Prevenção do cancro do colo do útero

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prevenção do cancro do colo do útero"

Transcrição

1 Prevenção do cancro do colo do útero Iechyd Cyhoeddus Cymru Public Health Wales Este folheto pretende dar informações que podem ajudar na prevenção do cancro do colo do útero. Ao realizar testes regulares de rastreio, pode reduzir as probabilidades de cancro do colo do útero. Quatro em cada cinco mulheres no País de Gales realiza um rastreio regular. O rastreio está a ser feito a mulheres em todas as zonas do País de Gales. Se tem entre 25 e 64 anos, convidamo-la a fazer uma citologia de três em três anos. Se tiver menos de 25 anos e já tiver sido convidada a fazer o rastreio, continuaremos a convidá-la. Version 3.0 July 13 PORTUGUESE

2 O cancro do colo do útero é o cancro mais comum em mulheres com 35 anos ou menos, podendo no entanto afectar mulheres de todas as idades. A Cervical Screening Wales é a entidade responsável pelo programa de rastreio do cancro do colo do útero do NHS no País de Gales. O que deve saber O rastreio do cancro do colo do útero é conhecido como citologia (smear test). A citologia não é um teste de detecção de cancro. O seu objectivo é evitar a ocorrência de cancro, porém, por vezes pode detectar cancro. A citologia procura anomalias nas células, causadas maioritariamente por vírus do papiloma humano (HPVs). Nem todas as estirpes de HPV provocam cancro. Os HPVs que causam o cancro do colo do útero são sexualmente transmissíveis. Os HPVs podem causar alterações nas células do colo uterino, o que pode levar ao cancro do colo do útero. As jovens de idades compreendidas entre os 12 e os 13 anos podem ser vacinadas como protecção contra os tipos mais nocivos de HPV. Onde se situa o colo do útero? Trompa de Falópio Ovário Útero Colo do útero Vagina O colo do útero é a parte inferior do útero que se liga à zona superior da vagina.

3 Cancro do colo do útero As anomalias das células do colo uterino podem resultar em cancro. O cancro do colo do útero pode espalhar-se para outras partes do corpo, inclusivamente para o útero e para o intestino. Alguns HPVs constituem a maior causa de cancro do colo do útero. Fumar também pode aumentar o risco de desenvolvimento de cancro do colo do útero. O que é a citologia? A citologia analisa a saúde do colo uterino através da extracção de uma amostra de células. É um teste rápido e simples que não deverá ser doloroso, embora algumas mulheres sintam algum desconforto. Caso sejam detectadas anomalias nas células, poderá ter de repetir o teste passados alguns meses. Por vezes poderá necessitar de tratamento numa clínica para evitar a ocorrência de cancro do colo do útero. Por que se deve fazer a citologia? A realização regular de citologias pode evitar o desenvolvimento de cerca de 75% dos casos de cancro do colo do útero, no entanto, como qualquer teste de rastreio, não é 100% fiável. Como é feito o teste? Quando estiver na altura de realizar a citologia, convidá-la-emos a comparecer. O teste pode ser realizado pelo médico ou enfermeira do centro de saúde ou da clínica de saúde sexual. A pessoa que realizar o teste irá introduzir um instrumento denominado espéculo na vagina, para ver o colo do útero, utilizando uma pequena escova para retirar uma amostra das células que serão depois enviadas para um laboratório, onde serão analisadas microscopicamente. Quem deve fazer o teste? Se tiver entre 25 e 49 anos, iremos convidá-la a fazer o teste de três em três anos. Se tiver entre 50 e 64 anos, convidá-la-emos a fazer o teste de cinco em cinco anos. Se tiver menos de 25 anos e já tiver sido convidada para o rastreio, continuaremos a convidá-la.

4 O facto de estar num relacionamento homossexual não invalida a importância de comparecer aos testes quando for convidada. Se nunca teve relações sexuais, poderá desejar discutir a realização do teste com a pessoa que o for realizar. Vacinação contra HPV A vacina contra o HPV está disponível às jovens entre os 12 e os 13 anos através do Programa Escolar de Imunização. Para mais informações sobre a vacina, deverá visitar o site de informações sobre o programa de imunização do NHS (consulte a última página). Mesmo que tenha sido vacinada contra o HPV, é importante fazer a citologia quando for convidada. A vacina protege contra as estirpes de HPV que provocam a maioria dos casos de cancro do colo do útero, mas não protege contra todas as estirpes. O cancro do colo do útero é mais comum em mulheres que: Não comparecem aos testes quando são convidadas; Tiveram vários parceiros sexuais (ou um parceiro que teve outras parceiras sexuais); Fumam. O que pode a mulher fazer? O cancro do colo do útero, nas suas fases iniciais, nem sempre apresenta sintomas, pelo que é importante fazer os testes regularmente. Também é importante consultar o seu médico caso tenha algum dos seguintes sintomas, mesmo que a citologia tenha apresentado um resultado normal: Corrimento vaginal fora do comum Hemorragias entre menstruações Hemorragias ou dor durante ou depois das relações sexuais Hemorragias depois da menopausa Citologia não deixe de a fazer

5 Para mais informações ou aconselhamento, deverá consultar os seguintes sites Cervical Screening Wales /csw NHS Cervical Screening Jo s Trust Cancer Research UK Beating Cervical Cancer

Diga não ao cancro do colo do utéro. Pense em se vacinar. Fale com o seu médico.

Diga não ao cancro do colo do utéro. Pense em se vacinar. Fale com o seu médico. NÃ Diga não ao cancro do colo do utéro. Pense em se vacinar. Fale com o seu médico. Qual é a frequência do cancro do colo do útero? - A nível mundial, o cancro do colo do útero é muito frequente nas mulheres;

Leia mais

PARTE I CARACTERISTICAS DAS PARTICIPANTES

PARTE I CARACTERISTICAS DAS PARTICIPANTES QUESTIONÁRIO PARTE I CARACTERISTICAS DAS PARTICIPANTES 1 IDADE ANOS 2 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS 1º CICLO 2º CICLO SECUNDÁRIO BACHARELATO LICENCIATURA MESTRADO DOUTORAMENTO 3 PROFISSÃO ACTIVA ACTIVA/BAIXA

Leia mais

Os cientistas da Cancer Research UK estimam que até 4.500 vidas serão salvas anualmente em Inglaterra pelo rastreio cervical.

Os cientistas da Cancer Research UK estimam que até 4.500 vidas serão salvas anualmente em Inglaterra pelo rastreio cervical. CERVICAL SCREENING PORTUGUESE Os Factos RASTREIO CERVICAL (TESTE DE PAP) PORTUGUÊS Os Factos O que é o rastreio cervical (Teste de Pap)? O rastreio cervical não é um exame de diagnóstico do cancro cervical.

Leia mais

Rastreio do cancro do colo do útero do Serviço Nacional de Saúde (NHS) Ajudá-la a decidir

Rastreio do cancro do colo do útero do Serviço Nacional de Saúde (NHS) Ajudá-la a decidir Rastreio do cancro do colo do útero do Serviço Nacional de Saúde (NHS) Ajudá-la a decidir O que é o cancro do colo do útero? 2 O que provoca o cancro do colo do útero? 2 O que é um rastreio do cancro do

Leia mais

Despiste de cancro do colo do útero: É melhor fazer o exame. Orientações atualizadas

Despiste de cancro do colo do útero: É melhor fazer o exame. Orientações atualizadas Despiste de cancro do colo do útero: É melhor fazer o exame Orientações atualizadas Page 2 Este folheto contém informação sobre o cancro do colo do útero na Irlanda do Norte e irá ajudá-la a compreender

Leia mais

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Ser Humano e Saúde 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.2 Conteúdo Doenças Sexualmente Transmissíveis

Leia mais

Desdobrável de informação ao paciente

Desdobrável de informação ao paciente Desdobrável de informação ao paciente Cancro do colo do útero Secções para este tópico: Introdução Sintomas Causas Diagnóstico Tratamento Prevenção Bibliografia Parceiros de informações Introdução O cancro

Leia mais

AIDS e HPV Cuide-se e previna-se!

AIDS e HPV Cuide-se e previna-se! AIDS e HPV Cuide-se e previna-se! O que é AIDS? Existem várias doenças que são transmissíveis através das relações sexuais e por isso são chamadas DSTs (doenças sexualmente transmissíveis). As mais conhecidas

Leia mais

Derrotar o cancro do útero

Derrotar o cancro do útero Portuguese translation of Beating cervical cancer The HPV vaccine questions and answers for parents of girls in Year 9 Derrotar o cancro do útero A vacina HPV perguntas e respostas para os pais de jovens

Leia mais

Questionário. O tempo previsto para o preenchimento do questionário é de 10 minutos.

Questionário. O tempo previsto para o preenchimento do questionário é de 10 minutos. Questionário Rita Mafalda Rodrigues de Matos, a frequentar o 4º ano da Licenciatura em Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa, encontra-se a elaborar o Projecto de

Leia mais

DIAGNÓSTICO MÉDICO DADOS EPIDEMIOLÓGICOS FATORES DE RISCO FATORES DE RISCO 01/05/2015

DIAGNÓSTICO MÉDICO DADOS EPIDEMIOLÓGICOS FATORES DE RISCO FATORES DE RISCO 01/05/2015 01/05/2015 CÂNCER UTERINO É o câncer que se forma no colo do útero. Nessa parte, há células que podem CÂNCER CERVICAL se modificar produzindo um câncer. Em geral, é um câncer de crescimento lento, e pode

Leia mais

PREVENÇÃO E TRANSMISSÃO DA INFECÇÃO POR HPV. UNITAU-SP SETOR DE GENITOSCOPIA Prof. Dr André Luis F Santos

PREVENÇÃO E TRANSMISSÃO DA INFECÇÃO POR HPV. UNITAU-SP SETOR DE GENITOSCOPIA Prof. Dr André Luis F Santos PREVENÇÃO E TRANSMISSÃO DA INFECÇÃO POR HPV UNITAU-SP SETOR DE GENITOSCOPIA Prof. Dr André Luis F Santos 2010 DÚVIDAS MAIS FREQUENTES A transmissão pelo HPV é só sexual? Peguei do meu parceiro? Quando?

Leia mais

Conheça algumas doenças tipicamente femininas

Conheça algumas doenças tipicamente femininas Uol - SP 03/12/2014-11:51 Conheça algumas doenças tipicamente femininas Da Redação ANSIEDADE: este transtorno mental é caracterizado por preocupações, tensões ou medos exagerados, sensação contínua de

Leia mais

Vacinação contra HPV e Controle do câncer de colo do útero no SUS Claudio Pompeiano Noronha

Vacinação contra HPV e Controle do câncer de colo do útero no SUS Claudio Pompeiano Noronha Vacinação contra HPV e Controle do câncer de colo do útero no SUS Claudio Pompeiano Noronha Coordenação Geral de Ações Estratégicas CGAE Instituto Nacional de Câncer - INCA Ministério da Saúde junho de

Leia mais

CANCER DE COLO DE UTERO FERNANDO CAMILO MAGIONI ENFERMEIRO DO TRABALHO

CANCER DE COLO DE UTERO FERNANDO CAMILO MAGIONI ENFERMEIRO DO TRABALHO CANCER DE COLO DE UTERO FERNANDO CAMILO MAGIONI ENFERMEIRO DO TRABALHO CANCER DE COLO DE UTERO O câncer de colo uterino é o câncer mais comum entre as mulheres no Brasil, correspondendo a, aproximadamente,

Leia mais

A vacina contra o HPV - perguntas e respostas para pais de raparigas no 9º ano a partir de setembro de 2014

A vacina contra o HPV - perguntas e respostas para pais de raparigas no 9º ano a partir de setembro de 2014 Portuguese translation of Beating cervical cancer The HPV vaccine questions and answers for parents of girls in Year 9 from September 2014 Combater o cancro do colo do útero A vacina contra o HPV - perguntas

Leia mais

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES REVISÃO DOS CONTEÚDOS Unidade II Ser Humano e Saúde 2 REVISÃO DOS CONTEÚDOS Aula 13 Revisão e Avaliação 3 REVISÃO 1 O sistema reprodutor

Leia mais

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADO FEDERAL PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Previna o câncer do colo do útero apresentação O câncer do colo do útero continua matando muitas mulheres. Especialmente no Brasil,

Leia mais

Planeamento Familiar 2009

Planeamento Familiar 2009 Planeamento Familiar 2009 Planeamento Familiar: Conjunto de cuidados de saúde que visa ajudar a planear o nascimento dos filhos, a viverem a sexualidade de uma forma gratificante e sem o receio de uma

Leia mais

Métodos Contraceptivos Reversíveis

Métodos Contraceptivos Reversíveis Métodos Contraceptivos Reversíveis Estroprogestativos orais Pílula 21 cp + 7 dias pausa existem vários, podendo ser escolhido o que melhor se adapta a cada mulher são muito eficazes, quando se cumprem

Leia mais

No interior do corpo de uma mulher

No interior do corpo de uma mulher No interior do corpo de uma mulher Estas são as trompas de Falópio. Elas conectam os ovários ao útero. Esta é a vagina. Ela conecta o útero com a parte exterior do corpo de uma mulher. Se olhar entre as

Leia mais

Tumores Ginecológicos. Enfª Sabrina Rosa de Lima Departamento de Radioterapia Hospital Israelita Albert Einstein

Tumores Ginecológicos. Enfª Sabrina Rosa de Lima Departamento de Radioterapia Hospital Israelita Albert Einstein Tumores Ginecológicos Enfª Sabrina Rosa de Lima Departamento de Radioterapia Hospital Israelita Albert Einstein Tumores Ginecológicos Colo de útero Endométrio Ovário Sarcomas do corpo uterino Câncer de

Leia mais

Brasil vai incluir meninos na vacinação contra HPV

Brasil vai incluir meninos na vacinação contra HPV Brasil vai incluir meninos na vacinação contra HPV Brasil é o 1º país da América do Sul e 7º do mundo a inserir a vacina no programa nacional Apresenta 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema

Leia mais

Redações vencedoras IV Concurso de Redação. Finalistas. HPV: É possível escapar?

Redações vencedoras IV Concurso de Redação. Finalistas. HPV: É possível escapar? Redações vencedoras IV Concurso de Redação Finalistas 1º Lugar Aluno: Fábio Eduardo Belavenuto Silva Professora: Maria Rita Rodrigues de Souza Unidade Escolar: Escola Estadual Salustiano Lemos Cidade:

Leia mais

Métodos contracetivos ou anticoncecionais são meios utilizados para evitar uma gravidez não desejada. A contraceção atua de três formas:

Métodos contracetivos ou anticoncecionais são meios utilizados para evitar uma gravidez não desejada. A contraceção atua de três formas: O tema do nosso trabalho é Métodos Contracetivos. Foi-nos proposto pelo professor de Ciências Naturais a propósito dos assuntos leccionados nas aulas, referentes à Sexualidade. O que se pretende com o

Leia mais

GUIA PARA PACIENTES. Anotações

GUIA PARA PACIENTES. Anotações Anotações ENTENDENDO DO OS MIOMAS MAS UTERINOS GUIA PARA PACIENTES 1620641 - Produzido em maio/2010 AstraZeneca do Brasil Ltda. Rodovia Raposo Tavares, km 26,9 CEP 06707-000 - Cotia/SP ACCESS net/sac 0800

Leia mais

Perfil das mulheres que realizaram a coleta de citologia oncótica no 1ºsem na Clínica da Unaerp.

Perfil das mulheres que realizaram a coleta de citologia oncótica no 1ºsem na Clínica da Unaerp. SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Perfil das mulheres que realizaram a coleta de citologia oncótica no 1ºsem. 2011 na Clínica da Unaerp. Kelly Cristina do Nascimento

Leia mais

BIOLOGIA ENSINO MÉDIO PROF. SILONE GUIMARÃES 2 ANO PROF ª. SARAH SANTOS

BIOLOGIA ENSINO MÉDIO PROF. SILONE GUIMARÃES 2 ANO PROF ª. SARAH SANTOS BIOLOGIA 2 ANO PROF ª. SARAH SANTOS ENSINO MÉDIO PROF. SILONE GUIMARÃES CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Vida e Ambiente 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7.2 Conteúdo Doenças sexualmente transmissiveis

Leia mais

ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM NA PREVENÇÃO DO HPV DURANTE O PERÍODO DA ADOLESCÊNCIA

ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM NA PREVENÇÃO DO HPV DURANTE O PERÍODO DA ADOLESCÊNCIA ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM NA PREVENÇÃO DO HPV DURANTE O PERÍODO DA ADOLESCÊNCIA Juliana Romano de Lima¹ Marcone Almeida Dantas Junior¹ Maria Franncielly Simões de Morais¹ Carina Scanoni Maia¹ ¹ Universidade

Leia mais

Câncer de Colo de Útero: Prevenir é o melhor remédio!

Câncer de Colo de Útero: Prevenir é o melhor remédio! Câncer de Colo de Útero: Prevenir é o melhor remédio! PASSATEMPOS BOM PRA CABEÇA Dominox a caça-palavr eto código secr s e muito mai 2 caça-palavra coquetel Procure e marque, no diagrama de letras, as

Leia mais

Vagisan Ácido Láctico

Vagisan Ácido Láctico Folheto de Instruções Leia com atenção as seguintes instruções de utilização, pois contêm informações importantes que devem ser tidas em conta aquando da utilização deste dispositivo médico. Guarde estas

Leia mais

Evidências científicas da efetividade da detecção e tratamento das lesões precursoras para a prevenção do câncer do colo do útero

Evidências científicas da efetividade da detecção e tratamento das lesões precursoras para a prevenção do câncer do colo do útero Evidências científicas da efetividade da detecção e tratamento das lesões precursoras para a prevenção do câncer do colo do útero Fábio Russomano Instituto Fernandes Figueira FIOCRUZ 25 A 28 DE ABRIL DE

Leia mais

Boletim Epidemiológico

Boletim Epidemiológico O QUE É? HPV é a sigla em inglês para papilomavírus humano. É um vírus de grande relevância médica pelo fato de estar relacionado a praticamente 100% dos casos de câncer de colo do útero (um dos tipos

Leia mais

Vacina anual. Informação sobre a vacina anual contra a gripe 2010 contra a gripe

Vacina anual. Informação sobre a vacina anual contra a gripe 2010 contra a gripe Vacina anual Informação sobre a vacina anual contra a gripe 2010 contra a gripe Gripe No Inverno aproximadamente uma em cada dez pessoas contraem a gripe. A gripe é causada pelo vírus da gripe, também

Leia mais

Despiste de cancro do colo do útero: O exame colposcópico. Orientações atualizadas

Despiste de cancro do colo do útero: O exame colposcópico. Orientações atualizadas Despiste de cancro do colo do útero: O exame colposcópico Orientações atualizadas Page 2 Porque tenho eu de ir à consulta colposcópica? Foi-lhe pedido que fizesse um exame complementar devido ao seu exame

Leia mais

F1. Quando foi a última vez que a sra fez um exame preventivo para câncer de colo do útero?

F1. Quando foi a última vez que a sra fez um exame preventivo para câncer de colo do útero? Módulo F - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. F1. Quando foi

Leia mais

Vacinação contra o HPV

Vacinação contra o HPV Vacinação contra o HPV Meleiro, março de 2014 Enfermeira Cristiane Sec Mun Saúde de Meleiro. ESF Papiloma Vírus Humano - HPV O HPV é um vírus (papilomavírus humano) transmitido pelo contato direto com

Leia mais

ISSN ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE

Leia mais

Cliente: SBIm Data: 29/05/2015 Dia: Sex Assunto: Vacinação - HPV Veículo: G1 (SP) Seção: Bem Estar Site: g1.globo.com RM

Cliente: SBIm Data: 29/05/2015 Dia: Sex Assunto: Vacinação - HPV Veículo: G1 (SP) Seção: Bem Estar Site: g1.globo.com RM http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2015/05/procura-pela-vacina-contra-hpv-cai-pela-metade-em-relacao-2014.html Procura pela vacina contra HPV cai pela metade em relação a 2014 Dados inéditos mostram

Leia mais

Rastreio do cancro da mama do Serviço Nacional de Saúde (NHS) Ajudá-la a decidir

Rastreio do cancro da mama do Serviço Nacional de Saúde (NHS) Ajudá-la a decidir Rastreio do cancro da mama do Serviço Nacional de Saúde (NHS) Ajudá-la a decidir O que é o cancro da mama? 2 O que é o rastreio do cancro da mama? 3 Resultados do rastreio do cancro da mama 6 A opção é

Leia mais

R2. Qual o principal motivo da sra nunca ter feito um exame preventivo? 01. Nunca teve relações sexuais 02. Não acha necessário 03.

R2. Qual o principal motivo da sra nunca ter feito um exame preventivo? 01. Nunca teve relações sexuais 02. Não acha necessário 03. Módulo R. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. R1. Quando foi a

Leia mais

Bebés em unidades de cuidados especiais: testes de rastreio para o seu bebé

Bebés em unidades de cuidados especiais: testes de rastreio para o seu bebé Bebés em unidades de cuidados especiais: testes de rastreio para o seu bebé Informações para os pais de bebés que se encontram numa unidade de cuidados especiais, numa unidade de cuidados intensivos neonatais

Leia mais

Principais formas de cancro na idade adulta

Principais formas de cancro na idade adulta Rastreio do cancro na idade adulta Principais formas de cancro na idade adulta Cancro do colo do útero Cancro da mama Cancro do cólon Cancro testicular Cancro da próstata SINAIS DE ALERTA O aparecimento

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS 16 TÍTULO: REVISÃO DE CONCEITO CITOMORFOLÓGICO PARA DIAGNÓSTICO DE ADENOCARCINOMA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: BIOMEDICINA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES

Leia mais

Conheça os seus seios. Procurar alterações

Conheça os seus seios. Procurar alterações Conheça os seus seios Procurar alterações Conheça os seus seios: procurar alterações O cancro da mama é o cancro mais comum nas mulheres da Irlanda do Norte 1 em cada 12 irá desenvolver cancro da mama

Leia mais

Palavras chave para indexação: 2014_10_07_Mem.Reun.Saúde _ Barracão_ Associação_Comunidade _Vila Isabel_Anapu

Palavras chave para indexação: 2014_10_07_Mem.Reun.Saúde _ Barracão_ Associação_Comunidade _Vila Isabel_Anapu Assunto: Reunião/Palestra sobre saúde para orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as ações preventivas na área da saúde pública em virtude da construção da UHE Bo Monte. Redator: Maurício

Leia mais

Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade)

Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. R1. Quando foi

Leia mais

TÍTULO: ASSISTÊNCIA BÁSICA NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS CRÔNICAS ATRAVÉS DO PAPANICOLAU

TÍTULO: ASSISTÊNCIA BÁSICA NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS CRÔNICAS ATRAVÉS DO PAPANICOLAU Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ASSISTÊNCIA BÁSICA NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS CRÔNICAS ATRAVÉS DO PAPANICOLAU CATEGORIA: EM ANDAMENTO

Leia mais

A CAMPANHA DO HPV NAS ESCOLAS E SUA REPERCUSSÃO

A CAMPANHA DO HPV NAS ESCOLAS E SUA REPERCUSSÃO 1 A CAMPANHA DO HPV NAS ESCOLAS E SUA REPERCUSSÃO Prof. a M. a Djiane Strelciunas Docente no Curso de Licenciatura em Pedagogia - Faculdade de São Paulo - FASP Centro Novo Andreia da Silva Andrade Cristiane

Leia mais

Ano Lectivo 2009/2010

Ano Lectivo 2009/2010 Ano Lectivo 2009/2010 Feito por: Carlos Grilo Caracteres sexuais primários e secundários.3 Sistema reprodutor masculino.4 Sistema reprodutor feminino.5 Ciclo ovário.5 Ciclo uterino.7 Fecundação 9 Caracteres

Leia mais

Perspectivas da introdução das vacinas contra HPV junto aos programas de rastreio

Perspectivas da introdução das vacinas contra HPV junto aos programas de rastreio Perspectivas da introdução das vacinas contra HPV junto aos programas de rastreio Trocando Idéias XIV 27-29 de agosto de 2009 Rio de Janeiro Fábio Russomano Evidências da efetividade do rastreio citológico

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Mário Neto. DISCIPLINA: Ciências da Natureza SÉRIE: 8º

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Mário Neto. DISCIPLINA: Ciências da Natureza SÉRIE: 8º GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Mário Neto DISCIPLINA: Ciências da Natureza SÉRIE: 8º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Lubrificação do Espéculo para Colpocitologia REVISÃO BASEADA NA EVIDÊNCIA

Lubrificação do Espéculo para Colpocitologia REVISÃO BASEADA NA EVIDÊNCIA Lubrificação do Espéculo para Colpocitologia REVISÃO BASEADA NA EVIDÊNCIA António Torres da Costa 1 Ângela Santos Neves 1 Sílvia Achas 2 1 USF Araceti 2 Interna de Ano Comum VIII JORNADAS INTERNATO MGF

Leia mais

Educa teu filho no caminho que deve andar, e quando grande não se desviará dele Prov.22.6 Turma: 9º Ano

Educa teu filho no caminho que deve andar, e quando grande não se desviará dele Prov.22.6 Turma: 9º Ano Matemática 1ª) A tabela a seguir mostra a evolução da receita bruta anual nos três últimos anos de cinco microempresas (ME) que se encontram à venda. Um investidor deseja comprar duas das empresas listadas

Leia mais

folder_saude_da_mulher.pdf 1 19/07/16 16:48 VIVER BEM ADRIANA JUSSARA EM A MULHER QUE VALIA POR MUITAS CMY SAÚDE DA MULHER

folder_saude_da_mulher.pdf 1 19/07/16 16:48 VIVER BEM ADRIANA JUSSARA EM A MULHER QUE VALIA POR MUITAS CMY SAÚDE DA MULHER folder_saude_da_mulher.pdf 1 19/07/16 16:48 VIVER BE ADRIANA JUSSARA E A ULHER QUE VALIA POR UITAS SAÚDE DA ULHER folder_saude_da_mulher.pdf 2 19/07/16 16:48 Leia o código e assista a história de Adriana

Leia mais

O problema de saúde relacionado com o trabalho mais comum na Europa

O problema de saúde relacionado com o trabalho mais comum na Europa Prevenção das lesões músculo-esqueléticas (LME) O problema de saúde relacionado com o trabalho mais comum na Europa Os objectivos comunitários no âmbito da Estratégia de Lisboa prevêem a criação de empregos

Leia mais

Atualização das Diretrizes Brasileiras para o rastreamento do câncer do colo do útero

Atualização das Diretrizes Brasileiras para o rastreamento do câncer do colo do útero Atualização das Diretrizes Brasileiras para o rastreamento do câncer do colo do útero XIII Congresso Brasileiro de Citologia Clínica 03 de julho de 2012 Fábio Russomano IFF/Fiocruz Fábio Russomano Possíveis

Leia mais

O seu resultado revelou um aneurisma da aorta abdominal (AAA) de média dimensão O que acontece agora?

O seu resultado revelou um aneurisma da aorta abdominal (AAA) de média dimensão O que acontece agora? O seu resultado revelou um aneurisma da aorta abdominal (AAA) de média dimensão O que acontece agora? Uma ecografia rápida, gratuita e indolor para homens a partir dos 65 anos O resultado do seu rastreio

Leia mais

A primeira visita ao ginecologista

A primeira visita ao ginecologista A primeira visita ao ginecologista acne colicas sexualidade NAO FIQUE COM DUVIDAS Indice: Visitar o ginecologista logo que surgem os primeiros sinais da puberdade e muito importante para que a menina entenda

Leia mais

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DO CANCER CERVICAL DE MANITOBA PAPA NICOLAU. Entenda os resultados

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DO CANCER CERVICAL DE MANITOBA PAPA NICOLAU. Entenda os resultados PROGRAMA DE PREVENÇÃO DO CANCER CERVICAL DE MANITOBA PAPA NICOLAU Entenda os resultados The Manitoba Cervical Cancer Screening Program is a program of Manitoba Health, managed by CancerCare Manitoba All

Leia mais

Lambeth Clinical Commissioning Group. Bem-vindo ao NHS

Lambeth Clinical Commissioning Group. Bem-vindo ao NHS Lambeth Clinical Commissioning Group Bem-vindo ao NHS Registo com um GP Para aceder ao NHS (Serviço Nacional de Saúde), deve registar-se com um GP (Médico de Família) O seu GP é capaz de prestar cuidados

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

Pode ser transmitido de uma pessoa para outra atravã s do contacto pele com pele, e nã o unicamente atravã s do contacto sexual.

Pode ser transmitido de uma pessoa para outra atravã s do contacto pele com pele, e nã o unicamente atravã s do contacto sexual. HPV Dados estatã sticos cancro do colo do útero à o segundo cancro mais frequente nas mulheres, a nã vel mundial. Estima-se que surjam anualmente cerca de 493 000 novos casos em todo o mundo e sã³ na

Leia mais

Desafios para a promoção, prevenção e tratamento do câncer: O panorama global e o Brasil

Desafios para a promoção, prevenção e tratamento do câncer: O panorama global e o Brasil Desafios para a promoção, prevenção e tratamento do câncer: O panorama global e o Brasil André Medici Economista de Saúde, Editor do Blog Monitor de Saúde (www.monitordesaude.blogspot.com) ABRALE, São

Leia mais

Papilomavírus Humano HPV

Papilomavírus Humano HPV Papilomavírus Humano HPV -BIOLOGIA- Alunos: André Aroeira, Antonio Lopes, Carlos Eduardo Rozário, João Marcos Fagundes, João Paulo Sobral e Hélio Gastão Prof.: Fragoso 1º Ano E.M. T. 13 Agente Causador

Leia mais

Exame de despiste de cancro do colo do útero: Explicação dos seus resultados. Orientações atualizadas

Exame de despiste de cancro do colo do útero: Explicação dos seus resultados. Orientações atualizadas Exame de despiste de cancro do colo do útero: Explicação dos seus resultados Orientações atualizadas Page 2 Este folheto explicar-lhe-á os resultados do seu exame ao colo do útero, que visa detetar quaisquer

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - MULHER VIH NEGATIVO

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - MULHER VIH NEGATIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Após inscrição no estudo, os participantes devem preencher este questionário de avaliação inicial. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado. Após o

Leia mais

Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso.

Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. 1 2 3 4 INSTRUÇÕES Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local deste Caderno,

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE CONTROLE DO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

QUESTIONÁRIO SOBRE CONTROLE DO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO QUESTIONÁRIO SOBRE CONTROLE DO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO Denise Silveira, Anaclaudia Gastal Fassa, Maria Elizabeth Gastal Fassa, Elaine Tomasi, Luiz Augusto Facchini BLOCO A - IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA

Leia mais

Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento. Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 de agosto de 2013

Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento. Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 de agosto de 2013 Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 de agosto de 2013 Objetivos do seguimento após tratamento de Câncer Detecção

Leia mais

ISSN ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE

Leia mais

HPV Vírus Papiloma Humano. Nome: Edilene Lopes Marlene Rezende

HPV Vírus Papiloma Humano. Nome: Edilene Lopes Marlene Rezende HPV Vírus Papiloma Humano Nome: Edilene Lopes Marlene Rezende O HPV (papiloma vírus humano) é o agente causador de uma doença sexualmente transmissível (DST). Condiloma Acuminado vulgarmente conhecida

Leia mais

Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher

Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher Branco MJ, Paixão E, Vicente LF. Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher. Lisboa: Instituto Nacional

Leia mais

Uma simples técnica para detectar metrite

Uma simples técnica para detectar metrite Uma simples técnica para detectar metrite Stephanie Stella, Anne Rosi Guadagnin, Angelica Petersen Dias, and Dr. Phil Cardoso Não existem dúvidas que o parto é uma situação estressante para a vaca e seu

Leia mais

O Valor de Diagnóstico Diagnóstico Precoce e prevenção Antonio Vergara

O Valor de Diagnóstico Diagnóstico Precoce e prevenção Antonio Vergara O Valor de Diagnóstico Antonio Vergara O valor de Diagnóstico em beneficio do paciente O Valor do Diagnóstico Valor Clínico O Valor de Diagnóstico Industria dos Diagnósticos Valor de Inovação IVD da despensa

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - MULHER VIH POSITIVO

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - MULHER VIH POSITIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Após inscrição no estudo, os participantes devem preencher este questionário de avaliação inicial. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado. Após o

Leia mais

A RELAÇÃO DO VIRUS HPV COM O CANCER DE COLO DE ÚTERO

A RELAÇÃO DO VIRUS HPV COM O CANCER DE COLO DE ÚTERO A RELAÇÃO DO VIRUS HPV COM O CANCER DE COLO DE ÚTERO Adriane Policarpo Rose Guedes ¹; Priscila Trajano da Silva¹; Jeane Karla de Mendonça Mota². ¹Discente da Faculdade Maurício de Nassau, Campina Grande

Leia mais

Clínica médica e Geriatria

Clínica médica e Geriatria Sérgio Murilo Clínica médica e Geriatria O que é? Qual o foco? Quero todos os exames. Mais benefício ou prejuízo? Como decidir que condições serão avaliadas e como serão avaliadas? Condições (não o teste)

Leia mais

UNILAB no Outubro Rosa Essa luta também é nossa. CUIDAR DA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR www.unilab.edu.

UNILAB no Outubro Rosa Essa luta também é nossa. CUIDAR DA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR www.unilab.edu. UNILAB no Outubro Rosa Essa luta também é nossa. CUIDAR DA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR www.unilab.edu.br CUIDAR DA SUA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. As mamas

Leia mais

CA Colo uterino PROGRAMA DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE CÂNCER DE COLO DE ÚTERO. Enfa Dayse Amarílio. 3º Tipo de CA mais comum nas Mulheres

CA Colo uterino PROGRAMA DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE CÂNCER DE COLO DE ÚTERO. Enfa Dayse Amarílio. 3º Tipo de CA mais comum nas Mulheres PROGRAMA DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE CÂNCER DE COLO DE ÚTERO Enfa Dayse Amarílio CA Colo uterino 3º Tipo de CA mais comum nas Mulheres Tem início com displasias de leve a acentuada. É classificado como

Leia mais

CLOTRIGEL (clotrimazol)

CLOTRIGEL (clotrimazol) CLOTRIGEL (clotrimazol) Glenmark Farmacêutica Ltda. Creme vaginal 100 mg/5g CLOTRIGEL clotrimazol LEIA ATENTAMENTE ESTA BULA ANTES DE INICIAR O TRATAMENTO I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome genérico:

Leia mais

COMPREENDER A INFERTILIDADE

COMPREENDER A INFERTILIDADE Introdução A maioria dos adultos deseja ter filhos. Se pegou neste livro, é provável que você, um membro da sua família ou um amigo próximo esteja a ter dificuldades em atingir este objectivo. Não está

Leia mais

. Vacinas contra papillomavírus, vacinas contra HPV, prevenção de câncer de colo uterino

. Vacinas contra papillomavírus, vacinas contra HPV, prevenção de câncer de colo uterino VACINA PAPILOMAVÍRUS HUMANO RECOMBINANTE: CARACTERÍSTICAS GERAIS AUTORES Silvana Oliveira Costa Wagner Fernando Xavier Larissa Cristina de Carvalho Pena Discente da União das Faculdades dos Grandes Lagos

Leia mais

Detecção e Genotipagem do HPV Relevância no rastreio do Carcinoma do colo do útero

Detecção e Genotipagem do HPV Relevância no rastreio do Carcinoma do colo do útero Semana de Prevenção contra o Cancro do colo do útero ECCA 2015 Detecção e Genotipagem do HPV Relevância no rastreio do Carcinoma do colo do útero Daniela Cochicho Laboratório de Virologia 1 HPV Agente

Leia mais

Métodos Contraceptivos e Prevenção de Doenças

Métodos Contraceptivos e Prevenção de Doenças Métodos Contraceptivos e Prevenção de Doenças Como planejar seu futuro e garantir uma vida sexual saudável. planejamento FaMILIaR É o conjunto de ações que auxilia o casal que deseja ter filho ou prevenir

Leia mais

1. O QUE É GINO-CANESTEN CREME VAGINAL E PARA QUE É UTILIZADO

1. O QUE É GINO-CANESTEN CREME VAGINAL E PARA QUE É UTILIZADO FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Gino-Canesten 10 mg/g Creme Vaginal Clotimazol Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente. Este medicamento pode ser adquirido

Leia mais

HPV E SUA INFLUÊNCIA NO CÂNCER DE COLO DE ÚTERO

HPV E SUA INFLUÊNCIA NO CÂNCER DE COLO DE ÚTERO HPV E SUA INFLUÊNCIA NO CÂNCER DE COLO DE ÚTERO Jader Iury de Souza Mercante Graduando em Fisioterapia, Faculdades Integradas de Três Lagoas FITL/AEMS Rafaela Giuzeppe Rodrigues Graduanda em Fisioterapia,

Leia mais

Assunto: Atualização da investigação de caso suspeito de sarampo em João Pessoa/PB - 22 de outubro de 2010

Assunto: Atualização da investigação de caso suspeito de sarampo em João Pessoa/PB - 22 de outubro de 2010 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Departamento de Vigilância Epidemiológica Esplanada dos Ministérios, Edifício Sede, 1º andar 70.058-900 Brasília-DF Tel. 3315 2755/2812 NOTA TÉCNICA

Leia mais

CONTRIBUTO PARA A SAÚDE PÚBLICA

CONTRIBUTO PARA A SAÚDE PÚBLICA CONTRIBUTO PARA A SAÚDE PÚBLICA REDUÇÃO DA MORBILIDADE E MORTALIDADE Os programas de vacinação têm tido um impacto significativo sobre a redução da mortalidade e morbilidade de inúmeras doenças infecciosas

Leia mais

Deixar de fumar para usufruir ao máximo do tratamento para o cancro

Deixar de fumar para usufruir ao máximo do tratamento para o cancro Deixar de fumar para usufruir ao máximo do tratamento para o cancro Princess Margaret Quit smoking to get the best from your cancer treatment Portuguese Esta informação destina-se a pessoas que fumam ou

Leia mais

Cancer de Colo do Útero

Cancer de Colo do Útero Cancer de Colo do Útero Câncer de colo do útero são alterações celulares que tem uma progressão gradativa e é por isto que esta é uma doença curável quando descoberta no início. Esta é a razão do exame

Leia mais

MenB Information - Portuguese

MenB Information - Portuguese MenB Esta página fornece um breve resumo da doença e da vacina que se encontra disponível para a prevenir. No fundo da página são fornecidas ligações para informações mais detalhadas. O que é a doença

Leia mais

DST - Proteja Sua Saúde

DST - Proteja Sua Saúde DST - Proteja Sua Saúde Adsense1 O sexo é importante na nossa vida. Ele nos dá prazer e, às vezes, filhos. Sexo é sinal de saúde, permite demonstrar carinho e confiança. Existem, entretanto, inimigos de

Leia mais