNCIA. MAIS RECONHECIMENTO. de Diretor da SEE/SP

MAIS. São Paulo CLARETIANO. Concurso Público. Curso Preparatório para PRA QUEM QUER MAIS EXPERIÊNCIA. MAIS RECONHECIMENTO. de Diretor da SEE/SP Curso Preparatório para Concurso Público de Diretor da SEE/SP MAIS EXPERIÊNCIA. MAIS RECONHECIMENTO. CLARETIANO PRA QUEM QUER MAIS São Paulo RUA MARTIM FRANCISCO, 604 SANTA CECÍLIA - PRÓXIMO DO MÊTRO (11)

Leia mais

EDITAL Nº 007/2016 POSEDUC/UERN

EDITAL Nº 007/2016 POSEDUC/UERN Campus Central BR 1 KM 46 Rua Prof. Antônio Campos, s/n - Costa e Silva. CEP: 59.633-0 - Caixa Postal 70 - Mossoró RN / Telefones: (84) 3314-3452 FAX: (84) 3314-3452 EDITAL Nº 007/2016 POSEDUC/UERN A Coordenação

Leia mais

CURRÍCULO ESCOLAR VMSIMULADOS

CURRÍCULO ESCOLAR VMSIMULADOS CURRÍCULO ESCOLAR 01. Segundo a LDB (Lei no 9394/96), os currículos do ensino fundamental e médio devem ter uma base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar,

Leia mais

Caracterização e objetivos do PET

Caracterização e objetivos do PET UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE EDUCAÇÂO TUTORIAL - PET EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTOR(A) DO GRUPO PET CIVIL (2016) A PROGRAD divulga, pelo presente edital,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO ESTÁGIO NA FORMAÇÃO DO LICENCIANDO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ANSEIOS E DIFICULDADES

A IMPORTÂNCIA DO ESTÁGIO NA FORMAÇÃO DO LICENCIANDO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ANSEIOS E DIFICULDADES A IMPORTÂNCIA DO ESTÁGIO NA FORMAÇÃO DO LICENCIANDO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ANSEIOS E DIFICULDADES Mauricio André Morales Garcia 1 Simone Medianeira Franzin 2 Resumo: O estágio em qualquer curso superior

Leia mais

RAÇA BRASIL REPORTAGENS: TEMAS & CÓDIGOS GRUPOS TEMÁTICOS (2.318 REPORTAGENS / 185 TEMAS & CÓDIGOS)

RAÇA BRASIL REPORTAGENS: TEMAS & CÓDIGOS GRUPOS TEMÁTICOS (2.318 REPORTAGENS / 185 TEMAS & CÓDIGOS) Personalidade Personalidade Perfil 322 Personalidade Personalidade Carreira 244 Estética Cabelos Femininos 157 Sociedade Eventos NULL 121 Estética Moda Feminina & Masculina 118 Estética Moda Feminina 107

Leia mais

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA EIXO III EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA SUGESTÃO Desde os anos 1980, observam-se transformações significativas

Leia mais

Palavras-chave: Educação Física. Produção Colaborativa de Práticas Corporais Inclusivas. Alunos público alvo da Educação Especial. 1.

Palavras-chave: Educação Física. Produção Colaborativa de Práticas Corporais Inclusivas. Alunos público alvo da Educação Especial. 1. INCLUSÃO DE ALUNOS PÚBLICO ALVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE REGULAR DE ENSINO DA CIDADE DE CATALÃO: ANÁLISE E ESTÍMULO DA PRODUÇÃO COLABORATIVA DE PRÁTICAS CORPORAIS INCLUSIVAS

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Paraná Programa de Pós-Graduação em Teologia Linha Teologia e Sociedade

Pontifícia Universidade Católica do Paraná Programa de Pós-Graduação em Teologia Linha Teologia e Sociedade Pontifícia Universidade Católica do Paraná Programa de Pós-Graduação em Teologia Linha Teologia e Sociedade LIVROS DE ENSINO RELIGIOSO: uma produção de conhecimento no período de 1995 a 2010 Isabel Cristina

Leia mais

Características Educação SESI

Características Educação SESI EDUCAÇÃO SESI Características Educação SESI Atendimento prioritário ao Trabalhador da indústria e seus dependentes Gratuidade nos cursos EJA Atuação nas 27 Unidades Federativas 32% de evasão na EJA Cenário

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Fundamentos e Metodologia nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental II Código da Disciplina: EDU 325 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 5º Faculdade responsável:

Leia mais

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 INGRESSOS DE 20041 161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 NÚMERO MÁXIMO DE PERÍODOS 9 CARGA HORÁRIA 3640 1 132 FUNDAMENTOS ÉTICOS DE EDUCAÇÃO 30 OBRIGATORIA

Leia mais

NORMAL MÉDIO. Parte Diversificada. Tópicos Educacionais

NORMAL MÉDIO. Parte Diversificada. Tópicos Educacionais NORMAL MÉDIO Parte Diversificada Tópicos Educacionais 2013 GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Eduardo Campos VICE-GOVERNADOR João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO Ricardo Dantas SECRETÁRIO EXECUTIVO DE PLANEJAMENTO,

Leia mais

UNIDADE I A Construção do Conhecimento Psicológico: 1.1 Conceituações

UNIDADE I A Construção do Conhecimento Psicológico: 1.1 Conceituações PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Psicologia da Educação II Código da Disciplina: EDU312 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 3º Faculdade responsável: Pedagogia Programa em vigência a partir

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO FIL02457 - FILOSOFIA POLÍTICA I (60 h, OBR) O homem e sua ação política. A noção de polis no pensamento grego antigo e seus desdobramentos

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em História e Cultura Afro-Brasileira. OBJETIVO

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: IV CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA GEOGRAFIA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Geografia:

Leia mais

A implementação da lei /03 na Educação de Jovens e Adultos: análise de um material didático.

A implementação da lei /03 na Educação de Jovens e Adultos: análise de um material didático. 1 A implementação da lei 10.639/03 na Educação de Jovens e Adultos: análise de um material didático. Rosimara Silva Correia Profª. Drª Roseli Rodrigues de Mello Mestrado Educação Escolar: Teorias e Práticas

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

Sala 8 Gestão Pedagógica E. E. PROFA. NIDELSE MARTINS DE ALMEIDA

Sala 8 Gestão Pedagógica E. E. PROFA. NIDELSE MARTINS DE ALMEIDA Expectativas de aprendizagem: transposição do currículo prescrito para a prática docente Sala 8 Gestão Pedagógica E. E. PROFA. NIDELSE MARTINS DE ALMEIDA Professor(es) Apresentador(es): ALEX SILVIO DE

Leia mais

O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA INTEGRADA AO ENSINO MÉDIO: CURRÍCULOS E PRÁTICAS

O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA INTEGRADA AO ENSINO MÉDIO: CURRÍCULOS E PRÁTICAS Sociedade Brasileira de na Contemporaneidade: desafios e possibilidades O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA INTEGRADA AO ENSINO MÉDIO: CURRÍCULOS E PRÁTICAS Sérgio do Nascimento Senna

Leia mais

O ensino de Sociologia e a temática Afro-Brasileira: aproximações. Estevão Marcos Armada Firmino SEE/SP

O ensino de Sociologia e a temática Afro-Brasileira: aproximações. Estevão Marcos Armada Firmino SEE/SP O ensino de Sociologia e a temática Afro-Brasileira: aproximações. Estevão Marcos Armada Firmino SEE/SP estevão.armada@yahoo.com.br 1. Introdução De acordo com a Lei Federal n 11.645/08, torna-se obrigatório

Leia mais