Capítulo 2. Laboratório 2.1. Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capítulo 2. Laboratório 2.1. Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização"

Transcrição

1 Capítulo 2 Laboratório 2.1 Introdução ao Packet Tracer, Roteadores, Switches e Inicialização tel (41) ou (41)

2 INDICE 1 Objetivo do Laboratório Topologia Exercício Proposto Download e Instalação do Packet Tracer Iniciando com o Packet Tracer Conectando os equipamentos Inserindo Módulos nos Equipamentos Acessando os Equipamentos Aba Config Aba CLI Conclusão Pág. 2

3 1 Objetivo do Laboratório Nesse laboratório iremos conhecer as funcionalidades básicas do simulador de redes Packet Tracer. Ao final da atividade você terá conhecimento sobre: Como montar uma topologia de redes Como acrescentar módulos em equipamentos Como realizar conexão entre equipamentos Como ligar e desligar equipamentos Como acessar a console dos equipamentos que constam na sua topologia de rede 2 Topologia Durante o decorrer da atividade iremos aprender como construir uma simples topologia de rede como a mostrada na figura a seguir. Pág. 3

4 3 Exercício Proposto Conforme comentamos o objetivo desse laboratório é familiarizar o aluno com os recursos básicos do Packet Tracer, pois esse será o simulador de redes utilizado em todas as atividades práticas propostas no curso. Para a construção da topologia de rede mostrada anteriormente iremos dividir nossas atividades em vários passos. 3.1 Download e Instalação do Packet Tracer Primeiramente você deverá realizar o download e instalação do software. O link para download consta na página do curso dentro da Biblioteca. Assim que terminar o download do instalador, instale o software em seu computador. O processo de instalação é bem simples. Quando solicitado, escolha a opção mostrada abaixo. Pág. 4

5 3.2 Iniciando com o Packet Tracer A tela inicial do simulador é mostrada abaixo. Para começarmos a inserir equipamentos na nossa topologia de rede devemos selecionar e arrastar o equipamento para área branca central da tela. Escolha o tipo de equipamento (roteador, switch, servidor, etc...) e também o modelo (Cisco1841, Cisco 2821, Cisco2950, etc...). Para a construção da topologia proposta vamos inserir os seguintes equipamentos: 01 Roteador Cisco Switch Cisco portas 01 PC (Generic End Device) 01 Servidor (Generic End Device) Pág. 5

6 Por exemplo, para adicionar o roteador, selecione a opção Routers, escolha o modelo Clique e arraste o equipamento para área central da tela. Ao final dessa etapa sua topologia deverá estar como a mostrada na figura a seguir. Pág. 6

7 3.3 Conectando os equipamentos Agora que já adicionamos os equipamentos na nossa rede falta ainda realizar a conexão entre os mesmo, ou seja, o cabeamento. Para conectar os equipamentos clique no ícone Connections e escolha o tipo de cabo apropriado. Lembre-se que para conexão de equipamentos teremos as seguintes opções. Cabo direto (Straight-Through): utilizado para conexão entre o Switch Roteador o Switch - PC Cabo cross (Cross-Over): utilizado para conexão entre o PC PC o Switch Switch o Roteador - Roteador Para conectar os equipamentos é bem simples, basta escolher o tipo de cabo e clicar no equipamento desejado. Em seguida escolha a interface que deseja conectar. Faça o mesmo processo para a outra ponta da conexão. Na figura a seguir mostramos um exemplo de como conectar a Fast0/0 do roteador a Fast0/1 do switch. Pág. 7

8 Nessa etapa você deverá realizar as seguintes conexões. tel (41) ou (41) Porta F0/0 (roteador) Porta F0/1 (switch) Porta F0/2 (switch) Porta Fastethernet do PC Porta F0/24 (switch) Porta Fastethernet do Servidor Ao final sua topologia deverá estar como a mostrada abaixo. Repare nos círculos verdes e vermelhos em cada conexão. Um círculo verde significa que a conexão está operacional, já o vermelho indica que há algum problema. Podemos perceber nesse ponto que a conexão entre o switch e o roteador não está operacional (Up). Isso porque a interface do roteador vem por padrão desligada (em shutdown). Mais para frente no curso você aprenderá a resolver esse problema. Pág. 8

9 3.4 Inserindo Módulos nos Equipamentos Agora que já aprendemos a conectar os equipamentos vamos ver como interagir melhor com os dispositivos. Dando um duplo clique em cima de qualquer dispositivo você abrirá uma janela como a mostrada abaixo. O exemplo a seguir é do roteador. Vamos agora adicionar alguns módulos no roteador. Primeiramente, para realizar qualquer alteração física em um equipamento ele deverá estar desligado. Sendo assim, desligue o equipamento no botão on/off. Pág. 9

10 Para adicionar um módulo, escolha o módulo específico e arraste-o até o slot desejado. Por exemplo, vamos adicionar o módulo WIC-1T no slot 0 do roteador. Acompanhe na figura. Faça o mesmo processo e adicione o módulo HWIC-4ESW no slot 2, deixando o roteador como mostrado abaixo. Pág. 10

11 3.5 Acessando os Equipamentos Muito bem, agora que já estamos com nossa topologia montada (equipamentos, conexões e módulos) vamos aprender como acessar os equipamentos no simulador. Na mesma janela onde inserimos os módulos, podemos observar na parte superior duas abas: Config e CLI Aba Config IMPORTANTE: Para acessar essas abas o equipamento precisar estar ligado, sendo assim ligue-o no botão On/Off. Pág. 11

12 Na aba Config podemos realizar rapidamente e em modo gráfico vários comandos no equipamento, como por exemplo: Configurações globais, Configurações de interfaces, Roteamento e etc... Repare na lateral esquerda da tela que podemos inclusive já visualizar todas as interfaces que temos disponíveis. Lembre-se que no item anterior nós inserimos no roteador dois módulos WIC-1T e HWIC-4ESW. Logo temos as seguintes interfaces: Fastethernet 0/0 e 0/1 Essas são interfaces fixas nesse modelo de roteador Cisco1841 Serial 0/0/0 Essa é a interface da WIC-1T que inserimos no slot 0. Fastethernet 0/1/0 a Fastethernet 0/1/4 Essas são as interfaces do módulo HWIC-4ESW Observe também que na parte inferior da tela temos o campo Equivalent IOS Commands. Nesse campo, são mostrados todos os comandos executados em modo texto. Apesar de essa aba ser muito útil, devemos focar nossos esforços na aba seguinte a CLI - pois em sua vida profissional essa será a maneira mais comum de ser encontrada em campo. Pág. 12

13 3.5.2 Aba CLI Nessa aba temos o modo de configuração CLI da Cisco Command Line Interface. Ela funciona exatamente igual a console de um equipamento real. No decorrer do curso focaremos todas as nossas atividades práticas no modo CLI. Para acessar apenas clique na aba CLI e você terá acesso a console do equipamento. Em System Configuration Dialog responda no, em seguida pressione Enter. Pronto, você já está acessando a linha de comando do equipamento. Repare no prompt Router>. Pág. 13

14 Vamos agora entrar em modo privilegiado. Digite enable na linha de comando. Em seguida digite o comando show ip int brief. Com esse comando serão mostradas todas as interfaces que temos disponíveis no roteador. Router>enable Router# show ip int brief Não se preocupe que no decorrer de nossas atividades práticas você irá se familiarizar com esse modo texto e ao final do curso será capaz realizar diversas configurações em redes de pequeno porte. Pág. 14

15 4 Conclusão Vimos em nossa primeira atividade prática uma introdução do software simulador de redes Packet Tracer. Agora, a partir das próximas atividades utilizaremos sempre esse simulador para realizar nossas configurações. Pratique bastante, e caso ainda se sinta inseguro com o packet tracer, pratique mais. Crie novas topologias, com outros equipamentos, outros módulos. Use sua imaginação e siga em frente. Em nossa próxima atividade prática veremos como visualizar a configuração ativa de um roteador, o conteúdo da memória NVRAM e da flash, e também como verificar o registro de configuração do roteador. Até lá... Pág. 15

Configurando Interfaces e roteamento entre dois roteadores Cisco

Configurando Interfaces e roteamento entre dois roteadores Cisco Configurando Interfaces e roteamento entre dois roteadores Cisco Para esse exemplo, usarei o Packet Tracer (download aqui). Esse software foi desenvolvido pela própria Cisco para que os interessados pudessem

Leia mais

Packet Tracer - Conexão a uma LAN com e sem fio Topologia

Packet Tracer - Conexão a uma LAN com e sem fio Topologia Packet Tracer - Conexão a uma LAN com e sem fio Topologia 2014 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Este documento contém informações públicas da Cisco. Página 1 de 5 Tabela de Endereçamento

Leia mais

Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal

Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal Laboratório - Gerenciamento de arquivos de configuração de roteador com software de emulação de terminal Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway

Leia mais

CISCO PACKET TRACER. Kelvin Lopes Dias Diego dos Passos Silva (kld/dps4@cin.ufpe.br)

CISCO PACKET TRACER. Kelvin Lopes Dias Diego dos Passos Silva (kld/dps4@cin.ufpe.br) CISCO PACKET TRACER Kelvin Lopes Dias Diego dos Passos Silva (kld/dps4@cin.ufpe.br) INTRODUÇÃO Packet Tracer v5.3 é um simulador de redes desenvolvido pela Cisco Systems ; Capaz de simular o funcionamento

Leia mais

Capítulo 2 Laboratório 2.2 Comandos Show

Capítulo 2 Laboratório 2.2 Comandos Show Capítulo 2 Laboratório 2.2 Comandos Show ÍNDICE 1 Objetivo do Laboratório... 3 2 Topologia... 3 3 Exercício Proposto... 4 3.1 Verificando o Processo de Inicialização... 4 3.2 Verificando a Configuração

Leia mais

Cisco Packet Tracer 5.3

Cisco Packet Tracer 5.3 Cisco Packet Tracer 5.3 www.rsobr.weebly.com O PT 5.3 (Packet Tracer) permite criar ambientes de redes LANs e WANs e além disso simular também, permitindo realizar diversas situações como por exemplo:

Leia mais

Configurando uma rede Frame Relay + EIGRP

Configurando uma rede Frame Relay + EIGRP Configurando uma rede Frame Relay + EIGRP Para configurarmos uma rede Frame Relay, é importante antes de tudo definir as redes para melhor nos orientarmos. Iremos trabalhar com 3 filiais, sendo: SP, RJ,

Leia mais

Introdução ao Cisco Packet Tracer

Introdução ao Cisco Packet Tracer Introdução ao Cisco Packet Tracer Uma solução interessante que pode ajudar a quem for criar uma rede na prática, seria antes de tudo, criar, configurar e simular o funcionamento de uma rede de computador

Leia mais

Curso Superior em Redes de Computadores

Curso Superior em Redes de Computadores Curso Superior em Redes de Computadores Roteamento IP UNICAST Prof. Sales Filho Objetivo Apresentar o simulador Packet Tracer 5 Implementar uma topologia utilizando o protocolo

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Antes de começar a configurar o seu switch, você deve estabelecer suas conexões. Existem dois tipos de conexões: através da porta de console e através da porta Ethernet. A porta

Leia mais

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento Capítulo 2 - Introdução aos Roteadores 1 Objetivos do Capítulo Descrever a finalidade e operação básica do IOS; Identificar vários recursos do IOS; Identificar

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Comandos Packet Tracer

Comandos Packet Tracer Comandos Packet Tracer Professor Victor Sotero 1 Interface do Usuário Utiliza uma estrutura hierárquica; O IOS que é o sistema próprio da cisco, fornece um serviço de interpretação de comandos, conhecido

Leia mais

Laboratório 1.2.3 Revisão da Configuração Básica do Roteador com RIP

Laboratório 1.2.3 Revisão da Configuração Básica do Roteador com RIP Laboratório 1.2.3 Revisão da Configuração Básica do Roteador com RIP Objetivo Cabear e configurar as estações de trabalho e os roteadores Configurar um esquema de endereçamento IP usando redes classe B

Leia mais

Roteiro para Prática 01 GNS e comandos da Cisco

Roteiro para Prática 01 GNS e comandos da Cisco Ponto de Presença da RNP na Bahia PoP-BA/RNP Universidade Federal da Bahia Departamento de Ciência da Computação Curso de Extensão em Administração de Redes Instrutor: Italo Valcy Roteiro para Prática

Leia mais

Tutorial de Atualização de Mikrotik

Tutorial de Atualização de Mikrotik Tutorial de Atualização de Mikrotik Para esse procedimento é necessário que você possua um cabo serial com a seguinte configuração: Após ter o cabo serial pronto é preciso baixar do site da mikrotik.com

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Laboratório 2.3.1 Configurando o Processo de Roteamento OSPF

Laboratório 2.3.1 Configurando o Processo de Roteamento OSPF Laboratório 2.3.1 Configurando o Processo de Roteamento OSPF Objetivo Configurar um esquema de endereçamento IP para a área 0 OSPF. Configurar e verificar o roteamento OSPF (Open Shortest Path First) Fundamentos

Leia mais

Laboratório 3.2.3 Verificando a Configuração Básica de EIGRP

Laboratório 3.2.3 Verificando a Configuração Básica de EIGRP Laboratório 3.2.3 Verificando a Configuração Básica de EIGRP Objetivo Configurar um esquema de endereçamento IP para a rede. Configurar e verificar o funcionamento do EIGRP (Enhanced Interior Gateway Routing

Leia mais

Laboratório 1.2.4 Convertendo RIP v1 para RIP v2

Laboratório 1.2.4 Convertendo RIP v1 para RIP v2 Laboratório 1.2.4 Convertendo RIP v1 para RIP v2 Objetivo Configurar RIP v1 nos roteadores. Converter para RIP v2 nos roteadores. Fundamentos / Preparação Instale uma rede semelhante à ilustrada no diagrama.

Leia mais

Tutorial TCP/IP DHCP Configurando e Administrando Escopos

Tutorial TCP/IP DHCP Configurando e Administrando Escopos Prezados leitores, esta é a décima oitava parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei como Introdução ao TCP/IP. O objetivo do primeiro

Leia mais

Laboratório 9.3.6 Configurando o roteamento Inter-VLAN

Laboratório 9.3.6 Configurando o roteamento Inter-VLAN Laboratório 9.3.6 Configurando o roteamento Inter-VLAN Objetivo Criar uma configuração básica de switch e verificá-la. Criar várias VLANs, nomeá-las e atribuir várias portas a elas. Criar uma configuração

Leia mais

Laboratório 5.2.7 Estabelecendo uma Conexão de Console para um Roteador ou Switch

Laboratório 5.2.7 Estabelecendo uma Conexão de Console para um Roteador ou Switch Laboratório 5.2.7 Estabelecendo uma Conexão de Console para um Roteador ou Switch Objetivo Criar uma conexão de console desde um PC até um roteador ou switch usando o cabo apropriado Configurar o HyperTerminal

Leia mais

Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term

Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term Topologia Objetivos Parte 1: Acessar um switch da Cisco através da porta de console serial Conectar-se a um switch da Cisco usando um

Leia mais

Laboratório 3.2.1 Configurando o Roteamento EIGRP

Laboratório 3.2.1 Configurando o Roteamento EIGRP Laboratório 3.2.1 Configurando o Roteamento EIGRP Objetivo Configurar um esquema de endereçamento IP para a rede. Configurar e verificar o funcionamento do EIGRP (Enhanced Interior Gateway Routing Protocol);

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES DOMAIN NAME SYSTEM

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES DOMAIN NAME SYSTEM GESTÃO DE SISTEMAS E REDES DOMAIN NAME SYSTEM OUTLINE CONFIGURAR O SETUP CONFIGURAR O DNS O obje0vo passa por criar um cenário com as seguintes redes: Uma rede para 6 servidores (Rede 0-172.16.0.0/29);

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

Instalando software MÉDICO Online no servidor

Instalando software MÉDICO Online no servidor Instalando software MÉDICO Online no servidor A máquina denominada Servidora é a que armazenará o banco de dados do software (arquivo responsável pelas informações inseridas), compartilhando com as demais

Leia mais

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende:

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: 1 1- Para configurar o DPR-1260 conecte um cabo de rede na porta LAN do DPR-1260 até

Leia mais

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S Manual da Placa de Interface e Acionamento SnowFlakes 4S Introdução O SnowFlakes é uma placa eletrônica Open Source desenvolvida com o controlador programável Tibbo AKTEM-203, vendido no e-commerce do

Leia mais

CARLOS RAFAEL GUERBER EXERCÍCIOS ROTEADOR

CARLOS RAFAEL GUERBER EXERCÍCIOS ROTEADOR CARLOS RAFAEL GUERBER EXERCÍCIOS ROTEADOR Mafra 2009 Exercício 1 Utilizando o bloco de endereços 200.0.0.0/24, proponha uma solução para configurar os IP s da rede abaixo: 1 2 3 4 10.0.0.1/24 10.0.0.2/24

Leia mais

Configurando o Roteador Prof. Isaías Lima. Carregar o arquivo de texto para configurar outro roteador usando o HyperTerminal.

Configurando o Roteador Prof. Isaías Lima. Carregar o arquivo de texto para configurar outro roteador usando o HyperTerminal. Laboratório / ECO Configurando o Roteador Prof. Isaías Lima Objetivos: Capturar a configuração atual de um roteador para um arquivo de texto ASCII com o HyperTerminal do Windows XP. Editar ou modificar

Leia mais

Laboratório 8.2.4 Verificando Configurações de VLANs.

Laboratório 8.2.4 Verificando Configurações de VLANs. Laboratório 8.2.4 Verificando Configurações de VLANs. Objetivo Criar uma configuração básica de switch e verificá-la. Criar duas VLANs. Nomear as VLANs e atribuir várias portas a elas. Testar a funcionalidade,

Leia mais

Curso: Redes II (Heterogênea e Convergente) Tema da Aula: Roteadores Estaticos

Curso: Redes II (Heterogênea e Convergente) Tema da Aula: Roteadores Estaticos Curso: Redes II (Heterogênea e Convergente) Tema da Aula: Roteadores Estaticos Professor Rene - UNIP 1 Introdução do capitulo Função do roteador Roteamento estático O roteador é um computador com uma finalidade

Leia mais

Introdução Fourth level à Tecnologia Cisco

Introdução Fourth level à Tecnologia Cisco Instituto Federal do Ceará IFCE Campus de Canindé Prof. DSc. Rodrigo Costa - rodrigo.costa@ifce.edu.br Introdução à Tecnologia Cisco Definições Básicas Mercado em Redes Componentes Básicos Funcionamento

Leia mais

Laboratório 1.1.4b Configuração do PAT

Laboratório 1.1.4b Configuração do PAT Laboratório 1.1.4b Configuração do PAT Objetivo Configurar um roteador para que use PAT (Port Address Translation, tradução de endereços de porta) para converter endereços IP internos, normalmente privados,

Leia mais

Laboratório 2.3.4 Configurando a Autenticação OSPF

Laboratório 2.3.4 Configurando a Autenticação OSPF Laboratório 2.3.4 Configurando a Autenticação OSPF Objetivo Configurar um esquema de endereçamento IP para a área OSPF (Open Shortest Path First). Configurar e verificar o roteamento OSPF. Introduzir a

Leia mais

Guia de Laboratório de Redes Encaminhamento OSPF

Guia de Laboratório de Redes Encaminhamento OSPF Guia de Laboratório de Redes Encaminhamento OSPF 1 Introdução Este trabalho tem como objectivo familiarizar os alunos com os protocolos de encaminhamento dinâmico RIP e OSPF e a utilização de rotas estáticas.

Leia mais

1. Um servidor rodando Windows 7 (um computador onde o SIPAR ficará instalado e com os dados neste computador);

1. Um servidor rodando Windows 7 (um computador onde o SIPAR ficará instalado e com os dados neste computador); Manual informativo para configuração do SIPAR por acesso via Área de Trabalho Remota (ATR) do Windows 7 Página: 1 / 5 COMO CONFIGURAR O SIPAR PARA ACESSO VIA INTERNET Você vai precisar de: 1. Um servidor

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER

MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER Sumário Sumário...2 Instalação do Luz do Saber no Linux...3 1ª opção Utilizando um Instalador...3 2ª opção Utilizando comandos no Konsole...6 Observações Importantes...7

Leia mais

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS 1 Para iniciar a edição de um esquema elétrico para posterior simulação, busque no menu Iniciar do Windows, a opção Todos os Programas. Localize a pasta onde foi instalado o Proteus e selecione o programa

Leia mais

CONFIGURAÇÃO CONVERSOR ADAM- 4571

CONFIGURAÇÃO CONVERSOR ADAM- 4571 CONFIGURAÇÃO CONVERSOR ADAM- 4571 Índice 1... Baixando o Software de configuração da ADAM 2... Configurando o Conversor ADAM 2.1... Configurando a porta Ethernet 2.2... Configurando a porta COM(RS232/422/485)

Leia mais

L A B O RATÓRIO DE REDES

L A B O RATÓRIO DE REDES L A B O RATÓRIO DE REDES TRÁFEGO, ENQUADRAMEN TO, DEFAU LT G A TEWA Y E ARP. VALE 2,0 P ONT OS. INTRODUÇÃO AO LABORATÓRIO Nosso laboratório é composto de três hosts Linux, representados pelo símbolo de

Leia mais

Laboratório 1.1.4a Configuração do NAT

Laboratório 1.1.4a Configuração do NAT Laboratório 1.1.4a Configuração do NAT Objetivo Configurar um roteador para que use tradução de endereços de rede (NAT) para converter endereços IP internos, normalmente privados, para endereços públicos

Leia mais

Laboratório Configuração do SNMP

Laboratório Configuração do SNMP Topologia Tabela de Endereçamento Objetivos Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway padrão R1 G0/1 192.168.1.1 255.255.255.0 N/A S0/0/0 192.168.2.1 255.255.255.252 N/A R2 S0/0/0 192.168.2.2

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

Laboratório - Configuração de um endereço de gerenciamento do switch

Laboratório - Configuração de um endereço de gerenciamento do switch Laboratório - Configuração de um endereço de gerenciamento do switch Topologia Tabela de Endereçamento Dispositivo Interface Endereço IP Máscara de Sub-Rede Gateway Padrão Objetivos S1 VLAN 1 192.168.1.2

Leia mais

CST em Redes de Computadores

CST em Redes de Computadores CST em Redes de Computadores Dispositivos de Rede I Aula 03 Configuração Básica Cisco IOS Prof: Jéferson Mendonça de Limas O que é um Roteador? O roteador é composto de: CPU (Processador) RAM ROM Sistema

Leia mais

Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira

Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira INTRODUÇÃO Os Access Points ou ponto de acesso wi-fi são os equipamentos empregados na função de interconexão das redes sem fio e com fio (infraestrutura).

Leia mais

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Como instalar o Serviço DHCP Antes de poder configurar o serviço DHCP, é necessário instalá lo no servidor. O DHCP não é instalado por padrão durante

Leia mais

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens:

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens: Caro cliente, atendendo a sua solicitação de auxílio no processo de configuração da placa VoIP na central Impacta, segue um passo-a-passo para ajudar a visualização. Abra o software de programação. Clique

Leia mais

Configuração Básica Ip phone utilizando o packet tracer 5.3.

Configuração Básica Ip phone utilizando o packet tracer 5.3. Configuração Básica Ip phone utilizando o packet tracer 5.3. Este material foi criado para ajudá-lo a configurar voz sobre IP (VoIP), recursos disponíveis no Packet Tracer 5.3. Ira mostrar os passos necessários

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700.

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. Neste STK mostraremos como comunicar com o conversor Serial/Ethernet e instalar o driver Genérico Somente Texto

Leia mais

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento Capítulo 3 - Configurando um Roteador 1 Objetivos do Capítulo Dar nome a um roteador; Definir senhas; Examinar comandos show; Configurar uma interface

Leia mais

Figura 2 - Menu "Config. Rede"

Figura 2 - Menu Config. Rede Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu Principal. clicando com o botão

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Sumário 1. Fundamentos e Infraestrutura de Redes de Computadores... 5 1.1. Laboratório 01 IP... 6 1.2. Laboratório 02 IP... 8 1.3. Laboratório 03 DHCP... 10 1.4. Laboratório 04 NAT... 13 1.5. Laboratório

Leia mais

DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO

DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO AULA PRÁTICA DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO Objetivo: Apresentar o modo de operação Ad Hoc de uma rede padrão IEEE 802.11g/b e implementá-la em laboratório. Verificar os fundamentos de associação/registro

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira. Manual de Uso. Sistema Interno (Professores)

E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira. Manual de Uso. Sistema Interno (Professores) E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira Manual de Uso Sistema Interno (Professores) Desenvolvido por Six Interfaces www.6i.com.br Telefone: (54) 3232.8486 Suporte: contato@6i.com.br Sumário Acessar

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora?

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? O que será abordado neste SKT: STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? Verificando o papel. Verificando se o ECF está inicializado, caso não esteja como proceder.

Leia mais

Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida

Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida 1 Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida 1. Colocado diretamente no desktop Colocou a câmera IP na posição adequada 2 2. Montagem na parede O suporte com o parafuso de bloqueio

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo

Leia mais

Conexão ODBC do MySQL com Excel 2010

Conexão ODBC do MySQL com Excel 2010 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Curso: Banco de Dados Disciplina: Laboratório de Data Warehouse e Business Intelligence Professor: Fernando Zaidan Unidade 7 BI 2012 Crédito dos Slides: Clever Junior 2 Download

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Procedimento de Instalação do Min200E Conexão USB

STK (Start Kit DARUMA) Procedimento de Instalação do Min200E Conexão USB STK (Start Kit DARUMA) Procedimento de Instalação do Min200E Conexão USB Esse STK ensinará como você deve instalar o driver conversor do Modem MIN200E USB em ambiente que utiliza o sistema operacional

Leia mais

Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0

Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0 Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0 Instalando o Gerenciador de Conteúdo Magellan. 1. Baixe o Gerenciador de Conteúdo Magellan de www.magellangps.com. 2. Dê um duplo clique no arquivo CM_Setup que foi

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas... 10 O que é Token? É um dispositivo

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

O que é conexão de área de trabalho remoto?

O que é conexão de área de trabalho remoto? O que é conexão de área de trabalho remoto? Conexão de Área de Trabalho Remota é uma tecnologia que permite sentar-se ao computador e conectar-se a um computador remoto em um local diferente. Por exemplo,

Leia mais

Packet Tracer v3.2 1. APRESENTAÇÃO

Packet Tracer v3.2 1. APRESENTAÇÃO Caio Marcio Packet Tracer v3.2 1. APRESENTAÇÃO Packet Tracer v3.2 é um simulador de ambiente de redes desenvolvido pela Cisco Systems para projetar, diagnosticar, configurar e sanar dúvidas em relação

Leia mais

Instalando o software Access Manager... 2. Configurando o terminal NAC-2500... 7. Configurando o software Access Manager e registrando o NAC-2500...

Instalando o software Access Manager... 2. Configurando o terminal NAC-2500... 7. Configurando o software Access Manager e registrando o NAC-2500... Guia rápido de instalação do NAC-2500 S Conteúdo Instalando o software Access Manager... 2 Configurando o terminal NAC-2500... 7 Configurando o software Access Manager e registrando o NAC-2500... 8 Inserindo

Leia mais

Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920

Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920 Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920 Índice Introdução Antes de Começar Convenções Pré-requisitos Componentes Utilizados Como se conectar ao RateMux

Leia mais

Manual do Aplicativo NSE Mobile Control

Manual do Aplicativo NSE Mobile Control INSTALAÇÃO DO APLICATIVO Acesse www.nse.com.br/downloads-manuais e baixe os programas de acordo com o dispositivo que irá utilizar, nos links referentes ao produto número 1 - Módulo MTCP-3E4S. - Para uso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EEL5105 Circuitos e Técnicas Digitais Prof. Eduardo L. O. Batista

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EEL5105 Circuitos e Técnicas Digitais Prof. Eduardo L. O. Batista UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EEL5105 Circuitos e Técnicas Digitais Prof. Eduardo L. O. Batista EXPERIMENTO 1 INTRODUÇÃO AO LABORATÓRIO A. Introdução O Quartus II é um software utilizado para

Leia mais

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Windows & Mac OS X)

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Windows & Mac OS X) IRISPen Air 7 Guia Rápido (Windows & Mac OS X) Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRISPen Air TM 7. Leia este guia antes de utilizar o scanner e o respectivo software.todas as informações

Leia mais

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Para usuários de conexão banda larga do tipo PPPoE (autenticação por usuário e senha) Capítulo 1 Conectando-se à Internet Alguns provedores

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA Abaixo seguem os passos necessários para que você possa cadastrar um Equipamento do tipo Balança Topmax S no Software Urano Integra. Passo 1: Acessar

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g

Banco de Dados Oracle 10g 2010 Banco de Dados II Líder: George Petz... 19 Bruno Aparecido Pereira... 07 Gustavo da Silva Oliveira... 24 Luis Felipe Martins Alarcon... 32 Rubens Gondek... 41 Professor: Gilberto Braga de Oliveira

Leia mais

Manual básico de utilização da Mesa Tátil

Manual básico de utilização da Mesa Tátil Mesa Tátil - IVEO VIEWPLUS A mesa tátil IVEO é muito prática e de fácil utilização, excelente equipamento para aprendizagem de pessoas com necessidades visuais. Seu funcionamento consiste na inserção de

Leia mais

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP 1 Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP Objetivo: Esta aula tem como objetivo apresentar aos alunos como configurar equipamentos em redes Ethernet com os protocolos TCP/IP.

Leia mais

MANUAL ZEDIT 32 Índice:

MANUAL ZEDIT 32 Índice: MANUAL ZEDIT 32 Índice: Configuração Painel -------------------------------------------------------------------- 02 à 04 Criar Novo modelo Painel -------------------------------------------------------------

Leia mais

Aula 03 Comandos Básicos do IOS Cisco

Aula 03 Comandos Básicos do IOS Cisco Disciplina: Dispositivos de Rede I Professor: Jéferson Mendonça de Limas 3º Semestre Aula 03 Comandos Básicos do IOS Cisco 2014/1 Roteiro de Aula Correção Exercícios Aula Anterior O que é o Roteador? Componentes

Leia mais

Tutorial MSN Messenger

Tutorial MSN Messenger Tutorial MSN Messenger Este tutorial irá ensiná-lo(a) a usar o programa MSN Messenger, utilizado para conversação Online. Dependendo da sua conexão a página pode demorar um pouco até ser carregada totalmente.

Leia mais

Identificando o Buddy VS/XP Lite e Premium

Identificando o Buddy VS/XP Lite e Premium Identificando o Buddy VS/XP Lite e Premium Figura 1 - Buddy Lite VS/XP Figura 2 - Buddy Premium VS/XP O buddy Lite VS/XP é um adaptador de PS/2 para USB, para ligação do teclado e mouse da estação extra.

Leia mais

Laboratórios de Tecnologias. Cisco. em Infraestrutura de Redes. Samuel Henrique Bucke Brito. Novatec

Laboratórios de Tecnologias. Cisco. em Infraestrutura de Redes. Samuel Henrique Bucke Brito. Novatec Laboratórios de Tecnologias Cisco em Infraestrutura de Redes Samuel Henrique Bucke Brito Novatec Copyright 2012 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998.

Leia mais

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7) SafeSign Standard 3.0.77 (Para MAC OS 10.7) 2/23 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Hardware Homologado... 4 5 Instruções de Instalação... 5

Leia mais

O RVSToolKit é uma ferramenta que permite a configuração dos parâmetros do Rastrear Light utilizando uma porta serial do computador.

O RVSToolKit é uma ferramenta que permite a configuração dos parâmetros do Rastrear Light utilizando uma porta serial do computador. 1 ÍNDICE Introdução... 2 Instalação RVSToolKit... 3 Acessando o RVSToolKit... 4 Acesso ao modo de alteração de dados... 6 Opções do RVSToolKit... 7 1 INTRODUÇÃO 1.1 FERRAMENTO RVSTOOLKIT O RVSToolKit é

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD Conteúdo 1. Apresentação... 2 1.1. Opções de Gravação... 2 2. Instalação da câmera... 2 3. Instalando e Configurando CMS VETTI... 3 3.1. Instalando o CMS VETTI...

Leia mais

Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens

Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens em utilizar este serviço para facilitar a administração de pastas compartilhadas em uma rede de computadores.

Leia mais

Configurar acesso remoto DVR Série 9xxx/6xxx FullSec via rede local no PC

Configurar acesso remoto DVR Série 9xxx/6xxx FullSec via rede local no PC Configurar acesso remoto DVR Série 9xxx/6xxx FullSec via rede local no PC 1- Conectar o DVR à internet via cabo de rede 2- Conectar o DVR na energia e ligar 3- Ao ligar, se o DVR não possuir HD instalado,

Leia mais

Conhecendo o Proteus

Conhecendo o Proteus Conhecendo o Proteus Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br Em uma série de 3 artigos, veremos como usar o Proteus. Introdução Iremos neste momento iniciar nosso estudo no Proteus usando para isso as

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Para isto pressione o botão vermelho menu durante 3s.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Para isto pressione o botão vermelho menu durante 3s. TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Introdução. Este guia ensina de forma prática como transferir dados das estações Totais Geomax ZT20 e ZIPP10 para o software Topograph e vice versa. Ligue a

Leia mais

Resolvendo problemas de conexão de rede wireless no pregão 83/2008

Resolvendo problemas de conexão de rede wireless no pregão 83/2008 Resolvendo problemas de conexão de rede wireless no pregão 83/2008 Recentemente forma instalados em minha cidade novos laboratórios do pregão 83/2008 mas em nenhum deles os terminais acessavam a rede.

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P Conteúdo 1. Apresentação... Erro! Indicador não definido. 1.1. Opções de Gravação... Erro! Indicador não definido. 2. Instalação da câmera IP-Onvif

Leia mais

SafeSign 3.0.59 User Edition

SafeSign 3.0.59 User Edition Manual de Instalação e Utilização - SafeSign 3.0.59 User Edition SafeSign 3.0.59 User Edition Edition. 1. Sobre Veremos neste manual, como proceder para instalar e trabalhar no software Safesign 3.0.59

Leia mais