faber Aida Sonus IFA IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIilij~lrll~. aind n si Pro-ject Debut Carbon à música Uma homenagem Hama Avinilv HDMI ~AM~

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "faber Aida Sonus IFA 2012 1IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIilij~lrll~. aind n si Pro-ject Debut Carbon à música Uma homenagem Hama Avinilv HDMI ~AM~"

Transcrição

1 1IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIilij~lrll~. REVISTA DE AUDIO, CINEMA EM CASA E NOVAS TECNOLOGIAS aind n si MartinLogan Electromotion E8L Ayon Audio CD-5s Triax TR-41 JVC DLA-X30 Toshiba 55ZL2 Classé CP-SOO AKG K550 Panasonic PT-AT5000E NAD Wireless DAC 1 Townshend Rock 7 JVC EX-S1B Sonus faber Aida Uma homenagem à música ~AM~ IFA 2012 conferência internacional Pro-ject Debut Carbon um aniversário bem comemorado Hama Avinilv HDMI High-end em vídeo

2 ,Ir ;I' omaio-jun 2012/235 NOVIDADES _6 Sonus fober TAD-E 1 e TAD-C600 do Pioneer Pulsare II do AVID Densen &475 Bose Wave Music Syslem Leitor CDA2 CD/DAC/ pré-omplificadof do ATC Novidades ARCANI Ausculiodores!#. do Sony Doc:king JVC TH-l83 para íphone / ipod Cambridge Audio apresento DacMagic NOTÍCIAS 12 ESPECIAL DESTAQUE_ Audio Reseorch renovo o goma SE NOTÍCIAS DESTAQUES 16 Audio T8am cria o Oficina do Vinilo 16 Revox representado pelo Tecnicon 17 Magneplanor surpreende no cinema ENTREVISTA _18 Focal preparo-se para os novos tempos TESTES 2 Martin Logan EleclroMolion ESl 26 Ayon Audio CD-5s 30 NAD DAC 1 40 Pr~mplificodor C1assé Cp SOO LI. Project Audio Debut Corbon 40 Ausculladores AKG K JVC EX-S Gira-discos Townshend Rock 7 REPORTAGENS 32 TAD e Pioneer nas Air Studios 36 Visito à fábrica da Audionote 51 IFA - sucesso garantido poro 20 I 2 CINEMA EM CASA 60 Homo Avinity HDMI High-End Editioi1 62 Projector JVC DlA-X30 CINEMA EM CASA 69 LG desvenda a linho Cinema Screen 70 Toshiba 55ZL2 3D 00 vivo 73 Panasonic PT AT5000E 76 Sinionizodor de TDT Tliax TR-4 1 VIDEOCLUBE _78 ZON video:::lube DVD & BLU-RAY 79 Melancolia 80 A Poeira do Tempo 81 Noite e Dia DISCOPATIA _82 Spring Mix - The Bloc Keys 6 /Audio & Cinema em Casa

3 e Ruí NIco Gira-discos ow shend Rock 7 No restrito mundo das peças emhlemáticas que foram criadas no 5éculo passado, os gira-discos têm um luyar muito especial. O seu esplendor está associado à Qualidade sonora que vropiciam, mas também ao facto de terem sido dos maís proeminentes veiculos de acesso à reprodução musical em contexto doméstico, massificando o mundo da música ao conferirem ao cidadão comum a escolha sobre as músicas que pretende ouvir no seu quotidiano. Neste sentido, com o crescimento da oferta musical, o gira-discos dá o passo se guinte ao rádio, potenciando a uma esca la nunca antes vista a fruição de uma das mais belas artes, vor via de um mecanismo Que nos diz muito a todos e 005 econo mistas em parlicular (eu incluído): o poder da escolha, o direito de ser proprietário e colecíonar 05 registos sonoros, de construir uma identidade associada ao gosto e conhecimentos do mundo da música. Naturalmente que o caminho posterior trouxe outras possibilidades, com as cassetes, os CO's e, actualmente, os ficheiros digitais. Mas, com maior ou menor expressão em termos comerciais, o giril-discos e 05 respectivos discos prelos de vinilo mantiveram-se até aos dias de hoje, e em determinados mercados tem-se observado o crescimento da «(legião)) de utilizadores. Como utilizador fiel e Que, não raras vezes, dá por si a passar longos periodos a privilegiar a audição deste tipo de registos por comparação com 05 CO's e ficheiros digitais, foi mm entusiasmo que recebi a oportunidade de testar o Townshend Rock 7. Sendo visualmente arrojado, no domínio estético este gira-disco~ pode gerar apreciações contraditórias. Para mim, é ba stante apelalivo. O facto de utilizar metais escuros e claros, suspensões, motor em separado com correia, um prato alto e denso, com um domp em grande parte transparente e uma ponte com uma calha preenchida por um líquido viscoso, que proporciona um apoio suplementar à trajetória da cabeça e reduz as oscilaçoes do braço, tudo isso traduz uma abordagem industrial e mec~nica que expõe o Quanlo o tempo vassou desde o aparecimento destes Vrodutos e o Quanto o investimento 56/Audio & Cinema em Casa

4 O-JU Y-2/235 nhecimentos da física se foi incoro nas soluções mecânicas aqui in -das. crição técnica nshend Rock 7 chegou a minha caquase totalmente montado, estanecjuipado com braço Excalibur III e com Ststema de ponte de que falarei mais nte. Mas antes devo referir que o macontém as instruções para montar es Ira-discos praticamente desde a rai7, o me deixou na dúvida sobre se o est(lavançado de assemblagem em que espeça se encontrava nào derivaria de ser modelo de demonstraçào. Ainda assim, amente com o amígo João Zeferino, lá entretivemos nas andanças de monem da minha célula Boboli " da Goldele, uma moving [Di! de alto ganho, na ocação do motor e afinação das suspen e do contrapeso, de modo a garantir funcionamento nivelado da corrente, afi ':laçào do braço, etc. Já diz o dito popular: quem corre por gosto não se cansa». Em termos gerais e tendo por base a escrição do fabricante, o Rock 7 é composto por um subchassis robusto, apoiado em três pé~ com molas/fole e onde estão 'l1ontados o apoio do prato e um contrapeso para nivelamento global e da ponte. O motor é colocado em separado, para minimizar as interferências de vibrações e garantir o máximo de isolamento no rolamento do prato. O apoio do prato é uma peça única de aço, em que o eixo assenta na extremidade inferior sobre uma esfera de aço, sendo lubrificado com óleo sintético desenvolvido para carros de Fórmula 1. Esta esfera situa-se no fundo de uma chumaceira de bronze, que está fixada ao Chilssis principal O eixo de rolamento atravessa O subprato e o prato principal, surgindo no topo para formar o ponto cilíndrico que centraliza o disco, tendo uma terminaçào em rosca para fixar o c1amp fornecido. O prato é um disco espesso de plástico de polietileno. O braço Excalíbur III, de 220 mm de comprimento, é o recomendado pela marca para equipar o Rock 7 e permite todas as afinações necessárias sem grande dificuldade. seguindo a filosofia da marca, a sua construção combina as características de leveza, rigidez e ainda auto-amortecimento, tendo por base materiais como magnésio puro, aço inoxidável e espuma rigida de poliuretano. No topo do braço, para além da 70na de fixação da célula, podemos encontrar o que se poderia designar uma pequena extenscio que termina num pequeno tubo vertical. Eo que faz este tubo? Éaqui que entra il ponte. A ponte é um arco móvel que tem uma calha na qual depositélmos um liquido viscoso fornecido pela marca e onde mergulhará parcialmente o tubo ~ítuado no topo do braço. No fundo trata-se de um sistema de amortecimento das oscilações do braço, induzindo um comportamento mais estável e que isolo a agulha de muitijs das perturbações que se passam ao seu redor. O formato em arco da ponte permite que o tubo faça o trajecto em direcção ao centro do disco sempre com o tubo dentro da calha. Se a ponte não for totalmente colocada para dentro, o tubo acabará flor bater nas extremidades da calha e o efeito será idêntico ao de um risco no disco: a agulha salta ligeiramente e dali não saí, ficando um pequeníssimo trecho musical numa persistente repetição. Provavelmente todas pessoas que observaram este gira-discos já perguntaram: «Ter uma espécie de carreiro com líquido que se move por cima dos discos de vinilo serti umél boa ideia? Não entorna?" Bem, posso apenas responder com a minha experiência. Das dezenas de vezes que o movi pijra trás e para a frente, isto é, sempre que pus, tirei ou virei um disco, nunca houve derramamento ou algo que se aproximasse disso. A profundidade da calha, mas acima de tudo a viscosidade do liquido tornam esse incidente muíto improvável. Para não me alongar mais na descrição técnica desta peça, refiro apenas mais duas notas. Em primeiro lugar, a base de fixação do braço permite o ajuste IffA e há compatibilidade com todos os braços de 200 mm a 255 mm de eixo a eixo, o que é uma flexibilidade importante para quem adquira o gira-discos e queira optar por outra solução que não a aqui proposta. Em segundo lugar, o motor permite ii comutação entre 33 e ~5 passagem manual da ( xo de uma roda mais peqltlc?l!la ;~i! 01 Eti~ com maior diâmetro. Audições As audições do Townshend for.jm tariamente realizadas com ligação a S Mini Basis Exclusive, ao amplificador tegrado Lyngdorf TDAI 2200 e as colunas Martin Logan ElectroMotioo ELS, com cablagem Heimdahl da Nordost. Na recta finai das audições as Sonus Faber Guarneri Memento também foram chamadas a dar a sua leitura dos acontecimentos musicais. Os discos usados basearam-se 00 critério de familiarizaçào e de heterogeneidade de géneros, tendo em vista os diferentes desafios que se propunham ao Rock 7. Para aquilatar da vivência e credibilidade do acontecimento acústico recorreu-se aos álbuns de Eric Clapton ao vivo no MTV Uoplu9ged e do Friday Night in San Frilncsi CD do trio 1\1 Di Meola, John Melaughlin e Paco de Lucia. Depois de os ouvir reproduzidos pelo Townshend Quase me sinto leyilimado a di7er que foram doís concertos em que participei, tal é a magnífica apresentação e recriação corpórea do evento musical. As qualidades holográficas das Martin logan contribuem para esse desiderato, mas a verdade é que a quantidade de informação que apresentam, a transparência dos vários elementos, desde bater dos pés no chão aos dedos a raspar nas cordas das guitarras, até à largura e profundidade cénica, tudo isso tem uma fonte e essa é a leitura que Rock 7 faz destes discos que conheço tão bem. Mas a tr.ansparência, a reprodução equilibrad'á que Audio & Cinema em Casal 57

5 teste Gira-discos Townshend Rock 7 torn<'l credível o vivenciar do concerto têm outro ingrediente que reputo da maior relevância e que consiste no pano de fundo sobre o qual emerge a música: os silêncios são produzidos de um modo tão natural que (J telo fica mais limpa para a construção artística. A combinação destas caraterisucas polenda de forma ímpar a expressividade dos intérpretes e o desempenho torna-se tão defínido e detalhado que nos convence de ser aquele o retrato fiel. Da audição do tema Medilerraneon Sundollce/Rio Ancho fica aquela emoção, aquele sentimento de privilégio de quem acaba de experienciar um momento de inspiração absolutamente fabuloso de dois nomes maiores da guitarra, Mas afinal, não é esse o Santo Graal da alta-fidelidade? A capacidade dinâmica ilustrada pelo Townshend na reprodução das peças de música clássica é assinalável e sente-se segurança e desenvoltura ao longo de todo o espectro de frequências. Há fluide?, suavidade e uma pureza nas gamas média e alta que derivam da excelente sinergia das soluções oferecidas no Rock 7 equipado com o braço Excalibur III e mm o mecanismo de amortecimento liquido da ponte. O drama e tensão de um grave bem i1rtículado e preciso complementam a degustaçao auditiva. O Rock 7 não é, de longe, dos gira-discos mais caros que já ouvi e o sistema que o acompanhou nas audições não se eflcontra igualmente no plano estratosférico de alguns sistemas com que ocasionalmente tenho a oportunidade de conviver. Nos dias de hoje os referenciais de desempe~ nho dos «no-co5t"proje:c[)) sdü extremamente elevados e é sempre com alguma seflsação de injustiça que acabamos por os utilizar na comparação com peçêls que se posicionam noutros segmentos de mercado. No entanto, posso dizer que desta vez a sensação de ínjustiça foi menor. Ouvir o Townshend Rock 7 durante duas semanas foi um dos prazeres rnais memoráveis de que usufruí ao longo dos anos como colaborador da revista Audio & Cinema em Casa. Notas finais Chegados às notas finais e tendo já conlessêldo a minha rendição ao desempenho sonoro desta peça, poderá h(jver uma perguflta que talvez ainda vagueie pelo espirita do leitor. "Mas aquele mecanismo da ponte é prático?» Bem... não propriamente. A questão é que, se levamos demasiado a sério esse critério, então há muito que os discos pretos teriam sido erradicados e nos dias que correm até os CO's estariam em risco de extinção. A verdade é que ouvir disco de vinil é um ritual flue, para muitas pessoas, eu incluído, proporciona um prazer insubstituível, tal como pêlssear na praia no lim de uma tarde de Verão ou ficar à lareira num serão de ln vemo. Há quem discuta apaixonadamen e quase até à exaustão sobre as vantagells e desvantagens dos vários formatos, mln talvez sejam poucos os audiáfilos que nã reconheçam a diferença entre uma boa reprodução de um bom registo num disco d!: vínilo e uma reprodução equivalente nuft' CD ou flufl] ficheiro de alta definição oriundo de um servidor. Volto à questão anterior: é prático' lium... Nao. Mas operar o Rock 7 torna -se parte dos gestos habituais, caindo flo esquecimento próprio das sequências de movimento naturais e proporcionando uma fruição auditiva espantosa. A solução produz eleitos tão evidentes que não deixa de causar peq.>lexidade. Afinal, a maioria de nós está habituada ii saber que, nestes patamares de desempenho, pequenas melhorias nêl qualidade da reprodução sonofil têm correspondência em subidas verliginos(ls no preço. Portanto, ouvir e, se possível, conviver uns bons momentos com o Townshend Rock 7 é obrigatório para quem peme adquirir um gira-discos neste patamar de preços ou num patamar acima ou mesmo num patamar substanciillmente acima. A partir desse momento, é apreciar vezes sem conta toda a magia inscrita nos insubslitulveis discos pretos. Recomendadissimo! Prec;o do Ro(k 7 sem braço,preço: 2458 Preço do braço Preço: 1915 Representante: Exaudio 58/Audio & Cincema em Casa

O básico da Guitarra - Aula 6 J. Junior. Acordes Básicos

O básico da Guitarra - Aula 6 J. Junior. Acordes Básicos O básico da Guitarra - Aula 6 J. Junior Acordes Básicos Muitas vezes, o que mexe com a gente e nos faz querer tocar guitarra é aquele solo ou riff do guitarrista da nossa banda favorita, mas devemos saber

Leia mais

Arte em reprodução eletrônica

Arte em reprodução eletrônica caixa B&W 805D, amplificador integrado NAD M2, integrado AMC XIA e pré-processador Krell evolution 707 a forma da sedução B&W 805D NAD M2 nova geração de amplicadores digitais Arte em reprodução eletrônica

Leia mais

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF Uma solução inovadora para as transmissões por correias É sabido

Leia mais

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE Versão adaptada de Eugénio Sena para Wir Bauen Eine Stadt de Paul Hindemith 1. MARCHA (Entrada) Uma cidade nossa amiga Não queremos a cidade antiga. Nós vamos pensar tudo de

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Correias e Polias Correntes Definição Polia: São peças cilíndricas, movimentadas pela rotação do eixo do motor e pelas correias. Correias: É o elemento da máquina que,

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho SÉRIE DV14 1417 / 1422 / 1432 / 1442 CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA O Centro de Usinagem

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

13 Como estudar Teclado - Conteúdo

13 Como estudar Teclado - Conteúdo Introdução Tempo dedicado ao estudo Alongamento e aquecimento Fatores para tornar a leitura mais ágil Fatores para tornar o estudo mais produtivo Preparação para apresentar a peça em público Prazer de

Leia mais

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD

)tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD. ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD )tvlfd,, 0,(QJ4XtPLFD Óptica Geométrica ²ž6HPHVWUH ÐSWLFD Exercício 1: Um feixe de luz cujo comprimento de onda é 650 nm propaga-se no vazio. a) Qual é a velocidade da luz desse feixe ao propagar-se num

Leia mais

Soluções para escritórios tehalit.office

Soluções para escritórios tehalit.office Soluções para escritórios tehalit.office A oferta tehalit.office foi concebida para dar resposta à maioria dos problemas de distribuição, de correntes fortes e fracas, na alimentação aos postos de trabalho.

Leia mais

Bosch Security Systems Para mais informações, visite a nossa página: www.boschsecurity.com ou envie um e-mail para: pt.securitysystems@bosch.

Bosch Security Systems Para mais informações, visite a nossa página: www.boschsecurity.com ou envie um e-mail para: pt.securitysystems@bosch. Tradição de qualidade e inovação Há mais de 100 anos que Bosch é sinónimo de qualidade e confiança. A Bosch Security Systems detém orgulhosamente uma vasta gama de equipamentos para intrusão, incêndio,

Leia mais

DTGHV_20130524. Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág.

DTGHV_20130524. Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág. DT_20130524 GUILHOTINA HIDRÁULICA DE ÂNGULO VARIÁVEL MARCA NEWTON LINHA Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág. 1/5 DT_20130524

Leia mais

Não há nada como uma máscara FX.

Não há nada como uma máscara FX. Não há nada como uma máscara FX. A sensação que a máscara FX proporciona não tem paralelo. Seu ajuste não tem igual. Nenhuma outra máscara facilita tanto a adesão à terapia para seus pacientes. A família

Leia mais

Marca. Seu desenvolvimento começa aqui!

Marca. Seu desenvolvimento começa aqui! IDEIAS sem execução não passam de SONHOS. Por isso a és MARKETING E DESENVOLVIMENTO contribui com os seus clientes para transformar SONHOS EM REALIDADE! A és Com 5 anos de atuação, a és Marketing e desenvolvimento,

Leia mais

Mecânica 2007/2008. 6ª Série

Mecânica 2007/2008. 6ª Série Mecânica 2007/2008 6ª Série Questões: 1. Suponha a=b e M>m no sistema de partículas representado na figura 6.1. Em torno de que eixo (x, y ou z) é que o momento de inércia tem o menor valor? e o maior

Leia mais

5 (FGV-SP) A nota lá da escala cromática musical é tida como referência na afinação dos instrumentos. No violão comum de 6 cordas, a quinta corda

5 (FGV-SP) A nota lá da escala cromática musical é tida como referência na afinação dos instrumentos. No violão comum de 6 cordas, a quinta corda 1 - (UFSCAR-SP) Sabemos que, em relação ao som, quando se fala em altura, o som pode ser agudo ou grave, conforme a sua freqüência. Portanto, é certo afirmar que: a) o que determina a altura e a freqüência

Leia mais

Manual de instruções

Manual de instruções Manual de instruções DENVER VPL-120 Gira-discos com Mala LEIA AS INSTRUÇÕES COM ATENÇÃO ANTES DE USAR E GUARDAR NUM LOCAL SEGURO PARA REFERÊNCIA FUTURA PT-1 DESCRIÇÃO 1. Prendedor 2. Tampa do pó 3. Adaptador

Leia mais

Introdução. elementos de apoio

Introdução. elementos de apoio Introdução aos elementos de apoio A UU L AL A Esta aula - Introdução aos elementos de apoio - inicia a segunda parte deste primeiro livro que compõe o módulo Elementos de máquinas. De modo geral, os elementos

Leia mais

Instruções de auxilio à montagem da roda motorizada. Montagem da roda motorizada na suspensão ou forqueta

Instruções de auxilio à montagem da roda motorizada. Montagem da roda motorizada na suspensão ou forqueta Instruções de auxilio à montagem da roda motorizada Estas instruções servem apenas como orientação da montagem do motor na sua forqueta ou suspensão. A Sanelkit não se responsabiliza por nenhum dano ou

Leia mais

Desenvolvimento motor do deficiente auditivo. A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada a outras deficiências, como

Desenvolvimento motor do deficiente auditivo. A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada a outras deficiências, como Texto de apoio ao Curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Desenvolvimento motor do deficiente auditivo A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada

Leia mais

O modelo CORD de produtividade

O modelo CORD de produtividade Data do documento 16. 12. 2014 Este ano eu li Como ser um Ninja em Produtividade, em uma tentativa de me tornar mais produtivo. O autor, Graham Allcott, compartilha algumas estratégias para tirar o máximo

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Buchas Guias Mancais de Deslizamento e Rolamento Buchas Redução de Atrito Anel metálico entre eixos e rodas Eixo desliza dentro da bucha, deve-se utilizar lubrificação.

Leia mais

Tema: 25 anos da Rádio Santa Cruz AM Título: Uma rádio de credibilidade no RN. Peço licença pra contar a história. Dos 25 anos da Rádio Santa Cruz AM

Tema: 25 anos da Rádio Santa Cruz AM Título: Uma rádio de credibilidade no RN. Peço licença pra contar a história. Dos 25 anos da Rádio Santa Cruz AM Tema: 25 anos da Rádio Santa Cruz AM Título: Uma rádio de credibilidade no RN Peço licença pra contar a história Dos 25 anos da Rádio Santa Cruz AM Uma emissora que chegou para brilhar. Criada em 01 de

Leia mais

DJ CONSOLE 4-Mx. DJ/Música DESCRIÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Controlador de DJ grande de metal com áudio integrado e jog wheels grandes

DJ CONSOLE 4-Mx. DJ/Música DESCRIÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Controlador de DJ grande de metal com áudio integrado e jog wheels grandes DJ/Música DJ CONSOLE 4-Mx DESCRIÇÃO Controlador de DJ grande de metal com áudio integrado e jog wheels grandes Características principais Estação de mistura grande para DJ digitais móveis - Controlador

Leia mais

Vamos montar um rádio CB na nossa Autocaravana

Vamos montar um rádio CB na nossa Autocaravana Vamos montar um rádio CB na nossa Autocaravana Venho desta vez com mais uma proposta, para montarmos na nossa autocaravana um rádio da Banda do Cidadão que é uma forma de comunicação rádio, de características

Leia mais

MASTRO TELESCÄPICO CT1BAT

MASTRO TELESCÄPICO CT1BAT MASTRO TELESCÄPICO CT1BAT ou COMO FAZER UM MASTRO TELESCÄPICO, APRESENTÅVEL E FUNCIONAL, POR POUCO DINHEIRO (menos de 150,00) OlÄ companheiros Radioamadores! Todos nås, Radioamadores, temos os nossos constrangimentos.

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

VIOLÃO 1. escalas, formação de acordes, tonalidade e um sistema inédito de visualização de trechos para improvisar.

VIOLÃO 1. escalas, formação de acordes, tonalidade e um sistema inédito de visualização de trechos para improvisar. VIOLÃO 1 escalas, formação de acordes, tonalidade e um sistema inédito de visualização de trechos para improvisar CD com solos e acompanhamento Saulo van der Ley Guitarrista e violonista Composição & Regência

Leia mais

AS ATIVIDADES RÍTMICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

AS ATIVIDADES RÍTMICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL AS ATIVIDADES RÍTMICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Profª Doutora Daisy Barros Especialização em Ginástica Rítmica e Dança Ritmo é vida e está particularmente ligado à necessidade do mundo moderno. Cada indivíduo,

Leia mais

VENTOKIT IN Line NM Eletronic

VENTOKIT IN Line NM Eletronic VENTOKIT IN Line NM Eletronic Modelos: 8 / 15 / 15 turbo b d b mm a b c d e 8 15 15 18 99 Mod. 15 15 turbo 15 15 18 119 15 15 18 119 a c e a DESCRIÇÃO OPÇÕES DE FORNECIMENTO OPCIONAIS Renovadores de ar

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

Antes de tudo fica aqui o aviso mais importante de todos os documentos relacionados com esta temática: este é um documento conceptual.

Antes de tudo fica aqui o aviso mais importante de todos os documentos relacionados com esta temática: este é um documento conceptual. PROJECTOR CASEIRO Antes de tudo fica aqui o aviso mais importante de todos os documentos relacionados com esta temática: este é um documento conceptual. Se não tem jeito para as pequenas ou grandes bricolages

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO O estabilizador portátil de câmera Tedi Cam é um equipamento de avançada tecnologia utilizado para filmagens de cenas onde há a necessidade de se obter imagens perfeitas em situações de movimento

Leia mais

MCC - Mobile Cloud Computing

MCC - Mobile Cloud Computing MCC - Mobile Cloud Computing MAC0463/5743 - Computação Móvel Thiago de Gouveia Nunes 11 de junho de 2013 O que é Cloud Computing??!! O que é Cloud Computing??!! É. não. Tá mais pra algo assim... O que

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Design 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Design 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Design 2011-1 DESENVOLVENDO A IDENTIDADE VISUAL DE UMA POUSADA EM CONSERVATÓRIA Alunos: OLIVEIRA,

Leia mais

Como se tornar uma consultora TOP em vendas. Diretora De Vendas Independente Mary kay Vanessa Gramari

Como se tornar uma consultora TOP em vendas. Diretora De Vendas Independente Mary kay Vanessa Gramari Como se tornar uma consultora TOP em vendas Diretora De Vendas Independente Mary kay Vanessa Gramari Primeiro Passo: Preparar a sua IMAGEM DE SUCESSO Você só tem uma única chance de causar uma primeira

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro I Curso Planejamento e Educação Financeira Uma parceria Órama e Dinheirama. Planejamento Financeiro Por Sandra Blanco Consultora de Investimentos da Órama, mais de anos de mercado,

Leia mais

M U N D O L I V R E 9 3. 9 F M

M U N D O L I V R E 9 3. 9 F M M U N D O L I V R E 9 3. 9 F M Mais que uma programação feita para ouvintes exigentes, a Mundo Livre FM ultrapassa a frequência do rádio e se estabelece como uma identidade conceitual. No ar há 7 anos,

Leia mais

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes Invólucros Metálicos. Cajas Salientes ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Caixa metálica para instalação

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Descubra imagens 4x mais detalhadas do que o Full HD, colunas de som futuristas, filmes e músicas de todo o mundo.

Descubra imagens 4x mais detalhadas do que o Full HD, colunas de som futuristas, filmes e músicas de todo o mundo. O último nível de entretenimento Novos leitores Blu-ray Disc e sistemas de Home Cinema da Sony Descubra imagens 4x mais detalhadas do que o Full HD, colunas de som futuristas, filmes e músicas de todo

Leia mais

Faça-me sentir importante CARÍCIAS - O verdadeiro reconhecimento Webinar (treinamento online)

Faça-me sentir importante CARÍCIAS - O verdadeiro reconhecimento Webinar (treinamento online) Faça-me sentir importante CARÍCIAS - O verdadeiro reconhecimento Webinar (treinamento online) Tatiane Medeiros Cunha Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia 2010; Formação em Hipnose

Leia mais

Fotos necessárias para a confecção da estatueta. Rosto

Fotos necessárias para a confecção da estatueta. Rosto Fotos necessárias para a confecção da estatueta Todo o trabalho é referenciado em fotos, ou seja, não nos responsabilizamos por material fotográfico que confecção, para isto criamos este guia, para atender

Leia mais

Por que ouvir a sua voz é tão importante?

Por que ouvir a sua voz é tão importante? RESULTADOS Por que ouvir a sua voz é tão importante? Visão Tokio Marine Ser escolhida pelos Corretores e Assessorias como a melhor Seguradora pela transparência, simplicidade e excelência em oferecer soluções,

Leia mais

Elevadores. 3 Anos. Potente, Seguro, Compacto, Fácil de movimentar. Garantia. magnéticos manuais

Elevadores. 3 Anos. Potente, Seguro, Compacto, Fácil de movimentar. Garantia. magnéticos manuais Grande potência magnética na ponta dos seus dedos Elevadores magnéticos manuais Potente, Seguro, Compacto, Fácil de movimentar Ideal para a movimentação de cargas ferrosas acabadas ou em bruto, planas

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ DISCIPLINA:TEORIA E ENSINO DA DANÇA PROF.ESP.SAMANDA NOBRE Elementos Estruturantes da dança RITMO MOVIMENTO Ritmo Ritmo vem do grego Rhytmos e designa aquilo que flui,

Leia mais

CARBON X PRESS Aparelho de musculação

CARBON X PRESS Aparelho de musculação CARBON X PRESS Aparelho de musculação www.moovyoo.fr Encontre a nossa gama no nosso site internet e nos nossos revendedores Fitness Boutique! IMPORTANTE Aconselhamos que leia atentamente estas instruções

Leia mais

Chicago Pneumatic Construction Tools

Chicago Pneumatic Construction Tools Chicago Pneumatic Construction Tools Martelos Demolidores Pneumáticos Built to last Martelos Demolidores Normalizados Características Essenciais Os martelos demolidores CP pertencem à gama de ferramentas

Leia mais

A dimensão sensível da voz e o saber do corpo

A dimensão sensível da voz e o saber do corpo A dimensão sensível da voz e o saber do corpo Resumo Autor: Fernando Aleixo publicado em Cadernos da Pós-Graduação. Instituto de Arte/ UNICAMP, Campinas, SP - Brasil, 2005. (ISSN1516-0793) Este artigo

Leia mais

De Profundis.indd 25 20/05/15 18:01

De Profundis.indd 25 20/05/15 18:01 Janeiro de 1995, quinta feira. Em roupão e de cigarro apagado nos dedos, sentei me à mesa do pequeno almoço onde já estava a minha mulher com a Sylvie e o António que tinham chegado na véspera a Portugal.

Leia mais

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 0 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Renato da Guia Oliveira 2 FICHA CATALOGRÁFICA OLIVEIRA. Renato da Guia. O Papel da Contação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional Sequencia Didática destinada aos Anos Finais do Ensino

Leia mais

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão Neste teste, a resolução da questão 1 exige a audição de uma sequência de três músicas que serão executadas sem interrupção: uma vez, no início do teste; uma vez, dez minutos após o término da primeira

Leia mais

Manual de Identidade Visual CDL Celular

Manual de Identidade Visual CDL Celular Manual de Identidade Visual CDL Celular Índice Sistema... 03 Marca Símbolo... 04 Configuração Básica... 05 Sistema de Cores... 06 Uso Inadequado... 07 Identificação de Praças... 09 Aplicações - Promocional...

Leia mais

Como funciona o motor de corrente contínua

Como funciona o motor de corrente contínua Como funciona o motor de corrente contínua Escrito por Newton C. Braga Este artigo é de grande utilidade para todos que utilizam pequenos motores, principalmente os projetistas mecatrônicos. Como o artigo

Leia mais

DOMÓTICA CONTROLO INTEGRADO Segurança Iluminação Som e Imagem Eficiência Energética

DOMÓTICA CONTROLO INTEGRADO Segurança Iluminação Som e Imagem Eficiência Energética DOMÓTICA CONTROLO INTEGRADO Segurança Iluminação Som e Imagem Eficiência Energética A DECORDIGITAL - 1 A DECORDIGITAL é uma empresa portuguesa dedicada à consultoria, desenvolvimento de projetos, fornecimento

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula você aprenderá a diferenciar um desenhista de um ilustrador e ainda iniciará com os primeiros exercícios de desenho. (Mateus Machado) O DESENHISTA E O ILUSTRADOR Ainda que não sejam profissionais

Leia mais

iphone 5S APRESENTAÇÃO

iphone 5S APRESENTAÇÃO Ideal Voz Empresarial iphone 5S O iphone 5 é uma verdadeira evolução do smartphone da Apple. Muito Fino e leve, o iphone 5 impressiona com seu design impecável e tela Retina de 4 polegadas. Apesar de seu

Leia mais

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis usados, além do crescimento de renda da população e

Leia mais

manual de identidade visual

manual de identidade visual manual de identidade visual manual-perpart2.indd 1 índice 02 03 Apresentação A Marca 20 Papelaria Institucional Cartão de Visita I 04 A Marca 21 Cartão de Visita II 05 Logotipo 22 Envelope Ofício 06 Símbolo

Leia mais

(PI): 01 - O 01 (A1):

(PI): 01 - O 01 (A1): Tema do Projeto: Composição Musical em Banda Pop/Rock em contexto extracurricular Que aprendizagens e motivações são desenvolvidas no projeto de composição de canções a partir de sequências harmónicas

Leia mais

Equipamento de Compactação. Built to last

Equipamento de Compactação. Built to last Built to last Equipamento de Compactação Placas Vibratórias de Solo e Asfalto Trabalhos fortes exigem máquinas fortes Projetada para atender as altas demandas das empresas de aluguel e empreiteiras, a

Leia mais

CBF25 - CBF25S - CBF25G CBF25Q - CBF25B - CJF10 Especificações

CBF25 - CBF25S - CBF25G CBF25Q - CBF25B - CJF10 Especificações CBF25 - CBF25S - CBF25G CBF25Q - CBF25B - CJF10 Especificações Porta-Paletes Manual 2,5 (1.0) toneladas Porta-Paletes Manual O porta-paletes manual é, sem dúvida, a ferramenta mais básica e, no entanto,

Leia mais

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês

3 Truques Para Obter Fluência no Inglês 3 Truques Para Obter Fluência no Inglês by: Fabiana Lara Atenção! O ministério da saúde adverte: Os hábitos aqui expostos correm o sério risco de te colocar a frente de todos seus colegas, atingindo a

Leia mais

MANUTENÇÃO EM MANCAIS E ROLAMENTOS Atrito É o contato existente entre duas superfícies sólidas que executam movimentos relativos. O atrito provoca calor e desgaste entre as partes móveis. O atrito depende

Leia mais

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin

Fotos: Luís Antônio Rodrigues. No Perfil Ché & Colin Fotos: Luís Antônio Rodrigues No Perfil & Perfil Em meio às gravações no estúdio Brothers da Lua do músico, juntamente com o gravamos uma entrevista, onde eles nos contam como começou essa amizade e parceria,

Leia mais

OBJECTIVOS DO PROJECTO

OBJECTIVOS DO PROJECTO INTRODUÇÃO Este projecto destina-se às crianças dos três aos seis anos de idade. A Lei Quadro da Educação Pré-escolar estabelece como princípio geral que a educação pré-escolar é a primeira etapa da educação

Leia mais

REGRAS. 1 - Introdução. 2 - Nº de jogadores e objectivo do jogo. 3 - Peças do jogo

REGRAS. 1 - Introdução. 2 - Nº de jogadores e objectivo do jogo. 3 - Peças do jogo REGRAS 1 - Introdução Este jogo tem como principal objectivo demonstrar como poderemos utilizar o nosso carro de uma forma mais responsável face ao ambiente, através da partilha do nosso meio de transporte

Leia mais

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan.

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. A Professora Rosa Trombetta, Coordenadora de Cursos da FIPECAFI aborda o assunto elearning para os ouvintes da Jovem Pan Online. Você sabe o que

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES Silvia Eula Muñoz¹ RESUMO Neste artigo pretendo compartilhar os diversos estudos e pesquisas que realizei com orientação do Prof. Me. Erion

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos

Curso de Engenharia de Produção. Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos Curso de Engenharia de Produção Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos Mancais: São elementos de máquinas que suportam eixo girante, deslizante ou oscilante. São classificados em mancais de: Deslizamento

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

Tutorial Instalação de manta-asfáltica no assoalho e túnel central

Tutorial Instalação de manta-asfáltica no assoalho e túnel central Tutorial Instalação de manta-asfáltica no assoalho e túnel central Bom, esse tutorial não vai ser uma receita de bolo, mais vai ajudar muito a quem se aventurar! Vou postar fotos do processo, algumas medidas,

Leia mais

Processo de fundição: Tixofundição

Processo de fundição: Tixofundição Processo de fundição: Tixofundição Disciplina: Processos de Fabricação. Professor Marcelo Carvalho. Aluno: Gabriel Morales 10/44940. Introdução O processo de fabricação conhecido como fundição pode ser

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO. www.construlink.com. Copyright 2003 - Construlink.com - Todos os direitos reservados.

GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO. www.construlink.com. Copyright 2003 - Construlink.com - Todos os direitos reservados. GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO FICHA TÉCNICA STET Nº 10 Nº de pág.s: 5 8 de Agosto de 2003 www.construlink.com COMPACTADORES DE ASFALTO CB-214D, CB-224D, CB-225D, CB-334D e CB-335D A família de

Leia mais

INFLUÊNCIA DA IMPEDÂNCIA DO ALTO-FALANTE NA POTÊNCIA DO AMPLIFICADOR.

INFLUÊNCIA DA IMPEDÂNCIA DO ALTO-FALANTE NA POTÊNCIA DO AMPLIFICADOR. INFLUÊNCIA DA IMPEDÂNCIA DO ALTO-FALANTE NA POTÊNCIA DO AMPLIFICADOR. A maneira como utilizamos os alto-falantes pode implicar em ganhos ou perdas de potência de um amplificador. Um ganho de potência pode

Leia mais

GUIA DELL PARA A MOBILIDADE

GUIA DELL PARA A MOBILIDADE GUIA DELL PARA A MOBILIDADE COMO OS COMPUTADORES PORTÁTEIS DEVERIAM SER Quer um computador portátil sem compromissos. Quer reduzir o tempo de interrupção com sistemas que resistem até às mais duras condições

Leia mais

Manual de administração

Manual de administração Manual de administração Como fazer outsourcing dos sistemas de informação Índice Introdução Passo 1 - Definir o enquadramento Passo 2 - Analisar os recursos e serviços internos Passo 3 - Analisar os recursos

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE CULTURA DAS PESSOAS COMO UM DOS FATORES DE SUCESSO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE CULTURA DAS PESSOAS COMO UM DOS FATORES DE SUCESSO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE CULTURA DAS PESSOAS COMO UM DOS FATORES DE SUCESSO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Elisa Maçãs IDÉIAS & SOLUÇÕES Educacionais e Culturais Ltda www.ideiasesolucoes.com 1

Leia mais

PUBLICIDADE TRANSPORTE URBANO DE FARO

PUBLICIDADE TRANSPORTE URBANO DE FARO PUBLICIDADE TRANSPORTE URBANO DE FARO Vision without execution is just hallucination. Henry Ford A LCPA trata-se de uma empresa dedicada às áreas criativas que opera em 3 segmentos distintos: Estúdio Criativo,

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Amares

Agrupamento de Escolas de Amares Agrupamento de Escolas de Amares Protótipo de um carro a energia solar Alexandre Martins Carlos Portela Daniel Amorim Dany Santos Rui Martins Orientador: Professora Fernanda Neri 16 de Março de 2015 Índice

Leia mais

PHELIPE AGNELLI. Baterista Percussionista Compositor. Músico Brasileiro!

PHELIPE AGNELLI. Baterista Percussionista Compositor. Músico Brasileiro! PHELIPE AGNELLI Baterista Percussionista Compositor Músico Brasileiro 1 ENTREVISTA "Inspirando e sendo inspirado" Phelipe Agnelli é músico e compositor, nascido a 50 minutos de São Paulo, na cidade de

Leia mais

no. 49 O NU FEMININO COMO IDEAL DE BELEZA

no. 49 O NU FEMININO COMO IDEAL DE BELEZA O NU FEMININO COMO IDEAL DE BELEZA por rose klabin Escrevo-te toda inteira e sinto um sabor em ser e o sabor-ati é abstrato como o instante. É também com o corpo todo que pinto os meus quadros e na tela

Leia mais

O que é um bom instrutor? Que percurso deve ter? Sobretudo como se reconhece um bom instrutor? etc...

O que é um bom instrutor? Que percurso deve ter? Sobretudo como se reconhece um bom instrutor? etc... Instrutor Colocado por jeremias - 16 Out 2011 08:50 Muito se fala sobre o melhor estilo mas parece-me que a preocupaçao essencial para quem procura um sitio para treinar devia ser a qualidade do instrutor.

Leia mais

Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada.

Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada. Toque de Mestre 16 Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada. Profa. Júnia Andrade Viana profajunia@gmail.com face: profajunia Autora do livro Redação para Concursos

Leia mais

OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA

OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA Uma proposta para aplicação no Programa Mais Educação Izabele Silva Gomes Universidade Federal de Campina Grande UFCG izabelesilvag@gmail.com Orientador (a): Professora

Leia mais

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Atividade: Leitura e interpretação de texto Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Orientações: 1- Leia o texto atentamente. Busque o significado das palavras desconhecidas no dicionário. Escreva

Leia mais

CINEMA SB100 alto-falante de barra de som com energia própria

CINEMA SB100 alto-falante de barra de som com energia própria CINEMA SB100 alto-falante de barra de som com energia própria Manual de consulta rápida Obrigado por escolher este produto da JBL O alto-falante de barra de som energizado JBL Cinema SB100 é um sistema

Leia mais

QUAL CAMINHO ESCOLHER?

QUAL CAMINHO ESCOLHER? MODULARIDADE QUAL CAMINHO ESCOLHER? UALIDADE CONFIABILIDADE FLEXIBILIDADE FORÇA 2 É MUITO FÁCIL DECIDIR! MODULARIDADE FLEXIBILIDADE FORÇA QUALIDADE CONFIABILIDADE MODULARITÄT FLEXIBILITÄT KRAFT QUALITÄT

Leia mais

LOCALIZADOR DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADAS SÉRIE EZICAT

LOCALIZADOR DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADAS SÉRIE EZICAT LOCALIZADOR DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADAS SÉRIE EZICAT Porquê usar um DETETOR de cabos? Evita danificar materiais; Previne acidentes que podem ser mortais; Evita perdas de tempo antes de se realizar uma

Leia mais

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação A U A UL LA Acoplamento Introdução Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, percebeu um estranho ruído na roda. Preocupada, procurou um mecânico. Ao analisar o problema, o mecânico concluiu que

Leia mais

STC5 Redes de informação e comunicação

STC5 Redes de informação e comunicação STC5 Redes de informação e comunicação João Paulo Ferreira Técnico de organização de eventos Modulo: STC5 Redes de informação e comunicação Formador: Hélder Alvalade 0 Índice Introdução... 2 Desenvolvimento...

Leia mais

Desempenadeiras DPC-4 / DPC-5 MANUAL BÁSICO DO OPERADOR

Desempenadeiras DPC-4 / DPC-5 MANUAL BÁSICO DO OPERADOR Desempenadeiras DPC-4 / DPC-5 MANUAL BÁSICO DO OPERADOR Baldan Máquinas e Equipamentos Ltda Fone: (6) 325-4 - Fax: 325-658 "INFORMAÇÕES TÉCNICAS" Mesas em ferro fundido frezadas muito precisas, com sistema

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1 Agrupamento de Escolas da Madalena Projeto do Clube de Música Ano Lectivo 2012-2013 1 Projectos a desenvolver/participar: Projetos Dinamizado por: 1º Concurso de Flauta Prof. Teresa Santos - Participação

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

As soluções de janelas de guilhotina ZENDOW são a escolha adequada para obras de renovação arquitectónica.

As soluções de janelas de guilhotina ZENDOW são a escolha adequada para obras de renovação arquitectónica. GUILHOTINAS As soluções de janelas de guilhotina ZENDOW são a escolha adequada para obras de renovação arquitectónica. Com um sistema de ferragens de elevado desempenho, a solução de janelas de guilhotina

Leia mais

Musculação e Treinamento Personalizado: Marketing Pessoal & Fidelização de Clientes

Musculação e Treinamento Personalizado: Marketing Pessoal & Fidelização de Clientes Musculação e Treinamento Personalizado: Marketing Pessoal & Fidelização de Clientes Copyright 2011 Edvaldo de Farias Prof. Edvaldo de Farias, MSc. material disponível em www.edvaldodefarias.com Minha expectativa

Leia mais

Adicionando um amplificador linear! Pensar duas vezes! Quanto vai aumentar o seu sinal?

Adicionando um amplificador linear! Pensar duas vezes! Quanto vai aumentar o seu sinal? Don, N4UJW Adicionando um amplificador linear! Pensar duas vezes! Quanto vai aumentar o seu sinal? Será que a adição de um amplificador linear de minha estação de presunto fazer o meu sinal de "mais alto"?

Leia mais