Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado -

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado -"

Transcrição

1 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado -

2 1 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado ATENÇÃO Lembramos que você poderá consultar o Manual de Referência do Software Modelix System caso haja dúvidas sobre como utilizar algum elemento do software. Assim você sempre utilizará da melhor forma possível a vasta gama de recursos que o programa possui. O conteúdo dessa apostila é voltado para usuários que já possuem conhecimentos na utilização tanto do software Modelix System quanto da UC modelixino 2.8 e que terminaram os exercícios propostos na apostila Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados. Para fazer os exercícios será usada a mesma bancada, porém além dos componentes apresentados anteriormente, em alguns exercícios serão apresentados novos componentes. A partir daqui os exercícios serão de maior dificuldade, dando uma base melhor para que você faça projetos com maiores níveis de complexidade. Exercício 1: Calibrando o sensor de luz utilizando variáveis. Foi mostrado na apostila Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados, para trabalhar numa faixa específica de variação com o sensor de luz, que é possível fazer a calibração para lugares com luminosidades muito diferentes. Para facilitar essa calibração, podemos utilizar o recurso de variáveis do software Modelix System que permite armazenar o valor lido pelo sensor e executar funções de acordo com cada valor. Será usada uma entrada analógica para o sensor de luz; nomeie-a como na figura abaixo: Adicione o recurso de variáveis para sua área de trabalho clicando no botão no canto superior direito da tela. Caso tenha alguma dúvida consulte a aula 10 da apostila Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados. Precisaremos apenas das duas variáveis já definidas, x e y, mas quando necessário, é possível adicionar mais variáveis á sua lista clicando nas opções de variáveis globais e clicando em adicionar.

3 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado 2 Obs.: Os valores das variáveis numa sub-rotina não podem ser aproveitados em outras sub-rotinas, portanto é preciso armazenar os valores em cada sub-rotina. Para guardar o valor lido pelo sensor, crie uma sub-rotina chamada Armazenar determinando x e y iguais à entrada do sensor de luz, porém para que a leitura seja mais precisa, adicione blocos aguardar dando tempo para a leitura. Nesse caso, faremos a leitura do primeiro valor e do segundo valor por 5 segundos cada, se necessário, aumente esse tempo. Inicie um fluxograma para chamar a sub-rotina e armazene os valores. Dessa forma, sempre que houver alguma variação de luminosidade, será possível armazenar esses valores e utilizar uma faixa mais adequada para a sua necessidade.

4 3 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado Exercício 2: Controlando saídas digitais com variáveis. Em aulas anteriores você viu como ligar e desligar os atuadores conectados ao Modelixino 2.8 utilizando fluxogramas. Nesse exercício, dividido em duas sub-rotinas, serão mostrados dois exemplos da utilização do recurso de variáveis do software Modelix System para controlar as saídas digitais. Na primeira sub-rotina, será apresentada uma forma de usar o acréscimo de valores em variáveis para ligar e desligar um LED e na segunda sub-rotina, será mostrado o controle do acionamento de um BUZZER em função de um valor armazenado após a leitura de um sensor de luz. Portanto, usaremos duas saídas digitais e uma entrada analógica. Adicione o recurso de variáveis para a sua área de trabalho. Começaremos fazendo uma contagem, para acionarmos os atuadores por um número pré-determinado de vezes, onde teremos um valor x inicial que será acrescido até que alcance um valor limite y e ao fim dessa contagem, será iniciada uma nova tarefa no fluxograma. Comece criando uma sub-rotina chamada liga/desl LED e com dois blocos Definir, atribua x=1 e y =10. Num bloco Decisão, faça a comparação: Se x = y. Enquanto na contagem o valor de x não alcançar o valor de y, o LED será ativado por 0,5 segundos, mas quando x for igual a y, a sub-rotina será finalizada.

5 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado 4 Para fazer a contagem usaremos novamente um bloco Definir, onde faremos a operação matemática: x = x + 1, que acrescentará uma unidade ao valor de x sempre que o LED ligar e desligar, fazendo com que o valor de x aumente até se igualar ao valor de y. Monte o fluxograma abaixo: Agora, armazenaremos o valor lido por um sensor de luz e em função disso controlaremos o BUZZER. Crie uma sub-rotina chamada: liga/desl BUZZER e atribua para x o valor lido na entrada do sensor de luz. Esse valor armazenado servirá como uma faixa de luminosidade. Num bloco Decisão defina: Se x<sensor Luz, que fará a comparação dos próximos valores lidos pelo sensor com o valor armazenado. Por fim, quando o valor lido pelo sensor for menor que o valor armazenado, o BUZZER será acionado e quando o valor lido for maior, o BUZZER será desligado, da mesma forma que no fluxograma representado ao lado: Faça as devidas conexões no modelixino 2.8, chame as duas subrotinas com um bloco iniciar na área de trabalho e execute o fluxograma.

6 5 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado Exercício 3: Usando o Reversor PWM em motores. Nesta aula será apresentado um importante componente da Modelix e que tornará os seus projetos ainda mais completos: O Reversor PWM. O Reversor PWM tem capacidade para controlar dois motores e, a partir dos comandos da UC, consegue acioná-los nos dois sentidos de rotação. Possui um único pino para alimentação, a qual recomendamos que seja de no máximo 6 volts em experimentos com os componentes Modelix, para garantir a segurança e bom funcionamento, mas também suporta maiores tensões. Para motores menores, ainda é possível utilizar a alimentação gerada pela UC, mas se forem usados motores mais potentes, utilize alimentação externa. Além disso, para o controle dos motores, existem cinco pinos centrais que devem ser conectados à UC modelixino 2.8 exatamente como identificados na placa, que são os pinos: 4, 5, 6, 7 e um GND. Identificação dos pinos: 1. Alimentação externa (respeite a polaridade) 2. Entrada do Motor Saídas da UC. 4. Entrada do Motor Neste exemplo será usado um motor MM-F e criaremos um fluxograma para controlar o seu sentido de rotação com a UC modelixino 2.8. Começaremos com as conexões físicas. Observe o procedimento abaixo:

7 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado 6 Conecte o motor ao Reversor PWM nos pinos identificados como Motor 1 e conecte, a partir da UC modelixino 2.8, um pino de saída de 5 V ao + e um GND ao - da alimentação. Faça a conexão dos pinos: 4, 5, 6, 7 e GND da UC aos pinos do Reversor PWM exatamente como estão indicados. Após o procedimento, suas conexões devem estar assim:

8 7 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado Antes de iniciarmos a elaboração do fluxograma, existem alguns ajustes específicos para o Reversor PWM a serem feitos no software Modelix System. Clique nas abas ao lado dos nomes das saídas 4 e 7 e selecione a opção em que as saídas 4 e 5 e as saídas 6 e 7 estão juntas. A saída 4/5 é a responsável pelo controle do Motor 1 e a saída 6/7 é a responsável pelo controle do Motor 2; então mude o nome das saídas para o de seus respectivos motores. Você pode testar os motores clicando nas saídas com o botão esquerdo do mouse, para que o motor gire para frente e com o direito, para que o motor gire reverso, como mostrado nas figuras do lado direito: Exercício 4: Usando software Modelix System para controlar motores com o Reversor PWM. Nessa aula você verá como controlar as saídas para os motores com software Modelix System. Utilizando o mesmo procedimento da aula anterior, prosseguiremos criando um fluxograma que nos permitirá alterar os sentidos de rotação dos motores e a potência aplicada a eles. Para o controle da potência utilizaremos o recurso de variáveis, portanto começaremos adicionando o recurso de variáveis à área de trabalho. Arraste um bloco Saída para a área de trabalho e vá até as últimas opções de saídas. Você verá que existem opções específicas para os motores.

9 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado 8 Clicando no botão frente, o motor será acionado num sentido; clicando no botão rever., o motor reverterá o sentido de rotação; clicando no botão desl., o motor irá parar. Ao lado desses comandos, existe uma aba que nos permite definir um valor em porcentagem para a potência aplicada. Recomendamos que a porcentagem inicial seja de no mínimo 30%, pois motores mais potentes não funcionam com valores menores. É possível notar que o valor da potência pode ser controlado por variáveis e é exatamente o que faremos nesse exercício. O motor começará girando com 100% da potência e aos poucos essa potência será reduzida até que chegue a 10% e o motor pare. Quando isso acontecer, o motor começará a rodar novamente, porém no sentido reverso. Aos poucos a potência aumentará até o máximo e então o motor voltará a rodar no primeiro sentido, criando assim um loop. Comece atribuindo x=100 e num bloco decisão faça a condição para x=10. Se x não estiver com o valor 10, o motor será acionado e serão retiradas 10 unidades do valor de x através da expressão x=x-10. Num bloco Saída, acione o motor no botão frente, defina o valor da potência como sendo x% e em seguida adicione um bloco aguardar para 2 segundos. Dessa forma, a potência iniciará em 100% e a cada 2 segundos será reduzida em 10%. Veja o fluxograma ao lado:

10 9 Programação de Robótica: Modo Circuitos Programados - Avançado Quando o valor de x chegar a 10, o motor ficará parado por um segundo. Em seguida, começará a rodar no sentido reverso com x% de potência e a cada 2 segundos serão aumentadas 10 unidades ao valor de x com a expressão: x=x+10, até que chegue a 100. Num bloco Decisão faça a condição x = 100. Se o valor de x não chegar a 100, o motor continuará funcionando no sentido reverso. Quando a potência chegar a 100% o motor ficará parado por um segundo e voltará ao primeiro sentido de rotação, criando um loop. Veja como ficou o fluxograma na imagem abaixo:

Microcontrolador Modelix 3.6

Microcontrolador Modelix 3.6 Curso de Robótica 1 Curso de Robótica Introdução à robótica O desenvolvimento da robótica surgiu da necessidade de se aperfeiçoar processos de fabricação, no sentido de melhorar a qualidade dos produtos.

Leia mais

MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS

MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS A Modelix Robotics é pioneira dentre as empresas nacionais no segmento de robótica educacional (uso acadêmico e educação tecnológica) e robótica para usuário

Leia mais

Composição do MDK-Prog e MDK-Prog Plus

Composição do MDK-Prog e MDK-Prog Plus A Modelix Robotics está lançando no mercado brasileiro dois kits de Robótica aplicada, ideal para quem deseja iniciar o aprendizado de programação de robôs e eletrônica, usando o Software Modelix System

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

Sessão Prática: Oficina de Robótica com NI LabVIEW e LEGO Mindstorms NXT

Sessão Prática: Oficina de Robótica com NI LabVIEW e LEGO Mindstorms NXT Sessão Prática: Oficina de Robótica com NI LabVIEW e LEGO Mindstorms NXT LabVIEW e NXT Hardware Necessário: LEGO MINDSTORMS NXT Software Necessário: LabVIEW Módulo NXT Exercício 1: Atualização de firmware

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Seguidor de Linha Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19 Sensor Smart Seguidor de Linha 1. Introdução Os sensores seguidores de linha são sensores que detectam

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA SOLUÇÃO. Software para rastreamento

APRESENTAÇÃO DA SOLUÇÃO. Software para rastreamento APRESENTAÇÃO DA SOLUÇÃO Software para rastreamento TELA DE LOGIN Tela inicial do sistema onde os clientes u lizam para acessar a plataforma. Para acesso, insira Nome de Usuário e Senha e clique em Entrar.

Leia mais

Índice: CMS 3 O que é Content Management System? Clientes 4 O que é o Cliente? 4 Configurando o i-menu/i-view para trabalhar. com o CMS.

Índice: CMS 3 O que é Content Management System? Clientes 4 O que é o Cliente? 4 Configurando o i-menu/i-view para trabalhar. com o CMS. Índice: CMS 3 O que é Content Management System? Clientes 4 O que é o Cliente? 4 Configurando o i-menu/i-view para trabalhar com o CMS. 5 Removendo o Cliente. Playlist 7 Criando um Playlist. 8 Adicionando

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes 1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes Janelas são estruturas do software que guardam todo o conteúdo exibido de um programa, cada vez que um aplicativo é solicitado à janela do sistema

Leia mais

Sistema Modelix-G (Modelix-Grafix)

Sistema Modelix-G (Modelix-Grafix) Sistema Modelix-G (Modelix-Grafix) 1) Introdução 1 2) Utilizando o Sistema Modelix-G impresso (paper) 1 3) Utilizando o Sistema Modelix-G com software 4 4) Divulgando seus projetos e idéias 7 1) Introdução

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS 1 Para iniciar a edição de um esquema elétrico para posterior simulação, busque no menu Iniciar do Windows, a opção Todos os Programas. Localize a pasta onde foi instalado o Proteus e selecione o programa

Leia mais

Este tutorial mostra como utilizar as ferramentas Send Mail e Web Commands.

Este tutorial mostra como utilizar as ferramentas Send Mail e Web Commands. Este tutorial mostra como utilizar as ferramentas Send Mail e Web Commands. Antes de começamos certifique-se de estarem com o programa instalado, com sua conta e licenças ativas. Neste tutorial não irei

Leia mais

Android Como configurar Rede sem fio Univates-Professores

Android Como configurar Rede sem fio Univates-Professores 1/7 Android Como configurar Rede sem fio Univates-Professores Instruções: Este procedimento deverá ser executado em seu Tablet ou Smartphone pessoal que utiliza a rede wireless Univates-Professores. Como

Leia mais

Introdução ao MIT App Inventor

Introdução ao MIT App Inventor Introdução ao MIT App Inventor Definição É uma ferramenta desenvolvida pelo Google e, atualmente, mantida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT); que permite a criação de aplicativos para

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Acessando a Porta Paralela com o Delphi. Vitor Amadeu Souza. vitor@cerne-tec.com.br

Acessando a Porta Paralela com o Delphi. Vitor Amadeu Souza. vitor@cerne-tec.com.br Acessando a Porta Paralela com o Delphi Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br Introdução A Porta Paralela pode ser usada de forma a permitir a interface do computador com o mundo externo para acionamento

Leia mais

GX - USB MANUAL DO USARIO V1.1

GX - USB MANUAL DO USARIO V1.1 GX - USB MANUAL DO USARIO V1.1 NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012 - Todos os direitos Reservados IMPORTANTE Máquinas de controle numérico são potencialmente perigosas. A Nevex Tecnologia Ltda. não se

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 2 O AMBIENTE WINDOWS

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 2 O AMBIENTE WINDOWS CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 2 O AMBIENTE WINDOWS Relembrando... Gabinete Ligando o computador São três passos básicos O ambiente Windows O Windows é um tipo de software chamado sistema operacional

Leia mais

COMO FAZER SEUS PEDIDOS ONLINE PASSO-A-PASSO

COMO FAZER SEUS PEDIDOS ONLINE PASSO-A-PASSO COMO FAZER SEUS PEDIDOS ONLINE PASSO-A-PASSO Neste passo a passo iremos mostrar como é facil, simples e rápido o acesso ao site para consultas e pedidos online. Primeira etapa: Entrar no site www.thermofisher.com

Leia mais

Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação

Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação Universidade de São Paulo/Faculdade de Saúde Pública Curso de Saúde Pública Disciplina: HEP 147 - Informática Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação 1 Introdução ao Microsoft PowerPoint

Leia mais

GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1. NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados

GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1. NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados GX - ULT MANUAL DO USARIO V1.1 NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012-2015 - Todos os direitos Reservados IMPORTANTE Máquinas de controle numérico são potencialmente perigosas. A Nevex Tecnologia Ltda não

Leia mais

Manual do Ambiente Moodle para Professores

Manual do Ambiente Moodle para Professores UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Manual do Ambiente Moodle para Professores Grupos e Agrupamentos Versão 1.0b Setembro/2011 Direitos Autorais: Essa apostila está licenciada sob uma Licença Creative

Leia mais

Datasheet Componentes Eletrônicos

Datasheet Componentes Eletrônicos Datasheet Componentes Eletrônicos Caixa de Pilhas... 2 LED (mini lâmpada)... 2 Conector INT... 3 HUB... 3 Sensor de Luz... 4 Circuito Relé... 4 Circuito Buzz... 5 Sensor de Ímã... 6 Ponte H com Relés...

Leia mais

Manual do Usuário - Plataforma Simulados

Manual do Usuário - Plataforma Simulados Manual do Usuário - Plataforma Simulados Indice 1. Acessando a plataforma 3 2. Realizando seu login 3 3. Alunos 4 3.1. Novo Aluno 4 3.2. Novo upload 4 3.3. Listagem de alunos 5 3.3.1.Editando ou removendo

Leia mais

Linha de Módulos de Comando

Linha de Módulos de Comando RKM SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E CONTROLE LTDA. Rua Catão Coelho, 215 PORTO ALEGRE RS Fone: (51) 3029-3250 www.rkmautomacao.com.br Linha de Módulos de Comando RKM Aurora MANUAL DE CONFIGURAÇÃO Rev. 1.0 Abril

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático Virtual Box Instalação do Virtual Box Instalação do Extension Pack Criando uma Máquina Virtual Instalando o Windows

Leia mais

1) Entendendo a eletricidade

1) Entendendo a eletricidade 1) Entendendo a eletricidade 1 2) Circuitos Modelix 2 3) Utilizando o Sistema Esquemático Modelix-G (Modelix-Grafix) 6 4) Fazendo montagens com os Circuitos Modelix 7 5) Exercícios para treinar 8 Objetivo:

Leia mais

Instalação - SGFLeite 1

Instalação - SGFLeite 1 Instalação SGFLeite Sistema Gerenciador de Fazenda de Leite Instalação - SGFLeite 1 Resumo dos Passos para instalação do Sistema Este documento tem como objetivo auxiliar o usuário na instalação do Sistema

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Como comprar na Barrocarte. www.barrocarte.com

Como comprar na Barrocarte. www.barrocarte.com Como comprar na Barrocarte www.barrocarte.com Ultima atualização em 9 de Janeiro de 2011 1 Comprando Navegue pela loja e escolha os produtos que você deseja comprar. Selecione o acabamento desejado e clique

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

Inteligência Embarcada Módulo de Inteligência Embarcada

Inteligência Embarcada Módulo de Inteligência Embarcada Inteligência Embarcada Módulo de Inteligência Embarcada - Para acessar o módulo deve-se ir ao menu FERRAMENTAS, sub-menu INTELIGÊNCIA EMBARCADA. O menu, ilustrado abaixo, contém as seguintes opções: Configurando

Leia mais

ANEXO 01 GUIA PASSO A PASSO

ANEXO 01 GUIA PASSO A PASSO ANEXO 01 GUIA PASSO A PASSO Conteúdo 1 TELA DE ACESSO... 3 1.1 Enviar e-mail... 4 2 INTEGRANDO CONTAS COM OUTLOOK... 5 3 DREAMSPARK... 6 4 SKYDRIVE... 12 4.1 Organização do ambiente criar pastas... 13

Leia mais

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos.

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos. Histórico de Alterações Versão Data Autor Função Descrição 1 14/09/2012 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Criação inicial 2 19/11/2013 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Atualização A partir de

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

Encoder de Quadratura

Encoder de Quadratura R O B Ó T I C A Sensor Smart de Quadratura Versão Hardware:. Versão Firmware: 2. REVISÃO 2.9 Sensor Smart de Quadratura. Introdução Os encoders são equipamentos utilizados para converter movimentos rotativos

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

Kit Laboratório de Robótica Escolar 411 PLUS

Kit Laboratório de Robótica Escolar 411 PLUS CNPJ 56.233.497/0001-42 0 CNPJ 56.233.497/0001-42 1) Melhor Custo x Benefício do Mercado Brasileiro. 2) Peças e Componentes para diversos usos. 3) Manual de Referência do Software Modelix System Starter.

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2.

Sumário. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2. Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRIScan TM Mouse 2. As descrições fornecidas nesta documentação são baseadas nos sistemas operacionais Windows 7 e Mac OS X Mountain Lion. Leia

Leia mais

Placa Acessório Modem Impacta

Placa Acessório Modem Impacta manual do usuário Placa Acessório Modem Impacta Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa Modem é um acessório que poderá ser utilizado em todas as centrais

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS. Todos os direitos reservados à Softbox

MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS. Todos os direitos reservados à Softbox MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS 2012 Todos os direitos reservados à Softbox 1101001112211110000212451 Seja bem vindo! Você está recebendo o MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS. Este manual

Leia mais

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores Attack 1.35 Software de controle e Monitoração de amplificadores 1 Índice 1 Hardware necessário:... 3 1.1 Requisitos do computador:... 3 1.2 Cabos e conectores:... 3 1.3 Adaptadores RS-232 USB:... 4 1.4

Leia mais

Na primeira aula, conhecemos um pouco sobre o projeto Arduino, sua família de placas, os Shields e diversos exemplos de aplicações.

Na primeira aula, conhecemos um pouco sobre o projeto Arduino, sua família de placas, os Shields e diversos exemplos de aplicações. Na primeira aula, conhecemos um pouco sobre o projeto Arduino, sua família de placas, os Shields e diversos exemplos de aplicações. A partir de agora, iremos conhecer o hardware do Arduino e suas caracteristicas

Leia mais

AULA: BrOffice Impress terceira parte. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de:

AULA: BrOffice Impress terceira parte. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: AULA: BrOffice Impress terceira parte Objetivo Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: Conhecer a integração dos softwares do BrOffice; Aprender a trabalhar no slide mestre; Utilizar interação entre

Leia mais

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO Criação de Conta de Usuário...03 Edição da Conta de Usuário...10 Download do Backup Online Embratel...10 Descrição dos Conjuntos de Cópia de Segurança...19

Leia mais

Lição 3. Como executar uma aplicação no Arduino?

Lição 3. Como executar uma aplicação no Arduino? Lição 3 Como executar uma aplicação no Arduino? Para mostrar como executar uma aplicação no Arduino usaremos como exemplo uma aplicação composta por duas partes: a primeira parte será responsável pelo

Leia mais

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330.

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás. É composto por um circuito inteligente (microcontrolado) que recebe o sinal gerado por um sensor eletrônico de gás, processa sua calibração

Leia mais

PASSO A PASSO MOVIE MAKER

PASSO A PASSO MOVIE MAKER PASSO A PASSO MOVIE MAKER Nesta etapa, você deverá apresentar o programa e ajudá-los a montarem o filme. Veja como é fácil. Siga as instruções do passo-a-passo: DICA O que é o Movie Maker? Com o Microsoft

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD 0 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD ORIENTAÇÕES SOBRE USO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (MOODLE) PARA DISPONIBILIZAÇÃO

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 1 Levante e ande - Instalando o Lazarus e outros sistemas de suporte. Ano: 02/2011 Nesta Edição

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc.

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc. Procedimento 1.1. Passo a Passo - Cadastro de Beneficiários 1. Primeiramente, deverá ser efetuado o cadastro do TITULAR do benefício. Somente após este preenchimento, será permitido cadastrar os dependentes.

Leia mais

Dúvidas Freqüentes sobre o OpenOffice Apresentação

Dúvidas Freqüentes sobre o OpenOffice Apresentação Dúvidas Freqüentes sobre o OpenOffice Apresentação 1 - Como posso inserir mais de um fundo em uma apresentação? 2 - Como uso o slide de uma apresentação em outra apresentação? 3 - Quando recorto um documento

Leia mais

MEC1100 Manual de Instruções v2010.10

MEC1100 Manual de Instruções v2010.10 MEC1100 Manual de Instruções v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br 1

Leia mais

Procedimento de Configuração OutLook 2007 para clientes Dentro da Rede Governo

Procedimento de Configuração OutLook 2007 para clientes Dentro da Rede Governo Procedimento de Configuração OutLook 2007 para clientes Dentro da Rede Governo Propriedade: GESUP-PRODEST/ES Data: 10/07/2013 Ver: Exchange Corp. CONFIGURAÇÃO COM OUTLOOK ANYWHERE O Outlook Anywhere proporciona

Leia mais

Como fazer busca de imagem no Google?

Como fazer busca de imagem no Google? Como fazer busca de imagem no Google? Passo 1: Acesse o endereço do Google e depois clique na opção Imagens, que fica na barra superior da página Passo 2. Digite a palavra que procura. Observe que o Google

Leia mais

Capítulo 2. Laboratório 2.1. Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização

Capítulo 2. Laboratório 2.1. Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização Capítulo 2 Laboratório 2.1 Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização tel (41) 430457810 ou (41) 4063-7810 - info@dltec.com.br - www.dltec.com.br INDICE 1 Objetivo do Laboratório...

Leia mais

Permissão de Usuários

Permissão de Usuários Permissão de Usuários 1 Conteúdo 1. Propósito 3 2. Permissão de Usuários PrefGest 4 3. Permissão de Usuário para PrefCad 10 2 1. Propósito Este documento destina-se a explicar a ação para liberar permissões

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Tutorial GSControl CLP DUO CellControl GPRS. Suporte Técnico Rev: A

Tutorial GSControl CLP DUO CellControl GPRS. Suporte Técnico Rev: A Tutorial GSControl CLP DUO CellControl GPRS Suporte Técnico Rev: A Considerações Gerais Tutorial de Produtos Considerações Gerais Este documento descreve a utilização do CLP Duo e do CellControl GPRS e

Leia mais

PLANATC. Manual de Instalação. Scanner SC-7000

PLANATC. Manual de Instalação. Scanner SC-7000 Manual de Instalação Scanner SC-7000 1 Sistema de comunicação e análise da injeção eletrônica - Scanner SC-7000. O Scanner SC-7000 é um equipamento de fácil utilização para profissionais em injeção eletrônica

Leia mais

Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla

Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla Introdução Módulo de Ponte H dupla para controlar dois motores DC ou um motor de passo bipolar. Com este módulo é possível controlar o sentido de rotação de motores

Leia mais

Manual Equipamento ST10 Flasher Rev. 1

Manual Equipamento ST10 Flasher Rev. 1 Maio de 2014 2 Sumário Introdução:... 3 Acessórios utilizados:... 4 Instalação:... 5 Abrindo e Conhecendo o Software:... 10 SET PORT... 11 RELOAD MONITOR... 13 BlankCheck... 14 ERASE FLASH... 14 DUMP...

Leia mais

Manual básico de utilização da Mesa Tátil

Manual básico de utilização da Mesa Tátil Mesa Tátil - IVEO VIEWPLUS A mesa tátil IVEO é muito prática e de fácil utilização, excelente equipamento para aprendizagem de pessoas com necessidades visuais. Seu funcionamento consiste na inserção de

Leia mais

Tutorial de animação quadro a quadro

Tutorial de animação quadro a quadro Tutorial de animação quadro a quadro quadro a quadro é uma técnica que consiste em utilizar imagens ou fotografias diferentes de um mesmo objeto para simular o seu movimento. Nesse caso, trata-se de relatar

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE FÍSICA, ESTATÍSTICA E MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE FÍSICA, ESTATÍSTICA E MATEMÁTICA UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE FÍSICA, ESTATÍSTICA E MATEMÁTICA EQUAÇÕES MATEMÁTICAS COM O EDITOR DE TEXTOS WRITER Juliane Sbaraine Pereira Costa Tânia

Leia mais

Como já foi dito anteriormente o Excel possui recursos que permitem alterar a aparência de nossas planilhas.

Como já foi dito anteriormente o Excel possui recursos que permitem alterar a aparência de nossas planilhas. Formatação de Células Como já foi dito anteriormente o Excel possui recursos que permitem alterar a aparência de nossas planilhas. O recurso de formatação de células é um recurso muito utilizado. Ele permite

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G

GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G GUIA DE INSTALAÇÃO Modem 4G INSTALANDO O MODEM 4G SKY 1 Coloque o modem em uma superfície plana. 2 Conecte o cabo do alimentador de energia ao modem. WPS RESET SIM 3 Ligue a fonte de alimentação de energia

Leia mais

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz P á g i n a 1 Estado de Santa Catarina Secretaria de Estado da Educação Diretoria de Organização, Controle e Avaliação Gerência de Recursos Humanos Tecnologia Administrativa Rua Antônio Luz, 111 Centro

Leia mais

Manual Placa DMX 4 pixels RGB

Manual Placa DMX 4 pixels RGB Manual Placa DMX 4 pixels RGB 2012 Lumikit Sistemas para Iluminação rev.2 16/10/2015 Lumikit Sistemas para Iluminação www.lumikit.com.br 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONEXÕES DA PLACA... 4 3. DIMENSÕES

Leia mais

NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO:

NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO: NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO: Sumário NA AGENDA COMO FAÇO PARA VER PACIENTES COM TRATAMENTO EM ABERTO MAIS SEM AGENDAMENTO?... 2 COMO FAÇO PARA PROCURAR UM PACIENTE E IMPRIMIR

Leia mais

O Laboratório de Garagem

O Laboratório de Garagem Oficina de Robótica O Laboratório de Garagem O Laboratório de Garagem foi fundado em 2010 e tem como proposta ser uma iniciativa voltada para a integração, colaboração e apoio aos desenvolvedores independentes

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Manual do Ambiente Moodle para Alunos

Manual do Ambiente Moodle para Alunos UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Manual do Ambiente Moodle para Alunos Versão 1.0b Setembro/2011 Direitos Autorais: Essa apostila está licenciada sob uma Licença Creative Commons 3.0 Atribuição de

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

ACENDENDO AS LUZES. Capitulo 2 - Aula 1 Livro: Arduino básico Tutor: Wivissom Fayvre

ACENDENDO AS LUZES. Capitulo 2 - Aula 1 Livro: Arduino básico Tutor: Wivissom Fayvre ACENDENDO AS LUZES Capitulo 2 - Aula 1 Livro: Arduino básico Tutor: Wivissom Fayvre Projeto 1 LED piscante Neste capitulo, todos os projetos utilizam luzes LED s de diversas formas. Em relação ao hardware,

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g

Banco de Dados Oracle 10g 2010 Banco de Dados II Líder: George Petz... 19 Bruno Aparecido Pereira... 07 Gustavo da Silva Oliveira... 24 Luis Felipe Martins Alarcon... 32 Rubens Gondek... 41 Professor: Gilberto Braga de Oliveira

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO BACKUP

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO BACKUP SISTEMA DE AUTOMAÇÃO COMERCIAL MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO BACKUP Apresentação Após o término da instalação você deverá configurar o Backup para que você tenha sempre uma cópia de segurança dos seus dados

Leia mais

Plataforma SMS Manual do Usuário

Plataforma SMS Manual do Usuário 1 Entrando no Sistema Acesse o site: http://209.133.196.250/painel/login.aspx Nesse site aparecerá a seguinte tela: Digite o número de telefone celular cadastrado junto com a senha que foi enviada via

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH Introdução Procedimentos para configurar uma conexão VPN com a Bematech, para possibilitar Acesso Remoto para Suporte do ambiente

Leia mais

É possível rodar o Klavix com o Interbase ou com o Firebird. Baixe da página da Loureiro um dos gerenciadores disponíveis e instale em sua máquina.

É possível rodar o Klavix com o Interbase ou com o Firebird. Baixe da página da Loureiro um dos gerenciadores disponíveis e instale em sua máquina. Como colocar o Klavix em rede Passo 1 Instalando o Gerenciador do Banco de dados É possível rodar o Klavix com o Interbase ou com o Firebird. Baixe da página da Loureiro um dos gerenciadores disponíveis

Leia mais

Acesse o site www.viradaculturalbh.com.br 1clique no link Inscreva-se!

Acesse o site www.viradaculturalbh.com.br 1clique no link Inscreva-se! TUTORIAL 2015 Acesse o site www.viradaculturalbh.com.br 1clique no link Inscreva-se! 2 Esta será a primeira tela que você verá. Se for o primeiro acesso, você deverá clicar em Cadastre-se 3 Para se cadastrar,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIFAP MACAPÁ-AP 2013 S U M Á R I O 1 Tela de Login...2 2 Acessando ao submenu cadastro de avaliação

Leia mais

Prof. Jener Toscano Lins e Silva

Prof. Jener Toscano Lins e Silva Prof. Jener Toscano Lins e Silva *É de fundamental importância a completa leitura do manual e a obediência às instruções, para evitar possíveis danos ao multímetro, ao equipamento sob teste ou choque elétrico

Leia mais

Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce

Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce Sumário Introdução...3 Página inicial (Home Page)...3 Criar uma conta ou Entrar (Login)...4 Criar uma Conta...5 Entrar (Login)...6 Minha Conta...7

Leia mais

Trabalhando com funções envolvendo operações financeiras no EXCEL

Trabalhando com funções envolvendo operações financeiras no EXCEL Trabalhando com funções envolvendo operações financeiras no EXCEL Material elaborado por: Leandra Anversa Fioreze Professora de Matemática do Centro Universitário Franciscano 1. Iniciando uma planilha

Leia mais

Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores

Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores 1 2 2015 Sumário 1 Texto introdutório... 3 2 Como Acessar o UNICURITIBA VIRTUAL... 3 3 Tela inicial após login... 3 3.1) Foto do perfil... 4 3.2) Campo de busca...

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais