Usar um dispositivo Android

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Usar um dispositivo Android"

Transcrição

1 Andrid Cntrle e cmand Transfrme Andrid em um eficiente cntrle remt para uma máquina Linux. pr Dmitri Ppv Usar um dispsitiv Andrid para acessar e cntrlar máquinas Linux remtas nã é uma ideia nva, e uma abundância de aplicativs n Ggle Play pdem ser usads para gerenciar máquinas Linux via SSH u VNC. Em vez de usar dispsitiv Andrid cm um cliente SSH regular, n entant, usuári pde transfrmá-l em um cntrle remt versátil para uma máquina Linux. Váris pactes estã dispníveis para ajudá-l cm iss, incluind Linux Remte Cntrl, Remte Cntrl fr Linux e Remte Launcher. Linux Remte Cntrl O Linux Remte Cntrl (LRC) [1] é uma sluçã leve que cnsiste de dis cmpnentes: um servidr basead em Nde.js que executa na máquina Linux hst e uma interface web timizada para executar em dispsitivs móveis cm smartphnes e tablets Andrid. O LRC é fácil de implementar e pssui uma interface de fácil utilizaçã, que trna uma ferramenta perfeita para usuáris mens técnics (figura 1). O LRC é distribuíd cm um pacte.deb, e pde ser executad em tds s derivads d Ubuntu Linux. Para instalá-l, pegue mais recente pacte lrc. deb d site d prjet e instale-, executand cmand: sud dpkg i /path/t/lrc.deb Se usuári receber uma mensagem de err dizend que pacte xbacklight está faltand, instale- cm cmand: sud apt get install xbacklight Se usuári quiser usar LRC para cntrlar música e vide players, terá que instalar s aplicativs Rhythmbx e Ttem Mvie Player. Iss pde ser feit cm cmand: sud apt get install rhythmbx ttem Em seguida, mva a pasta lrc -client d diretóri /pt para seu dispsitiv móvel. A maneira mais fácil de fazer iss é cnectar dispsitiv móvel a cmputadr cm LRC e, em seguida, cpiar diretóri /pt/lrc-client até lcal desejad n dispsitiv móvel. Uma vez que iss esteja feit, execute servidr LRC na máquina Linux usand um ds seguintes cmands: nde /pt/lrc server/lrc.js ndejs /pt/lrc server/lrc.js N dispsitiv móvel, abra arquiv index.html presente n diretóri lrc-client em um navegadr. A primeira cisa que usuári precisa fazer é adicinar uma nva cnta d servidr. Pressine btã Add Server (Adicinar Servidr), dê à nva cnta um nme descritiv, e digite endereç IP da máquina 72

2 Figura 1 O Linux Remte Cntrl pssui uma interface limpa e funcinal baseada na web. Linux executand servidr LRC. Salve a cnta e tque na entrada criada para alternar para painel. A partir daqui, usuári pde acessar as interfaces dispníveis. A interface Music permite cntrlar player de música Rhythmbx (figura 2). A partir daqui, u- suári cntrla tds s recurss principais, cm acinar e pausar uma faixa, ir para a faixa seguinte u anterir e ajustar vlume. A interface também exibe cnvenientemente a infrmaçã básica sbre a música que está tcand. A interface de víde ferece mesm recurs para a reprduçã de víde. Além de cntrlar música e víde, LRC também pde lidar cm utras tarefas. A interface Cntrls (Cntrles) pde ser usada para executar ações básicas d sistema, cm desligar e reiniciar, blquear e desblquear desktp, ajustar brilh da tela, e tirar uma captura da tela (figura 3). O usuári também pde Figura 2 A interface Music permite cntrlar reprdutr de música Rhythmbx. utilizar camp Send custm cmmand (Enviar cmand persnalizad) para digitar um cmand e executá-l na máquina Linux, pressinand btã Send cmmand (Enviar cmand). A interface Slideshw transfrma dispsitiv móvel em um cntrle remt para apresentações (figura 4). Os btões Back (Vltar) e Frward (Avançar) emulam as teclas de seta esquerda e direita, de md que usuári pde utilizar a interface cm praticamente qualquer sftware de apresentaçã que pssa ser cntrlad usand essas chaves. Se usar um aplicativ de apresentaçã cm LibreOffice Impress, também é pssível usar s btões dedicads na interface para iniciar e interrmper a apresentaçã. O btã Muse permite alternar para a interface Tuchpad, que efetivamente transfrma celular em um tuchpad remt. Este recurs pde ser particularmente útil quand usuári Figura 3 Cm a interface Cntrls, u- suári pde executar cmands persnalizads em uma máquina Linux remta. precisa cntrlar desktp durante a apresentaçã. A partir da interface Tuchpad, usuári pde cntrlar cursr passan- Figura 4 Cm LRC, usuári pde utilizar dispsitiv Andrid cm um cntrle remt para apresentações. Linux Magazine #114 Agst de

3 Figura 5 O RCL também permite usar um dispsitiv Andrid para cntrlar apresentações. d ded sbre a área indicada na tela, e pde usar s btões indicads para emular cliques d muse para a direita u para a esquerda. Quand finalizar a peraçã, usuári pde retrnar para a interface Slideshw usand btã aprpriad. O LRC pssui muits recurss para ele. É fácil de implementar, e usa uma interface de cliente baseada na web bastante funcinal (u seja, nã há a necessidade de um aplicativ cliente Andrid separad). Cm LRC permite criar várias cntas, usuári pde utilizar a interface web para cnectar e cntrlar diferentes máquinas Linux. Remte Cntrl fr Linux Semelhante a LRC, Remte Cntrl fr Linux (RCL) [2] é basead n mdel cliente servidr, mas ele implementa de uma frma um puc diferente. O RCL Figura 6 O RCL pssui um teclad virtual para entrada de text na máquina Linux remta. Figura 7 O aplicativ frnece uma interface básica para cntrlar a reprduçã de mídia. apresenta um aplicativ Andrid nativ que permite cntrlar uma máquina Linux remta através de um script de servidr basead em Pythn. A parte d servidr nã requer instalaçã, assim usuári pde implementá-l facilmente em qualquer distribuiçã Linux cm Pythn 2.x. Para fazer iss, clne repsitóri d GitHub pyremtecntrl [3] usand cmand git clne https://github. cm/raaapha/pyremtecntrl.git. N terminal, alterne para diretóri pyremtecntrl resultante, e trne script PyRemteCntrl.py executável usand cmand chmd +x PyRemteCntrl.py. Inicie servidr cm cmand./pyremtecntrl.py. Em seguida, instale aplicativ Remte Cntrl fr Linux, dispnível n Ggle Play. Se preferir experimentar aplicativ antes de cmprar a versã paga, usuári pde desejar ptar pel Remte Cntrl Lite fr Linux [4]. Inicie aplicativ, digite endereç IP da máquina Linux executand servidr PyRemteCntrl e pressine Cnnect (Cnectar). Embra aplicativ RCL pareça bem enxut em cmparaçã cm interface d RCL, ele faz muit bem trabalh. Os recurss d aplicativ sã acessads em quatr telas. A tela Presentatin (Apresentaçã) permite cntrlar apresentações (figura 5). Iss é pssível cm a emulaçã das teclas de seta esquerda e direita, lg deve funcinar cm qualquer sistema de apresentaçã que suprta essas chaves. Cm a tela Presentatin nã ferece quaisquer utrs btões, usuári precisa iniciar e interrmper as apresentações manualmente. Semelhante à seçã Tuchpad n LRC, a tela Muse n RCL permite cntrlar cursr e emular cliques de btã d muse. O RCL também pssui uma a tela Keybard, que ferece um teclad virtual para entrada de text na máquina Linux remta (figura 6). Embra us d dispsitiv An- 74

4 drid cm um teclad nã seja a frma mais cnveniente de digitar um text, recurs pde ser útil durante apresentações. Pr fim, a tela Media frnece uma interface simples para cntrlar a reprduçã de mídia (figura 7). Ela inclui srtiment habitual de btões para ajustes de vlume, reprduzir e pausar músicas, e mver para faixas anterires e psterires. Embra RCL careça das características limpas d LRC, ele pssui uma vantagem imprtante: servidr basead em Pythn pde ser facilmente implementad em praticamente qualquer distribuiçã Linux. Entã, se usuári nã estiver utilizand Ubuntu u seus derivads, e estiver em busca de uma sluçã livre de abrreciments para cntrlar uma máquina remtamente, RCL pde ser uma esclha sensata. Remte Launcher Cm nme indica, aplicativ Remte Launcher [5] nã é, pr si só, uma sluçã de cntrl remt. é uma cmbinaçã de um aplicativ Andrid e um servidr basead em Java que permite iniciar aplicativs e executar cmands em uma máquina Linux remta. Assim, embra Remte Launcher nã pssa ser usad para cmandar players de mídia, apresentações e cntrle de cursr, ele pde ser útil para a realizaçã de tarefas simples cm iniciar aplicativs e reiniciar a máquina. Para implementar Remte Launcher na máquina Linux de destin, primeiramente instale Java Runtime Envirnment (JRE). Em seguida, pegue a última versã d cmpnente d servidr n site d prjet e descmpacte arquiv baixa- d. N terminal, alterne para diretóri resultante e execute cmand./install.sh cm rt. O usuári pde, entã, iniciar servidr usand cmand remte launcher server. Alternativamente, execute servidr sem instalá-l, executand cmand./remte launcher server d diretóri descmpactad. Este cmand inicia servidr cm a interface gráfica; n entant, se a máquina Linux de destin nã pssuir um desktp gráfic, use cmand remte launcher server d para iniciar servidr em md text. Durante a primeira execuçã, usuári deve especificar uma senha. Uma vez que servidr esteja instalad e funcinand, usuári deve adicinar launchers a ele. Na janela Remte Launcher Server, esclha Edit/ Cnfigure launchers (Editar/Cn- Uma ferramenta prática e uma excelente referência s s livr m s d T c s site t s n d n e desc 30% d códig cm nal* Códig: ci 14 prm lnb20 Cnheça também: /altabks alta_bks Linux Magazine #114 Agst de Rua Viúva Cláudi, 291 Ri de Janeir - RJ Tels: (21) (21) * Prmçã válida smente para cmpras realizadas n site até dia 31/07/

5 Figura 10 Edite e crie launchers cm a versã prprietária d aplicativ Remte Launcher. Figura 8 Criand um VLC launcher. figurar launchers) e pressine btã Add launcher (Adicinar launcher). Dê um nme a nv launcher e uma breve descriçã e, em seguida, digite caminh para executável d aplicativ n camp Path (Caminh). Pr exempl, um launcher para media player VLC deve ser alg parecid cm a figura 8. O usuári também pde utilizar s templates frnecids cm pnts de partida para a criaçã de seus própris launchers. Esclha a lista de templates desejads n drp-dwn e edite à vntade. Cm servidr Remte Launcher cnfigurad e funcinand, instale aplicativ Remte Launcher [6] (u sua versã gratuita [7]) em seu dispsitiv Andrid. Inicie aplicativ, pressine btã Add server (Adicinar servidr), e preencha s camps necessáris. Salve a cnexã cnfigurada, e pressine btã Cnnect (Cnectar) para cnectar-se a servidr Remte Launcher. O usuári deve ver uma Figura 9 A versã gratuita d aplicativ Remte Launcher em açã. Gstu d artig? Querems uvir sua piniã. Fale cnsc em: Este artig n nss site: Mais infrmações lista de launchers. Para iniciar um aplicativ específic na máquina remta, tque n launcher desejad (figura 9). Se usuári ptu pela versã prprietária d Remte Launcher, também pde usar aplicativ para editar launchers existentes e criar nvs (figura 10). Cnclusã Se quiser usar um dispsitiv Andrid cm um cntrle remt para apresentações e reprdutres de mídia, u se precisar executar um cmand casinal em um servidr remt, usuári pde cnsiderar as ferramentas descritas neste artig bastante úteis. Juntamente cm SSH e aplicativs VNC clientes, essas sluções pdem transfrmar smartphne u tablet Andrid em uma ferramenta pdersa e versátil para gerenciament de máquinas Linux remtas. n [1] Linux Remte Cntrl: en.html [2] Remte Cntrl para Linux: play.ggle.cm/stre/apps/ details?id=net.rbarn.remtecntrl [3] Repsitóri pyremtecntrl n GitHub: github.cm/raaapha/ pyremtecntrl [4] Remte Cntrl Lite para Linux: play.ggle.cm/stre/apps/ details?id=net.rbarn.remtecntrllite [5] Remte Launcher: wtrid.cm/remtelauncher/mediawiki/index. php?title=remte_launcher [6] Aplicativ Remte Launcher: play.ggle.cm/stre/apps/ details?id=cm.wtrid.remtelauncher [7] Aplicativ Remte Launcher Free: play.ggle.cm/stre/apps/ details?id=cm.wtrid.remtelauncherfree 76

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013.

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013. Serviç de Acess as Móduls d Sistema HK (SAR e SCF) Desenvlvems uma nva ferramenta cm bjetiv de direcinar acess ds usuáris apenas as Móduls que devem ser de direit, levand em cnsideraçã departament de cada

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO ÍNDICE QUE VALORES [MASTERSAF DFE] TRAZEM PARA VOCÊ? 1. VISÃO GERAL E REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 2 1.1. AMBIENTE... 2 1.2. BANCO DE DADOS... 4 2. BAIXANDO OS INSTALADORES DO DFE MASTERSAF... 5 3. INICIANDO

Leia mais

2º Passo Criar a conexão via ODBC (Object DataBase Conection)

2º Passo Criar a conexão via ODBC (Object DataBase Conection) Prjet de Sexta-feira: Prfessra Lucélia 1º Pass Criar banc de dads u selecinar banc de dads. Ntas: Camps nas tabelas nã pdem cnter caracteres acentuads, especiais e exclusivs de línguas latinas. Nã há necessidade

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalaçã Prdut: n-hst Versã d prdut: 4.1 Autr: Aline Della Justina Versã d dcument: 1 Versã d template: Data: 30/07/01 Dcument destinad a: Parceirs NDDigital, técnics de suprte, analistas de

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS CONTEÚDO 1. Intrduçã... 3 2. Requisits de Sftware e Hardware:... 3 3. Usuári e Grups:... 3 3.1. Cnfigurand cm Micrsft AD:... 3 3.2. Cnfigurand s Grups e Usuáris:...

Leia mais

COMO CONFIGURAR SUA(S) CONTA(S) NO MICROSOFT OFFICE OUTLOOK

COMO CONFIGURAR SUA(S) CONTA(S) NO MICROSOFT OFFICE OUTLOOK COMO CONFIGURAR SUA(S) CONTA(S) NO MICROSOFT OFFICE OUTLOOK Use as instruções de acrd cm a versã d seu Outlk (2010, 2007 u 2003) Para saber a versã de seu Outlk, clique n menu Ajuda > Sbre Micrsft Office

Leia mais

Principais Informações

Principais Informações Principais Infrmações Quem é Benefix Sistemas? Frmada pr ex-executivs e equipe de tecnlgia da Xerx d Brasil, que desenvlvem e suprtam sluções e estratégias invadras para setr públic, especializada dcuments

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Manual de Us (Para Detentres de Bens) Infrmações adicinais n Prtal da Crdenaçã de Patrimôni: www.cpa.unir.br 2013 Cnteúd O que papel Detentr de Bem pde fazer?... 2 Objetiv...

Leia mais

Manual de Configuração

Manual de Configuração Manual de Cnfiguraçã Pnt de Venda (PDV) Versã: 1.1 Índice 1 EASYASSIST PONTO DE VENDA (PDV)... 3 1.1 INSTALANDO O TERMINAL EASYASSIST PONTO DE VENDA (PDV)... 3 1.2 CAPTURANDO O NÚMERO DE SÉRIE E O GT DO

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

Tutorial de criação de um blog no Blogger

Tutorial de criação de um blog no Blogger Tutrial de criaçã de um blg n Blgger Bem-vind a Blgger! Este guia pde ajudar vcê a se familiarizar cm s recurss principais d Blgger e cmeçar a escrever seu própri blg. Para cmeçar a usar Blgger acesse

Leia mais

Event Viewer - Criando um Custom View

Event Viewer - Criando um Custom View Event Viewer - Criand um Custm View Qui, 06 de Nvembr de 2008 18:21 Escrit pr Daniel Dnda Cnhecend Event Viewer Muit imprtante na manutençã e mnitrament de servidres Event Viewer é uma ferramenta que gera

Leia mais

GUIA DE USO DO TECLADO VIRTUAL

GUIA DE USO DO TECLADO VIRTUAL GUIA DE USO DO TECLADO VIRTUAL A Indra, através das Cátedras de Tecnlgias Acessíveis que prmve em clabraçã cm a Fundaçã Adecc e diversas universidades espanhlas, apiu desenvlviment em cnjunt cm a Universidade

Leia mais

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS Manual d Usuári Elabrad pela W3 Autmaçã e Sistemas Infrmaçã de Prpriedade d Grup Jmóveis Este dcument, cm tdas as infrmações nele cntidas, é cnfidencial e de prpriedade d Grup Jmóveis,

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração Manual de Instalaçã e Cnfiguraçã Prdut:n-ReleaserEmbedded fr Lexmark Versã 1.2.1 Versã d Dc.:1.0 Autr: Lucas Machad Santini Data: 14/04/2011 Dcument destinad a: Clientes e Revendas Alterad pr: Release

Leia mais

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software).

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software). HARDWARE e SOFTWARE O Cmputadr é cmpst pr duas partes: uma parte física (hardware) e utra parte lógica (sftware). Vcê sabe qual é a diferença entre "Hardware" e "Sftware"? Hardware: é nme dad a cnjunt

Leia mais

1 Criando uma conta no EndNote

1 Criando uma conta no EndNote O EndNte Basic (anterirmente cnhecid pr EndNte Web), é um sftware gerenciadr de referências desenvlvid pela Editra Thmsn Reuters. Permite rganizar referências bibligráficas para citaçã em artigs, mngrafias,

Leia mais

Manual de configuração de equipamento Huawei G73. Huawei G73. Pagina 1

Manual de configuração de equipamento Huawei G73. Huawei G73. Pagina 1 Manual de cnfiguraçã de equipament Huawei G73 Huawei G73 Pagina 1 Índice 1. Breve intrduçã... 3 2. Guia rápid de utilizaçã...errr! Bkmark nt defined. 3. Serviçs e Funcinalidades suprtads...errr! Bkmark

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

1. Objetivo: Lançar novo produto para bloqueio do veículo via celular GSM e rastreador GSM com localização por GPS.

1. Objetivo: Lançar novo produto para bloqueio do veículo via celular GSM e rastreador GSM com localização por GPS. Históric de Revisões Revisã Data Descriçã da Revisã Mtiv da Revisã 11 20/08/09 Ajustes de hardware dispar Sirene PST 12 14/11/09 AJUSTES SOFTWARE 13 25/11/09 Ajustes de hardware, falha n mdul GSM na trca

Leia mais

Mensagem do atendimento ao cliente

Mensagem do atendimento ao cliente ASSUNTO: Cisc WebEx: Patch padrã a ser aplicad em [[DATA]] para [[WEBEXURL]] Cisc WebEx: Patch padrã em [[DATA]] A Cisc WebEx está enviand esta mensagem para s principais cntats de negóci em https://[[webexurl]]

Leia mais

Administração de Redes Servidores de Aplicação

Administração de Redes Servidores de Aplicação 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA Administraçã de Redes Servidres de Aplicaçã

Leia mais

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras FKcrreisg2_cp1 - Cmplement Transprtadras Instalaçã d módul Faça dwnlad d arquiv FKcrreisg2_cp1.zip, salvand- em uma pasta em seu cmputadr. Entre na área administrativa de sua lja: Entre n menu Móduls/Móduls.

Leia mais

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Mobile Versão 2.2 para Android

Guia do Usuário. Avigilon Control Center Mobile Versão 2.2 para Android Guia d Usuári Avigiln Cntrl Center Mbile Versã 2.2 para Andrid 2011-2015, Avigiln Crpratin. Tds s direits reservads. A mens que seja expressamente cncedida pr escrit, nenhuma licença será dada cm relaçã

Leia mais

Win Seta para baixo Win Seta para cima Win Shift Seta para baixo Win Shift Seta para cima Win Seta para direita Win Seta para esquerda Win Shift

Win Seta para baixo Win Seta para cima Win Shift Seta para baixo Win Shift Seta para cima Win Seta para direita Win Seta para esquerda Win Shift ATALHOS DO WINDOWS 1.1 Mvend e redimensinand a janela que está ativa 1.2 Win + Seta para baix Restaura a janela ativa (se estiver maximizada) u miniminiza (se estiver restaurada). Win + Seta para cima

Leia mais

PDF Livre com o Ghostscript

PDF Livre com o Ghostscript PDF Livre cm Ghstscript Um tutrial para criaçã de um geradr de arquivs PDF em Windws, basead em ferramentas gratuitas. Márci d'ávila, 05 de mai de 2004. Revisã 8, 20 de setembr de 2007. Categria: Text

Leia mais

IBOConsole Instalação e Configuração. Ferramenta para gerenciamento do banco de dados.

IBOConsole Instalação e Configuração. Ferramenta para gerenciamento do banco de dados. IBOCnsle Instalaçã e Cnfiguraçã Ferramenta para gerenciament d banc de dads. 2 IBOCnsle ÍNDICE INSTALAÇÃO IBOCONSOLE... 3 CONFIGURAÇÃO IBOCONSOLE... 6 Menu Cnsle... 6 Menu View... 8 Menu Server... 8 Menu

Leia mais

BANKSYNC ALGORITMO PARA GERAÇÃO DO CÓDIGO DE BARRAS (DLL)

BANKSYNC ALGORITMO PARA GERAÇÃO DO CÓDIGO DE BARRAS (DLL) OBJETIVO O algritm para geraçã d códig de barras (dll) utilizad n SAP Business One (SBO) deve ser instalad e cnfigurad adequadamente para pssibilitar a visualizaçã e impressã de blets lcalmente, assim

Leia mais

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile F58

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile F58 EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO Windws Mbile F58 Sumári Cnheça seu celular... 3 Abrir a tampa de seu celular... 3 Inserir cartã de memória... 3 Inserçã ds chips... 4 Encaixe da bateria... 5 Encaixe da tampa...

Leia mais

Manual do Usuário. Interface do cliente. Copyright 2012 BroadNeeds Rev. 20120828 Página 1 de 22

Manual do Usuário. Interface do cliente. Copyright 2012 BroadNeeds Rev. 20120828 Página 1 de 22 Manual d Usuári Interface d cliente Cpyright 2012 BradNeeds Rev. 20120828 Página 1 de 22 INDICE INDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 REQUISITOS MÍNIMOS... 3 BENEFÍCIOS... 3 APLICAÇÕES... 4 INICIANDO O APLICATIVO...

Leia mais

Matemática / 1ª série / ICC Prof. Eduardo. Unidade 1: Fundamentos. 1 - Introdução ao Computador

Matemática / 1ª série / ICC Prof. Eduardo. Unidade 1: Fundamentos. 1 - Introdução ao Computador Unidade 1: Fundaments 1 - Intrduçã a Cmputadr Cnceits básics e Terminlgias O cmputadr é uma máquina eletrônica capaz de realizar uma grande variedade de tarefas cm alta velcidade e precisã, desde que receba

Leia mais

Autocalibração com erros relacionados ao Sistema, Auto CQ e Troca de Reagente

Autocalibração com erros relacionados ao Sistema, Auto CQ e Troca de Reagente As Clientes ds Sistemas de Química ADVIA. Referente: Ntificaçã Urgente de Segurança em Camp CHSW 13 03 10816443 Rev. A Data Nvembr / 2013 E-mail assunts.regulatris.br@siemens.cm Internet www.siemens.cm

Leia mais

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Plan de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Escla Clégi Eng Juarez Wanderley Prfessr Fernand Nishimura de Aragã Disciplina Infrmática Objetivs Cnstruçã de um website pessal para publicaçã de atividades

Leia mais

Sumário. Configurar o telefone... 4. Acessando o menu... 4. Data e hora local... 4. Mudar Idioma... 4. Calibração de tela... 4

Sumário. Configurar o telefone... 4. Acessando o menu... 4. Data e hora local... 4. Mudar Idioma... 4. Calibração de tela... 4 EMPORIO SHOP Sumári Cnfigurar telefne... 4 Acessand menu.... 4 Data e hra lcal... 4 Mudar Idima... 4 Calibraçã de tela... 4 Sensibilidade da tela tuch screen... 4 Acessand arquivs n cartã de memória...

Leia mais

MANUAL PARA USUÁRIOS APARELHO IP DT 750 DT 730 NEC BRASIL S.A.

MANUAL PARA USUÁRIOS APARELHO IP DT 750 DT 730 NEC BRASIL S.A. MANUAL PARA USUÁRIOS APARELHO IP DT 750 DT 730 NEC BRASIL S.A. Cntact Center Fne: (11) 2196 1010 0800 012 05 05 FAX.:(11) 2196 1111 E-MAIL: sac@nec.cm.br Av. Angélica, 2197 CEP: 01227-200 - Sã Paul SP

Leia mais

SMART Sync 2011 Guia do usuário

SMART Sync 2011 Guia do usuário PENSE NO MEIO AMBIENTE ANTES DE IMPRIMIR SMART Sync 2011 Guia d usuári Simplificand extrardinári Infrmações sbre marcas cmerciais SMART Sync, SMART Bard, SMART Ntebk, SMART Classrm Suite, smarttech e ltip

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile M68

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO. Windows Mobile M68 EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO Windws Mbile M68 Sumári Abrind seu aparelh... 5 Fechand seu aparelh... 6 Inserind s CHIP s em seu aparelh... 7 Retirand s CHIP s de seu aparelh... 12 Cnfigurar telefne... 13 Data

Leia mais

MANUAL DOS GESTORES DAA

MANUAL DOS GESTORES DAA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI MANUAL DOS GESTORES DAA MÓDULOS: M atrícula e P rgramas e C DP [Digite resum d dcument aqui. Em geral, um resum é um apanhad

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SVMPC1 Manual de Operação Ver 1.0

MANUAL DO USUÁRIO. SVMPC1 Manual de Operação Ver 1.0 MANUAL DO USUÁRIO SVMPC1 Manual de Operaçã Ver 1.0 Jul/2017 INDICE: 1. O que é Cntrle Central SVMPC1...03 2. Primeir acess a SVMPC1...04 3. Cm utilizar SVM...05 4. Tela de iníci explicaçã detalhada...07

Leia mais

Microsoft Live Meeting 2007 Como Gravar uma Reunião

Microsoft Live Meeting 2007 Como Gravar uma Reunião M A N U A L D O A D M I N I S T R A D O R Micrsft Live Meeting 2007 Cm Gravar uma Reuniã O Micrsft Office Live Meeting ferece um recurs de gravaçã que lhe permite capturar td pressinament de teclas, slides

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação Os nvs uss da tecnlgia da infrmaçã nas empresas Sistemas de Infrmaçã Prf. Marcel da Silveira Siedler siedler@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Planejament

Leia mais

Manual. Autorizador da UNIMED

Manual. Autorizador da UNIMED Manual Prtal Autrizadr da UNIMED Pass a Pass para um jeit simples de trabalhar cm Nv Prtal Unimed 1. Períd de Atualizaçã Prezads Cperads e Rede Credenciada, A Unimed Sul Capixaba irá atualizar seu sistema

Leia mais

Workflow. José Palazzo Moreira de Oliveira. Mirella Moura Moro

Workflow. José Palazzo Moreira de Oliveira. Mirella Moura Moro Pdems definir Wrkflw cm: Wrkflw Jsé Palazz Mreira de Oliveira Mirella Mura Mr "Qualquer tarefa executada em série u em paralel pr dis u mais membrs de um grup de trabalh (wrkgrup) visand um bjetiv cmum".

Leia mais

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO ANDROID G4

EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO ANDROID G4 EMPORIO SHOP GUIA RÁPIDO ANDROID G4 Sumári Abrind seu celular... 4 Fechand seu celular... 5 Instaland s CHIP s de seu aparelh... 6 Cnfigurar telefne... 11 Data e hra lcal... 11 Mudar Idima... 12 Luz da

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação Guia Sphinx: Instalaçã, Repsiçã e Renvaçã V 5.1.0.8 Instalaçã Antes de instalar Sphinx Se vcê pssuir uma versã anterir d Sphinx (versões 1.x, 2.x, 3.x, 4.x, 5.0, 5.1.0.X) u entã a versã de Demnstraçã d

Leia mais

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis PCP Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar

Leia mais

Processo de envio de e-mail de marketing

Processo de envio de e-mail de marketing Prcess de envi de e-mail de marketing Intrduçã Visand um melhr gerenciament ns prcesss de marketing das empresas, fi desenvlvid uma nva funcinalidade para sistema TCar, que tem pr finalidade realizar envis

Leia mais

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização Bletim Técnic CAGED Prtaria 1129/2014 MTE Prdut : TOTVS 11 Flha de Pagament (MFP) Chamad : TPRQRW Data da criaçã : 26/08/2014 Data da revisã : 12/11/2014 País : Brasil Bancs de Dads : Prgress, Oracle e

Leia mais

CADERNO DE PROVA NÍVEL SUPERIOR EM INFORMÁTICA I N S T R U Ç Õ E S

CADERNO DE PROVA NÍVEL SUPERIOR EM INFORMÁTICA I N S T R U Ç Õ E S 1 PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS GOIÂNIA CADERNO DE PROVA NÍVEL SUPERIOR EM INFORMÁTICA I N S T R U Ç Õ E S Verifique

Leia mais

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO A Lógica de Prgramaçã é necessária à tdas as pessas que ingressam u pretendem ingressar na área de Tecnlgia da Infrmaçã, send cm prgramadr, analista de sistemas u suprte.

Leia mais

WEB MANAGER. Conhecendo o Web Manager!

WEB MANAGER. Conhecendo o Web Manager! WEB MANAGER Cnhecend Web Manager! O Web Manager é uma pdersa ferramenta para gestã de Sites, prtais, intranets, extranets e htsites. Cm ela é pssível gerenciar ttalmente seus ambientes web. Integrad ttalmente

Leia mais

Sensor de Nível Digital / Analógico

Sensor de Nível Digital / Analógico Sensr de Nível Digital / Analógic VERSÃO 2.2 - MANUAL DE REFERÊNCIA RevA1-06/11 Este manual é publicad pela Flex Telecm smente para fins de referência pr parte d usuári. Td esfrç pssível fi realizad para

Leia mais

RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA AQUISIÇÃO DE IMAGENS RADIOLÓGICAS PARA CRIAÇÃO DE RÉPLICAS FETAIS ATRAVÉS DE IMPRESSÃO 3D

RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA AQUISIÇÃO DE IMAGENS RADIOLÓGICAS PARA CRIAÇÃO DE RÉPLICAS FETAIS ATRAVÉS DE IMPRESSÃO 3D RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA AQUISIÇÃO DE IMAGENS RADIOLÓGICAS PARA CRIAÇÃO DE RÉPLICAS FETAIS ATRAVÉS DE IMPRESSÃO 3D ULTRASSONOGRAFIA OBSTÉTRICA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA FETAL ANEXO 1 TUTORIAL PARA EXPORTAÇÃO

Leia mais

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas,

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas, Vsft ids Pnt Web Cntrle de acess e pnt A Vsft desenvlveu uma sluçã baseada em sftware e hardware para cntrle de acess e u pnt que pde ser utilizada pr empresas de qualquer prte. Cm us da tecnlgia bimétrica

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Módulo GPRS/GSM Instalação e Manual do Usuário

Guia de Instalação SIAM. Módulo GPRS/GSM Instalação e Manual do Usuário Guia de Instalaçã SIAM Módul GPRS/GSM Instalaçã e Manual d Usuári Dcument Gerad pr: Amir Bavar Criad em: 02/06/2006 Última mdificaçã: 28/09/2008 SIAM Módul GPRS/GSM Intrduçã: O módul GPRS/GSM é uma pçã

Leia mais

Sistemas de Alarme. Anunciador de Alarmes Digital e.tool ME3011 view Manual de Software PRODUTOS SERIADOS

Sistemas de Alarme. Anunciador de Alarmes Digital e.tool ME3011 view Manual de Software PRODUTOS SERIADOS Sistemas de Alarme PRODUTOS SERIADOS Anunciadr de Alarmes Digital e.tl ME3011 view Manual de Sftware Manual e.tl ME3011 view 5.06.3_P r08 5.02.1 1/53 1 Infrmações Intrduçã 5 Cnsiderações 6 2 Instaland

Leia mais

Sumário. Abrindo seu celular... 4. Fechando seu celular... 4. Instalando os CHIP s de seu aparelho... 5. Configurar o telefone...

Sumário. Abrindo seu celular... 4. Fechando seu celular... 4. Instalando os CHIP s de seu aparelho... 5. Configurar o telefone... EMPORIO SHOP Sumári Abrind seu celular... 4 Fechand seu celular... 4 Instaland s CHIP s de seu aparelh... 5 Cnfigurar telefne... 7 Data e hra lcal... 7 Mudar Idima... 8 Luz da tela e/u display... 8 WiFi...

Leia mais

Processo TCar Balanço Móbile

Processo TCar Balanço Móbile Prcess TCar Balanç Móbile Tecinc Infrmática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centr Cascavel PR 1 Sumári Intrduçã... 3 Funcinalidade... 3 1 Exprtaçã Arquiv Cletr de Dads (Sistema TCar)... 4 1.1 Funcinalidade...

Leia mais

Aula 11 Bibliotecas de função

Aula 11 Bibliotecas de função Universidade Federal d Espírit Sant Centr Tecnlógic Departament de Infrmática Prgramaçã Básica de Cmputadres Prf. Vítr E. Silva Suza Aula 11 Biblitecas de funçã 1. Intrduçã À medida que um prgrama cresce

Leia mais

Sistema de Comercialização de Radiofármacos - Manual do Cliente

Sistema de Comercialização de Radiofármacos - Manual do Cliente Sistema de Cmercializaçã de Radifármacs - Manual d Cliente O IEN está dispnibilizand para s seus clientes um nv sistema para a slicitaçã ds radifármacs. Este nv sistema permitirá a cliente nã só fazer

Leia mais

Um controlador de domínio baseado em Linux para laboratório vsphere - parte 4

Um controlador de domínio baseado em Linux para laboratório vsphere - parte 4 Um cntrladr de dmíni basead em Linux para labratóri vsphere - parte 4 Essa é uma série de quatr artigs, que explicam cm instalar e cnfigurar um appliance basead em Linux em seu ambiente de labratóri vsphere

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOS DOS CONVÊNIOS...

Leia mais

Substituição de descodificadores antigos

Substituição de descodificadores antigos Substituiçã de descdificadres antigs De md a assegurar a dispnibilizaçã cntínua da tecnlgia mais recente as seus subscritres a MultiChice África irá realizar um prcess de actualizaçã ds descdificadres

Leia mais

MS-PAINT. PAINT 1 (Windows7)

MS-PAINT. PAINT 1 (Windows7) PAINT 1 (Windws7) O Paint é uma funcinalidade n Windws 7 que pde ser utilizada para criar desenhs numa área de desenh em branc u em imagens existentes. Muitas das ferramentas utilizadas n Paint estã lcalizadas

Leia mais

Manual de configuração. Exemplo de instalação e configuração do banco de dados Postgree e ODBC para reconhecimento de imagens no SARA.

Manual de configuração. Exemplo de instalação e configuração do banco de dados Postgree e ODBC para reconhecimento de imagens no SARA. Manual de cnfiguraçã Exempl de instalaçã e cnfiguraçã d banc de dads Pstgree e ODBC para recnheciment de imagens n SARA. Manual de cnfiguraçã Exempl de instalaçã e cnfiguraçã d banc de dads Pstgree e ODBC

Leia mais

DVR STAND ALONE CS13708. Manual de Instruções

DVR STAND ALONE CS13708. Manual de Instruções DVR STAND ALONE CS13704 / CS13708 / CS13716 CS13708 Manual de Instruções ÍNDICE 1 Intrduçã...3 1.1 Intrduçã d prdut...3 1.2 Recurs d prdut...3 1.2.1 Especificações...3 1.2.2 Parâmetrs básics para trabalh...4

Leia mais

Guia do Usuário do Cliente do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Cliente do Avigilon Control Center Guia d Usuári d Cliente d Avigiln Cntrl Center Versã: 5.2.2 Enterprise PDF-CLIENT5-E-B-Rev2_PT 2006 2014 Avigiln Crpratin. Tds s direits reservads. A mens que expressamente cncedida pr escrit, nenhuma

Leia mais

Guia do usuário. Aplicativo ACC Mobile 3 Preview para Android

Guia do usuário. Aplicativo ACC Mobile 3 Preview para Android Guia d usuári Aplicativ ACC Mbile 3 Preview para Andrid 2017, Avigiln Crpratin. Tds s direits reservads. AVIGILON, lgtip AVIGILON, AVIGILON CONTROL CENTER e ACC sã marcas cmerciais da Avigiln Crpratin.

Leia mais

Microsoft Live Meeting 2007 Manual do Usuário Para os Controles de Áudio

Microsoft Live Meeting 2007 Manual do Usuário Para os Controles de Áudio M A N U A L D O A D M I N I S T R A D O R Micrsft Live Meeting 2007 Manual d Usuári Para s Cntrles de Áudi Integraçã de Áudi cm Reservatinless-Plus da InterCall Os cntrles de áudi integrads d Live Meeting

Leia mais

Diretor Conselheiro Técnico Consultores de serviços. Responsável pela Qualidade Gerente de Vendas Garantista

Diretor Conselheiro Técnico Consultores de serviços. Responsável pela Qualidade Gerente de Vendas Garantista Sã Paul, 06 de Julh de 2009. Nº. 341 Divulgar esta infrmaçã para: Diretr Cnselheir Técnic Cnsultres de serviçs Gerente de Serviçs Gerente de Peças Chefe de Oficina Respnsável pela Qualidade Gerente de

Leia mais

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION Orin Versã 7.74 TABELAS Clientes Na tela de Cadastr de Clientes, fi inserid btã e um camp que apresenta códig que cliente recebeu após cálcul da Curva ABC. Esse btã executa

Leia mais

ebeam Education Suite Version 2.4 Portuguese - Português Luidia Incorporated, 2011

ebeam Education Suite Version 2.4 Portuguese - Português Luidia Incorporated, 2011 ebeam Educatin Suite Versin 2.4 Prtuguese - Prtuguês Luidia Incrprated, 2011 Sumári Sftware ebeam Educatin 4 Sbre... 5 Nvidades 6 Requisits Mínims d Sistema 7 Instalaçã 8 Instalaçã de Hardware 8 Cnfiguraçã

Leia mais

Fundamentos de Informática 1ºSemestre

Fundamentos de Informática 1ºSemestre Fundaments de Infrmática 1ºSemestre Aula 4 Prf. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Descrevend Sistemas de um Cmputadr

Leia mais

Processos de Apoio do Grupo Consultivo 5.5 Suporte Informático Direito de Acesso à Rede

Processos de Apoio do Grupo Consultivo 5.5 Suporte Informático Direito de Acesso à Rede Prcesss de Api d Grup Cnsultiv 5.5 Suprte Infrmátic Direit de Acess à Rede Suprte Infrmátic - Dcuments 5.5 Âmbit e Objectiv Frmuláris aplicáveis Obrigatóris Obrigatóris, se aplicável Frmulári de Mapa de

Leia mais

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA O prcess de cntrle de estque de gôndla fi desenvlvid cm uma prcess de auxili a cliente que deseja cntrlar a quantidade de cada item deve estar dispnível para venda

Leia mais

Telefone IP IP-8815. Guia do Usuário. para Servidores de Chamada LG-Ericsson

Telefone IP IP-8815. Guia do Usuário. para Servidores de Chamada LG-Ericsson Telefne IP IP-8815 para Servidres de Chamada LG-Ericssn Leia este guia atencisamente antes de perar seu aparelh. Mantenha- para referência futura. LGN8815-0996SCUG-0.02 Jan. 09 IP-8815 Telefne IP IP-8815

Leia mais

Infisc. Programa Validador de Lotes de DMS-e Manual de uso do Programa Validador de Arquivo XML para DMS- e

Infisc. Programa Validador de Lotes de DMS-e Manual de uso do Programa Validador de Arquivo XML para DMS- e Prgrama Validadr de Ltes de DMS-e Manual de us d Prgrama Validadr de Arquiv XML para DMS- e Este manual destina- se a rientar s cntribuintes em cm validar arquivs XML para a remessa de ltes de DMSe. Farrupilha

Leia mais

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RT3 - Avaliação dos resultados do protótipo

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RT3 - Avaliação dos resultados do protótipo GT-ATER: Aceleraçã d Transprte de Dads cm Empreg de Redes de Circuits Dinâmics RT3 - Avaliaçã ds resultads d prtótip Sand Luz Crrêa Kleber Vieira Cards 03/08/2013 1. Apresentaçã d prtótip desenvlvid Nesta

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS PHONE

SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS PHONE MANUAL PROTECT Versã R15 SISTEMA OPERACIONAL - WINDOWS PHONE Cpyright GVT 2015 www.gvtprtect.cm.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 GVT PROTECT... 3 2.1 REQUISITOS MÍNIMOS DE SISTEMA... 3 2.2 SISTEMAS OPERACIONAIS

Leia mais

Sistema OnixNet / TrucksNet Contagem de Estoque pelas oficinas

Sistema OnixNet / TrucksNet Contagem de Estoque pelas oficinas Versã: 3.0.0.48 Empresa: TrucksCntrl Slicitante: Diretria Respnsável: Fernand Marques Frma de Slicitaçã: e-mail/reuniã Analista de Negóci: Fábi Matesc Desenvlvedr: Fabian Suza Data: 24/09/2012 Sistema

Leia mais

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas SGCT - Sistema de Gerenciament de Cnferências Tecnlógicas Versã 1.0 09 de Setembr de 2009 Institut de Cmputaçã - UNICAMP Grup 02 Andre Petris Esteve - 070168 Henrique Baggi - 071139 Rafael Ghussn Can -

Leia mais

III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC)

III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC) 1 III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC) III.3.1. DEFINIÇÃO A tecnlgia HFC refere-se a qualquer cnfiguraçã de fibra ótica e cab caxial que é usada para distribuiçã lcal de serviçs de cmunicaçã faixa

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO SIGIO Sistema Integrad de Gestã de Imprensa Oficial MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO S I G I O M A N U A L D O U S U Á R I O P á g i n a 2 Cnteúd 1 Intrduçã... 3 2 Acess restrit a sistema... 4 2.1 Tips de

Leia mais

Guia do Usuário do Cliente do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Cliente do Avigilon Control Center Guia d Usuári d Cliente d Avigiln Cntrl Center Versã: 5.0.2 Enterprise PDF-CLIENT5-E-A-Rev2_PT Cpyright 2013 Avigiln. Tds s direits reservads. As infrmações apresentadas estã sujeitas a mdificaçã sem

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOGRAFIAS/IMAGENS

Leia mais

Linguagem de. Aula 07. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagem de. Aula 07. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagem de Prgramaçã IV -PHP Aula 07 Prfa Cristiane Kehler cristiane.kehler@canas.ifrs.edu.br Banc de Dads Manipulaçã de Banc de Dads HTML básic códigs cm páginas estáticas HTML + PHP códigs cm páginas

Leia mais

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis Manutençã Vensis Manutençã É módul que permite gerenciament da manutençã de máquinas e equipaments. Prgramaçã de manutenções preventivas u registr de manutenções crretivas pdem ser feits de frma

Leia mais

WINDOWS VISTA. 1. Introdução. 2. Versões do Windows Vista primeiro contato. 2.1. Vista Home Basic. Prof. André Alencar Windows Vista 1

WINDOWS VISTA. 1. Introdução. 2. Versões do Windows Vista primeiro contato. 2.1. Vista Home Basic. Prof. André Alencar Windows Vista 1 Prf. André Alencar Windws Vista 1 WINDOWS VISTA 1. Intrduçã O Windws Vista é um sistema peracinal que cntrla hardware, permite a instalaçã de prgramas e cria uma interface cm usuári, vltad para usuáris

Leia mais

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Suprte técnic O serviç de suprte técnic tem pr bjetiv frnecer atendiment as usuáris de prduts e serviçs de infrmática da Defensria Pública. Este serviç é prvid

Leia mais

Soluções Benefix para Varejo (NFC-e)

Soluções Benefix para Varejo (NFC-e) BENEFIX SISTEMAS E GESTÃO DE NEGÓCIOS LTDA Rua da Cnceiçã, 95, Niterói / RJ Telefne: +55 21 2621-5063 Telefne: +55 41 3353-3839 E-mail: cntat@e-benefix.cm.br Sluções Benefix para Varej (NFC-e) Sluções

Leia mais

UMG 100. User Media Gateway to E1 and VoIP. Transcoding nos 30 canais. Cancelamento de eco. Suporte SNMP. CDR personalizável

UMG 100. User Media Gateway to E1 and VoIP. Transcoding nos 30 canais. Cancelamento de eco. Suporte SNMP. CDR personalizável UMG 100 User Media Gateway t E1 and VIP Transcding ns 30 canais Cancelament de ec Suprte SNMP CDR persnalizável Design Clean e facilidade de instalaçã O UMG 100 é um user gateway da linha de Media Gateways

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA SUPER DVR 32

MANUAL DO SISTEMA SUPER DVR 32 MANUAL DO SISTEMA SUPER DVR 32 1 MANUAL DO SISTEMA - V 1.2 SUPER DVR 32 Server As infrmações cntidas neste dcument estã sujeitas a alterações sem avis prévi. Nenhuma parte deste dcument pde ser reprduzida

Leia mais

Windows Server 2012 R2 Folheto de licenciamento

Windows Server 2012 R2 Folheto de licenciamento Windws Server 2012 R2 Flhet de licenciament Visã geral d prdut O Windws Server 2012 R2 captura a experiência da Micrsft na entrega de serviçs em nuvem em escala mundial, ferecend um servidr de us empresarial

Leia mais

Microsoft Live Meeting 2007 Manual Para Programar Reuniões

Microsoft Live Meeting 2007 Manual Para Programar Reuniões M A N U A L D O A D M I N I S T R A D O R Micrsft Live Meeting 2007 Manual Para Prgramar Reuniões Intrduçã Esta seçã detalha cm ter acess a sua cnta e estabelecer suas pções predeterminadas de reuniã.

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica XVIII Seminári Nacinal de Distribuiçã de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de utubr 7.2 Olinda - Pernambuc - Brasil Autmaçã na Distribuiçã: O Prcess de autmaçã ds equipaments de linha na rede CELPE.

Leia mais