O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS"

Transcrição

1

2

3

4 O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM?

5 EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC?

6

7 MADALENA : M

8 QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO DE TRABALHO? M Por um lado é aquela perspectiva de não existir muito mercado, ou melhor, de não existir trabalho. Por outro lado, acho que este curso prepara-nos, abre-nos portas ou dá-nos possiblidades maiores do que só um trabalho numa agência ou num atelier. Isso é interessante porque sinto que não vou sair daqui e ir directa para uma agência de publicidade. Talvez vá para um museu, ou trabalhar em editorial, ou num atelier cultural... Há mais áreas. Por outro lado, claro que é um pouco intimidante sairmos agora depois de três anos que passaram a correr, para um mercado de trabalho que nos estão sempre a dizer que não vai existir... Existe muita coisa, ou melhor, existem muitas áreas, mas se calhar poucos empregos... «Acho que este curso prepara-nos, abre-nos portas ou dá-nos possiblidades maiores do que só um trabalho numa agência ou num atelier.»

9 «Temos que estar abertos às oportunidades que nos derem.» O QUE ACHAS DA IDEIA DE CONSEGUIR EMPREGO LOGO APÓS A CONCLUSÃO DA LICENCIATURA? M Isso era espectacular, mas não é muito provável. Sei o que vou fazer para que isso aconteça: vou fazer o meu portfolio o melhor que conseguir e enviá-lo para tudo o que conseguir encontrar. Não quero ir para uma empresa de publicidade, mas se aparecer uma grande oportunidade de explorar essa área, acho que o devo fazer. Nem que seja para perceber que de facto não gosto, porque digo que não gosto mas também nunca trabalhei! Se calhar, tenho muito jeito e adoro! Exceptuando casos extremos, temos que estar abertos às oportunidades que nos derem.

10 Nunca nos vamos sentir completamente preparados, nem saber o que é estar no mercado se não lá estivermos. ACHAS QUE TRÊS ANOS DE LICENCIATURA SÃO SUFICIENTES PARA TE SENTIRES PREPARADO PARA O MERCADO DE TRABALHO? M Nunca nos vamos sentir completamente preparados, nem saber o que é estar no mercado se não lá estivermos. Por outro lado, até pelas características do próprio curso, sinto que estamos a ter uma experiência do que o Design de Comunicação pode ser: as várias vertentes, as inúmeras possibilidades... Parece que nestes três anos nos deram uma introdução do que podemos fazer e até onde podemos ir, e depois, de repente, acabou. Não me sinto preparada para o mercado de trabalho, mas penso que agora quando entrar é que vou perceber o que é.

11 SENTES-TE PREPARADO PARA LIDAR COM CLIENTES? M Isso é o que me assusta mais: lidar com os clientes, com os chefes... Até porque não sei muito bem como lidar com pessoas, e aqui na FBAUL não nos ensinam isso. E o trabalho acaba por ser pessoal, é uma parte de mim que estou a pôr naquele trabalho... Por isso saber lidar com o cliente no sentido de saber explicar e justificar tudo também é importante. R E mesmo por uma questão de dar valor ao teu trabalho, não é? M Para dar valor, exactamente. O facto de pedirem mais trabalho por condições menores. Não sei como lidar com isso, porque não sei dizer não.

12 O QUE ACHAS DO TEMPO QUE É ATRIBUÍDO A CADA DISCIPLINA? «Não sei se é de serem só 3 anos, se é da organização das cadeiras ao longo do curso, mas sim, sinto que não há muito tempo.» M Vou começar com um exemplo: um semestre de Audiovisuais e Multimédia não daria para absolutamente nada. E mesmo dois não sei como vai ser, porque agora estamos a aprender coisas que acho muito interessantes e adorava conseguir explorar mais, mas estamo-nos a aproximar do fim do semestre e ainda ninguém consegue fazer nada sozinho. Se os professores nos dessem mais tempo para aprendermos a trabalhar com os programas e para os explorar melhor, conseguíamos evoluir muito mais. Mas é tudo tão rápido, que não nos dá assim tanto espaço. Não sei se é de serem só três anos, se é da organização das cadeiras ao longo do curso, mas sim, sinto que não há muito tempo. Também era interessante termos a oportunidade de fazer workshops para complementar. 0

13 1 M Acho que a única vez que tive contacto foi na Type Jam, no primeiro ano, e só com Design de Equipamento. Em algumas cadeiras optativas acabamos por ter colegas de outros cursos, mas nunca há projectos mais gerais, nem nunca fomos a uma aula de Pintura ver o que eles fazem e como... E isso era interessante, podíamos trazer técnicas diferentes para o nosso trabalho. Acho que não existe tanto quanto podia, principalmente na faculdade que é, com a quantidade de áreas diferentes que tem. R Parece que somos todos isolados uns dos outros. M Sim, principalmente nós aqui em DC. O QUE ACHAS DO CONTACTO COM AS RESTANTES ÁREAS PRESENTES NA FACULDADE? EXISTE? É IMPORTANTE?

14 M Já quis fazer muita coisa. Já pensei em ir para um mestrado, agora penso que devia começar a fazer estágios ou a trabalhar, mas nada permanente, só para explorar e para perceber o mercado. O que é trabalhar na realidade, porque ainda não tenho a certeza do que gosto ou gostava de fazer. Não sei se quero trabalhar em Design Editorial ou em Webdesign ou Ilustração... São tudo áreas me interessam, mas por outro lado também não me quero focar em nenhuma delas. Não quero entrar para uma empresa e ficar lá nos próximos 10 anos, mas também o mercado já não funciona assim. Se calhar com os nossos pais sim, mas hoje em dia não, por isso o melhor para mim era mesmo arranjar um estágio ou um trabalho. Também queria encontrar outros cursos mais curtos ou workshops... No fundo, tentar explorar várias áreas ao mesmo tempo. O QUE QUERES FAZER DEPOIS DA LICENCIATURA? «Não quero entrar para uma empresa e ficar lá nos próximos 10 anos, mas também o mercado já não funciona assim.» R Já pensaste em sair do país? Ter novas experiências? M Sim. Idealmente faria tudo isso lá fora, mas fico um pouco bloqueada quando penso em como procurar um estágio fora de Portugal. Já fiz isso muitas vezes na Internet, mas nunca percebi bem. É tudo um pouco abstracto, e confuso. O mestrado acaba por ser uma coisa cara, e não me quero lançar para um mestrado e depois aperceber-me de que não é isso que quero. 2

15 1 R E trabalhar por conta própria? M Também já pensei nisso, mas para trabalhar por conta própria é preciso muitos contactos, e sinto que não os tenho. De certa maneira, já comecei a trabalhar por conta própria porque estou a ilustrar um livro, e isso já é um bom começo. Idealmente, faria um estágio agora, mas também estou aberta a fazer algo com amigos ou a apostar numa ideia própria, para construir portfolio e para ganhar ritmo e experiência. Queria ter um ano muito heterogéneo, andar por todos os lados. R Então nunca estarias dependente de ninguém? M Era mais por mim própria. Para mim, estágio é trabalho e, portanto, é remunerado (ou devia ser). Provavelmente isso não vai acontecer. O que se faz muito são trabalhos de promoção, para ganhar dinheiro, mas que não são na nossa área. E isso é o que vai acontecer a muitos de nós, não é? Queria mesmo usar este ano para explorar várias hipóteses. Isso era o que gostava mesmo de fazer, mas sei que provavelmente não é o que vai acontecer. «Para trabalhar por conta própria é preciso muitos contactos e sinto que não os tenho.»

16 RITA : R

17

18 QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO DE TRABALHO? R Ainda não estive no mercado de trabalho, mas suponho que como freelancer não seja assim tão complicado quando se estabelece uma ideia de nós próprios bem definida, mas em geral está mal para todos os cursos. «Em geral está mal para todos os cursos.» 6

19 1 O QUE ACHAS DA IDEIA DE CONSEGUIR EMPREGO LOGO APÓS A CONCLUSÃO DA LICENCIATURA? R O mais importante é uma pessoa mexer-se e procurar... Não é fácil encontrar, mas quando se encontra é uma coisa óptima porque nos dá experiência para depois passarmos para outro trabalho que talvez nos interesse mais. Não devemos excluir qualquer trabalho a priori só porque não é bem o que queremos. A procura é difícil, portanto é aceitar aquilo que aparecer.

20 «A universidade dá-nos as bases mas é nos primeiros anos de trabalho que evoluímos imenso.» ACHAS QUE TRÊS ANOS DE LICENCIATURA SÃO SUFICIENTES PARA TE SENTIRES PREPARADO PARA O MERCADO DE TRABALHO? R Aprende-se mais a trabalhar efectivamente do que na universidade. A universidade dá-nos as bases, mas é nos primeiros anos de trabalho que evoluímos imenso. Não desvalorizando o ensino superior, obviamente. Porque não é só no Design, é em qualquer área: sempre que falo com alguém sobre isso, dizem-me que sente-se a evolução quando se começa a trabalhar. 8

21 1 SENTES-TE PREPARADO PARA LIDAR COM CLIENTES? R Em relação à parte técnica acho que não estou muito preparada, mas essa é a parte que se vai ganhando. Em relação à outra parte, é uma questão de se conseguir falar com pessoas; alguém que tenha capacidades de comunicação consegue lidar com isso. «Alguém que tenha capacidades de comunicação consegue lidar com isso.»

22 O QUE ACHAS DO TEMPO QUE É ATRIBUÍDO A CADA DISCIPLINA? R O mais importante que nos ensinam aqui na FBAUL é a pensar e a evoluir ideias a não nos prendermos à primeira ideia que nos aparece; ir evoluindo nesse respeito. Em termos técnicos, aprendemos na maioria sozinhos, em casa, mas talvez não o faríamos se não nos dessem os enunciados e as avaliações... É para isso que serve a universidade, para nos forçar a procurar por nós próprios. Não sei se essa é a melhor forma de aprender, mas isso já é discutível. «O que nos ensinam aqui na FBAUL é a pensar e a evoluir ideias.» 0

23 2 «Não há muito tempo para explorar outras temáticas.» O QUE ACHAS DO CONTACTO COM AS RESTANTES ÁREAS PRESENTES NA FACULDADE? EXISTE? É IMPORTANTE? R Esse contacto é muito importante. Antes de entrar para a faculdade achava que aqui nas Belas Artes havia muito mais essa possibilidade de entrar em contacto com as outras áreas. Mas como podemos escolher poucas optativas porque temos muita carga horária, mesmo que queiramos fazer isso por fora, é um pouco difícil. Também sentimos necessidade de explorar áreas relacionadas com o Design que podem ser importantes para nós apesar de não termos tanto interesse nelas. Senti muito isso com Webdesign: apesar de também me interessar por pintura, por exemplo, não pude escolher isso porque o mais útil para o meu futuro era Webdesign. Não há muito tempo para explorar outras temáticas.

24 R Como já referi, falta-me muito a parte técnica e apesar de achar que a maior parte dos temas estudados se exploram já a trabalhar, queria resolver isso antes de o fazer: quero fazer um curso mais técnico a nível de vídeo. As partes do curso que estão relacionadas com Design de Comunicação mas que não são exactamente o centro do curso deram-me muito mais gozo e percebi que era nelas que queria trabalhar. Portanto vou tentar começar por estagiar numa empresa de publicidade e enquanto isso faço essa parte técnica. O QUE QUERES FAZER DEPOIS DA LICENCIATURA? 2

25 2 «As partes do curso que estão relacionadas com Design de Comunicação mas não são exactamente o centro do curso deram-me muito mais gozo.»

26

27 PATRÍCIA : P

28 «A minha perspectiva é negativa, mas como ainda não tive contacto com essa realidade não posso dizer mais nada.» QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO DE TRABALHO? P Cada vez mais ouvimos dizer que vamos ter poucas oportunidades e que é muito difícil entrar no mercado de trabalho. Assim, a minha perspectiva é negativa mas como ainda não tive contacto com essa realidade não posso dizer mais nada. Acredito que se quisermos muito conseguimos alcançar o que desejamos, logo tenho a esperança de encontrar uma oportunidade de que goste, na minha área. 6

29 2 O QUE ACHAS DA IDEIA DE CONSEGUIR EMPREGO LOGO APÓS A CONCLUSÃO DA LICENCIATURA? P Como referi anteriormente, as perspectivas não são boas, por isso acredito que, na nossa área, é muito difícil encontrar emprego logo após a conclusão da licenciatura, mas também não é impossível. Acredito que essa pode não ser uma prioridade para todos os recém-licenciados, porque muitos não se sentem preparados para o mercado de trabalho. Portanto, se tiverem possibilidade de continuar a investir na sua formação, muitos escolhem essa opção. Devido à redução do número de anos da licenciatura, esta não é suficiente para alguns empregos e é necessário completá-la com mestrados ou pós-graduações. «Devido à redução do número de anos da licenciatura, esta não é suficiente para alguns empregos.»

30 P Três anos podem ser suficientes noutras faculdades ou noutros cursos, mas aqui não são. Sinto que falta mais contacto com a vida real para conseguirmos perceber o que nos espera. Nestes três anos, aprendi muitas coisas e descobri várias áreas em que o Design de Comunicação se pode expandir. No entanto, sinto que fiquei a meio e agora é que finalmente percebi a minha área de interesse e, para explorá-la, tenho que continuar investir na minha formação. ACHAS QUE TRÊS ANOS DE LICENCIATURA SÃO SUFICIENTES PARA TE SENTIRES PREPARADO PARA O MERCADO DE TRABALHO? «Sinto que falta mais contacto com a vida real para conseguirmos perceber o que nos espera.» 8

31 2 SENTES-TE PREPARADO PARA LIDAR COM CLIENTES? P Sinto-me pouco preparada.tenho pouca noção das minhas responsabilidades, direitos e obrigações e isso assusta-me um pouco o facto de não saber o que vem a seguir. Considero que a faculdade devia cumprir melhor o seu papel de ponte entre a formação académica e o mercado de trabalho. Poderia arranjar estratégias de integração dos jovens nas empresas, como a inclusão de estágios curriculares no curso, que permitam uma maior aproximação e contacto com a realidade do mercado de trabalho. «A faculdade devia cumprir melhor o seu papel de ponte entre a formação académica e o mercado de trabalho.»

32 O QUE ACHAS DO TEMPO QUE É ATRIBUÍDO A CADA DISCIPLINA? «Algumas disciplinas obrigatórias do nosso curso são desnecessárias, o que faz com que percamos tempo que poderia ser aproveitado para algo mais útil.» P Regra geral, concordo com o tempo atribuído a cada disciplina, mas num ou outro caso poderia ser melhor gerido. Mas isso já é outro assunto. Algumas disciplinas obrigatórias do nosso curso são desnecessárias, o que faz com que percamos tempo que poderia ser aproveitado para algo mais útil, como por exemplo os estágios referidos na resposta anterior. 0

33 3 P Sim, principalmente no primeiro e no segundo ano do curso em que temos aulas em vários pontos da faculdade e estamos mais em contacto com as oficinas das diferentes áreas. Também temos a possibilidade de escolher várias optativas fora do nosso âmbito, o que permite a exploração de diferentes raios de ação. Depois podemos transportar essa experiência para o Design de Comunicação. Acho importante existir um contacto com as outras áreas da faculdade, porque a combinação de várias artes é na maioria das vezes positiva. Ao estarmos tão perto de áreas como a escultura, a pintura e o desenho temos a possibilidade de contactar com novos materiais e técnicas que nos podem inspirar.a fazer coisas diferentes. O QUE ACHAS DO CONTACTO COM AS RESTANTES ÁREAS PRESENTES NA FACULDADE? EXISTE? É IMPORTANTE?

34 O QUE QUERES FAZER DEPOIS DA LICENCIATURA? P Depois de acabar a minha licenciatura vou fazer uma Pós-Graduação em Comunicação Estratégica Digital. Quero continuar a apostar na minha formação, pois sinto que ainda tenho muito para aprender e existem muitas áreas para explorar, sobretudo na área digital que é aquela que na minha opinião leva a mais oportunidades de trabalho e é aquela em que me sinto menos à vontade. Por outro lado gostaria de conhecer o mundo do mercado de trabalho e começar a ter contacto com a realidade. O meu objectivo é encontrar um estágio na minha área para que possa, através da prática e do contacto directo com clientes, evoluir enquanto designer. Depois é aproveitar a experiência que adquiri no estágio e as oportunidades que forem surgindo. Não penso para já em abrir um negócio próprio, porque é um processo que envolve muitos factores e neste momento não me sinto preparada. Acima de tudo quero fazer o que gosto e disfrutar de todas as experiências e oportunidades que surgirem. 2

35 3 «Quero continuar a apostar na minha formação, pois sinto que ainda tenho muito para aprender e existem muitas áreas para explorar.»

36

37 1 2/

Protocolo da Entrevista a Maria

Protocolo da Entrevista a Maria Protocolo da Entrevista a Maria 1 O que lhe vou pedir é que me conte o que é que aconteceu de importante desde que acabou o curso até agora. Eu... ah!... em 94 fui fazer um estágio, que faz parte do segundo

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

R U I P E D R O R E I S

R U I P E D R O R E I S Quem: Rui Pedro Reis Idade: 30 anos Pretexto: É coordenador da SIC Notícias e editor do programa Música do Mundo Outros trabalhos: Foi uma das figuras de uma rádio nacional Imagem: Fanático pelos media

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Produtividade e qualidade de vida - Cresça 10x mais rápido

Produtividade e qualidade de vida - Cresça 10x mais rápido Produtividade e qualidade de vida - Cresça 10x mais rápido Você já pensou alguma vez que é possível crescer 10 vezes em várias áreas de sua vida e ainda por cima melhorar consideravelmente sua qualidade

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 )

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) Tendo iniciado no presente ano lectivo 2005/2006 o funcionamento da plataforma Moodle na Universidade Aberta, considerou-se

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

4ª - Sim, já instalei o programa em casa e tudo. Vou fazer muitas músicas e gravar-me a cantar nelas também.

4ª - Sim, já instalei o programa em casa e tudo. Vou fazer muitas músicas e gravar-me a cantar nelas também. Entrevistas: Por escrito: A_5: 1ª - É fazer uma música sozinha, como eu gosto, com a ajuda do computador. Abrimos a Ableton Live, criamos as faixas que precisamos, escolhemos a forma e como é que cada

Leia mais

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo]

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] [Visionamento das fotos] [Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] E- Então o que é que achaste das fotos? E7- Boas. Tá fixe. E- Faz-te lembrar coisas boas ou más? E7-

Leia mais

Eduarda Teixeira A realização do estágio noutro país é um meio para abrir portas no futuro para o mundo do trabalho. Não só por vivenciarmos novas experiências e nos tornarmos aptos para qualquer local

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL Entrevista com Eng.º Victor Sá Carneiro N uma época de grandes transformações na economia dos países, em que a temática do Empreendedorismo assume uma grande relevância

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

A experiência de 6 anos

A experiência de 6 anos Aplicação da APP em Cardiopneumologia na ESTeSL A experiência de 6 anos Seminário Aprendizagem por Problemas: O Desafio da Mudança Hermínia Brites Dias Dezembro de 28 Motivação Métodos e Técnicas de Diagnóstico

Leia mais

Análise Matemática II

Análise Matemática II Página Web 1 de 7 Análise Matemática II Nome de utilizador: Arménio Correia. (Sair) LVM AM2_Inf Questionários INQUÉRITO ANÓNIMO» AVALIAÇÃO de AM2 e dos DOCENTES Relatório Ver todas as Respostas View Todas

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS Nessa unidade vou mostrar para você como escrever e-mails que geram resultados. Mas que resultados são esses? Quando você escreve um e-mail tem que saber

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

[Pequenas interrompem, imperceptível]

[Pequenas interrompem, imperceptível] E- A ideia é: vou-vos fazer algumas perguntas e vocês respondem consoante aquilo que quiserem dizer. E a ideia do grupo de discussão não é vocês desatarem todos à porrada mas é se vocês ah sei lá por exemplo

Leia mais

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira?

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? - Tem alguém com quem você gostaria de fazer contato? - Porque você não o fez até agora? - Por que é importante aprender a fazer esses contatos?

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

10 pontos importantes a saber antes de iniciares e teu curso de instrutor de yoga.

10 pontos importantes a saber antes de iniciares e teu curso de instrutor de yoga. 10 pontos importantes a saber antes de iniciares e teu curso de instrutor de yoga. Este documento é para praticantes de yoga que considerem a possibilidade de se tornarem instrutores ou professores de

Leia mais

análise da sequência de

análise da sequência de Laila Vanetti - Setembro de 2014 Laila Vanetti - Setembro de 2014 último encontro análise da sequência de vendas de Conrado adolpho 1º E-mail Conrado adolpho Assunto: O que fizemos aqui na Webliv... Oi,

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Mestrado em Ciências da Educação

Mestrado em Ciências da Educação Mestrado em Ciências da Educação Tema : Educação e formação de jovens e adultos pouco escolarizados O Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências na (re) definição de trajectórias

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos de Comunicação e Design Multimédia

Leia mais

Áustria Viena. Foi uma grande surpresa o facto de todos os alunos andarem descalços ou de pantufas.

Áustria Viena. Foi uma grande surpresa o facto de todos os alunos andarem descalços ou de pantufas. Áustria Viena Foi uma grande surpresa o facto de todos os alunos andarem descalços ou de pantufas. Apenas fui assistir a uma aula, que acabou por não ser dada devido à presença dos alunos estrangeiros

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de. vendas de eben pagan

PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de. vendas de eben pagan PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de vendas de eben pagan Laila Vanetti - Agosto de 2014 Sequência de e-mails tem poder Vamos pensar em uma Carta de Vendas? E-mails Carta de Vendas Estrutura da carta

Leia mais

Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP

Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Português A2 Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Direção de Serviços de Língua e Cultura Composição Gráfica: Centro Virtual Camões

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo!

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Usar o Youtube profissionalmente é o upgrade que o seu negócio precisa para alavancar e obter muito mais vendas, contatos e visitas!

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

O verdadeiro sentido da existência deste Manual é ajudar-te a entender os valores da Hi INTERACTIVE e como podes enquadrar-te connosco.

O verdadeiro sentido da existência deste Manual é ajudar-te a entender os valores da Hi INTERACTIVE e como podes enquadrar-te connosco. CULTURE MANUAL Hi, THERE Hi Bem-vindo à Hi INTERACTIVE. Esta não é uma empresa como as outras. Aqui, o nosso objectivo é a perfeição, desafiamos a comum forma de pensar e encorajamos a criatividade. Este

Leia mais

Midas. Toque de. [entrevista]

Midas. Toque de. [entrevista] [entrevista] Toque de Midas Tem 29 anos, nasceu no Porto e é apostador profissional. Pelo menos, para o Estado inglês onde está colectado, porque para as finanças nacionais não passa de um indivíduo com

Leia mais

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução Capítulo 9 Emprego 9.1 Introdução Hoje em dia, as redes sociais são as grandes responsáveis pelas contratações de emprego. Muitos dos responsáveis por recrutamento e recursos humanos das empresas avaliam

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira Como criar um artigo em 1h ou menos Por Natanael Oliveira 1 Como escrever um artigo em 1h ou menos Primeira parte do Texto: Gancho Inicie o texto com perguntas ou promessas, algo que prenda atenção do

Leia mais

SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO

SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO FAÇA ACONTECER AGORA MISSÃO ESPECIAL SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO RENATA WERNER COACHING PARA MULHERES Página 1 Q ue Maravilha Começar algo novo

Leia mais

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia?

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia? Entrevista A13 I Experiência no lar Há quanto tempo trabalha no lar? Há 4 anos. 1 Qual é a sua função no lar? Encarregada de Serviços Gerais. Que tarefas desempenha no seu dia-a-dia? O contacto directo

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

I n q u é r i t o a o s J o v e n s A d v o g a d o s

I n q u é r i t o a o s J o v e n s A d v o g a d o s I n q u é r i t o a o s J o v e n s A d v o g a d o s 1) Encontra-se actualmente a trabalhar? 20% 80% Sim Não 2) Se respondeu sim, como descreveria a sua estabilidade profissional? 22% 17% 28% 33% Excelente

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS RESOLUÇÃO DE CONFLITOS Todas as relações interpessoais implicam duas pessoas distintas e únicas, pelo que é natural que possam ocorrer situações em que não se está de acordo, em que se têm opiniões e pontos

Leia mais

DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira

DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Plurifundos da Região Autónoma da Madeira (POPRAM

Leia mais

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com Clínica Maló Paulo Maló CEO www.clinicamalo.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram em linguagem

Leia mais

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste

LEITURA DA ENTREVISTA 2. E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste LEITURA DA ENTREVISTA 2 E Boa tarde. Desde já quero agradecer-lhe a sua disponibilidade para colaborar neste trabalho que estou a desenvolver. Como lhe foi explicado inicialmente, esta entrevista está

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem?

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Unschooling Life Podcast #2 Por que desescolarizar? Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Eu fui em busca de pais que desescolarizam seus filhos para fazer essa

Leia mais

A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO. Igor Luiz Medeiros 2. igorluiz.m@hotmail.

A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO. Igor Luiz Medeiros 2. igorluiz.m@hotmail. A PROPOSTA SOLINHO 1 : DESENVOLVENDO ASPECTOS MUSICAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DA AULA DE VIOLÃO EM GRUPO Igor Luiz Medeiros 2 igorluiz.m@hotmail.com Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Artes, Filosofia

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE DOCUMENTAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO

ESTRATÉGIAS DE DOCUMENTAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO ESTRATÉGIAS DE DOCUMENTAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO Eixo Temático 2 - Pesquisa e Práticas Educacionais Autora: Beatriz de Oliveira Abuchaim Orientadora: Maria Malta

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

Protocolo da Entrevista a Dinis

Protocolo da Entrevista a Dinis Protocolo da Entrevista a Dinis 1 Então conte-me lá o que lhe aconteceu de importante desde que se licenciou Já lá vão uns anitos! Acabei o curso em Janeiro de 94, o curso de Design de equipamentos da

Leia mais

Preparação da época de exames

Preparação da época de exames Preparação da época de exames Sugestões para os estudantes Imagem de http://jpn.icicom.up.pt/imagens/educacao/estudar.jpg A preparação para os Exames começa no início do Semestre O ritmo de exposição da

Leia mais

Trabalho de avaliação complementar do MBA Fama

Trabalho de avaliação complementar do MBA Fama MBA Executivo Trabalho de avaliação complementar do MBA Fama COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL E ASPECTOS COMPORTAMENTAIS Janaina Ferreira Alves, M.Sc Janainaf@aol.com Realização Faculdade Machado de Assis FAMA

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia.

Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia. Transcrição da entrevista aos Stakeholders realizada no dia 16 de junho de 2014 no âmbito do Mestrado em Educação e Comunicação Multimédia. Q1. Na sua opinião, quais são as principais motivações que podem

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

Educação Financeira se aprende na Escola?

Educação Financeira se aprende na Escola? Educação Financeira se aprende na Escola? Você é previdente e pensa que o futuro é consequência das escolhas do presente? Missão DSOP Educação Financeira Disseminar a educação financeira no Brasil e no

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Falhar em se preparar é se preparar para falhar. (Benjamin Franklin).

Falhar em se preparar é se preparar para falhar. (Benjamin Franklin). 1- Planejamento Falhar em se preparar é se preparar para falhar. (Benjamin Franklin). Planejamento é uma etapa administrativa que auxilia o administrador a perceber a realidade, avaliar ações e definir

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

Fundamento do método

Fundamento do método Introdução Já ando neste mundo das apostas há cerca de 15 anos e conheço bem os meandros deste mundo. Foram muitas subidas e descidas que percorri. Vítima de scams, contas bloqueadas, limitadas, etc sabem

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO

FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO 28 DE NOVEMBRO - 21 HORAS RECONHECER AS SUAS EMOÇÕES 1-TESTE DE AUTO-AVALIAÇÃO Indique até que ponto cada uma das seguintes afirmações o descreve. Seja franco e 1

Leia mais

#38. FeedForward. O e a caminho de Ser. Ser Feliz. Márcia Pinho COACH e Fundadora da believe IN (ICC 10410)

#38. FeedForward. O e a caminho de Ser. Ser Feliz. Márcia Pinho COACH e Fundadora da believe IN (ICC 10410) O e a caminho de Ser. Ser Feliz. Alexandra Lemos International Executive Coach Coach Trainer da ICC para Portugal www.mindcoach.pt O e a caminho de Ser. Ser Feliz. E de repente estava tudo errado. A minha

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Criação de Orçamentos

Criação de Orçamentos Criação de Orçamentos As pessoas primeiro, depois o as coisas. Suze Orman, Consultora financeira H á muitas maneiras de gastar seu dinheiro. Será que você deve comprar aquele livro que você está querendo

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

Avaliação da Unidade Curricular de Segurança Alimentar pelos alunos 2010-2011. Aluno 1

Avaliação da Unidade Curricular de Segurança Alimentar pelos alunos 2010-2011. Aluno 1 Aluno 1 Em termos negativos, não existe muita coisa a apontar 1º Talvez se houvesse disponibilidade existir uma maior rotação dos grupos a apresentar para que não estivéssemos por exemplo 1 mês sem apresentar

Leia mais